PROVA ESCRITA QUESTÃO 6. a)ascaridíase; b)filariose; c)teníase; d)amebíase; e)giardíase. QUESTÃO 7 QUESTÃO 8 QUESTÃO 9 QUESTÃO 10

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROVA ESCRITA QUESTÃO 6. a)ascaridíase; b)filariose; c)teníase; d)amebíase; e)giardíase. QUESTÃO 7 QUESTÃO 8 QUESTÃO 9 QUESTÃO 10"

Transcrição

1 SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO DE PERNAMBUCO SES PROVA ESCRITA 5 ANOS COM A VISÃO DE MUNDO FARMÁCIA QUESTÃO 1 Paciente com 13 anos apresenta atraso no crescimento. A conclusão diagnosticada pelo médico é a deficiência do Hormônio do Crescimento. A substância mais indicada para o tratamento desse paciente é: a)calcitonina; b)ribavirina; c)somatropina; d)estradiol; e)clortalidona. QUESTÃO 2 Os ansiolíticos são usados no controle de neuroses e tensões. Pacientes podem ser auxiliados quer por aconselhamento médico, quer por terapias de comportamento. Mas, aqueles que recusam tais tratamentos ou não respondem, podem precisar de farmacoterapia. Dentre os fármacos ansiolíticos podemos citar: a)morfina; b)fluoxetina; c)neostigmina; d)codeína; e)buspirona. QUESTÃO 3 Qual dos anti-helmínticos é mais indicado como fármaco alternativo no tratamento da Esquistossomose Mansônica? a)piperazina. b)tetramisol. c)secnidazol. d)oxamniquina. e)tiabendazol. QUESTÃO 4 Os benzodiazepínicos são usados na terapêutica e atuam como: a) ansiolíticos; b) anti-histamínicos; c) antilipêmicos; d) antieméticos; e) antipsicóticos. QUESTÃO 5 Os hipoglicemiantes orais reduzem o nível de glicose no sangue, sendo usados em pacientes diabéticos insulinoindependentes. São fármacos usados como hipoglicemiantes orais: a) glibenclamida, clorpropamida e metoclopramida; b) gliclazida, metformina e metildopa; c) insulina regular, clorpromazina e glibenclamida; d) clorpropamida, glibenclamida e gliclazida; e) metformina, anfotericina e glibenclamida. QUESTÃO 6 Em algumas regiões do Brasil, em virtude das precárias condições de saneamento básico, quase 100% da população se encontra contaminada por parasitoses. O Praziquantel é um anti-helmíntico que combate principalmente: a)ascaridíase; b)filariose; c)teníase; d)amebíase; e)giardíase. QUESTÃO 7 O Misoprostol e o Esomeprazol são drogas usadas como: a)broncodilatadores; b)depressores do SNC; c)fibrinolítico; d)agente anti-úlcera; e)anti-histamínico. QUESTÃO 8 Das substâncias abaixo relacionadas, a única que pertence ao grupo dos anestésicos locais é: a) halotano; b) isoflurano; c) alfentanila; d) cetamina; e) procaína. QUESTÃO 9 O Fármaco indicado como alternativa ao Ácido Acetilsalisílico para o tratamento da cefaléia, mialgia leve a moderada e febre: a)morfina; b)paracetamol; c)petidina; d)tramadol; e)nalbufina. QUESTÃO 10 Droga indicada como vasodilatador periférico: a) ácido tranexâmico; b) varfarina; c) pentoxifilina; d) hidralazina; e) clorzoxazona. Pág 1/ 5

2 QUESTÃO 11 Analise as substâncias básicas constantes na Coluna I, identificadas pelos números I, II, III, IV e V e os nomes comerciais na Coluna II, identificados pelas letras A,B,C,D e E. Coluna I Coluna II I. Amineptina A. Pamelor II. Clomipramina B. Anafranil III. Imipramina C. Aropax IV. Nortriptilina D. Survector V. Paroxetina E. Tofranil Associe as substâncias básicas da Coluna I e os nomes comerciais da Coluna II, corretamente: a) I-D, II.E, III-B, IV-A, V-C; b) I-D, II-B, III-E, IV-A, V-C; c) I-B, II-D, III-E, IV-C, V-A; d) I-B, II-E, III-D, IV-C, V-A; e) I-A, II-C, III-B, IV-D, V-E. QUESTÃO 12 A Digoxina é o glicósido mais amplamente usado, sendo o preferido de muitos cardiologistas, por apresentar propriedades: a) cardiotônico e antiarrítmico; b) antianginoso e vasoconstrictor; c) antiadrenérgico e anti-hipertensivo; d) tratamento da insuficiência coronariana e antianginoso; e) vasodilatador e cardiotônico. QUESTÃO 13 Antiarrítmicos são drogas usadas para modificar, ou restabelecer, o ritmo cardíaco normal. Podem ser consideradas drogas antiarrítmicas: a) diltiazem, enalapril, etanolamina; b) ramipril, verapamil, metaraminol; c) metildopa, amiodarona, etanolamina; d) amiodarona, verapamil, diltiazem; e) diltiazem, metildopa, enalapril. QUESTÃO 14 É um bloqueador neuromuscular o cloreto de: a)cetilpiridínio; b)benzalcônio; c)suxametônio; d)potássio; e)metilrosanilina. QUESTÃO 15 A Levodopa é um fármaco que aumenta o nível cerebral da dopamina e atua como: a)antidepressivo; b)antiparkinsoniano; c)ansiolítico; d)anticonvulsivante; e)antipsicótico. QUESTÃO 16 Diuréticos são fármacos que atuam estimulando a excreção de íons Na +, Cl ou HCO 3, principais eletrólitos do fluido extracelular. São empregados também no alívio de edemas e como coadjuvantes no controle da hipertensão. Podem ser considerados como diuréticos: a) amilorida e indapamida; b) clortalidona e cisaprida; c) hidroclorotiazida e bezafibrato; d) furosemida e sinvastatina; e) espironolactona e tamoxifeno. QUESTÃO 17 A Fase Farmacocinética, onde ocorre alterações na estrutura química de um medicamento, são: a) liberação, dissolução, absorção e metabolismo; b) absorção, distribuição, metabolismo e excreção; c) absorção, metabolismo, excreção e dissolução; d) liberação, dissolução, metabolismo e distribuição; e) distribuição, absorção, eliminação e excreção. QUESTÃO 18 No seu mecanismo de ação, antiinflamatórios não esteroidais interferem com a biossíntese das prostagladinas e alguns autacóides correlatos, inibindo a enzima: a) colinesterase; b) histaminase; c) ciclooxigenase; d) aminooxidase; e) fosfolipase. QUESTÃO 19 Os princípios ativos dos medicamentos Invanz, Rocefin, Flagyl, Tequin e Prostavasin, são respectivamente: a) cefalotina, ceftriaxona, metronidazol, gatifloxacina e prostaciclina; b) ertapenem, ceftriaxona, metronidazol, gatifloxacina e alprostadil; c) meropenen, ceftazidima, metronidazol, floxacina e alprostadil; d) imipenem, cefepima, metronidazol, floxacina e prostaciclina; e) imipenem, cefepima, metronidazol, levofloxacina e alprostadil. Pág 2/ 5

