REVOLUÇÃO RUSSA.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVOLUÇÃO RUSSA. http://historiaonline.com.br"

Transcrição

1 REVOLUÇÃO RUSSA 1917

2 Estrutura Social Sociedade: Agrária elite la=fundiária (20%) De=nha 80% das terras.

3 Estrutura Social da Rússia Czarista no séc. XX Boiardos Clero Militares Mujiques

4 Economia e Polí=ca Economia: uma das economias mais atrasadas da Europa. Polí0ca: absolu=sta poder polí=co = czar. Nicolau II.

5

6

7 Oposição ao Czar POSD: Par=do Operário Social Democrata 2 facções: Mencheviques: grupo minoritário do par=do revolução burguesa como base de preparação para a revolução socialista. Líderes: Gheorgi Plekhanov e Iulii Martov.

8 Plekhanov Martov

9 Bolcheviques: grupo majoritário do par=do Líder: Vladmir Ilitch Ilianov (Lênin). Teoria: leninismo- marxismo revolução socialista sem passar por uma revolução burguesa. Obra: O que fazer (1901 e 1902).

10

11 O Domingo Sangrento Guerra Russo- Japonesa ( ) Derrota russa. Pobreza do campesinato e das cidades. Altos custos da guerra. Crise social

12 22/01/1905: manifestação popular de caráter pacífico. Des=no: Palácio de Inverno do czar (São Petersburgo) Reivindicações: direitos ao povo, reforma agrária, tolerância religiosa, fim da censura, presença de representantes do povo no governo.

13 Forte repressão pela Guarda Imperial. Fim do apoio popular ao governo. Conseqüências: revolta da Marinha levante do Encouraçado Potenkim. Nicolau II: recua diante da revolta.

14 Manifesto de Outubro Elaborado pelo governo czarista Monarquia cons0tucional parlamentarista. Soviets: conselho de trabalhadores: par=cipação popular. Duma (Parlamento): por diversas vezes, o parlamento foi fechado pelo czar.

15

16

17

18

19 A 1ª Guerra Mundial Rússia: Tríplice Entente (FRA+ING) Saldo de 4 milhões de mortos Crise econômica sem precedentes. Oposição ao governo do czar Pressão pela saída da Rússia da guerra

20

21

22 Revolução Menchevique (03/1917) Lider: Alexander Kerensky Revolução dentro da Duma Queda do governo de Nicolau II. Início da República da Duma. caráter burguês, mantém a Rússia na 1ª Guerra Mundial. Descontentamento popular. Aliança Bolcheviques + Povo

23

24

25

26

27

28 Revolução Bolchevique (10/1917) Teses de Abril: plano de governo bolchevique paz, pão e terra, saída da guerra, o fim da fome e a reforma agrária. Leon Trotsky, Formação da Guarda Vermelha, todo poder aos soviets,

29 Trotsky

30 07/11/1917: Guarda Vermelha toma o Palácio de Inverno. Lênin: assume o comando polí=co da Rússia, Conselho de Comissários do Povo Fim da República da Duma.

31 GOVERNO BOLCHEVIQUE Trotsky (Secretário dos Negócios Externos) Stálin (Secretário dos Negócios Internos). Apelo aos Trabalhadores, soldados e camponeses: redigido por Lênin. início o governo socialista na Rússia.

32

33

34

35

36

37 Governo de Lênin ( ) Nacionalização e esta=zação de indústria e bancos. Início da reforma agrária Terras = propriedades do Estado. Tratado de Brest- Litovsky (03/03/1918): saída da Rússia da Guerra

38 1918: 1ª Cons=tuição Socialista criação da República Socialista Russa. 1923: 2ª Cons=tuição Socialista criação da União das Repúblicas Socialistas Sovié0cas entrada de outros países da região dentro do sistema socialista.

39 Problemas do governo Lênin Guerra Civil ( ) Mencheviques X Bolcheviques Comunismo de guerra Morte de 1,5 milhão de pessoas Bloqueio econômico imposto por potências como Inglaterra e França.

40 Nova Polí0ca Econômica Plano de recuperação econômica (NEP). Formação de pequenas propriedades, comércios e venda de produtos. Medidas de caráter capitalista OBJETIVO: normalizar o abastecimento interno acabar com a situação de escassez e a fome.

41 Dar um passo para trás, para dar dois passos à frente : recuperação dos setores de base da economia russa (agricultura, indústria e comércio).

42 A MORTE DE LÊNIN E A DISPUTA PELO PODER: 21/01/1924 Disputa entre seus dois principais aliados: Trotsky: defendia a teoria da revolução permanente. Stálin: tese do socialismo em um só país estabilização do socialismo na URSS como etapa preliminar à sua expansão global. Vitória de Stálin.

43

44

45

46

47

48

49

50

51 O GOVERNO DE STÁLIN ( ) Fim da NEP (1928) Adoção dos Planos Qüinqüenais. planificação da economia períodos de 5 anos, Fim da economia de mercado. Três etapas:

52 : aumento da produção industrialização de base reforma agrária através criação dos kolkhozes (coopera=vas) e sovkhozes (fazendas estatais).

53 : esxmulo ao consumo desenvolvimento tecnológico.

54 : desenvolvimento de áreas específicas indústria química setores estratégicos (tecnologia de ponta, armamentos). A eclosão da 2ª Guerra Mundial provocou a suspensão desse plano.

