PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 33/ PROCESSO Nº /2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 33/2012 - PROCESSO Nº 33.143/2012"

Transcrição

1 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 33/ PROCESSO Nº /2012 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do tipo MENOR PREÇO POR LOTE, na modalidade PREGÃO, espécie ELETRÔNICO. A presente licitação é regida pela RESOLUÇÃO SESC nº 1.102/2006, de 20/02/2006 atualizada pela RESOLUÇÃO SESC nº 1.225/2011, de 28/04/2011, do Conselho Nacional do Serviço Social do Comércio, e pelas disposições deste instrumento convocatório e de seus anexos. A sessão de lances, por via eletrônica, será realizada às 14:30 horas do dia 23 de julho de 2012, no seguinte endereço eletrônico: do Banco do Brasil S/A. 1 OBJETO 1.1 O presente pregão eletrônico tem por objeto a AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO DE ARMAZENAMENTO DE DADOS (STORAGE) E SEUS PERIFÉRICOS, INCLUINDO SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO, conforme este Edital e seus Anexos. 1.2 Este edital de licitação estará disponível nos sítios do SESC/ARRJ (www.sescrio.org.br) e do Banco do Brasil S/A (www.licitacoes-e.com.br), opção ACESSO IDENTIFICADO (Licitações do SESC ARRJ). 2 CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 2.1 Poderão participar do certame os interessados que atenderem a todas as condições estabelecidas neste edital e seus anexos Estarão impedidas de participar desta licitação pessoas jurídicas que: a) Estejam sob decretação de falência, concordata, recuperação judicial ou extrajudicial (conforme Lei n.º /2005), dissolução ou liquidação. b) Estejam suspensas de licitar com o SESC/ARRJ. c) Tenham participação, a que título for, de dirigentes ou empregados do SESC. d) Estejam reunidas em consórcio e cooperativas. 2.2 CREDENCIAMENTO Para participar da presente licitação os interessados deverão estar credenciados no provedor do sistema Licitações-e, do Banco do Brasil S/A, na página O credenciamento dar-se-á pela atribuição de chaves de identificação e de senhas individuais a serem fornecidas pelo provedor do sistema quando do credenciamento. 1/29

2 2.2.3 Maiores informações sobre o credenciamento poderão ser obtidas em qualquer agência do Banco do Brasil S/A ou pelos telefones e (Central de Atendimento) O uso da senha de acesso pelo licitante é de sua inteira responsabilidade, incluindo qualquer transação efetuada diretamente ou por seu representante, não cabendo ao provedor do sistema ou ao SESC/ARRJ responsabilidade por eventuais danos decorrentes de uso indevido de senha, ainda que por terceiros O credenciamento da empresa e de seu representante legal junto ao sistema eletrônico implica na responsabilidade legal pelos atos praticados e a presunção de capacidade técnica para realização das transações inerentes ao Pregão Eletrônico. 2.3 CONEXÃO COM O SISTEMA A participação no pregão dar-se-á por meio de conexão do licitante ao sistema eletrônico acima citado, mediante digitação de sua senha (nos termos do subitem deste edital) e subseqüente encaminhamento da Proposta Comercial, exclusivamente por meio do referido sistema eletrônico, observados datas e horários limites estabelecidos neste edital O encaminhamento da proposta pressupõe o pleno conhecimento e atendimento às exigências previstas neste edital e seus anexos. A empresa será responsável por todas as transações que forem efetuadas em seu nome no sistema eletrônico, assumindo como firmes e verdadeiras suas propostas e lances Incumbirá, ainda, ao licitante acompanhar as operações no sistema eletrônico durante a sessão pública do Pregão Eletrônico, ficando responsável pelo ônus decorrente da perda de negócios diante da inobservância de quaisquer mensagens emitidas pelo sistema ou de sua desconexão No caso de desconexão com o Pregoeiro, no decorrer da etapa competitiva do pregão, o sistema eletrônico poderá permanecer acessível aos licitantes para a recepção dos lances O Pregoeiro, quando possível, dará continuidade à sua atuação no certame, sem prejuízo dos atos realizados Quando a desconexão persistir por tempo superior a 10 (dez) minutos, a sessão do Pregão Eletrônico será suspensa e terá reinício somente após comunicação expressa do Pregoeiro aos participantes. 3 PROPOSTA COMERCIAL Para fins de julgamento considerar-se-á a proposta em duas formas não excludentes: a) PROPOSTA ELETRÔNICA: Proposta de valor total enviada por todos os licitantes através do Sistema Licitações-e, conforme o subitem 3.1 deste edital. b) PROPOSTA AJUSTADA: Proposta detalhada enviada pelo licitante arrematante, conforme subitem 3.2 deste edital. 3.1 PROPOSTA ELETRÔNICA 2/29

3 3.1.1 Ser enviada, exclusivamente, por meio do sistema eletrônico, conforme subitens 5.1 e 5.2 deste edital A apresentação do valor total da proposta eletrônica pressupõe o cumprimento das condições estabelecidas neste edital e seus anexos, em especial: O cumprimento das especificações constantes do Anexo I O valor total apresentado corresponde ao fornecimento de acordo com a forma de julgamento constante do item 6 deste edital Apresentar o valor total, em moeda corrente nacional, incluindo, obrigatoriamente, todas as despesas com encargos sociais, tributos, descontos, frete, emolumentos, impostos, despesas diretas e indiretas em geral e demais condições de fornecimento que seja devida em decorrência, direta e indireta, do fornecimento do objeto desta licitação. O valor total apresentado é fixo e irreajustável para o período Quaisquer informações sobre o objeto deste Edital deverão ser inseridas no campo INFORMAÇÕES ADICIONAIS da proposta eletrônica Não é obrigatória a apresentação de proposta para todos os lotes. O licitante deverá escolher o(s) lote (s) de seu interesse e apresentar a cotação para todo(s) o(s) item(ns) do(s) lote(s) escolhido(s) conforme Anexo I deste edital, considerando, para este objeto, o valor total do item. 3.2 PROPOSTA AJUSTADA Apresentar os preços unitários e o valor total arrematado, considerando todos os componentes citados no subitem 3.1.3, bem como a especificação completa dos itens Havendo discrepância entre os preços unitário e total na proposta ajustada, prevalecerá o valor total arrematado Havendo discordância entre o valor da proposta em algarismo e o valor por extenso, prevalecerá o valor total arrematado Conter a validade, que não poderá ser inferior a 60 (sessenta) dias, a contar da abertura do Pregão (subitem 5.2). Não sendo indicado o prazo de validade, fica subentendido como de 60 (sessenta) dias Caso haja o vencimento da validade da proposta sem que a licitação tenha sido homologada, adjudicada e o contrato assinado, esta fica automaticamente prorrogada, exceto se houver manifestação contrária formal do licitante, por meio do dirigida à Comissão de Licitação, caracterizando seu declínio em continuar na licitação Na proposta deverá constar a descrição completa dos itens cotados, com a indicação de marca, modelo e garantia propostos, quando for o caso Quando for o caso, a critério da Comissão de Licitação, a comprovação das especificações técnicas do objeto cotado poderá ser feita por meio da apresentação de certificados, manuais técnicos, fôlderes, catálogos, folhetos técnicos e fotografias do equipamento cotado ou demais literaturas editadas pelo fabricante, apenas pela empresa ganhadora. 3/29

