SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA CIVIL (3ºCICLO)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA CIVIL (3ºCICLO)"

Transcrição

1 SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA CIVIL (3ºCICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação: Língua Portuguesa. 3 Duração oficial do programa de estudos: 4 anos/8 semestres/28 semanas de estudo a tempo inteiro por ano/240 créditos ECTS. Inclui 6 semestres de Tese. 4. Requisito(s) de acesso: São admitidos à candidatura ao Programa Doutoral em Engenharia Civil, os titulares do grau de Mestre em Engenharia Civil ou equivalente legal. São também admitidos à candidatura ao Programa Doutoral em Engenharia Civil, os candidatos que cumpram um dos requisitos constantes nas alíneas b) e c) do ponto 1 do artigo 30º do Decreto-Lei 74/2006, de 24 de Março.

2 Assim, podem candidatar-se ao Programa de Doutoramento em Engenharia Civil alunos com o grau de Mestre em Engenharia Civil ou com um curso de licenciatura de 5 anos em Engenharia Civil, anterior à entrada em vigor dos Cursos pós-bolonha. Podem ainda candidatar-se alunos com grau de Mestre ou curso de licenciatura de 5 anos, anterior à entrada em vigor dos Cursos pós-bolonha, em áreas científicas afins ficando, contudo, sempre sujeitos ao escrutínio da Comissão Directiva do Programa de Doutoramento e conforme as regras estabelecidas pelo Regulamento Interno de Programas Doutorais da Escola de Engenharia da Universidade do Minho. A decisão final sobre a admissão é da competência do Conselho Científico da Escola de Engenharia, tendo em consideração o parecer emitido pela Comissão Directiva do Programa de Doutoramento. 5. INFORMAÇÕES SOBRE O CONTEÚDO E OS RESULTADOS OBTIDOS 5.1 Regime de estudo: Tempo inteiro. 5.2 Requisitos do programa de estudos: O objectivo principal do Programa Doutoral em Engenharia Civil é a formação de investigadores na área de Engenharia Civil, com elevada qualificação e aptos para desenvolver trabalho autónomo de investigação, em contexto universitário ou empresarial. Logo, pretende-se que após a conclusão do Programa o futuro Doutor possua todas as condições para aplicar, desenvolver e aprofundar os conhecimentos provenientes do trabalho de investigação conducentes à obtenção do grau de Doutor, e deste modo, tornar-se uma mais valia para a instituição que o venha a acolher. A Tese, que compreende necessariamente um trabalho de investigação original, deverá constituir um contributo claro para o alargamento do domínio científico da Engenharia Civil. 5.3 Pormenores do programa de estudos e classificações/notas/créditos obtidos: ÁREA CIENTÍFICA SIGLA CRÉDITOS OBRIGATÓRIOS OPTATIVOS Ciências e Tecnologias Complementares CTC Engenharia Civil ECiv TOTAL INFORMAÇÃO SOBRE A FUNÇÃO DA QUALIFICAÇÃO 6.2 Estatuto profissional: Os Doutores em Engenharia Civil podem desempenhar cargos de professores no ensino superior e de investigadores em instituições de investigação, orientar mestrados e doutoramentos, ou trabalhar na indústria e serviços, naturalmente em actividades relacionadas com investigação. 7 INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES 7.2 Outras fontes de informação:

3 ANEXO I Plano de estudos do Doutoramento em Engenharia Civil Plano de Estudos (3º Ciclo) Regime Horas/semana Área Total Créditos Ano/sem. Científica Unidade Curricular 1ºS 2ºS HC HIL HINL 1ºS 2ºS (ECTS) 1º/1º CTC Opção Comportamental e de Inovação I X CTC Opção Comportamental e de Inovação II (optativa) X CTC Opção Comportamental e de Inovação III (optativa) X CTC Opção Comportamental e de Inovação IV X ECiv Opção Cientifico-Tecnológica I em Engenharia Civil X ECiv Opção Cientifico-Tecnológica II em Engenharia Civil X ECiv Opção Cientifico-Tecnológica III em Eng. Civil (optativa) X ECiv Opção Cientifico-Tecnológica IV em Eng. Civil (optativa) X º/2º ECiv Opção Cientifico-Tecnológica V em Engenharia Civil X ECiv Opção Cientifico-Tecnológica VI em Engenharia Civil X ECiv Planeamento da Tese X º a 4º ano ECiv Tese Total Total Unidade Curricular Créditos Área Científica Opção Comportamental e de Inovação 10 a 20 CTC Opção Científico -Tecnológica em Engenharia Civil 20 a 30 ECiv Planeamento da Tese em Engenharia Civil 20 ECiv Tese em Engenharia Civil 180 ECiv Legenda: Áreas Científicas CTC - Ciências e Tecnologias Complementares ECiv - Engenharia Civil Horas/Semanas HC Horas de contacto com o docente; HIL Horas de trabalho independente no período lectivo (14 semanas) HINL Horas de trabalho independente no período não lectivo (6 semanas)

