Concurso de Seleção 2004 NÚMERO DE INSCRIÇÃO - QUÍMICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Concurso de Seleção 2004 NÚMERO DE INSCRIÇÃO - QUÍMICA"

Transcrição

1 QUÍMICA QUESTÃO 21 Muitas pessoas já ouviram falar de gás hilariante. Mas será que ele é realmente capaz de provocar o riso? Na verdade, essa substância, o óxido nitroso (N 2 O), descoberta há quase 230 anos, causa um estado de euforia nas pessoas que a inalam. Mas pode ser perigosa: na busca de uma euforia passageira, o gás já foi usado como droga, e, em várias ocasiões, o resultado foi trágico, como a morte de muitos jovens. Sobre o óxido nitroso, responda: a) Como é classificado? b) Qual o número de oxidação do nitrogênio? c) Que tipo de ligação une seus átomos? d) Que outra nomenclatura também pode ser usada? QUESTÃO 22 A mistura de hidrazina (N 2 H 4 (l) ), peróxido de hidrogênio (H 2 O 2(l) ) e Cu 2+ (catalisador) é usada na propulsão de foguetes. A reação é altamente exotérmica, apresenta aumento significativo de volume e os produtos são N 2(g) e H 2 O (g). Considerando que a reação ocorra a 427 o C e 2,0 atm e que as densidades da hidrazina e do peróxido sejam 1,01 e 1,46 g/ml, respectivamente, pede-se: a) a equação balanceada para a transformação química, b) a variação de volume do processo quando são misturados 16g de hidrazina e 34g de peróxido.

2 QUESTÃO 23 Um elemento radioativo M emite, sucessivamente, sete partículas alfa (α) e 4 partículas beta (β), transformandose no elemento 209 Bi 83. Pergunta-se: a) Quais são os números atômicos e de massa do elemento M? b) Qual o nome desse elemento?

3 QUESTÃO 24 Observe o quadro abaixo. Recipientes metálicos Potenciais de redução (Volts) Ferro Fe ++ /Fe = 0,44 Chumbo Pb ++ /Pb = 0,13 Zinco Zn ++ /Zn = 0,76 Manganês Mn ++ /Mn = 1,18 Para estocar uma solução contendo cloreto de níquel, um técnico realizou experiências até encontrar um recipiente apropriado. a) Os recipientes utilizados nos testes foram de ferro, chumbo, zinco e de manganês. Que testes o técnico realizou? Justifique sua resposta. b) Sabendo-se que o potencial de redução do níquel [ Eºred (Ni ++ /Ni) = 0,25 Volts], a que conclusões o técnico chegou, quanto aos recipientes? Justifique sua resposta.

4 QUESTÃO 25 O airbag é um dispositivo usado em automóveis para proteger os motoristas num eventual acidente. Ele é inflado pelo gás nitrogênio produzido na reação abaixo: 6 NaN + faísca 3 + Fe2O3 3Na2O + 2Fe 9N2 Considerando uma massa de 19,5g azida de sódio (NaN 3 ), a 27ºC e 1 atm de pressão, pede-se: a) a massa de óxido férrico consumida na reação, b) o volume de gás nitrogênio produzido.

5 QUESTÃO 26 A curva do gráfico abaixo mostra a solubilidade de um certo soluto em água. solubilidade g/100g D C A B Temperatura (ºC) Responda às perguntas abaixo, justificando sua resposta. a) Qual ou quais dos pontos do gráfico representam uma solução saturada homogênea? b) Indique em que pontos do gráfico existem soluções saturadas heterogêneas. c) Através do conceito de solução insaturada, aponte no gráfico o(s) ponto(s) onde esta situação ocorre. d) Que procedimentos podem ser utilizados para precipitar (cristalizar) parte do soluto da solução D, sem alterar as quantidades do solvente e do soluto da referida solução?

6 QUESTÃO 27 Nos sistemas em equilíbrio, é comum afirmar-se que determinado equilíbrio tende para a direita ou que tende para a esquerda. Para tal, temos que estudar a constante de equilíbrio para aquele sistema. Observando os valores fornecidos abaixo e as reações não balanceadas, indique três maneiras para deslocar os sistemas descritos para obtermos maior rendimento dos produtos, a) N 2 (g) + H 2 (g) NH 3 (g) H= -22Kcal b) I 2(g) + H 2(g) HI (g) H= +12,4Kcal

7 QUESTÃO 28 Urtiga é um nome genérico dado a diversas plantas da família das urticáceas, cujas folhas são cobertas de pêlos finos, os quais, em contato com a pele, liberam ácido metanóico, provocando irritação. Esse ácido pode ser obtido por hidrólise do metanoato de etila. Sendo assim, pede-se: a) a equação representativa dessa reação, b) o nome oficial de um isômero de função do éster citado. QUESTÃO 29 Considere a seguinte tabela: Substância Peso molecular Ponto de fusão Ponto de ebulição N 2 28,0 g/mol c c CF 4 88,0 g/mol C C HBr 81,0 g/mol C C H 2 O 18,0 g/mol 0 0 C C Qual ou quais fatores justificam as diferenças de constantes físicas observadas neste grupo de compostos?

8 QUESTÃO 30 Escreva as equações químicas correspondentes às seguintes reações: a) oxidação superficial de um material de alumínio pelo oxigênio do ar, b) reação entre sódio metálico e água, produzindo uma solução alcalina e um gás inflamável, c) formação do hidróxido de lítio a partir do óxido e água, d) decomposição térmica do carbonato de cálcio.

