1.1 SISTEMA DE PORTAS INTRODUÇÃO - SISTEMA DE PORTAS IRIZAR I6

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1.1 SISTEMA DE PORTAS 1.1.1 INTRODUÇÃO - SISTEMA DE PORTAS IRIZAR I6"

Transcrição

1 Regulagem de portas

2 1.1 SISTEMA DE PORTAS INTRODUÇÃO - SISTEMA DE PORTAS IRIZAR I6 O sistema de portas dos veículos Irizar é projetado para realizar as operações de abertura e fechamento de porta em modo normal e de emergência. Por ser um sistema eletro-pneumático, possui também um sistema de sensibilização que evita acidente durante o processo de fechamento e abertura. O circuito pneumático possui sistema de lubrificação e proteção com válvula de separação entre o circuito de carroceria e do chassi. Esta válvula pode ser utilizada para fins de diagnósticos de vazamento ou esgotamento de ar durante o processo de manutenção do sistema de portas. As Portas do Irizar I6 possuem estrutura recoberta de chapas em ligas de alumínio. Agentes isoladores também são aplicados no interior para propiciar isolamento térmico e acústico. O sistema de vedação é composto por borrachas que acoplam durante o fechamento, o que garantiza a vedação. As borrachas são inteiriças, sem junções ao redor da porta ou do batente. Perfil de borracha de porta Perfil de borracha do batente SENSIBILIZAÇÃO DO SISTEMA DE PORTAS O sistema de portas dos veículos Irizar possui um sistema de sensibilização das portas durante os processos de abertura e fechamento. Para o fechamento este sistema funciona quando se tem +30 no sistema elétrico, ou seja, a chave geral deve estar ligada. Para abertura, o sistema funciona permanentemente, mesmo quando não se tem +30, ou seja, chave geral desligada. No processo de fechamento, um sistema de micro-switches atua sobre à eletro-válvula de porta, revertendo o movimento caso algum obstáculo venha a interromper o movimento da porta. No processo de abertura, a porta tem seu movimento protegido para evitar que tampas de compartimentos adjacentes sejam danificadas pela porta caso estejam abertas. 2

3 Figura 1 - Sensibilização do fechamento Figura 2 - Compartimento adjacente aberto bloqueia a abertura da porta É possível ajustar a atuação do sistema de sensibilização no fechamento ajustando um came de alumínio presente no topo do atuador. Este came gira junto com o movimento da porta e estabelece a cobertura da sensibilização durante o movimento de fechamento. Existem 2 micro-switches ligados em série, um vertical e outro horizontal. Quando came alcança o microswitch horizontal (no final do curso da porta), este desabilita o micro-switch vertical cancelando a sensibilização. Caso exista um obstáculo durante o fechamento, o came não alcançará o micro-switch horizontal. A imposição de força contra o fechamento da porta faz com que ela inicie um movimento vertical. O movimento vertical eleva a peça plástica em forma de meia lua acionando o micro-switch vertical que envia um sinal elétrico para a válvula de porta para que retorne o movimento. Came Meia Lua Micro-switch horizontal (Sinal de porta aberta) Micro-switch horizontal Micro-switch Vertical Figura 3 - Sensibilização de Porta Desta forma, a posição do came em relação ao movimento da porta é determinante para definir o curso de cobertura da sensibilização da porta. 3

4 1.1.3 AJUSTE DO SISTEMA DE PORTAS As portas do veículo devem ser consideradas desajustadas quando: Apresentar ruído excessivo; Não fecha adequadamente e permite entradas de água e problemas com a vedação de ar; Apresentam problemas para fechar ou abrir; Demora excessivamente para fechar ou abrir; Abre ou fecha apenas com auxílio externo; Não apresenta sensibilidade a obstáculos durante o fechamento. Pontos de Ajustes Mecânicos Sistema de Portas Mancal Superior de porta Conexão do Braço Mancal Inferior de porta Mancal Interior Barra Guia de Porta Jogos de Cunhas 4

5 1.1.4 MOVIMENTOS DA PORTA Movimentos Função Ilustração Paralelo à Carroceria Propiciar vedação e fechamento correto Perpendicular à Carroceria Propiciar vedação e fechamento correto Vertical Este movimento é responsável por fixar a porta no batente, conferindo-lhe rigidez e vedação, combinando os movimentos vertical e perpendicular à carroceria PARÂMETROS DE AJUSTE DA PORTA Parâmetro Função Ilustração Posicionamento Geométrico O posicionamento geométrico está relacionado com o alinhamento da porta com o batente, como pode ser visto na ilustração ao lado. Este parâmetro é controlado pelo conjunto de cunhas e o posicionamento dos mancais de fixação da porta, tanto os internos quanto os externos. Vedação A vedação da porta é de extrema importância para evitar entradas de água, poeira e até mesmo ruídos provenientes de entradas de ar. O conjunto de cunhas superiores é responsável por trazer a porta 5

6 para junto da carroceria, complementando o Vedação movimento perpendicular. O conjunto de cunhas inferiores limita o movimento vertical e também a vedação da porta. Vedação excessiva implica em grandes forças aplicadas cunhas que reduz sua vida útil e podem causar danos as borrachas do batente e da porta. É possível alcançar boa vedação quando a superfície da porta se alinha com a superfície da carroceria. Paralelismo com a Carroceria Altura da porta Este parâmetro é definido através do braço guia situado na parte inferior da porta. O comprimento do braço guia define a posição na qual a porta vai tocar o batente durante o movimento perpendicular da porta. A aproximação da porta com o batente deve ser paralela e ambos os lados devem toca o batente no momento do fechamento. A porta deve esta alinhada com as linha laterais da carroceria, com os batentes e com a parte inferior do batente. Isto pode ser obtido através do ajuste das cunhas inferiores, limitando-se o movimento vertical. Braço guia Centralização As frestas existentes entre o batente e a porta devem se aproximar da mesma medida em ambos os lados. Este parâmetro pode ser alcançado combinando todos os outros anteriores. Velocidade do Final de Curso Os movimentos completos de abertura e fechamento devem ser concluídos no tempo de 4 a 6 segundos. 6

