SUMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social"

Transcrição

1 S UMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social Seguridade Social A Saúde A Assistência Social A Previdência Social Natureza jurídica e principais características Regimes Previdenciários Regimes Próprios de Previdência de Servidores Públicos Sistema de Inclusão Previdenciária Princípios da Seguridade Social Solidariedade (art. 3º, I, da CRFB/88) Universalidade de Cobertura e Atendimento (art. 194, parágrafo único, I, da CRFB/88) Uniformidade e Equivalência de Prestações entre as Populações Urbana e Rural (art. 194, parágrafo único, II, da CRFB/88) Seletividade e Distributividade na Prestação de Benefícios e Serviços (art. 194, parágrafo único, III, da CRFB/88) Irredutibilidade do Valor dos Benefícios (art. 194, parágrafo único, IV, da CRFB/88) Equidade na Forma de Participação no Custeio (art. 194, parágrafo único, V, da CRFB/88) Diversidade da Base de Financiamento (art. 194, parágrafo único, VI, da CRFB/88)... 24

2 Caráter Democrático e Descentralizado da Administração (art. 194, parágrafo único, VII, da CRFB/88) Preexistência do Custeio em Relação ao Benefício ou Serviço Regra da Contrapartida (art. 195, 5º, da CRFB/88) Exercícios Gabarito Capítulo 2 A Seguridade Social na Constituição Previsão O Financiamento da Seguridade Social As Contribuições Sociais Competência Natureza jurídica Previsão Constitucional Criação de Novas Contribuições Sociais A Noventena das Contribuições Sociais Imunidade das Entidades Beneficentes de Assistência Social Alíquotas e Base de Cálculo Diferenciadas Remissão e Anistia de Contribuições Sociais Não Cumulatividade das Contribuições Sociais Substituição da Contribuição sobre a Folha de Pagamento pela COFINS Aumento e Criação de Benefícios Previdenciários Requisitos Diferenciados para a Aposentadoria A Garantia do Salário Mínimo A Habitualidade dos Ganhos e Sua Repercussão no Benefício Destinação Exclusiva das Contribuições Previdenciárias Competência da Justiça do Trabalho Para Cobrança de Contribuições Contagem Recíproca e Averbação de Tempo de Contribuição Exercícios Gabarito Capítulo 3 Segurados do RGPS Beneficiários do Regime Geral de Previdência Social Filiação e Inscrição Segurados Obrigatórios Segurado Facultativo Exercícios

3 Gabarito Capítulo 4 Custeio da Previdência Social Introdução Contribuição dos Trabalhadores Contribuição da Empresa A Contribuição Incidente sobre as Remunerações de Empregados e Avulsos A Contribuição Incidente sobre as Remunerações de Contribuintes Individuais O adicional das Instituições Financeiras Desoneração da Folha de Pagamento O Seguro de Acidentes do Trabalho SAT / RAT / GIILDRAT A Contribuição para o Seguro de Acidentes do Trabalho SAT e para o Custeio da Aposentadoria Especial O fator acidentário de prevenção Aspectos Controvertidos do Seguro de Acidentes do Trabalho e do Fator Acidentário de Prevenção O adicional ao SAT As Cooperativas de Trabalho e a Contribuição de 15% sobre o Valor Bruto da Nota Fiscal ou Fatura de Serviços Parcelas integrantes da base de cálculo Parcelas excluídas da base de cálculo A Contribuição do Empregador Doméstico Contribuições Substitutivas da Parte Patronal Associações desportivas que mantêm equipe de futebol profissional Produtores rurais Outras Receitas da Seguridade Social Simples Nacional Contribuições para Terceiros Exercícios Gabarito Capítulo 5 Salário de contribuição Conceito Segurados Empregado e Avulso Empregado Doméstico Contribuinte Individual

4 5.5. Segurado Facultativo Limites do Salário-de-Contribuição Composição do Salário-de-Contribuição Exercícios Gabarito Capítulo 6 Normas de Arrecadação; Obrigações Acessórias; Responsabilidade Solidária e Retenção de 11%, Decadência e Prescrição e Certidão Negativa de Débito CND Arrecadação Recolhimento da contribuição relativa à comercialização da produção rural Recolhimento em atraso juros e multa de mora Obrigações Acessórias Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social GFIP Sped Folha Esocial Empresa com pequena atividade comercial em via pública Responsabilidade Solidária Construção Civil Grupo Econômico Administradores Públicos Titular da firma individual, sócio de empresa limitada, acionistas controladores, administradores e diretores Operador portuário e órgão gestor de mão de obra A Retenção de 11% sobre o Valor Bruto da Fatura ou Nota Fiscal Decadência e Prescrição Revisão do benefício pela própria Administração Decadência e prescrição no custeio O art. 45-A da Lei n o 8.212/91 A possibilidade de exigência de recolhimento do contribuinte individual a qualquer tempo Certidão Negativa de Débito Situações gerais de necessidade do documento Construção Civil Produtor Rural Contratações de operação de crédito público Obtenção de verbas dos Fundos de Participação Indicação de finalidade Validade do Documento Dispensa da CND

