MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: 2.A.6 Acordo de Empréstimo BIRD - N.º 7841-BR PROJETO UNESCO 914BRZ3002 Projeto Organismo: UNESCO Código: PROJETO 914BRZ3002 Atividade Código: Descrição: Aprimorar o Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SGPBF). Tipo Consultoria Nacional (X) Internacional ( ) Fonte de Recursos Acordo de Empréstimo BIRD N.º 7841-BR Linha Orçamentária Subcontratos

2 1- Objetivo da contratação Desenvolver estudos no sentido de avaliar, diagnosticar e propor modelo otimizado de solução de análise de cenários e tomada de decisão dos universos (informações) relacionados à Gestão de Fiscalização e Gestão de Benefícios do SIGPBF, em conformidade com a estrutura modular do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família - SIGPBF. 2 Antecedentes e contexto Os principais objetivos do Programa Bolsa Família (PBF), lançado em outubro de 2003, são o combate à fome e à miséria, e a promoção da inclusão social de famílias brasileiras que se encontram em situação de pobreza. O Programa contempla o pagamento de benefício financeiro à população pobre, aliado ao reforço de acesso destas populações aos serviços sociais básicos, dentro de uma perspectiva de contribuição para redução de pobreza das famílias beneficiadas. O Programa é gerenciado, no âmbito do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS, pela Secretaria Nacional de Renda e Cidadania SENARC e as famílias por ele atendidas são selecionadas a partir do Cadastro Único para Programas Sociais (Cadastro Único). A qualificação dos dados do Cadastro Único é de fundamental importância, garantindo que o PBF e demais programas usuários, de fato, alcancem seu público-alvo, e permitindo que os sistemas informacionais desenvolvidos pela Senarc possam sempre ser abastecidos por dados consistentes, já que o Cadastro Único se constitui na principal referência para tomada de decisão pelo MDS. Entre os sistemas informacionais utilizados pela Senarc e alimentados com os dados do Cadastro Único encontra-se o Data Mart Visão, de apoio à tomada de decisão. Trata-se de uma ferramenta de Business Intelligence (BI) com capacidade de armazenamento de grande quantidade de dados históricos, que permite a elaboração de relatórios gerenciais. Este sistema de apoio à tomada de decisão foi desenvolvido em 2006 e contempla informações relacionadas ao cadastramento de famílias; aos benefícios concedidos pelo PBF; aos cartões que permitem o saque dos benefícios; à logística de pagamento de tais benefícios; aos cruzamentos entre o Cadastro Único e outros registros administrativos para averiguação da consistência dos dados registrados, entre outras, que podem ser exibidas em alto nível de detalhe para suprir as necessidades das secretarias do MDS. Para apoiar as atividades operacionais e gerenciais inerentes ao PBF, também, foi construído um sistema integrado e estruturante denominado Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família (SIGPBF). O Sistema foi estruturado em módulos, relacionados diretamente às áreas envolvidas na gestão do PBF, assim definidos: Módulo de Gestão do Cadastro: Responsável pela integração e pelo processamento das informações dos parceiros e entre os demais módulos do Sistema de Gestão do PBF e o Cadastro Único; Módulo de Relação com Estados e Municípios: Objetiva cadastrar, controlar e gerir as informações referentes aos gestores municipais, coordenações estaduais e instâncias de controle social, bem como as ações a eles relacionadas. Módulo de Controle e Fiscalização: Responsável por manter controle sobre processos de apuração de denúncias de pagamentos de benefícios (ações reativas) e permitir análises gerenciais sobre as causas dos problemas e as formas de prevenção (ações pró-ativas); Módulo de Gestão de Benefícios: Compreende, entre outros, a habilitação, seleção, concessão e gestão de benefícios, Logística de Pagamento de Benefícios, Logística de cartões e inclusão bancária, processamento da repercussão de alteração cadastral sobre a gestão de benefícios, processamento de atividades e ações de gestão de benefícios, revisão da Elegibilidade de Benefícios, integração com o Agente Pagador e integração com Entidades Pactuadas; Módulo de Gestão de Condicionalidades: permite registrar e monitorar o desempenho das Instâncias de Controle Social do PBF, ou seja, o gerenciamento das condicionalidades do PBF, referentes à saúde, educação e assistência social; Página 2