55 A Polí=ca de Stálin Par0do Comunista da União Sovié0ca (PCUS): unipar=darismo. Extradições, prisões e execuções; Campos de concentração (Gulags); Sistema ditatorial; Fim dos ideais democrá=cos e expansionistas defendidos por Lênin e Trotsky.

56 Propaganda de idealização de sua imagem; Homem de ferro ; Personificação do poder;

ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da

ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da REVOLUÇÃO RUSSA ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da Europa. BASE: agro-exportação. 2. POLÍTICA:

Leia mais

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br. Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo.

História Prof. Iair Grinschpun - iair@pop.com.br. Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo. REVOLUÇÃO RUSSA Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo. 1 - ANTECEDENTES: Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. Ausência de liberdades individuais. Igreja Ortodoxa

Leia mais

Revolução Russa. Setor Aula 23 Revolução Russa Aula 23. Prof. Edu. 1 Antecedentes. 2 Revolução de Outubro (1917)

Revolução Russa. Setor Aula 23 Revolução Russa Aula 23. Prof. Edu. 1 Antecedentes. 2 Revolução de Outubro (1917) Aula 23 Revolução Russa 1 Antecedentes Setor 1606 2 Revolução de Outubro (1917) 3 Construção do Socialismo ealvespr@gmail.com 1.1 Antecedentes Czar Nicolau II Absolutismo Igreja Ortodoxa Monopólio do ensino

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA (1917)

REVOLUÇÃO RUSSA (1917) REVOLUÇÃO RUSSA (1917) Implantação do modelo socialista na Rússia Prof: Otto Barreto Guerra da Criméia (1853-55) Enfraquecimento do Império Turco-Otomano - homem doente ; Conflito por Jerusalém e Constantinopla:

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar.

REVOLUÇÃO RUSSA. Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar. Antecedentes: REVOLUÇÃO RUSSA Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar. Situação Econômica: era um país extremamente atrasado, economia agrária,

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Prof. Marcelo Silva

REVOLUÇÃO RUSSA. Prof. Marcelo Silva REVOLUÇÃO RUSSA Prof. Marcelo Silva Antecedentes 1. Contradições exageradas na sociedade russa. Má distribuição das terras e riquezas. 2. Czarismo: absolutismo russo (XVI XX) a) Excesso de poder dificultava

Leia mais

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Antecedentes Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. (85% pop. Rural) Ausência de liberdades individuais. Igreja Ortodoxa monopolizava o ensino

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA REVOLUÇÃO RUSSA (1917) Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo.

IDADE CONTEMPORÂNEA REVOLUÇÃO RUSSA (1917) Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo. Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo. CZAR NICOLAU II 1 - ANTECEDENTES: Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. Ausência de liberdades individuais. Igreja Ortodoxa

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História REVOLUÇÃO RUSSA Monique Bilk História CONTEXTO Rússia Feudal até 1860. (XIX) Monarquia absolutista, teocrática Czarismo. Aristocracia rural. No começo do século XX, a Rússia era um país de economia atrasada

Leia mais

A RÚSSIA IMPERIAL monarquia absolutista czar

A RÚSSIA IMPERIAL monarquia absolutista czar A RÚSSIA IMPERIAL Desde o século XVI até a Revolução de 1917 a Rússia foi governada por uma monarquia absolutista; O rei era chamado czar; O czar Alexandre II (1818-1881) deu início, na metade do século

Leia mais

Importante acontecimento do século XX. Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo

Importante acontecimento do século XX. Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo 03. REVOLUÇÃO RUSSA Importante acontecimento do século XX Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo ao capitalismo Rússia no início do século XX

Leia mais

Revolução Russa 1917

Revolução Russa 1917 Revolução Russa 1917 1 A RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA Economia Predominantemente rural (latifúndios) com vestígios do feudalismo, muito atrasado economicamente. Mais da metade do capital russo provinha de

Leia mais

História B aula 17 As Revoluções Russas.

História B aula 17 As Revoluções Russas. História B aula 17 As Revoluções Russas. Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo Antecedentes do processo revolucionário... Características da Rússia na virada do século XIX: -Governada pelo

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA Profª. Maria Auxiliadora

A REVOLUÇÃO RUSSA Profª. Maria Auxiliadora A REVOLUÇÃO RUSSA - 1917 Profª. Maria Auxiliadora 1 - ANTECEDENTES: Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. Ausência de liberdades individuais. CZAR NICOLAU II Igreja Ortodoxa monopolizava

Leia mais

1º bimestre 3ª série Contemporânea Revoluções Russas Cap. 42 p Roberson de Oliveira

1º bimestre 3ª série Contemporânea Revoluções Russas Cap. 42 p Roberson de Oliveira 1º bimestre 3ª série Contemporânea Revoluções Russas Cap. 42 p. 404 Roberson de Oliveira 1. As transformações econômicas, sociais e políticas na ordem feudal-czarista Fatores e alguns efeitos: 1. Fatores

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA (1917): Do czarismo à U.R.S.S. PROFESSOR ESPECIALISTA HAROLDO TRAZÍBULO JR.

