Podemos didaticamente dividir a musculatura da cabeça e pescoço em oito grupos principais, de acordo com sua localização e/ou função:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Podemos didaticamente dividir a musculatura da cabeça e pescoço em oito grupos principais, de acordo com sua localização e/ou função:"

Transcrição

1 MIOLOGIA DO ESQUELETO AXIAL MIOLOGIA DA CABEÇA E PESCOÇO Podemos didaticamente dividir a musculatura da cabeça e pescoço em oito grupos principais, de acordo com sua localização e/ou função: MÚSCULOS E FÁSCIAS DO COURO CABELUDO Origem Inserção Ação Epicrânio Frontal Epicrânio Occipital Temporo Parietal Gálea Aponeurótica Gálea Aponeurótica Osso occipital (linha nucal superior) Fáscia Temporal Osso Frontal Supercílios Gálea Aponeurótica Borda lateral da Gálea Aponeurótica Osso Occipital (linha nucal superior e protuberância occipital externa) Eleva os supercílios e enruga a pele da fronte Abaixa o couro cabeludo posteriormente Estica o couro cabeludo e traciona posteriormente a pele das têmporas Epicrânio Frontal Gálea Aponeurótica Temporo- Parietal Epicrânio Occipital

2 MÚSCULOS EXTRÍNSECOS DA ORELHA Origem Inserção Ação Auricular Fáscia Anterior Temporal (ant.) Auricular posterior Auricular Superior Porção mastóidea do osso temporal Fáscia Temporal (sup.) Raízes das cartilagens do pavilhão da orelha Movimentos limitados do pavilhão da orelha (alguns indivíduos possuem controle voluntário bastante pronunciado destes músculos) Auricular Anterior Auricular Superior Auricular Posterior

3 MÚSCULOS DAS PÁLPEBRAS Origem Inserção Ação Parte do Ossos frontal e supercílio, rafe Orbicular do maxilar, ligamento palpebral lateral e Olho palpebral medial tarso de cada pálpebra Corrugador do Supercílio Prócero Parte nasal do frontal Pele do supercílio Dorso do nariz e cartilagem nasal lateral Pele da Glabela Fechamento das pálpebras, movimento dos supercílios Tracionam a pele da fronte e juntam os supercílios Prócero Corrugador do Supercílio Orbicular do Olho

4 Nasal MÚSCULOS DO NARIZ Origem Inserção Ação Dorso e pele da Osso maxilar extremidade do nariz Depressor do septo Fossa incisiva da maxila Septo nasal Movimentos moderados, principalmente das asas do nariz (dilata e contrai as narinas) Depressor do septo Nasal

5 MÚSCULOS DA BOCA Origem Inserção Ação Levantador do lábio superior e asa do nariz Processo frontal da maxila Asa do nariz e lábio superior Levantador do lábio superior Zigomáticos maior e menor Levantador do Ângulo da Boca Risório Bucinador Orbicular da boca Depressor do ângulo da boca Depressor do lábio inferior Mental Platisma Margem inferior da órbita (maxila e zigomático) Osso Zigomático Fossa canina da maxila Fáscia do músculo masseter Processo alveolar da mandíbula e maxila s que rodeiam a boca Corpo da mandíbula, abaixo do forame mental Corpo da mandíbula, entre a sínfise e o forame mental Mandíbula, próximo à sínfise Fáscia sobre os músculos peitoral maior e deltóide Pele e músculos do lábio superior e asa do nariz Pele e músculos acima do ângulo da boca Ângulo da boca Pele do ângulo da boca Orbicular da boca e pele do ângulo da boca Pele que rodeia a boca Pele e músculos do ângulo da boca Pele e músculos do lábio inferior Pele do queixo Borda inferior da mandíbula, e pele do queixo e da bochecha Eleva o lábio superior e dilata as narinas Eleva o lábio superior Elevam o ângulo da boca Puxa posteriormente o ângulo da boca Comprime a bochecha e puxa o ângulo da boca lateralmente Fecha e protrai os lábios Puxa o ângulo da boca para baixo Puxa o lábio inferior para baixo Eleva e protrai o lábio inferior Abaixa a mandíbula e o ângulo da boca para baixo, estica a pele do pescoço

6 Levantador do Lábio e Asa do Nariz Levantador do Lábio Zigomático Menor Bucinador Platisma Mental Zigomático Maior Levantador do ângulo da boca Risório Orbicular da boca Depressor do ângulo da boca Depressor do Lábio inferior

7 MÚSCULOS DA MASTIGAÇÃO Origem Inserção Ação Temporal Fossa Temporal Processo Coronóide e ramo da mandíbula Masseter Pterigóideo Medial Pterigóideo Lateral Arco Zigomático Face medial da lâmina lateral do processo pterigóide e tuberosidade da maxila Face lateral da lâmina lateral do processo pterigóide e asa maior do esfenóide Ângulo e ramo da mandíbula Face interna da mandíbula, junto ao ângulo Mandíbula, logo abaixo do côndilo Eleva e retrai a mandíbula Eleva a mandíbula Fecha os maxilares, auxilia os movimentos laterais da mandíbula Abre e protrai a mandíbula, faz movimentos de lateralidade Pterigóideo Medial Pterigóideo Lateral Masseter Temporal

8 TRIÂNGULO ANTERIOR DO PESCOÇO E SUPRA-HIÓIDEOS Milo-hióideo Estilo-hióideo Origem Inserção Ação Esternocleidomastóideo Manúbrio esternal e clavícula Processo mastóideo Digástrico Fossa Incisura mastóidea digástrica da do osso temporal mandíbula Gêniohióideo* Lâmina milo-hióidea da mandíbula Processo estilóide do osso temporal Espinha mental da mandíbula Corpo do osso hióide Borda lateral do corpo do hióide Face anterior do corpo do hióide Estende, fixa e roda o pescoço para o lado oposto Abre a boca, levanta ou fixa o osso hióide Fixa o osso hióide, traciona-o dorsal e cranialmente na deglutição Levanta o assoalho da boca e a língua ao deglutir; abaixa a mandíbula e eleva o hióide Levanta a língua, fixa e eleva o hióide e abaixa a mandíbula * Não visível nestas figuras, localiza-se posteriormente ao m. milo-hióideo, quase paralelamente ao m. digástrico (ventre anterior). Milo-hióide Estilo-hióide Digástrico Esternocleidomastóideo

9 MÚSCULOS DO PESCOÇO: INFRA-HIÓIDEOS Origem Inserção Ação Face interna do Corpo do osso manúbrio esternal e hióide art. esternoclavicular Esternohióideo Esternotireóideo Tireo-hióideo Omo-hióideo Face interna da 1 a cartilagem costal e do manúbrio esternal Cartilagem tireóidea da laringe Borda superior da escápula Cartilagem tireóidea da laringe Corno maior do hióide Região lateral do hióide Traciona o osso hióide inferiormente Traciona a laringe inferiormente Traciona o osso hióide inferiormente e eleva a laringe Traciona o hióide inferiormente Esternohióideo Omo-hióideo Tireo-hióideo Esternotireóideo

