Editorial:... A voz que pode chateiar, mas que sempre quer animar!!!

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Editorial:... A voz que pode chateiar, mas que sempre quer animar!!!"

Transcrição

1 I N D I C E : As delegações do Norte ao Sul Niassa Cabo Delgado Nampula Zambezia Tete Manica Sofala Gaza Inhambane Maputo- Maputo Contacto de emergência ou N Ú M E R O 1 B I M E S T R A L Editorial:... A voz que pode chateiar, mas que sempre quer animar!!! traso e Incapacidade às vezes não são sinónimos! Foi o caso da realização da Reunião nacional que foi adiada por três vezes por diferentes razões, como foi o caso das auditorias em curso e doutros compromissos em que os Coordenadores provinciais estavam metidos! A atraso valeu! E assim conseguimos estar de novo juntos em Beira para tomar consciências das inúmeras actividades espalhadas em todo o território moçambicano. A nossa ONG realmente é nacional e fala todas as línguas do País, apesar de termos em três s do Norte, nomeadamente Tete, Niassa e Cabo Delgado, pequenas actividades de serviço para o Governo de Moçambique. Contudo há perspectivas de dar continuidade em Tete e abrirmonos quase de imediato seja em Cabo Delgado com o programa de segurança alimentar com a AAA, assim como para o Niassa, caso o concurso com a Hidrogeo sortir efeitos positivos. Esta amplitude de actividade nos leva a redrobar os esforços de modo que qualquer actividade, seja pequena ou grande, tenha o máximo dos resultados positivos...caso contrário, melhor não realizar programas que não tenham garantias de efeitos positivos e de sustentabilidade. Este é o dilema que deparamos no nosso dia a dia. Fazer por fazer, com a única preocupação que algo deve ser feito, ou fazer para mudar algo de insuficiente, de pequeno, de incorrecto; em suma realizar programas que engajam as comunidades rurais a tomar consciência que eles mesmos podem ser artífices da sua mudança para melhores condições de vida. Esta foi a tomada de consciência que tivemos na nossa Reunião Nacional em Beira. Nada de cansaço, nada de desleixo...ao contrário, todos unidos para que a Kulima melhore dia a dia na sua prestação de serviço para com as comunidades mais pobres. Este número de Kulima News, dando uma panorâmica geral das actividades fruto de quase dois anos deverá contribuir para que todos nós tenhamos pleno conhecimento de todas as dinâmicas seja de terreno como de lobbing e advocacia que a nível de responsáveis provinciais e nacionais fazemos com os nossos parceiros. 0 1 M A R Ç O O tormentoso período da emergência, de 2000 a 2002, é já uma lembrança e praticamente tudo foi reconvertido para actividades de desenvolvimento, apesar de ser forte o problema da luta contra o HIV/SIDA, que permeia toda a nossa atenção, procurando que possa ser bloqueado na sua horrível expansão. A todos os leitores deste número um sincero augúrio pelo interesse para com o crescimento de Moçambique e ao mesmo tempo um agradecimento pelo engajamento manifestado na luta contra o Sida e a Pobreza absoluta!

2 P A G E 2 As Delegações do Norte para o Sul A visão nacional da kulima é uma das prerrogativas atingidas após os 20 anos da sua fundação. Desde do ínicio, manteve uma atenção particular para todas as dinámicas abrangentes o Moçambique, acompanhando as várias etapas do seu crecimento, da Guerra civil, implantando programas de desenvolvimento rural na de Inhambane (1984), às dinámicas modernas dos programas de outsourcing (Governo UE 2004) de Niassa Responsável : Victor de Sousa O conceito de Integrado Muitas vezes, nós é perguntado qual é a especialização da KULIMA, deixando-nos surpreendidos da busca de informação dos pesquisadores que Projectos apresentados em concursos para aprovação : - Outsourcing do distrito de Mavago : sem nenhuma explicação a nossa proposta não foi considerada, permanecendo a incognita do vencedor do concurso. Atitude essa reprovável no âmbito dum dialógo aberto entre doador, estrtura do governo intermédiario e futura possível execudora!!! SHAME ON YOU - Estudo das potencialidades e necessidades em água potável em duas zonas da de Niassa : Zona A = Oeste e Zona B = Norte em parceria com a empresa consultora HYDROGEO. Ida do representante nacional Domenico Liuzzi para apresentação de credenciais ao novo Governo da pretendem identificar a ONG como especializada num sector tipo ministerial. A cara deles torna-se conciliável e amigável quando etendem que a KULIMA é uma ONG capacitada nas dinámicas de educação comuniária, visando o benefício global dos membros das comunidades de base. Responsável : Victor de Sousa de Cabo Delgado Parceria sobre o projecto em curso de desenvolvimento rural integrado com Acção Agrária Alemã (AAA) no distrito de Meluco. Projectos apresentados em concursos para aprovação : - Block Ground (financiado pela União Europeia) sobre a continuação do programa em curso no distrito de Meluco - Concurso União Europeia (manifesto de interesse aprovado pelo Governo distrital e provincial) : Facility Water nos distritos de Meluco e Montepuez. Espera-se pela aprovação...a seguir seá necessário elaborar o programa definitivo. Compra dum terreno para construcção da delegação KULIMA em Pemba. K U L I M A N E W S

