1. Cadastro de Funcionários

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Cadastro de Funcionários"

Transcrição

1 Pró-labore 1. Cadastro de Funcionários Tela Dados Tela Ident. Adm Tela Outros Eventos dos Pró-labores Digitação Impressão de Recibo Folha de Pagamento GPS GPS Empresa GPS Contribuinte Individual SEFIP Dados Principais Dados Complementares

2 1. Cadastro de Funcionários Os Pró-labores devem ser cadastrados no Cadastro de Funcionários. Entre no Menu Arquivos e acesse a opção Funcionários Tela Dados O campo que diferenciará o Pró-labore na Tela Dados é o Tipo de Salário. Campo Descrição Tipo de Salário Pró-labore 2

3 1.2. Tela Ident. Adm. Os campos que diferenciarão o Pró-labore na Tela Ident. Adm., são os contidos na Tabela abaixo. Preencha corretamente os campos de acordo com as informações indicadas: Campo Código Descrição Opção F.G.T.S. Categoria GFIP Selecione SIM ou NÃO Contribuinte Individual Diretor não empregado e demais empresários sem FGTS. Contribuinte Individual Diretor não empregado, mas com direito ao FGTS. (Lei nº 8.036/90 Art. 16) Ocorrência GFIP Deixe Em Branco ou preencha com o código 5, caso o Pró-labore tenha mais de vínculo de um vínculo empregatício Tela Outros Os campos que diferenciarão o Pró-labore na Tela Outros, são os contidos na Tabela abaixo. Preencha corretamente os campos de acordo com as informações indicadas: Campo Código Descrição Nº de Inscrição Guia INSS Preencha o número de inscrição que consta no carnê de INSS, ou na falta deste, o número do Contribuição Guia INSS PIS. Deixe o campo em branco se o recolhimento da GPS for feito pela empresa (Pessoa Jurídica), junto com os empregados (GPS do dia 02) ou preencha o valor da Base de Contribuição ao 3

4 INSS se o recolhimento da GPS for feito pelo empregado (Pessoa Física). % Recolhimento Somente para GPS de Pessoa Física = 20% Código de Pagamento de GPS Informe o mesmo código do cadastro da empresa se o recolhimento da GPS for feito pela própria empresa (Pessoa Jurídica), junto com os empregados (GPS do dia 02). Se o recolhimento da GPS for feito pelo Contribuinte Individual (Pessoa Física), informe o código de GPS correspondente ao caso: Contribuinte Individual Recolhimento Mensal - NIT/PIS/PASEP Contribuinte Individual Recolhimento Trimestral - NIT/PIS/PASEP Contribuinte Individual Recolhimento Mensal - Com dedução de 45% - (Lei nº 9.876/99) - NIT/PIS/PASEP Contribuinte Individual Recolhimento Trimestral - Com dedução de 45 % (Lei nº 9.876/99) - NIT/PIS/PASEP 2. Eventos dos Pró-labores? Para os Contribuintes Individuais Pró-labores, utilize na digitação de holeriths, um dos eventos abaixo: 4

5 Evento Código Descrição Pró-labore 1560 Não desconta INSS holerith, mas é utilizado para o cálculo do % empresa no Resumo da GPS. (Contribuição patronal) Pró-labore Cont. IN Desconta INSS de 11% no holerith, limitado ao teto máximo do salário de contribuição, sendo somado ao campo Segurados da GPS e é utilizado no cálculo do % empresa no Resumo da GPS. 3. Digitação Para digitar os valores das retiradas dos Pró-labores, entre no Menu Processos e acesse a opção Digitação de Holeriths. Faça a digitação normal de holeriths, utilizando o evento adequado ao tipo de cálculo do Pró-labore: 5

6 4. Impressão de Recibo O recibo pode ser impresso no Menu Relatórios, opção Recibos Pró-labore. Informe o código do Pró-labore, a data da emissão do recibo e o número de vias que deseja imprimir. 6

7 O recibo será impresso conforme modelo abaixo: Este recibo é um comprovante de Retenção de INSS, para comprovar os vencimentos pagos aos Contribuintes Individuais e suas respectivas retenções, atendendo ao artigo 23 da Instrução Normativa nº 89 de 11/06/ Folha de Pagamento O Pró-labore será discriminado normalmente na Folha de Pagamento. Para emití-la, entre no Menu Relatórios e acesse a opção Folha Pagto. (Prov./Desctos) Relatório. 7

8 Preencha os dados para impressão da Folha. 8

9 No exemplo, foi descontado 11% do Pró-labore e como a Empresa não é Simples, ainda tem a Alíquota de 20% da parte da empresa. Sendo que a parte descontada do Pró-labore será demonstrada no campo 16 Segurados e a parte da Empresa, no campo 17 Empresas. 6. GPS 6.1. GPS Empresa Se o Pró-labore tiver etirada da empresa, o recolhimento será feito junto com os empregados da empresa (GPS do dia 02). 9

10 Para emitir a GPS da empresa, entre no Menu Impressos e acesse a opção G.P.S. e selecione a opção adequada ao tipo de empresa. Confira os Dados para Impressão da GPS. Esses dados serão trazidos do cadastro da empresa e os valores de acordo com a folha de pagamento. 10

