ANO 4 N.17 SALVADOR/BA SET, 2006 ISSN: A INTERNET E SUA INTERATIVIDADE COMO IMPORTANTE MEDIUM DE VENDAS COM FOCO NO PÃO DE AÇUCAR DELIVERY

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANO 4 N.17 SALVADOR/BA SET, 2006 ISSN: 1809-1687 A INTERNET E SUA INTERATIVIDADE COMO IMPORTANTE MEDIUM DE VENDAS COM FOCO NO PÃO DE AÇUCAR DELIVERY"

Transcrição

1 A INTERNET E SUA INTERATIVIDADE COMO IMPORTANTE MEDIUM DE VENDAS COM FOCO NO PÃO DE AÇUCAR DELIVERY Fátima Aragão Doutora em Relações Públicas, Publicidade e Propaganda Resumo Como aplicar a interatividade da Internet no Marketing de Vendas num país como o Brasil, onde cada vez mais há um público maior para este novo médium. O foco do artigo ficou sobre a experiência bem sucedida e pioneira do Pão de Açúcar Delivery. Palavras-chaves: Internet, Interatividade, Vendas, Marketing. A tecno-sociedade do século XXI pode ser melhor compreendida se observarmos seus pressupostos lógicos, os desdobramentos de seu continente estrutural e a posição ou reorganização dos seres humanos nesse quadro. (Ciro Marcondes Filho texto introdutório do Super Ciber) 1-Introdução Da metade do século XX até os dias atuais, o medium que modificou a sociedade foi a Televisão solidificando o consumo na sua forma mercantil moderna, que por sua vez nasceu da Revolução Industrial. Hoje pode-se dizer que o médium que está cada vez mais globalizando o mercado,é sem dúvida, a Internet nascida com a Revolução Tecnológica (nos últimos anos do século XX) e que, através da interatividade, está processualmente modificando as relações de consumo, repercutindo nas relações sociais do mundo contemporâneo. Aqui será abordado este tipo de negócios que pode e está significando uma inclusão mais direta de bolsões de compradores na economia e, como conseqüência, maior lucro através do uso destas novas tecnologias de comunicação. A interatividade, diferencial da Rede, possibilita a relação produtor/consumidor sem intermediações, com baixos custos de venda, modificando o esquema da comunicação: os conteúdos se tornam modificáveis: emissor, mensagem e receptor se entrelaçam em seus papéis. 1

2 Neste cenário, a cada vez maior utilização de consumidores por parte da classe C na Internet deve-se a oferta de computadores populares com bons preços e financiamentos, além da oferta de banda larga para os acessos e à melhoria das telecomunicações em todo o Brasil, incluindo aí a área rural. Cria-se assim a perspectiva de melhores vendas pela Internet. Segundo pesquisas, devemos chegar ao final de 2006 com 4,1 milhões de usuários de banda larga, o que dá em torno de 12,9% do total de internautas brasileiros, que já chegam a 31,8milhões. Hoje 85% das compras on-line são feitas por esta categoria de usuários. O aumento do número de e-consumidores, deve-se também à maior segurança oferecida pelos sites nas transações comerciais e o amadurecimento de uma geração que cresceu utilizando computadores e portanto mais propensa a fazer compras pela web 1. Este texto tem caráter descritivo e como finalidade atualizar dados contidos em um artigo publicado em 2000 tendo como referencial bibliográfico autores voltados para o estudo de Novas Tecnologias de Comunicação como Ciro Marcondes Filho (1997), o entendimento da Globalização Econômica como Octávio Ianni (1995), e autores voltados para o Marketing On Line com T. G Vavra (1995) e Art Weinstein (1995) e de pesquisas em sites especializados no E-commerce, aproveitando o aniversário da empresa comemorado de 08 a 10/ O pioneirismo do Pão de Açúcar Delivery Embora no Brasil o desenvolvimento dos PCs e o conseqüente uso da Internet seja mais recente, este ano (2006) marca os 25 anos da apresentação ao mundo do primeiro computador pessoal de arquitetura aberta, o IBM PC permitindo o uso de peças de marcas diferentes, compatíveis entre si. E foi para encontrar novas formas de competir utilizando recursos tecnológicos que os diferenciassem da concorrência que a Companhia Brasileira de Distribuição, ou como é mais conhecido: Grupo Pão de Açúcar, adotou novas tecnologias de comunicação possibilitadas a partir daquele primeiro computador pessoal. A opção da empresa por este tipo de comércio virtual, foi motivada pela tendência mundial que se vislumbrava na metade dos anos 90: utilizar a Rede para vendas e nisto a empresa se tornou pioneira (no segmento varejo) no Brasil, além de pretender criar um hábito de consumo com mais qualidade para o usuário, com alternativas de compra onde os 1 Pesquisa obtida no site IDG NOW e publicada em 01/08/2006 2