3 QUESTÃO 20 Faça a correspondência entre as drogas e suas respectivas indicações: ( 1 ) etoricoxib ( ) antimicrobiano ( 2 ) propofol ( ) antiinflamatório ( 3 ) meropenem ( ) anticonvulsivante ( 4 ) fenitoína ( ) anestésico A numeração correta, é: a) 3,1,4,2; b) 3,2,1,4; c) 1,3,2,4; d) 1,2,3,4; e) 4,2,1,3. QUESTÃO 21 Os rótulos das embalagens de medicamentos à base de substâncias das Listas C1 (outras substâncias sujeitas a controle especial), contêm os seguintes dizeres: a) Venda sob Prescrição Médica. b) Venda sob Prescrição Médica Atenção: Pode Causar Dependência Física e Psíquica. c) Venda sob Prescrição Médica Atenção: Pode Causar Dependência. d) Venda sob Prescrição Médica Atenção: Só Pode ser Vendido com Retenção de Receita. e) Venda sob Prescrição Médica O Abuso deste Medicamento Pode Causar Dependência. QUESTÃO 22 Sobre o Balanço de Medicamentos Psicotrópicos e de Outros Sujeitos a Controle Especial, pode-se afirmar que: a) a farmácia ou drogaria prepara conforme o modelo em uma via e remete à Autoridade Sanitária pelo Farmacêutico; b) o balanço é realizado pelo farmacêutico responsável trimestralmente e entregue à Autoridade Sanitária até o último dia dos meses: de março, junho, setembro e dezembro; c) o balanço anual deverá ser entregue à Autoridade sanitária até o dia 31 de janeiro do ano seguinte; d) após o visto da Autoridade Sanitária a única via será entregue e ficará retida apenas na farmácia ou drogaria; e) as farmácias das unidades hospitalares entregarão o balanço apenas trimestralmente, ficando dispensadas do balanço anual. QUESTÃO 23 A Notificação de Receita B é impressa as expensas do profissional ou instituição conforme o modelo, sendo de cor: a) amarela; b) azul; c) branca; d) verde; e) rosa. QUESTÃO 24 Os fármacos que constam na lista das substâncias psicotrópicas sujeitas a Notificação de Receita B são: a)alfentanila e prometazina; b)sertralina e furosemida; c)ácido fólico e mazindol; d)fenitoína e piperazina; e)bromazepam e alprazolam. QUESTÃO 25 A Notificação de Receita é obrigatória na prescrição dos seguintes medicamentos psicotrópicos: a) imipramina, levodopa e azitromicina; b) morfina, budesonida e haloperidol; c) cetilpiridíneo, misoprostol e buspirona; d) petidina, lidocaína e dimeticona; e) lorazepam, midazolam e fenitoína. QUESTÃO 26 A administração de medicamentos por via oral apresenta como principal vantagem: a) possibilidade de irritação do trato gastrointestinal; b) problemas olfativos e gustativos dos medicamentos; c) problemas com a absorção dos princípios ativos; d) risco de alteração dos princípios ativos por secreções do tubo digestivo; e) fácil administração e doses elevadas em uma única tomada. QUESTÃO 27 Caracteriza-se por seu envoltório adequado, facilitando sua ingestão, protegendo o medicamento e encobrindo seu sabor e odor. A composição de seu envoltório pode ser amilácea ou gelatinosa: a)comprimido; b)drágea; c)cápsula; d)pó; e)pastilhas. QUESTÃO 28 Como desvantagem da forma comprimido: a) a administração de substâncias pouco ou não solúveis em água é possível; b) uso de fácil administração; c) podem ser revestidos para mascarar um sabor desagradável; d) o acerto de sua formulação e fabricação, às vezes, é muito delicado; e) a dose por unidade de tomada é exata. Pág 3/ 5

4 QUESTÃO 29 As formas farmacêuticas destinadas à via cutânea são: a)pomadas, óvulos, melitos; b)cremes, pomadas, pastas; c)géis, tabletes, grânulos; d)pastas, óvulos, poções; e)espumas, supositórios, melitos. QUESTÃO 30 A preparação dos comprimidos compreende três etapas: a) preparação do pó a ser comprimido, granulação e compressão; b) compressão, revestimento do comprimido e diluentes; c) granulação, revestimento e ligantes; d) preparação do pó a ser comprimido, lubrificantes e ligantes; e) compressão, granulação e ligantes. QUESTÃO 31 A substância usada como lubrificante na fabricação de comprimido é: a) lactose; b) amido; c) estearato de magnésio; d) celulose; e) xarope de açúcar. QUESTÃO 32 Os colírios devem: a) ser isotônicos; b) ser hipertônicos; c) ser hipotônicos; d) ter ph compreendido entre 3,6 e 5,0; e) ter a glicose como conservante. QUESTÃO 33 São preparações líquidas aplicadas sobre as mucosas bucal e no fundo da garganta, exercendo ação local: a) emulsões; b) poções; c) melitos; d) tinturas; e) colutórios. QUESTÃO 34 As preparações farmacêuticas líquidas, que contêm substâncias sólidas insolúveis, denominam: a) colírios; b) suspensões; c) xaropes; d) poções; e) soluções. QUESTÃO 35 O Polivinilpirrolidona iodo (P.V.P.I.) é: a)contraste radiológico; b)antiinfeccioso; c)antiinflamatório; d)antisséptico e germicida; e)anticoagulante. QUESTÃO 36 Os agentes espessantes conferem às soluções medicamentosas: a)viscosidade; b)limpidez; c)densidade; d)emulsibilidade; e)dispersabilidade. QUESTÃO 37 As formas farmacêuticas destinadas ao uso oral são: a)xarope e colírio; b)elixir e pomada; c)colírio e ungüento; d)gel e poção; e)tintura e suspensões. QUESTÃO 38 Um medicamento bem conservado guarda na íntegra a total atividade de seus princípios ativos. Quais os fatores de natureza intrínseca que provocam alterações nos medicamentos? a)calor e recipiente. b)umidade e ph. c)radiações e gás carbônico atmosférico. d)agentes microbianos e hidrólise. e)ph e interações entre os fármacos. QUESTÃO 39 A desvantagem do Sistema de Distribuição de Medicamentos por Prescrição Individualizada é: a) a diminuição do estoque nas enfermarias; b) o controle efetivo sobre os medicamentos; c) a maior integração do farmacêutico com a equipe de saúde; d) não permitir controle total sobre as perdas econômicas; e) a redução de erros de medicação. QUESTÃO 40 O Sistema de Distribuição de Medicamentos por Dose Unitária apresenta como principal vantagem: a) redução do tempo do pessoal de enfermagem dedicado às atividades com medicamentos; b) aumento das necessidades de recursos humanos; c) aquisição de material e equipamento especializado; d) exigência de investimento inicial; e) prejuízo das atividades desenvolvidas pela farmácia. Pág 4/ 5

