Relatório de Genealogia para RAMO C - SANTO ANDRE - MARIGO MARTINS - MARIA ANTONIA E GIUSEPPE DESCONHECIDO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de Genealogia para RAMO C - SANTO ANDRE - MARIGO MARTINS - MARIA ANTONIA E GIUSEPPE DESCONHECIDO"

Transcrição

1 Relatório de Genealogia para RAMO C - SANTO ANDRE - MARIGO MARTINS - MARIA ANTONIA E GIUSEPPE DESCONHECIDO Criado em em 31 de março de 2012 "The Complete Genealogy Reporter" Nigel Bufton Software under license to MyHeritage.com Family Tree Builder

2 CONTEÚDO 1. DESCENDENTES 2. RELAÇÕES DIRETAS 3. ÁRVORES DE FAMÍLIA 4. FONTES 5. ÍNDICE DOS LUGARES 6. ÍNDICE DAS DATAS 7. ÍNDICE DOS INDIVÍDUOS

3 1. DESCENDENTES Ramo C - Santo Andre - - Maria Antonia e Giuseppe Desconhecido 12 Sr. 10 +Sra. 11 Maria Antonia Goncalves 7 +Vicente Goncalves 8 Vicente Junior (Jr.) 5 +Maria Jose 6 Flavio Caio Novita 1 Jose Vicente Novita 3 Luis Antonio Novita 4 Giuseppe 9 Página 1

4 2. RELAÇÕES DIRETAS Geração de Trisnetos 1. FLAVIO CAIO NOVITA MARTINS (Trisneto de Ramo) nascido filho de Vicente Junior (Jr.) 5 e Maria Jose 6, como mostrado na árvore da família SANDRA REGINA SERRA (Mulher de Trisneto de Ramo). Flavio Caio Novita 1 casou-se com Sandra Regina Serra. 3. JOSE VICENTE NOVITA MARTINS (Trisneto de Ramo) nascido em 21 de maio de 1946, em Santo Andre, filho de Vicente Junior (Jr.) 5 e Maria Jose 6, como mostrado na árvore da família LUIS ANTONIO NOVITA MARTINS (Trisneto de Ramo) nascido em 30 de janeiro de 1950, em Sao Paulo, filho de Vicente Junior (Jr.) 5 e Maria Jose 6, como mostrado na árvore da família 1. Geração de Bisnetos 5. VICENTE MARTINS JUNIOR (JR.) (Bisneto de Ramo) nascido em 15 de junho de 1912, em Jau, filho de Vicente Goncalves 8 e Maria Antonia Goncalves 7, como mostrado na árvore da família 2. Vicente morreu em 28 de maio de 2002, com 89 anos, em Santo Andre. Foi enterrado. 6. MARIA JOSE MARTINS (Mulher de Bisneto de Ramo) nascida em 22 de janeiro de 1918, em Santos. Veja árvore da família 1. Citação: Fonte 1 em 23 de abril de 2009, página Maria Jose de Arruda Novita. Altamente de confiança Adicionado confirmando uma Correlação Inteligente. Vicente Junior (Jr.) 5 casou-se com Maria Jose. Tiveram três filhos: Flavio Caio Novita 1 Jose Vicente Novita 3 em 1946 Luis Antonio Novita 4 em 1950 Esta família é mostrada como árvore da família 1. Geração de Netos 7. MARIA ANTONIA GONCALVES (Neta de Ramo) nascida em Rovigo filha de Sr. 10 e Sra. 11, como mostrado na árvore da família 3. Maria morreu em Italia. Foi enterrada. Nota: IMIGRANTE: Chegou aos 16 anos juntamente com o Irmão Giuseppe. 8. VICENTE MARTINS GONCALVES (Marido de Neta de Ramo). Veja árvore da família 2. Vicente Goncalves casou-se com Maria Antonia Goncalves 7. Tiveram um filho: Vicente Junior (Jr.) 5 em 1912 Esta família é mostrada como árvore da família GIUSEPPE MARIGO (Neto de Ramo) nascido filho de Sr. 10 e Sra. 11, como mostrado na árvore da família 3. Giuseppe não vive mais. Nota: IMIGRANTE: Chegou com a irmã de 16 anos Maria Antonia. Geração de Filhos 10. SR. MARIGO (Filho de Ramo) nascido filho de Ramo C - Santo Andre - - Maria Antonia e Giuseppe Desconhecido 12, como mostrado na árvore da família SRA. MARIGO (Nora de Ramo). Veja árvore da família 3. Sr. 10 casou-se com Sra.. Tiveram dois filhos: Maria Antonia Goncalves 7 Giuseppe 9 Esta família é mostrada como árvore da família 3. Geração do Titular 12. RAMO C - SANTO ANDRE - MARIGO MARTINS - MARIA ANTONIA E GIUSEPPE DESCONHECIDO (A pessoa objeto deste relatório). Veja árvore da família 2. Ramo era o pai de um filho: Sr. 10 Esta família é mostrada na árvore da família 2. Página 2

5 3. ÁRVORES DE FAMÍLIA Cada árvore de família mostra os filhos, os pais, os avós e os antepassados relatados de um grupo da família. A fim de reduzir a redundância, qualquer grupo da família que for incluído completamente dentro de uma outra árvore de família não pode ser relatado separadamente. Acima de cada uma das caixas do de cada família seccionada (fileira superior), um número de referência de continuação da árvore de família é mostrado se o descendente for um filho na árvore de continuação. Um número de referência da continuação está igualmente mostrado à esquerda de uma caixa do antepassado ou do pai se esse indivíduo tem irmãos relatados na árvore da continuação; e abaixo de uma caixa do filho/a (fileira inferior) se esse indivíduo tem filhos relatadas na árvore da continuação. Nos casos de uniões múltiplas, um número de referência da continuação precedido por "=" é mostrado à direita de uma caixa do pai. Este número provê a árvore precedente e/ou seguinte em que esse indivíduo é mostrado com um outro sócio. Nos casos de crianças adotadas (ou promovidas), a conexão parental é mostrada com uma linha tracejada e um número de referência da continuação precedido por "=" é mostrado dentro da caixa do indivíduo. Este número provê a árvore em que esse indivíduo é mostrado com seus pais naturais. 1. MARTINS, Vicente, Junior (Jr.) e MARTINS, Maria Jose 2. GONCALVES, Vicente e GONCALVES, Maria Antonia 3. MARIGO, Sr. e MARIGO, Sra. Página 3