3 N Ú M E R O 1 B I M E S T R A L de Nampula P A G E 3 Responsável : Victor de Sousa s - Educação para saúde comunitária (financiamento AIFO) em 6 distritos da - Projecto de Desenvolvimento Comunitário (moageiras), AIFO em 3 distritos - Abertura de fontes de água em 3 distritos, AIFO - Programa de produção de Algas marinhas (financiamento Cooperacçao italiana, em parceria com CESVITEM, CIPSI e GMA) - Programa de apoio a produção e comercialização do Caju da região norte-este de Nampula (financiamento UE e Incaju em consortio com NAKOSSO e OLIPA-ODES) - Outsourcing Mossuril : programa de segurança alimentar aprovado na sua primeira fase e em concorrência com OIKOS na fase final para adjudicação. - Projecto CNCS em 6 distritos de combate ao HIV-SIDA em parceria com AIFO. Sousa : o planificador, com a mente executive do Agostinho!!! ºººººººº Não há rosa sem espinhas de Zambézia Programas em cursos - Programa de emergência e desenvolvimento em Chinde em parceria com AAA - Sensibilização de luta contra o HIV (IEC) em parceria com AAA financiado pelo CNCS em Chinde - Programa de Desenvolvimento integrado no distrito de Gilé em parceria com MANI TESE, com a presença periódica do Senhor Vittorio Membretti - Programa de Irrigação de Pequena Escala (financiamento da Banco Africano de Desenvolvimento e Direcção Nacional de Hidraulica Agrícola e em parceria com a CLUSA Responsável : José Manuel Da Conceição - Concurso de Instituto de Pesca de Pequena Escala (IDPPE/ Banco de Sofala) em gestão de poupança e micro-crédito - Outsourcing Chinde : programa de segurança alimentar aprovado na sua primeira fase e em concorrência com ORAM na fase final para adjudicação. - FIPAG : reassentamento das populaces num programa de abastecimento de água da cidade de Quelimane - Possível engajamento no projecto Alliance 2015 para luta contra o HIV/SIDA - Preparação do programa Sensibilização de luta contra o HIV (IEC) financiado pelo CNCS em Gilé Ze Manuel : O eterno incontactável ***** Será que no novo ano poderá ser inventado um novo cellular micro para garantir o dialogo com ele? de Tete Responsável : Marylene Madeilene Responsável local : Saul s : - ANE : programa de educação ao SIDA nas estradas terciarias dos distritos de Zumbo e Maravia (Financiamento DFID/ANE) - Concurso de ZAMWATT sobre educação das comunidades para a gestão de água com DPOPH - Concurso sobre 60 fontes de água da Direcção Provincial de Eduação - Preparação do programa Sensibilização de luta contra o HIV (IEC) finan- - Forum Terra de Nampula : continuação da cociado pelo CNCS nos 2 distritos de Zumbo e Maravia - - Revisão do programa de desenvolvimento rural com a ADIPSA.

4 P A G E 4 de Manica VALE A PENA RECOMEÇAR!!! Responsável regional : Maryleine Madaleine Responsável local : Mateus Foles s - Educação para saúde comunitária (financiamento AIFO) em 4 distritos da - Projecto de pesquisa de plantas tradicionais comest ívei s ( Mungo mo ) (Financimento FAO) - Educação ao SIDA no dist r it o de Tambar r a (Financiamento do Núcleo l de Combate ao SIDA) - Apoio ao celeiro comunit ár io de M acossa (Financiamento do Canada) - Projecto CNCS em 4 distritos de combate ao HIV- SIDA em parceria com AIFO. - Concurso de ZAM- WATT sobre educação das comunidades para a gestão de água com a DPOPH - Nova proposta de pesquisa para plantas comestivéis (Financiamento FAO) - Revisão do programa de desenvolvimento rural com a ADIPSA. Conselho o Eng. Agronomo Silvestre dos Santos : Atenção ao poder germinativo e aos amanhos culturais. de Sofala s - Programa de Irrigação de Pequena Escala (financiamento da Banco Africano de Desenvolvimento e Direcção Nacional de Hidraulica Agrícola e em parceria com a CLUSA - Continuação do programa ICCO : centros de Munhava. Chota e Vaz - Projecto ambiental com financiamento da UICN para reposição do mangal - Educação comunitária nas fontes de água com DPOPH nos distritos da região sul da. - Projecto de adopção a distância (Financiamento ACACIA - Milano) Pespectivas - 2nde Fase do programa Agentes Facilitadores e ampliação do número de distrito para chegar até 7 distritos (Financiamento CNCS) - Promoção da mulher (Manifestção de interesse) em Responsável : Maryleine Madaleine parceria com a RETE - Itália (Financiamento UE) - Concurso de ZAMWATT sobre educação das comunidades para a gestão de água com DPOPH de Gaza Responsável : Julio Simo - Educação para saúde comunitária (financiamento AIFO) em 6 distritos da - Programa de desenvolvimento rural e pecuário em parceria com VETAID e financiamento UE - -ANE : programa de educação ao SIDA nas estradas terciarias em vários distritos (Financiamento DFID/ANE) - Programa de SIDA com o CCFD - Programa com PMA - Programa de SIDA da região norte da de Gaza K U L I M A N E W S

5 N Ú M E R O 1 B I M E S T R A L Vilankulos 2 projectos um de emregência e o outro de desenvovimento em parceria com AAA. Responsável : Inácio Chindeu Região sul de Inhambane de Inhambane Responsável : Eric Perrin 2 parcerias sendo uma com a World Vision e outra com VETAID, ambas com financiamento da União Europeia. Região central de Inhambane - Programa de segurança alimentar no distrito de Funhalouro (Financiamento CCFD) FOPROI : Forum des ONG de Inhambane, sendo presidente do Conselho de Direcção - Sensibilização contra o HIV- SIDA em consórcio com KANES (Financiamento CNCS) - Programa de hortas escolares com GTZ - Programa de rede integrada HIV-SIDA : hospital de Massinga : Consórcio TdH, CESVI e KULIMA com Fundo Global MISAU - Programa de produção de álgas marinhas (FInanciamento da NORAD) P A G E 5 Reflectindo! Duas colunas asseguram melhor o edíficio a ser construído na de Inhambane de Maputo - Programa de educação comunitária em Maluana, distrito de Manhiça (Financiamento do Japão) - Programa de Centro de Atendimento Social (CAS) em Chinonanquila com Terre des Hommes Itália - Supervisão e sustentção das iniciativas comunitárias dos CAS de Mussumbuluco e Khongolote - Programa de Irrigação de Pequena Escala (financiamento da Banco Africano de Desenvolvimento e Direcção Nacional de Hidraulica Agrícola e em parceria com a CLUSA - Programa de sensibilização das comunidades rurais e escolares sobre HIV (Financiamento Africa 70 - UE) - Terceira Fase de Khongolote com financiamento da França (FSD), realizado com a inteira responsabilidade do CDC de Khongolote Responsável : Filipe Cuambe - Programa SIDA Moamba e Magude com Terre des Hommes (Financiamento CNCS) - Segunda Fase do programa de Maluana (Financiamento do Japão) - Reactivação do Centro de Mussumbuluco - Programa SIDA com Embaixada da Inglaterra Sabiam que : O Filipe Cuambe devido às variadas inovações dos seus colaboradores, está na lista do guiness pela sua Paciância Global?? Parabens

