Catálogo. de formação SOLUÇÕES DE VANGUARDA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Catálogo. de formação SOLUÇÕES DE VANGUARDA"

Transcrição

1 2014 Catálogo de formação SOLUÇÕES DE VANGUARDA

2 Índice de eficácia da formação 94% Mais desempenho e produtividade Quase 95% dos nossos formandos consideram que o seu desempenho melhorou depois de participarem na formação ministrada pela F.Fonseca! menu formação» inter-empresas

3 apresentação Programa Apresentação Plano de formação 2014 Com muito agrado e orgulho a F.Fonseca apresenta o seu plano de formação para Contrariando a crise e o desânimo em que vivemos, o conhecimento diferenciador promovido pela F.Fonseca continua a alargar- -se pela indústria portuguesa e pelos seus profissionais. O ano que passou foi para nós muito especial. Nunca tantas empresas nos confiaram a formação e desenvolvimento dos seus colaboradores. A todos o nosso profundo agradecimento por tamanha honra! Para 2014 continuamos a inovar e reforçar a nossa oferta formativa. À excelência dos conteúdos técnicos, juntámos a riqueza e interesse da formação comportamental, que tanto impacto pode ter nas organizações atuais. A competência e experiência de quem ministra estas ações são garantes de experiências formativas enriquecedoras e únicas. Venha descobri-las! Este será também o primeiro ano em que os membros da Ordem dos Engenheiros Técnicos usufruem de um desconto de 10% nas ações promovidas pela F.Fonseca. São bastantes razões para continuar a desenvolver as suas competências com a F.Fonseca em 2014! Pedro Soares (Responsável de Formação) > 3

4 Os nossos compromissos Detemos e promovemos conhecimento diferenciador. Diagnosticamos necessidades e expetativas. Adequamos conteúdos e metodologias à realidade individual de cada organização. Criamos valor, resolvemos problemas e garantimos resultados duradouros. Assumimo-nos como agentes de produtividade e competitividade. Atuamos sob princípios de ética, responsabilidade, competência e rigor. Avaliamos a eficácia da nossa formação. > 4

5 Index 03 / programa - Apresentação do Plano de formação / formadores - Os nossos formadores da área técnica 04 / Os nossos compromissos 05 / index 08 / cronograma - Ações / F.Fonseca - Conhecimento e experiência 19 / área técnica 11 / Formação intra-empresa 20 / Esteiras Murrplastik 28 janeiro - Aveiro seminário 12 / Reconhecimento e as nossas garantias 13 / Soluções à medida e o nosso modelo de trabalho 14 / Potenciamos o aumento da eficiência e conhecimento junto dos nossos parceiros 15 / Conhecimento diferenciador e diversificado! 16 / formadores - Os nossos formadores da área técnica 17 / Formação inter-empresas 21 / Interfaces homem-máquina 31 janeiro - Aveiro workshop 22 / Trabalhos em espaços confinados 11 fevereiro - Aveiro formação seminário 23 / Produtos e soluções Advantech 19 fevereiro - Aveiro 24 / As nossas Parcerias - comece hoje a usufruir das nossas parcerias e ações de formação! 25 / Drives e posicionamento 25 e 26 fevereiro - Aveiro formação > 5

6 27 / Exploração de instalações elétricas BT e MT 6 março - Aveiro formação 29 / Atmosferas explosivas ATEX 12 e 13 março - Aveiro formação 46 / Desenhar com Eplan Electric P8 Parte 1 19, 20, 21 e 23 maio - Aveiro formação 47 / Conexões rápidas Wieland Bit 27 maio - Aveiro workshop Gratuito 31 / Reciclagem EPLAN electric P8 25, 26 e 27 março - Aveiro formação 48 / Sick Vision Day 29 maio - Aveiro seminário Gratuito 32 / Automação para técnicos de produção 28 e 29 março - Aveiro formação 49 / Sustentabilidade Empresarial 4 e 5 junho - Aveiro formação 33 / Quadro elétrico - Normas e legislação 1 abril - Aveiro formação 34 / Novo regime de emissões industriais 3 abril - Lisboa formação 36 / Desenvolver HMI com Visual Basic 8, 9 e 10 abril - Aveiro formação formação 35 / Reconhecemos a sua confiança, PRE- MIAMOS a preferência! - Cartão fidelidade e Vales desconto 38 / Segurança na utilização de empilhadores 14 abril - Aveiro formação 40 / Calibrar com Additel 17 abril - Aveiro seminário Gratuito 41 / Óleo-hidráulica I 22 e 23 abril - Aveiro 50 / EDUCAÇÃO - Na visão de Nelson Mandela 51 / Quiosques, acessos e bilhética 12 junho - Aveiro seminário Gratuito 52 / Gestão de resíduos 17 e 18 junho - Aveiro formação formação 54 / Metrologia I - Gestão de EMM s 19 e 20 junho - Aveiro 9 e 10 outubro - Lisboa 56 / Redes de comunicação industrial 25 e 26 junho - Aveiro formação 57 / Conservação, manutenção e ampliação de quadros elétricos 2 julho - Aveiro formação 59 / Deteção e localização de fugas de água 8 e 9 julho - Aveiro formação 42 / Cálculo de quadro elétrico 6 maio - Aveiro formação 61 / Produtos e soluções Jumo 10 setembro - Aveiro seminário Gratuito 43 / Tratamento de águas residuais 13 e 14 maio - Aveiro formação 44 / Redução de consumo de energia na indústria 13 e 14 maio - Aveiro formação 62 / Legislação ambiental 24 e 25 setembro - Aveiro formação 64 / Jornadas de segurança em máquinas 1, 2 e 3 outubro - Aveiro formação > 6

7 66 / Segurança elétrica e qualidade da energia 17 outubro - Aveiro workshop 68 / EPLAN Electric P8 para manutenção 21, 22 e 23 outubro - Aveiro formação 69 / Automação para técnicos manutenção 7, 8, 14 e 15 novembro - Aveiro formação 70 / Metrologia II - Calibrações internas 10 e 11 novembro - Aveiro formação 83 / Gestão do tempo 4 e 5 abril - Aveiro formação 85 / Doenças músculo-esqueléticas 29 abril - Aveiro formação 87 / Gestão de reuniões 9 maio - Aveiro formação 89 / Técnicas de apresentação para varas verdes 11 e 12 julho - Aveiro formação 71 / Lock-Out Tag-Out 20 novembro - Aveiro formação 72 / Operar quadros elétricos com segurança 26 novembro - Aveiro formação 74 / Programação de autómatos Mitsubishi 5, 6, 12 e 13 dezembro - Aveiro formação 76 / Manutenção remota: HMS NETBITER data a definir - Aveiro workshop 77 / Óleo-Hidráulica II data a definir - Aveiro formação Gratuito 78 / formadores - Os nossos formadores da área comportamental 79 / Área Comportamental 91 / Gestão de tempo com o Outlook 16 setembro e 16 dezembro - Aveiro formação 93 / O rastilho da criatividade 19 e 20 setembro - Aveiro formação 95 / Primeiros socorros com suporte básico 8 e 9 OUTUBRO - Aveiro formação 96 / Movimentação manual de cargas 29 OUTUBRO - Aveiro formação 98 / Técnicas de vendas 11, 12 e 13 NOVEMBRO - Aveiro formação 100 / Negociação Eficaz 2 e 3 DEZEMBRO - Aveiro formação 102 / Condições Gerais de participação 80 / Suporte básico de vida 4 fevereiro - Aveiro formação 81 / Liderança de elevado desempenho 3, 4 e 5 abril - Aveiro formação > 7