3 elementos modernidade, tecnologia e avanço surpreendessem concorrentes e colocasse o grupo no primeiro lugar em vendas. A empresa citada, atua no segmento de varejo desde 1959, possuía 217 lojas em finais dos anos 90 com 22 mil empregados, agora em tem cerca de 500 lojas em 13 Estados brasileiros com 70 mil empregados. e, ao adotar um canal de vendas on-line, pretendeu atingir um público diferenciado do que já atendia em sua rede de super e hipermercados no varejo de auto serviço. Na sociedade moderna em que vivemos, ocorreram nos últimos dez anos, mudanças demográficas e sociais que impactaram o comércio varejista: famílias menores, pessoas morando sós, a cada vez maior participação das mulheres no mercado de trabalho, aumento da violência urbana, distancias maiores além do pouco tempo disponível para tarefas domésticas, tudo isto ocasionou uma mudança significativa no comportamento do consumidor. Neste tipo de serviço oferecido pelo Pão de Açúcar Delivery o objetivo é o de atender o cliente com um perfil de médio e alto poder aquisitivo ligado à Rede, entre 25 e 45 anos, com pouca disponibilidade de ir à supermercados, executivos que viajem muito, profissionais liberais, e todos aqueles que atualmente em função também da violência urbana prefiram receber suas compras em casa. Quando iniciou, o site do Pão de Açúcar Delivery estava hospedado no portal do Universo On Line/UOL, hoje o grupo possui seu próprio portal onde hospeda não só o Delivery, como também o site do Extra, do Barateiro e todos os negócios que dizem respeito ao grupo como um todo. Segundo setores especializados em estatísticas de B2B 3 o portal está entre os 40 maiores do Brasil, isto significa o sucesso da idéia pioneira de vender produtos alimentícios através da Internet. Seu começo, em apenas um bairro de São Paulo capital, Pinheiros, passando rapidamente a outras áreas da cidade e em seguida para outras capitais brasileiras, prova exatamente este êxito. Na verdade, estes resultados obtidos pela Cia. Brasileira de Alimentos, mostra que o e-commerce veio para ficar, e, apesar de neste artigo abordarmos um estudo de caso em especial, num portal vertical (especializado em um segmento). O sucesso já é uma realidade. Prova disto, é que o Brasil atingiu 5,75 milhões de e-consumidores no primeiro semestre de Este sucesso deve-se a melhoria das TIs 2 informação do site de 16/08/ pesquisa obtida no site do IDGNOW de agosto de site do IDGnow de 10/08/2006 3

4 (tecnologias da informação) mais precisamente o uso da Banda Larga que embora um pouco mais cara que o IP discado, acaba valendo a pena pela liberalização do tempo de navegação e qualidade da conexão, ou seja, fazer compras sem pressa e a hora que se quer é muito mais atraente, além do que, mais da metade dos internautas brasileiros que acessam a Web diariamente, fazem parte de um grupo seleto. Segundo pesquisa divulgada no site UOL de maio de 2006,este internauta tem o seguinte perfil: renda superior a R$4.500, 51% têm Tv paga, 63,9% lêem jornal, 21,5% compraram carro nos últimos meses e 25,9% compraram um computador também no mesmo período. Ainda segundo a pesquisa o brasileiro é o líder mundial de tempo de navegação. Daí o sucesso do grupo Pão de Açúcar Delivery. No Rio de Janeiro, a empresa chegou em finais de 1998 enfrentando o Supermercado Zona Sul já instalado na época, mesmo que de uma maneira diferenciada em sua estratégia. Uma das características do comércio virtual é a otimização das formas de pedidos e pagamentos, o que dá praticidade, velocidade e comodidade ao cliente. Através da Internet o ajuste de preços pode ser feito com mais freqüência e rapidez do que atualmente se realiza por outros meios, podendo ser adaptado, não somente em função do mercado nacional, mas, também do usuário concreto. A Internet conduzirá a uma menor estandartização dos preços através das fronteiras o, quando menos, reduzirá as diferenças de preços nos diferentes mercados nacionais, utilizando para isso programas de software que podem buscar via Internet entre os concorrentes produtos que tenham os mesmos critérios pré determinados colocando a descoberto a diferença de preços. 5 3-Concorrência Nesta análise, veremos apenas as vendas on line de alimentos que já são realidade para outras grandes Redes Varejistas do Brasil, que depois da consolidação dos e- consumidores ficou patente a facilidade de vendas de produtos de marca e que o cliente não precisa tocar para saber da qualidade, tais como Cds, dvds, aparelhos eletrônicos, celulares e muitos outros. Esta forma de venda funciona como como uma ferramenta de redução de custos e agilizadora do processo de troca de informações 6. Tanto é assim, que no site do Pão de Açúcar Delivery o cliente encontra o anúncio de vários serviços prestados como o Pão de Açúcar Club e o Instituto Pão de Açúcar cujo 5 Roca, José Miguel. Revista Coleccion Informes Estratégicos, Editorial AHCIET, 1998,Chillida, Espana. 4