6 Maputo Capital - sede nacional Responsável : Domenico Liuzzi Assistente de projectos : Caroline Duconseille Administração e finanças : Virginia Romero de Sousa Centro de serviço : Luís Manjate - Ntwanano, programa de apoio a criança em situação a risco com metodo de adopção a distância, com 2 parcerias : CESVITEM e CCS - Crianças da Rua : programa herdado da GOAL em apoio a 400/500 crianças da rua da cidade de Maputo - Programa de apoio às crianças orfão do SIDA com financiamento do CNCS - Micro-crédito em 3 regiões perífericas de Maputo : Unidade 7, Khongolote e Mussumbuluco - Porgrama de micro-crédito em consórcio com OTM/ISCOD (Financiamento sindicado espanhol) Somos : Lobbying e advocacia - membros do Steering Committee do CNCS - membros do Observatório da Pobreza (OP) - membros da LINK, Rede da Criança, MONASO e do Grupo da Dívida - membros do Steering Committee da IUCN - membros da ROSA : rede das ONGs de segurança alimentar Participamos : Banco Mundial,, União Europeia, PMA, as reuniões da MADER, NAIMA, MISAU... Força laboral da KULIMA província por província 2005 s Pessoal Maputo Cidade* Maputo Gaza Inhambane Sofala Manica Tete Zambezia Nampula Cabo Delgado Niassa TOTAL Project o Sede Naci onal Feminino Masculino Total pessoal KULIMA Karl Marx 1452 R/C MAPUTO MOÇAMBIQUE Phone: / Fax: Relembrando... O objective da KU- LIMA...de forma a não mistificar a originalidade da sua criação : acompanhar o processo de crecimento dos pobres na sua caminhada para ser menos pobres!!!!!!!!!

7 This document was created with Win2PDF available at The unregistered version of Win2PDF is for evaluation or non-commercial use only.

ONG : uma associação humanitária ou uma Empresa privada?

ONG : uma associação humanitária ou uma Empresa privada? N Ú M E R O 4 B I M E S T R A L 1 D E D E Z E M B R O 0 5 EDITORIAL ONG : uma associação humanitária ou uma Empresa privada? O drama que vivem as ONGs quando forem entendidas como Empresas privadas! Contracto

Leia mais

A seguir página 8 I N D I C E : Editorial. 1º de Junho : O Dia da Criança. Uma parceria com a Embaixada. Japão. A delagação da Zambezia

A seguir página 8 I N D I C E : Editorial. 1º de Junho : O Dia da Criança. Uma parceria com a Embaixada. Japão. A delagação da Zambezia I N D I C E : Editorial 1º de Junho : O Dia da Criança Uma parceria com a Embaixada do Japão A delagação da Zambezia O perdão da dívida O protocolo de Quioto Os contactos N Ú M E R O 3 EDITORIAL B I M

Leia mais

Termos de Referência para Análise das Plataformas das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na gestão de recursos naturais em Moçambique

Termos de Referência para Análise das Plataformas das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na gestão de recursos naturais em Moçambique Termos de Referência para Análise das Plataformas das Organizações da Sociedade Civil que trabalham na gestão de recursos naturais em Moçambique I. Introdução Nos últimos anos, uma das principais apostas

Leia mais

Audiência Parlamentar Internacional em Moçambique Maputo, 19 de Setembro de 2009 1. ELECTRIFICAÇÃO RURAL EM MOÇAMBIQUE Moçambique é rico em recursos energéticos, como é o caso da energia hidroeléctrica,

Leia mais

Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa

Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa Propriedade Intelectual nos Países de língua Portuguesa Politicas de Saúde e AIDS Moçambique Eusébio Chaquisse, MD, MIH Universidade Lúrio - Nampula Introdução: Moçambique possui uma população 20 milhões

Leia mais

Moçambique Plano Estratégico 2012 2015. Moçambique Plano Estratégico

Moçambique Plano Estratégico 2012 2015. Moçambique Plano Estratégico Moçambique Plano Estratégico 2012 2015 Moçambique Plano Estratégico 2012 2015 1 Rainha Juga, beneficiaria de uma campanha de cirurgia do Hospital Central da Beira ao distrito de Gorongosa 2 Moçambique

Leia mais

Fórum da Conectividade Rural

Fórum da Conectividade Rural FUNDO DO SERVIÇO DE ACESSO UNIVERSAL (FSAU) Fórum da Conectividade Rural O Fundo do Serviço de Acesso Universal e o seu papel na promoção de parcerias Público- Privadas para a conectividade rural Apresentado

Leia mais

Como este trabalho cabe com os esforços baseados nas comunidades?

Como este trabalho cabe com os esforços baseados nas comunidades? Morbidez e Mortalidade dos Adultos no Moçambique: Prevalência e Estratégias para os Agregados Familiares Rurais que Enfretam Adversidade D. Mather, C. Donovan, H. Marrule, e A. Alage 6 de Novembro, 2003

Leia mais

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique.

