Continuous Control. Metodologia de Implementação. Wilson Luiz Gellacic Partner

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Continuous Control. Metodologia de Implementação. Wilson Luiz Gellacic Partner"

Transcrição

1 Continuous Control Monitoring Metodologia de Implementação Wilson Luiz Gellacic Partner 1

2 Agenda Revendo os Conceitos sobre Controles Por quê Focar em Controles Automáticos Oportunidades Existentes Como Implementar Monitoramento Contínuo Alguns Exemplos O Futuro Bate ànossa Porta 2

3 Preparar a Documentação e Avaliar Controles - Abordagem SOX Atividade Contascontábeise sistemasrelacionados Documentaçãoe controles Avaliar /Monitorar 2003 Financial Statements Processo Demonstrações financeiras Contas Significativas Processos significativos? Riscos: O que Poderiadarerrado? Controles Testes/ Monitoramento Riscosinerentes e de negócio Assertivas Identificar controles que mitiguem riscos Controles que forneçam razoável segurança que erros significativos não ocorram; Controles podem ser automatizados e/ou manuais. Exemplo: Conta de Estoque: Existência: produtos finais são registrados quando disponíveis Processo: processo de remessa do armazém O Que Pode Dar Errado? Carregamento não ser registrado Controle: realizar contagem de inventário todo mês 3

4 Controles gerais de TI x Controles de aplicação A Tecnologia da Informação possui um papel essencial em controles internos pois muitos dados financeiros dependem de sistemas Contas Significativas Processos Contas a Pagar Contas a Receber Aplicações Folha Pagto Ativo Fixo etc. ControlesAutomáticos De Aplicações Aplicações de Âmbito Geral na Empresa Segurança e Networking de Informações Tecnologia da Informação Desenvolvimento & Operações Gestão de TI Suporte Técnico & Gestão DBs Controles Gerais de TI 4

5 O ambiente atual de tecnologia permite explorar novas possibilidades em controles automáticos Departamento Data Center Provedor de Acesso Remoto Estação Local Firewall Firewall Internet Firewall Parceiro de Negócios Intranet Home Office Funcionário em Trânsito Servidor de Informações Públicas 5

6 Porquêusarmaiscontrolesautomáticos? Source: IT Control Objectives for Sarbanes-Oxley, 2nd Edition 6

7 Tecnologia e Negócios estão cada vez mais integrados 7 F O R N E C E D O R E S Business Strategy + Process e-business Services Knowledge Management Supply Chain Management Negócio Enterprise Resource Planning Business Intelligence e-business Services Web + IT Integration Tecnologia Customer Relationship Management C L I E N T E S

8 Dentrodessecenário, o quedevemudarno mundode controlesinternos? Como estarpreparado? O quepodemosfazerde forma??? melhor? Como ser maisprodutivo? Como as novas tecnologias podemnosajudar? Quaisas prioridades? Quanto devemosinvestir? Quala melhorsolução tecnológica?

9 Monitoramento Contínuo de Controles (CCM) CCM ( Continuos Control Monitoring ) é um conjunto integrado de processos e técnicas, possibilitados pela tecnologia, que pretendem ajudar a organização a: Identificar deficiências de controle Localizar em que ponto as deficiências de controle são exploradas Quantificar o efeito do descumprimento de controles de forma a entender mais claramente os riscos Sanar as deficiências de controle pela raiz Automatizar o monitoramento contínuo do ambiente de controle Aumentar a eficiência e a eficácia dos processos de controle Impedir que certos riscos se concretizem Um ambiente eficaz de CCM permite que a organização tenha o equilíbrio certo entre controles manuais e automatizados para detectar e impedir falhas nos controles 9

10 Motivadores para se falar sobre CCM 10 Questões CUSTO DA CONFORMIDADE A maioria das organizações gasta tempo e dinheiro significativos para estar em conformidade com os reguladorers e se preocupam com o alto custo envolvido CONTROLES MANUAIS Muitos dos controles que as organizações adotam são manuais e intensivos em mão-de-obra RETORNO QUESTIONÁVEL Na maioria dos casos, o benefício do investimento em SOX não é imediatamente visível para a empresa e o custo de manter um ambiente de controles manuais não é sustentável ESCOPO & CUSTOS GERAIS DE AUDITORIA A gestão do escopo e os custos de auditoria são uma preocupação crescente, tanto da perspectiva de auditoria interna como de auditoria externa CCM pode ajudar as organizações a reduzir os esforços de auditoria e gestão de riscos Implicações NECESSIDADE DE SER MAIS EFICIENTE A maioria das organizações acredita que precisam fazer algo para ser mais eficientes na automação e no monitoramento de controles NECESSIDADE DE UMA MELHOR RELAÇÃO CUSTO-BENEFÍCIO A maioria das organizações não consegue sustentar os custos mais elevados de conformidade a longo prazo FERRAMENTAS & SOLUÇÕES DE SOFTWARE Os fornecedores de software estão desenvolvendo e promovendo ativamente novas ferramentas e técnicas para automatizar o monitoramento de controles (i.e., Approva, Applimation, Logical Apps, Virsa, etc.)