5 objetivo é o de promover o desenvolvimento humano por meio de ações educativas que seguem o conceito de desenvolvimento proposto pela Organização das Nações Unidas, o quê, segundo a empresa ultrapassa o desenvolvimento econômico. Nos últimos anos com os avanços tecnológicos e a economia globalizada houve também uma maior segmentação de mercado, o consumidor está muito mais exigente só aceita uma forma de atendimento on line: objetivo, personalizado seguro e rápido. Esta segmentação é sem dúvida resultado do que dizem os livros de marketing: que a concorrência é sem dúvida o fator desencadeador da inovação, da busca do inusitado, do diferente, por isso mesmo criando um produto mais aceito. Esta venda segmentada (alimentos) e ao mesmo tempo global (em todo o Brasil) está permeada de injunções. As empresas disputam um mercado de clientes diferenciados expressando a integração e fragmentação, trabalhando com conflitos e acomodações. As empresas neste marketing de relacionamento tem se preocupado em reter consumidores mudando de um marketing de transação para um marketing de retenção 7 o mercado passa a ser mais complexo a conquista de novos consumidores tem sido, sem dúvida, o desejo das empresas para aumentar lucros e faturamentos. A principal confiança do esforço, de marketing de organização é dedicado à gerar novos clientes. Esta perspectiva pode ser chamada marketing de conquista. 8 O certo é que cada vez mais o mercado deve ser estudado, para atender dentro da massa de consumidores, uma agregação de clientela com características semelhantes e realidades cada vez mais distanciadas, por mais paradoxal que isto possa parecer se considerarmos que num país como o Brasil, existem vários extratos sociais que consomem bastante informação publicitária vista através de TV e cada vez mais dos www. O Pão de Açúcar Delivery se utilizou principalmente das segmentações socioeconômica onde são avaliados níveis de renda e classe social dos consumidores. A segmentação geográfica e por estilo de vida também foram adotadas. O varejo virtual pode ser definido como qualquer simulação de loja que vende seus produtos/serviços através de catálogos, folhetos, programas de rádio/televisão, por fax, Internet ou rede privada de dados. A idéia do varejo virtual é agregar valor para o cliente que valoriza conveniência. O cliente não 6 Gonçalves,C.A.Gonçalves Filho. Revista de Administração de Empresas, FGV,S.Paulo,v.35,p.22 7 Marketing de Retenção é o desenvolvimento de ações mercadológicas que possam gerar um cliente fiel, aquele que: realiza compras regulares e repetidas, recomenda os produtos 8 Vavra,T.G. Marketing de Relacionamento. S.Paulo; Atlas, 1992.p.51 5

6 precisa sair de casa para fazer compras. Para que uma empresa consiga agregar valor para o cliente é preciso que ela descubra o que este deseja e ainda não lhe é oferecido. No caso do varejo, a organização precisa considerar o comportamento do consumidor em termos do que ele deseja (necessidades) em termos do ele espera (expectativas) A Companhia Brasileira de Distribuição criou o Delivery em setembro de 1995, ou seja,nos primeiros momentos da abertura da Internet ao público Brasileiro, este pioneirismo foi coroado de sucesso e serviu de modelo para os mais variados tipos de vendas, desde carros, passagens aéreas aos mais inusitados produtos. 4-Conclusão Um site bem construído, amigável e principalmente divulgado em outras medias, porque nada mais escondido do que um site desconhecido, transforma qualquer pequena empresa em uma multinacional, visto que pode ser acessado mundialmente, e hoje quando a tendência da economia é a de que pequenos grupos se unam em associações baixando custos, facilitando importações e exportações, vide exemplo do Mercado Livre, porque não utilizar a experiência de várias outras empresas e dar a seus clientes a sensação de serem únicos num atendimento personalizado? Isto em grande escala só com a Internet. 5-BIBLIOGRAFIA Griffin, Jill. Como conquistar e manter o cliente fiel. São Paulo; Futura, 1998.p.45 Gonçalves,C. A: Gonçalves Filho. Tecnologia da Informação e Marketing, Revista de Administração de Empresas da FGV/SP, Vol. 35 Marcondes Filho, Ciro. Super Ciber. A civilizaçao místico-tecnológica do Século XXI. Editora Ática Roca, José Miguel. Telecomunicaciones, Revista Coleccion Informes Estratégicos, n.1, Ahciet, Espanha Silva, Andréa Lago. Tecnologia da Informação e Estratégia empresarial. (organizador: Jacques Marcovitch) São Paulo: Futura, Vavra, T. G. Marketing de Relacionamento. São Paulo; Atlas, Sites: IDG NOW/ agosto de Instituto do Pão de Açúcar / agosto de

A Internet na venda de alimentos e suas aplicações na área rural: o Caso Pão de Açucar Delivery

A Internet na venda de alimentos e suas aplicações na área rural: o Caso Pão de Açucar Delivery A Internet na venda de alimentos e suas aplicações na área rural: o Caso Pão de Açucar Delivery Fátima Aragão Doutoranda em Propaganda e Publicidade da ECA/USP- Bolsista da FAPESP Resumo: A Internet já

Leia mais

*Fátima Jacob de Aragão 1

*Fátima Jacob de Aragão 1 Um caso bem sucedido de e-commerce no Brasil: 0 Pão de Açúcar Delivery *Fátima Jacob de Aragão 1 Dificilmente você conseguirá obter maior atenção do consumidor do que no momento em que ele se encontra

Leia mais

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce).

Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). Poucas inovações na história da humanidade reúnem tantos benefícios potenciais quanto o Comércio Eletrônico (também conhecido como e-commerce). A natureza global da tecnologia, a oportunidade de atingir

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico

Apostila. Comércio Eletrônico. e-commerce. Professor: Edson Almeida Junior. Comércio Eletrônico Apostila Comércio Eletrônico e-commerce Professor: Edson Almeida Junior Material compilado por Edson Almeida Junior Disponível em http://www.edsonalmeidajunior.com.br MSN: eajr@hotmail.com E-Mail: eajr@hotmail.com

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

MARKETING NA INTERNET

MARKETING NA INTERNET MARKETING NA INTERNET HUGO HOCH CONSULTOR DE MARKETING ER. BAURU SEBRAE-SP hugoh@sebraesp.com.br Marketing na Internet O que é? o Marketing na Internet, também referido como: i-marketing, web marketing,

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP ERA DIGITAL Varejo virtual Ovolume de operações registrado recentemente no âmbito do comércio eletrônico atesta que a Internet ainda não chegou às suas últimas fronteiras. Vencidas as barreiras tecnológicas

Leia mais

Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com

Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com Daciane de Oliveira Silva www.daciane.wordpress.com Marketing direto e mediação eletrônica Como a internet criou novos meios de intermediação entre as pessoas e as organizações? O que é marketing direto?

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO E-COMMERCE NAS PEQUENAS EMPRESAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

Boas-vindas ao Comércio Eletrônico. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014

Boas-vindas ao Comércio Eletrônico. André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014 Boas-vindas ao Comércio Eletrônico André Lucena Diretor de Negócios e Operaçoes Jan.2014 SOBRE A TRAY Sobre a Tray + 10 anos de atuação em e-commerce + 4.500 lojas virtuais + 3MM pedidos processados em

Leia mais

Comércio na internet: muito mais que e-commerce

Comércio na internet: muito mais que e-commerce Comércio na internet: muito mais que e-commerce Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Comércio Eletrônico Um breve histórico Comércio compra, venda, troca de produtos e serviços; Incrementado pelos Fenícios, Árabes, Assírios e Babilônios uso

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu Desembaraço Informações da indústria como você nunca viu Introdução É uma ferramenta dominada pela geração Y, mas que foi criada pela geração X. Ela aproxima quem está longe e tem distanciado quem está

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

A evolução das vendas

A evolução das vendas http://www.administradores.com.br/artigos/ A evolução das vendas DIEGO FELIPE BORGES DE AMORIM Servidor Público (FGTAS), Bacharel em Administração (FAE), Especialista em Gestão de Negócios (ULBRA) e pós

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Site Empresarial Uma oportunidade de negócios na Internet. jairolm@sebraesp.com.br

Site Empresarial Uma oportunidade de negócios na Internet. jairolm@sebraesp.com.br Site Empresarial Uma oportunidade de negócios na Internet jairolm@sebraesp.com.br O SEBRAE e o que ele pode fazer pelo seu negócio Consultorias SEBRAE Mais Programas setoriais Palestras Trilha de aprendizagem

Leia mais

SISTEMAS PARA INTERNET

SISTEMAS PARA INTERNET Unidade II SISTEMAS PARA INTERNET E SOFTWARE LIVRE Prof. Emanuel Matos Sumário Unidade II Comércio Eletrônico Tecnologia de Comércio Eletrônico Categorias do Comércio Eletrônico M-commerce Comércio eletrônico

Leia mais

FACULDADE UNIÃO COMÉRCIO ELETRÔNICO PROFESSOR LUCIANO ROCHA

FACULDADE UNIÃO COMÉRCIO ELETRÔNICO PROFESSOR LUCIANO ROCHA 1 Conteúdo Evolução da Comunicação Entre Computadores... 2 Evolução do Processamento e Transferência Eletrônica de Informações... 2 INTERNET E COMÉRCIO ELETRÔNICO ASPECTOS... 3 PESQUISAS SOBRE O MERCADO

Leia mais

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242.

Os serviços de Campanha Digital são oferecidos pelo Portal BRASIL POSTOS COMERCIO DE MAQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA ME. CNPJ : 08.242. 1 2 Apresentação O Portal Brasil Postos é uma plataforma digital desenvolvida para a geração de negócios, relacionamento e informação para o segmento de postos de combustíveis, lubrificação e Lojas de

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord Pesquisa e Propagação do conhecimento: Através da Web, é possível

Leia mais

ANÁLISE DOS FATORES QUE LEVAM CIDADÃOS MARINGAENSES A UTILIZAR O SERVIÇO DE COMPRAS ONLINE DOS SUPERMERCADOS

ANÁLISE DOS FATORES QUE LEVAM CIDADÃOS MARINGAENSES A UTILIZAR O SERVIÇO DE COMPRAS ONLINE DOS SUPERMERCADOS ANÁLISE DOS FATORES QUE LEVAM CIDADÃOS MARINGAENSES A UTILIZAR O SERVIÇO DE COMPRAS ONLINE DOS SUPERMERCADOS Filipe de Carvalho Oliveira 1, Ivania Skura¹, José Renato de Paula Lamberti 2 RESUMO: O segmento

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização. EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez

Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização. EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez Livro: E-Commerce na Corda Bamba organização EGC 9003-11 - Comércio Eletrônico Denise T. Mesquita Nelcimar Ribeiro Modro Prof Luis Alberto Gómez INTRODUÇÃO Livro anterior: Como vender seu peixe na internet,

Leia mais

Influência da internet nas decisões de compra femininas

Influência da internet nas decisões de compra femininas Influência da internet nas decisões de compra femininas Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e

Leia mais

INTERNAUTA, O HOMEM E O MITO

INTERNAUTA, O HOMEM E O MITO INTERNAUTA, O HOMEM E O MITO No ano 2000, surgiu no mundo uma nova geração de seres. Esses estranhos personagens postulavam que a realidade virtual era mais importante do que a vida real. Comunicavam-se