11 6.2. GPS Contribuinte Individual Se o Autônomo não estiver vinculado à Pessoa Jurídica, o recolhimento será feito através de uma GPS de Contribuinte Individual (Pessoa Física). Para emitir a GPS de Contribuinte Individual, entre no Menu Impressos e acesse a opção G.P.S. e selecione o item adequado ao tipo de empresa. Os cálculos serão feitos com base nas informações cadastrais e digitação da folha de pagamento. 11

12 7. SEFIP O SEFIP pode ser feito normalmente, gerando o arquivo no Menu Diversos opção S.E.F.I.P. (em Disquete). 12

13 7.1. Dados Principais Para isso, preencha corretamente os dados para a geração do arquivo, conforme exemplo: 7.2. Dados Complementares Após preencher corretamente as informações, selecione o Local a ser gerado o arquivo SEFIP, que pode ser em disquete ou em um diretório, basta clicar na Lupinha, selecionar o caminho e clicar no Botão Exportar. Feita a geração do arquivo, o mesmo já pode ser Validado pelo Sistema SEFIP da Caixa Econômica Federal. 13

1. Cadastro de Empresas

1. Cadastro de Empresas Religioso 1. Cadastro de Empresas... 2 1.1. Tela Básico... 2 1.2. Tela Folhamatic... 3 2. Eventos... 3 3. Cadastro de Funcionários... 4 3.1. Tela Dados... 5 3.2. Tela Ident. Adm.... 6 3.3. Tela Outros...

Leia mais

1. Cadastro de Funcionários

1. Cadastro de Funcionários Autônomo 1. Cadastro de Funcionários... 2 1.1. Tela Dados... 2 1.2. Tela Ident. Adm.... 3 1.3. Tela Outros... 4 2. Eventos dos Autônomos... 5 3. Digitação... 6 4. Autônomo Transportador (Carreteiro)...

Leia mais

1. Cadastro de Empresas

1. Cadastro de Empresas Empregado Doméstico 1. Cadastro de Empresas... 2 1.1. Tela Básico... 2 1.2. Tela Folhamatic... 3 2. Cadastro de Funcionários... 3 2.1. Tela Dados... 4 2.2. Tela Ident. Adm.... 5 2.3. Tela Documentos...

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO MANUAL DE PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO 2003 PROCESSO DE PREENCHIMENTO DO PPP - PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO De acordo com a Instrução Normativa INSS/DC nº

Leia mais

Atualização de Folders: Produtor Rural Pessoa Física (Contribuinte Individual)

Atualização de Folders: Produtor Rural Pessoa Física (Contribuinte Individual) Atualização de Folders: Atualização nos termos da IN RFB nº 1.338/2013 Produtor Rural Pessoa Física (Contribuinte Individual) GFIP do Produtor Rural Pessoa Física (*) Quando houver exportações, deverá

Leia mais

Tutorial de emissão de GRU via Sinapse

Tutorial de emissão de GRU via Sinapse Tutorial de emissão de GRU via Sinapse O novo sistema de Emissão e Controle de GRU (Guia de Recolhimento da União) foi desenvolvido no intuito de integrar a Emissão de GRU's dos tipos Simples e Cobrança,

Leia mais

Manual de Exportação do arquivo para RAIS 2013 ano base 2012 Fortes AC Pessoal

Manual de Exportação do arquivo para RAIS 2013 ano base 2012 Fortes AC Pessoal Manual de Exportação do arquivo para RAIS 2013 ano base 2012 Fortes AC Pessoal Fortes AC Pessoal Manual de Exportação do arquivo para RAIS 2013 ano base 2012 Atualizações: CERTIFICAÇÃO DIGITAL: A partir

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL MONTE ALTO ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS

PREFEITURA MUNICIPAL MONTE ALTO ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS PREFEITURA MUNICIPAL MONTE ALTO ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS 2011 Índice: 1. Geração da Senha na Prefeitura... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Trocar Senha de Acesso... 3 4.

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Rendimentos Recebidos Acumuladamente x Licença Maternidade

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Rendimentos Recebidos Acumuladamente x Licença Maternidade 02/01/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6. Referências... 6 7.

Leia mais

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE)

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página

Leia mais

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE)

Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Sistema de Prefeitura Eletrônica (SPE) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página

Leia mais

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS 2013 Índice: 1. Geração da Senha na Prefeitura... 3 2. Acesso ao Sistema...3 3. Trocar Senha de Acesso... 3 4. Declaração dos Serviços Prestados...

Leia mais

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO. Roteiro Tomadores de Serviços

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO. Roteiro Tomadores de Serviços ISSQN MANUAL DO USUÁRIO Roteiro Tomadores de Serviços 2ª edição 2011 Índice: 1. Geração da Senha na Prefeitura...3 2. Acesso ao Sistema...3 3. Trocar Senha de Acesso...3 4. Declaração dos Serviços Prestados...4

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 30 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES

Leia mais

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO ISSQN MANUAL DO USUÁRIO Roteiro Tomadores de Serviços 2013 Índice: 1. Geração da Senha na Prefeitura... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Trocar Senha de Acesso... 3 4. Declaração Eletrônica de Serviços Tomados...