10 MÚSCULOS VERTEBRAIS ANTERIORES Origem Inserção Ação Massa lateral e Reto anterior Parte basilar do processo transverso da cabeça Occipital do Atlas Reto lateral da cabeça Longo da Cabeça Longo do Pescoço (3 porções) Processo transverso do Atlas Processo transverso de C3 a C6 Corpos de C4 a T3, Processos transversos de C3 a C5 e Corpos das vértebras torácicas craniais Processo jugular do Occipital Parte basilar do Occipital Corpos de C2 a C4, tubérculo anterior do Atlas e corpos das vértebras seguintes, e processos transversos de C5 e C6 Flexiona a cabeça Inclinação lateral da cabeça Flexiona a Cabeça Flexão e ligeira rotação do pescoço em nível das vértebras cervicais Reto lateral da cabeça Longo da cabeça Reto anterior da cabeça Longo do Pescoço

11 MÚSCULOS DA REGIÃO DA NUCA (SUBOCCIPITAIS E ESPLÊNIOS) Origem Inserção Ação 3º ao 7º proc. Metade lateral da espinhoso das linha nucal superior vértebras cervicais e (até o processo 1º ao 3º das mastóide do osso vértebras torácicas temporal) Esplênio da cabeça Esplênio do pescoço Reto posterior maior da cabeça Reto posterior menor da cabeça Reto lateral da cabeça Oblíquo superior da cabeça Oblíquo inferior da cabeça Proc. espinhosos da 3ª à 6ª vértebras torácicas Proc. espinhoso do áxis Tubérculo posterior do Atlas Processo transverso do Atlas Processo transverso do Atlas Processo espinhoso do áxis Proc. transversos das três primeiras vértebras cervicais Linha nucal inferior Parte medial da linha nucal inferior Processo jugular do occipital Abaixo da linha nucal inferior Processo transverso do Atlas Extensão da cabeça e rotação para o mesmo lado Extensão do pescoço e cabeça, rotação das vértebras cervicais e cabeça para o mesmo lado Extensão e rotação da cabeça para o mesmo lado

12 MUSCULATURA DA COLUNA VERTEBRAL Iliocostais lombar, torácico e lombar MUSCULATURA INTERMEDIÁRIA DO DORSO Origem Inserção Ação Crista sacral, proc. Ângulos das espinhosos das costelas, proc. vértebras torácicas e transversos das lombares, cristas ilíacas, vértebras cervicais ângulos das costelas Dorsal longo (tórax, pescoço e cabeça) Espinhal (tórax, pescoço e cabeça) Serrátil póstero superior Serrátil póstero inferior Proc. transversos das vértebras lombares, torácicas e cervicais inferiores Proc. espinhosos das vértebras lombares superiores, torácicas inferiores e C7 Ligamento nucal proc. espinhosos C7 a T3 Proc. espinhosos de T11 a L2 Proc. transversos da vértebra acima da de origem e proc. mastóide do osso temporal Proc. espinhoso das vértebras torácicas sup. e cervicais 2ª à 5ª costela Quatro últimas costelas Extensão e inclinação lateral da coluna vertebral Extensão da coluna e cabeça, rotação para o mesmo lado, inclinação lateral Extensão da coluna vertebral Auxilia na inspiração Auxilia na expiração

13 Semi espinhais tórax, pescoço e cabeça MUSCULATURA PROFUNDA DO DORSO Origem Inserção Ação Proc. espinhoso de Proc. transverso de C1 C2 a T4 e osso a T12 occipital Multífidos Rotadores longos e curtos Face posterior do sacro e ílio e proc. transversos de C4 a L5 Proc. transversos de todas as vértebras Interespinhoso Todos os processos espinhosos Escalenos Proc. transversos de C1 a C7 Proc. transversos de Intertransversários todas as vértebras Proc. espinhosos de todas as vértebras Proc. espinhosos das vértebras acima (curtos) e 2 acimas (longos) Proc. espinhoso da vértebra acima 1ª e 2ª costelas Proc. transverso da vértebra acima Extensão da cabeça e rotação para o lado oposto Extensão da coluna e rotação para o lado oposto Extensão da coluna e rotação para o lado oposto Extensão da coluna Flexionam e rodam o pescoço Inclinação lateral da coluna

14 MUSCULATURA DO TÓRAX MUSCULATURA PROFUNDA DO TÓRAX (RESPIRAÇÃO) Origem Inserção Ação Processo Xifóide, face Diafragma interna das 6 últimas Centro tendíneo do costelas e vértebras Diafragma lombares Intercostais Externos Intercostais Internos Subcostais Transverso do tórax Borda inferior das costelas e cartilagens costais Face interna das costelas e cartilagens costais Face interna das costelas, próximo ao ângulo Face interna do esterno e processo xifóide Borda superior da costela abaixo da de origem Borda superior da costela abaixo da de origem Face interna da 2ª ou 3ª costela abaixo Face interna das cartilagens costais Causa inspiração pela contração do músculo (deslocamento para baixo) Elevam as costelas, participando da inspiração Abaixam as costelas, participando da expiração forçada

15 MUSCULATURA DA REGIÃO ABDOMINAL Origem Inserção Ação Linha Alba (ou alva) Oblíquo Face externa das oito e metade anterior da externo costelas inferiores crista ilíaca o lado oposto Oblíquo interno Transverso do Abdome Reto do Abdome Quadrado Lombar Ligamento inguinal, crista ilíaca e fáscia tóraco-lombar Idem ao oblíquo interno, + 6 últimas cartilagens costais Crista e sínfise púbicas Crista ilíaca e ligamento iliolombar Linha alva, crista púbica, quatro costelas inferiores Linha alva e crista púbica Processo xifóide e 5ª à 7ª cartilagens costais 12ª costela, processo transverso de L1a L3 Flexão, inclinação e rotação da coluna p/ Flexão, inclinação e rotação da coluna p/ o mesmo lado Comprime a cavidade abdominopélvica Flexiona a coluna vertebral Inclinação lateral da coluna vertebral

16

Movimentos do Corpo Humano e os Músculos que os realizam (categorizados por articulação)

Movimentos do Corpo Humano e os Músculos que os realizam (categorizados por articulação) Movimentos do Corpo Humano e os Músculos que os realizam (categorizados por articulação) Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Júnior TORNOZELO Dorsiflexão: Tibial Anterior O = côndilo lateral da tíbia I =

Leia mais

COMPLEXO DO OMBRO. Cinesiologia e Biomecânica

COMPLEXO DO OMBRO. Cinesiologia e Biomecânica COMPLEXO DO OMBRO Cinesiologia e Biomecânica Ossos Úmero Escápula Clavícula Esterno Costelas Esterno, clavículas e costelas Esterno: manúbrio, corpo e processo xifóide; Clavículas: osso cilíndrico em S

Leia mais

Músculos axiais. Profª Drª Natália Guimarães Barbosa

Músculos axiais. Profª Drª Natália Guimarães Barbosa Músculos axiais Profª Drª Natália Guimarães Barbosa nataliagbarbosa@gmail.com Músculos axiais 1. Músculos da cabeça 2. Músculos do pescoço 3. Músculos do dorso 4. Músculos do tórax 5. Músculos do abdômen

Leia mais

SISTEMA LOCOMOTOR 15/02/2011. Crânio. Composição óssea CABEÇA E PESCOÇO

SISTEMA LOCOMOTOR 15/02/2011. Crânio. Composição óssea CABEÇA E PESCOÇO SISTEMA LOCOMOTOR CABEÇA E PESCOÇO Crânio O crânio forma uma caixa óssea que tem a função primordial de abrigar e proteger o encéfalo. Outras funções importantes como: possui cavidades para órgãos da sensibilidade

Leia mais

Músculos da Face CINESIOTERAPIA

Músculos da Face CINESIOTERAPIA Músculos da Face Os músculos da face ou músculos da expressão facial são subcutâneos. Eles movem a pele e mudam as expressões da face para transmitir ânimo, disposição. Estes músculos estão nas partes

Leia mais

MÚSCULOS. Os músculos levantadores das costelas têm forma de leque e são em número de doze. Elevam as costelas.