3 Módulo de Controle Social: permite registrar e monitorar o desempenho das Instâncias de Controle Social do PBF. Módulo de Programas Complementares: Objetiva permitir articulações com outros programas de âmbito federal que atendam famílias beneficiárias do PBF, de modo a potencializar o objetivo de redução da pobreza para as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família. Dentro desse contexto e considerando a necessidade de melhoria dos processos de gestão do Cadastro Único e do Bolsa Família é fundamental o aprimoramento e a evolução das ferramentas de suporte à decisão e de controle de processos, de forma que seus universos e métricas sejam atualizados e incrementados em conformidade com a estrutura modular do SIGPBF. Sendo assim, a consultoria proposta neste Termo de Referência tem papel importante nesse processo de melhoria da ferramenta de apoio à tomada de decisão, pois caberá a ela analisar, identificar e diagnosticar os universos e métricas diretamente afetados pelos sistemas e programas usuários do Cadastro Único, assim como propor a melhor forma de carregar e apresentar os dados contidos em cada um dos universos e dos indicadores vinculados às métricas definidas, de forma que esta ferramenta possa continuar refletindo a evolução do SIGPBF, do Cadastro Único e demais programas usuários deste. 3 Escopo do trabalho e limites do projeto As atividades consistem em: Mapear e avaliar a estrutura existente a partir da base de dados da solução de BI Business Intelligence, referente ao Cadastro Único, visando a ampliação e a melhoria da estrutura existente, criando novas perspectivas e tornando possível a elaboração de cenários estratégicos para gestão do Programa Bolsa Família; Desenvolver análise de aderência das estruturas de informações necessárias frente aos modelos de dados multidimensionais já implementados na solução de BI do Cadastro Único, identificando eventuais gaps e apontando diretrizes para o devido tratamento; Elaborar proposta de solução com a representação de modelos específicos para implementação das estruturas de informações mapeadas; Definir as regras de negócio necessárias para a implementação das estruturas de informações mapeadas; Desenvolver proposta para visualização estruturada das informações; Avaliar os resultados obtidos. 4 Resultados e Produtos esperados Cada produto, a ser apresentado pelo consultor, será resultado das atividades desenvolvidas dentro do período compreendido entre a data de início e a data de fechamento do produto, e assim sucessivamente entre os produtos subsequentes, conforme demonstrado a seguir: PRODUTOS 1 DESCRIÇÃO Documento técnico contendo os estudos de avaliação e proposta de novos cenários para soluções de suporte à tomada de decisão, através do levantamento das necessidades dos usuários no âmbito do Módulo de Fiscalização. O desenvolvimento deste produto se fundamenta na base de dados do Cadastro Único, contida na solução de BI Business Intelligence da SENARC. % sobre o total 10 Data para entrega 36 dias após a assinatura do contrato Página 3

4 Documento técnico contendo os estudos de avaliação e proposta de novos cenários para soluções de suporte à tomada de decisão, através do levantamento das necessidades dos usuários, no âmbito do Módulo de Gestão de Benefícios. Documento técnico contendo proposta de modelo da estrutura de informações otimizado da solução resultante da análise de cenários e tomada de decisão dos universos (informações), no âmbito dos Módulos de Fiscalização e de Gestão de Benefícios. Documento técnico contendo o mapeamento das estruturas de informação e as regras de negócios para a devida implementação da solução para suporte à tomada de decisão, no âmbito do Módulo de Fiscalização. Documento técnico contendo o mapeamento das estruturas de informação e as regras de negócios para a devida implementação da solução para suporte à tomada de decisão, no âmbito do Módulo de Gestão de Benefícios. Documento técnico contendo proposta de modelos de visualização das informações para suporte à tomada de decisão, no âmbito dos Módulos de Fiscalização e de Gestão de Benefícios. 12, , dias após a assinatura do contrato 135 dias após a assinatura do contrato 198 dias após a assinatura do contrato 270 dias após a assinatura do contrato 360 dias após a assinatura do contrato O consultor deverá garantir que os serviços executados sejam realizados com qualidade, atendendo a todas as especificações no prazo estabelecido neste termo de referência, cumprindo com as orientações realizadas pelo supervisor da consultoria e submetendo, para apreciação e aprovação, as modificações necessárias para realização dos produtos. O produto elaborado pelo consultor, aprovado pela área, deve ser entregue em 2 vias impressas e 1 via digitalizada (CD-ROM). Não serão aceitos produtos que apresentem mera reprodução de conteúdos da internet ou livros de outros autores sem os créditos devidos ou ainda sem que tais conteúdos sejam minimamente tratados/analisados pelo consultor. 5 - Especificações Requisitos Obrigatórios (eliminatórios): Formação Acadêmica Formação superior em qualquer área. Pós-graduação na área de Informática. Experiência Profissional (contada após a conclusão da graduação) Com comprovação por meio de apresentação de carteira de trabalho ou declaração com experiência profissional. Experiência mínima de 8 (oito) anos na área de Informática. Experiência mínima de 3 (três) anos em tratamento automatizado de informações para a tomada de decisão, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Experiência mínima de 3 (três) anos em projeto, desenvolvimento e implantação de soluções de visualização da informação, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Página 4

