IGP-M registra variação de 0,82% em maio

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IGP-M registra variação de 0,82% em maio"

Transcrição

1 Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,82% em maio O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,82%, em maio. Em abril, o índice variou 0,33%. Em maio de 2015, a variação foi de 0,41%. A variação acumulada em 2016, até maio, é de 4,15%. Em 12 meses, o IGP-M registrou alta de 11,09%. O IGP-M é calculado com base nos preços coletados entre os dias 21 do mês anterior e 20 do mês de referência. O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) apresentou taxa de variação de 0,98%. No mês anterior, a taxa foi de 0,29%. O índice relativo aos Bens Finais variou 0,21%, em maio. Em abril, este grupo de produtos mostrou variação de 0,30%. Contribuiu para este recuo o subgrupo bens de consumo não duráveis exceto alimentação e combustíveis, cuja taxa de variação passou de 1,51% para 0,98%. Excluindo-se os subgrupos alimentos in natura e combustíveis, o índice de Bens Finais (ex) registrou variação de 0,22%. Em abril, a taxa foi de 0,37%. O índice referente ao grupo Bens Intermediários variou 0,38%. Em abril, a taxa foi de -0,94%. O principal responsável por este movimento foi o subgrupo materiais e componentes para a manufatura, cuja taxa de variação passou de -1,69% para 0,71%. O índice de Bens Intermediários (ex), calculado após a exclusão do subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção, variou 0,45%, ante -1,03%, em abril. No estágio inicial da produção, o índice do grupo Matérias-Primas Brutas variou 2,64%, em maio. Em abril, o índice registrou variação de 1,78%. Os itens que mais contribuíram para este movimento foram: soja (em grão) (-1,59% para 12,38%), mandioca (aipim) (-12,71% para -9,80%) e milho (em grão) (7,59% para 7,93%). Em sentido oposto, destacam-se: laranja (15,20% para 0,85%), bovinos (0,01% para -2,28%) e cana-deaçúcar (2,97% para 0,36%). FGV-IBRE

2 O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou variação de 0,65%, em maio, ante 0,39%, em abril. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A principal contribuição partiu do grupo Habitação (-0,28% para 0,38%). Nesta classe de despesa, vale citar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de -3,65% para 0,41%. Também apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Saúde e Cuidados Pessoais (1,33% para 2,21%), Despesas Diversas (0,33% para 2,44%), Vestuário (0,37% para 0,64%) e Comunicação (0,18% para 0,29%). Nestas classes de despesa, os destaques foram: medicamentos em geral (3,15% para 6,20%), cigarros (0,40% para 5,88%), calçados (-0,43% para 0,36%) e tarifa de telefone residencial (-0,53% para 0,22%), respectivamente. Em contrapartida, apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Transportes (0,33% para -0,13%), Alimentação (0,85% para 0,77%) e Educação, Leitura e Recreação (-0,07% para -0,13%). Nestas classes de despesa, destacaram-se: etanol (-1,39% para -6,89%), carnes bovinas (-0,08% para -1,51%) e show musical (0,84% para -1,94%), respectivamente. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou, em maio, variação de 0,19%, abaixo do resultado de abril, de 0,41%. O índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação de 0,04%. No mês anterior, a taxa havia sido de 0,29%. O índice que representa o custo da Mão de Obra registrou taxa de 0,32%. No mês anterior, este grupo variou 0,52%. 2

3 Tabela 1 Índice Geral de Preços e Componentes - Variação Percentual Discriminação Índice Base ago/94=100 Anterior Variação Percentual Ano Acumulada 12 Meses ÍNDICE GERAL DE PREÇOS M 642,651 0,33 0,82 4,15 11,09 I P A TODOS OS ITENS 705,311 0,29 0,98 4,38 12,54 ESTÁGIOS Bens Finais 592,145 0,30 0,21 5,40 12,75 Bens Intermediários 673,443-0,94 0,38 0,34 7,18 Matérias-Primas Brutas 888,691 1,78 2,64 8,15 19,17 ORIGEM Produtos Agropecuários 1.108,254 1,35 2,58 10,51 23,23 Produtos Industriais 578,868-0,15 0,30 1,93 8,46 SÉRIES ESPECIAIS Bens Finais (ex) 402,340 0,37 0,22 3,42 9,87 Bens Intermediários (ex) 602,715-1,03 0,45 0,93 8,27 I P C TODOS OS ITENS 510,853 0,39 0,65 4,35 9,09 Alimentação 486,674 0,85 0,77 6,68 12,88 Habitação 649,966-0,28 0,38 1,65 6,25 Vestuário 211,108 0,37 0,64 1,91 4,60 Saúde e Cuidados Pessoais 546,982 1,33 2,21 5,67 10,43 Educação, Leitura e Recreação 641,007-0,07-0,13 5,58 8,29 Transportes 469,630 0,33-0,13 4,00 8,78 Despesas Diversas 514,991 0,33 2,44 7,39 14,65 Comunicação* 112,029 0,18 0,29 2,86 4,64 I N C C TODOS OS ITENS 662,089 0,41 0,19 2,25 6,77 Materiais, Equipamentos e Serviços 514,277 0,29 0,04 1,78 4,92 Mão de Obra 855,553 0,52 0,32 2,68 8,46 Fonte: FGV/IBRE Bens Finais (ex) - exclusive alimentos in natura e combustíveis para consumo Bens Intermediários (ex) - exclusive combustíveis e lubrificantes para produção * Base: fevereiro de 2012=100 3