8 cronograma Ações 2014 JANEIRO 28 janeiro - Aveiro / Esteiras Murrplastik 6 horas Gratuito 31 janeiro - Aveiro / Interfaces homem-máquina 8 horas 225,00 + IVA FEVEREIRO 4 Fevereiro - Aveiro / Suporte básico de vida 8 horas 85,00 + IVA 11 Fevereiro - Aveiro / Trabalhos em espaços confinados 6 horas 75,00 + IVA 19 Fevereiro - Aveiro / Produtos e soluções Advantech 6,5 horas Gratuito 25 e 26 Fevereiro - Aveiro / Drives e posicionamento 16 horas 195,00 + IVA 6 Março - Aveiro / Exploração de instalações elétricas BT e MT 8 horas 195,00 + IVA MARÇO 12 e 13 Março - Aveiro / Atmosferas explosivas ATEX 16 horas 345,00 + IVA 25, 26 e 27 Março - Aveiro / Reciclagem EPLAN electric P8 18 horas 600,00 + IVA 28 e 29 Março - Aveiro / Automação para técnicos de produção 12 horas 175,00 + IVA 1 Abril - Aveiro / Quadro elétrico - normas e legislação 8 horas 195,00 + IVA 3 Abril - Lisboa / Novo regime de emissões industriais 6 horas 125,00 + IVA 3, 4 e 5 Abril - Aveiro / Liderança de elevado desempenho 20 horas 245,00 + IVA ABRIL 4 e 5 Abril - Aveiro / Gestão do tempo 12 horas 150,00 + IVA 8, 9 e 10 Abril - Aveiro / Desenvolver HMI com Visual Basic 24 horas 395,00 + IVA 14 Abril - Aveiro / Segurança na utilização de empilhadores 7,5 horas 95,00 + IVA 17 Abril - Aveiro / Calibrar com Additel 6,5 horas Gratuito 22 e 23 Abril - Aveiro / Óleo-hidráulica I 16 horas 245,00 + IVA 29 Abril - Aveiro / Doenças músculo-esqueléticas 7 horas 85,00 + IVA 6 Maio - Aveiro / Cálculo de quadro elétrico 8 horas 195,00 + IVA 9 Maio - Aveiro / Gestão de reuniões 8 horas 115,00 + IVA MAIO 13 e 14 Maio - Aveiro / Tratamento de águas residuais 16 horas 245,00 + IVA 13 e 14 Maio - Aveiro / Redução de consumo de energia na indústria 16 horas 245,00 + IVA 19, 20, 21, 22 e 23 Maio - Aveiro / Desenhar com Eplan Electric P8 - Parte 1 30 horas 1.000,00 + IVA > 8

9 27 Maio - Aveiro / Conexões rápidas Wieland Bit 6,5 horas Gratuito 29 Maio - Aveiro / Sick Vision Day 7 horas Gratuito 4 e 5 Junho - Aveiro / Sustentabilidade empresarial 13 horas 185,00 + IVA JUNHO 12 Junho - Aveiro / Quiosques, acessos e bilhética 6,5 horas Gratuito 17 e 18 Junho - Aveiro / Gestão de resíduos 14 horas 225,00 + IVA 19 e 20 Junho - Aveiro / Metrologia I - Gestão de EMM s 14 horas 345,00 + IVA 25 e 26 Junho - Aveiro / Redes de comunicação industriais 16 horas 195,00 + IVA JULHO 2 Julho - Aveiro / Conservação, manutenção e ampliação de quadros elétricos 8 horas 195,00 + IVA 8 e 9 Julho - Aveiro / Deteção e localização de fugas de água 12 horas 75,00 + IVA 11 e 12 Julho - Aveiro / Técnicas de apresentação para varas verdes 16 horas 195,00 + IVA SETEMBRO 10 Setembro - Aveiro / Produtos e soluções Jumo 6,5 horas Gratuito 16 Setembro e 16 Dezembro - Aveiro / Gestão de tempo com o Outlook horas 245,00 + IVA 19 e 20 Setembro - Aveiro / O rastilho da criatividade 12 horas 150,00 + IVA 24 e 25 Setembro - Aveiro / Legislação ambiental 14 horas 225,00 + IVA 1, 2 e 3 Outubro - Aveiro / Jornadas de segurança em máquinas horas 395, ,00 + IVA OUTUBRO 8 e 9 Outubro - Aveiro / Primeiros socorros com suporte básico 9 e 10 Outubro - Lisboa / Metrologia I - Gestão de EMM s 14 horas 345,00 + IVA 17 Outubro - Aveiro / Segurança elétrica e qualidade da energia 16 horas 8 horas 150,00 + IVA 125,00 + IVA 21, 22 e 23 Outubro - Aveiro / EPLAN Electric P8 para manutenção 20 horas 600,00 + IVA 29 Outubro - Aveiro / Movimentação manual de cargas 7 horas 085,00 + IVA 7, 8, 14 e 15 Novembro - Aveiro / Automação para técnicos manutenção 24 horas 295,00 + IVA NOVEMBRO 10 e 11 Novembro - Aveiro / Metrologia II - Calibrações internas 14 horas 345,00 + IVA 11, 12 e 13 Novembro - Aveiro / Técnicas de vendas 20 horas 245,00 + IVA 20 Novembro - Aveiro / Lock-Out Tag-Out 6 horas 75,00 + IVA 26 Novembro - Aveiro / Operar quadros elétricos com segurança 8 horas 195,00 + IVA DEZEMBRO 2 e 3 Dezembro - Aveiro / Negociação eficaz 12 horas 150,00 + IVA 5, 6, 12 e 13 Dezembro - Aveiro / Programação de autómatos Mitsubishi data a definir / Manutenção remota: HMS NETBITER data a definir / Óleo-Hidráulica II 24 horas 6,5 horas 16 horas 495,00 + IVA + Kit1* 1 695,00 + IVA + Kit2 Gratuito 245,00 + IVA 1 Consulte a página 74 deste manual para saber mais detalhes sobre esta ação. * > 9

10 Conhecimento Experiência A F.Fonseca tem-se assumido nos últimos 35 anos como uma entidade potenciadora de inovação e crescimento, procurando a excelência através de soluções de vanguarda, gestão de conhecimento e compromisso com o cliente. É reconhecida no mercado industrial como detentora de conhecimento diferenciador nas áreas onde atua: automação de máquinas, automação de processos, instrumentação e ambiente. Comprometida com a satisfação do cliente e apoiada no grande conhecimento que detém, fruto da experiência diária dos seus recursos humanos em ambientes industriais, a F.Fonseca tem alargado ao longo dos últimos anos a sua ação à formação profissional Legenda: Evolução do número de formandos. A qualidade e inovação das ações apresentadas, aliadas à aposta em conteúdos programáticos específicos e adequados às necessidades dos nossos parceiros, garantem que todos os nossos formandos encontrem na nossa oferta formativa uma resposta completa e abrangente às reais exigências do mercado. > 10

11 intra Empresa ENqUADRAMeNTO Cientes da crescente necessidade de habilitar especialistas nas mais distintas áreas, estamos disponíveis para expandir e completar o nosso leque de ações formativas. Criamos soluções e percursos pedagógicos ajustados às necessidades únicas de cada cliente, auxiliando-o no desenvolvimento das suas competências e na concretização dos objetivos propostos. > 11