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica Acessar a página www.passaquatro.mg.gov.br, ir a SERVIÇOS e clicar em NFS-e que será redirecionado para a tela de autenticação do usuário e precisará informar o Usuário (Login) e

Leia mais

ARAPORÃ MINAS GERAIS 2012

ARAPORÃ MINAS GERAIS 2012 PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAPORÃ SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS E PLANEJAMENTO ARAPORÃ MINAS GERAIS 2012 Manual do Sistema de Arrecadação Tributária SIAT Online e Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e

Leia mais

Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo;

Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo; Instrução SP-PREVCOM / TJ nº 04/2013. Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo; A Fundação de Previdência Complementar

Leia mais

Manual de Retenção e Recolhimento de Contribuições Previdenciárias em Serviços Prestados por Contribuintes Individuais

Manual de Retenção e Recolhimento de Contribuições Previdenciárias em Serviços Prestados por Contribuintes Individuais PREFEITURA DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DA FAZENDA SUBSECRETARIA DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DEPARTAMENTO DE NORMAS TÉCNICAS Manual de Retenção e Recolhimento de Contribuições Previdenciárias em Serviços

Leia mais

Pagamento de complemento de salário-maternidade, considerando que este valor deve ser deduzido da guia de INSS, pois é pago pelo INSS.

Pagamento de complemento de salário-maternidade, considerando que este valor deve ser deduzido da guia de INSS, pois é pago pelo INSS. Complemento Salarial Licença Maternidade Abaixo estão descritas as regras do sistema para cálculo do complemento de salário-maternidade, no complemento salarial e na rescisão complementar por Acordo/Convenção/Dissídio:

Leia mais

Como Gerar Boletos? FS132

Como Gerar Boletos? FS132 Como Gerar Boletos? FS132 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Boleto>Boleto Envio Referência: FS132 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada para gerar boletos através do sistema.

Leia mais

Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças

Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças 1 Manual de usuário 1. Acesso ao sistema: Para acessar a página inicial do e-crv,

Leia mais

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI)

MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO DE INSCRIÇÃO DO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL (MEI) Organização: Patrícia Bianchi Machado, membro da Secretaria Executiva do Comitê Gestor do Simples Nacional V 2.0 02.07.2012

Leia mais

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10 Sumário Credenciamento... 3 Ato de Concentração... 6 Requerimento de TCC... 10 Credenciamento 1. O interessado deve acessar o sítio eletrônico do Cade (www.cade.gov.br) e realizar cadastro como Usuário

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DE PADUA. Estado do Rio de Janeiro. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DE PADUA. Estado do Rio de Janeiro. Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SANTO ANTONIO DE PADUA Estado do Rio de Janeiro Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e Manual de Procedimentos Primeiro Acesso ao Sistema NFS-e e Emissão de NFS-e GOVERNANÇABRASIL

Leia mais

TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL

TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL TUTORIAL PRÁTICO ECD ESCRITURAÇÃO CONTABIL DIGITAL Cadastros 1) Cadastro > Empresa 2) Cadastro > Contador 3) Documentações > Sócios Plano de Contas 4) Cadastro > Plano de Contas > Plano de Contas Contábil

Leia mais

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04 ART Eletrônica Guia de Utilização - CRBIO-04 Acesso ao CRBio04 Online Caso seja seu primeiro acesso siga as instruções para criar um login Entre com seu login e senha para emitir uma ART Incluir ART Eletrônica

Leia mais

Venda? - FS72. Sistema: Futura Server. Caminho: Vendas>Pedido de Vendas. Referência: FS72. Versão: 2016.08.29

Venda? - FS72. Sistema: Futura Server. Caminho: Vendas>Pedido de Vendas. Referência: FS72. Versão: 2016.08.29 Como Criar um Venda? - FS72 Pedido de Sistema: Futura Server Caminho: Vendas>Pedido de Vendas Referência: FS72 Versão: 2016.08.29 Como funciona: A tela de Pedido de Vendas é uma das ferramentas mais importante

Leia mais

Manual Escrituração Fiscal Digital

Manual Escrituração Fiscal Digital Manual Escrituração Fiscal Digital 29/11/2013 Sumário 1 Introdução... 3 2 Funcionalidade... 3 3 Navegação no Sistema... 3 3.1 Inicialização... 3 4 Configurações Gerais... 6 4.1 Domínios... 6 4.2 Configuração

Leia mais

Tutorial Conferência SEFIP

Tutorial Conferência SEFIP Tutorial Conferência SEFIP Antes da Conferência entre a SEFIP e a Folha, é importante observar as configurações básicas iniciais para geração correta do arquivo, inibindo a ocorrência de erros e inconsistências

Leia mais

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física...

