PLANO DE TRABALHO 2 MATEMÁTICA 4º ANO GEOMETRIA. Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PLANO DE TRABALHO 2 MATEMÁTICA 4º ANO GEOMETRIA. Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática"

Transcrição

1 PLANO DE TRABALHO 2 MATEMÁTICA 4º ANO GEOMETRIA Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Maio/2015 1

2 CONTEÚDOS - Poliedros: prismas e pirâmides. - Corpos Redondos: cone, cilindro e esfera. - Figuras planas: polígonos e círculos. PTD - 4º ANO OBJETIVOS - Identificar figuras planas contidas em objetos tridimensionais e em sólidos geométricos. - Associar sólidos geométricos às suas planificações. - Identificar nas superfícies dos sólidos geométricos figuras geométricas planas poligonais e circulares. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO RECURSOS: caixas de remédio, sabonete, perfume, creme dental, lápis de cor, tesouras, papel A3, sólidos geométricos, fita crepe, palitos de fósforo, papel bobina, pincéis atômicos, cartolina. REFERÊNCIAS: - IMENES, Luiz Márcio Pereira; LELLIS, Marcelo Cestari. Microdicionário de matemática. São Paulo: Scipione, Sair com a turma pelo pátio da escola e pedir que observem nos objetos, nas construções, em tudo que estiver no espaço da escola, figuras planas. Pedir que apontem onde viram determinada forma, salientando seu contorno. 1. Desenhe em seu caderno 4 figuras planas que você observou no pátio da escola. - Verificar como os alunos nomeiam as figuras planas. 2. Escreva abaixo de cada figura que você desenhou seu respectivo nome. Depois conte para a turma onde você viu esta figura. - Organizar a turma em duplas e entregar a cada uma 1 caixinha diferente (sabonete, creme dental, remédio,...) para relacionar as faces das caixas com as figuras planas. 3. Como se faz para montar caixas como essas que sua equipe recebeu? - Ouvir as hipóteses dos alunos confrontando-as com as embalagens e suas planificações. 4. Com seu colega, observe esta caixa e responda. 2

3 a) Com que sólido geométrico ela se parece? b) Quantas faces ela têm? 5. Abra a caixa desmontando-a. Retire as abas de colagem. Contorne com lápis de cor, pelo lado avesso, as faces da caixa e numere-as. Registre em cada face o nome do polígono correspondente. 6. Desenhe este molde no papel e numere cada face. 7. Junte com seu colega, separe todas as faces da caixa que vocês desmontaram recortando-as, posicione as faces de outra forma para fazer um novo molde. Cole as faces com fita crepe e experimente montar a caixa a partir deste molde. Depois desenhe-o no caderno. - Verificar a noção de perspectiva dos alunos. 8. Desenhe a caixa numa folha de papel. - Explorar a relação entre os sólidos e suas planificações. Entregar aos alunos um modelo de poliedro em madeira ou plástico (modelos diferentes na turma) e orientá-los na construção de moldes. 9. Junto com um colega contorne as faces deste poliedro no papel, recorte-as e forme um molde para esta figura colando as faces com fita crepe de modo que seja possível montá-lo. - Verificar os diferentes moldes construídos para as diferentes figuras, observando a possibilidade de montar os modelos de poliedros. Expor o trabalho dos alunos na sala e pedir que cada dupla fale como é o poliedro que montou, as figuras planas que compõem e algum objeto que tenha esse formato. 10. Com seu colega apresente à turma o modelo de poliedro que vocês construíram, falando: a) Como ele é? Que figuras planas o compõe? b) Indique um objeto que tenha basicamente esse formato? - Propor aos alunos a associação entre sólidos geométricos e figuras planas por meio de imagens. 11. Pinte os polígonos da direita que você usaria para formar cada sólido. 3

4 12. Pinte o sólido correspondente às faces da esquerda da tabela. FACES SÓLIDO 13. Observe os sólidos geométricos à esquerda e ligue-os as planificações correspondentes. 4

5 14. Verifique quais os polígonos necessários para formar os sólidos abaixo e conte o número total de faces de cada um. SÓLIDOS TOTAL DE FACES 15. Escolha um sólido (corpo redondo ou poliedro) desenhe-o e registre suas características. Socialize suas idéias com a turma. - Socializar os trabalhos dos alunos e formar com eles um painel. - Propor à turma o jogo Encontre a forma para trabalhar com as figuras planas e suas propriedades. 16. Vamos jogar. Encontre a forma 5

6 Materiais: 36 fichas com imagens de figuras planas: 2 círculos; triângulo (2 isósceles, 2 escalenos e 2 eqüiláteros); 2 quadrados; 3 retângulos; 3 losangos; 4 paralelogramos; trapézio (2 escalenos, 2 isósceles e 2 retângulos); 2 pentágonos; 2 hexágonos; polígonos côncavos (2 quadriláteros, 2 pentágonos e 2 hexágonos), 1 dado de quantidades e 1 dado com letras (A a F), um tabuleiro (modelo abaixo). A B C D E F Nº de jogadores: 2 equipes - Distribuir as fichas aleatoriamente sobre as quadrículas do tabuleiro. - Colar numa folha uma sequência com 10 fichas do jogo, escolhidas aleatoriamente, e mostrar para os alunos no momento apropriado do jogo. Como jogar: um jogador de cada equipe por vez, lança os dois dados, observa as coordenadas indicadas por eles, localiza e pega a ficha correspondente, deixando-a sobre uma carteira a frente de sua equipe. - Os jogadores seguintes realizam os mesmos procedimentos. O jogo prossegue até que todos os jogadores de cada equipe realizem uma jogada. - Quando todos os jogadores tiverem realizado uma jogada apresentar para a turma a sequência de figuras, organizadas previamente, e a equipe que antes montá-la ganha o jogo. - Explorar com os alunos, por meio da observação e análise, as características das figuras planas, suas semelhanças e diferenças. 17. Com sua equipe agrupe as fichas com as figuras planas por semelhanças. Exclua as fichas que forem repetidas. Cole as fichas com fita crepe em um papel bobina e fixe na parede. - Analisar junto com as equipes os critérios para separação das figuras. 6