12 INTRA-EMPRESA Reconhecimento A preparação, execução e realização de projetos formativos em formato intra-empresa junto dos seus clientes é, para nós, uma enorme responsabilidade que nos enche de orgulho. É um desafio preparar soluções pedagógicas à medida das expetativas e necessidades dos nossos formandos e empresas e é bastante recompensador colaborar no desenvolvimento e reforço das suas competências. Evolução do número de formandos intra-empresa As nossas garantias: Disponibilizamos os mais modernos meios pedagógicos e colocamos à disposição dos nossos formandos equipamentos de vanguarda; Legenda: Evolução do número de formandos a frequentar ações intra-empresa. Nos últimos anos o nosso desempenho tem sido reconhecido, o que aumenta ainda mais a responsabilidade e a exigência com o nosso trabalho. Felizmente, são estes desafios que nos motivam a ser melhores e a causar um impacto cada mais positivo nas empresas por onde passamos! Adequamos e trabalhamos conteúdos e metodologias de acordo com os objetivos, necessidades e expetativas enunciadas; Ministramos os nossos cursos em qualquer local designado pelo nosso Cliente; Evolução do número de ações intra-empresa 14 Avaliamos o impacto da nossa formação no desempenho dos formandos Legenda: Aumento do número de ações intra-empresa realizadas. > 12

13 INTRA-EMPRESA Soluções à medida A clara identificação das diferentes fases de preparação, organização e avaliação de um projeto de formação em formato intra-empresa é condição essencial para o sucesso do mesmo. Na F.Fonseca, acreditamos e seguimos este modelo: DIAGNÓsTIcO INIcIAL e conceção GLOBAL Levantamento de necessidades; Elaboração do referencial de formação. ADeqUAÇÃO e construção DA solução De formação Diagnóstico presencial e / ou levantamento das necessidades e expetativas através de inquérito; Adaptação de conteúdos, carga horária e metodologias de formação; Organização da ação de formação. AVALIAÇÃO DA formação Avaliação comportamental e da aprendizagem dos formandos; Avaliação da ação pelos formandos, formador e coordenador. CONcLUsÃO DA formação Entrega de todo o material pedagógico; Elaboração dos relatórios finais da formação. AcOMpANHAMeNTO pós-formação: Acompanhamento e avaliação da eficácia; Identificação de ações de melhoria de forma a rentabilizar o investimento realizado. > 13

14 INTRA-EMPRESA Potenciamos o aumento da eficiência e conhecimento junto dos nossos parceiros 1. Avaliação ergonómica de postos de trabalho; 2. Passaporte de segurança; 3. Nova legislação de segurança e saúde no trabalho lei 102/2009; 4. Responsabilidade criminal pelo incumprimento de regras de segurança; 5. Responsabilidade na reconversão de máquinas; 6. Sinalização de segurança em fábrica; 7. Riscos e perigos em fábrica; 8. HAZOP (estudo de perigo e operacionalidade); 9. Compostos químicos (regulamentos Reach e CLP); 10. Qualidade do ar interior; 11. Diretiva Seveso; 12. Exposição profissional a agentes químicos; 13. Manuseamento de gases fluorados; 14. Fatores físicos (ruído / iluminação / vibrações / radiações e ambiente térmico); 15. Avaliação de riscos elétricos TET-BT; 16. Aplicação das RTIEBT; 17. Segurança de trabalhos em altura; 18. Plataformas elevatórias; 19. Técnicas de combate a incêndio. 1. Planeamento, gestão e organização da manutenção industrial; 2. Manutenção de instalações elétricas; 3. Manutenção de equipamentos de frio; 4. Gestão da produção; 5. 5Ss / Visual Management; 6. 7 Muda (Desperdício); 7. Auditorias focalizadas (manutenção dos resultados da implementação dos 5Ss); 8. Sensei para a indústria / serviços; 9. 5W (what / where / when / who / why 3H (how / how many / how much); 10. Gestão de alterações 4M (máquina / método / material e man); 11. Jishuken; 12. SMED (single minute Exchange dies); 13. Kanban (implementação prática). Engenharia e gestão industrial Higiene e segurança Automação industrial 1. Micro-controladores Micro-autómatos; 2. Visão industrial; 3. Robótica; 4. Autómatos compactos e modulares. > 14

15 INTRA-EMPRESA Conhecimento diferenciador e diversificado! O conhecimento, competências e experiência que detemos vão muito além do constante no nosso Plano de Formação. Nestas páginas poderá encontrar outras temáticas em que somos especialistas e sobre as quais poderemos promover formação em formato intra-empresa. Consulte-nos! 1. Barreiras de automação; 2. Fotocélulas; 3. Fibras óticas; 4. Scanners de segurança; 5. Barreiras de segurança; 6. Controladores de segurança; 7. Leitores de códigos de barras; 8. Scanners laser; 9. Sistemas de medição de distâncias; 10. Sistemas de visão. Sick 1. Instrumentação industrial (controlo de processos industriais); 2. Sistemas de aquisição de sinal remoto (cloro / ph / condutividade) com / sem controlo de processo; 3. Programação de controladores de processo; 4. Utilização de calibradores de processos industriais (temperatura / pressão) 5. Termografia. Processo e instrumentação Energia 1. Auditorias energéticas vs planos de racionalização energética; 2. Sistemas de gestão de energia (ISO 50001); 3. Gestão de energia e eficiência energética em edifícios de serviços e indústria; 4. Projeto e dimensionamento de instalações elétricas; 5. energética; 6. Interferências eletromagnéticas; 7. Regras técnicas de instalações elétricas de baixa tensão RTIEBT. Ambiente 1. Implementação de sistemas de gestão ambiental (ISO 14001); 2. Responsabilidade ambiental e análise de risco; 3. Desempenho ambiental (ISO 14031); 4. Auditorias ambientais (ISO 14001); 5. Incertezas no cálculo de emissões gasosas; 6. Implementação QAL3: EN / EN 15267; 7. Comércio de emissões (Diretiva CELE); 8. Manutenção de equipamentos automáticos Sick para medição em contínuo de emissões gasosas. > 15