5 6.9. Situações Passíveis de Obtenção da CND Certidão Positiva de Débito com Efeitos de Negativa Exercícios Gabarito Capítulo 7 Plano de Benefícios da Previdência Social Parte Geral Introdução Regimes de Financiamento e Equilíbrio Financeiro e Atuarial Dependentes do RGPS Filho Inválido ou com Deficiência Mental ou Intelectual Menor sob guarda União homoafetiva União estável com segurado(a) já casado(a) Consequências na separação ou divórcio Manutenção e Perda da Qualidade de Segurado Período de Graça Prazos Perda da qualidade momento, efeitos, recuperação Carência Salário de Benefício Fator previdenciário Renda Mensal de Benefício Cadastro Nacional de Informações Sociais CNIS Exercícios Gabarito Capítulo 8 Plano de Benefícios da Previdência Social Parte Especial (benefícios em espécie) Aposentadoria por Invalidez Aposentadoria por Idade Aposentadoria por Tempo de Contribuição Tempo de contribuição Aposentadoria Especial Auxílio-Doença Salário-Família Salário-Maternidade A extensão da licença-maternidade das empregadas pela Lei n o /

6 8.8. Auxílio-Acidente Pensão por Morte Auxílio-Reclusão Serviço Social Habilitação e Reabilitação Profissional Abono Anual Exercícios Gabarito Capítulo 9 Previdência Complementar Conceitos Elementares Regime Aberto de Previdência Complementar EAPC Regime Fechado de Previdência Complementar EFPC Plano de benefícios nas entidades abertas Plano de benefícios nas entidades fechadas Normas Constitucionais sobre a Previdência Complementar A Previdência Complementar no Serviço Público O regime complementar para servidores públicos Exercícios Gabarito Referências Bibliográficas

SUMÁRIO. Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17

SUMÁRIO. Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17 SUMÁRIO Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17 1. Evolução hist rica e composição... 17 2. Definição e natureza jurídica... 18 3. Competência legislativa... 19 4. Princípios informadores... 20

Leia mais

... 17. 4.2. Outras ações... 25. 5. A Previdência Social...27. 6. Evolução Histórica...45

... 17. 4.2. Outras ações... 25. 5. A Previdência Social...27. 6. Evolução Histórica...45 Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1 1. A Origem da Proteção Social... 1 2. Conceito de Seguridade Social... 5 3. A Saúde... 8 4. A Assistência Social...12... 17 4.1.1. BPC

Leia mais

A SEGURIDADE SOCIAL...

A SEGURIDADE SOCIAL... Súmario Súmario CAPÍTULO 1 A SEGURIDADE SOCIAL... 15 1. Origem e evolução... 15 2. Origem e evolução legislativa no Brasil... 16 Questões comentadas de concursos públicos.. 27 Questões de concursos...

Leia mais

EDITAL SISTEMATIZADO TECNICO INSS 2015/2016. Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm

EDITAL SISTEMATIZADO TECNICO INSS 2015/2016. Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm EDITAL SISTEMATIZADO TECNICO INSS 2015/2016 De acordo com o edital do concurso e com a obra: Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm ITENS DO EDITAL TECNICO INSS TÓPICO DO

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 EDITAL SISTEMATIZADO CARREIRAS FISCAIS... 19 1. Receita Federal do Brasil... 19 2. Ministério do Trabalho e Emprego... 21 CAPÍTULO

Leia mais

CURSO COMPLETO de DIREITO PREVIDENCIÁRIO INSS 2015 Professores ITALO ROMANO e FLAVIANO LIMA

CURSO COMPLETO de DIREITO PREVIDENCIÁRIO INSS 2015 Professores ITALO ROMANO e FLAVIANO LIMA APOSTILA 01 BENEFÍCIOS Prof. Italo Romano Aspectos Constitucionais da Seguridade Social Anotações Iniciais: 1. CONCEITO DE SEGURIDADE SOCIAL 1.1. A Seguridade social é um conjunto de princípios, normas

Leia mais

Adendo ao livro MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Autor: Hugo Medeiros de Goes

Adendo ao livro MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Autor: Hugo Medeiros de Goes Adendo ao livro MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Autor: Hugo Medeiros de Goes 1. ERRATA Página 180 No primeiro parágrafo do item 2.10.1 (Beneficiários): Onde se lê: Os beneficiários da pensão por morte

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23 SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23 TEMAS X GRAU DE DIFICULDADE... 25 TEMAS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 27 I HISTÓRICO DA

Leia mais

- Preparar os discentes adequadamente para a vida profissional na área judicial e extrajudicial, por meio de aulas, debates e outros trabalhos.

- Preparar os discentes adequadamente para a vida profissional na área judicial e extrajudicial, por meio de aulas, debates e outros trabalhos. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-54 PERÍODO: 8º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL:

Leia mais

Sumário. nota do autor...11 nota do autor 2ª edição a seguridade social no brasil...15 CAPÍTULO 1

Sumário. nota do autor...11 nota do autor 2ª edição a seguridade social no brasil...15 CAPÍTULO 1 nota do autor...11 nota do autor 2ª edição...13 CAPÍTULO 1 a seguridade social no brasil...15 1. Evolução histórica e composição...15 2. Definição e natureza jurídica...16 3. Competência legislativa...17

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI SENADO N 72, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI SENADO N 72, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI SENADO N 72, DE 2011 Altera o art. 18 da Lei n 8.213, de 24 de julho de 1991, para ampliar os benefícios previdenciários devidos ao aposentado que retornar ao trabalho. Art.