4 Tabela 2 Maiores Influências Positivas e Negativas Discriminação Variação Percentual Anterior MAIORES INFLUÊNCIAS POSITIVAS ÍNDICE DE PREÇOS AO PRODUTOR AMPLO Soja (em grão) -1,59 12,38 Farelo de soja -8,56 17,03 Milho (em grão) 7,59 7,93 Batata-inglesa 12,29 27,34 Minério de ferro 7,11 3,98 ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR Batata-inglesa 10,09 25,59 Cigarros 0,40 5,88 Vasodilatador para pressão arterial 2,76 6,50 Mamão papaya 13,74 22,52 Plano e seguro de saúde 1,04 1,03 ÍNDICE NACIONAL DE CUSTO DA CONSTRUÇÃO Ajudante especializado 0,67 0,19 Servente 0,45 0,25 Engenheiro 0,26 0,52 Pedreiro 0,47 0,30 Encarregado 0,26 0,68 MAIORES INFLUÊNCIAS NEGATIVAS ÍNDICE DE PREÇOS AO PRODUTOR AMPLO Bovinos 0,01-2,28 Álcool etílico hidratado -11,96-12,63 Mandioca (aipim) -12,71-9,80 Álcool etílico anidro -7,83-16,65 Aves 0,93-3,50 ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR Etanol -1,39-6,89 Cenoura 1,57-23,84 Tomate -13,75-6,85 Show musical 0,84-1,94 Excursão e tour -3,81-2,17 ÍNDICE NACIONAL DE CUSTO DA CONSTRUÇÃO Vergalhões e arames de aço ao carbono -0,46-0,95 Condutores elétricos 0,28-2,32 Projetos 0,29-0,50 Cimento Portland comum -0,75-0,45 Tijolo/telha cerâmica 0,13-0,38 Fonte: FGV/IBRE 4

IGP-M registra variação de 1,69% em junho

IGP-M registra variação de 1,69% em junho Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 1,69% em junho O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 1,69%, em junho. Em maio, o índice variou 0,82%. Em junho de 2015, a variação foi

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,18% em julho

IGP-M registra variação de 0,18% em julho Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,18% em julho O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,18%, em julho. Em junho, o índice variou 1,69%. Em julho de 2015, a variação foi

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,33% em abril

IGP-M registra variação de 0,33% em abril Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,33% em abril O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,33%, em abril. Em março, o índice variou 0,51%. Em abril de 2015, a variação foi

Leia mais

IGP-M registra variação de 0,51% em março

IGP-M registra variação de 0,51% em março Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-M registra variação de 0,51% em março O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,51%, em março. Em fevereiro, o índice variou 1,29%. Em março de 2015, a variação

Leia mais

IGP-M. Março/2016. 30 de março de 2016. Secretaria de Política Econômica

IGP-M. Março/2016. 30 de março de 2016. Secretaria de Política Econômica IGP-M Março/2016 30 de março de 2016 mar 99 set 99 mar 00 set 00 mar 01 set 01 mar 02 set 02 mar 03 set 03 mar 04 set 04 mar 05 set 05 mar 06 set 06 mar 07 set 07 mar 08 set 08 mar 09 set 09 mar 10 set

Leia mais

IGP-DI registra variação de 0,79% em fevereiro

IGP-DI registra variação de 0,79% em fevereiro Segundo Decêndio Março de 2014 Segundo Decêndio Março de 2014 IGP-DI registra variação de 0,79% em fevereiro O Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna (IGP-DI) variou 0,79%, em fevereiro. A variação

Leia mais

Outubro de 2013 IGP-M registra variação de 0,86% em outubro Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) IGP-M IGP-M

Outubro de 2013 IGP-M registra variação de 0,86% em outubro Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) IGP-M IGP-M IGP-M registra variação de 0,86% em outubro O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) variou 0,86%, em outubro. Em setembro, o índice variou 1,50%. Em outubro de 2012, a variação foi de 0,02%. A variação

Leia mais

5 - Preços. 5.1 - Índices gerais

5 - Preços. 5.1 - Índices gerais - Preços Índices gerais Variação % Discriminação 1999 Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Mensal IGP-1,9,6 3, 1, -, -,1 1,4 1,6 IPA 1,3 4,,3 1,4 -,6 -,3 1,8,1 IPC,,7 1,3 1,,3,1 1, 1, INCC,1, 1,,6,4,9,3, IGP-M,8

Leia mais

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Abril 2016

ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Abril 2016 ÍNDICES NACIONAIS DE PREÇOS AO CONSUMIDOR IPCA e INPC Abril 2016 Rio de Janeiro, 06 de maio de 2016 SISTEMA NACIONAL DE ÍNDICES DE PREÇOS AO CONSUMIDOR COMENTÁRIOS Abril 2016 ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS

Leia mais

Alimentos e combustíveis pressionam a inflação em março

Alimentos e combustíveis pressionam a inflação em março 1 São Paulo, 07 de abril de 2014. NOTA À IMPRENSA Alimentos e combustíveis pressionam a inflação em março Em março, a variação do custo de vida no município de São Paulo foi de 0,81%, segundo cálculo do