16 A a J Os nossos formadores da área técnica Alberto Marimba - Licenciado em Engenharia Eletrotécnica no Ramo de Sistemas Industriais pela FCUC. Mestre em Manutenção Industrial pela FEUP. Técnico reconhecido pela Direção Geral de Energia e Geologia. Formador e consultor para sistemas de gestão industrial (Qualidade, Segurança, Manutenção e Energia). Carlos Conceição - Frequência de Engenharia no Instituto Superior Técnico e Faculdade de Ciências de Lisboa. Desde 2001 monitorou mais de 8500 horas de formação em Higiene e Segurança no trabalho e 5300 horas em Condução de Empilhadores, destacando-se a formação de todos os operadores de empilhadores de um grande económico português. Daniel Tibet - International Sales Manager na Additel. Albert Casanellas - Especialista Segurança, Aplicações e Sistemas. Alfonso de Victoria Pou - Engenheiro Industrial pela Escuela Técnica Superior de Ingenieros Industriales de Barcelona. Foi chefe de segurança de produtos na Consejería de Industria de la Generalitat de Cataluña. Colaborou com uma multinacional americana e exerce hoje a sua atividade como freelancer. Alexandra Passos Silva - Licenciada em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro. Pós-graduada em Engenharia de Gestão da Qualidade e em Gestão Integrada de Sistemas de Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social. Especializou-se em Auditorias Ambientais e EMAS. Responsável da Qualidade e Técnica do Laboratório do IDAD. Avaliadora Técnica da Bolsa de Auditores do IPAC. Amâncio Vilhena - Bacharel em Engenharia Eletrotécnica pelo IEP. Projetista de sistemas elétricos e instalações de utilização e produção. Responsável pela exploração de instalações elétricas de utilização de energia (BT, MT e AT) e centrais de produção. Bernhard Mueller - Export Sales na Jumo. Bruno Silva - Licenciado em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro. Consultor Técnico e Gestor de Projetos Automação Industrial na F.Fonseca. Carlos Borrego - PhD em Applied Environmental na Universidade Livre de Bruxelas. Professor Catedrático na Universidade de Aveiro e Diretor do IDAD. Delegado Nacional ao Programa Quadro de Investigação (Ambiente e Alterações Climáticas) da EU e Diretor da European Association for the Science of Air Pollution. Coordenação do Grupo de investigação em Emissões, Modelação e Alterações Climáticas. David Santos - Formador certificado pela EPLAN Sofware & Service em EPLAN Electric P8, EPLAN Fluid e EPLAN Pro Panel. Responsável pela área de formação, suporte técnico e integração de soluções EPLAN em clientes. Hernâni Rodrigues - Técnico de Eletrónica, consultor especialista em segurança de máquinas e inspetor certificado pela Sick Optic Electronic com o nº 115. Javi Quintano - Diretor Comercial / Keey Account Manager na Murrplastik Espanha. João Alves e Sousa - Diretor Técnico de Centro de Metrologia há 16 anos, acreditado pelo IPAC nas áreas de Força, Massa, Comprimento, Temperatura e Humidade relativa. Auditor do IPAC e representante de Portugal na Comissão Técnica TC7-Measurement Sciences da IMEKO. Coordenador do grupo de trabalho GT8-Dimensional da comissão técnica CT4-Metrologia da Relacre. João Ginja - Licenciado em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro. Consultor no IDAD. Participou em estudos de suporte a novos instrumentos de política ambiental, nomeadamente legislação na área das emissões de poluentes atmosféricos e gestão e tratamento de resíduos. João Toito - Bacharelato em Engenharia Eletrotécnica pela Universidade de Aveiro. Gestor de Produto da área Gestão Técnica de Edifícios na F.Fonseca. Jordi Curado - Responsável Técnico Wieland BIT em Espanha. Jorge Oliveira - Licenciado em Engenharia Eletrotécnica. Diretor de unidade industrial em Angola ligada à óleo-hidráulica. Mais de 25 anos de experiência como responsável comercial e técnico bem como formador e consultor nas áreas de automação, pneumática e óleo-hidráulica. > 16

17 inter Empresas > 17

18 J a Z Os nossos formadores da área técnica Luís Ribeiro - Sales Manager na Ewen Energy. Rui Almeida - Engenheiro Mecânico na Ewen Energy. Martin Falkman - Bacharel em Ciências de Engenharia Elétrica e mais de 15 anos de experiência em comunicações industriais, integração de sistemas e ensino. Channel Partner Manager na HMS Industrial Networks. Miguel Coutinho - Licenciado em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro (UA). Mestre em Engenharia Térmica pela Universidade do Porto e Doutorado em Ciências Aplicadas ao Ambiente pela UA. Secretário-geral do IDAD. Colabora regularmente com instituições do ensino superior. Presidiu a Associação Portuguesa de Avaliação de Impactes. Preside a International Association for Impact Assessment. Nuno Dias - Licenciado em Engenharia Eléctrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro. Gestor de Produto da área Controlo e Acionamentos na F.Fonseca. Nuno Soutinho - Licenciado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro. Gestor de Produto da área Processo e Instrumentação na F.Fonseca. Paola Gambino - Channel Sales Representative for Spain & Portugal na Advantech. Pedro Santos - Licenciado em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro. Mestre em poluição atmosférica. Gestor de produto da área Ambiente na F.Fonseca. Pedro Santos - ISO EMS Auditor. Rui Julião - Production Manager of Flexible Insulation Systems na Ewen Energy. Rui Xarrama - Bacharel em Engenharia Eletrotécnica pela Escola Superior de Tecnologia de Viseu, Instituto Politécnico de Viseu. Gestor de Produto da área Automação Geral na F.Fonseca. Sérgio Gonçalves - Licenciado em Engenharia Eletrotécnica, Electrónica e Computadores pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto. Técnico de Processo e Instrumentação na F.Fonseca. Tiago Carvalho - Licenciado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações pela Universidade de Aveiro. Gestor de Produto das áreas de Segurança, Medição e Identificação Automática na F.Fonseca. Tiago Rogado - Licenciado em Engenharia do Ambiente, pela Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade Nova de Lisboa. Pós-Graduado em Engenharia Municipal e Sanitária pela Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa. Em 2008 concluiu o curso de Programa de Gestão de Energias Renováveis (PGER) na Universidade Católica Portuguesa. Avaliador Qualificado para a Construção Sustentável de Edifícios. Auditor da APCER. Túlio Paiva - Licenciado em Engenharia do Ambiente pela Universidade de Aveiro, 12 anos de experiência em Qualidade do Ar, na coordenação e desenvolvimento de projetos na área das emissões gasosas, realização de amostragens para cumprimento de requisitos legais e determinação da eficiência associada a processos produtivos e sistemas de tratamento de efluentes gasosos. Pere Soler - Especialista de segurança na Sick Espanha. Renato Pedroso - Licenciado em Infor- -mática de Gestão. Formador na área de desenvolvimento Microsoft.Net (C# e Vb.Net); tecnologias.net: WPF, WCF, WF, MVC, ASP.NET e Azure; administração de base de dados (Sql server e Oracle). Certificado em MCT; MCPD Development; MCTS Sql Server; OCP em Pl / SQL em Administração. > 18

19 área Técnica ENqUADRAMeNTO As áreas de atuação tradicionais da F.Fonseca transformadas em ações de formação modernas e inovadoras! Neste plano encontrará conhecimento e experiência que o irão ajudar a ser mais eficaz, mas também a realizar o seu trabalho com maior segurança e conhecimento. Ficará a conhecer soluções de vanguarda que permitirão à sua empresa modernizar os seus processos, diminuir os custos operacionais e aumentar a sua produtividade. Afinal de contas, é essa a nossa missão! > 19

20 28 / Jan Aveiro [ sede F.Fonseca ] Saiba identificar: os aspetos técnicos a considerar na escolha da esteira articulada. 10h30-13h30 14h30-17h30 6 horas 1 sessão Gratuito Almoço incluído 10 participantes Nº mínimo Seminário Esteiras Murrplastik Objetivos No final do seminário os participantes deverão: Conhecer a gama de esteiras articuladas; Identificar os aspetos técnicos a considerar na escolha da esteira articulada; Saber proceder à manutenção de uma esteira articulada; Definir corretamente o layout de cabos e tubarias. Destinatários Este seminário destina-se a fabricantes de máquinas. Conteúdos programáticos Material fornecido Documentação diversa. No final do seminário será emitido um certificado de presença. 1. Apresentação gama de produto; 2. Aspetos técnicos / definição de uma esteira articulada; 3. Trilhos guia; 4. Manutenção de uma esteira articulada; 5. Definição de layout de cabos e tubarias (chain builder); 6. Referências / casos de sucesso; 7. Comparativos com benchmarking. Oradores Rui Xarrama Javi Quintano > 20