7 18. Observando os cartazes respondam: a) Todas as figuras que estão no mesmo grupo são iguais? b) Em que se parecem as figuras que estão no mesmo grupo? - Organizar as crianças em equipes de 4 alunos e propor a construção das figuras planas das fichas com palitos de fósforos. Deixar a disposição dos alunos palitos, cola, papel bobina e pincéis atômicos. - Recolher todas as fichas do jogo e entregar a cada equipe 5 fichas com diferentes figuras. Propor aos alunos o registro do nome das figuras para verificar seus conhecimentos a respeito. 19. Com sua equipe reproduza com palitos o contorno de cada uma das figuras que recebeu. Cole os palitos no papel bobina depois registre o nome de cada figura. - Analisar junto com a turma o cartaz de cada equipe. Observar se reproduziram corretamente as figuras e quais nomes registraram, se estabeleceram alguma relação entre as características das figuras e seus nomes ou fizeram outro tipo de associação. Fazer as interferências necessárias. - Ler com a turma os cartazes. - Explorar novamente as nomenclaturas referentes as figuras planas. POLÍGONOS: são figuras geométricas planas cujo contorno é fechado e formado por segmentos de reta, que são seus lados. Eles são classificados - de Antes acordo da aula com fazer o número um cartaz de lados com as ou figuras ângulos planas que possuem. (das fichas O do número jogo) e de os seus lados respectivos dos polígonos nomes é sempre e neste momento igual ao número expor na de sala. ângulos Contar (triângulo os lados ou de cada trilátero, figura quadrilátero e ler o cartaz ou quadrângulo). com os alunos. Do grego POLI= muitos, e GONOS= ângulos CÍRCULOS: são figuras formadas por uma circunferência e por todos os pontos de seu interior. - Propor a criação de um quadro com figuras planas. Entregar uma folha de papel sulfite A4 para cada aluno. 20. Com lápis de cor e régua faça uma moldura, de 2 cm de largura, para sua folha, depois marque 10 pontos na sua superfície de modo a utilizar a maior área do papel. Trace com a régua e lápis de cor linhas ligando os diversos pontos. Depois pinte de cores diferentes as figuras geométricas planas formadas. Exponha seu quadro para a turma. 7

8 - Propor aos alunos um jogo envolvendo os conceitos aprendidos durante o trabalho. JOGO DAS FORMAS Aprendizagem: Descrever a posição das figuras geométricas planas na com posição de uma figura, utilizando-se de nomenclatura adequada, desenvolver noções de lateralidade. Material - 9 cartas com figuras (livro de Encarte). - Papel para desenhar as figuras. Número: 4 Regras: - Os jogadores formam duas duplas. - As cartas devem ser embaralhadas e organizadas em um monte com as figuras voltadas para baixo. - Uma das duplas começa, a outra dupla observa a jogada e confere o resultado. Um dos jogadores, retira uma das cartas do monte sem mostrar para o jogador de sua dupla. O jogador descreverá a figura que vê para o colega de sua dupla (oralmente ou pela escrita de acordo com o nível de desenvolvimento das crianças) para que ele possa desenhar a figura que está na carta. Exemplo: - Se o jogador desenhar corretamente a figura que está na carta, a dupla ganha 10 pontos. - A outra dupla faz o mesmo. - Na segunda rodada, as posições são trocadas, quem adivinhou agora descreverá outra figura retirada do monte. - Vence o jogo a dupla que fizer mais pontos ao final das rodadas. Variações: 1) O professor poderá descrever a figura para que todos os alunos da turma possam reproduzir a figura. 2) Pode-se elaborar mais desenhos ampliando o tipo e o número de figuras geométricas envolvidas. 3) Um aluno poderá descrever a figura para a professora e depois a turma pode analisar, oralmente, quais as diferenças entre os dois desenhos. Pode-se então, discutir o porquê das eventuais diferenças. 8

9 - Elaborar atividades avaliativas para este PTD e registrar, conforme tais atividades e os objetivos, os critérios de avaliação. Adriana da Silva Santi Coord. Pedagógica de Matemática SMED - Abril/2015 9

UFRN PIBID Subprojeto PIBID-Pedagogia SEQUENCIAS DIDÁTICAS

UFRN PIBID Subprojeto PIBID-Pedagogia SEQUENCIAS DIDÁTICAS SEQUENCIAS DIDÁTICAS EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Para explorar outras formas de expressão... Produção textual através do texto de imagem por meio da obra: Ritinha Bonitinha - Eva Furnari. Apresentação

Leia mais

4) Após essas atividades de manipulação e usando uma das planificações o professor pode dirigir uma discussão coletiva com perguntas tais como:

4) Após essas atividades de manipulação e usando uma das planificações o professor pode dirigir uma discussão coletiva com perguntas tais como: EIXO TEMÁTICO: ESPAÇO E FORMA Tema: Planificações Tópico: Planificações de figuras tridimensionais Objetivos: O que significa planificar um sólido. Reconhecer as planificações do cubo e do bloco retangular

Leia mais

PROPOSTA DIDÁTICA. 2. Objetivo(s) da proposta didática - Reconhecer o que é um sólido geométrico e suas características.