Leia mais

IGP-M. Abril/ de abril de Secretaria de Política Econômica

IGP-M. Abril/ de abril de Secretaria de Política Econômica IGP-M Abril/2016 28 de abril de 2016 abr 99 out 99 abr 00 out 00 abr 01 out 01 abr 02 out 02 abr 03 out 03 abr 04 out 04 abr 05 out 05 abr 06 out 06 abr 07 out 07 abr 08 out 08 abr 09 out 09 abr 10 out

Leia mais

COMENTÁRIOS. A produção industrial em julho apresentou crescimento de 0,6% frente ao

COMENTÁRIOS. A produção industrial em julho apresentou crescimento de 0,6% frente ao COMENTÁRIOS A produção industrial em julho apresentou crescimento de 0,6% frente ao mês anterior, descontadas as influências sazonais. No confronto com julho de 2005 o aumento ficou em 3,2%. Assim, o setor

Leia mais

IGP-M. Junho/ de junho de Secretaria de Política Econômica

IGP-M. Junho/ de junho de Secretaria de Política Econômica IGP-M Junho/2016 29 de junho de 2016 jun 99 dez 99 jun 00 dez 00 jun 01 dez 01 jun 02 dez 02 jun 03 dez 03 jun 04 dez 04 jun 05 dez 05 jun 06 dez 06 jun 07 dez 07 jun 08 dez 08 jun 09 dez 09 jun 10 dez

Leia mais

Seção fechada com dados disponíveis até o dia 31/12/2015. Janeiro 2016 Conjuntura Econômica I

Seção fechada com dados disponíveis até o dia 31/12/2015. Janeiro 2016 Conjuntura Econômica I Índices Econômicos II Índices gerais II Índice de preços ao produtor amplo origem Brasil III Preços ao consumidor Brasil V Preços ao consumidor Rio de Janeiro V Preços ao consumidor São Paulo V Preços

Leia mais

Análise: O preço dos alimentos nos últimos 3 anos e 4 meses

Análise: O preço dos alimentos nos últimos 3 anos e 4 meses 1 São Paulo, 7 de maio de 2008. NOTA À IMPRENSA Análise: O preço dos alimentos nos últimos 3 anos e 4 meses O comportamento recente do preço dos alimentícios tem sido motivo de preocupação, uma vez que

Leia mais

ANÁLISE MENSAL - IPCA

ANÁLISE MENSAL - IPCA ANÁLISE MENSAL - IPCA Março/ 2015 O índice de inflação brasileiro do mês de março avançou 1,32% em relação ao mês anterior, taxa bastante pressionada e superior aos dois primeiros meses do ano de 2015,

Leia mais

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (CUSTO DE VIDA) TERESINA

Leia mais

IGP-M. Janeiro/ de janeiro de Secretaria de Política Econômica

IGP-M. Janeiro/ de janeiro de Secretaria de Política Econômica IGP-M Janeiro/2016 28 de janeiro de 2016 jan 99 jul 99 jan 00 jul 00 jan 01 jul 01 jan 02 jul 02 jan 03 jul 03 jan 04 jul 04 jan 05 jul 05 jan 06 jul 06 jan 07 jul 07 jan 08 jul 08 jan 09 jul 09 jan 10

Leia mais

IGP-M. Outubro/ de outubro de Secretaria de Política Econômica

IGP-M. Outubro/ de outubro de Secretaria de Política Econômica IGP-M Outubro/2015 29 de outubro de 2015 out 98 abr 99 out 99 abr 00 out 00 abr 01 out 01 abr 02 out 02 abr 03 out 03 abr 04 out 04 abr 05 out 05 abr 06 out 06 abr 07 out 07 abr 08 out 08 abr 09 out 09

Leia mais

IGP-M. Fevereiro/ de fevereiro de Secretaria de Política Econômica

IGP-M. Fevereiro/ de fevereiro de Secretaria de Política Econômica IGP-M Fevereiro/2016 26 de fevereiro de 2016 fev 99 ago 99 fev 00 ago 00 fev 01 ago 01 fev 02 ago 02 fev 03 ago 03 fev 04 ago 04 fev 05 ago 05 fev 06 ago 06 fev 07 ago 07 fev 08 ago 08 fev 09 ago 09 fev

Leia mais

Taxa de Inflação Homóloga diminuiu 0,1% em Fevereiro

Taxa de Inflação Homóloga diminuiu 0,1% em Fevereiro INSTITUTO NACIONAL DE ESTATISTICA CABO VERDE Nota de Imprensa Índice de Preços no Consumidor IPC base 2007 Fevereiro de 2016 14 de Março de 2016 Taxa de Inflação Homóloga diminuiu 0,1% em Fevereiro No

Leia mais

COMENTÁRIOS Comércio Varejista Comércio Varejista Ampliado

COMENTÁRIOS Comércio Varejista Comércio Varejista Ampliado COMENTÁRIOS Em fevereiro de 2015, o Comércio Varejista do País registrou variação de -0,1%, para o volume de vendas e de 0,7% para a receita nominal, ambas as variações com relação ao mês anterior, ajustadas