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... ÍNDICE 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015.... 2 2. Exemplos Práticos... 3 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... 3 2.2. Declarante 2 Rendimento pago ao exterior Fonte pagadora pessoa

Leia mais

CONTROLE DE DOCUMENTOS

CONTROLE DE DOCUMENTOS 1. OBJETIVO Estabelecer critérios e regras quanto ao procedimento de conferência e arquivamento dos documentos fiscais. 2. REGRAS / CONSIDERAÇÕES GERAIS Esta instrução aplica-se a toda a empresa. Será

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH OBJETIVO

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH OBJETIVO SISTEMA DE RECURSOS OBJETIVO HUMANOS RH Este sistema tem como objetivo auxiliar na administração dos seus recursos humanos a fim de obter o melhor de seus funcionários a nível de produtividade buscando

Leia mais

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- GFIP - SEFIP 8.40 (22/03/202) TABELAS 35.0 (/0/206) EMPRESA: COMPROVANTE DE DECLARAÇÃO DAS CONTRIBUIÇÕES A RECOLHER À PREVIDÊNCIA SOCIAL E A OUTRAS ENTIDADES E FUNDOS POR FPAS EMPRESA Nº ARQUIVO: Dsebv9N5P30000-3

Leia mais

Manual do Usuário do Sistema de Emissão da NFS-e

Manual do Usuário do Sistema de Emissão da NFS-e Manual do Usuário do Sistema de Emissão da NFS-e Este manual tem como objetivo demonstrar passo a passo como utilizar os recursos do Sistema de Emissão da NFS-e. Requisitos para execução do Sistema de

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO 3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO - Retenção previdenciária GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GPS 1. NOME OU RAZÃO SOCIAL/FONE/ENDEREÇO: preencher com o nome da empresa prestadora de serviços em seguida acrescentando

Leia mais

Você sabe o que é GISS? A partir de Março ela agilizará o Serviço Tributário

Você sabe o que é GISS? A partir de Março ela agilizará o Serviço Tributário Secretaria da Fazenda Como utilizar o GISSONLINE Você sabe o que é GISS? A partir de Março ela agilizará o Serviço Tributário O que é a GISS? A GISS é uma Guia de Informação e Escrituração Eletrônica de

Leia mais

Manual do PPA no Sistema do Orçamento SH3

Manual do PPA no Sistema do Orçamento SH3 Manual do PPA no Sistema do Orçamento SH3 São João del Rei Versão: 1.0 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 - SISTEMA DE ORÇAMENTO DA SH3... 5 2.1. Iniciando o PPA... 5 2.2. Cadastros das Informações do PPA Menu

Leia mais

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica Manual do Usuário Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica SISTCADPJ Cadastro de Pessoa Jurídica Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 3. Cadastro da Pessoa Jurídica...

Leia mais

COMO EMITIR A GRU. Atenção: As custas devem ser recolhidas por meio de GRU exclusivamente na Caixa Econômica Federal

COMO EMITIR A GRU. Atenção: As custas devem ser recolhidas por meio de GRU exclusivamente na Caixa Econômica Federal COMO EMITIR A GRU Passo-a-passo para preenchimento de GRU de Custas Iniciais, Complementares, Recursais/Finais e Certidões na Justiça Federal de 1º Grau em São Paulo Atenção: As custas devem ser recolhidas

Leia mais

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo)

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo) CÓDIGO DE GUIAS GPS Recolhimento Relação de Códigos de Pagamento Código Descrição 1007 Contribuinte Individual - Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual - Recolhimento Trimestral

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE ESTADO DE SÃO PAULO Versão 1.12.03 Manual de Instalação do Programa de Declaração dos Contribuintes do ICMS Manual desenvolvido pelo Departamento de Informática da Prefeitura

Leia mais

COMUNICADO Nº 003/2016-JUR/FENAPEF

COMUNICADO Nº 003/2016-JUR/FENAPEF COMUNICADO Nº 003/2016-JUR/FENAPEF Jurídico da FENAPEF orienta sindicalizados a declararem valores provenientes de ganhos judiciais referentes à ação dos 3,17% no Imposto de Renda 2016/2015 I - PREVISÃO

Leia mais

Cartilha Guia Consulta médica Padrão TISS

Cartilha Guia Consulta médica Padrão TISS PADRONIZAÇÃO TISS Valendo-nos da importância do cumprimento legal da Resolução Normativa Nº 305, de 9 de outubro de 2012 da Agência nacional de Saúde, que tem como prazo 01 de dezembro de 2013 para aderência

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-E VERSÃO ON-LINE. Manual do Usuário do Sistema NFS-E

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-E VERSÃO ON-LINE. Manual do Usuário do Sistema NFS-E NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-E VERSÃO ON-LINE Manual do Usuário do Sistema NFS-E PRONIM NFS-e Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Usuário Pagina 1 Sumário 1. TELA DE ACESSO AO SISTEMA

Leia mais

PESQUISA PRÉVIA DE PREÇOS

PESQUISA PRÉVIA DE PREÇOS INSTRUÇÃO FDE / DRA Nº 005/2011 PESQUISA PRÉVIA DE PREÇOS NOVA SISTEMÁTICA DE LANÇAMENTO NO SISTEMA GDAE Fevereiro/2011 Página 1 de 13 1 Apresentação Com o objetivo de aprimorar e tornar mais consistentes