4 4 HABILITAÇÃO 4.1 As licitantes deverão anexar os seguintes documentos, sob pena de serem inabilitadas: 4.2 HABILITAÇÃO JURÍDICA E REGULARIDADE FISCAL Cópia do Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, ou última alteração contratual consolidada, se houver, devidamente registrado na Junta Comercial e, no caso de Sociedade Civil ou por ações, os documentos comprobatórios do mandato de diretoria em exercício ou da eleição de seus administradores Cópia do Documento de Identidade e CPF do Representante Legal da Empresa, sendo que o CPF poderá ser comprovado caso o número de registro conste do Documento de Identidade Comprovante de inscrição e de situação cadastral no Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda (CNPJ/MF) Comprovante de inscrição e de situação cadastral no Cadastro de Contribuintes Estadual ou Municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividade e compatível com objeto contratual Prova de Regularidade com: Fazenda Federal: Certidão Conjunta Negativa de Débitos ou Certidão Conjunta Positiva, com efeitos negativos, relativos aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União, emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil Fazenda Estadual ICMS: - Certidão Negativa de Débitos ou Certidão Positiva, com efeitos negativos, emitida pela Secretaria de Estado de Fazenda ou de não Contribuinte, se for o caso. - Certidão Negativa de Débitos ou Certidão Positiva, com efeitos negativos, emitida pela Procuradoria Geral do Estado ou de não Contribuinte, se for o caso Fazenda Municipal ISS: Certidão Negativa de Débitos ou Certidão Positiva, com efeitos negativos, emitida pela Secretaria Municipal ou de não Contribuinte, se for o caso Certidão Negativa de Débitos ou Certidão Positiva, com efeitos negativos, relativos às Contribuições Previdenciárias e às de Terceiros, emitida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil Certidão de Regularidade do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) emitida pela Caixa Econômica Federal. Atenção: Toda a documentação deverá estar devidamente atualizada, apresentada na mesma ordem acima descrita, com todas as folhas numeradas, seqüencialmente, e dentro dos respectivos prazos de validade. 4/29

5 4.3 Qualificação Técnica Comprovar, através de, no mínimo 01 (um), Atestado de Capacitação Técnica, ter a empresa fornecido o objeto em qualidade compatível à exigida neste Edital. Esses documentos deverão ser emitidos, em papel timbrado, pelo órgão público ou pela empresa privada que foi atendida e ser inserido no envelope que contém a Documentação de Habilitação Não serão considerados atestados fornecidos por empresas do mesmo grupo econômico das empresas licitantes Comprovar, através de declaração do fabricante que sua empresa é revendedora autorizada dos equipamentos, objeto dessa licitação Comprovar, através de declaração do fabricante que todo produto ofertado pelo revendedor é de fabricação própria ou regime de OEM Comprovar, através de declaração do fabricante as condições de garantia dos equipamentos, tempo de solução ofertada na proposta licitante Comprovar que o fabricante da Storage, é participante do SNIA (Storage Networking Industry Association) na qualidade de Lange Member Voting, a ser analisada a veracidade da informação no seguinte endereço eletrônico: 4.4 Considerações Gerais sobre Documentos Todos os documentos expedidos pela proponente deverão estar subscritos por seu representante legal ou procurador, com a identificação do respectivo CPF e Carteira de Identidade Todos os documentos apresentados deverão estar em nome do licitante e com o número do CNPJ e endereço respectivo. Se a licitante for a matriz, todos os documentos deverão estar em nome da matriz, se for a filial, todos os documentos deverão estar em nome da filial, exceto aqueles que pela própria natureza, forem comprovadamente emitidos apenas em nome da matriz Os documentos que forem emitidos pela internet estarão sujeitos a posterior conferência na página eletrônica do órgão emissor, para certificação de sua autenticidade Os documentos apresentados deverão estar válidos na data de recebimento dos envelopes. A validade corresponderá ao prazo fixado nos próprios documentos. Quando o órgão for omisso em relação ao prazo de validade dos documentos apresentados, considerar-se-á o prazo de validade de 90 (noventa) dias, a contar da data da emissão. 5 PROCEDIMENTOS LICITATÓRIOS 5.1 Para participação neste pregão eletrônico, a empresa deverá estar credenciada no conforme o subitem 2.3 deste edital, no qual encaminhará, exclusivamente por meio eletrônico, utilizando senha privativa, a proposta eletrônica (subitem 3.1). 5.2 Até às 10:30 horas do dia 27 de julho de 2012, os interessados poderão inserir ou substituir propostas no sistema eletrônico. 5/29

6 5.3 A Comissão de Licitação analisará as propostas eletrônicas encaminhadas, desclassificando aquelas que não estiverem em consonância com o estabelecido neste edital e seus anexos. A decisão sobre classificação de propostas comerciais será disponibilizada no sistema eletrônico para acompanhamento em tempo real pelas empresas. 5.4 Classificadas as propostas, às 14:30 horas do dia 27 de julho de 2012, iniciar-se-á a fase de lances, na qual os autores das propostas classificadas poderão oferecer lances, exclusivamente por meio do sistema eletrônico, sem restrições de quantidade de lances ou de qualquer ordem classificatória ou cronológica específica, mas sempre inferior ao seu último lance ofertado. A cada lance ofertado, o participante será imediatamente informado de seu recebimento, respectivo horário de registro e valor, pressupondo-se a necessidade de estarem as empresas conectadas ao sistema eletrônico. 5.5 Quando houver uma única licitante ou uma única proposta válida, caberá à Comissão de Licitação verificar a aceitabilidade do preço ofertado. 5.6 Na hipótese de haver lances iguais prevalecerá como de menor valor o lance que tiver sido primeiramente registrado. 5.7 Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos, observado o horário fixado e as regras de aceitação dos mesmos. 5.8 Durante o transcurso da sessão de lances os participantes serão informados, em tempo real, do valor do menor lance registrado. O sistema não identificará os autores dos lances aos demais participantes. 5.9 Por iniciativa do Pregoeiro, o sistema eletrônico emitirá aviso de que terá início tempo aleatório de até 30 (trinta) minutos para o encerramento da fase de lances, findo o qual estará automaticamente encerrada a recepção de lances O tempo aleatório é gerado automaticamente pelo sistema eletrônico, podendo durar de 1 segundo a 30 (trinta) minutos, sendo, portanto, desconhecido Em face da impossibilidade de determinação do tempo aleatório, recomenda-se aos licitantes estabelecer o valor mínimo de lance, evitando assim frustração por falta de tempo hábil para calculá-lo e apresentá-lo durante o tempo aleatório O sistema informará a proposta de menor preço imediatamente após o encerramento da etapa de lances. Os licitantes deverão consultar regularmente o sistema eletrônico para verificar o resultado da licitação Ordenados os lances em forma crescente de preço, o pregoeiro determinará ao autor do lance classificado como ARREMATADO (menor lance) que entregue, em até 02 (dois) dias úteis, a documentação de habilitação, conforme o item 4 deste edital. A entrega deve ser realizada, aos cuidados da Comissão de Licitação, na Gerência de Suprimentos SESC/ARRJ, situada na Avenida Rio Branco, º andar Centro Rio de Janeiro/RJ Cep: Os documentos devem ser acondicionados em envelope lacrado onde deverá constar a identificação do licitante e o número deste pregão As empresas localizadas fora da Região Metropolitana do Rio de Janeiro poderão enviar seus envelopes através dos Correios ou outro meio disponível. 6/29

