c) transferência de custódia nas contas mantidas junto à GEDIP:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "c) transferência de custódia nas contas mantidas junto à GEDIP:"

Transcrição

1 CARTA-CIRCULAR Nº 5l 14/11/1979. Documento normativo revogado pela Circular 466, de 11/10/1979, a partir de s Estabelecimentos Bancários que operem o Mercado Aberto Comunicamos que, consoante deliberação da Diretoria deste Banco em sessão de , fica estendido aos Bancos Comerciais o serviço prestado por este Banco de custódia de, adquiridas no mercado aberto, obedecida a seguinte sistemática: I As letras do Tesouro Nacional poderão ser custodiadas na Gerência da Dívida Pública do Banco Central do Brasil (GEDIP), no Rio de Janeiro, ou em suas Dependências Regionais, nas Delegacias do Banco Central em São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador e Recife. II A abertura de conta de custódia na GEDIP e a sua movimentação pelos Bancos Comerciais será providenciada de acordo com as seguintes condições: a) abertura da conta de custódia: anexo; 1 Letras do Tesouro Nacional adquiridas no mercado: modelo de carta nº 1, 2 Letras do Tesouro Nacional adquiridas nas ofertas semanais do Banco Central:- modelo de carta nº 2, anexo; 3 Para movimentação da custódia serão preenchidos cartões de autógrafos que serão fornecidos pela GEDIP. b) levantamento de títulos custodiados: modelo de carta nº 3, anexo. c) transferência de custódia nas contas mantidas junto à GEDIP: nº 4, anexo; anexo; 1 De uma praça para outra entre as de início mencionadas: modelo de carta 2 Simples transferência de uma instituição para outra: modelo de carta nº 5, 3 Transferência de uma instituição para outra, com automática reversão para a conta de origem, nas operações de venda e compra concomitantes de Letras do Tesouro Nacional: modelo de carta nº 6, anexo; 4 Não serão aceitos pedidos de transferência de custódia de Letras do Tesouro Nacional, com os seguintes prazos mínimos para os respectivos vencimentos: 72 (setenta e duas) horas úteis, no caso de transferência de uma praça para outra;

2 48 (quarenta e oito) horas úteis, nos casos 2 e 3, desta alínea, III Os pedidos de transferência de custódia poderão ser feitos através de comunicação telefônica, ou por telex, à GEDIP, sendo imprescindível, entretanto, IV As Letras custodiadas na GEDIP serão por esta automaticamente resgatadas nos seus vencimentos, mediante um dos procedimentos seguintes, à opção do Banco interessado: a) crédito do respectivo valor na conta do Banco Comercial junto ao Banco do Brasil S.A.; b) utilização do seu valor, ou parte dele, se for ocaso, para pagamento de Letras adquiridas na oferta semanal do Banco Central; c) emissão de cheque em nome do Banco Comercial favorecido. V Extrato da movimentação da conta de custódia será semanalmente colocado à disposição de cada Banco Comercial pela GEDIP. GERÊNCIA DA DÍVIDA PÚBLICA Carlos Brandão Gerente Rio de Janeiro (GB), l6 de setembro de 1971 Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. Anexo à Carta-Circular nº 51,de Gerência da Divida Pública (GEDIP) ou Solicitação de Custódia de Serviço ou Setor Regional da Dívida Pública (REDIP) Nesta Senhor Gerente Gerente Solicitamos-lhe a fineza de acolher para guarda em depósito à nossa ordem os títulos abaixo discriminados, ficando estabelecido que se até 48 (quarenta e oito) horas antes do seu vencimento V. Sª.não receber instruções, poderá efetivar o respectivo resgate:

3 quantidade Valor de Face Valor Total Série/ Oferta de Gerência da Dívida Pública (GEDIP) ou Serviço ou Setor Regional da Dívida Pública (REDIP) Nesta Senhor Gerente, Chefe Prazo: : Taxa de Desconto: Valor Líquido: A propósito da oferta de hoje, ao mercado, vimos propor a compra de Cr$...,

4 obedecido o seguinte desdobramento: Quantidade Valor de Face Valor Total 5.000, , ,00 100,000, , , , ,00 2. Estamos cientes de que a nossa oferta poderá ser total ou parcialmente aceita, dependendo do rateio a que proceder esse Banco, ficando acertado que os títulos serão custodiados/entregues na próxima quarta-feira, dia , contra liquidação por cheque, das 10 às 15 horas, nessa Gerência/Setor. 3. Por oportuno, informamos que a presente proposta de compra de títulos é feita para atender às seguintes finalidades: Cr$ com recursos próprios, para a Carteira; Cr$ para clientes; Cr$ para (s) seguinte (s) Instituição(ções):... Gerência Setor Autorizamos o Senhor..., portador carteira de identidade nº , a promover a retirada dos títulos abaixo descriminados:

5 Quantidade Valor de Face Valor Total Série/ Guia de Transferência Gerência da Dívida Pública (GEDIP) ou Serviço ou Setor Regional da Dívida Pública Senhor Gerente, Chefe Solicitamos-lhe transferir os títulos abaixo discriminados, para a praça de...: Instituição FAVORECIDA: Nome:... Endereço:... Quantidade Valor de Face Valor Total série/

6 Obs... Nota : Fica o Banco Central exonerado de qualquer responsabilidade por divergência não decorrentes de seus serviços. Modelo nº 5 Solicitamos-lhe transferir para depósito em custódia à ordem de......, os títulos discriminados abaixo, conforme nosso telefonema, nº...,de hoje: Quantidade Valor de Face Valor Total / Série Gerência da Dívida Pública (GEDIP) ou Serviço ou Setor Regional da Dívida (REDIP)

7 Nesta Senhor Gerente Solicitamos-lhe transferir para depósito em custódia à ordem de......, os títulos discriminados abaixo, conforme nosso telefonema, nº...,de hoje: Telex Quantidade Valor de Face Valor Total Série/ 2. Fica estipulado ainda que, na forma da concordância abaixo, esses títulos reverterão à nossa conta de custódia em.../.../... Nota: Deverá ser preenchido em 4 (quatro) vias e as assinaturas abonadas pelos setores de firmas das instituições intervenientes.

SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL. PORTARIA No- 490, DE 24 DE AGOSTO DE 2009

SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL. PORTARIA No- 490, DE 24 DE AGOSTO DE 2009 SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL PORTARIA No- 490, DE 24 DE AGOSTO DE 2009 O SECRETÁRIO ADJUNTO DO TESOURO NACIONAL, no uso das atribuições que lhe conferem a Portaria MF nº 183, de 31 de julho de 2003,

Leia mais

Mínimo de abertura: Não aplicável. Não aplicável (conta não remunerada)

Mínimo de abertura: Não aplicável. Não aplicável (conta não remunerada) Designação Conta Ordenado Condições de Acesso Clientes Particulares, que efetuem a domiciliação do seu ordenado, através de transferência bancária codificada como ordenado. Modalidade Depósito à Ordem

Leia mais

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem

Ficha de Informação Normalizada para Depósitos Depósitos à ordem Designação Condições de Acesso Conta SuperJovem Clientes Particulares. O primeiro Titular tem de ter entre os 18 e os 30 anos (inclusive). Modalidade Meios de Movimentação Moeda Depósito à Ordem. Esta

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3211. 1º As contas de depósitos de que trata este artigo:

RESOLUÇÃO Nº 3211. 1º As contas de depósitos de que trata este artigo: RESOLUÇÃO Nº 3211 Altera e consolida as normas que dispõem sobre a abertura, manutenção e movimentação de contas especiais de depósitos à vista e de depósitos de poupança. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.186. b) outros títulos nominativos, mantidos sob a forma escritural na instituição financeira emissora/aceitante;

RESOLUÇÃO Nº 1.186. b) outros títulos nominativos, mantidos sob a forma escritural na instituição financeira emissora/aceitante; 1 RESOLUÇÃO Nº 1.186 O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna público que o CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL, em sessão realizada nesta data, tendo em vista o disposto

Leia mais

Lista de exercício nº 1 Juros simples e compostos*

Lista de exercício nº 1 Juros simples e compostos* Lista de exercício nº 1 Juros simples e compostos* 1. Um investidor aplicou $1.000,00 numa instituição financeira que remunera seus depósitos a uma taxa de 5 % ao trimestre, no regime de juros simples.

Leia mais

Anexos à Carta-Circular 3.265, de 13.02.2007

Anexos à Carta-Circular 3.265, de 13.02.2007 Anexos à Carta-Circular 3.265, de 13.02.2007 - DIF DEPÓSITO DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - SIF SAQUE DE INSTITUIÇÃO FINANCEIRA - RECIBO DE ENCAMINHAMENTO DE NUMERÁRIO SUSPEITO 1) DIF Depósito de Instituição

Leia mais

RESOLUÇÃO N 2.025. Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos.

RESOLUÇÃO N 2.025. Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. RESOLUÇÃO N 2.025 Altera e consolida as normas relativas à abertura, manutenção e movimentação de contas de depósitos. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna

Leia mais

Cartão Millennium bcp Free Refeição

Cartão Millennium bcp Free Refeição Cartão Millennium bcp Free Refeição Reduza custos na Empresa, aumentando o rendimento disponível dos seus Colaboradores Mar.2012 ÍNDICE 1. Características Pág. 3 2. Vantagens Fiscais Pág. 4 3. Utilização

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI Normas internas para empréstimo de equipamentos e materiais da Clínica Escola de Fisioterapia da FACISA I. Condições gerais Art.1. A Clínica Escola de Fisioterapia poderá ceder, por empréstimo, equipamentos

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATANTE Razão Social: CNPJ: Inscrição Municipal:... Endereço:. CONTRATADA: 2 M EMPREENDIMENTOS LTDA ME, sociedade empresária, inscrita no CNPJ sob o n o 10.550.669/0001-00,

Leia mais

OBJETIVO INSTRUÇÕES. Primeiro processo:

OBJETIVO INSTRUÇÕES. Primeiro processo: OBJETIVO O objetivo deste material é orientar consultores que optem em utilizar parte do valor de sua bonificação para ativação mensal e/ou pagamento de pedidos e que também desejam transferir o saldo

Leia mais

EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SNC FUNDOS Nº 02/11 Prazo: 18 de julho de 2011

EDITAL DE AUDIÊNCIA PÚBLICA SNC FUNDOS Nº 02/11 Prazo: 18 de julho de 2011 Prazo: 18 de julho de 2011 Objeto: Inclusões de Informações sobre Transações com Partes Relacionadas nas Notas Explicativas às Demonstrações Financeiras de Fundos de Investimento 1. Introdução A Comissão

Leia mais

BOLSAS ACEITAS NA FCH

BOLSAS ACEITAS NA FCH BOLSAS ACEITAS NA FCH BOLSA DA PREFEITURA DE BELO HORIZONTE Procedimento: Inscrições: Dezembro, no site ou na própria PBH. No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar cópia dos seguintes documentos:

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO RECEITA MUNICIPAL DE SENADOR CANEDO Responsável: Vanderlúcia Cardoso

Leia mais

DIVULGADA EM: 12/02/2016 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 28/03/2016 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 12/02/2016 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 28/03/2016 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

Contrato de Opção de Venda sobre Índice da Taxa Média de Operações Compromissadas de Um Dia (ITC) com Lastro em Títulos Públicos Federais

Contrato de Opção de Venda sobre Índice da Taxa Média de Operações Compromissadas de Um Dia (ITC) com Lastro em Títulos Públicos Federais Contrato de Opção de Venda sobre Índice da Taxa Média de Operações Compromissadas de Um Dia (ITC) com Lastro em Títulos Públicos Federais Especificações 1. Definições Contrato (especificações): Contrato

Leia mais

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS 1) Qual o procedimento para aderir ao Débito Automático, para operações novas? A concessionária deverá acessar o Portal e seguir os passos abaixo: 1º) Cadastrar uma operação

Leia mais

Há um único número 0800 para resolução de problemas relativos a todos os negócios fornecidos pela instituição financeira?