4 DIPLOMA SUPLEMENT - UNIVERSIDADE OF MINHO PhD IN CIVIL ENGINEERING (3 rd CYCLE) 1 Main Field of Studies for the qualification Civil Engineering 2 Language of instruction Portuguese. 3 Official Length of Programme 4 years/8 semesters/28 weeks of full-time study per year/240 ECTS credits. It includes 6 semesters of Thesis. 4 Access requirement(s) MSc degree in Civil Engineering or related areas. Degree in Civil Engineering or related areas, with a relevant academic or scientific curriculum considered adequate by the Scientific Council of the School of Engineering. Exceptionally, the owners of a relevant professional, academic or scientific curriculum, considered by the Scientific Council of the School of Engineering, to attest the ability to pursue a doctoral programme.

5 5 Mode of Study Full-time. 6 Programme Requirements The main goal of the Doctoral Programme in Civil Engineering is the development of knowledge within research in scientific area of Civil Engineering, with a high degree of qualification and skills to develop autonomous research activities to apply in academic or professional career. The research undertaken must make a distinct contribute to knowledge and the candidate must submit a thesis embodying the results of his research which will be examined by an expert s panel in public presentation and discussion. 7 Programme Details SCIENTIFIC AREA ACRONYM CRÉDITS COMPULSORY OPTIONAL Complementary Sciences and Technologies CST Civil Engineering CivE TOTAL The catalogue of the disciplines offered by the University of Minho is presented in the Appendix 1. 8 Professional Status 9. Further information sources:

6 APPENDIX I Curriculum of the Master s Course in # Curriculum (3rd Cycle) Regime Hours/Week Scientific Total Year/sem Area Learning Unit 1ºS 2ºS HC HIL HINL 1ºS 2ºS Credits 1st/1st CST Behavioural and Innovation Option I X CST Behavioural and Innovation Option II (optional) X CST Behavioural and Innovation Option III (optional) X CST Behavioural and Innovation Option IV X CivE Scientific and Technology Option in Civil Engineering X CivE Scientific and Technology Option II in Civil Engineering X CivE Scientific and Technology Option III in Civil Engineering (optional) X CivE Scientific and Technology Option IV in Civil Engineering (optional) X st/2nd CivE Scientific and Technology Option V in Civil Engineering Civil X CivE Scientific and Technology Option VI in Civil Engineering Civil X CivE Thesis Planning in Civil Engineering X nd a 4th years CivE Thesis in Civil Engineering Total Total Learning Unit Credits Scientific Area Behavioural and Innovation Option CST Scientific and Technology Option in Civil Engineering CivE Thesis Planning in Civil Engineering 20 CivE Thesis embodying the results of R&D in Civil Engineering 180 CivE Legend: Scientific Areas CST Complementary Sciences and Technologies CivE Civil Engineering Hours/Week HC Hours of contact with the teacher; HIL Independent working hours in the period (15 weeks) HINL Independent working hours out of the period (5 weeks)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM DESIGN E MARKETING (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM DESIGN E MARKETING (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM DESIGN E MARKETING (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Design Têxtil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação: Línguas

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM COMUNICAÇÃO DE MODA (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM COMUNICAÇÃO DE MODA (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM COMUNICAÇÃO DE MODA (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Desenho Têxtil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação: Línguas

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM GESTÃO AMBIENTAL 2º CICLO

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM GESTÃO AMBIENTAL 2º CICLO SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM GESTÃO AMBIENTAL 2º CICLO 1 Principal área de estudo da qualificação: Prevenção e Controlo da Poluição 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação:

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Produção e Sistemas 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação:

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM ENGENHARIA MECATRÓNICA (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM ENGENHARIA MECATRÓNICA (2º CICLO) SUPLENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO ENGENHARIA MECATRÓNICA (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Mecatrónica 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação: Língua Portuguesa.

