Qual o problema desta página? VI WWW. VI.1 Desenho de Páginas Web. Sumário. Resumo da Aula Anterior. VI.1 Desenho de Páginas Web IPM 2006/07

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Qual o problema desta página? VI WWW. VI.1 Desenho de Páginas Web. Sumário. Resumo da Aula Anterior. VI.1 Desenho de Páginas Web IPM 2006/07"

Transcrição

1 Qual o problema desta página? VI WWW The Design of Sites, Cap. 1, 4 e 5, Conteúdo ocupa pequena % D. Duyne, J. Landay, J. Hong Jakob Nielsen 2 Resumo da Aula Anterior Sumário Introdução Importância, características e guia de estilos dos Importância de páginas bem desenhadas manuais Diferenças entre IU para Web e Desktop Manuais convencionais Princípios e guias para manuais Dez erros mais comuns em desenho Web Ajudas Interactivas Processo de desenho para a Web 3 4 1

2 Bom desenho pode aumentar vendas Artigo NY Times, 8/30/99 (site da IBM) Most popular feature was search because people couldn't figure out how to navigate the site The second most popular feature was the help button, because the search technology was so ineffective. Depois do redesenho, Uso do botão "help" diminuiu 84% Vendas aumentaram 400% Importância de Bom Desenho Diferença entre sucesso e fracasso Páginas com um desenho Limpo Fáceis de usar Centradas no utilizador Conseguem Reduzir o número de erros do utilizador Reduzir o tempo necessário para encontrar coisas Aumentar a satisfação geral do utilizador (diz aos outros) Exemplo de Sucesso: Google Funciona melhor que os outros motores de busca 5 6 Uma Página Web Representa... Desenho Web vs Desktop GUI Vista que o utilizador tem da informação Unidade de navegação O que se obtem quando se carrega num link Endereço para obter informação na rede (URL) Armazenamento de informação No servidor Diversidade de dispositivos (Web) Difícil de antecipar o que irão usar (TV Interactiva, PDAs, Tlms) Ser diferente é uma feature Utilizadores controlam a navegação Por caminhos nunca dantes antecipados Caem do céu via motores de pesquisa/bookmarks Uma Página é uma unidade atómica que unifica estes conceitos Parte de uma experiência integral Utilizadores movem-se entre diferentes locais 7 8 2

3 Wizards Diferenças? Onde está Aplicação e Estado? Back (anterior) no desktop Tipicamente desfaz alterações no último passo Back nas páginas Web botão back do navegador? Invisível para servidor não altera estado Elo back na página? servidor pode alterar estado Pode-se impedir o utilizador de usar back? Usando javascript, mas não é uma boa ideia Desktop Web 9 Saídas claramente assinaladas são importantes Óbvias no desktop mas não na web Caixa de Diálogo Desktop Caixa de diálogo na Web

4 Caixa de diálogo na Web Diferenças entre Diálogos Desktop: Caixas de diálogo pop-up Geralmente mais pequena que janela principal Mantém contexto (por detrás) sobre tarefa principal Web: Nova página (substitui Anterior) necessário andar para trás e para frente para recuperar contexto forward navegador perde valores depois de back (forms) MUITO tempo para carregar páginas Necessário relembrar contexto no tempo! Soluções Problema do Contexto Repetir contexto acrescentar nova info. na pág. corrente Do ponto de vista do utilizador a página expande-se Optimizar páginas para carregamento rápido Reduzir gráficos Melhorar desempenho do servidor

5 Dez erros Mais Importantes em Web Design Lista de Nielsen (original 1996) tml Não necessariamente consensual Nielsen - Autodesignado Web guru Investigador em Hypertexto muito antes da Web Excelente lista de difusão / local 10. Tempos de carregamento LONGOS Regra dos 10 segundos Tempo que utilizadores levam a perder interesse Consistente com estudos tradicionais de factores humanos 15 segundos podem ser aceitáveis na Web utilizadores habituados a esperar... Mas só páginas + importantes Verdade mesmo para locais de e-commerce Ocupados durante o dia, procuram info à noite em casa WWW está mais lenta não mais rápida Informação desactualizada 8. Cores de elos não padronizadas Contratem um jardineiro para a equipa root out the weeds and replant the flowers Pessoas preferem criar conteúdo a mantê-lo Modo barato de melhorar conteúdo Se ainda relevante -> elo para páginas novas Senão removê-las Conteúdo desactualizado => perca de confiança (importante para e-commerce) Elos para Páginas não visitadas são azuis Páginas já visitadas usar púrpura/vermelho Não alterem estas cores uma das poucas ajudas universais à navegação consistência importante para aprendizagem não sublinhem outros objectos com azul / vermelho! Este é um padrão de Web Design (a ver mais tarde)

