Economus. economus. Confira entrevista com o Diretor Superintendente do Economus. Revista. Nesta edição

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Economus. economus. Confira entrevista com o Diretor Superintendente do Economus. Revista. Nesta edição"

Transcrição

1 economus Jan/F ev/mar 2013 Economus Revista #1 Confira entrevista com o Diretor Superintendente do Economus Nesta edição 06 Saiba como prevenir os problemas do coração 07 Confira os resultados da Pesquisa de Satisfação 09 Veja como planejar seu futuro com inteligência

2 { sumário } Lorem Entrevista: Sergio Ipsum Iunes lorem Lorem Pesquisa de Ipsum Satisfação lorem 05 Nossa história 09 Planejar seu futuro 06 Cuidados com o coração Economus Instituto de Seguridade Social Nossa Missão: "Oferecer soluções em previdência e assistência à saúde que atendam, com eficiência e segurança, as expectativas dos participantes e patrocinadores". Diretoria Executiva Diretor Superintendente Sergio Iunes Brito Reportagens Adriana Macedo e Katia Passos Produção Gráfica Diagramação e Arte: Nexis Comunicação Circulação Trimestral Outras informações Diretor de Seguridade Sérgio Camilo de Castro Silva Diretor Financeiro Paulo Leite Julião Diretor Administrativo Benilton Couto da Cunha Ÿ Ÿ Ÿ As reportagens publicadas na Revista Economus são de caráter informativo. Artigos assinados e declarações dos entrevistados expressam a opinião de seus autores. A reprodução, por qualquer meio, de matérias e imagens publicadas nesta edição serão permitidas com autorização prévia e por escrito do Economus. Revista Economus Publicação do Economus Instituto de Seguridade Social Jornalista responsável Rosana Rossi (MTb ) Economus Instituto de Seguridade Social Rua Quirino de Andrade, 185 Centro São Paulo SP Cep: Tel.: (11) para contato com a Revista Economus: 1 revista economus

3 { bem-vindo } Chegou a sua Revista Economus Você está recebendo o primeiro exemplar da Revista Economus, publicação trimestral que tem o objetivo de divulgar informações e notícias sobre os planos de previdência e saúde administrados pelo Instituto. Nesta edição, há uma entrevista com o Diretor Superintendente, Sergio Iunes Brito, que fala sobre as práticas de governança adotadas no Economus, além de informações sobre as vantagens de ser participante do PrevMais, alertas para evitar problemas no coração e os resultados da Pesquisa de Satisfação realizada com participantes dos planos de previdência, beneficiários da assistência à saúde e rede credenciada. No final do mês de abril, o Instituto distribuiu a todos os participantes a versão sintética do Relatório Anual de Informações referente ao exercício de Trata-se de obrigação legal prevista pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) e você poderá acessar a versão completa no site O relatório traz a descrição do cenário econômico, destaques de atividades desenvolvidas no período, resultados obtidos nos investimentos, política para 2013, balanços patrimoniais, demonstrações contábeis e pareceres dos Auditores Independentes e dos Conselhos Fiscal e Deliberativo. Com o Relatório e a Revista, você ficará bem informado sobre os seus planos de previdência e assistência à saúde. Boa leitura! revista economus 102

4 { entrevista } Foco nos controles para efetiva qualidade dos serviços Em entrevista, o Diretor Superintendente do Economus, Sergio Iunes, faz um balanço das melhorias implementadas recentemente e os próximos passos para o futuro do Instituto. O Economus tem passado por várias mudanças. Quais foram as mais relevantes? Internamente, fortalecemos a governança corporativa, a partir de uma nova estrutura, com foco nos controles e na supervisão baseada em riscos. Outras medidas nesse sentido foram a revisão do Código de Ética e a criação do Código de Conduta; elaboração de um mapa de processos e das normas e procedimentos; definição de responsabilidades e funções e de competências e alçadas. Reestruturamos as áreas de controles internos, controladoria e contadoria e criamos as áreas de auditoria interna e de atuária. Nosso objetivo é obter melhor performance, com mudança no modelo de gestão e de cultura organizacional. A partir de um amplo diagnóstico realizado em 2011, em que foram levantados os macroprocessos de todas as áreas, definimos os maiores desafios, considerando inclusive os cenários externos. No planejamento estratégico para o triênio , promovemos a revisão da Missão e dos Valores e a criação de uma Visão de Futuro, assegurando princípios duradouros e preceitos que afirmem efetivamente a trajetória e o destino do Economus. Quais foram os avanços nos planos de saúde? A área de saúde foi a que sofreu maior impacto com as mudanças implementadas. Promovemos a renovação do quadro gerencial, a reavaliação de todos os processos de trabalho, a remodelagem na negociação comercial com a rede credenciada e a aquisição de um novo sistema de gestão de saúde e atendimento. Essas ações deverão propiciar mais rapidez no acesso às informações e no retorno às demandas dos beneficiários e da rede credenciada. Os serviços ainda estão em fase de modernização e os resultados poderão ser percebidos durante este ano. Vale ressaltar que mudanças da magnitude das que estão sendo implementadas geram insatisfação para todos os públicos envolvidos, principalmente participantes e rede Nosso objetivo é obter melhor performance, com mudança no modelo de gestão e de cultura organizacional. 3 revista economus

5 credenciada. Mas as medidas em andamento são fundamentais para assegurarmos o equilíbrio entre despesas e receitas médicas, proporcionando assistência à saúde de qualidade e com custeio adequado. É importante salientar que em agosto de 2012, após uma série de estudos, o Conselho Deliberativo do Economus aprovou proposta para reabertura do FEAS, com adaptação do regulamento às melhores práticas de mercado e aplicação de custeio em condições muito mais vantajosas do que aquelas praticadas atualmente. Além disso, foi aprovado um novo plano, intitulado Economus Família, com a possibilidade de inscrição de parentes até terceiro grau. A não implantação dessas medidas, até o momento, se deu em função da existência de ações judiciais coletivas impetradas contra o FEAS, que colocam em risco a solvência e perenidade do plano. No que se refere aos benefícios de suplementação previdenciária, que aspectos são mais significativos? Um dos principais desafios para os próximos anos será a busca por investimentos que façam frente à nova realidade econômica do país, em razão do cenário atual de queda das taxas de juros. Além disso, o perfil demográfico da população brasileira, cuja expectativa de vida é crescente, exigirá a revisão das premissas atuariais utilizadas no cálculo dos benefícios, como forma de assegurar o equilíbrio e a solvência dos planos de previdência administrados pelo Economus. Cabe destaque ao resultado obtido pelo Plano C (Regulamento Geral) que reverteu o déficit verificado em 2011 de aproximadamente R$ 80 milhões para um superávit da ordem de R$ 20 milhões, ou seja, um resultado positivo na casa de R$ 100 milhões. Qual a sua visão de futuro para o Economus? O sistema fechado de previdência complementar, no qual o Economus se insere, é composto por 332 entidades e planos de benefícios, instituídos por patrocinadores, 505 instituidores e três milhões de participantes e assistidos. Um sistema bem estruturado, fortemente regulamentado e que atua com rígida supervisão do patrocinador e dos órgãos oficiais. O Instituto completou 35 anos e a visão de futuro que todos queremos é que seja reconhecido no mercado de previdência e assistência à saúde como referência de gestão e controle dos planos e investimentos, bem como pela excelência no atendimento. Para isso, firmamos nosso compromisso com valores perenes, como ética, transparência, sustentabilidade, desenvolvimento de pessoas, sinergia entre equipes, excelência operacional, credibilidade e respeito às normas. Os resultados de todas essas ações serão percebidos mais claramente a partir deste ano. Como o sr. avalia a rentabilidade obtida pelo Economus em 2012? A rentabilidade foi superior à meta atuarial, o que demonstra a qualidade dos ativos em relação aos compromissos assumidos com os participantes. O retorno acumulado dos investimentos superou o desempenho dos indicadores de mercado, como pode ser conferido no Relatório Anual de Informações. Apenas para dar alguns exemplos, o resultado consolidado foi equivalente a 138,33% da TMA. Na renda fixa alcançamos 16,96% de rentabilidade, enquanto o CDI principal comparativo teve variação de 8,41% e a taxa Selic, de 8,51%. O retorno das aplicações em renda variável foi de 16,99% e o Ibovespa, comparativo desse segmento, apresentou variação de 7,40%, o que representa desempenho de 9,59 pontos percentuais acima daquele indicador. Sergio Iunes, Diretor Superintendente do Economus, tem pós-graduação em Gestão de Negócios e Tecnologia, MBA para Altos Executivos e MBA em Gestão de Pessoas. revista economus 4

6 { história } 35 anos de uma trajetória de sucesso beneficiários recorriam aos serviços da assistência médica O Economus cresce, contrata mais funcionários e passa a funcionar na Rua Quirino de Andrade. O Economus foi criado como instrumento da política de recursos humanos da então Caixa Econômica do Estado de São Paulo. Foi lançada a Carteira de Empréstimos exclusiva para participantes do plano de previdência º lugar no ranking da Abrapp - Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar, como o fundo de pensão mais rentável, dentre os 50 maiores do país O Economus superou com êxito todos os desafios da implantação do Plano Real e encerrou o ano com rentabilidade do patrimônio na ordem de 25,29%. Economus encerra o ano com uma rentabilidade histórica de 22,08%, superando a taxa mínima atuarial e a Selic. Marco histórico: saldamento do plano de Benefício Definido e implementação do PrevMais Planejamento estratégico cria nova Missão e direciona as atividades para a melhoria constante dos serviços Banco do Brasil adquire o Banco Nossa Caixa e torna-se o patrocinador do Economus. 5 revista economus

7 { viver melhor } Como vai seu coração? Devemos estar sempre atentos à saúde do nosso coração, aos fatores de risco e aos sintomas que indiquem algum problema. O Dr. Marcelo Sobral responde as perguntas mais frequentes. Que sinais normalmente ignorados podem indicar algum problema cardíaco? Dor no peito é o sintoma mais clássico, mas nem todos os ataques cardíacos causam dor. A dor, geralmente, é localizada um pouco mais à esquerda do centro do peito, mas pode irradiar para o braço, pescoço, mandíbula e abdômen. No caso das mulheres, pode haver queimação no estômago. Os demais sintomas seriam desmaios, cansaço constante, náusea, pulso irregular, dificuldade para respirar e suor frio. Quais as intervenções nos casos de problemas cardíacos graves? Podemos optar por tratamento medicamentoso para problemas de infarto agudo do miocárdio, pela cirurgia convencional, pelo tratamento por angioplastia ou colocação de stent. Quando, após o infarto, observamos que o coração fica com sua função muito debilitada, o tratamento de escolha seria o transplante de coração. Caso não encontre um doador a tempo, será preciso implantar um coração artificial ou dispositivos equivalentes. Quais os maiores fatores de riscos das doenças cardíacas? Os maiores são casos na família, diabetes, colesterol alto, tabagismo, hipertensão, obesidade, sedentarismo e depressão. Quais as principais dicas de prevenção? Não fume: fumar aumenta em quatro vezes as chances de desenvolver doenças cardiovasculares e é a principal causa de morte evitável no mundo. Eliminar por completo o hábito é a medida mais importante para prevenção das doenças cardiovasculares. Procure um profissional para saber as melhores medidas disponíveis para largar de vez o cigarro. Pratique atividades físicas: realizando 30 minutos de exercícios moderados todos os dias, você fortalece o músculo cardíaco, equilibra as taxas de colesterol, melhora o fluxo nos vasos sanguíneos e controla melhor seu peso, eliminando ou diminuindo a presença de importantes fatores de risco para as doenças cardíacas. Cuide da alimentação: uma dieta rica em fibras, verduras e frutas é essencial para prevenir quadros de colesterol alto e obesidade, fatores de risco diretos para os problemas do coração. O controle da ingestão de açúcar é essencial para prevenir quadros de diabetes, outro fator de risco ligado ao coração. Controle a pressão arterial: a hipertensão ocorre quando as artérias estão enrijecidas ou obstruídas e isso está diretamente ligado ao tabagismo, sedentarismo e má alimentação. Portanto, para controlar a pressão arterial e prevenir seu coração de complicações, é preciso cuidar de todos estes fatores. Faça a medição periódica da pressão com um profissional e procure seu médico caso ela atinja 140 por 90 mmhg. Cuide do lazer e da vida afetiva: sabemos que a depressão é um dos fatores de risco para os problemas cardíacos. Cuidar dos seus relacionamentos afetivos e reservar espaço para momentos prazerosos são fundamentais para a prevenção deste quadro. Consulte seu médico: acompanhar periodicamente seu quadro geral de saúde pode significar bons anos a mais de vida. Ao fazer um check-up, diversos problemas podem ser vistos e tratados antes de se transformarem em doenças mais sérias. Previna-se! Dr. Marcelo Sobral é cirurgião vascular do Hospital Beneficência Portuguesa e um dos apoiadores da Campanha Seu Coração (www.seucoracao.com.br). revista economus 6

8 { pesquisa } Economus realiza pesquisas de satisfação Com a finalidade de conhecer e avaliar a percepção do público de interesse, o Economus realizou pesquisas que propiciaram uma visão geral dos processos e serviços oferecidos pela Entidade. Nos meses de novembro e dezembro de 2012, foram realizadas três pesquisas de satisfação com participantes, beneficiários e com a rede credenciada, com a finalidade de conhecer a percepção dos públicos de interesse do Economus, identificar pontos críticos e propor melhorias em relação aos planos de Previdência e de Assistência à Saúde oferecidos pelo Instituto. Baseado no método qualitativo, as pesquisas foram aplicadas por meio de questionário eletrônico, estruturado com perguntas objetivas para garantir a uniformidade das respostas pessoas responderam aos questionários, que foram enviados para os s cadastrados no banco de dados do Economus. Os resultados propiciaram uma visão geral do público, que contribuiu com a exposição de pontos de vista, críticas e sugestões para a melhoria contínua dos processos e serviços oferecidos pela Entidade. Assistência à Saúde 63% dos beneficiários que responderam a pesquisa demonstraram satisfação com o plano, enquanto 66% apontaram satisfação geral com os serviços prestados pelo Economus. Quando questionados se recomendariam o plano para seus familiares, 71% responderam sim. Aspectos bem avaliados Procedimentos Quantidade de prestadores da rede credenciada Qualidade e competência de prestadores da rede credenciada Meio de comunicação utilizado Realização de exames 84% Laboratórios 77% Laboratórios Médicos Clínicas Aspectos a serem melhorados 87% 77% 76% Site 77% Síntese dos resultados Previdência Complementar 47% dos participantes demonstraram satisfação com o plano, enquanto 50% apontaram satisfação geral com os serviços prestados pelo Economus. O site, como meio de comunicação institucional, foi o item melhor avaliado, com 60% de satisfação entre os respondentes. Relacionamento com a Central de Atendimento Economus Quantidade de prestadores da rede credenciada Procedimentos Qualidade e competência de prestadores da rede credenciada Atendimento telefônico 39% Resposta a s enviados 28% Médicos 43% Solicitação de Reembolso 77% Terapias Cooperativas Clínicas 49% 75% 76% 7 revista economus

9 Rede Credenciada Neste quesito, 31% dos profissionais que responderam a pesquisa demonstraram satisfação com o plano, enquanto 37% apontaram insatisfação na parceria com o Economus. Quando questionados pelo motivo da insatisfação, 45% mencionaram a baixa demanda, o que representa pouco atendimento aos beneficiários do Instituto. No que se refere à satisfação quanto a itens específicos de atendimento e suporte do Economus à rede credenciada; 95% avaliaram como ótimo e bom o serviço de credenciamento; 88% atribuíram os mesmos conceitos para auditoria médica e 86% para autorizações. Plano de melhorias Com base nos dados coletados e nas sugestões oferecidas, a gestão do Instituto está reforçando ações para aperfeiçoar os itens críticos, com foco na melhoria do atendimento aos participantes e rede credenciada, adotando as melhores práticas de mercado previstas no segmento. Dentre os principais projetos já iniciados, destacam-se a aquisição do novo sistema de gestão de saúde, que significará melhor acompanhamento da evolução dos planos, com informações gerenciais consistentes e eficazes para a tomada de decisão. No que concerne à rede credenciada, é importante mencionar o novo processo de conectividade, que trará mais agilidade nas autorizações de procedimentos e mais segurança no envio do faturamento para o Economus, por meio de arquivos eletrônicos, além do início de implantação do Projeto Business Process Outsourcing (BPO) para faturamento da rede credenciada. Outro aspecto comentado na pesquisa e que merece atenção especial refere-se à Central de Atendimento. Para proporcionar mais agilidade no registro e encaminhamento das demandas dos beneficiários, foi adquirido novo sistema de atendimento e novo PABX, com capacidade superior para suprir a atual demanda das áreas de saúde, previdência e empréstimos, reduzindo a perda de chamadas. Em relação aos planos de previdência, observa-se o desconhecimento dos participantes e assistidos com relação a questões e conceitos básicos acerca do tema, o que remete à necessidade de desenvolvimento de informes periódicos para esse público, considerando-se os assuntos de interesse. Para isso, o Economus está lançando esta revista trimestral, o jornal do holerite (exclusivo para aposentados e pensionistas) e desenvolvendo o programa de Educação Previdenciária, que deve contemplar os aspectos apontados na pesquisa. Já estão fixadas datas para o cumprimento de diversas atividades que estão consignadas em planos de ação em desenvolvimento durante o ano de revista economus 8

10 { previdência } Economus: seu futuro planejado com inteligência Na hora da decisão, a lógica é muito simples. Se você contrata um seguro para o seu carro cujo valor não será devolvido, caso não haja sinistro por que não investir em um plano de previdência que garantirá segurança e tranquilidade na aposentadoria? Marilene e Marco Antonio: dois novos participantes que perceberam a importância da previdência complementar O PrevMais é o plano de previdência complementar para adesão dos funcionários do Banco do Brasil, oriundos do Banco Nossa Caixa (BNC), e tem como uma das principais vantagens a contribuição paritária: para cada real depositado pelo titular, o BB (atual patrocinador) deposita mais um. Se o empregado contribui com R$ 300, por exemplo, o patrocinador (no caso o Banco do Brasil) contribui com mais R$ 300. Ou seja, o saldo de conta dobra. Trata-se de um investimento com 100% de rentabilidade no ato da aplicação. Atualmente, o plano tem cerca de 11 mil participantes, entre ativos, aposentados e pensionistas, e é um importante instrumento da política de recursos humanos do banco, pois significa melhores condições na futura aposentadoria. Além disso, o montante financeiro pode ser resgatado, transformado em renda vitalícia durante a aposentadoria, portado para outra entidade de previdência (em caso de desligamento do banco) ou transformado em pensão para os dependentes, no caso de morte do titular. E há também a possibilidade de dedução tributária no Imposto de Renda até o limite de 12% da renda bruta anual. O PrevMais é estruturado na modalidade contribuição variável e o participante tem a oportunidade de programar a renda para a aposentadoria, definindo o percentual contributivo. O Economus é o 22º maior fundo de pensão do país, no ranking de investimento da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), com um patrimônio que já atingiu aproximadamente R$ 5 bilhões. Planejar o futuro é fundamental para obter mais qualidade de vida na aposentadoria. Pense nisso. O Economus é a oportunidade de garantir um futuro mais tranquilo para si e sua família. 9 revista economus

11 Principais dúvidas sobre o PrevMais Com apenas 5 anos de vinculação ao plano posso me aposentar? Sim. No PrevMais, não há idade mínima para obter o benefício de aposentadoria nem é necessário estar aposentado pelo INSS. Basta ter apenas 5 anos de vinculação ao plano e estar desligado do Patrocinador. Aposentados pelo INSS não podem aderir ao PrevMais? A adesão ao PrevMais independe da condição no INSS. Aderindo ao PrevMais, vou deixar de receber a aposentadoria paga pela Previdência Social? Não. A previdência privada é um investimento para complementar o benefício recebido pelo INSS. Conforme o saldo acumulado ao longo do tempo, é possível manter o mesmo padrão de vida após a aposentadoria. Como participante do PrevMais, posso solicitar um empréstimo? A partir do primeiro ano de vinculação ao plano é possível solicitar empréstimo com taxa de juros reduzida, de 0,5725% mensais, mais Selic, com prazo máximo para pagamento de 60 meses. Há algum risco de perder meu investimento? As Entidades Fechadas de Previdência Complementar são regulamentadas e fiscalizadas pela PREVIC (Superintendência Nacional de Previdência Complementar). O principal papel do órgão supervisor é assegurar que a gestão dos fundos de pensão garanta os direitos dos participantes, especialmente o pagamento dos benefícios, conforme contratado. Além disso, no PrevMais as contribuições são individuais, diminuindo riscos de déficit. O percentual que contribuo mensalmente pode ser alterado? Sim, anualmente no mês de novembro a contribuição normal poderá ser alterada para que possa vigorar a partir de janeiro do ano seguinte, respeitando o limite de 2% a 8% do salário. Eventuais déficits registrados em outros planos serão refletidos no PrevMais? Não. Cada plano tem uma característica e o resultado de um não interfere no outro, não sendo possível, inclusive, transações financeiras entre planos. Quais as opções de investimento para o dinheiro aplicado no PrevMais? Ÿ Perfil Conservador: 100% da reserva aplicada em renda fixa Ÿ Perfil Moderado: 85% em renda fixa e 15% em renda variável Ÿ Perfil Agressivo: 70% em renda fixa e 30% em renda variável Ÿ Perfil Super Agressivo: 55% em renda fixa e 45% em renda variável É possível escolher o tipo de investimento em três períodos do ano, nos meses de janeiro, maio e setembro. O perfil está diretamente ligado aos ciclos de vida de cada um. Quanto mais próximo da aposentadoria, mais recomendável o perfil conservador, em que há menos riscos. Quanto mais jovem o participante, mais vantagem ele terá nas aplicações de perfil agressivo, porque embora o risco seja maior a rentabilidade também é mais alta. Você já fez a sua adesão? Mesmo com todas as vantagens, funcionários do antigo BNC ainda não aderiram ao plano. O Economus está entrando em contato com os não participantes para orientar e esclarecer dúvidas. Se você já é participante, parabéns! Está garantindo um futuro mais tranquilo. Quem ainda não fez a adesão, não perca mais tempo. Planeje seu futuro agora. Confira depoimentos de dois novos participantes: Quando entrei no Banco em 2001, não aderi ao PrevMais porque eu pensava em fazer mais concursos. O tempo foi passando, virei Coordenadora 3 e depois gerente personalizado. Já não tinha mais intenção de sair da empresa, então tive que começar a pensar no futuro, meu e de minha família. Conversando com meu esposo, decidimos que o PrevMais seria uma ótima alternativa, pois teria o incentivo da empresa em 100% da minha contribuição e complementaria a aposentadoria. É uma segurança para o nosso futuro. Por isso, resolvi fazer a adesão. Marilene Martins, Assistente A Hoje há mais consciência sobre a necessidade de planejar o futuro e não depender apenas do INSS, que representa uma queda no padrão de vida dos aposentados. Apesar de sete anos de empresa, realizei recentemente minha adesão ao PrevMais. O plano oferece várias vantagens ao participante, entre elas a contribuição paritária do patrocinador, além da flexibilização na escolha dos perfis de investimento. Em busca de um futuro mais tranquilo, acredito ter feito uma das escolhas mais importantes da minha carreira profissional. Marco Antonio Spindola, Analista Sênior revista economus 10

12 Mais de três décadas planejando seu futuro! Você já entrou no site do Economus? Notícias sobre previdência, saúde e investimentos Procure um médico Empréstimos Enquetes e outras informações Estamos também nas redes sociais: https://www.facebook.com/economusoficial

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão O que é A SISTEL? A Fundação Sistel de Seguridade Social foi criada em 1977 e possui expressiva experiência em Planos de Previdência Privada. A Sistel atua no desenvolvimento de soluções previdenciais

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Índice Quem Somos Estrutura do plano Importância da Previdência Privada. Quanto antes melhor! As regras do plano Canais Visão Prev 2 Visão Prev Entidade fechada

Leia mais

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil?

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil? Perguntas Frequentes 1. O que é a Funpresp Exe? É a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo, criada pelo Decreto nº 7.808/2012, com a finalidade de administrar

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

Perfis de Investimento PrevMais

Perfis de Investimento PrevMais Cartilha Perfis de Investimento PrevMais [1] Objetivo Geral O regulamento do PREVMAIS prevê exclusivamente para o Benefício de Renda Programada a possibilidade de os participantes optarem por perfis de

Leia mais

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTOS

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTOS CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTOS OBJETIVO GERAL O PrevMais prevê para o Benefício de Renda Programada a possibilidade de que os participantes optem por perfis de investimento, em épocas préestabelecidas,

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Vivo Prev

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Vivo Prev Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Vivo Prev Exercício: 2013 e 2012 dezembro R$ Mil Descrição 2013 2012 Variação (%) Relatório Anual 2013 Visão Prev 1. Ativos Disponível Recebível Investimento

Leia mais

A importância de um plano de aposentadoria complementar

A importância de um plano de aposentadoria complementar INFORMATIVO É a melhor maneira de planejar a sua aposentadoria; Poupança com 100% de rentabilidade - Parte Patrocinadora; Rentabilidade totalmente revertida ao participante Datusprev sem fins lucrativos;

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

AASP Associação dos Advogados de São Paulo MATERIAL EXPLICATIVO AASP PREVIDÊNCIA. Plano administrado pelo HSBC Instituidor Fundo Múltiplo.

AASP Associação dos Advogados de São Paulo MATERIAL EXPLICATIVO AASP PREVIDÊNCIA. Plano administrado pelo HSBC Instituidor Fundo Múltiplo. AASP Associação dos Advogados de São Paulo MATERIAL EXPLICATIVO AASP PREVIDÊNCIA Plano administrado pelo HSBC Instituidor Fundo Múltiplo. Introdução Através deste Material Explicativo você toma conhecimento

Leia mais

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial)

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Material Explicativo Encontre aqui as informações

Leia mais

Manual Perfis de Investimentos

Manual Perfis de Investimentos Manual Perfis de Investimentos 2015 Manual de Perfis de Investimentos Índice Perfi s de Investimentos Avonprev... 4 Por que existem os Perfi s de Investimentos... 5 O que são Perfi s de Investimentos...

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Multi

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Multi Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Visão Multi Exercício: 013 e 01 dezembro R$ Mil Descrição 013 01 Variação (%) Relatório Anual 013 Visão Prev 1. Ativos Recebível Investimento Ações

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [02.884.385/0001-22] ELETRA FUNDACAO CELG DE SEGUROS E PREVIDENCIA PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2000.0069-65] PLANO CELGPREV ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2011 Atuário Responsável

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante Fenacor Prev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante Fenacor Prev 1 Índice Introdução...3 O Programa de Previdência Fenacor Prev...3 Contribuições...4 Investimentos...5 Benefício Fiscal...5 Benefícios

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

Um futuro sossegado para curtir

Um futuro sossegado para curtir PREVIDÊNCIA Aposentadoria privada: como, quanto, quando, onde e por que aplicar PLANEJAR A APOSENTADORIA É GARANTIR UMA QUALIDADE DE VIDA FUTURA, MAS É IMPORTANTE INVESTIR NUM PLANO QUE SE ADEQUE AO ESTILO

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev

Plano de Previdência Complementar. Manual do Participante FenacorPrev Plano de Previdência Complementar Manual do Participante FenacorPrev Índice Introdução... 3 O Programa de Previdência FenacorPrev... 3 Contribuições... 4 Investimentos... 5 Benefício Fiscal... 6 Benefícios

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - PBS Telesp Celular Exercício: 2013 e 2012 - dezembro - R$ Mil

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - PBS Telesp Celular Exercício: 2013 e 2012 - dezembro - R$ Mil Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios PBS Telesp Celular Exercício: 203 e 202 dezembro R$ Mil Descrição 203 202 Variação (%) Relatório Anual 203 Visão Prev. Ativos Disponível Recebível

Leia mais

PARECER ATUARIAL 2014

PARECER ATUARIAL 2014 PARECER ATUARIAL 2014 Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro 1. OBJETIVO 1.1. O presente Parecer Atuarial tem por objetivo informar sobre a qualidade da base cadastral, as premissas atuariais,

Leia mais

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev

HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO. Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev HSBC INSTITUIDOR FUNDO MÚLTIPLO Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Plano Acricel de Aposentadoria ACRICELPrev,

Leia mais

Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC

Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC Relatório PREVI 2013 Parecer Atuarial 2013 74 Plano de Benefícios 1 Plano de Benefícios PREVI Futuro Carteira de Pecúlios CAPEC 1 OBJETIVO 1.1 O presente Parecer Atuarial tem por objetivo informar sobre

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O FUTURO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL O déficit da previdência social coloca em risco o direito à aposentadoria Fatores que agravam a situação: Queda da taxa de natalidade Aumento da

Leia mais

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL

PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL PLANOS DE PREVIDÊNCIA PGBL E VGBL Goiânia, 03 de Abril de 2014. Á CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DE GOIAS CNPJ: 01.619.022/0001-05 Ref.: Plano de Previdência Complementar Prezado(a) Senhor(a),

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV...

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... 7 CONHEÇA O PLANO DENTALUNIPREV... 8 PARTICIPANTES... 9 Participante

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL [29.959.574/0001-73] FUNDACAO DE PREVIDENCIA DOS SERVIDORES DO IRB PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: TIPO: RETIFICADORA: [1977.0001-18] PLANO A ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2012 COMPLETA

Leia mais

Plano TELOS Contribuição Variável - I

Plano TELOS Contribuição Variável - I Plano TELOS Contribuição Variável - I A sua empresa QUER INVESTIR NO SEU FUTURO, E VOCÊ? A sua empresa sempre acreditou na importância de oferecer um elenco de benefícios que pudesse proporcionar a seus

Leia mais

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II

O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II ReckittPrev Reckitt Benckiser Sociedade Previdenciária O futuro em suas mãos Material Explicativo do Plano de Benefícios II Material Explicativo do Plano de Benefícios II Sumário Carta da diretoria O futuro

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA...

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 8 CONHEÇA O PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 9 PARTICIPANTES...

Leia mais

Plano de Contribuição Definida

Plano de Contribuição Definida Plano de Contribuição Definida Gerdau Previdência CONHEÇA A PREVIDÊNCIA REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Oferecido pelo setor privado, com adesão facultativa, tem a finalidade de proporcionar uma proteção

Leia mais

Cartilha de Empréstimo 1

Cartilha de Empréstimo 1 Cartilha de Empréstimo 1 Empréstimo Economus: Como é? Quem tem direito? Que tipo de empréstimos o Economus oferece? O Economus oferece apenas a modalidade de empréstimo pessoal. Quem poderá solicitar empréstimos?

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [49.323.025/0001-15] SUPREV-FUNDACAO MULTIPATROCINADA DE SUPLEMENTACAO PREV PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [1985.0012-92] PB USIBA ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2014 Atuário

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS PREVMAIS. Avaliação Atuarial de 2014 Plano de Benefícios PrevMais CNPB 2006.0034-29 Parecer Atuarial 045/15 Fevereiro 2015

PLANO DE BENEFÍCIOS PREVMAIS. Avaliação Atuarial de 2014 Plano de Benefícios PrevMais CNPB 2006.0034-29 Parecer Atuarial 045/15 Fevereiro 2015 156 Relatório Anual de Informações 2014 PLANO DE BENEFÍCIOS PREVMAIS Avaliação Atuarial de 2014 Plano de Benefícios PrevMais CNPB 2006.0034-29 Parecer Atuarial 045/15 Fevereiro 2015 1. Considerações Iniciais

Leia mais

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006.

CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. NOVA CARTILHA 1 CARTILHA PREVMAIS Conforme aprovação publicada no Diário Oficial da União de 07/07/2006. Sumário ADESÃO AO PREVMAIS 1. Por que aderir ao PrevMais?...4 2. Quem pode aderir ao PrevMais?...4

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV Material Explicativo Plano de Aposentadoria GEBSA-PREV 2 GEBSA-PREV O PLANO GEBSA-PREV VAI AJUDAR VOCÊ A CONSTRUIR SEU FUTURO! Preocupada com a tranquilidade e o bem estar de seus funcionários, a GE oferece

Leia mais

Cafbep - Plano Prev-Renda 1

Cafbep - Plano Prev-Renda 1 Cafbep - Plano Prev-Renda 1 Parecer Atuarial Para fins da avaliação atuarial referente ao exercício de 2013 do Plano Prev-Renda da Cafbep Caixa de Previdência e Assistência aos Funcionários do Banco do

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

Rendimentos líquidos mensais (R$) Alíquota Deduzir Prazo de acumulação dos recursos Alíquota. 35% Até 1.566,61. 30% De 1.566,62 até 2.

Rendimentos líquidos mensais (R$) Alíquota Deduzir Prazo de acumulação dos recursos Alíquota. 35% Até 1.566,61. 30% De 1.566,62 até 2. 2010 1 Introdução A Resolução CGPC n 23, de 06 de dezembro de 2006, estabeleceu procedimentos básicos para divulgação de informações aos Participantes. Em conformidade com esta resolução, apresentamos

Leia mais

PERFIS DE INVESTIMENTO

PERFIS DE INVESTIMENTO PERFIS DE INVESTIMENTO Índice 3 Apresentação 3 Como funciona a ELETROS? 4 Como são os investimentos em renda variável? 5 Como são os investimentos em renda fixa? 6 Como são os investimentos nos demais

Leia mais

Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz. Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento

Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz. Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento Fundação Forluminas de Seguridade Social - Forluz Gerência de Previdência, Atuária e Atendimento Cenário A Seguradora Aegon realizou, no período entre janeiro e fevereiro de 2015, uma pesquisa entre quinze

Leia mais

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Telest Celular

Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios - Visão Telest Celular Demonstração do Ativo Líquido por Plano de Benefícios Visão Telest Celular Exercício: 2013 e 2012 dezembro R$ Mil Descrição 2013 2012 Variação (%) Relatório Anual 2013 Visão Prev 1. Ativos Recebível Investimento

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas

Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas Passo a passo Para ajudá-lo na simulação, preparamos um passo a passo do preenchimento do simulador

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 1 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO 20.050.042-11 - PLANO PREVER DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [10.530.382/0001-19] FUNDO DE PREVIDENCIA COMPLEMENTAR DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE PERNAMBUCO-ALEPEPREV PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2008.0048-56] ALEPEPREV ENCERRAMENTO

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [00.469.585/0001-93] FACEB - FUNDACAO DE PREVIDENCIA DOS EMPREGADOS DA CEB PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2006.0068-11] CEBPREV ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2013 Atuário

Leia mais

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev.

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev. ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO ACPREV... 8 PARTICIPANTES... 8 Participante Ativo... 8 Participante Assistido...

Leia mais

JORNAL. O futuro chega rápido Atlântico registrou maior número de adesões desde sua criação. 4, 5 e 6

JORNAL. O futuro chega rápido Atlântico registrou maior número de adesões desde sua criação. 4, 5 e 6 JORNAL n o 30 ano X 1 o quadrimestre de 2014 Uma Publicação da Fundação Atlântico de Seguridade Social O futuro chega rápido Atlântico registrou maior número de adesões desde sua criação. 4, 5 e 6 Comunicação

Leia mais

Lorem ipsum dolor sit amet

Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Lorem ipsum dolor sit amet Consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna aliquam erat volutpat. Ut wisi enim ad minim veniam.

Leia mais

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7

Sumário. A função do Resumo Explicativo 3. Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4. Contribuições do Participante 6. Contribuições da Patrocinadora 7 Sumário A função do 3 Bem-vindo ao Plano de Benefícios Raiz 4 Contribuições do Participante 6 Contribuições da Patrocinadora 7 Controle de Contas 8 Investimento dos Recursos 9 Benefícios 10 Em caso de

Leia mais

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015

Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo Plano de Benefícios Avon 2015 Material Explicativo ÍNDICE 1. Mensagem importante pra você... 4 2. Que tal planejar sua aposentadoria?... 5 3. Estamos juntos!... 6 4. Saiba quem pode

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM

Material Explicativo. Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil. FUNDAÇÃO previdenciária IBM Material Explicativo Plano de Benefícios de Contribuição Definida da IBM Brasil FUNDAÇÃO previdenciária IBM 2 Material Explicativo Fundação Previdenciária IBM A DIREÇÃO DO SEU FUTURO Lembre-se! O objetivo

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos

Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Termos e Condições para opção pelos Novos Perfis de Investimentos Conforme aprovado pelo Conselho Deliberativo em reunião realizada em 4 de abril de 2011 a São Bernardo implementará em 1º de julho de 2011

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

Fundo de Previdência Complementar da União PL nº 1.992 de 2007

Fundo de Previdência Complementar da União PL nº 1.992 de 2007 Fundo de Previdência Complementar da União PL nº 1.992 de 2007 Assessoria Econômica - ASSEC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Brasília, maio de 2008 Roteiro Situação atual do Regime Próprio

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [83.564.443/0001-32] FUNDACAO CODESC DE SEGURIDADE SOCIAL PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2002.0046-92] MULTIFUTURO II ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2013 Atuário Responsável

Leia mais

Perfis de Investimento

Perfis de Investimento Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Manual Perfis de Investimento Índice Objetivo... 3 Introdução... 3 Falando sobre sua escolha e seu plano... 3 Perfis de Investimento... 5 Principais

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [08.071.645/0001-27] CIASPREV - CENTRO DE INTEGRACAO E ASSISTENCIA AOS SERVIDORES PUBLICOS PREVIDENCIA PRIVADA PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2005.0049-11] PREVINA ENCERRAMENTO

Leia mais

Plano PAI. material explicativo

Plano PAI. material explicativo Plano PAI material explicativo Conheça melhor o Plano PAI e veja como o tempo pode ser seu maior aliado Grande parte dos trabalhadores sonha em ter uma aposentadoria estável e aproveitar essa fase para

Leia mais

Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV

Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV INVESTIMENTOS Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV Uma questão de suma importância para a consolidação e perenidade de um Fundo de Pensão é a sua saúde financeira, que garante

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo

PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV. Manual Explicativo PLANO DE BENEFÍCIOS ATENTO ATENTO PREV Manual Explicativo 1 2 Plano de Benefícios Atento AtentoPrev O Plano de Benefícios Atento Atento Prev é um plano de previdência complementar, constituído na modalidade

Leia mais

FUNCASAL EM NÚMEROS SETEMBRO / 2011

FUNCASAL EM NÚMEROS SETEMBRO / 2011 FUNCASAL EM NÚMEROS SETEMBRO / 2011 DEFINIÇÕES ESTATUTO: Art. 1º -A Fundação CASAL de Seguridade Social FUNCASAL, instituída pela Companhia de Saneamento de Alagoas CASAL, é pessoa jurídica de Direito

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [49.323.025/0001-15] SUPREV-FUNDACAO MULTIPATROCINADA DE SUPLEMENTACAO PREV PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [1990.0016-29] PLANO DE BENEFÍCIOS BD ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2014

Leia mais

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter

Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Escolha o seu e comece a construir o futuro que você quer ter Valia Fix, Valia Mix 20, Valia Mix 35 e Valia Ativo Mix 40 Quatro perfis de investimento. Um futuro cheio de escolhas. Para que seu plano de

Leia mais

Educação Financeira e Previdenciária Case - Fundação CEEE. Magdarlise Dal Fiume Germany Gerente Relações Institucionais

Educação Financeira e Previdenciária Case - Fundação CEEE. Magdarlise Dal Fiume Germany Gerente Relações Institucionais Educação Financeira e Previdenciária Case - Fundação CEEE Magdarlise Dal Fiume Germany Gerente Relações Institucionais Programa de Educação Financeira e Previdenciária - Criação Aprovado pela PREVIC em

Leia mais

VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE.

VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. ACESSO WEB QUEM PODE ENTRAR NA ÁREA RESTRITA ATRAVÉS DO SITE FBSS? Participantes Ativos Assistidos (Aposentados e Pensionistas) Importante: Dependentes e pessoas que

Leia mais

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR!

DATUSPREV CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! DATUSPREV INFORMATIVO CHEGOU O MOMENTO DE APROVEITAR! Quem já cumpriu 5 anos de contribuição pode solicitar o benefício de aposentadoria programada? Essas e mais informações pra você neste Informativo.

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 1- SIGLA: FUSESC 2- CÓDIGO: 00552 3- RAZÃO SOCIAL: FUNDACAO CODESC DE SEGURIDADE SOCIAL 4- NÚMERO DE PLANOS: 3

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 1- SIGLA: FUSESC 2- CÓDIGO: 00552 3- RAZÃO SOCIAL: FUNDACAO CODESC DE SEGURIDADE SOCIAL 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO 20.020.006-38 - PLANO DE BENEFÍCIOS MULTIFUTURO I 12- OBSERVAÇÕES: ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

Leia mais

INSTRUÇÃO PREVIC Nº 5, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2013

INSTRUÇÃO PREVIC Nº 5, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2013 INSTRUÇÃO PREVIC Nº 5, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2013 Dispõe sobre os procedimentos a serem observados pelas entidades fechadas de previdência complementar na divulgação de informações aos participantes e assistidos

Leia mais

VOCÊ SABE A DIFERENÇA?

VOCÊ SABE A DIFERENÇA? EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA INADIMPLENTE OU ENDIVIDADO: VOCÊ SABE A DIFERENÇA? 1 EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA No nosso dia a dia, é bem comum confundir os termos endividado e inadimplente,

Leia mais

FUNDAMENTOS DA PREVIDÊNCIA

FUNDAMENTOS DA PREVIDÊNCIA FUNDAMENTOS DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Ensino a distância ÍNDICE I) O QUE É PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR? II) SISTEMA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR III) MARCOS REGULATÓRIOS IV) PLANOS DE BENEFÍCIOS V) ENTIDADES

Leia mais

cartilha educação financeira

cartilha educação financeira cartilha educação financeira cartilha educação financeira A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO FINANCEIRA A educação financeira é decisiva para o bem-estar presente e futuro das famílias, contudo, ela nem sempre

Leia mais

EDIÇÃO 06 NOVEMBRO 2014 ANO 2. Uso consciente do crédito: PROPAGUE ESSA IDEIA!

EDIÇÃO 06 NOVEMBRO 2014 ANO 2. Uso consciente do crédito: PROPAGUE ESSA IDEIA! Uso consciente do crédito: PROPAGUE ESSA IDEIA! EDUCAÇÃO FINANCEIRA USO CONSCIENTE DO CRÉDITO: PROPAGUE ESSA IDEIA! Ele está tão integrado ao nosso dia a dia, que alguns consumidores acabam usando o recurso

Leia mais

GLOSSÁRIO TERMOS UTILIZADOS PARA FUNDOS DE PENSÃO. ABRAPP. Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência

GLOSSÁRIO TERMOS UTILIZADOS PARA FUNDOS DE PENSÃO. ABRAPP. Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência GLOSSÁRIO ABRAPP. Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar. ASSISTIDOS. Participante ou Beneficiário(s) em gozo de benefício. ATUÁRIO. Profissional técnico especializado,

Leia mais

Previdência no Brasil. Regime de Previdência Complementar. Regimes Próprios dos Servidores Públicos. Regime Geral de Previdência Social

Previdência no Brasil. Regime de Previdência Complementar. Regimes Próprios dos Servidores Públicos. Regime Geral de Previdência Social As Entidades Fechadas de participantes desta pesquisa, conhecidas como Fundos de Pensão, fazem parte do Sistema de. Os Fundos de Pensão desenvolveram-se e modernizaram-se ao longo dos últimos anos graças

Leia mais

Previdência Associativa

Previdência Associativa Previdência Associativa Previdência Associativa Fatores Críticos de Sucesso Denise Maidanchen Expectativas Governo: crescimento da Previdência Fechada Associações: fortalecimento do vínculo, crescimento

Leia mais

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL As doenças do coração são muito freqüentes em pacientes com insuficiência renal. Assim, um cuidado especial deve ser tomado, principalmente, na prevenção e no controle

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [01.182.491/0001-00] OABPREV-RS - FUNDO DE PENSAO MULTIPATROCINADO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECCIONAL DO RIO GRANDE DO SUL [2006.0013-29]

Leia mais

Cartilha Plano A. Índice

Cartilha Plano A. Índice Cartilha Plano A Cartilha Plano A Índice Apresentação A Previnorte Histórico Patrimônio Plano de Benefícios e Plano de Custeio Salário Real de Contribuição Jóia Requisitos exigidos para filiação à PREVINORTE

Leia mais

Plano D. Material Explicativo

Plano D. Material Explicativo Plano D Material Explicativo 2 Material Explicativo Previ Novartis Índice Pág. 4 Introdução Pág. 6 A Previdência no Brasil Pág. 10 A Previdência e o Plano de Benefício D Pág. 24 Questões 3 Material Explicativo

Leia mais

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e,

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e, Introdução O Plano Prodemge Saldado está sendo criado a partir da cisão do Plano Prodemge RP5-II e faz parte da Estratégia Previdencial. Ele é uma das opções de migração para participantes e assistidos.

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você.

Fundação Itaú Unibanco. Quer saber mais? www.fundacaoitauunibanco.com.br. Confira as novidades nesta edição especial do Com você. Fundação Itaú Unibanco Edição Especial Junho 2015 www.fundacaoitauunibanco.com.br Prepare-se! O novo site da Fundação Itaú Unibanco mudou e muito! para facilitar o acesso às informações, simplificar a

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: ELETRA

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: ELETRA DA transmitida à Previc em 27/03/2013 às 11:08:58 Número do protocolo: 005549 INFORMAÇÕES CADASTRAIS ENTIDADE Código: 0134-5 CNPJ: 02.884.385/0001-22 Sigla: ELETRA Razão Social: ELETRA FUNDACAO CELG DE

Leia mais

PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA

PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA Mensagem ao Associado Caro Associado, A maior preocupação do profissional que compõe o Sistema Confea / Crea / Mútua talvez

Leia mais

Tranquilidade e segurança para você e sua família.

Tranquilidade e segurança para você e sua família. Material de uso exclusivo do Bradesco. Produzido pelo Departamento de Marketing em fevereiro/2009. Reprodução proibida. Não jogue este impresso em via pública. Bradesco PGBL Proteção Familiar Para informações

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA

EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA Informativo Mensal do Fundo Paraná nº 039 novembro/2013 FUNDO PARANÁ Resultados da Pesquisa de Satisfação e Relacionamento Curta o Fundo Paraná no Facebook Campanha

Leia mais

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012 Principais dúvidas no atendimento Plano CV Prevdata II Plano CV Prevdata II Dúvidas... Renda decorrente do saldo de conta: total acumulado das contribuições

Leia mais

Parecer Atuarial. Cadastro. Características do Plano. Hipóteses Atuariais

Parecer Atuarial. Cadastro. Características do Plano. Hipóteses Atuariais Parecer Atuarial Avaliamos atuarialmente o Plano PREV-RENDA da CAFBEP Caixa de Previdência e Assistência aos Funcionários do Banco do Estado do Pará, patrocinado pelo BANPARÁ com o objetivo de identificar

Leia mais

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTOS

CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTOS CARTILHA PERFIS DE INVESTIMENTOS OBJETIVO GERAL O PrevMais prevê para o Benefício de Renda Programada a possibilidade de que os participantes optem por perfis de investimento, em épocas préestabelecidas,

Leia mais

FUNPRESP? O que é a. Com base nos melhores modelos existentes hoje, apresentamos a Funpresp, a ser criada pelo Projeto de Lei nº 1.992/2007.

FUNPRESP? O que é a. Com base nos melhores modelos existentes hoje, apresentamos a Funpresp, a ser criada pelo Projeto de Lei nº 1.992/2007. O que é a FUNPRESP? Com base nos melhores modelos existentes hoje, apresentamos a Funpresp, a ser criada pelo Projeto de Lei nº 1.992/2007. Esse projeto prevê a limitação das aposentadorias dos servidores

Leia mais

12. Como é o caso de pensão por morte de quem ainda está contribuindo para a previdência?

12. Como é o caso de pensão por morte de quem ainda está contribuindo para a previdência? Tel: 0800 941 7738 1 Educação Financeira Esta Cartilha tem como abjetivo mostrar a importância da educação financeira e previdenciária aos advogados participantes da OABPrev-RJ para que possam organizar

Leia mais