6 Ramo C - Santo Andre - - Maria Antonia e Giuseppe Desconhecido Árvores De Família 1. Vicente Junior (Jr.) e Maria Jose 3... Sr. 10 Sra. 11 Vicente M Goncalves Maria A Goncalves Vicente Junior (Jr.) Maria J Flavio C N Jose V N Luis A N Vicente Goncalves e Maria Antonia Goncalves Ramo C Desconhecido 12 Sr. 10 Sra. 11 Vicente M Goncalves Maria A Goncalves 7 Vicente Junior (Jr.) Sr. e Sra. Ramo C Desconhecido 12 Sr. 10 Sra. 11 Maria A Goncalves Giuseppe 9 Página 4

7 4. FONTES 1. " Web Site" por Flavio Árvore genealógica do MyHeritage.com Site da família: Web Site Site da família:. Citações: Maria Jose 6. Página 5

8 5. ÍNDICE DOS LUGARES ITALIA Morte de Maria Antonia Goncalves 7. JAU Nascimento de Vicente Junior (Jr.) 5 em 15 de junho de ROVIGO Nascimento de Maria Antonia Goncalves 7. SANTO ANDRE Nascimento de Jose Vicente Novita 3 em 21 de maio de Morte de Vicente Junior (Jr.) 5 em 28 de maio de SANTOS Nascimento de Maria Jose 6 em 22 de janeiro de SAO PAULO Nascimento de Luis Antonio Novita 4 em 30 de janeiro de Página 6

9 6. ÍNDICE DAS DATAS 1912 Nascimento de Vicente Junior (Jr.) 5 em 15 de junho, em Jau Nascimento de Maria Jose 6 em 22 de janeiro, em Santos Nascimento de Jose Vicente Novita 3 em 21 de maio, em Santo Andre Nascimento de Luis Antonio Novita 4 em 30 de janeiro, em Sao Paulo Morte de Vicente Junior (Jr.) 5 em 28 de maio, em Santo Andre. Página 7

10 Ref. Árvore Nome (Relacionamento) 7. ÍNDICE DOS INDIVÍDUOS 12 2 DESCONHECIDO, Ramo C - Santo Andre - - Maria Antonia e Giuseppe (A pessoa objeto deste relatório). 7 3 GONCALVES, Maria Antonia (Neta de Ramo) Vicente (Marido de Neta de Ramo) MARIGO, Sr. (Filho de Ramo) Sra. (Nora de Ramo) Giuseppe (Neto de Ramo). 1 1 MARTINS, Flavio Caio Novita (Trisneto de Ramo) Jose Vicente Novita (Trisneto de Ramo) Luis Antonio Novita (Trisneto de Ramo) Maria Jose (Mulher de Bisneto de Ramo) Vicente, Junior (Jr.) (Bisneto de Ramo). 2 SERRA, Sandra Regina (Mulher de Trisneto de Ramo). Página 8

Relatório de Genealogia para ALCIDES KLAUS

Relatório de Genealogia para ALCIDES KLAUS Relatório de Genealogia para ALCIDES KLAUS Criado em em 28 de novembro de 2014 "The Complete Genealogy Reporter" 2006-2013 Nigel Bufton Software under license to MyHeritage.com Family Tree Builder CONTEÚDO

Leia mais

Início Rápido para a Árvore Familiar

Início Rápido para a Árvore Familiar Início Rápido para a Árvore Familiar A Árvore Familiar é um novo meio de organizar e registrar sua genealogia online. É gratuita, disponível para todos e oferece um meio fácil de descobrir seu lugar na

Leia mais

FREIXEDELO GÉNESE E DISSEMINAÇÃO DO APELIDO FREIXEDELO. Rui Freixedelo rui@freixedelo.com. Rui Miguel Rodrigo Freixedelo

FREIXEDELO GÉNESE E DISSEMINAÇÃO DO APELIDO FREIXEDELO. Rui Freixedelo rui@freixedelo.com. Rui Miguel Rodrigo Freixedelo Rui FREIXEDELO GÉNESE E DISSEMINAÇÃO DO APELIDO FREIXEDELO Rui Miguel Rodrigo Todos os direitos reservados ao autor Proibida reprodução sem autorização 2015, 23 de Abril (Actualizado em: 2015, 21 de Agosto)

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE VISTO ESPECÍFICO DE LONGA PERMANÊNCIA

LISTA DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE VISTO ESPECÍFICO DE LONGA PERMANÊNCIA LISTA DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE VISTO ESPECÍFICO DE LONGA PERMANÊNCIA CATEGORIA: Filho menor, solteiro e dependente de portador de categoria "residente de longa duração", "cônjuge ou filho de japonês

Leia mais

Plano de Aula MATEMÁTICA. Juntando minha família

Plano de Aula MATEMÁTICA. Juntando minha família Plano de Aula MATEMÁTICA Juntando minha família Juntando minha família. 09 p.; il. (Série Plano de Aula; Matemá ca) ISBN: 1. Ensino Fundamental - Matemá ca 2. Número e Operações 3. Álgebra - Funcões I.

Leia mais

Grade Horária da Turma. Início Fim Segunda-feira Terça-feira Quarta-Feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado

Grade Horária da Turma. Início Fim Segunda-feira Terça-feira Quarta-Feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Página: 01 Curso: 69 Sistemas de Informação Turma: SIS1A Semestre: 2015/2 19:00 19:50 690203 690202 690205 690206 690206 19:50 20:40 690203 690202 690205 690206 690206 20:55 21:45 690205 690204 690201

Leia mais

GENEALOGIA FLUMINENSE Região Serrana - Genealogias

GENEALOGIA FLUMINENSE Região Serrana - Genealogias JACINTO Francisco Antônio Jacinto foi casado com Germana Rosa Jardim. Ambos ilhéus. Ela morreu em Itaocara a 22 de dezembro de 1867 com 60 anos de idade. Ele, então, voltou a se casar em Itaocara às 3

Leia mais

DECLARAÇÃO DE PARENTESCO (modelo item D)

DECLARAÇÃO DE PARENTESCO (modelo item D) DECLARAÇÃO DE PARENTESCO (modelo item D), CPF, DECLARO, para todos os efeitos legais, que por ser expressão fiel da verdade, firmo a presente Declaração, assumindo as consequências civis, penais e administrativas

Leia mais

Genealogia das Famílias Açorianas - De onde viemos e quem somos.