21 31 / Jan Aveiro [ sede F.Fonseca ] OFERTA: Kit de Material Consola Weintek MT8050iE + Cabo de programação RS P.V.P h30-18h30 8 horas 1 sessão 225,00 + IVA Kit Weintek e almoço incluído 6 a 12 participantes Nº mínimo / máximo Workshop Interfaces homem-máquina Enquadramento Além de tornarem as aplicações industriais mais apelativas, as interfaces homem-máquina aumentam a sua eficácia e eficiência, disponibilizando informação fiável e em tempo real aos seus utilizadores. Com este workshop pretende- -se munir os participantes de ferramentas de construção de interfaces homem-máquina funcionais e intuitivas. Material fornecido Manual da formação. Kit Weintek - Consola Weintek MT8050iE + Cabo de programação RS-422 com P.V.P. 383,00 No final do workshop será emitido um certificado de presença. Objetivos específicos No final desta ação os participantes deverão ser capazes de: Escolher convenientemente o terminal a usar na sua aplicação; Elaborar interfaces homem-máquinas intuitivas; Dominar a programação de terminais usando software EB Designer; Elaborar aplicação usando uma consola Weintek e um autómato. Destinatários Esta ação destina-se a técnicos / programadores de eletrónica industrial, técnicos de automação e manutenção industrial. Conteúdos programáticos 1. Introdução; 2. Conceitos gerais sobre HMIs (Interfaces homem-máquina); 3. Gama de consolas Weintek; 4. Software de programação EB Designer; 5. Desenvolvimento de um projeto básico: Definição de ecrãs; Definição de variáveis; Uso de objetos simples. 6. Desenvolvimento de um projeto avançado: Gestão de alarmes; Registo de dados; Edição de receitas; Definição de níveis de segurança. 7. Desenvolvimento de projeto usando macros: Lista de instruções macro; Interveniente Bruno Silva Transferência de dados entre PLC s. 8. Opções especiais: Upload / download de projetos; Modo transparente; Acesso remoto. 9. Considerações finais. > 21

22 11 / Fev Aveiro [ sede F.Fonseca ] Trabalha frequentemente em espaços confinados? Previna-se e aprenda a agir em caso de acidente! 09h30-13h00 14h00-17h30 6 horas 1 sessão 75,00 + IVA Almoço incluído 6 a 12 formandos Nº mínimo / máximo Formação Trabalhos em espaços confinados Enquadramento Os espaços confinados são todos os locais com aberturas limitadas, com ventilação natural desfavorável e níveis deficientes de oxigénio. Estes locais não estão concebidos para uma ocupação contínua dos trabalhadores. Existem espaços confinados em diversas atividades agrícolas, de construção civil ou construção naval, expondo os trabalhadores a riscos de asfixia, intoxicação, incêndio ou outros. Material fornecido Manual da formação. No final da formação será emitido um certificado de formação profissional. Objetivos É nosso objetivo que no final do curso os formandos sejam capazes de: Reconhecer os principais cenários de perigo e condições de perigosas e avaliar os riscos inerentes aos trabalhos em espaços confinados, designadamente tarefas de manutenção; Identificar as principais técnicas de prevenção e segurança aplicáveis aos trabalhos em espaços confinados; Aplicar, em caso de acidente, procedimentos e técnicas de salvamento e intervenção. Destinatários Todos os profissionais que realizem tarefas em espaços em espaços confinados, nomeadamente em meio agrícola, de construção civil, atividade naval, subterrâneo e pessoas com responsabilidades de segurança e salvamento. Conteúdos programáticos 1. Legislação aplicável; 2. Classificação dos potenciais cenários de perigo e condições perigosas de um espaço confinado; 3. Identificação dos principais perigos e medidas de avaliação do risco; 4. Principais procedimentos e recomendações de segurança; 5. Planos de trabalho: procedimentos de consignação, permissões e responsabilidades; 6. Execução do trabalho: avaliação prévia do risco no ambiente de trabalho; 7. Plano de prevenção e proteção perante riscos avaliados; 8. Equipamentos de trabalho e de proteção coletiva; 9. Principais EPI s (equipamentos de proteção individual); 10. Procedimentos em caso de emergência num espaço confinado. Formador Alberto Marimba > 22

Plano Formação. Formação Profissional

Plano Formação. Formação Profissional Plano 2015 Profissional Índice da eficácia da formação Mais desempenho e produtividade 95% Quase 95% dos nossos formandos consideram que o seu desempenho melhorou depois de participarem na formação ministrada

Leia mais

Catálogo de Formação. Estabelecemos Parcerias orientadas para a criação de valor, baseado no desenvolvimento do Capital Humano da sua Empresa

Catálogo de Formação. Estabelecemos Parcerias orientadas para a criação de valor, baseado no desenvolvimento do Capital Humano da sua Empresa Catálogo de Formação Estabelecemos Parcerias orientadas para a criação de valor, baseado no desenvolvimento do Capital Humano da sua 1. Apresentação 2. Plano de formação 2.1 Condutores/manobradores de

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

[2011] Inter - Empresas Intra - Empresa

[2011] Inter - Empresas Intra - Empresa [2011] Inter - Empresas Intra - Empresa SOLUÇÕES DE VANGUARDA CONHEÇA a oferta FORMATIVA PARA 2011!» PLANO DE FORMAÇÃO 2011 Em 2010, além de realizarmos acções inéditas no mercado formativo português,

Leia mais

S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço.

S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço. S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço. Qualidade Ambiente Segurança A Quambis é uma empresa do Grupo Sondar, que tem como principal finalidade prestar um serviço integrado

Leia mais

Serviços Tecno Consultores em Formação. Serviços Tecnológicos MAPFRE Consultores em Engenharia e Formação

Serviços Tecno Consultores em Formação. Serviços Tecnológicos MAPFRE Consultores em Engenharia e Formação Serviços Tecno Consultores em Formação Consultores em Engenharia e Formação Plano de Formação 2014 Índice Curso Intensivo sobre Segurança no Trabalho para atualização de CAP s 4 Curso Intensivo sobre Segurança

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522 Apresentação... 3 Como Empresa... 3 A nossa Visão... 3 A nossa Missão - A SUA VALORIZAÇÃO, A NOSSA MISSÃO!... 3 Os nossos Valores... 3 Porquê fazer um Curso de Especialização?... 4 Formação Certificada...

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias Alimentares

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 NOVEMBRO/2012 1) CURSOS OFERTADOS: Automação Industrial Eletrônica Eletrotécnica* Informática Informática para Internet* Mecânica* Química* Segurança do Trabalho* * Cursos

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL DE TÉCNICO DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO 1/19 Programa do curso Módulo Designação Duração (h) Componente Sócio-Cultural 1 Legislação, regulamentos e normas de segurança,

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2015 Página 1 de 6

PLANO DE FORMAÇÃO 2015 Página 1 de 6 AMBIENTE ECONOMIA SOCIAL ENERGIA A Certificação da Gestão Florestal e Cadeia de Responsabilidade FSC ou PEFC Acompanhamento Ambiental em Obra e Gestão de RCD s (e-xz) Auditorias Ambientais (e-xz) Conformidade

Leia mais

TÉCNICO SUPERIOR DE SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO (NÍVEL 6)

TÉCNICO SUPERIOR DE SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO (NÍVEL 6) TÉCNICO SUPERIOR DE SEGURANÇA E HIGIENE NO TRABALHO (NÍVEL 6) Objectivos do Curso No final da acção, os formandos deverão ser capazes de: Colaborar na definição da política geral da empresa relativa à

Leia mais

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6 ÍNDICE Apresentação Wintek.Center... 4 Programa das Ações de Formação... 3 Básico de Refrigeração e Climatização... 6 Automação, Controlo e Instrumentação... 7 Electricidade de Sistemas de Refrigeração