5 QUESTÃO 41 Para a implementação da Assistência Farmacêutica é fundamental um sistema constituído pelas etapas: a) seleção, distribuição e dispensação; b) programação, aquisição, distribuição e dispensação; c) seleção, programação, aquisição, armazenamento, distribuição e dispensação; d) seleção, aquisição, armazenamento e dispensação; e) programação, aquisição, armazenamento, distribuição e dispensação. QUESTÃO 42 É um processo de escolha de um determinado produto farmacêutico eficaz e seguro ao atendimento das necessidades de uma dada população: a)aquisição; b)seleção; c)armazenamento; d)distribuição; e)programação. QUESTÃO 43 De acordo com a Legislação Vigente é recomendado que os hospitais implantem um controle do uso de antimicrobianos através da comissão de: a)farmacoeconomia; b)farmacovigilância; c)suporte de nutrição parenteral; d)controle de infecção hospitalar; e)comissão de licitação. QUESTÃO 44 A justificativa para a efetivação da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar está mais clara no seguinte trecho: a) diminuir erros de medicação; b) aumentar o controle sobre os medicamentos; c) aumentar a segurança para o paciente; d) diminuir custos com medicamentos; e) participar dos estudos de utilização de antimicrobianos, priorizando os de uso restrito. QUESTÃO 45 De acordo com a Resolução 208/90 do Conselho Federal de Farmácia, a Farmácia Hospitalar é entendida como: a) unidade de assistência administrativa; b) unidade hospitalar de assistência técnicoadministrativa, dirigida por profissional farmacêutico integrada funcional e hierarquicamente nas atividades hospitalares; c) unidade de assistência técnico-administrativa; d) parte integrada funcional e hierarquicamente nas atividades hospitalares; e) unidade hospitalar de assistência técnica, dirigida por profissional farmacêutico. QUESTÃO 46 Os objetivos básicos para garantir a qualidade das funções assistenciais da Farmácia Hospitalar está no seguinte item: a) racionalização de atividade e custos, nas rotinas e práticas, através de um sistema rastreável, sistemático, com controle efetivo; b) racionalização de atividades, rotinas e práticas; c) controle efetivo de estoque e racionalização de atividades; d) implantação de um sistema rastreável e controle efetivo; e) racionalização dos custos, implantação de um sistema rastreável e sistemático. QUESTÃO 47 No processo de seleção de medicamentos o critério que deve ser evitado é: a)levantamento e análises de dados; b)padronização de medicamentos; c)avaliação da seleção; d)estabelecimento de normas; e)medicamentos não selecionados. QUESTÃO 48 A aquisição de Produtos Farmacêuticos é uma das atividades da Farmácia Hospitalar, que necessita das seguintes informações: a) dos produtos com consumo variável em função das variações sazonais, relação dos fornecedores e estoque máximo; b) do consumo médio mensal, estoque de segurança e estoque mínimo; c) do consumo médio mensal, ponto de requisição e relação de fornecedores; d) do consumo médio mensal, estoque de segurança, relação de fornecedores, e produtos com consumo variável em função das variações sazonais; e) relação de fornecedores, produtos recebidos recentemente e estoque máximo. QUESTÃO 49 Entre os critérios para proceder à seleção de medicamentos, é necessário evitar: a) considerar o perfil epidemiológico da população atendida; b) utilizar a Denominação Comum Brasileira; c) incluir associações fixas; d) reservar novos antibióticos para o tratamento de infecções causadas por microorganismos resistentes à antibióticos padrões; e) priorizar normas farmacêuticas que proporcionam maior possibilidade de fracionamento e adequação à faixa etária. QUESTÃO 50 Um importante parâmetro para o controle de estoque de medicamento é: a)variações sazonais; b)consumo médio mensal; c)espaço físico da farmácia; d)demanda da necessidade de infra-estrutura; e)sistema de distribuição de medicamentos. Pág 5/ 5

Autor: Ana Letícia Melito

Autor: Ana Letícia Melito 1 ENTREGA DE MEDICAMENTOS EM DOMICÍLIO POR SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE Autor: Ana Letícia Melito Farmacêutica da TPC/Pronto Express Operador Logístico contratado pela SMS SP Atualmente adotado pelas SMS

Leia mais

8 Amoxicilina + Clavulanato de potassio comprimido 500 mg \ 125mg. Obs. Protocolo

8 Amoxicilina + Clavulanato de potassio comprimido 500 mg \ 125mg. Obs. Protocolo Secretaria de Saúde BOLETIM DE PUBLICAÇÃO Nº 005/09 Despacho da Secretaria de Saude em 22/07/09. Processo(s) 2294/08. De acordo com o parecer da Comissao de Elaboracao da Relacao de Medicamentos da Farmacia

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTE NOVA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTE NOVA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTE NOVA SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE RELAÇÃO MUNICIPAL DE MEDICAMENTOS - REMUNE ATENÇÃO BÁSICA 01 Ácido Acetilsalicílico 100mg comprimido 02 Ácido fólico 5mg comprimido 03 Albendazol

Leia mais

Prova para o Título de Especialista em Farmácia Hospitalar SBRAFH 2009

Prova para o Título de Especialista em Farmácia Hospitalar SBRAFH 2009 Prova para o Título de Especialista em Farmácia Hospitalar SBRAFH 2009 1. Para um paciente que apresenta alergia a penicilina cristalina, uma alternativa terapêutica seria: a) cefalotina b) amoxicilina

Leia mais

ANEXO I ELENCO DE REFERÊNCIA ESTADUAL DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Medicamentos com aquisição pelos Municípios conforme pactuação

ANEXO I ELENCO DE REFERÊNCIA ESTADUAL DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Medicamentos com aquisição pelos Municípios conforme pactuação ANEXO I ELENCO DE REFERÊNCIA ESTADUAL DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Medicamentos com aquisição pelos Municípios conforme pactuação nas Comissão Intergestora Bipartite e financiamento

Leia mais

FARMÁCIA BÁSICA. Ácido Acetilsalicílico 100mg. Água destilada para injeção 10mL. Albendazol 40mg/mL Suspensão Oral Alendronato de Sódio 70mg

FARMÁCIA BÁSICA. Ácido Acetilsalicílico 100mg. Água destilada para injeção 10mL. Albendazol 40mg/mL Suspensão Oral Alendronato de Sódio 70mg FARMÁCIA BÁSICA Medicamento Acetato de Retinol (Vitamina A) 50.000UI/mL + Colecalciferol (Vitamina D) 10.000UI/mL Solução Oral Acetazolamida 250mg Aciclovir 200mg Ácido Acetilsalicílico 100mg Ácido Fólico

Leia mais

Prescrição Médica. Medicina. Prática Médica. Prática Médica. Do latim ars medicina : arte da cura.

Prescrição Médica. Medicina. Prática Médica. Prática Médica. Do latim ars medicina : arte da cura. Medicina Do latim ars medicina : arte da cura. Prescrição Médica Surge de reações instintivas para aliviar a dor ou evitar a morte. Prof. Dr. Marcos Moreira Prof. Adjunto de Farmacologia, ICB/UFJF Prof.

Leia mais

Medicamentos. Esses medicamentos são Dispensados nas Unidades Básicas, Centro de Saúde e Policlínicas com a apresentação de Receituário Médico.

Medicamentos. Esses medicamentos são Dispensados nas Unidades Básicas, Centro de Saúde e Policlínicas com a apresentação de Receituário Médico. Medicamentos 1. REMUME (RELAÇÃO MUNICIPAL DE MEDICAMENTOS ESSENCIAIS). apresentação de Receituário Médico. AAS 500mg Aminofilina 100 Comp. Amoxicilina 500mg Amoxicilina 250-150 ml Susp. Ampicilina 500mg

Leia mais

PADRONIZAÇÃO 2015 FARMÁCIA MUNICIPAL

PADRONIZAÇÃO 2015 FARMÁCIA MUNICIPAL ALENDRONATO DE SÓDIO COMPRIMIDO 70MG COM AMIODARONA, CLORIDRATO COMPRIMIDO 200MG COM AMITRIPTILINA, CLORIDRATO COMPRIMIDO 25MG COM AMOXICILINA CÁPSULA OU COMPRIMIDO 500MG COM AMOXICILINA PÓ PARA SUSPENSÃO

Leia mais

LISTA DE MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS PELA REDE PRÓPRIA

LISTA DE MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS PELA REDE PRÓPRIA LISTA DE MEDICAMENTOS DISPONIBILIZADOS PELA REDE PRÓPRIA INDICAÇÃO MEDICAMENTO APRESENTAÇÃO ANALGÉSICO / ANTIPIRÉTICO / ESPASMOLÍTICO DIPIRONA GOTAS 500MG/ML ANALGÉSICO E ANTIPIRÉTICO / ANTIRREUMÁTICO

Leia mais

Medicamento O que é? Para que serve?

