Cadaval e Óbidos celebram Feriados Municipais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cadaval e Óbidos celebram Feriados Municipais"

Transcrição

1 PUBLICIDADE PUBLICIDADE V ILA DO CADAVAL 8 Janeiro 2010 Ano XVI - N.º 412-0,50 VILA DA LOURINH Ã Director Filipa F. Santos - CIDADE DE PENIC HE VILA DO BOMBARRAL Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico. Autorização DE DCC PORTUGAL VIL A DE Ó BIDOS Publicações Periódicas SE TAVEIRO TAXA PAGA Novo Quartel dos Bombeiros já tem financiamento Os Bombeiros Voluntários do Bombarral assinaram no dia 18, o contrato de financiamento para a construção do novo quartel, dando assim mais um passo decisivo rumo a concretização de um anseio que já dura há mais de uma década. Página 5 Cadaval e Óbidos celebram Feriados Municipais Intempérie no concelho da Lourinhã O plano de emergência da Protecção Civil foi accionado às 9 horas do dia 23, e só terminou no dia 24 de Dezembro pelas horas. O concelho sofreu uma devastação de cerca de 80 a 85%. Página 17 Escola Secundária de Peniche conta com 50 anos O programa de comemorações dos 50 anos da Escola Secundária de Peniche arrancou no passado dia 10 de Dezembro, com uma sessão solene. Neste encontro evocou-se a longa história deste estabelecimento de ensino. Página 19 O Área Oeste deseja a todos os leitores um Feliz 2010

2 2 CADAVAL O fracasso da Conferência sobre Alterações Climáticas Terminou a 15ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas sem que tenha sido atingido qualquer dos principais objectivos que haviam sido estabelecidos à partida. De acordo com os alertas lançados por muita gente comprovando a orientação política dominante em torno da propaganda a nível mundial sobre alterações climáticas, a Conferência de Copenhaga provou a incapacidade de resolver ou sequer mitigar os grandes problemas ecológicos e ambientais no quadro de uma política que sobrepõe o lucro e a acumulação ao bem-estar das populações. O compromisso político alcançado por alguns dos participantes, de que a Conferência se limita a tomar nota, não define quaisquer metas de redução das emissões de gases de efeito de estufa, nem a médio nem a longo prazo. Não é definido um esforço global de redução nem concretizada a responsabilidade de cada país nesse esforço global, no quadro da proclamada responsabilidade comum, mas diferenciada. Nestas circunstâncias, a fixação dos 2ºC como aumento máximo tolerável da temperatura média da Terra no futuro, carece que qualquer sustentação prática. Para este resultado, que se vinha já adivinhando, muito contribuiu a sistemática postura de bloqueio por parte dos EUA ao longo das negociações, procurando iludir a sua responsabilidade histórica no aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera, bem como o facto de ser, ainda hoje, o maior emissor per capita de gases de efeito de estufa (apresentando emissões per capita quatro vezes superiores às da China, por exemplo). Por um lado, as metas de redução avançadas à partida para a Conferência 17% face a 2005, o que representa uma redução de apenas 3 a 4% face a 1990 (ano de referência do Protocolo de Quioto) são manifestamente reduzidas, face aos 25 a 40% de redução recomendados pelo Painel Intergovernamental das Nações Unidas para as Alterações Climáticas (IPCC). Por outro lado, a exigência de que outros países, nomeadamente as chamadas economias emergentes, os acompanhassem em idêntico esforço, é manifestamente incompatível com o princípio da responsabilidade diferenciada que vem sendo, justamente, defendido pela generalidade dos países. Uma oportunidade perdida e o futuro adiado.. A fuga de Peniche foi há 50 anos A 3 de Janeiro passam 50 anos sobre a heróica e audaciosa fuga de Peniche. Álvaro Cunhal, Jaime Serra, Joaquim Gomes, Francisco Miguel, Guilherme da Costa Carvalho, Pedro Soares, Carlos Costa, Francisco Martins Rodrigues, Rogério de Carvalho e José Carlos «evadiram-se da Fortaleza de Peniche, onde se encontravam presos, para retomar o seu posto de combate contra o salazarismo», noticiava o Avante! A Talhe de Foice clandestino n.º 285 de Janeiro de A fuga exigiu uma cui dadosa e atu rada prepa ração quer no interior da cadeia quer Ricardo Miguel no exterior. Foi necessá rio vencer muitas dificuldades e encontrar soluções para problemas muito diversos, quer no plano político (ganhar o guarda da GNR para o indispensável apoio para a concretização da fuga), quer no plano técnico (fazer entrar na cadeia o clorofórmio para imobilizar o guarda do piso onde se encontravam os presos que fugiram e o aparelho hospitalar que lhe colocaram para não sufocar; arranjar os carros para a retirada, estudo dos percursos, casas para os acolher, etc., e ainda garantir a segurança do guarda que apoiou a fuga, colocando-o no estrangeiro), quer no plano organizativo (levantamento dos diversos aspectos que tal operação colocava, calendarização para os resolver, quadros a envolver, etc.), quer ainda no plano dos recursos financeiros. A fuga de Peniche constituiu uma pesada derrota para o regime fascista que será assinalada no dia 3 em Peniche com Jerónimo de Sousa. Melhor ano 2010 Com tal afirmação, mais ou menos rotineira, nos dirigimos uns aos outros, nesta época do ano, em que, por força do nosso calendário, saltamos um dígito e lhe associamos um recomeço de vida. Importa, porém, que não iludamos que a persistência de problemas e angústias não resultam de causas naturais, de factores incontroláveis que nos remetam, em exclusividade, ao apelo à protecção divina. Os grandes problemas, mas também as grandes realizações, são obra do ser humano e afectam o ser humano. Importa reconhecer que está nas nossas mãos, na nossa vontade, na diversidade das nossas formações, inserções sociais, credos, ideologias, na nossa vontade de agir, na identidade dos nossos projectos, a possibilidade de atingir outros patamares de realização para todos. Mas também está na nossa disponibilidade para convergir com outros. Com a humildade de somar às nossas certezas, convicções e conhecimentos, as incertezas, o facto de não sabermos tudo, nem podermos garantir a linearidade, e mesmo, a consequência dos projectos que desencadeamos. É este o desafio que se nos coloca neste final de ano. A todos os leitores do Área Oeste, equipa de redacção, assinantes e sócios gostaria de desejar que o próximo ano seja melhor que o agora finda. Feliz Natal e Bom Ano 2010! E até para o ano... Na Escola Secundária de Montejunto, Cadaval Alunos lançados em voo experimental A apresentação do livro teve lugar no passado dia 19 de Dezembro com a presença do Coordenador da Equipa de Apoio às Escolas do Oeste, Victor Vieira, da vice-presidente da Câmara Municipal do Cadaval, Eugénia Correia, entre outros convidados. Este livro resultou da iniciativa do professor de português, Décio Barardo, que, ao desenvolver a unidade didáctica Poesia do Século XX, consagrou tempo à escrita e notou que alguns dos poemas que lhe eram apresentados pelos alunos tinham qualidade superior à média. A partir daí, o professor lutou para tentar editar referidos textos e, passados três anos, nasce o Voo Experimental. Os textos sobre o Amor, o Eu, as Palavras e os Porquês da vida, além do 25 de Abril, ou do Nascimento, têm a assinatura de cerca de 30 alunos que compunham as turmas A e B de 10.º Ano, no ano lectivo de 2006/2007. Adriana Marques, Alberto Carvalho, Ana Ferreira, Ana Rodrigues, Ana Santos, Briana Santos, Carla Bento, Carla Pascoal, César Sousa, Cristiana Garcia, Daniel Gaspar, Denise Melo, Diana Santos, Diana Higino, Mariana Rodrigues Emanuel Conde, Gastão Siopa, Gil Nunes, Helena Domingues, Hugo Domingos, Inês Romão, Inês Silva, Joana Silva, João Ribeiro, Mariana Nunes, Michelle Nobre, Nicole Vieira, Pedro Leandro, Sara Ramos, Sílvia Borrego e Vanessa Ulpiano, os autores, estão agora a viver a experiência do primeiro emprego ou a iniciação na vida universitária. O título desta colectânea foi inspirado na ilustração da capa, assinada por Anette, pseudónimo de Anabela Romão Costa, professora de Educação Visual na Escola Secundária. O professor Fernando Palhim Pereira, partilha responsabilidades neste campo. Por dificuldades de ordem financeira e burocrática, incluindo muita dificuldade de gestão de tempo (à excepção dos textos, todo o trabalho foi realizado no tempo livre destes três professores), só agora, quase três anos volvidos, foi possível editar e apresentar este volume. Mas não só do esforço da escola e seus professores foi possível voar. A contribuição de patrocinadores como a Câmara Municipal do Cadaval, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Cadaval, Agriloja 2010 Os alunos da Escola Secundária de Montejunto, no Cadaval, lançaram-se numa verdadeira aventura Voo Experimental, é o título do livro de poemas escritos pelos alunos de português do 10.º ano de escolaridade, em 2006/2007, agora lançado. Um acontecimento que marcou a comunidade educativa local. S.A. do Cadaval, Caixa Geral de Depósitos do Cadaval, Santa Casa da Misericórdia do Cadaval, Papelaria Apolo e a mediadora de seguros Cruz Ferreira, ambas do Cadaval, foi fundamental em todo este processo. A edição teve também o apoio da gráfica GTO 2000, do Bombarral. A apresentação do livro contou com as intervenções da professora Anabela Várzea, Directora do Escola Secundária de Montejunto, e do professor Décio Barardo, mentor da iniciativa. Após agradecerem aos patrocinadores, dirigiram-se aos convidados, falando um pouco do livro e do pro-cesso que o originou. Os convidados puderam então visitar uma exposição que incluía os desenhos originais das ilustrações e alguns textos selecciona-dos. Alguns dos textos foram lidos pelos respectivos autores, seguindo-se uma sessão de autógrafos, animada pelo duo Blackstrings, Gil Nunes (voz), e Miguel Nunes (viola), que interpretou vários temas Rock/Pop, proporcionando excelente entretenimento a todos os presentes.

3 CADAVAL Balcão Único Municipal Mais rápido resolver problemas Neste novo ano pode tratar dos seus assuntos camarários com mais qualidade, rapidez, comodidade e facilidade num só local - o Balcão Único Municipal. Mais uma medida de modernização administrativa da Câmara Municipal do Cadaval Visando esse mesmo objectivo de concentração de serviços e recursos, a Divisão Sócio- Cultural Desporto e Turismo, antes sediada no Pátio do Município, está agora localizada no primeiro piso do edifício dos Paços do Concelho. Desde que o Balcão único foi implementado, em Novembro de 2009, já teve um impacto significativo no relacionamento da autarquia do Cadaval com os munícipes e empresas. O cadavalense passou a poder resolver uma diversidade de questões nos diferentes guichés que compõem o Balcão, aos quais a autarquia afectou uma equipa de colaboradores permanentes, que prestam atendimento nos seguintes domínios: Posto de Atendimento ao Cidadão, Obras Particulares, Águas, Taxas e Licenças, Educação e Tesouraria. O Balcão Único encontra-se a funcionar no átrio dos Paços do Concelho, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30. CASA DO BENFICA NO CADAVAL ASSEMBLEIA GERAL CONVOCATÓRIA Nos termos do art. 23º dos Estatutos da Casa do Benfica no Cadaval, convoco todos os sócios da Casa do Benfica, para uma Assembleia Geral, a realizar no próximo dia 15 de Janeiro de 2010 (sexta-feira), pelas 21h 30m na sede da Casa do Benfica no Cadaval, com os seguintes pontos da ordem de trabalhos: 1º Situação Financeira da Casa do Benfica/Apresentação de Contas relativas ao ano º Eleição dos Corpos Sociais da Casa do Benfica do Cadaval 3º Eventual encerramento da Casa do Benfica no Cadaval 4º Assuntos Diversos Cadaval, 11 de Dezembro de O Presidente da Mesa da Assembleia Mário Albino Isidoro Santos O balanço foi muito positivo Festival Tributos 2009 A Delegação do Cadaval da Cruz Vermelha Portuguesa organizou um evento de beneficência que deu rock aos cadavalenses com um saldo muito positivo. O I Festival Tributos 2009, teve lugar nos passados dia 11 e 12 de Dezembro e contou com a actuação de quatro bandas de tributo ao rock, nomeadamente a Queen, Guns n Roses, U2 e Pearl Jam e teve apoio da Câmara Municipal. O objectivo deste evento é adquirir uma ambulância e implementar o projecto Centro de Atendimento Social em Saúde, no qual Mariana Rodrigues serão proporcionados, à comunidade, serviços de saúde a preços acessíveis. Um outro objectivo subjacente a esta iniciativa foi o da angariação de voluntários, sobretudo entre as camadas mais jovens, visando a criação de um Corpo de Juventude para a Cruz Vermelha. O evento desenvolveuse em quatro concertos, repartidos por dois dias. O primeiro dia de espectáculos aconteceu na noite de 11 de Dezembro, com Tributo a Queen (pela banda One Vision) e Tributo a Guns n Roses (por Bang Bang Roses). No dia seguinte, 12 de Dezembro, foi a vez do Tributo a U2 (por The Fly) e Tributo a Pearl Jam (por Pearl Band). A assistir aos concertos, junto ao Campo da Feira do Cadaval, estiveram cerca de 500 pessoas por dia, conforme explicou Cláudio Neves, vice-presidente da Cruz Vermelha. Segundo o mesmo, o balanço foi muito positivo e as felicitações não tardaram a chegar, recebemos muitas felicitações pela iniciativa, o que nos leva a acreditar que o Cadaval ganhou mais um evento. A promessa ficou no ar. Pela nossa parte, prometemos regressar com mais um festival de tributos em Dr. Manuel Oliveira* Exerce nas Clinicas em: Cadaval: FormafísicaTelef Lourinhã: Clín. Nova Vida: TLM Acupunctura Fitoterapia Emagrecimento: Geral Localizado Estética Anti-Aging Rosto Método Anti-Tabágico * Diplomado por: A.P.A-D.A. e I.P.M.T.C. Membro da A.P.P.A.: Associação Portuguesa dos Profissionais de Acupunctura, Cédula pessoal nº 66, cujo presidente é o Dr. Pedro Choy *Acupunctura e disciplinas associadas