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE À OBTENÇÃO DO GRAU DE DOUTOR EM ORMÁTICA (3º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Informática 2 Língua(s)

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO (MESTRADO EM ENGENHARIA URBANA) (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil - Planeamento Urbanístico Engenharia Civil

Leia mais

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO)

SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) SUPLEMENTO AO DIPLOMA DA UNIVERSIDADE DO MINHO MESTRADO EM CONSTRUÇÃO E REABILITAÇÃO SUSTENTÁVEIS (2º CICLO) 1 Principal(ais) área(s) de estudo da qualificação: Engenharia Civil 2 Língua(s) de aprendizagem/avaliação:

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular PROJETO DE ENGENHARIA ELETRÓNICA Cursos ENGENHARIA ELETRÓNICA E TELECOMUNICAÇÕES (Mestrado Integrado) Unidade Orgânica

Leia mais

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma

Proposta de Criação do Mestrado em Gestão Logística. III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma Proposta de Criação do Mestrado em Logística III - Informação Relativa ao Suplemento ao Diploma De acordo com o Despacho RT 41/2005 de 19 de Setembro Universidade do Minho Escola de Economia e Departamento

Leia mais

FF, Faculdade de Farmácia

FF, Faculdade de Farmácia NORMAS PARA CREDITAÇÃO DE MESTRES EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS a partir do grau de Licenciado em Ciências Farmacêuticas no âmbito do Plano de Estudos publicado na Portaria n.º 529/88, de 8 de Agosto, D.R.

Leia mais

CURSO DE MESTRADO EM COMUNICAÇÃO, CIDADANIA E EDUCAÇÃO

CURSO DE MESTRADO EM COMUNICAÇÃO, CIDADANIA E EDUCAÇÃO DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR Instituto de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Comunicação www.comunicacao.uminho.pt Proposta de Criação

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MESTRADO CURSO PÓS-GRADUADO DE ESPECIALIZAÇÃO CIÊNCIAS BIOFARMACÊUTICAS Acreditado pela A3ES 5 ª Edição 2014/2016 Colaboração Research Institute for Medicines

Leia mais

DOUTORAMENTO EM FINANÇAS -SUPLEMENTO AO DIPLOMA-

DOUTORAMENTO EM FINANÇAS -SUPLEMENTO AO DIPLOMA- DOUTORAMENTO EM FINANÇAS -SUPLEMENTO AO DIPLOMA- 1 2.1 Designação da qualificação e título que confere Doutoramento em Finanças, Doutor. 2.2 Áreas de estudo da qualificação Finanças. 2.5 Línguas de aprendizagem

Leia mais

RESEARCH UNIT NECE. Covilhã 22/05/2009

RESEARCH UNIT NECE. Covilhã 22/05/2009 RESEARCH UNIT NECE Mário Raposo UBI Scientific Coordinator of NECE Covilhã 22/5/29 PRESENTATION NECE Research Unit in Science Business is a departmental unit that gathers the scientific research activities

Leia mais

A Licenciatura em Engenharia Informática da Nova

A Licenciatura em Engenharia Informática da Nova A Licenciatura em Engenharia Informática da Nova Reunião com Empregadores (ano lectivo 2007 / 2008) Luis Caires Coordenador do Curso Quem somos nós? O Departamento de Informática da FCT / UNL Fundado em

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS E DO TURISMO

REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS E DO TURISMO REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EMPRESARIAIS E DO TURISMO O presente regulamento visa aplicar o regime estabelecido pelo Decreto-Lei 43/2014,

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular EMPREENDEDORISMO Cursos GESTÃO (2.º ciclo) GESTÃO DO TURISMO GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE GESTÃO DO MAR Unidade Orgânica

Leia mais

REGULAMENTO Artigo 1.º Criação do curso Artigo 2.º Objectivos Artigo 3.º Condições de acesso Artigo 4.º Critérios de selecção

REGULAMENTO Artigo 1.º Criação do curso Artigo 2.º Objectivos Artigo 3.º Condições de acesso Artigo 4.º Critérios de selecção REGULAMENTO Artigo 1.º Criação do curso A Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC) e a Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho (EEGUM), através do seu Departamento de Economia,

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 154 10 de Agosto de 2010 42925

Diário da República, 2.ª série N.º 154 10 de Agosto de 2010 42925 Diário da República, 2.ª série N.º 154 10 de Agosto de 2010 42925 CV: classificação curricular (currículo académico, científico, técnico C: classificação final. Haverá lugar a entrevista quando forem necessários

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia REGULAMENTO D0 3º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE DOUTOR EM ENGENHARIA MECÂNICA Artigo 1.º Adequação/ Criação A Universidade da Beira Interior, através do, confere o grau de Doutor em Engenharia

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular PROGRAMAÇÃO ORIENTADA POR OBJETOS Cursos ENGENHARIA ELETRÓNICA E TELECOMUNICAÇÕES (Mestrado Integrado) ENGENHARIA INFORMÁTICA

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO ISEC

REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO ISEC REGULAMENTO DOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DO ISEC Artigo 1.º Âmbito O presente Regulamento estabelece o regime de funcionamento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP) ministrados