Leia mais

ÍNDICE DE PREÇO AO CONSUMIDOR IPC/FAPESPA RMB

ÍNDICE DE PREÇO AO CONSUMIDOR IPC/FAPESPA RMB V REUNIÃO DO GRUPO DE ESTUDOS E ANÁLISE CONJUNTURAL -GEAC ÍNDICE DE PREÇO AO CONSUMIDOR IPC/FAPESPA RMB Maria Glaucia Pacheco Moreira Diretora de Estatística, Tecnologia e Gestão da Informação DIEST/Fapespa

Leia mais

IPES Índice de Preços ao Consumidor

IPES Índice de Preços ao Consumidor IPES Índice de Preços ao Consumidor Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPC-IPES Índice de Preços ao Consumidor de Caxias do Sul Novembro de 2015 Novembro de 2015 UNIVERSIDADE

Leia mais

Preços. 2.1 Índices gerais

Preços. 2.1 Índices gerais Preços As taxas de inflação aumentaram no trimestre finalizado em novembro, em relação ao encerrado em agosto. Nesse contexto, os preços ao produtor repercutiram, em especial, a reversão da deflação no

Leia mais

Preços. 2.1 Índices gerais

Preços. 2.1 Índices gerais Preços O comportamento dos preços ao final de e início de foi influenciado por pressões sazonais em especial nos grupos alimentação e educação e de custos, associadas, na sua maior parte, à evolução dos

Leia mais

EDUCAÇÃO SOBE MAIS QUE INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS SETE ANOS

EDUCAÇÃO SOBE MAIS QUE INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS SETE ANOS SÃO PAULO, 19 DE FEVEREIRO DE 2004. EDUCAÇÃO SOBE MAIS QUE INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS SETE ANOS TODO INÍCIO DE ANO, PAIS, ESTUDANTES E ESPECIALISTAS EM INFLAÇÃO SE PREPARAM PARA O REAJUSTE DAS MENSALIDADES ESCOLARES

Leia mais

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO

SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO SECRETARIA DO PLANEJAMENTO DO ESTADO DO PIAUÍ FUNDAÇÃO CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DO PIAUÍ CEPRO DIRETORIA DE ESTATÍSTICA E INFORMAÇÃO ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (CUSTO DE VIDA) TERESINA

Leia mais

JANEIRO 2016. Em janeiro de 2016 IPC de Salvador registra elevação de 1,65%

JANEIRO 2016. Em janeiro de 2016 IPC de Salvador registra elevação de 1,65% JANEIRO 2016 Em janeiro de 2016 IPC de Salvador registra elevação de 1,65% O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Salvador apresentou, em janeiro, incremento de 2,35%, superior à taxa apurada em dezembro

Leia mais

Informe Econômico SEFAZ/RJ

Informe Econômico SEFAZ/RJ Economia Mundial. Para 2016 é esperado que o excesso de oferta de commodities se mantenha. Mais recentemente, os mercados financeiros têm sido particularmente frustrados por indicadores que mostram que

Leia mais

Índice de Preços Turístico

Índice de Preços Turístico Índice de Preços Turístico 04 de Setembro de 2015 2º Trimestre 2015 Contacto (s): Olga Cruz Próxima edição: 16 de Outubro 2015 (3º Trim.) Olga.cruz@ine.gov.cv Raimundo Lopes Raimundo.lopes@ine.gov.cv Preços

Leia mais

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA SETEMBRO/2011

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA SETEMBRO/2011 1. INTRODUÇÃO O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) apresenta os resultados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor e a Cesta Básica para a Região Metropolitana de Fortaleza.

Leia mais

ÍNDICE DE PREÇO AO CONSUMIDOR IPC/FAPESPA RMB

ÍNDICE DE PREÇO AO CONSUMIDOR IPC/FAPESPA RMB XIII REUNIÃO DO GRUPO INTERINSTITUCIONAL DE ESTUDOS E ANÁLISE CONJUNTURAL - GEAC ÍNDICE DE PREÇO AO CONSUMIDOR IPC/FAPESPA RMB Maria Glaucia Pacheco Moreira Diretora de Estatística, Tecnologia e Gestão

Leia mais

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA MARÇO/2011

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA MARÇO/2011 1. INTRODUÇÃO O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) apresenta os resultados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor e a Cesta Básica para a Região Metropolitana de Fortaleza.

Leia mais

Custo da cesta básica tem forte alta na maioria das capitais em 2010

Custo da cesta básica tem forte alta na maioria das capitais em 2010 1 São Paulo, 11 de janeiro de 2011. NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica tem forte alta na maioria das capitais em 2010 Catorze, das 17 capitais onde o DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística

Leia mais

Comentários. A redução no ritmo da produção industrial nacional na passagem de

Comentários. A redução no ritmo da produção industrial nacional na passagem de Comentários A redução no ritmo da produção industrial nacional na passagem de março para abril, série com ajuste sazonal, foi acompanhada por sete dos quatorze locais pesquisados, com destaque para os

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Junho - 2012

Cesta Básica. Boletim Junho - 2012 Cesta Básica Boletim Junho - 2012 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus reduziu 0,98%, de R$214,06 em maio passou para R$211,97 em junho (Tabela 1). A diminuição de 7,77% no preço da carne foi o