4 4 CADAVAL 2010 Mau tempo assolou o Oeste Tudo o vento levou Esta notícia poderia parecer uma crítica cinematográfica mas não, diz respeito ao temporal que assolou a vila cadavalense de 22 para 23 de Dezembro. Um esforço titânio foi realizado pelos meios relacionados com a Protecção Civil Câmara Municipal do Cadaval e Bombeiros Voluntários do Cadaval para minimizar este problema, explicou Aristides Sécio em conversa com o Área Oeste. No concelho do Cadaval o grande problema do mau tempo prendeu-se com a falta de luz e, como consequência, a falta de água em algumas zonas pelo facto das estações elevatórias deixarem de trabalhar. Houve prejuízos justificativos, quer em infra-estruturas municipais, quer em empresas e habitações, tanto a nível de levantamento de telhas e queda de fumeiros, como com alimentos que se estragaram com falta de electricidade que lhes provem o normal acondicionamento. No que diz respeito aos danos municipais, a central de camionagem e as oficinas municipais sofreram com o temporal, parte do pavilhão gimnodesportivo sofreu grandes danos, no campo municipal parte do relvado sintético foi levantado, e a sinalização rodoviária deixada em estado lastimável. A somar-se a estes problemas, é de referir a enorme quantidade de árvores que obstruíram as vias e os danos, ainda não totalmente calculados, de que as fruteiras do concelho foram alvo por falta de electricidade. O mau tempo fez-se sentir em todo o concelho ainda que a ausência de electricidade tenha feito com que os problemas causados na Freguesia do Vilar se tenham alastrado por mais tempo. A autarquia já fez um primeiro levantamento da situação, ainda que seja apenas uma primeira estimativa e reuniu com todos os presidentes das juntas do concelho de modo a concertar esforços. A edilidade fez chegar a sua voz ao Governo Civil de Lisboa que, por sua vez, teve uma reunião com o Secretário de Estado e expôs a situação. Quanto à resolução que saiu do Concelho de Ministros o Presidente diz ser aquém do que é esperado. Concluí afirmando que as situações estão a ficar normalizadas. Mariana Rodrigues CUPÃO DE ASSINATURA CARTÓRIO NOTARIAL DE CADAVAL A CARGO DA NOTÁRIA KATERINA EMILOVA KOSTOVA LEÃO Nome: Morada: Nova Assinatura Renovação Preço Assinatura Anual: 10 Euros Certifico narrativamente para efeitos de publicação, que por escritura de dezasseis de Dezembro de dois mil e nove, de folhas quatro a folhas cinco, do livro de notas diversas, número QUINZE A compareceram como outorgantes: MANUEL SIMPLÍCIO DE CARVALHO e mulher MARIA DE LURDES DIAS ALFARO CARVALHO, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, naturais ele da freguesia de Cercal, concelho de Cadaval, ela da freguesia de S. Sebastião da Pedreira, concelho de Lisboa, residentes no Largo Calouste Gulbenkian, lote 15, terceiro direito, freguesia de S. Domingos Benfica, concelho de Lisboa, com os números de identificação fiscal respectivamente, e , portadores dos bilhetes de identidade respectivamente números, de 03/03/2006 e de 28/05/2004, ambos emitidos pelos Serviços de Identificação Civil de Lisboa, justificaram por usucapião, invocando a propriedade do prédio a seguir descrito; RÚSTICO, sito no Sítio de Guardinas, freguesia de Cercal, concelho de Cadaval composto de cultura arvense, oliveiras e vinha, com a área total de mil e quatrocentos metros quadrados, a confrontar do norte com estrada, do sul com Serafim Carvalho, do nascente com Serafim dos Santos e João Cardoso da Silva, e do poente com Manuel Simplício de Carvalho e Maria Olívia Carvalho Marques Lourenço, omisso na Conservatória do Registo Predial de Cadaval. Inscrito na matriz predial rústica, sob o artigo 9 da secção J. da freguesia de Cercal, com o valor patrimonial tributário para efeitos de IMI de 14,17 e com o valor patrimonial tributário para efeitos de IMT de 448,99, ao qual atribuem o mesmo valor. Os justificantes, não dispõem de título formal de que resulte pertencerlhes a propriedade plena do referido prédio, que foi por eles adquirido, por compra não titulada, em data que não conseguem precisar, mas há mais de vinte anos, a João Serafim de Carvalho, solteiro, maior, residente que foi na Rua Dr. Gama Barros em Lisboa, actualmente falecido. Está conforme o original. Cartório Notarial de Cadaval, dezasseis de Dezembro de 2009 Conta registo sob o nº 1167/2009 A Notária KATERINA EMILOVA KOSTOVA LEÃO Área Oeste nº 412 de 8 de Janeiro de 2010 País: Telefone: Nº Contribuinte

5 BOMBARRAL Animações Natalícias repetiram o sucesso! Cinema e Atelier de Natal compuseram o programa deste ano Com o objectivo de ocupar os jovens durante as férias de Natal, o Município do Bombarral, através do Gabinete da Juventude e Tempos Livres, levou a cabo mais uma edição das Animações Natalícias. À semelhança dos anos anteriores, o evento consistiu na exibição de vários filmes, tendo este ano passado pelo Auditório Municipal dois dos grandes sucessos do cinema de animação, A Idade do Gelo 3 e Bolt O Super Cão, e ainda O Gato. A iniciativa voltou a despertar o interesse dos mais novos, tendo contado, em termos gerais, com uma assistência média diária de cerca de 80 jovens. A novidade deste Natal de 2009, e que acabou também por resultar de forma bastante positiva, foi o Atelier de Natal Decorações de Natal. A actividade decorreu no Museu Municipal, no dia 22 de Dezembro, e contou com a participação de cerca de 70 jovens. O atelier consistiu na decoração de gorros e meias com símbolos de Natal e no final todas as crianças e jovens puderam levar a suas criações para casa. Novo quartel já tem financiamento Bombeiros Voluntários do Bombarral recebem presente de Natal antecipado Os Bombeiros Voluntários do Bombarral assinaram no dia 18, o contrato de financiamento para a construção do novo quartel, dando assim mais um passo decisivo rumo a concretização de um anseio que já dura há mais de uma década. A cerimónia de homologação do contrato decorreu no Salão Nobre do Ministério da Administração Interna, em Lisboa, tendo contado com a presença do Ministro da tutela, Rui Pereira, entre outros representantes do Governo. Os soldados da paz bombarralenses estiveram representados por Jorge Franca, presidente da direcção, Ricardo Duarte, tesoureiro, Pedro Lourenço, comandante da corporação, e João Silva, funcionário da associação. Tendo em atenção a importância deste acto para o concelho do Bombarral, presentes nesta cerimónia estiveram também o Presidente e a Vice-presidente da Câmara Municipal, José Manuel Vieira e Joana Patuleia, respectivamente. No final da cerimónia, Jorge Franca mostrou-se radiante com a assinatura do contrato de financiamento do novo quartel, considerando tratar-se de um momento muito importante para a comunidade Bombarralense em geral, porque a construção desta infra-estrutura vem facilitar o nosso trabalho e consequentemente contribuiu para o bem-estar de toda a população. Por sua vez, o presidente da edilidade considerou que esta cerimónia significa o corolário daquela que é a intenção de todos os Bombarralenses, a construção do novo Piedade Simões quartel dos Bombeiros Voluntários do Bombarral, processo no qual também o Município tem uma forte envolvência, tendo disponibilizado tudo o que tem para dar em prol desta grande causa. José Manuel Vieira frisou ainda que fizemos questão de ter uma forte representação nesta cerimónia, porque este é um momento alto para todos nós, é quase como que um presente de Natal antecipado, e de facto esta é a situação mais positiva desta época natalícia para todos os Bombarralenses. O novo quartel dos Bombeiros Voluntários do Bombarral terá um investimento de , 83 Euros, contando com uma comparticipação, no âmbito do QREN, no valor de ,58 Euros. A associação conta ainda com uma verba de 150 mil Euros, disponibilizada pela Câmara Municipal. A candidatura apresentada pelos Bombeiros do Bombarral foi uma das 51 aprovadas no âmbito do Eixo Prioritário III - Prevenção, Gestão e Monitorização de Riscos Naturais e Tecnológicos do Programa Operacional Temático Valorização do Território do QREN. As candidaturas admitidas correspondem a um montante total de investimento de 55 milhões de euros, dos quais cerca de 38 milhões de euros são de comparticipação comunitária e 17 milhões de euros de comparticipação nacional. Destas 51 operações, 37 são construções e requalificações da rede de infraestruturas, pertencentes a Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários e 14 respeitantes à aquisição de equipamento operacional, veículos e à elaboração de planos de emergência no âmbito da Protecção Civil.

6 6 PUBLICIDADE 2010 Compra Ouro Usado MAXIMO SIGILO e PROFISSIONALISMO Pagamos em DINHEIRO VAMOS AO DOMICILIO LIGUE JÁ OU Tel./Fax: Rua Infante D. Henrique, Bombarral CARLA DOMINGUES SOLICITADORA Rua 25 de abril, 3 - Sala B CADAVAL Tel Fax Compra e Venda Móveis usados, antiguidades, electrodomésticos, velharias Recebemos também à consignação móveis e peças soltas Aqui pode comprar também: Móveis antigos Recheios de casa Quadros Telas Loiças Rádios antigos Discos telemóveis Relógios antigos de pulso, bolso, e de parede, mesmo avariados. Basta telefonar para: Rua Infante D. henrique, 60 - bombarral COMPRAMOS OURO Mesmo em mau estado Pagamos em dinheiro Sigilo e profissionalismo Administramos Condomínios em - Peniche - Cadaval - Lourinhã - Caldas da Rainha - Bombarral - Torres Vedras - Óbidos - Outros Avenida 25 de Abril, 84, 1º esq Peniche Telefone / Fax: http//condopeniche.no-ip.org Avª 1º de Maio, 16 B - 3º Dtº CALDAS DA RAINHA (Avª Estação dos Comboios) Telef CASA DAS MOLDURAS de: Maria da Conceição G. L. Moreira Molduras Tabuleiros Relógios Telas Óleos Pincéis e outros Sacos Aventais Bolsas Suetes e T-shirt s Material de apoio a escolas Aulas de Trabalhos Manuais Brindes para eventos Renda de Bilros - Cursos e Materiais R. António Pereira Bernardino, 32 A - Tel./Fax Bombarral

7 BOMBARRAL Concerto de Natal West Europe Orchestra voltou a encher o Teatro Eduardo Brazão O Teatro Eduardo Brazão, no Bombarral, foi palco no dia 20 de Dezembro, do Concerto de Natal da West Europe Orchestra. Apesar das condições climatéricas não serem as mais convidativas para sair de casa, foram muitos os corajosos que não quiseram perder este concerto, tendo enchido por completo o Teatro Eduardo Brazão. E com certeza não se terão arrependido, tendo em consideração o excelente espectáculo proporcionado pela orquestra oestina. Com direcção artística do maestro bombarralense Élio Leal, o concerto contou com a participação de três convidados especiais: as sopranos Ana Luísa Cardoso e Rita Marques e o tenor Nuno Miguel Cardoso. Se na primeira parte do espectáculo se privilegiou a música clássica, com a interpretação de temas dos compositores Giuseppe Verdi, Giacomo Puccini, Pietro Mascagni e Piotr Tchaikovsky, na segunda foram as músicas alusivas à época natalícia que estiveram em evidência. Finalizado o programa do concerto, a pedido do público a orquestra, juntamente com os três cantores convidados, interpretou um medley de músicas tradicionais de Natal, tendo o espectáculo terminado com o público a aplaudir de pé e forma entusiástica a actuação dos músicos. Constituída decorria o ano de 2005, a West Europe Orchestra nasceu pela mão do jovem maestro Élio Leal. Composta por músicos oriundos de vários concelhos da região Oeste, a orquestra está integrada no Circulo de Cultura Musical Bombarralense. Criada para acompanhar o XII Festival da Canção dos Jovens da Vigararia Cadaval-Bombarral, a orquestra teve a primeira actuação fora do Bombarral em 2007 a convite da Câmara Municipal de Caldas da Rainha. Um dos pontos altos da ainda curta carreira da West Europe Orchestra ocorreu em Março 2008, tendo a orquestra oestina sido escolhida pelos eurodeputados portugueses como a vencedora nacional do Prémio Europeu Carlos Magno para a Juventude. Natal Rural Ainda no âmbito da programação do Natal do Bombarral, decorreu no mesmo fim-de-semana, dias 19 e 20 de Dezembro, a actividade designada Natal Rural. O evento, devido às condições climatéricas, decorreu nos Claustros do Palácio Gorjão. No Sábado, dia 19, começou logo pela manhã o mercado rural, onde os visitantes tiveram oportunidade de adquirir diversos produtos, nomeadamente frutas, hortícolas, doçaria, vinhos, artesanato e antiguidades, e puderam, durante a tarde, assistir à actuação do Rancho Folclórico Os Fazendeiros das Gamelas. No dia seguinte os Claustros do Palácio Gorjão acolheram a segunda edição da Feira de Natal, onde não faltaram os deliciosos doces desta quadra festiva, como são as filhós, os sonhos ou as fatias douradas. Houve ainda pão acabadinho de sair do forno, assim como os l- icores e os doces típicos da nossa região. Entre outros expositores, esta actividade envolveu algumas associações do concelho, que tiveram aqui oportunidade de angariar fundos para as suas actividades. O movimento associativo esteve reapresentado pelas colectividades da Delgada e de Famões, pela Santa Casa da Misericórdias do Bombarral, pelo Agrupamento de Escuteiros e pela Associação Viagem de Volta, sedeada em São Mamede. Além de degustar e adquirir as deliciosas iguarias atrás referidas, os visitantes que passaram pela Feira puderam ainda assistir às actuações do Grupo Coral Infanto-Juvenil do Circulo de Cultura Musical Bombarralense e do Coro Infantil de Óbidos, que com as suas canções trouxeram um pouco de calor a todos os presentes. Quem também trouxe um pouco de calor e sobretudo muita animação aos dois certames foram os alunos do Curso de Turismo do Agrupamento de Escolas Fernão do Pó. Durante os dois dias o Pai Natal, a rena Rodolfo e os duendes, entre outros personagens, animaram miúdos e graúdos com pinturas faciais, modelagem de balões e muitas brincadeiras.