Medicamento O que é? Para que serve? Medicamento O que é? Para que serve? Os Medicamentos são produtos farmacêuticos, tecnicamente obtidos ou elaborados, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico (Lei nº

Leia mais

Lista Medicamentos disponíves nas Farmácias da Rede SUS

Lista Medicamentos disponíves nas Farmácias da Rede SUS Lista Medicamentos disponíves nas Farmácias da Rede SUS DENOMINAÇÃO COMUM APRESENTAÇÃO 1. Ácido acetilsalicílico Comprimidos 100mg 2. Ácido acetilsalicílico Comprimidos 500mg 3. Aciclovir Comprimidos 200mg

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE ACADÊMICO BOLSISTA

PROCESSO SELETIVO DE ACADÊMICO BOLSISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA GERAL DE GESTÃO DE TALENTOS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E DEFESA CIVIL PROCESSO SELETIVO DE ACADÊMICO BOLSISTA CADERNO DE QUESTÕES Estágio: ATENÇÃO

Leia mais

CONHECENDO MELHOR A FARMÁCIA E SEUS PRODUTOS

CONHECENDO MELHOR A FARMÁCIA E SEUS PRODUTOS CONHECENDO MELHOR A FARMÁCIA E SEUS PRODUTOS No Brasil, a venda de medicamentos é feita em estabelecimentos devidamente registrados em órgãos específicos que visam a monitorar a venda correta desses produtos,

Leia mais

1.5. Dados pessoais que devem constar na receita médica. 1.6. Validade das receitas de medicamentos antimicrobianos

1.5. Dados pessoais que devem constar na receita médica. 1.6. Validade das receitas de medicamentos antimicrobianos Atualizado: 10 / 05 / 2013 FAQ AI 1. Controle de medicamentos antimicrobianos (antibióticos) 1.1. Informações gerais 1.2. Uso contínuo (tratamento prolongado) 1.3. Retenção da segunda via da receita médica

Leia mais

ANEXO I DO ELENCO DE REFERÊNCIA DOS MEDICAMENTOS E INSUMOS DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

ANEXO I DO ELENCO DE REFERÊNCIA DOS MEDICAMENTOS E INSUMOS DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA ANEXO I DO ELENCO DE REFERÊNCIA DOS MEDICAMENTOS E INSUMOS DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Art. 1º O Elenco de Referência é composto por medicamentos e insumos que se destinam a atender

Leia mais

Tracur besilato de atracúrio. Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE

Tracur besilato de atracúrio. Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Tracur besilato de atracúrio Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução Injetável 10 mg/ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Tracur besilato de atracúrio APRESENTAÇÃO Solução Injetável

Leia mais

AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE

AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE V Jornada Nacional de Economia da Saúde II Jornada de Avaliação de Tecnologias em Saúde do IMIP AVALIAÇÃO TECNOLÓGICA COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO EM SERVIÇOS DE SAÚDE Ricardo Kuchenbecker Professor Adjunto

Leia mais

FARMACOTÉCNICA HOSPITALAR. Carlos Tiago Martins Moura Farmacêutico Serviço de Farmácia - HUWC

FARMACOTÉCNICA HOSPITALAR. Carlos Tiago Martins Moura Farmacêutico Serviço de Farmácia - HUWC FARMACOTÉCNICA HOSPITALAR Carlos Tiago Martins Moura Farmacêutico Serviço de Farmácia - HUWC INTRODUÇÃO: A farmacotécnica hospitalar é um serviço que propicia grande economia para a instituição pois a

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL RESOLUÇÃO CIB Nº 127

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL RESOLUÇÃO CIB Nº 127 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL RESOLUÇÃO CIB Nº 127 Aprova o novo elenco de referência do componente da Assistência Farmacêutica na Atenção Básica para cumprimento da Portaria MS n 3.237/07 após a conclusão

Leia mais

FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA

FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA Maria Beatriz Cardoso Ferreira Departamento de Farmacologia Instituto de Ciências Básicas da Saúde - UFRGS Paciente de 68 anos procura atendimento

Leia mais

HOSPITAL FÊMINA. Administração de Medicamentos

HOSPITAL FÊMINA. Administração de Medicamentos HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO HOSPITAL FÊMINA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS COMISSÃO DE GERENCIAMENTO DE RISCO SERVIÇO DE FARMÁCIA Administração de Medicamentos Farmª Luciane Lindenmeyer Farmª Raquel

Leia mais

Comprimidos revestidos com 2,5 mg de saxagliptina em embalagem com 28 comprimidos.

Comprimidos revestidos com 2,5 mg de saxagliptina em embalagem com 28 comprimidos. saxagliptina APRESENTAÇÕES ONGLYZA (saxagliptina) é apresentado na forma de: Comprimidos revestidos com 2,5 mg de saxagliptina em embalagem com 28 comprimidos. Comprimidos revestidos com 5 mg de saxagliptina

Leia mais

Prova para o Título de Especialista em Farmácia Hospitalar SBRAFH 2007

Prova para o Título de Especialista em Farmácia Hospitalar SBRAFH 2007 Prova para o Título de Especialista em Farmácia Hospitalar SBRAFH 2007 1. Assinale a alternativa que não se relaciona a ações que devem ser desenvolvidas pela Farmácia Hospitalar: a) participar da gestão

Leia mais

REMUME 2010 ÁCIDO ACETILSALICÍLICO, 100 MG ALBENDAZOL, 40 MG/ML, SUSPENSÃO ORAL AMOXICILINA, 50MG/ML, PÓ PARA SUSPENSÃO ORAL

REMUME 2010 ÁCIDO ACETILSALICÍLICO, 100 MG ALBENDAZOL, 40 MG/ML, SUSPENSÃO ORAL AMOXICILINA, 50MG/ML, PÓ PARA SUSPENSÃO ORAL REMUME 2010 MEDICAMENTOS ATENÇÃO BÁSICA APRESENTAÇÃO ANLODIPINO BESILATO, 5 MG ACICLOVIR, 200 MG ACICLOVIR, 50 MG/G, CREME ÁCIDO ACETILSALICÍLICO, 100 MG ÁCIDO FÓLICO, 5 MG ÁCIDO FOLÍNICO, 15 MG ALBENDAZOL,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico Etec: Dr. Francisco Nogueira de Lima Código: 9 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional: Técnica

Leia mais

Acebrofilina adulto 50mg/5ml xarope Acebrofilina infantil 20mg/5ml xarope

Acebrofilina adulto 50mg/5ml xarope Acebrofilina infantil 20mg/5ml xarope COMO FICOU A LISTA NOVA DO REMUME DENOMINAÇÃO GENÉRICA CONCENTRAÇÃO/ APRESENTAÇÃO COMPOSIÇÃO Acebrofilina adulto 50mg/5ml xarope Acebrofilina infantil 20mg/5ml xarope Acetato de betametasona+fosfato (3mg+3mg)/ml