Leia mais

1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados

1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados 1 Acesso ao Módulo de Agendamento do Para acessar o Módulo de Agendamento, o usuário deverá acessar o sitio do Portal de Serviços do Inmetro no Estados (PSIE), digitando na barra de endereço de seu navegador

Leia mais

Escrituração Contábil Digital (ECD) Ano Calendário 2015

Escrituração Contábil Digital (ECD) Ano Calendário 2015 Escrituração Contábil Digital (ECD) Ano Calendário 2015 O SISTEMA CONSISANET já está apto para a geração do arquivo SPED Contábil ano calendário 2015 desde que seguida algumas configurações, conforme demonstramos

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM COMUNICADO FDE / DRA Nº 001/2013 OBRIGAÇÕES FISCAIS E SOCIAIS DA APM 2 0 1 3 Página 1 de 9 O objetivo deste texto é informar aos dirigentes das APMs - Associações de Pais e Mestres de Escolas Estaduais

Leia mais

MANUAL Folha de Pagamento

MANUAL Folha de Pagamento MANUAL Folha de Pagamento ÍNDICE CRIAÇÃO DA CONTA SALÁRIOS A PAGAR (PROVISÃO DA FOLHA)...3 ANÁLISE DO RESUMO DA FOLHA DE PGTO. (IDENTIFICAÇÃO DAS CONTAS ENVOLVIDAS)...3 IDENTIFICAÇÃO DAS CONTAS DE DESP.

Leia mais

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária

AUTODECLARAÇÃO. Visão Requerente SISVISA. Sistema de Controle de Vigilância Sanitária AUTODECLARAÇÃO Visão Requerente SISVISA Sistema de Controle de Vigilância Sanitária Versão 2.0 1 CONTROLE DE REVISÕES Versão Data Autor Comentário 1.0 19/11/2015 Equipe IVIG_COPPE_UFRJ SISVISA versão 1.0.0

Leia mais

Sumário 1 ACESSANDO O PORTAL RH... 1 2 DADOS PESSOAIS... 3 3 ACESSO RÁPIDO... 4 3.1 Lista de Aniversário... 4 3.2 Meu Currículo... 4 3.

Sumário 1 ACESSANDO O PORTAL RH... 1 2 DADOS PESSOAIS... 3 3 ACESSO RÁPIDO... 4 3.1 Lista de Aniversário... 4 3.2 Meu Currículo... 4 3. Sumário 1 ACESSANDO O PORTAL RH... 1 2 DADOS PESSOAIS... 3 3 ACESSO RÁPIDO... 4 3.1 Lista de Aniversário... 4 3.2 Meu Currículo... 4 3.3 Meus Dependentes... 5 3.4 Cursos Realizados... 5 3.5 Atualização

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. 1) ACESSO AO SISTEMA Digite o endereço www.unimedbh.com.br/consultorio em qualquer computador com acesso à internet. Preencha os campos com o seu usuário e a senha. Para o login, digite as letras ADM,

Leia mais

Manual Certidão Web - Certidão Específica

Manual Certidão Web - Certidão Específica Manual Certidão Web - Certidão Específica 1 Sumário 1. NORMATIVA... 3 2. PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO... 4 3. PROCEDIMENTO PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DA SOLICITAÇÃO13 2 1. NORMATIVA De acordo com a INSTRUÇÃO

Leia mais

Manual Portal Fornecedor Importação de XML

Manual Portal Fornecedor Importação de XML Manual Portal Fornecedor Importação de XML Sumário 1. Introdução...8 2. Descrição do Processo...9 3. Acesso ao Portal de Fornecedores...10 4. Dados do Fornecedor...11 5. Módulo Nota Fiscal...12 6. Gerenciamento

Leia mais

TREINAMENTO DOS SISTEMAS PROSOL

TREINAMENTO DOS SISTEMAS PROSOL TREINAMENTO DOS SISTEMAS PROSOL Paulo Sérgio de Almeida Gonçalves Administrador, Contador, Consultor, Palestrante, Professor Universitário, MBA pela FGV RJ em Gestão Estratégica de Pessoas, Presidente

Leia mais

MANUAL PEDIDO ONLINE

MANUAL PEDIDO ONLINE MANUAL PEDIDO ONLINE A solicitação de exames online é uma funcionalidade a ser utilizado tanto pela rede credenciada quanto por médicos não credenciados. Um pedido online, diferentemente de uma guia, pode

Leia mais

Inclusão Manual de dados via Formulário SAGRES Captura Pessoal 2012

Inclusão Manual de dados via Formulário SAGRES Captura Pessoal 2012 Inclusão Manual de dados via Formulário SAGRES Captura Pessoal 2012 Para os jurisdicionados que não geram arquivo layout para serem importados no SAGRES, as informações devem ser incluídas de forma manual

Leia mais

Circular CEF nº 314 de 31/10/07 DOU 05/11/07

Circular CEF nº 314 de 31/10/07 DOU 05/11/07 Circular CEF nº 314 de 31/10/07 DOU 05/11/07 Estabelece procedimentos referentes à retificação de informações cadastrais e financeiras, junto ao FGTS, por meio dos formulários Retificação de Dados do Empregador