6 7. Falta de apoio à navegação O que está errado nesta página? Utilizadores não conhecem o vosso local Sempre difícil encontrar informação Comunicar sentido claro de estrutura e localização Comunicar estrutura do local Disponibilizem um Mapa do Site Para utilizadores saberem onde estão e o que podem visitar Disponibilizem Bom mecanismo de busca Porque mesmo a melhor navegação não basta Expectativas dos utilizadores Logotipo no canto superior esquerdo ligado à home page Estrutura de outline indicando a localização actual Páginas muito longas Muitos utilizadores não desenrolam parte não visível da página Colocar conteúdo crítico e navegação no topo da página Páginas de informação podem ser maiores Leitores interessados irão pesquisar o conteúdo É uma boa ideia ser conciso Importância decrescente Devem ter o cuidado de não usar mais de 3 ecrãs Informação no TOPO dominante. 6. Páginas muito longas (cont) Não consensual: Jared Spool os utilizadores habituaram-se a desenrolar páginas se (e só se?) a página der pistas de haver conteúdo mais para baixo Páginas longas versus páginas curtas Reduzir tempos de carregamento

7 5. Páginas Orfãs Qual o problema com estas páginas? Todas as páginas devem claramente indicar a que local pertencem Utilizadores podem cair do céu e não da home-page. Acesso via Google, Altavista, Lycos, etc. Ser acessível sem ser pela home page Todas as páginas deveriam ter Elo para home page Indicação do local a que pertencem e posição na estrutura do local (tornar visível o estado do sistema) URLs Complicadas Qual o problema? Não devem expor endereços máquina Utilizadores tentam descodificar URLs das páginas Para inferir a estrutura do local Falta de apoio à navegação e sensação de localização URL deviam ser legíveis por pessoas Nomes reflectirem natureza do espaço informação Por vezes preciso escrever URL -> minimizar erros Usar letra minúscula, nomes curtos sem caracteres especiais Muitas pessoas não sabem teclar ~ URLs são difíceis de enviar por Word-wrapping, etc. Ver shorturl.com faz caching de urls e devolve urls curtas

8 3. Animações contínuas Não incluam animações intermináveis Imagens em movimento estimulam fortemente a visão periférica excluam animações, texto que desenrola, marquees Utilizadores desligam-nas Logo, não incluam nada de importante nestas! Dêem paz e descanso aos utilizadores para lerem o texto! Qual o problema com esta página? Redesenhada em

9 2. Uso gratuito de tecnologia Qual o problema com esta página? Não tentem atrair os utilizadores desta forma Pode ser que atraiam os nerds mas os utilizadores normais preocupam-se com conteúdo e serviço. Se o sistema/navegador estoira Não vão voltar Ex. usem VRML se a vossa informação é 3D Desenho de arquitectura ou planeamento de cirurgia Nota: é apropriado se venderem programas de CAD/GIS,VR, etc Frames Frames (cont.) Confundem utilizadores Conflito c/ modelo utilizador da página web Sequência de acções <> acto único Unidade de navegação <> unidade de visualização Perde-se previsibilidade das acções utilizador Que informação aparece onde quando se clica? Não é possível fazer bookmarks da página e regressar... Corrigido no Explorer 5 URLs deixam de funcionar (vão para pag 1 frameset) Não é possível partilhar com outros Enviar elos por não funciona Motores de busca tem problemas c/ frames que parte dos framesets incluir nos índices? Primeiros surveys demonstram pref.ª por locais sem frames Inquéritos mais recentes confirmam ~70-90% Nota: desenhadores experientes podem usar frames de forma eficaz Amazon.comseria impossível com frames (design to be linked to) 36 9