7 5.13 Juntamente com os documentos de habilitação de que trata o item 4, o licitante deverá também entregar: A proposta comercial ajustada, conforme subitem Na hipótese de inabilitação ou de descumprimento de exigências estabelecidas neste edital e seus anexos, caberá à Comissão de Licitação autorizar o Pregoeiro a convocar o autor do segundo menor lance e, se necessário, observada a ordem crescente de preço, os autores dos demais lances, desde que atendam às exigências deste edital e seus anexos Declarado o licitante vencedor pela Comissão de Licitação, o Pregoeiro consignará esta decisão e os eventos ocorridos em ata própria, que será disponibilizada pelo sistema eletrônico Após a homologação e adjudicação pela autoridade competente, o licitante vencedor será convocado para assinatura do Instrumento contratual ou documento equivalente A qualquer momento, o SESC/ARRJ poderá desclassificar licitantes, sem que lhes caiba qualquer indenização, caso tenha conhecimento de fato que desabone a idoneidade, capacidade financeira, técnica ou administrativa, inclusive incorreções que venham a ser detectadas na documentação ou na proposta. 6 JULGAMENTO 6.1 O julgamento desta licitação será feito pelo critério de MENOR PREÇO POR LOTE, observadas as demais condições deste edital e seus anexos, inferindo-se, portanto, que é obrigatória a cotação de todos os itens dos lotes para os quais o licitante tenha apresentado proposta. 6.2 Os lances apresentados, conforme subitem 5.4, deverão referir-se ao VALOR GLOBAL da proposta, incluindo todos os itens dos lotes cotados, com o valor total da quantidade constante em cada item do lote. 7 NEGOCIAÇÃO 7.1 Após o encerramento da etapa de lances da sessão pública, o pregoeiro poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico, contraproposta ao licitante que tenha apresentado lance mais vantajoso, para que seja obtida melhor proposta, observando o critério de julgamento, não se admitindo negociar condições diferentes daquelas previstas no Edital. 7.2 A negociação será realizada por meio do sistema, podendo ser acompanhada pelos demais licitantes. 8 PENALIDADES 8.1 A recusa do licitante vencedor em assinar o Instrumento Contratual ou documento equivalente, no prazo de 03 (três) dias úteis, a partir da convocação, dará ao SESC/ARRJ o direito de homologar e adjudicar esta licitação ao próximo colocado e suspender o licitante em até 02 (dois) anos, do direito de licitar e contratar com o SESC/ARRJ. 7/29

8 8.2 O inadimplemento, total ou parcial, por parte do licitante vencedor, em relação às condições contratuais, considerando-se também como inadimplemento as hipóteses de atraso da entrega de material, assim como recusa ou demora na substituição do material com defeito, dará ao SESC/ARRJ o direito de rescindir unilateralmente o contrato ou instrumento equivalente, sem prejuízo da aplicação das penalidades abaixo previstas: a) Perda do direito à contratação com o SESC/ARRJ; b) Impedimento de licitar e contratar com o SESC/ARRJ por até 02 (dois) anos; c) Multa administrativa, não excedente, em seu total, ao equivalente a 10% (dez por cento) do valor global do contrato ou instrumento equivalente. d) Retenção do(s) pagamento(s) até a regularização da entrega do produto (mercadoria ou serviço) e/ou da documentação necessária para liberação do pagamento No caso deste item a justificativa para eventual atraso só será considerada, a critério do SESC/ARRJ, em casos fortuitos ou de força maior, devendo ser apresentada por escrito, até 24 (vinte e quatro) horas antes do término do prazo para a entrega do produto. 8.3 Para fins de penalidade, o lance é considerado proposta. 8.4 A critério do SESC/ARRJ, e de acordo com a sua gravidade, as sanções poderão ser cumulativas. 9 DISPOSIÇÕES GERAIS 9.1 As decisões relativas a esta licitação serão comunicadas por meio do endereço eletrônico sob o nº da licitação Não serão levados em consideração os documentos e propostas que não estiverem de acordo com as condições deste Edital e seus anexos, quer por omissão, quer por discordância. 9.3 Os proponentes assumirão todos os custos de preparação e apresentação de documentos e propostas. 9.4 A Comissão de Licitação poderá, no interesse do SESC/ARRJ em manter o caráter competitivo desta licitação, relevar omissões puramente formais, não essenciais, nos documentos e propostas apresentadas pelos licitantes. Poderá, também, realizar pesquisa na Internet, quando possível, para verificar a regularidade/validade de documentos ou fixar prazo aos licitantes para dirimir eventuais dúvidas. O resultado de tal procedimento será determinante para fins de habilitação. 9.5 Na contagem dos prazos estabelecidos no presente edital, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento, e considerar-se-á dias consecutivos, exceto quando for explicitamente disposto em contrário. Só se iniciam e vencem os prazos aqui referidos em dia de funcionamento do SESC/ARRJ. 9.6 A Contratada e seus sucessores se responsabilizarão por todos e quaisquer danos e/ou prejuízos que, a qualquer título, venham causar à imagem do 8/29

