Condições gerais de venda

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Condições gerais de venda"

Transcrição

1 Cndições gerais de venda Preâmbul Estas cndições sã acrdadas entre a sciedade vertbaudet Prtugal Vendas à Distância LDA, cm sede na Zna Industrial da Barsa Rua bec ds Petigais Fraçã F, n.º 45 e Leiria. Dravante designada pr vertbaudet Prtugal e entre qualquer pessa que deseje efetuar uma cmpra através d site da marca vertbaudet telefne , crrei, , dravante designada pr Utilizadr. A expediçã das encmendas será efetuada n Cntinente, Madeira e Açres. Se Utilizadr residir fra das znas de entrega acima mencinadas e desejar uma entrega n estrangeir pde cnsultar site que infrmará ds sites cmerciais estrangeirs da Marca vertbaudet. Este deverá efetuar a sua encmenda n respetiv site d país em que pretende receber a sua encmenda. Estas cndições referem-se exclusivamente a pessas singulares nã cmerciantes. As partes acrdam que as suas relações serã reguladas exclusivamente pelas cndições gerais aqui descritas. O site da vertbaudet é acreditad pela ACEPI (Assciaçã d Cmérci Eletrónic e Publicidade Interativa), pel que ns cmprmetems a respeitar tdas as práticas e uss em vigr d setr d cmérci eletrónic. 1. bjet 2. encmenda 3. entrega 4. pagament 5. preçs 6. garantias 7. assinatura e prva 8. respnsabilidade 9. tratament de dads pessais 10. newsletter vertbaudet 11. prpriedade intelectual 12. acrd ttal 13. duraçã 14. prva 15. cnservaçã e arquiv das transações 16. lei aplicável e cmpetência 17. Plítica sbre s ckies Artig 1 - bjet As presentes cndições têm pr bjetiv definir as cndições gerais de venda, estabelecidas entre a vertbaudet Prtugal e Utilizadr, desde at da encmenda as diverss serviçs prestads pela vertbaudet Prtugal, tais cm s mds de pagament e as cndições de entrega da mercadria.

2 Estas cndições regulam tdas as etapas necessárias para realizar a encmenda e garantem seguiment desta transaçã entre as partes cntratantes. Artig 2 - encmenda O Utilizadr pderá efetuar a sua encmenda nline, n site pr telefne, e crrei. Para finalizar a sua encmenda Utilizadr deverá facultar s dads pessais, tais cm seu númer de Utilizadr (númer este que é estritamente pessal) u seu nme, mrada, etc. Para iss, Utilizadr deverá preencher tds s camps brigatóris d talã de encmenda para este efeit. N cas de ser um nv Utilizadr, s serviçs da vertbaudet Prtugal atribuir-lhe-ã um númer de Utilizadr lg após a sua primeira encmenda. A efetuar a sua encmenda, Utilizadr manifesta a sua aceitaçã, plena e cmpleta, das cndições gerais de venda, ds preçs e da descriçã ds prduts cntemplads nesta transaçã. Estas cndições gerais de venda serã as únicas aplicáveis entre as duas partes. Qualquer litígi sbre este últim pnt será reslvid através de uma trca de infrmações e cm as garantias abaix mencinadas. Cas (s) artig(s) esgtem, a vertbaudet Prtugal cmprmete-se a infrmar Utilizadr e a reemblsá-l ds mntantes que eventualmente tenha pag n praz máxim de 30 (trinta) dias a cntar da data d cnheciment dessa indispnibilidade. Cas (s) artig(s) esgtem, a vertbaudet Prtugal cmprmete-se a infrmar Utilizadr e a reemblsá-l ds mntantes que eventualmente tenha pag n praz máxim de 30 (trinta) dias a cntar da data d cnheciment dessa indispnibilidade. N cas de atribuiçã de um presente numa ferta vertbaudet, cas presente mencinad esgte, será substituíd pr utr de valr igual u superir. Artig 3 - entrega As despesas de envi têm um cust de apenas 2,49 para entregas ns Pnts Pick me, já a dmicíli têm um cust de A vertbaudet reserva-se direit de alterar s valres das despesas de envi, desde que sejam brigatriamente cmunicadas a cliente nas presentes cndições de venda. A entrega das encmendas pderá ser feita: Ns Pnts de Entrega Pick me Pr apenas 2,49 A esclher um Pnt de Entrega Pick me para entrega da encmenda, pde ptar pr um ds mais de 400 estabeleciments cmerciais, parceirs da vertbaudet Prtugal. A sua encmenda é tratada de frma priritária e receberá um avis pr SMS u a avisar que a sua encmenda já se encntra dispnível n Pnt de Entrega (mantenha s seus dads atualizads). Cas cntrári, receberá um pstal de avis em sua casa. Prceda levantament, n praz máxim de 10 dias, fazend-se acmpanhar d Bilhete de Identidade u Cartã de Cidadã.

3 N levantament da encmenda e cas tenha ptad pel pagament na receçã da encmenda, deverá fazê-l preferencialmente pr Multibanc, dependend d Pnt Pick me esclhid. Serviç dispnível apenas para Prtugal Cntinental. A dmicíli - Cust d serviç: 4,99 A encmenda será entregue em sua casa, na mrada que cnstar na nssa base de dads. Cas nã esteja na mrada indicada, será avisad a infrmar que a sua encmenda está na Lja ds CTT que serve a mrada, para levantament durante s 10 dias seguintes. Cas pretenda receber a sua encmenda nutra mrada, a vertbaudet entrega-lhe nde quiser. Basta indicar a mrada pretendida n site durante prcess de cmpra n pass entrega, n talã de encmenda u pr telefne às nssas assistentes. Um serviç útil e sem acréscim de despesas. O serviç de entrega a Dmicíli encntra-se dispnível para Prtugal Cntinental, Madeira e Açres. Entrega nas Ilhas Para as entregas efetuadas ns arquipélags da Madeira e ds Açres apenas se encntra dispnível métd de entrega a dmicíli. O valr das despesas de entrega a dmicíli é de 4,99. O Utilizadr beneficia, de um praz de 15 (quinze) dias a cntar da data d recebiment da encmenda para devlver s artigs encmendads cas estes nã crrespndam ttalmente às suas expetativas. Se huver falta de cnfrmidade, Utilizadr pderá devlver s artigs pdend ptar pela substituiçã u pela resluçã d cntrat, ns terms legais aplicáveis. Nenhuma encmenda pderá ser entregue n estrangeir. Para acmpanhament d estad da encmenda, Utilizadr pderá fazê-l diretamente nline em Área de Cliente u telefnar para Serviç de Api a Utilizadr da vertbaudet para seguinte númer: de 2.ª a 6.ª feira das 9h00 às 19h30. (Estes hráris estã sujeits a alteraçã). O praz médi de entrega é de 7 (sete) a 14 (catrze) dias, quand s artigs estã dispníveis. Quand s artigs estã diferids, depende da dispnibilidade apresentada n site vertbaudet, cntud é apenas uma previsã. Cas a sua encmenda passe praz mencinad acima, entre em cntact cm nss Serviç de Api a Cliente para se infrmar d estad da sua encmenda. Artig 4 - pagament A vertbaudet Prtugal prpõe a Utilizadr váris mds de pagament: Cartã de crédit (Visa, MasterCard E MBNET) Sempre que utilizar este mei de pagament, indique númer, a validade e códig de segurança (últims 3 dígits n vers) d seu cartã de crédit. N cas de nã estarem dispníveis tds s artigs, seu valr será debitad à

4 medida que estes lhe frem send enviads. Os dads da encmenda e d seu cartã serã enviads, devidamente encriptads, para a entidade bancária na data da sua encmenda. Após validaçã e cmunicaçã d seu banc, a encmenda será prcessada. Cas a peraçã seja recusada, receberá a encmenda a pagar na sua receçã (acrescida ds 5,99 de despesas de cbrança em vigr). Para situações de reembls: Artigs nã levantads u devluções - reembls será realizad para cartã de crédit. Artigs esgtads u anulads - nã é efetuad débit n cartã de crédit. Encmenda anulada - nã é efetuad débit n cartã de crédit. Trca de artig - n cas de valr excedente, reembls é efetuad pr cheque u transferência bancária. PAYPAL Um ds meis de pagament mais utilizads em cmpras nline em td mund. Cm utilizar? É necessári em primeir lugar ter uma cnta PayPal. Para mais infrmações u para criar uma cnta, cnsulte a página aqui. A esclher este mei de pagament, valr da encmenda será debitad n final d at da encmenda. Para situações de reembls: Artigs nã levantads u devluções - reembls será realizad através da sua cnta PayPal. Artigs esgtads u anulads - reembls será realizad pr transferência bancária u pr cheque bancári. Encmenda anulada n própri dia - reembls será realizad através da sua cnta Paypal. Trca de artig - n cas de valr excedente, reembls é efetuad pr cheque u transferência bancária. Multibanc A ptar pr este md de pagament, receberá um SMS e um cm s dads para efetuar pagament numa caixa Multibanc u serviç de Hmebanking na Internet. Após receçã ds dads tem 5 dias para efetuar pagament. Se nã efetuar neste praz, receberá a encmenda a pagar na sua receçã (acrescida ds 5,99 de despesas de cbrança em vigr). Cartã vertbaudet Mais vantagens: Limite de crédit a partir de 500 após aprvaçã pel banc Credibm S.A. Pupa 5,99 em tdas as encmendas, crrespndente a valr de cntrarreembls. Tem 5 mdalidades a seu dispr: pague cm quiser! Saiba as cndições de adesã aqui Cntra-Reembls Neste cas pague apenas quand receber a sua encmenda ns crreis u em casa (dinheir) u ns Pnts de Entrega Pick me (multibanc u em dinheir, dependend d Pnt de Entrega Pick me esclhid). Se ptar pr esta mdalidade, receberá a encmenda a pagar na sua receçã (acrescida ds 5,99 de despesas de cbrança em vigr).

5 O Utilizadr pagará uma sma glbal crrespndente as custs de tratament da encmenda. As despesas adicinais sã cmpstas de gasts fixs cm cmparticipaçã nas despesas de embalagem e de envi e de despesas pcinais cas esclha a frma de pagament cntra-reembls, salv se beneficiar de uma ferta especial que dispensará de tal pagament. Artig 5 - preçs Os preçs devem entender-se em eurs, cm taxas e impsts incluíds. Os preçs apresentads têm em cnta IVA aplicável a dia d pedid. Qualquer mdificaçã d tip de IVA aplicável será refletida ns preçs ds prduts. Após esta data, s preçs pderã ser mdificads a qualquer mment. Os preçs e especificações estã sujeits a alterações sem avis prévi. A vertbaudet Prtugal declina qualquer respnsabilidade pr eventuais errs publicads n site. N tratament da encmenda td e qualquer err de preçs que eventualmente pssa estar a ser apresentad n site devid a anmalias técnicas será detetad. Nesta situaçã cliente é cntactad. Se preç d prdut apresentad n site fr na realidade mais baix, a diferença é devlvida. Se preç fr superir, cliente será cntactad e pderá aceitar u cancelar a encmenda. Artig 6 - Garantias, Direit de desistência, devluções e trcas Tds s artigs pdem ser trcads u reemblsads. A trca u pedid de reembls devem ser efetuads n praz de 15 (quinze) dias após a data de receçã. Em cas de trca, se a nva encmenda fr de cust superir, Utilizadr terá de custear a diferença, juntand a pedid de trca pagament d remanescente u fazend- n at de levantament da nva encmenda. N cas de um pedid de reembls de um artig cmprad cm preç reduzid, devid a uma ferta especial, a vertbaudet Prtugal reemblsará valr efetivamente pag pel Utilizadr e nã a sua ttalidade. Os pedids de trca u reembls pderã ser efetuads de frma gratuita, através ds pnts Pick me, em embalagem devidamente fechada (pdend utilizar a embalagem riginal), cntend n interir talã de trca/devluçã devidamente preenchid. Pderá também ptar pr efetuar a sua trca u devluçã pr via pstal para vertbaudet Prtugal Zna Industrial da Barsa Pavilhões 3, 4, 5 Carreira de Água Leiria. Para mais infrmações ligue para Tds s artigs beneficiam de uma garantia cntratual, sem prejuíz da garantia legal. A garantia legal aplica-se também às faltas de cnfrmidade decrrentes da embalagem, das instruções de mntagem u da instalaçã (desde que efetuada n cumpriment das instruções de mntagem). Resluçã de cntrat: Junt da sua encmenda encntrará, n vers da fatura, frmulári de resluçã de cntrat para puder exercer s seus direits em cas de trca u desistência/devluçã. Basta indicar a referências ds artigs e as razões d mtiv à desistência/devluçã. Pderá imprimir frmulári de resluçã de cntrat aqui Assistência pós-venda e garantia de fabricante: Tds s equipaments estã abrangids pela Garantia de Fabricante, de 2 Ans, assegurada pelas respetivas marcas.

6 N cas de prduts cm defeit u avaria, deve cmunicar mesm, infrmand nº da sua encmenda e a descriçã d mau funcinament. Telefne: de 2.ª a 6.ª feira das 9h00 às 19h30. (Estes hráris estã sujeits a alteraçã). Crrei: vertbaudet Prtugal Remessa Livre 306 EC Marrazes, Leiria Os custs cm a devluçã u reclha de artigs dentr d períd da Garantia serã suprtads pela vertbaudet Prtugal - vertbaudet. N cas de equipaments fra d praz da garantia, a vertbaudet Prtugal presta igualmente assistência técnica, pel que pderá infrmar e enviar s artigs cm defeit u avaria para a vertbaudet. Os artigs serã analisads pel serviç Utilizadr Pós- Venda que emitirá um parecer técnic e respetiv rçament de reparaçã, cas seja esse cas. Só se iniciam reparações após aceitaçã d rçament pr parte d Utilizadr. Se preferir, pde dirigir-se diretamente as Centrs de Reparaçã das marcas para slicitar assistência técnica a seu equipament. Artig 7 - assinatura e prva A indicaçã nline d númer de cartã bancári e a validaçã final d pedid, cnstituirã a prva, de acrd cm as dispsições legais e permitirã a exigibilidade das quantias que figurarem n talã de encmenda. Esta validaçã vale cm assinatura e aceitaçã de tdas as perações efetuadas n site. O Utilizadr que nã dispnha de um númer de Utilizadr terá que efetuar um prcess de inscriçã que permitirá bter. N cas de ser um nv Utilizadr, s serviçs da vertbaudet Prtugal atribuir-lhe-ã um númer de Utilizadr lg após a sua primeira encmenda. Este númer é estritamente pessal. A perda u esqueciment deste númer terã de ser cmunicads a Serviç de Api a Utilizadr pel u Artig 8 - respnsabilidade Para tdas as etapas de acess a site, d prcess da encmenda, até à entrega u as serviçs psterires, a sciedade vertbaudet Prtugal só pssui uma brigaçã de meis. A sciedade vertbaudet Prtugal exclui tda a garantia e qualquer respnsabilidade pels incnvenientes u prejuízs inerentes à utilizaçã da rede de Internet, em particular, uma rutura de serviç, uma intrusã exterir u a presença de vírus infrmátics, u de qualquer cas de frça mair assim classificad pela jurisprudência ds tribunais, até a limite permitid pela lei aplicável. Os artigs vendids estã descrits e apresentads n site cm máxim de exatidã pssível. Se, apesar de tdas as nssas precauções, crrerem errs n site u ns catálgs da vertbaudet, a vertbaudet Prtugal nã será respnsabilizada pr esse fact. Excet em cas de garantia, qualquer peraçã decrrida entre a vertbaudet Prtugal e s seus Utilizadres, nã cntestada num praz de 6 meses, nã pderá dar lugar a qualquer reclamaçã. A vertbaudet Prtugal reserva-se n direit de mdificar a qualquer mment a infrmaçã e ferta cmercial apresentada sbre: prduts, preçs, prmções, cndições cmerciais e serviçs n site. Sã reunids cnstantemente tds s esfrçs para que a infrmaçã apresentada esteja isenta de errs tipgráfics. N entant, n cas da infrmaçã apresentada nã crrespnder às características d prdut, utilizadr será infrmad e terá direit de rescindir da sua cmpra. Sempre que uma situaçã anómala é identificada prcede-se de imediat à sua crreçã.

7 Artig 9 - tratament de dads pessais N cumpriment da Lei n.º 67/98, de 26 de utubr relativa à Prteçã de Dads Pessais, infrmams que tratament ds dads pessais reclhids n site é da respnsabilidade da vertbaudet Prtugal- Vendas à Distância, LDA cm sede na Zna Industrial da Barsa, Rua Bec ds Petigais - Fraçã F, n.º 45 e 65, Leiria, cm capital scial de 10,00, registada na Cnservatória d Regist Cmercial de Leiria sb númer únic de regist e de pessa cletiva Os dads pessais sã tratads infrmaticamente, destinand-se as envis crrespndentes às suas encmendas, respetiv api administrativ, e fins estatístics. Os dads pessais reclhids pderã ser cmunicads a entidades terceiras de recnhecida idneidade para fins de marketing diret. A titular é garantid direit de acess, retificaçã, alteraçã u eliminaçã ds seus dads pessais, para tal basta cntactar-ns indicand seu nme, apelid, mrada e nº de cliente, dirigind-se pr: Telefne: Crrei:vertbaudet Prtugal Remessa Livre 306 EC Marrazes, Leiria O Utilizadr autriza a vertbaudet Prtugal a tratar de frma autmatizada s dads pessais facultads, em particular pela utilizaçã de ckies. Pde aceder e mdificar s seus dads a qualquer mment em Área de Cliente. Nã bstante a vertbaudet Prtugal prceder à reclha e a tratament de dads de frma segura e que impede a sua perda u manipulaçã, utilizand as técnicas mais aperfeiçadas para efeit, infrmams que a reclha em rede aberta permite a circulaçã ds dads pessais sem cndições de segurança, crrend risc de ser vists e utilizads pr terceirs nã autrizads. O utilizadr autriza a vertbaudet a tratar de frma autmatizada s dads pessais facultads, em particular pela utilizaçã de ckies. A vertbaudet Prtugal é membr da ACEPI Assciaçã Cmérci Eletrónic e Publicidade Interativa - em Prtugal e as suas bases de dads pessais estã devidamente registadas na Cmissã Nacinal de Prteçã de Dads, ns terms da lei. Artig 10 - newsletter vertbaudet É dada a designaçã de Newsletter vertbaudet, as ings, fertas prmcinais, e às newsletters institucinais, infrmações acerca da empresa u d Utilizadr, enviads diretamente para a caixa de crrei eletrónic d Utilizadr. O Utilizadr tem a pssibilidade de subscrever a Newsletter, ficand autmaticamente registad a partir d mment em que faça a sua primeira encmenda u seu primeir pedid de catálg nline. Pde aceder e mdificar s seus dads nline a qualquer mment em Área de Cliente e alterar s seus dads pessais, n camp Dads pessais. A Newsletter vertbaudet é um exclusiv d site Internet da marca vertbaudet. Leia tud sbre a Prteçã de Dads Pessais n artig 9 - tratament de dads pessais. Artig 11 - prpriedade intelectual Tds s elements d site vertbaudet, sejam eles visuais u snrs, incluind a tecnlgia subjacente, sã prtegids pels direits de autr, das marcas u das patentes. Sã prpriedade exclusiva da sciedade vertbaudet Prtugal. O Utilizadr que dispnha de um site pessal na Internet e que deseje clcar, para us pessal, n seu site um simples link diret à hmepage d site da vertbaudet, deve brigatriamente pedir autrizaçã à sciedade vertbaudet Prtugal. Nã se tratará, neste cas, de uma cnvençã implícita de afiliaçã u de parceria. Pr utr lad, qualquer link hipertext direcinad a site da vertbaudet e utilizand a técnica de

8 framing u de in-line linking é frmalmente pribid. Em tds s cass, qualquer link, mesm tacitamente autrizad, deverá ser retirad cm um simples pedid da sciedade vertbaudet Prtugal. Artig 12 - acrd ttal As presentes cndições gerais de venda cnstituem acrd ttal entre as partes em referência. Cas uma das cláusulas das presentes cndições se trne nula e sem valr, em virtude de uma alteraçã legislativa, nrmativa u pr sentença, iss nã deverá afetar em cas algum, a sua validade e respeit. Artig 13 - duraçã As presentes cndições aplicam-se durante tda a duraçã ds serviçs ferecids pela sciedade vertbaudet Prtugal. Tds s artigs das cleções utn-invern nline sã válids até a dia 31/03 d an seguinte, dentr d limite ds stcks dispníveis. Tds s artigs das cleções primavera-verã nline sã válids até a dia 31/09 d mesm an, dentr d limite ds stcks dispníveis. Tds s artigs exclusivs d site sã válids até a limite ds stcks dispníveis. Artig 14 - prva Os regists infrmatizads, cnservads ns sistemas infrmátics da sciedade vertbaudet Prtugal em cndições de segurança cnsideram-se cm uma prva das cmunicações, das encmendas e ds pagaments prduzids entre as partes. Artig 15 - cnservaçã e arquiv das transações O arquiv das encmendas e das faturas será efetuad num suprte fiável e duradur para crrespnder a uma cópia fiel e duradura. Artig 16 - lei aplicável e cmpetência Às cndições de venda apresentadas é aplicável a lei prtuguesa. Na falta de resluçã pr acrd das partes, qualquer litígi emergente das presentes Cndições Gerais de Venda será submetid a tribunal prtuguês cmpetente. Artig 17 - plítica sbre s ckies O que sã ckies? "Ckies" sã ficheirs de dads que um site na net envia para seu cmputadr enquant cnsulta site. Estes ficheirs de dads incluem infrmações que irã permitir a nss site reclher infrmações imprtantes que pssam trnar a sua utilizaçã d site mais eficaz e mais útil para si. O nss site utiliza "ckies" pr diversas razões. Utilizams a tecnlgia "ckie" e endereçs IP para bterms infrmações nã pessais da parte ds visitantes e ainda para prprcinarms as nsss visitantes registads a melhr experiência nline persnalizada.

9 Cm é que utilizams s ckies? Os visitantes d nss site utilizam diferentes prgramas de cnsulta e diferentes cmputadres. A fim de facilitarms a máxim as suas cnsultas, cm a tecnlgia que está a utilizar, antams autmaticamente tip de navegadr de cnsulta (tal cm, Internet Explrer, Ggle Chrme) e sistema perativ (Windws, Macintsh) utilizad pr um visitante, bem cm nme de dmíni da entidade frnecedra de serviç Internet d visitante. Reclhems igualmente númer ttal de visitantes a nss site, de frma cnjunta, para ns permitir atualizá-l e melhrá-l da maneira mais prdutiva; neste prcess nã sã extraídas infrmações pessais identificáveis. Estes dads permitem-ns saber se há mais visitantes a preferir determinadas funções u áreas, cntribuind assim para que pssams manter nss site atualizad e interessante para a mairia ds nsss visitantes. Também usams "ckies" para ajudar a impedir que as crianças pequenas pssam ter acess a determinadas áreas u funções reservadas apenas a adults u jvens mais velhs. Cm utilizams s ckies para persnalizar a sua experiência n nss site? A tecnlgia "ckie" ajuda-ns a frnecer cnteúds adaptads as interesses ds visitantes. Os sites que ferecem pssibilidades de aquisiçã nline utilizam "ckies" para registar e prcessar s elements cnstantes d seu cartã de cmpra. Sempre que autrizads, pderems assciar infrmações pessais a um ficheir "ckie" em tais circunstâncias. E se eu nã quiser s "ckies"? Se nã desejar receber "ckies", pde cnfigurar seu cmputadr para avisar sempre que receber um "ckie" u desativar tds s "ckies" através d seu prgrama de cnsulta (Internet Explrer u Ggle Chrme). (Cnsulte menu de Ajuda d seu prgrama de cnsulta para saber qual a frma crreta de alterar u atualizar s "ckies"). Se desativar s "ckies", pderá nã cnseguir aceder a algumas das funções acima indicadas.

Copyright 1999-2006 GrupoPIE Portugal, S.A. Manual Utilizador

Copyright 1999-2006 GrupoPIE Portugal, S.A. Manual Utilizador Reprts Relatóris à sua Medida Reprts Cpyright 1999-2006 GrupPIE Prtugal, S.A. Reprts 1. WinREST Reprts...5 1.1. Licença...6 1.2. Linguagem...7 1.3. Lgin...7 1.4. Página Web...8 2. Empresas...9 2.1. Cm

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE N prcess de renvaçã de matrículas para an lectiv 2010/2011, e na sequência d plan de melhria cntínua ds serviçs a dispnibilizar as aluns, IPVC ferece, pela

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs)

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs) MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE Técnics de Instalaçã e Manutençã de Edifícis e Sistemas (TIMs) NO SISTEMA INFORMÁTICO DO SISTEMA NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS (SCE) 17/07/2014

Leia mais

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social;

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social; Mdel de Cmunicaçã Certificads de Incapacidade Temprária Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes n âmbit ds CIT Certificads de Incapacidade Temprária.

Leia mais

^i * aesíqn e=> ~omunícc3ç:c30

^i * aesíqn e=> ~omunícc3ç:c30 ^i * aesíqn e=> ~munícc3ç:c30 CONTRATO DE LICENÇA DE USO DO SISTEMA - SUBMIT CMS Web Site da Prefeitura de Frei Martinh - Paraíba 1. IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTE Prefeitura Municipal de Frei Martinh

Leia mais

CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativo Centro de Saúde

CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativo Centro de Saúde Cnsulta a Temp e Hras CTH - ALERT REFERRAL NOVAS FUNCIONALIDADES/Perfil Administrativ Centr de Saúde 2013 ALERT Life Sciences Cmputing, S.A.. Tds s direits reservads. A ALERT Life Sciences Cmputing, S.A.

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR A pertinência e valr demnstrad das valências d Cartã de Saúde Cfre, em razã d flux de adesões e pedids de esclareciment, trnam essencial dar evidência e respsta a algumas situações

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÕES ON-LINE N prcess de renvaçã de matrículas para an lectiv 2008/2009, e na sequência d plan de melhria cntínua ds serviçs a dispnibilizar as aluns, IPVC ferece, pela

Leia mais

Termo de Adesão ao Programa de Afiliados DATTE

Termo de Adesão ao Programa de Afiliados DATTE Term de Adesã a Prgrama de Afiliads DATTE CONSIDERANDO que este Term de Afiliads cntém as regras que se aplicam à participaçã de Pessas Físicas e Jurídicas n Prgrama de Afiliads DATTE, dravante chamad

Leia mais

GUIA DOS CARTÕES DE CREDITO BUSINESS / BUSINESS TRADE / BUSINESS GOLD

GUIA DOS CARTÕES DE CREDITO BUSINESS / BUSINESS TRADE / BUSINESS GOLD GUIA DOS CARTÕES DE CREDITO BUSINESS / BUSINESS TRADE / BUSINESS GOLD Índice Identificaçã e Utilizaçã Infrmações Úteis Segurs Assciads Serviçs Assciads Telefnes úteis Cuidads a ter cm seu cartã Identificaçã

Leia mais

IARC Oferta de Infra-estruturas aptas ao Alojamento de Redes de Comunicações Eletrónicas

IARC Oferta de Infra-estruturas aptas ao Alojamento de Redes de Comunicações Eletrónicas IARC Oferta de Infra-estruturas aptas a Aljament de Redes de Cmunicações Eletrónicas Versã 1.1 08 de Julh de 2015 Índice 1. Intrduçã 3 2. Objet e Âmbit 3 3. Obrigações e respnsabilidades ds Clientes 3

Leia mais

Agenda: 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 3 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 5

Agenda: 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 3 2015 Sage Software, Inc. All rights reserved. 2/1/2016 5 Agenda: Event Sage AEBB Legislaçã inventári permanente (reduçã ds limites) Cnfigurações inventári permanente (ligaçã à CTB) O inventári a 31 de dezembr (imprtância d cntrl stcks, sage inventáris cntagem

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DO PORTO C e n t r d e I n f r m á t i c a NORMAS DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA A FMUP dispõe de salas e labratóris de infrmática gerids pel Centr

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA MANUAL ds LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA Objetiv 1. Oferecer as aluns a infra-estrutura e suprte necessári à execuçã de tarefas práticas, slicitadas pels prfessres, bservand s prazs estabelecids. 2. Oferecer

Leia mais

Modelo de Comunicação. Programa Nacional para a Promoção da Saúde Oral

Modelo de Comunicação. Programa Nacional para a Promoção da Saúde Oral Mdel de Cmunicaçã Prgrama Nacinal para a Prmçã da Saúde Oral Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e utilizadres d Sistema de Infrmaçã para a Saúde Oral

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO

PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA Fund Lcal n Cncelh de Paredes de Cura PROTOCOLO FINANCEIRO E DE COOPERAÇÃO Entre: O Municípi de Paredes de Cura, pessa clectiva nº 506

Leia mais

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte

Manual do DEC Domicílio Eletrônico do Contribuinte GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA Crdenadria da Administraçã Tributária Diretria Executiva da Administraçã Tributária Manual d DEC Dmicíli Eletrônic d Cntribuinte Manual DEC (dezembr

Leia mais

Número de cédula profissional (se médico); Nome completo; 20/06/2014 1/7

Número de cédula profissional (se médico); Nome completo; 20/06/2014 1/7 Mdel de Cmunicaçã Sistema Nacinal de Vigilância Epidemilógica Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes d Sistema Nacinal de Vigilância Epidemilógica.

Leia mais

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1

PM 3.5 Versão 2 PdC Versão 1 Prcediment de Cmercializaçã Cntrle de Alterações PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 PM 3.5 Versã 2 PdC Versã 1 Alterad Layut d dcument. Alterad term de Prcediment de Mercad para Prcediment de Cmercializaçã. Inserid

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO À UTILIZAÇÃO DE WSDL (Fundos de Compensação do Trabalho)

DOCUMENTO DE APOIO À UTILIZAÇÃO DE WSDL (Fundos de Compensação do Trabalho) DOCUMENTO DE APOIO À UTILIZAÇÃO DE WSDL (Funds de Cmpensaçã d Trabalh) Versã 1.1 16 de julh de 2015 1 Índice Índice... 2 INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVO... 4 SEGURANÇA... 5 DESCRIÇÃO DOS WEB SERVICE... 6 Serviç

Leia mais

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição Eletrónica Médica - Aplicação

Âmbito do Documento. Modelo de Comunicação. Modelo de Comunicação. Prescrição Eletrónica Médica - Aplicação Mdel de Cmunicaçã Prescriçã Eletrónica Médica - Aplicaçã Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes da aplicaçã de Prescriçã Eletrónica Médica

Leia mais

Política de Privacidade Qrush Cards

Política de Privacidade Qrush Cards Plítica de Privacidade Qrush Cards Última atualizaçã em 21/09/2013 A Qrush Tecnlgia e Serviçs Ltda repeita a privacidade de seus clientes e usuáris e desenvlveu esta Plítica de Privacidade para demnstrar

Leia mais

Software Development Kit (SDK) do Microsoft Kinect para Windows

Software Development Kit (SDK) do Microsoft Kinect para Windows Sftware Develpment Kit (SDK) d Micrsft Kinect para Windws Os presentes terms de licenciament cnstituem um cntrat entre a Micrsft Crpratin (u dependend d país em que reside uma das respetivas empresas afiliadas)

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES ATTENZA DUTY FREE GERAIS

TERMOS E CONDIÇÕES ATTENZA DUTY FREE GERAIS TERMOS E CONDIÇÕES ATTENZA DUTY FREE 1 GERAIS O Síti Web www.attenza.net e Attenza Duty Free pertencem a DUTY FREE DE PANAMÁ, sciedade anônima panamenha, rganizada e existente de cnfrmidade cm as leis

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores

INFORMAÇÃO GAI. Apoios às empresas pela contratação de trabalhadores INFORMAÇÃO GAI Apis às empresas pela cntrataçã de trabalhadres N âmbit das plíticas de empreg, Gvern tem vind a criar algumas medidas de api às empresas pela cntrataçã de trabalhadres, n entant tem-se

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO OPERAÇÕES DE DESMATAÇÃO, DESARBORIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE FITOFARMACÊUTICOS

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO OPERAÇÕES DE DESMATAÇÃO, DESARBORIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE FITOFARMACÊUTICOS Página 1 de 9 0 CONTROLO DE REVISÕES... 2 1 OBJECTIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 2 REFERÊNCIAS... 2 3 DEFINIÇÕES... 2 4 ABREVIATURAS... 3 5 PROCEDIMENTO... 3 5.1 NECESSIDADE DE DESARBORIZAÇÃO OU DESMATAÇÃO...

Leia mais

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco

Orientações e Recomendações Orientações relativas à informação periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de notação de risco Orientações e Recmendações Orientações relativas à infrmaçã periódica a apresentar à ESMA pelas Agências de ntaçã de risc 23/06/15 ESMA/2015/609 Índice 1 Âmbit de aplicaçã... 3 2 Definições... 3 3 Objetiv

Leia mais

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento

Inscrição do Candidato ao Processo de Credenciamento Inscriçã d Candidat a Prcess de Credenciament O link de inscriçã permitirá que candidat registre suas infrmações para participar d Prcess de Credenciament, cnfrme Edital. Após tmar ciência de td cnteúd

Leia mais

Protecção Dados Digitais Formação

Protecção Dados Digitais Formação Març, 2012 Prtecçã Dads Digitais Frmaçã Tips de Prteçã de Dads Digitais Existem dis tips de Prteçã de Dads Digitais: Març, 2012 Prtecçã Dads Digitais Frmaçã 2 Quais s prduts elegíveis? A Prteçã de Dads

Leia mais

Consulta Serviços de conceção e desenvolvimento criativo, produção e montagem do Fórum PORTUGAL SOU EU

Consulta Serviços de conceção e desenvolvimento criativo, produção e montagem do Fórum PORTUGAL SOU EU Cnsulta Serviçs de cnceçã e desenvlviment criativ, prduçã e mntagem d Fórum PORTUGAL SOU EU Julh 2014 Cnteúd 1. Intrduçã... 2 2. Enquadrament... 2 3. Públic-Alv... 2 4. Objetivs da Cnsulta... 3 5. Cndições

Leia mais

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO

Código: Data: Revisão: Página: SUMÁRIO UC_REQ-MK_ACF-001 27/01/2015 00 1 / 12 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 Objetiv... 2 Públic Alv... 2 Escp... 2 Referências... 2 DESCRIÇÃO GERAL DO PRODUTO... 2 Características d Usuári... 2 Limites, Supsições e

Leia mais

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário

MTur Sistema Artistas do Turismo. Manual do Usuário MTur Sistema Artistas d Turism Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 9 4.1. CADASTRAR REPRESENTANTE... 9 4.2. CADASTRAR

Leia mais

1 Acesso ao SIIFSE. 1.1 Homepage do SIIFSE. SIIFSE - Manual do Utilizador QREN. O acesso ao Sistema é efectuado através do endereço siifse.igfse.pt.

1 Acesso ao SIIFSE. 1.1 Homepage do SIIFSE. SIIFSE - Manual do Utilizador QREN. O acesso ao Sistema é efectuado através do endereço siifse.igfse.pt. SIIFSE Manual d Utilizadr QREN Versã 1.0 21 de Dezembr de 2007 SIIFSE - Manual d Utilizadr QREN 1 Acess a SIIFSE 1.1 Hmepage d SIIFSE O acess a Sistema é efectuad através d endereç siifse.igfse.pt. Na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Manual de Us (Para Detentres de Bens) Infrmações adicinais n Prtal da Crdenaçã de Patrimôni: www.cpa.unir.br 2013 Cnteúd O que papel Detentr de Bem pde fazer?... 2 Objetiv...

Leia mais

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000

ISO 9001:2008 alterações à versão de 2000 ISO 9001:2008 alterações à versã de 2000 Já passaram quase it ans desde que a versã da ISO 9001 d an 2000 fi publicada, que cnduziu à necessidade de uma grande mudança para muitas rganizações, incluind

Leia mais

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios.

Art. 2º. Trata-se de uma promoção de caráter exclusivamente de estimulo cultural, profissional e acadêmico sem vínculo com sorteios. Prêmi Data Pint de Criatividade e Invaçã - 2011 N an em que cmpleta 15 ans de atuaçã n mercad de treinament em infrmática, a Data Pint ferece à cmunidade a prtunidade de participar d Prêmi Data Pint de

Leia mais

CTH - ALERT REFERRAL Novas funcionalidades do Software ALERT versão 2.6.1

CTH - ALERT REFERRAL Novas funcionalidades do Software ALERT versão 2.6.1 Cnsulta a Temp e Hras CTH - ALERT REFERRAL Nvas funcinalidades d Sftware ALERT versã 261 2013 ALERT Life Sciences Cmputing, SA Tds s direits reservads A ALERT Life Sciences Cmputing, SA dispnibiliza presente

Leia mais

Processos de Apoio do Grupo Consultivo 5.5 Suporte Informático Direito de Acesso à Rede

Processos de Apoio do Grupo Consultivo 5.5 Suporte Informático Direito de Acesso à Rede Prcesss de Api d Grup Cnsultiv 5.5 Suprte Infrmátic Direit de Acess à Rede Suprte Infrmátic - Dcuments 5.5 Âmbit e Objectiv Frmuláris aplicáveis Obrigatóris Obrigatóris, se aplicável Frmulári de Mapa de

Leia mais

Informações Importantes 2015

Informações Importantes 2015 Infrmações Imprtantes 2015 CURSOS EXTRACURRICULARES N intuit de prprcinar uma frmaçã cmpleta para alun, Clégi Vértice ferece curss extracurriculares, que acntecem lg após as aulas regulares, tant n períd

Leia mais

Regulamento do programa de bolsas de estudos

Regulamento do programa de bolsas de estudos Regulament d prgrama de blsas de estuds Unidades Ri de Janeir e Sã Paul Data de publicaçã: 13/05/2015 Regulament válid até 30/08/2015 1 1. Sbre prgrama Através de um prcess seletiv, prgrama de blsas de

Leia mais

DOCUMENTO DE APOIO À UTILIZAÇÃO DE Web Services (Fundos de Compensação do Trabalho)

DOCUMENTO DE APOIO À UTILIZAÇÃO DE Web Services (Fundos de Compensação do Trabalho) DOCUMENTO DE APOIO À UTILIZAÇÃO DE Web Services (Funds de Cmpensaçã d Trabalh) Versã 1.0 21 de mai de 2015 1 Índice Índice... 2 INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVO... 4 SEGURANÇA... 5 DESCRIÇÃO DOS WEB SERVICE...

Leia mais

Promover a obtenção de AIM (Autorização de Introdução no Mercado) no estrangeiro de medicamentos criados e desenvolvidos em Portugal.

Promover a obtenção de AIM (Autorização de Introdução no Mercado) no estrangeiro de medicamentos criados e desenvolvidos em Portugal. SIUPI SISTEMA DE INCENTIVOS À UTILIZAÇÃO DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL FICHA DE MEDIDA Apia prjects que visem estimular investiment em factres dinâmics de cmpetitividade, assciads à invaçã tecnlógica, a design

Leia mais

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação Guia Sphinx: Instalaçã, Repsiçã e Renvaçã V 5.1.0.8 Instalaçã Antes de instalar Sphinx Se vcê pssuir uma versã anterir d Sphinx (versões 1.x, 2.x, 3.x, 4.x, 5.0, 5.1.0.X) u entã a versã de Demnstraçã d

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

OBJECTIVO. Ligação segura às redes públicas de telecomunicações, sob o ponto de vista dos clientes e dos operadores;

OBJECTIVO. Ligação segura às redes públicas de telecomunicações, sob o ponto de vista dos clientes e dos operadores; Prcediments de Avaliaçã das ITED ANACOM, 1ª ediçã Julh 2004 OBJECTIVO De acrd cm dispst n nº 1, d artº 22º, d Decret Lei nº 59/2000, de 19 de Abril (adiante designad cm DL59), a cnfrmidade da instalaçã

Leia mais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais

Direitos e Obrigações no âmbito dos Acidentes Profissionais e Doenças Profissionais Cmunicaçã Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais Direits e Obrigações n âmbit ds Acidentes Prfissinais e Denças Prfissinais (Lei nº 98/2009 de 4 de Setembr) 1- QUEM

Leia mais

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO:

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3.1 MANUTENÇÃO CORRETIVA A manutençã crretiva é a frma mais óbvia e mais primária de manutençã; pde sintetizar-se pel cicl "quebra-repara", u seja, repar ds equipaments após a avaria.

Leia mais

Modelo de Negócios. TRABALHO REALIZADO POR: Antonio Gome- 2007009 // Jorge Teixeira - 2008463

Modelo de Negócios. TRABALHO REALIZADO POR: Antonio Gome- 2007009 // Jorge Teixeira - 2008463 Mdel de Negócis Trabalh n âmbit da disciplina de Mdelaçã de dads. Criaçã de uma platafrma utilizand as tecnlgias SQL PHP e Javascript.. TRABALHO REALIZADO POR: Antni Gme- 2007009 // Jrge Teixeira - 2008463

Leia mais

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO

PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO PRÊMIO AUTOMAÇÃO - CATEGORIA DE JORNALISMO REGULAMENTO 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O PRÊMIO NA CATEGORIA DE JORNALISMO tem cm bjetiv premiar matérias veiculadas na imprensa nacinal relativas a temas ligads

Leia mais

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico

COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Suporte técnico COORDENADORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Suprte técnic O serviç de suprte técnic tem pr bjetiv frnecer atendiment as usuáris de prduts e serviçs de infrmática da Defensria Pública. Este serviç é prvid

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS

MANUAL DO USUÁRIO ANTECEDENTES CRIMINAIS SISTEMA DE INFORMAÇÃO E GESTÃO INTEGRADA POLICIAL Elabrad: Equipe SAG Revisad: Aprvad: Data: 11/09/2008 Data: 10/10/2008 Data: A autenticaçã d dcument cnsta n arquiv primári da Qualidade Referencia: Help_Online_Antecedentes_Criminais.dc

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt www.highskills.pt geral@highskills.pt Índice Designaçã d Curs... 2 Duraçã Ttal d Curs de Frmaçã... 2 Destinatáris... 2 Objetiv Geral... 2 Objetivs Específics... 2 Estrutura mdular e respectiva carga hrária...

Leia mais

Procedimentos para aceitação de materiais e equipamentos fornecidos à EDP Distribuição

Procedimentos para aceitação de materiais e equipamentos fornecidos à EDP Distribuição Julh 2010 Prcediments para aceitaçã de materiais e equipaments frnecids à EDP Distribuiçã DGF/Departament Gestã de Materiais e Equipaments Prcediments para aceitaçã de materiais e equipaments frnecids

Leia mais

MANUAL DO PRODUTO GERGERAISISTÊNCI SEGURO APP INVEST

MANUAL DO PRODUTO GERGERAISISTÊNCI SEGURO APP INVEST MANUAL DO PRODUTO GERGERAISISTÊNCI SEGURO APP INVEST A MANUAL DO PRODUTO SEGURO DE ACIDENTES PESSOAIS DE PASSAGEIROS E/OU TRIPULANTE (APP) INVEST O presente Manual d Prdut cntém: SEGURO APP INVEST 1. VANTAGENS

Leia mais

Artigo 12 Como montar um Lava Jato

Artigo 12 Como montar um Lava Jato Artig 12 Cm mntar um Lava Jat Antigamente era cmum bservar as pessas, n final de semana, cm seus carrs, bucha e sabã nas mãs. Apesar de ainda haver pessas que preferem fazer serviç suj szinhas, s lava

Leia mais

SERVIÇOS DISPONÍVEIS ATRAVÉS DO BANRISUL OFFICE BANKING

SERVIÇOS DISPONÍVEIS ATRAVÉS DO BANRISUL OFFICE BANKING SERVIÇOS DISPONÍVEIS ATRAVÉS DO BANRISUL OFFICE BANKING EXTRATOS: Cnta Crrente: sald d dia, extrat mês atual, extrat de cheques, extrat d mês anterir e extrat n períd. Empréstims/Crédits Cnta Investiment:

Leia mais

Segue abaixo projeto para desenvolvimento de novo website para loja Virtual

Segue abaixo projeto para desenvolvimento de novo website para loja Virtual Lja Virtual Desenvlviment FrmigaNegócis Orçament: /2012 Cliente: Respnsável: Prjet: Lja virtual Telefne: Frmiga (MG), de de 2012 Intrduçã Segue abaix prjet para desenvlviment de nv website para lja Virtual

Leia mais

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro.

Ambas as provas terminam na Reitoria da Universidade de Aveiro. REGULAMENTO CORRIDA SOLIDÁRIA BOSCH 2015 1. DENOMINAÇÃO A Bsch em Prtugal, representada pela Bsch Termtecnlgia, S.A, em Aveir, em parceria cm as Câmaras Municipais de Aveir e Ílhav, a Assciaçã Industrial

Leia mais

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION

ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION ALTERAÇÕES NO SISTEMA ORION Orin Versã 7.74 TABELAS Clientes Na tela de Cadastr de Clientes, fi inserid btã e um camp que apresenta códig que cliente recebeu após cálcul da Curva ABC. Esse btã executa

Leia mais

2. A programação completa e mais informações estarão disponíveis no site www.gar.esp.br.

2. A programação completa e mais informações estarão disponíveis no site www.gar.esp.br. REGULAMENTO 1. Sbre Event 1. A Gramad Adventure Running é uma prva de revezament junt à natureza que será realizada n dia 09/05/2015 (Sábad) em Gramad, n Estad d Ri Grande d Sul, cm participaçã de ambs

Leia mais

Requisitos técnicos de alto nível da URS para registros e registradores

Requisitos técnicos de alto nível da URS para registros e registradores Requisits técnics de alt nível da URS para registrs e registradres 17 de utubr de 2013 Os seguintes requisits técnics devem ser seguids pels peradres de registr e registradres para manter a cnfrmidade

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS OESTECIM A MINHA EMPRESA 1. Intrduçã e Objetivs a) O Cncurs de Ideias OESTECIM a minha empresa pretende ptenciar apareciment de prjets invadres na regiã d Oeste sempre numa perspetiva de desenvlviment ecnómic e scial. b) O Cncurs

Leia mais

Software Utilizado pela Contabilidade: Datasul EMS 505. itens a serem inventariados com o seu correspondente registro contábil;

Software Utilizado pela Contabilidade: Datasul EMS 505. itens a serem inventariados com o seu correspondente registro contábil; TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ANÁLISE DA REDUÇÃO AO VALOR RECUPERÁVEL DE ATIVO PARA CÁLCULOS DO VALOR DO IMPAIRMENT E VIDA ÚTIL RESIDUAL, EM CONFORMIDADE COM O DISPOSTO

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalaçã Prdut: n-hst Versã d prdut: 4.1 Autr: Aline Della Justina Versã d dcument: 1 Versã d template: Data: 30/07/01 Dcument destinad a: Parceirs NDDigital, técnics de suprte, analistas de

Leia mais

Roteiro de Implantação Estoque

Roteiro de Implantação Estoque Rteir de Implantaçã Estque Revisã: 23/07/2004 Abrangência Versã 7.10 Cadastrs Básics Dicas: Explique a necessidade d preenchiment ds brigatóris (camps na cr azul). Verifique se cliente necessita que mais

Leia mais

Definições Relacionadas à Política de Segurança da Informação

Definições Relacionadas à Política de Segurança da Informação Definições Relacinadas à Plítica de Segurança da Infrmaçã Área respnsável Versã Data de emissã Data de revisã Data de vigência Infrmática Crprativa - Segurança 1.2 20/08/2009 30/10/2013 01/02/2014 Objetiv

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS

PADRÃO DE RESPOSTA. Pesquisador em Informações Geográficas e Estatísticas A I PROVA 3 FINANÇAS PÚBLICAS Questã n 1 Cnheciments Específics O text dissertativ deve cmtemplar e desenvlver s aspects apresentads abaix. O papel d PPA é de instrument de planejament de médi/lng praz que visa à cntinuidade ds bjetivs

Leia mais

CRC-MG Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia. Manual do usuário

CRC-MG Central de Registro Civil de Minas Gerais Certidão Online - Serventia. Manual do usuário CRC-MG Central de Registr Civil de Minas Gerais Certidã Online - Serventia Manual d usuári Prefáci Data: 30/01/2015 Versã dcument: 1.0 1. COMO ACESSAR O MÓDULO DA CERTIDÃO ONLINE... 04 2. OPÇÕES DE PEDIDOS

Leia mais

SDK (Software Development Kit) do Microsoft Kinect para Windows

SDK (Software Development Kit) do Microsoft Kinect para Windows SDK (Sftware Develpment Kit) d Micrsft Kinect para Windws Os presentes terms de licença cnstituem um acrd entre a Micrsft Crpratin (u, dependend d lcal n qual vcê esteja dmiciliad, uma de suas afiliadas)

Leia mais

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis Manutenção. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis Manutençã Vensis Manutençã É módul que permite gerenciament da manutençã de máquinas e equipaments. Prgramaçã de manutenções preventivas u registr de manutenções crretivas pdem ser feits de frma

Leia mais

WWW.CLICK-MENTAL.COM

WWW.CLICK-MENTAL.COM Fidelity Uma estratégia de fidelizaçã de clientes WWW.CLICK-MENTAL.COM Criad pr: Click Mental - Sistemas de Infrmaçã, Lda. Fidelity Uma estratégia de fidelizaçã de clientes O que é? O Fidelity é um sftware

Leia mais

RELATOR: Senador EUNÍCIO OLIVEIRA

RELATOR: Senador EUNÍCIO OLIVEIRA De Plenári, err1 substituiçã à COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sbre Prjet de Lei da Câmara 209, de 2015, de autria d Deputad Aeltn Freitas, que altera a Lei n 8.906, de 4 de julh de 1994

Leia mais

Gestão de SHST e Ambiente. Regras de Qualidade, Ambiente e Segurança aplicáveis às entidades externas

Gestão de SHST e Ambiente. Regras de Qualidade, Ambiente e Segurança aplicáveis às entidades externas 1 / 7 I. OBJETIVO E ÂMBITO Este dcument estabelece as regras de Segurança n Trabalh e Ambiente aplicáveis a entidades que venham a desenvlver actividades dentr da RESIESTRELA, em regime de cntrat, prestaçã

Leia mais

BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO

BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO O QUE É O BENEFÍCIO AUXÍLIO CUIDADOR DO IDOSO? É um auxíli financeir que tem cm bjetiv cntribuir para, u pssibilitar, a cntrataçã de um cuidadr para auxiliar beneficiáris

Leia mais

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014

PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 QUALIDADE RS PGQP PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP 2014 GUIA PARA CANDIDATURA SUMÁRIO 1. O PRÊMIO INOVAÇÃO PGQP... 3 1.1 Benefícis... 3 2. PREMIAÇÃO... 3 2.1 Diretrizes

Leia mais

Prospeto Informativo Montepio Consumer Brands - Maio 2015 Produto Financeiro Complexo

Prospeto Informativo Montepio Consumer Brands - Maio 2015 Produto Financeiro Complexo Prspet Infrmativ Mntepi Cnsumer Brands - Mai 2015 Prdut Financeir Cmplex Designaçã Mntepi Cnsumer Brands - Mai 2015 Classificaçã Prdut Financeir Cmplex Depósit Indexad O depósit Mntepi Cnsumer Brands -

Leia mais

Manual de Procedimentos do Correspondente no País

Manual de Procedimentos do Correspondente no País Manual de Prcediments d Crrespndente n País Manual de Prcediments d Crrespndente n País A BV Financeira elabru este manual para rientar e esclarecer seus parceirs cmerciais, de frma simples e bjetiva,

Leia mais

API de Integração E-Zoop Documentação de uso

API de Integração E-Zoop Documentação de uso API de Integraçã E-Zp Dcumentaçã de us Data de Atualizaçã: 10/06/2015 Índice 1. Intrduçã... 1 2. Características... 2 Cadastr de características... 2 Exclusã de características... 4 Listagem de características...

Leia mais

CIRCULAR N/ REFª: 62/15 DATA: 13/07/2015

CIRCULAR N/ REFª: 62/15 DATA: 13/07/2015 CIRCULAR N/ REFª: 62/15 DATA: 13/07/2015 Assunt: Fund de Cmpensaçã d Trabalh e Fund de Garantia de Cmpensaçã d Trabalh Nva Platafrma de serviçs ds Funds de Cmpensaçã Exms. Senhres, Na sequência de anterires

Leia mais

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR?

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Criad em 16.10.2014 Revisad em 19.02.2015 1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Para se cadastrar, junt a Cadastr Unificad de Frnecedres d Estad CADFOR, interessad

Leia mais

Regras para Anulações e Devoluções 2014

Regras para Anulações e Devoluções 2014 Regras para Anulações e Devluções 2014 1. Regras Glbais 1. A anulaçã de uma reserva, pde implicar, quand bilhete se encntra emitid, a devluçã d preç u de parte d preç d bilhete, de acrd as regras descritas

Leia mais

DÚVIDAS SOBRE OS BENEFÍCIOS ATRIBUÍDOS AOS ANTIGOS COMBATENTES?

DÚVIDAS SOBRE OS BENEFÍCIOS ATRIBUÍDOS AOS ANTIGOS COMBATENTES? DÚVIDAS SOBRE OS BENEFÍCIOS ATRIBUÍDOS AOS ANTIGOS COMBATENTES? ÂMBITO PESSOAL O regime jurídic d serviç militar prestad em cndições especiais de dificuldade u perig, aprvad pela Lei n.º 9/2002, de 11

Leia mais

Em qualquer situação, deve ser incluída toda a informação que seja relevante para a análise e resolução da questão/problema.

Em qualquer situação, deve ser incluída toda a informação que seja relevante para a análise e resolução da questão/problema. Mdel de Cmunicaçã SIDC-Sistema Infrmaçã Descentralizad Cntabilidade Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes d Sistema de Infrmaçã Descentralizad

Leia mais

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde

Anexo V. Software de Registro Eletrônico em Saúde. Implantação em 2 (duas) Unidades de Saúde Anex V Sftware de Registr Eletrônic em Saúde Implantaçã em 2 (duas) Unidades de Saúde Índice 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESTRATÉGIAS E PROCEDIMENTOS DE IMPLANTAÇÃO... 3 4 INFRAESTRUTURA NAS UNIDADES DE SAÚDE -

Leia mais

CAE Rev_3: 47990 VENDAS AUTOMÁTICAS (VENDING)

CAE Rev_3: 47990 VENDAS AUTOMÁTICAS (VENDING) O cnteúd infrmativ dispnibilizad pela presente ficha nã substitui FUNCHAL CAE Rev_3: 47990 VENDAS AUTOMÁTICAS (VENDING) ÂMBITO A atividade de venda autmática deve bedecer à legislaçã aplicável à venda

Leia mais

2. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias. Síntese dos termos e condições gerais da Linha de Crédito PME Crescimento. Condições genéricas:

2. Condições a Observar pelas Empresas Beneficiárias. Síntese dos termos e condições gerais da Linha de Crédito PME Crescimento. Condições genéricas: 2. Cndições a Observar pelas Empresas Beneficiárias Síntese ds terms e cndições gerais da Linha de Crédit PME Cresciment ( presente dcument identifica as principais características da Linha de Crédit PME

Leia mais

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR?

1. COMO SE CADASTRAR JUNTO AO CADASTRO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Criad em 27.01.2014 Revisad em 19.02.2015 1. COMO SE CADASTRAR JUNTO UNIFICADO DE FORNECEDORES DO ESTADO - CADFOR? Para se cadastrar junt a Cadastr Unificad de Frnecedres d Estad CADFOR/SEGPLAN-GO, a entidade

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação

Os novos usos da tecnologia da informação nas empresas Sistemas de Informação Os nvs uss da tecnlgia da infrmaçã nas empresas Sistemas de Infrmaçã Prf. Marcel da Silveira Siedler siedler@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Planejament

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Prcediments Prcediments para Submissã de Prjets de MDL à Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Secretaria Executiva Cmissã Interministerial de Mudança Glbal d Clima Prcediments para

Leia mais

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA EIKON DOCUMENTS - ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA VERSÃO Eikn Dcuments 2007 Service Pack 5 (2.9.5) Fevereir de 2010 DATA DE REFERÊNCIA DESCRIÇÃO Sftware para implantaçã de sistemas em GED / ECM (Gerenciament Eletrônic

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DO GRUPO FAMILIAR (fotocópia).

IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO E DO GRUPO FAMILIAR (fotocópia). DOCUMENTAÇÃO PARA O PROUNI Cmprvaçã de dcuments Ensin Médi; Ficha de Inscriçã, Identificaçã d Candidat e d Grup Familiar; Cmprvaçã de Endereç d Candidat e d Grup Familiar; Cmprvaçã de renda d Candidat

Leia mais

Workshop Nova Legislação que regula a aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (PF)

Workshop Nova Legislação que regula a aplicação de Produtos Fitofarmacêuticos (PF) Wrkshp Nva Legislaçã que regula a aplicaçã de Prduts Fitfarmacêutics (PF) Quinta d Vallad, Vilarinh ds Freires Branca Teixeira 23 de mai de 2013 Nva Legislaçã Lei nº26/2013 de 11 de abril Regula as actividades

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA E DE ÉTICA POLÍTICA SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO

CÓDIGO DE CONDUTA E DE ÉTICA POLÍTICA SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO CÓDIGO DE CONDUTA E DE ÉTICA POLÍTICA SOBRE PRESENTES E ENTRETENIMENTO POLÍTICA SOBRE PRESENTESE ENTRETENIMENTO Oferecer u receber presentes cmerciais e entreteniment é frequentemente uma frma aprpriada

Leia mais

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES DE COMPUTADORES (GR3P30)

PIM TECNOLOGIA EM GERENCIAMENTO DE REDES DE COMPUTADORES (GR3P30) UNIP Brasília - Crdenaçã CG/CW/GR/AD Senhres Aluns, Seguem infrmações imprtantes sbre PIM: 1. O QUE É? - Os PIM (Prjet Integrad Multidisciplinar) sã prjets brigatóris realizads els aluns ds curss de graduaçã

Leia mais