7 20 mm 2 a 4 mm Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction Movimentos muito rápidos podem danificar os jogos Velocidade do Final de Curso de gatilhos, batentes e estruturas das portas. A velocidade dos movimentos pode ser ajustada através das válvulas presentes no cilindro atuador como indicado na figura ao lado. Fecha mento Aber tura Força de fechamento A força de fechamento da porta deve estar ajustada para atender as necessidades da operação. Como por exemplo, carros que param no acostamento em declive devem ter força de fechamento superior. Este ajuste deve ser feito através do tensionamento da mola do mancal interno superior. Posicionamento das Cunhas A distancia padrão de aproximação entre os jogos de cunhas deve estar entre 2 e 4mm. Ajustes dos mancais externos de porta A distância mínima deve ser de 20 mm entre porca e contra porca AJUSTE DO SISTEMA DE SENSIBILIZAÇÃO DE PORTAS O sistema de sensibilização deve cobrir até a distância 50 mm de espaçamento entre o batente e a porta, conforme o diagrama esquemático abaixo. Para alcançar este ponto de ajuste, pode-se usar o artifício do sinal de porta de porta aberta. O sinal de porta aberta é gerado por um micro-switch horizontal, conforme Figura 3 - Sensibilização de Porta. Este sinal de porta aberta também alimenta os pilotos verdes de referencia para escada de 7

8 acesso. Desta forma, quando o came toca os micro-switches horizontais, os pilotos verdes da escada se apagam. Neste momento, acontece o final do curso de cobertura da sensibilização da porta. Porta aberta, came não toca o micro-switch, iluminação escada acesa. Porta semiaberta com folga de 50 mm, notar que o came toca o micro switch e a iluminação da escada está apagada. 50mm O posicionamento correto para o came deve ter como referencia a linha de centro do seu parafuso de fixação e a superfície da porta. Pode se usar o artifício acima para ajustar a posição correta do came. 8

9 90 graus Figura 4 - Diagrama de posicionamento do came Para se ajustar a posição do came, deve-se soltar o parafuso Allen e girá-lo até a posição correta. Parafuso Figura 5 - Posicionamento do Parafuso Allen 9

10 1.1.7 MANUTENÇÃO PREVENTIVA DO SISTEMA DE PORTAS Tabela de Ações de Manutenção Preventiva - Portas Ação Freqüência Medida Padrão Conferir os toques dos parafusos M8 dos pares de Cunha Mensal 20 N.M Conferir Torque dos parafusos M10 (Barra, contra-barra, suporte do atuador, braço Guia) Mensal 40 N.M Conferir Toques parafuso M14 (Rótula da barra tensora) Mensal 80 N.M Conferir toque de roscas M16 (tensor da barra de giro) Mensal 125 N.M Conferir torque de roscas M16 (tensor de contra-barra superior e inferior) Mensal 125 N.M Conferir o sistema de sensibilização da porta Semanal 150N, um adulto diante 10

11 Conferir o sistema de sensibilaçao da porta da porta deve ser um obstáculo para ativar a sensibilidade DICAS DO PESSOAL DO PÓS-VENDA DA IRIZAR Descrição Dica Ilustração Porta não fecha de maneira alinhada, problemas de alinhamento geométrico. Problemas de falta de alinhamento geralmente podem ser causados por maus acoplamentos das Cunhas. Este efeito pode ser observado levantando-se a borracha da porta depois de fechada. Outra possibilidade é o ajuste incorreto dos braços de fixação da porta. Acoplament o errado No caso de falta de alinhamento geométrico os ajustes dos conjuntos de cunhas e da fixação externa da porta podem ajudar. Para ajustar os mancais externos, basta soltá-los, um de cada vez, e utilizar o martelo de borracha para ajustar o seu posicionamento. Ajuste do mancal superior externo 11

12 A dianteira da porta toca primeiro o batente, e as cunhas não acoplam corretamente. Para evitar estes tipos de problemas o braço guia deve ser ajustado corretamente. Temos duas possibilidades para ajustá-lo: a primeira é o próprio comprimento através dos parafusos presentes no seu corpo; Outra possibilidade é através dos parafusos de fixação do guia na carroceria com furos obilongados como pode ser visto da fotografia superior, ao lado. Com a porta fechada, é possível notar ruídos de entrada de ar na parte inferior da porta com o carro em movimento. Em alguns casos os braços da porta estão mal posicionados, permitindo o aparecimento de frestas na parte inferior. O procedimento de ajuste da altura da porta pode ser executado soltando-se os parafusos indicados na figura ao lado. BRAÇ O 2 BRAÇ O 1 Utilizando o martelo de borracha, a posição dos braços pode ser alterada com leves golpes. Atenção: NUNCA SOLTE A FIXAÇAO DOS DOIS BRAÇOS AO MESMO TEMPO. 12

13 Ao fechar, a porta choca-se contra o batente e não acopla os jogos de cunhas corretamente. Durante o processo de ajustes, utilize a válvula de emergência para manter a porta solta. Isto facilita os procedimentos porque não é necessário utilizar a válvula de serviço e esgotar todo o ar carroceria a todo o momento que se deseja fazer um teste. Neste caso temos que ajustar a velocidade do final de curso da porta. Os movimentos completos de abertura e fechamento devem ser concluídos no tempo de 4 a 6 segundos. Movimentos muito rápidos podem danificar os jogos de cunhas, batentes e estruturas das portas. A velocidade dos movimentos pode ser ajustada através das válvulas presentes no cilindro atuador como indicado na figura ao lado - Final de curso (fechamento) Final de curso (abertura) 13