10 Resumo (Lista original 1996) Lista de Frames 2. Uso Gratuito de Tecnologia 3. Animações contínuas 4. URLs complicadas 5. Páginas órfãs 6. Páginas (demasiado) longas 7. Falta de apoio à navegação 8. Cores de elos não padronizadas 9. Informação Desactualizada 10.Paginas Lentas a carregar 1. Problemas de Legibilidade Tipos fixos/pequenos e contraste 2. Links Não-standard Cores, visitados não visitados 3. Flash Utilização gratuita 4. Conteúdo não escrito para a Web Deve ser curto, e directo ao assunto 5. Pesquisa Ineficiente Melhorar os algoritmos de pesquisa 6. Incompatibilidade de Browsers Optimizado para IExplode 7. Formulários difíceis de usar Muito grandes, com perguntas desnecessárias 8. Falta de Informação e de Contactos sobre a Empresa Diminui credibilidade 9. Arranjo (Layout) Congelado com Largura de Página Fixa Muito espaço em branco, problemas de impressão 10. Ampliação de Foto Inadequada Produtos em e-commerce Referências Não se esqueçam Nielsen s top 10 list Web pages that suck Dicas para web-designers User Interface Engineering URLs curtas mais fáceis de memorizar

11 Ciclos de Desenvolvimento Web Processo de Desenho Exploração Descoberta Refinamento Descoberta Desenhar Exploração Início Manutenção & Avaliação Prototipar Avaliar Codificação Produção Refinamento Produção segue-se a codificação e manutenção Processo de desenho : Descoberta Processo de desenho: Exploração Descoberta Exploração Refinamento Produção Avaliar necessidades Compreender expectativas de uso determinar âmbito do projecto Características dos utilizadores avaliar site actual e/ou concorrência Descoberta Exploração Refinamento Produção Gerar alternativas * visualizar soluções para requisitos identificados * Desenhar informação e navegação * Design gráfico preliminar * seleccionar um design

12 Processo de desenho: Refinamento Processo de desenho : Produção Decoberta Exploração Refinamento Produção Detalhar desenho * Níveis de detalhe crescente * Forte ênfase no design gráfico * Design iterativo Descoberta Exploração Refinamento Produção Preparar desenho para entrega * Criar produto final * especificações, linhas-mestras e protótipos * Tantos detalhes quanto possível Artefactos e Prática de Design Mapas do local Designers criam representações de locais em múltiplos níveis de detalhe Vista de alto nível do local sem grande detalhe Relações entre páginas (navegação) Rascunhos ou usando ferramentas (Powerpoint, Visio) Locais Web iterativamente refinados a todos os níveis Mapas Storyboards Esquemas Simulacros

13 Storyboards Esquemas Sequências de Interacção, detalhe mínimo ao nível da página Identifica os links em cada página Rascunhos em Papel e lápis Estrutura da página: navegação e informação Primeiro rascunhos depois usando uma ferramenta Simulacros Resumo Representação de alta-fidelidade da página final Usando Photoshop (por ex.) Só Look, sem Feel Importância de páginas bem desenhadas Diferenças entre IU para Web e Desktop Dez erros mais comuns em desenho Web Originais e de 2004 Processo de desenho para a Web Descoberta, Exploração, Refinamento, Produção Práticas de Design Mapas do local, Storyboards, Esquemas, Simulacros

14 Próxima aula Padrões de Desenho Web Motivação Padrões para construir Home Page 6 Regras para fazer uma boa Home Page Pirâmide Invertida Estudo Usabilidade Web 53 14

VI WWW. VI.1 Desenho de Páginas Web

VI WWW. VI.1 Desenho de Páginas Web VI WWW The Design of Sites, Cap. 1, 4 e 5, D. Duyne, J. Landay, J. Hong http://www.useit.com/alertbox/, Jakob Nielsen Qual o problema desta página? Conteúdo ocupa pequena % 2 1 Resumo da Aula Anterior

Leia mais

VI.1 Desenho de Páginas Web

VI.1 Desenho de Páginas Web Qual o problema desta página? VI WWW Conteúdo ocupa pequena % The Design of Sites, Cap. 1, 4 e 5, D. Duyne, J. Landay, J. Hong http://www.useit.com/alertbox/, Jakob Nielsen 2 Resumo da Aula Anterior Sumário

Leia mais

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing Docente (Teóricas): Eng.º Vitor M. N. Fernandes (Fonte: IST/IPM - Prof. Joaquim A. Jorge) E-mail: vmnf@yahoo.com Web: http://www.vmnf.net/ipam

Leia mais

Interfaces Pessoa-Máquina

Interfaces Pessoa-Máquina Interfaces Pessoa-Máquina Marielba Silva de zacarias Fct I, Gab. 2.69 mzacaria@ualg.pt http://w3.ualg.pt/mzacaria Desenho web Referências: Introdução ao desenho de interfaces, Fonseca M., Campos P. e Gonçalves

Leia mais

Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site. Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN

Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site. Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Introdução A Web oferece uma enorme liberdade de escolha e movimentação Qualquer coisa

Leia mais

Avaliação dos Equívocos Descritos por Nielsen em Páginas Web

Avaliação dos Equívocos Descritos por Nielsen em Páginas Web Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Informática Departamento de Informática Aplicada Interação Homem-Computador INF01043 Aluno: Leonardo Garcia Fischer Cartão UFRGS: 116627 Matrícula:

Leia mais

VI.2 Padrões de Desenho Web

VI.2 Padrões de Desenho Web VI WWW VI.2 Padrões de Desenho Web The Design of Sites, Cap. 2, D. Duyne, J. Landay, J. Hong Resumo da Aula Anterior! Importância de páginas bem desenhadas! Dez erros mais comuns em desenho Web 1.!Frames

Leia mais

Critérios. Melhores Práticas e Regras

Critérios. Melhores Práticas e Regras AULA 10 - ETAPAS DE DESENVOLVIMENTO WEB Usabilidade Projetando para o usuário Os conceitos de usabilidade têm como base o desenvolvimento de projetos centrados nas necessidades reais dos usuários. Lembre-se,

Leia mais

Modelos Conceptual e Mental

Modelos Conceptual e Mental Interfaces Pessoa Máquina 08-10-2012 Modelos Conceptual e Mental Cap. 6 Conceptualização da Interação 06 Melhor e Pior? 1 Melhor e Pior? Resumo Aula Anterior Análise de Utilizadores O que é? Porquê? O

Leia mais

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO

Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Interação Humano-Computador Design: estrutura e estética PROFESSORA CINTIA CAETANO Arte X Engenharia Desenvolver Sistema Web é arte? A Web oferece espaço para arte...... mas os usuários também desejam

Leia mais

UFCD 0152 Estrutura de um sítio para Internet

UFCD 0152 Estrutura de um sítio para Internet INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, IP DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE CENTRO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE VIANA DO CASTELO-SERVIÇO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL UFCD 0152 Estrutura de um sítio

Leia mais

Usabilidade e Acessibilidade dos Museus Online. Ivo Gomes

Usabilidade e Acessibilidade dos Museus Online. Ivo Gomes Usabilidade e Acessibilidade dos Museus Online Ivo Gomes Análise aos websites dos Museus Nacionais Em colaboração com o Público Digital Análise aos websites dos Museus Nacionais O Público Digital pediu

Leia mais

internet http://www.uarte.mct.pt internet... abrir o programa... pag.. 6 ecrã do internet explorer... ligações... escrever um endereço de internet...

internet http://www.uarte.mct.pt internet... abrir o programa... pag.. 6 ecrã do internet explorer... ligações... escrever um endereço de internet... internet 1 http://www.uarte.mct. internet...... pag.. 2 abrir o programa...... pag.. 3 ecrã do internet explorer... pag.. 4 ligações...... pag.. 5 escrever um endereço de internet... pag.. 6 voltar à página

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

REGRAS DE ESCRITA PARA A WEB

REGRAS DE ESCRITA PARA A WEB REGRAS DE ESCRITA PARA A WEB ESTRUTURA BÁSICA... 2 ESCRITA PARA A WEB 1... 2 Layout para a web... 3 Classificação... 5 Navegação... 5 Design e layout do site... 7 1 Adaptado de: in MCGOVERN, Gerry, NORTON,

Leia mais

WEB DESIGN LAYOUT DE PÁGINA

WEB DESIGN LAYOUT DE PÁGINA LAYOUT DE PÁGINA Parte 1 José Manuel Russo 2005 2 Introdução Quando se projecta um Web Site é fundamental definir com o máximo rigor possível os Objectivos a atingir no projecto, para que a sua concepção

Leia mais

Modelos Conceptuais I

Modelos Conceptuais I Modelos Conceptuais I Capítulo 5 Conceptual Models, J. Johnson and A. Henderson (artigo da revista Interactions, Jan. 2002) Interaction Design, Cap. 2 J. Preece Resumo da aula anterior As capacidades das

Leia mais

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites.

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. SUMÁRIO 1 Exemplo de site criado no software QUICKFISH...02 2 Salvando Seu Site...03 3 Publicando Seu Site...03 4 Visão inicial do Software

Leia mais

Como Aproveitar ao Máximo a Sua Página Pessoal Nunca terá uma segunda oportunidade para causar uma primeira impressão

Como Aproveitar ao Máximo a Sua Página Pessoal Nunca terá uma segunda oportunidade para causar uma primeira impressão Como Aproveitar ao Máximo a Sua Página Pessoal Nunca terá uma segunda oportunidade para causar uma primeira impressão O que é a Página Pessoal? A Página Pessoal dá a oportunidade a um EA de criar a sua

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

1 2 3 W O R K S H O P 4 5 6 W O R K S H O P 7 W O R K S H O P 8 9 10 Instruções gerais para a realização das Propostas de Actividades Para conhecer em pormenor o INTERFACE DO FRONTPAGE clique aqui 11 CONSTRUÇÃO

Leia mais

Como Começar? Criação Páginas. Etapas. Apresentação INTERNET

Como Começar? Criação Páginas. Etapas. Apresentação INTERNET Como Começar? Criação Páginas Apresentação Etapas Como começar Para que um site tenha sucesso é necessário um correcto planeamento do mesmo. Todos os aspectos de desenho de um site devem ser pensados de

Leia mais

Objectivos. Conteúdos. Criar documentos em hipertexto. Desenvolver e alojar um site na Internet.

Objectivos. Conteúdos. Criar documentos em hipertexto. Desenvolver e alojar um site na Internet. CÓDIGO UFCD: 0768 Criação de Sites Web (50h) Objectivos Criar documentos em hipertexto. Desenvolver e alojar um site na Internet. Conteúdos Introdução à Hyper Text Markup Language Elaboração de documentos

Leia mais

Avaliação por Peritos (Avaliação Heurística)

Avaliação por Peritos (Avaliação Heurística) Avaliação por Peritos (Avaliação Heurística) Capítulo 8 HCI, Cap. 9, AlanDix www.useit.com (webpage de Jakob Nielsen) Transparências da disciplina de Interfaces Homem-Máquina IST, Mário Rui Gomes e Joaquim

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina da Internet

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina da Internet COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina da Internet Utilização Educativa da Internet Guião de iniciação à consulta e pesquisa de informação na Web Índice Introdução... 2 Alguns conceitos básicos...2

Leia mais

IV.4 Análise de Dados da Avaliação

IV.4 Análise de Dados da Avaliação Melhor e Pior? IV - Avaliação IV.4 Análise de Dados da Avaliação Interactive System Design, Cap. 10, William Newman IV.4 Análise de Dados da Avaliação 2 Melhor e Pior? Resumo Aula Anterior! Avaliação com

Leia mais

Ave: Manual do usuário

Ave: Manual do usuário As iniciais no canto superior esquerdo indicam a atual lista de espécies em uso. Clique neste campo para abrir uma grade com todas Ave: Manual do usuário Introdução A Janela Inicial O botão Listas Sobre

Leia mais

Desenvolvimento de Interfaces Prototipação

Desenvolvimento de Interfaces Prototipação Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina - FACAPE Centro de Engenharia e Ciências Tecnológicas CECT Curso de Ciência da Computação Desenvolvimento

Leia mais

Guia da Internet. Página 1

Guia da Internet. Página 1 Guia da Internet Utilização da Internet Introdução... 2 Alguns conceitos básicos... 2 Endereços (URL)... 2 Páginas Web... 3 Abrir o Internet Explorer... 3 O ecrã do Internet Explorer... 4 A Barra de Ferramentas

Leia mais

PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE

PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE PRÓXIMA AULA: APRESENTAÇÃO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO E O FILME DO YOUTUBE? AULA 12 A. EMAIL MARKETING - Objectivos e problemas - Ideias - Vantagens

Leia mais

Ao redigir este pequeno guia pretendi ser conciso, indo directamente ao essencial.