PROPOSTA DIDÁTICA. 2. Objetivo(s) da proposta didática - Reconhecer o que é um sólido geométrico e suas características. PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Jéssica Marilda Gomes Mendes 1.2 Público alvo: Alunos de 6º a 9º ano e Magistério 1.3 Duração: 2 aulas de 2 h e 30 min cada 1.4 Conteúdo

Leia mais

Mistério geométrico e planificação

Mistério geométrico e planificação X 2 = Mistério geométrico e planificação nós na sala de aula - módulo: matemática 4º e 5º anos - unidade 9 Esta atividade tem como objetivo desafiar os seus alunos a reconhecer as figuras geométricas planas

Leia mais

Dominó Geométrico 7.1. Apresentação Este é um bom material para interagir a matemática de uma forma divertida e descontraída por meio de um jogo de

Dominó Geométrico 7.1. Apresentação Este é um bom material para interagir a matemática de uma forma divertida e descontraída por meio de um jogo de Dominó Geométrico 7.1. Apresentação Este é um bom material para interagir a matemática de uma forma divertida e descontraída por meio de um jogo de dominó que pode ser desenvolvido por até no máximo quatro

Leia mais

Introdução às Ciências Físicas Módulo 1 Aula 1

Introdução às Ciências Físicas Módulo 1 Aula 1 Experimento 2 A emissão da luz por diferentes fontes Objetivo: Construir um modelo para a emissão de luz por uma fonte não puntiforme. Material utilizado! caixa escura! máscaras! fonte de luz 1 com lâmpadas

Leia mais

MEC UFSC PMF/ Secretaria Municipal de Educação

MEC UFSC PMF/ Secretaria Municipal de Educação Jogo: Um a mais, um a menos. Dez a mais, dez a menos. SMOLE, Kátia Stocco. Cadernos do Mathema Jogos de matemática de 1º ao 5º ano. Porto Alegre: Artemed, 2007. Organização da turma: grupos de quatro jogadores

Leia mais

ESPAÇO E FORMA. CURSO: Pró-Letramento. TURMA: Revezamento. ÁREA: Matemática. CONTEÚDO: Espaço e Forma. TEMA: Dobradura, Tangram e Mosaicos

ESPAÇO E FORMA. CURSO: Pró-Letramento. TURMA: Revezamento. ÁREA: Matemática. CONTEÚDO: Espaço e Forma. TEMA: Dobradura, Tangram e Mosaicos ESPAÇO E FORMA CURSO: Pró-Letramento TURMA: Revezamento ÁREA: Matemática CONTEÚDO: Espaço e Forma TEMA: Dobradura, Tangram e Mosaicos DATA DO ENCONTRO: 22/08/2012 a 24/08/2012 PROFESSOR RESPONSÁVEL: Profª

Leia mais

DAMA DAS EQUAÇÕES DO 1º GRAU

DAMA DAS EQUAÇÕES DO 1º GRAU 1 DAMA DAS EQUAÇÕES DO 1º GRAU Resolver equações de 1 grau; Estimular o raciocínio. Duplas. Material (um para cada dupla): Tabuleiro8x8 com 64 casas. 64 peças. O jogo é composto por um tabuleiro 8x8 com

Leia mais

PROPOSTA DIDÁTICA. 3. Desenvolvimento da proposta didática (10 min) - Acomodação dos alunos, apresentação dos bolsistas e realização da chamada.

PROPOSTA DIDÁTICA. 3. Desenvolvimento da proposta didática (10 min) - Acomodação dos alunos, apresentação dos bolsistas e realização da chamada. PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: André da Silva Alves 1.2 Série/Ano/Turma: 6º e 7º ano 1.3 Turno: manhã 1.4 Data: 10/07 Lauro Dornelles e 15/07 Oswaldo Aranha 1.5 Tempo

Leia mais

Aula 1: Relembrando Polígonos

Aula 1: Relembrando Polígonos 1 Aula 1: Relembrando Polígonos Definição (Lados): Cada um dos segmentos de reta que une vértices consecutivos. A palavra Polígono é oriunda do grego e significa: Poli (muitos) + gono (ângulos). Polígonos

Leia mais

FIGURAS Aula 2. André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC

FIGURAS Aula 2. André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC FIGURAS Aula 2 André Luís Corte Brochi Professor das Faculdades COC Objetivos Apresentar elementos teóricos sobre figuras. Sugerir atividades práticas. 2 Atividade 4: Razão áurea Objetivo: observar a proporção

Leia mais

Com base no texto e assuntos ligados a ele, marque a alternativa correta nas questões 02 e 03.

Com base no texto e assuntos ligados a ele, marque a alternativa correta nas questões 02 e 03. 1º BIM P2 HABILIDADES LISTA DE EXERCÍCIOS MATEMÁTICA 6º ANO Aluno (a): Professor: Turma: Turno:... Data: / /2014 Unidade: ( ) Asa Norte ( ) Águas Lindas ( )Ceilândia ( ) Gama ( )Guará ( ) Pistão Norte

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL - 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL - 7.º ANO DE EDUCAÇÃO VISUAL - 7.º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: criação de. Desenhar objetos simples presentes no espaço envolvente, utilizando materiais básicos de desenho técnico.

Leia mais

Flocos de neve para enfeitar o natal passo a passo com

Flocos de neve para enfeitar o natal passo a passo com Flocos de neve para enfeitar o natal passo a passo com Moldes Flocos de neve para enfeitar o natal passo a passo com Moldes- CRÉDITOS: PIXABAY Veja o passo a passo com imagens ilustrativas ensinando a

Leia mais

TAREFA 1 - VAMOS CONHECER A TURMA!...

TAREFA 1 - VAMOS CONHECER A TURMA!... TAREFA 1 - VAMOS CONHECER A TURMA!... Conhecermo-nos uns aos outros faz parte do nosso dia a dia em sociedade. Fazer ressaltar as semelhanças e diferenças do grupo de alunos da turma é uma boa forma de

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 7.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO VISUAL 7.º ANO DE EDUCAÇÃO VISUAL 7.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno é capaz de: Diferenciar materiais básicos de desenho técnico na representação e criação de formas. Desenhar objetos simples presentes

Leia mais

DESENHO BÁSICO AULA 03. Prática de traçado e desenho geométrico 14/08/2008

DESENHO BÁSICO AULA 03. Prática de traçado e desenho geométrico 14/08/2008 DESENHO BÁSICO AULA 03 Prática de traçado e desenho geométrico 14/08/2008 Polígonos inscritos e circunscritos polígono inscrito polígono circunscrito Divisão da Circunferência em n partes iguais n=2 n=4

Leia mais

E.E.M.FRANCISCO HOLANDA MONTENEGRO PLANO DE CURSO ENSINO MÉDIO

E.E.M.FRANCISCO HOLANDA MONTENEGRO PLANO DE CURSO ENSINO MÉDIO E.E.M.FRANCISCO HOLANDA MONTENEGRO PLANO DE CURSO ENSINO MÉDIO DISCIPLINA: GEOMETRIA SÉRIE: 1º ANO (B, C e D) 2015 PROFESSORES: Crislany Bezerra Moreira Dias BIM. 1º COMPETÊNCIAS/ HABILIDADES D48 - Identificar

Leia mais

Descobrir a DIREITA e a ESQUERDA

Descobrir a DIREITA e a ESQUERDA Ref. 20537 CONTEÚDO Descobrir a DIREITA e a ESQUERDA - 32 cartões com moldura azul, com fotografias de uma personagem (16 de frente e 16 de costas) com um objecto à direita ou à esquerda. - 1 cartão de

Leia mais

Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística.

