TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER"

Transcrição

1 REVISTA DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGIAS TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Vol.VII, Nº. 7, Ano 2012 RESUMO Denis Tolentino Faculdade de Negócios e Tecnologia FNT Maria Cristina Basili Duarte Orientadora da Faculdade de Negócios e Tecnologia FNT A implementação de uma plataforma de voz sobre IP é capaz de gerenciar ligações VOIP dos clientes e garantir a redução de custo/minutos em telefonia. Trata-se de um sistema operacional agregado a uma plataforma open source que permite uma redução entre 45% - 70% do custo em ligações locais, DDD e móvel alem de utilizar os protocolos abertos que realizam a sinalização das chamadas telefônicas na rede IP. Para obter uma administração segura e confiável a plataforma requer o uso de ferramentas de gerenciamento proprietárias, um software de monitoramento com varias funcionalidades dentre os principais relatórios completos de atividades de Call Center, gravação das ligações e estatísticas de desempenho pelos operadores e supervisores. Essa tecnologia pode ser usada em inúmeras aplicações, desde um PABX para uma pequena empresa até sistemas de resposta automática de alta densidade. Palavras-Chave: Asterisk, VOIP, PBX. Lívia Carolina de Medeiros Porto Coordenadora Pós-Graduação da Faculdade de Negócios e Tecnologia FNT ABSTRACT The implementation of a platform for voice over IP is able to manage VoIP calls from customers and ensure cost reduction /minute in telephony. This is an operating system bundled with an open source platform that allows a reduction of between 45% - 70% of the cost of local calls, DDD and mobile besides using the open protocols that perform signaling of calls across the IP network. For a safe and reliable management platform requires the use of a proprietary management tool, monitoring software with many features from the main full reports of call center activities, recording of calls and performance statistics for operators and supervisors. This technology can be used in many applications, from a PBX for a small business answering systems to high density. Keywords: Asterisk, VOIP, PBX. Anhanguera Educacional S.A. Correspondência/Contato Alameda Maria Tereza, 2000 Valinhos, São Paulo CEP Coordenação Instituto de Pesquisas Aplicadas e Desenvolvimento Educacional - IPADE Artigo Original / Informe Técnico / Resenha Recebido em: Validado em: Publicação:

2 2 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER 1. INTRODUÇÃO A utilização do canal de dados para trafegar voz sobre IP é uma realidade desde 1995, utilizado pelas prestadoras de serviço telefônico para troca de tráfego entre si. Algumas empresas emergentes como a GVT (Global Village Telecom) lançaram no mercado o produto Vono, um ramal VOIP dedicado a cada cliente, onde ele pode receber e efetuar ligações. Isso demonstra como o segmento tende a crescer e fortalecer-se cada vez mais. As empresas em geral, ainda não estão utilizando essa tecnologia de forma a gerar receita bem como benefícios aos seus usuários/colaboradores por falta de informação ou preconceitos adquiridos no passado, quando a internet brasileira era de péssima qualidade e os provedores VOIP eram internacionais. Mas algumas do setor público se colocaram á frente e estão colhendo os frutos dessa realidade, é o caso do MPU que integrou sua rede de voz com a utilização de PBX VOIP e agora não desperdiça recursos com ligações Locais e DDD, tudo é trafegado em Voz sobre IP (VOIP) entre as suas procuradorias. Outras empresas que estão implementando essa tecnologia cada vez mais são as provedoras de Call Center. Hoje se faz necessário a utilização dessa tecnologia, pois, trata-se de um instrumento onde estão sumarizadas todas as expectativas da empresa com relação à telefonia IP com excelente custo-benefício. Para o desenvolvimento utilizou-se pesquisas bibliográficas que "são desenvolvidas com base em material já elaborado, constituído principalmente de livros e artigos científicos" (GIL, 2006, p. 44), bem como pesquisas em sites variados e em revistas, tutoriais publicados por profissionais especialistas da área além, de um caso de uso organizacional onde foi implementado e hoje gerencia uma plataforma VOIP com um sistema de Call Center. 2. METODOLOGIA O método aplicado para realização do artigo foi o método hipotético dedutivo baseado na proposta de Popper (1975), onde as fases do processo investigatório são sintetizadas na constatação de um problema que pode ser originado dos conflitos diante de expectativas ou teorias existentes da proposição de uma solução ou explicação testável para o mesmo e de sua submissão a testes de falseamento, onde se tentará refutar seja pela observação ou pela experimentação, a hipótese proposta. Para desenvolver o estudo foi enunciada a seguinte hipótese: Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

3 Denis Tolentino 3 O Asterisk é uma espécie de sistema multifuncional para a telefonia comum e principalmente para a telefonia VOIP. O mesmo pode executar diversas funções, nas quais são aplicados diversos tipos de implementos na área de telefonia. Pensando nisso esse artigo foi desenvolvido para suprir casos específicos onde á necessidade do uso do URA - Unidade de Resposta Audível. Foram realizadas várias pesquisas com base no sistema Asterisk, podendo desenvolver diversas aplicações. As informações e conteúdos foram tirados de revistas da área técnica como Linux Magazine VOIP Asterisk, onde surgiram ideias que ajudaram na implementação do artigo, utilizamos sites e paginas web, onde encontramos alguns conceitos, as figuras e tabelas. Também foi utilizado o livro Construindo sistemas de telefonia com o Asterisk (GOMILION; DEMPSTER, 2006), onde foi pesquisado boa parte do conteúdo que foi implementado. 3. CONHECENDO O ASTERISK O Asterisk é um software de PABX que utiliza o conceito de Software livre. Ele é licenciado através de uma licença do tipo GPL Gnu Public License. A empresa que promove o Asterisk é conhecida como Digium, ela investe no desenvolvimento do código fonte e em hardware de telefonia de baixo custo que roda com o Asterisk. Este software opera sobre uma plataforma Linux ou ainda em outras plataformas Unix permite conectividade em tempo real entre a rede publica de telefonia PSTN (Public Switched Telephony Network) e redes Voip (GONÇALVES, 2008). Criado e desenvolvido por Mark Spencer, responsável pela empresa Digium, que atualmente recebe contribuições de programadores ao redor de todo o mundo e promove o desenvolvimento do código fonte e das placas de telefonia de baixo custo (GONZALES, 2007). Mark Spencer abriu uma empresa prestadora de suporte técnico comercial e livre ao Linux chamada Linux Support Services. Com a grande demanda de chamados técnicos, ocorreu a necessidade de uma central telefônica que pudesse auxiliar no suporte técnico 24 horas realizando algumas tarefas, como: atender automaticamente as ligações, coletar a identificação do cliente, gravar a mensagem de suporte ou duvida, localizar um técnico disponível e enviar mensagem. Dessa forma, conseguiriam atender maior quantidade de chamados, de forma ágil e pratica. Naquela época, com o capital inicial aplicado de apenas 4 mil dólares, Mark não tinha condições de adquirir um sistema com todas essas funcionalidades (GONZALEZ, 2007). Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