1 Sistema Pneumático. Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction

1 Sistema Pneumático. Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction 1 Sistema Pneumático 1 1.1 SISTEMA PNEUMÁTICO O sistema pneumático da Irizar está baseado no conceito de bloco de distribuição. Isto significa que todos os componentes pneumáticos estão concentrados em

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO MUNDI ÔNIBUS RODOVIÁRIO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE A BRAPAX e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos

Leia mais

Manual de Montagem e Manutenção de Cancelas PPA. Cancela com acionamento mecânico por sistema biela Modelo Rekta

Manual de Montagem e Manutenção de Cancelas PPA. Cancela com acionamento mecânico por sistema biela Modelo Rekta Manual de Montagem e Manutenção de Cancelas PPA Cancela com acionamento mecânico por sistema biela Modelo Rekta 1.1- Motor e Redutor Peça única conjugada conforme ilustra a Figura a seguir. MOTOR ½ HP

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO ULTRA ÔNIBUS URBANO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO

MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO ULTRA ÔNIBUS URBANO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO MANUAL TÉCNICO ELÉTRICO ULTRA ÔNIBUS URBANO APLICAÇÕES INSTALAÇÃO MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE A BRAPAX e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO 2 IMPORTANTE BMP-PROAR e seus Distribuidores Autorizados advertem que a seleção imprópria, falha ou uso incorreto dos produtos descritos neste manual, podem causar acidentes,

Leia mais

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva:

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva: Manutenção Preventiva e Corretiva de Rosqueadeiras Manual de Manutenção: Preventivo / Corretivo Preventivo: Toda máquina exige cuidados e manutenção preventiva. Sugerimos aos nossos clientes que treinem

Leia mais

ZJ20U93 Montagem e Operacional

ZJ20U93 Montagem e Operacional www.zoje.com.br ZJ20U93 Montagem e Operacional ÍNDICE 1. Aplicação...2 2. Operação segura...2 3. Cuidados antes da operação...2 4. Lubrificação...2 5. Seleção da agulha e do fio...3 6. A Inserção da agulha...3

Leia mais

rimetal SOLDADORA INTERCELULAR Modelo TRME II Manual do Usuário Máquinas para Baterias

rimetal SOLDADORA INTERCELULAR Modelo TRME II Manual do Usuário Máquinas para Baterias SOLDADORA INTERCELULAR Modelo TRME II Manual do Usuário ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Dados Técnicos Cuidados Segurança Limpeza 2 3 4 5 6 MANUTENÇÃO Instruções Manutenção Preventiva NOMENCLATURA INSTALAÇÃO

Leia mais

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012

AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 AJUSTADORES AUTOMÁTICOS DE FREIO JUNHO 2012 Conheça o funcionamento, diagnóstico e reparo do ajustador de freio automático, um componente primordial para segurança, aplicado em veículos pesados. Que a

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Sistema de Enlonamento Pneumático Índice Apresentação...03 Termo de Garantia...04 Sistema de Enlonamento Pneumático...05 Suporte de Fixação...06 Movimentador...08 Flange de Fixação Lona Retrátil...09 Lona

Leia mais

REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA RF06

REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA RF06 m a n u a l REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA RF06 1 2 ÍNDICE Rebitadeira Hidropneumática RF06... 04 Características da ferramenta... 04 Recomendações... 05 Especificações de regulagem... 06 Manutenção... 12

Leia mais

Manual de instruções. Rampa de alinhamento

Manual de instruções. Rampa de alinhamento Manual de instruções Rampa de alinhamento Apresentação Primeiramente queremos lhe dar os parabéns pela escolha de um equipamento com nossa marca. Somos uma empresa instalada no ramo de máquinas para auto

Leia mais

Componentes do Ponto de Distribuição

Componentes do Ponto de Distribuição Componentes do Ponto de Distribuição Ferramenta(s) Especial(ais) Placa de Alinhamento, Árvore de Comando de Válvulas 303-D039 ou similar Remoção CUIDADO: durante os procedimentos de reparo, a limpeza é

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO

MANUAL DE INSTALAÇÃO DE BATENTES E PORTAS CORTA-FOGO INSTALAÇÃO DOS BATENTES A instalação dos batentes é simples porém, são necessários alguns cuidados básicos para obter uma porta em perfeitas condições: Para a fixação do batente, levantam-se as grapas

Leia mais

SISTEMA I MOTION. FOX - I Motion

SISTEMA I MOTION. FOX - I Motion SISTEMA I MOTION FOX - I Motion Professor SCOPINO Técnico e Administrador da Auto Mecânica Scopino Professor do Umec Universo do Mecânico Ex-Professor do Senai Diretor do Sindirepa-SP Consultor do Jornal

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças

Manual de Instruções e Lista de Peças Manual de Instruções e Lista de Peças Linha Overloque de Alta Velocidade 321C- 131M-04 132M-015 133M-04 /TF 134M-04 241M-24 / 25 243M-24 / TF 244M-24 251M-35 251M-55 251H-56 Singer é uma marca registrada

Leia mais

1. Compensação de deformações: ROC (Run Out Compensation).

1. Compensação de deformações: ROC (Run Out Compensation). ÂNGULOS DO ALINHAMENTO DE RODAS 1. Compensação de deformações: ROC (Run Out Compensation). Ao instalar a cabeça medidora em uma roda através de um grampo de fixação o eixo de giro da roda (não confundir

Leia mais

Sistema de Esteira Porta Cabos igus Guia de Instalação

Sistema de Esteira Porta Cabos igus Guia de Instalação Sistema de Esteira Porta Cabos igus Guia de Instalação Cursos Longos (Deslizantes) Horizontais Atenção: Não seguir as instruções instalação pode resultar em falha séria Antes de iniciar o processo de instalação,

Leia mais

rimetal máquina codificadora a laser Modelo: TRCL Manual do Usuário Máquinas para Baterias

rimetal máquina codificadora a laser Modelo: TRCL Manual do Usuário Máquinas para Baterias máquina codificadora a laser Modelo: TRCL Manual do Usuário ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Dados Técnicos Cuidados Segurança Limpeza 2 3 4 5 6 MANUTENÇÃO Instruções Manutenção Preventiva REGULAGEM E AJUSTES

Leia mais

Índice. 1. Advertência. 2. Características técnicas. 3. Aplicações. 4. Estrutura. 5. Instruções de uso e operação. 6. Manutenção.