Concurso de seleção 2004-2 Química Página 1 QUÍMICA

Concurso de seleção 2004-2 Química Página 1 QUÍMICA Concurso de seleção 004- Química Página 1 QUÍMICA QUESTÃO 51 Uma das conseqüências da poluição ambiental é a chuva ácida, que, em alguns casos, pode causar danos irreparáveis à natureza. Substâncias básicas

Leia mais

VI Olimpíada Norte - Nordeste de Química e

VI Olimpíada Norte - Nordeste de Química e VI Olimpíada Norte - Nordeste de Química e Seletiva para a Olimpíada Ibero-americana de Química - 2000 Exame aplicado em 27.05.2000 Somente as questões de números 1 a 6 serão consideradas na composição

Leia mais

t 1 t 2 Tempo t 1 t 2 Tempo

t 1 t 2 Tempo t 1 t 2 Tempo Concentração 01)Uma reação química atinge o equilíbrio químico quando: a) ocorre simultaneamente nos sentidos direto e inverso. b) as velocidades das reações direta e inversa são iguais. c) os reatantes

Leia mais

É o cálculo das quantidades de reagentes e/ou produtos das reações químicas.

É o cálculo das quantidades de reagentes e/ou produtos das reações químicas. Estequiometria Introdução Estequiometria É derivada da palavra grega STOICHEON (elemento) e METRON (medida) significa medida dos elementos químicos", ou ainda medir algo que não pode ser dividido. É o

Leia mais

Química 1 Cecília e Regina 2ºEM/TI 2º. Química 1-2ºTI

Química 1 Cecília e Regina 2ºEM/TI 2º. Química 1-2ºTI 2º anos - 2012 Matéria Professor(a) Ano/Série Turma Data Trimestre Química 1 Cecília e Regina 2ºEM/TI 2º Aluno(a) Número Observação Química 1-2ºTI Projeto de Recuperação Paralela Atividades podem ser feitas

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012 GABARITO DA PROVA DE QUÍMICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012 GABARITO DA PROVA DE QUÍMICA Questão 1 O ácido carbônico é formado quando se borbulha o dióxido de carbono em água. Ele está presente em águas gaseificadas e refrigerantes. Em solução aquosa, ele pode sofrer duas dissociações conforme

Leia mais

Resolução da Prova de Química Vestibular Inverno UPF 2003 Prof. Emiliano Chemello

Resolução da Prova de Química Vestibular Inverno UPF 2003 Prof. Emiliano Chemello Resolução da Prova de Química Vestibular Inverno UPF 2003 Professor Emiliano Chemello www.quimica.net/emiliano emiliano@quimica.net Questões Resoluções Os óxidos básicos (Oxigênio ligado a um metal de

Leia mais

QUÍMICA. Um estudante pretende separar os componentes de uma amostra contendo três sais de chumbo II: Pb(NO 3. e PbI 2

QUÍMICA. Um estudante pretende separar os componentes de uma amostra contendo três sais de chumbo II: Pb(NO 3. e PbI 2 QUÍMICA 37 d Um estudante pretende separar os componentes de uma amostra contendo três sais de chumbo II: Pb(N 3, PbS 4 e PbI 2 Após analisar a tabela de solubilidade abaixo, Solubilidade em água Substâncias

Leia mais

QUÍMICA REVISÃO 1 INTERATIVIDADE. Unidade IV. Reações químicas e cálculo estequiométrico.

QUÍMICA REVISÃO 1 INTERATIVIDADE. Unidade IV. Reações químicas e cálculo estequiométrico. Unidade IV Reações químicas e cálculo estequiométrico. 2 Aula 16.1 Conteúdo: Revisão e avaliação da unidade IV. 3 O que é uma reação química? É uma transformação em que novas substâncias são formados a

Leia mais

1. (G1 - ifsul 2016) Para o processo de purificação da água, são adicionadas substâncias como sulfato de alumínio, A 2(SO 4) 3,

1. (G1 - ifsul 2016) Para o processo de purificação da água, são adicionadas substâncias como sulfato de alumínio, A 2(SO 4) 3, 1. (G1 - ifsul 2016) Para o processo de purificação da água, são adicionadas substâncias como sulfato de alumínio, A 2(SO 4) 3, para formação de flocos com a sujeira da água; cloro, C 2, para desinfecção;

Leia mais

Átomos & Moléculas. Definição: é uma porção de matéria que tem propriedades bem definidas e que lhe são característica.

Átomos & Moléculas. Definição: é uma porção de matéria que tem propriedades bem definidas e que lhe são característica. Átomos & Moléculas H + H H H H + H + O O H H Átomos Moléculas Definição: é uma porção de matéria que tem propriedades bem definidas e que lhe são característica. SUBSTÂNCIA (Material Puro): material formado

Leia mais

Dicas de Química Tasso

Dicas de Química Tasso Dicas de Química Tasso Questão 01) Considere a reação química representada pela equação: 2Fe 2 S 3(s) + 6H 2 O (l) +3O 2(g) 4Fe(OH) 3(s) +6S (s) Calcule a quantidade de (em mols) de Fe(OH) 3 que pode ser

Leia mais

ferro bromo brometo de ferro 40g 120g 0g 12g 0g 148g 7g 40g 0g 0g x g 37g

ferro bromo brometo de ferro 40g 120g 0g 12g 0g 148g 7g 40g 0g 0g x g 37g 01) (FCMSC-SP) A frase: Do nada, nada; em nada, nada pode transformar-se relaciona-se com as idéias de: a) Dalton. b) Proust. c) Boyle. d) Lavoisier. e) Gay-Lussac. 02) Acerca de uma reação química, considere

Leia mais

Aula 5_ Cursinho TRIU - 08_04_2013-Profa: Luciana Assis Terra. Tópicos: MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS_2