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique. CURRICULUM VITAE CHAGAS LEVENE Escritório Residência Estudos e Pesquisas Aplicadas, Lda Travessa da Azurara n o 11 Bairro da Sommerschield Tel/fax (+258) 21 485383 Cell: (+258) 82 6255794 clevene@kula.co.mz

Leia mais

L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE

L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE TANZÂNIA Mocimboa da Praia MALAWI Lichinga NIASSA CABO DELGADO NAMPULA Pemba Nacala TETE TETE ZAMBEZIA PEMBA MANICA SOFALA Quelimane CHIMOIO BEIRA para Hararre GAZA INHAMBANE

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 5ᵃ Edição ORÇAMENTO CIDADÃO 2016 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em

Leia mais

Projetos Internacionais

Projetos Internacionais Projetos Internacionais Projetos Nacionais de Desenvolvimento Nacional de Água (I e II) - Banco Mundial (IDA) Cerca de 130 milhões USD (1998-2007) para a produção de água em zonas rurais e urbanas e para

Leia mais

MOÇAMBIQUE. Principais Resultados

MOÇAMBIQUE. Principais Resultados MOÇAMBIQUE Inquérito Nacional de Prevalência, Riscos Comportamentais e Informação sobre o HIV e SIDA em Moçambique (INSIDA 2009) Principais Resultados O Inquérito Nacional de Prevalência, Riscos Comportamentais

Leia mais

DESAFIOS DA INCLUSÃO FINANCEIRA EM MOÇAMBIQUE:

DESAFIOS DA INCLUSÃO FINANCEIRA EM MOÇAMBIQUE: DESAFIOS DA INCLUSÃO FINANCEIRA EM MOÇAMBIQUE: Uma Abordagem do Lado da Oferta Seminário Governo/FMI Instrumento de Apoio as Políticas: Experiências e Perspectivas 11 de Março de 2013 Estrutura 1. Motivação

Leia mais

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013 Instituto Nacional de Irrigação 31 de Maio de 2013 Estrutura da apresentação I. Reforma do subsector de irrigação em Moçambique II. O INIR - Instituto Nacional de Irrigação 1. Objectivos 2. Organização

Leia mais

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE

STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE STEPS FORWARD: LINKING AGRICULTURE TO NUTRITION IN MOZAMBIQUE Hosted by Abt Associates Reduzir a desnutrição crónica em Moçambique: contexto internacional e assistência dos parceiros de desenvolvimento

Leia mais

PROMOVENDO CIDADANIA PARA A MUDANÇA - PROCIMU

PROMOVENDO CIDADANIA PARA A MUDANÇA - PROCIMU PROMOVENDO CIDADANIA PARA A MUDANÇA - PROCIMU A IBIS Moçambique é uma Organização Não Governamental Dinamarquesa, com sede em Maputo que trabalha em Moçambique desde 1976. As áreas temáticas actuais da

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Nome: JOÃO CARLOS COLAÇO. Profissão: Sociólogo / Investigador Data de Nasc: 17 de Novembro de 1968. Nacionalidade: Moçambicana

CURRICULUM VITAE. Nome: JOÃO CARLOS COLAÇO. Profissão: Sociólogo / Investigador Data de Nasc: 17 de Novembro de 1968. Nacionalidade: Moçambicana CURRICULUM VITAE Nome: JOÃO CARLOS COLAÇO. Profissão: Sociólogo / Investigador Data de Nasc: 17 de Novembro de 1968. Nacionalidade: Moçambicana Qualificações-Chave: João Carlos Colaço é formado em Sociologia,

Leia mais

O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE

O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE Suzana Saranga Loforte Gestora de Recursos Hídricos & Meio Ambiente Direcção Nacional de Águas Ministério das Obras Públicas e Habitação de Moçambique

Leia mais

Delegação da União Europeia em Moçambique

Delegação da União Europeia em Moçambique REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE Delegação da União Europeia em Moçambique REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

Leia mais

A perspectiva bilateral de coordenação/mobiliza. o/mobilização o dos intervenientes externos. Ferruccio Vio

A perspectiva bilateral de coordenação/mobiliza. o/mobilização o dos intervenientes externos. Ferruccio Vio A perspectiva bilateral de coordenação/mobiliza o/mobilização o dos intervenientes externos Ferruccio Vio Estudo de caso: Moçambique 1 Moçambique ambique: Apoio dos doadores e Recursos Humanos Diferentes

Leia mais

Id: 41322 (27 years)

Id: 41322 (27 years) Ver foto Id: 41322 (27 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 08/07/1988 País: Mozambique, Região: Nampula, Cidade: Nampula Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Tipo de trabalho:

Leia mais

15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967

15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967 15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE

DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS E COOPERAÇÃO GABINETE DO ORDENADOR NACIONAL PARA A COOPERAÇÃO MOÇAMBIQUE / UE 1. FOCO DO ESTUDO 2. OBJECTIVOS 3. CONCEITO DE ESPAÇO DE DIÁLOGO 4. METODOLOGIA 5. LIMITAÇÕES DO ESTUDO 6. PRINCIPAIS RESULTADOS 7. INDICADORES DO RESULTADO 2 8. RECOMENDAÇÕES PARA O PROGRAMA Espaços de

Leia mais

28 de Agosto de 2002. Destaques

28 de Agosto de 2002. Destaques Famine Early Warning Systems Network 28 de Agosto de 2002 Destaques Uma avaliação rápida de necessidades alimentares foi levada a cabo de 22 de Julho a 11 de Agosto de 2002 por equipas do PMA, FEWS NET,

Leia mais

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ABRIL, 2015 Estrutura da Apresentação 2 I. Papel do CEPAGRI II. III. IV.

Leia mais

Internet Como um Serviço Essencial

Internet Como um Serviço Essencial Internet Como um Serviço Essencial [O Desenvolvimento da Banda Larga e o Crescimento da Economia Digital ] 20 de Nov de 2015 americo@incm Pontos de Apresentação 1. Banda larga em Moçambique; 2. Como desenvolver

Leia mais

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010 Apresentação Do Banco Setembro de 2010 Conteúdos Onde estamos Missão Valores Accionistas Nosso mercado Responsabilidade social Factos Contactos Onde estamos Onde Estamos O Banco Terra está representado,

Leia mais

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 TIPO DE ALERTA: NORMAL VIGILÂNCIA AVISO EMERGÊNCIA CONTEÚDO Perspectiva sobre Riscos... 2 Precipitação e implicações... 2 Análise de Mercados...