4 4 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Mark tinha uma experiência de cinco anos com Linux, havia participado no desenvolvimento de diversos programas de código aberto e na completa ausência de alguma pessoa que pudesse lhe auxiliar e explicar a complexidade de tal tarefa decidiu que iria projetar e desenvolver seu próprio sistema telefônico utilizando equipamentos emprestados. Em alguns meses de desenvolvimento Mark possuía uma plataforma livre de telefonia que supria suas necessidades na empresa e o disponibilizou na Internet com o nome de Asterisk. Mark batizou seu projeto de Asterisk por ser tanto uma tecla de telefone comum, como também um símbolo curinga no GNU/Linux, por exemplo, rm rf (O REILLY, 2005 apud GONZALES, 2007). Nessa mesma época um homem chamado Jim Dixon do projeto Zapata Telephony, sabia que o motivo que elevava os preços das placas de telefonia, eram os processadores de Sinal Digital (DSP) e insatisfeito ainda realizou algumas experiências em seu computador pessoal com a placa Mitel 39000C ISDN Express Development Card, escrevendo um driver para o FreeBSD. Comprovando seus estudos, Dixon concluiu que a placa pouco processamento em um Pentium III 600 Mhz, e com aquela maquina conseguiria gerenciar de 50 a 75 canais e o que limitava era a forma ineficiente de gerenciar a Entrada e Saída (I/O). Com esses resultados Dixon o necessário para desenhar uma nova placa que usasse o (I/O) de forma eficiente. Obtendo sucessos em seus experimentos e sabendo que o conceito utilizado era revolucionário, acabou disponibilizando o desenho completo e os arquivos da placa de Internet e assim começou a organização Zapata (GONZALEZ, 2007). Algumas pessoas entraram em contato com a Dixon e sempre com a mesma pergunta: Legal, mas você tem pra Linux? Ele nunca tinha visto um Linux funcionando, então comprou o Linux Red Hat 6.0 e começou a estudá-lo para poder portar seu driver do BSD para um modulo Kernel Linux. Começou com algumas dificuldades, mas mesmo assim disponibilizou na Internet, pois sabia que em algum lugar do mundo alguém iria ajudá-lo. Em menos de 48 horas recebeu um de Mark Spencer, o qual se ofereceu para fazer exatamente isto, e falando que tinha algo perfeito para a coisa toda, o Asterisk. Até o momento o Asterisk era um conceito funcional, porem, não tinha uma forma real de funcionar de forma pratica e útil. A junção do Asterisk de Mark, a placa de Dixon e o modulo de Kernel Linux desenvolvido por ambos era perfeita e possibilitou o crescimento até se tornar um PABX real que poderia se comunicar com telefones e linhas reais (GONÇALVES, 2006 apud GONZALEZ, 2007). Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

5 Denis Tolentino 5 Em 2001, com o crescimento da economia, Mark percebeu que seria mais vantajoso dar continuidade ao desenvolvimento do Asterisk do que continuar com o suporte técnico na Linux Support Services, que para Mark já não era mais o melhor nome da empresa de telefonia, assim ao alterarem o nome, surgiu a Digium (O REILLY, 2005 apud GONZALEZ, 2007) A Digium A Digium é a criadora e desenvolvedora primaria do Asterisk. Hoje é o seu principal patrocinador e um dos lideres na indústria de PABX em código aberto. Mark Spencer foi o desenvolvedor e hoje é considerado o principal mantenedor do Asterisk, também aprova (ou rejeita) as contribuições da comunidade para o Asterisk. Por ser livre, pessoas trabalham no desenvolvimento da ferramenta em todo o mundo, aperfeiçoando, contribuindo com atualizações, patches, correções de bugs e criação de novas aplicações, mas Mark Spencer é o responsável por testar, aprovar e liberar novas versões do código fonte (LEAL JUNIOR; SOUZA; PACHECO, 2008). A Digium oferece o Asterisk em três tipos de licenciamento: a) Asterisk GPL (GNU Public License) A licença GPL é a mais encontrada, ela permite que qualquer pessoa use e altere o código. A restrição existente é que quaisquer alterações no código fonte têm de ser redistribuídas. b) Asterisk Business Edition É uma licença comercial do Asterisk. Não possui recursos adicionais em comparação com a versão GPL, com exceção da proteção contra copia. A grande vantagem dessa licença é para desenvolvedores que não desejam abrir o código fonte de seus produtos e não podem ou não querem utilizar a versão GPL. c) Asterisk OEM Criado por fabricantes de centrais telefônicas que não desejam mostrar aos seus clientes que a central é baseada em Asterisk. O Asterisk é um software que disponibiliza uma central PBX digital (IP) completa, integra telefonia convencional com a digital e pode ser conectada a rede VOIP com provedores do mundo inteiro. Dentre as principais características proporcionadas pelo Asterisk, temos: Sistema de telefonia IP-PBX; Distribuidor automático de chamadas (DAC); Unidade de resposta audível (URA); Correio de voz com integração com o correio eletrônico; Relatório e estatísticas das chamadas; Facilidade de administração e gestão através da Web; Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

6 6 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Compatível com os PBX s analógicos; Compatível com os telefones digitais IP; Conectividade com troncos analógicos e digitais; Sistemas voltados para pequenas e medias empresas Funcionamento do Asterisk O Asterisk interliga-se com a rede de dados através de uma porta Ethernet de 100 Mbps, com a possibilidade de ativar um firewall e fazer o controle de banda para os telefones IPs (SOBRE..., 2012). A figura 1 representa a arquitetura de um Asterisk em uma pequena empresa de Call Center com escalabilidade e confiabilidade onde foram utilizados servidores de hardware com um Quad Core e 8 GB de RAM. Figura 1 Cenário Call Center Para interligar-se com o PABX Analógico ou STFC, o Asterisk possui vários tipos de modelos de placas, com interfaces FXS, FXO, E1, T1 e PRI (SOBRE..., 2012). Nesse caso utilizamos FXO e E1. O PABX esta conectado ao servidor Asterisk através de um adaptador (ATA) que realiza a conversão de analógico para digital e vice versa, assim, todos os ramais que estão conectados a ele passarão a utilizar VOIP. Outro detalhe importante do projeto é o link Internet, para este, devemos contratar a operadora VOIP que nos atende levando em conta melhor custo-benefício. No mercado brasileiro as empresas provedoras de serviço são: GVT, Terra e UOL. Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

7 Denis Tolentino Beneficios do Asterisk Além dos serviços tradicionais de telefonia, o Asterisk possui vários benefícios, tais como: Plano unificado de numeração entre vários escritórios distribuídos em várias localidades; Interligação de centrais PBX, permitindo que os ramos de dois ou mais PBX falem entre si com custo zero; Possibilidade de capturar uma linha remota de outro PBX, fazendo com que a ligação internacional e nacional seja tarifada como ligação local; Possibilidade de conexão simultânea com diversas redes VOIP; Arquitetura distribuída e com gestão centralizada; Facilidade de administração via Web; Mensagem unificada; Média de economia de 50% para ligações internacionais e nacionais; Provê funcionalidades de PBX de grande porte com custo acessível também para as pequenas e médias empresas; Provê funcionalidades de PBX de grande porte com custo acessível também para as pequenas e médias empresas. O segmento do serviço de trafego de voz é roteado via dados encodado, criptografado e entregue na outra ponta de forma direta, sem atrasos e clara como uma ligação tradicional. 4. FERRAMENTA DE MONITORAMENTO QUEUE METRICS Para que uma empresa de Call Center seja bem administrada precisa de um sistema de monitoramento eficiente e que permite gerar vários tipos de relatórios e estatísticas do serviço do negocio. Dentre as ferramentas existentes e baseadas no Asterisk escolhemos o Queue Metrics. Queue Metrics é uma ferramenta altamente personalizável, ou seja, permite ser ajustadas as suas próprias necessidades como, por exemplo, exibir a log da empresa Principais funcionalidades Executa relatórios divididos por fila e filtrados pelo agente e período de tempo, que mostram o que aconteceu (por exemplo, as chamadas tomadas, chamadas perdidas, os agentes de registro e fora...), durante o período especificado. Permite visualizar os detalhes da atividade de Call Center, como cada chamada única que foi tratada ou perdida e ouvi-la através de seu navegador web. Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

8 8 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Possui um painel em tempo real, que mostra a atividade de Call Center, também as chamadas a serem processadas por filas e atividade do agente no momento em que está acontecendo. Permite ouvir as chamadas dos agentes, como elas estão sendo feitas e, opcionalmente, ver o seu ecrã através de um aplicativo VNC. Disponibiliza aos agentes um painel de interface web-based que permite que eles vejam suas próprias chamadas enquanto eles estão sendo tratados e, opcionalmente, um lançamento externo web-app (como um módulo de CRM de terceiros), como as chamadas entram, eles também podem efetuar logon e logoff e pause. Fornece um aplicativo para o agente baseado em sistema de consciência, para ver em tempo real como o desempenho de um agente se compara ao da fila. Permite o acompanhamento do status de chamada de conclusão e os códigos de pausa, para que o administrador possa executar as estatísticas sobre o resultado das atividades Call Center e do tempo utilizado por seus agentes, mantendo o controle do tempo ACD e não-acd (Distribuição automática de chamadas). Permite classificação de chamadas em curso e histórico por uma equipe de QA e produz relatório QA pelo agente em um número selecionável pelo usuário de métricas. Na figura 2 abaixo temos uma tela com um modelo de relatório disponibilizado pela ferramenta. Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