Aula 5_ Cursinho TRIU - 08_04_2013-Profa: Luciana Assis Terra. Tópicos: MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS_2 Aula 5_ Cursinho TRIU - 08_04_2013-Profa: Luciana Assis Terra Tópicos: MÉTODOS DE SEPARAÇÃO DE MISTURAS_2 Continuação de Métodos de Separação de Misturas Heterogênea Sedimentação ou decantação é o processo

Leia mais

Substâncias Puras e Misturas

Substâncias Puras e Misturas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES Substâncias Puras e Misturas Elementos Químicos

Leia mais

PROF. DÊNIS ALUNO(A) FUNDAMENTOS TEÓRICOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS. A seguir devemos igualar o número de elétrons: 1) DEFINIÇÃO

PROF. DÊNIS ALUNO(A) FUNDAMENTOS TEÓRICOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS. A seguir devemos igualar o número de elétrons: 1) DEFINIÇÃO 31/1/2011 PROF. DÊNIS ALUNO(A) FUNDAMENTOS TEÓRICOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS 1) DEFINIÇÃO Pra que o cálculo proporcional esteja devidamente acertado se faz necessário o balanceamento da reação química

Leia mais

C o l é g i o R i c a r d o R o d r i g u e s A l v e s

C o l é g i o R i c a r d o R o d r i g u e s A l v e s C o l é g i o R i c a r d o R o d r i g u e s A l v e s Educação Infantil - Ensino Fundamental I - Ensino Médio 1 TRIMESTRE Química 1ª Série do Ensino Médio Conteúdo Introdução a Química Átomo Molécula

Leia mais

Cálculo Químico ESTEQUIOMETRIA

Cálculo Químico ESTEQUIOMETRIA Cálculo Químico ESTEQUIOMETRIA Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o estudo da quantidade de reagentes e produtos em uma reação química, portanto é uma análise quantitativa de um fenômeno

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CUIABÁ QUIMICA GERAL DOCENTE: ADRIANO LUIZ SANTANA AULAS PRÁTICAS DE QUÍMICA GERAL. Discente:

UNIVERSIDADE DE CUIABÁ QUIMICA GERAL DOCENTE: ADRIANO LUIZ SANTANA AULAS PRÁTICAS DE QUÍMICA GERAL. Discente: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ QUIMICA GERAL DOCENTE: ADRIANO LUIZ SANTANA AULAS PRÁTICAS DE QUÍMICA GERAL Discente: AULA PRÁTICA N º VI ASSUNTO: REAÇÕES QUIMICAS OBJETIVOS: Observar as reações químicas em soluções

Leia mais

Parte teórica sobre as Funções: Sais e Óxidos. Sais

Parte teórica sobre as Funções: Sais e Óxidos. Sais Parte teórica sobre as Funções: Sais e Óxidos Sais Em 1814, Gay-Lussac, observou experimentalmente que as propriedades de um ácido eram neutralizadas pela reação com uma base e vice-versa. Denominou esta

Leia mais

Lista de Exercícios. Estudo da Matéria

Lista de Exercícios. Estudo da Matéria FACULDADE PITÁGORAS DE BETIM Credenciada pela portaria 792, de 27 de março de 2006. Curso: Engenharia Química Lista de Exercícios Disciplina: Química Geral Semestre: 2º / 2013 Docente: Carla Soares Souza

Leia mais

Lista de Exercícios Estequiometria

Lista de Exercícios Estequiometria Lista de Exercícios Estequiometria Átomos e Mols de Átomos Fonte: Química Geral, Vol. 1 John B. Russel 1. Calcule a massa atômica do elemento X, dado que 2,02 x l0 6 átomos de X têm uma massa de 1,70 x

Leia mais

VIII OSEQUIM Olimpíada Sergipana de Química 1ª. Etapa Modalidade A

VIII OSEQUIM Olimpíada Sergipana de Química 1ª. Etapa Modalidade A Bom dia aluno! Está é a prova da primeira etapa da OSEQUIM, Olimpíada Sergipana de Química 2014, modalidade A, para alunos que se encontram cursando o 1º. Ano do ensino médio em 2014. Confira se a sua

Leia mais

1ª série / EM. a) HSe e HS. d) H2Se e H2S. c) HSe e H2S. e) H3Se e H3S

1ª série / EM. a) HSe e HS. d) H2Se e H2S. c) HSe e H2S. e) H3Se e H3S SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 1ª TURMA(S): DISCIPLINA:

Leia mais

MASSA ATÔMICA, MOLECULAR, MOLAR, NÚMERO DE AVOGADRO E VOLUME MOLAR.

MASSA ATÔMICA, MOLECULAR, MOLAR, NÚMERO DE AVOGADRO E VOLUME MOLAR. MASSA ATÔMICA, MOLECULAR, MOLAR, NÚMERO DE AVOGADRO E VOLUME MOLAR. UNIDADE DE MASSA ATÔMICA Em 1961, na Conferência da União Internacional de Química Pura e Aplicada estabeleceu-se: DEFINIÇÃO DE MASSA

Leia mais

PILHAS - TEORIA. a) Oxidação: A oxidação envolve o aumento do número de oxidação (NOX) de um determinado elemento a partir da perda de elétrons.

PILHAS - TEORIA. a) Oxidação: A oxidação envolve o aumento do número de oxidação (NOX) de um determinado elemento a partir da perda de elétrons. PILHAS TEORIA Introdução A Eletroquímica é o ramo da Química que estuda a relação existente entre a corrente elétrica e as reações. Ela pode ser dividida em dois tipos de processos: pilhas e eletrólise.