Leia mais

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Entidade Municipal

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Entidade Municipal JUNTA COMERCIAL Sistema MANUAL de ADMINISTRADOR Registro Integrado LOCAL REGIN Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Entidade Municipal ENTIDADE MUNICIPAL MANUAL ADMINISTRADOR

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO. POP Procedimento Operacional Padrão ATIVIDADE POP N VERSÃO Nº FOLHA N EMISSÃO DE GUIAS DE IMPOSTOS 001 00 1 / 16

SISTEMA DE GESTÃO. POP Procedimento Operacional Padrão ATIVIDADE POP N VERSÃO Nº FOLHA N EMISSÃO DE GUIAS DE IMPOSTOS 001 00 1 / 16 SISTEMA DE GESTÃO EMISSÃO DE GUIAS DE IMPOSTOS 001 00 1 / 16 1. OBJETIVO Orientar os funcionários do Setor Financeiro quanto à emissão de guias de impostos. 2. APLICAÇÃO Setor Financeiro 3. REFERÊNCIAS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VÁRZEA PAULISTA ESTADO DE SÃO PAULO Institui o módulo eletrônico de arrecadação de ISSQN e a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços e dá outras providências. EDUARDO TADEU PEREIRA, Prefeito Municipal de Várzea Paulista, Estado de São Paulo,

Leia mais

lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM

lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM Para a Solicitação de Baixa de GTM, devidamente acompanhada dos documentos indicados no Decreto Nº.56/003. Na página principal www.sefaz.mt.gov.br no

Leia mais

M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL

M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL M A N U A L D O ADMINISTRADOR DO PORTAL Versão 1.1 Sumário Introdução 1 Sobre o Administrador do Portal 1 Categorias de informação 2 Link adicional 3 Lista de arquivos 5 Anexos da licitação 9 Anexos do

Leia mais

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO Código Descrição 1007 Contribuinte Individual Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual Recolhimento Trimestral NIT/PIS/PASEP 1120 Contribuinte Individual

Leia mais

Informativo de Versão 19.10

Informativo de Versão 19.10 Informativo de Versão 19.10 Índice Compras... 2 Solicitação de Compras de Produtos (Chamado 28228)... 2 ERP Faturamento... 3 Máscara de Telefone (Chamado 28025)... 3 Digitação / Emissão NF-e de Exportação

Leia mais

Relatório Trabalhista

Relatório Trabalhista Rotinas de Pessoal & Recursos Humanos www.sato.adm.br - sato@sato.adm.br - fone (11) 4742-6674 Desde 1987 Legislação Consultoria Assessoria Informativos Treinamento Auditoria Pesquisa Qualidade Relatório

Leia mais

de todas as pessoas da unidade familiar CPF

de todas as pessoas da unidade familiar CPF Após concluir a sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Seguem documentos necessários a serem apresentados na

Leia mais

Recebimentos de Compras

Recebimentos de Compras Recebimentos de Compras Recebimento de compra é quando se concretiza a compra, é o momento que chega a mercadoria e nota fiscal e as informações são confrontadas entre o pedido de compra e a nota. *Importante:

Leia mais

CADASTRO ELETRÔNICO DE PESSOAS QUE DESEMPENHAM ATIVIDADES FLORESTAIS Manual do Usuário

CADASTRO ELETRÔNICO DE PESSOAS QUE DESEMPENHAM ATIVIDADES FLORESTAIS Manual do Usuário CADASTRO ELETRÔNICO DE PESSOAS QUE DESEMPENHAM ATIVIDADES FLORESTAIS Manual do Usuário Índice 1. Cadastro eletrônico de pessoas que desempenham Atividades Florestais... 3 2. Cadastrando uma nova pessoa

Leia mais

1º Passo: Acessar as telas 1.1.2. - ALTERAÇÃO DE EMPRESA informar se gera Nota Fiscal Paulista, conforme quadro abaixo:

1º Passo: Acessar as telas 1.1.2. - ALTERAÇÃO DE EMPRESA informar se gera Nota Fiscal Paulista, conforme quadro abaixo: Como Gerar REDF\Nota Fiscal Paulista\Validações - Brasil Informática - software para nota fiscal eletron 1º Passo: Acessar as telas 1.1.2. - ALTERAÇÃO DE EMPRESA informar se gera Nota Fiscal Paulista,

Leia mais

Apostila. Controle de Cheque

Apostila. Controle de Cheque Apostila Controle de Cheque Índice Introdução...3 Menu Cheque Pré-Datado...3 1. Financeiro / Cheque Pré-Datado...3 2. Opções de Controle...3 3. Cadastrando Cheques...3 4. Manutenção de Cheques por Aluno...7

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIGISS. Manual de Envio de Notas Fiscais Eletrônicas em lote Instruções e Layout

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIGISS. Manual de Envio de Notas Fiscais Eletrônicas em lote Instruções e Layout SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIGISS Manual de Envio de Notas Fiscais Eletrônicas em lote Instruções e Layout Versão 2.1 São Paulo, 08 de junho de 2015. Índice 1. Introdução... 2 2. Especificação...