9 Denis Tolentino 9 Figura 2 Relatório de Agentes e Serviços Apesar de ser proprietário, o Queue Metrics, fornece gratuitamente uma licença temporária de 30 dias para os profissionais que buscam esse serviço possam conhecer e se aprimorar com a ferramenta. Em Queuemetrics User Manual (2012) esta disponível o arquivo com instruções de instalação e configuração do Queue Metrics. 5. CENTRAL TELEFONICA IP PBX BASEADA NO ASTERISK ELASTIX O Elastix e um software que integra as melhores ferramentas disponíveis para as centrais telefônicas IP PBXs baseadas no Asterisk. É muito utilizada pelo fato oferecer uma interface de fácil uso e flexibilidade para trabalhar com diversas linhas de equipamentos (configuração de ramais) e provedores de ligações, sendo estes tanto as antigas linhas analógicas, digitais E1 e provedores VOIP Funcionalidades do modulo de Call Center Gravação das ligações (entrada/saída) com uma interface via web para fazer buscas e encontrar gravações específicas - útil para auditorias; Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

10 10 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Caixa de mensagens de voz e caixa de mensagens de voz que enviam automaticamente os recados para seu endereço de ; URA (IVR) ou unidade de resposta audível flexível totalmente configurável via web; Síntese de voz (conversor de texto para voz - inglês); Configuração de centenas de extensões automaticamente via importação de arquivos. CSV contendo as configurações de cada extensão; Suporte à IP Phones com transmissão de Voz + Vídeo; Painel de operador que permite monitorar a atividade via uma interface gráfica, possibilitando também a transferência de chamadas através de um simples clique + arrasto da ligação para outro canal; Relatórios e detalhes de ligações identificados por cada extensão/número de ligação. É possível fazer buscas por data, horário, número do ramal, etc.; Relatório de gastos. É possível configurar regras e precificações de suas ligações, onde você mesmo fará o controle de seus gastos, comparando posteriormente com as faturas de suas operadoras; Suporte aos codecs de voz: ADPCM, G.711 (A-Law e µ-law), G.722, G (pass through), G.726, G.729 (através de licenças comerciais destes codecs), GSM, ilbc; Suporte às linhas telefônicas e interfaces analógicas FXS/FXO; Suporte às linhas telefônicas e interfaces digitais E1/T1/J1 através dos protocolos PRI/BRI/R2; Suporte à identificação de chamadas; Suporte à inúmeros trunks (operadoras de telefonia); Suporte à criação de rotas de entrada/saída através de regras de números discados, exemplo, é possível fazer a ligação com o prefixo 2933 sair pela operadora XXX e o prefixo 7933 sair pela operadora YYY; Suporte ao "siga-me", ou seja, cada extensão pode conter uma regra para que a ligação seja encaminhada posteriormente para outro número, isto por padrão ou por regra de horário; Suporte à grupos de extensões, ou seja, como exemplo é possível que você tenha um grupo chamado "administração", onde todas as ligações para "administração" toquem em N ramais ao mesmo tempo, ou busque o primeiro ramal administrativo disponível; Suporte à intercomunicação entre os ramais; Suporte ao "callback" para diminuição de custos, ou seja, você pode estar fora da empresa ligando de um celular para sua empresa, você digita uma senha e sua central IP PBX Elastix ligará de volta para você; Interface web para o console do Asterisk, permitindo configurações e regras avançadas. A figura 3 abaixo apresenta a tela de configuração de usuário e ramais. Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

11 Denis Tolentino 11 Figura 3 Configuração de usuário e Ramais Os ativos telefônicos como centrais e aparelhos podem ser integrados ao PBX VOIP com a utilização de placas para linhas analógicas ou digitais (FXO e E1) ainda assim de forma transparente o usuário final nem percebe que foi feita alguma modificação nas rotas de chamadas, para ele nada mudou, mas a corporação ganha e muito quando falamos em funcionalidades, serviços agregados ao sistema telefônico e economia nas ligações. Além disso, outros ganhos indiretos podem ser contabilizados ao projeto de implementação, como contratos de manutenção de centrais telefônicas podem até ser extintos uma vez que todas as configurações de roteamento, expansão de ramais e outras solicitações podem ser gerenciadas na nova plataforma, gerencia essa que e feita via HTTP em uma interface totalmente integrada e amigável. 6. SOFTPHONE Softphone e um aplicativo que combina chamadas de voz, vídeo e mensagens instantâneas em uma interface gráfica. Entre as soluções existentes destacamos o CounterPath. O X-Lite é um programa capaz de realizar ligações através de um computador, que pode ser utilizado com um headset ou com microfone e caixas de som, porém recomenda-se a utilização do headset para obter maior qualidade na comunicação. Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

12 12 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER 6.1. Requisitos de Hardware O X-Lite é o cliente utilizado em nossa implementação. Para adquiri-lo basta fazer o download gratuitamente através do site: Após o download, executa-se o arquivo de instalação. Para usar o software com qualidade, o computador deve atender aos seguintes requisitos recomendados de sistema. a) PC com Windows Vista, XP, 2000 (com SP2). b) 1 GHz. c) 256 MB de RAM. d) 30 MB de espaço livre no disco rígido. e) Placa de som full duplex (a maioria das placas de som fabricadas após 1998), fone de ouvido. f) Cabo, DSL ou conexão de banda larga equivalente à Internet, com no mínimo 300kbps (up / downstream). Além dos requisitos citados acima precisamos também de uma conexão com a Internet (banda larga) a partir de 256 Kbps ou IP fixo e dedicado Para cada comunicação via VOIP é necessária uma banda de, no mínimo, 35 Kbits/s por ligação Caracteristicas do X-Lite Dentre as diversas características destacamos as principais: Permite ligações gratuitas de PC para PC, ou de PC para telefones com tarifas extremamente baixa; Suporta ate duas linhas no telefone com a função ligação em espera; Inclui compressão de dados, cancelamento de eco e redução de ruídos; Usa o protocolo padrão SIP, para ser conectado a uma grande rede de telefones, sistema SIP ou outros softwares de telefone pela internet; Pode ser configurado para trabalhar sob Nat e firewall; Suporta visualização de identificação de chamada; Inclui um livro de endereços para discagem rápida; Suporta transferência de ligações; Funciona nas plataformas Windows e Linux Configuração do X-Lite O menu de configuração aparece na tela inicial após a instalação do software, a realização das configurações é bastante simples conforme apresentamos na figura 4: Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

13 Denis Tolentino 13 Figura 4 Tela de Configuração X-Lite a) Display name: Nome que aparecerá no display do softfone; b) User name: Nome do usuário; c) Password: Senha do usuário: d) Domain: endereço IP da instalação do Asterisk; e) Register with domain and receive incoming calls: checar essa opção; Proxy address: Opcional. A figura 5 representa a tela principal de um Softphone: Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

14 14 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Figura 5 - X-Lite 7. CODECS CODECs são utilizados para converter um sinal analógico de voz em digital. Eles podem variar de na qualidade de som, largura de banda, requerimentos computacionais, etc. o acrônimo é formado as iniciais de duas palavras, CODE/DECODE ou, em português codificar /decodificar. Cada aparelho (telefone, gateway, ATA, etc.) pode utilizar um ou mais CODECs. Nem sempre as duas pontas da conversação falam o mesmo CODEC. Neste caso, o Asterisk pode atuar como gateway de protocolos de compressão de voz, fazendo a tradução de um protocolo para o outro, nos dois sentidos da conversação. a) G711 (ulaw/alaw) - 64kbps + 20kbps (cabeçalho) = +- 85kbps - Codec Free b) GSM - 13kbps + 20kbps (cabeçalho) = +- 35kbps - Codec Free c) G729-8kbps + 20kbps (cabeçalho) = +- 28kbps - Codec Pago (U$ 10.00) d) SPEEX Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

