para o nordeste brasileiro, onde pretendo me engajar em trabalhos que demandem o uso de energias alternativas... Arnor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "para o nordeste brasileiro, onde pretendo me engajar em trabalhos que demandem o uso de energias alternativas... Arnor"

Transcrição

1 (sic): Aproveito o momento também para elogiar a estrutura do curso, principalmente em relação ao tcc. Essas exigências de banca, revisão de português assinadas por um profissional e o modelo de autoria com firma reconhecida aumentam a credibilidade de um curso a distância! Aproveito ainda para sugerir ainda a exigência de publicação de artigo extraído do TCC. Assim, conseguiriam elevar ainda mais o nível dos trabalhos do curso. Marcela... Residente na cidade passei os anos pensando em trabalhar no campo. O tempo passou e agora (aposentado) estou me sentindo em condições de fazer uma reconexão com os velhos interesses que me parecem hoje muito atuais ainda. A disponibilidade deste curso confirma-o. O curso FAE se encaixa como uma luva nos meus interesses, acrescentando ainda possibilidades de exploração muito atuais com o as células fotovoltaicas e as células combustíveis... Otávio... Estamos em fase final de elaboração de um proj eto que abrange todas essas questões de forma conjunta e que conjuga todos esses interesses, simultaneamente, qual seja, o aproveitamento da casca do coco verde, cuja fibra e pó transformaremos em brinquetes para substituir a lenha utilizada em patê expressiva das nossas necessidades, além da serragem de madeira e da casca do arroz, ambas abundantes na nossa região na nossa região e que se constituem por si sós em resíduos d e grande capacidade poluidora... José Pessoa... Acredito que este curso é necessário à complementação da minha formação como designer, porque este tipo de profissional atualmente é responsável pelo desenvolvimento de projetos de produtos amplamente vinculados na sociedade... Wesley... Dois motivos me levaram a realizar este curso: gostar de projetar equipamento capaz de gerar energia e desenvolver soluções a baixo custo a uma grande parcela de pessoas que não possuem recursos financeiros. Para comunidades rurais que precisam de recursos energéticos para desenvolvimento familiar e comunitário... Sérgio... O século XXI é o século do conhecimento e quemnão procurar se reciclar e agregar novos conhecimentos está automaticamente à margem do mercado de trabalho. O profissional precisa estar atualizado com as novas tecnologias, principalmente com o ciclo de oportunidades que começam a surgir com a expansã o dos combustíveis renováveis, agronegócios, meio ambiente, etc... Tenório... Gerenciei uma empresa de biodisel, segmento qu e muito me atraiu e resolvi fazer esta pós devido a grande necessidade de me aperfeiçoar n este e nos demais segmentos de fontes alternativas de energia, outro grande motivo é o surgimento de algumas propostas e com uma pós neste segmento as chances serão maiores... Rhullyan... A idéia é criar e desenvolver projetos simples, práticos, baratos, ecologicamente corretos e que atendam a um maior número possível de pessoas carentes de energia... Ass. Não Ident.... Para atingir a meta global, qualidade de vida; julgo ser extremamente necessário aprofundar, disseminar e conscientizar, principalmente os alunos de ensino fundamental quanto ao uso sustentável das variadas fontes de energia... Não ident.

2 ... O curso será de grande aplicabilidade na minha profissão, tendo em vista, que o aprendizado proporcionará a adequação de projetos/processos que visam o uso inteligente e racional de novas energias. Melhorando assim: açõ es de racionamento; estudos de viabilidade; melhorias em projetos, processos e equipamentos; e treinamento de colaboradores; com base nos novos conceitos adquiridos... Ass. Não Ident.... Atuo na área de saneamento básico, projetandoestações de tratamento de água. Meu interesse no curso de energias alternativas é acoplar esses conhecimentos em energia eólica, solar e biocombustíveis aos meus futuros pr ojetos... Márcio... Diante da conjuntura apresentada, ressalta-se o interesse pelo estudo de Fontes de Energia Alternativas, de maneira a subsidiar o desenvolvimento técnico na área de Gestão de Energia, com ênfase na eficiência energética deprocessos e equipamentos elétricos e térmicos. Ou seja, pretende-se avaliar a aplicabilidade da inserção de energias altern ativas na matriz energética industrial, tendo em vista a eficiência energética e sustentabilidade deste setor... Marcela... Em função desta parceria, estamos envolvidos c om o Centro de Referência em Energias Renováveis CRER Betim, que tem o objetivo de levar e difundir informações acerca de energias renováveis para a população local e municípios interessados... Leonardo... Tenho experimentado diversas situações, seja n uma roda de amigos em que discutimos os rumos e avanços energéticos do país e do mundo, a situação na empresa de cada um deles e como faze-la interagir com a natureza sem prejudicala, seja na imensa experiência de meu pai, geofísico francês e grande eletricista,seja nas mais recentes, porém antigas, questões sobre o futuro do mundo e como fazer melho r uso de nossas fontes de energia. Em meio a tudo isso e a vontade de trazer este imenso abismo de informações a uma real e concreta centralização deste conhecimento sobre as diversas formas de energia que nos cercam, mas que ainda não possuem a devida importân cia... Julien... Quanto ao curso escolhido, Formas Alternativas de Energia é com este que mais me identifico, pois os temas tratados nas várias disciplinas e que serão abordados no curso são do meu interesse; além do que a Universidade Federal de Lavras (UFLA) é uma renomada instituição de ensino superior em nosso pa ís... Ass. Não Ident.... Como tenho uma formação prática, com curso técnico em eletrotécnica e engenharia industrial elétrica, ambos cursados à noite e, ter atuado no segmento de manutenção e, construção de Empresas Concessionárias de Energia Elétrica, durante 28 anos, há uma opção de trabalho na área do magistério técnico (Escolas Técnicas), que tem como pré-requisito além da formação em engenharia, uma pósgr aduação n mesmo segmento, portanto, com a regulamentação e implantação dos cu rsos de pós-graduação à distância, vai permitir essa formação em local e horário conveniente, em particular o curso citado, atende minhas projeções profissional e formal... J osé Barreto... A educação a distância é uma inovação nos dias de hoje, muitos professores como eu, não tem a oportunidade de freqüentar um curso prese ncial, por este motivo estou me candidatando a uma vaga... Ivo... Desde criança acompanho as atividades do meu p ai e irmão, sempre fui interessado pelo uso de energias alternativas. O meu pai fazia rodas enormes d água de madeira que