Leia mais

I OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO GRANDE ABC - 13/06/2015 ENSINO MÉDIO - FASE 2

I OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO GRANDE ABC - 13/06/2015 ENSINO MÉDIO - FASE 2 I OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO GRANDE ABC - 13/06/2015 ENSINO MÉDIO - FASE 2 INSTRUÇÕES: 1. A prova consta de 3 questões discursivas (5 pontos cada) e de 17 questões objetivas (1 ponto cada), cada uma com 4

Leia mais

Centro Universitário Anchieta

Centro Universitário Anchieta Gabarito: Grupo 17/VII-A e Grupo 18/VIII-A 1) Amostras dos gases nitrogênio, oxigênio e cloro foram recolhidas, não necessariamente nessa ordem, em recipientes rotulados A, B e C. Cada recipiente contém

Leia mais

www.professormazzei.com Propriedades da Matéria Folha 05- Prof.: João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com Propriedades da Matéria Folha 05- Prof.: João Roberto Mazzei Questão 01 Em uma cena de um filme, um indivíduo corre carregando uma maleta tipo 007 (volume 20 dm³) cheia de barras de um certo metal. Considerando que um adulto de peso médio (70 kg) pode deslocar,

Leia mais

Introdução à Eletroquímica. 1. Gentil V. Corrosão. 3 edição. 2. Cotton F. A. e Wilkinson G. Basic Inorganic Chemistry, John Wiley & Son, USA, 1976.

Introdução à Eletroquímica. 1. Gentil V. Corrosão. 3 edição. 2. Cotton F. A. e Wilkinson G. Basic Inorganic Chemistry, John Wiley & Son, USA, 1976. Introdução à Eletroquímica 1. Gentil V. Corrosão. 3 edição. 2. Cotton F. A. e Wilkinson G. Basic Inorganic Chemistry, John Wiley & Son, USA, 1976. INTRODUÇÃO Eletroquímica: estuda as relações entre efeitos

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 1º Ano do Ensino Médio Disciplina: Química 1. Considere a tabela a seguir, onde estão relacionados os pontos de fusão e de ebulição de algumas substâncias sob

Leia mais

M A S S A S E M E D I D A S

M A S S A S E M E D I D A S M A S S A S E M E D I D A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2010 > Prof. Agamenon Roberto ATOMÍSTICA www.agamenonquimica.com 2 MASSAS E MEDIDAS UNIDADE DE MASSA ATÔMICA (u.m.a.) Para pesar ou medir algo se torna

Leia mais

www.professormazzei.com LIGAÇÕES QUÍMICAS Folha 03 João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com LIGAÇÕES QUÍMICAS Folha 03 João Roberto Mazzei 01. (UNICAMP 1994) Considere três substâncias CH 4, NH 3 e H 2O e três temperaturas de ebulição: 373K, 112K e 240K. Levando-se em conta a estrutura e a polaridade das moléculas destas substâncias, pede-se:

Leia mais

www.professormazzei.com FUNÇÕES INORGÂNICAS Folha 02 João Roberto Fortes Mazzei

www.professormazzei.com FUNÇÕES INORGÂNICAS Folha 02 João Roberto Fortes Mazzei 01. Durante um experimento, seu professor de química pediu que você identificasse as soluções aquosas presentes em cada um dos béqueres (A, B, C) apresentados na figura a seguir. Dois béqueres do experimento

Leia mais

Escola Secundária de Casquilhos Teste 1 de Física e Química A 10º ANO 22/10/2013 90 minutos

Escola Secundária de Casquilhos Teste 1 de Física e Química A 10º ANO 22/10/2013 90 minutos Escola Secundária de Casquilhos Teste 1 de Física e Química A 10º ANO 22/10/2013 90 minutos NOME Nº Turma Informação Professor Enc. de Educação 1. Os átomos dos isótopos e do carbono têm (A) números atómicos

Leia mais

IME - 2006 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

IME - 2006 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR IME - 2006 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Um composto de fórmula molecular AB 5 é constituído por elementos que pertencem ao mesmo período de um determinado gás nobre.

Leia mais

Experiência 07: Preparo de Solução a partir de Substâncias sólidas, Liquidas e de Solução Concentrada

Experiência 07: Preparo de Solução a partir de Substâncias sólidas, Liquidas e de Solução Concentrada 1 Experiência 07: Preparo de Solução a partir de Substâncias sólidas, Liquidas e de Solução Concentrada 1. Questões de estudo - Como preparar uma solução aquosa de NaOH 0,1 M? - Como preparar uma solução

Leia mais

Vestibular Nacional Unicamp 1999

Vestibular Nacional Unicamp 1999 Vestibular Nacional Unicamp 1999 Provas da 2 ª Fase Química 1 QUÍMICA ATENÇÃO: Escreva a resolução COMPLETA de cada questão no espaço reservado para a mesma. Não basta escrever apenas o resultado final:

Leia mais

ELETROQUÍMICA PILHAS

ELETROQUÍMICA PILHAS ELETROQUÍMICA PILHAS A eletroquímica estuda o aproveitamento da transferência de elétrons entre diferentes substâncias para converter energia química em energia elétrica e viceversa. Pilhas: conversão

Leia mais

HOMOGÊNEO HETEROGÊNEO

HOMOGÊNEO HETEROGÊNEO Sistemas materiais HOMOGÊNEO SUBSTÂNCIA PURA? SIMPLES MISTURA HOMOGÊNEA? COMPOSTA SISTEMA? HETEROGÊNEO SUBSTÂNCIA PURA MISTURA HETEROGÊNEA Sistema É parte do universo físico f que contenha ou não matéria,

Leia mais

B H (g) 3 O ( ) 2 HBO (g) 2 H O( )

B H (g) 3 O ( ) 2 HBO (g) 2 H O( ) Lista introdução estequiometria 1. (Uff 2012) Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma é a definição do químico francês Antoine Lavoisier (1743-1794) para sua teoria de conservação da