Leia mais

ANEXO I ELENCO DE REFERÊNCIA NACIONAL DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

ANEXO I ELENCO DE REFERÊNCIA NACIONAL DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA ANEXO I ELENCO DE REFERÊNCIA NACIONAL DO COMPONENTE BÁSICO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Fármacos com aquisição pelos municípios, Distrito Federal e/ou estados, conforme pactuação nas Comissões Intergestores

Leia mais

Resolução nº 492 de 26 de novembro de 2008

Resolução nº 492 de 26 de novembro de 2008 Resolução nº 492 de 26 de novembro de 2008 Ementa: Regulamenta o exercício profissional nos serviços de atendimento pré-hospitalar, na farmácia hospitalar e em outros serviços de saúde, de natureza pública

Leia mais

Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 10 mg e 25 mg

Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 10 mg e 25 mg JARDIANCE (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 10 mg e 25 mg Jardiance empagliflozina APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 10 mg ou 25

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia Geral, Citologia e Genética Estudo da célula, seus componentes e relação com as funções

Leia mais

Rivastigmina (Port.344/98 -C1)

Rivastigmina (Port.344/98 -C1) Rivastigmina (Port.344/98 -C1) Alzheimer DCB: 09456 CAS: 129101-54-8 Fórmula molecular: C 14 H 22 N 2 O 2.C 4 H 6 O 6 Nome químico: (S)-N-Ethyl-3-[(1-dimethylamino)ethyl]-N-methylphenylcarbamate hydrogen

Leia mais

12-Nov-12. Comissão de Farmácia Hospitalar 2012. Curitiba, 13 de novembro 2012 Kelly Cristiane Gusso Braga Comissão de Farmácia Hospitalar CRF PR

12-Nov-12. Comissão de Farmácia Hospitalar 2012. Curitiba, 13 de novembro 2012 Kelly Cristiane Gusso Braga Comissão de Farmácia Hospitalar CRF PR Comissão de Farmácia Hospitalar 2012 Curitiba, 13 de novembro 2012 Kelly Cristiane Gusso Braga Comissão de Farmácia Hospitalar CRF PR 1 Garantir a guarda e o controle de medicamentos pertencentes às listas

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PORTARIA Nº 111, DE 27 DE JUNHO DE 2012. Dispõe sobre normas técnicas e administrativas relacionadas à prescrição e dispensação de medicamentos e insumos do Componente Básico

Leia mais

http://www.fotosdahora.com.br/cli part/cliparts_categorias/escola/in dex.asp?pagina=5, http://www.fontouravip.com. br/quadros/344/

http://www.fotosdahora.com.br/cli part/cliparts_categorias/escola/in dex.asp?pagina=5, http://www.fontouravip.com. br/quadros/344/ http://www.fotos-imagens.net/sala-de-aula.html http://www.jonathanribas.com/blog/12-03-2012-segunda-aula-regras-dasala-de-informatica/ http://galeria.colorir.com/colegio/borracha-deapagar-pintado-por-pedro-883081.html

Leia mais

Resumo. Introdução Segundo o Departamento de Hipertensão Arterial da Sociedade Brasileira de Cardiologia, a hipertensão afeta mais de 30% da população

Resumo. Introdução Segundo o Departamento de Hipertensão Arterial da Sociedade Brasileira de Cardiologia, a hipertensão afeta mais de 30% da população Interações Medicamentosas de Anti-Hipertensivos com outros Medicamentos Ana Virgínia Campos Miranda, Nilton Carlos Umbelino Lima, João Marcelo A. B. B. Nabas. Graduandos do curso de Farmácia da Instituição

Leia mais

Sistema tampão. Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H +

Sistema tampão. Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H + Sistema tampão Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H + Quando se adiciona um ácido forte na solução de ácido fraco HX X - + H + HA A - H + X - H + H + HA A

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Práticas seguras de distribuição de medicamentos.

Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Práticas seguras de distribuição de medicamentos. Procedimento Operacional Padrão (POP) Núcleo de Segurança do Paciente - COSEP - NUVISAH Título: Práticas seguras de distribuição de medicamentos. POP nº 06 - NUVISAH/HU Versão: 01 Próxima revisão: 30/07/2016

Leia mais

CARTÃO MEDICAMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL PROGRAMA DE FORNECIMENTO DE MEDICAMENTO À POPULAÇÃO

CARTÃO MEDICAMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL PROGRAMA DE FORNECIMENTO DE MEDICAMENTO À POPULAÇÃO CARTÃO MEDICAMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL PROGRAMA DE FORNECIMENTO DE MEDICAMENTO À POPULAÇÃO PROGRAMA CARTÃO MEDICAMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL, MEDICAMENTOS AO ALCANÇE DE TODOS. Os processos burocráticos

Leia mais

TRAYENTA DUO. (linagliptina + cloridrato de metformina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos.

TRAYENTA DUO. (linagliptina + cloridrato de metformina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. TRAYENTA DUO (linagliptina + cloridrato de metformina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 2,5/500 mg 2,5/850 mg 2,5/1000 mg TRAYENTA DUO linagliptina + cloridrato

Leia mais

FARMACÊUTICA. Sammara Tavares Nunes Coord. Central de Abastecimento Farmacêutico CAF/HUWC

FARMACÊUTICA. Sammara Tavares Nunes Coord. Central de Abastecimento Farmacêutico CAF/HUWC LOGÍSTICA FARMACÊUTICA Sammara Tavares Nunes Coord. Central de Abastecimento Farmacêutico CAF/HUWC Central de Abastecimento Farmacêutico Unidade que tem por finalidade manter e abastecer de modo dinâmico

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: FARMACOLOGIA BÁSICA Código: ODO-015 CH Total: 60 horas Pré-requisito:

Leia mais

TRAYENTA DUO. (linagliptina + cloridrato de metformina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos.

TRAYENTA DUO. (linagliptina + cloridrato de metformina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. TRAYENTA DUO (linagliptina + cloridrato de metformina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 2,5/500 mg 2,5/850 mg 2,5/1000 mg Trayenta Duo linagliptina cloridrato

Leia mais

BULA PARA O PACIENTE

BULA PARA O PACIENTE BULA PARA O PACIENTE I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ACTOS cloridrato de pioglitazona APRESENTAÇÕES: ACTOS (cloridrato de pioglitazona) comprimido de 15 mg: frasco com 15 comprimidos ACTOS (cloridrato

Leia mais

Comprimidos revestidos com 2,5 mg de saxagliptina em embalagem com 28 comprimidos.

Comprimidos revestidos com 2,5 mg de saxagliptina em embalagem com 28 comprimidos. APRESENTAÇÕES ONGLYZA (saxagliptina) é apresentado na forma de: Comprimidos revestidos com 2,5 mg de saxagliptina em embalagem com 28 comprimidos. Comprimidos revestidos com 5 mg de saxagliptina em embalagens

Leia mais

Interação Droga (Fármaco) X Nutriente. Ms Sônia Alscher CRN-2 0428

Interação Droga (Fármaco) X Nutriente. Ms Sônia Alscher CRN-2 0428 Interação Droga (Fármaco) X Nutriente Ms Sônia Alscher CRN-2 0428 Conceitos Preliminares Fármaco ou Princípio Ativo Substância principal da formulação do medicamento, responsável pelo efeito terapêutico.