Língua Portuguesa (contemplando os 4 eixos: Leitura; Produção de textos; Oralidade; Análise Linguística. PLANEJAMENTO: Identidade PROFESSORA: Iracema Pavão História trabalhada ao longo da sequência: Competências Objetivos Estratégias em Leitura; produção textual; oralidade; análise linguística. - Estimular

Leia mais

PLANO DE USO DE MATERIAIS: INFANTIL I (03 ANOS) 2017

PLANO DE USO DE MATERIAIS: INFANTIL I (03 ANOS) 2017 PLANO DE USO DE MATERIAIS: INFANTIL I (03 ANOS) 27 Possibilitar as habilidades motoras. Desenhos, pinturas, colagens, modelagens com Rolo de fita dupla face. Construir (ou ajudar a construir) e descobrir

Leia mais

PLANO DE AULA Autora: Descritor: Série: Número de aulas previstas: Conteúdos: Objetivos:

PLANO DE AULA Autora: Descritor: Série: Número de aulas previstas: Conteúdos: Objetivos: PLANO DE AULA Autora: Professora Rosa Descritor: Identificar propriedades de triângulos pela comparação de medidas de lados e ângulos Série: 8º ano Número de aulas previstas: 15 aulas Conteúdos: Elementos

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 7ºANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 7ºANO PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÂO VISUAL 7ºANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO O aluno è capaz de: Diferenciar materiais básicos de desenho técnico na representação e criação de formas. Desenhar objetos

Leia mais

Geometria Espacial: Poliedros, Prismas, Pirâmides e Semelhança

Geometria Espacial: Poliedros, Prismas, Pirâmides e Semelhança Geometria Espacial: Poliedros, Prismas, Pirâmides e Semelhança Geometria Espacial: Poliedros, Prismas, Pirâmides e Semelhança 1. Maria quer inovar sua loja de embalagens e decidiu vender caixas com diferentes

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web MATEMÁTICA XXVII ENEM. (Enem 202) Certo vendedor tem seu salário mensal calculado da seguinte maneira: ele ganha um valor fixo de R$750,00, mais uma comissão de R$3,00 para cada produto vendido. Caso ele

Leia mais

Sugestões de atividades e jogos para promover a construção do número pela criança

Sugestões de atividades e jogos para promover a construção do número pela criança Sugestões de atividades e jogos para promover a construção do número pela criança Curso Construção de jogos, materiais e atividades de Matemática para as séries iniciais Querido(a) professor(a), Apresento,

Leia mais

Escola Adventista Thiago White Compromisso com seu futuro

Escola Adventista Thiago White Compromisso com seu futuro Compromisso com seu futuro Rua: Flandres, 400 Chácara Santa Maria Fone: 58732215 www.eatw.g12.br Professora: Danielle Batista P. Silva Turma: 9º ano Disciplina: Ciências Data: 15 de abril a 06 de maio

Leia mais

MERGULHANDO NAS FORMAS DO MUNDO

MERGULHANDO NAS FORMAS DO MUNDO MERGULHANDO NAS FORMAS DO MUNDO A Geometria é a arte de raciocinar sobre as figuras mal desenhadas. Jules Henri Poincaré Objetivos Desenvolver a capacidade de observação necessária ao estudo da geometria

Leia mais

TABULEIRO DE NÚMEROS INTEIROS

TABULEIRO DE NÚMEROS INTEIROS ISSN 2316-7785 TABULEIRO DE NÚMEROS INTEIROS Aline Sant Anna 1 licaolive@hotmail.com Filomena Teruko Tamashiro Arakaki¹ filoteko@hotmail.com Grasiella Vieira¹ grasills@hotmail.com Leticia Cavaglieri¹ lelecavaglieri@hotmail.com

Leia mais

Professor-cursista: Nilda de Oliveira Campos Atividade 4.6 Reelaborar o plano de aula da atividade 4.5

Professor-cursista: Nilda de Oliveira Campos Atividade 4.6 Reelaborar o plano de aula da atividade 4.5 Título/ Tema Geometria no cotidiano Professor-cursista: Nilda de Oliveira Campos Reelaborar o plano de aula da atividade 4.5 Estrutura curricular Modalidade/ Nível de ensino: Ensino Fundamental final Componente

Leia mais

Quantas planificações tenho?

Quantas planificações tenho? Quantas planificações tenho? Sala 13 Matemática Ensino Médio Integral EE Ryoiti Yassuda Professoras Apresentadoras: Eliana Tavares Motta Silvana Martins Realização: Justificativa Através de questionamentos

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 4º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / /

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 4º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / / AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 4º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / / ESPAÇO E FORMA: Identificar posição de pessoa e/ou objeto presentes em representações utilizando um pontos

Leia mais

Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras.

Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras. As cores Atividade 1 Atividade 2 Objetivos Classificar as cores em primárias, secundárias, quentes, frias e neutras. Confecção do disco das cores. Materiais Papel branco, tinta guache, pincel, cola tesoura

Leia mais

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1

Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 JUSTIFICATIVAS PARA O MATERIAL PEDAGÓGICO 2015 Justificativas para a Lista de Material Pedagógico Berçário 1 01-Tela de arte para pintura 30x40: usada no contexto do projeto de artes plásticas. O objetivo

Leia mais

Desenho Técnico DETC1. Aula 10. Docentes: Adriana M. Pereira Bruna B. Rocha

Desenho Técnico DETC1. Aula 10. Docentes: Adriana M. Pereira Bruna B. Rocha DETC1 Aula 10 Docentes: Adriana M. Pereira Bruna B. Rocha Este prisma é limitado externamente por seis faces retangulares. As linhas estreitas que partem perpendicularmente dos vértices do modelo até os

Leia mais

Peça: Porta Recados Criação: Professora Dany Alves

Peça: Porta Recados Criação: Professora Dany Alves Peça: Porta Recados Criação: Professora Dany Alves Inspiração: Peça feita para ser usada para decorar qualquer ambiente de sua casa. Com toque de carinho vamos organizar nossos compromissos e recados!