Leia mais

Questão 31. Questão 32. Questão 33. alternativa D. alternativa D

Questão 31. Questão 32. Questão 33. alternativa D. alternativa D Questão 31 Massas iguais de dois líquidos diferentes foram colocadas em dois recipientes idênticos, sendo o resultado mostrado no esquema ao lado. Sabendo-se que a massa molar do líquido X é 46 g/mol e

Leia mais

Kw = 1,0 x 10 (a 25 C)

Kw = 1,0 x 10 (a 25 C) - QUÍMICA Número Atômico Símbolo Massa Atômica Nº de massa do Isótopo mais estável 23 Constante de Avogadro = 6,02 x 10 (valor aproximado) -14 0 Kw = 1,0 x 10 (a 25 C) UFBA 2002 2ª etapa Quím. - 15 QUÍMICA

Leia mais

H 9. O Em relação à equação acima, que representa a obtenção ), é INCORRETO afirmar que: Cl 5 O C 14 + H 2

H 9. O Em relação à equação acima, que representa a obtenção ), é INCORRETO afirmar que: Cl 5 O C 14 + H 2 QUÍMICA As questões 31 e 32, referem-se ao texto abaixo. RGANCLRADS Defensivos agrícolas para as indústrias. Agrotóxicos para os defensores da natureza. Pontos de vista diferentes sobre substâncias usadas

Leia mais

Curvas de Solubilidade

Curvas de Solubilidade Curvas de Solubilidade Solução é uma mistura homogênea de duas ou mais substâncias. Para se obter uma solução, devemos ter dois componentes importantes: o soluto e o solvente. O soluto é a substância que

Leia mais

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor

1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Calcule o ph de uma solução de H 2 SO 4(aq) 0,010 M a 25 o C. Considere que: K a1 = (muito grande) e, K = 1,2 x 102 a2 (pk a = 1,92) Dados: log 2 0,30 ; log

Leia mais

NO 3 em água são representadas, respetivamente, pelas equações: Com base nas informações anteriores, é correto afirmar que

NO 3 em água são representadas, respetivamente, pelas equações: Com base nas informações anteriores, é correto afirmar que 4. Uma importante aplicação das energias de dissolução são as compressas instantâneas térmicas quentes ou frias, usadas como primeiro-socorro em lesões sofridas, por exemplo, durante práticas desportivas.

Leia mais

Pilha é qualquer dispositivo no qual uma reação de oxirredução espontânea produz corrente elétrica.

Pilha é qualquer dispositivo no qual uma reação de oxirredução espontânea produz corrente elétrica. PILHAS Pilha é qualquer dispositivo no qual uma reação de oxirredução espontânea produz corrente elétrica. Bateria são várias pilhas ligadas em série. Como funciona uma pilha? Considerando a reação espontânea

Leia mais

FÍSICO-QUÍMICA TERMOQUÍMICA Aula 1

FÍSICO-QUÍMICA TERMOQUÍMICA Aula 1 FÍSICO-QUÍMICA TERMOQUÍMICA Aula 1 A termoquímica é parte da termodinâmica e corresponde ao segmento da química que compreende as trocas de calor e seus efeitos nas substâncias e reações químicas. Os primeiros

Leia mais

Massa é a grandeza física que mede quanto de matéria possui um corpo ou objeto. Ocupar lugar no espaço significa ter volume.

Massa é a grandeza física que mede quanto de matéria possui um corpo ou objeto. Ocupar lugar no espaço significa ter volume. Matéria é tudo que tem massa e ocupa lugar no espaço Massa é a grandeza física que mede quanto de matéria possui um corpo ou objeto. Ocupar lugar no espaço significa ter volume. Como exemplos de matéria

Leia mais

~ 1 ~ IX Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2010 PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES

~ 1 ~ IX Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2010 PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES Questão 2: Abaixo se encontra um esquema ilustrando dois frascos, um com água e outro com álcool. No quadro têm-se três diferentes materiais, A, B e C, todos sólidos e insolúveis em água e álcool. Considerando

Leia mais

Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES INORGÂNICAS www.agamenonquimica.com 1

Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES INORGÂNICAS www.agamenonquimica.com 1 Prof. Agamenon Roberto REAÇÕES INORGÂNICAS www.agamenonquimica.com 1 EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENO 01) (UCS-RS) A transformação representada pelo esquema abaixo evidencia: + a) uma mistura homogênea. b)

Leia mais

Reações de Oxidação e Redução

Reações de Oxidação e Redução Eletroquímica é a área da química que estuda a tendência que os elétrons possuem em se transferirem em uma determinada reação química através de sua concentração e das espécies envolvidas. Reações de Oxidação

Leia mais

DESAFIO EM QUÍMICA PUC-RIO

DESAFIO EM QUÍMICA PUC-RIO DESAFIO EM QUÍMICA PUC-RIO Leia atentamente as instruções abaixo: Esta prova destina-se exclusivamente aos alunos da 3 a série do ensino médio. A prova contém cinco questões discursivas, cada uma valendo

Leia mais

ELETROQUÍMICA PILHAS E ELETRÓLISE. Adriana Mascarenhas

ELETROQUÍMICA PILHAS E ELETRÓLISE. Adriana Mascarenhas ELETROQUÍMICA 1 PILHAS E ELETRÓLISE RELEMBRANDO 1. O que é corrente elétrica? 2 2. Como se produz corrente elétrica? 3. Qual a diferença entre pilha e bateria? 4. Quais as vantagens das pilhas e baterias?