Índice. 1. Advertência. 2. Características técnicas. 3. Aplicações. 4. Estrutura. 5. Instruções de uso e operação. 6. Manutenção. MODELO: BYG AR 1533 Índice 1. Advertência. 2. Características técnicas. 3. Aplicações. 4. Estrutura. 5. Instruções de uso e operação. 6. Manutenção. 7. Diagrama elétrico. 8. Diagrama hidráulico. 9. Peças

Leia mais

X20 30 36 AC GEARLESS

X20 30 36 AC GEARLESS 3141 pt - 02.1999 / a Este manual deve ser entregue ao usuário final X20 30 36 AC GEARLESS Manual de instalação e manutenção Com o objetivo de obter o máximo de desempenho de sua nova máquina GEARLESS,

Leia mais

Galoneira Industrial série ZJ-W562

Galoneira Industrial série ZJ-W562 Galoneira Industrial série ZJ-W562 Instruções de Segurança IMPORTANTE Antes de utilizar sua máquina, leia atentamente todas as instruções desse manual. Ao utilizar a máquina, todos os procedimentos de

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Quinta-roda JSK 38C JSK 38G

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Quinta-roda JSK 38C JSK 38G Manual de Montagem, Operação e Manutenção Quinta-roda JSK 38C JSK 38G Índice Página 1 Aplicação e modelos 4 1.1 Aplicação 4 1.2 Dimensionamento 4 1.3 Segurança 4 Português 2 Montagem 5 2.1 Especificações

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

ALINHADOR DE PAINEL A LASER GEO LASER

ALINHADOR DE PAINEL A LASER GEO LASER MANUAL DE OPERAÇÃO ALINHADOR DE PAINEL A LASER GEO LASER REVISÃO 00 SUMÁRIO 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 2. MANUTENÇÃO... 3 3. DEFINIÇÃO DOS ÂNGULOS CARACTERÍSTICOS PRINCIPAIS... 4 4. PRÉ-REQUISITOS PARA

Leia mais

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956 EMTV Elevador de manutenção telescópico vertical MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

1º REMOVA O PROTETOR DE CAÇAMBA SE TIVER.

1º REMOVA O PROTETOR DE CAÇAMBA SE TIVER. MANUAL DE INSTALAÇÃO DA TAMPA DE AÇO. APLICAÇÃO = S-102P.4P., SILVERADO2P.,RANGER2P.,4P.,F-2502P.,4P., TOYOTAS(todas),NISSAN(todas).MITSUBISHI(todas). DODGE4P., DAKOTA2P.,4P. Tampão Visto de lateral. QUANDO

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA CANCELA PARA AUTOMAÇÃO DO SISTEMA GEST Controle de Revisões Elaborador: Luiz Coelho Alves da Silva Neto Validador: Adriano José Cunha de Aguiar Aprovador: Camilo Magalhães de Sales

Leia mais

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação

Metro-light. toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Metro-light toldos de fachada manual de instalação Instruções gerais e de segurança Leia as instruções de montagem Apesar dos produtos Stobag serem de

Leia mais

Atuadores Pneumáticos

Atuadores Pneumáticos / / D Atuadores Pneumáticos Os atuadores pneumáticos HiTork são dispositivos utilizados para o acionamento de válvulas de controle e outros elementos semelhantes. Possuem construção robusta, grandes torques

Leia mais

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes.

3 pás. Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. 3 pás Parabéns! Você acabou de adquirir um ventilador de teto com luminária, especialmente criado para trazer mais conforto e beleza aos ambientes. Com design diferenciado o Efyx Lunik3 é pré-montado.

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR www.mastertec.ind.br 1 ÍNDICE 1. Recursos:... 3 2. Condições de funcionamento:... 3 3. Características técnicas:... 3 4. Características construtivas:... 3 5. Diagrama

Leia mais

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Características Construtivas Tomada de Força VM Contents Generalidades, página 2 Tomada de força montada na caixa de mudanças, página 2 Tomada de

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS

MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS MANUAL DE MONTAGEM PLATAFORMAS ALTOSUL INDÚSTRIA DE EQUIPAMENTOS LTDA Fone /Fax (47) 3533-5330 Rua Presidente Nereu, 1300 Ituporanga-sc - Cep 88400-000 Sumario Sumario... 1 A Empresa... 2 Contatos... 2

Leia mais

EQ 7881. Manual de montagem, instalação e operação

EQ 7881. Manual de montagem, instalação e operação EQ 7881 Manual de montagem, instalação e operação 0 A Rampa para elevação e alinhamento de veículos EQ 7881 foi desenvolvida e fabricada para facilitar e auxiliar os trabalhos de alinhamento de direção,

Leia mais

TEKNIKAO. Balanceadora NK750. Manual de Instruções. São Paulo

TEKNIKAO. Balanceadora NK750. Manual de Instruções. São Paulo Balanceadora Manual de Instruções São Paulo 2013 ÍNDICE Ao Proprietário... 3 Ao Operador... 3 Trabalho com Segurança... 4 Cuidados Especiais... 4 Especificações Técnicas... 6 Dados Técnicos... 6 Dimensões