Leia mais

RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS

RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - DAS EMPRESAS EM GERAL, sobre: Folha de Pagamento (EMP./AVULSOS) 20% Remunerações pagas aos CI 20% Terceiros (EMP./AVULSOS) 5,8% RAT (EMP./AVULSOS) 1% (leve) 2%

Leia mais

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 253, de 2005

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 253, de 2005 1 Regulamenta os 12 e 13 do art. 201 e o 9º do art. Regulamenta os 12 e 13 do art. 201 da 195 da Constituição Federal, para dispor sobre o Constituição Federal, para dispor sobre o sistema sistema especial

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 A SEGURIDADE SOCIAL... 19

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 A SEGURIDADE SOCIAL... 19 SUMÁRIO S CAPÍTULO 1 A SEGURIDADE SOCIAL... 19 1. Origem e evolução legislativa no Brasil... 19 Questões comentadas de concursos públicos... 29 Questões de concursos... 30 CAPÍTULO 2 A SEGURIDADE SOCIAL

Leia mais

Conceito, Origem e Histórico Previsão Constitucional O Financiamento da Seguridade Social... 84

Conceito, Origem e Histórico Previsão Constitucional O Financiamento da Seguridade Social... 84 S u m á r i o Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico... 1 1. A Origem da Proteção SociaL... 1 2. Conceito de Seguridade Social... 5 3. A Saúde... 8 4. A Assistência Social... 13 4.1.

Leia mais

CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS. DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de ssuntos da Seguridade Social MAIO/2016

CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS. DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de ssuntos da Seguridade Social MAIO/2016 CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de ssuntos da Seguridade Social MAIO/2016 . CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS REPORTANDO-SE À ÉPOCA DOS INSTITUTOS DE APOSENTADORIA

Leia mais

Carência para o recebimento do benefício pensão por morte?

Carência para o recebimento do benefício pensão por morte? 1 Carência para o recebimento do benefício pensão por morte? A MP 664 de dezembro de 2014 previu uma carência de 24 meses para a obtenção do benefício pensão por morte. Depois de muita discussão no Congresso

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1

S u m á r i o. Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1 S u m á r i o Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1 1. A Origem da Proteção Social... 1 2. Conceito de Seguridade Social... 5 3. A Saúde... 8 4. A Assistência Social...13 4.1.

Leia mais

Capítulo 01 COMPOSIÇÃO, PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA SEGURIDADE SOCIAL

Capítulo 01 COMPOSIÇÃO, PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA SEGURIDADE SOCIAL Capítulo 01 COMPOSIÇÃO, PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA SEGURIDADE SOCIAL 01. (PERITO 2012) Nos termos da legislação específica sobre o tema NÃO são considerados princípios e objetivos da Previdência Social:

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL E(M) CRISE: uma análise jurídica das inter-relações entre a crise econômica e os regimes de previdência social

PREVIDÊNCIA SOCIAL E(M) CRISE: uma análise jurídica das inter-relações entre a crise econômica e os regimes de previdência social PREVIDÊNCIA SOCIAL E(M) CRISE: uma análise jurídica das inter-relações entre a crise econômica e os regimes de previdência social LUCIANO MARTINEZ martinezluciano@uol.com.br Fanpage: facebook.com/professorlucianomartinez

Leia mais

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo)

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo) CÓDIGO DE GUIAS GPS Recolhimento Relação de Códigos de Pagamento Código Descrição 1007 Contribuinte Individual - Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual - Recolhimento Trimestral

Leia mais

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO Código Descrição 1007 Contribuinte Individual Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual Recolhimento Trimestral NIT/PIS/PASEP 1120 Contribuinte Individual

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1

S u m á r i o. Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1 S u m á r i o Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1 1. A Origem da Proteção Social... 1 2. Conceito de Seguridade Social... 5 3. A Saúde... 8 4. A Assistência Social...12 4.1.

Leia mais

Curso de Questões Comentadas

Curso de Questões Comentadas Hugo Goes Direito Previdenciário FCC Curso de Questões Comentadas Indicado para o concurso do INSS Técnico do Seguro Social e Perito Médico Dezembro de 2011 O autor Hugo Goes nasceu na zona rural do pequeno

Leia mais

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física...

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... ÍNDICE 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015.... 2 2. Exemplos Práticos... 3 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... 3 2.2. Declarante 2 Rendimento pago ao exterior Fonte pagadora pessoa

Leia mais

PROFESSOR CARLOS MACHADO

PROFESSOR CARLOS MACHADO DIREITO PREVIDENCIÁRIO PARA O CONCURSO DO INSS PROFESSOR CARLOS MACHADO Brasil Todo território nacional 0800 887 0499 atendimento@legiaodosconcurseiros.com.br www.legiaodosconcurseiros.com.br DICA 1 Irredutibilidade

Leia mais

ReabilitAÇÃO Profissional. e o Retorno do Trabalhador à Atividade Laborativa

ReabilitAÇÃO Profissional. e o Retorno do Trabalhador à Atividade Laborativa e o Retorno do Trabalhador à Atividade Laborativa Considerações Iniciais A Previdência Social é um seguro social, mediante contribuição previdenciária, com a finalidade de prover subsistência ao trabalhador,

Leia mais

AVERBAÇÃO POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

AVERBAÇÃO POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO AVERBAÇÃO POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO É o registro do tempo de serviço/contribuição

Leia mais

Legislação Previdenciária

Legislação Previdenciária Legislação Previdenciária Reis, Camila Oliveira. R375l Legislação previdenciária / Camila Oliveira Reis. Varginha, 2015. 52 slides. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web

Leia mais

Em relação aos segurados do RGPS e seus dependentes, julgue os itens subsecutivos.