Há um único número 0800 para resolução de problemas relativos a todos os negócios fornecidos pela instituição financeira? 1. SAC O SAC - Serviço de Apoio ao Consumidor -, conforme disciplinado no Decreto 6523/08, é o serviço prestado pelos fornecedores, pela via telefônica, para resolução de problemas na relação de consumo,

Leia mais

Secretaria Executiva do Tesouro Departamento de Contabilidade

Secretaria Executiva do Tesouro Departamento de Contabilidade ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº 20/2011-GINS Secretaria Executiva do Tesouro Manaus, 02 de maio de 2011 1 - INSTRUÇÃO DE PROCESSOS DE DESPESAS O órgão deverá instruir os processos de despesas com, de acordo com

Leia mais

CARTILHA SOBRE NOÇÕES BÁSICAS DA EXECUÇÃO DA DESPESA PÚBLICA

CARTILHA SOBRE NOÇÕES BÁSICAS DA EXECUÇÃO DA DESPESA PÚBLICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS - PROAF DIRETORIA DE CONTABILIDADE E FINANÇAS DIRFIN CARTILHA SOBRE NOÇÕES BÁSICAS DA EXECUÇÃO DA DESPESA PÚBLICA

Leia mais

A. Credenciações para a realização de ordens de levantamento de numerário

A. Credenciações para a realização de ordens de levantamento de numerário Banco de Portugal Carta-Circular nº 35/2009/DET, de 18-11-2009 ASSUNTO: Gestão de Operações de Levantamento e Depósito de numerário no Banco de Portugal via BPnet Concessão de autorizações para a realização

Leia mais

Ministério da Educação - MEC. Universidade Federal de Pelotas - UFPel. Centro de Letras e Comunicação CLC. Câmara de Extensão CaExt

Ministério da Educação - MEC. Universidade Federal de Pelotas - UFPel. Centro de Letras e Comunicação CLC. Câmara de Extensão CaExt Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Pelotas - UFPel Centro de Letras e Comunicação CLC Câmara de Extensão CaExt Núcleo de Extensão em Letras - NEL EDITAL EXTENSÃO n 002/2013 Por decisão

Leia mais

EDITAL Nº 002/2015, DE 24 DE AGOSTO DE 2015. PROCESSO SELETIVO 2016/1

EDITAL Nº 002/2015, DE 24 DE AGOSTO DE 2015. PROCESSO SELETIVO 2016/1 EDITAL Nº 002/2015, DE 24 DE AGOSTO DE 2015. PROCESSO SELETIVO 2016/1 A Diretora Geral da Faculdade Gran Tietê, FGT, mantida pela INSTITUIÇÕES DE ENSINO REUNIDAS TIETÊ LTDA, IERT, CNPJ n.º 13.153.035/0001-02

Leia mais

MODELO DE EDITAL UTILIZADO PELA FUNDEPAG PARA CONTRATAÇÕES PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 004/2013

MODELO DE EDITAL UTILIZADO PELA FUNDEPAG PARA CONTRATAÇÕES PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 004/2013 MODELO DE EDITAL UTILIZADO PELA FUNDEPAG PARA CONTRATAÇÕES PROCESSO SELETIVO FUNDEPAG Nº 004/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA A CONTRATAÇÃO DE PESSOAL PARA O(A) FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA

Leia mais

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO Orientações sobre o recolhimento dos valores devidos em face dos Contratos de Transição 1. Do Valor Devido 2. Do Recolhimento 2.1. Recolhimento por GRU Simples 2.2. Recolhimento

Leia mais

CIRCULAR Nº 2957. c) desconto de notas promissórias; i) adiantamentos sobre contratos de câmbio;

CIRCULAR Nº 2957. c) desconto de notas promissórias; i) adiantamentos sobre contratos de câmbio; CIRCULAR Nº 2957 Dispõe sobre a prestação de informações relativas a operações de crédito praticadas no mercado financeiro. A Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, em sessão realizada em 28 de

Leia mais

Atraso de Bagagem. - Notas Fiscais originais da compra dos itens de primeira necessidade com relação dos itens adquiridos;

Atraso de Bagagem. - Notas Fiscais originais da compra dos itens de primeira necessidade com relação dos itens adquiridos; Atraso de Bagagem - Cópia RG e CPF ou CNH do(s) segurado(s) reclamante(s); - Cópia Comprovante de Residência (Qualquer comprovante atual em nome do(s) segurado(s) reclamante(s). Na ausência deste, enviar

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N o 239, de 22 de dezembro de 2003(*)

CIRCULAR SUSEP N o 239, de 22 de dezembro de 2003(*) CIRCULAR SUSEP N o 239, de 22 de dezembro de 2003(*) Altera e consolida as normas que dispõem sobre o pagamento de prêmios relativos a contratos de seguros de danos. O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 2.060. Documento normativo revogado pela Circular nº 2.847, de 5/11/1998.