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO JAN-ABR 2016

PLANO DE FORMAÇÃO JAN-ABR 2016 1. 862 Segurança e Higiene no Trabalho 1. 1 CONDUTORES/MANOBRADORES DE EQUIPAMENTOS Segurança na Condução de Empilhadores Renovação da Certificação de Empilhadores Formação inicial de Condutores de Empilhadores

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2013

PLANO DE FORMAÇÃO 2013 PLANO DE FORMAÇÃO 2013 código Designação da acção PF1 ENSAIOS EM ACÚSTICA DE EDIFÍCIOS PF2 CÁLCULO DE INCERTEZAS EM ENSAIOS DE ACÚSTICA DE EDIFÍCIOS PF3 MEDIÇÃO E INCERTEZAS EM ENSAIOS DE RUÍDO LABORAL

Leia mais

FORMAÇÃO INTER-EMPRESAS

FORMAÇÃO INTER-EMPRESAS 2 FORMAÇÃO INTER-EMPRESAS Nunca, como hoje, o conhecimento foi tão importante. O conhecimento diferencia, é um agente de produtividade e um factor único de competitividade. No entanto, nunca como hoje,

Leia mais

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Gestão de Equipas Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013 Academia da PwC O sucesso das organizações depende cada vez mais de equipas de alto desempenho. Venha conhecer connosco as melhores

Leia mais

SEW-EURODRIVE PORTUGAL

SEW-EURODRIVE PORTUGAL SEW-EURODRIVE PORTUGAL Programas de Formação Técnica Edição Julho 2015 2 Acionamentos Eletromecânicos 3 Acionamentos ATEX 6 Conversor de Frequência MOVITRAC 31C 9 Conversor de Frequência MOVITRAC 07 12

Leia mais

Uso Sustentável de Produtos Fitofarmacêuticos. Formação de Agricultores na Região centro

Uso Sustentável de Produtos Fitofarmacêuticos. Formação de Agricultores na Região centro Uso Sustentável de Produtos Fitofarmacêuticos Formação de Agricultores na Região centro Aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos Objetivo das ações de formação: Utilização correta no uso e manuseamento

Leia mais

Índice. Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores. Aquecimento Central e A.Q.S.

Índice. Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores. Aquecimento Central e A.Q.S. PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 Índice ENTRADA DO CENTRO DE FORMAÇÃO - AVEIRO Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores E1 Águas Quentes Sanitárias 04

Leia mais

TÉCNICOS. CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA

TÉCNICOS. CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA TÉCNICOS CURSO de TÉCNICAS DE GESTÃO DE ENERGIA A utilização racional de energia (URE) visa proporcionar o mesmo nível de produção de bens, serviços e níveis de conforto através de tecnologias que reduzem

Leia mais

Raquel Azevedo Oliveira Almeirante Rua Dr. António Carlos Ferreira Soares, nº25, 2ºesq

Raquel Azevedo Oliveira Almeirante Rua Dr. António Carlos Ferreira Soares, nº25, 2ºesq Curriculum Vitae Informação pessoal Nome Morada Código Postal Correio(s) Electrónico(s) Raquel Azevedo Oliveira Almeirante Rua Dr. António Carlos Ferreira Soares, nº25, 2ºesq 4520 Santa Maria da Feira

Leia mais

ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO

ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO ELETRÓNICA E AUTOMAÇÃO QUADRO RESUMO FORMAÇÃO UFCD (H) Análise de circuitos em corrente contínua 6008 25 Corrente alternada 6010 25 Eletrónica industrial 6023 25 Instalações elétricas - generalidades 6075

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental 1 Melhoria do desempenho ambiental implementação do Sistema de Gestão Ambiental A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem implementado

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA. Março de 2015 4ª Edição

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA. Março de 2015 4ª Edição REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA Março de 2015 4ª Edição Índice 1 O DEPARTAMENTO DE FORMAÇÃO... 3 1.1. POLÍTICA E ESTRATÉGIA... 3 1.2. ESTRUTURA... 3 2 CONDIÇÕES DE FUNCIONAMENTO DA

Leia mais

FORMAÇÃO 2012/2013 CURSOS GRATUITOS. HORÁRIO PÓS-LABORAL

FORMAÇÃO 2012/2013 CURSOS GRATUITOS. HORÁRIO PÓS-LABORAL FORMAÇÃO 01/013 CURSOS GRATUITOS. HORÁRIO PÓS-LABORAL INFORMAÇÕES FUNDAÇÂO MINERVA Cultura - Ensino e Investigação Científica Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão Largo Tinoco de Sousa 760. 108

Leia mais

Training Manager. Certificação PwC. 7, 14 e 21 de março. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Training Manager. Certificação PwC. 7, 14 e 21 de março. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Training Manager Certificação PwC 7, 14 e 21 de março Academia da PwC As empresas líderes analisam quais as competências necessárias para o desempenho dos seus colaboradores, implementam

Leia mais

CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores

CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO CURSO Formação Pedagógica Inicial de Formadores Homologado pelo IEFP com o código de curso C1840003 Presencial 90 horas (Conforme Portaria n.º 214/2011, de 30 de maio) DPJ.FOR.FPIF.01

Leia mais

Catálogo de Formação Inter-Empresas

Catálogo de Formação Inter-Empresas Catálogo de Formação Inter-Empresas QTEL 2016 Índice Quem Somos...Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL...Pág. 5 Formação em Ambiente.Pág. 6 Formação em Inovação..Pág. 11 Formação em Qualidade Pág. 15 Formação

Leia mais

Portugal Brasil Moçambique Polónia

Portugal Brasil Moçambique Polónia www.promover.pt www.greatteam.pt Portugal Brasil Moçambique Polónia QUEM SOMOS - Prestamos serviços técnicos de consultoria de gestão e formação nos diversos setores da economia. - Presentes em Lisboa,

Leia mais

Obrigações legais no trabalho com máquinas e equipamentos de trabalho

Obrigações legais no trabalho com máquinas e equipamentos de trabalho Obrigações legais no trabalho com máquinas e equipamentos de trabalho 1 1. A campanha MET 2. Aquisição de máquinas seguras 3. Utilização de equipamentos de trabalho bem adaptados 4. Locais de trabalho

Leia mais

Pós-Graduação em Segurança de Máquinas

Pós-Graduação em Segurança de Máquinas Pós-Graduação em Segurança de Máquinas Área de Formação Segurança Objectivo - Reconhecer quais as obrigações legais na aquisição, alteração e uso de equipamentos; - Reconhecer quais os referenciais normativos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

Como delegar eficazmente?