Em relação aos segurados do RGPS e seus dependentes, julgue os itens subsecutivos. DPU/Defensor _Público/CESPE/2015 Em relação aos segurados do RGPS e seus dependentes, julgue os itens subsecutivos. 1. Aquele que, como contrapartida pelo desempenho das atividades de síndico do condomínio

Leia mais

Questões fundamentadas do RGPS Decreto 3.048/99 Concurso do INSS

Questões fundamentadas do RGPS Decreto 3.048/99 Concurso do INSS 1 2 APOSTILA AMOSTRA Para adquirir a apostila de 350 Questões Fundamentadas do RGPS Decreto 3.049/99 para o concurso do INSS Acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br SUMÁRIO Apresentação...3 Questões...4

Leia mais

FÁTIMA CONCEIÇÃO GOMES GERENTE EXECUTIVA DO INSS EM SANTO ANDRÉ

FÁTIMA CONCEIÇÃO GOMES GERENTE EXECUTIVA DO INSS EM SANTO ANDRÉ FÁTIMA CONCEIÇÃO GOMES GERENTE EXECUTIVA DO INSS EM SANTO ANDRÉ NOSSAS AGÊNCIAS: MAUÁ RIBEIRÃO PIRES SANTO ANDRÉ SÃO CAETANO DO SUL ATENDIMENTO: População de Rio Grande da Serra Nossa Gerência: 3.000 atendimentos

Leia mais

PORTARIA Nº 142, DE 11 DE ABRIL DE 2007 (DOU DE 12.04.2007)

PORTARIA Nº 142, DE 11 DE ABRIL DE 2007 (DOU DE 12.04.2007) PORTARIA Nº 142, DE 11 DE ABRIL DE 2007 (DOU DE 12.04.2007) O MINISTRO DE ESTADO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição Federal,

Leia mais

Direito Previdenciário p/ INSS-2016 Resumo do Aulão Prof. Ali Mohamad Jaha

Direito Previdenciário p/ INSS-2016 Resumo do Aulão Prof. Ali Mohamad Jaha Resumo Direito Previdenciário p/ INSS-2016 Sumário Sumário... 1 01. A Seguridade Social e a Legislação Previdenciária.... 1 02. A Previdência Social.... 2 03. O Financiamento da Seguridade Social.... 3

Leia mais

1. SEGURADOS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. 1) Segurado (art. 11 a 15 Lei n. 8.212) e dependente (art. 16, Lei n 8.212)

1. SEGURADOS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. 1) Segurado (art. 11 a 15 Lei n. 8.212) e dependente (art. 16, Lei n 8.212) 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Segurados do Regime Geral de Previdência Social PONTO 2: Do Segurado PONTO 3: Da Contribuição do produtor rural, do pescador segurado especial PONTO

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Ministério da Previdência Social INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE ATENDIMENTO Programa de Educação Previdenciária ria Todos que se inscrevem na Previdência Social podem escolher como vão

Leia mais

AUXÍLIO- RECLU L SÃO

AUXÍLIO- RECLU L SÃO LEGISLAÇÃO Artigo 201, IV, CF; Artigo 80, Lei 8213/91; Artigos 116 a 119 do Decreto 3048/99; e Artigo 381 a 395, da IN 77. CONCEITO É o benefício previdenciário pago aos dependentes do segurado que for

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 )

esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) O que é o? esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) É um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações

Leia mais

INSS CURSO DE EXERCÍCIOS Previdenciário Bateria de Exercícios 04 Sérgio Armanelli

INSS CURSO DE EXERCÍCIOS Previdenciário Bateria de Exercícios 04 Sérgio Armanelli 207 (2014/FCC/TRF - 4ª Região/Técnico Judiciário) A empresa com 100 (cem) ou mais empregados está obrigada a preencher de 2% (dois por cento) a 5% (cinco por cento) dos seus cargos com beneficiários reabilitados

Leia mais

Analista do Seguro Social/INSS/CESPE/2016

Analista do Seguro Social/INSS/CESPE/2016 Analista do Seguro Social/INSS/CESPE/2016 15. Considerando-se a CF, é correto afirmar que, no cálculo do benefício previdenciário de um servidor do INSS que esteja licenciado do cargo para exercer mandato

Leia mais

Prova 02. No que se refere ao regime geral de previdência social, julgue os itens a seguir.