MÚSCULOS. Os músculos levantadores das costelas têm forma de leque e são em número de doze. Elevam as costelas. MÚSCULOS Os músculos superficiais do dorso (trapézio e grande dorsal) conectam os membros superiores ao tronco e estão relacionados com os movimentos desses membros. A tabela a seguir mostra suas funções

Leia mais

Músculos da Cabeça e Pescoço

Músculos da Cabeça e Pescoço UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia Músculos da Cabeça e Pescoço Profa. Elen H. Miyabara elenm@usp.br Músculos da Cabeça e do Pescoço - Movimentam a cabeça

Leia mais

Anatomofisiologia da Deglutição Sistema Estomatognático. M.Sc. Profª Viviane Marques

Anatomofisiologia da Deglutição Sistema Estomatognático. M.Sc. Profª Viviane Marques Anatomofisiologia da Deglutição Sistema Estomatognático M.Sc. Profª Viviane Marques São consideradas funções estomatognáticas a sucção, mastigação, deglutição, respiração e a fala. Profª Viviane Marques

Leia mais

MÚSCULOS DOS MEMBROS INFERIORES

MÚSCULOS DOS MEMBROS INFERIORES MÚSCULOS DOS MEMBROS INFERIORES Músculos Anteriores da Coxa Flexores de Quadril Músculo Origem Inserção Inervação Ação Pectíneo Psoas Maior Psoas menor Ilíaco Sartório Ramo Superior do púbis Processos

Leia mais

Cintura escapular. Prof. Caroline Bernardes. Articulações do ombro e cintura escapular

Cintura escapular. Prof. Caroline Bernardes. Articulações do ombro e cintura escapular Cintura escapular Prof. Caroline Bernardes Articulações do ombro e cintura escapular Esternoclavicular: sinovial do tipo selar; Elevação e retração do ombro. Acromioclavicular: sinovial do tipo plana;

Leia mais

ANATOMIA TOPOGRÁFICA DA CABEÇA E PESCOÇO (FCB00089) ROTEIRO DE AULA PRÁTICA NEUROCRÂNIO

ANATOMIA TOPOGRÁFICA DA CABEÇA E PESCOÇO (FCB00089) ROTEIRO DE AULA PRÁTICA NEUROCRÂNIO ANATOMIA TOPOGRÁFICA DA CABEÇA E PESCOÇO (FCB00089) ROTEIRO DE AULA PRÁTICA NEUROCRÂNIO 1. Osso Frontal O osso frontal é um osso laminar, situado para frente e para cima e apresenta duas porções: uma vertical,

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO Osteologia do Membro Superior

ROTEIRO DE ESTUDO Osteologia do Membro Superior ROTEIRO DE ESTUDO Osteologia do Membro Superior Forma a porção ventral da cintura escapular. Osso longo com formato de S itálico alongado, situado quase que horizontalmente logo acima da primeira costela.

Leia mais

Músculos da face Não estão fixados pela parte óssea nas duas extremidades

Músculos da face Não estão fixados pela parte óssea nas duas extremidades Músculos da face Não estão fixados pela parte óssea nas duas extremidades Uma fixação é no esqueleto e outra na parte mais profunda da Pele Podem movimentar a pele do couro cabeludo e da face modificando

Leia mais

CINESIOLOGIA APLICADA À MUSCULAÇÃO: Músculos do Coluna e Membros Inferiores

CINESIOLOGIA APLICADA À MUSCULAÇÃO: Músculos do Coluna e Membros Inferiores CINESIOLOGIA APLICADA À MUSCULAÇÃO: Músculos do Coluna e Membros Inferiores Músculos da Coluna Mul-.deo Eretor da Espinha Iliocostal Mul-.deo Mul-fideo Origem: Processos espinhosos das vértebras da coluna

Leia mais

Os membros superiores são formados por quatro segmentos ósseos, que apresentamos a seguir. Todos os ossos desses segmentos são pares.

Os membros superiores são formados por quatro segmentos ósseos, que apresentamos a seguir. Todos os ossos desses segmentos são pares. ESQUELETO APENDICULAR O Esqueleto Apendicular corresponde às regiões dos membros superiores e inferiores. Estudaremos inicialmente a osteologia, artrologia e miologia dos membros superiores e, posteriormente,

Leia mais

SISTEMA MUSCULAR II SUMÁRIO

SISTEMA MUSCULAR II SUMÁRIO 1 SISTEMA MUSCULAR II SUMÁRIO 1 Músculos da cabeça Musculatura craniofacial. Orbiculares do olho e da boca e bucinador. Mímica facial Músculos da mastigação: temporal, masseter, pterigoideu medial e pterigoideu

Leia mais

Coluna Vertebral e Crâneo

Coluna Vertebral e Crâneo Coluna Vertebral e Crâneo Nome: Turma: PL1/PL2 Aspectos gerais A. Legende a figura e refira o número de vértebras existentes em cada uma das regiões assinaladas: 1- Cervical 2- Toráxica 3- Lombar N.º de

Leia mais

Podemos didaticamente dividir a musculatura dos membros superiores em doze grupos principais: Músculo Origem Inserção Ação

Podemos didaticamente dividir a musculatura dos membros superiores em doze grupos principais: Músculo Origem Inserção Ação MIOLOGIA DO ESQUELETO APENDICULAR MIOLOGIA DO MEMBRO SUPERIOR Podemos didaticamente dividir a musculatura dos membros superiores em doze grupos principais: MÚSCULOS QUE ACIONAM A CINTURA ESCAPULAR Trapézio

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Campus UFV Florestal

Universidade Federal de Viçosa Campus UFV Florestal Universidade Federal de Viçosa Campus UFV Florestal SISTEMA ESQUELÉTICO ANATOMIA HUMANA Laboratório de Morfofisiologia Funções: suporte, movimento, proteção, estoque de minerais e hematopoiese. O esqueleto

Leia mais

Crânio e ossos associados. Caixa torácica. Coluna vertebral

Crânio e ossos associados. Caixa torácica. Coluna vertebral Sistema Esquelético 213 Esqueleto Apendicular 126 Esqueleto Axial 87 Crânio e ossos associados 29 Caixa torácica 25 Coluna vertebral 33 Crânio Abrigar e proteger o encéfalo Apresenta aberturas para passagem