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular CONSTRUÇÃO DE MATERIAIS EDUCATIVOS Cursos CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E DA FORMAÇÃO (1.º ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL

INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL INSTITUTO POLITÉCNICO DE COIMBRA EDITAL (EDIÇÃO 2016-2018) Nos termos do Decreto-Lei nº42/2005, de 22 de fevereiro e do Decreto-Lei nº74/2006, de 24 de março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular EPIGENÉTICA Cursos CIÊNCIAS BIOMÉDICAS (1.º ciclo) (*) (*) Curso onde a unidade curricular é opcional Unidade Orgânica

Leia mais

Instituto Superior da Maia ISMAI CET. Produção Gráfica

Instituto Superior da Maia ISMAI CET. Produção Gráfica Instituto Superior da Maia ISMAI CET Produção Gráfica Digital CoordenadorA Professora Doutora Célia Sousa Vieira cvieira@ismai.pt fundamentos e Objectivos A área de formação deste CET reside nos Audio-visuais

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO EXPERIMENTAL EM BIOLOGIA MARINHA DO MESTRADO EM BIOLOGIA MARINHA

REGULAMENTO DE TRABALHO EXPERIMENTAL EM BIOLOGIA MARINHA DO MESTRADO EM BIOLOGIA MARINHA REGULAMENTO DE TRABALHO EXPERIMENTAL EM BIOLOGIA MARINHA DO MESTRADO EM BIOLOGIA MARINHA INTRODUÇÃO A unidade curricular Trabalho Experimental em Biologia Marinha, adiante designada TEBM, é uma unidade

Leia mais

(PDEIS) de Tese 1. Estrutura. Plano. - Objectivos

(PDEIS) de Tese 1. Estrutura. Plano. - Objectivos Escola de Engenharia Programaa Doutoral em Engenharia Industrial e de Sistemas (PDEIS) Como elaborar um Plano de Tese no âmbito das UC Planeamento da Dissertação I, II e III O Plano de Tesee é elaborado

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular FISCALIDADE NO IMOBILIÁRIO Cursos AVALIAÇÃO E GESTÃO DA ATIVIDADE IMOBILIÁRIA (pós-graduação) Unidade Orgânica Escola Superior

Leia mais

Regulamento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do IPA. 2014Jul29. Documento. Data. Conselho Pedagógico. Científico.

Regulamento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do IPA. 2014Jul29. Documento. Data. Conselho Pedagógico. Científico. Documento Data Regulamento dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais do IPA 2014Jul29 Conselho Pedagógico Conselho Científico Conselho Direção Técnico- de REVISÃO DO DOCUMENTO Versão Alteração Por Data

Leia mais

Universidade do Minho PROPOSTA DE REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS INTEGRADO CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE

Universidade do Minho PROPOSTA DE REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS INTEGRADO CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE Universidade do Minho PROPOSTA DE REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS INTEGRADO CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM ENGENHARIA ELECTRÓNICA INDUSTRIAL E COMPUTADORES 1 Artigo 1º (Natureza e âmbito de aplicação)

Leia mais

Estrutura curricular da Licenciatura em Educação Básica 2015/2016

Estrutura curricular da Licenciatura em Educação Básica 2015/2016 Estrutura curricular da Licenciatura em Educação Básica 2015/2016 Sigla Obrigatórios Optativos Educação FEG 18 2 Português FAD 30 Matemática FAD 30 5 Estudo do Meio FAD 30 Expressão Físico-Motora FAD 6

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PAULA FRASSINETTI

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PAULA FRASSINETTI ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE PAULA FRASSINETTI NORMAS REGULAMENTARES DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM EDUCAÇÃO BÁSICA Artº1 Dos objectivos e âmbito das presentes normas regulamentares

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular IMPACTE ECONÓMICO DO TURISMO Cursos ECONOMIA DO TURISMO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL (2.º Ciclo) Unidade Orgânica Faculdade

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO EM TURISMO Cursos TURISMO (2.º ciclo) TURISMO, CULTURA E PATRIMÓNIO GESTÃO DE INFRAESTRUTURAS

Leia mais

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA

FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE FARMÁCIA UNIVERSIDADE DE LISBOA MASTER POST-GRADUATED SPECIALIZATION COURSE Regulation and Evaluation of Medicines and Health Products 9 th Edition 2016/2018 The Post-Graduated Specialization

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Administração e Política Educacional (Regime Intensivo) 16 17 Edição Instituto de Educação

Leia mais

NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/01761 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular DIREITO EM SAÚDE Cursos GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE (2.º Ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de Economia Código da Unidade