Prova 02. No que se refere ao regime geral de previdência social, julgue os itens a seguir. Prova 02 No que se refere ao regime geral de previdência social, julgue os itens a seguir. 01) É presumida, por força de lei, a dependência econômica dos pais do segurado para fins de atribuição da qualidade

Leia mais

de 2002, permanecem com a alíquota da Cofins reduzida a zero, em que pesem as alterações introduzidas pela Lei nº 10.865, de 2004.

de 2002, permanecem com a alíquota da Cofins reduzida a zero, em que pesem as alterações introduzidas pela Lei nº 10.865, de 2004. DIVISÃO DE TRIBUTAÇÃO 4. Região Fiscal SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 1, DE 13 DE JANEIRO DE 2009 EMENTA: GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social.

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO em questão. ALEX PAIXÃO profalexpaixao@yahoo.com.br 16 9 9961 95 76 SIMULADO 25/03/2016

DIREITO PREVIDENCIÁRIO em questão. ALEX PAIXÃO profalexpaixao@yahoo.com.br 16 9 9961 95 76 SIMULADO 25/03/2016 DIREITO PREVIDENCIÁRIO em questão ALEX PAIXÃO profalexpaixao@yahoo.com.br 16 9 9961 95 76 SIMULADO 25/03/2016 Direito Previdenciário - em Questões Email: profalexpaixao@yahoo.com.br Facebook: Alex Paixão

Leia mais

S u m á r i o. Capítulo 1 Notas Introdutórias...1

S u m á r i o. Capítulo 1 Notas Introdutórias...1 S u m á r i o Capítulo 1 Notas Introdutórias...1 1. A Seguridade Social na Constituição de 1988... 1 1.1. Seguridade Social (arts. 194 a 204)... 1 1.1.1. Natureza do Direito à Seguridade Social... 1 1.1.2.

Leia mais

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO, SALÁRIO DE BENEFÍCIO E RENDA MENSAL INICIAL CONCEITOS Professor: Anderson Castelucio CONCEITOS DE SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO Art. 214. Entende-se por salário-de-contribuição: I -

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 161, DE

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 161, DE SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 161, DE 2009 Altera a Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, que dispõe sobre a Organização da Seguridade Social, institui o Plano de Custeio e dá outras providências,

Leia mais

Prova 03. A respeito dos benefícios e serviços do RGPS, julgue os próximos itens.

Prova 03. A respeito dos benefícios e serviços do RGPS, julgue os próximos itens. Prova 03 A respeito dos benefícios e serviços do RGPS, julgue os próximos itens. 01 - O fator previdenciário só incidirá na aposentadoria por idade quando a sua aplicação for mais vantajosa ao segurado.

Leia mais

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Marco legal e institucional para Pequenos Negócios

LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA. Marco legal e institucional para Pequenos Negócios LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Marco legal e institucional para Pequenos Negócios A SOBREVIVÊNCIA E O SUCESSO DOS NEGÓCIOS DEPENDE DE SUA COMPETITIVIDADE Os pequenos negócios (em sua maioria) têm

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06 DE JANEIRO DE 2012 - DOU DE 09/01/2012

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06 DE JANEIRO DE 2012 - DOU DE 09/01/2012 PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06 DE JANEIRO DE 2012 - DOU DE 09/01/2012 Dispõe sobre o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e dos demais valores constantes

Leia mais

Professor Fernando Aprato 1

Professor Fernando Aprato 1 RECURSOS DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Prova de Técnico do Seguro Social do INSS - Modelo 1 - Caderno de prova B02 - Tipo 002 Questão nº 29 Prova tipo 002 29. João fora casado com Maria, com quem teve três

Leia mais

Nota do Autor. Difícil. k J. Médio

Nota do Autor. Difícil. k J. Médio Nota do Autor Caros leitores, O objetivo desta obra é consolidar os conhecimentos de Direito Previdenciário das pessoas que se preparam para provas de concursos públicos. Esta matéria é bastante rica em

Leia mais

Para começar, vamos fazer uma análise geral dos princípios da seguridade social e suas características principais.

Para começar, vamos fazer uma análise geral dos princípios da seguridade social e suas características principais. Seguridade Social Para começar, vamos fazer uma análise geral dos princípios da seguridade social e suas características principais. Antes disso, as formas de proteção quanto ao atendimento das necessidades

Leia mais

S u m á r i o. 1. A Seguridade Social na Constituição de Capítulo 1 Notas Introdutórias Seguridade Social (arts. 194 a 204)...

S u m á r i o. 1. A Seguridade Social na Constituição de Capítulo 1 Notas Introdutórias Seguridade Social (arts. 194 a 204)... S u m á r i o Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1 1. A Seguridade Social na Constituição de 1988...1 1.1. Seguridade Social (arts. 194 a 204)...1 1.1.1. Natureza do Direito à Seguridade Social...1 1.1.2.

Leia mais

GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIAS X ALTERAÇÕES

GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIAS X ALTERAÇÕES GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIAS X ALTERAÇÕES 1 MODALIDADES APOSENTADORIA POR IDADE (urbana, rural e mista) APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO (comum, especial e mista) LC142 (por

Leia mais

LEI Nº 6.111, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2005..

LEI Nº 6.111, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2005.. LEI Nº 6.111, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2005.. Autoria: Prefeito Municipal. ALTERA O ANEXO DE METAS FISCAIS DA LEI Nº 6.081, DE 4 DE JULHO DE 2005, QUE DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO

Leia mais

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO CÁLCULOS SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO CONCEITO: é o valor que serve de base de cálculo para incidência das alíquotas das contribuições previdenciárias (fonte de custeio) e para o cálculo do salário benefício.