REVOLUÇÃO RUSSA (1917): Do czarismo à U.R.S.S. PROFESSOR ESPECIALISTA HAROLDO TRAZÍBULO JR. REVOLUÇÃO RUSSA (1917): Do czarismo à U.R.S.S. PROFESSOR ESPECIALISTA HAROLDO TRAZÍBULO JR. KARL MARX A revolução comunista é a ruptura mais radical com o regime tradicional de propriedade (...). O proletariado

Leia mais

MATERIAL DE APOIO História 8ª Série

MATERIAL DE APOIO História 8ª Série MATERIAL DE APOIO História 8ª Série REPÚBLICA VELHA: DOMINAÇÃO No Brasil da República Velha o voto não era secreto, como hoje em dia, e as fraudes eleitorais eram frequentes. No poder, revezavam-se principalmente

Leia mais

História REVOLUÇÃO RUSSA 1917 PROFº OTÁVIO

História REVOLUÇÃO RUSSA 1917 PROFº OTÁVIO História REVOLUÇÃO RUSSA 1917 PROFº OTÁVIO Revolução Russa (1917) A Rússia no início do século XX O império russo era constituído por um conjunto de etnias e culturas. 80% da população vivia no campo e

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: Eustáquio.

REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: Eustáquio. REVOLUÇÃO RUSSA Professor: Eustáquio www.centroestrategia.com.br CZARISMO ABSOLUTISMO üapoio DA IGREJA ORTODOXA RUSSA üapoio DA NOBREZA PROPRIETÁRIA DE TERRAS üvários POVOS REPRIMIDOS üagricultura ARCAICA

Leia mais

População: entre 150 e 170 milhões; Entre final do século XIX e início do XX: Atraso russo perante a Europa; Um quarto da população grupos étnicos

População: entre 150 e 170 milhões; Entre final do século XIX e início do XX: Atraso russo perante a Europa; Um quarto da população grupos étnicos População: entre 150 e 170 milhões; Entre final do século XIX e início do XX: Atraso russo perante a Europa; Um quarto da população grupos étnicos diferentes Subjugados ao nacionalismo russo; (Nacionalidade

Leia mais

Curso de História. Prof. Fabio Pablo. efabiopablo.wordpress.com

Curso de História. Prof. Fabio Pablo. efabiopablo.wordpress.com RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA OPOSIÇÃO AO CZARISMO REVOLUÇÃO DE 1905 REVOLUÇÃO DE 1917 REDS DA REVOLUÇÃO RUSSA À QUEDA DO MURO DE BERLIM O ENCOURAÇADO POTEMKIN EFABIOPABLO.WORDPRESS.COM GUERRA CIVIL #OPOSIÇÃO

Leia mais

Revolução Russa. Outubro/Novembro de 1917

Revolução Russa. Outubro/Novembro de 1917 Revolução Russa Outubro/Novembro de 1917 Expansão do Império Russo Antecedentes: Rússia antes da I Guerra: Economia: 90% = rural camponeses livres 10% = industrializado Moscou Kiev São Petersburgo operários

Leia mais

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTORIA Professor (a): RODRIGO CUNHA Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

Antecedentes da Revolução. Fases. Revolução Branca Revolução Vermelha Guerra Civil. Domingo Sangrento Revolta do Potemkin A greve geral

Antecedentes da Revolução. Fases. Revolução Branca Revolução Vermelha Guerra Civil. Domingo Sangrento Revolta do Potemkin A greve geral REVOLUÇÃO RUSSA Antecedentes da Revolução Domingo Sangrento Revolta do Potemkin A greve geral Fases Revolução Branca Revolução Vermelha Guerra Civil Contexto Político Econômico Social Ideológico Czar Nicolau

Leia mais

CVM CENTRO DE ESTUDOS VICTOR MEYER

CVM CENTRO DE ESTUDOS VICTOR MEYER CVM CENTRO DE ESTUDOS VICTOR MEYER Projeto: Recuperação do acervo da ORM Política Operária PROGRAMAÇÃO DE FORMAÇÃO DE QUADROS Documento da ORM - PO, publicado em: Set/1977 Documento digitalizado em: 20.04.2009

Leia mais

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2

Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2014 Disciplina: HISTORIA Professor (a): RODRIGO CUNHA Ano: 9º Turma: 9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA - LISTA DE EXERCÍCIOS

REVOLUÇÃO RUSSA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1. (Udesc 2014) Leia o documento abaixo: Um terço do país se encontra submetido a um regime de vigilância especial, isto é, fora da lei. As forças policiais, sejam visíveis ou secretas, aumentam dia a

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA

REVOLUÇÃO RUSSA REVOLUÇÃO RUSSA - 1917 Movimento social ocorrido na Rússia em 1917 que levou ao poder pela primeira vez na história a classe operária implantando o socialismo de Karl Mark. socialismo [Do fr. socialisme.]

Leia mais

Primeira Guerra Mundial

Primeira Guerra Mundial Aulas 39 40 Primeira Guerra Mundial 1 Causas Setor 1602 2 Desenvolvimento 3 Conferência de Paris (1919) ealvespr@gmail.com Objetivo da aula Apresentar as causas e as consequências da Primeira Guerra Mundial.