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Exportação de NFS-e (Versão 3.0)

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Exportação de NFS-e (Versão 3.0) Manual de Exportação de NFS-e (Versão 3.0) Página 2 de 19 1. Índice 1. ÍNDICE... 2 2. INTRODUÇÃO... 3 3. ESPECIFICAÇÕES... 4 2.1. FORMATO DO ARQUIVO... 4 2.2. CONTEÚDO DO ARQUIVO... 4 2.3. TIPOS DE ARQUIVOS...

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE REGULARIDADE SEBRAE/ES (SRS/ES) FORNECEDORES E PARCEIROS

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE REGULARIDADE SEBRAE/ES (SRS/ES) FORNECEDORES E PARCEIROS 1. Sumário 1. Sumário... 1 2. Objetivo... 1 3. Responsável e aprovador... 1 4. Procedimentos relacionados... 2 5. Termos e definições... 2 6. Atividades... 2 6.1 Acessar o SRS/ES... 2 6.2 Enviar Documentos

Leia mais

G-doc gerenciador de documentos Prosol

G-doc gerenciador de documentos Prosol G-doc gerenciador de documentos Prosol Sistemas seguros de informação Estamos vivendo em uma época onde a grande quantidade de informações e a velocidade em que elas chegam, tornam necessários novos mecanismos

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 38/2009 TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS

ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 38/2009 TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS ORIENTAÇÃO TÉCNICA Nº. 38/2009 UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: RESPONSÁVEL: Com Cópia: ASSUNTO: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS Secretário Executivo Coordenador Financeiro Procedimentos de Recolhimento de Contribuição

Leia mais

Manual do Usuário SISCOLE - Sistema de Cadastro de Organismos e Laboratórios Estrangeiros

Manual do Usuário SISCOLE - Sistema de Cadastro de Organismos e Laboratórios Estrangeiros Manual do Usuário SISCOLE - Sistema de Cadastro de Organismos e Laboratórios Estrangeiros MANUAL DO USUÁRIO 1. SOBRE O SISTEMA 1.1 Informações básicas Nome: SISCOLE - Sistema de Cadastro de Organismos

Leia mais

2. O arquivo conterá as NFS-e emitidas em determinado período, a critério do contribuinte.

2. O arquivo conterá as NFS-e emitidas em determinado período, a critério do contribuinte. Introdução Este manual tem como objetivo apresentar o layout utilizado pelo Sistema de Notas Fiscais de Serviços Eletrônica na exportação e importação de NFS-e (Contribuintes Prefeitura e Prefeitura Contribuintes),

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Ministério da Previdência Social INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE ATENDIMENTO Programa de Educação Previdenciária ria Todos que se inscrevem na Previdência Social podem escolher como vão

Leia mais

PARCELAMENTO SIMPLIFICADO PREVIDENCIÁRIO DAU ECAC

PARCELAMENTO SIMPLIFICADO PREVIDENCIÁRIO DAU ECAC PARCELAMENTO SIMPLIFICADO PREVIDENCIÁRIO DAU ECAC Brasília, 10 julho de 2015 PASSO A PASSO Índice 1º PASSO Acessar o Portal e-cac... 1 2º PASSO Parcelamento Simplificado Previdenciário DAU...3 3º PASSO

Leia mais

Liberação de Procedimentos. Definir procedimentos para: Acesso aos dados do Beneficiário, através do Módulo Webplan.

Liberação de Procedimentos. Definir procedimentos para: Acesso aos dados do Beneficiário, através do Módulo Webplan. 1 de 8 1. OBJETIVO: Definir procedimentos para: Acesso aos dados do Beneficiário, através do Módulo Webplan. 2. DEFINIÇÕES: 2.1 Webplan Módulo do Sistema Informatizado do PLANO FAMÍLIA que permite ao beneficiário

Leia mais

Como abrir uma empresa?

Como abrir uma empresa? Disciplina- Novos Negócios FONTES: 1- http://www.sebrae-rs.com.br/areaatuacao/empreendedorismo/setores/7-passos-para-abrir-minhaempresa/314.aspx 2- Entrevista com um contador 3- Boa Ideia! E Agora? 1.Situação

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO

MANUAL DO SISTEMA - CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO 1. PORTAL DA SALA DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO O portal da Sala de Atendimento ao Cidadão está disponível no endereço: www.cidadao.mpf.mp.br. Nesse ambiente é possível registrar uma manifestação, consultar

Leia mais

Arquivo Cópia da Base Pasep - Solicitado

Arquivo Cópia da Base Pasep - Solicitado Arquivo Cópia da Base Pasep - Solicitado Versão 01 O arquivo cópia base Pasep destina-se à informar às entidades como se encontra os dados cadastrais de seus funcionários no sistema. O arquivo Cópia Base

Leia mais

Manual de Software. CAPÍTULO 4 da coleta SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO - SAEB DIRETORIA DE PATRIMÔNIO - DPA COORDENAÇÃO DE BENS MÓVEIS - CBM

