GERÊNCIA DE ENSINO Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês CONCURSO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO PPP III CIRCUITO 9

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GERÊNCIA DE ENSINO Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês CONCURSO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO PPP III CIRCUITO 9"

Transcrição

1 GERÊNCIA DE ENSINO Coordenação do Curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês CONCURSO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO PPP III CIRCUITO 9 SALVADOR - BAHIA - BRASIL 2009

2 CONCURSO PARA ESCOLHA DO MELHOR PROJETO DE INTERVENÇÃO DE PPPIII 1. OBJETO: concurso de seleção e premiação dos dois melhores Projetos de Intervenção construídos na disciplina PPPIII do curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês da FTC EaD. 2. FINALIDADE A principal finalidade desta atividade de elaboração de um Projeto de Intervenção é a de contribuir significativamente para a consciência dos estudantes acerca da importância da auto-avaliação como uma ação contínua do educador que, atento aos problemas pedagógicos, às suas próprias concepções, aos aspectos legais, históricos, filosóficos, sociais, etc., sinta-se em condições de intervir positivamente no processo de ensino e aprendizagem de línguas, tendo em vista condições mais favoráveis de democratização e construção do conhecimento da Língua Portuguesa e Inglesa. Neste sentido, esta atividade se constituiu em uma reflexão coletiva dos problemas das diversas realidades e das suas possibilidades de resolução OBJETIVO GERAL: articular a prática pedagógica ao Estágio Supervisionado I, favorecendo a construção da práxis pedagógica OBJETIVOS ESPECIFICOS Incentivar a produção acadêmica de qualidade; Elaborar materiais que favoreçam a realização do Estágio Supervisionado; Propiciar a participação e interatividade dos alunos nas atividades desenvolvidas nas diferentes mídias do Curso. 3. JUSTIFICATIVA Uma das atividades desenvolvidas em PPP III é a elaboração de um projeto de intervenção para as séries finais do Ensino Fundamental. Através do projeto de intervenção, problemas detectados nos processos ensinoaprendizagem observados durante a realização das atividades de PPP III na

3 escola no decorrer das disciplinas específicas do período foram apontados e soluções foram sugeridas com o intuito de sanar estes problemas. Com a elaboração deste projeto de intervenção os alunos poderão planejar de maneira sistemática o plano de ação que será desenvolvido durante o Estágio Supervisionado I. Considerando a pertinência de inúmeros problemas no trabalho pedagógico do professor de Português e Inglês, a elaboração individual de um projeto de intervenção objetiva o reconhecimento e a re-significação de aspectos relevantes desses problemas e de seus tratos mais adequados e coerentes ao êxito da aprendizagem. Com a realização desta atividade, os estudantes estarão ampliando sua compreensão da relação entre A Visão Sócio-Histórica do Ensino da Língua, Tema Transversal do período. 4. METODOLOGIA 4.1. COMO: Durante a realização da Tutoria 3, cada tutor irá selecionar o melhor préprojeto de sua turma, através de uma avaliação democrática e participativa com envolvimento de todos os alunos e com a utilização de um barema construído para este fim (anexo 1). Para a correção do Projeto de Intervenção, o tutor deverá atentar para o anexo 2, que trata da AVALIAÇÃO, PONTUAÇÃO, SELEÇÃO PARCIAL E FINAL DOS PROJETOS. O projeto selecionado será enviado pelo sistema de malote para FTC EaD, aos cuidados da coordenação do curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês. A equipe de PPP e a Coordenação irão analisar e avaliar os projetos recebidos. Após análise, avaliação e julgamento, dois projetos serão selecionados como primeiro e segundo lugares, respectivamente. Os alunos vencedores receberão livros e terão suas propostas divulgadas, além de serem utilizadas durante a disciplina Estágio Supervisionado I.

4 A coordenação de Letras entrará em contato com a coordenação local da UP cujo projeto foi selecionado em primeiro lugar, para solicitar os dados da UP, do parceiro, do coordenador local, do tutor e alunos do trabalho premiado. A premiação será ao vivo, durante as aulas da referida Disciplina, onde a professora fará a apresentação dos trabalhos selecionados. A Unidade Pedagógica do aluno que obteve a primeira colocação também será divulgada nesta aula. Após a divulgação dos resultados, a coordenação do curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês enviará a premiação, que se constitui de livros, sendo um para o aluno vencedor e outro para o tutor responsável pelo aluno. O prêmio será enviado por malote com aviso de recebimento, cabendo ao coordenador local, o recebimento do malote e a entrega ao aluno, e ao tutor, mediante recolhimento das assinaturas em formulário próprio, que deverá ser enviada para Coordenação Geral do Curso, aos cuidados da Professora Jussiara Gonzaga ONDE: A seleção dos projetos será realizada durante as reuniões do núcleo de PPP do curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês DATA: vide cronograma de execução do concurso (anexo 03) 4.4. PÚBLICO ALVO: alunos do curso de Licenciatura em Letras Português/Inglês da FTC EaD regularmente matriculados no terceiro período. 5. RECURSOS 5.1. HUMANOS Coordenação do curso de Letras Português/Inglês, equipe de professoras de Pesquisa e Prática Pedagógica, tutores de Letras Português/Inglês e coordenadores locais MATERIAIS E FINANCEIROS Livros indicados para premiação.