Leia mais

Ciências Humanas História. Guerra Fria

Ciências Humanas História. Guerra Fria Ciências Humanas História Guerra Fria Relembrando Professor Evandro R. Saracino ersaracino@gmail.com Facebook.com/ersaracino Facebook.com/errsaracino Estude o MESMO conteúdo 2x por dia Leia, leia muito,

Leia mais

A REVOLUÇÃO SOCIALISTA NA RÚSSIA

A REVOLUÇÃO SOCIALISTA NA RÚSSIA A REVOLUÇÃO SOCIALISTA NA RÚSSIA A RÚSSIA NAS VÉSPERAS DA REVOLUÇÃO DA RÚSSIA DOS CZARES À RÚSSIA DOS SOVIETES RÚSSIA NAS VÉSPERAS DA REVOLUÇÃO ESPAÇO A Rússia no início do século XX, estendia-se desde

Leia mais

Primeira vez que as teorias de Marx e Engels (socialismo científico) são postas em prática

Primeira vez que as teorias de Marx e Engels (socialismo científico) são postas em prática Primeira vez que as teorias de Marx e Engels (socialismo científico) são postas em prática Dúvidas do 11º ano? Vê aqui - 1917: 2 revoluções Fevereiro: deposição do czar e instauração de uma república parlamentar

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO E O SEU IMPACTO NO MUNDO

A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO E O SEU IMPACTO NO MUNDO A CONSTRUÇÃO DO MODELO SOVIÉTICO E O SEU IMPACTO NO MUNDO Império russo (início do século a 1917) Território * Governo Maior império da Europa, estendendo-se da Ásia ao pacífico * Monarquia absoluta e

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917: UM RESUMO

A REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917: UM RESUMO A REVOLUÇÃO RUSSA DE 1917: UM RESUMO INTRODUÇÃO E ANTECEDENTES. Entende-se por Revolução Russa ou Revolução Bolchevista ou ainda Revolução Comunista de 1917, o conjunto de transformações revolucionárias

Leia mais

A Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa

A Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa A Primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa Capítulo 35 Primeira Guerra Mundial Revolução Russa 35.1 A Primeira Guerra Mundial 35.1 A Primeira Guerra Mundial Fatores da guerra Nacionalismo: pan-eslavismo

Leia mais

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos.

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos. O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Introdução Rússia, principal potência política, econômica e militar da

Leia mais

INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA

INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA CRISE DO SISTEMA COLONIAL E DO ANTIGO REGIME NO CONTINENTE AMERICANO CONTEXTO Crise do Absolutismo (Antigo Regime). Expansão dos ideais Iluministas Liberalismo econômico

Leia mais

Ordem geopolítica e econômica

Ordem geopolítica e econômica Ordem geopolítica e econômica Ordem internacional: arranjo geopolítico e econômico que regula as relações entre as nações do mundo em determinado momento histórico. A ordem geopolítica Durante a Segunda

Leia mais

SABADÃO CSP O PERÍODO ENTRE GUERRAS PROF. BRUNO ORNELAS

SABADÃO CSP O PERÍODO ENTRE GUERRAS PROF. BRUNO ORNELAS SABADÃO CSP O PERÍODO ENTRE GUERRAS PROF. BRUNO ORNELAS TEMAS PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL; A REVOLUÇÃO RUSSA; A CRISE DE 1929; A PRIMEIRA REPÚBLICA; O NAZIFASCISMO. ANTECEDENTES SEGUNDA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Leia mais

1º BIMESTRE 2016 Disciplina: História Série: 3º Ano Professor: Otto Terra

1º BIMESTRE 2016 Disciplina: História Série: 3º Ano Professor: Otto Terra TEXTO BASE: REVOLUÇÃO RUSSA (1917) Para compreender a Revolução Russa é necessário analisar o contexto políticosocial do Império Russo no final do século XIX e início do século XX: - A Rússia era um país

Leia mais

Ainda no começo do século XX a Rússia era um gigantesco país de economia atrasada, ruralizada, semifeudal e com população absolutamente miserável...

Ainda no começo do século XX a Rússia era um gigantesco país de economia atrasada, ruralizada, semifeudal e com população absolutamente miserável... Ainda no começo do século XX a Rússia era um gigantesco país de economia atrasada, ruralizada, semifeudal e com população absolutamente miserável... Além disso: A Rússia era uma monarquia absolutista,

Leia mais

É CORRETO afirmar que, através dessa revolução, assumiu/assumiram o poder na Rússia:

É CORRETO afirmar que, através dessa revolução, assumiu/assumiram o poder na Rússia: Simulado 901 Questão 1 A Revolução de 1917, na Rússia, mudou os destinos daquela Nação. Inicialmente comparada com a Revolução Francesa, logo ficou evidente que a Revolução Russa não tinha paralelo histórico.

Leia mais

Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa:

Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa: Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa: Observe as figuras abaixo: Cavour Unificação Italiana Bismarck Unificação Alemã O processo de unificação da Alemanha

Leia mais

REVOLUÇÕES INGLESAS FIM DO ABSOLUTISMO INGLÊS SÉC. XVII. http://historiaonline.com.br

REVOLUÇÕES INGLESAS FIM DO ABSOLUTISMO INGLÊS SÉC. XVII. http://historiaonline.com.br REVOLUÇÕES INGLESAS FIM DO ABSOLUTISMO INGLÊS SÉC. XVII Elizabeth I (1558-1603). Consolidação da Reforma Anglicana. 1563: Lei dos 39 Artigos Adoção do Calvinismo como conteúdo doutrinário do Anglicanismo.