Leia mais

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja.

com seu consumidores e seu fornecedores. Trazemos para aqui 40 dicas que vão ajudar no amadurecimento, crescimento e no sucesso da sua loja. Com a consolidação do comércio eletrônico no Brasil e mundo, fica cada vez mais claro e a necessidade de estar participando, e mais a oportunidade de poder aumentar suas vendas. Mas é claro que para entrar

Leia mais

O QUE PRECISAMOS SABER PARA IMPLANTAR UM COMÉRCIO ELETRÔNICO BEM SUCEDIDO

O QUE PRECISAMOS SABER PARA IMPLANTAR UM COMÉRCIO ELETRÔNICO BEM SUCEDIDO O QUE PRECISAMOS SABER PARA IMPLANTAR UM COMÉRCIO ELETRÔNICO BEM SUCEDIDO CONCEITUAÇÃO Comércio Eletrônico (E-Commerce provém de Electronic Commerce ) - termo usado para identificar um sistema comercial

Leia mais

Como aumentar as vendas do seu e-commerce. Marcos Bueno Fundador e CEO Akatus Meios de Pagamento

Como aumentar as vendas do seu e-commerce. Marcos Bueno Fundador e CEO Akatus Meios de Pagamento Como aumentar as vendas do seu e-commerce Marcos Bueno Fundador e CEO Akatus Meios de Pagamento 2013 O e-commerce se prepara para um crescimento histórico 2000 Banda larga chega ao Brasil. É lançado no

Leia mais

Atividade Capitulo 6 - GABARITO

Atividade Capitulo 6 - GABARITO Atividade Capitulo 6 - GABARITO 1. A Internet é uma força motriz subjacente aos progressos em telecomunicações, redes e outras tecnologias da informação. Você concorda ou discorda? Por quê? Por todos os

Leia mais

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet.

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet. Algumas pesquisa realizada recentemente, revelaram resultados surpreendentes sobre o uso da Internet nas empresas no Brasil. Neste artigo interpreta alguns dados e lhe revela as soluções que podem ajudar

Leia mais

Web. Professor André Martins

Web. Professor André Martins Web Professor André Martins Internet é agora A internet é a promessa de sermos todos um. Aldeia Global*, não com a Tv, mas com a internet. Teoria do caos (Edward Lorenz)- o bater de asas de uma simples

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Panorama do e-commerce tendências e expectativas.

Panorama do e-commerce tendências e expectativas. Panorama do e-commerce tendências e expectativas. As marcas BuscaPé atuam em toda a cadeia de valores do e-commerce na América Latina Ciclo de Compras PERCEPÇÃO INTERESSE DECISÃO AÇÃO PÓS-VENDA REVENDA

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico DESTAQUES 2007 O Estudo sobre Comércio Eletrônico da TIC Domicílios 2007 apontou que: Quase a metade das pessoas que já utilizaram a internet declarou ter realizado

Leia mais

Dicas para um e-commerce bem sucedido

Dicas para um e-commerce bem sucedido Dicas para um e-commerce bem sucedido Comércio Eletrônico ou e-commerce O que é? Como funciona? A LocaWeb responde! Pensando nas dúvidas mais freqüentes de clientes E Parceiros sobre comércio eletrônico,

Leia mais

Indicadores. COMITÊ DE MARKETING Outubro/2007

Indicadores. COMITÊ DE MARKETING Outubro/2007 Indicadores COMITÊ DE MARKETING Outubro/2007 Introdução Comprovando as projeções otimistas da entidade o número de usuários residenciais de internet passou de 20 milhões. Diversos fatores contribuíram

Leia mais

Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE. Ago 2006

Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE. Ago 2006 Mobilidade para o negócio Utilização Eficaz de MOBILIDADE Ago 2006 conteúdo vínculo mensagens tendências Buscar ferramentas de mobilidade que transformem nosso negócio, possibilitando aumento de produtividade

Leia mais

Eficiência Operacional. Maximizar os relacionamentos. Foco estratégico. Novo foco estratégico

Eficiência Operacional. Maximizar os relacionamentos. Foco estratégico. Novo foco estratégico Estratégias de Relacionamento com clientes Marcelo Amorim Panorama Atual Agenda Tendências, Desafios e Globalização Sindrome da caixa de água Relacionamento com Clientes Gerenciamento de Riscos Novas tendências

Leia mais

Como Atrair Clientes

Como Atrair Clientes COMO ATRAIR CLIENTES QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos sãos? Onde estão? Como fazer para falar com eles? DEFINIÇÃO SEGMENTO DE MERCADO Significa um grupo de consumidores com necessidades

Leia mais

Marcelo Ivanir Peruzzo

Marcelo Ivanir Peruzzo 5 Web Marketing Marcelo Ivanir Peruzzo É comum as pessoas utilizarem o termo marketing nas mais variadas situações, como na política: Ele está fazendo uma jogada de marketing para conquistar o cargo de

Leia mais

Sociedade e Tecnologia

Sociedade e Tecnologia Unidade de Aprendizagem 15 Empresas em Rede Ao final desta aula você será capaz de inovações influenciam na competitividade das organizações, assim como compreender o papel da Inteligência Competitiva

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO: MERCADOS DIGITAIS, MERCADORIAS DIGITAIS. Capítulo 9 L&L Paulo C. Masiero 2º. Semestre 2011

COMÉRCIO ELETRÔNICO: MERCADOS DIGITAIS, MERCADORIAS DIGITAIS. Capítulo 9 L&L Paulo C. Masiero 2º. Semestre 2011 COMÉRCIO ELETRÔNICO: MERCADOS DIGITAIS, MERCADORIAS DIGITAIS Capítulo 9 L&L Paulo C. Masiero 2º. Semestre 2011 UM BANHO DE LOJA NOS SITES DA GAP Problema: Concorrência pesada, site difícil de usar (excesso

Leia mais

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes?