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID Plano de aula 2-16/04 e 30/04 de 2015 Tangram

ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID Plano de aula 2-16/04 e 30/04 de 2015 Tangram ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFª MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID Plano de aula 2-16/04 e 30/04 de 2015 Tangram Bolsistas: Andressa Santos Vogel, Mévelin Maus e Patrícia Lombello Supervisora:

Leia mais

DESENHO TÉCNICO NOTAS DA AULA 02. Prof. André Rabelo

DESENHO TÉCNICO NOTAS DA AULA 02. Prof. André Rabelo DESENHO TÉCNICO NOTAS DA AULA 02 Prof. André Rabelo Perspectiva Meio de representar em um plano(2d), situações ou objetos tridimensionais. Isso sem perder a ideia de profundidade e relevo. Tipos de Perspectiva

Leia mais

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1 DEFINIR E CLASSIFICAR EXPERIMENTANDO

SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1 DEFINIR E CLASSIFICAR EXPERIMENTANDO Caro(a) aluno(a), Neste Caderno, você estudará Geometria. Esse estudo começa com o reconhecimento, a observação e a classificação de figuras planas e espaciais. Para tanto, serão realizados trabalhos em

Leia mais

Problemas : Sistema de numeração decimal. Operações com números naturais (problemas) - Compreender o sistema de numeração decimal

Problemas : Sistema de numeração decimal. Operações com números naturais (problemas) - Compreender o sistema de numeração decimal Título da Sequência: Área Temática: Conteúdos: Problemas : Sistema de numeração decimal COLECÇÃO DE TURMA : TAMPINHAS Matemática Operações com números naturais (problemas) - Compreender o sistema de numeração

Leia mais

Integrantes do subgrupo

Integrantes do subgrupo Nome do Objetivo do Jogo 1: GANHA CEM PRIMEIRO Ganha quem formar o grupão primeiro: que é o amarrado de dez grupos de dez palitos. Quem primeiro formar o grupão levanta a mão com ele e declara em voz alta:

Leia mais

A Geometria nas Provas de Aferição

A Geometria nas Provas de Aferição Escola E.B. 2 e 3 de Sande Ficha de Trabalho de Matemática 6.º Ano A Geometria nas Provas de Aferição Nome: N.º Turma: 1. Assinala com um x a figura em que os triângulos representados são simétricos em

Leia mais

Roteiro de Recuperação Bimestral Matemática 7º ano

Roteiro de Recuperação Bimestral Matemática 7º ano Roteiro de Recuperação Bimestral Matemática 7º ano Nome: Nº - Série/Ano Data: / / Professor(a): Eloy/Marcello/Renan Os conteúdos essenciais do bimestre. Capítulo 1 Números inteiros Ideia de número positivo

Leia mais

Data: 15/02/2016. Para Casa: Língua Portuguesa, Matemática e História

Data: 15/02/2016. Para Casa: Língua Portuguesa, Matemática e História Data: 15/02/2016 Para Casa: Língua Portuguesa, Matemática e História Data: 16/02/2016 Para Casa: Matemática e Geografia Matemática: Livro - páginas 10 e 11. Geografia: para dia 23/02- livro - Páginas 14

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa

Universidade Federal de Viçosa Universidade Federal de Viçosa III Semana Acadêmica da Matemática ATIVIDADES MATEMÁTICAS COM RECURSOS E ADAPTAÇÕES PARA ALUNOS DEFICIENTES VISUAIS E SURDOS Autores: Claudia Segadas, Denise Felippe da Rocha,

Leia mais

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014

EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014 EMENTA ESCOLAR III Trimestre Ano 2014 Disciplina: Matemática Professor: Flávio Calônico Júnior Turma: 8 ano do Ensino Fundamental II Data 16/setembro 18/setembro 19/setembro 23/setembro 25/setembro 26/setembro

Leia mais

Como funciona o OA Geometria

Como funciona o OA Geometria Como funciona o OA Geometria 1. Para dar inicio as atividades é necessário clicar sobre, para acessar o guia do professor é necessário clicar sobre. 2. Um breve texto introduzindo o contexto das atividades

Leia mais

ELABORAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO INCLUSIVO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL.

ELABORAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO INCLUSIVO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL. ELABORAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO INCLUSIVO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL. Luiz Alfredo de Paula (1); Sibele Schimidtt de Paula (2). (1) Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba/SP - (1) prof.luizdepaula@gmail.com;

Leia mais

7 a Série (8 o Ano) Avaliação Diagnóstica Matemática (Saída) Ensino Fundamental. Gestão da Aprendizagem Escolar. Nome da Escola.

7 a Série (8 o Ano) Avaliação Diagnóstica Matemática (Saída) Ensino Fundamental. Gestão da Aprendizagem Escolar. Nome da Escola. Gestão da Aprendizagem Escolar Avaliação Diagnóstica Matemática (Saída) 7 a Série (8 o Ano) Ensino Fundamental Nome da Escola Cidade Estado Nome do Aluno Idade Sexo feminino masculino Classe Nº 1. Observe

Leia mais

A realização de um grande sonho

A realização de um grande sonho Reforço escolar M ate mática A realização de um grande sonho Dinâmica 7 9º Ano 4º Bimestre Professor DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática 9º do Ensino Fundamental Geométrico. Polígonos regulares e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES. DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) I. Plano de Aula: Data:

Leia mais

Nível. Cole aqui a etiqueta com os dados do aluno.