Leia mais

BRASIL. Comércio Exterior. ( Janeiro de 2016 )

BRASIL. Comércio Exterior. ( Janeiro de 2016 ) Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC BRASIL Comércio Exterior ( Janeiro de 2016 ) Fevereiro de 2016

Leia mais

Maio 2004. Belo Horizonte. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. Belo Horizonte. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de Belo Horizonte Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE 2004 REGIÃO

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO Fevereiro de 2014

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO Fevereiro de 2014 PRODUTIVIDADE DO TRABALHO Fevereiro de 2014 SUMÁRIO EXECUTIVO A produtividade do trabalho da indústria catarinense variou 2% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano anterior. No primeiro bimestre de

Leia mais

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE PANAMBI 1 Ano 2 - N 6 Junho de 2015

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE PANAMBI 1 Ano 2 - N 6 Junho de 2015 BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE PANAMBI 1 Ano 2 - N 6 Junho de 2015 Laboratório de Gestão Laboratório de Economia Aplicada Resumo - Comunicado para a Imprensa Os dados da coleta de preços nos principais supermercados

Leia mais

BOLETIM MENSAL Ano 24 No 11 Novembro 2008

BOLETIM MENSAL Ano 24 No 11 Novembro 2008 BOLETIM MENSAL Ano 24 N o 11 Novembro 2008 Apoio: UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR DE VIÇOSA (IPC-VIÇOSA)

Leia mais

Preços Agropecuários: alta de 2,99% em fevereiro de 2014

Preços Agropecuários: alta de 2,99% em fevereiro de 2014 Análises e Indicadores do Agronegócio ISSN 1980-0711 Preços Agropecuários: alta de 2,99% em fevereiro de 2014 O Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista (IqPR) 1, 2 (que mede

Leia mais

Preço da cesta básica só recua em Brasília

Preço da cesta básica só recua em Brasília 1 São Paulo, 05 de maio de 2006 NOTA À IMPRENSA Preço da cesta básica só recua em Brasília Somente em Brasília onde o custo do conjunto de gêneros alimentícios de primeira necessidade recuou 2,52% - houve,

Leia mais

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE TRÊS PASSOS 1 Ano 1 - N 6 Junho de 2015

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE TRÊS PASSOS 1 Ano 1 - N 6 Junho de 2015 BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE TRÊS PASSOS 1 Ano 1 - N 6 Junho de 2015 Laboratório de Gestão Laboratório de Economia Aplicada Resumo - Comunicado para a Imprensa Os dados da coleta de preços nos principais

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ ROBERTO REQUIÃO - Governador SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL ELEONORA BONATO FRUET - Secretária FÁBIO DÓRIA SCATOLIN - Diretor Geral INSTITUTO PARANAENSE

Leia mais

ISSN: % Últimos 12 meses Jul/17-Jul/18. % Ano 2018 Jan-Jul/18 GRUPO/ SUBGRUPOS/ CLASSES. % Jul/18

ISSN: % Últimos 12 meses Jul/17-Jul/18. % Ano 2018 Jan-Jul/18 GRUPO/ SUBGRUPOS/ CLASSES. % Jul/18 Pró- Administrativo Econômicos de O Índice de Preços ao Consumidor Amplo para o grupo Alimentação e Bebidas (IPCA-AB) de, apresentou, em julho de 2018, diminuição de -0,04% comparado ao mês de junho deste

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ ROBERTO REQUIÃO - Governador SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL REINHOLD STEPHANES - Secretário WILHELM EDUARD MILWARD DE AZEVEDO MEINERS - Diretor Geral

Leia mais

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE IJUÍ

BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE IJUÍ BOLETIM DA CESTA BÁSICA DE IJUÍ Ano 5 - N 6 Junho de 2015 LEA Laboratório de Economia Aplicada Resumo - Comunicado para a Imprensa Os dados da coleta de preços nos principais supermercados do Município

Leia mais

BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO

BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO EDIÇÃO MERCADO Nº 29 AGOSTO 2017 1 ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 1.1 m² PARÁ AGOSTO 2017... 2 1.1.1 VARIAÇÃO ANUAL ACUMULADA ONERADO E DESONERADO... 3 1.1.2

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Comunicação Social 25 de março de 2004 Pesquisa Mensal de Emprego Taxa de desocupação é de 12% em fevereiro Em fevereiro de 2004, a taxa de desocupação ficou estável tanto em relação ao mês anterior (11,7%)

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ ROBERTO REQUIÃO - Governador SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL ELEONORA BONATO FRUET - Secretária FÁBIO DÓRIA SCATOLIN - Diretor Geral INSTITUTO PARANAENSE

Leia mais

Custo da cesta básica recua em 11 capitais

Custo da cesta básica recua em 11 capitais 1 São Paulo, 3 de março de 2008. NOTA À IMPRENSA Custo da cesta básica recua em 11 capitais O custo do conjunto de itens de alimentação que compõem a cesta básica apresentou, em fevereiro, predominância

Leia mais

BOLETIM DO ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR. IPC - Luanda

BOLETIM DO ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR. IPC - Luanda BOLETIM DO ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR IPC - Luanda Fevereiro 2013 Director Geral Camilo Ceita Editor Instituto Nacional de Estatística Rua Ho-Chi-Min Caixa Postal nº 1215 Tel: 244 938 217 557 www.ine.gov.ao