CARTA-CIRCULAR N 2.060. Documento normativo revogado pela Circular nº 2.847, de 5/11/1998. CARTA-CIRCULAR N 2.060 Documento normativo revogado pela Circular nº 2.847, de 5/11/1998. Aos Bancos Comerciais, Caixas Econômicas e Instituições Múltiplas com Carteira Comercial. Esclarece procedimentos

Leia mais

Mix Legal Express. Este documento faz parte do Sistema de Gestão da Qualidade da FecomercioSP

Mix Legal Express. Este documento faz parte do Sistema de Gestão da Qualidade da FecomercioSP Mix Legal Express Data 03/01/2013 Tipo Informativo Jurídico N 3/14 Este documento faz parte do Sistema de Gestão da Qualidade da FecomercioSP Caso não consiga visualizar este e-mail, acesse o link: http://www.fecomercio.com.br/mail/mixlegal.php?edicao=639

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO ENTRE AMIGOS - CIAINVEST ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição,

Leia mais

DIVULGADA EM: 10/02/2016 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 10/03/2016 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 10/02/2016 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 10/03/2016 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados

Leia mais

1. Período de matrículas

1. Período de matrículas Belo Horizonte, 21 de outubro de 2015. Srs. pais ou responsáveis, inicialmente, gostaríamos de parabenizar os alunos aprovados no Processo Seletivo do Colégio Bernoulli para o ano letivo 2016, bem como

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL RESOLUÇÃO CONJUNTA N. 006/2014/GAB/SEFIN/CRE Porto Velho, 09 de julho de 2014 Publicada no DOE nº 2533,

Leia mais

PLANO DE SERVIÇO TV POR ASSINATURA CONEXÃO

PLANO DE SERVIÇO TV POR ASSINATURA CONEXÃO PLANO DE SERVIÇO TV POR ASSINATURA CONEXÃO 1. Aplicação Plano de Serviço Este Plano de Serviço de TV é aplicável a autorizatária Claro S/A (Sucessora por incorporação da Net Serviços de Comunicação S/A),

Leia mais

AVISO Nº 01/99 de 21 de Maio

AVISO Nº 01/99 de 21 de Maio AVISO Nº 01/99 de 21 de Maio Havendo necessidade de se melhorarem as transacções de moeda estrangeira do sistema financeiro, procurando-se assim, superar progressivamente os desequilíbrios da Balança de

Leia mais

Documento normativo revogado pela Circular 819, de 05/10/1983.

Documento normativo revogado pela Circular 819, de 05/10/1983. CARTA-CIRCULAR Nº 900 Documento normativo revogado pela Circular 819, de 05/10/1983. Às Instituições Financeiras do Sistema Nacional de Crédito Rural monetária: Comunicamos que, quando se tratar de operações

Leia mais

FIN Ficha de Informação Normalizada

FIN Ficha de Informação Normalizada Designação Conta NB 100% Condições de acesso Modalidade Pessoas Singulares, maiores, residentes e não residentes em Portugal. Exclui-se a sua utilização por ENI s ou Profissionais Liberais no âmbito da

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS. Endereço Residencial (Rua, Avenida, etc.) Nº Complemento. Bairro Cidade UF País CEP

INFORMAÇÕES GERAIS. Endereço Residencial (Rua, Avenida, etc.) Nº Complemento. Bairro Cidade UF País CEP FICHA CADASTRAL PESSOA FÍSICA CITIBANK DTVM S.A. Código Investidor Nome do Titular INFORMAÇÕES GERAIS CPF Telefone 1 (DDD e Nº) Celular 1 (DDD e Nº) Fax 1 (DDD e Nº) E-mail 1 Telefone 2 (DDD e Nº) Celular

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2014 PREÂMBULO

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2014 PREÂMBULO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2014 PREÂMBULO Assunto: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing, ou que atuem em uma dessas áreas, objetivando constituir subcomissão

Leia mais

2.- Será Reaberta as Inscrições no período de 08 de abril de 2016 as 17h a 28 de abril as 12h, conforme disposto nos itens a seguir:

2.- Será Reaberta as Inscrições no período de 08 de abril de 2016 as 17h a 28 de abril as 12h, conforme disposto nos itens a seguir: A Prefeitura Municipal de Monte Azul Paulista Estado de São Paulo, usando de suas atribuições legais nos termos do artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal, sob a organização da empresa Instituto

Leia mais

Prezado, Assim define o mencionado artigo:

Prezado, Assim define o mencionado artigo: Prezado, Informamos que a Secretaria da Fazenda Pública do Estado de São Paulo publicou a Portaria CAT-59, de 11 de junho de 2015, no dia 12 de junho do corrente ano, alterando os artigos 1º, 27, 28 e

Leia mais

ARMAZÉM-GERAL ASPECTOS FISCAIS

ARMAZÉM-GERAL ASPECTOS FISCAIS Matéria Espírito Santo SUMÁRIO 1. Considerações Iniciais 2. Operações Internas com Armazém-geral ARMAZÉM-GERAL ASPECTOS FISCAIS 2.1. Remessa de mercadoria para armazém-geral 2.2. Retorno de mercadoria

Leia mais

CAMPANHA DOMINO S JORNAL EXTRA REGULAMENTO

CAMPANHA DOMINO S JORNAL EXTRA REGULAMENTO CAMPANHA DOMINO S JORNAL EXTRA REGULAMENTO 1. Esta campanha é uma promoção realizada em parceria pela INFOGLOBO COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. (Infoglobo), empresa sediada na capital do estado do Rio

Leia mais

CIRCULAR Nº 1.528. É obrigatório o preenchimento de ficha-proposta que registre:

CIRCULAR Nº 1.528. É obrigatório o preenchimento de ficha-proposta que registre: CIRCULAR Nº 1.528 Comunicamos que a Diretoria do Banco Central do Brasil, em sessão realizada em 23.08.89, tendo em vista o disposto na Resolução n 1.631, de 24.08.89, decidiu estabelecer as normas que