Leia mais

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional Manual ZJ8700 Montagem e Operacional MANUAL DE INSTRUÇÕES Para obter o máximo das muitas funções desta máquina e operá-la com segurança, é necessário usá-la corretamente. Leia este Manual de Instruções

Leia mais

Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600. Manual de Montagem

Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600. Manual de Montagem Máquina de Costura Industrial Reta ZJ-9600 Manual de Montagem ÍNDICE . Instalação do Reservatório de Óleo Primeiramente fixe as duas borrachas diretamente na mesa usando os pregos, conforme a figura. Em

Leia mais

MANUAL DO PRODUTO MANUAL DO PRODUTO MODELO DFOL

MANUAL DO PRODUTO MANUAL DO PRODUTO MODELO DFOL DETECTOR DE FUMAÇA ÓTICO LINEAR MODELO DFOL PARA MÉDIOS E GRANDES SISTEMAS IDEAL PARA GALPÕES ALCANCE DE 20 A 100 METROS ÁREA DE COBERTURA MÁXIMA 14x100M² ECONOMIA NA INSTALAÇÃO EM GRANDES ÁREAS ONDE SE

Leia mais

Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição

Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição Manual de Instruções de Operação e Manutenção Monitor de Posição 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 3. DESENHO DIMENSIONAL... 4 4. INSTALAÇÃO... 5 4.1 MONTAGEM EM ATUADOR ROTATIVO...

Leia mais

Instrução de Montagem e de Regulagem

Instrução de Montagem e de Regulagem Instrução de Montagem e de Regulagem A ser guardada pelo usuário! Indicadores de posição da nova geração ÍNDICE DO CONTEÚDO Legenda 3 Indicações de Segurança 4 SWITCHmaster -Montagem e Regulagem dos Cames

Leia mais

Fechadura de códigos por Impressão Digital. Manual de instalação e utilização

Fechadura de códigos por Impressão Digital. Manual de instalação e utilização Fechadura de códigos por Impressão Digital Manual de instalação e utilização CARACTERÍSTICAS SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS ---------------------------------------------------------------------- P2 COMPONENTES,

Leia mais

SUSPENSOR PNEUMÁTICO PARA 3º EIXO. Manual de Montagem, Operação e Manutenção

SUSPENSOR PNEUMÁTICO PARA 3º EIXO. Manual de Montagem, Operação e Manutenção Manual de Montagem, Operação e Manutenção SUSPENSOR PNEUMÁTICO PARA 3º EIXO GB E Assembly, operating and maintenance instructions for JOST AIR AXLE LIFTS FOR TAG AXLES Instrucciones de montaje, funcionamiento

Leia mais

Minami Industria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000

Minami Industria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 08940-000 Minami Industria de Aparelhos para a Lavoura Ltda. Estrada do Minami, Km 01 Bairro Hiroi Caixa Postal 75 Biritiba Mirim SP CEP 940-000 E-mail: minami@minami.ind.br Site: www.minami.ind.br Tel./Fax.: (11)

Leia mais

Embalagem Breve histórico: Nytron é uma empresa líder no mercado de reposição de polias e tensionadores; Produzindo 306 itens para reposição; Abastece todo mercado nacional,através dos mais importantes

Leia mais

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Considerações Iniciais "PNEUMÁTICA

Leia mais

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS E ROTINAS DE MANUTENÇÃO ED. SEDE ELEVADORES ATLAS SCHINDLER

ANEXO II ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS E ROTINAS DE MANUTENÇÃO ED. SEDE ELEVADORES ATLAS SCHINDLER ANEXO II ESPECIFICAÇÕES DOS EQUIPAMENTOS E ROTINAS DE MANUTENÇÃO 1. Identificação: ED. SEDE ELEVADORES ATLAS SCHINDLER 1.1. Elevador nº 1 Uso privativo dos juízes 1.2. Elevador nº 2 Uso de Serviço (Cargas)

Leia mais

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO

2. CARACTERÍSTICAS 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO O estabilizador portátil de câmera Tedi Cam é um equipamento de avançada tecnologia utilizado para filmagens de cenas onde há a necessidade de se obter imagens perfeitas em situações de movimento

Leia mais

Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br

Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br Para peças de reposição e Discos de Plantio acesse nossa Loja Virtual: www.knapik.com.br INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA - EPP Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - Bairro Santa Rosa - Porto União - SC Site:

Leia mais

6. CILINDROS PNEUMÁTICOS

6. CILINDROS PNEUMÁTICOS 6. CILINDROS PNEUMÁTICOS Os cilindros, também conhecidos como atuadores lineares, são elementos pneumáticos de trabalho os quais transformam a energia proveniente do ar comprimido em energia mecânica,

Leia mais

Pulverizador Agrícola Manual - PR 20

Pulverizador Agrícola Manual - PR 20 R Pulverizador Agrícola Manual - PR 20 Indústria Mecânica Knapik Ltda. EPP CNPJ: 01.744.271/0001-14 Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br vendas@knapik.com.br

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO TALHAS E TROLES MANUAIS

MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO TALHAS E TROLES MANUAIS MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO TALHAS E TROLES MANUAIS TALHAS ELÉTRICAS GUINCHOS DE ALAVANCA TALHAS COM ACIONAMENTO MANUAL 1) NORMAS UTILIZADAS: NBR 10401 e 10402 Especificação: Fixa as condições exigíveis

Leia mais

OVERLOCK / INTERLOCK SS7703 / 7705DG.