Leia mais

Resumo de História Prova 28/09

Resumo de História Prova 28/09 Resumo de História Prova 28/09 Temas predominantes: Primeira Guerra e Revoluções Russas. Por Inaê Odara, 2ºA - Reconhecer e caracterizar os principais marcos destes processos históricos 1ª GM: Em 1914,

Leia mais

CHINA potência do século XXI

CHINA potência do século XXI OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. A MÓDULO 36 CHINA potência do século XXI O DOMÍNIO ESTRANGEIRO - No século XIX e início do XX: neocolonialismo e o imperialismo já haviam submetido a China aos interesses capitalistas

Leia mais

Exercícios de Revolução Russa e o Stalinismo

Exercícios de Revolução Russa e o Stalinismo Exercícios de Revolução Russa e o Stalinismo 1. (Cesgranrio) "Desde os primeiros dias da Revolução, o nosso partido teve a convicção de que a lógica dos acontecimentos o levaria ao poder." (Leon Trotsky)

Leia mais

Os sistemas capitalista e socialista

Os sistemas capitalista e socialista Os sistemas capitalista e socialista Na Europa durante o Renascimento Comercial e Urbano nos sec. XIII e XIV quando os habitantes dos burgos firmam os primeiros princípios como a busca do lucro, acumulação

Leia mais

GUERRA FRIA 1945-1991. http://historiaonline.com.br

GUERRA FRIA 1945-1991. http://historiaonline.com.br GUERRA FRIA 1945-1991 http://historiaonline.com.br DEFINIÇÃO Ordem bipolar EUA X URSS. Capitalismo X Socialismo. Paz improvável, guerra impossível. http://historiaonline.com.br Características a) Corrida

Leia mais

A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 1939-1945 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 1939-1945 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL 1939-1945 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS Organismo criada para impedir a ocorrência de novos conflitos na proporção da Primeira Guerra. Responsável por aplicar as cláusulas

Leia mais

Primeira Guerra Mundial [Questões]

Primeira Guerra Mundial [Questões] Primeira Guerra Mundial [Questões] ::: Fonte Do Saber - Mania de Conhecimento ::: adsense1 PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL - QUESTIONÁRIO ADSENSE2 1) Dê o significado das expressões abaixo: a- Pan Eslavismo União

Leia mais

Mudança e transformação social

Mudança e transformação social 7 Unidade Mudança e transformação social Revolução é a transformação radical das estruturas sociais, políticas e econômicas de uma sociedade. Outros tipos de mudança são as reformas sociais. Para o pensador

Leia mais

Operários ameaçados pelo desemprego, com fracas condições de vida, salários baixos e horários pesados

Operários ameaçados pelo desemprego, com fracas condições de vida, salários baixos e horários pesados 1.3 Portugal: da 1.ª República à Ditadura Militar Descontentamento e vontade de mudança Final século XIX Portugal é predominantemente um país agrícola Industria centrada em Lisboa e no Porto Balança comercial

Leia mais

Profª: Sabrine Viviane Welzel

Profª: Sabrine Viviane Welzel Geografia 9 ano Tigres Asiáticos 1- O Japão vem passando por uma crise econômica bastante séria. Em 1995 duas das maiores instituições de crédito do país faliram, ocorreram grandes escândalos na área política

Leia mais

Migrações - Mobilidade Espacial. Externas, internas, causas e consequências.

Migrações - Mobilidade Espacial. Externas, internas, causas e consequências. Migrações - Mobilidade Espacial Externas, internas, causas e consequências. Classificação Internas: dentro de um país. Externas: de um país para outro. De retorno: de volta ao país de origem Imigração:

Leia mais

MONARQUIA INGLESA PROCESSO DE FORMAÇÃO. http://historiaonline.com.br

MONARQUIA INGLESA PROCESSO DE FORMAÇÃO. http://historiaonline.com.br MONARQUIA INGLESA PROCESSO DE FORMAÇÃO Guilherme l, o Conquistador 1066: batalha de Hastings Guilherme, o Conquistador (duque da Normandia) derrota o último rei anglo-saxônico, Haroldo II Início da dinastia

Leia mais

IDADE CONTEMPORÂNEA. Prof. Iair FERRA- MENTAS MANUAIS DIVISÃO DO TRABALHO TRABALHO INDIVIDUAL FERRAMENTAS MECÂNICAS

IDADE CONTEMPORÂNEA. Prof. Iair FERRA- MENTAS MANUAIS DIVISÃO DO TRABALHO TRABALHO INDIVIDUAL FERRAMENTAS MECÂNICAS Definição: conjunto de transformações técnicas, econômicas e sociais caracterizadas pela substituição da energia física pela mecânica, da ferramenta pela máquina e da manufatura pela fábrica. ARTESANATO

Leia mais

A revolução russa passo a passo 03-Nov-2007

A revolução russa passo a passo 03-Nov-2007 A revolução russa passo a passo 03-Nov-2007 A revolução de Outubro só foi possível depois de muitos esforços e sacrifícios da classe operária e dos camponeses, oprimidos e entregues à miséria durante o

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 3

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 3 Sugestões de avaliação História 9 o ano Unidade 3 5 Nome: Data: Unidade 3 1. Numere cronologicamente as seguintes invenções: ( ) Voo do 14 Bis, de Santos Dumont. ( ) Invenção do telefone. ( ) Primeira