Leia mais

INDICADORES CORK SERVICES JUNHO 2014

INDICADORES CORK SERVICES JUNHO 2014 Página1 1. APRESENTAÇÃO INDICADORES CORK SERVICES JUNHO 2014 Os indicadores Cork Services contemplam os principais números de referência para a gestão de frotas, incluindo índices de inflação e variação

Leia mais

Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Janeiro de 2012 Cesta Básica de Caxias do Sul, jan./12 UNIVERSIDADE DE

Leia mais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais 1 São Paulo, 03 de novembro de 2011 Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais NOTA À IMPRENSA Ao contrário do que ocorreu em setembro, quando 09 cidades registraram queda no preço dos gêneros

Leia mais

Custo da cesta aumenta em metade das capitais pesquisadas

Custo da cesta aumenta em metade das capitais pesquisadas 1 São Paulo, 11 de março de 2014. Custo da cesta aumenta em metade das capitais pesquisadas NOTA À IMPRENSA Em fevereiro, os preços dos gêneros alimentícios essenciais subiram em nove das 18 capitais onde

Leia mais

Boletim Econômico - Novembro de 2015. Global Mão-de-obra Material Administrativo

Boletim Econômico - Novembro de 2015. Global Mão-de-obra Material Administrativo Custo da construção residencial no Estado de São Paulo, padrão R8-N, índice base fev/07=100 Global Mão-de-obra Material Administrativo Variação (%) Variação (%) Variação (%) Variação (%) Data Índice Mês

Leia mais

Comportamento do custo da Cesta Básica se diferencia nas capitais do Brasil

Comportamento do custo da Cesta Básica se diferencia nas capitais do Brasil 1 São Paulo, 11 de abril de 2016. NOTA À IMPRENSA Comportamento do custo da Cesta Básica se diferencia nas capitais do Brasil Em março de 2016, houve aumento no custo do conjunto de alimentos básicos em

Leia mais

Agosto de 2012. VALORIZAÇÃO DO FARELO DE SOJA E DO MILHO ELEVA GASTOS COM CONCENTRADO

Agosto de 2012. VALORIZAÇÃO DO FARELO DE SOJA E DO MILHO ELEVA GASTOS COM CONCENTRADO VALORIZAÇÃO DO FARELO DE SOJA E DO MILHO ELEVA GASTOS COM CONCENTRADO Em julho, o preço das principais matérias-primas que compõem o concentrado continuou subindo em todos os estados pesquisados pelo Cepea:

Leia mais

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO

CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO BOLETIM Novembro 2015 CESTA BÁSICA do Município de Catalão-GO Mês de Referência: 11/2015 Mês de Divulgação: 12/2015 Profa. Dra. Michelle da Silva Borges Karen Brina Borges de Deus; Luciene Maria Borges

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO-GERAL DO EMPREGO E DAS RELAÇÕES DE TRABALHO DIVISÃO DE ESTUDOS DE RENDIMENTOS DO TRABALHO

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO-GERAL DO EMPREGO E DAS RELAÇÕES DE TRABALHO DIVISÃO DE ESTUDOS DE RENDIMENTOS DO TRABALHO Variação média ponderada intertabelas 2008 Comentário síntese 1. Em 2008 foram publicadas 296 convenções 1, distribuídas por 172 CCT (Contratos colectivos de trabalho), 27 ACT (Acordos colectivos de trabalho)

Leia mais

Evolução Regional das Importações de Bens de Consumo

Evolução Regional das Importações de Bens de Consumo Evolução Regional das Importações de Bens de Consumo Tabela 1 Importações brasileiras totais e de bens de consumo As importações de bens de consumo, embora persistam, em termos absolutos, em patamar inferior

Leia mais

Evolução das Vendas do Varejo Cearense - Setembro de 2013

Evolução das Vendas do Varejo Cearense - Setembro de 2013 Enfoque Econômico é uma publicação do IPECE que tem por objetivo fornecer informações de forma imediata sobre políticas econômicas, estudos e pesquisas de interesse da população cearense. Por esse instrumento

Leia mais

INDICADOR APONTA ALTA DE 2,1% PARA O VAREJO EM JANEIRO

INDICADOR APONTA ALTA DE 2,1% PARA O VAREJO EM JANEIRO CIELO S.A. CNPJ/MF 01.027.058/0001-91 Comunicado ao Mercado INDICADOR APONTA ALTA DE 2,1% PARA O VAREJO EM JANEIRO O comércio varejista brasileiro, medido pelo Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), registrou

Leia mais

INDX apresenta estabilidade em abril

INDX apresenta estabilidade em abril 1-2- 3-4- 5-6- 7-8- 9-10- 11-12- 13-14- 15-16- 17-18- 19-20- 21-22- 23-24- 25-26- 27-28- 29-30- INDX INDX ANÁLISE MENSAL INDX apresenta estabilidade em abril Dados de Abril/11 Número 52 São Paulo O Índice

Leia mais

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de São Paulo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 I) INTRODUÇÃO PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE

Leia mais

Valor da cesta básica recua em 10 capitais

Valor da cesta básica recua em 10 capitais 1 São Paulo, 07 de julho de 2014. NOTA À IMPRENSA Valor da cesta básica recua em 10 capitais Em junho, os preços do conjunto de bens alimentícios essenciais diminuíram em 10 das 18 capitais onde o DIEESE

Leia mais

Custo de vida não se altera em junho

Custo de vida não se altera em junho 1 São Paulo, 07 de julho de 2014. NOTA À IMPRENSA Custo de vida não se altera em junho O custo de vida no município de São Paulo, em junho, não apresentou variação em relação a maio, segundo cálculo do

Leia mais

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados EMPREGO FORMAL Sorocaba 4 o trimestre de 2014 Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os empregos formais celetistas no Estado de São Paulo,

Leia mais

Custo de Vida em São Paulo aumentou 0,37%

Custo de Vida em São Paulo aumentou 0,37% 1 São Paulo, 08 de novembro de 2016 NOTA À IMPRENSA Custo de Vida em São Paulo aumentou 0,37% Entre setembro e outubro, o Índice do Custo de Vida do município de São Paulo aumentou 0,37%, segundo cálculo

Leia mais

BOLETIM ECONOMIA & TECNOLOGIA Informativo do Mês de Agosto de 2011

BOLETIM ECONOMIA & TECNOLOGIA Informativo do Mês de Agosto de 2011 O Informativo Mensal de Conjuntura faz parte das publicações e análises efetuadas pela equipe técnica do Boletim Economia & Tecnologia publicado trimestralmente. O Informativo apresenta uma análise rápida

Leia mais

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados EMPREGO FORMAL RM da Baixada Santista 3 o trimestre de 2014 Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os empregos formais celetistas no Estado

Leia mais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Março de 2016. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Março de 2016. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Março 2016 Março de 2016 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL REITOR Prof. Evaldo

Leia mais

Alimentos sobem em outubro

Alimentos sobem em outubro 1 São Paulo, 6 de novembro de 2008. NOTA À IMPRENSA Alimentos sobem em outubro Após dois meses com preços em queda, os gêneros alimentícios essenciais voltaram a apresentar predomínio de alta em outubro,

Leia mais

Cesta básica mais barata em 12 cidades

Cesta básica mais barata em 12 cidades 1 São Paulo, 07 de junho 2013. NOTA À IMPRENSA Cesta básica mais barata em 12 cidades Em maio, houve predomínio de retração nos preços dos produtos alimentícios essenciais e em 12 das 18 capitais onde

Leia mais

IPC-Fipe. 3ª quadrissemana de agosto/16. 26 de agosto de 2016

IPC-Fipe. 3ª quadrissemana de agosto/16. 26 de agosto de 2016 3ª quadrissemana de agosto/16 26 de agosto de 2016 Os INFORMATIVOS ECONÔMICOS da (SPE) são elaborados a partir de dados de conhecimento público, cujas fontes primárias são instituições autônomas, públicas

Leia mais

NO ÂMBITO DA OCUPAÇÃO

NO ÂMBITO DA OCUPAÇÃO PRINCIPAIS DESTAQUES DA EVOLUÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO NAS SEIS REGIõES METROPOLITANAS DO PAÍS ABRANGIDAS PELA PESQUISA MENSAL DE EMPREGO DO IBGE (RECiFE, SALVADOR, BELO HORIZONTE, RIO DE JANEIRO, SÃO

Leia mais

BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO

BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO EDIÇÃO MERCADO Nº 30 SETEMBRO 2017 1 ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 1.1 m² PARÁ SETEMBRO 2017... 2 1.1.1 VARIAÇÃO ANUAL ACUMULADA ONERADO E DESONERADO... 3 1.1.2

Leia mais

PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL

PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL PRODUTO INTERNO BRUTO DO DISTRITO FEDERAL 2010 Produto Interno Bruto - PIB Corresponde ao valor a preços de mercado, de todos os bens e serviços finais produzidos em um território, num determinado período

Leia mais

COMENTÁRIOS. Em maio o emprego industrial ficou praticamente estável frente ao mês

COMENTÁRIOS. Em maio o emprego industrial ficou praticamente estável frente ao mês COMENTÁRIOS PESSOAL OCUPADO ASSALARIADO Em maio o emprego industrial ficou praticamente estável frente ao mês imediatamente anterior (-0,1%), na série livre de influências sazonais, após recuo de 0,3%

Leia mais

Famílias de renda mais baixa continuam a ser mais afetadas pela inflação na cidade de São Paulo

Famílias de renda mais baixa continuam a ser mais afetadas pela inflação na cidade de São Paulo 1 São Paulo, 5 de agosto de 2016. NOTA À IMPRENSA Famílias de renda mais baixa continuam a ser mais afetadas pela inflação na cidade de São Paulo O Índice do Custo de Vida do município de São Paulo variou

Leia mais

Com aumento do custo da cesta básica em junho, família Chapecoense necessita de 0,458 salários para adquirir

Com aumento do custo da cesta básica em junho, família Chapecoense necessita de 0,458 salários para adquirir Publicação mensal do curso de Ciências Econômicas da Universidade Comunitária da Região de Chapecó Ano 21, Nº 06 Junho/2016 Com aumento do custo da cesta básica em junho, família Chapecoense necessita

Leia mais

PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo

PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo Base: agosto/15 Resultados de 2015 PIB do Agronegócio do Estado de São Paulo Motivações Dimensionar o Produto Interno Bruto do Agronegócio do Estado de São Paulo,

Leia mais

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA DEZEMBRO/2010

ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (INPC) E A CESTA BÁSICA DEZEMBRO/2010 1. INTRODUÇÃO O Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) apresenta os resultados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor e a Cesta Básica para a Região Metropolitana de Fortaleza.