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular PLANEAMENTO E ESTRATÉGIA DE MARKETING Cursos GESTÃO DE MARKETING (2.º Ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de Economia Código

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular AUDITORIA E REVISÃO Cursos CONTABILIDADE (2.º Ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de Economia Código da Unidade Curricular

Leia mais

MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS EM FINANÇAS

MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS EM FINANÇAS MESTRADO EM MÉTODOS QUANTITATIVOS EM FINANÇAS Faculdade de Economia / Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia UNIVERSIDADE DE COIMBRA Estrutura curricular e plano de estudos ESTRUTURA

Leia mais

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA 醫療券的式樣 尺寸 210 毫米 74 毫米 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室 第 67/2014 號社會文化司司長批示 ANEXO

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA 醫療券的式樣 尺寸 210 毫米 74 毫米 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室 第 67/2014 號社會文化司司長批示 ANEXO 澳門特別行政區公報 第一組 240 第 19 期 2014 年 5 月 12 日 附件 ANEXO 醫療券的式樣 Modelo do vale de saúde 正面 Frente 背面 Verso 尺寸 210 毫米 74 毫米 Dimensões: 210 mm 74 mm 社 會 文 化 司 司 長 辦 公 室 第 67/2014 號社會文化司司長批示 GABINETE DO SECRETÁRIO

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular OPERAÇÕES TURÍSTICAS Cursos TURISMO (1.º ciclo) Unidade Orgânica Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo Código

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular PROJETO EMPRESARIAL Cursos GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS (2.º Ciclo) Unidade Orgânica Escola Superior de Gestão, Hotelaria

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-DOUTORAMENTO NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO MINHO. Preâmbulo

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-DOUTORAMENTO NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO MINHO. Preâmbulo REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-DOUTORAMENTO NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO MINHO Preâmbulo Tem vindo a aumentar o número de candidatos, especialmente estrangeiros, que pretendem realizar estudos

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ÉTICA NO NEGÓCIO IMOBILIÁRIO Cursos AVALIAÇÃO E GESTÃO DA ATIVIDADE IMOBILIÁRIA (pós-graduação) Tronco comum Unidade Orgânica

Leia mais

DESPACHO N. GR.0110612010. Alteração do Regulamento de Doutoramento em Regime de Co-Tutela Internacional da UPorto

DESPACHO N. GR.0110612010. Alteração do Regulamento de Doutoramento em Regime de Co-Tutela Internacional da UPorto DESPACHO N. GR.0110612010 Alteração do Regulamento de Doutoramento em Regime de Co-Tutela Internacional da UPorto No uso da competência que me é consagrada na alínea o) do n 1 do artigo 400 dos estatutos

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Departamento de Engenharia de Mecânica Regime de creditação de competências dos alunos do 2.º ciclo do curso bietápico de Licenciatura em Engenharia Mecânica

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular SEGURANÇA EM SISTEMAS INFORMÁTICOS Cursos TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (1.º ciclo) Unidade Orgânica Instituto

Leia mais

SERVIÇOS ACADÉMICOS DA UNIVERSIDADE DO MINHO

SERVIÇOS ACADÉMICOS DA UNIVERSIDADE DO MINHO SERVIÇOS ACADÉMICOS DA UNIVERSIDADE DO MINHO Os Serviços Académicos são uma unidade de serviços da Universidade do Minho cujo principal objetivo é a gestão administrativa dos processos escolares dos estudantes,

Leia mais

LICENCIATURA EM BIOLOGIA MARINHA

LICENCIATURA EM BIOLOGIA MARINHA LICENCIATURA EM BIOLOGIA MARINHA REGULAMENTO DO ESTÁGIO CIENTÍFICO Conteúdos e objectivos 1. O estágio da licenciatura em Biologia Marinha funciona como uma disciplina para todos os efeitos académicos

Leia mais

Regulamento do Estágio Curricular

Regulamento do Estágio Curricular UNIVERSIDADE LUSÍADA DE VILA NOVA FAMALICÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ECONOMIA E DA EMPRESA Licenciatura em Ciências Económicas e Empresariais Regulamento do Estágio Curricular Das unidades curriculares:

Leia mais

CEF/0910/27301 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/27301 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/27301 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/27301 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Decisão de

Leia mais

REGULAMENTO DE LICENÇA DE DISPENSA DE SERVIÇO DOCENTE

REGULAMENTO DE LICENÇA DE DISPENSA DE SERVIÇO DOCENTE REGULAMENTO DE LICENÇA DE DISPENSA DE SERVIÇO DOCENTE (aprovado em reunião de CTC de 2014/10/15) Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto ISCAP/IPP CAPITULO I Disposições gerais Artigo