3 tocavam através de uma série de correias, moinhos, engenhos, geradores de energia elétrica. Eu sempre o acompanhava juntamente com o meu irmão mais velho que é experiente eletricista às fazendas quando da instal ação destas máquinas. Isto me fascinava e confesso que tenho grande interesse pelo ramo... Ismar... Foi com grande satisfação que folheando a revi sta Globo Rural deste mês, encontrei um encarte da Universidade Federal de Lavras falando sobre cursos de pós-graduação à distância, justamente em um momento que eu buscava atualização e retorno aos estudos. Como o curso é à distância, torna-se ideal para mim, já que o meu trabalho não permite longas ausências para tratar de assuntos particulares... Humberto... Pretendo com o curso reconhecer, identificar, contextualizar as formas alternativas de energia, para associar e discutir sua utilização, e conomia, benefícios para os avanços tecnológicos do mundo moderno. A partir daí, depois de desenvolver a monografia do curso, buscar um mestrado na área, pois com certezaé um tema que já está sendo muito discutido atualmente e estará em voga no mercado detrabalhos nos próximos anos... Haroldo... Conhecendo o renome e a estrutura da UFLA, com o expectativas em relação à pósgraduação espero adquirir conhecimentos práticos e teóricos sobre assuntos apresentados na ementa do curso, aprofundar os conhecimentos que já possuo, estar mais bem qualificado para o mercado de trabalho e juntamente com a universidade poder contribuir para que possamos fazer deste mundo um lugar melhor para se viver onde o desenvolvimento e exploração dos recursos naturais sejam feitos de forma consciente e sustentável... Hallysson... Esperamos após a conclusão do curso e aplicaçã o dos conhecimentos adquiridos estamos contribuindo para o desenvolvimento e melhoria na qualidade de vida e preservação da natureza para as futuras gerações... Fernando... Minha expectativa quanto ao curso é a de desenvolver conhecimentos tanto teóricos quanto práticos sobre a área de outras fontes de energia já que a maior parte da formação acadêmica disponível resume-se à geração de energia via fonte térmica e/ou hidráulica em larga escala. As perspectivas deste mercado são gra ndiosas e o conhecimento desta teoria, com certeza, será de grande valia na minha vida tanto profissional quanto acadêmica... Fabini... A necessidade de otimização das atividades agr opecuárias, a possibilidade de diminuição do custo de produção em médio prazo, o c onstante aumento dos derivados do petróleo e energia elétrica aliada à produção de ma téria-prima e condições naturais favoráveis e necessárias para produção de energia nas propriedades rurais e o fato destas Fontes Alternativas de Energia promovem o mínimo de impacto ambiental foram as razões para a solicitação deste curso... Fábio... Profissionalmente, estarei apto a atuar de for ma mais capacitada em diferentes segmentos que tratam do setor energético, seja como gestor, consultor, pesquisador ou educador. A qualificação também me dará a capacitação necessária para desenvolver e propor projetos e políticas públicas de interesse social... Ass. Não Ident.

4 ... Gostaria de aprofundar meus conhecimentos nas energias alternativas, porque creio em uma era onde só quem detém técnicas apuradas em relação a essas energias vão conseguir uma lucratividade, além de contribuir para a diminuição do efeito estufa com as energias solar, eólica, etc... Esmeraldo... Espero, através do curso, aprofundar o meu conhecimento sobre as fontes alternativas de energia, conhecer o que há de mais atual tem sido desenvolvido nessa área e, futuramente, contribuir na análise de projetos dessa natureza que sejam apresentados no Banco... Emerson... Após vários anos da utilização de combustíveis fósseis em todo mundo, os sinais do desequilíbrio do ecossistema mundial, já podem servistos em todas as partes do mundo. Alterações no ciclo hidrológico, aumento dos gases causadores do efeito estufa, acréscimo dos casos de distúrbios de sistema respiratório em seres humanos, são alguns exemplos de prejuízos causados pelo uso inadequado desses combustíveis... Daiana... Tenho interesse na especialização de Formas Al ternativas de Energia, pelo fato deste curso não abranger somente um tipo de energia, mas várias. Outro fator é o mundo atual em que vivemos e a escassez de petróleo que a cada dia aumenta mais, buscando assim formas alternativas de energia... Christianne... O curso à distância por si só já é um atrativo, por permitir que o estudante faça seu horário e concilie trabalho e estudos, além disso,tratando-se da UFLA que é uma instituição de renome e solidez, vejo neste curso uma excelente fonte de conhecimentos que me ajudarão a d]galgar oportunidades e caminhos na área energética... Cid Leonardo... Minha expectativa é obter um nivelamento técnico/acadêmico sobre as formas alternativas de energia e a aplicação das mesmas na geração de energia elétrica, bem como na racionalização e conservação... Cláudio... Fazer os nossos administradores e políticos en xergarem vantagens ou lucros futuros nestas fontes alternativas e através delas influenciarem políticas públicas e investimentos para o campo, para as nossas cidades e principalmente com o maior poluidor que são as indústrias, e o maior desafio que qualquer estudante pode sonhar seja de graduação ou pós-graduação... Carlos Henrique... O curso de Formas Alternativas de Energia da U FLA me despertou interesse porque tenho desejo de trabalhar no ramo de preservação am bienta. Vejo o estudo de fontes alternativas como meio de retardar a degradação eco lógica causada por fontes energéticas agressivas como o petróleo ou o potencial elétrico e quem sabe reverte-la. Para mim não se trata apenas de encontrar uma fonte de energia inesgotável afim de que se evite o colapso de demanda por causa do perecimento do petróleo. Pretendo servir como ser multiplicador deste ponto de vista e deste estudo. Minhas expectativas são as melhores possíveis pois já tenho amigos que estão fazendo esta especialização... Ass.Não Ident.... Espero adquirir os conhecimentos específicos s obre o assunto, de forma a poder colocalos em prática o mais breve possível, uma vez que brevemente estarei me mudando