Leia mais

Reação de neutralização:

Reação de neutralização: 01 Reação de neutralização: Ácido entanodioico Hidróxido de sódio Etanoato de sódio Água (oxálico) 1 02 Deslocamento do hidrogênio: Propanoato de sódio (A) Neutralização: Propanoato de sódio (B) Liberação

Leia mais

DIAGRAMAS DE EQUILÍBRIO

DIAGRAMAS DE EQUILÍBRIO DIAGRAMAS DE EQUILÍBRIO Diagramas de equilíbrio 1 DIAGRAMA EUTÉTICO Exemplo 1: Cobre - Prata (Cu-Ag) Principais características: 3 regiões monofásicas (α, β e L) 3 regiões bifásicas (α+l, α+β, L+β) Fase

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 03/09/07

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 03/09/07 1 - ROVA DE QUÍMICA GERAL 03/09/07 Nome: Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados R = 0,0821 atm L mol -1 K -1 T (K) = T ( C) + 273,15

Leia mais

Unidade 2 Substâncias e átomos

Unidade 2 Substâncias e átomos Unidade 2 Substâncias e átomos Substâncias Puras pág. 51 A matéria é composta por uma ou mais substâncias químicas. Porém, é difícil saber se um corpo é composto por uma única substância ou por uma mistura

Leia mais

Química Inorgânica Aula 3

Química Inorgânica Aula 3 Química Inorgânica Aula 3 Orientadora: Drª Karla Vieira Professor Monitor: Gabriel Silveira LIGAÇÕES QUÍMICAS O que são Ligações Químicas? São as ligações que se estabelecem entre a união de dois átomos.

Leia mais

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 01 TURMA ANUAL. 05. Item A

RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS AULA 01 TURMA ANUAL. 05. Item A RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS PROPOSTOS 01. Item B AULA 01 TURMA ANUAL I Correto. Ao passar para um nível mais interno o elétron emite energia na forma de luz. II Falso. Rutherford não propôs um átomo maciço,

Leia mais

Série: 2º ano. Assunto: Estequiometria

Série: 2º ano. Assunto: Estequiometria Aluno: Série: 2º ano Assunto: Estequiometria 1) A massa de dióxido de carbono liberada na queima de 80 g de metano, quando utilizado como combustível, é: (Dados: massas molares, em g/mol: H = 1, C =12,

Leia mais

A ( ) I. B ( ) I e III. C ( ) II. D ( ) II e IV. E ( ) IV.

A ( ) I. B ( ) I e III. C ( ) II. D ( ) II e IV. E ( ) IV. CONSTANTES Constante de Avogadro = Constante de Faraday (F) = 1 6, 0 x 10 mol Volume molar de gás ideal =, 4 L (CNTP) Carga elementar = Constante dos gases (R) = Constante gravitacional (g) = 9, 65 x 10

Leia mais

Prova de Química Vestibular ITA 1995

Prova de Química Vestibular ITA 1995 Prova de Química Vestibular ITA 1995 Versão 1.0 Química ITA 1995 Dados Eventualmente Necessários Constante de Avogadro = 6,02. 10 23 partículas. mol -1 Constante de Faraday = 9,65. 10 4 C. mol -1 Volume

Leia mais

7. EQUILÍBRIO QUÍMICO

7. EQUILÍBRIO QUÍMICO Departamento de Química Inorgânica IQ / UFRJ IQG 18 / IQG 1 7. EQUILÍBRIO QUÍMICO I. INTRODUÇÃO Quando a concentração de todos os reagentes e produtos, em um sistema fechado, não variam mais com o tempo

Leia mais

www.professormazzei.com Estequiometria Folha 03 Prof.: João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com Estequiometria Folha 03 Prof.: João Roberto Mazzei 01. (CFTCE 2007) Dada a reação de neutralização: HCl + NaOH NaCl + H 2O, a massa de NaCl, produzida a partir de 80 g de hidróxido de sódio (NaOH), é: a) 58,5 g b) 40 g c) 117 g d) 80 g e) 120 g 02. (CFTCE

Leia mais

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/10/07

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/10/07 P2 - PRVA DE QUÍMICA GERAL - 08/10/07 Nome: Nº de Matrícula: GABARIT Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 R = 8,314 J mol -1 K -1 = 0,0821 atm L mol

Leia mais

Eletroquímica. Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Departamento de Química

Eletroquímica. Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Departamento de Química Universidade Federal de Ouro Preto Instituto de Ciências Exatas e Biológicas Departamento de Química Eletroquímica Professora: Melissa Soares Caetano Disciplina QUI 702 Eletroquímica estuda as relações

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012-2 REFERÊNCIA DE CORREÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2012-2 REFERÊNCIA DE CORREÇÃO DA PROVA DE QUÍMICA UFJF CNCURS VESTIBULAR 2012-2 REFERÊNCIA DE CRREÇÃ DA PRVA DE QUÍMICA Questão 1 São duas as unidades usadas para expressar a concentração das soluções alcoólicas comerciais. Uma delas é o grau Gay Lussac

Leia mais

Universidade Federal do Acre Coordenação de Ciências Agrárias PET-Agronomia

Universidade Federal do Acre Coordenação de Ciências Agrárias PET-Agronomia Universidade Federal do Acre Coordenação de Ciências Agrárias PET-Agronomia Renato Bolsistas: Renato Renato(7ºPeríodo-Florestal) Tutor: Prof. Dr. José Ribamar Rio Branco, Acre 2006 1 As leis ponderais

Leia mais

Disciplina Química geral (MAF1293) Professora Cleonice Rocha Aluno - Estudo Dirigido Reações em solução aquosa (valor = 1,5 pt)

Disciplina Química geral (MAF1293) Professora Cleonice Rocha Aluno - Estudo Dirigido Reações em solução aquosa (valor = 1,5 pt) Disciplina Química geral (MAF1293) Professora Cleonice Rocha Aluno - Estudo Dirigido Reações em solução aquosa (valor = 1,5 pt) Propriedades gerais das soluções aquosas Propriedades eletrolíticas As soluções