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular MARKETING MANAGEMENT Cursos GESTÃO EMPRESARIAL (2.ºCiclo) Unidade Orgânica Faculdade de Economia Código da Unidade Curricular

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular ANATOMO-FISIOLOGIA II Cursos ORTOPROTESIA (1.º ciclo) Unidade Orgânica Escola Superior de Saúde Código da Unidade Curricular

Leia mais

Doutoramento em Estudos de Desenvolvimento

Doutoramento em Estudos de Desenvolvimento Doutoramento em Estudos de Desenvolvimento O Curso O Programa de Doutoramento em Estudos de Desenvolvimento, criado pela Universidade Técnica de Lisboa em 2009, é um plano de estudos de 3º ciclo que pretende

Leia mais

PRES-EDT01-2016 EDITAL CONCURSO DE ACESSO AOS CURSOS DE MESTRADO ANO LETIVO DE 2016/2017

PRES-EDT01-2016 EDITAL CONCURSO DE ACESSO AOS CURSOS DE MESTRADO ANO LETIVO DE 2016/2017 PRES-EDT01-2016 EDITAL CONCURSO DE ACESSO AOS CURSOS DE MESTRADO ANO LETIVO DE 2016/2017 João Manuel Simões da Rocha, Presidente do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), faz saber que, nos

Leia mais

I Agrupamento de Escolas de Valongo FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL

I Agrupamento de Escolas de Valongo FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato A preencher pela entidade empregadora CARACTERIZAÇÃO DO

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular ANÁLISE GRAMATICAL Cursos LÍNGUAS E COMUNICAÇÃO (1.º ciclo) LÍNGUAS, LITERATURAS E CULTURAS (1.º ciclo) - RAMO DE ESTUDOS

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO E NEGÓCIOS

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO E NEGÓCIOS REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTE AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO E NEGÓCIOS Artigo 1.º (Enquadramento jurídico) 1. O presente Regulamento visa desenvolver e complementar o regime jurídico instituído

Leia mais

Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Study Cycle (máx. 100 caracteres) Branche Option (máx. 80 caracteres)

Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Study Cycle (máx. 100 caracteres) Branche Option (máx. 80 caracteres) 1. Unidade Curricular (máx. 100 caracteres) Atelier Jornalismo Radiofónico Curricular Unit (máx. 100 caracteres) Workshop: Radio Journalism 2. Ciclo de Estudos (máx. 100 caracteres) CS - Comunicação Social

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular GESTÃO E EMPREENDEDORISMO Cursos SISTEMAS E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Unidade Orgânica Instituto Superior de Engenharia

Leia mais

Perfis e competências profissionais

Perfis e competências profissionais Perfis e competências profissionais Roberto Henriques NOVA IMS Apresentação Institucional NOVA IMS INTRODUÇÃO A NOVA Information Management School (NOVA IMS) é a Escola de Gestão de Informação da. Este

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO 1.

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO 1. FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PROCEDIMENTO CONCURSAL CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO DO PROCESSO Código da publicitação do procedimento Código de candidato CARACTERIZAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO Carreira Categoria

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM MODELAÇÃO E SIMULAÇÃO ECONÓMICA PELA FACULDADE DE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO. Artigo 1.º Criação

REGULAMENTO DO MESTRADO EM MODELAÇÃO E SIMULAÇÃO ECONÓMICA PELA FACULDADE DE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO. Artigo 1.º Criação REGULAMENTO DO MESTRADO EM MODELAÇÃO E SIMULAÇÃO ECONÓMICA PELA FACULDADE DE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO Artigo 1.º Criação A Universidade do Porto, através da Faculdade de Economia, confere o grau

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM Regulamento da PGDEEC 0 Departamento Engenharia Electrotécnica e de Computadores REGULAMENTO DO PROGRAMA DE DOUTORAMENTO EM ENGENHARIA ELECTROTÉCNICA E DE COMPUTADORES (PDEEC) Departamento de Engenharia

Leia mais

RH PROCEDIMENTO CONCURSAL/CANDIDATURA

RH PROCEDIMENTO CONCURSAL/CANDIDATURA RH PROCEDIMENTO CONCURSAL/CANDIDATURA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO Código da publicitação do procedimento Indicar o número do aviso publicado no Diário da República ou o número do código da oferta de emprego

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular TECNOLOGIAS MULTIMÉDIA Cursos GESTÃO HOTELEIRA (1.º ciclo) (*) GESTÃO (1.º ciclo) (*) GESTÃO - Regime Noturno (1.º ciclo)

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM ENGENHARIA ELÉTRICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEI TÍTULO I DAS CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - Este Regulamento complementa

Leia mais

REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DO ISEL. Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Definições

REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DO ISEL. Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Definições REGULAMENTO DE CREDITAÇÃO DO ISEL O Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março (Regime Jurídico dos Graus Académicos e Diplomas do Ensino Superior), estabelece normas relativas à mobilidade dos estudantes

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular INFORMÁTICA I Cursos GESTÃO (1.º ciclo) Unidade Orgânica Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo Código da Unidade

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular SISTEMAS DE TEMPO REAL Cursos ENGENHARIA ELETRÓNICA E TELECOMUNICAÇÕES (Mestrado Integrado) Unidade Orgânica Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO DAS CONDIÇÕES DE ACESSO E INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

REGULAMENTO DAS CONDIÇÕES DE ACESSO E INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO REGULAMENTO DAS CONDIÇÕES DE ACESSO E INGRESSO NOS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO O Decreto-Lei n.º 43/2014, de 18 de março, procedeu à criação de um tipo de formação

Leia mais

REGULAMENTO DE MESTRADO EM PSICOLOGIA DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA

REGULAMENTO DE MESTRADO EM PSICOLOGIA DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA REGULAMENTO DE MESTRADO EM PSICOLOGIA DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA De acordo com o art. 1 da Lei de Bases do Sistema Educativo e ao abrigo do Capítulo III do Decreto-Lei 7/2006, e para aprovação

Leia mais

Artº - 1º Âmbito. Artº - 2º Objectivos

Artº - 1º Âmbito. Artº - 2º Objectivos REGULAMENTO DE ESTÁGIOS IEP- UCP Artº - 1º Âmbito O presente Regulamento de Estágios é válido para os alunos dos Cursos de Licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais e do Programa de Mestrado

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Regulamento do ciclo de estudos conducentes ao grau de mestre em Engenharia Química

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa. Regulamento do ciclo de estudos conducentes ao grau de mestre em Engenharia Química Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento do ciclo de estudos conducentes ao grau de mestre em Engenharia Química Artigo 1º - Âmbito --------------------------------------- 1) O presente Regulamento

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular GESTÃO DA MANUTENÇÃO E SEGURANÇA EM HOTELARIA Cursos DIREÇÃO E GESTÃO HOTELEIRA (2.º Ciclo) HOTELARIA E FUNÇÃO COMERCIAL

Leia mais

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação

ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação ACEF/1112/12687 Guião para a auto avaliação Caracterização do ciclo de estudos. A1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: ISPA, Crl A1.a. Descrição da instituição de ensino superior /

Leia mais

REGULAMENTO DAS BOLSAS DE ESTUDO PARA PÓS-GRADUAÇÃO E ESPECIALIZAÇÃO DESTINADAS A ESTUDANTES AFRICANOS DE LÍNGUA PORTUGUESA E DE TIMOR LESTE

REGULAMENTO DAS BOLSAS DE ESTUDO PARA PÓS-GRADUAÇÃO E ESPECIALIZAÇÃO DESTINADAS A ESTUDANTES AFRICANOS DE LÍNGUA PORTUGUESA E DE TIMOR LESTE REGULAMENTO DAS BOLSAS DE ESTUDO PARA PÓS-GRADUAÇÃO E ESPECIALIZAÇÃO DESTINADAS A ESTUDANTES AFRICANOS DE LÍNGUA PORTUGUESA E DE TIMOR LESTE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artº. 1º. 1. Com o fim principal

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular PLANEAMENTO DA REABILITAÇÃO URBANA Cursos REABILITAÇÃO - EDIFÍCIOS E ÁREAS URBANAS RAMO ÁREAS URBANAS Unidade Orgânica

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular FINANÇAS PARA MARKETING Cursos GESTÃO DE MARKETING (2.º Ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de Economia Código da Unidade

Leia mais

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA

RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA RELATÓRIO DE CONCRETIZAÇÃO DO PROCESSO DE BOLONHA ANO LECTIVO 2009/2010 DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, GESTÃO E ENGENHARIA INDUSTRIAL Prof. Joaquim Carlos Pinho (Universidade de Aveiro) Prof. Lucia Lima (Universidade

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS INTEGRADO CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE

REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS INTEGRADO CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE REGULAMENTO DO CICLO DE ESTUDOS INTEGRADO CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM ENGENHARIA DE MATERIAIS Artigo 1º (Natureza e âmbito de aplicação) 1. O presente Regulamento dá cumprimento ao estabelecido no

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular GESTÃO DA PRODUÇÃO Cursos ENGENHARIA MECÂNICA (1.º ciclo) - RAMO DE GESTÃO E MANUTENÇÃO INDUSTRIAL (1.º ciclo) - RAMO DE