Leia mais

O surgimento da sociedade de massas. O crescimento populacional

O surgimento da sociedade de massas. O crescimento populacional O surgimento da sociedade de massas O crescimento populacional A partir de 1850, na Europa e nos Estados Unidos, houve um enorme crescimento populacional, crescimento das cidades e aparecimento das primeiras

Leia mais

Evolução do conceito de marketing

Evolução do conceito de marketing Evolução do conceito de marketing Sociedades coletoras, nômades A primeira atividade de marketing Troca de produtos de pesca, caça e agricultura para atender as necessidades dos indivíduos Comércio primitivo

Leia mais

Sugestão de Atividades História 9º ano Unidade 6

Sugestão de Atividades História 9º ano Unidade 6 1. (UFPR) Com o final da Segunda Guerra Mundial, em 1945, a antiga política de equilíbrio europeu deu lugar à constituição de dois blocos de interesses rivais, liderados pelos Estados Unidos e pela União

Leia mais

CHINA Política e Economia

CHINA Política e Economia China séculos XIX e XX Exportadora de produtos primários para países capitalistas mais desenvolvidos Canela, seda, chá (produtos de exportação chineses) Guerra do Ópio contra a Inglaterra (1839 1842, 1856

Leia mais

Aula 11 História 4B OS IMPERIALISMOS I

Aula 11 História 4B OS IMPERIALISMOS I Aula 11 História 4B OS IMPERIALISMOS I Imperialismo Domínio imposto por uma nação poderosa sobre regiões ou países considerados mais fracos sob os aspectos político, militar e econômico. IMPERIALISMO EUROPEU

Leia mais

Confucionismo As oito virtudes. Respeito aos outros Tolerância Perdão Fidelidade Devoção Confiança Dever Culto aos antepassados.

Confucionismo As oito virtudes. Respeito aos outros Tolerância Perdão Fidelidade Devoção Confiança Dever Culto aos antepassados. China O Território Chinês Formação da China A civilização chinesa surgiu em torno do Rio Amarelo (Huang He), por volta de 5000 a.c. Esses povos foram dominados por outra etnia, a Shang, dando início, em

Leia mais

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15 1- Quais as contradições permanentes e fundamentais do Modo de Produção Capitalista? 2- O que geraram esses problemas/contradições? 3- Além de todos

Leia mais

O FIM GUERRA FRIA MOTIVOS PARA O FIM DA BIPOLARIDADE E O SURGIMENTO DE UMA NOVA ORDEM MUNDIAL

O FIM GUERRA FRIA MOTIVOS PARA O FIM DA BIPOLARIDADE E O SURGIMENTO DE UMA NOVA ORDEM MUNDIAL O FIM GUERRA FRIA MOTIVOS PARA O FIM DA BIPOLARIDADE E O SURGIMENTO DE UMA NOVA ORDEM MUNDIAL ACORDOS, CONFERÊNCIAS E TRATADOS RELACIONADOS A 2 GUERRA MUNDIAL CONFERÊNCIA DO CAIRO (11/1943) * Encontro

Leia mais

NEOCOLONIALISMO: Capitalismo industrial e financeiro; Objetivos: mercados consumidores de manufaturas e fornecedores de matériasprimas; busca de colôn

NEOCOLONIALISMO: Capitalismo industrial e financeiro; Objetivos: mercados consumidores de manufaturas e fornecedores de matériasprimas; busca de colôn IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO. Profº Marcos Victor CONTEXTO HISTÓRICO: Segunda metade do século XIX quando a expansão dos países europeus industrializados levam as partilhas dos continentes africano e

Leia mais

A Queda da Monarquia. Portugal: os antecedentes do 5 de Outubro de 1910

A Queda da Monarquia. Portugal: os antecedentes do 5 de Outubro de 1910 A Queda da Monarquia Portugal: os antecedentes do 5 de Outubro de 1910 M Filipe Sousa 2012 Da Monarquia As Cortes A Monarquia Constitucional à República A Crise e a Queda da Monarquia Momentos na caminhada

Leia mais

RELAÇÃO DOS CONTEÚDOS DE MATEMÁTICA - 8ª SÉRIE 1º E 2º TRIMESTRE

RELAÇÃO DOS CONTEÚDOS DE MATEMÁTICA - 8ª SÉRIE 1º E 2º TRIMESTRE RELAÇÃO DOS CONTEÚDOS DE MATEMÁTICA - 8ª SÉRIE CONJUNTOS NUMÉRICOS CONJUNTO DOS NÚMEROS REAIS NOTAÇÃO CIENTÍFICA MEDIDAS DE COMPRIMENTO MEDIDAS DE CAPACIDADE MEDIDAS DE VOLUME POTENCIAÇÃO ESTUDO DOS RADICAIS

Leia mais

História. Os primeiros anos da Era Vargas (1930-1937)

História. Os primeiros anos da Era Vargas (1930-1937) História Nono ano do ensino fundamental Escola José de Anchieta Os primeiros anos da Era Vargas (1930-1937) Reno Schmidt maio 2015 schmidt.reno@gmail.com renoschmidt.wordpress.com Onde estamos? Brasil

Leia mais

O SOCIALISMO DEPOIS DE MARX

O SOCIALISMO DEPOIS DE MARX O SOCIALISMO DEPOIS DE MARX Contexto Histórico Século XVIII e XIX : a Revolução Industrial inicia-se na Inglaterra e se amplia por vários países europeus acirra as desigualdades sociais e estimula novos

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes

Escola de Formação Política Miguel Arraes Escola de Formação Política Miguel Arraes Curso de Formação, Capacitação e Atualização Política dos Filiados, Militantes e Simpatizantes Módulo III O Socialismo no Mundo Contemporâneo Aula 4 Experiências

Leia mais

Com base na leitura dos textos I e II, o que se pede. A) EXPLIQUE o papel dos jovens nos dois momentos da história daquele país.