Leia mais

Administração de Locação. Visão Geral

Administração de Locação. Visão Geral Visão Geral - Cadastros completo de proprietários, inquilinos, fiadores e imóveis. - Busca automática de CEP ou endereço. - Consulta geral de informações; onde é possível em uma tela ter todas as informações

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.975/2011 (Publicada no D.O.U. de 29 de julho de 2011, Seção I, p. 336-337) Revogada pela Resolução CFM nº 1979/2011 Fixa os valores das anuidades e taxas

Leia mais

DIVULGADA EM: 25/01/2016 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 23/02/2016 SERVIÇOS ESSENCIAIS

DIVULGADA EM: 25/01/2016 VALORES VIGENTES A PARTIR DE: 23/02/2016 SERVIÇOS ESSENCIAIS ESSENCIAIS CARTÃO DÉBITO SAQUE TRANSFERÊNCIAS EXTRATO CONSULTAS CHEQUES Fornecimento de cartão com função débito. Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição decorrentes

Leia mais

Comunicação e Marketing Digital

Comunicação e Marketing Digital Comunicação e Marketing Digital ESPM - Campus Vila Olímpia Rua Gomes de Carvalho, 1195 Vila Olímpia São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS À VAGA ESCOLAR-2016 - INSCRIÇÃO E MATRÍCULA

EDITAL PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS À VAGA ESCOLAR-2016 - INSCRIÇÃO E MATRÍCULA EDITAL PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS À VAGA ESCOLAR-2016 - INSCRIÇÃO E MATRÍCULA A Diretoria do Colégio São José de Ensino Fundamental e Médio informa e divulga o processo de inscrição e matrícula

Leia mais

2º Passo Declaração de Início de Actividade e Inscrição no Ficheiro Central de Pessoas Colectivas 3º Passo Registo Comercial

2º Passo Declaração de Início de Actividade e Inscrição no Ficheiro Central de Pessoas Colectivas 3º Passo Registo Comercial O certificado de admissibilidade de firma é válido por cento e oitenta dias a contar da data da sua emissão. A Portaria nº 271/99, de 13 de Abril, veio considerar o empresário em nome individual como pessoa

Leia mais

Boletim SNG/SIRCOF DETRAN/MA CADASTRAMENTO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS

Boletim SNG/SIRCOF DETRAN/MA CADASTRAMENTO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS Boletim SNG/SIRCOF Edição: 460 Rio de Janeiro - RJ 28/08/2012 DETRAN/MA CADASTRAMENTO DE INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS Por solicitação do DETRAN/MA de 24/08/12 divulgamos, abaixo, Edital de Credenciamento Nº

Leia mais

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL 2013/2014

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL 2013/2014 CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO HORÁRIO ESPECIAL 2013/2014 Por este instrumento e na melhor forma de Direito, de um lado, como representante da categoria profissional, o SINDICATO DOS EMPREGADOS

Leia mais

Contrato de Swap Cambial com Ajuste Periódico Baseado em Operações Compromissadas de Um Dia

Contrato de Swap Cambial com Ajuste Periódico Baseado em Operações Compromissadas de Um Dia Contrato de Swap Cambial com Ajuste Periódico Baseado em Operações Compromissadas de Um Dia Especificações 1. Definições Contrato (especificações): Contrato negociado: Posição Atualizada do Dia: Ponta

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 086/2012 COPEL - COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA S.A.

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 086/2012 COPEL - COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA S.A. CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 086/2012 COPEL - COMPANHIA PARANAENSE DE ENERGIA S.A. Ementa: Obter subsídios para o aprimoramento do Contrato de Cotas de Garantia Física de Energia e de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 1.631 R E S O L V E U: I - Baixar o Regulamento anexo para a abertura e movimentação de contas de depósitos

RESOLUÇÃO Nº 1.631 R E S O L V E U: I - Baixar o Regulamento anexo para a abertura e movimentação de contas de depósitos RESOLUÇÃO Nº 1.631 O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do artigo 9º da Lei nº 4.595, de 31.12.64, torna público que o Conselho Monetário Nacional, em sessão realizada em 23.08.89, tendo em vista o disposto

Leia mais

EDITAL. Quadro I Cursos, turnos e vagas oferecidos. Total de vagas anuais. Manhã 120 60 60. Tarde 120 60 60. Manhã 130 65 65.

EDITAL. Quadro I Cursos, turnos e vagas oferecidos. Total de vagas anuais. Manhã 120 60 60. Tarde 120 60 60. Manhã 130 65 65. EDITAL A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2013, segundo semestre, para preenchimento das vagas de seus cursos Superiores

Leia mais

III - Início de Vigência Art. 3 - O Título entra em vigor na data do primeiro pagamento.

III - Início de Vigência Art. 3 - O Título entra em vigor na data do primeiro pagamento. Pé Quente Bradesco 10 Condições Gerais - Plano PM 60/60 G GLOSSÁRIO Subscritor - é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso de efetuar o pagamento na forma convencionada

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 2665. II - os créditos destinam-se à reestruturação e capitalização das cooperativas enquadradas no Programa;

RESOLUÇÃO Nº 2665. II - os créditos destinam-se à reestruturação e capitalização das cooperativas enquadradas no Programa; RESOLUÇÃO Nº 2665 Dispõe sobre o Programa de Revitalização de Cooperativas de Produção Agropecuária - RECOOP, de que tratam a Medida Provisória nº 1.898-15, de 1999, e o Decreto nº 2.936, de 1999. O BANCO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.658. I - empréstimos e financiamentos; III - operações de arrendamento mercantil; IV - coobrigações e garantias prestadas;