15 - 2-22kbps + 20 kbps = +-22 a 42kbps - Codec Free Alguns CODECs são gratuitos e podem ser utilizados sem Denis Tolentino 15 maiores preocupações, outros, tem os direitos autorais de códigos e algoritmos protegidos e para utilizá-los é necessário o pagamento de suas licenças. No Asterisk, podemos verificar que CODECs estão instalados e assim verificar se o sistema está apto a realizar a tradução de um para o outro digitando o comando show translations na interface CLI (Console Line Interface). O Asterisk adota como padrão o GSM sendo o melhor custo/benefício, mas em alguns casos onde o link não é de boa qualidade e não podemos ter o custo com licenças do codec g729 que ocupa em media 8k, uma ótima alternativa é o codec SPEEX. As features deste codec são impressionantes, ele tem cancelamento de eco, VBR variável bit rate, ele se auto ajusta de acordo com a qualidade do link, (VAD) voice activity detection, detecção de voz e supressão de ruído, por isso, utilizamos o CODEC SPEEX. 8. RELACAO ENTRE SISTEMA VOIP E TELEFONIA CONVENCIONAL A rede publica de telefonia comutada (RPTC), também conhecida como rede publica de telefonia chaveada (PSTN) esta perdendo o mercado cada vez mais para as tecnologias VOIP como o Asterisk. Com o avanço das velocidades dos links Internet e a falta de personalização dos PABX privados houve a necessidade de se criar um protocolo para transportar voz e vídeo pela rede de dados (VOIP). A utilização de sistemas como o Asterisk permite realizar varias personalizações para o segmento empresarial. Logo abaixo temos algumas vantagens e desvantagens do uso de VOIP com o Asterisk Vantagens Utilização de uma única infraestrutura para prover serviços de dados e telefonia; Somente o custo de utilização do link Internet para ligações dentro da empresa (entre matriz e filiais ou entre filiais); Imensa redução de custos para ligações interurbanas e principalmente para ligações nacionais e internacionais; Integração com o PABX já existente na empresa; Diversos recursos como gravação de ligações e conexão com o banco de dados; Centralização do fluxo telefônico obtendo melhor controle; Mobilidade e flexibilidade dos ramais, ou seja, os ramais configurados na Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

16 16 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER infra VOIP pode ser conectado em qualquer lugar do mundo somente com um link Internet e um IPhone Desvantagens Alto custo inicial para compra de telefones IP, servidor, consultoria para projetar e implementar o sistema; Caso haja falha na configuração, podem ocorrer ruídos e falhas nas ligações. 9. CONSIDERACOES FINAIS O Asterisk é um software livre que desempenha a função de similar um PABX convencional, além de possuir diversas configurações que ajudam as empresas a melhorar o atendimento e cortar custos. Esse artigo foi escrito visando disponibilizar os conceitos, ferramentas e uma base na implementação de sistemas de voz sobre IP, apresentamos um modelo de projeto que se aplica em empresas de pequeno e médio porte, no qual foram utilizadas as principais ferramentas disponíveis no mercado e uma relação entre as soluções VOIP e convencional. Apesar de a tecnologia apresentada possuir plena capacidade funcional para qualquer organização, os profissionais que buscam essa plataforma ainda sofrem para encontrar documentação e isso impacta diretamente na qualificação de pessoas no mercado. REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS CODIX TECNOLOGIA. Elastix: freedom to communicate. São Paulo, Disponível em: <http://www.codix.com.br/elastix.html>. Acesso em: 10 mar GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 5 a. ed. São Paulo: Atlas, GOMILLION, David; DEMPSTER, Barrie. Construindo sistemas de telefonia com o Asterisk. Packt Publishing, GONÇALVES, Flavio E. de Andrade. Como construir e configurar um PABX com software livre: abordando a versão 1.4. Florianópolis: V. Office Networks, Disponível em: <http://pt.scribd.com/doc/ /6/definicoes-e-conceitos-basicos>. Acesso em: 10 mar GONZALEZ, Felipe Nogaroto. Estudo e implantação de solução de voz sobre IP baseadas em softwares livres f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Sistemas de Informações) -- Sociedade Educacional de Santa Catarina. Instituto Superior Tupy, Joinville, Disponível em: <http://suicide.bunghole.com.br/monografia.pdf>. Acesso em: 10 mar IYENGAR, Rajan. Configuring large contact centers with Asterisk. Blog, 26 dez Disponível em: <http://indosoftnotes.blogspot.com/2009/12/configuring-large-contact-centers-with.html>. Acesso em: 10 mar Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

17 Denis Tolentino 17 LEAL JÚNIOR, Heron de Almeida; SOUZA, Job Medeiros de; PACHECO, Juliano Anderson. E- Tech: Atualidades Tecnológicas para Competitividade Industrial, Florianópolis, v. 1, n. 1, p , 1º. sem., 2008.Disponível em: <revista.ctai.senai.br/index.php/edicao01/article/viewdownloadinterstitial/35/20/>. Acesso em: 10 mar LINUX MAGAZINE [online] VoIP com Asterisk, ed. 35, out Disponível em: <http://www.linuxnewmedia.com.br/issue/lm_35_voip>. Acesso em: 10 mar POPPER, KARL R. A lógica da pesquisa científica. São Paulo, Cultrix/USP, QUEUEMETRICS USER MANUAL. Loway: Revision History Disponível em: <http://queuemetrics.com/manuals/qm_usermanual-chunked>. Acesso em: 10 mar SOBRE o Asterisk Disponível em: <http://dicasasterisk.asteriskonline.com.br>. Acesso em: 10 mar Denis Perez Tolentino Bacharel em Sistemas de Informação pelo colégio e faculdade Projeção (2010); Cursando Pós Graduação em Redes de Computadores e Telecomunicações pela Universidade Anhanguera FACNET; Possui certificação Data Cabling System + MCT System Networks - Fluke Networks / Furukawa (2011); CCNA Cisco Cerfified Network Associate Pearson Vue (2011); ITIL V3 Foundation Hepta Novintec (2012). Atualmente é analista de suporte em Redes na Administradora e Corretora de Seguros BRB. Tem experiência em implementação e manutenção da plataforma Asterisk. Maria Cristina Basili Duarte Bacharel em Administração de Empresa, pela FUMEC MG (1987), atua como Analista de Sistemas desde 1988, pós-graduada em Computação Gráfica pelo IETEC MG (1993). Possui certificação IBM - Certified Specialist Rational Requirements Management w/ Use Cases v.2003 (2009). Atualmente é Gerente de TI do CONFEA - Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Professora de Engenharia de Software e Governança de TI no curso de Sistemas de Informação, de Ferramentas de Gestão de Projetos no curso MBA em Gestão de Projetos e de Liderança no curso MBA em Gestão de Pessoas da Faculdade Anhanguera Unidade FNT. Lívia Carolina de Medeiros Porto Graduada em Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) 2007; Pós Graduada em Direito e Processo do Trabalho pela Faculdade Processus 2009; Pós Graduada em Português Jurídico pela Faculdade Processus 2010; Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano p. 1-18

18 18 TECNOLOGIA VOIP (ASTERISK) CALL CENTER Atualmente é Coordenadora de Pós Graduação e Extensão das Faculdades Anhanguera Facnet; Professora das Disciplinas Direitos Humanos, Direito e Legislação, Direito Empresarial e Tributário das Faculdades Anhanguera Valparaíso e Fast. Tem experiência na Advocacia nas áreas Trabalhista, Cível, Consumidor, Empresarial e Tributária. Faz parte do quadro do Escritório Ronaldo Martins Advogados Associados. Revista de Ciências Exatas e Tecnologia Vol.VI, Nº. 7, Ano 2009 p. 1-18

Serviços Prestados Infovia Brasília

Serviços Prestados Infovia Brasília Serviços Prestados Infovia Brasília Vanildo Pereira de Figueiredo Brasília, outubro de 2009 Agenda I. INFOVIA Serviços de Voz Softphone e Asterisk INFOVIA MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO INFOVIA MINISTÉRIO

Leia mais

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul

Estado de Santa Catarina Prefeitura de São Cristóvão do Sul 1 ANEXO VII QUADRO DE QUANTITATIVOS E ESPECIFICAÇÕES DOS ITENS Item Produto Quantidade 1 Aparelhos IP, com 2 canais Sip, visor e teclas avançadas, 2 70 portas LAN 10/100 2 Servidor com HD 500G 4 GB memória

Leia mais

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. Implantação de Sistema de Call Center 1.1. O software para o Call Center deverá ser instalado em servidor com sistema operacional Windows (preferencialmente

Leia mais

Estudo e Implantação de Solução de Voz Sobre IP Baseadas em Softwares Livres

Estudo e Implantação de Solução de Voz Sobre IP Baseadas em Softwares Livres Estudo e Implantação de Solução de Voz Sobre IP Baseadas em Softwares Livres Felipe Nogaroto Gonzalez Bacharelado em Sistemas de Informação Instituto Superior Tupy Orientador:

Leia mais

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR

OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR OKTOR APRESENTAÇÃO DOS PRODUTOS OKTOR fevereiro/2011 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 QUEM SOMOS?... 4 3 PRODUTOS... 5 3.1 SMS... 6 3.2 VOZ... 8 3.3 INFRAESTRUTURA... 12 3.4 CONSULTORIA... 14 4 SUPORTE... 14

Leia mais

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa.

Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. PABX Digital PABX Muito mais do que um simples PABX. Uma solução de economia para sua empresa. O ACTIVE IP é PABX inovador que possibilita a utilização da telefonia IP e convencional garantindo eficiência

Leia mais

Sistema M75S. Sistema de comunicação convergente

Sistema M75S. Sistema de comunicação convergente Sistema M75S Sistema de comunicação convergente O sistema M75S fabricado pela MONYTEL foi desenvolvido como uma solução convergente para sistemas de telecomunicações. Com ele, sua empresa tem controle

Leia mais

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens

SOBRE A CALLIX. Por Que Vantagens Callix PABX Virtual SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens SOBRE A CALLIX Por Que Vantagens Por Que Callix Foco no seu negócio, enquanto cuidamos da tecnologia do seu Call Center Pioneirismo no mercado de Cloud

Leia mais

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes.

Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. Soluções convergentes em telefonia para sua empresa. Vantagens competitivas na comunicação entre você e seus clientes. A revolução na comunicação da sua empresa. mobilidade mobilidade Voz Voz vídeo vídeo

Leia mais

Introdução à voz sobre IP e Asterisk

Introdução à voz sobre IP e Asterisk Introdução à voz sobre IP e Asterisk José Alexandre Ferreira jaf@saude.al.gov.br Coordenador Setorial de Gestão da Informática CSGI Secretaria do Estado da Saúde SES/AL (82) 3315.1101 / 1128 / 4122 Sumário

Leia mais

Comunicação interligando vidas

Comunicação interligando vidas Comunicação interligando vidas APRESENTAÇÃO E PROPOSTA COMERCIAL 1. INTRODUÇÃO O presente documento contém o projeto técnico comercial para prestação dos serviços de locação, suporte, consultorias da área

Leia mais

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA

MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA MODERNIDADE E TECNOLOGIA DE PONTA PARA A REALIDADE BRASILEIRA Pioneirismo tecnológico e FLEXIBILIDADE na migração O é uma plataforma de comunicação convergente, aderente às principais necessidades das

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Você conectado ao mundo com liberdade APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL > ÍNDICE Sobre a TESA 3 Telefonia IP com a TESA 5 Portfólio de produtos/serviços 6 Outsourcing 6 Telefonia 7 Web

Leia mais

USO DO ASTERISK COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO PRÁTICO DE TELEFONIA

USO DO ASTERISK COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO PRÁTICO DE TELEFONIA USO DO ASTERISK COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO NO ENSINO PRÁTICO DE TELEFONIA Caio Fernandes Gabi cfgabi@hotmail.com Intituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba IFPB Av. 1º de Maio, nº. 720,

Leia mais

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar?

Se eu tenho o serviço de Voz sobre Internet, para quem posso ligar? 1 Conheça o sistema de Voz sobre IP (ou VOIP) O que é Voz sobre IP / Voz sobre Internet Protocolo? R. Voz sobre IP permite que você faça ligações telefônicas utilizando uma rede de computadores, como a

Leia mais

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T

Manual básico de configuração. ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Manual básico de configuração ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo Linksys PAP2T Índice 1 Objetivo deste documento... 3 2 Entendendo o que é um ATA... 3 3 Quando utilizar o ATA... 4 4 Requisitos

Leia mais

Implementação de Asterisk (IP PBX) Henrique Cavadas 200803845 José Figueiredo 200604114

Implementação de Asterisk (IP PBX) Henrique Cavadas 200803845 José Figueiredo 200604114 Implementação de Asterisk (IP PBX) Henrique Cavadas 200803845 José Figueiredo 200604114 20 de Dezembro de 2014 Serviços de Comunicações Conteúdo 1 Introdução 2 2 Contextualização 3 2.1 PBX...................................

Leia mais

Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage

Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage Como explorar os recursos do Asterisk Epaminondas Lage Apresentação Epaminondas de Souza Lage Epaminondas de Souza Lage popo@planetarium.com.br Formado em Engenharia Elétrica com ênfase em Sistemas Industriais

Leia mais

Contato FreeBSD Brasil LTDA Configuração VoIP de Exemplo FreeBSD Brasil LTDA Instrucões Conf VoIP Versão 1.1 PUBLICO pg 1/22

Contato FreeBSD Brasil LTDA Configuração VoIP de Exemplo FreeBSD Brasil LTDA Instrucões Conf VoIP Versão 1.1 PUBLICO pg 1/22 Contato Instrucões Conf VoIP Versão 1.1 pg 1/22 CLASSIFICAÇÃO: X NÃO CLASSIFICADO NÃO CLASSIFICADO PRIVADO X PÚBLICO SECRETO PARTICULAR ALTAMENTE SECRETO PRIVADO Contato Instrucões Conf VoIP Versão 1.1

Leia mais

Serviço Corporativo de Telefonia IP

Serviço Corporativo de Telefonia IP Universidade Federal de Santa Catarina Pró-Reitoria de Planejamento Superintendência de Governança Eletrônica e Tecnologia da Informação e Comunicação Departamento de Tecnologia da Informação e Redes Serviço

Leia mais

A EMPRESA SOLUÇÕES CORPORATIVAS SOLUÇÕES PARA OPERADORAS. Wholesale. Servidores SIP. Flat Fixo Brasil em CLI. IPBX Segurança e economia

A EMPRESA SOLUÇÕES CORPORATIVAS SOLUÇÕES PARA OPERADORAS. Wholesale. Servidores SIP. Flat Fixo Brasil em CLI. IPBX Segurança e economia A EMPRESA A ROTA BRASIL atua no mercado de Tecnologia nos setores de TI e Telecom, buscando sempre proporcionar às melhores e mais adequadas soluções aos seus Clientes. A nossa missão é ser a melhor aliada

Leia mais

vdt IP PBX e CONTACT CENTER

vdt IP PBX e CONTACT CENTER vdt IP PBX e CONTACT CENTER CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS Configuração Híbrida : PAs via Softphones, Telefones analógicos, Telefones IP Fax em e-maill Aúdio e Vídeo conferência Mobilidade (ramais e agentes

Leia mais

CoIPe Telefonia com Tecnologia

CoIPe Telefonia com Tecnologia CoIPe Telefonia com Tecnologia A proposta Oferecer sistema de telefonia digital com tecnologia que possibilita inúmeras maneiras de comunicação por voz e dados, integrações, recursos e abertura para customizações.

Leia mais

Manual de Configuração

Manual de Configuração Manual de Configuração Linksys SPA 2102 Versão 1.4 Guia de instalação do Linksys SPA 2102 O Linksys SPA 2102 possui: 01 Entrada de alimentação DC 5V (100-240V~) 01 Porta Ethernet (LAN) conector RJ 45 01

Leia mais

CGW-PX1 Gateway SIP GSM

CGW-PX1 Gateway SIP GSM Interface de conexão SIP entre PABX e rede Celular Interconecte seu PABX ou Switch SIP com a rede celular GSM O gateway CGW-PX1 é um dispositivo que interconecta seu PABX ou switch de voz com as redes

Leia mais

LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO SEM LIMITES.

LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO SEM LIMITES. v8.art.br LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO SEM LIMITES. www.liguetelecom.com.br 0800 888 6700 VOIP FIXO INTERNET LIGUE TELECOM SOLUÇÕES INOVADORAS PARA QUEM BUSCA COMUNICAÇÃO

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PREGÃO PRESENCIAL Nº 27/15. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Constitui objeto da presente licitação o registro de preços para implantação de sistema de telefonia digital (PABX) baseado em servidor IP, com fornecimento

Leia mais

Comparativo de soluções para comunicação unificada

Comparativo de soluções para comunicação unificada Comparativo de soluções para comunicação unificada Bruno Mathies Curso de Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Abril de 2010 Resumo Este artigo tem com objetivo

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL. Produtos: PABX Virtual e Call Center Virtual. www.locaweb.com.br Página 1 de 10

PROPOSTA COMERCIAL. Produtos: PABX Virtual e Call Center Virtual. www.locaweb.com.br Página 1 de 10 PROPOSTA COMERCIAL Produtos: PABX Virtual e Call Center Virtual www.locaweb.com.br Página 1 de 10 Sumário SOBRE A LOCAWEB 3 INFRA-ESTRUTURA DO DATA CENTER 4 SOLUÇÕES PROPOSTAS 5 BENEFÍCIOS LOCAWEB 6 REQUISITOS

Leia mais

Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais

Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais Guia Técnico Inatel Guia das Cidades Digitais Módulo 3: VoIP INATEL Competence Center treinamento@inatel.br Tel: (35) 3471-9330 As telecomunicações vêm passando por uma grande revolução, resultante do

Leia mais

Comunicação VoIP PBX por Software

Comunicação VoIP PBX por Software Comunicação VoIP PBX por Software Introdução Com a difusão crescente de uso de computadores nas empresas e o uso de Internet que facilita a interconexão entre estes equipamentos surgiu a possibilidade

Leia mais

Informações para implantação de equipamentos IP Intelbras

Informações para implantação de equipamentos IP Intelbras Informações para implantação de equipamentos IP Intelbras Descrição do pré-projeto - Configuração Quantos ramais analógicos contempla o projeto?. Quantos ramais digitais contempla o projeto?. Quantos ramais

Leia mais

Trixbox Um PABX IP gratuito em apenas 20 minutos VoIP quase instantâneo

Trixbox Um PABX IP gratuito em apenas 20 minutos VoIP quase instantâneo Trixbox Um PABX IP gratuito em apenas 20 minutos VoIP quase instantâneo Construa um PABX IP poderoso e com diversos recursos em apenas 20 minutos, e sem gastar nada. por Alberto Sato CAPA O Trixbox [1]

Leia mais

Qando falamos em VOIP

Qando falamos em VOIP Disc-OS, o SoftPABX tropicalizado Asterisk à moda brasileira CAPA Voltada para o mercado brasileiro, a distribuição Disc-OS veio para diminuir a linha de aprendizagem e facilitar a instalação do Asterisk

Leia mais

ASTERISK. João Cepêda & Luís Borges SCOM 2013

ASTERISK. João Cepêda & Luís Borges SCOM 2013 ASTERISK João Cepêda & Luís Borges SCOM 2013 VISÃO GERAL O que é Como funciona Principais Funcionalidades Vantagens vs PBX convencional O QUE É Software open-source, que corre sobre a plataforma Linux;

Leia mais

Telefonia IP na UFSC Experiências e Perspectivas

Telefonia IP na UFSC Experiências e Perspectivas Telefonia IP na UFSC Experiências e Perspectivas BoF VoIP Experiências de Perspectivas RNP, Rio de Janeiro, 22 Agosto 2011 Edison Melo SeTIC/UFSC PoP-SC/RNP edison.melo@ufsc.br 1 Histórico Serviço VoIP4All

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA EMPRESA

APRESENTAÇÃO DA EMPRESA APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Sumário 1. Quem somos 2. Nossa missão 3. O que fazemos 3.1. Nossos Serviços 3.2. Nossos Produtos 4. Solução de PABX IP - NetPBX 4.1. Solução de PABX IP 4.2. Solução de Billing 5.

Leia mais

Plataforma Sentinela

Plataforma Sentinela Plataforma Sentinela A plataforma completa para segurança corporativa A plataforma Sentinela é a mais completa plataforma para monitoramento e interceptação em tempo real, gravação e bilhetagem de chamadas

Leia mais

Proposta para Prestação de Serviços

Proposta para Prestação de Serviços Proposta para Prestação de Serviços Implantação de uma Central Telefônica PABX ou IPBX Implantação de Link Digital E1 com 30 canais + 40 números DDR Implantação de Link de Internet Implantação de um software

Leia mais

FASTDIALER DISCADOR E URA ATIVA PARA CALLCENTERS

FASTDIALER DISCADOR E URA ATIVA PARA CALLCENTERS FASTDIALER DISCADOR E URA ATIVA PARA CALLCENTERS MANUAL DO SISTEMA versão 26/Novembro/2010 FASTDIALER MANUAL DO SISTEMA Página 1 / 16 FASTDIALER O FASTDIALER é um discador automático e ura ativa de alto

Leia mais

MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. PROTEJA MELHOR OS PABXS DA SUA EMPRESA CONTRA FRAUDES E EVITE PREJUÍZOS.

MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. PROTEJA MELHOR OS PABXS DA SUA EMPRESA CONTRA FRAUDES E EVITE PREJUÍZOS. MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. PROTEJA MELHOR OS PABXS DA SUA EMPRESA CONTRA FRAUDES E EVITE PREJUÍZOS. MANUAL DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA DO USUÁRIO DO PABX. Caro cliente, Para reduzir

Leia mais

Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é

Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é VOIP Se você nunca ouviu falar do VoIP, prepare-se para mudar sua maneira de pensar sobre ligações de longa distância. VoIP, ou Voz sobre Protocolo de Internet, é um método para pegar sinais de áudio analógico,

Leia mais

Tecnologias Atuais de Redes

Tecnologias Atuais de Redes Tecnologias Atuais de Redes Aula 5 VoIP Tecnologias Atuais de Redes - VoIP 1 Conteúdo Conceitos e Terminologias Estrutura Softswitch Funcionamento Cenários Simplificados de Comunicação em VoIP Telefonia

Leia mais

PABX IP. Newtec Soluções Av. Deusdedith Salgado 1292, Teixeiras, Juiz de Fora, MG (32)3083-5409 (32)3025-5409 www.newtecsolucoes.com.

PABX IP. Newtec Soluções Av. Deusdedith Salgado 1292, Teixeiras, Juiz de Fora, MG (32)3083-5409 (32)3025-5409 www.newtecsolucoes.com. Informações O sistema O sistema foi desenvolvido com Asterisk, em uma plataforma OpenSource da Sangoma Company. Além das funcionalidades de um PABX convencional, o possibilita inúmeras tarefas, além de

Leia mais

PASSO A PASSO - INSTALAÇÃO

PASSO A PASSO - INSTALAÇÃO Digi Voice DigiVoice Tecnologia em Eletrônica DigiVoice Meucci PBX IP PASSO A PASSO - INSTALAÇÃO Versão: 1.0 Copyright 2007 DigiVoice Tecnologia em Eletrônica I DigiVoice Meucci Conteúdo Parte I Introdução

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System

BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System Comunicações móveis unificadas O BlackBerry Mobile Voice System (BlackBerry MVS) leva os recursos do telefone do escritório aos smartphones BlackBerry. Você pode trabalhar

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDES E SEGURANÇA DE SISTEMAS TELEFONIA IP E VOIP RESUMO

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDES E SEGURANÇA DE SISTEMAS TELEFONIA IP E VOIP RESUMO INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM REDES E SEGURANÇA DE SISTEMAS TELEFONIA IP E VOIP RESUMO Artigo Científico Curso de Pós-Graduação em Redes e Segurança de Sistemas Instituto

Leia mais

www.easyinformatica.com.br (42)3226-5606

www.easyinformatica.com.br (42)3226-5606 www.easyinformatica.com.br (42)3226-5606 SOLUÇÃO VOIP PARA PROVEDORES DE INTERNET 0800 VoIP Revenda Telefonia VoIP Central de Atendimento ao cliente REVENDA TELEFONIA VOIP Aumente seus lucros, lucro de

Leia mais

Série SV8000 UNIVERGE 360. UNIVERGE 360 - Unificando as Comunicações Empresariais