9 SESC/ARRJ e/ou terceiros, em decorrência da execução indevida do objeto da licitação. 9.7 Qualquer pedido de esclarecimento em relação a eventuais dúvidas de interpretação do presente edital e seus anexos, ou sugestão visando à sua melhoria, deverá ser encaminhado por escrito à Gerência de Suprimentos SESC/ARRJ, pelo correio eletrônico até 02 (dois) dias úteis antes da data e horário de recebimento de propostas comerciais previstos no subitem 5.2. Não sendo feito nesse prazo, pressupõe-se que os elementos fornecidos são suficientemente claros e precisos para permitir a apresentação de proposta e documentos, não cabendo ao licitante o direito a qualquer reclamação posterior. 9.8 Independentemente de declaração expressa, a apresentação de proposta comercial e de documentos implica a aceitação plena e total das condições e exigências deste edital e seus anexos, a veracidade e autenticidade das informações constantes na proposta comercial e documentos apresentados e, ainda, a inexistência de fato impeditivo à participação da empresa, bem como de que deverá declará-lo quando ocorrido. 9.9 A Comissão de Licitação poderá, a seu exclusivo critério, a qualquer momento, solicitar aos licitantes, por escrito, informações adicionais sobre a proposta comercial e as documentações apresentadas. O não atendimento da solicitação no prazo estabelecido poderá, a critério da Comissão de Licitação, implicar na desclassificação do licitante Da decisão que desclassificar as propostas de preços (subitem 5.3) somente caberá pedido de reconsideração à própria Comissão de Licitação, a ser apresentado por meio do correio eletrônico acompanhado da justificativa de suas razões, no prazo máximo de 30 (trinta) minutos a contar do momento em que vier a ser disponibilizada no sistema eletrônico A Comissão de Licitação decidirá até o limite do prazo estabelecido para início do pregão, salvo motivos que justifiquem a sua prorrogação, cabendo ao Pregoeiro registrar e disponibilizar a decisão no sistema eletrônico para acompanhamento em tempo real pelos licitantes. Da decisão da Comissão de Licitação relativa ao pedido de reconsideração não caberá recurso Da decisão que declarar o licitante vencedor, caberá recurso fundamentado dirigido ao Superintendente Administrativo e Financeiro do SESC/ARRJ. A intenção de recurso deverá ser apresentada no campo acolhimento de recurso do sistema eletrônico, por escrito, no prazo de 01 (um) dia útil, a contar da data de divulgação da decisão no sistema eletrônico Em ato contínuo ao item 9.11, o recurso deverá ser também apresentado por meio do correio eletrônico no prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar da data de divulgação da decisão no sistema eletrônico Não serão aceitos, para análise, os recursos que chegarem fora dos prazos previstos acima Todas as referências a horário neste edital consideram o horário de Brasília/DF Com exceção da proposta eletrônica, não serão aceitos documentos e propostas em meio magnético. 9/29

10 9.15 O SESC/ARRJ se reserva o direito de adiar, cancelar, revogar, anular ou tornar sem efeito, no todo ou em parte, a presente licitação, sem que caibam quaisquer reclamações, direitos, vantagens ou indenizações aos licitantes É parte integrante deste Edital: Anexo I Proposta de Preços e Especificações Técnicas; Anexo II Condições Gerais para Fornecimento; Rio de Janeiro, de de Ana Paula Fialho Gerente de Suprimentos SESC/ARRJ 10/29

11 ANEXO I PREGÃO ELETRÔNICO Nº 33/2012 PROPOSTA DE PREÇOS ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE VALOR (R$) 01 - STORAGE (UNIDADE DE ARMAZENAMENTO DE DADOS) - REDE SAN Switches com tecnologia Fibre Channel, para criação de uma rede SAN de armazenamento. 01 Valor Total por extenso: VALOR TOTAL Notas: 1) Especificações Básicas: Considerando que esta licitação tem como critério de julgamento o menor preço, os fornecedores deverão atender as especificações básicas apresentadas. 2) Detalhamento de Descrição de Itens: As descrições apresentadas neste processo de compra são básicas, consequentemente detalhes técnicos (marca, modelo, capacidade, etc.) deverão ser apresentados pelos fornecedores em suas propostas. (carimbo, assinatura do representante legal e data) 11/29

12 ANEXO I PREGÃO ELETRÔNICO Nº 33/2012 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICA 1 INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Todos os equipamentos e softwares ofertados na proposta comercial devem ser de um único fabricante, sob pena de desclassificação. 1.2 A instalação, configuração e ativação dos equipamentos, deverão atender integralmente às características e às necessidades solicitadas neste processo, responsabilizando-se o Contratado por todas as conexões, materiais e equipamentos, acessórios e mão de obra necessária para o bom funcionamento do material ofertado. Não estão incluídas as instalações do site (elétricas, lógicas, refrigeração, etc.) onde os equipamentos serão instalados, que deverão ser providos pela Contratante após levantamento e indicação de necessidades requeridas pelo proponente vencedor desta licitação. 1.3 Deverá ser realizada a instalação, configuração e ativação de todos os softwares que acompanhem os equipamentos. 1.4 Os equipamentos deverão ser fornecidos com todos os itens acessórios de hardware e software necessários à sua perfeita instalação e funcionamento, incluindo cabos, conectores, interfaces, suportes, controladores de dispositivos, programas de configuração, etc. 1.5 Os equipamentos deverão estar acompanhados de sua documentação técnica completa e atualizada, contendo os manuais, guias de instalação e outros pertinentes. A documentação deverá ser fornecida em sua forma original, não sendo aceitas cópias de qualquer tipo. Ha de se observar o item STORAGE (UNIDADE DE ARMAZENAMENTO DE DADOS) 2.1 Características Gerais: Arquitetura que permita crescimento modular dentro de um rack padrão de 19 polegadas, com possibilidade de expansão de gavetas de disco; Sistema de armazenamento que permita conexão de pelo menos 250 servidores físicos sem a necessidade de licenciamento adicional; Utilização de discos SAS e NL-SAS ou MDL-SAS indistintamente nas gavetas de disco em qualquer localidade e combinação; Capacidade de fazer expansão e deleção de volumes lógicos com alocação dinâmica, de forma a otimizar a utilização do espaço de armazenamento instalado pelos servidores. Todo licenciamento se necessário deverá compor a solução ofertada; 12/29

13 Deverá possuir sistema com suporte a replicação interna de volumes e replicação remota de volumes entre sistemas da mesma família sem necessidade de fornecer licença de software adicional, ou seja, todo licenciamento se necessário já deverá compor a solução ofertada; Deverá possuir 02 controladoras redundantes e hot-plug com canais Fibre Channel de pelo menos 8Gbps para conexão à rede SAN (Storage Area Network); As controladoras deverão possuir sistema de failover automático em caso de falha; Possuir no mínimo 04 canais SAS de pelo menos 6Gbps de back-end (conexão a discos físicos) no par de controladoras; Possuir ventiladores e fontes de alimentação redundantes e hot-plug; Deverá permitir total e plena disponibilidade das informações armazenadas, mesmo em face de atividades de manutenção técnica, tais como substituição de componentes, acréscimo de discos, ou atualização de micro-códigos (firmware); No mínimo 2GB de memória cache por controladora (total mínimo de 4GB); Em caso de queda de energia deverá possuir memória cache com área de escrita protegida por baterias, por até 96 horas, também sendo aceito que a memória cache seja protegida por mecanismo de cópia para disco ou para memória não volátil; Deve implementar segurança de acesso às LUNs (Logical Units) via WWN para capacidade máxima de hosts e volume de dados do storage (LUN masking ); Suporte a proteção de discos utilizando RAID ou VRAID com os níveis 0, 1 ou 0+1 ou 1+0, 5 e 6, processados pelo subsistema de discos do storage; Para melhor disponibilidade dos dados, a implementação de RAID/ VRAID 5 deve se limitar à combinação 4D+1P ou 7D+1P. Não serão aceitas outras combinações de implementações de RAID/ VRAID 5; Suporte a no mínimo volumes lógicos (LUNs); O storage deve ser compatível com as normas estabelecidas pela SNIA (Storage Networking Industry Association) e prover interface de gerenciamento com os padrões SMI-S (Storage Management Initiative Specification) para gerenciamento através de ferramentas de gerência de storage que utilizem este padrão; 2.2 Capacidade: O Storage deve ser capaz de suportar no mesmo par de controladoras, no 13/29