8 8 BOMBARRAL 2010 CAMPEONATO

9 BOMBARRAL Correios Uma Colecção No Museu Municipal do Bombarral de 9 a 31 de Janeiro Vai ser inaugurada no próximo Sábado, dia 9 de Janeiro, pelas 16 horas, no Museu Municipal do Bombarral a exposição Correios Uma Colecção, da autoria de Luís Fernandes. A mostra vai estar patente até dia 31 de Janeiro e é composta por inúmeros objectos ligados aos Correios de Portugal, como caixas de correio, fardas, carimbos, selos, malas para distribuição, livros, revistas, miniaturas, entre muitas outras peças de coleccionismo. Quanto ao autor, este é natural de Caldas da Rainha e iniciou sua actividade filatélica em 1960 por ocasião das comemorações do Dia do Selo em 1 de Dezembro organizadas pela então Secção Filatélica do Orfeão Caldense. As suas colecções são quase todas dedicadas ao Natal e já estiveram presentes em mais de cem exposições. Luís Fernandes é sócio há mais de vinte cinco anos do mais prestigiado clube filatélico nacional, o Clube Filatélico de Portugal, e é igualmente sócio do Christmas Philatelic Club, nos Estados Unidos na América, o único clube a nível mundial de coleccionadores do tema Natal. O filatelista caldense é também membro da Direcção da APFT - Associação Portuguesa de Filatelia Temática, é membro da Direcção e Delegado para a Região Centro da UFINOR União de Colectividades Filatélicas do Norte de Portugal, integrando desde 2003 o seu quadro de Jurados. Área Oeste nº 412 de 8 de Janeiro de 2010

10 10 NECROLOGIA 2010 O TABAGISMO NOS JOVENS A maioria dos fumadores iniciou os seus hábitos tabágicos antes dos 18 anos. A experiência do primeiro cigarro acaba por se transformar, em metade dos casos, num hábito de toda a vida, criando dependência em menos de um ano. São vários os factores que contribuem para o início do tabagismo nos jovens, entre os quais: * A aceitação social; * O fácil acesso aos cigarros; * A maior susceptibilidade à publicidade; * O desejo de imitar os adultos, nomeadamente os pais se estes fumarem; * A necessidade de afirmação, de maturidade e de autonomia; De todos estes factores, pensa-se que o exemplo dos pais seja o mais importante, já que os filhos de fumadores tem três vezes mais probabilidades de fumar do que os filhos de não fumadores. Afirma-te pela diferença. Sabia que o fumo passivo não é só um incómodo, é também um risco para a saúde?... O fumador inala só 15 % do fumo de um cigarro, o restante vai para o ar ambiente, que é a mais importante fonte de poluição porque não é filtrada, contendo os principais constituintes tóxicos do tabaco em altas concentrações. Este fumo ambiente é responsável pela irritação das mucosas dos olhos e do restante aparelho respiratório (nariz, garganta e árvore respiratória). O caso mais grave de fumador passivo é o caso das crianças filhas de pais fumadores. Verifica-se um maior número de doenças respiratórias nestas crianças (asma, bronquite, infecções respiratórias de repetição, otites, etc.) É importante que os pais não fumem em casa, particularmente se têm bebés. Respeite os outros, não coloque em risco a saúde dos seus filhos. Foram identificadas mais de 4000 substâncias diferentes no fumo do tabaco, mas as que se encontram em maior quantidade são a nicotina, o monóxido de carbono, e o alcatrão - o Trio Venenoso. A nicotina é a substância responsável pela dependência tabágica. O monóxido de carbono, é o mesmo gás que se liberta dos escapes dos automóveis, este une-se aos glóbulos vermelhos, dificultando a oxigenação do organismo. O alcatrão é responsável pelo aparecimento do cancro do pulmão. A nicotina e o monóxido de carbono estão implicados nas doenças cardiovasculares, bronquite crónica e enfisema pulmonar.

11 NECROLOGIA CASAL VALETOURO-BOMBARRAL Carolina da Conceição Rodrigues N F Agradecimento Seus filhos, nora, genros e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef A-DOS-RUIVOS Luís da Cruz N F Agradecimento Sua esposa, filhas, genros, netos e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. VALECANADA Francisco Alexandre (Pai do Ló Bate-chapa) N F Agradecimento A família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef VALE CÔVO Adelaide Gomes Ferreira N F Agradecimento Seus filhos, nora, genro, netos e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. BOMBARRAL António Fernandes (Vicente Casabel) N F Agradecimento Sua esposa, filho, nora, netas e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Em especial agradecem aos Bombeiros Voluntários do Bombarral, vizinhos, e a todas as pessoas que directamente o acompanharam na sua doença. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef CINTRÃO Manuel António C. Rodrigues Bicho N F Agradecimento Sua esposa, filho, nora e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Em especial agradecem aos Bombeiros Voluntários de Bombarral e INEM o esforço e apoio prestados. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef DELGADA Maria Cristina da Ponte N F Agradecimento Seus sobrinhos vêm por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef CASAL DA MISERICÓRDIA - BOMBARRAL Manuel Rodrigues N F Agradecimento Seus filhos, nora, genro, netos e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef BOMBARRAL Elvira Marques Domingos N F Agradecimento Seus filhos, noras, genros, netos e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. OUTEIRO DA CABEÇA António Manuel Gomes N F Agradecimento Seus filhos, nora, genros, netos e restante família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. BOMBARRAL Suany Rodrigues Nunes N F Agradecimento A família, vem por este meio agradecer reconhecidamente a todas as pessoas que acompanharam o funeral, bem como os que de qualquer outra forma manifestaram o seu pesar. Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef Agência Funerária S. Sebastião, Lda. R. do Mercado, 31 Bombarral - Telef AGÊNCIA FUNERÁRIA S. SEBASTIÃO, Lda. Gerência de: Pedro António Bento Funerais e Transladações - Artigos Religiosos Tratamos de todos os assuntos referentes a subsídios de funeral Preços sem concorrência - Facilidades de pagamento Armazém e exposição na Rua de Angola n.º Bombarral anos de Experiência Lourinhã: R. Almirante Reis, 5 (R. Grande) - Telef BOMBARRAL: Rua do Mercado, 31 - Telef

12 12 PUBLICIDADE 2010

13 PUBLICIDADE

14 14 ÓBIDOS º ENCONTRO DE BANDAS FILARMÓNICAS DO CONCELHO DE ÓBIDOS A Sociedade Filarmónica e Recreativa Gaeirense acolhe no próximo dia 10 de Janeiro, às 15h00, o 1º Encontro de Bandas Filarmónicas do Concelho de Óbidos. Esta é uma iniciativa inserida nas celebrações do Feriado Municipal de Óbidos. Especial nos prémios EDP Energia Eléctrica e Ambiente 2008, pelas medidas que tem implementado no concelho no âmbito do programa Óbidos Carbono Social. O Município de Óbidos apresentou uma candidatura na qual reportou um conjunto de iniciativas, integradas no Programa Óbidos Carbono Social, desencadeadas com vista a uma utilização mais eficiente dos recursos desenvolvidos durante o período curricular pela designer Raquel João Antunes, que se apresentam com carácter didáctico. Escolheram-se os projectos mais interventivos e que pudessem ter mais impacto com o público-alvo. PARQUE TECNOLÓGICO DE ÓBIDOS RECEBE ALUNOS DO IPL No âmbito da Semana Global do Empreendedorismo 09, iniciativa da Kauffman Foundation e da Make Your Mark, e em resultado da parceria entre a APBA - Associação Portuguesa de Business Angels e da SEDES - Associação para o Desenvolvimento Económico e Social, o Instituto Politécnico de Leiria levou alunos finalistas, da cadeira de Inovação e Empreendedorismo, ao Parque Tecnológico de Óbidos e ao ABC - apoio de base à criatividade. A Semana Global do Empreendedorismo, decorreu em 75 O evento conta com a participação da Banda da Sociedade Musical e Recreativa Obidense, da União Filarmónica de A- da-gorda e da Sociedade Filarmónica e Recreativa Gaeirense. O objectivo deste Encontro é celebrar o que se tem feito de novo no âmbito da formação musical no concelho de Óbidos, verificando-se, neste momento, uma tendência para abordar temas mais contemporâneos, suscitando um maior interesse e participação das camadas mais jovens. ÓBIDOS RECEBE MENÇÃO HONROSA ESPECIAL DA EDP Óbidos foi, no passado dia 14 de Dezembro, o único Município do País a receber uma Menção Honrosa energéticos pela redução dos consumos de energia eléctrica. A cerimónia de encerramento e de entrega dos prémios aos vencedores do Prémio EDP Energia Eléctrica e Ambiente 2008, decorreu no dia 14 de Dezembro no Museu da Electricidade. O Município de Óbidos destacou-se na categoria de serviços e outras actividades com a atribuição de uma Menção Especial. A 7.ª edição do Prémio EDP Energia Eléctrica e Ambiente 2008, instituído pela EDP Distribuição Energia, S.A., tem como objectivo distinguir as entidades alimentadas pela sua rede eléctrica que demonstrem ter alcançado uma optimização no uso eficiente de energia eléctrica. DESIGN - PROCESSO E PRODUÇÃO Esta é uma exposição didáctica para crianças pela designer Raquel João Antunes, patente ao público até 28 de Fevereiro no Centro de Design de Interiores em Óbidos. A exposição foi concebida para um público infantil e pretende contribuir para mostrar de forma simples e clara o trabalho de um designer. Deixar espaço para a apresentação e explicitação de um projecto de design - do conceito ao artefacto constitui-se como um dos objectivos do Centro de Design de Interiores, trabalho que se está a construir com a participação dos designers que pretendam aderir a este projecto. As actividades que se desenharam para o espaço do Centro de Design têm como público-alvo as crianças e jovens, pelo que se vão realizar um conjunto de Workshops da cerâmica ao Têxtil sob o título COISAS DO DESIGN. Tendo como pano de fundo um conjunto de projectos, países dos 6 continentes, tem como objectivo promover o empreendedorismo, a criatividade e a inovação. O Parque Tecnológico de Óbidos e a incubadora ABC - apoio de base à criatividade e a empresa Janela Digital foram seleccionados para integrar este evento e receberam cerca de 90 alunos da ESAD (Escola Superior de Artes e Design, Caldas da Rainha) e ESTTM (Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar, Peniche). Recorde-se que a visão do Município de Óbidos pretende atrair e fixar pessoas com elevados níveis de qualificação e inovação, o que pode representar uma janela de oportunidades elevada. A importância do Parque Tecnológico de Óbidos, quer a nível regional quer a nível nacional, é reconhecida pelos professores que acompanharam a visita e, segundo o professor José Luiz Almeida Silva, é um exemplo e uma oportunidade para os alunos que saem do ensino superior e que se confrontam, muitas vezes, com a necessidade de criar os seus próprios postos de trabalho. FERIADO DE ÓBIDOS COM ATRIBUIÇÃO DE MEDALHAS DE MÉRITO MUNICIPAL À semelhança de anos anteriores, o concelho de Óbidos vai celebrar com toda a pompa o seu Feriado Municipal, comemorado no dia 11 de Janeiro, com destaque para a Sessão Solene. A cerimónia oficial inicia-se às 14.45h., com a recepção dos convidados na Porta da Vila, pela União Filarmónica de A-da-Gorda. Segue-se, pelas 15 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a Sessão Solene e atribuição de Medalhas de Mérito Municipal. Todos os anos a Câmara Municipal de Óbidos atribui medalhas de mérito a pessoas e a organizações que, segundo Telmo Faria, presidente da autarquia, que se entregam, que se entregaram e que se destacam pelo que contribuem ou contribuíram para a formação desse ambiente mais humano neste Concelho. As Medalhas de Mérito Municipal 2010 serão entregues a: Frederico Manuel de Sousa Garcia; Armando Silva Carvalho; Carlos Luís Barbosa Codinha; Escola de Kempo Sociedade Cultural e Recreativa Gaeirense. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA VÁRZEA DA RAINHA No próximo dia 13 de Janeiro, às 14h00, no Parque Tecnológico de Óbidos, vai decorrer a apresentação pública da empresa Várzea da Rainha Impressores SA VRI, em parceria com a Xerox Portugal. A VRI é uma empresa de Print on Demand que vem revolucionar o mundo da edição. A Presidente do Conselho de Administração desta nova empresa é Zita Seabra. O programa inicia-se às 14h., com visita ao parque de máquinas e demonstração do seu funcionamento. Exclusivo à Comunicação Social.