Leia mais

MEDICUS MUNDI EM MOÇAMBIQUE A NOSSA PROPOSTA: CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS: VAMOS TORNÁ-LOS REALIDADE

MEDICUS MUNDI EM MOÇAMBIQUE A NOSSA PROPOSTA: CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS: VAMOS TORNÁ-LOS REALIDADE MEDICUS MUNDI EM MOÇAMBIQUE A NOSSA PROPOSTA: CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS: VAMOS TORNÁ-LOS REALIDADE Cuidados de Saúde Primários em Moçambique Já foi há mais de 30 anos que o sonho de Saúde para todos

Leia mais

ANÚNCIO DE VAGA DESCRIÇÃO DO POSTO. Junho de 2012.

ANÚNCIO DE VAGA DESCRIÇÃO DO POSTO. Junho de 2012. ANÚNCIO DE VAGA DESCRIÇÃO DO POSTO Posição: Director Executivo Programa Inter Religioso Contra a Malária (PIRCOM) Projecto Academy for Educational Development/Communication for Change (C Change) Supervisor:

Leia mais

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO ESTATAL Direcção Nacional de Promoção do Desenvolvimento Rural A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA DE UM ASSISTENTE TÉCNICO PARA O TARV PEDIÁTRICO NA REGIÃO DE NAMPULA MOÇAMBIQUE

TERMOS DE REFERÊNCIA DE UM ASSISTENTE TÉCNICO PARA O TARV PEDIÁTRICO NA REGIÃO DE NAMPULA MOÇAMBIQUE TERMOS DE REFERÊNCIA DE UM ASSISTENTE TÉCNICO PARA O TARV PEDIÁTRICO NA REGIÃO DE NAMPULA MOÇAMBIQUE Moçambique é um dos dez países no mundo mais atingido pelo HIV/SIDA com uma prevalência de 16.2%. Devido

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE O ESTADO DE AVANÇO FINANCEIRO E DAS ACTIVIDADES ATÉ 31.12.2012

RELATÓRIO SOBRE O ESTADO DE AVANÇO FINANCEIRO E DAS ACTIVIDADES ATÉ 31.12.2012 PROGRAMA DE APOIO À DESCENTRALIZAÇÃO E AO DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO LOCAL (PADDEL) NA PROVÍNCIA DE SOFALA (MOÇAMBIQUE) AID 8417 RELATÓRIO SOBRE O ESTADO DE AVANÇO FINANCEIRO E DAS ACTIVIDADES ATÉ 31.12.2012

Leia mais

Id: 40267 (42 years)

Id: 40267 (42 years) Foto não disponível Id: 40267 (42 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 25/06/1973 País: Mozambique, Região: Niassa, Cidade: Lichinga Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO:

Leia mais

PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013

PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ENERGIA DIRECÇÃO DE ESTUDOS E PLANIFICA ÇÃO PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013 Nampula, 16 de Agosto de 2012 MINISTÉRIO DA ENERGIA 1 1. CONTEXTUALIZAÇÃO

Leia mais

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 O CEPAGRI (1-3) 2 Criado através do Decreto nº 20/2006 de 29 de Junho como instituição subordinada ao Ministério da Agricultura Criado com objectivo de: Estimular

Leia mais

itc newsletter N o. 3, Julho 2012 itc newsletter parceiro dos sectores de cadastro e de florestas do país.

itc newsletter N o. 3, Julho 2012 itc newsletter parceiro dos sectores de cadastro e de florestas do país. itc newsletter N o. 3, Julho 2012 itc newsletter Caros leitores, Estamos de volta com a 3 a edição do newsletter da itc. Esta e as próximas edições do nosso newsletter, vão partilhar os resultados alcançados

Leia mais

Id: 40938 (31 years)

Id: 40938 (31 years) Ver foto Id: 40938 (31 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 01/08/1984 País: Mozambique, Região: Maputo, Cidade: Maputo Cidade Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO: Objectivo:

Leia mais

Cadeia de Comercialização de Carvão para cidade de Maputo

Cadeia de Comercialização de Carvão para cidade de Maputo Cadeia de Comercialização de Carvão para cidade de Maputo Situação actual e possíveis soluções Nilza Puna, INBAR Maputo, 16 de Junho de 2008 Objectivo: 1. Mapear a cadeia de comercialização de carvão 2.

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA À REDE DE CONSULTORES

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA À REDE DE CONSULTORES FORMULÁRIO DE CANDIDATURA À REDE DE CONSULTORES da empresa da pessoa de contacto Data: Detalhes de contacto País: Data de preenchimento: Telefone: Fax: e-mail: Caixa Postal: 1. CONSULTORES Os consultores

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA MÉDICA PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE ORAL

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA MÉDICA PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE ORAL Introdução REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE RELATÓRIO DA CAMPANHA NACIONAL DE SAÚDE ORAL NAS ESCOLAS Na semana de 20 a 24 de Agosto de 2012, decorreu a Campanha Nacional de Saúde Oral nas escolas, onde as cerimónias

Leia mais

Alcinda Tembe Gaspar alcindatembe@yahoo.com.br. José Libombo Jr (SV)

Alcinda Tembe Gaspar alcindatembe@yahoo.com.br. José Libombo Jr (SV) Doença de Newcastle em Moçambique XIII Congresso de Medicina Veterinária em Língua Portuguesa Alcinda Tembe Gaspar alcindatembe@yahoo.com.br José Libombo Jr (SV) 0 Situação Geografica e Económica Moçambique

Leia mais

Trabalhadores de Saúde Suficientes e Competentes para Mais e Melhores Serviços de Saúde Para o Povo Moçambicano

Trabalhadores de Saúde Suficientes e Competentes para Mais e Melhores Serviços de Saúde Para o Povo Moçambicano Ministério da Saúde Direcção Nacional de Recursos Humanos Plano Nacional de Desenvolvimento dos Recursos Humanos da Saúde Trabalhadores de Saúde Suficientes e Competentes para Mais e Melhores Serviços