14 mínimo 120 discos rígidos, podendo ser discos SAS, NL-SAS ou MDL-SAS. Essa escalabilidade deve ser atingida apenas com a adição de novas gavetas de discos, sem substituição da controladora; Cada gaveta de discos deve suportar conexão dual channel de discos SAS e possuir 02 canais de back-end com velocidade de no mínimo 6Gb/s cada para discos; Cada gaveta de discos ofertada deve suportar 12 discos com as tecnologias citadas acima. Não serão aceitas gavetas com suporte a menos ou mais de 12 discos; A solução ofertada deverá possuir uma área útil mínima de 20TB, com a solução configurada em RAID 6 e ao menos 02 discos de HOT SPARE. Como área útil entende-se a área de armazenamento disponível para utilização dos serviços e servidores, ou seja, o volume bruto de armazenamento (soma total de todos os discos instalados) subtraído do volume utilizado (perdido) a título de configuração e/ou redundância. o Este volume deverá ser calculado tendo com base discos de 600Gb SAS 15K RPM. 2.3 Software de gerenciamento Deverá permitir a administração centralizada, por meio de um console de gerência; Deverá ser capaz de definir os volumes lógicos de armazenamento (LUNs) e especificar quais servidores são autorizados a acessar esses volumes e quais as rotas de acesso (LUN masking e zoning); Deverão ser ofertadas licenças de software suficientes para acesso às LUNs através de caminhos redundantes, possibilitando operar em caso de falha de uma controladora. Quando necessário o licenciamento deverá ser ofertado para a capacidade máxima de servidores suportados para os sistemas operacionais Linux, Windows e VMware; Deverá possibilitar o aumento do tamanho de LUNs através de ferramentas operadas pelo cliente, sem necessidade de intervenção do fornecedor ou fabricante e sem causar interrupção no atendimento aos servidores conectados; O software deverá permitir o gerenciamento através de interface gráfica e modo texto; O software deverá ser licenciado para quantidade mínima de 10 (dez) servidores físicos; O software deverá ser licenciado para capacidade máxima do storage; 14/29

15 3 REDE SAN 3.1 Switches com tecnologia Fibre Channel, para criação de uma rede SAN de armazenamento Características Gerais: 02 (dois) switches Fibre Channel, sendo cada um composto por: o Mínimo de 16 portas habilitadas, com habilitação total de funções ( full fabric ); o Deve ser expansível para até 24 portas; o Padrão de comunicação de 8Gbps, short wave, com conectores SFP em cada porta habilitada; o Cada porta deve ser compatível para conexão com portas Fibre Channel de 4, 2 e 1 Gbps; Deve suportar as classes de serviços 2, 3 e F; Deve suportar serviços Simple Name Server, Registered State Change Notification (RSCN) e Alias Server (multicast); Deve suportar os seguintes protocolos: o FC-AL-2 INCITS 332: 1999 o FC-GS-5 ANSI INCITS 427:2006 (Final stages of approval, includes the Following.) o FC-GS-4 ANSI INCITS 387: 2004 o FC-IFR revision 1 o FC-SW-4 INCITS 418:2006 (includes the following) o FC-SW-3 INCITS 384: 2004 o FC-VI INCITS 357: 2002 o FC-TAPE INCITS TR-24: 1999 o FC-DA INCITS TR-36: 2004 (includes the following) o FC-FLA INCITS TR-20: 1998 o FC-PLDA INCIT S TR-19: 1998 o FC-MI-2 ANSI/INCITS TR o FC-PI INCITS 352: 2002 o FC-PI-2 INCITS 404: 2005 o FC-FS-2 ANSI/INCITS 424:2006 (includes the following) o FC-FS INCITS 373: 2003 o FC-LS revision 1.51 (under development) o FC-BB-3 INCITS 414: 2006 (includes the following) o FC-BB-2 INCITS 372: 2003 o FC-SB-3 INCITS 374: 2003 (replaces FC-SB ANSI X3.271: 1996; FC-SB-2 INCITS 374: 2001) Deve ser compatível com os principais sistemas operacionais de mercado, principalmente Linux e Microsoft Windows e VMWare. 3.2 Software Deve vir acompanhado dos seguintes softwares: Adaptive Networking - software responsável por controlar a utilização dos recursos da Storage Area Network (SAN) e detectar (ou prever) congestionamento em qualquer lugar ao longo da rede. 15/29

16 Fabric Watch - software responsável por monitorar o funcionamento da Storage Area Network (SAN). ISL Trunking - software responsável por otmimizar a performance e simplificar o gerenciamento da Storage Area Network (SAN). Extended Fabric - software de gerenciamento da Storage Area Network (SAN) de longas distancias através de links DWDM, Inter- Switch Links (ISLs) ou Inter-Fabric Links (IFLs). Performance Monitor - software de monitoramento dos switches da Storage Area Network (SAN) em tempo real através de browsers via conexão HTTPS. Server Application Optimization - software que facilita e simplifica o gerenciamento dos serviços finais da Storage Area Network (SAN) e ou de servidores Virtuais mantendo a qualidade do serviço (QoS) dentro da mesma. 3.3 Acessórios Obrigatórios Kit de montagem em rack padrão 19 ; 02 cabos Fibre Channel LC-LC de 1 metro para interconexão dos switches; 15 cabos Fibre Channel LC-LC de 15 metros para conexão de servidores; 15 placas HBAs Single Channel PCI-e para instalação nos seguintes servidores atualmente em uso: o Servidor DELL R710 com Windows 2003 e 2008 Server. 4 SERVIÇO DE INSTALAÇÃO DE HARDWARE E SOFTWARE 4.1 Compreende os serviços de instalação física e lógica dos componentes de hardware e software, incluindo a configuração e ativação de todos os dispositivos e serviços decorrentes Planejamento e descrição dos serviços Compreendida minimamente pelas seguintes etapas: a) Planejamento dos serviços a serem executados visando definir: Escopo e não escopo dos serviços; Equipe envolvida na execução dos serviços; Cronograma inicial de implementação da solução; Objetivo final dos serviços; b) Serviço consultivo para análise da Infraestrutura; c) Acompanhamento da execução dos serviços. 16/29

17 4.1.2 Critérios de Conclusão: a) Os serviços desta fase estarão concluídos quando for assinado o termo de aceite do planejamento. 4.2 Execução dos serviços Implementação do Storage de Disco Um especialista em serviços do Contratado deverá planejar todas as atividades necessárias e agendar a realização dos serviços em horários mutuamente acordados com o SESC/ARRJ Os serviços deverão ocorrer durante o horário comercial, a menos que haja um acordo entre as partes. 4.3 Fase 1 - Coordenação da instalação As atividades de coordenação da instalação incluem: Reunião inicial de planejamento, para definição do cronograma de atividades e lista de verificação de tarefas; Verificação, antes do início das atividades, de que todos os prérequisitos dos serviços tenham sido atendidos; Agendamento da implementação da solução em um horário acordado por ambas as partes; Criação de um plano de instalação por escrito, que servirá como guia para a coordenação da instalação e dos produtos resultantes da inicialização. 4.4 Fase 2 - Implantação do array de discos Confirmação dos níveis apropriados de patch do sistema operacional em um determinado número de hosts identificados no plano de instalação; Breve consulta para fornecer orientação à equipe técnica do SESC/ARRJ na definição dos objetivos de configuração da solução, com base no desempenho de aplicativos, necessidades de disponibilidade e melhores práticas do fornecedor; Desenvolvimento e implementação de um projeto para atender os objetivos de configuração da solução, conforme previamente acordado pelo Cliente; Instalação do hardware por um especialista em serviços qualificado do fornecedor, de acordo com as especificações do produto; Inicialização do storage de discos; Integração do storage a SAN fornecido e implementado nesse projeto; Criação de documentação da configuração executada; 17/29