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 407, DE 14 DE JULHO DE 2011 - DOU DE 15/07/2011 - REVOGADA

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 407, DE 14 DE JULHO DE 2011 - DOU DE 15/07/2011 - REVOGADA PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 407, DE 14 DE JULHO DE 2011 - DOU DE 15/07/2011 - REVOGADA Revogada pela PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06/01/2012 Republicada no DOU 19/07/2011 Dispõe sobre

Leia mais

Lei Complementar Nº 12, de 23 de junho de 1999 (D.O.E. de 28/06/99) A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ

Lei Complementar Nº 12, de 23 de junho de 1999 (D.O.E. de 28/06/99) A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ Lei Complementar Nº 12, de 23 de junho de 1999 (D.O.E. de 28/06/99) Dispõe sobre a instituição do Sistema Único de Previdência social dos Servidores Públicos Civis e Militares, dos Agentes Públicos e dos

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, DE 05 DE OUTUBRO DE 1988

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, DE 05 DE OUTUBRO DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, DE 05 DE OUTUBRO DE 1988 TÍTULO I Dos Princípios Fundamentais Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios

Leia mais

DICAS DE FEVEREIRO / 2015 Benefícios que podem ter valor inferior ao salário mínimo:

DICAS DE FEVEREIRO / 2015 Benefícios que podem ter valor inferior ao salário mínimo: DICAS DE FEVEREIRO / 2015 DICA 01 Benefícios que podem ter valor inferior ao salário mínimo: -AUXÍLIO-ACIDENTE -SALÁRIO-FAMÍLIA DICA 02 Assista e memorize: http://youtu.be/9zzwcsgxdhc DICA 03 QUESTÃO COMENTADA

Leia mais

Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo;

Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo; Instrução SP-PREVCOM / TJ nº 04/2013. Considerando a Lei nº. 14.653, de 22 de dezembro de 2011, que instituiu o regime de Previdência Complementar do Estado de São Paulo; A Fundação de Previdência Complementar

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE A APOSENTADORIA E A EMENDA CONSTITUCIONAL 20/1998

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE A APOSENTADORIA E A EMENDA CONSTITUCIONAL 20/1998 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE A APOSENTADORIA E A EMENDA CONSTITUCIONAL 20/1998 Por: Ivete Soares dos Santos Orientador Prof.: Denise de Almeida Guimarães

Leia mais

A desoneração da folha trocada em miúdos Qui, 25 de Outubro de 2012 00:00. 1. Introdução

A desoneração da folha trocada em miúdos Qui, 25 de Outubro de 2012 00:00. 1. Introdução 1. Introdução Com a publicação da Medida Provisória 563/12 convertida na Lei 12.715/12 e posteriormente regulamentada pelo Decreto 7.828/12, determinadas empresas de vários setores terão a contribuição

Leia mais

PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA. Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições:

PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA. Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições: 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições: I 35 anos de contribuição para o homem e 30 anos de contribuição para a mulher; II 65 anos de

Leia mais

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO 3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO - Retenção previdenciária GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GPS 1. NOME OU RAZÃO SOCIAL/FONE/ENDEREÇO: preencher com o nome da empresa prestadora de serviços em seguida acrescentando

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES CONCURSO TRF

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES CONCURSO TRF RESOLUÇÕES DE QUESTÕES CONCURSO TRF QUESTÕES - CUSTEIO 1. QUESTÃO (PROCURADOR/2004) A contribuição a cargo da empresa é de 15% sobre o valor bruto da nota fiscal ou fatura de prestação de serviços que

Leia mais

Direito Previdenciário - Custeio

Direito Previdenciário - Custeio Direito Previdenciário - Custeio Aula 7 Novas fontes - 4º do art. 195 da CF e emendas à Constituição Professora: Zélia Luiza Pierdoná Coordenação: Dr. Wagner Ballera A Constituição Federal de 1988 instituiu

Leia mais

ENTIDADE EMPREGADORA. Sem proteção na doença 27% Com proteção na doença 30% Praticantes desportivos profissionais com contrato de trabalho desportivo.

ENTIDADE EMPREGADORA. Sem proteção na doença 27% Com proteção na doença 30% Praticantes desportivos profissionais com contrato de trabalho desportivo. TRABALHADORES POR CONTA DE OUTRÉM ENTIDADE EMPREGADORA TRABALHADOR GLOBAL LEGISLAÇÃO ANTERIOR Regime Regra Trabalhadores em Geral 23,75% 11% 34,75% 34,75% Membros dos órgãos estatutários das pessoas coletivas

Leia mais

CURSO AVANÇADO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO (60H/A) INÍCIO: 10/03/2012

CURSO AVANÇADO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO (60H/A) INÍCIO: 10/03/2012 CURSO AVANÇADO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO (60H/A) INÍCIO: 10/03/2012 MARCELO DA FONSECA GUERREIRO - Juiz Federal e Mestre em Direito. Professor de Direito Empresarial da UCAM e Professor da Pós-Graduação

Leia mais

Sumário. Questões CAPÍTULOS I E II... 43 1. Questões comentadas... 43 2. Questões de concurso... 47

Sumário. Questões CAPÍTULOS I E II... 43 1. Questões comentadas... 43 2. Questões de concurso... 47 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 11 Capítulo I DIREITO TRIBUTÁRIO, TRIBUTO E SUAS ESPÉCIES... 13 1. Breve introdução ao Direito Tributário... 13 2. Tributo... 14 3. Espécies tributárias... 16 3.1. Impostos...