Comércio eletrônico 05/05/15. Objetivos de estudo. Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as aplicações mais importantes? Escola Superior de Gestão e Tecnologia Comércio eletrônico Mercados digitais, mercadorias digitais Prof. Marcelo Mar3ns da Silva Objetivos de estudo Qual o papel do e- commerce nos negócios e quais as

Leia mais

O Impacto Sócio-Econômico da Banda Larga

O Impacto Sócio-Econômico da Banda Larga Instituto de Inovação com TIC O Impacto Sócio-Econômico da Banda Larga [ Flávia Fernandes Julho/2010] Banda Larga Internet A Internet supera a produtividade combinada do telefone, transporte e eletricidade

Leia mais

Você já comprou roupa pela internet? 1,5% INTERNET VAREJO PELA UMA ANÁLISE SOBRE AS VENDAS DE O VAREJO ON-LINE NO BRASIL

Você já comprou roupa pela internet? 1,5% INTERNET VAREJO PELA UMA ANÁLISE SOBRE AS VENDAS DE O VAREJO ON-LINE NO BRASIL UMA ANÁLISE SOBRE AS VENDAS DE VAREJO PELA INTERNET O VAREJO ON-LINE NO BRASIL Você já comprou roupa pela internet? Estatisticamente, é bastante improvável, pois apesar de as roupas liderarem as compras

Leia mais

Perspectivas do E-Commerce Brasileiro

Perspectivas do E-Commerce Brasileiro Perspectivas do E-Commerce Brasileiro Perspectivas do E-Commerce Brasileiro 78 Milhões de usuários de internet no Brasil Tíquete médio de compras pela web em 2011 foi de R$ 350,00 São mais de 3.000 de

Leia mais

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Manuel Matos

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Manuel Matos Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico Manuel Matos Camara-e.net Pressupostos Visão A Economia Digital será a base do desenvolvimento sustentável e a principal fonte de geração de riqueza das nações

Leia mais

Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Comércio Eletrônico FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Definição Toda atividade de compra e venda realizada com recursos eletrônicos; Uso de mecanismos eletrônicos para a

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Internet promoveu: Transformação Novos padrões de funcionamento Novas formas de comercialização. O maior exemplo desta transformação é o E- Business

Leia mais

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000).

O sucesso do comércio eletrônico depende tanto da infra-estrutura de negócio, quanto da infra-estrutura de tecnologia (Pickering, 2000). Comércio Eletrônico É a compra e a venda de informações, produtos e serviços por meio de redes de computadores. (Kalakota, 1997) É a realização de toda a cadeia de valor dos processos de negócios em um

Leia mais

INDICADORES DE MERCADO

INDICADORES DE MERCADO INDICADORES DE MERCADO SUMÁRIO EXECUTIVO Nessa edição dos Indicadores de Mercado, desenvolvido pelo Comitê de Marketing do IAB Brasil, são apresentados os dados consolidados do primeiro semestre de 2007,

Leia mais

Tema Abordado: Apresentador: Tendências no Varejo Alimentício Mauro Minniti Design Novarejo Tel.: 55 11 5041-0331 e-mail: novarejo@novarejo.com.

Tema Abordado: Apresentador: Tendências no Varejo Alimentício Mauro Minniti Design Novarejo Tel.: 55 11 5041-0331 e-mail: novarejo@novarejo.com. Tema Abordado: Apresentador: Tendências no Varejo Alimentício Mauro Minniti Design Novarejo Tel.: 55 11 5041-0331 e-mail: novarejo@novarejo.com.br Design Novarejo... Olhares do mundo sobre a América Latina:

Leia mais

esafios logísticos no e-commerce

esafios logísticos no e-commerce Desafios esafios logísticos no e-commerce cada pedido no comércio eletrônico é uma promessa D e acordo com o WebShoppers, relatório semestral realizado pela e-bit, o e-commerce no Brasil deverá crescer

Leia mais

Personalização na Internet Como Descobrir os Hábitos de Consumo de seus Usuários, Fidelizá-los e Aumentar o Lucro de seu Negócio

Personalização na Internet Como Descobrir os Hábitos de Consumo de seus Usuários, Fidelizá-los e Aumentar o Lucro de seu Negócio Personalização na Internet Como Descobrir os Hábitos de Consumo de seus Usuários, Fidelizá-los e Aumentar o Lucro de seu Negócio Roberto Torres Novatec Editora 23 Capítulo 1 O que é Personalização? Este

Leia mais

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com

Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5. Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Comércio Eletrônico e-commerce Aula 5 Prof. Msc. Ubirajara Junior biraifba@gmail.com Introdução Mudança no ambiente empresarial; Ligação com o desenvolvimento de tecnologia da informação. Características