15 ÓBIDOS Óbidos Vila Natal Balanço Positivo mesmo com o Mau Tempo Depois do mau tempo que se fez sentir na zona Oeste na madrugada de 22 para 23 de Dezembro, que afectou algumas das estruturas amovíveis do Óbidos Vila Natal, e que obrigou ao seu encerramento temporário, o certame faz um balanço positivo. A abertura ao público foi restabelecida no dia 26 de Dezembro, apenas quando estiveram reunidas todas as condições de segurança. Várias estruturas ficaram danificadas, nomeadamente o anfiteatro onde se realizaram os espectáculos, a cobertura da pista de gelo, assim como outros espaços de diversão. A organização fez todos os esforços de modo a reparar os estragos causados pelo mau tempo, para que em tempo útil o Óbidos Vila Natal abrisse rapidamente as suas portas ao público. Pistas de gelo, insufláveis, rampas de esqui e trenó, a casa do Pai Natal, o Presépio, voltaram a abrir portas até ao dia 3 de Janeiro. No entanto, os espectáculos, que aconteciam numa tenda no recinto do evento, na Cerca do Castelo, passaram para o Auditório Municipal da Casa da Música, à entrada da vila de Óbidos, mantendo toda a programação prevista anteriormente. Apenas o Musical de Natal, previsto para o dia 26 de Dezembro, foi cancelado. Apesar das condições climatéricas o Óbidos Vila Natal é, mais uma vez, um sucesso entre os portugueses. A magia desta quadra fica definitivamente marcada, em Portugal, pelo Óbidos Vila Natal. Sendo uma referência nesta época do ano, o evento atraiu e apesar das condições climatéricas adversas mais de 100 mil pessoas. Segundo José Parreira, administrador executivo da Empresa Municipal Óbidos Patrimonium, depois da Tempestade que assolou a região Oeste, foi com muito esforço que muitas dezenas de funcionários conseguiram colocar de novo o evento em funcionamento em plena época de Natal. O responsável assegura que esse esforço foi recompensado pela presença de milhares de visitantes na última semana do evento, que terminou no passado domingo, 3 de Janeiro. Apesar de ter sido um evento muito fustigado pelo mau tempo que se fez sentir nos últimos dias, o balanço é muito positivo e a organização está já a preparar a edição de 2010, que terá muitas novidades, nomeadamente um circuito no gelo para adultos e crianças, prometeu José Parreira. O próximo grande evento de Óbidos será o Festival Internacional de Chocolate, que decorrerá de 4 a 14 de Março, e que trará, mais uma vez, um vasto conjunto de novidades

16 16 ÓBIDOS Assembleia Municipal de Dezembro A última sessão do ano Realizou-se no dia 28 de Dezembro, na Casa da Música, a Assembleia Municipal de Óbidos. Na última sessão da assembleia do ano foram discutidos o Orçamento Municipal e o Plano de Actividades para Destacou-se da Ordem de Trabalhos a apreciação e eventual aprovação da Proposta de Orçamento, Plano Plurianual de Investimento e Plano de Actividades Municipais para Segundo documento do executivo camarário de maioria PSD, com contornos ambiciosos, este orçamento evidencia a continuação do enorme esforço na concretização da estratégia ao nível da criação de riqueza e da gestão da educação no Concelho. Também, as questões sociais, passando pelo alargamento dos programas sociais e habitação social, exigirão um esforço financeiro acrescido, a que o Município responde positivamente aos compromissos assumidos perante os seus munícipes. Também os serviços de base da autarquia, como as redes de distribuição de água e saneamento e a rede viária, embora sem financiamento comunitário ou da administração central, serão garantidos aos munícipes. O Complexo Logístico Municipal, a par da inovação administrativa, direcciona o investimento municipal no sentido de um melhor desempenho interno para benefício directo de terceiros. Apresentando-se como ambicioso o documento, mostra claramente como o concelho pretende ser percepcionado para o futuro. A promoção de investimentos de alta qualidade e a consequente criação de emprego, a coesão social e a excelência da educação, a requalificação urbana e paisagística, a dinamização do património cultural e ambiental e a modernização administrativa e tecnológica do Concelho, enquanto Objectivos Estratégicos definidos pelo Executivo, dão corpo ao Orçamento para o quadriénio , evidenciando a metodologia estratégica e política do Executivo e permitindo a concretização dessa Visão Estratégica no essencial das suas linhas orientadoras. Na sua intervenção o deputado do PCP, Custódio Santos, explica porque vota contra o Orçamento e o Plano para Relativamente às Opções do Plano mais parece o decalque dos planos apresentados em anos anteriores. No que concerne ao Plano de Actividades 2010 importa sublinhar a contínua falta de resposta aos graves problemas ambientais existentes no Concelho, nomeadamente no que diz respeito à rede de saneamento. À parte a propaganda feita pela administração municipal, a verdade é que continuam a existir algumas freguesias do Concelho com habitações sem acesso à rede de esgotos e, infelizmente, não se verifica a intenção de resolver esta grave situação. Por outro lado, é inaceitável, que se pretenda institucionalizar Óbidos, como um concelho moderno e pioneiro em tanta coisa que nós não conhecemos, e por outro, se verifique a existência de uma rede de esgotos mistos e não separados rede de esgotos domésticos e rede de esgotos pluviais como devia ser e é obrigatório. Custódio Santos destacou a necessidade de substituição de algum saneamento feito ainda em amianto. Ainda na mesma Nota Introdutória fala-se na promoção de investimentos de alta qualidade e na consequente criação de emprego. Qual o contributo para a diminuição do desemprego no Concelho de Óbidos?. Já no respeitante ao Orçamento 2010 o PCP sublinha, entre outras, a seguinte questão: relativamente às empresas municipais defendemos como boa medida a extinção das mesmas e a integração das suas atribuições na estrutura municipal, criando para o efeito direcções ou divisões, com os mesmos funcionários. Com isto poupava-se nos gastos com os Administradores e os Directores. E num município dos mais pequenos do País, não nos digam que a estrutura municipal já é bastante pesada. Por fim o deputado resumiu que referimos apenas algumas das discordâncias e dúvidas que temos sobre as Propostas de Orçamento e Plano de Actividades que coerente e justificadamente iremos votar contra. Todavia estamos disponíveis, para dar o nosso contributo com propostas concretas, a fim de virem a ser contempladas ou não, nas primeiras revisões do Plano de Actividades e do Orçamento para Já o Partido Socialista apresentou um documento com diversos pontos discordantes com a proposta de Orçamento. Sublinhou algumas questões partilhadas com o PCP, o PS de Óbidos propôs que seja estabelecido um plano detalhado para a substituição das canalizações de distribuição de água, existentes no concelho de Óbidos, que têm amianto. Também sobre as empresas municipais o PS levanta algumas questões tal como o PCP. Se em 2009 estavam previstos apenas 1,3 milhões de euros em orçamento, gastaram-se efectivamente mais de 1,7 milhões, e em 2010 estão previstos uns generosos 1,5 milhões de euros. A bancada socialista destaca outras questões, mas há números que também nos surpreendem No caso das Juntas de Freguesia notamos que em 2009 foram transferidos cerca de 1,1 Milhões de euros. Para 2010 estão previstos apenas euros, menos de metade. Sem dar respostas a estas e muitas outras propostas, este não é o nosso orçamento para o município. Contudo, e atendendo a que globalmente o Plano de Actividades para 2010 carrega sobre os ombros da maioria PSD uma forte responsabilidade quanto à efectiva concretização de muitas das promessas feitas aos cidadãos de Óbidos, o Grupo Municipal do PS abstém-se na votação da proposta de orçamento para 2010, desejando que em 2010, finalmente, comecem a surgir as promessas do PSD a Óbidos e aos seus cidadãos. Por fim o Partido Socialista refere que este não seria certamente o nosso orçamento, como não o foram no passado os orçamentos aprovados pela maioria do PSD. Mas este é o tipo de orçamento em que votaram maioritariamente os cidadãos do concelho há poucos meses, e isso tem de ser respeitado. ÓBIDOS ADERIU À MINHA RUA O Município de Óbidos aderiu à iniciativa A Minha Rua, promovida pela Agência para a Modernização Administrativa. A Minha Rua é um projecto de participação cívica que permite o envolvimento activo do cidadão na gestão da sua rua ou bairro, comunicando ocorrências e sugerindo melhorias directamente à respectiva Câmara Municipal. Este projecto permite a todos os cidadãos reportar as mais variadas situações relativas a espaços públicos, como por exemplo: iluminação; abandono de veículos; buracos nas vias e/ou passeios; roturas de condutas de abastecimento de água, recolha de lixo; limpeza de valetas, bermas e caminhos; limpeza de jardins; sinalização, entre outros. Com fotografia ou apenas em texto, todos os relatos são encaminhados para a autarquia seleccionada, que lhe dará conhecimento sobre o processo e eventual resolução do problema. Alcanena, Ansião, Arganil, Batalha, Borba, Campo Maior, Évora, Figueiró dos Vinhos, Lousã, Mangualde, Murça, Óbidos, Oeiras, Ourém, Ovar, Pombal, Portalegre e Sousel são as Câmaras Municipais para já abrangidas. Todas as informações sobre o projecto estão disponíveis no sítio: Propriedade, editor e composição PROMOESTE - Promoção e, Lda. Pessoa Colectiva N.º Depósito Legal N.º /09 Registo no Ministério da Justiça N.º Capital Social: 5.000,00 euros Directora Filipa F. Santos Sub-directora Piedade Simões Redacção Luisa Inês Adolfo Pereira Mariana Rodrigues Colaboradores José Victor Silva Luís Pina Pinto de Carvalho Maria Los Angeles Ricardo Miguel Manuel Quintino Filipe Almeida Santos João Hermenegildo David Morais Bomportal Departamento Comercial José António Fernandes Distribuidor e Cobrador Márcio Mineiro Sede, Redacção e Rua do Comércio, 30-1º Dtº Apartado Bombarral Telefone Telefax Paginação Mário Antão Pereira Impressão FIG - Indústrias Gráficas, S.A.. Rua Adriano Lucas Coimbra Telefefone Fax Assinaturas 10 Euros (IVA incluído) Número Avulso 0,50 Euros (IVA incluído) Preços MAGAZINE DE INFORMAÇÃO REGIONAL de tabela Mensal Tiragem exemplares As opiniões expressas nos artigos são de inteira responsabilidade dos autores e podem não coincidir com as do Jornal Área Oeste