Nível. Cole aqui a etiqueta com os dados do aluno. Cole aqui a etiqueta com os dados do aluno. Nível 2 8º e 9º anos do Ensino Fundamental 2ª FASE 15 de setembro de 2012 Nome completo do aluno Endereço completo do aluno (Rua, Av., nº) Complemento Bairro

Leia mais

APOSTILA COM MATERIAL DOURADO E SND ATÉ 99

APOSTILA COM MATERIAL DOURADO E SND ATÉ 99 ESCOLA: PROFESSOR(A): SÉRIE: ALUNO(A): APOSTILA COM MATERIAL DOURADO E SND ATÉ 99 Elaborado por Eleúzia Lins da Silva As atividades da Apostila com Material Dourado e SND até 99, possui Registro de Direito

Leia mais

Método de Resolução de Problemas

Método de Resolução de Problemas Método de Resolução de Problemas EDUCAÇÃO VISUAL E TECNOLÓGICA 08-07-2009 1 Fases do Método de Resolução de Problemas 1 - Situação/Problema 2 - Enunciado 3 - Investigação 4 - Projecto 5 - Realização 6

Leia mais

Abordagem Construtivista da alfabetização. Aula de 02/05/2010

Abordagem Construtivista da alfabetização. Aula de 02/05/2010 Abordagem Construtivista da alfabetização Aula de 02/05/2010 Dicas práticas para o planejamento do trabalho 1. LEIA EM VOZ ALTA TODOS OS DIAS... Textos literários: contos tradicionais, histórias contemporâneas,

Leia mais

2 ª Fase Exame Discursivo

2 ª Fase Exame Discursivo 02/12/2007 2 ª Fase Exame Discursivo matemática Caderno de prova Este caderno, com doze páginas numeradas seqüencialmente, contém dez questões de Matemática. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

CONSTRUA SUA PRÓPRIA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA!

CONSTRUA SUA PRÓPRIA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA! CONSTRUA SUA PRÓPRIA ESTAÇÃO METEOROLÓGICA! Personagem: Você trabalha na equipe do Instituto de Meteorologia do município, observando os padrões do tempo e desenvolvendo previsões do tempo para a cidade.

Leia mais

MATEMÁTICA 3º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Currículo Paulo VI. Números naturais. Relações numéricas Múltiplos e divisores

MATEMÁTICA 3º ANO. Novo programa de matemática Objetivos específicos. Currículo Paulo VI. Números naturais. Relações numéricas Múltiplos e divisores MATEMÁTICA 3º ANO NÚMEROS E OPERAÇÕES Tópicos Números naturais Relações numéricas Múltiplos e divisores Novo programa de matemática Objetivos específicos Realizar contagens progressivas e regressivas a

Leia mais

ISBN Apresentação

ISBN Apresentação Serpentes e Escadas - TERMOQUÍMICA Apresentação Serpentes e Escadas é um jogo de percurso feito em tabuleiro. Sua origem é indiana e os registros mais antigos são do século XIII. Na ocasião, era utilizado

Leia mais

Projeto: Viviana a Rainha do Pijama

Projeto: Viviana a Rainha do Pijama Projeto: Viviana a Rainha do Pijama Público alvo: O projeto é destinado aos alunos do Ensino Fundamental 1 1º e 2º ano. Disciplina: Língua Portuguesa Justificativa: À medida que as crianças crescem, um

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 2º ANO

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 2º ANO AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM DO ALUNO EM MATEMÁTICA 2º ANO ESCOLA ANO LETIVO PROFESSOR(A) DATA: / / NÚMERO E OPERAÇÕES identificar conceitos espaciais. Identificar a localização de pessoas e/ou objeto tendo:

Leia mais

MOLDES INFANTIS PARA PAPEL OU EVA

MOLDES INFANTIS PARA PAPEL OU EVA MOLDES INFANTIS PARA PAPEL OU EVA MOLDES INFANTIS PARA PAPEL OU EVA Seguem abaixo vários moldes infantis para papel ou EVA. São Moldes de pinguins, molde de torta, molde de joaninha na flor, joaninha com

Leia mais

PLANO DE AULA DOMINÓ DE FRAÇÕES. 2. Conteúdo(s): Adição e subtração de frações de mesmo denominador.

PLANO DE AULA DOMINÓ DE FRAÇÕES. 2. Conteúdo(s): Adição e subtração de frações de mesmo denominador. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Educação Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência PIBID/UFPR Projeto Interdisciplinar Pedagogia e Matemática PLANO DE AULA DOMINÓ DE FRAÇÕES Isabella

Leia mais

Pirâmide, cone e esfera

Pirâmide, cone e esfera A UA UL LA Pirâmide, cone e esfera Introdução Dando continuidade à unidade de Geometria Espacial, nesta aula vamos estudar mais três dos sólidos geométricos: a pirâmide, o cone e a esfera. Nossa aula A

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 1.º ano 2014/2015

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Matemática 1.º ano 2014/2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual /Critérios de Disciplina: Matemática 1.º ano 2014/2015 Domínio (Unidade / Tema) Números e Operações Subdomínio/Conteúdos

Leia mais

OFICINA UMA NOVA ABORDAGEM DO TEOREMA DE PITÁGORAS: APLICAÇÕES, DESAFIOS E DEMONSTRAÇÕES.

OFICINA UMA NOVA ABORDAGEM DO TEOREMA DE PITÁGORAS: APLICAÇÕES, DESAFIOS E DEMONSTRAÇÕES. Luing Argôlo Santos (UESC) discipuluing@yahoo.com.br OFICINA UMA NOVA ABORDAGEM DO TEOREMA DE PITÁGORAS: APLICAÇÕES, DESAFIOS E DEMONSTRAÇÕES. Público alvo: Professores da educação básica, graduados e

Leia mais

Sugestões de materiais e atividades para promover a construção do Sistema de Numeração Decimal pela criança

Sugestões de materiais e atividades para promover a construção do Sistema de Numeração Decimal pela criança Sugestões de materiais e atividades para promover a construção do Sistema de Numeração Decimal pela criança Curso Construção de jogos, materiais e atividades de Matemática para as séries iniciais Querido(a)

Leia mais

Potências e logaritmos, tudo a ver!