Com base na leitura dos textos I e II, o que se pede. A) EXPLIQUE o papel dos jovens nos dois momentos da história daquele país. HISTORIA Questão 01 Leia os textos I e II. Texto I A Revolução Cultural, ocorrida a partir de 1966, foi um dos principais acontecimentos da história chinesa na segunda metade do século XX. Trata-se de

Leia mais

Os processos históricos que encadearam a emergência da Sociologia

Os processos históricos que encadearam a emergência da Sociologia Os processos históricos que encadearam a emergência da Sociologia 1. Contextualização Histórica. Fatores que contribuíram para o nascimento da Sociologia Sociais, econômicos, culturais. FEUDALISMO: Tipo

Leia mais

CAPÍTULO 4 EUA: POTÊNCIA MUNDIAL PROF. LEONAM JUNIOR 9º ANO COLÉGIO ARI DE SÁ

CAPÍTULO 4 EUA: POTÊNCIA MUNDIAL PROF. LEONAM JUNIOR 9º ANO COLÉGIO ARI DE SÁ CAPÍTULO 4 EUA: POTÊNCIA MUNDIAL PROF. LEONAM JUNIOR 9º ANO COLÉGIO ARI DE SÁ ECONOMIA P. 57 Industrialização nos Grandes Lagos e porção nordeste: - Acúmulo de capital com a colonização de povoamento.

Leia mais

A sequência correta é: a) 2, 3, 5, 4 e 1. b) 1, 2, 5, 4 e 3. c) 1, 5, 2, 4 e 3. d) 1, 5, 2, 3 e 4. e) 4, 5, 2, 3 e 1.

A sequência correta é: a) 2, 3, 5, 4 e 1. b) 1, 2, 5, 4 e 3. c) 1, 5, 2, 4 e 3. d) 1, 5, 2, 3 e 4. e) 4, 5, 2, 3 e 1. Questão 01) Em 1914, as tensões políticas entre as principais potências europeias levaram a uma guerra que se tornou, ao longo dos anos seguintes, um dos mais trágicos momentos da história da humanidade.

Leia mais

IDEOLOGIAS DA ERA INDUSTRIAL

IDEOLOGIAS DA ERA INDUSTRIAL Com o desenvolvimento industrial surgiram várias correntes ideológicas que pretendiam justificar e apoiar o capitalismo (doutrinas liberais), ou condená-lo e destruí-lo (doutrinas socialistas). CAPITALISMO

Leia mais

Fatores que contribuíram para a eclosão do conflito: 1. Concorrência econômica (choque de imperialismos):

Fatores que contribuíram para a eclosão do conflito: 1. Concorrência econômica (choque de imperialismos): Fatores que contribuíram para a eclosão do conflito: 1. Concorrência econômica (choque de imperialismos): Inglaterra (1º país industrializado) X Alemanha (aceleradamente desenvolvida após a unificação);

Leia mais

O MOVIMENTO ESPORTIVO INGLÊS

O MOVIMENTO ESPORTIVO INGLÊS O MOVIMENTO ESPORTIVO INGLÊS A situação política e social Regime parlamentarista estável: enquanto outros países da Europa mantinham as disputas políticas. Formação de um grande império colonial: Ásia,

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2E

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2E CADERNO DE EXERCÍCIOS 2E Ensino Fundamental Ciências Humanas Questão 1 População 2 Revolta da Vacina 3 Guerra Fria 4 Era Vargas Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB H37 H43 H30, H44 H29, H32 1 1. Observe

Leia mais

REGIONALIZAÇÕES MUNDIAIS

REGIONALIZAÇÕES MUNDIAIS REGIONALIZAÇÕES MUNDIAIS Vivian Q. Pretti -Geografia- REGIONALIZAR é dividir, e ao mesmo tempo agrupar, áreas do território que possuem características semelhantes. Para regionalizar é necessário estabelecer

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 26/03/2011 Nota: Professor: Edvaldo Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA ( )

A REVOLUÇÃO RUSSA ( ) A REVOLUÇÃO RUSSA (1905-1917) 1) A Pressão por Reformas na Rússia Czarista 1.1. A Revolta Dezembrista de 1825: em busca do liberalismo Com o fim das Guerras Napoleônicas (1815), muitos dos oficiais do

Leia mais

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO O MUNDO DIVIDIDO P. 23 Existem vários critérios para regionalizar um território. Critério ideológico:

Leia mais

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA

DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA DESCOLONIZAÇÃO DA ÁSIA CHINA -Revoluções 1911 Revolução Nacionalista. -1949 Revolução Comunista. Antecedentes, Século XIX e XX: - impotência da elite tradicional e Dinastia Manchu frente as imposições