Genealogia das Famílias Açorianas - De onde viemos e quem somos. Genealogia das Famílias Açorianas - De onde viemos e quem somos. Marcos Henrique Oliveira Pinheiro Descendente de Açorianos Formação Educação Física Pesquisador de Genealogia Participante da 2 Semana de

Leia mais

ENSINO MÉDIO. Disciplina: BIOLOGIA Professor: GUSTAVO Série: 2ª ABC

ENSINO MÉDIO. Disciplina: BIOLOGIA Professor: GUSTAVO Série: 2ª ABC ENSINO MÉDIO Disciplina: BIOLOGIA Professor: GUSTAVO Série: 2ª ABC 1- A Doença de Huntington (DH) é uma anomalia autossômica com caráter dominante, cuja manifestação ocorre na fase adulta, com uma progressiva

Leia mais

ETE PAULINO BOTELHO.

ETE PAULINO BOTELHO. I.8.1 PROFESSORES: NOME DOS PROFESSORES HABILITAÇÃO CURSO LICENCIATURA GRADUAÇÃO Outra Situação (Técnico) COMPONENTES CURRICULARES ATRIBUÍDOS Alberto Francisco da Silva Enfermagem X Planejamento e Trabalho

Leia mais

Projetos de Extensão Aprovados para 2007. Projetos Interunidades

Projetos de Extensão Aprovados para 2007. Projetos Interunidades s de Extensão Aprovados para 2007 s Interunidades Título Professor Modalidade Desportivo Sócio Cultural FUMEC (FACE/FCH/FCS/FEA) Licène França Arquiteto da família educação ambiental e ações preventivas

Leia mais

INSCRIÇÃO NOME ARLP NRLP SITUAÇÃO

INSCRIÇÃO NOME ARLP NRLP SITUAÇÃO 208558 Aída Carla Rangel de Sousa 613,05 8,0 354090 Adriano de Sousa Gonçalves 528,87 7,0 229792 Ailson Costa de Oliveira 613,05 8,0 316121 Albéris Eron Flávio de Oliveira 444,68 6,0 Eliminado(a) de acordo

Leia mais

É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2

É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2 Sucessão dos Descendentes (art. 1833, CC) É a primeira classe a herdar. Não há limitação de grau para herdar. Regra do grau mais próximo exclui o mais remoto (art. 1833, CC) Filho 1 Filho 2 Neto 1 Neto

Leia mais

A MISSÃO DA PATERNIDADE

A MISSÃO DA PATERNIDADE 1 A MISSÃO DA PATERNIDADE Tx Mult 09/08/2015 INTRODUÇÃO 1. Uma pequena menina disse uma vez à mãe dela, Mamãe, se o Papai Noel traz nossos presentes, e Deus nos dá nosso pão diário, e o governo nos paga

Leia mais

SUCESSÃO EM EMPRESAS RURAIS FAMILIARES CONFLITO DE GERAÇÕES

SUCESSÃO EM EMPRESAS RURAIS FAMILIARES CONFLITO DE GERAÇÕES SUCESSÃO EM EMPRESAS RURAIS FAMILIARES CONFLITO DE GERAÇÕES *Ciloter Borges Iribarrem *Sandro Al-Alam Elias Manutenção da escala de produção, crescimento da empresa, resultados positivos dos negócios,

Leia mais

CRONOGRAMA DE DEFESAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 02.2015 - NOITE

CRONOGRAMA DE DEFESAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 02.2015 - NOITE 1 2 3 4 5 6 7 DATA E HORA NOME TEMA ORIENTADOR BANCA 08.12 GABRIELLE MACEDO SERGIO 19h00min CLAUDIO RAMOS DE SA JUNIOR GUIA DO APONTADOR. VICTOR ALENCAR DOS SANTOS 08.12 MARCUS VINICIUS VASCONCELOS SERGIO

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE PROVA OBJETIVA - CONSELHO TUTELAR CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE PROVA OBJETIVA - CONSELHO TUTELAR CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROVA OBJETIVA - CONSELHO TUTELAR CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 1. De acordo com o art. 02 do estatuto da criança e do adolescente (ECA) consideram-se: A) ( ) Criança, a pessoa de até doze anos de idade incompletos,

Leia mais

Torne-se um cidadão europeu

Torne-se um cidadão europeu Torne-se um cidadão europeu Cidadania Italiana passo a passo economizando tempo e dinheiro no Brasil e na Itália (+ BONUS BOLSAS DE ESTUDOS E OPORTUNIDADES DE TRABALHO NA ITÁLIA) Manual atualizado Autor

Leia mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Novembro de 2005

Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Novembro de 2005 ANEXOS Anexo I Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física Novembro de 2005 Exmo Sr. ou Sra. Coordenador do Centro dos Apoios Educativos, O meu nome é Maria João Carvalheiro

Leia mais

26/08/2013. Árvore. Árvore. Árvore. Floresta :: Exemplo. Floresta ÁRVORES

26/08/2013. Árvore. Árvore. Árvore. Floresta :: Exemplo. Floresta ÁRVORES 2 ÁRVORES Dado um grafo G G é chamado de árvore caso seja não direcionado, conectado e não possua circuitos simples Matemática Discreta Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL 1. O artigo deverá ser enviado sem a identificação do(s) autor(es). Esta identificação deverá ser feita

Leia mais

Usar a Árvore Familiar do FamilySearch: Um Guia de Referência (18 de outubro de 2013)

Usar a Árvore Familiar do FamilySearch: Um Guia de Referência (18 de outubro de 2013) Usar a Árvore Familiar do FamilySearch: Um Guia de Referência (18 de outubro de 2013) FamilySearch é uma marca registrada da Intellectual Reserve, Inc. e foi registrada nos Estados Unidos da América e