Leia mais

OSTEOLOGIA. Prof. MSc. Cristiano Rosa de Moura Médico Veterinário

OSTEOLOGIA. Prof. MSc. Cristiano Rosa de Moura Médico Veterinário UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Anatomia Veterinária I OSTEOLOGIA Prof. MSc. Cristiano Rosa

Leia mais

15/03/2016 OSTEOLOGIA GERAL E ESQUELETO AXIAL TERMINOLOGIA PARTES DE UM OSSO TERMINOLOGIA TERMINOLOGIA O SISTEMA ESQUELÉTICO EPÍFISE

15/03/2016 OSTEOLOGIA GERAL E ESQUELETO AXIAL TERMINOLOGIA PARTES DE UM OSSO TERMINOLOGIA TERMINOLOGIA O SISTEMA ESQUELÉTICO EPÍFISE O SISTEMA ESQUELÉTICO OSTEOLOGIA Estudo dos ossos que formam o esqueleto ou a estrutura do corpo Fornece a base para a estrutura externa e aparência dos vertebrados Possuem vasos sanguíneos, vasos linfáticos

Leia mais

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano

Anatomia Geral. http://d-nb.info/1058614592. 1 Filogênese e Ontogênese Humanas. 5 Músculos. 6 Vasos. 2 Visão Geral do Corpo Humano Anatomia Geral 1 Filogênese e Ontogênese Humanas 1.1 Filogênese Humana 2 1.2 Ontogênese Humana: Visão Geral, Fecundação e Estágios Iniciais do Desenvolvimento 4 1.3 Gastrulação, Neurulação e Formação dos

Leia mais

ABORDAGEM MORFOFUNCIONAL DO TÓRAX

ABORDAGEM MORFOFUNCIONAL DO TÓRAX ABORDAGEM MORFOFUNCIONAL DO TÓRAX Djanira Aparecida da Luz Veronez 1 INTRODUÇÃO O tórax corresponde à região superior do tronco junto ao abdome; região média e pelve, região inferior. O tórax apresenta

Leia mais

REVISÃO DE ANATOMIA PARA ANÁLISE DE MOVIMENTO ESTUDO DOS MÚSCULOS EM GERAL

REVISÃO DE ANATOMIA PARA ANÁLISE DE MOVIMENTO ESTUDO DOS MÚSCULOS EM GERAL REVISÃO DE ANATOMIA PARA ANÁLISE DE MOVIMENTO ESTUDO DOS MÚSCULOS EM GERAL 1 - Localização do músculo - Origem do músculo - Inserção do músculo - tipo do músculo - articulação relacionada - ação determinada

Leia mais

Órteses para o Tronco e Coluna Cervical. Prof: Alan de Souza Araújo

Órteses para o Tronco e Coluna Cervical. Prof: Alan de Souza Araújo Órteses para o Tronco e Coluna Cervical Prof: Alan de Souza Araújo INTRODUÇÃO As órteses na coluna são utilizadas com o objetivo de estabilizar ou imobilizar, diminuir a dor estabilizando para que a dor

Leia mais

Cabeça. Ossos e Músculos 24/02/2016. Ossos da Cabeça Palpação. Músculos da Cabeça Palpação. Músculos da Cabeça Palpação ANATOMIA PALPATÓRIA

Cabeça. Ossos e Músculos 24/02/2016. Ossos da Cabeça Palpação. Músculos da Cabeça Palpação. Músculos da Cabeça Palpação ANATOMIA PALPATÓRIA Ossos da Cabeça ANATOMIA PALPATÓRIA Marcelo Marques Soares Prof. Didi Jonas Wecker Douglas Lenz Cabeça MÚSCULOS DA CABEÇA Músculos da Cabeça Ossos e Músculos MÚSCULOS DA CABEÇA Músculos da Cabeça 1 ATM

Leia mais

RADIOLOGIA CABEÇA E COLUNA

RADIOLOGIA CABEÇA E COLUNA RADIOLOGIA CABEÇA E COLUNA Alterações ósseas: Kv mas Posições e projecções: L (boca aberta), DV, VD (boca aberta), L (oblíqua), FRONTAL (fossa magna, boca aberta)., maxilar, mandíbula, dentes, seios, arco

Leia mais

MANUAL TÉCNICO CÓD ESQUELETO HUMANO DE 85 CM

MANUAL TÉCNICO CÓD ESQUELETO HUMANO DE 85 CM MANUAL TÉCNICO CÓD. 6065 ESQUELETO HUMANO DE 85 CM Esta é uma pequena ferramenta de aprendizagem de anatomia do Sistema Esquelético Humano. Com o Modelo Anatômico de Esqueleto de 85 cm, é possível observar

Leia mais

LISTA DE ACIDENTES ANATÔMICOS ÓSSEOS

LISTA DE ACIDENTES ANATÔMICOS ÓSSEOS LISTA DE ACIDENTES ANATÔMICOS ÓSSEOS 1. Base do crânio - Visão externa Canal Carótico Canal do Hipoglosso Canal e fossa condilar Canal incisivo Coana Côndilo Occipital Dorso da sela turca Espinha nasal

Leia mais

OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR

OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR Os ossos dos membros superiores podem ser divididos em quatro segmentos: Cintura Escapular - Clavícula e Escápula Braço - Úmero Antebraço - Rádio e Ulna Mão - Ossos da Mão CLAVÍCULA

Leia mais

2 ossos ímpares (vômer e mandíbula) 6 ossos pares (maxilas, zigomáticos, nasais, lacrimais, palatinos, conchas nasais inferiores)

2 ossos ímpares (vômer e mandíbula) 6 ossos pares (maxilas, zigomáticos, nasais, lacrimais, palatinos, conchas nasais inferiores) ESQUELETO AXIAL O Esqueleto Axial corresponde às regiões da cabeça, coluna vertebral e tronco. Estudaremos os elementos em separado, em relação à osteologia, artrologia e miologia. OSTEOLOGIA DA CABEÇA

Leia mais

- MÉTODO KABAT - FACILITAÇÃO NEUROMUSCULAR PROPRIOCEPTIVA

- MÉTODO KABAT - FACILITAÇÃO NEUROMUSCULAR PROPRIOCEPTIVA - MÉTODO KABAT - FACILITAÇÃO NEUROMUSCULAR PROPRIOCEPTIVA 1 KABAT BASES DO MÉTODO KABAT 1. Padrão de Facilitação -Movimentos nas diagonais (cabeça, MMSS/MMII, cintura escapular, cintura pélvica); -Movimento

Leia mais

ANATOMIA DO DORSO. Prof. Ms. Marcelo Lima. Site:

ANATOMIA DO DORSO. Prof. Ms. Marcelo Lima.   Site: ANATOMIA DO DORSO Prof. Ms. Marcelo Lima E-mail: profmarcelolima@yahoo.com.br Site: www.profmarcelolima.webnode.com.br Partes de uma Vértebra Vértebras Articulações Intervertebrais Entre os corpos. C.