Leia mais

MESTRADO EM ECOLOGIA APLICADA 2006/2008. Propinas: 1250 /Ano

MESTRADO EM ECOLOGIA APLICADA 2006/2008. Propinas: 1250 /Ano MESTRADO EM ECOLOGIA APLICADA 2006/2008 Propinas: 1250 /Ano Nº clausus: 10 Mestrado em Ecologia Aplicada Nº mínimo para funcionamento: 7 no conjunto dos dois cursos (Mestrado e Pós-Graduação) Período de

Leia mais

Reitoria. Universidade do Minho, 24 de Fevereiro de 2010

Reitoria. Universidade do Minho, 24 de Fevereiro de 2010 Reitoria RT-21/2010 Por proposta do Conselho Académico da Universidade do Minho, é homologado o Regulamento do Mestrado Integrado em Psicologia, anexo a este despacho. Universidade do Minho, 24 de Fevereiro

Leia mais

DOUTORAMENTO EM CONTABILIDADE

DOUTORAMENTO EM CONTABILIDADE universidade do minho universidade de aveiro DOUTORAMENTO EM CONTABILIDADE -SUPLEMENTO AO DIPLOMA- 1 2.1 Designação da qualificação e título que confere Doutoramento em Contabilidade, Doutor. 2.2 Áreas

Leia mais

REGULAMENTO Versão Consolidada do Regulamento de Programas de Doutoramento FCT

REGULAMENTO Versão Consolidada do Regulamento de Programas de Doutoramento FCT REGULAMENTO Versão Consolidada do Regulamento de Programas de Doutoramento FCT (Últimas alterações homologadas a 11 de outubro de 2013) CAPÍTULO I Disposições Gerais Regulamento de Programas de Doutoramento

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCIONAL GUAXUPÉ CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. Regulamento das Atividades Complementares

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCIONAL GUAXUPÉ CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. Regulamento das Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCIONAL GUAXUPÉ CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Regulamento das s Complementares Capítulo 1 Diretrizes Preliminares Art. 1º As atividades complementares, constantes nas Diretrizes

Leia mais

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012

Universidade do Minho. Escola de Engenharia. UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13. 11 de outubro 2012 Universidade do Minho Escola de Engenharia UC transversais Programas Doutorais 1º semestre 2012-13 11 de outubro 2012 1 2 2 courses offered in the first semestre: Métodos de Investigação em Engenharia

Leia mais

NCE/09/01997 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/09/01997 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/09/01997 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas 1 a 7 1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: UL + ESHTE 1.a. Descrição da Instituição

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular DOMÓTICA Cursos ENGENHARIA ELÉTRICA E ELETRÓNICA (1.º ciclo) (*) - RAMO DE SISTEMAS DE ENERGIA E CONTROLO (1.º ciclo) -

Leia mais

Estrutura Curricular. Curso de: Mestrado em Farmácia Mestrado; ISCED nível 6 Ramo I Farmacoterapia e Farmacoepidemiologia

Estrutura Curricular. Curso de: Mestrado em Farmácia Mestrado; ISCED nível 6 Ramo I Farmacoterapia e Farmacoepidemiologia Estrutura Curricular Ramo I Farmacoterapia e Farmacoepidemiologia Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma SIGLA OBRIGATÓRIOS OPTATIVOS Farmácia FAR 107.5

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular ANATOMIA PATOLÓGICA SISTEMÁTICA Cursos CIÊNCIAS BIOMÉDICAS LABORATORIAIS (1.º ciclo) Unidade Orgânica Escola Superior de

Leia mais

Economia Digital / Digital Economy (2,5 ECTS)

Economia Digital / Digital Economy (2,5 ECTS) Ficha de Unidade Curricular [FUC] 1. Unidade curricular / Curricular Unit Economia Digital / Digital Economy (2,5 ECTS) 2. Designação do Ciclo de Estudos em que se insere a Unidade Curricular (com semestre

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2017-18 Unidade Curricular CÁLCULO FINANCEIRO Cursos ECONOMIA (1.º ciclo) Unidade Orgânica Faculdade de Economia Código da Unidade Curricular 14401004

Leia mais

REGULAMENTO. Unidade curricular Dissertação, trabalho de projecto ou. estágio de natureza profissional CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA MECÂNICA

REGULAMENTO. Unidade curricular Dissertação, trabalho de projecto ou. estágio de natureza profissional CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA MECÂNICA REGULAMENTO DA Unidade curricular Dissertação, trabalho de projecto ou estágio de natureza profissional DO CURSO DE MESTRADO EM ENGENHARIA MECÂNICA Setembro / 2007 Pág.1/14 REGULAMENTO DA Unidade curricular

Leia mais