Leia mais

MANUAL DE APOSENTADORIA DEFINIÇÕES / INFORMAÇÕES

MANUAL DE APOSENTADORIA DEFINIÇÕES / INFORMAÇÕES MANUAL DE APOSENTADORIA DEFINIÇÕES / INFORMAÇÕES A PREVIDÊNCIA SOCIAL É uma forma de seguro coletivo de caráter contributivo em que todos contribuem com uma parcela de seu salário e de filiação obrigatória.

Leia mais

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Regulamentação dos planos Resolução CONSU 10 Art. 2º, 2º Nos contratos de planos coletivos, não é obrigatória a cobertura para os procedimentos relacionados

Leia mais

PONTO 1: Benefícios Previdenciários PONTO 2. Benefícios Assistenciais 1. BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS

PONTO 1: Benefícios Previdenciários PONTO 2. Benefícios Assistenciais 1. BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Benefícios Previdenciários PONTO 2. Benefícios Assistenciais 1.1 AUXÍLIO DOENÇA 1. BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Art. 59 e seguintes da Lei 8.213/91. Carência: 12 C.M. (regra).

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13.

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13.161/2015 Conceito A desoneração da folha de pagamento consiste

Leia mais

Prova 06. 2- Antes mesmo da edição da Lei Eloy Chaves, já tinha legislação sobre o acidente do trabalho.

Prova 06. 2- Antes mesmo da edição da Lei Eloy Chaves, já tinha legislação sobre o acidente do trabalho. Prova 06 1- A Lei Eloy Chaves foi o primeiro ato normativo que tratou de previdência social no Brasil. Antes dela, os trabalhadores eram amparados pelas casas de misericórdia. 2- Antes mesmo da edição

Leia mais

2 PANORAMA ECONÔMICO E JURÍDICO: PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2016

2 PANORAMA ECONÔMICO E JURÍDICO: PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2016 2 PANORAMA ECONÔMICO E JURÍDICO: PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO 2016 VISÃO ATUAL DA TRIBUTAÇÃO NO BRASIL: - Aumento exponencial da Carga Tributária, especialmente sobre o consumo e não sobre

Leia mais

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

O objetivo do benefício é garantir a sobrevivência do núcleo familiar, diante da ausência temporária do provedor/segurado.

O objetivo do benefício é garantir a sobrevivência do núcleo familiar, diante da ausência temporária do provedor/segurado. AUXÍLIO-RECLUSÃO - Orientações Gerais Matéria atualizada com base na legislação vigente em: 28/02/2013. Sumário: 1 - Introdução 2 - Auxílio-reclusão 3 - Beneficiários - Dependentes 4 - Requisitos 4.1 -

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE MUDANÇAS ESTRUTURAIS

CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE MUDANÇAS ESTRUTURAIS CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE MUDANÇAS ESTRUTURAIS APROVAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGULAMENTAÇÃO DA REFORMA ADMINISTRATIVA REGULAMENTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA REFORMA TRIBUTÁRIA PRIVATIZAÇÕES REFORMA

Leia mais

SUMÁRIO. Agradecimentos... 15. Apresentação... 17

SUMÁRIO. Agradecimentos... 15. Apresentação... 17 SUMÁRIO Agradecimentos... 15 Apresentação... 17 PREPARAÇÃO PARA CONCURSO PÚBLICO Breve relato da minha experiência durante a preparação para o concurso... 19 1. A decisão... 20 2. A preparação... 21 3.

Leia mais

O que você precisa saber sobre a Previdência Social

O que você precisa saber sobre a Previdência Social CARTILHA DE INFORMAÇÕES O que você precisa saber sobre a Previdência Social A Previdência Social é a melhor proteção contra os riscos sociais. É uma conquista e um patrimônio dos trabalhadores. Sua utilidade,

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL. GPS - Códigos de Recolhimento

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL. GPS - Códigos de Recolhimento VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX PREVIDÊNCIA SOCIAL GPS - Códigos de Recolhimento Orientador Empresarial ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO CODAC nº 79/2010 - DOU: 28.10.2010

Leia mais

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE SETEMBRO DE 2016

AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE SETEMBRO DE 2016 AGENDA TRIBUTÁRIA: DE 01 A 07 DE SETEMBRO DE 2016 Até: Quinta-feira, dia 1 Histórico: Transportador revendedor retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

REFORMA DA PREVIDÊNCIA MPS Ministério da Previdência Social SPS Secretaria de Previdência Social REFORMA DA PREVIDÊNCIA Regra Atual, PEC n.º 40/03, Substitutivo da Comissão Especial de Reforma da Previdência, Cenários e Projeções

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 1 - Notas Introdutórias... 1

SUMÁRIO. Capítulo 1 - Notas Introdutórias... 1 SUMÁRIO Capítulo 1 - Notas Introdutórias... 1 1. A Seguridade Social na Constituição de 1988... 1 1.1. Seguridade Social (arts. 194 a 204)... 1 1.1.1. Natureza do Direito à Seguridade Social..... l 1.1.2.