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO - SERVIDOR DEPENDENTES WEB

MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO - SERVIDOR DEPENDENTES WEB Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos MANUAL OPERACIONAL DO USUÁRIO - SERVIDOR DEPENDENTES WEB SRH/MP Departamento de Administração de Sistemas de Informação de Recursos Humanos Manual

Leia mais

Referências bibliográficas

Referências bibliográficas Referências bibliográficas MOUTINHO, Adriano M.; SILVA, Viviane S.R. Aplicação do Algoritmo de Categorização FCM e avaliação das Medidas de Validação ICC e CS, 2002. Disponível em

Leia mais

Ana Isabel Rodrigues Cunha

Ana Isabel Rodrigues Cunha Ana Isabel Rodrigues Cunha Ana Sofia Lopes Mendes Andreia Susana Palma Fernandes Benedita Gonçalves dos Passos Bruno Miguel Rodrigues Pinto Ramos Carlos Manuel Cruz Ferreira Crespo Carmo de Jesus Ferreira

Leia mais

a) Filho de neto de japonês (bisneto) b) Filho de cônjuge de japonês c) Filho de cônjuge de filho de japonês d) Filho de cônjuge de neto de japonês

a) Filho de neto de japonês (bisneto) b) Filho de cônjuge de japonês c) Filho de cônjuge de filho de japonês d) Filho de cônjuge de neto de japonês Visto Específico 16) Filho menor, solteiro e dependente de portador de categoria long term resident, spouse or child of japanese national ou spouse of permanent resident Somente para brasileiros. Para

Leia mais

PINTO BANDEIRA. do Rio Grande do Sul 1

PINTO BANDEIRA. do Rio Grande do Sul 1 PINTO BANDEIRA do Rio Grande do Sul 1 1 1 Salvador Pinto Bandeira, de Valongo. Teve: 2 José Pinto Bandeira, que segue. 2 José Pinto Bandeira. Nasceu em Valongo, Bispado do Porto, e morreu em Laguna, no

Leia mais

XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. SENDI 2010 22 a 26 de novembro. São Paulo - SP - Brasil TORPEDO FÁCIL

XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica. SENDI 2010 22 a 26 de novembro. São Paulo - SP - Brasil TORPEDO FÁCIL XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2010 22 a 26 de novembro São Paulo - SP - Brasil TORPEDO FÁCIL Ricardo Martins Marques Sandra Regina Carbone Valéria Cristiano AES Eletropaulo

Leia mais

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela Lei Municipal n 901, de 02 de julh o de 2002. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SR. PREFEITO LUIZ FABRÍCIO DO REGO TORQUATO ANO X N 961 PAU DOS FERROS/RN, Segunda-feira,

Leia mais

CRONOGRAMA DE DEFESAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 02.2015 - NOITE. 08.12 REBECA 1 19h00min

CRONOGRAMA DE DEFESAS DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - 02.2015 - NOITE. 08.12 REBECA 1 19h00min DATA E HORA NOME TEMA ORIENTADOR BANCA SUPLENTE 08.12 REBECA 1 19h00min CARLOS EDUARDO RODRIGUES COSTA DESENVOLVIMENTO DE UM ECOMMERCE DE LIVROS SÉRGIO ANTONIO 2 3 4 08.12 MARCUS VINICIUS VASCONCELOS SERGIO

Leia mais

Notas biográficas. Biographical notes Carlos Eduardo Sampaio Burgos Dias 1

Notas biográficas. Biographical notes Carlos Eduardo Sampaio Burgos Dias 1 Notas biográficas Biographical notes Carlos Eduardo Sampaio Burgos Dias 1 1 Historiador do Laboratório de História da Ciência do Instituto Butantan. Contato: carlos.dias@butantan.gov.br 2 Ver mais em Árvore

Leia mais

Usar a Árvore Familiar do FamilySearch: Um Guia de Referência (18 de outubro de 2013) Versão SUD

Usar a Árvore Familiar do FamilySearch: Um Guia de Referência (18 de outubro de 2013) Versão SUD Usar a Árvore Familiar do FamilySearch: Um Guia de Referência (18 de outubro de 2013) Versão SUD FamilySearch é uma marca registrada da Intellectual Reserve, Inc. e foi registrada nos Estados Unidos da

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados. Aula 13 Estrutura de Dados: Árvores de Pesquisa Binária Prof. Tiago A. E. Ferreira

Algoritmos e Estrutura de Dados. Aula 13 Estrutura de Dados: Árvores de Pesquisa Binária Prof. Tiago A. E. Ferreira Algoritmos e Estrutura de Dados Aula 13 Estrutura de Dados: Árvores de Pesquisa Binária Prof. Tiago A. E. Ferreira Introdução Uma árvore de pesquisa binária são estruturas de dados que admitem operações

Leia mais

TECNOLOGIA Adriana Guarda

TECNOLOGIA Adriana Guarda TECNOLOGIA Centro de pesquisa desenvolve projetos de inovação para a indústria Governo de Pernambuco quer captar uma unidade do Csem para o Estado Publicado em 30/01/2015, às 10h17 Adriana Guarda Heudes

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

NORMAS PARA ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO NORMAS PARA ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Rosangela Alves de Oliveira * Nome do (s) autor (s) RESUMO Este trabalho estabelece as orientações para apresentação de um artigo científico. Todas as informações

Leia mais

SUCESSÃO O papel do RH e a Perpetuidade da Empresa Familiar

SUCESSÃO O papel do RH e a Perpetuidade da Empresa Familiar SUCESSÃO O papel do RH e a Perpetuidade da Empresa Familiar Por EDUARDO NAJJAR Expert em Family Business eduardonajjar@empreenda.net Ribeirão Preto 24 Março 2013 DOWNLOAD DOS SLIDES http://slides.empreenda.net

Leia mais

Resutados de Comunicados Associacao De Atletismo De Castelo Branco

Resutados de Comunicados Associacao De Atletismo De Castelo Branco Associacao De Atletismo De Castelo Branco 1 GPCCD ESTRELA DO ZEZERE-BOIBODRA CCD ESTRELA DO ZEZERE BENJAMINS Domingo,12/10/2014 1 603 MATILDE RODRIGUES BENJAMINS INDIVIDUAL 00:00:00 2 544 RITA ANDRADE