Leia mais

II OLimpíada Brasileira de Química Júnior - Fase II

II OLimpíada Brasileira de Química Júnior - Fase II II OLimpíada Brasileira de Química Júnior - Fase II 17/10/2009 - II OBQjr 2009 INSTRUÇÕES: II Olimpíada Brasileira de Química Júnior Exames - Fase II 1. A prova consta de 25 questões, cada uma contém quatro

Leia mais

TERMOQUÍMICA EXERCÍCIOS ESSENCIAIS 1. O CALOR E OS PROCESSOS QUÍMICOS

TERMOQUÍMICA EXERCÍCIOS ESSENCIAIS 1. O CALOR E OS PROCESSOS QUÍMICOS TERMOQUÍMICA EXERCÍCIOS ESSENCIAIS 1. O CALOR E OS PROCESSOS QUÍMICOS Termoquímica: Estudo das quantidades de energia, na forma de calor, liberada ou absorvida durante os processos de interesse da Química,

Leia mais

CPV O cursinho que mais aprova na fgv

CPV O cursinho que mais aprova na fgv CPV O cursinho que mais aprova na fgv FGV economia 1 a Fase 29/novembro/2009 QUÍMICA Para responder às questões de números 106 e 107 utilize as informações do texto. O clorato de potássio, KC O 3, é uma

Leia mais

Exercícios Sobre Pilhas - Eletroquímica

Exercícios Sobre Pilhas - Eletroquímica Exercícios Sobre Pilhas - Eletroquímica 01. (Ufpr) Na(s) questão(ões) a seguir, escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos. Dados os potenciais de oxi-redução a seguir, Ag + + 1e- Ag o Fe 2+

Leia mais

AS TRANSFORMAÇÕES DA MATÉRIA.

AS TRANSFORMAÇÕES DA MATÉRIA. AS TRANSFORMAÇÕES DA MATÉRIA. Toda e qualquer alteração que a matéria venha a sofrer é denominada de transformação ou fenômeno. Algumas transformações (fenômenos) são reversíveis, isto é, podem ser desfeitas

Leia mais

b) Qual é a confusão cometida pelo estudante em sua reflexão?

b) Qual é a confusão cometida pelo estudante em sua reflexão? 1º B EM Química A Lailson Aval. Trimestral 28/03/11 1. Qual o estado físico (sólido, líquido ou gasoso) das substâncias da tabela a seguir, quando as mesmas se encontram no Deserto da Arábia, à temperatura

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA. No equilíbrio, foram encontrados os seguintes valores de concentrações: Espécie A B C Concentração/ mol L -1 0,5 1 0,5

PROVA DE QUÍMICA. No equilíbrio, foram encontrados os seguintes valores de concentrações: Espécie A B C Concentração/ mol L -1 0,5 1 0,5 19 PRV DE QUÍMIC Q U E S T Ã 6 Considere a reação genérica: B C. No equilíbrio, foram encontrados os seguintes valores de concentrações: Espécie B C Concentração/ mol L -1 0,5 1 0,5 constante de equilíbrio

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Série: 1 Disciplina: Data da prova:

Aluno(a): Nº. Professor: Série: 1 Disciplina: Data da prova: Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Série: 1 Disciplina: Data da prova: 1. (UFAC) O gráfico abaixo mostra a curva de aquecimento para o clorofórmio, usualmente utilizado como solvente para lipídeos.

Leia mais

PROPRIEDADES COLIGATIVAS PARTE 2

PROPRIEDADES COLIGATIVAS PARTE 2 PROPRIEDADES COLIGATIVAS PARTE 2 1. (Adaptado) Tendo em vista o momento em que um líquido se encontra em equilíbrio com seu vapor, leia atentamente as afirmativas abaixo: I. A evaporação e a condensação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO 2 o CONCURSO VESTIBULAR DE 2009. Questões de Química

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO 2 o CONCURSO VESTIBULAR DE 2009. Questões de Química UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO 2 o CONCURSO VESTIBULAR DE 2009 Questões de Química 01 O gráfico abaixo registra o aquecimento de um líquido transparente e incolor,

Leia mais

1.2. Os alunos colocaram sobrecargas sobre o paralelepípedo, para averiguar se a intensidade da força de atrito depende:

1.2. Os alunos colocaram sobrecargas sobre o paralelepípedo, para averiguar se a intensidade da força de atrito depende: Escola Secundária de Lagoa Física e Química A 11º Ano Turma A Paula Melo Silva Ficha de Trabalho 24 Global 1. Numa segunda série de ensaios, os alunos colocaram sobrecargas sobre o paralelepípedo e abandonaram

Leia mais

Números de oxidação e Reações Redox

Números de oxidação e Reações Redox Ciências da Arte e do Património Química e Física dos Materiais II (Materiais Inorgânicos) Números de oxidação e Reações Redox Olinda Monteiro(ocmonteiro@fc.ul.pt) Olinda Monteiro (ocmonteiro@fc.ul.pt)

Leia mais

www.professormazzei.com Assunto: Eletroquímica Folha 4.2 Prof.: João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com Assunto: Eletroquímica Folha 4.2 Prof.: João Roberto Mazzei www.professormazzei.com Assunto: Eletroquímica Folha 4.2 Prof.: João Roberto Mazzei 01. (UDESC 2009) O hidrogênio tem sido proposto como o combustível "ecológico", já que a sua reação de combustão com

Leia mais

www.professormazzei.com PROPREDADES COLIGATIVAS Folha 03 João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com PROPREDADES COLIGATIVAS Folha 03 João Roberto Mazzei 01. (UNESP 1989) Considerar duas soluções de ácido clorídrico e outra de ácido acético (ácido etanóico), ambas 10 2 M. Pergunta-se: a) Qual das duas soluções apresenta menor temperatura de congelação?