Leia mais

Músculo Origem Inserção Inervação Ação

Músculo Origem Inserção Inervação Ação Músculos Toracoapendiculares Anteriores Músculo Origem Inserção Inervação Ação Peitoral Maior Porção clavicular: Face anterior da metade anterior da clavícula; Porção esternocostal: face anterior do esterno

Leia mais

Músculos do Cíngulo Escapular e do Braço

Músculos do Cíngulo Escapular e do Braço UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia Músculos do Cíngulo Escapular e do Braço Profa. Elen H. Miyabara elenm@usp.br Músculos do Tronco ao Cíngulo Escapular

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS SISTEMA ÓSSEO. Prof a. Ana Carolina Athayde R. Braz

ROTEIRO DE ESTUDOS SISTEMA ÓSSEO. Prof a. Ana Carolina Athayde R. Braz ROTEIRO DE ESTUDOS SISTEMA ÓSSEO Prof a. Ana Carolina Athayde R. Braz ESQUELETO AXIAL 1) CABEÇA: a) Identificar e localizar os ossos da cabeça: - Crânio (8): Ossos pares ou bilaterais: Parietais e Temporais

Leia mais

Acessos cirúrgicos aos ossos e articulações dos membros

Acessos cirúrgicos aos ossos e articulações dos membros Universidade Paulista UNIP Medicina Veterinária Anatomia Topográfica Aplicada São José dos Campos, 10 de maio de 2012 Acessos cirúrgicos aos ossos e articulações dos membros Membro Torácico Corpo da escápula

Leia mais

24/6/2013 DISCIPLINA DE ANATOMIA HUMANA

24/6/2013 DISCIPLINA DE ANATOMIA HUMANA DISCIPLINA DE ANATOMIA HUMANA SISTEMA MUSCULAR Prof. Rodrigo Freitas Monte Bispo rodrigo_rfmb@yahoo.com.br 2013 1 2 3 CONCEITO DE MÚSCULOS São estruturas especializadas em contração e relaxamento. Rasch;Burke

Leia mais

GENERALIDADES DO SISTEMA ÓSSEO. MSc. Carolline Raidan Anatomia Humana- UFES Aula 3

GENERALIDADES DO SISTEMA ÓSSEO. MSc. Carolline Raidan Anatomia Humana- UFES Aula 3 GENERALIDADES DO SISTEMA ÓSSEO MSc. Carolline Raidan Anatomia Humana- UFES Aula 3 Aula 3- Generalidades do sistema ósseo Conceito Os ossos são estruturas resistentes, de número, coloração e forma variáveis,

Leia mais

NERVOS ESPINHAIS. Relação das Raízes Nervosas com as Vértebras

NERVOS ESPINHAIS. Relação das Raízes Nervosas com as Vértebras Page 1 of 7 NERVOS ESPINHAIS São aqueles que fazem conexão com a medula espinhal e são responsáveis pela inervação do tronco, dos membros superiores e partes da cabeça. São ao todo 31 pares, 33 se contados

Leia mais

Protocolos para tórax. Profº Claudio Souza

Protocolos para tórax. Profº Claudio Souza Protocolos para tórax Profº Claudio Souza Indicações Quando falamos em tomografia computadorizada para o tórax temos uma grande variedade de protocolos para estudos diversos, como por exemplo: estudo vascular

Leia mais

Esqueleto Apendicular e Axial, e articulação do joelho. Marina Roizenblatt 75 Monitora de Anatomia

Esqueleto Apendicular e Axial, e articulação do joelho. Marina Roizenblatt 75 Monitora de Anatomia Esqueleto Apendicular e Axial, e articulação do joelho Marina Roizenblatt 75 Monitora de Anatomia Coluna Vertebral Canal Vertebral Forames intervertebrais Características de uma vértebra típica Corpo vertebral

Leia mais

Articulações OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL 1º SEGMENTO CINTURA PÉLVICA OSSO DO QUADRIL. Membro Inferior.

Articulações OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL OSSO DO QUADRIL 1º SEGMENTO CINTURA PÉLVICA OSSO DO QUADRIL. Membro Inferior. Membro Inferior Marcelo Marques Soares Prof. Didi Articulações Membro Inferior 1 Segmento - Cintura Pélvica 2 Segmento - Coxa e PATELA 3 Segmento - Perna (Medial) e FÍBULA (Lateral) 4 Segmento - Pé TARSO,

Leia mais

PRANCHAS ESQUELETO AXIAL II. Aula prática de Anatomia Humana Curso: Enfermagem CEUNES Profa. Roberta Paresque

PRANCHAS ESQUELETO AXIAL II. Aula prática de Anatomia Humana Curso: Enfermagem CEUNES Profa. Roberta Paresque PRANCHAS ESQUELETO AXIAL II Aula prática de Anatomia Humana Curso: Enfermagem CEUNES Profa. Roberta Paresque Tórax: anatomia de superfície Estruturas palpáveis do tórax Esqueleto torácico O esqueleto torácico

Leia mais

OSTEOLOGIA. É uma substância viva com grande capacidade de reparação pós-trauma

OSTEOLOGIA. É uma substância viva com grande capacidade de reparação pós-trauma OSTEOLOGIA Profa Juliana Normando Pinheiro Morfofuncional I juliana.pinheiro@kroton.com.br Osso É uma substância viva com grande capacidade de reparação pós-trauma Ele cresce e está sujeito à doença Torna-se

Leia mais

Músculos do Cíngulo Escapular e Braço

Músculos do Cíngulo Escapular e Braço Músculos do Cíngulo Escapular e Braço 1 Músculos do Tronco ou Crânio ao Cíngulo Escapular (8) Serrátil Anterior Trapézio Rombóides Maior e Menor Peitoral Menor Levantador da Escápula Subclávio Esternocleidomastóideo

Leia mais

ANATOMIA APLICADA. Roteiro de Dissecação do Abdome. 1- Região Abdominal Ventral

ANATOMIA APLICADA. Roteiro de Dissecação do Abdome. 1- Região Abdominal Ventral ANATOMIA APLICADA Roteiro de Dissecação do Abdome 1- Região Abdominal Ventral O abdômen é constituído por três regiões: região xifóidea ou abdominal cranial, é delimitada pelo arco costal cranialmente.

Leia mais

ANATOMIA APLICADA À MEDICINA I

ANATOMIA APLICADA À MEDICINA I UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA ANATOMIA APLICADA À MEDICINA I ROTEIRO DE AULAS PRÁTICAS DEPARTAMENTO DE ANATOMIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - 1 - AUTORES José Otávio Guedes Junqueira Professor

Leia mais

28/03/2018 MIOLOGIA. Prof. Maurício Mandalozzo Ruppel. GENERALIDADES Propriedades. Contratilidade Elasticidade

28/03/2018 MIOLOGIA. Prof. Maurício Mandalozzo Ruppel. GENERALIDADES Propriedades. Contratilidade Elasticidade MIOLOGIA Prof. Maurício Mandalozzo Ruppel 1 GENERALIDADES Propriedades Contratilidade Elasticidade 2 1 3 4 2 5 Classificação das fibras musculares Fibras estriadas esqueléticas Fibras estriadas cardíacas