Série SV8000 UNIVERGE 360. UNIVERGE 360 - Unificando as Comunicações Empresariais Série SV8000 UNIVERGE 360 UNIVERGE 360 - Unificando as Comunicações Empresariais Tudo a ver com mudança E estar preparado para ela Com UNIVERGE360 você estabelece a direção. O ambiente de trabalho está

Leia mais

Asterisk. Introdução. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Asterisk. Introdução. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Asterisk Introdução!!!! Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br O que é Asterisk? O Asterisk é um software de PABX que usa o conceito de software! livre. Ele é licenciado através de uma licença do tipo

Leia mais

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial

REDES CORPORATIVAS. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial REDES CORPORATIVAS Presente no mercado há 31 anos, a Compugraf atua em vários segmentos da comunicação corporativa, oferecendo serviços e soluções de alta tecnologia, com reconhecida competência em diversos

Leia mais

www.smartptt.com.br e-mail: info@smartptt.com.br O SOFTWARE MOTORBO Suporte: e-mail: suporte@smartptt.com.br Suporte: Fone: +55 11 2914-3040

www.smartptt.com.br e-mail: info@smartptt.com.br O SOFTWARE MOTORBO Suporte: e-mail: suporte@smartptt.com.br Suporte: Fone: +55 11 2914-3040 O SOFTWARE MOTORBO Um sistema de controle de comunicações moderno não é composto apenas de hardware. Atualmente, software tem papel primordial. Com ele, é possível extrair todo o potencial disponibilizado

Leia mais

Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex

Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex Arquitetura da Plataforma All-in-one da GenNex 1. Descrição Geral A plataforma all-in-one desenvolvida pela GenNex Telecom não é baseada em Asterisk, mas sim, fruto de um projeto próprio onde todos os

Leia mais

Apresentação Comercial

Apresentação Comercial Apresentação Comercial quem somos? Portfolio Gateways Gravador A. Telefone IP Unified Sentinela Fidelizador MGS-1E MAT-41E Linha MGA 01 porta E1 30 canais digitais R2 ou ISDN Sinalização SIP G.711 e G.729

Leia mais

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral

Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Gravador Digital SUPER MONITOR Descrição Geral Documento confidencial Reprodução proibida 1 Introdução Em um mundo onde as informações fluem cada vez mais rápido e a comunicação se torna cada vez mais

Leia mais

Entendendo o Sistema

Entendendo o Sistema Entendendo o Sistema Passos para Venda: 1. O profissional escolhido efetua o cadastro na JG, se tornando um parceiro e vendedor. 2. O Parceiro visita empresas potenciais 3. O parceiro fecha um plano com

Leia mais

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa

UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Disciplina: Sistemas de Telecomunicações 4º período Professor: Maurício AULA 02 Telefonia Fixa Introdução UniFOA - Curso Seqüencial de Redes de Computadores Com o aparecimento dos sistemas de comunicação móvel como a telefonia celular, o termo telefonia fixa passou a ser utilizado para caracterizar

Leia mais

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro)

HTVix HA 211. Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) 1 HTVix HA 211 1. Interfaces Entrada de alimentação 12VDC / 500mA (Positivo no centro) Conector RJ11 para conexão de aparelho telefônico analógico ou o adaptador para telefone e rede de telefonia convencional

Leia mais

sentinela A plataforma completa para segurança corporativa LINHA Interceptação Monitoração Gravação Relatórios Gestão Tarifação

sentinela A plataforma completa para segurança corporativa LINHA Interceptação Monitoração Gravação Relatórios Gestão Tarifação LINHA sentinela Interceptação Monitoração Gravação Relatórios LINHA sentinela Gestão Tarifação A plataforma completa para segurança corporativa O Sentinela é uma plataforma de segurança voltada para telefonia

Leia mais

A Innovus está disponibilizando para as empresas a oportunidade de promoverem treinamentos de VoIP e Asterisk em suas cidades.

A Innovus está disponibilizando para as empresas a oportunidade de promoverem treinamentos de VoIP e Asterisk em suas cidades. A Innovus está disponibilizando para as empresas a oportunidade de promoverem treinamentos de VoIP e Asterisk em suas cidades. A proposta abaixo é para realização de treinamento "In Company" ou para Revenda

Leia mais

CONFIGURAÇÃO DO ATA ZINWELL ATA ZT-1000

CONFIGURAÇÃO DO ATA ZINWELL ATA ZT-1000 CONFIGURAÇÃO DO ATA ZINWELL ATA ZT-1000 Características Protocolos Interface de Rede Características das Chamadas Codecs Instalação Física Configuração Acessando o ATA pela primeira vez Modificações a

Leia mais

Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Julho/2012 Manual de configuração Softphone X-lite 5.0 Uso interno e de clientes Tellfree

Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Julho/2012 Manual de configuração Softphone X-lite 5.0 Uso interno e de clientes Tellfree Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Julho/2012 Manual de configuração Softphone X-lite 5.0 Uso interno e de clientes Tellfree Elaborado por: Vagner Reser vagner.reser@tellfree.com.br Validado por: Gabriel

Leia mais

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A

VERSÃO: DIREITOS DE USO: Tellfree Brasil Telefonia IP S.A Tellfree Brasil Telefonia IP S.A VERSÃO: Março, 2015. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil Telefonia IP S.A., tem

Leia mais

LGW4000 Labcom Media Gateway. Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011

LGW4000 Labcom Media Gateway. Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011 LGW4000 Labcom Media Gateway Labcom Media Gateway Apresentação Geral 10/11/2011 LGW4000 Labcom Media Gateway LGW4000 é um Media Gateway desenvolvido pela Labcom Sistemas que permite a integração entre

Leia mais

Serviço fone@rnp: descrição geral

Serviço fone@rnp: descrição geral Serviço fone@rnp: descrição geral Este documento descreve o serviço de Voz sobre IP da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. RNP/REF/0347 Versão Final Sumário 1. Apresentação... 3 2. Definições... 3 3. Benefícios

Leia mais

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO

MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO MEGAFREE MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: Julho, 2013. DIREITOS DE USO: Publicação de uso exclusivo, classificada quanto ao nível de sigilo como RESERVADA. A presente documentação é propriedade da Tellfree Brasil

Leia mais

LINKSYS SPA3102 E PAP2T

LINKSYS SPA3102 E PAP2T CONFIGURANDO TELEFONE PONTO A PONTO COM LINKSYS SPA3102 E PAP2T CONFIGURANDO SPA3102 e PAP2T Conteúdo: 1 Apresentação pag 3 2 Estudo de caso pag 4 3 Conexão dos ATAs pag 6 4 Configurando pag 8 5 SPA 3102

Leia mais

Servidor IP Serviços Agregados

Servidor IP Serviços Agregados Servidor IP RÁUS U OD L AUN A M Serviços Agregados Servidor IP Servidor IP Serviços Agregados Serviços Agregados MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...4 2. ASSIM COMEÇOU A NOSSA HISTÓRIA...5 2.1. CERTIFICAÇÃO

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

LINKSYS SPA3102 E PAP2T

LINKSYS SPA3102 E PAP2T CONFIGURANDO TELEFONE PONTO A PONTO COM LINKSYS SPA3102 E PAP2T Infottecnica Telecom & infor www.infottecnica.com.br Pirapora MG Tel. 38 8404-4430 1 CONFIGURANDO SPA3102 e PAP2T Conteúdo: 1 Apresentação

Leia mais

Guia do usuário Placa VoIP

Guia do usuário Placa VoIP Guia do usuário Placa VoIP Versão 02/07 Caro usuário, Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa VoIP é um acessório que poderá ser utilizado em todas as

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System

BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System Comunicações móveis unificadas O Mobile Voice System ( MVS) foi projetado para unificar os recursos do telefone fixo aos smartphones e às redes

Leia mais

Panasonic KX-NCP500 KX-NCP1000

Panasonic KX-NCP500 KX-NCP1000 Linha PABX - 2009 Panasonic KX-NCP500 KX-NCP1000 PABX Panasonic - Soluções em Comunicação Soluções em Mobilidade Ramal Móvel IP Benefício Utilizando o Softphone IP da Panasonic em seu computador é possível

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Tipos de Sistemas Operacionais Com o avanço dos computadores foram surgindo alguns tipos de sistemas operacionais que contribuíram para o desenvolvimento do software. Os tipos de

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Descubra um mundo de benefícios em uma solução de comunicação corporativa.