5 BAREMA PARA AVALIAÇÃO DA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE INTERVENÇÃO ANEXO 1 ALUNO: UP: CURSO: ÍTENS PARA AVALIAÇÃO Insuficiente Regular Bom Muito Bom Excelente Encadeamento e clareza na exposição de idéias 2. Sistematização das idéias 3. Problematização coerente com o tema escolhido 4. Hipóteses pertinentes ao tema 5. Organização dos recursos materiais apresentados 6. Qualidade dos recursos materiais apresentados 7. Criatividade e originalidade 8. Tempo de apresentação 9. Interesse no desenvolvimento da atividade 10. Interatividade com o grupo OBSERVAÇÕES

6 AVALIAÇÃO, PONTUAÇÃO, SELEÇÃO PARCIAL E FINAL DOS PROJETOS ANEXO 2 PPP3 AO ETAPA 3 Projeto de Intervenção Tutoria 3 Defesa do Projeto Barema Padrão de Resposta AO ETAPA 3 Parte Escrita 3,0 Apresentação 1,0 Tutor sorteia 2 grupos avaliadores 4,0 pontos Avaliação Tutor 10,0 Avaliação Grupo 20,0 Melhor Projeto Envio para FTC EaD Soma-se e divide-se por 3 Seleção pelo Núcleo de PPP, de Lingüística, de Língua Inglesa, de Literatura e Coordenação, dos dois melhores Projetos Divide-se por 10 Nota do Projeto Divulgação do resultado, premiação e utilização da proposta em ESP I.

7 ANEXO 3 CRONOGRAMA DO CONCURSO MÊS AGOSTO ATIVIDADE Revisão dos Projetos durante as tutorias da Disciplina PPP3 para entrega e avaliação SETEMBRO OUTUBRO Data prevista NOVEMBRO Envio do Projeto de Intervenção com a maior pontuação por turma à Coordenação do Curso de Letras até o dia 30/09/2009 Seleção dos dois melhores Projetos avaliados Divulgação dos resultados durante as aulas de vídeostreaming da disciplina Estágio Supervisionado I e envio da premiação.

8

REGULAMENTO CENAP/SMED N 01/2014

REGULAMENTO CENAP/SMED N 01/2014 Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP M I N U T A D E R E G U L A ME N T O REGULAMENTO CENAP/SMED N 01/2014 CRIAÇÃO DO MASCOTE DO PROJETO SALVADOR PROTEGE O GOL A Coordenadoria de Ensino e Apoio

Leia mais

XI Concurso Jovens Escritores Regulamento /2016

XI Concurso Jovens Escritores Regulamento /2016 XI Concurso Jovens Escritores Regulamento /2016 O XI Concurso Jovens Escritores faz parte das atividades do XIV SALIPI, realizado em parceria pela Fundação Quixote e pelo Jornal O Dia que oportuniza a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURRICULOS E PROGRAMAS PROGRAMA DE LICENCIATURA PROLICEN/ UFPB/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURRICULOS E PROGRAMAS PROGRAMA DE LICENCIATURA PROLICEN/ UFPB/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE CURRICULOS E PROGRAMAS PROGRAMA DE LICENCIATURA PROLICEN/ UFPB/2015 A Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA ETAPA 2. PROJETO de pesquisa

METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA ETAPA 2. PROJETO de pesquisa METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA ETAPA 2 PROJETO de pesquisa 1. Orientações Gerais 1.1. Oferta da disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica A disciplina de Metodologia da Pesquisa é oferecida

Leia mais

CAPÍTULO II DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

CAPÍTULO II DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento dispõe sobre as normas e procedimentos a serem observados

Leia mais

EDITAL TEMA LIVRE XIII JANP

EDITAL TEMA LIVRE XIII JANP EDITAL TEMA LIVRE XIII JANP A Comissão Organizadora da XIII Jornada Acadêmica de Anatomia Aplicada faz saber que estarão abertas, no período de 04 de Junho de 2016 a 01 de Julho de 2016, as inscrições

Leia mais

PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE

PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE "Viajar pela leitura sem rumo sem direção só para viver aventura que é ter um livro nas mãos" 1. 1. APRESENTAÇÃO O Projeto de Incentivo

Leia mais

EDITAL BATALHA DE BANDAS 6º CANGAÇO ROCK FEST SERRA TALHADA-PE

EDITAL BATALHA DE BANDAS 6º CANGAÇO ROCK FEST SERRA TALHADA-PE 1. Objetivo EDITAL BATALHA DE BANDAS 6º CANGAÇO ROCK FEST SERRA TALHADA-PE 2016 1.1 Este edital estabelece as regras de participação na batalha de bandas 6º Cangaço Rock Fest. 1.2 A batalha de bandas tem

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DA SUBSECRETARIA DE ATENDIMENTO ÀS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS DE MINAS GERAIS

EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DA SUBSECRETARIA DE ATENDIMENTO ÀS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS DE MINAS GERAIS EDITAL PARA SELEÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DA SUBSECRETARIA DE ATENDIMENTO ÀS MEDIDAS SOCIOEDUCATIVAS DE MINAS GERAIS A Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas SUASE torna público o presente

Leia mais

EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 PRÊMIO MELHOR TCC 2014

EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 PRÊMIO MELHOR TCC 2014 EXTRATO DO EDITAL N 57/2015 UEPA A Universidade do Estado do Pará, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna público no âmbito desta Instituição o processo de seleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA

ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA O artigo 8º da RESOLUÇÃO CNE/CES 2, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2002 do CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR institui que o projeto pedagógico