18 Instalação de monitoramento e suporte remotos. 4.5 Fase 3 - Testes de verificação da instalação O fornecedor deverá fazer os testes de verificação da instalação apropriados e necessários para esse projeto. 4.6 Fase 4 - Sessão de orientação O especialista em serviços do fornecedor deverá ministrar uma sessão de orientação de duas horas no local sobre o array de discos instalado, após a conclusão do serviço. Essa orientação não é uma substituição para o treinamento formal. A orientação inclui o seguinte: Revisão da documentação de configuração mencionada anteriormente, que resume o projeto de disco e a topologia de servidores associada; Destaques da operação básica do hardware do storage; Uma breve sessão de perguntas e respostas; 5 IMPLEMENTAÇÃO DA REDE SAN 5.1 Um especialista em serviços do Contratado deverá planejar todas as atividades necessárias e agendar a realização dos serviços em horários mutuamente acordados com o SESC/ARRJ Os serviços deverão ocorrer durante o horário comercial, a menos que haja um acordo em contrário entre as partes. 5.2 Fase 1 - Planejamento do Serviço e Implementação As atividades incluem o seguinte: Seleção de uma topologia pelo especialista do serviço, de acordo com as informações fornecidas pela equipe técnica do SESC/ARRJ, adequada para o projeto; Análise e verificação dos aspectos lógicos e físicos do projeto da SAN e seus componentes; Desenvolvimento do plano de instalação, identificação das etapas, funções, responsabilidades e cronograma para a instalação; Análise e verificação das instalações do ambiente SAN pré-requisitado (arrays, hosts e outros dispositivos de armazenamento); Configuração do produto, conexão dos switches de armazenamento aos dispositivos associados de armazenamento e hosts, e configuração conforme o projeto lógico e físico revisado; Configuração conexão de hosts a SAN e testes das conexões. 5.3 Fase 2 Testes de Verificação da Instalação 18/29

19 5.3.1 O especialista de serviços deverá executar os testes apropriados de verificação da instalação exigidos pelo projeto. As atividades de teste incluem: Diagnóstico de hardware e firmware, conforme aplicável; Testes de validação dos switches de armazenamento instalados e do acesso deles aos hosts adequados e respectivos dispositivos de armazenamento; Testes de demonstração de caminhos alternativos de conexão. 5.4 Fase 3 Sessão de Orientação O especialista de serviços deverá conduzir uma sessão de orientação sobre o produto e a tecnologia, executando as seguintes tarefas: Familiarizar a equipe técnica do SESC/ARRJ com os métodos para verificar os dispositivos através de testes baseados em switches ou hosts; Analisar a instalação, configuração e documentação da SAN; Analisar os procedimentos de suporte à equipe técnica do SESC/ARRJ; A orientação de conexão de host a SAN deverá ser acompanhada de uma breve sessão de orientação, incluindo uma visão geral da conexão do host e dos processos de suporte A sessão de orientação deverá ser feita de modo informal, como parte do processo de instalação. Não é uma apresentação formal nem atividade em classe, nem deverá ser considerada uma substituição do treinamento formal sobre o produto. 6 RELATÓRIO FINAL DOS SERVIÇOS 6.1 A fase final de execução dos serviços compreende as seguintes etapas: Criação de Relatório Final dos serviços executados contendo: Descrição detalhada do ambiente montado; Descrição detalhada dos produtos de Hardware e Software utilizados; 6.2 Pré-Requisitos: Equipamentos formadores dos ambientes montados e disponíveis para uso conforme especificações do projeto; 6.3 Critérios de Conclusão: Os serviços desta fase estarão concluídos quando o relatório final dos ambientes montados tiver sido entregue ao SESC/ARRJ: uma em formato Word (CD-R) e outra em papel devidamente encadernado; 19/29

20 E o termo de conclusão dos serviços executados nesta fase estiver assinado pelo SESC/ARRJ. 7 TREINAMENTO 7.1 Compreende treinamento para um grupo de no máximo 06 (seis) participantes a ser realizado nas instalações do SESC/ARRJ. 7.2 Critérios para realização do treinamento a) O treinamento deverá ser ministrado por profissional certificado nos produtos contemplados nesta solução e com a presença do profissional que efetuou a implementação; e b) O treinamento deverá ter uma duração mínima de 02 (dois) dias. 7.3 Conteúdo do Treinamento O Treinamento deverá compreender os seguintes módulos: 1) Serviços de Implementação da rede SAN; 2) Serviços de Implementação da Storage de Discos; 3) Os módulos deverão conter os seguintes tópicos: 4) Configuração e Gerenciamento da solução de Storage fornecida; 5) Configuração e Gerenciamento do Virtual Array; 6) Revisão da Solução de Storage implementada; 7) Características da solução de Storage implementada; 8) Virtualização e tecnologia do Storage; 9) Layout funcional e físico de uma solução de Storage; 10) Características do Hardware; 11) Delimitações do Disk Drive; 12) Drives do Fibre Disk e Drives do Fibre Channel Loop Switches; 13) Gerenciamento do Storage Appliance (SMA) e Gerenciamento do Storage Server (SMS); 14) Características e redundância da Controladora; 15) Conexões físicas dos equipamentos; 16) Configuração e gerenciamento do Servidor de Storage; 17) Configuração e gerenciamento da SAN Storage Environment; 18) Configuração e gerenciamento de Grupos de Disco; 19) Capacidade e configuração dos grupos de disco 20) Configuração de Discos virtuais; 21) Configuração e gerenciamento de Hosts e LUNs; 22) Criando e apagando grupos de discos e discos virtuais; 23) Políticas de Cache; 24) Criando uma família de discos virtuais; 25) Propriedade do disco virtual; 26) Configuração do Host; 27) Suporte do sistema de operação; 20/29

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 17/2008 - PROCESSO Nº 24.050/2008

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 17/2008 - PROCESSO Nº 24.050/2008 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 17/2008 - PROCESSO Nº 24.050/2008 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL PREGÃO SESC/AN Nº 15/0072 PG EDITAL O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO NACIONAL, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 12/2008 - PROCESSO Nº 23.894/2008

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 12/2008 - PROCESSO Nº 23.894/2008 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 12/2008 - PROCESSO Nº 23.894/2008 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/PA Nº 15/00086 PG EDITAL