Leia mais

UNIÃO HOMOAFETIVA. Tâmara Barros

UNIÃO HOMOAFETIVA. Tâmara Barros UNIÃO HOMOAFETIVA Tâmara Barros O relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é uma questão controversa para a maior parte da população da Grande Vitória, conforme pode ser averiguado através de pesquisa

Leia mais

as citações devem ser apresentadas conforme a norma NBR 10520/2002; citação: é a menção de uma informação extraída de alguma fonte.

as citações devem ser apresentadas conforme a norma NBR 10520/2002; citação: é a menção de uma informação extraída de alguma fonte. COMO FAZER CITAÇÕES? as citações devem ser apresentadas conforme a norma NBR 10520/2002; citação: é a menção de uma informação extraída de alguma fonte. REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO citação pelo sobrenome

Leia mais

5. Links de bibliotecas (off-line) Localiza bibliotecas que tenham uma cópia imp 6. Como entender um resultado de pesquisa. Sobre o Google Acadêmico

5. Links de bibliotecas (off-line) Localiza bibliotecas que tenham uma cópia imp 6. Como entender um resultado de pesquisa. Sobre o Google Acadêmico Sobre o Google Acadêmico Ajuda do Google Acadêmico Dicas de pesquisa avançada Suporte para bibliotecas Suporte para editoras Coloque o Google Acadêmico no seu site Como entender um resultado de pesquisa

Leia mais

O Segredo para Crianças

O Segredo para Crianças O Segredo para Crianças A Lei da Atração para os Pequenos Christina Hanser O Segredo para Crianças A Lei da Atração para os Pequenos Christina Hanser Copyright 2008 por Christina Hanser Capa e Ilustrações

Leia mais

LISTA DA #05 POR ORDEM DE PESEIROS INSCR. COMPETIDOR CABE A COMPETIDOR P

LISTA DA #05 POR ORDEM DE PESEIROS INSCR. COMPETIDOR CABE A COMPETIDOR P LISTA DA #05 POR ORDEM DE PESEIROS INSCR. COMPETIDOR CABE A COMPETIDOR P 14 WAGUIM JATAI ALEXANDRE PERES 21 ANTONIO MAURICIO ALEXANDRE PERES 26 ANTONIO MAURICIO ALEXANDRE PERES 55 ROBERTO FERRAZ ALEXANDRE

Leia mais

Ervilhas, Hereditariedade e o Nascimento da Genética

Ervilhas, Hereditariedade e o Nascimento da Genética Volume 1 Módulo 2 Biologia Unidade 3 Ervilhas, Hereditariedade e o Nascimento da Genética Para início de conversa... Desde a unidade 1, estamos construindo um conhecimento importante sobre o campo da Biologia,

Leia mais

LISTA DA #05 POR ORDEM DE CABECEIROS INSCR. COMPETIDOR CABEÇA COMPETIDOR PÉ

LISTA DA #05 POR ORDEM DE CABECEIROS INSCR. COMPETIDOR CABEÇA COMPETIDOR PÉ LISTA DA #05 POR ORDEM DE CABECEIROS INSCR. COMPETIDOR CABEÇA COMPETIDOR PÉ 17 ALEMAO MARCELO RIBEIRO 22 ALEMAO MARCELO RIBEIRO 123 ALEMAO ZE ANDRAUS 128 ALEMAO ZE ANDRAUS 67 ALEXANDRE ALMEIDA JOSE LUIZ

Leia mais

DEUS O AMA DO JEITO QUE VOCÊ É

DEUS O AMA DO JEITO QUE VOCÊ É BRENNAN MANNING & JOHN BLASE DEUS O AMA DO JEITO QUE VOCÊ É NÃO DO JEITO QUE DEVERIA SER, POIS VOCÊ NUNCA SERÁ DO JEITO QUE DEVERIA SER Tradução de A. G. MENDES Parte 1 R i c h a r d 1 Nem sempre recebemos

Leia mais

Apresentação do negócio. Contatos:

Apresentação do negócio. Contatos: Apresentação do negócio. Contatos: Email: Telexfree.;oliveira@gmail.com SKYPE: telexfree.;oliveira www.telexfree.com/;oliveira Prepare- se para conhecer a melhor oportunidade da sua vida! O Serviço Ganho

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO. Inscrição

CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO. Inscrição Inscrição Legalidade: A inscrição no CROSP é obrigatória pelas Leis Federais 5.965/73 e 6.839/80 e Consolidação CFO, após a realização das etapas anteriores (1ª e 2ª) e registros em Cartório/Junta Comercial

Leia mais

I - Hospital Municipal a) Administração: Suely dos Santos Cruz b) Apoio: Roseli Aparecida dos Santos Lagos c) Enfermagem: Andréia Garcia Camarinha

I - Hospital Municipal a) Administração: Suely dos Santos Cruz b) Apoio: Roseli Aparecida dos Santos Lagos c) Enfermagem: Andréia Garcia Camarinha PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO Nº 04/2015 Dispõe sobre a concessão do Diploma "Anna Nery" aos profissionais da área da Saúde que se destacaram durante o biênio de 2014/2015. A CÂMARA MUNICIPAL DE ITAPIRA,

Leia mais

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO DEPENDÊNCIA: PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS - PM CANOAS - LICITACOES - (RS) LICITAÇÃO: (Ano: 2009/ PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS / Nº Processo: 111/2009) Às 15:52:01 horas

Leia mais

Árvores e Árvores Binárias

Árvores e Árvores Binárias MAC 5710 - Estruturas de Dados - 2008 Referência bibliográfica Os slides sobre este assunto são parcialmente baseados nas seções sobre árvores do capítulo 4 do livro N. Wirth. Algorithms + Data Structures

Leia mais

Linguagem Lógica Prolog

Linguagem Lógica Prolog Linguagem Lógica Prolog Linguagens de Programação Departamento de Computação Universidade Federal de Sergipe Conteúdo O que é diferente na Programação Lógica Cláusulas, Fatos, Regras e Predicado Objetos