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 9º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 9º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 9º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

Reacções de precipitação

Reacções de precipitação Reacções de precipitação Ocorre uma reacção de precipitação quando se forma uma precipitado, ou seja, um sólido insolúvel que se separa da solução. Na precipitação a partir de soluções aquosas normalmente

Leia mais

Aula 7 Termoquímica: Transformações Físicas

Aula 7 Termoquímica: Transformações Físicas Aula 7 Termoquímica: Transformações Físicas 1. Introdução Nas próximas duas aulas vamos mostrar a importância que desempenha a entalpia na química. Três pontos devem ser observados: (i) a variação de entalpia

Leia mais

Química A Extensivo V. 4

Química A Extensivo V. 4 Química A Extensivo V. 4 Exercícios Para iniciar o estudo das ligações químicas é interessante conhecer o esquema de formulação a partir das famílias. Veja: Quando se tem as famílias A dos elementos que

Leia mais

Estudos de Recuperação para Oportunidade Adicional 2010-2º TRIMESTRE Tabela Periódica, Ligações Químicas e Nox

Estudos de Recuperação para Oportunidade Adicional 2010-2º TRIMESTRE Tabela Periódica, Ligações Químicas e Nox 1 Aluno(a): Nº.: Série: Turma: Data: / / Estudos de Recuperação para Oportunidade Adicional 2010-2º TRIMESTRE Tabela Periódica, Ligações Químicas e Nox 01 - O ferro faz parte da molécula de hemoglobina

Leia mais

Prova de Química Vestibular ITA 2000

Prova de Química Vestibular ITA 2000 Prova de Química Vestibular ITA 2000 Versão 1.0 Química ITA 2000 1. O fato de um sólido, nas condições ambientes, apresentar um único valor de massa específica em toda sua extensão é suficiente para afirmar

Leia mais

Pode-se dizer que na molécula H Cl as eletrosferas dos átomos H e Cl são, respectivamente, iguais às eletrosferas dos átomos dos gases nobres:

Pode-se dizer que na molécula H Cl as eletrosferas dos átomos H e Cl são, respectivamente, iguais às eletrosferas dos átomos dos gases nobres: Questão 01) Um elemento químico A, de número atômico 11, um elemento químico B, de número atômico 8, e um elemento químico C, de número atômico 1, combinam-se formando o composto ABC. As ligações entre

Leia mais

Centro Universitário Anchieta Química Inorgânica I- 2014 Adaptação/Dependência Prof. Vanderlei I. Paula 5 a lista de exercícios

Centro Universitário Anchieta Química Inorgânica I- 2014 Adaptação/Dependência Prof. Vanderlei I. Paula 5 a lista de exercícios 1) a) O que significa o termo oxidação? b) Em qual lado de uma semi-reação de oxidação os elétrons aparecem? c) O que significa o termo oxidante? (Atkins&Loretta, 1 Ed. pg. 604) a) O termo oxidação significa

Leia mais

ELETROQUÍMICA: PILHAS ELETRÓLISE

ELETROQUÍMICA: PILHAS ELETRÓLISE ELETROQUÍMICA: PILHAS ELETRÓLISE Profa. Adélia Química Aplicada HISTÓRICO 1800 ALESSANDRO VOLTA Ele empilhou pequenos discos de zinco e cobre, separando-os com pedaços de um material poroso (feltro) embebidos

Leia mais

Prova de Química Vestibular ITA 1993

Prova de Química Vestibular ITA 1993 Prova de Química Vestibular ITA 1993 Versão 1.0 Química ITA 1993 01. (ITA-93) Considere as duas famílias seguintes da classificação periódica: I. Li; M: K; Rb; C 3 II. F; Cl; X; I; At Assinale a opção

Leia mais

Química e Física dos Materiais II (Materiais Inorgânicos) Metais e corrosão

Química e Física dos Materiais II (Materiais Inorgânicos) Metais e corrosão Ciências da Arte e do Património Química e Física dos Materiais II (Materiais Inorgânicos) Metais e corrosão Olinda Monteiro(ocmonteiro@fc.ul.pt) Olinda Monteiro (ocmonteiro@fc.ul.pt) Departamento de Química

Leia mais

Estequiometria - Cálculo Estequiométrico

Estequiometria - Cálculo Estequiométrico 01. As Reações Químicas Estequiometria - Cálculo Estequiométrico Uma reação química significa uma transformação de substâncias em outras. Os elementos químicos não são modificados, apenas as substâncias.

Leia mais

Escola Secundária de Lagoa. Ficha de Trabalho 4. Física e Química A 11º Ano Turma A Paula Melo Silva. Revisão 10º Ano: As três miudinhas

Escola Secundária de Lagoa. Ficha de Trabalho 4. Física e Química A 11º Ano Turma A Paula Melo Silva. Revisão 10º Ano: As três miudinhas Escola Secundária de Lagoa Física e Química A 11º Ano Turma A Paula Melo Silva Ficha de Trabalho 4 Cálculos estequiométricos Parte Um Revisão 10º Ano: As três miudinhas Quantidade em química corresponde

Leia mais

www.professormazzei.com Classificação Periódica Folha 03 - Prof.: João Roberto Mazzei

www.professormazzei.com Classificação Periódica Folha 03 - Prof.: João Roberto Mazzei Questão 01 Considera-se que quatorze elementos químicos metálicos são essenciais para o correto funcionamento do organismo, portanto indispensáveis para manter a saúde. Os referidos elementos estão listados

Leia mais

QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier. Prática 01 Reatividade de Metais: Síntese do gás hidrogênio

QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier. Prática 01 Reatividade de Metais: Síntese do gás hidrogênio UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CCT DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC QIE0001 Química Inorgânica Experimental Prof. Fernando R. Xavier Prática 01 Reatividade de Metais:

Leia mais