Leia mais

Administração de medicamentos em enfermagem. Prof Giselle

Administração de medicamentos em enfermagem. Prof Giselle Administração de medicamentos em enfermagem Prof Giselle Administração de medicamentos È uma atividade séria que envolve muita responsabilidade. Neste contexto o enfermeiro deve agir com segurança responsabilidade

Leia mais

FARMÁCIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE. Farm. Corina Keller 23ª GESAU Blumenau 2014

FARMÁCIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE. Farm. Corina Keller 23ª GESAU Blumenau 2014 FARMÁCIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE Farm. Corina Keller 23ª GESAU Blumenau 2014 Lei nº 5991/73: Art. 4º, Inciso X - Farmácia - estabelecimento de manipulação de fórmulas magistrais e oficinais, de comércio de

Leia mais

Iguassina hidroclorotiazida triantereno

Iguassina hidroclorotiazida triantereno Iguassina hidroclorotiazida triantereno Forma Farmacêutica e Apresentação: Comprimido: Embalagem com 20 comprimidos. USO ADULTO USO ORAL Composição: Cada comprimido contém: hidroclorotiazida 50 mg triantereno

Leia mais

Orientações sobre o uso correto dos medicamentos.

Orientações sobre o uso correto dos medicamentos. Orientações sobre o uso correto dos medicamentos. O quê preciso saber sobre os medicamentos do paciente? Antes de administrar qualquer medicamento, verifique: O nome: alguns medicamentos têm nomes parecidos,

Leia mais

MODELO DE TEXTO DE BULA

MODELO DE TEXTO DE BULA Organon do MODELO DE TEXTO DE BULA Exluton linestrenol Forma farmacêutica e apresentação Comprimidos. Cartucho com 28 comprimidos. USO ADULTO Composição Cada comprimido contém: linestrenol... 0,5 mg excipientes

Leia mais

PROF.: FERNANDA BRITO Disciplina Farmacologia. fernandabrito@vm.uff.br

PROF.: FERNANDA BRITO Disciplina Farmacologia. fernandabrito@vm.uff.br PROF.: FERNANDA BRITO Disciplina Farmacologia fernandabrito@vm.uff.br EXEMPLOS DE ESQUEMAS COMPARTIMENTAIS DO CORPO TGI COMPARTIMENTO CENTRAL CÉREBRO FÍGADO ELIMINAÇÃO METABÓLICA EXCREÇÃO RENAL OUTROS

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA 100/2014

RESPOSTA RÁPIDA 100/2014 RESPOSTA RÁPIDA 100/2014 SOLICITANTE Dra. Juliana Mendes Pedrosa Juíza de Direito da Comarca de Itambacuri - MG NÚMERO DO PROCESSO 0327.14.000056-0 DATA 06/03/2014 Pois bem, versam os autos sobre o pedido

Leia mais

PIOGLIT. cloridrato de pioglitazona. Comprimido - 15 mg Comprimido - 30 mg Comprimido - 45 mg

PIOGLIT. cloridrato de pioglitazona. Comprimido - 15 mg Comprimido - 30 mg Comprimido - 45 mg PIOGLIT cloridrato de pioglitazona Comprimido - 15 mg Comprimido - 30 mg Comprimido - 45 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 PIOGLIT cloridrato de pioglitazona I- IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

AVALIAÇÃO ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO 2013/262 AUXILIAR DE FARMÁCIA

AVALIAÇÃO ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO 2013/262 AUXILIAR DE FARMÁCIA AVALIAÇÃO ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO 2013/262 AUXILIAR DE FARMÁCIA 1. Entende-se por seleção de medicamentos: a) o conjunto de procedimentos técnicos e administrativos que envolvem as atividades de recepção/recebimento

Leia mais

Índice: Expediente. Elaboração e organização: Renata Zaccara - Farmacêutica Clínica. Diagramação: Impressão: Ano 2010. Pág. 2 ...

Índice: Expediente. Elaboração e organização: Renata Zaccara - Farmacêutica Clínica. Diagramação: Impressão: Ano 2010. Pág. 2 ... ... Pág. 1 Índice: O QUE PRECISO SABER SOBRE OS MEDICAMENTOS QUE ESTOU TOMANDO? 01 ONDE E COMO DEVO GUARDAR E/OU DESPREZAR OS MEDICAMENTOS? QUAIS CUIDADOS DEVO TER COM AS INSULINAS? INFORMAÇÕES GERAIS

Leia mais

cloridrato de pioglitazona Comprimido - 30 mg Comprimido - 45 mg

cloridrato de pioglitazona Comprimido - 30 mg Comprimido - 45 mg cloridrato de pioglitazona Comprimido - 15 mg Comprimido - 30 mg Comprimido - 45 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 cloridrato de pioglitazona Medicamento genérico Lei

Leia mais

F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA. FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor. Titulação: Aprimoramento e Especialização

F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA. FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor. Titulação: Aprimoramento e Especialização F - ÁREA PROFISSIONAL FARMÁCIA FARMÁCIA HOSPITALAR E CLÍNICA - InCor Titulação: Aprimoramento e Especialização Supervisora: Drª Sonia Lucena Cipriano Características: (duração 12 meses) Dirigido a farmacêuticos,

Leia mais

Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal FARMACOLOGIA. Professor Bruno Aleixo Venturi

Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal FARMACOLOGIA. Professor Bruno Aleixo Venturi Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal FARMACOLOGIA Professor Bruno Aleixo Venturi Farmacologia fármacon: drogas lógos: estudo É a ciência que estuda como os medicamentos

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: MARIO NETO

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: MARIO NETO GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: MARIO NETO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS SÉRIE: 2º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem 1) Elabore o roteiro de estudos: a. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? b.

Leia mais

Manual de Orientação sobre prescrições de substâncias Medicamentos sujeitos a controle especial

Manual de Orientação sobre prescrições de substâncias Medicamentos sujeitos a controle especial Manual de Orientação sobre prescrições de substâncias Medicamentos sujeitos a controle especial O Centro de Vigilãncia Sanitária de São Paulo possui o ógrão colegiado Comissão Técnica da Produtos de Controle

Leia mais

APRESENTAÇÕES Comprimido contendo 15 mg, 30 mg ou 45 mg em embalagem com 30 comprimidos.

APRESENTAÇÕES Comprimido contendo 15 mg, 30 mg ou 45 mg em embalagem com 30 comprimidos. STANGLIT cloridrato de pioglitazona APRESENTAÇÕES Comprimido contendo 15 mg, 30 mg ou 45 mg em embalagem com 30 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido contém 16,53 mg de cloridrato

Leia mais

PREPARO DE MEDICAMENTOS POR SONDAS EM PACIENTES QUE RECEBEM NUTRIÇÃO ENTERAL. Caroline de Deus Lisboa Lolita Dopico da Silva

PREPARO DE MEDICAMENTOS POR SONDAS EM PACIENTES QUE RECEBEM NUTRIÇÃO ENTERAL. Caroline de Deus Lisboa Lolita Dopico da Silva PREPARO DE MEDICAMENTOS POR SONDAS EM PACIENTES QUE RECEBEM NUTRIÇÃO ENTERAL Caroline de Deus Lisboa Lolita Dopico da Silva 2012 QUESTÃO NORTEADORA E OBJETIVOS Como a enfermagem prepara medicamentos por

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Artigo 1º Atendendo à Portaria de número