OVERLOCK / INTERLOCK SS7703 / 7705DG. MANUAL DE INSTRUÇÕES MÁQUINA DE COSTURA INDUSTRIAL OVERLOCK / INTERLOCK SS7703 / 7705DG. DIRECT-DRIVE MANUAL DE INSTRUÇÕES Para obter o máximo das muitas funções desta máquina e operá-la com segurança,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO DPE Desmontadora de Pneus Elétrica 01 - Cabeçote Fixador 02 Garras 03 Bicos de Pato Deslocador 04 Haste Móvel 05 Braço Deslocador 06 Trava da Haste Móvel 07 Mola 08 Bico

Leia mais

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço VARREDEIRA ZE072 Manual de serviço A varredeira ZE072 foi desenvolvida para trabalhos na construção civil, de manutenção em estradas, ou locais que necessitem o mesmo sistema de remoção de resíduos. Qualquer

Leia mais

Válvula Plástica de Diafragma RAF - P. Irrigação. Válvula Plástica. www.idealtrading.com.br / Tel: 71-35032799

Válvula Plástica de Diafragma RAF - P. Irrigação. Válvula Plástica. www.idealtrading.com.br / Tel: 71-35032799 Válvula Plástica de Diafragma RAF - P Irrigação Válvula Plástica www.idealtrading.com.br / Tel: 71-502799 Ideal Trading - Válvula Hidráulica de Controle RAF - P Válvula de Controle de Diafragma - Alta

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

CSR/Instruções de inspeção para técnicos

CSR/Instruções de inspeção para técnicos INSTRUÇÕES DE INSPEÇÃO Escavadeiras CSR/Instruções de inspeção para técnicos Esta instrução é um recurso técnico informal. Para obter especificações e procedimentos corretos, refira-se sempre às instruções

Leia mais

- Cilindro Pneumático ISO

- Cilindro Pneumático ISO de Instalação, Operação e Manutenção Janeiro 2000 - ISO Série P1E (Tubo Perfilado) 32 a 100 mm Índice Introdução... 1 Características Técnicas... 1 Características Construtivas... 1 Instalação... 2 Manutenção...

Leia mais

Manual de Instalação de Portas Rollup Tipo Deslizante

Manual de Instalação de Portas Rollup Tipo Deslizante Página 1 de 14 Objetivo: O objetivo dessa instrução é definir e orientar a instalação das esperas necessárias para a montagem de uma porta rollup tipo deslizante, além de detalhar o processo de montagem

Leia mais

GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO

GVS GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO GABINETES DE VENTILAÇÃO TIPO SIROCCO CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS INTRODUÇÃO Os gabinetes de ventilação da linha são equipados com ventiladores de pás curvadas para frente (tipo "sirocco"), de dupla aspiração

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Aparelho de Levantamento. Série B200

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Aparelho de Levantamento. Série B200 Manual de Montagem, Operação e Manutenção Aparelho de Levantamento Série B200 Português Índice Página 1 Aplicação e características gerais 1 Aplicação e características gerais 3 1.1 Aplicação 3 1.2 Características

Leia mais

MANUAL AUTOMATIZADORES LINHA AC CERTIFICAÇÕES AUTOMATIZADORES V - 2012. Desenho ilustrativo WWW.NEWAUTOMATIZADORES.COM.BR. 50,00 mm.

MANUAL AUTOMATIZADORES LINHA AC CERTIFICAÇÕES AUTOMATIZADORES V - 2012. Desenho ilustrativo WWW.NEWAUTOMATIZADORES.COM.BR. 50,00 mm. V - 2012 ME G A A G E AUTOMATIZADORES MANUAL WWW.NEWAUTOMATIZADORES.COM.BR AUTOMATIZADORES LINHA AC CERTIFICAÇÕES 50,00 mm 22,50 mm Management System CNAS C117-Q AUTOMATIZADORES LINHA AC COMPONENTES: 1

Leia mais

MBB C 2500 L LIFETIME EXCELLENCE TRANSPORTE DE CARGAS ATÉ 2500 KG SEGURO, FÁCIL E EFICIENTE, PARA OS MAIS DIVERSOS TIPOS DE APLICAÇÕES

MBB C 2500 L LIFETIME EXCELLENCE TRANSPORTE DE CARGAS ATÉ 2500 KG SEGURO, FÁCIL E EFICIENTE, PARA OS MAIS DIVERSOS TIPOS DE APLICAÇÕES MBB C 2500 L LIFETIME EXCELLENCE TRANSPORTE DE CARGAS ATÉ 2500 KG SEGURO, FÁCIL E EFICIENTE, PARA OS MAIS DIVERSOS TIPOS DE APLICAÇÕES MOVIMENTAÇÃO ÁGIL E SEGURA DEVIDO AO SEU PISO ANTIDERRAPANTE A FERRAMENTA

Leia mais

rimetal casa de vácuo Manual do Usuário Máquinas para Baterias

rimetal casa de vácuo Manual do Usuário Máquinas para Baterias casa de vácuo Manual do Usuário ÍNDICE INTRODUÇÃO Apresentação Dados Técnicos Cuidados Segurança Limpeza 2 3 4 5 6 MANUTENÇÃO Instruções Manutenção Preventiva INSTALAÇÃO 8 9 10 GARANTIA Garantia 12 Contato

Leia mais

DECIBEL. Indústria e Comércio LTDA SENSOR LASER PARA DOBRADEIRA D 171 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br

DECIBEL. Indústria e Comércio LTDA SENSOR LASER PARA DOBRADEIRA D 171 MANUAL DO USUÁRIO. www.decibel.com.br DECIBEL Indústria e Comércio LTDA SENSOR LASER PARA DOBRADEIRA D 171 MANUAL DO USUÁRIO www.decibel.com.br ATENÇÃO É de fundamental importância a leitura completa deste manual, antes de ser iniciada qualquer