5 para o nordeste brasileiro, onde pretendo me engajar em trabalhos que demandem o uso de energias alternativas... Arnor... Desde então sempre gostei de ler e aprender so bre fontes alternativas de energia não poluentes. Porém até então de modo amador. Atualmente tenho tempo, condições financeiras, idéias bastante interessantes a respeito do assunto e, o mais importante, vontade de fazer o curso oferecido pelos senhores. Juntando isso à presente preocupação com o superaquecimento mundial, a grande demanda do petróleo e a busca intensa por novas fontes de energia não poluentes, sinto-me mot ivado a iniciar este curso oferecido pela conceituadíssima Universidade Federal de Lavras UFLA... Alexandre. Extratos de correspondências sobre o último encontr FAE: Prof. Gilmar, Bom dia, Primeiramente gostaria de externar a minha satisfaç ão com o encontro da semana passada, onde pude aprender muita coisa e conhecer grandes pessoas... José Carlos dos Santos. "Caros Professores, gostaria de agradecer o apoio e orientação no curso realizado na UFLA. Buscarei desenvolver todo o aprendizado conseguido para aplcar em projetos futuros. Acredito que posso contar com a ajuda de vocês se precisar novamente para resolver alguma dúvida que surja no caminho. Muito obrigada por tudo. Um grande abraço, Soraya "Prezado Professor Gilmar, Venho através deste informa-lhe que adorei muito a UFLA e a Especialização Formas alternativas de Energia! Parabéns por ter criado! A turma toda adorou! Atenciosamente, Samuel Torres Brasil." "...e aliás gostei muito do curso e das pessoas queconheci ai em Lavras. Obrigada. Até mais, Flávia... " " Fiquei muito contente com as aulas do 2º encontro(nível muito bom!, Prof. Hosmanny, etc) e com a as defesas da monografia trazendo mais conhecimentos em algumas áreas das Pós- Graduação! A UFLA e equipe estão de parabéns pela organização e acompanhamento deste curso- EAD em Formas Alternativas de Energia(FAE). Sds, Arnon Manassés ". Professor, junto a aplicação destes questionários tenho feito uma apresentação sobre o tema a pessoas e alunos, de onde pôde-se tirar algu mas conclusões interessantes. Foi observado grande interesse por parte das pessoas e professores. Fiz contato com vários professores e vários deles manifestaram-se nteressadosi em que fosse feita apresentação a seus alunos. Pena que, algumas destas solicitações não puderam ou poderão ser atendidas, pelo menos agora. Em algu ns casos, combinei informalmente com o professor de fazer a apresentação a seus alun os em outra oportunidade. Embora haja o interesse pela apresentação, por ambas as partes, a dificuldade está na sincronização das

6 apresentações em profissionais e escolas diferentes, pessoais e seus o diferente tempo s calendários, as que é demandas necessário. Mas devo dizer que, as apresentações feitas deixara m uma agradável sensação de contribuição para com as pessoas: O conhecimento le vado a alguns jovens que, percebese, estão ávidos Eu não tinha passado por uma experiêcia pelos assim. Foi e está saber! sendo gratificante! Carlos Alberto

(sic): ... A idéia é criar e desenvolver projetos simples, práticos, baratos, ecologicamente

(sic): ... A idéia é criar e desenvolver projetos simples, práticos, baratos, ecologicamente (sic): Aproveito o momento também para elogiar a estrutura do curso, principalmente em relação ao tcc. Essas exigências de banca, revisão de português assinadas por um profissional e o modelo de autoria

Leia mais

Capacitação e Inserção de Profissionais no Setor Energético. Prof. Alexandro Vladno da Rocha

Capacitação e Inserção de Profissionais no Setor Energético. Prof. Alexandro Vladno da Rocha Capacitação e Inserção de Profissionais no Setor Energético Prof. Alexandro Vladno da Rocha Outubro / 2013 Agenda Estrutura e Atuação do IFRN; Estrutura Básica dos Cursos; Cursos na Área de Energia; Perfil

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA PARA IMPLANTAÇÃO DE GERAÇÃO FOTOVOLTAICA DE GRANDES CONSUMIDORES COMERCIAIS DE ENERGIA ELÉTRICA NO ESTADO DO PARANÁ

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA PARA IMPLANTAÇÃO DE GERAÇÃO FOTOVOLTAICA DE GRANDES CONSUMIDORES COMERCIAIS DE ENERGIA ELÉTRICA NO ESTADO DO PARANÁ UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA/ELETROTÉCNICA ALESSANDRO FREDERICO SILVESTRI VINÍCIUS GARCIA TAKASAKI ANÁLISE

Leia mais

Aula 4 Matriz Elétrica Brasileira

Aula 4 Matriz Elétrica Brasileira AULA Fundação 4 MATRIZ Universidade ELÉTRICA Federal de Mato Grosso do Sul 1 Matriz Energética Aula 4 Matriz Elétrica Brasileira Prof. Márcio Kimpara Universidade Federal de Mato Grosso do Sul FAENG /

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE CURITIBA. Lucas Teruo Andrade. Renan Yokogawa. Ryan Seiyu Yamaguchi Kimura

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE CURITIBA. Lucas Teruo Andrade. Renan Yokogawa. Ryan Seiyu Yamaguchi Kimura UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE CURITIBA Lucas Teruo Andrade Renan Yokogawa Ryan Seiyu Yamaguchi Kimura UM ESTUDO SOBRE A UTILIZAÇÃO DA ENERGIA SOLAR NO ESTADO DO PARANÁ TRABALHO DE

Leia mais

Matriz de referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Matriz de referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias Matriz de referência de Ciências da Natureza e suas Tecnologias Competência de área 1 Compreender as ciências naturais e as tecnologias a elas associadas como construções humanas, percebendo seus papéis

Leia mais

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Guia Fundamental para Gestão de Qualidade em Serviços Objetivo Capacitar os participantes a interpretarem os requisitos da Norma ISO 9001:2008, relacionados aos