Leia mais

Regulamento Prêmio Oscar Niemeyer - 2ª edição maio/2012. Apresentação

Regulamento Prêmio Oscar Niemeyer - 2ª edição maio/2012. Apresentação Regulamento Prêmio Oscar Niemeyer - 2ª edição maio/2012 Apresentação O objetivo do Prêmio Oscar Niemeyer é divulgar a produção acadêmica, valorizar professores e estudantes e estreitar os laços do CREA-RJ

Leia mais

DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DIRETRIZES PARA ESTRUTURAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO INTRODUÇÃO O curso de Engenharia de Produção da Escola Superior de Tecnologia e Educação de

Leia mais

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO QUINTA DA BOA VISTA S/N. SÃO CRISTÓVÃO CEP 20940-040 RIO DE JANEIRO, RJ BRASIL Tel: (21) 3938-1179 geoquater@mn.ufrj.br

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CURSO EM EaD. JUSTIFICATIVA (análise de cenário / análise das características da Instituição):

PROJETO BÁSICO DE CURSO EM EaD. JUSTIFICATIVA (análise de cenário / análise das características da Instituição): PROJETO BÁSICO DE CURSO EM EaD JUSTIFICATIVA (análise de cenário / análise das características da Instituição): - Objetivos da Instituição; - Programas da Instituição (citar, indicar em que fase estão

Leia mais

CONCURSO DE REDAÇÃO. Tema: O QUE O PETRÓLEO DO PRÉ-SAL TEM A VER COMIGO? REALIZAÇÃO. Associação dos Engenheiros da Petrobrás

CONCURSO DE REDAÇÃO. Tema: O QUE O PETRÓLEO DO PRÉ-SAL TEM A VER COMIGO? REALIZAÇÃO. Associação dos Engenheiros da Petrobrás CONCURSO DE REDAÇÃO Tema: O QUE O PETRÓLEO DO PRÉ-SAL TEM A VER COMIGO? REALIZAÇÃO Associação dos Engenheiros da Petrobrás Secretaria de estado da Educação FEVEREIRO DE 2012 1 APRESENTAÇÃO Ciente da importância

Leia mais

Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 6º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2016

Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 6º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2016 Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 6º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2016 1 DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1 O CONGRESSO INTERNACIONAL CBL DO LIVRO DIGITAL CONGRESSO,

Leia mais

VIVA ALEMANHA/SP. CONCURSO DE DESENHO Mitos e lendas de origem germânica. Realização da Secretaria de Estado da Educação do Governo de São Paulo

VIVA ALEMANHA/SP. CONCURSO DE DESENHO Mitos e lendas de origem germânica. Realização da Secretaria de Estado da Educação do Governo de São Paulo 1 VIVA ALEMANHA/SP CONCURSO DE DESENHO Mitos e lendas de origem germânica Realização da Secretaria de Estado da Educação do Governo de São Paulo JUSTIFICATIVA O Concurso de Desenho Mitos e Lendas de Origem

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO DE ADESÃO VOLUNTÁRIA À PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE CONSULTORIA PARA CERTIFICAÇÃO ISSO 9001 NA APAC DE NOVA LIMA

EDITAL DO PROCESSO DE ADESÃO VOLUNTÁRIA À PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE CONSULTORIA PARA CERTIFICAÇÃO ISSO 9001 NA APAC DE NOVA LIMA EDITAL DO PROCESSO DE ADESÃO VOLUNTÁRIA À PARTICIPAÇÃO NO PROJETO DE CONSULTORIA PARA CERTIFICAÇÃO ISSO 9001 NA APAC DE NOVA LIMA De ordem do Professor Paulo Henrique Sousa Leite, Diretor da Faculdade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 21/2015/ PRG/ UFPB/PROMEB

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 21/2015/ PRG/ UFPB/PROMEB UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 21/2015/ PRG/ UFPB/PROMEB A Pró-Reitoria de Graduação torna público o presente Edital e convida os professores de Licenciaturas da UFPB

Leia mais

EDITAL n. 021/2014/DACE/PROEAC/UNIFAP, de 09 de julho de 2014

EDITAL n. 021/2014/DACE/PROEAC/UNIFAP, de 09 de julho de 2014 EDITAL n. 021/2014/DACE/PROEAC/UNIFAP, de 09 de julho de 2014 A Pró-Reitoria de Extensão e Ações Comunitárias - PROEAC, por intermédio de seu Departamento de Ações Comunitárias e Estudantis, tornam públicas

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE)

PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) Núcleo de Apoio à Prática Profissional das Licenciaturas CURSOS DE LICENCIATURAS PLANO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO (PAE) ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Atualizado em 17 jun 2016 5º. PERÍODO 4º. PERÍODO

Leia mais

Salvador, março de 2016. Prezados

Salvador, março de 2016. Prezados Salvador, março de 2016 Prezados A Empresa NACE- Núcleo de Ações Culturais Estratégicas, em parceria com a Prefeitura de Salvador, através da Saltur estará realizando no mês de maio de 2016 o MUSA - FESTIVAL

Leia mais

Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 5º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2014

Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 5º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2014 Regulamento para a participação de trabalhos científicos e acadêmicos no 5º Congresso Internacional CBL do Livro Digital - 2014 1 DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1 O CONGRESSO INTERNACIONAL CBL DO LIVRO DIGITAL CONGRESSO,

Leia mais

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Versão final MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UNOESC CAPÍTULO I DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Art. 1º O Estágio Curricular Supervisionado