Leia mais

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO

bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES CONJUNTO DIESEL PARA SOLDA ELÉTRICA MODELO OL-DUPLO - SEMI FECHADO A SSISTÊNCIAS T ÊCNICASAUTORIZADAS acesse: www.bambozzi.com.br/assistencias.html ou ligue: +55 (16) 33833806 / 33833807 bambozzi MANUAL DE INSTRUÇÕES BAMBOZZI PRODUTOS ESPECIAIS LTDA. Av. XV de Novembro,

Leia mais

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1 Manual de Instruções EQUIPAMENTOS NR12 Nº de série Braesi Equipamentos para Alimentação Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 512 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979.6222 www.braesi.com.br

Leia mais

Manual de Operação. Lixadeira pneumática de alta velocidade 5"- TESM5P

Manual de Operação. Lixadeira pneumática de alta velocidade 5- TESM5P Manual de Operação Lixadeira pneumática de alta velocidade 5"- TESM5P . DADOS TÉCNICOS LIXADEIRA ORBITAL Modelo: Velocidade sem carga: Pressão de ar: Entrada de ar: Disco de lixa: Consumo de ar: TESM5P

Leia mais

Manual de instalação para cancelas automáticas

Manual de instalação para cancelas automáticas DADOS TÉCNICOS Dimensões Descrição Técnica Cancela Condominium Manual de instalação para cancelas automáticas Alimentação Central Ciclo Total Comprimento Barreira Consumo Consumo/Ciclo Freqüência Peso

Leia mais

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Ovos

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Ovos Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação Carroceria para transporte de: Ovos Local: Estrutura da Carroceria 01 01 Ano Reapertar parafusos da estrutura no chassi. 02 06 Meses Verificar vedação das

Leia mais

7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 NX-4 FALCON

7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 NX-4 FALCON NX-4 FALCON 7. CABEÇOTE/VÁLVULAS INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 7-1 DIAGNOSE DE DEFEITOS 7-3 COMPRESSÃO DO CILINDRO 7-4 REMOÇÃO DA TAMPA DO CABEÇOTE 7-5 DESMONTAGEM DA TAMPA DO 7-6 CABEÇOTE REMOÇÃO DA ÁRVORE DE

Leia mais

IRMÃOS ZEN S.A IND. METALÚRGICA

IRMÃOS ZEN S.A IND. METALÚRGICA IRMÃOS ZEN S.A IND. METALÚRGICA Sumário 1. TENSIONADOR DE BORRACHA ZEN... 1 1.1. Partes do Tensionador... 1 1.2. Alocação na Bancada... 1 1.3. Melhorias na Bancada... 2 2. TANQUES DE COMBUSTÍVEL DE RETORNO...

Leia mais

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE

SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE SENSOR INFRAVERMELHO ATIVO DUPLO FEIXE duoiva-3010 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO LEIA TODO O CONTEÚDO DESTE MANUAL ANTES DE INICIAR A INSTALAÇÃO Esta página foi intencionalmente deixada em branco. INTRODUÇÃO

Leia mais

APOSTILA DE MANUTENÇÃO - Compactador RAM 70 (Honda) -

APOSTILA DE MANUTENÇÃO - Compactador RAM 70 (Honda) - APOSTILA DE MANUTENÇÃO 1- OBJETIVO. Apresentar os passos necessários para a manutenção do compactador RAM70 com motor Honda GX120. 2- PASSOS DE DESMONTAGEM / MONTAGEM. Retirar filtro de ar. Retirar mangueira

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Reta de Alta Velocidade

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Costura Reta de Alta Velocidade Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Costura Reta de Alta Velocidade 191D 20 / 20C 30 / 30C 70 / 70C Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas. 2009 Copyright

Leia mais

MVB06G Sensor de Vibração de 3 eixos, com Relés de Estado Sólido

MVB06G Sensor de Vibração de 3 eixos, com Relés de Estado Sólido MVB06G Sensor de Vibração de 3 eixos, com Relés de Estado Sólido 1) DESCRIÇÃO O MVB06G é um Sensor de Vibração desenvolvido com Tecnologia Micromachine (MEM s), apresentando alta precisão e confiabilidade.

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Central de Iluminação de Emergência 12 V(cc), 20 A, com Capacidade de 240 W. Código AFB240 A central de iluminação de emergência é alimentada pela rede elétrica predial (110 ou 220 volts) e também possui

Leia mais

Manual para uso da Bancada de Testes Freios Farj ÍNDICE BANCADA DE TESTES PNEUMÁTICOS FREIOS FARJ... 03 1 REGULADOR DE PRESSÃO...

Manual para uso da Bancada de Testes Freios Farj ÍNDICE BANCADA DE TESTES PNEUMÁTICOS FREIOS FARJ... 03 1 REGULADOR DE PRESSÃO... 2 ÍNDICE BANCADA DE TESTES PNEUMÁTICOS FREIOS FARJ... 03 1 REGULADOR DE PRESSÃO... 04 2 VÁLVULA APU REGULADOR DE PRESSÃO E SECADOR... 08 3 APU VÁLVULA PROTETORA DE 4 CIRCUITOS... 13 4 VÁLVULA DE 04 CIRCUITOS...