RESOLUÇÃO Nº 3.658. I - empréstimos e financiamentos; III - operações de arrendamento mercantil; IV - coobrigações e garantias prestadas; RESOLUÇÃO Nº 3.658 Altera e consolida a regulamentação relativa ao fornecimento, ao Banco Central do Brasil, de informações sobre operações de crédito. O Banco Central do Brasil, na forma do art. 9º da

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2011

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2011 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2011 Processo nº 23223.000581/2011-21 Assunto: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing, ou que atuem em uma dessas áreas, com o

Leia mais

CIRCULAR N 2958. Art. 1º Alterar os seguintes dispositivos do Regulamento anexo à Circular nº 2.616, de 18 de setembro de 1995:

CIRCULAR N 2958. Art. 1º Alterar os seguintes dispositivos do Regulamento anexo à Circular nº 2.616, de 18 de setembro de 1995: CIRCULAR N 2958 Dispõe sobre a aplicação de recursos de fundos de investimento financeiro e de fundos de aplicação em quotas de investimento, bem como estabelece normas a serem observadas pelas instituições

Leia mais

PASSO A PASSO CÂMBIO PARA INVESTIMENTO EM FOREX ENVIANDO RECURSOS AO EXTERIOR PARA INVESTIMENTO NO MERCADO FOREX

PASSO A PASSO CÂMBIO PARA INVESTIMENTO EM FOREX ENVIANDO RECURSOS AO EXTERIOR PARA INVESTIMENTO NO MERCADO FOREX PASSO A PASSO CÂMBIO PARA INVESTIMENTO EM FOREX ESSE MATERIAL FOI CRIADO PARA ORIENTAR PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS DE COMO ENVIAR RECURSOS AO EXTERIOR COM A FINALIDADE DE INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS, ESPECIFICAMENTE

Leia mais

CARTA CIRCULAR N. 2805. Documento normativo revogado pela Carta-Circular 2.818, de 15/1081998.

CARTA CIRCULAR N. 2805. Documento normativo revogado pela Carta-Circular 2.818, de 15/1081998. CARTA CIRCULAR N. 2805 Documento normativo revogado pela Carta-Circular 2.818, de 15/1081998. Institui questionário para acompanhamento da adequação dos sistemas eletrônicos de informação automatizados

Leia mais

Lei n. o 66/2015 06 07 2015...

Lei n. o 66/2015 06 07 2015... Lei n. o 66/2015 06 07 2015 Assunto: Terceira alteração ao Decreto Lei n.º 27 C/2000, de 10 de março, trigésima sexta alteração ao Regime Geral das Instituições de Crédito e Sociedades Financeiras, aprovado

Leia mais

CIRCULAR INFORMATIVA Nº 246

CIRCULAR INFORMATIVA Nº 246 CIRCULAR INFORMATIVA Nº 246 LEGISLAÇÃO NACIONAL 23-12-2015 CERTIFICADOS ELECTRÓNICOS PARA GRANDES UTILIZADORES (CDI) Exmos. Senhores Associados, Visando atender às necessidades das empresas suas associadas

Leia mais

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL CXGOLBD_20160701 Caixa Gold CASO DE CONTRATAÇÃO À DISTÂNCIA INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS,

Leia mais

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO)

CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) GESTÃO DE EMPRESAS CÁLCULO E INSTRUMENTOS FINANCEIROS I (2º ANO) Exercícios - Actualização EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Exercício O Sr. Teodoro solicitou um empréstimo ao Sr. João por um prazo de 4 anos, tendo

Leia mais

QUESTÕES RELACIONADAS À DECLARAÇÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE RECURSOS EM MOEDA ESTRANGEIRA DECORRENTES DO RECEBIMENTO DE EXPORTAÇÕES (DEREX) (IN-SRF

QUESTÕES RELACIONADAS À DECLARAÇÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE RECURSOS EM MOEDA ESTRANGEIRA DECORRENTES DO RECEBIMENTO DE EXPORTAÇÕES (DEREX) (IN-SRF Coordenação-Geral de Fiscalização QUESTÕES RELACIONADAS À DECLARAÇÃO SOBRE A UTILIZAÇÃO DE RECURSOS EM MOEDA ESTRANGEIRA DECORRENTES DO RECEBIMENTO DE EXPORTAÇÕES (DEREX) (IN-SRF nº 726/2007) 1. Quem está

Leia mais

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO

CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO CONVENÇÃO DE HORÁRIO COLETIVO DE TRABALHO Por este instrumento e na melhor forma de Direito, de um lado, como representante da categoria profissional, o SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DE SÃO CARLOS

Leia mais

Mercado Monetário Interbancário

Mercado Monetário Interbancário Publicação Nº 1-28 Julho 2010 Mercado Monetário Interbancário PONTOS DE INTERESSE: Conceito Indexantes Títulos do Mercado Monetário Conceitos Importantes Os mercados monetários são aqueles em que se obtêm

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO PA nº 276 Longa Distância Brasil II

PLANO ALTERNATIVO PA nº 276 Longa Distância Brasil II A. Empresa: Telefônica Brasil S.A. PLANO ALTERNATIVO PA nº 276 Longa Distância Brasil II B. Nome do Plano: Técnico: Longa Distância Brasil II Comercial: a definir C. Identificação para a Anatel: Plano

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 2682 RESOLVEU:

RESOLUÇÃO Nº 2682 RESOLVEU: RESOLUÇÃO Nº 2682 Dispõe sobre critérios de classificação das operações de crédito e regras para constituição de provisão para créditos de liquidação duvidosa. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art.

Leia mais

1. Público - Alvo O FUNDO destina-se a receber aplicações de recursos pelo público em geral, desde que sejam clientes do Banco Citibank S.A.