Leia mais

Segundo Olivia, ao apontar uma fotografia sobre a um móvel da fazenda

Segundo Olivia, ao apontar uma fotografia sobre a um móvel da fazenda Sampaio Moreira: de Portugal, ao centro da cidade de São Paulo à terra roxa da Fazenda Santa Carlota No início de 2011, realizamos uma entrevista com Renato Oliva e Cecília Sampaio Moreira, ainda residentes

Leia mais

O CONTRATO INDI- VIDUAL DE TRAB- ALHO NA ADMINIST- RAÇÃO PÚBLICA. Aplica-se a legislação Geral do Trabalho. (Código de Trabalho)

O CONTRATO INDI- VIDUAL DE TRAB- ALHO NA ADMINIST- RAÇÃO PÚBLICA. Aplica-se a legislação Geral do Trabalho. (Código de Trabalho) O QUE DIZ O CÓDIGO DE TRABALHO - PRIVADO (IPSS) - O CONTRATO INDI- VIDUAL DE TRAB- ALHO NA ADMINIST- RAÇÃO PÚBLICA Regime da Função Pública FALTAS As ausências inferiores a um dia são somadas até perfazerem

Leia mais

Parentalidade. Bom para os pais, melhor para os filhos. Licença parental até 6 meses (se partilhada entre pai e mãe).

Parentalidade. Bom para os pais, melhor para os filhos. Licença parental até 6 meses (se partilhada entre pai e mãe). Parentalidade Bom para os pais, melhor para os filhos. Licença parental até 6 meses (se partilhada entre pai e mãe). Adopção equiparada à licença parental. Trabalhadores independentes com direitos alargados.

Leia mais

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores. Gestão de Operações. Sistema de Informação Empresarial Introdução ao Software Baan

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores. Gestão de Operações. Sistema de Informação Empresarial Introdução ao Software Baan Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores Gestão de Operações Sistema de Informação Empresarial Introdução ao Software Baan António Rocha Quintas, Gil Manuel Gonçalves Fevereiro de 2006

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados III. Árvores

Algoritmos e Estrutura de Dados III. Árvores Algoritmos e Estrutura de Dados III Árvores Uma das mais importantes classes de estruturas de dados em computação são as árvores. Aproveitando-se de sua organização hierárquica, muitas aplicações são realizadas

Leia mais

S4 Sistema de TeleVendas:

S4 Sistema de TeleVendas: S4 Sistema de TeleVendas: O S4 (Service System Smart Sales) vem revolucionar o mercado de Vendas, com o seu novo conceito de arquitetura, setup wizard, melhor gestão no atendimento e plataforma Web, torna-se

Leia mais

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO Todas as contribuições destinadas à Revista Interface Tecnológica devem estar rigorosamente baseadas nas regras da ABNT (Associação Brasileira de Normas

Leia mais

Manual TCC Administração

Manual TCC Administração 1 Manual TCC Administração 2013 2 Faculdade Marista Diretor Geral Ir. Ailton dos Santos Arruda Diretora Administrativo-Financeiro Sra. Rafaella Nóbrega Coordenador do Curso de Administração e Gestão de

Leia mais

Aluguel de imóvel para férias de julho tem valores de R$ 60,00 a R$ 513,33

Aluguel de imóvel para férias de julho tem valores de R$ 60,00 a R$ 513,33 Pesquisa CRECI-SP Aluguel de temporada Férias de julho Aluguel de imóvel para férias de julho tem valores de R$ 60,00 a R$ 513,33 Imobiliárias e proprietários de imóveis de veraneio já estabeleceram os

Leia mais

Bacharelado em Educação Física (Noturno) Alyssa Gabrielle De Nera. Bacharelado em Educação Física (Noturno) Amanda Borges Frando De Souza

Bacharelado em Educação Física (Noturno) Alyssa Gabrielle De Nera. Bacharelado em Educação Física (Noturno) Amanda Borges Frando De Souza CANDIDATOS APROVADOS CURSO NOME Ciências Biomédicas (Diurno) Adriele Cardoso Dos Santos Redes de Computadores (Noturno) Agnaldo Cunha Produção Áudio Visual (Noturno) Alessandro Henrique De Oliveira Produção

Leia mais

Instituto Adus. Tutorial de acesso e publicação na Plataforma Wiki do Instituto ADUS

Instituto Adus. Tutorial de acesso e publicação na Plataforma Wiki do Instituto ADUS Instituto Adus Tutorial de acesso e publicação na Última atualização: 9 de agosto de 05 Conteúdo Sobre o Projeto Wiki Adus... 3 Login e Acesso... 4 Editando conteúdo... 6 Dicas Avançadas... REFÊNCIAS DE

Leia mais

Soluções em. Cloud Computing. para Calçados Pegada

Soluções em. Cloud Computing. para Calçados Pegada Soluções em Cloud Computing para Calçados Pegada Principais Tópicos: Resumo executivo A Calçados Pegada procurou a Under no início de 2010 para uma solução de email corporativo em cloud. Em pouco tempo,

Leia mais

FORMULÁRIO DE RECADASTRAMENTO

FORMULÁRIO DE RECADASTRAMENTO DADOS CADASTRAIS Nome (não abrevie): Sexo: Data de Nascimento: / / Estado Civil: CPF:.. - Identidade: xxxx - Data de Emissão: / / Expedidor: Naturalidade: Nacionalidade: Mãe: Pai: Banco: Agência: Conta

Leia mais

Faculdade de Tecnologia de Garça. Bancas de Qualificação 2012/2 Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Faculdade de Tecnologia de Garça. Bancas de Qualificação 2012/2 Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Dia 11/12 (Terça-Feira) - Matutino 09h30 Aluno: Fábio Murakami Título: DESIGN DE JOGOS: aplicação de técnicas e regras de construção em jogos eletrônicos Orientador: Larissa P. da Luz Convidado: Adriano

Leia mais

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO 1

EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO 1 1 EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO 1 1. Antônio, viúvo, domiciliado em Belo Horizonte, fez testamento público. Instituiu legatário de um apartamento situado nesta cidade, que vale atualmente 100 mil reais, seu primo

Leia mais

O período anual de férias tem a duração de 22 dias úteis, considerando-se úteis os dias de 2f.ª a 6f.ª, com excepção dos feriados.