5 Requisito Desejável (pontuáveis): Experiência Profissional (contada após a conclusão da graduação) Com comprovação por meio de apresentação de carteira de trabalho ou declaração com experiência profissional. Experiência superior a 3 (três) anos em tratamento automatizado de informações para a tomada de decisão, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Experiência superior a 3 (três) anos em projeto, desenvolvimento e implantação de soluções de visualização da informação, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Conhecimento Com comprovação por meio de apresentação de certificado de conclusão de curso, de disciplinas ou declaração com experiência profissional de no mínimo dois anos. Conhecimento sobre o Programa Bolsa Família. Conhecimento em modelagem relacional. Conhecimento em modelagem multidimensional. Conhecimento em Banco de Dados Relacional. Conhecimento em linguagem SQL. Conhecimento de técnicas de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que oferecem suporte a tomada de decisão. Conhecimento de ferramentas especialmente desenvolvidas para o cruzamento multidimensional dos dados. Segundo Decreto 5.151/2004, não pode ser contratado servidor ativo, ainda que licenciado, da administração pública federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios, direta ou indireta, bem como de empregado de suas subsidiárias e controladas. O candidato também não deve pertencer ao quadro funcional das instituições de ensino superior qualificadas para atuar enquanto agências implementadoras. Durante a vigência da Lei de Diretrizes Orçamentárias LDO 2014 é permitida a contratação de servidores públicos que se encontrem em licença sem remuneração para tratar de interesse particular. Ainda, durante a vigência da Lei de Diretrizes Orçamentárias LDO 2014 é permitida a contratação de professor de Universidades, inclusive os de dedicação exclusiva, para realização de pesquisas e estudos de excelência, desde que: haja declaração do chefe imediato e do dirigente máximo do órgão de origem de inexistência de incompatibilidade de horários e de comprometimento das atividades atribuídas. Os projetos de pesquisas e estudos devem ser aprovados pelo dirigente máximo do órgão ou da entidade ao qual esteja vinculado o professor. No caso de projetos financiados com recursos de organismos internacionais, para a contratação de servidores em licença sem remuneração e professores, é necessária a não objeção preliminar do Banco para efetuar a contratação. Em conformidade com o artigo 1º da Portaria conjunta CAPES/CNPq nº 1, de 15 de julho de 2010, o bolsista de instituição federal (CNPQ e CAPES) pode exercer função de consultoria em projetos de cooperação técnica internacional, desde que relacionada à sua área de atuação e de interesse para sua formação acadêmica, científica e tecnológica, sendo necessária a autorização do orientador, devidamente informada à coordenação do curso ou programa de pós-graduação em que estiver matriculado e registrado no Cadastro Discente da CAPES. 6 - Número de vagas 1 (uma). 7 - Forma de pagamento Os serviços serão remunerados em moeda nacional corrente, de acordo com a entrega dos produtos, uma vez aprovados pelo Supervisor. Página 5

6 8 Insumos disponíveis Os custos de deslocamento, alimentação e hospedagem em viagens consideradas essenciais para a execução das atividades previstas neste Termo de Referência não estão incluídos na remuneração contratada, não se constituindo responsabilidade do consultor. A SENARC/MDS fornecerá documentos técnicos e informações, diretrizes e cronogramas de execução e proverá condições essenciais para o desenvolvimento das atividades, quando necessário, tais como: acesso às bases de dados do Data Mart Visão, do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família-SIGPBF e do Cadastro Único para Programas Sociais. 9- Localidade do trabalho Brasília DF 10- Data de início Imediata, após a assinatura do contrato. 11 Prazo de execução 12 (doze) meses Nome e cargo do Supervisor Sérgio Augusto Santos de Moraes Assessor Página 6

7 ANEXO 1 AVALIAÇÃO DOS CURRÍCULOS RECEBIDOS Os currículos recebidos dentro do prazo previsto e no formato exigido pelo edital serão avaliados em duas etapas (análise curricular e entrevista) a seguir descritas. Os resultados desta avaliação serão consignados, individualmente, na Ficha de Avaliação anexada a este Termo de Referência. I - Análise Curricular Nesta primeira etapa, serão avaliados os currículos dos candidatos, em duas fases (validação e pontuação), de acordo com os critérios definidos a seguir. II - Entrevista Validação Nesta fase, os currículos dos candidatos serão analisados para verificação do cumprimento dos requisitos obrigatórios (e, portanto, eliminatórios), de acordo com as qualificações profissionais obrigatórias de formação acadêmica e experiência profissional informadas no item 5 deste Termo de Referência. Será preenchido o Quadro 1 da Ficha de Avaliação de cada candidato, respondendo SIM ou NÃO para cada um dos requisitos obrigatórios listados. Pontuação Nesta fase, serão pontuados, exclusivamente, os currículos válidos, ou seja, aqueles que obtiverem resposta SIM em todos os requisitos obrigatórios listados no Quadro 1 da Ficha de Avaliação. A pontuação será o resultado da análise das qualificações profissionais desejáveis de formação acadêmica e experiência profissional informadas no item 5 deste Termo de Referência. Será preenchido o Quadro 2 da Ficha de Avaliação de cada candidato, indicando a pontuação obtida para cada um dos requisitos desejáveis listados, de acordo com critérios definidos na mesma tabela. A pontuação da formação acadêmica obedecerá à titulação acadêmica máxima obtida pelo candidato, sendo pontuado apenas o maior título obtido pelo profissional. Serão entrevistados os 3 (três) candidatos que obtiveram as maiores pontuações após a análise curricular. Em caso de empate na terceira colocação, serão convocados para a fase de entrevistas todos os candidatos empatados. Será preenchido o Quadro 3 da Ficha de Avaliação de cada candidato, indicando a pontuação obtida na entrevista, de acordo com critérios definidos na mesma tabela. A nota final será obtida por meio da média aritmética dos três avaliadores que comporão a comissão de seleção. As entrevistas deverão ser realizadas em horário comercial e poderão ser conduzidas por videoconferência ou audioconferência, a critério do Contratante. III - Resultado Final O candidato que obtiver a maior nota, na soma dos pontos obtidos na análise curricular e na entrevista, será pré-selecionado para a vaga ora ofertada. O consultor selecionado deverá comprovar todos os requisitos mínimos exigidos e os requisitos desejáveis nos quais foi pontuado. No caso de experiência laboral, serão aceitos atestados tais como: declaração do empregador com a descrição da atividade e sua duração ou a cópia de publicação de portarias de nomeação em diários oficiais (municipais, estaduais ou da União). No caso de publicações, a comprovação será feita pela cópia da capa e sumário do volume em questão, acompanhado da cópia da ficha catalográfica em que conste o ISBN ou o ISSN pertinente. No caso de processos de formação, a comprovação será feita pela cópia do diploma ou certificado em questão. Para a comprovação de títulos de pós-graduação, na impossibilidade de apresentação da cópia dos diplomas correspondentes, será aceita, alternativamente, cópia da ata de defesa do trabalho final (monografia, dissertação ou tese, conforme o nível) acompanhada do respectivo histórico escolar. Obs.: Todas as cópias devem se autenticadas. Página 7