Potências e logaritmos, tudo a ver! Reforço escolar M ate mática Potências e logaritmos, tudo a ver! Dinâmica 2ª Série º Bimestre Professor DISCIPLINA SÉRIE CAMPO CONCEITO Matemática 2ª do Ensino Médio Algébrico simbólico Função Logarítmica

Leia mais

OBJETIVOS E CONTEÚDOS

OBJETIVOS E CONTEÚDOS OBJETIVOS E CONTEÚDOS 1º BIMESTRE SISTEMA INTERATIVO DE ENSINO Matemática 1º ano Capítulo 1 Noções e conceitos Comparar e diferenciar grandezas e medidas (comprimento, massa, capacidade, tempo), estabelecendo

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Título: O fojo Autor: Fabiana Guimarães Ilustrações: Robson Araújo Formato: 24 cm x 22 cm Número de páginas: 16 Apresentação O livro

Leia mais

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações.

4º. ano 1º. VOLUME. Projeto Pedagógico de Matemática 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE. Números e operações. 4º. ano 1º. VOLUME 1. AS OPERAÇÕES E AS HABILIDADES DE CALCULAR MENTALMENTE Realização de compreendendo seus significados: adição e subtração (com e sem reagrupamento) Multiplicação (como adição de parcelas

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL MATEMÁTICA Nome: Nº 6ºAno Data: / /2016 Professores: Décio e Leandro Nota: (Valor 2,0) 1. Apresentação: Prezado aluno, A estrutura da recuperação bimestral paralela do Colégio

Leia mais

SAMPLE A TALENT SHOW 1 LOOK, LISTEN, AND ACT OUT. EIGHT

SAMPLE A TALENT SHOW 1 LOOK, LISTEN, AND ACT OUT. EIGHT > 1 A TALENT SHOW 6 1 LOOK, LISTEN, AND ACT OUT. Explore a cena com os alunos perguntando-lhes se já participaram de alguma apresentação na escola e, caso já tenham participado, como se sentiram. Comente

Leia mais

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas.

Projeto Poesia. Atividade 1: Momento 1: Converse com a turma sobre o que é uma poesia, dê exemplos e apresente alguns poetas e poetisas. Projeto Poesia http://pixabay.com/pt/livros-certificado-cont%c3%aainer-pote-158066/ Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 4 anos. Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: 5 semanas Justificativa:

Leia mais

Manual de Orientação

Manual de Orientação Manual de Orientação Autoria e Concepção do jogo: Barbara Nunes Padovani** e Larissa Martins Garcia Silva Aves Benites** e Maria Ligia Coutinho Carvalhal* Projeto Gráfico: Natalya Luzia Rodrigues de Vasconcelos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA CAMPUS ALEGRETE PIBID PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Bianca Bitencourt da Silva 1.2 Público alvo: Alunos de 7º a 9º ano e Magistério 1.3 Duração: 2 aulas de 2 h e 30 min cada 1.4 Conteúdo

Leia mais

Guião. E por isso se chama à volta do pátio em oito passos, pois tudo se pode fazer no pátio da escola ou num jardim perto da escola.

Guião. E por isso se chama à volta do pátio em oito passos, pois tudo se pode fazer no pátio da escola ou num jardim perto da escola. Guião Introdução O projecto Este projecto propõe um conjunto de actividades para alunos do pré-escolar e do 1ª ciclo do ensino básico que permitem desenvolver as seguintes competências: - Observar - Recolher

Leia mais

Atividades de Geometria com o Geoplano

Atividades de Geometria com o Geoplano Atividades de Geometria com o Geoplano Introdução A palavra Geoplano vem do inglês geoboard onde geo vem de geometria e board de plano, tábua ou tabuleiro, ou ainda superfície plana. O Geoplano foi inventado

Leia mais

BINGO DOS POLINÔMIOS. Apresentação: Jogo matemático

BINGO DOS POLINÔMIOS. Apresentação: Jogo matemático BINGO DOS POLINÔMIOS Apresentação: Jogo matemático Gabriel Jorge dos Santos 1 ; Jorge Luiz de Freitas 2 ; Sara Katiana Vieira da Silva 3 ; Taíse Barbosa Santos 4 Introdução Este jogo é voltado para a educação

Leia mais

Dinâmica da Caixinha SEGUNDA CAMPANHA IGREJA AMIGA DA CRIANÇA 2015

Dinâmica da Caixinha SEGUNDA CAMPANHA IGREJA AMIGA DA CRIANÇA 2015 Dinâmica da Caixinha SEGUNDA CAMPANHA IGREJA AMIGA DA CRIANÇA 2015 Realize a escuta com caixinhas de fósforo transformadas em urnas! 1. Com as caixinhas você pode fazer a escuta num momento de culto ou

Leia mais

Programa de Matemática 4º ano

Programa de Matemática 4º ano Programa de Matemática 4º ano Introdução: A Matemática é uma das ciências mais antigas e é igualmente das mais antigas disciplinas escolares, tendo sempre ocupado, ao longo dos tempos, um lugar de relevo

Leia mais

Foto 1: Aluno com a cabeça dentro da câmara escura.

Foto 1: Aluno com a cabeça dentro da câmara escura. Câmara escura Regina Introdução: Podemos fazer das aulas de física um momento de reflexão sobre aquilo que observamos e incentivar os alunos a realizar construções experimentais por suas próprias mãos

Leia mais

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano

PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR. Matemática 5º Ano PLANO CURRICULAR DISCIPLINAR Matemática 5º Ano OBJETIVOS ESPECÍFICOS TÓPICOS SUB-TÓPICOS METAS DE APRENDIZAGEM 1º Período Compreender as propriedades das operações e usá-las no cálculo. Interpretar uma

Leia mais

Prova Escrita de Matemática

Prova Escrita de Matemática PROVA FINAL DE CICLO A NÍVEL DE ESCOLA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Matemática 9.º Ano de Escolaridade Prova 82 / 1.ª Fase 16 Páginas Duração da Prova: Caderno 1-35 min ( tolerância:

Leia mais

CICLO 15 DE ENCONTRO. Bem-vinda(o)! UM PRESENTE. 30nov 2015 a 3jan 2016

CICLO 15 DE ENCONTRO. Bem-vinda(o)! UM PRESENTE. 30nov 2015 a 3jan 2016 CICLO 15 Bem-vinda(o)! 30nov 2015 a 3jan 2016 UM PRESENTE DE ENCONTRO. MANUAL DE MONTAGEM KIT DE AMBIENTAÇÃO DO ENCONTRO CICLO 15 OLÁ, SUPERVISORA DE CAMPO! TUDO BEM COM VOCÊ? O Ciclo 15 está incrível.