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,55% EM MAIO/2014

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,55% EM MAIO/2014 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE -0,55% EM MAIO/2014 No mês de o de 2014, o valor da cesta básica do paulistano teve queda de 0,55%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

AEB: PREVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2013

AEB: PREVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2013 Rio de Janeiro, 18 de dezembro de 2012 AEB: PREVISÃO DA BALANÇA COMERCIAL PARA 2013 A previsão dos resultados da Balança Comercial é tradicionalmente divulgada pela AEB em dezembro considerando as expectativas

Leia mais

ISSN: % Últimos 12 meses Jun/17-Jun/18. % Ano 2018 Jan-Jun/18 GRUPO/ SUBGRUPOS/ CLASSES. % Jun/18

ISSN: % Últimos 12 meses Jun/17-Jun/18. % Ano 2018 Jan-Jun/18 GRUPO/ SUBGRUPOS/ CLASSES. % Jun/18 O Índice de Preços ao Consumidor Amplo para o grupo Alimentação e Bebidas (IPCA-AB) de, apresentou, em junho de 2018, aumento de 1,81% comparado ao mês de maio deste ano. O IPCA-AB é calculado, em /Ba,

Leia mais

BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO

BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO BOLETIM ECONÔMICO - MERCADO EDIÇÃO MERCADO Nº 17 MAIO 2017 1 ÍNDICE 1 INDICADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL... 2 1.1 m² PARÁ MAIO 2017... 2 1.1.1 VARIAÇÃO ANUAL ACUMULADA ONERADO E DESONERADO... 3 1.1.2 VARIAÇÃO

Leia mais

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados EMPREGO FORMAL Estado de São Paulo 1 o trimestre de 2014 Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os empregos formais celetistas no Estado

Leia mais

Emprego Industrial Abril de 2015

Emprego Industrial Abril de 2015 Emprego Industrial Abril de 2015 SUMÁRIO EXECUTIVO No mês de abril de 2015, o saldo de empregos em Santa Catarina reduziu em relação ao estoque de março (-4.209 postos e variação de -0,2%). A indústria

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES

SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - IPARDES GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ ROBERTO REQUIÃO - Governador SECRETARIA DE ESTADO DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL ELEONORA BONATO FRUET - Secretária FÁBIO DÓRIA SCATOLIN - Diretor Geral INSTITUTO PARANAENSE

Leia mais

Gasolina e remédios pressionam a taxa de abril

Gasolina e remédios pressionam a taxa de abril 1 São Paulo, 08 de maio de 2019 NOTA À IMPRENSA Gasolina e remédios pressionam a taxa de abril De março a abril de 2019, a inflação no município de São Paulo, segundo o Índice do Custo de Vida, calculado

Leia mais

Síntese do panorama da economia brasileira 3

Síntese do panorama da economia brasileira 3 Síntese do panorama da economia brasileira 3 O - PIB, no ano de 2012, acumulou crescimento de 1,0% em relação ao ano anterior. Em 2011, o crescimento acumulado no ano havia sido de 2,7%. Em função desse

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Junho 2011

Cesta Básica. Boletim Junho 2011 Cesta Básica Boletim Junho 2011 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus aumentou quase 5%, de R$187,25 em maio para R$196,39 em junho (Tabela 1). A elevação no preço do tomate de 21,90% foi o que mais

Leia mais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Novembro de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Novembro de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Novembro 2015 Novembro de 2015 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL REITOR Prof.

Leia mais

Cesta Básica. Boletim Junho 2010

Cesta Básica. Boletim Junho 2010 Cesta Básica Boletim Junho 2010 O custo da cesta básica na cidade de Ilhéus reduziu 3,10%, de R$193,71 em maio passou para R$187,71 em junho (Tabela 1). A redução no preço do tomate (-17,77%) foi o que

Leia mais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Maio de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais

IPES CESTA BÁSICA CAXIAS DO SUL. Maio de 2015. Cesta Básica de Caxias do Sul. Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais IPES Cesta Básica de Caxias do Sul Publicação mensal do Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais CESTA BÁSICA DE CAXIAS DO SUL Maio 2015 Maio de 2015 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL REITOR Prof. Evaldo

Leia mais

DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC. Sistema de Contas Nacionais - Brasil Referência 2000. Nota Metodológica nº 4

DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC. Sistema de Contas Nacionais - Brasil Referência 2000. Nota Metodológica nº 4 DIRETORIA DE PESQUISAS - DPE COORDENAÇÃO DE CONTAS NACIONAIS CONAC Sistema de Contas Nacionais - Brasil Referência 2000 Nota Metodológica nº 4 Classificação de Produto e Atividade (versão para informação

Leia mais