Leia mais

DISSECAÇÃO DO PLATISMA E SUAS APLICAÇÕES NA CIRURGIA DE REJUVENESCIMENTO FACIAL 1

DISSECAÇÃO DO PLATISMA E SUAS APLICAÇÕES NA CIRURGIA DE REJUVENESCIMENTO FACIAL 1 DISSECAÇÃO DO PLATISMA E SUAS APLICAÇÕES NA CIRURGIA DE REJUVENESCIMENTO FACIAL 1 LEMES, Guilherme Andrade 1 ; GONÇALVES, Bruno Viana 2 ; ARAÚJO, Patrick Correia de Souza 3 ; LUIZ, Carlos Rosemberg 4 ;

Leia mais

Sistema Esquelético: Ossos. Prof a. Deise Maria Furtado de Mendonça

Sistema Esquelético: Ossos. Prof a. Deise Maria Furtado de Mendonça Sistema Esquelético: Ossos Prof a. Deise Maria Furtado de Mendonça Conceito de Esqueleto Conjunto de ossos e cartilagens que se interligam para formar o arcabouço do corpo do animal e desempenhar várias

Leia mais

área acadêmica Anatomia Anatomia radiológica do crânio e face

área acadêmica Anatomia Anatomia radiológica do crânio e face WWW.cedav.com.br área acadêmica Anatomia Anatomia radiológica do crânio e face Dr. Ricardo Ferreira Mestre em radiologia UFTP Prof. Assist. Radiologia FEPAR Prof. Assist. Anatomia FEPAR Diretor Centro

Leia mais

Prof. Sérvulo Luiz Borges. Profº da Disciplina Anatomia Aplicada à Medicina III e Disciplina Anatomia Aplicada à Medicina IV

Prof. Sérvulo Luiz Borges. Profº da Disciplina Anatomia Aplicada à Medicina III e Disciplina Anatomia Aplicada à Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Profº da Disciplina Anatomia Aplicada à Medicina III e Disciplina Anatomia Aplicada à Medicina IV Couro Cabeludo/Escalpo: - Camadas - Irrigação/Inervação - Músculos - Correlações

Leia mais

Anatomia da Cabeça e do Pescoço. Gaudencio Barbosa Residente Cirurgia de Cabeça e Pescoço Hospital Universitário Walter Cantídio

Anatomia da Cabeça e do Pescoço. Gaudencio Barbosa Residente Cirurgia de Cabeça e Pescoço Hospital Universitário Walter Cantídio Anatomia da Cabeça e do Pescoço Gaudencio Barbosa Residente Cirurgia de Cabeça e Pescoço Hospital Universitário Walter Cantídio Introdução Area anatomicamente rica e complexa Indice de complicações depende

Leia mais

ENFERMAGEM ANATOMIA. SISTEMA MUSCULO ESQUELÉTICO Aula 5. Profª. Tatiane da Silva Campos

ENFERMAGEM ANATOMIA. SISTEMA MUSCULO ESQUELÉTICO Aula 5. Profª. Tatiane da Silva Campos ENFERMAGEM ANATOMIA SISTEMA MUSCULO ESQUELÉTICO Aula 5 Profª. Tatiane da Silva Campos Músculos da cabeça e do pescoço responsáveis pelos traços do rosto e pela mímica, atuam na movimentação da cabeça e

Leia mais

Sistema Muscular. Descrição dos musculo. Corpo ou ventre porção mais larga do musculo. Inserção Terminal fixo no osso que se movimenta

Sistema Muscular. Descrição dos musculo. Corpo ou ventre porção mais larga do musculo. Inserção Terminal fixo no osso que se movimenta Descrição dos musculo Inserção de rigem no mais fixo dos dois ossos Corpo ou ventre porção mais larga do musculo Anatomia do musculo Inserção Terminal fixo no osso que se movimenta Descrição dos musculo

Leia mais

área acadêmica Anatomia Anatomia radiológica do crânio e face

área acadêmica Anatomia Anatomia radiológica do crânio e face WWW.cedav.com.br área acadêmica Anatomia Anatomia radiológica do crânio e face Dr. Ricardo Ferreira Mestre em radiologia UFTP Prof. Assist. Radiologia FEPAR Prof. Assist. Anatomia FEPAR Diretor Centro

Leia mais

MÚSCULO ORIGEM INSERÇÃO INERVAÇÃO 1 SUPRA-ESPINHAL FOSSA SUPRA-ESPINHAL TUBÉRCULO > DO ÚMERO 2 INFRA-ESPINHAL SUPERFÍCIE INFERIOR DA ESPINHA

MÚSCULO ORIGEM INSERÇÃO INERVAÇÃO 1 SUPRA-ESPINHAL FOSSA SUPRA-ESPINHAL TUBÉRCULO > DO ÚMERO 2 INFRA-ESPINHAL SUPERFÍCIE INFERIOR DA ESPINHA 6MOD205 LOCOMOÇÃO E PREENSÃO MÚSCULOS DO MEMBRO SUPERIOR OMBRO MANGUITO ROTADOR 1 SUPRA-ESPINHAL FOSSA SUPRA-ESPINHAL TUBÉRCULO > DO 2 INFRA-ESPINHAL SUPERFÍCIE INFERIOR DA ESPINHA TUBÉRCULO > DO 3 SUBESCAPULAR

Leia mais

OSSOS DO CRÂNIO. Prof. ROMMEL BARRETO

OSSOS DO CRÂNIO. Prof. ROMMEL BARRETO OSSOS DO CRÂNIO Prof. ROMMEL BARRETO Crânio: lâmina externa diploe lâmina interna Crânio: Definição: Funções: Divisão Funcional: Ossos do Neurocrânio: Ossos do Viscerocrânio: Crânio: 22 ossos? Crânio

Leia mais

COLUNA: SEGMENTO TORÁCICO

COLUNA: SEGMENTO TORÁCICO COLUNA: SEGMENTO TORÁCICO Ft. Ms. Adriana de Sousa do Espírito Santo ANATOMIA 12 vértebras. 1a. e 2a. São de transição. O corpo possui o d ântero-posterior e transversal iguais e apresenta semifacetas

Leia mais

Parede abdominal Ântero-lateral. Anatomia Aplicada a Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges

Parede abdominal Ântero-lateral. Anatomia Aplicada a Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Parede abdominal Ântero-lateral Anatomia Aplicada a Medicina IV Prof. Sérvulo Luiz Borges Abdome A parte do tronco entre o tórax e a pelve, possui paredes musculotendíneas, exceto posteriormente onde a

Leia mais

Estão dispostos em 6 grupos:

Estão dispostos em 6 grupos: MÚSCULOS DO TRONCO Estão dispostos em 6 grupos: Músculos do dorso Abdome Músculos suboccipitais Pelve Tórax Períneo MÚSCULOS DO DORSO Há dois grupos principais: Músculos Extrínsecos do Dorso Superficiais

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos

ANATOMIA HUMANA I. Acidentes Ósseos. Prof. Me. Fabio Milioni. Características Anatômicas de Superfície dos Ossos ANATOMIA HUMANA I Acidentes Ósseos Prof. Me. Fabio Milioni Características Anatômicas de Superfície dos Ossos As superfícies dos ossos possuem várias características estruturais adaptadas a funções específicas.