17 LOURINHÃ Intempérie no concelho da Lourinhã Balanço do vereador João Duarte, da Câmara Municipal da Lourinhã Área Oeste Qual o balanço que faz relativamente aos estragos provocados pela intempérie de há duas semanas? João Duarte Nós accionamos o nosso plano de emergência da Protecção Civil, logo às 9 horas no dia 23 e no dia 24 as horas foi quando demos por terminado o nosso plano de emergência. De facto o que nós encontrámos foi uma devastação total do nosso concelho. Com cerca de 80% a 85% do território sem energia eléctrica. AO - Quantos dias estiveram sem energia eléctrica? JD No próprio dia 23 não tivemos energia eléctrica, no dia 24 começámos a ter em alguns pontos, mas muitas habitações particulares só começaram a restabelecer ao fim de 5 dias. Uma situação grave. Nós sabemos que as linhas de média tensão não estavam em condições, caíram e logicamente a distribuição em baixa tensão era difícil. A EDP começou por resolver os problemas da média tensão. A Portugal Telecom quase não apareceu nas primeiras 72 horas. Obviamente que sabemos que isto é uma situação complicada mas estou agora a vê-los trabalhar, inclusivamente trabalharam este sábado para colocar postes na vertical porque toda a estrutura está no chão. Há muita gente sem telefones ainda no dia de hoje (4 de Janeiro de 2010). Os ventos ultrapassaram os 200 kms por hora e afectaram toda a orla marítima. Uma vez que temos 18 kms de costa, e mais os 20 kms de costa de Torres Vedras penso que foi nestas duas frentes onde incidiu mais estes ventos fortes. AO Em termos de prejuízo, em quanto estão avaliados os estragos? JD - Já fizemos um apanhado com as Juntas de Freguesia e Comissão de Protecção Civil, já elaboramos um valor superior a 2 milhões de euros. Agora estamos a fazer um levantamento exaustivo com os dois engenheiros que temos no Gabinete de Protecção Civil, tirando inclusive fotografias de tudo aquilo que se estragou no nosso concelho. Nomeadamente estufas, pavilhões de apoio à agro-pecuária e também temos muitos estragos a nível de electricidade. AO O ano terminou com fortes chuvas, o concelho foi afectado? JD Não haja dúvida que estou alarmado com a nossa orla marítima, com as nossas praias que ficaram desertas de areia. Na Praia da Areia Branca o mar foi até às dunas, coisa que não acontecia há muitos anos. Desde a Foz até ao areal sul não existe areia. Estive a verificar as Praias da Peralta, Porto Barcas, Porto Dinheiro e Valmitão e todas elas estão sem areia, coisa que não me lembrava acontecer há muitos anos. Nós felizmente fizemos a limpeza dos nossos rios, aqui no Rio Grande na Lourinha, como no ribeiro do Toxofal, como também dentro do Vimeiro, o Rio Alcabrichel, mas claro que eu estava com algum receio que na zona do Vimeiro, zona que limita os concelhos da Lourinhã e Torres Vedras, houvesse alguma subida das águas. Subiu muito, não haja dúvida mas não houve transbordo ainda. Os terrenos agrícolas, por exemplo quem vai do Bombarral para a Lourinhã, vê grandes extensões de água e terrenos completamente encharcados que não têm capacidade de escoar para este rio. Associada à tragédia que houve há 8 dias atrás, agora temos estas fortes chuvadas. AO A nível de cheias existem desalojados? JD Não, felizmente não. Só terrenos agrícolas, a nível particular não tivemos problemas nenhuns ainda. AO Relativamente à intempérie de há duas semanas atrás, já está restabelecida a electricidade? JD Neste momento podemos dizer que sim, a Portugal Telecom está ainda no local para resolver muitas situações que ainda não conseguiram resolver. Temos muitos problemas é na iluminação pública, mas a primeira preocupação foram as habitações particulares, a industria, o comércio e essa parte ficou resolvida nestes cinco dias, que calculamos foi o tempo que a EDP levou a reparar esta situação. A Portugal Telecom ainda está muito atrasada. Na próxima quarta feira, o responsável máximo da EDP, o Engenheiro José António Marmé, irá ao local ver as situações mais complicadas que temos no concelho. Porque temos alguns PT s (Postos de Transformação) que arderam no nosso concelho, o que levou que algumas aldeias do nosso concelho ficassem sem luz. A EDP recorreu a alguns geradores para fazer face a algumas situações, mas de qualquer forma vamos quarta-feira resolver o que falta em termos de energia eléctrica. Piedade Simões MAGIA DE ANO NOVO COM DAVID MARTIN Com um início de 2010 pleno de magia, a Lourinhã recebe, no dia 9 de Janeiro, o ilusionista David Martin, que protagonizará um espectáculo no Auditório Maestro Manuel Maria Baltazar sede da AMAL, pelas 21h30. O artista incidirá a sua apresentação nas grandes ilusões uma modalidade de magia expressa na espectacularidade/impacto junto da assistência e em truques especialmente direccionados para o público infantil. A magia vai ainda mais além, na medida em que as receitas deste espectáculo reverterão a favor da ADAPECIL Associação de Amor para a Educação das Crianças Inadaptadas da Lourinhã. Os bilhetes encontramse cifrados em 4 Euros para adultos e 2 Euros para crianças até aos 12 anos. O espectáculo conta com o apoio do Município da Lourinhã.

18 18 PENICHE Luísa Inês 2010 Obra já foi adjudicada mas ainda não começou Assembleia Municipal viabiliza empréstimo de meio milhão de euros para limpeza do Fosso da Muralha Na última Assembleia Municipal de 2009, realizada no passado dia 28 de Dezembro, os deputados viabilizaram a contracção de um empréstimo de cerca de meio milhão de euros tendo em vista a recuperação do Fosso das Muralhas de Peniche, uma obra esperada pela população há largos anos. A obra, estimada em 3,8 milhões de euros já foi adjudicada em Outubro último, mas ainda não foi consignada. Com um prazo de execução de 18 meses, prevê-se que no Verão de 2011, o fosso esteja finalmente limpo e reabilitado. A obra de limpeza do fosso foi adjudicada pela autarquia a escassos dias das eleições autárquicas de 11 de Outubro, prevendo-se o início dos trabalhos para o mês de Novembro, mas a intervenção ainda não avançou, o que levou os deputados municipais a pedirem explicações do atraso à autarquia. Nesta sessão da assembleia municipal, o presidente da câmara, António José Correia explicou que depois da adjudicação, a obra foi para o Tribunal de Contas, que suscitou algumas dúvidas em relação a esta intervenção, no âmbito do Programa Mais Centro, adiantou o autarca. António José Correia lembrou nesta assembleia que a obra em causa passou por todos os crivos e por isso obedece a todos os requisitos exigidos, numa intervenção que será financiada com verbas do Município de Peniche, mas também da administração central e fundos comunitários. Questões burocráticas têm vindo a atrasar a calendarização prevista para o início dos trabalhos, mas a autarquia garante que, a programação da obras está a ser feita em articulação com a empresa que ganhou o concurso público para a Associação de Motociclismo de Peniche distribuiu brinquedos a crianças carenciadas Desfile Motard animou Natal em Peniche A tradição cumpriu-se e este Natal, mais uma vez, a Associação de Motociclismo de Peniche voltou a distribuir brinquedos e a espalhar sorrisos a muitas crianças carenciadas do concelho. No passado dia 20 de Dezembro, as ruas da cidade foram invadidas por dezenas de motos e motards vestidos de Pai e Mãe Natal para mais um desfile solidário, o 11º organizado por esta instituição. O evento integra o plano de actividades da colectividade que disponibiliza uma verba para a compra de centenas de brinquedos que são depois distribuídos durante a concentração de motards no Largo 5 de Outubro, em pleno centro histórico da cidade. Segundo Ilídio Anjos, presidente da direcção, o desafio é lançado a todos os associados, familiares e amigos que também contribuem para esta causa e ajudam na aquisição de brinquedos. Para este dirigente, o Natal é um momento de alegria, paz, amizade e solidariedade, por isso faz todo o sentido darmos o nosso contributo para ajudar a fazer cada criança mais feliz, com um pequeno brinquedo, referiu. Nesse sentido, a Associação de Motociclismo de Peniche orgulha-se de há 11 anos consecutivos marcar presença no programa de eventos associados ao Natal em Peniche e de dar um presente a todas as crianças de Peniche que se associam a esta iniciativa solidária, referiu Ilídio Anjos. Este ano, nem o frio que se fazia sentir na tarde de 20 de Dezembro desmobilizou os motards solidários que, percorreram as principais ruas da cidade e procederam à distribuição dos brinquedos transportados num trenó, fazendo as delícias dos mais pequenos. De acordo com a organização, este ano foram distribuídos menos brinquedos, comparativamente com anos anteriores, pois o número de crianças que compareceu no evento também foi inferior, mas ainda assim, foram algumas centenas. Depois da distribuição no centro da cidade, os motards foram visitar uma instituição local que trabalha com crianças, o Aconchego, do Centro Solidariedade e Cultura de Peniche, onde entregaram também brinquedos e presentes de Natal. Luísa Inês respectiva execução. Para Janeiro está previsto o primeiro faseamento da obra, que ainda não foi consignada, ou seja, os trabalhos ainda não arrancaram. O executivo municipal aprovou por unanimidade a contracção de um empréstimo a longo prazo, no valor de 565 mil euros, deliberação que foi ratificada pela assembleia municipal, por maioria, com 5 abstenções da bancada do PSD. A bancada social-democrata manifestou algumas dúvidas em relação ao mapa financeiro apresentado pela autarquia de forma a garantir que não estejam atingidos os limites de endividamento do município. Ainda de acordo com as explicações dadas pelo presidente, a câmara municipal tem vindo a trabalhar no sentido de encontrar soluções alternativas para a instalação da feira mensal e festa anual da cidade, tendo em conta que ambas se realizam em áreas abrangidas pela obra. Recorde-se que no passado dia 9 de Outubro de 2009, foi assinado o contrato de adjudicação da 1ª fase de recuperação do Pescas União Europeia estabelece quotas de pesca para 2010 Portugal vai manter em 2010 a mesma quota de pesca do bacalhau que em 2009 e limitou os cortes previstos para as capturas de algumas das espécies mais importantes para os pescadores nacionais. De acordo com o Ministro da Agricultura e Pescas, António Serrano, Portugal vai poder pescar 5800 toneladas de bacalhau, o que inclui 1070 toneladas no Canadá (que o país recupera depois de onze de ausência), 2144 toneladas no Svalbard e o resto nas águas da Noruega. Estes valores foram definidos no quadro do acordo concluído em Dezembro entre os ministros das pescas da União Europeia (UE) sobre a definição o volume autorizado de capturas de mais de 80 espécies nas águas comunitárias. Apesar das alterações operadas às propostas, Eskil Erlandsson, ministro da agricultura da Suécia que presidiu à reunião, garantiu que "as quotas se basearam em pareceres científicos" e "foram reduzidas nalguns stocks sensíveis e aumentadas de forma prudente noutros". No caso português, a negociação resultou numa "vitória em toda a linha" na opinião do ministro António Serrano, em declarações à imprensa no final da reunião. Além da manutenção da totalidade da quota de bacalhau, o país conseguiu preservar o aumento inicialmente previsto de 15 por cento das quantidades de pescada, cuja quota passará para toneladas. Ao invés, o carapau terá um corte de 4 por cento (em vez dos 15 por cento propostos por Bruxelas) ficando com uma quota de toneladas. Várias espécies que tinha uma proposta de redução das capturas de 15 por cento, acabaram por ficar com cortes de 10 por cento - nomeadamente o badejo (588 toneladas), solha (68 toneladas) e linguado (682 toneladas) - e de 9 por cento no caso do areeiro (40 toneladas). O lagostim Fosso da Muralha à Empresa ETERMAR - Empresa de Obras Terrestres e Marítimas, S.A. Concluíram-se assim todos os procedimentos legais necessários para que este projecto há muito adiado seja finalmente concretizado. O custo total da obra é de ,03, tendo 60% do financiamento sido assegurado pela Câmara Municipal de Peniche através da aprovação da candidatura ao instrumento de Política de Cidades POLIS XXI Parcerias para a Regeneração Urbana (QREN Programa Operacional do Centro). Os restantes 40% financiamento irão ser repartidos em partes iguais pela Câmara Municipal de Peniche e pelo Instituto Portuário e dos Transporte Marítimos. manteve os 10 por cento de corte previstos, ficando com 253 toneladas. O biqueirão (4.174 toneladas) e a juliana (10 toneladas) mantêm as quotas fixadas para este ano. O corte de 25 por cento proposta para o tamboril foi reduzido para 15 por cento, o que garante uma quota de 248 toneladas. As capturas de atum patudo foram aumentadas em dois por cento, para toneladas, enquanto o atum rabilho, vítima de sobre-exploração, terá um corte de 39 por cento para 237 toneladas. O espadarte do Atlântico Norte cai dois por cento para toneladas, mas aumenta exactamente na mesma proporção no Atlântico Sul para 338,6 toneladas. Finalmente, a quota portuguesa para a sarda, a espécie mais difícil de fixar, cai 10 por cento para toneladas. Este corte poderá ser no entanto recuperado no quadro do acordo de pescas com a Noruega que deverá ser concluído no início de Luísa Inês