1. Público - Alvo O FUNDO destina-se a receber aplicações de recursos pelo público em geral, desde que sejam clientes do Banco Citibank S.A. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O FRANKLIN MAXI ACOES FUNDO DE INVESTIMENTO EM ACOES CNPJ: 09.217.033/0001-62 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

Formas de Pagamento e Garantias no Comércio Internacional

Formas de Pagamento e Garantias no Comércio Internacional Formas de Pagamento e Garantias no Comércio Internacional Dependendo do grau de conhecimento e confiança estabelecido entre as partes existem várias modalidades de pagamento aplicáveis às trocas com o

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MP - 07/2011

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MP - 07/2011 MANUAL DE PROCEDIMENTOS MP - 07/2011 TELEFONE CELULAR COMPUTADOR PORTÁTIL E MINI MODEM Macro Processo: Processo: Subprocesso Origem: 1ª Publicação: Suporte Gestão de Tecnologia da Informação Telefone Celular

Leia mais

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS (1) DOS TÍTULOS DA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL REGISTRADOS NO SISTEMA ESPECIAL DE LIQUIDAÇÃO E DE CUSTÓDIA (SELIC) (2)

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS (1) DOS TÍTULOS DA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL REGISTRADOS NO SISTEMA ESPECIAL DE LIQUIDAÇÃO E DE CUSTÓDIA (SELIC) (2) PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS (1) DOS TÍTULOS DA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL REGISTRADOS NO SISTEMA ESPECIAL DE LIQUIDAÇÃO E DE CUSTÓDIA (SELIC) (2) TÍTULOS DE RESPONSABILIDADE DO TESOURO NACIONAL (3) BTN Bônus

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

EDITAL. Quadro I Relação dos Cursos, Turnos e Vagas. Total de vagas anuais. Nº de alunos por turma. noite 130 65 65 65. manhã 130 65 65 65

EDITAL. Quadro I Relação dos Cursos, Turnos e Vagas. Total de vagas anuais. Nº de alunos por turma. noite 130 65 65 65. manhã 130 65 65 65 EDITAL A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2013, com duas entradas, para preenchimento das vagas de seus cursos Superiores

Leia mais

REGULAMENTO DO SIMULADO ABERTO NACIONAL 28 DE SETEMBRO DE 2014

REGULAMENTO DO SIMULADO ABERTO NACIONAL 28 DE SETEMBRO DE 2014 REGULAMENTO DO SIMULADO ABERTO NACIONAL 28 DE SETEMBRO DE 2014 O SIMULADO ABERTO NACIONAL DO SISTEMA ANGLO DE ENSINO EM PARCERIA COM O COLÉGIO LONDRINENSE, de 28 de setembro de 2014, é direcionado a estudantes

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BENEFÍCIOS CLUBE FECOMÉRCIO PR

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BENEFÍCIOS CLUBE FECOMÉRCIO PR REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BENEFÍCIOS CLUBE FECOMÉRCIO PR Com base no presente regulamento fica instituído o programa de benefícios CLUBE FECOMÉRCIO PR, cuja finalidade é conceder descontos e vantagens

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 2804

CARTA-CIRCULAR Nº 2804 CARTA-CIRCULAR Nº 2804 Inclui espécies de pescado entre aquelas passiveis de financiamento ao amparo de recursos controlados do credito rural, nos termos da Resolucao n. 2.428, de 01.10.97. Comunicamos

Leia mais

CIRCULAR Nº 350. Aos Estabelecimentos Bancários Autorizados a Operar em Câmbio.

CIRCULAR Nº 350. Aos Estabelecimentos Bancários Autorizados a Operar em Câmbio. CIRCULAR Nº 350 Aos Estabelecimentos Bancários Autorizados a Operar em Câmbio. Comunicamos que o Banco Central do Brasil, tendo em vista as disposições da Resolução nº 432 e da Circular nº 349, desta data,

Leia mais

Edital 2011 AABB Porto Alegre Grupo Bem Me Quer. OBJETIVO Seleção de Projetos das Instituições parceiras da AABB Grupo Bem Me Quer

Edital 2011 AABB Porto Alegre Grupo Bem Me Quer. OBJETIVO Seleção de Projetos das Instituições parceiras da AABB Grupo Bem Me Quer Edital 2011 AABB Porto Alegre Grupo Bem Me Quer OBJETIVO Seleção de Projetos das Instituições parceiras da AABB Grupo Bem Me Quer Período de inscrição 15/02/2011 a 30/03/2011 ENVIO DAS PROPOSTAS As instituições

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES 1. O PROPONENTE/CONTRATANTE acima identificado, doravante designado simplesmente CLIENTE, ao preencher a presente

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES 1. O PROPONENTE/CONTRATANTE acima identificado, doravante designado simplesmente CLIENTE, ao preencher a presente CLÁUSULAS E CONDIÇÕES 1. O PROPONENTE/CONTRATANTE acima identificado, doravante designado simplesmente CLIENTE, ao preencher a presente ficha-proposta/contrato e confirmar a integral concordância com as

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 4.373, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 4.373, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014 RESOLUÇÃO Nº 4.373, DE 29 DE SETEMBRO DE 2014 Dispõe sobre aplicações de investidor não residente no Brasil nos mercados financeiro e de capitais no País e dá outras providências. O Banco Central do Brasil,

Leia mais

NORMATIVO SARB 002/2008, revisto e atualizado em 26 de novembro de 2015 e publicado em 20 de janeiro de 2016

NORMATIVO SARB 002/2008, revisto e atualizado em 26 de novembro de 2015 e publicado em 20 de janeiro de 2016 NORMATIVO SARB 002/2008, revisto e atualizado em 26 de novembro de 2015 e publicado em 20 de janeiro de 2016 O Sistema de Autorregulação Bancária da Federação Brasileira de Bancos FEBRABAN institui o NORMATIVO

Leia mais

Versão : 03/07/2008 Atualizado em: 15/02/2012

Versão : 03/07/2008 Atualizado em: 15/02/2012 Versão : 03/07/2008 Atualizado em: 15/02/2012 Índice Introdução... 2 Familiarizando-se com as funções... 3 Menu de funções (Menu 00)... 3 Menu de funções (Menu 10)... 4 Exercício de Contratos (Função SCO

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO APOIO A IDOSOS

REGULAMENTO DO CONCURSO APOIO A IDOSOS REGULAMENTO DO CONCURSO APOIO A IDOSOS Artigo 1º Objecto O presente Regulamento estabelece as normas de acesso ao concurso Apoio a Idosos. Artigo 2º Beneficiários Podem candidatar-se a este concurso instituições

Leia mais

As inscrições deverão ser realizadas pelo site http://iep.hospitalsiriolibanes.org.br/web/iep/-/especializacaoem-medicina-intensiva-para-adultos,

As inscrições deverão ser realizadas pelo site http://iep.hospitalsiriolibanes.org.br/web/iep/-/especializacaoem-medicina-intensiva-para-adultos, Edital de Seleção ESPECIALIZAÇÃO EM MEDICINA INTENSIVA Ano letivo 2016. O Superintendente de Ensino do Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa IEP/HSL, no uso de suas atribuições, faz saber que o

Leia mais

Estado de Sergipe Secretaria de Estado da Educação Gabinete do Secretário EDITAL Nº 04/2016

Estado de Sergipe Secretaria de Estado da Educação Gabinete do Secretário EDITAL Nº 04/2016 EDITAL Nº 04/2016 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO no uso das suas atribuições legais e regulamentares, tendo em vista o disposto do art. 90, da Constituição Estadual, do art. 82, da Lei nº. 9.394 de

Leia mais

Título com rentabilidade vinculada à variação do IPCA, acrescida de juros definidos no momento da compra,

Título com rentabilidade vinculada à variação do IPCA, acrescida de juros definidos no momento da compra, O Tesouro Direto é um programa de compra e venda de títulos públicos para pessoas físicas, desenvolvido pelo Tesouro Nacional em parceria com a BM&FBOVESPA. Na prática, consiste na oferta de títulos públicos

Leia mais

Risco de Liquidez e Gerenciamento de Capital

Risco de Liquidez e Gerenciamento de Capital Risco de Liquidez e Gerenciamento de Capital Gerenciamento de Capital Política de Gerenciamento do Risco de Capital Plano de Capital: 2012-2015 Monitoramento mensal do nível de crise de capital As projeções

Leia mais

Consulado Geral de Portugal em Luanda Avenida de Portugal n.º 50 1º andar Tel.: 002442 333435 Fax: 002442 333656 Email: cgluanda@mne.

Consulado Geral de Portugal em Luanda Avenida de Portugal n.º 50 1º andar Tel.: 002442 333435 Fax: 002442 333656 Email: cgluanda@mne. VISTOS SCHENGEN Lista de documentos a apresentar pelos requerentes de visto em Angola (requisitos gerais +requisitos específicos em função do motivo da viagem) I. REQUISITOS GERAIS PARA TODOS OS REQUERENTES

Leia mais

REGULAMENTO DO SIMULADO ABERTO NACIONAL 27 DE SETEMBRO DE 2015

REGULAMENTO DO SIMULADO ABERTO NACIONAL 27 DE SETEMBRO DE 2015 REGULAMENTO DO SIMULADO ABERTO NACIONAL 27 DE SETEMBRO DE 2015 O SIMULADO ABERTO NACIONAL DO SISTEMA ANGLO DE ENSINO EM PARCERIA COM O COLÉGIO LONDRINENSE, de 27 de setembro de 2015, é direcionado a estudantes

Leia mais

CDC é lei para bancos

CDC é lei para bancos Conta-salário A conta-salário é aberta exclusivamente pela necessidade de recebimento de salários. Com ela, o trabalhador assalariado fica livre para escolher o banco em que deseja receber seu pagamento,

Leia mais

EDITAL 1 DAS VAGAS. Nº de alunos por turma. Vagas para o segundo semestre. vagas anuais. noite 130 65 65. Gestão Comercial*** manhã 130 65 65

EDITAL 1 DAS VAGAS. Nº de alunos por turma. Vagas para o segundo semestre. vagas anuais. noite 130 65 65. Gestão Comercial*** manhã 130 65 65 EDITAL A Universidade FUMEC faz saber aos interessados, por meio do presente Edital, as normas de realização do Processo Seletivo 2012, segundo semestre, para preenchimento das vagas de seus cursos Superiores

Leia mais

ANEXO 6 MODELOS E CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA GARANTIA CONTRATUAL

ANEXO 6 MODELOS E CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA GARANTIA CONTRATUAL ANEXO 6 MODELOS E CONDIÇÕES MÍNIMAS PARA GARANTIA CONTRATUAL Condições Mínimas Para Contratos de Seguros e Prestação de Garantias Termos e Condições Mínimas do Seguro-Garantia 1 Tomador 1.1 Concessionária

Leia mais

Comarca de Lisboa Norte - Loures - Unidade Central. Pagamento de Quantia Certa - Dívida comercial [Execuções]

Comarca de Lisboa Norte - Loures - Unidade Central. Pagamento de Quantia Certa - Dívida comercial [Execuções] Requerimento Executivo entregue por via electrónica na data e hora indicadas junto da assinatura electrónica do subscritor (cfr. última página), aposta nos termos previstos na Portaria n.º 280/2013, de

Leia mais