O período anual de férias tem a duração de 22 dias úteis, considerando-se úteis os dias de 2f.ª a 6f.ª, com excepção dos feriados. TRABALHADORES EM CONTRATO INDIVIDUAL DE TRABALHO Lei 7/2009, de 12 de Fevereiro 1. Férias 1.1. Qual a duração do período de férias? O período anual de férias tem a duração de 22 dias úteis, considerando-se

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apoios Sociais Crianças e Jovens (35

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

O setor de Telecomunicações

O setor de Telecomunicações O setor de Telecomunicações Tem pouco tempo, por volta de 14 anos.(nasceu logo após a privatização das Teles) No Brasil existem mais de 20.000 empresas atuando no segmento de vendas de serviços e produtos

Leia mais

REPÚBLICA DA POLÔNIA * INFORMATIVO * PROCESSO DE CONFIRMAÇÃO DA CIDADANIA POLONESA

REPÚBLICA DA POLÔNIA * INFORMATIVO * PROCESSO DE CONFIRMAÇÃO DA CIDADANIA POLONESA REPÚBLICA DA POLÔNIA * INFORMATIVO * PROCESSO DE CONFIRMAÇÃO DA CIDADANIA POLONESA Elaboração: Consulado Geral da Polônia em Curitiba I. Procedimentos para a confirmação da cidadania polonesa... 2 II.

Leia mais

28/06/2012 QUINTA-FEIRA Sala 75 Bloco 4. Sala 76 Bloco 4. Horário: 19h00 - TCCI. Horário: 21h00 - TCCII

28/06/2012 QUINTA-FEIRA Sala 75 Bloco 4. Sala 76 Bloco 4. Horário: 19h00 - TCCI. Horário: 21h00 - TCCII 28/06/2012 QUINTA-FEIRA Horário: 19h00 - TCCI Tema: Portal para Comissão da Criança e do Adolescente da OAB - PR Equipe: Jorge Gabriel Lago Sanches Horário: 21h00 - TCCII Tema: Ferramenta Web de Apoio

Leia mais

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÃO BÁSICA PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES DA NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSUL - NCM E/OU DA TARIFA EXTERNA COMUM - TEC

FORMULÁRIO DE INFORMAÇÃO BÁSICA PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES DA NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSUL - NCM E/OU DA TARIFA EXTERNA COMUM - TEC FORMULÁRIO DE INFORMAÇÃO BÁSICA PARA SOLICITAÇÃO DE MODIFICAÇÕES DA NOMENCLATURA COMUM DO MERCOSUL - NCM E/OU DA TARIFA EXTERNA COMUM - TEC RESUMO DO CONTEÚDO SOLICITANTE: K. TAKAOKA IND. COM. LTDA AV.

Leia mais

O líder influenciador

O líder influenciador A lei da influência O líder influenciador "Inflenciar é exercer ação psicológica, domínio ou ascendências sobre alguém ou alguma coisa, tem como resultado transformações físicas ou intelectuais". Liderança

Leia mais

A FAMÍLIA DOVIGI DA ITÁLIA PARA A BARRA DO QUARAÍ

A FAMÍLIA DOVIGI DA ITÁLIA PARA A BARRA DO QUARAÍ PROYECTO TENDIENDO PUENTES MONTE CASEROS, CORRIENTES 2010 ENCUENTRO DE MICROHISTORIA REGIONAL A FAMÍLIA DOVIGI DA ITÁLIA PARA A BARRA DO QUARAÍ Autora: Beatriz Dovigi E-mail: Tutor: Rodrigo Ranzan Soares

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATÕES DO NORTE MARANHÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL 001 DE 15/12/2014 CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO DADOS DO CANDIDATO

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATÕES DO NORTE MARANHÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL 001 DE 15/12/2014 CARTÃO DE CONFIRMAÇÃO DE INSCRIÇÃO DADOS DO CANDIDATO NOME/ IDENTIDADE: LUIZ SANTOS SOUSA FILHO-18257202001-4 NOME/ IDENTIDADE: LUZANIRA SERRA PAIVA-102308198-6 NOME/ IDENTIDADE: LUZIANE SANTOS AGUIAR 17438632001-6 NOME/ IDENTIDADE: LUZIFRAN DE JESUS LICÁ

Leia mais

SGB Sistema de Gestão de Bolsas Manual do Usuário

SGB Sistema de Gestão de Bolsas Manual do Usuário Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário-Executivo José Henrique Paim Fernandes Subsecretário de Assuntos Administrativos Jose Eduardo Bueno de

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Parceria Santa Dorotéia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014.

Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás. Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores. Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Disciplina: Gerenciamento de Rede de Computadores : Goiânia, 16 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Professor: Marissol Martins Alunos: Edy Laus,

Leia mais

BIBLIOTECA CIÊNCIAS JURÍDICAS - NOVAS AQUISIÇÕES

BIBLIOTECA CIÊNCIAS JURÍDICAS - NOVAS AQUISIÇÕES BIBLIOTECA CIÊNCIAS JURÍDICAS - NOVAS AQUISIÇÕES 2014 Tributário SABBAG, Eduardo. Manual de direito tributário. 5.ed. São Paulo: Saraiva, 2013. CASSONE, Vittorio. Direito Tributário. 23.ed.São Paulo: atlas,2012.