19 PENICHE Circuito Mundial de surf regressa a Peniche nos próximos dois anos Élite do Surf volta à Capital da Onda O concelho de Peniche vai receber etapas do Circuito Mundial ASP de surf nos próximos dois anos, através de uma licença adicional atribuída à Rip Curl. A marca recebeu uma licença extra e vai passar a ter três provas em carteira. Além de Bells Beach, na Austrália, e da etapa móvel The Search, a terceira prova vai realizar-se no concelho de Peniche. Este é um contrato válido para 2010 e 2011, com opção de renovação por mais nove anos, de acordo com o representante da empresa em Portugal. Luísa Inês A prova já tem calendário definido e deverá realizar-se em Outubro deste ano, entre os dias 7 e 18, uma vez que o mês de Outubro é considerado o mês de excelência para o surf em Portugal. Recordese que no ano passado, a prova decorreu entre os dias 19 e 30 de Outubro. Para alé do World Tour, a Women s Tour também está de volta aos Supertubos. Esta decisão de avançar com mais duas etapas em Peniche prova que houve retorno e que as expectativas foram largamente superadas e vieram confirmar o potencial das ondas de Supertubos. Para o Município de Peniche, esta conquista para o concelho representa o culminar de todo um trabalho que tem sido desenvolvido no sentido de potenciar e valorizar os nosso recursos naturais e os aspectos distintivos que nos distinguem dos territórios vizinhos, considera o presidente da autarquia, António José Correia. Ainda de acordo com o autarca, vamos mobilizar-nos a partir de Janeiro para melhorar o evento, reconhecendo que será mais uma oportunidade de reafirmar Peniche como capital da onda. Pela nossa parte, tudo faremos para que a etapa portuguesa do WCT seja um sucesso e um motivo de orgulho para os portugueses, afirmou o autarca. Assim para 2010, a única prova na Europa do Comemorações dos 50 anos da Escola Secundária de Peniche Uma Escola com memória O programa de comemorações dos 50 anos da Escola Secundária de Peniche arrancou no passado dia 10 de Dezembro, com uma sessão solene. Neste encontro evocou-se a longa história deste estabelecimento de ensino, cuja origem remonta ao século XIX, foi destacada a importância do ensino técnico no nosso país e falou-se do futuro profissional. Nesta sessão foi proferida uma conferência pelo Professor Doutor António Matoso Martinho, do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra, em que foi destacada a importância do ensino técnico em Portugal, nomeadamente do papel desempenhado pela agora designada Escola Secundária de Peniche, cuja origem remonta ao século XIX, a 1887, ano em que foi criada a Escola de Desenho Industrial de Peniche. A origem desta escola está associada à implementação do ensino técnico em Portugal, com o objectivo de promover a industrialização e o desenvolvimento económico e social do país. No início do século XX a então Escola de Desenho Industrial passou a definir-se como Escola de Artes e Ofícios, com especialização no ensino de rendas, tornando-se uma escola de frequência exclusivamente feminina. A oferta formativa centrada no ensino feminino viria a manter-se até à reforma do ensino de 1948, com a criação em Peniche do Ciclo Preparatório, que passou a funcionar em 1953 nas instalações de uma antiga fábrica de conservas, La Paloma. No início da década de 50 passou a ministra-se em Peniche o Curso Complementar de Aprendizagem e Comércio, passando a escola a designarse de Escola Industrial e Comercial. Em 1955, este estabelecimento de ensino recupera a frequência mista e passa a ministrar o Curso de Formação de Serralheiro. Ainda nos anos 50, o poder local de então, convence o governo de Salazar da necessidade de construir em Peniche uma escola técnico profissional de raiz, o que viria a acontecer, nas antigas instalações da fábrica La circuito mundial pode ser o Rip Curl Pro Peniche, deixando os tradicionais eventos europeus o Billabong Mundaka Pro, no País Basco e o Quicksilver Pro France, em Hossegor de pertencer ao calendário, Paloma. Assim, a 13 de Dezembro de 1959 era inaugurado o novo edifício, hoje com a designação de Escola Secundária de Peniche. A nova escola viria a permitir a concretização de um plano formativo mais alargado, com novos cursos, pois só a partir de 1959 foi possível construir um projecto formativo de qualidade, numa escola que cariz técnico e profissional que deve ser enquadrada no contexto político, económico e social da época, como referiu nesta sessão evocativa o Mestre Miguel Santos, docente da Escola Secundária e autor do estudo Contributos para a História do Ensino Técnico-profissional em Peniche. A nova escola, custou ao estado contos, num projecto elogiado pela imprensa da época. A partir do ano lectivo de a instituição passou a ministrar, para além dos cursos existentes, três novas ofertas formativas nas áreas Formação feminina, Motorista Marítimo e Serralheiro. A estes acrescentava-se o Ciclo Preparatório num total de 263 alunos matriculados em Setembro de 1959 e 55 professores. Ao longo dos anos 60 foram surgindo novos cursos melhorando assim a oferta formativa e nos anos 70, depois pelo menos, no ano que agora se inicia. A cidade do Oeste ganhou o lugar no calendário a Mundaka (País Basco). Refira-se que o surfista português Tiago Pires, que terminou o ano 2009 na 24.ª posição do ranking Mundial, garantiu a presença no "dream tour" (os surfistas que integram o circuito mundial) do ano 2010 e estará assim de regresso a Peniche em Outubro próximo. da revolução de 1974 e com a massificação do ensino em Portugal, a Escola Industrial e Comercial de Peniche deu lugar à actual Escola Secundária de Peniche, em 1979, perdendo assim a sua matriz identitária de escola técnicoprofissional. Neste estabelecimento de ensino passou a ser ministrado atém 1999, o ensino básico e secundário, ano em que se tornou uma instituição apenas centrada no ensino secundário. Luísa Inês

20 20 PENICHE Tempestade que varreu a região Oeste também provocou danos em Peniche Temporal causou apenas prejuízos materiais O temporal que devastou a região Oeste na madrugada do passado dia 23 de Dezembro também provocou danos no concelho de Peniche. No entanto, o rasto da destruição não teve a dimensão de outros concelhos, em que os prejuízos ascendem a largos milhões de euros. No concelho de Peniche, tal como noutros municípios da região, os maiores danos foram registados no sector agrícola, tendo a protecção civil municipal assinalado 10 registos de prejuízos em explorações agrícolas, nomeadamente em estufas. Durante a sessão da assembleia municipal, o presidente da autarquia fez o balanço da ocorrência no concelho, explicando que o relatório municipal se encontrava em fase de conclusão para ser enviado ao Governo Civil de Leiria e que os prejuízos foram apenas materiais. O temporal causou a obstrução de vias rodoviárias, com árvores derrubadas, algumas viaturas derrubadas pela força do vento, bem como avarias no sistema de abastecimento de electricidade. A iluminação pública também foi afectada em algumas zonas do concelho e registou-se um corte no abastecimento durante algumas horas. A tempestade provocou ainda danos em coberturas de edifícios, particulares e públicos, nomeadamente em telhados de duas colectividades de freguesias rurais, nas localidades de Geraldes e Bufarda. Algumas casas de habitação também viram a respectiva cobertura danificada com telhas partidas, entre outros estragos. Luísa Inês Foto: Carlos Tiago 2010 Hóroscopo Mensal por Janeiro 2010 Av. Praia da Vitória, Nº 43-1º Andar, Lisboa Tel.: Tlm.: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Carneiro Carta do Mês: Os Enamorados, que significa Escolha. Amor: Poderá surgir um mal entendido no seio familiar, mas com calma e um diálogo honesto tudo se resolverá. Saúde: Este será um período de paz interior, aproveite para descansar o corpo e a mente. Dinheiro: Momento pouco favorável para fazer investimentos, pense duas vezes antes de assinar qualquer documento importante. Número da Sorte: 6 Touro Carta do Mês: O 8 de Ouros, que significa Esforço Pessoal. Amor: O seu coração está um pouco dividido, pense bem qual o caminho que deve seguir, procure não ferir os sentimentos dos outros. Saúde: Faça uma limpeza geral aos seus dentes para poder ter um sorriso radiante. Dinheiro: A vitalidade e esforço que tem demonstrado no trabalho serão muito favoráveis para si. Número da Sorte: 72 Gémeos Carta do Mês: O Rei de Espadas, que significa Poder, Autoridade. Amor: O amor e o carinho reinarão na sua relação afectiva, aproveite para avançar para um compromisso mais sério. Saúde: Tente controlar as suas emoções para que o seu sistema nervoso não se ressinta de forma negativa. Dinheiro: Não haverá nenhuma alteração significativa na sua vida profissional, e as finanças estão estabilizadas. Número da Sorte: 64 Caranguejo Carta do Mês: O 6 de Paus, que significa Ganho Amor: Prepare um jantar especial romântico para a sua cara-metade. Saúde: Procure relaxar mais para não andar muito tenso. Aprenda a descontrair. Dinheiro: Poderá ser surpreendido negativamente ao verificar o seu saldo bancário, por isso previna-se contra surpresas menos agradáveis e aprenda a poupar! Número da Sorte: 28 Leão Carta do Mês: O Valete de Paus, que significa Amigo, Notícias Inesperadas. Amor: Dê mais atenção aos seus familiares, eles também precisam de si e sentem a sua falta. Saúde: Previna-se contra o colesterol evitando alimentos que lhe são prejudiciais. Dinheiro: Período bastante favorável. Pode ter uma promoção ou assumir novas responsabilidades no local onde trabalha. Número da Sorte: 33 Virgem Carta do Mês: O Valete de Copas, que significa Lealdade, Reflexão Amor: Deixe o ciúme de uma vez por todas e aproveite bem os momentos de que dispõe a sós com o seu companheiro. Saúde: Cuidado com os excessos alimentares, anda a comer de mais. Dinheiro: Não peça um empréstimo neste mês, os tempos não estão favoráveis para contrair dívidas de qualquer género. Número da Sorte: 47 Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Horóscopo Diário: Balança Carta do Mês: O 10 de Espadas, que significa Dor, Depressão, Escuridão. Amor: A sua sensualidade e beleza vão partir muitos corações, não se surpreenda com uma declaração de amor. Saúde: Vigie a sua alimentação, consuma alimentos menos calóricos e evite abusar do sal. Dinheiro: Esta é uma óptima altura para tentar reduzir os seus gastos pois conseguirá fazer poupanças neste período. Número da Sorte: 60 Escorpião Carta do Mês: A Torre, que significa Convicções Erradas, Colapso. Amor: Se ainda não encontrou o amor da sua vida prepare-se, pois está mais perto do que imagina! Saúde: Faça exercício físico ao ar livre, o contacto com a Natureza farlhe-á muito bem. Dinheiro: Provável aumento das suas finanças, pode aproveitar para pôr algum dinheiro de parte. Número da Sorte: 16 Sagitário Carta do Mês: O Ás de Ouros, que significa Harmonia e Prosperidade. Amor: Cuide da sua aparência física para conquistar quem mais deseja ter a seu lado. Saúde: Poderá surgir uma infecção urinária, procure o seu médico de imediato se notar algum sintoma menos comum. Dinheiro: Irá conseguir atingir os seus objectivos, graças a ajudas inesperadas que irão surgir. Número da Sorte: 65 Capricórnio Carta do Mês: O Dependurado, que significa Sacrifício. Amor: O amor poderá bater-lhe à porta, por isso fique atento e mostre-se disponível para a mudança. Saúde: Procure fazer uma vida mais saudável e corte de vez com qualquer vício. Dinheiro: Esta não é uma boa altura para investir em negócios de vulto ou compras que envolvam muito dinheiro. Número da Sorte: 12 Aquário Carta do Mês: O 2 de Ouros, que significa Dificuldade/ Indolência. Amor: Neste período a tendência é para andar hipersensível. Procure controlar as suas variações de humor para evitar discussões desnecessárias. Saúde: Procure fazer uma alimentação mais equilibrada diversificando os alimentos e apostando mais nos legumes e verduras. Dinheiro: Não corra riscos desnecessários no que toca a gastos e a investimentos, seja prudente. Número da Sorte: 66 Peixes Carta do Mês: A Temperança, que significa Equilíbrio. Amor: Dê mais atenção ao seu companheiro, ele pode estar mais carente do que é habitual e precisa de maior atenção da sua parte. Saúde: Vá ao médico e aproveite este mês para fazer exames de rotina. Dinheiro: Seja mais exigente consigo, só assim conseguirá atingir o sucesso tão desejado e cumprir com os objectivos a que se propôs. Número da Sorte: 14

ACTA N.º 57/2003 Reunião ordinária do dia 2003.12.15

ACTA N.º 57/2003 Reunião ordinária do dia 2003.12.15 ----------Aos quinze dias do mês de Dezembro do ano dois mil e três, nesta vila de Bombarral e salão nobre do edifício dos Paços do Município, realizou-se uma reunião ordinária da Câmara Municipal de Bombarral,

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 06 DE AGOSTO DE 2008 ORDEM DO DIA A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta dos Vereadores Senhores Dr. José Polido, Alberto

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 10 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/05/2002 (Contém folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 Regimento do Conselho Municipal de Educação de Odivelas 2010/2013 O Decreto-Lei n.º 7/2003, de 15 de Janeiro, tem por objecto os Conselhos Municipais de Educação, regulando as suas competências e composição,

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 17 AGOSTO DE 2011 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta do Senhor Presidente e do Vereador Senhor Eng.º Sérgio Manuel

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade SANTARÉM Santarém Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 29 Km 2 População total 28 760 hab. Dimensão da ZSTA 650

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no seis de Março de dois mil e três Acta º5

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no seis de Março de dois mil e três Acta º5 FL 21 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no seis de Março de dois mil e três Acta º5 --------Aos seis dias do mês de Março de

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

I Prémio. II Concurso A. ÂMBITO E CONCORRENTES

I Prémio. II Concurso A. ÂMBITO E CONCORRENTES I Prémio 1. O Prémio Secil Universidades 2014, atribuído através do «Concurso Arquitectura», tem como objectivo incentivar a qualidade do trabalho de jovens oriundos das Escolas de Arquitectura Portuguesas

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO E INFORMAÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE GESTÃO E INFORMAÇÃO FINANCEIRA Junta de Freguesia de A-Dos-Negros 2º Trimestre 2015 RELATÓRIO DE GESTÃO E INFORMAÇÃO FINANCEIRA Exmos. Senhores: Presidente da Assembleia Senhores Deputados Senhores Munícipes Começo por, em nome do Executivo,

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19, nº2., alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos Locais de Educação.

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.

JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE. Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006. Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr. JUNTA DE FREGUESIA DE Nª. SRª GUADALUPE Concelho de Évora OPÇÕES DO PLANO PARA 2006 Largo Abel Augusto nº 4 7000-222 Nª. Sr.ª Guadalupe Tel. e Fax: 266 781 165 Tel.: 266 747 916 email: jfguadalupe@mail.evora.net

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 204 Nos termos da Lei n.º 2-A/2008, de 27 de Fevereiro SECÇÃO DE APOIO E DE COORDENAÇÃO GERAL (Capitulo III do Regulamento da Organização dos Serviços)

Leia mais

PACTO SOCIAL DO MONTE DESENVOLVIMENTO ALENTEJO CENTRAL, A.C.E. CAPTULO PRIMEIRO DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO PRIMEIRO. (Denominação)

PACTO SOCIAL DO MONTE DESENVOLVIMENTO ALENTEJO CENTRAL, A.C.E. CAPTULO PRIMEIRO DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO PRIMEIRO. (Denominação) PACTO SOCIAL DO MONTE DESENVOLVIMENTO ALENTEJO CENTRAL, A.C.E. CAPTULO PRIMEIRO DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO PRIMEIRO (Denominação) O Agrupamento adopta a denominação de Monte - Desenvolvimento Alentejo Central,

Leia mais

HISTORIAL DA INSTITUIÇÃO

HISTORIAL DA INSTITUIÇÃO IDENTIFICAÇÃO Nome da Instituição Morada Telefone 234 602 642 Site Oficial Correio electrónico Data da inauguração da Nova Sede e Centro Comunitário PERCURSO Delegação de Águeda da Cruz Vermelha Portuguesa

Leia mais

REPÚBLICA NAS ESCOLAS

REPÚBLICA NAS ESCOLAS REPÚBLICA NAS ESCOLAS COM O APOIO DE: http://www.centenariorepublica.pt/escolas escolas@centenariorepublica.pt República nas Escolas Descrição e Objectivos O tema Centenário da República deverá ser um

Leia mais

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004

MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. Acta n.º3/2004 MUNICÍPIO DO CARTAXO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Acta n.º3/2004 Aos dez dias do mês de Maio do ano de 2004, no Auditório Municipal da Quinta das Pratas, reuniu o Conselho Municipal de Educação do Concelho

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Oeste. Conselho Executivo

Comunidade Intermunicipal do Oeste. Conselho Executivo 79 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO EXECUTIVO DA COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO OESTE, REALIZADA NO DIA NOVE DE MAIO DE DOIS MIL E DOZE -----Aos nove dias do mês de maio de dois mil e doze, pelas catorze

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação

Projeto Pedagógico e de Animação Projeto Pedagógico e de Animação 1 - Memória Descritiva 2 Identificação e Caracterização da Instituição Promotora 3 - Objetivos Gerais 4 - Objetivos Específicos 5 - Princípios educacionais 6 Metodologias

Leia mais

mesmos, a Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, e nos termos da alínea a) do número 6 do artigo 64º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, alterada

mesmos, a Câmara Municipal deliberou, por unanimidade, e nos termos da alínea a) do número 6 do artigo 64º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, alterada FL 5 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito no dia vinte e três de Janeiro de dois mil e três Acta º2 --------Aos vinte e três dias

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. FL 46 ACTA DE / /20 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em vinte e quatro de Maio de dois mil. Acta º12 --------Aos vinte e quatro dias do mês

Leia mais

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte P I N T U R A 12 12 2013 22 02 2014 Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte I N F O R M A Ç Õ E S [Patente] Galeria de Exposições da Biblioteca Municipal de Vila

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2009 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) O plano plurianual de investimentos para 2009 tem subjacente um planeamento financeiro que perspectiva a execução dos

Leia mais

ACTA N.º 06/2005 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 16 / 03 / 2005 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 15 / 03 / 2005

ACTA N.º 06/2005 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 16 / 03 / 2005 RESUMO DIÁRIO DE TESOURARIA REFERENTE AO DIA 15 / 03 / 2005 CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO ACTA N.º 06/2005 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 16 / 03 / 2005 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : JOÃO LUIS BATISTA PENETRA MANUEL

Leia mais

ACTA N.º6. Assembleia de Agricultores do Regadio do Açafal

ACTA N.º6. Assembleia de Agricultores do Regadio do Açafal ACTA N.º6 Assembleia de Agricultores do Regadio do Açafal Aos cinco dias do mês de Março do ano de dois mil e treze, pelas catorze horas e trinta minutos, reuniu a Assembleia de Agricultores do Regadio

Leia mais

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE SUBSÍDIOS E APOIOS ÀS ASSOCIAÇÕES/COLECTIVIDADES SEM FINS LUCRATIVOS DO MUNICÍPIO DE BORBA

REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE SUBSÍDIOS E APOIOS ÀS ASSOCIAÇÕES/COLECTIVIDADES SEM FINS LUCRATIVOS DO MUNICÍPIO DE BORBA REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DE SUBSÍDIOS E APOIOS ÀS ASSOCIAÇÕES/COLECTIVIDADES SEM FINS LUCRATIVOS DO MUNICÍPIO DE BORBA Praça da República 7150-249 Borba Telf.: 268 891 630 Fax: 268 894 806 balcaounico@cm-borba.pt

Leia mais

MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CÂMARA MUNICIPAL REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIDIGUEIRA

MUNICÍPIO DE VIDIGUEIRA CÂMARA MUNICIPAL REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIDIGUEIRA REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIDIGUEIRA A Lei nº.159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19º, n.º. 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DA MEIA MARATONA FOTOGRÁFICA DE SETÚBAL

REGULAMENTO MUNICIPAL DA MEIA MARATONA FOTOGRÁFICA DE SETÚBAL REGULAMENTO MUNICIPAL DA MEIA MARATONA FOTOGRÁFICA DE SETÚBAL Preâmbulo O Município de Setúbal tem procurado intervir em diversos campos, no sentido de proporcionar a satisfação de um conjunto de necessidades

Leia mais

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande 11.MARÇO.2013 25 anos da elevação a cidade APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande turismo industrial Marinha Grande www.cm-mgrande.pt MARÇO 2013 AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL DESTAQUE

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 02 FEVEREIRO DE 2011 ORDEM DO DIA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 02 FEVEREIRO DE 2011 ORDEM DO DIA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 02 FEVEREIRO DE 2011 ORDEM DO DIA ASSUNTO APRECIADO AO ABRIGO DO ART. 83.º DA LEI N.º 169/99, DE 18 DE SETEMBRO, REPUBLICADA PELA LEI

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO. Acta Assembleia Geral SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LAJES DO PICO Acta Assembleia Geral ---- Aos vinte e um dias do mês de Novembro do ano dois mil e doze, reuniu no Auditório Municipal, a Assembleia Geral da Santa Casa das

Leia mais

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO CINCO

Junta de Freguesia da Marinha Grande ACTA NÚMERO CINCO ACTA NÚMERO CINCO Aos quatro dias do mês de Março de dois mil e dez, pelas vinte e uma horas e quarenta e cinco minutos, deu-se início à reunião ordinária do Executivo da Junta de Freguesia, sob a presidência

Leia mais

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA

REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA 1 REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 26/2006 - DEZEMBRO --- DATA DA REUNIÃO: Sete de Dezembro de dois mil e seis. ------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

ATA NÚMERO CENTO E TRINTA E DOIS

ATA NÚMERO CENTO E TRINTA E DOIS ATA NÚMERO CENTO E TRINTA E DOIS Aos vinte e dois dias de Abril de dois mil e catorze, pelas vinte e uma horas e trinta minutos, reuniram-se em sessão ordinária, os membros da Assembleia de Freguesia de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009

CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 CÂMARA MUNICIPAL DE ARCOS DE VALDEVEZ MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DE 06 DE JULHO DE 2009 PRESIDÊNCIA: DR. FRANCISCO RODRIGUES DE ARAÚJO VEREADORES PRESENTES: DR. JOÃO MANUEL DO AMARAL ESTEVES

Leia mais

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011

TESTEMUNHOS SUMÁRIO. de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo. Boletim Informativo n.º 24. Setembro 2011 Boletim Informativo n.º 24 Setembro 2011 SUMÁRIO TESTEMUNHOS de Voluntários destacam importância da ajuda ao Próximo Pequenas histórias de pessoas comuns que fazem coisas extraordinárias em prol dos outros,

Leia mais

Freguesia de Vila Cova à Coelheira Concelho de Vila Nova de Paiva

Freguesia de Vila Cova à Coelheira Concelho de Vila Nova de Paiva INDÍCIE: Introdução Informação da actividade da Junta de Freguesia Funções Gerais Funções Sociais Funções económicas Situação Financeira da Freguesia INTRODUÇÃO: De acordo com o disposto na alínea o),

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR ACTA -----Aos doze dias do mês de Novembro de dois mil e sete, reuniu ordinariamente a Junta de Freguesia de Rio Maior, sob a presidência da Senhora Dra. Isaura Maria Elias

Leia mais

SANTA CRUZ FREGUESIA EM MOVIMENTO

SANTA CRUZ FREGUESIA EM MOVIMENTO Boletim Informativo Concelho da Praia da Vitória SANTA CRUZ FREGUESIA EM MOVIMENTO Edição do Município da Praia da Vitória em colaboração com a Junta de Freguesia de Santa Cruz agosto 2013 ROBERTO MONTEIRO

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO y Câmara Municipal de Redondo CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO O DL 7/2003, de 15 de Janeiro, que prevê a constituição do Conselho Municipal de Educação, regulou as suas competências

Leia mais

Ata n.º 13/2015 de 01/07/2015

Ata n.º 13/2015 de 01/07/2015 --------------------------------------- ATA N.º 13/2015 --------------------------------------- -------- Ao dia 1 do mês de julho de 2015, pelas 10h, no Salão Nobre dos Paços do Município de Celorico da

Leia mais

CPCCRD FOLHA INFORMATIVA INICIOU OS TRABALHOS C DO CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO ORGANIZADORA EDITORIAL

CPCCRD FOLHA INFORMATIVA INICIOU OS TRABALHOS C DO CONGRESSO NACIONAL COMISSÃO ORGANIZADORA EDITORIAL FOLHA INFORMATIVA CPCCRD www.confederacaodascolectividades.com facebook.com/confederacao.colectividades CONFEDERAÇÃO PORTUGUESA DAS COLECTIVIDADES DE CULTURA, RECREIO E DESPORTO Fundada em 31 de Maio de

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MONTIJO (CMEM) PERÍODO 2013-2017

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MONTIJO (CMEM) PERÍODO 2013-2017 REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE MONTIJO (CMEM) PERÍODO 2013-2017 Aprovado em reunião do CMEM realizada em 9 de abril de 2014 Artigo 1º Noção e Objetivos O Conselho Municipal de Educação,

Leia mais

Regulamento Municipal de Apoio ao Cooperativismo

Regulamento Municipal de Apoio ao Cooperativismo Regulamento Municipal de Apoio ao Cooperativismo Considerando a necessidade de apoiar a criação e a consolidação de cooperativas residentes no concelho. Considerando a necessidade de incentivar a expansão

Leia mais

RECEPÇÃO DE PROPOSTAS ATÉ DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 23H59M

RECEPÇÃO DE PROPOSTAS ATÉ DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 23H59M NEGOCIAÇÃO P A R T I C U L A R INSOLVENTE: TORRES VEDRAS Fonsecas, Leal e Cruz, Lda. RECEPÇÃO DE PROPOSTAS ATÉ DIA 21 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 23H59M VISITAS P/ MARCAÇÃO lcpremium.pt info@lcpremium.pt facebook.com/lcpremium

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2011 1. Análise do Plano Plurianual de Investimentos (PPI) Neste orçamento, o Município ajustou, as dotações para despesas de investimento, ao momento de austeridade que o país

Leia mais

Acta n.º 6 /2006 de 22/03/2006

Acta n.º 6 /2006 de 22/03/2006 -----------------------------------ACTA N.º 6/2006 ------------------------------------------ --------Aos vinte e dois dias do mês de Março de dois mil e seis, pelas quinze horas, no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

ACTA DA SESSÃO ORDINÁRIA DE TRINTA DE JUNHO DE DOIS MIL E NOVE Aos trinta dias do mês de Junho de dois mil e nove, na Casa das Artes de Arcos de

ACTA DA SESSÃO ORDINÁRIA DE TRINTA DE JUNHO DE DOIS MIL E NOVE Aos trinta dias do mês de Junho de dois mil e nove, na Casa das Artes de Arcos de ACTA DA SESSÃO ORDINÁRIA DE TRINTA DE JUNHO DE DOIS MIL E NOVE Aos trinta dias do mês de Junho de dois mil e nove, na Casa das Artes de Arcos de Valdevez, reuniu, em sessão ordinária, a Assembleia Municipal

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia da República Palácio de S. Bento Lisboa

Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia da República Palácio de S. Bento Lisboa Criação da Freguesia do Parque das Nações (Lisboa) Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia da República Palácio de S. Bento Lisboa Excelência Os signatários são moradores e comerciantes da Zona

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL. Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL Regimento do Conselho Municipal de Educação de Alcochete A construção de um futuro impõe que se considere fundamental investir na capacitação e formação das pessoas,

Leia mais

Câmara Municipal de Almeirim

Câmara Municipal de Almeirim Câmara Municipal de Almeirim Programa de Adesão SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 16 a 22 de Setembro de 2007 P r o g r a m a 1 - Aderindo à ECOTROCA ganhe viagens nos TUA (durante toda a semana): - Aderindo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES QUADRIÉNIO 2006/2009 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL 2009/08/05 ÍNDICE REUNIÃO DE 2009/08/05 JUSTIFICAÇÃO DE FALTA 5 APROVAÇÃO DA ACTA DA REUNIÃO DE 29/07/2009

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Viana do Alentejo Preâmbulo

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Viana do Alentejo Preâmbulo Regimento do Conselho Municipal de Educação de Viana do Alentejo Preâmbulo A Lei nº 159/99, de 14 de setembro, visou estabelecer um quadro de transferências de atribuições e competências da Administração

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 10/2013 -

CÂMARA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 10/2013 - - ATA N.º 10/2013 - ---------- Aos quinze dias do mês de Maio do ano de dois mil e treze, na Sala de Sessões do Edifício dos Paços do Concelho, reuniu ordinariamente a Câmara Municipal de Aljustrel, tendo

Leia mais

ANEXO 2 - GUIA DE RECURSOS LOCAIS. No âmbito do Programa Rede Social, a elaboração do Guia de Recursos Locais

ANEXO 2 - GUIA DE RECURSOS LOCAIS. No âmbito do Programa Rede Social, a elaboração do Guia de Recursos Locais ANEXO 2 - GUIA DE RECURSOS LOCAIS No âmbito do Programa Rede Social, a elaboração do Guia de Recursos Locais do Concelho de Vouzela, pretende ser um instrumento facilitador da articulação entre os recursos

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento A Lei de Bases do Sistema Educativo assume que o sistema educativo se deve organizar de forma a descentralizar, desconcentrar

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 15

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 15 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 15 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 18/07/2001 (Contém 6 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: (PSD) Vereador: José Augusto Veiga Nunes de Almeida

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.