Leia mais

Ossos do. crânio e da face. Miguel A. Xavier de Lima

Ossos do. crânio e da face. Miguel A. Xavier de Lima Ossos do crânio e da face Miguel A. Xavier de Lima Anestesia Anestesia Palpação da ATM Crescimento do crânio -Análise em terços Desenvolvimento do aparelho mastigador Crescimento do crânio Comprimento

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Apostila de Exercícios de Fixação Sistema Esquelético ESQUELETO AXIAL ESQUELETO APENDICULAR

ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA Apostila de Exercícios de Fixação Sistema Esquelético ESQUELETO AXIAL ESQUELETO APENDICULAR ASSOCIAÇÃO PESTALOZZI DE NITERÓI CURSO TÉCNICO ALMIR MADEIRA Estrada Caetano Monteiro, 857 Pendotiba. Niterói- RJ Tel: 21994400/21.26202173 (Centro) CURSO: DISCIPLINA: Anatomia e Fisiologia Humana DOCENTE:

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA ROTEIRO PRÁTICO DE ANATOMIA DOS SISTEMAS DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS

UNIVERSIDADE PAULISTA ROTEIRO PRÁTICO DE ANATOMIA DOS SISTEMAS DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS UNIVERSIDADE PAULISTA ROTEIRO PRÁTICO DE ANATOMIA DOS SISTEMAS DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS 2011 PLANOS de DELIMITAÇÃO, EIXOS e PLANOS DE CONSTRUÇÃO Os referidos planos dorsais de construção, são denominados

Leia mais

OSSOS ESCÁPULA CLAVÍCULA ÚMERO

OSSOS ESCÁPULA CLAVÍCULA ÚMERO OSSOS ESCÁPULA CLAVÍCULA ÚMERO MOVIMENTOS DA ESCÁPULA PROTRAÇÃO RETRAÇÃO ELEVAÇÃO DEPRESSÃO ROTAÇÃO PARA CIMA (EXTERNA) ROTAÇÃO PARA BAIXO (INTERNA) MOVIMENTOS DOS OMBROS FLEXÃO E EXTENSÃO ADBUÇÃO E ADUÇÃO

Leia mais

OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR PROF. Esp. Carlos Henrique Przybysz 1

OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR PROF. Esp. Carlos Henrique Przybysz 1 OSSOS DO MEMBRO SUPERIOR PROF. Esp. Carlos Henrique Przybysz 1 1 OSSOS DO CÍNGULO DO MEMBRO SUPERIOR Também chamada de cintura escapular, forma a raiz de implantação dos ossos do membro superior. Formada

Leia mais

ANATOMIA e SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL. Prof. Dr. GABRIEL PAULO SKROCH

ANATOMIA e SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL. Prof. Dr. GABRIEL PAULO SKROCH ANATOMIA e SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL Prof. Dr. GABRIEL PAULO SKROCH - COMPOSIÇÃO: 24 Corpos Vertebrais 5 Fusionadas Sacro 4 Cóccix 23 Discos Intervertebrais - FUNÇÕES 1. Postura 2. Movimento e Locomoção

Leia mais

DIVISÃO DA SUPERFÍCIE CORPORAL EM REGIÕES I - REGIÕES DA CABEÇA. 1. Frontal 2. Parietal 3. Occipital 4. Temporal 5. Infratemporal II.

DIVISÃO DA SUPERFÍCIE CORPORAL EM REGIÕES I - REGIÕES DA CABEÇA. 1. Frontal 2. Parietal 3. Occipital 4. Temporal 5. Infratemporal II. DIVISÃO DA SUPERFÍCIE CORPORAL EM REGIÕES I - REGIÕES DA CABEÇA 1. Frontal 2. Parietal 3. Occipital 4. Temporal 5. Infratemporal II. REGIÕES DA FACE Fig. Divisão da Superfície corporal em regiões: cabeça

Leia mais

Apostila didática / Complexo articular do Ombro Profa. Isabel de C. N. Sacco / 2001 22

Apostila didática / Complexo articular do Ombro Profa. Isabel de C. N. Sacco / 2001 22 Apostila didática / Complexo articular do Ombro Profa. Isabel de C. N. Sacco / 2001 22 Bibliografia CALAIS, G. B. Anatomia para o movimento. Ed. Manole São Paulo: 1991 vol1. KAPANDJI, I. A. Fisiologia

Leia mais

Constituição do Esqueleto

Constituição do Esqueleto O ESQUELETO HUMANO Funções do Esqueleto O esqueleto humano constitui a estrutura que dá apoio ao corpo, protege os órgãos internos e assegura a realização dos movimentos, juntamente com o sistema muscular.

Leia mais

www.josegoe s.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1

www.josegoe s.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1 Página 1 01. Ossos da coluna vertebral A coluna vertebral é formada por um número de 33 ossos chamados vértebras. Estas se diferenciam pela sua forma e função. Vértebras semelhantes se agrupam em regiões

Leia mais

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA COLUNA VERTEBRAL E TÓRAX 1 TERMOS DIRECCIONAIS ORIENTAÇÃO DO TIPOS DE OSSOS MOVIMENTOS ARTICULARES

ESTUDO DO MOVIMENTO OSTEOLOGIA COLUNA VERTEBRAL E TÓRAX 1 TERMOS DIRECCIONAIS ORIENTAÇÃO DO TIPOS DE OSSOS MOVIMENTOS ARTICULARES TERMOS DIRECCIONAIS EB 23S DE CAMINHA CURSO PROFISSIONAL TÉCNICO GESTÃO DESPORTIVA ESTUDO DO MOVIMENTO TÓRAX POSIÇÃO DESCRITIVA ANATÓMICA PLANOS DESCRITIVOS PLANO SAGITAL PLANO HORIZONTAL INFERIOR ANTERIOR

Leia mais

1) ESTUDO DOS OSSOS DA COLUNA VERTEBRAL 1

1) ESTUDO DOS OSSOS DA COLUNA VERTEBRAL 1 1) ESTUDO DOS OSSOS DA COLUNA VERTEBRAL 1 1.1. a coluna vertebral é constituída por conjunto de ossos irregulares e impares denominados de vértebras 1.2. a coluna vertebral estende-se desde a região cervical

Leia mais

Anatomia Craniomandibular

Anatomia Craniomandibular Anatomia Craniomandibular Anatomia Craniomandibular Revisão da Anatomia Disco Articular Região Posterior: Vascular Inervada Região central: Avascular Denervada Região Anterior: Vascular Inervada

Leia mais

Podemos didaticamente dividir a musculatura dos membros superiores em grupos principais: Músculo Origem Inserção Ação Psoas maior proc.

Podemos didaticamente dividir a musculatura dos membros superiores em grupos principais: Músculo Origem Inserção Ação Psoas maior proc. MIOLOGIA DO ESQUELETO APENDICULAR MIOLOGIA DO MEMBRO INFERIOR Podemos didaticamente dividir a musculatura dos membros superiores em grupos principais: Iliopsoas MÚSCULOS QUE ACIONAM A COXA Psoas maior

Leia mais

2) Funções Movimentos: flexão, extensão e rotação. Proteção: medula espinhal no canal vertebral.