11 Exemplosde métricasde CCM Limites Excedidos Identificar Transferências acima de 100 Mil Acesso a Transações Críticas Usuários com Acessos irrestritos O que pode dar errado? Registros Nãoautorizados Mudanças de Configuração Transações Nãoautorizadas Registros Duplicados Falta ou Ausência de Dados Controles Monitorados Ajustes Contábeis sem Identificação Fornecedores com Pagamentos Duplicados Usuários que Liberaram Depósitos Bloqueados Fornecedores com Pagamentos Iguais Aprovações Atípicas Indefinidas Alguns Exemplos Segregação de Funções Acesso Para Criar Fornecedores Diferente de Pagadores Dados incorretos Bens Recebidos no Mesmo Dia da Ordem de Compra 11

12 Porquêcomeçar? Situação Atual Grande quantidade de controles manuais Custo elevado de conformidade Novas soluções de software Exceções de controle durante a auditoria anual Excesso de confiança nos controles de detecção Número elevado de casos de descumprimento dos controles Foco na conformidade vs. riscos operacionais e do negócio Situação Futura Desejada Ambiente de controles com melhor relação custobenefício Monitoramento eficiente dos controles Economias de custo e eficiências geradas por CCM Aumento do número de controles automatizados Conscientização contínua sobre risco digital Aumento no uso de controles preventivos Redução do número de casos de descumprimento Abordar riscos operacionais e do negócio 12 Sustentabilidade

13 Por onde começar? Representação Gráfica de Controles Integrados Conciliações Contábeis Controles de Dados Cadastrais Controles de Acesso Documentação SOX Controles de Transações Segregação de Funções Controles Manuais Controles Configuráveis Controles de Interface Controles Gerais do Ambiente de Informática Foco: Vulnerabilidades, Quantidade de controles manuais, Nívelde Automação do Processo 13

14 Como Começar? Inventário dos Processos Priority Project Name Description Sponsor Contact Appx. Size 1 IT Asset Landscape 2 Privacy Diagnostic Solutions Alignment Controls Optimization End User Computing Control Review Vendor Management Appx Start Resources Required Resource Contact LOU Schedule, Staffing & Notes High level study of potential Salluzzo Sep Mgr and Sr Grossberg 80% Complete risk areas and development of Mgr streamlined audit and IT risk remediation needs including consideration of control work being documented under Process Inventory various projects. Umbrella review of various Salluzzo Jan Senior for Leizerov Applications by Region regulatory requirements 8 weeks regarding data privacy and Significant Mega security that are most Processes Sub Processes Asia Pacific North America EMEA Latin America significant to ABC s global business and an assessment Cash of Receipts Cash Receipts--Wire and APS OneGlobe SAP APS the processes, procedures and Checks In Office AccPac CitiDirect MultiCash technology to ensure AccPac compliance. Desk Bank RM Evaluate application portfolio Webber 600 Sr Mgr, Grossberg for efficiency and effectiveness Mgr & Sr SM Banking in meeting strategic business for 6-8 needs. weeks DBS Web Banking Evaluate SOX documentation Webber 120/ Sr Mgr, Grossberg for opportunities to leverage process Mgr & Sr Hexagon Client application controls. Hexagon Server For the spreadsheets/ databases Webber 400 Sr Mgr, Levy [End User Computing (EUC)] Cash Receipts--Lockbox Mgr & Sr Mellon Telecash NA N/A that support a significant for 4 business process where Cash the AP/Cash Disbursements weeks -- AccPac OneGlobe SAP AccPac importance is assessed as Disbursements high / Wire & Check or critical, identify and Desk Bank JPMC Insight MultiCash RM Payables recommend policy/procedure to support audit reliance. PNC Bank IDDC Direct Determine a roadmap to Webber A/P--Receipt 200 and Recording Sr Mgr and Grossberg AccPac OneGlobe SAP address risks related to Mgr for 4 AccPac (invoices) outsourcing IT processes. weeks Excel RM Provide detailed risk assessment and risk Cash Disbursements--Imprest NA Excel NA NA management guidance. AP/Procurement Card Aplicação NA OneGlobe NA NA NA Works NA NA AP Sub-Contractors AccPac OneGlobe SAP AccPac Análise de Controles de Processos do Negócio Fluxogramas dos Processos do Negócio (Riscos & Controles) Índice de Controles Automáticos Experiências Externas Workshop Controles a Serem Automatizados Conhecimento do Cliente Entender o Processo Validar O que Poderia Dar Errado (WCGWs) Avaliar/ Otimizar Controles Identificar Falhas nos Controle Identificar Controles a Serem Automatizados 14 Relatório de Exceções Emitir Relatório & Aperfeiçoar Corrigir Identificar Controles Compensatórios Validar Exceções Desenvolvimento das Regras