Leia mais

CLORETO DE SÓDIO 0,9%

CLORETO DE SÓDIO 0,9% FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Solução injetável. SISTEMA FECHADO Solução de cloreto de sódio 0,9% (cloreto de sódio 9 mg/ml): Frascos de plástico transparente com 50 ml, 100 ml, 250 ml, 500 ml e

Leia mais

PORTARIA Nº 4.217, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2010

PORTARIA Nº 4.217, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2010 PORTARIA Nº 4.217, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2010 Aprova as normas de financiamento e execução do Componente Básico da Assistência Farmacêutica. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso de suas atribuições, e

Leia mais

MONOCORDIL mononitrato de isossorbida APRESENTAÇÕES

MONOCORDIL mononitrato de isossorbida APRESENTAÇÕES MONOCORDIL mononitrato de isossorbida APRESENTAÇÕES Comprimidos simples de 20 mg cartucho com 20 ou 30 comprimidos. Comprimidos simples de 40 mg cartucho com 30 comprimidos. VIA ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO

Leia mais

1- Com relação ao texto acima citado, assinale a alternativa CORRETA:

1- Com relação ao texto acima citado, assinale a alternativa CORRETA: FARMACÊUTICO A metoclopramida e a cisaprida são estimulantes seletivos da motilidade gastrintestinal. Além de suas propriedades colinomiméticas, a metoclopramida é um potente antagonista da serotonina.

Leia mais

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS ácido acetilsalicílico

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS ácido acetilsalicílico Modelo de Bula Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS ácido acetilsalicílico FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES AAS Infantil comprimidos

Leia mais

PROF.: FERNANDA BRITO Disciplina Farmacologia. fernandabrito@vm.uff.br

PROF.: FERNANDA BRITO Disciplina Farmacologia. fernandabrito@vm.uff.br PROF.: FERNANDA BRITO Disciplina Farmacologia fernandabrito@vm.uff.br CONCEITOS ABSORÇÃO Passagem da droga do local de administração p/ a corrente sangüínea FÍGADO TGI METABOLISMO PLASMA PULMÃO RIM METABOLISMO

Leia mais

Os profissionais de enfermagem que participam e atuam na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, serão os previstos na Lei 7.498/86.

Os profissionais de enfermagem que participam e atuam na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, serão os previstos na Lei 7.498/86. Regulamento da Terapia Nutricional 1. DEFINIÇÕES: Terapia Nutricional (TN): Conjunto de procedimentos terapêuticos para manutenção ou recuperação do estado nutricional do usuário por meio da Nutrição Parenteral

Leia mais

Lista de medicamentos genéricos registrados sujeitos a controle especial - por ordem alfabética Atualizado até Diário Oficial da União de 18/06/07

Lista de medicamentos genéricos registrados sujeitos a controle especial - por ordem alfabética Atualizado até Diário Oficial da União de 18/06/07 Lista de medicamentos genéricos registrados sujeitos a controle especial - por ordem alfabética Atualizado até Diário Oficial da União de 18/06/07 Genérico Labor.(genérico) Referência Concentração Forma

Leia mais

ENGOV maleato de mepiramina 15,0 mg - hidróxido de alumínio 150,0 mg - ácido acetilsalicílico 150,0 mg cafeína 50,0 mg

ENGOV maleato de mepiramina 15,0 mg - hidróxido de alumínio 150,0 mg - ácido acetilsalicílico 150,0 mg cafeína 50,0 mg 1/5 IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ENGOV maleato de mepiramina 15,0 mg - hidróxido de alumínio 150,0 mg - ácido acetilsalicílico 150,0 mg cafeína 50,0 mg APRESENTAÇÃO Comprimido Display contendo 25 envelopes

Leia mais

1.2. Escrituração de medicamentos e insumos farmacêuticos. 1.2.2. Arquivos XML sem movimentações. 1.2.2.1. Medicamentos vencidos

1.2. Escrituração de medicamentos e insumos farmacêuticos. 1.2.2. Arquivos XML sem movimentações. 1.2.2.1. Medicamentos vencidos Atualizado: 25 / 10 / 2013 FAQ AI 1. Escrituração e movimentação dos arquivos XML no SNGPC 1.1. Programa interno do estabelecimento 1.1.1. Alteração do software 1.2. Escrituração de medicamentos e insumos

Leia mais

Actifedrin. cloridrato de triprolidina cloridrato de pseudoefedrina

Actifedrin. cloridrato de triprolidina cloridrato de pseudoefedrina Actifedrin cloridrato de triprolidina cloridrato de pseudoefedrina Formas farmacêuticas e apresentações Xarope embalagem contendo 100 ml Comprimidos embalagem contendo 20 comprimidos USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Leia mais

MODELO BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE. Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento.

MODELO BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE. Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. MODELO BULA PARA O PROFISSIONAL DA SAÚDE Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. Folonin ácido fólico FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Comprimidos

Leia mais

SERVIÇO DE FARMÁCIA DO HC/UFTM

SERVIÇO DE FARMÁCIA DO HC/UFTM SERVIÇO DE FARMÁCIA DO HC/UFTM Suely da Silva - Chefe da Unidade de Dispensação Farmacêutica do HC/UFTM - Filial EBSERH Mauritânia Rodrigues Ferreira Cajado - Farmacêutica da Dispensação do HC/UFTM Introdução

Leia mais

ACTOS cloridrato de pioglitazona

ACTOS cloridrato de pioglitazona ACTOS cloridrato de pioglitazona I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO ACTOS cloridrato de pioglitazona APRESENTAÇÕES: ACTOS (cloridrato de pioglitazona) comprimido de: 15 mg: frascos com 15 comprimidos 30 mg:

Leia mais

Farmacologia Formas farmacêuticas e administração

Farmacologia Formas farmacêuticas e administração PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação Departamento de Biologia Farmacologia Formas farmacêuticas e administração Prof. Raimundo Jr, M.Sc Desenvolvimentos dos fármacos 1. Síntese

Leia mais

VASCLIN mononitrato de isossorbida + ácido acetilsalicílico Cápsulas

VASCLIN mononitrato de isossorbida + ácido acetilsalicílico Cápsulas VASCLIN mononitrato de isossorbida + ácido acetilsalicílico Cápsulas USO ORAL USO ADULTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES Cápsulas com 40 mg de mononitrato de isossorbida e 100 mg de ácido acetilsalicílico.

Leia mais

MEDICAMENTOS. CAPACITAÇÃO EM FARMACOLOGIA PARA AS EQUIPES DE SAÚDE BUCAL Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal 2015

MEDICAMENTOS. CAPACITAÇÃO EM FARMACOLOGIA PARA AS EQUIPES DE SAÚDE BUCAL Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal 2015 MEDICAMENTOS CAPACITAÇÃO EM FARMACOLOGIA PARA AS EQUIPES DE SAÚDE BUCAL Auxiliares e Técnicos em Saúde Bucal 2015 Parceria: Farmácia Escola da UFRGS - Programa Farmácia Popular Programa de Pós-Graduação

Leia mais

POLUENTES FARMACÊUTICOS: a poluição silenciosa RESUMO

POLUENTES FARMACÊUTICOS: a poluição silenciosa RESUMO 95 POLUENTES FARMACÊUTICOS: a poluição silenciosa Angélica Silveira da Costa ¹ Maiara Silva Costa ² RESUMO O avanço contínuo da medicina moderna promoveu o desenvolvimento de novos compostos farmacêuticos,

Leia mais

A natureza dos medicamentos utilizados em Terapia Intravenosa: prevenção de erros e segurança do paciente