Leia mais

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA Manual de Operação e Manutenção LG958L/LG959 ADVERTÊNCIA Os operadores e o pessoal de manutenção devem ler este manual com cuidado e entender as instruções antes de usar a carregadeira de rodas, para evitar

Leia mais

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Engate Automático

Manual de Montagem, Operação e Manutenção. Engate Automático Manual de Montagem, Operação e Manutenção Português Índice Página 1 Introdução e características gerais 1 Introdução e características gerais 3 1.1 Introdução 3 1.2 Características gerais 3 1.3 Valor D

Leia mais

Bomba injetora: todo cuidado é pouco

Bomba injetora: todo cuidado é pouco Bomba injetora: todo cuidado é pouco Bomba injetora: todo cuidado é pouco Veja como identificar os problemas da bomba injetora e retirá-la corretamente em casos de manutenção Carolina Vilanova A bomba

Leia mais

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740 Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa Isolamento dos efeitos de partida e parada da bomba do sistema, para: Bombas de velocidade única isoladas Bateria para bombas de velocidade única

Leia mais

Manual de Instruções e Termo de Garantia

Manual de Instruções e Termo de Garantia Manual de Instruções e Termo de Garantia 1.Identificação dos itens. 2.Marque na porta a altura do centro da maçaneta (sugestão: 1,10m em relação ao piso). 4.Com auxílio de ferramentas (formão, furadeira,

Leia mais

Válvula Vanessa Série 30.000 Manual de Instalação e Manutenção. SEÇÃO 1 Armazenagem da Válvula. 1.1 Preparação e Conservação para Expedição

Válvula Vanessa Série 30.000 Manual de Instalação e Manutenção. SEÇÃO 1 Armazenagem da Válvula. 1.1 Preparação e Conservação para Expedição VANESSA Válvula Vanessa Série 30.000 - Configuração Básica Tipo de Corpo de Dupla Flange, Wafer e com Olhais de Montagem. Gama de Produtos Aplicável Série 30.000 de Configuração Básica, Tipo de Corpo de

Leia mais

PLACAS PARA TORNOS E CENTROS DE TORNEAMENTO

PLACAS PARA TORNOS E CENTROS DE TORNEAMENTO PLACAS PARA TORNOS E CENTROS DE TORNEAMENTO Sumário 1. Informações gerais 3 2. Características técnicas das Placas Pneumáticas PPU 3 3. Instruções de montagem, operação e manutenção 7 3.1. Montagem 7 3.1.1.

Leia mais

Caminhões basculantes. Design PGRT

Caminhões basculantes. Design PGRT Informações gerais sobre caminhões basculantes Informações gerais sobre caminhões basculantes Os caminhões basculantes são considerados como uma carroceria sujeita à torção. Os caminhões basculantes são

Leia mais

Seção 12 Conjunto do motor

Seção 12 Conjunto do motor Seção 12 Conjunto do motor Página CONJUNTO DO MOTOR... 164 Instalação do virabrequim... 164 Instale o pistão e a biela... 164 Instalação do eixo de cames... 164 Instalação da bomba de óleo... 165 Instalação

Leia mais

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos

Tecnologia Eletromecânica. Atuadores eletromecânicos Tecnologia Eletromecânica Atuadores eletromecânicos 3 de junho de 2014 Parker Eletromecânica Entendendo as necessidades do cliente Gerenciamento do Projeto Analise do Sistema Aceite dos Parametros de teste

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS!

MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO. Página 1- Indicações de uso AVISOS! MANUAL DO USUÁRIO MINI- MOTO Página 1- Indicações de uso AVISOS! *Não é permitido para pessoas que não entenderam o manual de instruções, dirigirem a mini-moto. *Deve ser utilizado a mistura de gasolina

Leia mais

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros

Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS. ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros Anexo III - ESPECIFICAÇÕES DOS OBJETOS ITEM ESPECIFICAÇÃO UNIDADE VALOR 01 Tanque c/ equipamento combinado c/capacidade para 6m³ litros 01 (Instalado sobre reboque agrícola). 1 1 TANQUE RESERVATÓRIO: Tanque

Leia mais

Controle de Medidas - Instrumentos de Medição. Prof. Casteletti PAQUÍMETRO UNIVERSAL

Controle de Medidas - Instrumentos de Medição. Prof. Casteletti PAQUÍMETRO UNIVERSAL PAQUÍMETRO UNIVERSAL O paquímetro é um instrumento usado para medir dimensões lineares internas, externas e de profundidade. Consiste em uma régua graduada, com encosto fixo, na qual desliza um cursor.

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

ANEXO IX INJETORA DE MATERIAIS PLÁSTICOS 1. Para fins de aplicação deste Anexo considera-se injetora a máquina utilizada para a fabricação

ANEXO IX INJETORA DE MATERIAIS PLÁSTICOS 1. Para fins de aplicação deste Anexo considera-se injetora a máquina utilizada para a fabricação ANEXO IX INJETORA DE MATERIAIS PLÁSTICOS 1. Para fins de aplicação deste Anexo considera-se injetora a máquina utilizada para a fabricação descontínua de produtos moldados, por meio de injeção de material

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO E INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTRUÇÃO E INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTRUÇÃO E INSTALAÇÃO ALARME MICROCONTROLADO PARABÉNS O Sistema de segurança OMEGA 7 que você adquiriu, é o que há de mais avançado no mercado, pois reúne a tecnologia dos modernos micro controladores,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS AUTO

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS AUTO MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS AUTO N de Homologação: 1703-09-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação TETROS AUTO 2 Índice Página 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 4 3. Conhecendo o equipamento...

Leia mais

Índice. 5.2.7 Instalação da Unidade de Força, linhas. h id ráu lica s...13. 1 Precauções 1. 5.2.8 Conexão da linha de ar.15

Índice. 5.2.7 Instalação da Unidade de Força, linhas. h id ráu lica s...13. 1 Precauções 1. 5.2.8 Conexão da linha de ar.15 Índice 1 Precauções 1 2 Estrutura Geral e Princípios de Trabalho 2 2.1 Diagrama Estrutural..2 2.2 Princípio de Trabalho.4 3 Ferramentas para instalação e ajuste... 6 4 Desembalando.6 5 Instalação 6 5.1

Leia mais

Manual para uso correto das polias e melhoria em sua transmissão

Manual para uso correto das polias e melhoria em sua transmissão Manual para uso correto das polias e melhoria em sua transmissão 2 Índice 2 - Antes de efetuar a inspeção ou substituição de uma polia: 3 -Segurança 4 - Superfícies e medidas dos canais 5 - Relação Canal

Leia mais