Manual de Software. CAPÍTULO 4 da coleta SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO - SAEB DIRETORIA DE PATRIMÔNIO - DPA COORDENAÇÃO DE BENS MÓVEIS - CBM SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO - SAEB DIRETORIA DE PATRIMÔNIO - DPA COORDENAÇÃO DE BENS MÓVEIS - CBM Manual de Software CAPÍTULO 4 da coleta CPXSIAP: Software de Inventário Patrimonial V 1.1.0 Elaboração:

Leia mais

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO

SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO Orientações sobre o recolhimento dos valores devidos em face dos Contratos de Transição 1. Do Valor Devido 2. Do Recolhimento 2.1. Recolhimento por GRU Simples 2.2. Recolhimento

Leia mais

Primeiro Passo. Na sequência, surgirá a tela de Login, onde você poderá realizar uma das seguintes tarefas:

Primeiro Passo. Na sequência, surgirá a tela de Login, onde você poderá realizar uma das seguintes tarefas: Primeiro Passo Tenha em mãos seu CPF, Documento de Identidade (RG) e conta de e-mail válida! Sem essa documentação não é possível realizar sua inscrição no Processo de Ingresso. De posse desses dados,

Leia mais

Contas a Pagar da Administradora - Sami ERP++

Contas a Pagar da Administradora - Sami ERP++ Contas a Pagar da Administradora - Sami ERP++ Este roteiro divide-se em duas partes. A primeira parte são as configurações para preparar o Sistema para utilizar o Contas a Pagar. A segunda parte são os

Leia mais

1. Importações Cordilheira

1. Importações Cordilheira 1. Importações Cordilheira 1.1. Nf-e (Entrada) Esta rotina tem como objetivo importar as Notas Fiscais de Entrada correspondentes ao Estabelecimento, a partir de uma nota de saída de seu fornecedor. Selecione

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MÓDULO DE CADASTRAMENTO DE ATLETAS 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MÓDULO DE CADASTRAMENTO DE ATLETAS 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO 1º PASSO DOWNLOAD DO MÓDULO DE CADASTRAMENTO 1. Entrar no Site Oficial dos Jogos Escolares do Paraná, na aba INSCRIÇÕES / INFORMAÇÕES INSCRIÇÕES ATLETAS. 2. Clicar em para fazer o download. Ao clicar aparecerá

Leia mais

Ponto Secullum 4 Extras. Para configurar as extras no Ponto Secullum 4 abra a tela Cadastro de Horários e clique no botão Extras:

Ponto Secullum 4 Extras. Para configurar as extras no Ponto Secullum 4 abra a tela Cadastro de Horários e clique no botão Extras: Ponto Secullum 4 Extras Para configurar as extras no Ponto Secullum 4 abra a tela Cadastro de Horários e clique no botão Extras: Nesta tela, configuramos como serão pagas as horas extras, que os funcionários

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS POLICIAIS FEDERAIS ANSEF NACIONAL

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS POLICIAIS FEDERAIS ANSEF NACIONAL ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS POLICIAIS FEDERAIS ANSEF NACIONAL Orientação para declaração do Imposto de Renda em relação aos recebimentos da ação da GOE. Para a Declaração do Imposto de Renda 2016/2015, o contribuinte

Leia mais

Manual de Processamento da DIRF

Manual de Processamento da DIRF Manual de Processamento da DIRF Pág. 1/29 Informações Importantes:...2 1. Geração dos dados da DIRF e Informe de Rendimentos...4 1.1. Filtro de Funcionários (Selecionar Autônomos)...5 1.2. Fato gerador

Leia mais

Para interposição de recurso especial e de recurso ordinário em mandado de segurança são devidos porte de remessa e retorno dos autos e custas.

Para interposição de recurso especial e de recurso ordinário em mandado de segurança são devidos porte de remessa e retorno dos autos e custas. DÚVIDAS FREQÜENTES RECOLHIMENTO DAS CUSTAS E DO PORTE DE REMESSA E RETORNO DOS AUTOS DO RECURSO ESPECIAL E DO RECURSO ORDINÁRIO DE COMPETÊNCIA DO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA Para interposição de recurso

Leia mais

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS

GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS GUIA DE DÚVIDAS E RESPOSTAS 1) Qual o procedimento para aderir ao Débito Automático, para operações novas? A concessionária deverá acessar o Portal e seguir os passos abaixo: 1º) Cadastrar uma operação

Leia mais

Manual de Implantação do Módulo TISS

Manual de Implantação do Módulo TISS Manual de Implantação do Módulo TISS Índice 1 Introdução...3 2 Funcionamento Geral do Módulo...3 3 Configurações iniciais...3 3.1 Cadastro de Convênios...3 3.2 Cadastro de Médicos...6 3.3 Cadastro de Prestadores...6

Leia mais

CNP 2.0 Cadastro nacional de produtos

CNP 2.0 Cadastro nacional de produtos A Linguagem Global dos Negócios CNP 2.0 Cadastro nacional de produtos Manual do Usuário O Cadastro Nacional de Produtos é uma ferramenta online, moderna e intuitiva para geração do código de barras para

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 122, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 122, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 122, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR SECRETARIA DE COMÉRCIO E SERVIÇOS DEPARTAMENTO NACIONAL DE REGISTRO DO COMÉRCIO DOU de

Leia mais