Como delegar eficazmente? www.pwc.pt/academy Como delegar eficazmente? How to improve your skills? 21 e 22 de maio de 2013 Academia da PwC Delegar é um conceito aparentemente claro, mas que na prática, nem todos aplicam. A base

Leia mais

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master www. indeg. iscte-iul. pt EXPERIÊNCIA DE IMERSÃO AVANÇADA NO STATE OF THE ART E NAS ALTERAÇÕES MAIS RECENTES NAS TEMÁTICAS, NORMATIVAS E MÉTODOS DE REPORTE INTEGRADO DAS ORGANIZAÇÕES VISANDO UM DESEMPENHO

Leia mais

Catálogo de Formação Inter-Empresas

Catálogo de Formação Inter-Empresas Catálogo de Formação Inter-Empresas QTEL 2015 Índice Quem Somos...Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL...Pág. 5 Formação em Ambiente.Pág. 6 Formação em Inovação..Pág. 9 Formação em Qualidade Pág. 13 Formação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO CATÁLOGO DE SERVIÇOS... um parceiro fiável. INTRODUÇÃO 2 A APEB Associação Portuguesa das Empresas de Betão Pronto, é uma associação empresarial sem fins

Leia mais

COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial

COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial Subsistemas Fomento da Base Económica de Exportação Desenvolvimento Local Empreendedorismo

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16

PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA. PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 PERFIL PROFISSIONAL OPERADOR(A) DE ELECTRÓNICA PERFIL PROFISSIONAL Operador/a de Electrónica Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/16 ÁREA DE ACTIVIDADE - ELECTRÓNICA E AUTOMAÇÃO OBJECTIVO GLOBAL

Leia mais

UNIDADE DE TRANSMISSÃO DE DADOS DE CONTAGEM

UNIDADE DE TRANSMISSÃO DE DADOS DE CONTAGEM ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ET 441 27 de abril de 2012 Página 2 de 13 ÍNDICE Registo das revisões... 4 1. Objectivo... 5 2. Âmbito... 5 3. Referências... 5 3.1. Externas... 5 3.2. Internas... 5 4. Definições

Leia mais

Vencemos juntos. Apresentação da Empresa

Vencemos juntos. Apresentação da Empresa Vencemos juntos Apresentação da Empresa @ 2014 Quem Somos Missão Fornecer ferramentas e recursos, que juntos, colmatam as necessidades dos nossos Clientes tornando-os mais competitivos e eficazes. Visão

Leia mais

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 Autor/ Departamento Segurança, Saúde e Sustentabilidade Ambiental Público-alvo

Leia mais

Consolidação de Contas

Consolidação de Contas www.pwc.pt/academy Consolidação de Contas 5ª Edição Lisboa, 9 e 16 de novembro Porto, 21 e 26 de novembro Academia da PwC 5ª Edição Esta formação reúne condições para a atribuição de créditos, nos termos

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade (Isento IVA) Qualidade Norma ISO 9001 Qualidade (nova versão ) Gestores da Qualidade 7 outubro Formar acerca do conteúdo da Norma de referência ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade: requisitos Conhecer

Leia mais

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015 Edição 1ª Edição Calendário outubro dezembro 2015 Duração 112 Horas / 3 meses Regime Pós-laboral e ao sábado MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS Em parceria com: SGS ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS COORDENAÇÃO

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

A GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO UMA NOVA ABORDAGEM DE GESTÃO

A GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO UMA NOVA ABORDAGEM DE GESTÃO por A GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO UMA NOVA ABORDAGEM DE GESTÃO por Resolução do Conselho 2002/C161/01 Nova Estratégia Comunitária de Saúde e Segurança (2002 2006) Redução dos Acidentes de Trabalho

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 04/SI/2012 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL. Mónica Manuela Pinto da Silva Odivelas. mmcastim@hotmail.com EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL. Nome

Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL. Mónica Manuela Pinto da Silva Odivelas. mmcastim@hotmail.com EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL. Nome Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Mónica Manuela Pinto da Silva Odivelas mmcastim@hotmail.com Nacionalidade Portuguesa Data de nascimento 17-11-1972 EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Abril 2003 até à data

Leia mais

SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA

SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA SISTEMA GESTÃO AMBIENTAL - SGA Ciclo de melhoria contínua conhecido como Ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act) EMAS METODOLOGIA FASEADA DE IMPLEMENTAÇÃO FASEADA DO EMAS In, APA,

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de

Leia mais

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre Plano de Formação - 2011 Form + Lab 2 Semestre Form + Lab O que é? O Form + Lab é um serviço de formação criado para apoiar os laboratórios na valorização e formação dos seus colaboradores dando resposta

Leia mais

HR Scorecard Linking Strategy, People and Performance

HR Scorecard Linking Strategy, People and Performance www.pwc.pt/academy Linking Strategy, People and Performance Lisboa, 8 e 9 de abril de 2013 Academia da PwC Um curso onde irá conhecer as tendências e melhores práticas de alinhamento da estratégia com

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL Automatização do processo de Controlo Ambiental Auto-controlo ambiental Sendo a Indústria que detém fontes poluidoras (Cimenteiras, Produção de energia, Incineradoras, etc.), uma das mais intervenientes

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS Fundo de Eficiência Energética PERGUNTAS E RESPOSTAS Aviso 11 Hotelaria - Incentivo à promoção da Eficiência Energética 2015 ÍNDICE 1. O que é o FEE Fundo de Eficiência Energética?... 3 2. Qual o enquadramento

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS MÓDULOS GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL Criar competências que possibilitem a utilização da Gestão da Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social como uma

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2º TRIMESTRE 2014

PLANO DE FORMAÇÃO 2º TRIMESTRE 2014 AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA O seu conhecimento em primeiro lugar! AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA INTRODUÇÃO No primeiro trimestre a Agência para a Modernização Administrativa

Leia mais

Tipologia de Intervenção 6.4

Tipologia de Intervenção 6.4 Documento Enquadrador Tipologia de Intervenção 6.4 Qualidade dos Serviços e Organizações Acções de consultoria inseridas no processo que visa conferir uma certificação de qualidade às organizações que

Leia mais

Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio

Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio Iniciativas Inovadoras de Formação e Qualificação Profissional para o Comércio CIM Alto Minho 30 de junho de 2015 Missão Sucesso

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração. www.apcer.pt

ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração. www.apcer.pt ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração www.apcer.pt AGENDA Apresentação APCER Desenvolvimento ERS3002 Conteúdo da ERS3002 Metodologias de auditorias Associação constituída em Abril 1996

Leia mais

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 GUIA DE APOIO Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 Gabinete de Qualificação Avenida António Augusto de Aguiar, 3D 1069-030 Lisboa

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO

INSTRUÇÃO DE TRABALHO PÁG. 1/11 1. OBJETIVO Identificar os riscos envolvidos em cada passo da tarefa, estabelecer salvaguardas que garantam a eliminação ou controle dos riscos identificados. Essa ferramenta deve ser utilizada

Leia mais

Gestão de Instalações Desportivas

Gestão de Instalações Desportivas Gestão de Instalações Desportivas Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Módulo 10 sessão 3 Gestão de Instalações Desportivas 1.3. Sistemas integrados de qualidade, ambiente e segurança Ambiente,

Leia mais

CIRCULAR N.º 15/2009 REGISTO DE ENTIDADES NA ANPC (Portaria n.º 773/2009)

CIRCULAR N.º 15/2009 REGISTO DE ENTIDADES NA ANPC (Portaria n.º 773/2009) CIRCULAR N.º 15/2009 A Portaria nº 773/2009, de 21 de Julho, que define o procedimento de registo, na Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), das entidades que exercem a actividade de comercialização,

Leia mais

Calendário Formação 2011

Calendário Formação 2011 ÁREA: SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE Implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade IS0 9001:2008 16 HORAS 21 FEV 22 FEV LISBOA 21 MAR 22 MAR LISBOA 16 MAI 17 MAI PORTO 10 OUT 11 OUT LISBOA 14 NOV

Leia mais

Capacitação em Valorização de Tecnologias

Capacitação em Valorização de Tecnologias Capacitação em Valorização de Tecnologias Enquadramento No âmbito do projeto INESPO 2 Innovation Network Spain-Portugal, as universidades parceiras propuseram-se dinamizar uma ação de Capacitação em Valorização

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

FORMAÇÃO. PROFISSIONAIS de electricidade. pour PARA les professionnels. de l ÉleCTRICITÉ