Leia mais

VENDAS DIRETAS COMO UMA FORMA DE EMPREENDER RESUMO

VENDAS DIRETAS COMO UMA FORMA DE EMPREENDER RESUMO 146 VENDAS DIRETAS COMO UMA FORMA DE EMPREENDER Carolina Guimarães de Souza Eliane Vargas de Campos RESUMO O presente artigo tem como objetivo conhecer o processo de Vendas Diretas, suas principais características

Leia mais

*Conceitos básicos *Formas de conexão *Correio Eletrônico *WWW *Principais navegadores para Internet

*Conceitos básicos *Formas de conexão *Correio Eletrônico *WWW *Principais navegadores para Internet Conceitos básicos Formas de conexão Correio Eletrônico WWW Principais navegadores para Internet Para compreender a Internet faz-se necessário o conhecimento de conceitos simples e que muitas vezes causam

Leia mais

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e Usina de Site em número Uma agência, uma equipe, uma unidade. São vários membros, estilos diferentes e inúmeras habilidades que se complementam e dão um novo sentido à publicidade e propaganda, guiados

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre

COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre COMÉRCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) Disciplina: DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO Prof. Afonso Celso M. Madeira 8º semestre E-COMMERCE x E-BUSINESS E-COMMERCE processos pelos quais consumidores, fornecedores e

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

Portal Utilizado com a evolução das intranets, possibilitam a identificação, e

Portal Utilizado com a evolução das intranets, possibilitam a identificação, e Sistemas de Informação Utilizando Recursos Web Web Economia Uma revolução nas regras de negócios E business Se, em primeiro momento, a grande maioria das empresas entrou na rede apenas para marcar presença

Leia mais

BB Crediário Internet. Cartilha para sua Loja Virtual

BB Crediário Internet. Cartilha para sua Loja Virtual BB Crediário Internet Cartilha para sua Loja Virtual Junho 2007 Índice 1. Para sua Loja Virtual 1.1 O que é o BB Crediário Internet na Loja Virtual?...01 1.2 O que se pode comprar com o BB Crediário Internet?...01

Leia mais

O mercado de e-commerce e como torná-lo mais rentável usando o marketing digital. Julia Lopes - gerente de parcerias de canais

O mercado de e-commerce e como torná-lo mais rentável usando o marketing digital. Julia Lopes - gerente de parcerias de canais O mercado de e-commerce e como torná-lo mais rentável usando o marketing digital Julia Lopes - gerente de parcerias de canais Dados de e-commerce no Brasil dimensionando o mercado Faturamento do e-commerce

Leia mais

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA João Antonio Jardim Silveira 1 Amilto Muller ¹ Luciano Fagundes da Silva ¹ Luis Rodrigo Freitas ¹ Marines Costa ¹ RESUMO O presente artigo apresenta os resultados

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE UM COMÉRCIO ELETRÔNICO

CLASSIFICAÇÃO DE UM COMÉRCIO ELETRÔNICO CLASSIFICAÇÃO DE UM COMÉRCIO ELETRÔNICO Classificação dos Tipos de CE Consumidor Empresa Governo Consumidor Empresa Governo CLASSIFICAÇÃO DO CE Business-to-business (empresa-empresa - B2B): Modelo de CE

Leia mais

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos

A empresa digital: comércio e negócios eletrônicos Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 06 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Comércio eletrônico: mercados digitais, mercadorias digitais. slide 1

Comércio eletrônico: mercados digitais, mercadorias digitais. slide 1 Comércio eletrônico: mercados digitais, mercadorias digitais slide 1 Nexon Games: o comércio eletrônico torna-se social Problema: concorrência com outras empresas de jogos on-line e off-line; aumentar

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias

Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias Tópicos de Ambiente Web Internet: negócios eletrônicos, novas tendencias e tecnologias Professora: Sheila Cáceres Uma mensagem enviada em internet é dividida em pacotes de tamanho uniforme. Cada pacote

Leia mais

Nova Pontocom ANEFAC

Nova Pontocom ANEFAC Nova Pontocom ANEFAC Quem somos Uma empresa brasileira, focada em comércio eletrônico, nascida a partir da associação dos dois maiores grupos do varejo nacional. 2 3 Estruturada em cinco unidades de negócios

Leia mais

Saldão na Internet 2010/ 2011

Saldão na Internet 2010/ 2011 Saldão na Internet 2010/ 2011 Manual de Participação V 1.0 Conteúdo Sobre o Saldão na Internet... 3 Saldão Relâmpago... 3 Números médios do Saldão na Internet por edição... 3 Quem é o usuário do Saldão

Leia mais

WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR

WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR WWW WWW.ELLOCONSULTORES.COM.BR CONSULTORIA DE MARKETING MARKETING INDUSTRIAL MARKTING PARA TERCEIRO SETOR ENDOMARKETING Metodologia Ello Primeiro, é realizado um diagnóstico da empresa ou instituição

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE UM COMÉRCIO ELETRÔNICO

CLASSIFICAÇÃO DE UM COMÉRCIO ELETRÔNICO CLASSIFICAÇÃO DE UM COMÉRCIO ELETRÔNICO Classificação dos Tipos de CE Consumidor Empresa Governo Consumidor Empresa Governo CLASSIFICAÇÃO DO CE Business-to-business (empresa-empresa - B2B): Modelo de CE