15 Ponto de vista tradicional sobre CCM Avaliar Abordagem de Avaliação Baseada em Risco, Top-Down Controles a Nível da Administração Melhorar Racionalização de Controles Otimização de Controles Monitorar Monitoramento de Controles Manter Nossa Empresa Longe de Problemas Promover Conformidade Sustentável com a Melhor Relação Custo-Benefício 15

16 Ponto de vista da Ernst & Young sobre CCM Avaliar Abordagem de Avaliação Baseada em Risco, Top-Down Controles a Nível da Administração Melhorar Racionalização de Controles Otimização de Controles Monitorar Conformidade & Monitoramento de Controles Monitoramento de Controles Monitoramento do Desempenho do Negócio & Suporte à Tomada de Decisões Manter Nossa Empresa Longe de Problemas Promover Conformidade Sustentável com a Melhor Relação Custo-Benefício Tornar Nossa Empresa Melhor Promover Melhorias dos Processos & Operacionais 16

17 Explorando possibilidades Somente para fins ilustrativos 17

18 Muito obrigado Palestrante: Wilson Luiz Gellacic Sócio 18

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

Monitoramento Contínuo e Auditoria Contínua: Uma Perspectiva Prática

Monitoramento Contínuo e Auditoria Contínua: Uma Perspectiva Prática Monitoramento Contínuo e Auditoria Contínua: Uma Perspectiva Prática Perfil Caseware Fornecedor líder no setor de softwares para análise de dados, auditoria contínua e monitoramento contínuo. A Caseware

Leia mais

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

Gestão de T.I. GESTÃO DE T.I. ITIL. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com 1 Information Technology Infrastructure Library 2 O que é o? Information Technology Infrastructure Library é uma biblioteca composta por sete livros

Leia mais

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Material de Apoio. Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Material de Apoio Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações.

Leia mais

Indicadores para Auditoria Contínua

Indicadores para Auditoria Contínua Indicadores para Auditoria Contínua Ronaldo Fragoso Sócio. Deloitte. Agenda Objetivo da auditoria contínua Contexto e evolução da auditoria interna Tendências em auditoria contínua Implementação metodologia

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Gestão Organizacional da Logística Sistemas de Informação Sistemas de informação ERP - CRM O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para

Leia mais

Solução Logística de Transportes

<Insert Picture Here> Solução Logística de Transportes Solução Logística de Transportes Reynaldo Braga Senior Sales Manager Importância Estratégica Gestão de Transportes Custos de transporte são o elemento de maior representatividade

Leia mais

Technology and Security Risk Services. Novembro, 2003

Technology and Security Risk Services. Novembro, 2003 Technology and Security Risk Services Novembro, 2003 1. Por que escrevemos o livro? 2. Objetivo do livro 3. Conteúdo do livro 4. Dúvidas Acesso aos sites financeiros cresceu 199% em dois anos; Os sites

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Portnet: SAP Business One prepara empresa para crescimento contínuo

Portnet: SAP Business One prepara empresa para crescimento contínuo Franklin Xavier Klabin, São Paulo, SP/Brasil. Used with permission. Portnet: SAP Business One prepara empresa para crescimento contínuo Geral Executiva Nome da Portnet Informática Equipamentos Indústria

Leia mais

Maximo EAM GESTÃO INTELIGENTE DE ATIVOS

Maximo EAM GESTÃO INTELIGENTE DE ATIVOS Maximo EAM GESTÃO INTELIGENTE DE ATIVOS Herbert De Carvalho MAXIMO EAM Sales IBM Corporation Tivoli Software +55 11 2322.6738 (phone) +55 11 9 8134.3131 (cel) herbert.carvalho@br.ibm.com Agenda Introdução

Leia mais

Outsourcing em Telecom. BI Telecom. Gestão em Telecomunicações. Tarifação e Administração de Ligações. SGTC Corporativo. Auditoria em Telecom

Outsourcing em Telecom. BI Telecom. Gestão em Telecomunicações. Tarifação e Administração de Ligações. SGTC Corporativo. Auditoria em Telecom Sobre a TeleGestão A TeleGestão, especialista em gestão de telecomunicações, dedica-se há mais de 20 anos ao desafio de adequar recursos de telefonia ao perfil corporativo de diversos setores. As soluções

Leia mais

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança + Conformidade Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança e Conformidade via Software-as-a-Service (SaaS) Hoje em dia, é essencial para as empresas administrarem riscos de segurança

Leia mais

Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua

Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua Copyright 2009 ACL Services Ltd. 1 Technology for Business Assurance Compêndio de Projetos de Auditoria Contínua Luiz Ribeiro Gerente de Soluções Tech Supply Perrotti Partners Quem somos? Soluções Governança,

Leia mais

Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight

Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight CUSTOMER SUCCESS STORY Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Empresa: Scitum Funcionários: 450+ EMPRESA Empresa

Leia mais

Soluções de Tecnologia da Informação

Soluções de Tecnologia da Informação Soluções de Tecnologia da Informação Software Corporativo ERP ProdelExpress Diante da nossa ampla experiência como fornecedor de tecnologia, a PRODEL TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO oferece aos seus clientes

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

Tecnologias Emergentes de BPM: Processos mais Inteligentes

Tecnologias Emergentes de BPM: Processos mais Inteligentes Tecnologias Emergentes de BPM: Processos mais Inteligentes BPM Global Trends Brasília, Novembro 2013 Sandy Kemsley www.column2.com @skemsley Agenda Como tecnologias emergentes estão tornando processos

Leia mais

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas de ERP Enterprise Resource Planning Pacote de ferramentas que integram toda a empresa, a grande vantagem é que os dados

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Informação no contexto administrativo Graduação em Redes de Computadores Prof. Rodrigo W. Fonseca SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA PELOTAS >SistemasdeInformação SENAC FACULDADEDETECNOLOGIA

Leia mais

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 New Standards for Business SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 Quem Somos A SCORE INNOVATION é uma empresa que tem como objecto social a prestação de serviços em consultoria,

Leia mais

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI

Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Melhores práticas para gerenciamento de suporte a serviços de TI Adriano Olimpio Tonelli Redes & Cia 1. Introdução A crescente dependência entre os negócios das organizações e a TI e o conseqüente aumento

Leia mais

The Secure Cloud. Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual. C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11

The Secure Cloud. Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual. C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11 The Secure Cloud Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11 Agenda Novas dimensões de governo e gestão do SI Entender e endereçar

Leia mais

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL

Gerenciamento de Serviços em TI com ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com ITIL A Filosofia do Gerenciamento de Serviços em TI Avanços tecnológicos; Negócios totalmente dependentes da TI; Qualidade, quantidade e a disponibilidade (infra-estrutura

Leia mais

Gestão de SLA Do etom ao ITIL

Gestão de SLA Do etom ao ITIL Gestão de SLA Do etom ao ITIL Sergio Mainetti Jr. Visionnaire Agenda Parte 1 Apresentação da Empresa Parte 2 SLA Serviços no Mercado Atual O que é SLA? Barreiras para o uso de SLAs Do etom ao ITIL Parte

Leia mais

Service Level Management

Service Level Management Service Level Management Ricardo Mansur Mestrado Administração (concentração Controladoria) e Finanças. MBA em TI e Telecomunicações. Especializações em Negócios, Governança e Certificado Itil, Vasco,

Leia mais

Risk Audit Summit 28/04. Luciano Bordon Sócio - Advisory Grant Thornton. 2015 Grant Thornton International Ltd. All rights reserved.

Risk Audit Summit 28/04. Luciano Bordon Sócio - Advisory Grant Thornton. 2015 Grant Thornton International Ltd. All rights reserved. Risk Audit Summit 28/04 Luciano Bordon Sócio - Advisory Grant Thornton Empresas americanas objetivo da pesquisa foi de identificar como os departamentos de auditoria interna de empresas de grande porte

Leia mais

SAP Insurance Insurance Analyzer. Giovanni Menegat Arquiteto de Soluções - Insurance

SAP Insurance Insurance Analyzer. Giovanni Menegat Arquiteto de Soluções - Insurance SAP Insurance Insurance Analyzer Giovanni Menegat Arquiteto de Soluções - Insurance AGENDA Desafios de Tecnologia Insurance Analyzer Overview da Solução Comparativo de Projetos (Tradicional x Insurance

Leia mais

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL - Livros Estratégia de Serviços (Service Strategy): Esse livro

Leia mais

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Geraldo Guimarães Jr Diretor para Indústria de Utilities SAP para Utilities Liderança Global no Setor Maior Provedor de Soluções e Aplicações

Leia mais

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios

PARTE III Auditoria Conceitos Introdutórios FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Auditoria em Sistemas de Informação Prof. Fabio Costa

Leia mais

Sequência da Apresentação

Sequência da Apresentação Fernando Welter Orientador: Paulo Roberto Dias Sequência da Apresentação Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento do sistema Operacionalidade da implementação Resultados e discussões

Leia mais

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010 Enterprise Resource Planning - ERP Objetivo da Aula Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 2 1 Sumário Informação & TI Sistemas Legados ERP Classificação Módulos Medidas

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV Microsoft

Leia mais

Metodologia de Auditoria com Foco em Riscos.

Metodologia de Auditoria com Foco em Riscos. Metodologia de Auditoria com Foco em Riscos. 28 de Novembro de 2003 Dados do Projeto Colaboradores: Bancos ABN Amro Real Banco Ficsa Banco Itaú Banco Nossa Caixa Bradesco Caixa Econômica Federal HSBC Febraban

Leia mais

WORKFLOW. Mapeamento de Processos de Negócio 26/11/2009. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

WORKFLOW. Mapeamento de Processos de Negócio 26/11/2009. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS WORKFLOW Mapeamento de Processos de Negócio Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS É proibido a reprodução total ou parcial de qualquer forma ou por qualquer meio sem a expressa autorização

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Proxis: SAP Business One aprimora gestão interna

Proxis: SAP Business One aprimora gestão interna Picture Credit Customer Name, City, State/Country. Used with permission. Proxis: SAP Business One aprimora gestão interna Geral Executiva Nome da Proxis Contact Center Indústria Serviços de Central de

Leia mais

Porque integrar desenvolvimento e operações?

Porque integrar desenvolvimento e operações? Outubro de 2011 Porque integrar desenvolvimento e operações? Bruno Caiado Tivoli Tiger Team Alexandre Couto Rational Tiger Team A importância relativa da tecnologia como fator influencidor para o sucesso

Leia mais

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved.

Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB. Guilherme Azevedo EMC Ionix. Copyright 2009 EMC Corporation. All rights reserved. Aplicativo para ITIL - Conectando os processos ITIL com o CMDB Guilherme Azevedo EMC Ionix 1 ITIL V3 - Abordagem do ciclo de vida do serviço Estratégia do Serviço Gerenciamento de Serviços como uma ferramenta

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

clientes milhões relatórios mil linhas detalhados +de +de +de +de recuperados em negociações gerenciadas por mês por mês

clientes milhões relatórios mil linhas detalhados +de +de +de +de recuperados em negociações gerenciadas por mês por mês A TeleGestão, especialista em gestão de telecomunicações, dedica-se há mais de 20 anos ao desafio de adequar recursos de telefonia ao perfil corporativo de diversos setores. As soluções da TeleGestão,

Leia mais

Auditoria Informática

Auditoria Informática Auditoria Informática ou de sistemas de informação 2 Auditoria Informática O Auditor Informático Funções e Áreas de actuação Objectivos de Auditoria Informática Vantagens e Inconvenientes Metodologia 1

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC

Governança de TI com COBIT, ITIL e BSC {aula #2} Parte 1 Governança de TI com melhores práticas COBIT, ITIL e BSC www.etcnologia.com.br Rildo F Santos rildo.santos@etecnologia.com.br twitter: @rildosan (11) 9123-5358 skype: rildo.f.santos (11)

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso.

Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso. Cada vitória é importante pois são de vitórias que se constroem conquistas. São de conquistas que se constrói o sucesso. Somos a FIDELITY IT, seu novo parceiro nas próximas vitórias e conquistas. Mais

Leia mais

Business Technology Optimization. Milton Cruz

Business Technology Optimization. Milton Cruz Business Technology Optimization Milton Cruz SUCESU/RJ - Agenda Com o aumento da complexidade da demanda por soluções de TI nas Organizações, é cada vez mais evidente que há necessidade de capacitação

Leia mais

CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação

CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação Janniele Aparecida Como uma empresa consegue administrar toda a informação presente nesses sistemas? Não fica caro manter tantos sistemas diferentes? Como os

Leia mais

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO

COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO COBIT FOUNDATION - APOSTILA DE RESUMO GOVERNANÇA DE TI O QUE É GOVERNANÇA DE TI É um conjunto de estruturas e processos que visa garantir que a TI suporte e maximize adequadamente os objetivos e estratégias

Leia mais

O que o Negócio quer da TI? www.companyweb.com.br Download: www.companyweb.com.br/downloads 1

O que o Negócio quer da TI? www.companyweb.com.br Download: www.companyweb.com.br/downloads 1 O que o Negócio quer da TI? www.companyweb.com.br Download: www.companyweb.com.br/downloads 1 Exemplo de Relatório Velocidade na Resolução dos incidentes 97% 95% Qualidade na resolução dos incidentes 85%

Leia mais

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV

Certificação ISO/IEC 27001. SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação. A Experiência da DATAPREV Certificação ISO/IEC 27001 SGSI - Sistema de Gestão de Segurança da Informação A Experiência da DATAPREV DATAPREV Quem somos? Empresa pública vinculada ao Ministério da Previdência Social, com personalidade

Leia mais

InSight* Soluções no Gerenciamento do Conhecimento. Descrição e Uso. Boletim Técnico de Produto

InSight* Soluções no Gerenciamento do Conhecimento. Descrição e Uso. Boletim Técnico de Produto Boletim Técnico de Produto InSight* Soluções no Gerenciamento do Conhecimento As aplicações de água e processo geram ou afetam diretamente grandes quantidades de dados operacionais, que podem ser de natureza

Leia mais

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira

Governança. Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira Governança Sistemas de Informação 8º Período Prof: Mafran Oliveira 1 Definição de Governança Governança Corporativa: É a Estrutura que identifica os objetivos de uma organização e de que forma pode-se

Leia mais

MOD9 Processos de Transição de Serviços

MOD9 Processos de Transição de Serviços Curso ITIL Foundation MOD9 Processos de Transição de Serviços Service Transiction Professor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.com 1 Curso ITIL Foundation Transição significa

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

SCM Supply Chain Management Desafio na Integração de clientes e fornecedores

SCM Supply Chain Management Desafio na Integração de clientes e fornecedores SCM Supply Chain Management Desafio na Integração de clientes e fornecedores OBJETIVOS Principais desafios de Supply Chain enfrentados pelas indústrias Premissas para criação de valor na comunicação interempresas

Leia mais

Avaliação de Riscos de SI Auditoria às Demonstrações Financeiras

Avaliação de Riscos de SI Auditoria às Demonstrações Financeiras Avaliação de Riscos de SI Auditoria às Demonstrações Financeiras Câmara de Comércio Luso-Belga-Luxemburguesa SEMINÁRIO Os riscos Emergentes do Corporate Governance oportunidades e ameaças dos Sistemas

Leia mais

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe

FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe I FANESE Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe GERENCIAMENTO DE PATCHES Atualizações de segurança Aracaju, Agosto de 2009 DAYSE SOARES SANTOS LUCIELMO DE AQUINO SANTOS II GERENCIAMENTO DE PATCHES

Leia mais

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro

Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento. Douglas Farias Cordeiro Segurança da Informação e Proteção ao Conhecimento Douglas Farias Cordeiro ABNT NBR ISO/IEC 27002 Segurança nas operações Responsabilidades e procedimentos operacionais Assegurar a operação segura e correta

Leia mais

A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação

A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação O funcionamento dos sistemas e tecnologias de informação e comunicação têm nas organizações um papel cada vez mais crítico na medida em que

Leia mais

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios

Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI. Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Metodologia para Análise de Maturidade de Governança de TI Soluções em Gestão e TI que adicionam valor aos negócios Garanta a eficiência e a competitividade da sua empresa Análise de Maturidade de Governança

Leia mais

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa Gestão e Governança de TI e Regulamentações de Compliance Prof. Marcel Santos Silva A consiste: No sistema pelo qual as sociedades são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo o relacionamento

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Evolução da TI nas Organizações Estágios de Evolução da TI nas Organizações

Leia mais

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br

Fone: 55 11 2384-7736 - www.wissenconsulting.com.br - atendimento@wissenconsulting.com.br Nosso método de trabalho foi criado para atender VOCÊ A WISSEN CONSULTING têm como compromisso ajudá-lo a alcançar o sucesso na implementação de ferramentas de gestão e colaboração para que você possa

Leia mais

CONHEÇA A VALECARD TODA ESSA ESTRUTURA EXISTE PRA VOCÊ: Reduzir custos. Ganhar tempo. Organizar processos.

CONHEÇA A VALECARD TODA ESSA ESTRUTURA EXISTE PRA VOCÊ: Reduzir custos. Ganhar tempo. Organizar processos. CONHEÇA A VALECARD Soluções completas e integradas para a gestão de benefícios, gestão financeira e de frotas. Cartões aceitos em todo território nacional, por meio da Redecard, Cielo e ValeNet, o que

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação Gestão de Segurança da Informação Prof. João Henrique Kleinschmidt (slides cedidos pelo Prof. Carlos Kamienski - UFABC) Gerenciamento e Avaliação de Riscos Terminologia

Leia mais

Enterprise Risk Management [ERM] Minimize Riscos. Maximize Oportunidades.

Enterprise Risk Management [ERM] Minimize Riscos. Maximize Oportunidades. Enterprise Risk Management [ERM] Minimize Riscos. Maximize Oportunidades. Software for Business Excellence O SoftExpert ERM Suite permite às empresas identificar, analisar, avaliar, monitorar e gerenciar

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

Portfólio de Serviços Dominit 2016

Portfólio de Serviços Dominit 2016 Portfólio de Serviços Dominit 2016 A Dominit é uma empresa nacional que atua como integradora de soluções de tecnologia da informação. Temos como diferencial a proposta de parceria para nossos clientes

Leia mais

Gerenciamento do Risco Operacional. Gerenciamento do Risco Operacional

Gerenciamento do Risco Operacional. Gerenciamento do Risco Operacional Gerenciamento do Risco Operacional Controle do documento Data Autor Versão Outubro/2010 Compliance 001 Dezembro/2011 Compliance 002 Dezembro/2012 Compliance 003 Agosto/2014 Compliance 004 Revisão do documento

Leia mais

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi

Administração de Ativos de TI. Prof. André Montevecchi Administração de Ativos de TI Prof. André Montevecchi Introdução a ITIL Em um mundo altamente competitivo, de mudanças constantes e inesperadas, é preciso ter flexibilidade e agilidade suficientes para

Leia mais

Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Elvis Pontes

Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof. Me. Elvis Pontes Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prof. Me. Elvis Pontes Conceitos e Componentes de Software Software (SW) são: os programas de computador; é a parte intangível do computador, representada pelos programas,

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

Avenida Presidente Wilson, 231 11 andar 20030-905 Rio de Janeiro- RJ ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL MARÇO, 2015 ÍNDICE OBJETIVO 3 ESCOPO 3 DEFINIÇÕES Risco Inerente 4 DEFINIÇÕES Risco Operacional 4 DEFINIÇÕES Evento de Risco Operacional 4 FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES

Leia mais

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com)

Conceitos Básicos e Implementação. Entrega de Serviços. Professor Gledson Pompeu (gledson.pompeu@gmail.com) Conceitos Básicos e Implementação Pref. Mun. Vitória 2007 Analista de Suporte 120 A ITIL (information technology infrastructure library) visa documentar as melhores práticas na gerência, no suporte e na

Leia mais

Tech Forum 2014 Rome Italy

Tech Forum 2014 Rome Italy Tech Forum 2014 Rome Italy Por que a Unisys é um Líder em Serviços Gerenciados de TI? Paulo Roberto Carvalho Nov/2014 Tech Forum 2013 Chantilly - France 20-23 October Serviços Unisys Reconhecida Liderança

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

Introdução. A Travessia do Rio

Introdução. A Travessia do Rio Apresentação 1 Introdução A Travessia do Rio 2 Cenário atual / Motivação Processos de negócios mudando rapidamente; Infra-estrutura de TI complexa e em constante atualização; TRIPÉ: Qualidade Tempo Custo

Leia mais

Soluções em Documentação

Soluções em Documentação Desafios das empresas no que se refere à documentação de infraestrutura de TI Realizar e manter atualizado o inventário de recursos de Hardware e software da empresa, bem como a topologia de rede Possuir

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso

A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso A Melhoria de Desempenho de Processos em uma Instituição Bancária Brasileira: Um Estudo de Caso Fernando Cesar Camilo Centro Universitário de Araraquara- UNIARA SP Brasil fc_camilo@yahoo.com.br Prof. Dr.

Leia mais

E-business - como as empresas usam os sistemas de informação. Administração de Sistema de Informação I

E-business - como as empresas usam os sistemas de informação. Administração de Sistema de Informação I E-business - como as empresas usam os sistemas de informação Administração de Sistema de Informação I Supply Chain Management - Cadeia de suprimento Sistemas de Gerenciamento de Cadeia de Suprimentos Os

Leia mais

A Importância da Gestão de TI nas Organizações. Cássio Garbim Machado Maio/2010

A Importância da Gestão de TI nas Organizações. Cássio Garbim Machado Maio/2010 A Importância da Gestão de TI nas Organizações Cássio Garbim Machado Maio/2010 Agenda Por que da TI? Sistemas de Informação; TI Tradicional vs TI Orientada a Serviços; Alinhamento de TI à estratégia; Metodologias;

Leia mais

Excelência em Metodologia de Helpdesk

Excelência em Metodologia de Helpdesk Excelência em Metodologia de Helpdesk O IntraDesk foi desenvolvido com base nas melhores práticas conhecidas de Helpdesk, indicadas por organizações como o Gartner Group e o Helpdesk Institute, que, aliadas

Leia mais

Gerenciamento de ativos de software - SAM

Gerenciamento de ativos de software - SAM ADVISORY Gerenciamento de ativos de software - SAM Serviços de Compliance de Contratos (CCS) kpmg.com/br Gerenciando ativos de software de forma eficaz O Gerenciamento de Ativos de Software Software Asset

Leia mais

Utilizando a análise estática e dinâmica para aumentar a segurança em aplicações web

Utilizando a análise estática e dinâmica para aumentar a segurança em aplicações web Utilizando a análise estática e dinâmica para aumentar a segurança em aplicações web Thiago Canozzo Lahr Security & Privacy Consultant IBM Security Services tclahr@br.ibm.com Luis Fernando M. Callado Senior

Leia mais

AULA 07. Tecnologia hoje nas empresas. Prof. André Luiz Silva de Moraes

AULA 07. Tecnologia hoje nas empresas. Prof. André Luiz Silva de Moraes 1 AULA 07 Tecnologia hoje nas empresas 2 Função de um gerente? Tomar decisões e definir políticas baseadas na informação a partir de dados gerados no seu trabalho diário Problema? Quantidade de dados Solução?

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Tendência dos Negócios e a Maturidade Sistêmica

Tendência dos Negócios e a Maturidade Sistêmica Tendência dos Negócios e a Maturidade Sistêmica O desafio das novas tecnologias TI é o epicentro da transformação dos negócios e a chave de mudança é a maturidade sistêmica. Questões para atender o desafio

Leia mais

Review e dos Benefícios

Review e dos Benefícios Process Improvement Project: Customer Engagement Workflow Visão do Visio 2010 Sales Representative 1.1 Handle Request Status Inactive 2 2.1 Assess Technical Feasibility Status Inactive 3 2.2 Assess Financial

Leia mais

IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento de fechamento financeiro integrado

IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento de fechamento financeiro integrado IBM Software Business Analytics Relatório IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento de fechamento financeiro integrado 2 IBM Cognos Financial Statement Reporting (FSR): Gerenciamento

Leia mais

Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional

Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional Como integrar a estrutura de Controles Internos à gestão de Risco Operacional Wagner S. Almeida Departamento de Supervisão de Bancos e Conglomerados Bancários Divisão de Equipes Especializadas I Comissão

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social DISCIPLINA Controlo Informático da Gestão LICENCIATURA Informática

Leia mais

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI

Profa. Celia Corigliano. Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Unidade IV GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Agenda da disciplina Unidade I Gestão de Projetos Unidade II Ferramentas para Gestão de Projetos Unidade III Gestão de Riscos em TI Unidade

Leia mais

1. Serviços SAP Business Transformation and Plan Os serviços SAP Business Transformation and Plan atualmente incluem:

1. Serviços SAP Business Transformation and Plan Os serviços SAP Business Transformation and Plan atualmente incluem: Descrição de Serviços Serviços Business Transformation and Plan O SAP Business Transformation and Plan é um serviço de consultoria e prototipagem para promover a inovação e transformação da Licenciada

Leia mais

Presidente do Quality Assurance Institute QAI Brasil Presidente do International Function Point Users Group IFPUG. Definindo e Alcançando Objetivos

Presidente do Quality Assurance Institute QAI Brasil Presidente do International Function Point Users Group IFPUG. Definindo e Alcançando Objetivos Derivação de Métricas para Projetos de BI Mauricio Aguiar ti MÉTRICAS Presidente do Quality Assurance Institute QAI Brasil Presidente do International Function Point Users Group IFPUG www.metricas.com.br

Leia mais

ERP Enterprise Resource Planning. (Planejamento de Recursos Empresariais)

ERP Enterprise Resource Planning. (Planejamento de Recursos Empresariais) ERP Enterprise Resource Planning (Planejamento de Recursos Empresariais) ERP Os ERPs, em termos gerais, são plataformas de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa;

Leia mais