FORMAÇÃO. PROFISSIONAIS de electricidade. pour PARA les professionnels. de l ÉleCTRICITÉ pour PARA les professionnels PROFISSIONAIS de electricidade de l ÉleCTRICITÉ FORMAÇÃO Corte e Protecção Concepção e certificação de quadros e armários eléctricos até 400 A Curso ref. M.11.001.12 Objectivos

Leia mais

Internacional de. Ensino da Saúde. Segurança e Saúde Ocupacional. www.estescoimbra.pt WWW.ESTESCOIMBRA.PT

Internacional de. Ensino da Saúde. Segurança e Saúde Ocupacional. www.estescoimbra.pt WWW.ESTESCOIMBRA.PT WWW.ESTESCOIMBRA.PT Certificado A Excelência no Internacional de Ensino da Saúde Segurança e Saúde Ocupacional 2 Coimbra Health School - Certificação NEBOSH O que é a ESTeSC - Coimbra Health School? Somos

Leia mais

COMMUNITY MANAGER CERTIFICAÇÃO LISBOA E PORTO: 3 DE FEVEREIRO DE 2015 A 7 DE JULHO DE 2015 LISBOA: 18 DE SETEMBRO DE 2015 A 15 ABRIL DE 2016

COMMUNITY MANAGER CERTIFICAÇÃO LISBOA E PORTO: 3 DE FEVEREIRO DE 2015 A 7 DE JULHO DE 2015 LISBOA: 18 DE SETEMBRO DE 2015 A 15 ABRIL DE 2016 COMMUNITY MANAGER CERTIFICAÇÃO LISBOA E PORTO: 3 DE FEVEREIRO DE 2015 A 7 DE JULHO DE 2015 LISBOA: 18 DE SETEMBRO DE 2015 A 15 ABRIL DE 2016 18 DIAS / 90 HORAS MAXIMIZAR A SUA COMUNIDADE E ANIMAR EM COERÊNCIA

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2015. Visite o Regulamento da Formação em www.qualiwork.pt

PLANO DE FORMAÇÃO 2015. Visite o Regulamento da Formação em www.qualiwork.pt PLANO DE FORMAÇÃO 2015 Visite o Regulamento da em www.qualiwork.pt A Qualiwork é uma organização certificada segundo a norma ISO 9001 em serviços de Consultoria e no seguinte âmbito: Prestação de serviços

Leia mais

Finanças para Não Financeiros

Finanças para Não Financeiros www.pwc.pt/academy Finanças para Não Financeiros Academia da PwC Este curso permite-lhe compreender melhor as demonstrações financeiras, os termos utilizados e interpretar os principais indicadores sobre

Leia mais

Comunicação e Feedback

Comunicação e Feedback www.pwc.pt/academy Comunicação e Feedback How to communicate with impact? Lisboa, 5 e 12 de novembro Academia da PwC Participe nesta formação, saiba qual a sua forma de comunicar e dar feedback e melhore

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

Ano Letivo 2015/2016 Ciclo de Formação: 2013-2016 Nº DO PROJETO: POCH-01-5571-FSE-000424 AUTOMAÇÃO E COMANDO,12ºANO PLANIFICAÇÃO ANUAL

Ano Letivo 2015/2016 Ciclo de Formação: 2013-2016 Nº DO PROJETO: POCH-01-5571-FSE-000424 AUTOMAÇÃO E COMANDO,12ºANO PLANIFICAÇÃO ANUAL COMANDO AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE ELETRÓNICA AUTOMAÇÃO E Ano Letivo 2015/2016 Ciclo de Formação: 2013-2016 Nº DO PROJETO: POCH-01-5571-FSE-000424

Leia mais

Regulamento de Funcionamento da Formação. Disposições Gerais da Prestação de Serviços no âmbito da Formação

Regulamento de Funcionamento da Formação. Disposições Gerais da Prestação de Serviços no âmbito da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação Disposições Gerais da Prestação de Serviços no âmbito da Formação Agosto 2013 Índice Pág. Introdução. 3 Objetivo... 3 Inscrição nos cursos de formação 3 Condições

Leia mais

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO DE Área de Formação 862 Segurança e Higiene no Trabalho Formação Profissional Contínua/de Especialização ÍNDICE 1- ENQUADRAMENTO... 3 2- OBJECTIVO GERAL... 4 3- OBJECTIVOS

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS: Módulo I - Noções de Estatística e Fiabilidade (30 Horas)! Obtenção, análise e classificação de amostras;! Tratamento

Leia mais

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade

Introdução. Confiabilidade. Conformidade. Segurança. Optimização e Disponibilidade Introdução Desenvolvido segundo um modelo de bases de dados relacionais, podem ser realizadas personalizações à medida de cada empresa, em conformidade com o Sistema de Informação existente e diversas

Leia mais

Atestado de Conformidade NR 12

Atestado de Conformidade NR 12 TÜV Rheinland do Brasil TÜV Rheinland é um organismo de certificação, inspeção, gerenciamento de projetos e treinamento, que foi fundada na Alemanha em 1872 com o objetivo de proteger os trabalhadores

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA FORMAÇÃO O presente Regulamento pretende enquadrar as principais regras e linhas de orientação pelas quais se rege a atividade formativa da LEXSEGUR, de forma a garantir

Leia mais

O PAPEL DA NORMALIZAÇÃO NA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO. Jornada de Engenharia SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFÍCIOS 26-03-2015

O PAPEL DA NORMALIZAÇÃO NA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO. Jornada de Engenharia SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFÍCIOS 26-03-2015 O PAPEL DA NORMALIZAÇÃO NA SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO Jornada de Engenharia SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM EDIFÍCIOS 26-03-2015 CONTEÚDOS 1. APSEI e a normalização 2. O que são normas? 3. Legislação de SCI

Leia mais

Ciclo de Formação e Treino em Manutenção e TPM

Ciclo de Formação e Treino em Manutenção e TPM Manutenção e A MANUTENÇÃO O PILAR ESSENCIAL DOS SISTEMAS PRODUTIVOS Não seria excelente se existisse um sistema de manutenção que reparasse o seu equipamento antes de ele avariar? Sim, pois quando os equipamentos

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGISTICA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGISTICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGISTICA ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem uma

Leia mais

HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner

HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner www.pwc.pt/academy HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner Lisboa, 21 e 22 de março de 2013 Academia da PwC Um curso onde irá conhecer os desafios da função de RH e como se posicionar como

Leia mais

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO

Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONDIÇÕES DE ENQUADRAMENTO Aviso para apresentação de candidaturas Nº 07/SI/2010 1 Índice Condições de Elegibilidade do Promotor... 3 Condições

Leia mais

Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda.

Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda. Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda. Rua Alfredo da Silva, 11B 1300-040 Lisboa Tlf. +351 213 619 380 Fax. +351 213 619 399 profico@profico.pt www.profico.pt INDICE 1. DESCRIÇÃO GERAL DA PROFICO...

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO DINSTITUTO SUPERIOR CURSOS PARA EXECUTIVOS E GESTÃO BANCÁRIA AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DOS STIC SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO Início: 29 de Setembro de 2005 INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO Pág. 2 de 16 Se está a receber este documento, isto já significa que é alguém especial para a UEM Unidade de Estruturas Metálicas SA. Convidamo-lo

Leia mais

Plano de Formação 2009

Plano de Formação 2009 ENQUADRAMENTO Com a portaria nº 461/2007 de 5 de Junho, o sistema de certificação energética e da qualidade do ar interior nos edifícios (SCE) ganhou um novo impulso, ficando abrangidos pela certificação

Leia mais