8 Ficha de Avaliação Quadro 1: Validação Formação Acadêmica Experiência Profissional Requisitos Obrigatórios Formação superior. Pós-graduação na área de informática. Experiência mínima de 8 (oito) anos na área de informática. Experiência mínima de 3 (três) anos em tratamento automatizado de informações para a tomada de decisão, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Experiência mínima de 3 (três) anos em projeto, desenvolvimento e implantação de soluções de visualização da informação, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Quadro 2: Pontuação Formação Acadêmica Critério: a pontuação obedecerá à titulação acadêmica máxima obtida pelo candidato, sendo pontuado apenas o maior título obtido pelo profissional: especialização - 6 pontos; mestrado - 8 pontos; doutorado - 10 pontos. Conhecimentos Critério: pontuar com base na apresentação de certificado de conclusão de curso ou declaração com experiência profissional de no mínimo dois anos. Experiência Profissional Critério: Atribuir 2(dois) pontos por ano completo de experiência, a partir do quarto ano, até o limite de 10(dez) pontos. Requisitos Desejáveis Especialização na área de informática. Mestrado na área de informática. Doutorado na área de informática. Pontuação Máxima Conhecimento sobre o Programa Bolsa Família. 8 Conhecimento em modelagem relacional. 8 Conhecimento em modelagem multidimensional. 8 Conhecimento Banco de Dados Relacional. 8 Conhecimento em linguagem SQL. 8 Conhecimento de técnicas de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que oferecem 8 suporte a tomada de decisão. Conhecimento de ferramentas especialmente desenvolvidas para o cruzamento multidimensional dos dados. 8 Experiência profissional superior a 3 (três) anos em tratamento automatizado de informações para a tomada de decisão, com uso de 10 Data Warehouse/Data Mart. Experiência profissional superior a 3 (três) anos em projeto, desenvolvimento e implantação de soluções de visualização da 10 informação, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Pontuação Máxima Página 8

9 Quadro 3: Entrevista Requisitos (a serem avaliados por meio de entrevista com roteiro de questões previamente estruturadas e comuns a todos os candidatos, abordando relato de experiências acadêmicas e/ou profissionais pertinentes aos requisitos obrigatórios e desejáveis, bem como informações relacionadas às atividades necessárias à consecução dos produtos previstos para a consultoria). Apresenta cordialidade, polidez, atenção e objetividade. Possui boa fluência verbal, clareza na exposição de assuntos/argumentos e capacidade de raciocínio. Domina os assuntos relativos à contratação. Demonstra competências compatíveis com as atribuições. Pontuação Máxima Regular 1 Bom 3 Ótimo 7 Pontuação Máxima 7 Regular 1 Bom 3 Ótimo 7 Pontuação Máxima 7 Pontuação Máxima Entrevista* 14 * A nota final será obtida por meio da média aritmética dos três avaliadores que comporão a comissão de seleção. Pontuação Máxima Total (somatório dos pontos obtidos na Análise Curricular e na Entrevista): 100 Página 9

10 PROJETO DE ORGANISMO INTERNACIONAL UNESCO 914/BRZ/3002 CONTRATA NA MODALIDADE PRODUTO EDITAL 81/2013 REPUBLICAÇÃO DO EDITAL PUBLICADO NA EDIÇÃO DO DIA 09/12/2013 SEÇÃO 3 PÁG 186(*) OBJETIVO/VAGA: Desenvolver estudos no sentido de avaliar, diagnosticar e propor modelo otimizado de solução de análise de cenários e tomada de decisão dos universos (informações) relacionados à Gestão de Fiscalização e Gestão de Benefícios do SIGPBF, em conformidade com a estrutura modular do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família - SIGPBF. - l (uma) VAGA. QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL: Formação superior em qualquer área com Pós-graduação na área de Informática. Experiência mínima de 8 (oito) anos na área de Informática. Experiência mínima de 3 (três) anos em tratamento automatizado de informações para a tomada de decisão, com uso de Data Warehouse/Data Mart. Experiência mínima de 3 (três) anos em projeto, desenvolvimento e implantação de soluções de visualização da informação, com uso de Data Warehouse/Data Mart. O Termo de Referência está disponível no sítio: Os interessados deverão enviar o currículo a partir do dia 03/02/2014 até o dia 09/02/2014 para o endereço: (exclusivamente). O currículo deverá ser enviado em formato PDF, no modelo disponível no sítio (http://www.mds.gov.br/acesso-a-informacao/licitacoesecontratos), bem como o número do edital deverá ser informado no campo assunto e- mails que não atenderem a tais requisitos serão desconsiderados. Em cumprimento ao disposto no Decreto n.º de 22 de julho de 2004, as contratações serão efetuadas mediante processo seletivo simplificado (análise de currículo e entrevista), sendo exigida dos profissionais a comprovação da habilitação profissional e da capacidade técnica ou científica compatível com os trabalhos a serem executados. É vedada a contratação, a qualquer título, de servidores ativos da Administração Pública Federal, Estadual, Municipal ou do Distrito Federal, direta ou indireta, bem como de empregados de suas subsidiárias e controladas, no âmbito dos acordos de cooperação técnica internacional. IARA CRISTINA DA SILVA ALVES - Diretora de Projetos Internacionais. * Republicação em decorrência de alteração dos requisitos obrigatórios.