Leia mais

APOSTILA CURSO MARKETING DIGITAL

APOSTILA CURSO MARKETING DIGITAL APOSTILA CURSO MARKETING DIGITAL Marketing digital Marketing digital são ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para

Leia mais

Seguros em um mundo conectado. As novas gerações e as novas formas de negócio

Seguros em um mundo conectado. As novas gerações e as novas formas de negócio Seguros em um mundo conectado As novas gerações e as novas formas de negócio A IBM realiza investimentos significativos em pesquisa e desenvolvimento para trazer pensamento inovador IBM Industry Models

Leia mais

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário

Agenda. Cenário. Tendências e o impacto da Tecnologia. Demandas do Novo Consumidor. Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo cenário Agenda Cenário Tendências e o impacto da Tecnologia Demandas do Novo Consumidor Desafios no novo

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

AULA 1 SOLUÇÕES EM NEGÓCIO ELETRÔNICOS. Prof. Adm. Paulo Adriano da Silva Carvalho

AULA 1 SOLUÇÕES EM NEGÓCIO ELETRÔNICOS. Prof. Adm. Paulo Adriano da Silva Carvalho AULA 1 SOLUÇÕES EM NEGÓCIO ELETRÔNICOS Prof. Adm. Paulo Adriano da Silva Carvalho Adm. Paulo Adriano da S. Carvalho Formado em Administração; MBA em Gestão Empresarial; Formado em Ciências da Computação;

Leia mais

Apresentação. bitveloz. Veja seus serviços pelos olhos dos clientes

Apresentação. bitveloz. Veja seus serviços pelos olhos dos clientes Apresentação bitveloz Veja seus serviços pelos olhos dos clientes Agenda Apresentação da e-bit bitveloz Contato 2 Histórico da e-bit Fundada em Fevereiro de 2000 Qualificação de lojas virtuais através

Leia mais

A Parceria UNIVIR / UNIGLOBO- Um Case Focado no Capital Intelectual da Maior Rede de TV da América Latina

A Parceria UNIVIR / UNIGLOBO- Um Case Focado no Capital Intelectual da Maior Rede de TV da América Latina A Parceria UNIVIR / UNIGLOBO- Um Case Focado no Capital Intelectual da Maior Rede de TV da América Latina Blois, Marlene Montezi e-mail: mmblois@univir.br Niskier, Celso e-mail: cniskier@unicarioca.edu.br

Leia mais

* Dados referentes ao PIB estimado para o ano de 2014

* Dados referentes ao PIB estimado para o ano de 2014 A Cielo é uma credenciadora de pagamentos eletrônicos. Talvez você a conheça pelas suas máquinas de cartão, presentes no comércio de Norte a Sul do Brasil. Essa é mesmo a função primordial da companhia:

Leia mais

E-COMMERCE E COMÉRCIO FÍSICO 1 *

E-COMMERCE E COMÉRCIO FÍSICO 1 * E-COMMERCE E COMÉRCIO FÍSICO 1 * Antonio Wilson Nogueira Filgueiras UEMG Unidade Carangola Henrique Santos Pinheiro UEMG Unidade Carangola Márcio Ferreira dos Passos UEMG Unidade Carangola Rogério de Oliveira

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

O que é Black Fraude?... Como comunicar seus clientes sobre sua participação na Black Friday... Como Manter seu site seguro para a Black Friday?...

O que é Black Fraude?... Como comunicar seus clientes sobre sua participação na Black Friday... Como Manter seu site seguro para a Black Friday?... Conteúdo do ebook O que é Black Fraude?... Como comunicar seus clientes sobre sua participação na Black Friday... Como Manter seu site seguro para a Black Friday?... Deixando sua loja virtual mais rápida

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

2. Internet: Evolução nos meios de comunicação

2. Internet: Evolução nos meios de comunicação 2. Internet: Evolução nos meios de comunicação A Internet é uma super-rede de computadores que interliga, através de linhas comuns de telefone, linhas de comunicação privada, cabos submarinos, canais de

Leia mais

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES Guia O é destinado para micro, pequenas e médias empresas para o financiamento da compra de equipamentos, serviços e insumos. As vendas com o cartão BNDES são realizadas exclusivamente no Portal (www.cartaobndes.gov.br)

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

E-COMMERCE / LOJA VIRTUAL

E-COMMERCE / LOJA VIRTUAL 1 ÍNDICE 1. WIX SISTEMAS E O /LOJA VIRTUAL 03 1.1.1 GRANDE VARIEDADE DE LAYOUTS E PERSONALIZAÇÃO 03 1.1.2 SERVIDOR E SSL (CADEADO DE SEGURANÇA) COMPARTILHADOS 04 2. RECURSOS 05 3. NOSSOS PLANOS DE /LOJA

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 13 E-commerce Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative Commons 15 de Outubro

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (O Mercado Mobile no Brasil) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto

Leia mais

Vendas Coletivas e publicidade nas indústrias criativas. Laura Fragomeni

Vendas Coletivas e publicidade nas indústrias criativas. Laura Fragomeni Vendas Coletivas e publicidade nas indústrias criativas Laura Fragomeni Agenda Crescimento do E-commerce Modelos de negócio Breve histórico das Vendas Coletivas Vendas Coletivas e o Marketplace Novas Tendências

Leia mais