Leia mais

Como se escreve? Expectativas de aprendizagem. Recursos e materiais necessários. Público-alvo: 3º ano. Duração: 4 aulas

Como se escreve? Expectativas de aprendizagem. Recursos e materiais necessários. Público-alvo: 3º ano. Duração: 4 aulas Como se escreve? nós na sala de aula - módulo: língua portuguesa 1º ao 3º ano - unidade 10 Antigamente a ortografia era vista apenas como um monte de regras que deviam ser decoradas, mas os estudos atuais

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS 1 O ANO 4 O BIMESTRE

ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS 1 O ANO 4 O BIMESTRE ENSINO FUNDAMENTAL ANOS INICIAIS 1 O ANO 4 O BIMESTRE MATEMÁTICA SUMÁRIO CAPÍTULO 1: CALENDÁRIOS OUTUBRO 50 NOVEMBRO 52 DEZEMBRO 54 CAPÍTULO 2: SISTEMA DE NUMERAÇÃO 0 a 50 SEQUÊNCIA NUMÉRICA DE 0 A 50

Leia mais

Jogos com Adições 1. JOGOS LIVRES

Jogos com Adições 1. JOGOS LIVRES Jogos com Adições Como explorar este material? 1. JOGOS LIVRES Objectivo: tomar contacto com o material, de maneira livre, sem regras. Durante algum tempo, os alunos brincam com o material, fazendo construções

Leia mais

Chama-se evento todo subconjunto de um espaço amostral. PROBABILIDADE. Introdução

Chama-se evento todo subconjunto de um espaço amostral. PROBABILIDADE. Introdução Introdução PROBABILIDADE Há certos fenômenos (ou experimentos) que, embora sejam repetidos muitas vezes e sob condições idênticas, não apresentam os mesmos resultados. Por exemplo, no lançamento de uma

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo III Aula 03 Supressão de vistas em peças compostas As peças cilíndricas, ou que contêm partes cilíndricas, também podem ser representadas com

Leia mais

Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica.

Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica. Ordenar ou identificar a localização de números racionais na reta numérica. Estabelecer relações entre representações fracionárias e decimais dos números racionais. Resolver situação-problema utilizando

Leia mais

PUZZLES TEMA: VISUALIZAÇÃO

PUZZLES TEMA: VISUALIZAÇÃO PUZZLES TEMA: VISUALIZAÇÃO OBJECTIVOS: - Praticar mentalmente a manipulação de formas - Desenvolver estratégias para resolver puzzles lógicos visuais - Combinar formas para criar outras formas diferentes

Leia mais

Convites. Produto virtual para impressão! Você vai precisar de: Dica:

Convites. Produto virtual para impressão! Você vai precisar de: Dica: Convites Você vai precisar de: - 1 ou mais folhas no formato A4 (recomendamos folhas na gramatura 180 gramas) - 1 tesoura Dica: Você pode fazer a impressão em uma gráfica rápida da sua cidade: Envie o

Leia mais

Volumes (prismas e cilindros) Áreas (prismas e cilindros) Volumes (pirâmides e cones) Áreas (pirâmides e cones)

Volumes (prismas e cilindros) Áreas (prismas e cilindros) Volumes (pirâmides e cones) Áreas (pirâmides e cones) Volumes (prismas e cilindros) Áreas (prismas e cilindros) Volumes (pirâmides e cones) Áreas (pirâmides e cones) A geometria é um ramo da matemática que se dedica ao estudo do espaço e das figuras que podem

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Geometria Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Geometria Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.º: Wesley Disciplina Geometria Aluno (a):. No. Trabalho de Recuperação Data: / 12/2016 Valor: Orientações: -Responder manuscrito; -Cópias de colegas, entrega

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

SUGESTÕES DE ATIVIDADES HABILIDADES DE LEITURA, ESCRITA E MATEMÁTICA 1.º, 2.º E 3.º Anos SUGESTÕES DE ATIVIDADES 2017 HABILIDADES DE LEITURA 1º ANO Identificar a finalidade de um texto. Localizar informações explícitas em um

Leia mais

Cones, cilindros, esferas e festividades, qual a ligação?

Cones, cilindros, esferas e festividades, qual a ligação? Cones, cilindros, esferas e festividades, qual a ligação? Helena Sousa Melo hmelo@uac.pt Professora do Departamento de Matemática da Universidade dos Açores Publicado no jornal Correio dos Açores em 5

Leia mais

Primeiramente é importante destacar um aspecto referente a definições, nomenclatura e classificações.

Primeiramente é importante destacar um aspecto referente a definições, nomenclatura e classificações. FIGURAS BIDIMENSIONAIS Primeiramente é importante destacar um aspecto referente a definições, nomenclatura e classificações. O termo "polígono", por exemplo, aparece em alguns textos como uma figura plana

Leia mais

PERCEPÇÃO VISUAL. 2 a Etapa SÓ ABRA O PACOTE E O CADERNO DE PROVA QUANDO AUTORIZADO. Duração da prova: TRÊS HORAS.

PERCEPÇÃO VISUAL. 2 a Etapa SÓ ABRA O PACOTE E O CADERNO DE PROVA QUANDO AUTORIZADO. Duração da prova: TRÊS HORAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PERCEPÇÃO VISUAL a Etapa SÓ ABRA O PACOTE E O CADERNO DE PROVA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem.. Esse Caderno de Prova contém três questões,

Leia mais