Leia mais

MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL

MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL República de Moçambique MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL Maputo, 06 de Outubro de 2006 1 PORQUE INSISTIR NO MEIO RURAL? Representa mais de 95% do território

Leia mais

Habilitar os pobres rurais a superar a pobreza em Moçambique

Habilitar os pobres rurais a superar a pobreza em Moçambique FIDA/A. Webb Habilitar os pobres rurais a superar a pobreza em Moçambique Pobreza rural em Moçambique Moçambique é um dos países mais pobres do mundo. Apesar das impressionantes taxas de crescimento econômico

Leia mais

BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011)

BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011) REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DIRECÇÃO NACIONAL DOS SERVIÇOS AGRÁRIOS BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011) Agosto, 2011 Conteúdo de Apresentação 1. Introdução 2. Principais

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE Programa Nacional de Controle das DTS/HIV/SIDA Grupo Técnico Relatório do Encontro para Divulgação Dos dados das Taxas de Prevalência

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS 1 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS Introdução BALANÇO ANUAL JANEIRO-DEZEMBRO 2012 Actividades realizadas pelo Sector da Juventude e

Leia mais

PERFIL E TAREFAS DO ASSISTENTE PROVINCIAL DE ADMINSTRAÇÃO E PROGRAMAS DA ECOSIDA

PERFIL E TAREFAS DO ASSISTENTE PROVINCIAL DE ADMINSTRAÇÃO E PROGRAMAS DA ECOSIDA PERFIL E TAREFAS DO ASSISTENTE PROVINCIAL DE ADMINSTRAÇÃO E PROGRAMAS DA ECOSIDA 1. PERFIL 1.1. Nome do Posto: Assistente Provincial de Administração, Finanças e Programas 1.2. Regime de Trabalho: Tempo

Leia mais

5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025

5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025 5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura - Direcção

Leia mais

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Augusto de Sousa Fernando asousa@edm.co.mz 1 Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade, responsável pela Produção, Transporte,

Leia mais

18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040

18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040 18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE Data de Geração: 01/10/2012 Orçamento do Estado para Ano de 2013 Código Designação 0101 Presidência da República 150,000.00 0.00 150,000.00 0105

Leia mais

1.1. Antecedentes do Estudo

1.1. Antecedentes do Estudo CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1.1. Antecedentes do Estudo 1.1.1. Antecedentes do Estudo A estrutura básica do Programa de Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique

Leia mais

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação (Mozambique egovernment and Communication Infrastructure Project) (MEGCIP) 5º Fórum Lusófono das Comunicações Painel 4: Infra-estruturas

Leia mais

Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs

Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs Integração de uma abordagem de género na gestão de recursos hídricos e fundiários Documento de Posição de organizações e redes dos PALOPs Isabel Dinis, ACTUAR Lisboa, 3 de Junho de 2010 ACTUAR - ASSOCIAÇÃO

Leia mais

Análise de Vulnerabilidade 2004: Processo e o Ponto de Situação

Análise de Vulnerabilidade 2004: Processo e o Ponto de Situação Análise de Vulnerabilidade 2004: Processo e o Ponto de Situação Maputo, Junho de 2004 Mapa das regiões de AV 2004 41 distritos vulneráveis á insegurança alimentar devido aos efeitos combinados de seca

Leia mais

CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO

CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO FATEC-SP CURSO DE TECN OLOGI A DO VÁCUO Prof. Me. Francisco Tadeu Degasperi Janeiro de 2005 Agradeço a colaboração do Tecnólogo Alexandre Cândido de Paulo Foi Auxiliar de Docente do LTV da Fatec-SP Atualmente

Leia mais

Manual de Monitoria e Avaliação

Manual de Monitoria e Avaliação Cabo Delgado Gaza Manica e Sofala Nampula Niassa Tete Zambézia Rua 1 Maio, N o 1355 Av. Samora Machel, Rua da Zâmbia, N 453 Rua da Beira N 4, Bairros Av. Filipe S. Magaia Av. Keneth Kaunda, Av. Samora

Leia mais

A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SETOR PORTUGUÊS DA ÁGUA. ÁguaGlobal

A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SETOR PORTUGUÊS DA ÁGUA. ÁguaGlobal ÁguaGlobal MOÇAMBIQUE CLUSTER DA ÁGUA ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO MOÇAMBIQUE DADOS GERAIS BREVE APRESENTAÇÃO DO ESTUDO DO SETOR DA ÁGUA EM MOÇAMBIQUE SETOR DA ÁGUA EM MOÇAMBIQUE Enquadramento Dados Estatísticos

Leia mais

Avaliação Externa Final. Relatório de Avaliação

Avaliação Externa Final. Relatório de Avaliação 1 Avaliação Externa Final Relatório de Avaliação Projecto Incremento do acesso e a qualidade dos cuidados de saúde primários através do fortalecimento dos serviços nacionais de saúde, priorizando o âmbito

Leia mais

Custos das Fontes Dispersas em Moçambique

Custos das Fontes Dispersas em Moçambique Folheto Informativo Moç. C 01 Custos das Fontes Dispersas em Moçambique Análise dos custos unitários dos contractos de 2009 Júlia Zita, Arjen Naafs WASHCost Dezembro, 2010 O objectivo deste documento da

Leia mais

PROJECTO NTWANANO. Kulima. Para a promoção social das crianças pobres. Kulima Moçambique. Organismo Para o Desenvolvimento Sócio Económico Integrado

PROJECTO NTWANANO. Kulima. Para a promoção social das crianças pobres. Kulima Moçambique. Organismo Para o Desenvolvimento Sócio Económico Integrado Kulima Organismo Para o Desenvolvimento Sócio Económico Integrado - Moçambique - A Kulima, é uma ONG Moçambicana a funcionar desde 1984 no desenvolvimento sócio económico integrado. Estamos particularmente

Leia mais

TREDD. Testando Opções e Arranjos Institucionais Eficientes para a Promoção da Extracção Sustentável da Energia de Biomassa Carvão Vegetal em Sofala