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura Colegiado de Graduação

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Faculdade de Arquitetura Colegiado de Graduação Serviço Público Federal RESOLUÇÃO N 01/2012 REGULAMENTA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES De acordo com as Diretrizes Curriculares explicitadas na Resolução 06/06 as Atividades Complementares passam a fazer

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO 2013 PROJETO REDAÇÃO FOLHA DIRIGIDA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO 2013 PROJETO REDAÇÃO FOLHA DIRIGIDA I - DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO DE REDAÇÃO 2013 II - DOS OBJETIVOS III - DOS PARTICIPANTES IV - DA COORDENAÇÃO V - DOS PRAZOS VI - DAS REDAÇÕES VII - DO JÚRI E DA SELEÇÃO VIII - DA PREMIAÇÃO IX

Leia mais

EDITAL EXPOLAB 2014 Exposição Fotográfica Arquivo Corpo

EDITAL EXPOLAB 2014 Exposição Fotográfica Arquivo Corpo EDITAL EXPOLAB 2014 Exposição Fotográfica Arquivo Corpo A Coordenação do Laboratório de Expografia do Curso de Museologia da Universidade Federal de Pernambuco (Expolab) torna público que se encontram

Leia mais

VII CONCURSO DE DESENHO TOYAMA 2014

VII CONCURSO DE DESENHO TOYAMA 2014 1 VII CONCURSO DE DESENHO TOYAMA 2014 Realização da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo Estado de São Paulo/Brasil e Província de Toyama/Japão JUSTIFICATIVA O Festival de Arte e Cultura da Província

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE-FESURV FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MANUAL DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE-FESURV FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MANUAL DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE DE RIO VERDE-FESURV FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MANUAL DE ESTÁGIO Os Estágios Curriculares Obrigatórios do Curso de Ciências Biológicas- Licenciatura e Bacharelado, visam à capacitação

Leia mais

Regulamento CAPÍTULO I SOBRE O CONCURSO

Regulamento CAPÍTULO I SOBRE O CONCURSO A COORDENAÇÃO GERAL da III SECITEC por meio deste edital abre inscrições para o 1º Concurso de desenho Arte e Ciência Regulamento CAPÍTULO I SOBRE O CONCURSO Parágrafo único Tema: luz, ciência e vida.

Leia mais

VIVA ALEMANHA/SP. Realização da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo CONCURSO DE DESENHO

VIVA ALEMANHA/SP. Realização da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo CONCURSO DE DESENHO 1 VIVA ALEMANHA/SP Realização da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo CONCURSO DE DESENHO Mitos e Lendas de Origem Germânica JUSTIFICATIVA O Concurso de Desenho Mitos e Lendas de Origem Germânica

Leia mais

Estágio Supervisionado Educação Especial. Roteiro para a Elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado: Desenvolvimento.

Estágio Supervisionado Educação Especial. Roteiro para a Elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado: Desenvolvimento. Estágio Supervisionado Educação Especial Teleaula 3 Profa. Me. Cristina Rolim Chyczy Bruno tutoriapedagogia@grupouninter.com.br Roteiro para a Elaboração do Relatório de Estágio Supervisionado: Desenvolvimento

Leia mais

Art. 1º O Concurso AGIR é uma iniciativa do GOB-PR a ser realizado bienalmente, quando do seu Congresso. Tem como objetivos principais:

Art. 1º O Concurso AGIR é uma iniciativa do GOB-PR a ser realizado bienalmente, quando do seu Congresso. Tem como objetivos principais: CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O Concurso AGIR é uma iniciativa do GOB-PR a ser realizado bienalmente, quando do seu Congresso. Tem como objetivos principais: Divulgar ações filantrópicas, fraternas,

Leia mais

Concurso Natal Ecológico. Regulamento

Concurso Natal Ecológico. Regulamento Concurso Natal Ecológico Regulamento Dos Objetivos 1.1 O Concurso Natal Ecológico, realizado pelo Serviço Colatinense de Meio Ambiente e Saneamento Ambiental SANEAR, tem por objetivos: a) Sensibilizar

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA GESTÃO ESCOLAR Ilha Solteira SP 2014

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHO GRÁFICO OU FOTOGRAFIA PARA A CAPA DA REVISTA OLHARES, Nº 7 DE 2016

REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHO GRÁFICO OU FOTOGRAFIA PARA A CAPA DA REVISTA OLHARES, Nº 7 DE 2016 REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHO GRÁFICO OU FOTOGRAFIA PARA A CAPA DA REVISTA OLHARES, Nº 7 DE 2016 1. DO OBJETO Constitui objeto deste concurso a seleção do melhor Desenho Gráfico ou Fotografia na forma

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 01/2016 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 01/2016 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 01/2016 A Coordenação do Curso de Engenharia de Produção da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROJETO ABC DA ENERGIA

PROJETO ABC DA ENERGIA PROJETO ABC DA ENERGIA Gerência de Relacionamento com Cliente Julho/2014 Projeto ABC da Energia A Celpa, Centrais Elétricas do Pará, promove, através do projeto ABC da energia, a gincana com a temática:

Leia mais

1 O Seminário do Programa de Pós- Graduação em Engenharia Civil da UTFPR, Campus Pato Branco

1 O Seminário do Programa de Pós- Graduação em Engenharia Civil da UTFPR, Campus Pato Branco 15 e 16 de setembro de 2016 1. Introdução O programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil realizará entre 15 e 16 de setembro de 2016 o 1 o Seminário do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da.