Leia mais

Prova de Seguridade Social e Legislação Previdenciária AFT/CESPE/2013. Questões

Prova de Seguridade Social e Legislação Previdenciária AFT/CESPE/2013. Questões Prova de Seguridade Social e Legislação Previdenciária AFT/CESPE/2013 N.º de Questões: 18 questões. Questões passiveis de recursos: Apenas a 175. Nível da Prova: Médio. Questões Com relação aos benefícios

Leia mais

1. GPS- CÓDIGOS DE PAGAMENTO

1. GPS- CÓDIGOS DE PAGAMENTO PARTE 1 OBRIGAÇÕES PREVINCIÁRIAS TABELAS PRÁTICAS 1. GPS- CÓDIGOS PAGAMENTO ITEM CÓDIGO RECEITA (GPS) ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 1 1007 Contribuinte Individual - Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 2 1104

Leia mais

A previdência do servidor público e o impacto nas finanças estaduais

A previdência do servidor público e o impacto nas finanças estaduais A previdência do servidor público e o impacto nas finanças estaduais Carlos Henrique Flory Abril de 2014 A PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO ATÉ AS EMENDAS CONTITUCIONAIS DE 1998 E 2003: Mudança de ativo

Leia mais

Constituição Federal para Concursos (CF) 6a ed.: Rev., amp. e atualizada (2015)

Constituição Federal para Concursos (CF) 6a ed.: Rev., amp. e atualizada (2015) Constituição Federal para Concursos (CF) 6a ed.: Rev., amp. e atualizada (2015) 1) Art. 198: ATUALIZAÇÔES Art. 198. As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada

Leia mais

PARECER: Fel_004/2010 Data: 30/06/2010

PARECER: Fel_004/2010 Data: 30/06/2010 PARECER: Fel_004/2010 Data: 30/06/2010 ASSUNTO: Manutenção e perda da qualidade de segurado. CONSULENTE: MUNICÍPIO DE FELIXLÂNDIA MG INTERESSADO(A): IPREMFEL RELATÓRIO O Instituto de Previdência Municipal

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Rendimentos Recebidos Acumuladamente x Licença Maternidade

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Rendimentos Recebidos Acumuladamente x Licença Maternidade 02/01/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 3 4. Conclusão... 5 5. Informações Complementares... 5 6. Referências... 6 7.

Leia mais

Aula 00. Direito Previdenciário Princípios Constitucionais da Seguridade Social Professor: Adriana Menezes

Aula 00. Direito Previdenciário Princípios Constitucionais da Seguridade Social Professor: Adriana Menezes Aula 00 Direito Previdenciário Princípios Constitucionais da Seguridade Social Professor: Adriana Menezes Aula 00 Aula Demonstrativa PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA SEGURIDADE SOCIAL QUESTÕES 1 (ESAF Auditor-Fiscal

Leia mais

Cobertura de Seguridade Social

Cobertura de Seguridade Social Cobertura de Seguridade Social A cobertura de seguridade social no Brasil: uma análise da componente previdenciária Paulo Tafner e Fabio Giambiagi Buenos Aires, maio/2010 Estrutura do Sistema previdenciário

Leia mais

Sumário. Roteiro de estudos... 21

Sumário. Roteiro de estudos... 21 Sumário Sumário Roteiro de estudos... 21 Capítulo 1 DEFINIÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL... 27 1.1. Saúde... 28 1.2. Assistência social... 31 1.3. Previdência social... 32 1.3.1. Regimes de Previdência Social...

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RPPS NOS MUNICÍPIOS

A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RPPS NOS MUNICÍPIOS www.assimpasc.org.br A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RPPS NOS MUNICÍPIOS Santa Catarina 2011 Prezado Leitor, A previdência social constitui atualmente tema de relevada

Leia mais

RAT x FAP Lei 10666/2003, art. 10 Decretos 6042 e 6257, de 2007

RAT x FAP Lei 10666/2003, art. 10 Decretos 6042 e 6257, de 2007 RAT x FAP Lei 10666/2003, art. 10 Decretos 6042 e 6257, de 2007 1 Lei 10.666/2003 artigo 10 (RAT x FAP) A alíquota de contribuição de 1%, 2% ou 3%; destinada ao financiamento do benefício de aposentadoria

Leia mais

Perguntas e respostas sobre a instituição do Regime de Previdência Complementar para os servidores públicos da União

Perguntas e respostas sobre a instituição do Regime de Previdência Complementar para os servidores públicos da União Perguntas e respostas sobre a instituição do Regime de Previdência Complementar para os servidores públicos da União 1) O que é o Regime de Previdência Complementar? É um dos regimes que integram o Sistema

Leia mais

E) a receita de contribuições seja destinada, com exclusividade, ao financiamento dos benefícios da previdência social.

E) a receita de contribuições seja destinada, com exclusividade, ao financiamento dos benefícios da previdência social. Direito Previdenciário 01 01 São iguais os direitos previdenciários de trabalhadores A) avulsos e autônomos. B) com vínculo empregatício, exceto os domésticos e avulsos. C) com vínculo empregatício, inclusive

Leia mais