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA ANTECEDENTES : O CAMINHO PARA O SOCIALISMO:

A REVOLUÇÃO RUSSA ANTECEDENTES : O CAMINHO PARA O SOCIALISMO: 250 A REVOLUÇÃO RUSSA ANTECEDENTES : O CAMINHO PARA O SOCIALISMO: Assim como a Revolução Francesa em 1789 mostrou-se um modelo clássico de Revolução Burguesa acabando com a velha ordem feudalaristocrática

Leia mais

A Era das Catástrofes - I. Prof. Thiago

A Era das Catástrofes - I. Prof. Thiago A Era das Catástrofes - I Prof. Thiago Paz Armada no continente Europeu (pós Era Napoleônica) Corrida Armamentista entre as potências europeias Imperialismo e neocolonialismo (disputas territoriais e comerciais)

Leia mais

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San.

GEOGRAFIA. Prof. Daniel San. GEOGRAFIA Prof. Daniel San daniel.san@lasalle.org.br Os Teóricos TEM NO LIVRO, pág. 180 a 194 As primeiras críticas aos sistema capitalista surgiram pouco tempo depois da revolução industrial, na Europa.

Leia mais

INDUSTRIALIZAÇÃO URBANIZAÇÃO: AUMENTO DA POPULÇÃO DA CIDADE EM RELAÇÃO AO CAMPO.

INDUSTRIALIZAÇÃO URBANIZAÇÃO: AUMENTO DA POPULÇÃO DA CIDADE EM RELAÇÃO AO CAMPO. INDUSTRIALIZAÇÃO NO CAMPO: IMPUSIONA A MODERNIZAÇÃO AGRÍCOLA, CONCENTRANDO TERRAS E DIMNUINDO A OFERTA DE POSTOS DE TRABALHOS REPULSÃO MIGRAÇÃO CAMPO-CIDADE ÊXODO RURAL NA CIDADE: AUMENTA A OFERTA DE EMPREGOS

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 37 A REVOLUÇÃO RUSSA

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 37 A REVOLUÇÃO RUSSA HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 37 A REVOLUÇÃO RUSSA Como pode cair no enem (UFF) A Revolução Russa, que iniciou o processo de construção do socialismo na antiga URSS, teve o seu desfecho em 1917, marcado

Leia mais

Questão 1 Sobre a Revolução russa de outubro de 1917, o historiador Daniel Aarão Reis (2003) escreveu:

Questão 1 Sobre a Revolução russa de outubro de 1917, o historiador Daniel Aarão Reis (2003) escreveu: Questão 1 Sobre a Revolução russa de outubro de 1917, o historiador Daniel Aarão Reis (2003) escreveu: (...) os mais amargos não hesitam em dizer que a Rússia ensinou ao mundo caminhos que não devem ser

Leia mais

Revolução Russa (1917)

Revolução Russa (1917) IDADE CONTEMPORÂNEA Revolução Russa (1917) No início do século XX, a Rússia ainda tinha como forma de governo o Czarismo (Autocracia ou absolutismo), baseado no direito divino dos reis e apoiado por uma

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA A RÚSSIA ANTES DE 1917

REVOLUÇÃO RUSSA A RÚSSIA ANTES DE 1917 REVOLUÇÃO RUSSA A RÚSSIA ANTES DE 1917 Em 1894, subiu ao trono russo o czar Nicolau II. Desde o século XVI, o país era uma monarquia absolutista. A nobreza era proprietária de 25% das terras cultiváveis

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS: REVOLUÇÃO RUSSA

LISTA DE EXERCÍCIOS: REVOLUÇÃO RUSSA 1. (Ufrgs 2013) O colapso da União Soviética, reconhecido oficialmente em dezembro de 1991, foi o resultado da introdução de medidas reformistas que visavam modernizar o socialismo soviético. A respeito

Leia mais

Indústria e Industrialização. Prof. Melk Souza

Indústria e Industrialização. Prof. Melk Souza Indústria e Industrialização Prof. Melk Souza A Evolução da Indústria Indústria é a atividade por meio da qual os seres humanos transformam matéria-prima em produtos semi acabado (matéria-prima para outros

Leia mais

Do Imperialismo a Segunda Guerra Mundial 1ª Parte 1. Questão: 2. Questão: MELLO, Leonel I. A. e COSTA, Luiz C. A. História moderna e contemporânea

Do Imperialismo a Segunda Guerra Mundial 1ª Parte 1. Questão: 2. Questão: MELLO, Leonel I. A. e COSTA, Luiz C. A. História moderna e contemporânea Do Imperialismo a Segunda Guerra Mundial 1ª Parte 1. Questão: Após a crise da sociedade liberal, no final do século XIX, a economia capitalista reorganiza-se e inicia um novo estágio de crescimento. As

Leia mais

1º bimestre 2010_3ª série Contemporânea Imperialismo e neo-colonialismo. Cap. 40. Roberson de Oliveira

1º bimestre 2010_3ª série Contemporânea Imperialismo e neo-colonialismo. Cap. 40. Roberson de Oliveira 1º bimestre 2010_3ª série Contemporânea Imperialismo e neo-colonialismo. Cap. 40 Roberson de Oliveira 1. Quais os efeitos produzidos pela livre concorrência? I Revolução Industrial (1780/1850) Era do carvão

Leia mais