2) Funções Movimentos: flexão, extensão e rotação. Proteção: medula espinhal no canal vertebral. Osteologia da Coluna Vertebral Anatomia dosanimais Domésticos I Prof. Paulo Junior 1/8 OSTEOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL 1) Formação Vértebras desde o crânio até a ponta da cauda. 2) Funções Movimentos: flexão,

Leia mais

Biomecânica da Coluna Cervical

Biomecânica da Coluna Cervical Biomecânica da Coluna Cervical MFT 0833 Isabel de Camargo Neves Sacco Sacco ICN 2007 PROPEDÊUTICA E ANATOMIA DE SUPERFÍCIE Base da cabeça: C1 + occipital C3 - osso hióide C4 e C5 - cartilagem tireoidiana

Leia mais

SEBENTA DE MÚSCULOS. Nuno Matos nunomatos@gtmmi.pt

SEBENTA DE MÚSCULOS. Nuno Matos nunomatos@gtmmi.pt SEBENTA DE MÚSCULOS Nuno Matos nunomatos@gtmmi.pt MÚSCULOS DO DORSO E COLUNA VERTEBRAL Nuno Matos nunommatos@gmail.com FÁSCIA TÓRACO-LOMBAR A fáscia tóraco-lombar é uma importante estrutura aponevrótica

Leia mais

s.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1

s.com.br Prof. Ms. José Góes Página 1 1 O Ombro é uma articulação de bastante importância para todos nós, visto que para fazermos até as atividades mais simples, como escovar os dentes e dirigir, precisamos dele. Devido a esta característica,

Leia mais

Este material foi feito com muito carinho em 2002.

Este material foi feito com muito carinho em 2002. Este material foi feito com muito carinho em 2002. Na época da nossa graduação os livros de anatomia eram poucos para tantos alunos, e eles sempre renovavam o livro entre si, então quem conseguisse pegar

Leia mais

Face e cavidade bucal

Face e cavidade bucal Face e cavidade bucal Formação da Face e pescoço Na aula passada: -Aparelho faríngeo Arcos faríngeos Bolsas faríngeas Fendas faríngeas Membranas faríngeas -Tireóide Na aula de hoje - Língua - Face - Cavidades

Leia mais

Radiologia médica - Anatomia I. Total de 7 páginas 1

Radiologia médica - Anatomia I. Total de 7 páginas 1 OSSOS DA FACE Ossos da face crescem até aos 16 anos; Com amadurecimento: os ossos do crânio se expandem, dentes se formam e emergem, seios paranasais aumentam. Ossos Nasais Ossos da face (14): 2 ossos

Leia mais

Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana Sistema Muscular - Professor Raphael Varial. Sistema Muscular

Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana Sistema Muscular - Professor Raphael Varial. Sistema Muscular Introdução Sistema Muscular Os músculos representam cerca de 50 a 60% do peso do corpo, quando eles se contraem afetam o movimento de todo o corpo, do sangue, do alimento e da respiração por exemplo. Existem

Leia mais

Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia Humana. Ossos do Crânio e da Face

Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia Humana. Ossos do Crânio e da Face Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Anatomia Humana Ossos do Crânio e da Face Recepção do alimento e do ar e centro das emoções e da fala a face representa a pessoa

Leia mais

Teórica: Aula expositiva dialogada com projeção de imagens e manipulação do esqueleto de resina, articulado.

Teórica: Aula expositiva dialogada com projeção de imagens e manipulação do esqueleto de resina, articulado. Aulas 2 e 3 Tema: Sistema esquelético Objetivos Mediar os conhecimentos científicos dos conteúdos propostos para que o aluno seja capaz de: Identificar a estrutura geral do Esqueleto Humano; Identificar

Leia mais

PADRÃO DA RAÇA BRAHMAN

PADRÃO DA RAÇA BRAHMAN 33 1 - APARÊNCIA GERAL 1.1 - Estado Geral Sadio e vigoroso. 1.2 - Desenvolvimento Bom, de acordo com a idade. Médio. Tamanho e peso reduzidos, em relação à idade. 1.3 - Constituição, Ossatura e Musculatura

Leia mais

CINESIOLOGIA - ATM ATM 08/08/2016. Cinesiologia e Biomecânica

CINESIOLOGIA - ATM ATM 08/08/2016. Cinesiologia e Biomecânica CINESIOLOGIA - ATM Cinesiologia e Biomecânica Ft. Ms. Paula M. H. Akashi Aoki ATM Sistema estomatognático; Funções: mastigação, deglutição, fonação, respiração, expressão facial; 1 ATM Sinovial, condilar

Leia mais

ANATOMIA. SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Aula 3. Profª. Tatianeda Silva Campos

ANATOMIA. SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Aula 3. Profª. Tatianeda Silva Campos ANATOMIA SISTEMA MÚSCULO ESQUELÉTICO Aula 3 Profª. Tatianeda Silva Campos Ossos da coluna vertebral coluna vertebral = eixo do esqueleto e sustentação do corpo. É formada pela superposição de 33 vértebras:

Leia mais

Músculos da Mastigação

Músculos da Mastigação Músculos da Mastigação São consideradas funções estomatognáticas a sucção, mastigação, deglutição, respiração e a fala. Comportamento normal na sucção de neonatos 1. Vedamento labial; 2. Contração do

Leia mais

Não risque as peças, utilize os estiletes marcadores para apontar as estruturas. ESQUELETO AXIAL

Não risque as peças, utilize os estiletes marcadores para apontar as estruturas. ESQUELETO AXIAL ESQUELETO AXIAL Não risque as peças, utilize os estiletes marcadores para apontar as estruturas. Vamos estudar o esqueleto que forma o eixo do corpo iniciando o estudo da CABEÇA óssea que se divide em

Leia mais

Avaliação Integrada. Prof. Silvio Pecoraro

Avaliação Integrada. Prof. Silvio Pecoraro Avaliação Integrada slpecoraro@yahoo.com.br Prof. Silvio Pecoraro Corrente cinética: sistema muscular + sistema articular + sistema neural. Anatomia Funcional Biomecânica Funcional Educação Motora Definições

Leia mais

Pelve: Ossos, Articulações e Ligamentos. Dante Pascali

Pelve: Ossos, Articulações e Ligamentos. Dante Pascali CAPÍTULO 1 Pelve: Ossos, Articulações e Ligamentos Dante Pascali Capítulo 1 Pelve: Ossos, Articulações e Ligamentos 3 OSSOS PÉLVICOS A pelve é a base óssea na qual o tronco se apóia e através da qual o

Leia mais

Coluna Vertebral e Crâneo

Coluna Vertebral e Crâneo Coluna Vertebral e Crâneo Nome: Turma: PL1/PL2 Aspectos gerais A. Legende a figura e refira o número de vértebras existentes em cada uma das regiões assinaladas: 1- N.º de vértebras: 2- N.º de vértebras:

Leia mais

1 2 PSOAS O = PROCESSOS TRANSVERSOS / CORPOS E DISCOS INTERVERTEBRAIS DE TODAS AS VÉRTEBRAS LOMBARES N. FEMURAL I = TROCANTER MENOR ILIACO O = FOSSA ILIACA N. FEMURAL I = TROCANTER MENOR RETO FEMURAL O

Leia mais