A natureza dos medicamentos utilizados em Terapia Intravenosa: prevenção de erros e segurança do paciente Disciplina: Terapia intravenosa: práticas de enfermagem para uma assistência de qualidade S NT3: Os avanços tecnológicos na TI: medicamentos, remoção de cateteres e complicações, prevenção e segurança

Leia mais

ESTADO DA BAHIA Prefeitura Municipal de Vera Cruz GABINETE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE www.veracruz.ba.gov.br

ESTADO DA BAHIA Prefeitura Municipal de Vera Cruz GABINETE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE www.veracruz.ba.gov.br PORTARIA N 014 /2015 A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE VERA CRUZ, por nomeação legal e no uso das atribuições que lhe são conferidas, CONSIDERANDO a necessidade premente do controle efetivo sobre o estoque

Leia mais

Glucoformin cloridrato de metformina

Glucoformin cloridrato de metformina Glucoformin cloridrato de metformina LER CUIDADOSAMENTE ANTES DE USAR FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES GLUCOFORMIN 500 mg: Cartucho com 1 blister de 10 comprimidos revestidos Cartucho com 3 blisters

Leia mais

Olmetec HCT olmesartana medoxomila/hidroclorotiazida

Olmetec HCT olmesartana medoxomila/hidroclorotiazida Olmetec HCT olmesartana medoxomila/hidroclorotiazida I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Olmetec HCT Nome genérico: olmesartana medoxomila/hidroclorotiazida APRESENTAÇÕES Olmetec HCT 20 mg/12,5

Leia mais

SETORES DA FARMÁCIA HOSPITALAR EUGENIE DESIRÈE RABELO NÉRI FARMACÊUTICA HOSPITALAR

SETORES DA FARMÁCIA HOSPITALAR EUGENIE DESIRÈE RABELO NÉRI FARMACÊUTICA HOSPITALAR SETORES DA FARMÁCIA HOSPITALAR EUGENIE DESIRÈE RABELO NÉRI FARMACÊUTICA HOSPITALAR CENTRAL DE ABASTECIMENTO FARMACÊUTICO Unidade que tem por finalidade manter e abastecer de modo dinâmico os estoques de

Leia mais

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Disciplina: Farmacologia Curso: Enfermagem TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Professora: Ms. Fernanda Cristina Ferrari Controle da Pressão Arterial Sistêmica Controle Neural estimulação dos

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL RESOLUÇÃO CIB N 049/2015

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL RESOLUÇÃO CIB N 049/2015 RESOLUÇÃO CIB N 049/2015 Aprova o elenco de referência de medicamentos e insumos do componente básico da Assistência Farmacêutica para execução das contrapartidas federal, estadual e municipais. A Plenária

Leia mais

APRESENTAÇÃO Comprimidos: embalagem contendo 30 comprimidos de 25 mg. Xarope: embalagem contendo 1 frasco de 120 ml de 2 mg/ml.

APRESENTAÇÃO Comprimidos: embalagem contendo 30 comprimidos de 25 mg. Xarope: embalagem contendo 1 frasco de 120 ml de 2 mg/ml. Hixizine cloridrato de hidroxizina Uso adulto e pediátrico Uso oral APRESENTAÇÃO Comprimidos: embalagem contendo 30 comprimidos de 25 mg. Xarope: embalagem contendo 1 frasco de 120 ml de 2 mg/ml. COMPOSIÇÃO

Leia mais

COMO USAR A LISTA DE MEDICAMENTOS GRATUITOS DA AMIL:

COMO USAR A LISTA DE MEDICAMENTOS GRATUITOS DA AMIL: COMO USAR A LISTA DE MEDICAMENTOS GRATUITOS DA AMIL: 1. Após se consultar com um médico credenciado AMIL, apresente a lista de medicamentos que segue abaixo; 2. Peça ao seu médico que, se possível, prescreva

Leia mais

Forma farmacêutica e apresentação: Comprimido revestido. Display contendo 25 blísteres com 6 comprimidos revestidos.

Forma farmacêutica e apresentação: Comprimido revestido. Display contendo 25 blísteres com 6 comprimidos revestidos. LACTO-PURGA bisacodil 5mg Forma farmacêutica e apresentação: Comprimido revestido. Display contendo 25 blísteres com 6 comprimidos revestidos. USO ADULTO E PEDIÁTRICO (crianças acima de 4 anos) USO ORAL

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Técnico em farmácia

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Técnico em farmácia Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 027 Município: Tupã Eixo Tecnológico: AMBIENTE E SAÚDE Habilitação Profissional: Técnico em Farmácia Qualificação:

Leia mais

DECONGEX PLUS MALEATO DE BRONFENIRAMINA CLORIDRATO DE FENILEFRINA

DECONGEX PLUS MALEATO DE BRONFENIRAMINA CLORIDRATO DE FENILEFRINA DECONGEX PLUS MALEATO DE BRONFENIRAMINA CLORIDRATO DE FENILEFRINA Comprimidos revestidos de liberação programada em blíster de 12 Xarope em frasco de 120 ml, acompanhado de copo-medida de 10 ml Solução

Leia mais

03/09/2015 MEDICAMENTOS CONTROLADOS PORTARIA N.344/98 E SUAS ATUALIZAÇÕES TALIDOMIDA ONDE ENCONTRAR INFORMAÇÕES?

03/09/2015 MEDICAMENTOS CONTROLADOS PORTARIA N.344/98 E SUAS ATUALIZAÇÕES TALIDOMIDA ONDE ENCONTRAR INFORMAÇÕES? PREPARATÓRIO PARA CONCURSO EBSERH FARMACÊUTICO DRATATYANA XAVIER ALMEIDA MATTEUCCI FERREIRA FARMACÊUTICA TÓPICO 3 - MEDICAMENTOS CONTROLADOS, MEDICAMENTOS GENÉRICOS, MEDICAMENTOS EXCEPCIONAIS, PADRONIZAÇÃO

Leia mais

Semissólidos ERIKA LIZ

Semissólidos ERIKA LIZ Semissólidos ERIKA LIZ Ação As preparações são aplicadas à pele por seus efeitos físicos, ou seja, sua capacidade de agir como protetores, lubrificantes, emolientes, secantes, ou devido ao efeito específico

Leia mais

Ministério da Saúde Consultoria Jurídica/Advocacia Geral da União

Ministério da Saúde Consultoria Jurídica/Advocacia Geral da União Nota Brasília, Técnica maio N de 38 2012. /2012 Princípio Nomes Comerciais1 Ativo: metilfenidato. Sumário e de Referência: Ritalina, Ritalina LA e Concerta 1. 2. que é o metilfenidato? 3. ANVISA? Para

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DO PROCESSO DE LICITAÇÃO

HOMOLOGAÇÃO DO PROCESSO DE LICITAÇÃO HOMOLOGAÇÃO DO PROCESSO DE LICITAÇÃO Em cumprimento ao que determina a Lei nº. 8.666 de 21 de junho de 1993, e suas alterações posteriores, homologo, de acordo com a Comissão de Licitação, o presente Processo

Leia mais

Cálculos Farmacêuticos

Cálculos Farmacêuticos Introdução CASO 1 Cálculos Farmacêuticos Receita com prescrição de 60 cápsulas de 500 mcg, sendo que a farmácia deve preparar um diluído 1:100 do ativo para facilitar a pesagem. FARMACOTÉCNICA II 2013

Leia mais