TREDD. Testando Opções e Arranjos Institucionais Eficientes para a Promoção da Extracção Sustentável da Energia de Biomassa Carvão Vegetal em Sofala TREDD Testando Opções e Arranjos Institucionais Eficientes para a Promoção da Extracção Sustentável da Energia de Biomassa Carvão Vegetal em Sofala As causas do desmatamento e degradação florestal são

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA O POSTO DE CONSELHEIRO EM GESTÃO DE FINANÇAS PUBLICAS

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA O POSTO DE CONSELHEIRO EM GESTÃO DE FINANÇAS PUBLICAS I. Introdução TERMOS DE REFERÊNCIA PARA O POSTO DE CONSELHEIRO EM GESTÃO DE FINANÇAS PUBLICAS O melhoramento da prestação de serviços públicos constitui uma das principais prioridades do Governo da Província

Leia mais

Curriculum Vitae. Luís Maria Ricardo Gujamo. Av. 24 de Julho, Cidade de Maputo (+258) 827626161 / (+258) 840150511

Curriculum Vitae. Luís Maria Ricardo Gujamo. Av. 24 de Julho, Cidade de Maputo (+258) 827626161 / (+258) 840150511 INFORMAÇÃO PESSOAL Luís Maria Ricardo Gujamo Av. 24 de Julho, Cidade de Maputo (+258) 827626161 / (+258) 840150511 luisgujamo@yahoo.com.br / lgujamo@ucm.ac.mz Sexo: Masculino Data de nascimento: 09/02/1987

Leia mais

0. Breve historial da Organização:

0. Breve historial da Organização: 0. Breve historial da Organização: A Associação dos Jovens e Amigos de Govuro (AJOAGO) foi fundada em Janeiro de 2001 no Distrito de Govuro e registada sob o número 2-F-2/L Q1 com data 18/06/2004 na Conservatória

Leia mais

Comunicado de imprensa sobre a Auscultação Pública à volta da versão inicial do Plano Director do ProSAVANA

Comunicado de imprensa sobre a Auscultação Pública à volta da versão inicial do Plano Director do ProSAVANA Programa de Cooperação Trilateral para o Desenvolvimento Agrário do Corredor de Nacala (ProSAVANA) Comunicado de imprensa sobre a Auscultação Pública à volta da versão inicial do Plano Director do ProSAVANA

Leia mais

MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014

MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014 MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014 Espera-se período de escassez menos severo devido a boa produção da segunda época e preços de alimentos estáveis DESTAQUES Figura

Leia mais

RELATÓRIO ESPECIAL Missão FAO/PAM de avaliação das culturas e do abastecimento alimentar em MOÇAMBIQUE

RELATÓRIO ESPECIAL Missão FAO/PAM de avaliação das culturas e do abastecimento alimentar em MOÇAMBIQUE SISTEMA MUNDIAL DE INFORMAÇÃO E ALERTA RÁPIDO SOBRE ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA DA FAO PROGRAMA ALIMENTAR MUNDIAL RELATÓRIO ESPECIAL Missão FAO/PAM de avaliação das culturas e do abastecimento alimentar

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007 Tete, 9 de Junho, 2009 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA Nesta apresentação vamos abordar 16 tópicos do Censo 2007

Leia mais

Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2014 Visão Geral

Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2014 Visão Geral Programa de Assistência para Projectos Comunitários Embaixada do Japão Informação 2014 Visão Geral O Governo do Japão reconhece a importância dos projectos de desenvolvimento ao nível das bases que podem

Leia mais

Direitos das Comunidades Realidade ou retórica

Direitos das Comunidades Realidade ou retórica Direitos das Comunidades Realidade ou retórica Síntese das conclusões e r ecomendações principais da consulta na Zona Nor te (Cabo Delgado, Niassa e Nampula) Zona Centro (Manica, Sofala, Zambézia e Tete)

Leia mais

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 1 Estrutura de apresentação Objectivo do Plano Caracterização geral da comercialização agrícola Principais Intervenientes

Leia mais

A absorção financeira no sector da água, do saneamento e da higiene 1

A absorção financeira no sector da água, do saneamento e da higiene 1 A absorção financeira no sector da água, do saneamento e da higiene 1 Estudo de caso de Moçambique 1 A WaterAid encarregou a Development Finance International (DFI) para realizar uma análise da absorção

Leia mais

Relatório Preliminar

Relatório Preliminar REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DIRECÇÃO NACIONAL DE TERRAS E FLORESTAS Estudo do impacto do Diploma Ministerial n 93/2005 de 4 de Maio sobre os mecanismos que regulam a canalização dos

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação Pedro Paulino Maio 2013 CONTEÚDO 1. CONTEXTO INSTITUCIONAL: Quadro

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO PARA A COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL Relatório dos seminários de definição das prioridades do GEF 5 para Moçambique 1. INTRODUÇÃO Moçambique beneficiou- se dos fundos

Leia mais

MAPUTO, FEVEREIRO DE 2007

MAPUTO, FEVEREIRO DE 2007 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 MAPUTO, FEVEREIRO DE 2007 FF IICCHHAA I T ÉÉ CC NN III CC AA Av.: Lucas Elias Kumato, 301 Maputo Moçambique Tel/Fax: (+258) 21485383 Cell: (+258)825727846 E-mail: kula.epa@kula.co.mz

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA PROVINCIAIS REALIZADAS DURANTE OS MESES DE JANEIRO-JUNHO

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES DOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA PROVINCIAIS REALIZADAS DURANTE OS MESES DE JANEIRO-JUNHO República de Moçambique MINISTÉRIO DA SAÚDE Direcção de Planificação e Cooperação Departamento de Informação para a Saúde MOZAMBICAN OPEN ARCHITECTURES, STANDARDS AND INFORMATION SYSTEMS Av. Julius Nyerere,

Leia mais

22 Todas as províncias X X Unidades Orgânicas do MDN MDN. 5 Maputo X X Unidades Orgânicas do MDN MDN

22 Todas as províncias X X Unidades Orgânicas do MDN MDN. 5 Maputo X X Unidades Orgânicas do MDN MDN Programa: Fortalecimento da gestão institucional Objectivo do Programa: Consolidar as bases jurídico-legais que definam os princípios orientadores do funcionamento das instituições da Defesa Indicador