11

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: 2 B 5 Acordo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: 2 B 4 Acordo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Acordo de Empréstimo BIRD - Nº 7841-BR PROJETO

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência 24 Projeto Organismo:

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: Acordo de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Executiva Diretoria de Projetos Internacionais CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Nº. /2011 CAPA Projeto Agência:

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: 3.B.1 Acordo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL MODALIDADE PRODUTO FAO UTF/BRA/085/BRA Nº da Ação

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: 3.D.15 Acordo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de Aquisições: 2.B.44 Acordo

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL MODALIDADE PRODUTO FAO UTF/BRA/085/BRA Nº da Ação

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA/14/011 FORTALECIMENTO DO SISTEMA PRISIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA/14/011 FORTALECIMENTO DO SISTEMA PRISIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA/14/011 FORTALECIMENTO DO SISTEMA PRISIONAL Contratação de Consultoria Especializada BRASÍLIA/DF, 20 de março de

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL MODALIDADE PRODUTO ACORDO DE EMPRÉSTIMO BIRD - N.º 7841-BR PROJETO UNESCO 914BRZ3002

CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL MODALIDADE PRODUTO ACORDO DE EMPRÉSTIMO BIRD - N.º 7841-BR PROJETO UNESCO 914BRZ3002 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL MODALIDADE PRODUTO ACORDO DE EMPRÉSTIMO BIRD -

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL 03/015 BRA/011/014 Contratação de Consultoria Nacional Especializada Em Gestão de Desenvolvimento de Software BRASÍLIA, MAIO DE 015 EDITAL

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Social e do Ministério da Saúde para seleções via PNUD/UNESCO/OPAS

Ministério do Desenvolvimento Social e do Ministério da Saúde para seleções via PNUD/UNESCO/OPAS SECRETARIA ESTADUAL DA SAUDE Torna-se público no site da Secretaria Estadual da Saúde www.saude.rs.gov.br, o MANUAL PARA CONTRATAÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇO PARA CONSULTORIA NO ÂMBITO DOS PROJETOS DE

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto Nº do Termo de Referência no Plano de

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 12 BRA/14/011 Contratação de consultoria nacional especializada para produção de subsídios visando ao fortalecimento das ações de saúde

Leia mais

Manual para. contratação de consultores. Diretoria de Projetos Internacionais Secretaria Executiva 2012

Manual para. contratação de consultores. Diretoria de Projetos Internacionais Secretaria Executiva 2012 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Manual para contratação de consultores Diretoria de Projetos Internacionais Secretaria Executiva 212 Atualizado em janeiro de 214 Orientações básicas

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 10, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 10, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (61) 2025 3376 / 3114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 10, DE 03 DE JULHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 14 BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada para produção de subsídios em apoio à elaboração da Política Nacional

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 11/2015 BRA/14/011 Contratação de Consultoria técnica especializada para elaboração de subsídios voltados ao fortalecimento da Política

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 44 (61) 2025 76 / 114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 0 DE JULHO DE 2015

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME. Secretaria-Executiva. Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria-Executiva Diretoria de Projetos Internacionais - DPI CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Projeto Agência: PNUD

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL 002 / 2015. Projeto BRA/14/011

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL 002 / 2015. Projeto BRA/14/011 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL 002 / 2015 Projeto BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada Para Formulação de Modelo Gestão para a Política Prisional

Leia mais

Manual para contratação de consultores

Manual para contratação de consultores Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Manual para contratação de consultores Diretoria de Projetos Internacionais Secretaria Executiva 2012 Atualizado em janeiro de 2015 Orientações básicas

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 11, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 11, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 44 (61) 2025 76 / 114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 11, DE 0 DE JULHO DE

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (6) 2025 3376 / 34 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 6, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 6, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (6) 2025 3376 / 34 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 6, DE 2 DE JULHO DE

Leia mais

1- Objetivo da contratação

1- Objetivo da contratação 1- Objetivo da contratação Contratação de Consultor Pessoa Física para elaboração da Política Integrada de Comunicação do Tesouro Nacional, tendo como objetivos a promoção da transparência e o aperfeiçoamento

Leia mais

Manual para contratação de consultores

Manual para contratação de consultores Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Manual para contratação de consultores Diretoria de Projetos Internacionais Secretaria Executiva 2012 Atualizado em outubro de 2015 Orientações básicas

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania. CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR MODALIDADE: Produto TERMO DE REFERÊNCIA Nº. /2010 CAPA Projeto Agência: - Pnud Código: Projeto 04/028 Atividade Código 3.6.03 Descrição Processos de gestão mapeados Tipo Consultoria

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 5, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 5, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (6) 2025 3376 / 34 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 5, DE 2 DE JULHO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA EDITAL GABINETE/DEPEN BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada para Formulação de Modelo de Gestão de Inteligência Penitenciária BRASÍLIA, AGOSTO DE 2015 TERMO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação.

TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional. Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. TERMO DE REFERÊNCIA No XXX Contrato por Produto - Nacional 1. Função no Projeto: Elaboração de Plano de Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação. 2. Nosso Número BRA/12/010 3. Antecedentes A missão

Leia mais

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA EXECUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER Contratação de Consultoria Especializada Plano Nacional

Leia mais

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER

PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA EXECUTIVA TERMO DE REFERÊNCIA PROJETO: BRA 11/06 POR UMA AGENDA NACIONAL DE ESPORTE PLANO DECENAL DE ESPORTE E LAZER Contratação de Consultoria Especializada Plano Nacional

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE EMPREGADOS A Fundação Educativa de Rádio e Televisão Ouro Preto - FEOP, no uso de suas atribuições, com fim de contratar empregado para desenvolvimento de atividades técnicas desenvolvidas

Leia mais

Universidade Federal da Paraíba Núcleo de Educação a Distância UFPB Virtual Coordenação Letras Libras. Edital N 02/2015

Universidade Federal da Paraíba Núcleo de Educação a Distância UFPB Virtual Coordenação Letras Libras. Edital N 02/2015 Universidade Federal da Paraíba Núcleo de Educação a Distância UFPB Virtual Coordenação Letras Libras Edital N 02/2015 A coordenação do curso de letras libras torna público que no período 02 de fevereiro

Leia mais

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD.

Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 2013. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. Edital para publicação no site período de 23 a 30 de junho de 203. PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. GESTÃO EAD Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico

Leia mais

Especialista em Indicadores de Resultados com ênfase em impactos de investimentos em infraestrutura de transporte.

Especialista em Indicadores de Resultados com ênfase em impactos de investimentos em infraestrutura de transporte. EDITAL Nº 011/2014 PROJETO PNUD BRA/13/013 PROPOSIÇÃO DE MODELOS DE GESTÃO DA MELHORA DE EFICIÊNCIA ECONÔMICA, SOCIAL E AMBIENTAL PARA O PLANEJAMENTO DO SISTEMA DE TRANSPORTES BRASILEIRO. 1. FUNÇÃO DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 12 BRA/14/011 Contratação de consultoria nacional especializada para produção de subsídios visando ao fortalecimento das ações de saúde

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR NA MODALIDADE PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR NA MODALIDADE PRODUTO Ministério da Educação MEC Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES TÍTULO DO PROJETO: Aperfeiçoamento institucional com vistas à melhoria dos programas, processos, projetos e

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL N 22/2016 BRA/14/011 Contratação de Consultoria Nacional Especializada para produção de subsídios voltados ao aperfeiçoamento da Política

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL 2014-011. Perfil: Consultor em políticas públicas em educação e gestão educacional

TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL 2014-011. Perfil: Consultor em políticas públicas em educação e gestão educacional TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL 2014-011 CÓDIGO Nº 2014-011-01 (10 vagas) Perfil: Consultor em políticas públicas em educação e gestão educacional Objeto: Realizar estudos avaliativos de 20 experiências inovadoras

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA Ministério das Relações Exteriores Comitê Nacional de Organização Rio+20 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA POR PRODUTO PESSOA FÍSICA EDITAL Nº 011/2011 CONTRATAÇÃO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA)

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto Nacional CONSULTOR SÊNIOR Número e Título do Projeto: BRA/09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo

Leia mais

Seleção de Serviços Consultoria Sistema Prisional

Seleção de Serviços Consultoria Sistema Prisional Seleção de Serviços Consultoria Sistema Prisional Brasília, 18 de julho de 2013. Prezado(a) Senhor(a), O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime - UNODC, no âmbito do Projeto K07 solicita a apresentação

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica PPEE/UFJF EDITAL 001/2015

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica PPEE/UFJF EDITAL 001/2015 EDITAL 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD) DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA (PPEE-UFJF) EDITAL Nº 001/2015 O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos

CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE LOCAL. Período de inscrições e protocolo dos documentos PROGRAMA ANUAL DE CAPACITAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS EM EAD PACC CURSO DE TUTORIA EM EAD Processo Seletivo Simplificado para contratação de tutores a distância Edital n. 13/2014 CRONOGRAMA DATA ATIVIDADE

Leia mais

EDITAL 04 Perfil 02 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROJETO UNESCO 914BRZ3018

EDITAL 04 Perfil 02 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROJETO UNESCO 914BRZ3018 EDITAL 04 Perfil 02 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROJETO UNESCO 914BRZ3018 DESENVOLVIMENTO DA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA POR MEIO DA ESPECIALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE E DOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL nº 45/2015 CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES MODALIDADE:

Leia mais

EDITAL 01/2015 - UEFS/TOPA/SERVIDOR

EDITAL 01/2015 - UEFS/TOPA/SERVIDOR UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Autorizada pelo Decreto Federal nº 77.496 de 27-04-76 Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 874/86 de 19-12-86 Recredenciada pelo Decreto Estadual nº 9.271

Leia mais

EDITAL Nº 172/2015 - PROGEPE - IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 172/2015 - PROGEPE - IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 172/2015 - PROGEPE - IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA 1. INTRODUÇÃO A 2ª Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil 2ª CNPDC está em andamento, tendo

Leia mais

EDITAL Nº 17, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 17, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 17, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 419 de 01/07/2011,

Leia mais

Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais. Guia Rápido. O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão

Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais. Guia Rápido. O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão Programa Bolsa Família e Cadastro Único para Programas Sociais Guia Rápido O que os municípios devem fazer nos primeiros 60 dias de gestão Janeiro de 2013 Apresentação Enfrentar a pobreza e as desigualdades

Leia mais

Procedimentos para Seleção de Consultores

Procedimentos para Seleção de Consultores Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura Procedimentos para Seleção de Consultores As contratações de consultores poderão ocorrer no âmbito dos Acordos, Documentos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES EDITAL 05/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES EDITAL 05/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES EDITAL 05/2014 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA O da UNIR- informa que estão abertas as inscrições para candidatura a bolsa de estudo, em

Leia mais

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO 2014

EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO 2014 EDITAL 02/2014 - SELEÇÃO PARA INGRESSO NO MESTRADO 2014 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, no uso de suas atribuições, torna pública e estabelece as normas do processo de

Leia mais

3. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES:

3. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: Projeto BRA 13/019: Implementação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas Edital nº 003/2015 Processo Seletivo Simplificado O Diretor Nacional do Projeto BRA/13/019 torna

Leia mais

EDITAL Nº 002/2014 PROJETO PNUD BRA/13/013

EDITAL Nº 002/2014 PROJETO PNUD BRA/13/013 EDITAL Nº 002/2014 PROJETO PNUD BRA/13/013 PROPOSIÇÃO DE MODELOS DE GESTÃO DA MELHORA DE EFICIÊNCIA ECONÔMICA, SOCIAL E AMBIENTAL PARA O PLANEJAMENTO DO SISTEMA DE TRANSPORTES BRASILEIRO. 1. FUNÇÃO DO

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 14 DE JANEIRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA DE ASSUNTOS LEGISLATIVOS EDITAL SAL/MJ Nº 03, DE 4 DE JANEIRO DE 205 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Projeto BRA/07/004 Seleciona: Consultor para identificação das melhores

Leia mais

EDITAL Nº 034/RIFB, DE 02 DE MARÇO DE 2012 SELEÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (REDE E-TEC BRASIL)

EDITAL Nº 034/RIFB, DE 02 DE MARÇO DE 2012 SELEÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (REDE E-TEC BRASIL) EDITAL Nº 034/RIFB, DE 02 DE MARÇO DE 2012 SELEÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (REDE E-TEC BRASIL) O REITOR PRO TEMPORE DO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA, nomeado

Leia mais

EDITAL Nº 70/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 70/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 70/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 87 de 03/02/2014, torno público

Leia mais

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* REPUBLICAÇÃO** CÓD. PERICIA CO-N-SE

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* REPUBLICAÇÃO** CÓD. PERICIA CO-N-SE PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* REPUBLICAÇÃO** CÓD. PERICIA CO-N-SE Os currículos e as fichas de cadastro deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 065/2014

EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 065/2014 EDITAL PROCESSO SELETIVO Nº 065/2014 O Instituto Agropolos do Ceará, entidade de direito privado e sem fins econômicos, inscrito no CNPJ sob nº 04.867.567/0001-10, qualificado como Organização Social através

Leia mais

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES:

DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: Projeto BRA 13/019: Implementação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas Edital nº 003/2014 Processo Seletivo Simplificado O Diretor Nacional do Projeto BRA/13/019 torna

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Letras-Espanhol a Distância

Universidade Federal de Pelotas Coordenação Universidade Aberta do Brasil Curso de Letras-Espanhol a Distância Edital nº 09, de 24 de setembro de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Letras-Espanhol

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA SAÚDE

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA SAÚDE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA SAÚDE Edital PPGPS Nº 01/2015 para Seleção de Candidatos ao PNPD 2015 PROCESSO

Leia mais

Av. João Negrão, 1285, Rebouças Curitiba Paraná CEP 80230-150 Fone/Fax: (41) 3535-1662 Homepage: http://www.ifpr.edu.br

Av. João Negrão, 1285, Rebouças Curitiba Paraná CEP 80230-150 Fone/Fax: (41) 3535-1662 Homepage: http://www.ifpr.edu.br EDITAL Nº 003/2014 CÂMPUS CURITIBA IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 729, de 14/05/2014, torno

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade

Contrata Consultor na modalidade Contrata Consultor na modalidade PROJETO 914/BRZ/1138 EDITAL Nº 03/2015 1. Perfil: 044/2014 - Consultor em gestão de processos de negócio 3. Qualificação educacional: Nível superior completo em qualquer