Leia mais

PLANO DE TRABALHO PEDAGÓGICO

PLANO DE TRABALHO PEDAGÓGICO PLANO DE TRABALHO PEDAGÓGICO Justificativa. Considerando a necessidade da organização, coordenação e implementação de uma melhor qualidade no processo ensino e aprendizagem se faz necessário o trabalho

Leia mais

EDITAL INTERNO FAP Nº 001/2015 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE EM PSICOLOGIA/FAP

EDITAL INTERNO FAP Nº 001/2015 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE EM PSICOLOGIA/FAP EDITAL INTERNO FAP Nº 001/2015 DISPÕE SOBRE A INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA ESTÁGIO PROFISSIONALIZANTE EM PSICOLOGIA/FAP A Diretora Geral da Faculdade de Pimenta Bueno no uso de suas atribuições

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento de Monitoria para os cursos de graduação das Faculdades Integradas Sévigné.

R E S O L U Ç Ã O. Fica aprovado, conforme anexo, o Regulamento de Monitoria para os cursos de graduação das Faculdades Integradas Sévigné. RESOLUÇÃO CSA 08/2009 APROVA O REGULAMENTO DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DAS. O Presidente do Conselho Superior de Administração CSA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 6º, II, do

Leia mais

Edital Nº04/2008 Seleção de Tutores a Distância para os cursos de:

Edital Nº04/2008 Seleção de Tutores a Distância para os cursos de: Edital Nº04/2008 Seleção de Tutores a Distância para os cursos de: Gestão do Meio Ambiente: Educação, Direito e Análise Ambiental; Gestão Pública Municipal Integrada; Tecnologia de Informação e Comunicação

Leia mais

REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE MARECHAL RONDON REGIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENFERMAGEM São Manuel 2016 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DA FMR As Atividades Complementares, conforme

Leia mais

1ª TAREFA CAPITÃO E VICE-CAPITÃO. As equipes deverão escolher seu capitão e vice-capitão e caberão a eles as seguintes atribuições:

1ª TAREFA CAPITÃO E VICE-CAPITÃO. As equipes deverão escolher seu capitão e vice-capitão e caberão a eles as seguintes atribuições: 1ª TAREFA CAPITÃO E VICE-CAPITÃO As equipes deverão escolher seu capitão e vice-capitão e caberão a eles as seguintes atribuições: * Conhecer, na totalidade, o regulamento da gincana. * Representar a equipe

Leia mais

Edital do Concurso de Redação A minha Vida na Escola: aproveito o tempo, o espaço e reflito sobre as diferenças e o outro?

Edital do Concurso de Redação A minha Vida na Escola: aproveito o tempo, o espaço e reflito sobre as diferenças e o outro? Prefeitura Municipal de Vitória Estado do Espírito Santo Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos Secretaria Municipal de Educação Gerência de Políticas de Promoção e Defesa de Direitos Humanos Edital

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Licenciatura Habilitação: Aluno(a): ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO Curso - Habilitação: Nome do(a) Aluno(a): Orientador de Estágio: ESTÁGIO

Leia mais

PLANO DE AÇÃO. Equipe Pedagógica

PLANO DE AÇÃO. Equipe Pedagógica PLANO DE AÇÃO Equipe Pedagógica I DADOS Estabelecimento: Escola Estadual José Ribas Vidal Ensino Fundamental Município: Campo Largo Núcleo: Área Metropolitana - Sul Pedagogas: Cristiane Rodrigues de Jesus

Leia mais

COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU INSTRUÇÃO NORMATIVA PRPG Nº 002/2012 PROCESSO SELETIVO

COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU INSTRUÇÃO NORMATIVA PRPG Nº 002/2012 PROCESSO SELETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU INSTRUÇÃO NORMATIVA PRPG Nº 002/2012 PROCESSO SELETIVO 1. EDITAL 1.1. É

Leia mais

FEIRA DE CIÊNCIAS JÚNIOR DA PUCPR CONCURSO REGULAMENTO

FEIRA DE CIÊNCIAS JÚNIOR DA PUCPR CONCURSO REGULAMENTO EDITAL 03/2016 Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Ref.: FEIRA DE CIÊNCIA JÚNIOR DA PUCPR REGULAMENTO FEIRA DE CIÊNCIAS JÚNIOR DA PUCPR CONCURSO REGULAMENTO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Artigo 1º. Este

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS COMPLETOS PARA PUBLICAÇÃO NOS ANAIS DO XI CONGRESSO DIREITO UFSC MOSTRA DE PESQUISA

EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS COMPLETOS PARA PUBLICAÇÃO NOS ANAIS DO XI CONGRESSO DIREITO UFSC MOSTRA DE PESQUISA EDITAL DE SELEÇÃO DE TRABALHOS COMPLETOS PARA PUBLICAÇÃO NOS ANAIS DO XI CONGRESSO DIREITO UFSC MOSTRA DE PESQUISA 1. DA INSCRIÇÃO DOS TRABALHOS COMPLETOS 1.1. Os artigos serão recebidos no período entre

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB 2014

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O COORDENADOR PLANO DE TRABALHO PROVAB 2014 Brasília/DF, 8 de outubro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Prezado(a) Coordenador(a) participante

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO 2014 / 2015. PORTUGUÊS 5.º e 6.º Anos

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO 2014 / 2015. PORTUGUÊS 5.º e 6.º Anos Disciplina: PORTUGUÊS 5.º e 6.º Anos - Responsabilidade: (6%) assiduidade/pontualidade (2%) material (2%) organização do caderno diário (2%) - Comportamento: (5%) cumpre as regras estabelecidas - Empenho/Participação:

Leia mais

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015 PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID/2015 I. Professor orientador: Leonardo Santos Bordoni. II. Disciplina de atuação: Anatomia do Aparelho Locomotor. III. Justificativa

Leia mais

IV CONCURSO DE FOTOGRAFIA E POESIA DO CRO-MG

IV CONCURSO DE FOTOGRAFIA E POESIA DO CRO-MG IV CONCURSO DE FOTOGRAFIA E POESIA DO CRO-MG 2016 REGULAMENTO GERAL DO CONCURSO Art.1º - O Conselho Regional de Odontologia de Minas Gerais promove o IV CONCURSO DE FOTOGRAFIA E POESIA, com o objetivo

Leia mais

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA

COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA RELATÓRIO FINAL DE AUTOAVALIAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 2014/01 a 2014/02 APRESENTAÇÃO O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES,

Leia mais

Professores Regentes: Angela Aparecida Bernegozze Marlei Aparecida Lazarin Asoni Marlene Antonia de Araujo

Professores Regentes: Angela Aparecida Bernegozze Marlei Aparecida Lazarin Asoni Marlene Antonia de Araujo 4 1. IDENTIFICAÇÃO Título do Projeto: Trabalhando a tabuada através de jogos on-line Público Alvo: Alunos do 3º e 5º do Ensino Fundamental Turno: Matutino Disciplinas Envolvidas: Matemática Professores

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO DE BOLSA DE TUTORIA INCLUSIVA

EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO DE BOLSA DE TUTORIA INCLUSIVA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO PEDAGÓGICO COMISSÃO PERMANENTE DE APOIO A ESTUDANTES COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS EDITAL Nº

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

3 ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário. da Universidade Federal de Goiás

3 ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário. da Universidade Federal de Goiás 3 ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da Universidade Federal de Goiás CATEGORIA 2 EMPREENDEDORISMO SOCIAL Junho de 2016 1. APRESENTAÇÃO REGULAMENTO CATEGORIA 2 EMPREENDEDORISMO SOCIAL A Categoria

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÉMIO. CAPÍTULO 1 Disposições gerais Artigo 1.º

REGULAMENTO DO PRÉMIO. CAPÍTULO 1 Disposições gerais Artigo 1.º REGULAMENTO DO PRÉMIO CAPÍTULO 1 Disposições gerais Artigo 1.º 1.A Fundação Ilídio Pinho, o Ministério da Educação e Ciência e o Ministério da Economia celebraram um Protocolo com vista à instituição de

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 - Atendendo a Resolução CNE/CES 10 de 16 de dezembro de 2004, e ao Projeto Pedagógigo do Curso de Ciências Contábeis o

Leia mais

27/3/2013 11:15:32-8º ANO CIRMEN PARA O PORTAL

27/3/2013 11:15:32-8º ANO CIRMEN PARA O PORTAL 27/3/2013 11:15:32-8º ANO CIRMEN PARA O PORTAL 2 I. TEMA GERADOR: A revolução tecno-cultural e suas contradições no mundo contemporâneo II. SUBTEMA - O mundo da comunicação: do corpo ao twitter III. JUSTIFICATIVA

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Bragança Paulista, 30 de maio de 2016. Profa. Márcia Aparecida Antônio Presidente

R E S O L U Ç Ã O. Bragança Paulista, 30 de maio de 2016. Profa. Márcia Aparecida Antônio Presidente RESOLUÇÃO CONSEACC/BP 16/2016 APROVA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVIONADO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO, DO CAMPUS BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF. A Presidente do Conselho Acadêmico

Leia mais

PROJETO PROFESSOR(A) CONSELHEIRO(A)

PROJETO PROFESSOR(A) CONSELHEIRO(A) PROJETO PROFESSOR(A) CONSELHEIRO(A) Responsável: Setor de Coordenação Pedagógica São Luís 2010 PROJETO PROFESSOR(A) CONSELHEIRO(A) 1. APRESENTAÇÃO: A escola é espaço de construção, sistematização, apropriação

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO MANUAL DO ALUNO. APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS (8º/7º semestres)

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO MANUAL DO ALUNO. APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS (8º/7º semestres) INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: MANUAL DO ALUNO APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS (8º/7º semestres) SDE SIMULAÇÃO DE ESTRATÉGIA DISCIPLINA-ÂNCORA GESTÃO MERCADOLÓGICA SÃO PAULO

Leia mais

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM

Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM UniãoMetropolitana deeducaçãoecultura Interdisciplinar II Módulo CST: GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação do projeto interdisciplinar

Leia mais

Prêmio Nufarm de Consciência E Ética no Agronegócio Ano 4

Prêmio Nufarm de Consciência E Ética no Agronegócio Ano 4 Prêmio Nufarm de Consciência E Ética no Agronegócio Ano 4 Introdução De acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAP/ONU), em 2050 o planeta será o lar de mais de 9 bilhões

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO EDITAL 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO EDITAL 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE GESTÃO EDITAL 2014 O DIRETOR DA ESCOLA DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE, CONSIDERANDO O QUE

Leia mais

EDITAL N 002/2015 CURSO DE BIOLOGIA (EaD) SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIO

EDITAL N 002/2015 CURSO DE BIOLOGIA (EaD) SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PORTO NACIONAL CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA (EaD) Rua 03, Quadra 17, s/nº, Jardim dos Ipês 77500-000 Porto Nacional/TO (63) 2112-2216 www.uft.edu.br coordbioead@uft.edu.br

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID/FAI 2015) EDITAL N O. 03/2015 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das

Leia mais

III Concurso da Acerva Petrópolis

III Concurso da Acerva Petrópolis ! III Concurso da Acerva Petrópolis REGULAMENTO Realização: Patrocínio: No dia 30 de Julho de 2016 será realizada a festa de 5 anos da regional Petrópolis da AcervA Carioca. A festa acontecerá na Pousada

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA EDITAL DRE n 071/16

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA EDITAL DRE n 071/16 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA EDITAL DRE n 071/16 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas, torna pública

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO CONCHAS, SP F146m Faculdade de Conchas Manual de Atividades Complementares- FACON, 2010. 12 p.; il. 1. Manual. 2. Atividades Complementares. I. Título CDD:

Leia mais

EDITAL N. 01/2011 SELEÇÃO PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA DE BIOQUÍMICA

EDITAL N. 01/2011 SELEÇÃO PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA DE BIOQUÍMICA EDITAL N. 01/2011 SELEÇÃO PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA DE BIOQUÍMICA 1. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA: O LABORATÓRIO DE GRADUAÇÃO DE BIOQUIMICA (LGBioq) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO comunica aos interessados

Leia mais

CAMPUS FORTALEZA. REGULAMENTO V SQMA - CAMPUS FORTALEZA. Semana de Química e Meio Ambiente - CAMPUS FORTALEZA

CAMPUS FORTALEZA. REGULAMENTO V SQMA - CAMPUS FORTALEZA. Semana de Química e Meio Ambiente - CAMPUS FORTALEZA CAMPUS FORTALEZA. REGULAMENTO V SQMA - CAMPUS FORTALEZA Semana de Química e Meio Ambiente - CAMPUS FORTALEZA Fortaleza 2016 2 1. APRESENTAÇÃO Como tema Por um IFCE Sustentável, o IFCE - Campus Fortaleza

Leia mais

Prefeitura Municipal de Cacoal Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito

Prefeitura Municipal de Cacoal Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito LANÇADO O 3 CONCURSO DE STOP MOTION E VÍDEOS SOBRE TRÂNSITO! TEMA: EU, DEFICIENTE E/OU IDOSO, POSSO UTILIZAR AS VAGAS ESPECIAIS COM O CARTÃO. VOCÊ, RESPEITA? A Prefeitura Municipal de Cacoal-RO por meio

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO: MASCOTE DO MUNICIPIO DE MONTENEGRO: ESCOLHA DE MASCOTE, NOME E COR. Processo: 2013/4446 I DA ORGANIZAÇÃO E SEUS FINS

REGULAMENTO CONCURSO: MASCOTE DO MUNICIPIO DE MONTENEGRO: ESCOLHA DE MASCOTE, NOME E COR. Processo: 2013/4446 I DA ORGANIZAÇÃO E SEUS FINS REGULAMENTO CONCURSO: MASCOTE DO MUNICIPIO DE MONTENEGRO: ESCOLHA DE MASCOTE, NOME E COR. Processo: 2013/4446 I DA ORGANIZAÇÃO E SEUS FINS Art. 1º - A direção, organização e realização do Concurso MASCOTE

Leia mais

Vamos conhecer o regulamento do Concurso Desenho - Educação Especial Rede Pública e Conveniada de Ensino do Estado de Goiás

Vamos conhecer o regulamento do Concurso Desenho - Educação Especial Rede Pública e Conveniada de Ensino do Estado de Goiás Vamos conhecer o regulamento do Concurso Desenho - Educação Especial Rede Pública e Conveniada de Ensino do Estado de Goiás 64 / 2014 CONCURSO DESENHO - Educação Especial Rede Pública e Conveniada de Ensino

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ CÂMPUS MACAPÁ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ CÂMPUS MACAPÁ RESOLUÇÃO Nº 004 DE 03 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a regulamentação das normas para realização do Conselho de Classe no âmbito do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Amapá Câmpus

Leia mais

MARATONA ENEM 2016 REGULAMENTO LOCAL

MARATONA ENEM 2016 REGULAMENTO LOCAL MARATONA ENEM 2016 REGULAMENTO LOCAL O Colégio Londrinense realiza a sua 9ª edição da Maratona Enem, em parceria com o Sistema Anglo de Ensino, no dia 03 de setembro de 2016 das 13h às 17h visando oferecer

Leia mais

As equipes poderão ser formadas por alunos Ensino Fundamental II e do Ensino Médio e Técnico.