Leia mais

itc newsletter Editorial por Paulo Mole (Sócio-KPMG) itc - MCA: depois de dois anos de actividades N o. 2, OUTUbro, 2011 Destaques: Breves

itc newsletter Editorial por Paulo Mole (Sócio-KPMG) itc - MCA: depois de dois anos de actividades N o. 2, OUTUbro, 2011 Destaques: Breves itc newsletter Caros leitores, Editorial por Paulo Mole (Sócio-KPMG) Esta é a segunda edição do Newsletter da itc. Desta vez, trazemos aos nossos leitores, os resultados e impactos das nossas intervenções

Leia mais

Um estudo comissionado pelo Banco Mundial

Um estudo comissionado pelo Banco Mundial 1 Desenvolvimento Comandado pelas Comunidades Um inventario e analise do ponto da situação em Moçambique Relatório provisório Willem Heemskerk e Isabel Cossa Um estudo comissionado pelo Banco Mundial Maputo,

Leia mais

1. SUMÁRIO EXECUTIVO 2. GERAÇÃO BIZ

1. SUMÁRIO EXECUTIVO 2. GERAÇÃO BIZ 1. SUMÁRIO EXECUTIVO O Programa Geração Biz (PGB) é um programa de promoção de Saúde Sexual e Reprodutiva e prevenção do HIV que teve o seu inicio em 1999, como um projectopiloto na Cidade de Maputo e

Leia mais

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Apresentado pelo Director do Centro de Promoção da Agricultura Abdul Cesar Mussuale Turino, Fevereiro 2012 Estrutura de Apresentacao I. Informacao

Leia mais

Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da Coleta Seletiva.

Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da Coleta Seletiva. MANUAL DE PROCEDIMENTOS Formulários on-line SISTEMAS INTEGRADOS MANUAL DE PROCEDI MENTOS PADRÃO Formulários on-line Este é um manual de procedimentos básicos padronizados para os Formulários on-line da

Leia mais

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura?

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? Outubro 2014 A agricultura é um importante contribuinte para a economia de Moçambique

Leia mais

Projecto de Apoio Institucional aos Sectores de Águas e Saneamento no âmbito do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (10.ACP.ANG.

Projecto de Apoio Institucional aos Sectores de Águas e Saneamento no âmbito do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (10.ACP.ANG. Projecto de Apoio Institucional aos Sectores de Águas e Saneamento no âmbito do 10º Fundo Europeu de Desenvolvimento (10.ACP.ANG.01) PAISAS VISÃO GERAL - 1 COMPONENTES - Informação Chave do Projecto ConMngências

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXERCÍCIO DE 2009 O Período a que se refere o presente Relatório foi marcado por uma longa temporada de indefinição sobre a alteração orgânica do Instituto Superior de Agronomia,

Leia mais

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio 6 de Março de 2012 1 Agenda Dados Demográficos dados Sociais dados Políticos dados Económicos

Leia mais

H SS -SMT BOLETIM INFORMATIVO. Editorial. religiosas e comunitárias encontram-se também envolvidos.

H SS -SMT BOLETIM INFORMATIVO. Editorial. religiosas e comunitárias encontram-se também envolvidos. The Clinical HIV/AIDS Services Strengthening Project in Sofala, Manica and Tete Edição nº2 Junho de 2012 Editorial Um dos desafios que Moçambique enfrenta por forma a melhorar os serviços clínicos e de

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 4ª Edição, 2015 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em todas as fases do processo orçamental

Leia mais

UNIVERSIDADE LÚRIO E D I T A L ÉPOCA ÚNICA. Preâmbulo

UNIVERSIDADE LÚRIO E D I T A L ÉPOCA ÚNICA. Preâmbulo UNIVERSIDADE LÚRIO E D I T A L EXAMES DE ADMISSÃO À UNIVERSIDADE LÚRIO ANO LECTIVO 2015 ÉPOCA ÚNICA Preâmbulo A Universidade Lúrio (UniLúrio) é uma universidade pública de âmbito nacional com sede na Cidade

Leia mais

Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula

Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula Boletim Semanal do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas da Província de Nampula Publicação da Direcção Provincial de Agricultura e Desenvolvimento Rural Telef. 213308; Fax 214177 e-mail: dpadrafnpla@teledata.mz

Leia mais

Direcção do Registo Académico

Direcção do Registo Académico Direcção do Registo Académico EDITAL DE MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES PARA OS INGRESSOS DO ANO LECTIVO DE 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. A Direcção do Registo Académico (DRA) da Universidade Eduardo Mondlane (UEM),

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Valores

SUMÁRIO EXECUTIVO. Valores SUMÁRIO EXECUTIVO O Plano Estratégico da Província de Inhambane para o período 2011-2020 (PEP II) é parte integrante do processo provincial de planificação do Governo, com a finalidade de promover o desenvolvimento

Leia mais

28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020

28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020 28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura

Leia mais

ESTUDO SOBRE A CONTRIBUIÇÃO DOS ANE NA ÁFRICA OCIDENTAL QUESTIONÁRIO PARA OS ACTORES NÃO ESTATAIS

ESTUDO SOBRE A CONTRIBUIÇÃO DOS ANE NA ÁFRICA OCIDENTAL QUESTIONÁRIO PARA OS ACTORES NÃO ESTATAIS ESTUDO SOBRE A CONTRIBUIÇÃO DOS ANE NA ÁFRICA OCIDENTAL Ele diz respeito aos Actores Não Estatais (ANE): ONG, centros de pesquisa, sindicatos, Câmaras de Comércio, organizações do sector privado,... O

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO. SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO SÍNTESE DA 15 a SESSÃO PLENÁRIA DO OBSERVATÓRIO DE DESENVOLVIMENTO Maputo, Abril de 2014 ÍNDICE I. INTRODUÇÃO... 3 II. TEMAS APRESENTADOS...

Leia mais