Leia mais

CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL

CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL CURSO A DISTÂNCIA DISSEMINADORES DE EDUCAÇÃO FISCAL 2013 1. IDENTIFICAÇÃO GRUPO DE EDUCAÇÃO FISCAL ESTADUAL DE GOIÁS GEFE/GO 2. APRESENTAÇÃO O curso a distância de Disseminadores de Educação Fiscal constitui

Leia mais

ETENE. Energias Renováveis

ETENE. Energias Renováveis Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste ETENE Fonte: http://www.noticiasagronegocios.com.br/portal/outros/1390-america-latina-reforca-lideranca-mundial-em-energias-renovaveis- 1. Conceito

Leia mais

Disciplina: Fontes Alternativas de Energia

Disciplina: Fontes Alternativas de Energia Disciplina: Fontes Alternativas de Parte 1 Fontes Renováveis de 1 Cronograma 1. Fontes renováveis 2. Fontes limpas 3. Fontes alternativas de energia 4. Exemplos de fontes renováveis 1. hidrelétrica 2.

Leia mais

III Workshop Inovação para o Estabelecimento do Setor de Energia Solar Fotovoltaica no Brasil. Nelson Fonseca Leite Presidente 06/03/2013

III Workshop Inovação para o Estabelecimento do Setor de Energia Solar Fotovoltaica no Brasil. Nelson Fonseca Leite Presidente 06/03/2013 III Workshop Inovação para o Estabelecimento do Setor de Energia Solar Fotovoltaica no Brasil Nelson Fonseca Leite Presidente 06/03/2013 PRINCIPAIS INDICADORES DO SETOR DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Leia mais

Consumo Consciente Energia Elétrica

Consumo Consciente Energia Elétrica Consumo Consciente Energia Elétrica Agosto 2010 Planeta SUSTENTABILIDADE NO CONSUMO Incentivo ao consumo responsável e consciente IMPORTÂNCIA DA ENERGIA PARA O GRUPO Compra energia elétrica de 23 concessionárias

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas.

PESQUISA DIAGNÓSTICA - SISTEMATIZAÇÃO. - Sim, estou gostando dessa organização sim, porque a gente aprende mais com organização das aulas. ESCOLA MUNICIPAL BUENA VISTA Goiânia, 19 de junho de 2013. - Turma: Mestre de Obras e Operador de computador - 62 alunos 33 responderam ao questionário Orientador-formador: Marilurdes Santos de Oliveira

Leia mais

FAEL comemora 15 anos de atividades

FAEL comemora 15 anos de atividades ANOS FAEL comemora 15 anos de atividades Hoje, comemoramos 15 anos de um projeto que visa à democratização do ensino e que tornou a FAEL uma referência em educação de qualidade. Com o objetivo de proporcionar

Leia mais

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade significa permanecer vivo. Somos mais de 7 bilhões de habitantes e chegaremos a 9 bilhões em 2050, segundo a ONU. O ambiente tem limites e é preciso fazer

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA RENATO HIDEO FUSANO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA RENATO HIDEO FUSANO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA RENATO HIDEO FUSANO ANÁLISE DOS ÍNDICES DE MÉRITO DO SISTEMA FOTOVOLTÁICO CONECTADO À REDE DO ESCRITÓRIO VERDE

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Do Sr. Penna) Dispõe sobre a criação do Plano de Desenvolvimento Energético Integrado e do Fundo de Energia Alternativa. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º Ficam instituídos

Leia mais

Os cursos oferecidos, em sua estrutura, apresentam objetivos e público-alvo especificados abaixo:

Os cursos oferecidos, em sua estrutura, apresentam objetivos e público-alvo especificados abaixo: Janela do Cliente-Aluno nos Cursos de Pós-Graduação Susana Taulé Piñol * Resumo Entender para atender o consumidor é a base para qualquer estratégia de marketing. Este artigo utiliza a ferramenta Janela

Leia mais

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CRIAÇÃO DA DISCIPLINA SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Elias S. Assayag eassayag@internext.com.br Universidade do Amazonas, Departamento de Hidráulica e Saneamento da Faculdade

Leia mais

Questionário Linha de Base: Educadores Estado: Cidade: Nome Pesquisador: Sala N : Professor N : [Estes dados devem ser preenchidos pelo pesquisador] Boas vindas Caro(a) Educador(a): O objetivo deste questionário

Leia mais

Projeto Escola Solar

Projeto Escola Solar Projeto Escola Solar Projeto Escola Solar Por Walder Antonio Teixeira Introdução O que vem a ser uma Escola Solar? Demos o nome de Escola Solar para o nosso projeto, pois utilizamos a prática com energia

Leia mais

Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável

Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável Anexo III da Resolução n o 1 da CIMGC Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável I Introdução A atividade de projeto do Projeto de MDL das Usinas Eólicas Seabra, Novo Horizonte

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável Capítulo IV

Desenvolvimento Sustentável Capítulo IV Desenvolvimento Sustentável Capítulo IV As Normas e Legislação Ambiental Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo

Leia mais

Geração de Energia a partir de Cavaco de Madeira (Biomassa) Author: Michael Vahrenkamp / Marcio Teixeira Date: 25/11/13

Geração de Energia a partir de Cavaco de Madeira (Biomassa) Author: Michael Vahrenkamp / Marcio Teixeira Date: 25/11/13 Geração de Energia a partir de Cavaco de Madeira (Biomassa) Author: Michael Vahrenkamp / Marcio Teixeira Date: 25/11/13 Geração de Energia a partir de Cavaco de Madeira (Biomassa) Necessidade de projetos

Leia mais

Desenvolvimento Sustentável Capítulo III. As Dimensões Ecológica, Espacial e Cultural do Desenvolvimento Sustentável

Desenvolvimento Sustentável Capítulo III. As Dimensões Ecológica, Espacial e Cultural do Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável Capítulo III As Dimensões Ecológica, Espacial e Cultural do Desenvolvimento Sustentável Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a Humanidade

Leia mais

Comentários sobre o. Plano Decenal de Expansão. de Energia (PDE 2008-2017)