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Araranguá MÊS /ANO 2 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO...3 2- OBJETIVOS...4 3- JUSTIFICATIVA...5 4- REVISÃO TEÓRICA...6 5- METODOLOGIA...7 6- CRONOGRAMA...8 7- BIBLIOGRAFIA...9

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.259.703 - MS (2011/0133977-8) RELATORA AGRAVANTE AGRAVADO : MINISTRA MARIA ISABEL GALLOTTI : H A S B E OUTROS : LAÉRCIO ARRUDA GUILHEM E OUTRO(S) : S V S : JOSÉ PIRES DE ANDRADE

Leia mais

Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo

Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo Tabulação da Pesquisa Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo 88 participantes 1 Pesquisa: Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo I Perfil da Empresa 2

Leia mais

A Grande Importância da Mineração de Dados nas Organizações

A Grande Importância da Mineração de Dados nas Organizações A Grande Importância da Mineração de Dados nas Organizações Amarildo Aparecido Ferreira Junior¹, Késsia Rita da Costa Marchi¹, Jaime Willian Dias¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

MR. BITS - CRONOMETRAGEM ESPORTIVA (GPSPRECISAO.COM.BR) COPA METROPOLITANA SAPIRANGA - 2015 - SAPIRANGA DIRETOR DE PROVA: LAZARETTI

MR. BITS - CRONOMETRAGEM ESPORTIVA (GPSPRECISAO.COM.BR) COPA METROPOLITANA SAPIRANGA - 2015 - SAPIRANGA DIRETOR DE PROVA: LAZARETTI CATEGORIA : OVER 001 012 FLAVIO ANDRE DEMOLINER ERECHIM 0 1.002 9 002 017 OTAVIO VIER MORRO REUTER 0 1.934 5 003 015 JULIANO CASTOLDI CAXIAS DO SUL 0 2.526 8 004 014 LUCIANO DANIEL NUNES CAXIAS DO SUL

Leia mais

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 1 1. Objetivos: Ensinar que Eliézer orou pela direção de Deus a favor de Isaque. Ensinar a importância de pedir diariamente a ajuda de Deus. 2. Lição Bíblica: Gênesis 2

Leia mais

Direitos de Parentalidade

Direitos de Parentalidade Direitos de Parentalidade Conciliação do Trabalho com a Família e a vida pessoal Para pais, filhos e avós SITRA 1 Este guia sumário de Direitos é apenas informativo e destina-se fundamentalmente a resolver

Leia mais

Conhecendo o NetBSD. Alan Silva NetBSD-BR

Conhecendo o NetBSD. Alan Silva <jumpi@netbsd.com.br> NetBSD-BR Conhecendo o NetBSD Alan Silva NetBSD-BR O que é NetBSD? O NetBSD é um sistema operacional UNIX-like baseado no padrao BSD 4.4 e com isso incorpora caracteristicas do mesmo O NetBSD

Leia mais

PAUTA DE JULGAMENTO - 23/06/2014 às 09:00 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DA EGRÉGIA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL

PAUTA DE JULGAMENTO - 23/06/2014 às 09:00 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DA EGRÉGIA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL 1 PAUTA DE JULGAMENTO - 23/06/2014 às 09:00 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DA EGRÉGIA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL PRESIDENTE: Exmo (ª). Sr (ª). Des (a). Wellington José de Araújo SECRETÁRIA: Dra. Pollyana de Souza Bastos

Leia mais

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa

SERVIDORES DO CCA. Alberto Luis da Silva Pinto Cargo: Assistente em Administração e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa SERVIDORES DO CCA Alberto Luis da Silva Pinto e-mail: alspinto@ufpi.edu.br Setor: Secretaria Administrativa Amilton Gonçalves da Silva Cargo: Auxiliar Operacional Aminthas Floriano Filho Cargo: Técnico

Leia mais

Instrução de Trabalho Base de Conhecimento

Instrução de Trabalho Base de Conhecimento Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Dono do processo 1. OBJETIVOS Esta instrução de trabalho tem como objetivo orientar os colaboradores da SINFO, de como a será mantida e acessada.

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA

IMPOSTO DE RENDA IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA IMPOSTO DE RENDA IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA IMPOSTO l ELEMENTOS DO IMPOSTO: INCIDÊNCIA FATO GERADOR PERÍODO DE APURAÇÃO BASE DE CÁLCULO ALÍQUOTA INCIDÊNCIA l IRPF - É o imposto que incide sobre o produto

Leia mais

DELEGADOS ELEITOS PARA O XV SEMINÁRIO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DELEGADOS DE

DELEGADOS ELEITOS PARA O XV SEMINÁRIO ESTADUAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA DELEGADOS DE DELEGADOS ELEITOS PARA O XV SEMINÁRIO ESTADUAL DA PESSOA DELEGADOS DE Núcleo Regional I Capital Delegado: Juelina Nunes RG: 19.345.815-9 Entidade: Associação Brasileira de Síndrome de Willians Cidade:

Leia mais

O PROJETO 100. COMO TRIPLICAR SEUS CLIENTES EM 2 MESES. FERRAMENTAS C O A C H I N G E X E C U T I V O

O PROJETO 100. COMO TRIPLICAR SEUS CLIENTES EM 2 MESES. FERRAMENTAS C O A C H I N G E X E C U T I V O O PROJETO 100. COMO TRIPLICAR SEUS CLIENTES EM 2 MESES. FERRAMENTAS C O A C H I N G E X E C U T I V O O PROJETO 100. Como triplicar seus clientes em 2 meses. 01. Objetivo: criar mecanismos para o coach

Leia mais

Ata de Reunião. Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil.

Ata de Reunião. Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil. Ata de Reunião 1. IDENTIFICAÇÃO DA REUNIÃO Data da Reunião: 02/07/2013 Horário: 10h00min às 18h00min Local: Apex Brasil. Líder da Reunião: Regina Silvério Telefones: (61) 3426-0785 Ordem do dia: Reunião

Leia mais

Apresentação Gráfica e Formatação de Texto.

Apresentação Gráfica e Formatação de Texto. Apresentação Gráfica e Formatação de Texto. Prof. Dr. Gessé Marques Jr. Fac. Filosofia História e Letras UNIMEP Com o objetivo de estabelecer um padrão gráfico a ser utilizado por todos os trabalhos, exporemos

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com o advento das novas tecnologias, como telefones celulares equipados com câmeras fotográficas e/ou filmadoras, além das câmeras de segurança

Leia mais

2009 Profits Consulting. Todos os direitos reservados. Módulo: Gestão de Horas

2009 Profits Consulting. Todos os direitos reservados. Módulo: Gestão de Horas Módulo: Gestão de Horas Sua empresa sob controle em tempo integral SAPROD (Sistema de Apoio PROcessual e Decisório), consiste em um sistema de gestão empresarial 100% web, desenvolvido pela Profits Consulting,

Leia mais