Leia mais

EDITAL Nº 162/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 162/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 162/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná IFPR, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL nº 199/2014

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO. EDITAL nº 199/2014 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL nº 199/2014 PROCESSO SELETIVO RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DA FAMÍLIA E COMUNIDADE Geraldo Antonio da Rosa, Pró-Reitor de Pesquisa, Extensão

Leia mais

www.faculdadelaboro.com.br [98] 3216 9900 Av. Castelo Branco, 605, 4 º andar - São Francisco. São Luís-MA CNPJ: 02.517.198/0001-00

www.faculdadelaboro.com.br [98] 3216 9900 Av. Castelo Branco, 605, 4 º andar - São Francisco. São Luís-MA CNPJ: 02.517.198/0001-00 FACULDADE LABORO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA CENTRO REGIONAL DE BRAGA Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO: Administração e Organização Escolar Convênio de cooperação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

EDITAL 002/2015. Observação: A descrição das linhas de pesquisa pode ser acessada em: http://portal.unincor.br/index.php/linhas-de-pesquisa

EDITAL 002/2015. Observação: A descrição das linhas de pesquisa pode ser acessada em: http://portal.unincor.br/index.php/linhas-de-pesquisa EDITAL 002/2015 O Programa de Mestrado em Letras Linguagem, Cultura e Discurso, da Universidade Vale do Rio Verde (UNINCOR), torna público o edital de seleção de bolsista de pósdoutorado no âmbito do Programa

Leia mais

EDITAL Nº 165/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 165/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 165/2015 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas do Instituto Federal do Paraná IFPR, conforme Portaria nº 1480 de 31/10/2014, torna público que estarão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO Número e Título do Projeto Função no Projeto: TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO BRAX66 - Fortalecimento da Secretaria Nacional de Justiça em cooperação jurídica

Leia mais

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 19/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA ARTICULAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E PODER PÚBLICO - PIAUÍ

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 19/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA ARTICULAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E PODER PÚBLICO - PIAUÍ 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 19/ 2015 Processo Seletivo para BOLSISTA PARA ARTICULAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E PODER PÚBLICO - PIAUÍ

Leia mais

EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015

EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015 EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. O Coordenador da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Biologia Computacional e Sistemas CHAMADA DE SELEÇÃO PÚBLICA de Candidatos ao Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Biologia Computacional e Sistemas em

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4031 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 4031 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº Impresso por: RAFAEL DE SOUZA RODRIGUES DOS SANTOS Data da impressão: 10/08/015-14:4:5 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 401 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA A 1ª Conferência Nacional de Defesa Civil e Assistência Humanitária CNDC ocorreu entre os dias 23 e 25 de março

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Edital nº 09, de 22 de julho de 2014 Edital nº 09, de 22 de julho de 2014, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2016 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (61) 2025 3376 / 3114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 1, DE 3 DE FEVEREIRO

Leia mais

EDITAL Nº 193, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015

EDITAL Nº 193, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Avenida Professor Mário Werneck, nº

Leia mais

EDITAL Nº 010/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 010/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 010/2014 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 87 de 03/02/2014, torno público

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR APLICADA

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR APLICADA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA CELULAR E MOLECULAR APLICADA EDITAL DE SELEÇÃO DE MESTRADO ACADÊMICO 2016 1. PREÂMBULO 1.1. O Instituto

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 08/2013

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 08/2013 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 08/2013 Processo Seletivo Público para preenchimento de vaga de estágio. O Prefeito Municipal de Pejuçara, no uso das suas atribuições constitucionais e legais,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA ESPECIALIZADA (PESSOA FÍSICA) Contrato por Produto - Nacional Número e Título do Projeto: BRA/ 09/004 Fortalecimento da CAIXA no seu processo de internacionalização

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO ADESÃO ESTADUAL VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Permitida a reprodução,

Leia mais

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL - MARANHÃO

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL - MARANHÃO 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015 Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

Leia mais

EDITAL 010/2015 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROJETO UNESCO 914BRZ3018

EDITAL 010/2015 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROJETO UNESCO 914BRZ3018 EDITAL 010/2015 PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROJETO UNESCO 914BRZ3018 DESENVOLVIMENTO DA DEMOCRACIA PARTICIPATIVA POR MEIO DA ESPECIALIZAÇÃO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE JUVENTUDE E DOS MECANISMOS

Leia mais

Este termo de referência visa à contratação de consultoria especializada para

Este termo de referência visa à contratação de consultoria especializada para TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS NÃO CONTINUADOS TR nº MODALIDADE PROCESSO SELETIVO RBR-02/2014 Produto 2014 FUNDAMENTO LEGAL Decreto nº 5.151, de 22/7/2004, e Portaria MDA nº 48/2012, de 19/07/2012. O Ministério

Leia mais

EDITAL Nº 185/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

EDITAL Nº 185/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 185/2013 PROGEPE IFPR PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal do Paraná - IFPR, conforme Portaria nº 751 de 12/11/2013, torno público

Leia mais

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq I. DEFINIÇÃO E OBJETIVO As bolsas do Programa conjunto de doutorado na Alemanha são concedidas em cooperação

Leia mais