Descubra um mundo de benefícios em uma solução de comunicação corporativa. Business Communications Server KX-NS1000 Business Communications Server O Grupo Panasonic não mede esforços para ser uma empresa inovadora ecologicamente correta com perspectiva global. Esforços ambientais

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de um PABX IP, suas características e aplicações.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de um PABX IP, suas características e aplicações. PABX IP Este tutorial apresenta os conceitos básicos de um PABX IP, suas características e aplicações. Alberto Mitsuo Sato Engenheiro de Eletrônica e Telecomunicações (CEFET-PR 88), com certificado da

Leia mais

Manual do Radioserver

Manual do Radioserver Manual do Radioserver Versão 1.0.0 Alex Farias (Supervisão) Luiz Galano (Comercial) Vinícius Cosomano (Suporte) Tel: (011) 9393-4536 (011) 2729-0120 (011) 2729-0120 Email: alex@smartptt.com.br suporte@smartptt.com.br

Leia mais

Manual do Digitronco. Sumário. A empresa do cliente consegue fazer várias ligações ao mesmo tempo.

Manual do Digitronco. Sumário. A empresa do cliente consegue fazer várias ligações ao mesmo tempo. Manual do Digitronco A empresa do cliente consegue fazer várias ligações ao mesmo tempo. Sumário 1. Introdução... 2 2. Conceito... 2 3. Tecnologia... 4 4. Topologia... 5 5. Diferencial... 6 5.1. Franquia

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

(Artigo 1) - Asterisk e FreeBSD o Futuro da Telefonia IP.

(Artigo 1) - Asterisk e FreeBSD o Futuro da Telefonia IP. (Artigo 1) - Asterisk e FreeBSD o Futuro da Telefonia IP. Autoria de Marcelo Araujo 09/07/2006 Última Atualização 16/07/2006 FUG-BR / Grupo Brasileiro de Usuarios de FreeBSD Observando o mercado, Ã fã

Leia mais

Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP)

Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP) Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP) Telefonia Tradicional PBX Telefonia Pública PBX Rede telefônica tradicional usa canais TDM (Time Division Multiplexing) para transporte da voz Uma conexão de

Leia mais

GT-VOIP. Especificação de Compra de Gateways VoIP. Fevereiro de 2003

GT-VOIP. Especificação de Compra de Gateways VoIP. Fevereiro de 2003 GT-VOIP Especificação de Compra de Gateways VoIP Fevereiro de 2003 Este relatório apresenta a especificação de cenários e do hardware necessário para a implantação do piloto VOIP na Rede Nacional de Pesquisa.

Leia mais

1. Conhecendo o Pligg

1. Conhecendo o Pligg MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Conhecendo o Pligg....................................................... 1 2. Como instalar o Pligg...................................................... 2 3. Como ativar

Leia mais

REDE IP WAVENET INFRA-ESTRUTURA MULTISERVIÇOS IP WIRELESS

REDE IP WAVENET INFRA-ESTRUTURA MULTISERVIÇOS IP WIRELESS REDE IP WAVENET INFRA-ESTRUTURA MULTISERVIÇOS IP WIRELESS TÓPICOS - INTRODUÇÃO - HISTÓRICO - INTERNET PONTO A PONTO - INTERNET PONTO MULTIPONTO - TECNOLOGIA WI-MESH - REDE MULTISERVIÇOS IP - CASOS PRÁTICOS

Leia mais

Serviço fone@ms Projeto Piloto MS - RNP

Serviço fone@ms Projeto Piloto MS - RNP IV Workshop VoIP Serviço fone@ms Projeto Piloto MS - RNP Alex Galhano Robertson Recife, 29 de maio de 2009 Agenda Serviços Digitais para Saúde O serviço fone@ms Visão Geral Premissas Treinamento A rede

Leia mais

VOIP A REVOLUÇÃO NA TELEFONIA

VOIP A REVOLUÇÃO NA TELEFONIA VOIP A REVOLUÇÃO NA TELEFONIA Introdução Saiba como muitas empresas em todo mundo estão conseguindo economizar nas tarifas de ligações interurbanas e internacionais. A História do telefone Banda Larga

Leia mais

Acessando o ATA. Essa configuração pode ser realizada através dos seguintes passos:

Acessando o ATA. Essa configuração pode ser realizada através dos seguintes passos: CONFIGURAÇÃO DO ATA Linksys PAP2T o computador para acessar o ATA Acessando 1. o computador para acessar. Para realizar a configuração d, é necessário que o computador que será utilizado esteja com as

Leia mais

Soluções convergentes para redes de voz, estratégias de migração e seus impactos nas empresas

Soluções convergentes para redes de voz, estratégias de migração e seus impactos nas empresas Soluções convergentes para redes de voz, estratégias de migração e seus impactos nas empresas, Carlos Alberto Malcher Bastos, Marcos Tadeu von Lutzow Vidal, Milton Martins Flores Quem somos? Laboratório

Leia mais

MITEL MICOLLAB CLIENT

MITEL MICOLLAB CLIENT MITEL MICOLLAB CLIENT Sobre o MiCollab Client O MiCollab Client é um produto de comunicações de software integrado com os recursos avançados de gerenciamento de chamada do MiVoice Business e do MiVoice

Leia mais

O que temos pra hoje?

O que temos pra hoje? O que temos pra hoje? Temas de Hoje: Firewall Conceito Firewall de Software Firewall de Softwares Pagos Firewall de Softwares Grátis Firewall de Hardware Sistemas para Appliances Grátis UTM: Conceito Mão

Leia mais

VoIP. Voice Over IP. lmedeiros@othos.com.br

VoIP. Voice Over IP. lmedeiros@othos.com.br VoIP Voice Over IP lmedeiros@othos.com.br Índice O que Significa? Como funciona? Porque utilizar? Equipamentos VoIP Desvantagens Provedores VoIP Conclusão O que significa? VoIP é uma tecnologia que usa

Leia mais

Painel IV Aspectos Jurídicos de VoIP. Prof. Dr. Cláudio R. M. Silva

Painel IV Aspectos Jurídicos de VoIP. Prof. Dr. Cláudio R. M. Silva Painel IV Aspectos Jurídicos de VoIP Prof. Dr. Cláudio R. M. Silva 1 Participantes * Cláudio Rodrigues Muniz da Silva DCO / UFRN; * Fabiano André de Sousa Mendonça DPUB / UFRN; * Lívio Peixoto do Nascimento

Leia mais

Tactium IP. Tactium IP. Produtividade para seu Contact Center.

Tactium IP. Tactium IP. Produtividade para seu Contact Center. TACTIUM IP com Integração à plataforma Asterisk Vocalix Guia de Funcionalidades 1 Independência de localização e redução de custos: o TACTIUM IP transforma em realidade a possibilidade de uso dos recursos

Leia mais

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM?

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? Porque a Voz na Nuvem? 2 Índice Introdução... 3 Baixo Custo... 4 REQUISITOS MÍNIMOS DE CAPITAL... 4 EQUIPAMENTOS GENÉRICOS... 4 UTILIZAÇÃO DE MAIORES RECURSOS... 4 DESPESAS

Leia mais

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS)

Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Soluções corporativas personalizadas com o Microsoft Exchange 2010 e o Cisco Unified Computing System (UCS) Hoje é fundamental para as empresas poder contar com recursos de comunicação, mobilidade, flexibilidade

Leia mais

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada.

Autenticação modo Roteador. Após finalizar a configuração, seu computador obterá o IP e a página de configuração do ATA poderá ser acessada. 2. Conecte a porta WAN do GKM 2210 T ao seu acesso à internet (porta ethernet do modem). O LED WAN acenderá; 3. Conecte a porta LAN à placa de rede do PC. O LED LAN acenderá; 4. Conecte o(s) telefone(s)

Leia mais

HiPath 1100 A melhor solução em comunicação para pequenas e médias empresas.

HiPath 1100 A melhor solução em comunicação para pequenas e médias empresas. HiPath 1100 A melhor solução em comunicação para pequenas e médias empresas. www.siemens.com.br A linha de equipamentos que proporciona à sua empresa uma solução em comunicação com qualidade e garantia

Leia mais