As equipes poderão ser formadas por alunos Ensino Fundamental II e do Ensino Médio e Técnico. Ceará Faz Ciência 2015 Tema: Luz Ciência e Vida Regulamento 1. Inscrições Os projetos deverão ser submetidos pela Coordenação Pedagógica da Escola e/ou professor responsável. O período para submissão dos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE GRADUAÇÃO CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º Este Regulamento estabelece a normatização das disciplinas de

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DO DIREITO DA FIB

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DO DIREITO DA FIB REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DO DIREITO DA FIB A Diretora da Faculdade de Direito das Faculdades Integradas Brasileiras - FIB, nos termos do artigo 12, inciso XXIII do Regimento Geral

Leia mais

EDITAL POSTER XII JANP

EDITAL POSTER XII JANP EDITAL POSTER XII JANP A Comissão Organizadora da XII Jornada Acadêmica de Anatomia Aplicada faz saber que estarão abertas, no período de 19 de junho de 2015 a 03 de julho de 2015, as inscrições para envio

Leia mais

DESAFIO DA SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. 08 a 29 de maio de 2012

DESAFIO DA SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. 08 a 29 de maio de 2012 DESAFIO DA SOLIDARIEDADE E RESPONSABILIDADE SOCIAL 08 a 29 de maio de 2012 TOLEDO PR 2012 APRESENTAÇÃO O Desafio da Solidariedade e Responsabilidade Social da FASUL é um projeto cuja ideia central é incentivar

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DO ENCONTRO DOS PROFISSIONAIS DA CONSTRUÇÃO CIVIL. 1.1 Tema do concurso: padronização da fachada das escolas municipais.

REGULAMENTO DO CONCURSO DO ENCONTRO DOS PROFISSIONAIS DA CONSTRUÇÃO CIVIL. 1.1 Tema do concurso: padronização da fachada das escolas municipais. REGULAMENTO DO CONCURSO DO ENCONTRO DOS PROFISSIONAIS DA CONSTRUÇÃO CIVIL 1. Disposições gerais 1.1 Tema do concurso: padronização da fachada das escolas municipais. 1.1.1 A tarefa proposta é a elaboração

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO FEEVALE 45 ANOS 1º PLANTÃO DE ANÁLISES CLÍNICAS FEEVALE

REGULAMENTO CONCURSO FEEVALE 45 ANOS 1º PLANTÃO DE ANÁLISES CLÍNICAS FEEVALE REGULAMENTO CONCURSO FEEVALE 45 ANOS 1º PLANTÃO DE ANÁLISES CLÍNICAS FEEVALE I - DO CONCURSO Art. 1 - A proposta do CONCURSO FEEVALE 45 ANOS 1º PLANTÃO DE ANÁLISES CLÍNICAS FEEVALE objetiva a realização

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ACADÊMICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PARA AS ATIVIDADES DO PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO COMER,

EDITAL DE SELEÇÃO DE ACADÊMICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PARA AS ATIVIDADES DO PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO COMER, EDITAL DE SELEÇÃO DE ACADÊMICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PARA AS ATIVIDADES DO PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO COMER, COMER PARA PODER CRESCER DA FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA 02/2016 A Faculdade Ciências da Vida

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO 2ª Turma Especialização Lato Sensu em Docência na Educação Infantil

EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO 2ª Turma Especialização Lato Sensu em Docência na Educação Infantil EDITAL DO PROCESSO DE SELEÇÃO 2ª Turma Especialização Lato Sensu em Docência na Educação Infantil A Universidade Federal do Tocantins - UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPESQ,

Leia mais

REGULAMENTO EXPOCOL CANOAS, 2016.

REGULAMENTO EXPOCOL CANOAS, 2016. REGULAMENTO EXPOCOL CANOAS, 2016. CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º A EXPOCOL (Exposição do Colégio La Salle Canoas) é um evento interno que ocorrerá nos dias 27, 29 e 30 de setembro de 2016 a fim de divulgar

Leia mais

Regulamento do Projeto Educativo do Madeira Film Festival 2014

Regulamento do Projeto Educativo do Madeira Film Festival 2014 Regulamento do Projeto Educativo do Madeira Film Festival 2014 Enquadramento e Objectivos 1. Este concurso é organizado pelo Madeira Film Festival com a colaboração da Direcção Regional de Educação da

Leia mais

SIMULADO DO ENEM 2014

SIMULADO DO ENEM 2014 SIMULADO DO ENEM 2014 Para participar do Simulado do Enem 2014 não é necessário agendamento, antes feito pelo professor, para realização das provas. Os alunos participarão de forma independente e de acordo

Leia mais

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGA PARA PROFESSOR COORDENADOR

EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGA PARA PROFESSOR COORDENADOR EDITAL PARA PREENCHIMENTO DE VAGA PARA PROFESSOR COORDENADOR A Diretora da Escola Estadual Professor SILVIA JORGE POLLASTRINI, em Itanhaém, com fundamento na Resolução SE 75 de 30/12/2014, torna público

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Turismo, Hospitalidade e Lazer CURSO: Técnico em Eventos FORMA/GRAU:( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores METODOLOGIA CIENTÍFICA Redes de Computadores Metodologia e Introdução à Pesquisa AULA Inaugural AGENDA EMENTA OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA COMPETÊNCIAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

Leia mais

Estudante de qualquer curso de nível universitário, sediado no Estado da Bahia, incluindo cursos de mestrado e doutorado.

Estudante de qualquer curso de nível universitário, sediado no Estado da Bahia, incluindo cursos de mestrado e doutorado. A NACE NÚCLEO DE AÇÕES CULTURAIS ESTRATÉGICAS, EMPRESA SEDIADA NA CIDADE DO SALVADOR, ESTADO DA BAHIA, FAZ PUBLICAR O PRESENTE EDITAL QUE REGULAMENTA A ESCOLHA DO DESIGN TROFEU MUSA 2016, A SER CONCEBIDO

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Engenharia. Manual de Orientações Básicas

Universidade Federal de Juiz de Fora. Faculdade de Engenharia. Manual de Orientações Básicas Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Engenharia Manual de Orientações Básicas Tema do concurso A tarefa proposta é a construção e o teste de carga de uma ponte treliçada, utilizando papel-cartão

Leia mais