Comentários sobre o. Plano Decenal de Expansão. de Energia (PDE 2008-2017) Comentários sobre o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2008-2017) PAULO CÉSAR RIBEIRO LIMA JANEIRO/2009 Paulo César Ribeiro Lima 2 Comentários sobre o Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2008-2017)

Leia mais

Índice. 3 Resultados da pesquisa. 17 Conclusão. 19 Questionário utilizado na pesquisa

Índice. 3 Resultados da pesquisa. 17 Conclusão. 19 Questionário utilizado na pesquisa Índice 3 Resultados da pesquisa 17 Conclusão 19 Questionário utilizado na pesquisa Esta pesquisa é uma das ações previstas no Plano de Sustentabilidade para a Competitividade da Indústria Catarinense,

Leia mais

USO DO GÁS NATURAL DE PETRÓLEO NA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

USO DO GÁS NATURAL DE PETRÓLEO NA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA PÓS - GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA ADP8088 - SEMINÁRIOS EM ENGENHARIA AGRÍCOLA II USO DO GÁS NATURAL DE

Leia mais

Estamos presentes em 20 estados

Estamos presentes em 20 estados http://goo.gl/7kuwo O IDEBRASIL é voltado para compartilhar conhecimento de gestão com o empreendedor do pequeno e micro negócio, de forma prática, objetiva e simplificada. A filosofia de capacitação é

Leia mais

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS EM CONDOMINIOS Miguel Tadeu Campos Morata Engenheiro Químico Pós Graduado em Gestão Ambiental Considerações Iniciais Meta - A sobrevivência e perpetuação do seres humanos no Planeta. Para garantir a sobrevivência

Leia mais

ENERGIA RENOVÁVEIS & EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

ENERGIA RENOVÁVEIS & EFICIÊNCIA ENERGÉTICA ENERGIA RENOVÁVEIS & EFICIÊNCIA ENERGÉTICA SUPERINTENDÊNCIA DE PROJETOS DE GERAÇÃO (SPG) CHESF 1 TEMAS ABORDADOS PERFIL DA CHESF MATRIZ ENERGÉTICA FONTES DE ENERGIA RENOVÁVEIS & NUCLEAR ASPECTOS ECONÔMICOS

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos.

DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos. R O C H A DEFINIÇÃO: Matriz energética é toda a energia disponibilizada para ser transformada, distribuída e consumida nos processos produtivos. O petróleo e seus derivados têm a maior participação na

Leia mais

Parte A - Questões Múltipla Escolha

Parte A - Questões Múltipla Escolha Matriz Energética Professor: Marcio Luiz Magri Kimpara Parte A - Questões Múltipla Escolha LISTA DE EXERCÍCIOS 1 1) Uso de fontes renováveis de energia no mundo. Fonte: Rio de Janeiro: IBGE, 21 O uso de

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES DE FONTES ENERGÉTICAS

CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES DE FONTES ENERGÉTICAS CLASSIFICAÇÃO E VIABILIDADES 1 INTRODUÇÃO NA PRÉ HISTÓRIA O HOMEM UTILIZAVA SUA PRÓPRIA ENERGIA PARA DESENVOLVER SUAS ATIVIDADES TRANSFERÊNCIA DO ESFORÇO PARA OS ANIMAIS 2 APÓS A INVENSÃO DA RODA: UTILIZAÇÃO

Leia mais

WORKSHOP PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ ELÉTRICA DO BRASIL

WORKSHOP PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ ELÉTRICA DO BRASIL WORKSHOP PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA ENERGIA NUCLEAR NA MATRIZ ELÉTRICA DO BRASIL GESEL / SINERGIA / EDF A OPÇÃO NUCLEAR PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO BRASIL Altino Ventura Filho Secretário de Planejamento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 15 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Conceito. são os diversos tipos de materiais ou processos dos quais se podem obter energia. Podem ser divididos em dois grandes grupos:

Conceito. são os diversos tipos de materiais ou processos dos quais se podem obter energia. Podem ser divididos em dois grandes grupos: Conceito são os diversos tipos de materiais ou processos dos quais se podem obter energia. Podem ser divididos em dois grandes grupos: Renováveis renovação em um curto período de tempo; Não renováveis

Leia mais

Jornal Canal da Bioenergia A energia das florestas Agosto de 2014 Ano 9 Nº 94

Jornal Canal da Bioenergia A energia das florestas Agosto de 2014 Ano 9 Nº 94 Jornal Canal da Bioenergia A energia das florestas Agosto de 2014 Ano 9 Nº 94 Apesar de pouco explorada, a biomassa florestal pode ser uma das alternativas para a diversificação da matriz energética Por

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

Aprender a Distância na Previdência

Aprender a Distância na Previdência Relatório de Encerramento Aprender a Distância na Previdência (ADP-001-09) Brasília, 05 de março de 2009. 1 1. Identificação: Curso: Aprender a distância na Previdência Descrição do curso: Módulo introdutório

Leia mais

Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema

Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema Duas importantes medidas foram anunciadas no fim de março pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para tornar mais

Leia mais

Neoliberalismo tingido de verde de olho na Rio + 20

Neoliberalismo tingido de verde de olho na Rio + 20 Neoliberalismo tingido de verde de olho na Rio + 20 Rodrigo Otávio Rio de Janeiro - A antropóloga e ambientalista Iara Pietricovsky faz parte do grupo de articulação da Cúpula dos Povos (evento das organizações

Leia mais

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura

Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura Termo de Referência para Contratação de Consultoria - TR Modalidade Pessoa Física Vaga Código TR/PF/IICA-005/2010 PCT BRA/09/001 - Acesso e uso da energia elétrica como fator de desenvolvimento de comunidades

Leia mais

Escola Cidadã Sangue Novo no Hemoce

Escola Cidadã Sangue Novo no Hemoce PARCERIA Escola Cidadã Sangue Novo no Hemoce Ajudando a formar cidadãos transformadores que salvam vidas através da doação de sangue. Um projeto da Captação de Doadores e Diretoria de Hemoterapia 1. CONTEXTUALIZAÇÃO

Leia mais

ção Profissional na Cogeraçã EDUCOGEN

ção Profissional na Cogeraçã EDUCOGEN Conhecimento e Capacitaçã ção Profissional na Cogeraçã ção EDUCOGEN José R. Simões-Moreira SISEA Laboratório de Sistemas Energéticos Alternativos Depto. Engenharia Mecânica Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Portugal está quase lá ENTREVISTA

Portugal está quase lá ENTREVISTA Pág: 12 Área: 19,00 x 26,00 cm² Corte: 1 de 6 ENTREVISTA DeF Portugal está quase lá Não somos os melhores na produtividade, na riqueza, na organização empresarial, na capacidade de confiarmos uns nos outros,

Leia mais

MATERIAL DIDÁTICO SOBRE GERAÇÃO EÓLICA

MATERIAL DIDÁTICO SOBRE GERAÇÃO EÓLICA MATERIAL DIDÁTICO SOBRE GERAÇÃO EÓLICA Paulo C. M. Carvalho carvalho@dee.ufc.br Departamento de Engenharia Elétrica, Universidade Federal do Ceará Campus do Pici Caixa Postal 6001 CEP 60455-760 Fortaleza

Leia mais

Gerando idéias de negócio

Gerando idéias de negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Gerando idéias de negócio Manual Etapa 1/Parte 1 Bem-vindo! É um prazer ter você na Etapa 1 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo do Sebrae.

Leia mais

DESAFIOS DO SETOR ENERGÉTICO NO RIO GRANDE DO SUL

DESAFIOS DO SETOR ENERGÉTICO NO RIO GRANDE DO SUL DESAFIOS DO SETOR ENERGÉTICO NO RIO GRANDE DO SUL Humberto César Busnello A SITUAÇÃO ENERGÉTICA DO RIO GRANDE DO SUL TEM QUE SER VISTA NO CONTEXTO DO MODELO DO SETOR ELÉTRICO BRASILEIRO, ESPECIALMENTE

Leia mais

Fique ligado na energia!

Fique ligado na energia! A U A UL LA 3 Fique ligado na energia! Todos os processos vitais do planeta - circulação das águas e dos ventos, a fotossíntese, entre outros - dependem de energia. A principal fonte de energia na Terra

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DA TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA SOLAR

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DA TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA SOLAR DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DA TRANSFORMAÇÃO DE ENERGIA SOLAR RESUMO: O estudo sobre o tema surge devido a importância no desenvolvimento sustentável para o planeta

Leia mais

Manual do Integrador. Programa de Formação

Manual do Integrador. Programa de Formação Manual do Integrador Programa de Formação Introdução As oportunidades de iniciação de frentes de negócios na indústria fotovoltaica brasileira são diversas e estão abertas a todos aqueles que desejam começar

Leia mais

A SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS CONTÁBEIS É POSSÍVEL?

A SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS CONTÁBEIS É POSSÍVEL? A SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS CONTÁBEIS É POSSÍVEL? JOSÉ HENRIQUE DOMINGUES CARNEIRO (Professor Rico) professor_rico@yahoo.com.br Fanpage: Professor RICO (48) 9969-7330 O Cenário atual das desigualdades

Leia mais

Conceito e Evolução da utilização da Energia

Conceito e Evolução da utilização da Energia Energia Limpa Agenda O que é energia limpa? Tipos de energia limpa Energia Hídrica Energia Eólica Energia Geotérmica Biomassa Energia Solar Energia do Mar O Brasil neste cenário Protocolo de Kyoto Conceito

Leia mais

ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO (ECEME) 4º Congresso de Ciências Militares

ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO (ECEME) 4º Congresso de Ciências Militares ESCOLA DE COMANDO E ESTADO-MAIOR DO EXÉRCITO (ECEME) 4º Congresso de Ciências Militares Ciências Militares no Século XXI Situação Atual e Desafios Futuros Geopolítica dos Recursos Naturais Fontes Alternativas

Leia mais

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo. Brasil: vento, energia e investimento. São Paulo/SP 23 de novembro de 2007

O Mercado de Energia Eólica E e no Mundo. Brasil: vento, energia e investimento. São Paulo/SP 23 de novembro de 2007 O Mercado de Energia Eólica E no Brasil e no Mundo Brasil: vento, energia e investimento São Paulo/SP 23 de novembro de 2007 Energia: importância e impactos A energia é um dos principais insumos da indústria

Leia mais

Papel da Energia Alternativa na Política Energética do Brasil

Papel da Energia Alternativa na Política Energética do Brasil Seminário Internacional Fontes Alternativas de Energia e Eficiência Energética Papel da Energia Alternativa na Política Energética do Brasil Por Laura Porto Brasília, Junho de 2002 BRASIL CAPACIDADE INSTALADA

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

Apague velhos. Acenda uma grande. hábitos. idéia.

Apague velhos. Acenda uma grande. hábitos. idéia. Apague velhos hábitos. Acenda uma grande idéia. Crise Energética Por que todos falam em crise energética? Porque a crise energética sul-americana deixou de ser um cenário hipotético para se transformar

Leia mais

DESAFIOS DA EXPANSÃO DA TRANSMISSÃO DO SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL COM O AUMENTO DAS FONTES RENOVÁVEIS INTERMITENTES. Abril/2014

DESAFIOS DA EXPANSÃO DA TRANSMISSÃO DO SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL COM O AUMENTO DAS FONTES RENOVÁVEIS INTERMITENTES. Abril/2014 DESAFIOS DA EXPANSÃO DA TRANSMISSÃO DO SISTEMA INTERLIGADO NACIONAL COM O AUMENTO DAS FONTES RENOVÁVEIS INTERMITENTES Abril/2014 Dificuldades no Processo de Implantação dos Empreendimentos de Transmissão

Leia mais

BIOCOMBUSTÍVEIS: UMA DISCUSSÃO A RESPEITO DAS VANTAGENS E DESVANTAGENS RESUMO

BIOCOMBUSTÍVEIS: UMA DISCUSSÃO A RESPEITO DAS VANTAGENS E DESVANTAGENS RESUMO BIOCOMBUSTÍVEIS: UMA DISCUSSÃO A RESPEITO DAS VANTAGENS E DESVANTAGENS Juliana da Cruz Ferreira 1 ; Leila Cristina Konradt-Moraes 2 UEMS Caixa Postal 351, 79804-970 Dourados MS, E-mail: julianacruz_gnr@hotmail.com

Leia mais

PRIMEIRO CURSO CONTINUADO DE PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO E MANEJO DE AGROFLORESTAS SUCESSIONAIS

PRIMEIRO CURSO CONTINUADO DE PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO E MANEJO DE AGROFLORESTAS SUCESSIONAIS PRIMEIRO CURSO CONTINUADO DE PLANEJAMENTO IMPLANTAÇÃO E MANEJO DE AGROFLORESTAS SUCESSIONAIS COM ERNST GÖTSCH E MUTIRÃO AGROFLORESTAL OBJETIVO DO CURSO Contribuir para a construção de sociedades sustentáveis

Leia mais

Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos.

Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos. Universidade Veiga de Almeida Educação a Distância Implantação dos Centros de Aprendizagem Polos. Nossa história Tudo começou em 1933, quando o prof. Mario Veiga de Almeida ensinava catecismo aos adolescentes

Leia mais

Carta Aberta dos estudantes do ProUni ao Ministro de Estado da Educação

Carta Aberta dos estudantes do ProUni ao Ministro de Estado da Educação Carta Aberta dos estudantes do ProUni ao Ministro de Estado da Educação Senhor Ministro, Nós, estudantes bolsistas do ProUni, reunidos na cidade de São Paulo, dedicamos algumas palavras a Vossa Excelência,

Leia mais

Verificando a viabilidade do negócio

Verificando a viabilidade do negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Verificando a viabilidade do negócio Manual Etapa 2/Parte 2 Bem-vindo! Olá, caro empreendedor! É um prazer ter você na Etapa 2 do Programa de Auto-Atendimento

Leia mais

UNIDADE II METODOLOGIA DO FORMAÇÃO PELA ESCOLA

UNIDADE II METODOLOGIA DO FORMAÇÃO PELA ESCOLA UNIDADE II METODOLOGIA DO FORMAÇÃO PELA ESCOLA Quando focalizamos o termo a distância, a característica da não presencialidade dos sujeitos, num mesmo espaço físico e ao mesmo tempo, coloca se como um

Leia mais

Atividade experimental Gerando energia elétrica com a luz do Sol

Atividade experimental Gerando energia elétrica com a luz do Sol Atividade experimental Gerando energia elétrica com a luz do Sol É impossível imaginar o mundo atual sem energia elétrica. Pense em todas as atividades que você realiza em um dia na sua casa; em várias

Leia mais

Apresentação CEI. Perspectivas no mercado de energia fotovoltaica

Apresentação CEI. Perspectivas no mercado de energia fotovoltaica Apresentação CEI Perspectivas no mercado de energia fotovoltaica A CEI é produtora independente de energia em MG, com 9 usinas em operação, 15 empreendimentos hidrelétricos em desenvolvimento (130MW) e

Leia mais

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Autores: William Malfatti 1 ; Thaís Arruda 2 ; Sergio Auerbach 3 ; Kleber Soares Filho 4 ; Alex Fernandes 5 ; Melina

Leia mais

XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa Universidade de Fortaleza 22 à 26 de Outubro de 2012

XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa Universidade de Fortaleza 22 à 26 de Outubro de 2012 XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa Universidade de Fortaleza 22 à 26 de Outubro de 2012 O PAPEL DA UNIVERSIDADE DE FORTALEZA NA PROMOÇÃO DA EDUCAÇÃO CONTINUADA COMO FERRAMENTA DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Sumário Executivo. A [R]evolução Energética

Sumário Executivo. A [R]evolução Energética Sumário Executivo Ameaças climáticas e soluções As mudanças climáticas globais, conseqüências do incessante aumento dos gases de efeito estufa na atmosfera do planeta, já estão alterando ecossistemas e

Leia mais

Disponibilização e consumo de energia: implicações sobre o meio ambiente

Disponibilização e consumo de energia: implicações sobre o meio ambiente Disponibilização e consumo de energia: implicações sobre o meio ambiente Ipea Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Gesmar Rosa dos Santos Antenor Lopes Conteúdo Características gerais da Oferta Interna

Leia mais

+informado. Ele estudou e conseguiu um bom emprego. 2 O diploma que abre portas Amanco ao seu lado. 4 Capa: a Amanco mudou a minha vida

+informado. Ele estudou e conseguiu um bom emprego. 2 O diploma que abre portas Amanco ao seu lado. 4 Capa: a Amanco mudou a minha vida +informado Ano VII - nº 4 - Dezembro de 2013 Ele estudou e conseguiu um bom emprego... E, HOJE, É INSTRUTOR DO SENAI Guilherme Moreira fez o curso de Instalador Hidráulico Amanco... Conheça uma história

Leia mais

As Megatendências por Setores da Economia CRI Minas 25 de Setembro de 2014

As Megatendências por Setores da Economia CRI Minas 25 de Setembro de 2014 As Megatendências por Setores da Economia CRI Minas 25 de Setembro de 2014 Fortune Top companies: Biggest by Market Value Fortune Top companies: Most profitable VALOR V = Valor percebido pelo cliente (

Leia mais

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios

O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios O Setor Elétrico Brasileiro e a Sustentabilidade no Século 21 Oportunidades e Desafios Português Resumo Executivo Esta é a segunda edição revista e ampliada da publicação: O Setor Elétrico Brasileiro e

Leia mais

Geração Elétrica Total. Cenário de Referência (2007)

Geração Elétrica Total. Cenário de Referência (2007) Geração Elétrica Total Cenário de Referência (2007) Greenpeace Brasil Somos uma organização global e independente que atua para defender o meio ambiente e promover a paz, inspirando as pessoas a mudarem

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DIREITO FUNDAMENTAL AO SER HUMANO

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DIREITO FUNDAMENTAL AO SER HUMANO 1 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: DIREITO FUNDAMENTAL AO SER RESUMO HUMANO Luísa Arnold 1 Trata-se de uma apresentação sobre a preocupação que o homem adquiriu nas últimas décadas em conciliar o desenvolvimento

Leia mais

Conceito Geral. Produção de eletricidade em pequena escala por intermédio de instalações de pequena potência.

Conceito Geral. Produção de eletricidade em pequena escala por intermédio de instalações de pequena potência. Microgeração Conceito Geral Produção de eletricidade em pequena escala por intermédio de instalações de pequena potência. Meio para produção de energia através de instalações de pequena escala, utilizando

Leia mais

DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA

DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA TESTEMUNHOS DOS PARTICIPANTES ALUNOS OUVINTES Nome Completo: Norma Maria da Cruz 1. O que representou para você o curso Direito de Família Teoria e Pratica? Em linhas

Leia mais

Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011

Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011 Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011 1. Apresentação A RiSE Reuse in Software Engineering e o Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD), com o apoio do CNPq

Leia mais

Introdução 02. A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03. A Definição do Negócio 03. Imagem 03. Objetivos Financeiros 04

Introdução 02. A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03. A Definição do Negócio 03. Imagem 03. Objetivos Financeiros 04 ESTUDO DE CASO A construção do BSC na ESPM do Rio de Janeiro Alexandre Mathias Diretor da ESPM do Rio de Janeiro INDICE Introdução 02 A Estratégia Corporativa ESPM Brasil 03 A Definição do Negócio 03 Imagem

Leia mais

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática

Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática Posição da indústria química brasileira em relação ao tema de mudança climática A Abiquim e suas ações de mitigação das mudanças climáticas As empresas químicas associadas à Abiquim, que representam cerca

Leia mais

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/134/imprime89320.asp

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/134/imprime89320.asp Página 1 de 7 Mercado de oportunidades Aquecimento do setor gera oportunidades para engenheiros civis especializados. Confira as principais necessidades das empresas Por Renato Faria Foi-se o tempo das

Leia mais

ENERGIA SOLAR Adriano Rodrigues 1546632730 Adriano Oliveira 9930001250 Fabio Rodrigues Alfredo 2485761798 Frank Junio Basilio

ENERGIA SOLAR Adriano Rodrigues 1546632730 Adriano Oliveira 9930001250 Fabio Rodrigues Alfredo 2485761798 Frank Junio Basilio ENERGIA SOLAR Adriano Rodrigues 1546632730 Adriano Oliveira 9930001250 Fabio Rodrigues Alfredo 2485761798 Frank Junio Basilio 1587938146 Jessika Costa 1581943530 Rafael Beraldo de Oliveira 1584937060 A

Leia mais

O BRIQUETE COMO COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO PARA A PRODUÇÃO DE ENERGIA

O BRIQUETE COMO COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO PARA A PRODUÇÃO DE ENERGIA O BRIQUETE COMO COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO PARA A PRODUÇÃO ENERGIA Arícia Pessoa Dantas Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Estudante de Controle Ambiental no curso técnico integrado e bolsista

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT

Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT CIÊNCIAS CONTÁBEIS e ADMINISTRAÇÃO Sistemas de Informação Gerencial SUPPLY CHAIN MANAGEMENT maio/2014 APRESENTAÇÃO Em um ambiente onde a mudança é a única certeza e o número de informações geradas é desmedido,

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS

ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO DE EMPRESAS DE PETRÓLEO & GÁS O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico

Leia mais

Minha lista de sonhos

Minha lista de sonhos Licença No: # 122314/LS Fone: +55-11 5539-4719 E mail: vagner@programavirandoojogo.com.br Web: www.programavirandoojogo.com.br 2015 Minha lista de sonhos Com visão 2025 PREPARADO POR VAGNER MOLINA Rua

Leia mais

Metas e Linhas de Ação do CRESESB

Metas e Linhas de Ação do CRESESB Metas e Linhas de Ação do CRESESB Missão do CRESESB Promover o desenvolvimento das energias solar e eólica através da difusão de conhecimentos, da ampliação do diálogo entre as entidades envolvidas e do

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA COMO FONTE DE GERAÇÃO DE ENERGIA COMPLEMENTAR NA INDÚSTRIA PARAIBANA: UM ESTUDO DE CASO

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA COMO FONTE DE GERAÇÃO DE ENERGIA COMPLEMENTAR NA INDÚSTRIA PARAIBANA: UM ESTUDO DE CASO ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA COMO FONTE DE GERAÇÃO DE ENERGIA COMPLEMENTAR NA INDÚSTRIA PARAIBANA: UM ESTUDO DE CASO DA COSTA 1, Cinthya Borges Lopes DA SILVA 2, Michele Gomes FERREIRA 3, João Marcelo Dias

Leia mais

ESTA PARCERIA TEM CONTRIBUIDO SIGNIFICATIVAMENTE PARA O DESENVOLVIMENTO DO UNILASALLE E DA PROPRIA CIDADE, EM VÁRIOS SEGMENTOS.

ESTA PARCERIA TEM CONTRIBUIDO SIGNIFICATIVAMENTE PARA O DESENVOLVIMENTO DO UNILASALLE E DA PROPRIA CIDADE, EM VÁRIOS SEGMENTOS. SENHORAS E SENHORES BOA NOITE: 1. SAÚDO O MINISTRO DA EDUCAÇÃO, PROF. HENRIQUE PAIM. AO SAUDÁ-LO, AGRADEÇO SUA PRESENÇA E O APOIO QUE TEM PRESTADO À REDE LA SALLE, PARTICULARMENTE AO UNILASALLE. 2. SAÚDO

Leia mais

Geração Distribuída Diesel na Ponta (GDDP)

Geração Distribuída Diesel na Ponta (GDDP) Geração Distribuída Diesel na Ponta (GDDP) Palestra apresentada a Diretoria do INEE em 25 de janeiro de 2012 Péricles Pinheiro Filho Atualizada em 2012-07-17 Considerações Iniciais Péricles Pinheiro Filho

Leia mais

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA Ronaldo Vieira Cabral Abdias de Brito Aguiar Júnior José Sidney Nunes de Araújo Resumo: A parte das

Leia mais

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ RESULTADOS DA PESQUISA DE PERCEPÇÃO E SATISFAÇÃO DOS CURSOS DE: MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA COM PESSOAS FACULDADE REDENTOR 2012 ITAPERUNA RJ MODELO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Leia mais