OPÇÕES DO PLANO 2015:2018 datas 2015 2016 2017 2018. conclusão. Respons. início 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196. 1 EDUCAÇÃO 207.000,00 186.840,00 191.282,00 196.916,00 1 ENSINO PRÉ-ESCOLAR E DO 1º CICLO 116.500,00 93.625,00 100.574,00 103.487,00 1 Apoios e subsídios CM 13 18 5 05-06-02-03-99 1.000,00 1.030,00 2.122,00

Leia mais

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006

Revista de Imprensa Janeiro de 2007. 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 Revista de Imprensa Janeiro de 2007 DNA 1 - Destak, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 18 milhões em 2006 2 - Diário Económico, 31-01-2007, Agência DNA Cascais capta 10 projectos em 2006 3 - Jornal

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIEIRA DO MINHO REGIMENTO INTERNO A lei nº 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar

Junho. Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar Junho Quando as crianças brincam Eu as ouço brincar, Qualquer coisa em minha alma Começa a se alegrar E toda aquela infância Que não tive me vem, Numa onda de alegria Que não foi de ninguém. [ ] (F. Pessoa

Leia mais

ATA N.º 17/2015. Ata da Reunião Ordinária de 7/09/2015 Página 1 de 7

ATA N.º 17/2015. Ata da Reunião Ordinária de 7/09/2015 Página 1 de 7 ATA N.º 17/2015 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE SETE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E QUINZE. ------------------------------------------------------ ----- Aos sete dias do mês de setembro

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em treze de Outubro de dois mil e dez.

Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em treze de Outubro de dois mil e dez. 127 Acta da reunião ordinária da Câmara Municipal do Concelho de Vila Velha de Ródão levada a efeito em treze de Outubro de dois mil e dez. Acta º22 A os treze dias do mês de Outubro de dois mil e dez,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR

JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR JUNTA DE FREGUESIA DE RIO MAIOR ACTA -----Aos oito dias do mês de Maio de dois mil e seis, reuniu ordinariamente a Junta de Freguesia de Rio Maior, sob a presidência da Senhora Dra. Isaura Maria Elias

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão

Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão MUNICÍPIO DE VILA VELHA DE RÓDÃO CÂ1VLARA MUNICIPAL Conselho Municipal de Educação de Vila Velha de Ródão ACTA N~ 42 Aos dez dias do mês de Setembro do ano de dois mil e catorze, pelas catorze horas, reuniu

Leia mais

A Participação Cívica dos Jovens

A Participação Cívica dos Jovens A Participação Cívica dos Jovens 2 Parlamento dos Jovens 2009 Nos dias 25 e 26 de Maio de 2009, realizou-se em Lisboa, no Palácio de São Bento, a Sessão Nacional do Parlamento dos Jovens 2009 do Ensino

Leia mais

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis,

No pavilhão 2, com 108 stands, estavam representadas as regiões de turismo, câmaras municipais, associações e juntas de turismo, para além de hotéis, VIII Legislatura II Sessão Plenária Horta, 26 de Janeiro de 2005 Grupo Parlamentar do Partido Socialista Deputada Ana Isabel Moniz Assunto: Bolsa de Turismo de Lisboa Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE * Acta da reunião de 06.12.2006 * Livro 97 * Fl.240 ACTA N.º 51/2006 PERÍODO DA ORDEM DO DIA

CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE * Acta da reunião de 06.12.2006 * Livro 97 * Fl.240 ACTA N.º 51/2006 PERÍODO DA ORDEM DO DIA CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE * Acta da reunião de 06.12.2006 * Livro 97 * Fl.240 ACTA N.º 51/2006 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE PENICHE, REALIZADA NO DIA 6 DE DEZEMBRO DE 2006: Aos

Leia mais

APROVAÇÃO DE ACTAS ORDEM DO DIA

APROVAÇÃO DE ACTAS ORDEM DO DIA APROVAÇÃO DE ACTAS --- A acta da reunião ordinária realizada no dia 14 de Outubro de 2004 foi aprovada por maioria, com cinco votos a favor (Grupos do PS e PSD) e uma abstenção (Ver. David Mendes). A acta

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 502/VIII CRIAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE VISEU. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 502/VIII CRIAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE VISEU. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 502/VIII CRIAÇÃO DA ÁREA METROPOLITANA DE VISEU Exposição de motivos Viseu possui hoje uma localização perfeitamente central na área do respectivo distrito, o qual lidera em termos

Leia mais

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010

12CNG CONGREssO NaCiONal de GEOtECNia GUIMArães 2010 26 A 29 de abril. GUIMARãES 2010 geotecnia e desenvolvimento sustentável Convite A Sociedade Portuguesa de Geotecnia (SPG) e o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho (DEC-UM) têm a honra

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO LUÍS FILIPE SOROMENHO GOMES

MUNICÍPIO DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO LUÍS FILIPE SOROMENHO GOMES MUNICÍPIO DE VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO LUÍS FILIPE SOROMENHO GOMES, Presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António torna público que, por deliberação tomada em reunião ordinária da Câmara

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E

REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E REGULAMENTO MUNICIPAL DE CEDÊNCIA DE VIATURAS MUNICIPAIS DE TRANSPORTE DE PASSAGEIROS AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO, AGENTES CULTURAIS, SOCIAIS E INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO CONCELHO Aprovado na 3.ª Reunião Ordinária

Leia mais

F U N C I O N A M E N T O

F U N C I O N A M E N T O Plano de Ação 2015 ENQUADRAMENTO F U N C I O N A M E N T O» Regulamento Interno da CPCJ de S. P. Sul» Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo - Lei nº 147/99 de 1 de Setembro» Lei que altera a Lei

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO

CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO CÂMARA MUNICIPAL DE ANGRA DO HEROÍSMO ATA N.º 22/2013 DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO DIA DOZE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E TREZE (Contém 7 folhas) MEMBROS PRESENTES: PRESIDENTE Sofia Machado do Couto Gonçalves

Leia mais

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido.

Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2015 ÍNDICE Nota Introdutória Erro! Marcador não definido. Ações Educação e Formação 2 Ação Social 3 Gestão Participada e Finanças 4 Saúde 5 Desporto 5 Juventude 6 Cultura 6 Turismo

Leia mais

Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014

Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014 Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014 Representação Externa No período em análise no âmbito das suas funções, a Presidente da Junta

Leia mais

DECLARAÇÃO DE HANÔVER

DECLARAÇÃO DE HANÔVER DECLARAÇÃO DE HANÔVER de Presidentes de Câmara de Municípios Europeus na Viragem do Século XXI (versão traduzida do texto original em Inglês, de 11 de Fevereiro de 2000, pelo Centro de Estudos sobre Cidades

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001)

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 21 de Novembro de 2001) REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE (Aprovado na 23ª Reunião

Leia mais

Reunião de Câmara de 12.06 08 1 6

Reunião de Câmara de 12.06 08 1 6 PONTO 3 OFÍCIO DA ASSOCIAÇÃO DA LAVOURA DO DISTRITO DE AVEIRO - RECEPÇÃO DE COMITIVA DE AGRICULTORES - APRESENTAÇÃO DE ABAIXO-ASSINADO.... DELIBERAÇÃO: A Câmara Municipal tomou conhecimento do abaixo-assinado....

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 05 FEVEREIRO DE 2014

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 05 FEVEREIRO DE 2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SESIMBRA REALIZADA NO DIA 05 FEVEREIRO DE 2014 A Câmara deliberou, por unanimidade, justificar a falta da Vice-Presidente, Senhora Dr.ª Felícia Maria Cavaleiro

Leia mais

I Prémio. II Concurso A. ÂMBITO E CONCORRENTES

I Prémio. II Concurso A. ÂMBITO E CONCORRENTES I Prémio 1. O Prémio Secil Universidades 2014, atribuído através do «Concurso Engenharia Civil», tem como objectivo incentivar a qualidade do trabalho de jovens oriundos das Escolas de Engenharia Civil

Leia mais

Divisão de Desenvolvimento Económico e Social Serviços de Educação e Juventude. Conselho Municipal de Juventude (C.M.J.) Ata n.

Divisão de Desenvolvimento Económico e Social Serviços de Educação e Juventude. Conselho Municipal de Juventude (C.M.J.) Ata n. Divisão de Desenvolvimento Económico e Social Serviços de Educação e Juventude Conselho Municipal de Juventude (C.M.J.) Ata n.º1 / 2014 Aos sete dias, do mês de março, do ano dois mil e catorze, no salão

Leia mais

Normas para as Matrículas das Crianças da Educação Pré-escolar e dos Alunos dos Ensinos Básico e Secundário

Normas para as Matrículas das Crianças da Educação Pré-escolar e dos Alunos dos Ensinos Básico e Secundário Índice Legislação Geral 1 Legislação Acção Social e Seguro Escolar 2 Alargamento da Rede de Edcação pré-escolar 2 Educação Especial 3 Inclusão e Sucesso Educativo 4 Notícias 5 Encerramento do Ano Lectivo

Leia mais

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS

ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 FALTAS JUSTIFICADAS FALTAS INJUSTIFICADAS CÂMARA MUNICIPAL DE VIANA DO ALENTEJO _ ACTA N.º 17/2009 REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA DE 05 / 08 / 2009 PRESENÇAS PRESIDENTE : ESTÊVÃO MANUEL MACHADO PEREIRA VEREADORES : VERA LÚCIA CALCA BONITO CARDOSO

Leia mais

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO POR CASCAIS, PARTICIPO. /opcascais www.cm-cascais.pt. escolha o seu projeto e vote por SMS grátis.

ORÇAMENTO PARTICIPATIVO POR CASCAIS, PARTICIPO. /opcascais www.cm-cascais.pt. escolha o seu projeto e vote por SMS grátis. ORÇAMENTO PARTICIPATIVO POR CASCAIS, PARTICIPO. De 2 dez. a 5 de jan. 2014 escolha o seu projeto e vote por SMS grátis. Marcos Chuva Atleta Olímpico Salto em comprimento SAIBA MAIS: /opcascais www.cm-cascais.pt

Leia mais

ATA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2014

ATA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2014 ATA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2014 Aos vinte e dois dias do mês de março de dois mil e catorze, pelas quinze horas e dez minutos, reuniu, em segunda convocatória, a Assembleia Geral Ordinária da Confederação

Leia mais

FREGUESIA DE VILARINHO SANTO TIRSO MANDATO 2014/2017. Grandes opções do plano de atividades e investimentos ANO 2014

FREGUESIA DE VILARINHO SANTO TIRSO MANDATO 2014/2017. Grandes opções do plano de atividades e investimentos ANO 2014 1 FREGUESIA DE VILARINHO SANTO TIRSO MANDATO 2014/2017 Grandes opções do plano de atividades e investimentos ANO 2014 2 ÍNDICE - INTRODUÇÃO 3 - AÇÃO SOCIAL E EMPREGO 3,4 - EDUCAÇÃO SAÚDE 4 CULTURA, DESPORTO

Leia mais

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética

Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Concurso de Design Mascote Eficiência Energética Regulamento 1. Introdução O presente concurso destina-se à criação da Mascote da Eficiência Energética, que estará associada à COGEN Portugal, e que será

Leia mais

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. -------------------------------

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 1 0 /2012 - ABRIL --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO:

Leia mais

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS APOIOS A DIVERSAS ENTIDADES, INSTITUIÇÕES, ASSOCIAÇÕES E COLECTIVIDADES NO ANO DE 2014 APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS Apoio à Associação de Estudantes da Escola Secundária

Leia mais

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO PREÂMBULO A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro) consagrou a interacção com a comunidade educativa local como um pilar fundamental da política educativa. Por essa razão o nº

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA Nº 02/2014

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA Nº 02/2014 ATA Nº 02/2014 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE VINTE QUATRO DE JANEIRO DE DOIS MIL E CATORZE. -------------------------------------------------- ----- Aos vinte e quatro dias do

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 13/2003

CÂMARA MUNICIPAL DE MANTEIGAS ACTA N.º 13/2003 80 ACTA N.º 13/2003 Acta da reunião ordinária realizada aos vinte e cinco dias do mês de Junho de dois mil e três. Aos vinte e cinco dias do mês de Junho de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/02/1999 (Contém 9 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais