FICHA DE TRABALHO. 1. Analise os esquemas da Figura 1. A B C D E. Figura 1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FICHA DE TRABALHO. 1. Analise os esquemas da Figura 1. A B C D E. Figura 1"

Transcrição

1 1. Analise os esquemas da Figura 1. A B C D E Figura Ordene as letras de A a E, de modo a sequenciar os vários níveis de organização biológica. Inicie a ordenação pela unidade básica da vida. 2. Leia atentamente o texto seguinte, publicado pelo projecto ChEss, que se dedica ao estudo da quimiossíntese em ecossistemas aquáticos profundos Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta. Os ecossistemas referidos no texto caracterizam-se por ter (A) Grande variedade de espécies, baixo número de indivíduos por cada população e presença de luz. (B) Pequena variedade de espécies, grande número de indivíduos por cada população e presença de luz. (C) Pequena variedade de espécies, grande número de indivíduos por cada população e ausência de luz. (D) Grande variedade de espécies, baixo número de indivíduos por cada população e ausência de luz. 1

2 2.2. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta. Uma população é: (A) O conjunto de todos os indivíduos que vivem no mesmo local. (B) O conjunto de várias comunidades bióticas. (C) O conjunto de todos os seres vivos e todos os ambientes. (D) O conjunto de seres vivos, da mesma espécie, que vive num determinado local, num determinado período de tempo. 3. Estabeleça a correspondência entre as letras da coluna I e os números da coluna II. A - Produtor B - Consumidor C - Decompositor D - Ecossistema E - População F - Comunidade G - Cadeia alimentar H - Teia alimentar 1 Ser vivo capaz de elaborar matéria orgânica a partir de matéria inorgânica, utilizando, para isso, uma fonte de energia externa. 2 Ser vivo que obtém a matéria orgânica a partir de detritos vegetais, cadáveres e excrementos, transformando-a em matéria mineral. 3 Sequência de seres vivos que se relacionam a nível alimentar. 4 Ser vivo incapaz de produzir compostos orgânicos a partir de compostos inorgânicos, tendo que se alimentar da matéria elaborada pelos produtores. 5 Conjunto de populações que habitam uma determinada área. 6 Conjunto de sequências interligadas de seres vivos que se relacionam a nível alimentar. 7 Conjunto de seres vivos que vivem numa determinada área, dos factores abióticos e das interacções recíprocas que entre eles se estabelecem. 8 Conjunto de seres vivos da mesma espécie que habitam uma determinada área. 4. Analise a teia alimentar representada na figura 2. Figura Esquematize uma cadeia alimentar, identificando os níveis tróficos que a constituem Considere que na comunidade em questão é introduzida uma espécie que se alimenta de pardais Com a introdução dessa espécie explique o que poderá ocorrer com as populações de insectos e com as populações de plantas que lhes servem de alimento. 2

3 5. A Figura 3 representa, esquematicamente, um conjunto de relações alimentares que se estabelecem entre seres vivos de um ecossistema Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta. Se a população de cobras sofresse uma diminuição brusca no número de indivíduos, numa primeira fase, aumentaria a população de (A) estorninhos. (B) gafanhotos. (C) rãs. (D) aranhas As afirmações seguintes dizem respeito à estrutura e funcionamento dos ecossistemas. Seleccione a alternativa que as avalia correctamente. 1. Num ecossistema só os seres vivos interagem. 2. É nos ambientes extremos que a vida é mais diversificada. 3. A vida na Terra está confinada a uma zona, a biosfera. (A) 3 é verdadeira; 1 e 2 são falsas. (B) 1 e 2 são verdadeiras; 3 é falsa. (C) 2 e 3 são verdadeiras; 1 é falsa. (D) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas. 3

4 5.3. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta. Num ecossistema, os decompositores são geralmente. (A) Fungos. (B) Animais e bactérias. (C) Bactérias. (D) Fungos e bactérias Faça corresponder a cada uma das afirmações de A a E o nível de organização biológica respectivo, indicado na chave: Afirmações A Plantas da mesma espécie neste ecossistema. B As raposas que se cruzam entre si originam descendência fértil. C É a unidade básica estrutural constituinte dos fungos do ecossistema. D Os seres que habitam o ecossistema interagem entre eles e com o meio. E São os seres vivos que habitam no solo. Chave I Ecossistema II Célula III Espécie IV Comunidade V Organismo VI Tecido VII População VIII Órgão 6. Defina célula procariótica. 7. Mencione duas diferenças entre célula procariótica e célula eucariótica. 4

5 8. Os esquemas A e B representam parte de 2 células onde se observam algumas estruturas celulares. Figura Estabeleça a correspondência entre as letras (A a I) e os números dos esquemas, de modo a identificar as estruturas celulares. (A) Complexo de Golgi (B) Parede celular (C) Mitocôndria (D) Membrana plasmática (E) Retículo endoplasmático rugoso (F) Ribossomas (G) Vacúolo (H) Cloroplasto (I) Núcleo 8.2. Estabeleça a correspondência entre as letras (A a I) e os números dos esquemas, de modo a identificar as funções das estruturas celulares. (A) Controle da actividade celular (B) Fotossíntese (C) Secreção (D) Armazenamento de substâncias (E) Troca de substâncias com o exterior (F) Síntese e transporte de substâncias (G) Protecção e suporte (H) Síntese de proteínas (I) Obtenção de energia 8.3. As células A e B são, respectivamente: (A) Eucariótica animal e eucariótica vegetal. (B) Eucariótica vegetal e eucariótica animal. (C) Procariótica animal e procariótica vegetal. (D) Procariótica vegetal e procariótica animal. 5

6 9. Observe as figuras 5 e 6. Figura 5 Figura Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta. A célula representada na figura 5 pode ser considerada: (A) Procariótica animal. (B) Procariótica vegetal. (C) Eucariótica animal. (D) Eucariótica vegetal Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das afirmações seguintes, relativas a aspectos presentes nas figuras 5 e 6. (A) Na célula da figura 5 o organito onde é produzida energia sob a forma de ATP é o organito número 7. (B) O organito celular representado pelo número 3 tem como função principal a síntese proteica. (C) Os ribossomas podem estar associados ao retículo endoplasmático, passando este a denominar-se retículo endoplasmático rugoso. (D) O organito representado pelo número 8 participa na síntese de compostos orgânicos através do processo fotossintético Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de modo a obter uma afirmação correcta. Para o conhecimento da ultra-estrutura de diversos organitos celulares o microscópio electrónico (M.E.) foi fundamental mas, ainda assim, o M.O.C. tem a vantagem de permitir: (A) A observação de organitos como os ribossomas. (B) O estudo da célula viva. (C) A observação do material genético. (D) O estudo sem utilização de corantes. 6

7 9.4. Faça corresponder a cada uma das afirmações de A a E o organito respectivo, indicado na chave. Afirmações A Regula o fluxo de materiais entre a célula e o meio. B Fundamentais para a síntese de proteínas. C Presente apenas nas células eucarióticas. D Envolvidas em processos de obtenção de energia. E Envolvidos na síntese de matéria orgânica, que ocorre nas células dos produtores. Chave I Núcleo II Vacúolo III Membrana celular IV Parede celular V Cloroplastos VI Mitocôndrias VII Retículo endoplasmático rugoso VIII Ribossomas 10. A extinção das espécies constitui, cada vez mais, um grave problema a nível do nosso planeta. Esta situação leva-nos a pensar cada vez mais na sua conservação. Leia com atenção o texto que se segue. O lince ibérico é considerado o carnívoro mais ameaçado da Europa. Existem apenas duas populações genética e demograficamente viáveis em Espanha. Em Portugal, a presença de linces é ocasional. Outrora abundantes, as populações do lince entraram em regressão generalizada devido à destruição e substituição do habitat favorável, à diminuição das populações de coelhos bravos, à caça furtiva, atropelamentos, armadilhas, montarias e à fragmentação das populações Refira três causas de extinção do lince ibérico em Portugal Refere três benefícios que resultam da conservação das espécies. 11. No Japão, uma indústria lançava dejectos contendo mercúrio na baía de Minamata desde 1930, mas somente 20 anos depois começaram a surgir sintomas da contaminação: morriam peixes, moluscos e aves. Em 1956 foi registado o primeiro caso de intoxicação humana: uma criança com danos cerebrais. Outros casos foram observados depois desta data e a doença ficou conhecida como mal de Minamata Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta. Os dados apresentados no texto permitem inferir que o mercúrio: (A) É uma substância biodegradável. (B) É uma substância apenas letal para os invertebrados. (C) Concentra-se nos tecidos dos organismos ao longo das cadeias alimentares. (D) Afecta produtores e consumidores das cadeias alimentares. 7

8 11.2. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte, de forma a obter uma afirmação correcta. Se uma comunidade estiver exposta ao mercúrio, espera-se encontrar organismos com maiores concentrações desse metal pesado no seguinte nível trófico: (A) Produtores. (B) Consumidores primários. (C) Consumidores secundários. (D) Consumidores terciários. 12. Considera a reacção: Figura Complete as frases. (A) O número de monómeros representados na figura é de. (B) A reacção representada é uma reacção de. (C) Dado serem constituídos por carbono, oxigénio e hidrogénio, a glicose, a frutose e a sacarose classificam-se como. (D) O único composto inorgânico representado é a. Bom trabalho! 8

FICHA DE TRABALHO. 1. Analise os esquemas da Figura 1. A B C D E. Figura 1

FICHA DE TRABALHO. 1. Analise os esquemas da Figura 1. A B C D E. Figura 1 1. Analise os esquemas da Figura 1. A B C D E Figura 1 1.1. Ordene as letras de A a E, de modo a sequenciar os vários níveis de organização biológica. Inicie a ordenação pela unidade básica da vida. CBDEA

Leia mais

BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º ANO

BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º ANO BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º ANO 1 1. O mundo vivo encontra-se organizado em níveis de complexidade crescente. Na figura seguinte estão representados esses níveis de organização biológica. 1.1. Complete o esquema

Leia mais

A disposição da vida na Terra

A disposição da vida na Terra Aula 01 A disposição da vida na Terra O que é a vida? Existe vida em outros planetas? Podemos viver sem o Sol? O nosso sistema solar possui os seguintes planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte Júpiter,

Leia mais

A CÉLULA. Natércia Charruadas 2011. Biologia e Geologia 10º ano

A CÉLULA. Natércia Charruadas 2011. Biologia e Geologia 10º ano A CÉLULA Natércia Charruadas 2011 Biologia e Geologia 10º ano O entendimento dos processos biológicos depende do conhecimento da célula enquanto unidade fundamental da Vida. As dimensões das células, geralmente

Leia mais

Qual a fonte primária de energia nos ecossistemas?

Qual a fonte primária de energia nos ecossistemas? Ciências Naturais 8.º ano Fluxos de Energia e Ciclo de Matéria Qual a fonte primária de energia nos ecossistemas? O Sol é a fonte primária de Energia para a vida dos Ecossistemas. Energia Solar Energia

Leia mais

A CÉLULA EUCARIÓTICA

A CÉLULA EUCARIÓTICA A CÉLULA EUCARIÓTICA ... A célula é a unidade básica, estrutural e funcional de todos os seres vivos... A maioria das células têm um tamanho de 10 a 100 micrômetros e formas variadas QUAIS AS DIFERENÇAS

Leia mais

A Célula. Depois do aprimoramento desse instrumento tornou- se possível o estudo da célula. É a área da Biologia responsável pelo estudo da célula.

A Célula. Depois do aprimoramento desse instrumento tornou- se possível o estudo da célula. É a área da Biologia responsável pelo estudo da célula. A Célula Citologia É a área da Biologia responsável pelo estudo da célula. Microscópio Depois do aprimoramento desse instrumento tornou- se possível o estudo da célula. Elab.: Prof. Gilmar 2 Elab.: Prof.

Leia mais

BIOLOGIA 10º. Módulo inicial Diversidade na Biosfera

BIOLOGIA 10º. Módulo inicial Diversidade na Biosfera BIOLOGIA 10º Módulo inicial Diversidade na Biosfera Biologia 2 Ciência que se dedica ao estudo da vida e dos fenómenos que com ela estão intimamente relacionados. 3 Biologia 4 A vida e os seres vivos Questão

Leia mais

FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 2. Célula

FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 2. Célula FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 2 A célula e o transporte transmembranar Célula Teoria celular a célula é a unidade estrutural e funcional de todos os organismos; as novas células formam-se

Leia mais

Prof. Giovani - Biologia

Prof. Giovani - Biologia Prof. Giovani - Biologia 1.(UFRS) Tanto em uma célula eucarionte quanto em uma procarionte podemos encontrar: a) membrana plasmática e retículo endoplasmático. b) ribossomos e aparelho de Golgi. c) mitocôndrias

Leia mais

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CN 7º Ano Teste Diagnóstico: Condições que permitem a existência de Vida na Terra

Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CN 7º Ano Teste Diagnóstico: Condições que permitem a existência de Vida na Terra Bem Explicado Centro de Explicações Lda. CN 7º Ano Teste Diagnóstico: Condições que permitem a existência de Vida na Terra Nome: Data: / / 1. Completa os espaços em branco, das afirmações que se seguem,

Leia mais

DÚVIDAS MAIS COMUNS :: BIOLOGIA E GEOLOGIA 10

DÚVIDAS MAIS COMUNS :: BIOLOGIA E GEOLOGIA 10 Livro Interactivo 3D Permite Fazer Anotações e Imprimir Dúvidas Mais Comuns BIO 10 Flipping Book http://netxplica.com DÚVIDAS MAIS COMUNS :: BIOLOGIA E GEOLOGIA 10 http://netxplica.com 1. Diversidade na

Leia mais

Características gerais

Características gerais Citoplasma Citoplasma Características gerais Um vertebrado é formado por dezenas de tipos de células. Citoplasma Características gerais Um vertebrado é formado por dezenas de tipos de células. Neurônio

Leia mais

Aula 2. Teias alimentares, Cadeias Alimentares e Pirâmides Ecológicas.

Aula 2. Teias alimentares, Cadeias Alimentares e Pirâmides Ecológicas. Aula 2 Teias alimentares, Cadeias Alimentares e Pirâmides Ecológicas. Introdução Segundo sua definição (ver aula 1), em ecologia podemos estudar as relações entre os indivíduos do meio biótico, seja ao

Leia mais

BIOLOGIA CITOLOGIA E DIVISÃOCELULAR PROF ESTEVAM

BIOLOGIA CITOLOGIA E DIVISÃOCELULAR PROF ESTEVAM BIOLOGIA CITOLOGIA E DIVISÃOCELULAR PROF ESTEVAM PADRÕES CELULARES 1) (VUNESP) Os procariontes diferenciam-se dos eucariontes porque os primeiros, entre outras características, a) não possuem material

Leia mais

COMPONENTE CURRICULAR: Ciências Prof a Angélica Frey ANO: 6 o LISTA DE CONTEÚDOS. 1 O Trimestre:

COMPONENTE CURRICULAR: Ciências Prof a Angélica Frey ANO: 6 o LISTA DE CONTEÚDOS. 1 O Trimestre: COMPONENTE CURRICULAR: Ciências Prof a Angélica Frey ANO: 6 o 1 O Trimestre: LISTA DE CONTEÚDOS Ecologia o Níveis de organização: organismo, população, comunidade, ecossistema, bioma. o Componentes do

Leia mais

Célula Procarionte X Célula Eucarionte

Célula Procarionte X Célula Eucarionte Célula Procarionte X Célula Eucarionte Células procarióticas (grego protos, primitivo, e Karyon, núcleo) Núcleo antigo Surgimento a bilhões de anos atrás Bactérias e Cianobactérias (algas) Não apresenta

Leia mais

Professor: Paulo Disciplina: Biologia Campus Aquidauana CITOLOGIA

Professor: Paulo Disciplina: Biologia Campus Aquidauana CITOLOGIA Professor: Paulo Disciplina: Biologia Campus Aquidauana CITOLOGIA CITOLOGIA A área da Biologia que estuda a célula, no que diz respeito à sua estrutura e funcionamento. Kytos (célula) + Logos (estudo)

Leia mais

Exercício A. Tabuleiro Nº de folhas inicial Nº de folhas final (enraizadas e prontas para transplantar A 15 8 B 15 2 C 15 14 D 15 0

Exercício A. Tabuleiro Nº de folhas inicial Nº de folhas final (enraizadas e prontas para transplantar A 15 8 B 15 2 C 15 14 D 15 0 1 Exercício A 1.- Considera o seguinte procedimento experimental: 1. Marque 4 tabuleiros com as letras A, B, C e D e encha-os até metade da sua altura com uma mistura de turfa e granulado de esferovite.

Leia mais

Origem da vida. Professor Fláudio

Origem da vida. Professor Fláudio Origem da vida Professor Fláudio Origem da vida Objetivos desta aula Entender as teorias que explicam a origem dos primeiros seres vivos. Diferentes tipos de células e seus componentes químicos. Níveis

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO DISCIPLINA DE BIOLOGIA E GEOLOGIA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO DISCIPLINA DE BIOLOGIA E GEOLOGIA ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO DISCIPLINA DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 10ºano Nome: Nº: Turma: Ficha de Trabalho Tema: A célula, biomoléculas e transporte. Data: / / 1. A descoberta do facto de todos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MOUZINHO DA SILVEIRA

ESCOLA SECUNDÁRIA MOUZINHO DA SILVEIRA ESCOLA ESCOLA SECUNDÁRIA MOUZINHO DA SILVEIRA ANO LETIVO: 2015/2016 SERVIÇO DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS- GRUPO 520 DATA: 9/ 9 /2015 ASSUNTO PLANIFICAÇÃ ANUAL DE CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 10 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 A Educação sozinha não faz grandes mudanças, mas nenhuma grande

Leia mais

1. Leia atentamente o texto seguinte, publicado pelo projecto ChEss, que se dedica ao estudo da quimiossíntese em ecossistemas aquáticos profundos.

1. Leia atentamente o texto seguinte, publicado pelo projecto ChEss, que se dedica ao estudo da quimiossíntese em ecossistemas aquáticos profundos. 1. Leia atentamente o texto seguinte, publicado pelo projecto ChEss, que se dedica ao estudo da quimiossíntese em ecossistemas aquáticos profundos. 1.1. Seleccione a alternativa que completa a frase seguinte,

Leia mais

Ficha de trabalho. 1. Observa a figura 1 que representa as relações tróficas em dois ecossistemas. Figura 1

Ficha de trabalho. 1. Observa a figura 1 que representa as relações tróficas em dois ecossistemas. Figura 1 Ficha de trabalho 1. Observa a figura 1 que representa as relações tróficas em dois ecossistemas. Figura 1 1.1 Relativamente ao ecossistema terrestre considerado, esquematize uma cadeia alimentar. Bactéria

Leia mais

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Teste de avaliação Nome ----------------------------------------------------------------------- Numero -------------------------------

Leia mais

5º Teste Sumativo (60 minutos)

5º Teste Sumativo (60 minutos) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO 5º Teste Sumativo (60 minutos) DISCIPLINA DE BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º Ano - Turma A TEMA : Componente de Biologia Diversidade na biosfera e obtenção de matéria pelos

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DE PRIMAVERA DO LESTE - MT

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DE PRIMAVERA DO LESTE - MT FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS, BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DE PRIMAVERA DO LESTE - MT Ecologia Conceito e Histórico Profa. Msc. Viviane M. Mattos ECOLOGIA Do grego: oikos Casa logos Estudo Ciência que estuda

Leia mais

A célula como unidade básica da biodiversidade

A célula como unidade básica da biodiversidade C1 A célula como unidade básica da biodiversidade Diversidade de vida Mamíferos Lontra Raposa Golfinho Aves Abelharuco Flamingo Peneireiro Répteis Sardão Plantas Carvalho Borboleta Insetos Peixes Tubarão

Leia mais

Cadeias alimentares. Observe as ilustrações abaixo: www.interaulaclube.com.br. Açúcar é Energia

Cadeias alimentares. Observe as ilustrações abaixo: www.interaulaclube.com.br. Açúcar é Energia A U A UL LA Cadeias alimentares Atenção Observe as ilustrações abaixo: Açúcar é Alegria, É prazer e energia! Recupera sua energia 30% mais rápido! ENERGIA QUE DÁ GOSTO Açúcar é Energia Por que essas frases

Leia mais

10º ANO MÓDULO 2 (dois) F i c h a d e p r e p a r a ç ã o p a r a o t e s t e d o d i a 31 d e M a r ç o GRUPO I

10º ANO MÓDULO 2 (dois) F i c h a d e p r e p a r a ç ã o p a r a o t e s t e d o d i a 31 d e M a r ç o GRUPO I E S C O L A S E C U N D Á R I A A N T Ó N I O S É R G I O 10º ANO MÓDULO 2 (dois) F i c h a d e p r e p a r a ç ã o p a r a o t e s t e d o d i a 31 d e M a r ç o 2 7-03- 201 4 GRUPO I 1 1 Os seres vivos

Leia mais

Fluxo de Energia e Circulação de Matéria nos Ecossistemas. Ciências Naturais 8º ano

Fluxo de Energia e Circulação de Matéria nos Ecossistemas. Ciências Naturais 8º ano Fluxo de Energia e Circulação de Matéria nos Ecossistemas Qual é a principal fonte de energia nos ecossistemas? A principal fonte de energia é o Sol. Como é que a energia solar é captada pelos seres vivos?

Leia mais

7ª série Ciências Naturais

7ª série Ciências Naturais 7ª série Ciências Naturais Lista de exercícios O homem vive em sociedade e dependem do ambiente para supri todas as suas necessidades. As grandes funções vitais são desempenhadas por sistemas orgânicos,

Leia mais

CIÊNCIAS. Utilizando as palavras do quadro abaixo, complete adequadamente as frases: (6 2cd)

CIÊNCIAS. Utilizando as palavras do quadro abaixo, complete adequadamente as frases: (6 2cd) Nome do Aluno Turma 4º ANO Carteira Nº Questões 9 Tipo Data 19/mar/10 Disciplina CIÊNCIAS Bimestre 1º Nota Pensando no que você estudou sobre habitat, nicho ecológico e ecossistema, resolva sua prova com

Leia mais

LIPÍDIOS. 1º ano Pró Madá

LIPÍDIOS. 1º ano Pró Madá LIPÍDIOS 1º ano Pró Madá O QUE SÃO? Também chamados de gorduras Compostos com estrutura molecular variada principalmente, por moléculas de hidrogênio, oxigênio, carbono Característica principal insolubilidade

Leia mais

Biologia FUVEST 2001

Biologia FUVEST 2001 Q.01 "Humilhação dessas lombrigas / humilhação de confessá-las (...) / o que é pior: mínimo verme / quinze centímetros modestos (...) / enquanto Zé, rival na escola (...), / ele expeliu entre ohs! e ahs!

Leia mais

Planificação anual de Ciências Naturais 8º Ano de escolaridade

Planificação anual de Ciências Naturais 8º Ano de escolaridade Departamento de Ciências Experimentais Grupo de Recrutamento 520 - Biologia e Geologia Planificação anual de Ciências Naturais 8º Ano de escolaridade 2013/14 Tema Organizador: Terra no Espaço Conteúdos

Leia mais

Aula 3 Organelas. Níveis de organização dos seres vivos: Observe, abaixo, a célula animal com as principais organelas. Citoplasma Membrana plasmática

Aula 3 Organelas. Níveis de organização dos seres vivos: Observe, abaixo, a célula animal com as principais organelas. Citoplasma Membrana plasmática Aula 3 Organelas Organelas ou organóides são estruturas encontradas no citoplasma celular com função específica, que auxiliam no seu funcionamento, como iremos descrever. Níveis de organização dos seres

Leia mais

Resumidamente, podemos sintetizar assim as características gerais dos seres vivos.

Resumidamente, podemos sintetizar assim as características gerais dos seres vivos. 1 2 Resumidamente, podemos sintetizar assim as características gerais dos seres vivos. 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 Os heterótrofos podem ser: consumidores: alimentam-se de outros organismos. Todos

Leia mais

Disciplina de Biologia e Geologia 10º ANO Ficha de Avaliação Sumativa Nome: Nº: Turma:10ºB Data: 26/10/2007

Disciplina de Biologia e Geologia 10º ANO Ficha de Avaliação Sumativa Nome: Nº: Turma:10ºB Data: 26/10/2007 Disciplina de Biologia e Geologia 10º ANO Ficha de Avaliação Sumativa Nome: Nº: Turma:10ºB Data: 2/10/2007 Leia com atenção e responda sucintamente às questões que se seguem! Cotação (pontos) I A Biosfera

Leia mais

BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR 1º S_2009_2010_1º Teste 16/11/2009

BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR 1º S_2009_2010_1º Teste 16/11/2009 BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR 1º S_2009_2010_1º Teste 16/11/2009 (Duração: 1,5 h) Nome do Aluno: Nº: Curso: Cada uma das questões de escolha múltipla (1 à 32) tem a cotação de 0,6 valores. Será descontado

Leia mais

Constituição do sangue e o sistema circulatório

Constituição do sangue e o sistema circulatório Constituição do sangue e o sistema circulatório I O sangue é um líquido viscoso, opaco e de cor vermelha, que assegura o equilíbrio fundamental para a nossa sobrevivência 1. Quais as funções do sangue?

Leia mais

Eucarioto: Organelas Celulares

Eucarioto: Organelas Celulares Universidade de São Paulo Escola de Engenharia de Lorena Departamento de Biotecnologia Curso: Engenharia Ambiental Componentes do Citoplasma Eucarioto Citosol: rico em água e susbstâncias (proteínas, íons,

Leia mais

CÉLULA VEGETAL E PAREDE CELULAR

CÉLULA VEGETAL E PAREDE CELULAR Universidade Federal do Pampa Campus de São Gabriel Centro de Ciências Rurais Curso de Ciências Biológicas CÉLULA VEGETAL E PAREDE CELULAR Monitora: Rosangela Gonçalves Célula Vegetal As células vegetais

Leia mais

Estrutura Celular. Célula Animal

Estrutura Celular. Célula Animal Estrutura Celular Membrana Plasmática Hialoplasma(Citoplasma )& Citoesqueleto Parede Celular (exclusivo célula Vegetal) Núcleo Organelas celulares Célula Animal Hialoplasma Composição: 70 a 80% de água

Leia mais

Planificação Anual de Ciências Naturais 8ºano

Planificação Anual de Ciências Naturais 8ºano Planificação Anual de Ciências Naturais 8ºano Colégio Teresiano 2011*2012 COMPETÊNCIAS GERAIS A DESENVOLVER: (1) Mobilizar saberes culturais, científicos e tecnológicos para compreender a realidade e para

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE BIOLOGIA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE BIOLOGIA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Bactérias foram colocadas para crescer em uma placa de Petri, que contém meio de cultura adequado. Posteriormente, as colônias que cresceram foram transferidas

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 5º ANO 2014/2015

PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 5º ANO 2014/2015 PLANIFICAÇÃO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 5º ANO 2014/2015 Domínio Subdomínio Objetivo Geral Descritores Conteúdos Atividades Recursos Avaliação Calendarização ORGANIZAÇÃO DO ANO LETIVO - INTRODUÇÃO 1. Compreender

Leia mais

Ecossistemas Interações seres vivos - ambiente FATORES DO AMBIENTE FATORES BIÓTICOS FATORES ABIÓTICOS Relações que os seres vivos estabelecem entre si. Fatores do ambiente que influenciam os seres vivos.

Leia mais

Fluxo de energia e ciclo da matéria - Introdução. Hélder Giroto Paiva - EPL

Fluxo de energia e ciclo da matéria - Introdução. Hélder Giroto Paiva - EPL Fluxo de energia e ciclo da matéria - Introdução EPL Hélder Giroto Paiva - EPL 2 Os ecossistemas estão em constante alteração, mesmo que à primeira vista pareçam estáticos e imutáveis. 3 As condições abióticas,

Leia mais

Conceitos - Ecossistemas

Conceitos - Ecossistemas Conceitos - Ecossistemas Evolução dos conceitos de Ecossistema - Lotka (1925): uso de princípios da termodinâmica, enfocando as transformações de massa entre os seus componentes - Elton (1927): conceito

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2014 1ª fase

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2014 1ª fase 1- O tecido muscular cardíaco apresenta fibras a) lisas, de contração voluntária e aeróbia. b) lisas, de contração involuntária e anaeróbia. c) estriadas, de contração involuntária e aeróbia. d) estriadas,

Leia mais

ORGANELAS CELULARES - PROF. GUSTA

ORGANELAS CELULARES - PROF. GUSTA 1. (Fuvest-SP) O esquema representa um corte de uma célula, observado ao microscópio eletrônico. Identifique as estruturas indicadas pelas setas e cite suas principais funções. 2. (UNICAMP) A figura a

Leia mais

Do D.N.A. à síntese proteica. Descoberta do D.N.A. e da sua estrutura

Do D.N.A. à síntese proteica. Descoberta do D.N.A. e da sua estrutura Do D.N.A. à síntese proteica Descoberta do D.N.A. e da sua estrutura Do DNA ao organismo! Para percorrer este caminho temos que responder à questão que se segue: Onde se localiza a informação genética?

Leia mais

1. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são, respectivamente:

1. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são, respectivamente: COLÉGIO JOÃO PAULO I ENSINO MÉDIO 2009 CITOLOGIA PROF. XANDI 1. Os principais carboidratos de reserva nos vegetais e animais são, respectivamente: a) amido e glicogênio b) glicose e maltose c) sacarose

Leia mais

Ficha de Trabalho. Tema - A terra e os seus subsistemas em interação

Ficha de Trabalho. Tema - A terra e os seus subsistemas em interação Ficha de Trabalho Tema - A terra e os seus subsistemas em interação O Planeta Terra é uma porção limitada do Universo em constante interação com outros componentes do mesmo. O nosso planeta faz parte de

Leia mais

Biologia e Bioquímica II 2009/2010

Biologia e Bioquímica II 2009/2010 Biologia e Bioquímica II 009/010 Módulo II - Mitocôndria Sessão 6 Ficha de trabalho 1. Qual a importância energética da glicólise se no balanço final só há produção de ATP e, por cada molécula de glicose

Leia mais

1. (Unicamp 2015) A figura abaixo representa relações existentes entre organismos vivos.

1. (Unicamp 2015) A figura abaixo representa relações existentes entre organismos vivos. 1. (Unicamp 2015) A figura abaixo representa relações existentes entre organismos vivos. a) O que é representado na figura? Que tipo de organismo é representado por X? b) Qual seria a consequência do desaparecimento

Leia mais

Material de estudo. Série/Ano Turma(s) Turno Nota 7º A Vespertino. Disciplina: Ciências Professor(a): ALINY INOCÊNCIO Data Aluno (a): Nº

Material de estudo. Série/Ano Turma(s) Turno Nota 7º A Vespertino. Disciplina: Ciências Professor(a): ALINY INOCÊNCIO Data Aluno (a): Nº Polícia Militar do Estado de Goiás CPMG Nader Alves dos Santos Ano Letivo - 2016 Material de estudo Série/Ano Turma(s) Turno Nota 7º A Vespertino A CÉLULA A célula é a menor unidade estrutural básica do

Leia mais

Ficha de Trabalho para Avaliação Biologia (12º ano)

Ficha de Trabalho para Avaliação Biologia (12º ano) Ficha de Trabalho para Avaliação Biologia (12º ano) Ano Lectivo: 2008/2009 Nome: Nº Turma: CT Curso: CH-CT Data: Maio 2009 Docente: Catarina Reis Poluentes e Contaminantes 1. Os poluentes podem ser avaliados

Leia mais

MATRÍCULA: EXERCÍCIOS SOBRE CITOPLASMA. Questões objetivas. Considerando-se A a célula vegetal e B a célula animal, indique o que for correto.

MATRÍCULA: EXERCÍCIOS SOBRE CITOPLASMA. Questões objetivas. Considerando-se A a célula vegetal e B a célula animal, indique o que for correto. MATRÍCULA: Lista de Exercícios Biologia Geral e Evolução Código 120162 SOBRE CITOPLASMA Questões objetivas 1) (UEM-PR) Os itens de l a Vil, abaixo, referem-se a componentes da célula. Retículo endoplasmático

Leia mais

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Rua Prof Guilherme Butler, 792 - Barreirinha - CEP 82.700-000 - Curitiba/PR Fone: (41) 3053-8636 - e-mail: ease.acp@adventistas.org.br

Leia mais

POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS. Maria Aparecida Salles Franco Curso de Veterinária Disciplina: Forragicultura e Plantas Tóxicas

POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS. Maria Aparecida Salles Franco Curso de Veterinária Disciplina: Forragicultura e Plantas Tóxicas POTENCIAL DE PRODUÇÃO DE PLANTAS FORRAGEIRAS Maria Aparecida Salles Franco Curso de Veterinária Disciplina: Forragicultura e Plantas Tóxicas Um pouco sobre nutrientes nos alimentos Do ano de 1917 para

Leia mais

Metabolismo Energético das Células. Processos Exergônicos: Respiração Celular Fermentação

Metabolismo Energético das Células. Processos Exergônicos: Respiração Celular Fermentação Metabolismo Energético das Células Processos Exergônicos: Respiração Celular Fermentação Introdução Processos endergônicos - Característica: Precisam receber energia. - Ex.: Fotossíntese e quimiossíntese.

Leia mais

BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2

BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2 BIOSFERA E SEUS ECOSSISTEMAS Cap.2 Conceitos Básicos ECOLOGIA Oikos =casa; logos= ciência É a ciência que estuda as relações entre os seres vivos entre si e com o ambiente onde eles vivem Estuda as formas

Leia mais

Professora Leonilda Brandão da Silva

Professora Leonilda Brandão da Silva COLÉGIO ESTADUAL HELENA KOLODY E.M.P. TERRA BOA - PARANÁ Professora Leonilda Brandão da Silva E-mail: leonildabrandaosilva@gmail.com http://professoraleonilda.wordpress.com/ Capítulo 14 Leitura texto introdutório

Leia mais

a) As oscilações de duas populações como as observadas no gráfico sugerem qual tipo de relação ecológica?

a) As oscilações de duas populações como as observadas no gráfico sugerem qual tipo de relação ecológica? LISTA DE EXERCÍCIOS BIOLOGIA 1. Can two species that never come in contact with each other compete for the same resource? Explain your answer. 2. (UFV-MG) O gráfico abaixo representa a variação do tamanho

Leia mais

Materiais 24-02-2016. Os materiais naturais raramente são utilizados conforme os encontramos na Natureza.

Materiais 24-02-2016. Os materiais naturais raramente são utilizados conforme os encontramos na Natureza. Manual (10-13) Constituição do mundo material Substâncias e misturas de substâncias Propriedades físicas dos Separação dos componentes de uma mistura Transformações físicas e transformações químicas Vídeo

Leia mais

BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º ANO

BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º ANO BIOLOGIA E GEOLOGIA 10º ANO Leia atentamente todas as questões e responda de forma objetiva. 1. O mundo vivo encontra-se organizado em níveis de complexidade crescente. Na figura seguinte estão representados

Leia mais

1) (Fuvest-SP) 2) (Mackenzie-SP) 3) (UDESC-SC) 4) (ENEM) 5) (UNIOESTE-PR)

1) (Fuvest-SP) 2) (Mackenzie-SP) 3) (UDESC-SC) 4) (ENEM) 5) (UNIOESTE-PR) 1) (Fuvest-SP) As mitocôndrias são consideradas as casas de força das células vivas. Tal analogia refere-se ao fato de as mitocôndrias: a) estocarem moléculas de ATP produzidas na digestão de alimentos.

Leia mais

Avaliação Ciências 6º ano Unidade 7

Avaliação Ciências 6º ano Unidade 7 1. A ilustração abaixo representa um ecossistema. Com relação a esse ecossistema responda: a) O que é um ecossistema? b) Quais são os componentes vivos representados? c) Cite alguns dos elementos não vivos

Leia mais

1º ano Pró Madá TEORIAS MODERNAS SOBRE ORIGEM DA VIDA

1º ano Pró Madá TEORIAS MODERNAS SOBRE ORIGEM DA VIDA 1º ano Pró Madá TEORIAS MODERNAS SOBRE ORIGEM DA VIDA Panspermia cósmica As substâncias que contribuíram para a formação das primeiras formas de vida podem ter chegado ao planeta, e não terem sido formadas

Leia mais

FISIOLOGIA DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO VEGETAL. Katia Christina Zuffellato-Ribas

FISIOLOGIA DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO VEGETAL. Katia Christina Zuffellato-Ribas FISIOLOGIA DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO VEGETAL Katia Christina Zuffellato-Ribas Bióloga, Dra. Departamento de Botânica - Setor de Ciências Biológicas UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ kazu@ufpr.br FISIOLOGIA

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Instituto Politécnico de Lisboa MODELO DE QUESTÕES DA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Instituto Politécnico de Lisboa MODELO DE QUESTÕES DA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Instituto Politécnico de Lisboa MODELO DE QUESTÕES DA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA Concurso especial para maiores de 23 anos Ano Lectivo 2012/2013 NOTA:

Leia mais

1. O que é citoplasma e quais são suas subdivisões? 3. O que é citoesqueleto, do que ele é composto e qual sua função?

1. O que é citoplasma e quais são suas subdivisões? 3. O que é citoesqueleto, do que ele é composto e qual sua função? Estudo Dirigido: Citoplasma, Citoesqueleto, Citosol, Retículo Endoplasmático, Aparelho de Golgi, Lisossomos e Peroxissomos Disciplina: Biologia Celular e Molecular Docente: Profa. Dra. Marilanda Ferreira

Leia mais

TRANSPORTE DE SOLUTOS ATRAVÉS DAS MEMBRANAS CELULARES. Prof. Dr. ROBERTO CEZAR LOBO DA COSTA

TRANSPORTE DE SOLUTOS ATRAVÉS DAS MEMBRANAS CELULARES. Prof. Dr. ROBERTO CEZAR LOBO DA COSTA TRANSPORTE DE SOLUTOS ATRAVÉS DAS MEMBRANAS CELULARES Prof. Dr. ROBERTO CEZAR LOBO DA COSTA TIPOS DE TRANSPORTES A) SIMPLASTO: termo usado para caracterizar os protoplastos interconectados e seus plasmodesmas

Leia mais

Ribossomos e síntese protéica

Ribossomos e síntese protéica Ribossomos e síntese protéica SÍNTESE PROTÉICA DNA Transcrição RNA Tradução T A U T A U C G C G C G C G C C G C T A U G C G G C G O código genético é DEGENERADO PROTEÍNA Phe Ala Trp MAQUINARIA GENÉTICA

Leia mais

A Terra e os seus subsistemas em interacção

A Terra e os seus subsistemas em interacção A Terra e os seus subsistemas em interacção Terra: Porção limitada do Universo; Interage com outros elementos do Universo; Planeta activo, dinâmico e em equilíbrio com o que o rodeia; É um sistema onde

Leia mais

- CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA

- CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA - CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA 1. Quais são os elementos encontrados, geralmente, em maior quantidade no corpo dos seres vivos? 2. Todos os seres vivos, com exceção dos vírus, são compostos por células.

Leia mais

Francisco Hevilásio F. Pereira Fisiologia Vegetal

Francisco Hevilásio F. Pereira Fisiologia Vegetal FISIOLOGIA VEGETAL Nutrição Mineral de plantas Parte II Pombal PB Transporte de íons na planta Transporte passivo e ativo Transporte passivo É aquele que ocorre a favor do gradiente de potencial químico

Leia mais

ECOLOGIA. Conceitos fundamentais e relações alimentares

ECOLOGIA. Conceitos fundamentais e relações alimentares ECOLOGIA Conceitos fundamentais e relações alimentares A ECOLOGIA estuda as relações dos seres vivos entre si e deles com o ambiente onde vivem. Assunto da atualidade: crescimento exagerado da população

Leia mais

Gabarito (1 ponto): Eutrofização

Gabarito (1 ponto): Eutrofização Questão 1: Crescimento da população nas cidades, falta de planejamento no saneamento urbano, conexões clandestinas com a rede de esgoto e indústrias que despejam resíduos indevidos. São várias as razões

Leia mais

Sucessão Ecológica. Introdução. Comunidades Clímax. Sucessão Ecológica Primaria

Sucessão Ecológica. Introdução. Comunidades Clímax. Sucessão Ecológica Primaria Sucessão Ecológica Introdução As comunidades estáveis ou de clímax existem num fluxo continuo, ou seja, os indivíduos de uma espécie são sempre substituídos por outros da mesma espécie, sem que haja alternância

Leia mais

Apostila de Biologia 09 Energia e Matéria nos Ecossistemas

Apostila de Biologia 09 Energia e Matéria nos Ecossistemas Apostila de Biologia 09 Energia e Matéria nos Ecossistemas Matheus Borges 1.0 Fluxo de energia A fonte de energia para os seres vivos é o Sol. No ecossistema, é sempre o produtor que apresenta o maior

Leia mais

Digestão intra e extracelular

Digestão intra e extracelular Digestão intra e extracelular 1.1 Heterotrofia Consumo de matéria orgânica pelos seres heterotróficos Ingestão O alimento é digerido no interior do organismo, isto é, intracorporal. Absorção O alimento

Leia mais

Ecologia I -Conceitos

Ecologia I -Conceitos Ecologia I -Conceitos -Pirâmides ecológicas -Fluxo de energia Professora: Luciana Ramalho 2017 Introdução Ecologia é uma ciência que estuda os seres vivos e suas interações com o meio ambiente onde vivem.

Leia mais

DIVERSIDADE NA BIOSFERA

DIVERSIDADE NA BIOSFERA DIVERSIDADE NA BIOSFERA A BIOSFERA - Diversidade Organização biológica Extinção e conservação A CÉLULA - Unidade estrutural e funcional dos seres vivos Constituintes básicos Biologia e Geologia 10º ano

Leia mais

Biologia e Geologia Módulo 4 Meiose e ciclos celulares

Biologia e Geologia Módulo 4 Meiose e ciclos celulares FICHA (IN)FORMATIVA Nº 3 Biologia e Geologia Módulo 4 Meiose e ciclos celulares A reprodução sexuada distingue-se da assexuada pelo factio de cada descendente ser o resultado de uma fecundação, isto é,

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015

INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 Agrupamento de Escolas da Gafanha da Encarnação INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA CIÊNCIAS NATURAIS Abril de 2015 Prova 02 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento

Leia mais

Capítulo 2: ESTRUTURA CELULAR. Biologia I Prof. João

Capítulo 2: ESTRUTURA CELULAR. Biologia I Prof. João Capítulo 2: ESTRUTURA CELULAR Biologia I Prof. João Citologia ou Biologia Celular: Ramo da biologia responsável pelo estudo das células. Teoria celular: todos os seres vivos são formados por células, e

Leia mais

Todos os procariontes são classificados ou no domínio Archaea ou no domínio Bactéria.

Todos os procariontes são classificados ou no domínio Archaea ou no domínio Bactéria. Tipos Celulares Básicos - Tanto as células procarióticas quanto as eucarióticas possuem membranas que definem as fronteiras da célula viva, e ambas contêm informações genéticas armazenadas no DNA. - As

Leia mais

Características gerais

Características gerais Reino das Plantas Características gerais São organismos: Eucariontes Pluricelulares Autótrofos Possuem diversos pigmentos, como os fotossintetizantes e os acessórios. Características gerais Capacidade

Leia mais

Escola Secundária Anselmo de Andrade 5º Teste de Biologie e Geologia de 10 ano. Nome- Nº T Data-

Escola Secundária Anselmo de Andrade 5º Teste de Biologie e Geologia de 10 ano. Nome- Nº T Data- Escola Secundária Anselmo de Andrade 5º Teste de Biologie e Geologia de 10 ano Nome- Nº T Data- O mundo vivo é caracterizado por uma enorme diversidade. Pluricelular Unicelular Heterotrófico organismos

Leia mais

Ano Letivo 2011/2012. Nome: Nº: Turma: Professor: Enc. Educ:

Ano Letivo 2011/2012. Nome: Nº: Turma: Professor: Enc. Educ: ESCOLA BÁSICA JOSÉ SARAMAGO Ano Letivo 2011/2012 CIÊNCIAS NATURAIS 8º ANO Ficha de Avaliação Nome: Nº: Turma: Data: / / Avaliação: Professor: Enc. Educ: Atenção! Do teste constarão 3 parâmetros a avaliar:

Leia mais

Lisossomos. Os lisossomos são organelas citoplasmáticas possuem cerca de 40 enzimas hidrolíticas.

Lisossomos. Os lisossomos são organelas citoplasmáticas possuem cerca de 40 enzimas hidrolíticas. Lisossomos Os lisossomos são organelas citoplasmáticas possuem cerca de 40 enzimas hidrolíticas. Essas enzimas atuam em um em grande número de substratos. A principal função destas organelas é a digestão

Leia mais

O mundo vivo se organiza a partir dos seres mais simples até os mais complexos, em ordem crescente de complexidade. Neste contexto, a Biologia se

O mundo vivo se organiza a partir dos seres mais simples até os mais complexos, em ordem crescente de complexidade. Neste contexto, a Biologia se O mundo vivo se organiza a partir dos seres mais simples até os mais complexos, em ordem crescente de complexidade. Neste contexto, a Biologia se organiza de Moléculas à Biosfera, constituindo 11 níveis

Leia mais

A Química da Vida. Anderson Dias Felipe Knak

A Química da Vida. Anderson Dias Felipe Knak A Química da Vida Anderson Dias Felipe Knak A ÁGUA NAS CÉLULAS A água é imprescindível à vida dos indivíduos, independendo da espécie, idade, metabolismo e/ou grupo celular. A água exerce função de transporte

Leia mais

Turma Celular. Embarque nessa aventura do conhecimento da célula e seus componentes e aprenda se divertindo!

Turma Celular. Embarque nessa aventura do conhecimento da célula e seus componentes e aprenda se divertindo! Turma Celular Embarque nessa aventura do conhecimento da célula e seus componentes e aprenda se divertindo! Turma Celular Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde Autora:

Leia mais

INTRODUÇÃO. Na antiguidade, as substâncias encontradas na natureza eram divididas em três grandes reinos: O vegetal, o animal e o mineral.

INTRODUÇÃO. Na antiguidade, as substâncias encontradas na natureza eram divididas em três grandes reinos: O vegetal, o animal e o mineral. A QUÍMICA ORGÂNICA INTRODUÇÃO Na antiguidade, as substâncias encontradas na natureza eram divididas em três grandes reinos: O vegetal, o animal e o mineral. INTRODUÇÃO A química orgânica começou estudando

Leia mais

Exame de Recuperação Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos

Exame de Recuperação Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Exame de Recuperação Curso Profissional de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos DISCIPLINA: Física e Química Módulo: Q1 2015/2016 10 ºAno de escolaridade Data: 30 de outubro de 2015

Leia mais