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/PA Nº 15/00086 PG EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO SESC/PA Nº 15/00086 PG EDITAL O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO PARÁ, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 04/2008 - PROCESSO Nº 23.436/2008

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 04/2008 - PROCESSO Nº 23.436/2008 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 04/2008 - PROCESSO Nº 23.436/2008 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do

Leia mais

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0043 PG EDITAL

PREGÃO SESC/AN Nº 15/0043 PG EDITAL PREGÃO SESC/AN Nº 15/0043 PG EDITAL O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO NACIONAL, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO,

Leia mais

CONVITE Nº 11/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 13 / 05 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 11/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 13 / 05 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 11/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 13 / 05 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006

COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 COMPANHIA DE GAS DO CEARA COTAÇÃO DE PREÇOS Nº 20150378 DECRETO Nº 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015

Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015 Comunicado Cetip n 007/2015 16 de janeiro de 2015 Assunto: Leilão de Alienação de Direitos Sobre Créditos Acumulados de ICMS Módulo de Negociação por Leilão Cetip Net Plataforma Eletrônica. O diretor-presidente

Leia mais

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas CONVITE Nº 033/2009 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007

TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 20150007 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397,

Leia mais

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas CONVITE 25/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 005/2014 DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 17/2014 - PROCESSO Nº 42.730/2014

PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 17/2014 - PROCESSO Nº 42.730/2014 PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 17/2014 - PROCESSO Nº 42.730/2014 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SESC/ARRJ, entidade de direito privado,

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DA COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº0195/2014 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO

MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO MANUTENÇÃO DO PÁRA RAIOS PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 / 21

Leia mais

COTACÃO ELETRÔNICA - EDITAL 20135880 TERMO DE PARTICIPAÇÃO

COTACÃO ELETRÔNICA - EDITAL 20135880 TERMO DE PARTICIPAÇÃO COTACÃO ELETRÔNICA - EDITAL 20135880 TERMO DE PARTICIPAÇÃO PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 62/2015 - PROCESSO Nº 49.920/2015

PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 62/2015 - PROCESSO Nº 49.920/2015 PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 62/2015 - PROCESSO Nº 49.920/2015 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SESC/ARRJ, entidade de direito privado,

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal

Serviço Social do Comércio DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal DEPARTAMENTO NACIONAL Estância Ecológica SESC-Pantanal PREGÃO PRESENCIAL SESC - PANTANAL Nº 15/0014 PG EDITAL REGISTRO DE PREÇO O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/AN - Estância Ecológica Sesc Pantanal (EESP),

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA

OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO - CGTEE Nº 002/2014 OFERTA PÚBLICA DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA EDITAL DE LEILÃO CGTEE Nº 002/2014 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Leia mais

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº 2014-003 PREÂMBULO 1.Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS

PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS 1 PREGÃO ELETRÔNICO Nº002/2011/CISMEPA REGISTRO DE PREÇOS O CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAUDE DO MEDIO PARAIBA, mediante o Pregoeiro Flávio Macharet Barbosa, designado pela Portaria nº 004/2011, de junho

Leia mais

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL

INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL INSCRIÇÃO OU RENOVAÇÃO CADASTRAL 1. DA ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO 1.1. Os interessados em se inscrever e/ou renovar o Registro Cadastral junto ao GRB deverão encaminhar a documentação a seguir estabelecida,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

CONCORRÊNCIA SESC/ARRJ Nº 32/2015 - PROCESSO Nº 53.706/2015

CONCORRÊNCIA SESC/ARRJ Nº 32/2015 - PROCESSO Nº 53.706/2015 CONCORRÊNCIA SESC/ARRJ Nº 32/2015 - PROCESSO Nº 53.706/2015 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SESC/ARRJ, entidade de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 001 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 001 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL Empresa: Vixplus Informática Ltda ME Ao PREGÃO nº 008/2013. Prezados Senhores: Pela presente formulamos Proposta Comercial para fornecimento de equipamentos e softwares

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 15/2008 - PROCESSO Nº 24.038/2008

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 15/2008 - PROCESSO Nº 24.038/2008 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 15/2008 - PROCESSO Nº 24.038/2008 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 09/2008 - PROCESSO Nº 23.865/2008

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 09/2008 - PROCESSO Nº 23.865/2008 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 09/2008 - PROCESSO Nº 23.865/2008 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do

Leia mais

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE)

SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) SISTEMA DE ARMAZENAMENTO (STORAGE) Possuir capacidade instalada, livre para uso, de pelo menos 5.2 (cinco ponto dois) TB líquidos em discos SAS/FC de no máximo 600GB 15.000RPM utilizando RAID 5 (com no

Leia mais

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO

ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO ANEXO III PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG MINUTA DO CONTRATO Instrumento Particular de Contrato referente ao PREGÃO PRESENCIAL SESC/MA Nº 15/0019-PG, que entre si fazem o Serviço Social do Comércio

Leia mais

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS)

EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE ÁREAS (LOJAS / TERRENOS) ÍNDICE: RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE EMPRESAS INTERESSADAS NA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DE TERRENOS, LOJAS E ESPAÇOS DE PROPRIEDADE DA COMPANHIA DO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009

MINISTÉRIO DA FAZENDA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS PROCESSO SUSEP 15414.003162/2008-71 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2009 A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP realizará, às 15 horas do dia 16 de julho de 2009, licitação na modalidade PREGÃO ELETRÔNICO, tipo MENOR PREÇO, conforme autorização da Senhora Chefe do DEAFI,

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Física CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL SESC/ARRJ Nº 01/2015 - PROCESSO Nº 46.260/2015

PREGÃO PRESENCIAL SESC/ARRJ Nº 01/2015 - PROCESSO Nº 46.260/2015 PREGÃO PRESENCIAL SESC/ARRJ Nº 01/2015 - PROCESSO Nº 46.260/2015 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SESC/ARRJ, entidade de direito privado, sem fins lucrativos,

Leia mais

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS)

CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) CADASTRO DE FORNECEDORES (MATERIAL/SERVIÇOS) ÍNDICE RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA CADASTRO DE FORNECEDORES DE MATERIAL/SERVIÇOS PÁGINA 2 FICHA DE INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES PÁGINA 4 DECLARAÇÃO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 44/2015 - PROCESSO Nº 48.477/2015

PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 44/2015 - PROCESSO Nº 48.477/2015 PREGÃO ELETRÔNICO COM REGISTRO DE PREÇO SESC/ARRJ Nº 44/2015 - PROCESSO Nº 48.477/2015 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SESC/ARRJ, entidade de direito privado,

Leia mais

Câmara Municipal de Itatiba

Câmara Municipal de Itatiba DOCUMENTOS PARA EFETUAR CADASTRO PARA EMISSÃO DO CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL "CRC" INFORMAÇÕES PARA CADASTRO DE FORNECEDORES Razão Social: Endereço: Bairro: Cidade: CEP: CNPJ: Inscrição Estadual:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 13.179, DE 10 DE JUNHO DE 2009. (publicada no DOE nº 109, de 12 de junho de 2009) Dispõe sobre a Cotação Eletrônica

Leia mais

INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO

INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397

Leia mais

BOBINA DE PAPEL TERMICO PREÂMBULO

BOBINA DE PAPEL TERMICO PREÂMBULO BOBINA DE PAPEL TERMICO PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397 / 21 de

Leia mais

Ilustração 1: Secretaria de Desenvolvimento Agrário Centrais de Abastecimento do Ceará S/A CEASA

Ilustração 1: Secretaria de Desenvolvimento Agrário Centrais de Abastecimento do Ceará S/A CEASA PREÂMBULO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28088, DE 10 /01/ 2006. TERMO DE PARTICIPAÇÃO Nº2011 085 DE 29/09/2011. Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e

Considerando a necessidade de se buscar a redução de custos, em função do aumento da competitividade; e Página 1 de 5 PORTARIA Nº 306, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2001 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO GABINETE DO MINISTRO O MINISTRO DE ESTADO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, no uso das atribuições

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1

Autoridade Certificadora CAIXA Pessoa Jurídica CONTRATO DE ASSINANTE A1 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL que entre si fazem, de um lado, como contratada a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, Empresa Pública de Direito Privado, inscrita no CNPJ/MF sob

Leia mais

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado.

ESCLARECIMENTOS. Em virtude do exposto, segue o Anexo A, com os itens mencionados, que para todos os efeitos ficam incorporados ao edital publicado. ESCLARECIMENTOS Em curso nesta Autarquia a licitação nº 0453/13, Processo nº 0363/13, que almeja a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços de medicina e segurança do trabalho. Foi recebido

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EEEP RITA MATOS LUNA JUCÁS CEARÁ Convite N. 004/2015 Natureza da Despesa/ OBJETIVO: Fonte do Recurso Contratação de Serviço de INSTALAÇÃO DE SERVIÇO DE LINK DE INTERNET - 5MB Dotação Orçamentária Data da Emissão 22/06/2015 Data da Licitação

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 92092-03/2010 A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia - FATEC, por meio de sua pregoeira, Claudia Pippi Lorenzoni torna público

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 04/2007 - PROCESSO Nº 22.279/2007

PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 04/2007 - PROCESSO Nº 22.279/2007 PREGÃO ELETRÔNICO SESC/ARRJ Nº 04/2007 - PROCESSO Nº 22.279/2007 O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO DO RIO DE JANEIRO, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica a realização de licitação, do

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319

DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 Processo nº. 200910267000429 Data da Realização: 09/12/2009 Horário: 09:00 horas Local: www.comprasnet.go.gov.br DISPENSA DE LICITAÇÃO ELETRÔNICA Nº. 18319 A FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais

* O ÔNIBUS DEVERÁ TER SUSPENSÃO AR CONDICIONADO, BANHEIRO, GELADEIRA ELÉTRICA, POLTRONA SUPER PULLMAN, TV, SOM, VÍDEO, DVD.

* O ÔNIBUS DEVERÁ TER SUSPENSÃO AR CONDICIONADO, BANHEIRO, GELADEIRA ELÉTRICA, POLTRONA SUPER PULLMAN, TV, SOM, VÍDEO, DVD. ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28.088 DE 10 DE JANEIRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ TERMO DE PARTICIPAÇÃO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº. 28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006. PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015

EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 003/2015 AUTARQUIA MUNICIPAL DE TURISMO - GRAMADOTUR, pessoa jurídica de direito público interno, inscrita no CNPJ/MF sob n.º 18.137.082/0001-86, neste ato representado por seu

Leia mais

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO

TERMO DE PARTICIPAÇÃO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO DECRETO Nº28.397, DE 21 DE SETEMBRO DE 2006 PREÂMBULO Termo de Participação, via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos

Leia mais

LICENÇA DE SOFTWARE ANTIVIRUS PREÂMBULO

LICENÇA DE SOFTWARE ANTIVIRUS PREÂMBULO LICENÇA DE SOFTWARE ANTIVIRUS PREÂMBULO TERMO DE PARTICIPAÇÃO 20150031 Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.

INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com. 1/7 INFORMAÇÕES AOS FORNECEDORES SEJA NOSSO FORNECEDOR REGULAMENTO PARA EMISSÃO DO CRC COCEL (parte integrante do site www.cocel.com.br) INFORMAÇÕES I. O interessado na inscrição no Cadastro de Fornecedores

Leia mais

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES)

ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) ABRIGO DO MARINHEIRO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS PESQUISA DE PREÇOS (ESPECIFICAÇÕES E INSTRUÇÕES) REFORMA DAS INSTALAÇÕES DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO DO DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS SOCIAIS DO ABRIGO DO

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS EDITAL Nº 008/2015 CONVÊNIO Nº: 812779/2014 SDH/PR PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 012/2015 TIPO: Cotação prévia de preços / Menor preço OBJETO: Contratação de Seguro contra Acidentes

Leia mais

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 001/2015 TIPO: MENOR PREÇO

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 001/2015 TIPO: MENOR PREÇO PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 001/2015 TIPO: MENOR PREÇO O INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO, inscrito no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda sob o nº CNPJ 05.408.004/0001-27, associação

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO 1 EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO O SENAR PR SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - Administração Regional do Paraná, com sede à Rua Marechal Deodoro, 450-16º

Leia mais

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR Pelo presente, vimos requerer no registro no Cadastro de Fornecedores e Licitantes da Prefeitura Municipal de Iraí RS, para fins e efeitos dos artigos 34 e seguintes da

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado?

O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? Como posso emitir meu Certificado de Registro Cadastral CRC homologado? O que é o Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado - CADFOR? O Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado CADFOR é o registro cadastral de interessados em fornecer produtos, serviço e/ou obras para

Leia mais

Cotação Eletrônica TERMO DE PARTICIPAÇÃO

Cotação Eletrônica TERMO DE PARTICIPAÇÃO ANEXO ÚNICO DO DECRETO Nº 28088, DE 10 / 01 / 2006. PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS LETHALLHOST TEAMSPEAK CONTRATO: CN-613XXXXXXXXXXXX A LETHALLHOST NETWORKING, Provê serviços de aluguel de servidor de TeamSpeak. Tem a responsabilidade de proteger cada

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

REGULAMENTO BANCO DE PREÇOS

REGULAMENTO BANCO DE PREÇOS REGULAMENTO BANCO DE PREÇOS O BANCO DO BRASIL S.A., sociedade de economia mista, com sede em Brasília, Distrito Federal, sito no SBS, Quadra 4, Lote 32, Bloco C, inscrito no CNPJ sob o n.º 00.000.000/0001-91,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO CONTRATO que entre si fazem o DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA e a empresa xxxxxxxx, para seguro contra terceiros para os veículos deste Departamento. O DEPARTAMENTO

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

Rio de Janeiro, 19 de Abril de 2013. Rafaela Brum

Rio de Janeiro, 19 de Abril de 2013. Rafaela Brum TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO DA CONTRATAÇÃO: Contratação da aquisição de software de antivírus, na rua Anfilófio de Carvalho nº 29, 3º andar, com base no Regulamento de Aquisição de Bens e Serviços nº

Leia mais