Ao redigir este pequeno guia pretendi ser conciso, indo directamente ao essencial. Introdução O referenciamento é hoje um componente indispensável para ter um site ou blog de sucesso na Internet. Porquê? Simplesmente porque se inicialmente as primeiras visitas do seu site ou blog são

Leia mais

Interface Homem-Computador

Interface Homem-Computador Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão Interface Homem-Computador Aula: Prototipação Professor: M.Sc. Flávio Barros flathbarros@gmail.com Prototipar...... desenvolver e testar interfaces antes

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

A Internet 7 Criação de Páginas Web

A Internet 7 Criação de Páginas Web 7 - Criação de Páginas Web A Internet A Internet Empresas, instituições e pessoas individuais estão cada vez mais interessadas não só em aceder ao imenso manancial de informação disponibilizado pela Internet

Leia mais

Unidade 4 Concepção de WEBSITES. Fundamentos do planeamento de um website 1.1. Regras para um website eficaz 1.1.1.

Unidade 4 Concepção de WEBSITES. Fundamentos do planeamento de um website 1.1. Regras para um website eficaz 1.1.1. Unidade 4 Concepção de WEBSITES Fundamentos do planeamento de um website 1.1. Regras para um website eficaz 1.1.1. Sobre o conteúdo 1 Regras para um website eficaz sobre o conteúdo Um website é composto

Leia mais

Série ArcGIS Online I. Aprenda em 20. Módulo 4. Configure pop-ups. www.academiagis.com.br

Série ArcGIS Online I. Aprenda em 20. Módulo 4. Configure pop-ups. www.academiagis.com.br Série ArcGIS Online I Aprenda em 20 Módulo 4 Configure pop-ups Junho/2015 academiagis@img.com.br www.academiagis.com.br 1 Configure pop-ups No módulo 3, você trabalhou com várias propriedades diferentes

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Usabilidade Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Porque se preocupar com a web público extremamente grande cada dia cresce mais gerador de negócios ferramenta

Leia mais

Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen

Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen Os dez mais chocantes crimes contra os usuários. 1. Busca interna ruim Motores de busca excessivamente literais reduzem a usabilidade uma vez que eles são incapazes

Leia mais

Editor HTML. Composer

Editor HTML. Composer 6 Editor HTML 6 Composer Onde criar Páginas Web no Netscape Communicator? 142 A estrutura visual do Composer 143 Os ecrãs de apoio 144 Configurando o Composer 146 A edição de Páginas 148 Publicando a sua

Leia mais

Estrutura e estética: Organização, layout, cores e tipos

Estrutura e estética: Organização, layout, cores e tipos Design Web Estrutura e estética: Organiação, layout, cores e tipos Apresentação: Estrutura e Estética Organiação Navegação Layout Cores e Tipografia! " Representação e Apresentação Representação Utiliar

Leia mais

Projeto de Sites da Web

Projeto de Sites da Web Introdução Projeto de Sites da Web Mário Meireles Teixeira UFMA DEINF Hipertexto É um documento composto por um conjunto de nós contendo texto, imagens, sons e ações, a interligados entre si e formando

Leia mais

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7

DIRETO. Manual do Usuário. PROCERGS Divisão 7 DIRETO Manual do Usuário PROCERGS Divisão 7 Este documento foi produzido pela PROCERGS Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 210-3100 http:\\www.procergs.com.br Sumário Sobre

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

Interface Pessoa Máquina

Interface Pessoa Máquina Interface Pessoa Máquina Relatório Consolidado do Protótipo PrintShirt Grupo 95 Sumário Executivo Os testes que puderam ser realizados à interface do PrintShirt foram bastante superficiais dado que o programa

Leia mais

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Avaliação Passos para Site Acessível -Seguir padrões Web; -Seguir as diretrizes e recomendações de acessibilidade; -Realizar avaliação de acessibilidade.

Leia mais

V.2 Dispositivos de Interacção

V.2 Dispositivos de Interacção Melhor e Pior? V.2 DISPOSITIVOS DE INTERACÇÃO HCI, Cap.2 (pags. 59-97) Alan Dix 2 Resumo Aula Anterior Sumário o Importância, características e guia de estilos dos manuais o Manuais convencionais o Princípios

Leia mais

1. Introdução. 2. A área de trabalho

1. Introdução. 2. A área de trabalho Curso Criiar web siites com o Dreamweaver Parrttee II 1. Introdução O Macromedia DreamWeaver é um editor de HTML profissional para desenhar, codificar e desenvolver sites, páginas e aplicativos para a

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

NTI Núcleo de Tecnologia de Informação / UNIFAL-MG Drupal Manual do Usuário DRUPAL MANUAL DO USUÁRIO

NTI Núcleo de Tecnologia de Informação / UNIFAL-MG Drupal Manual do Usuário DRUPAL MANUAL DO USUÁRIO DRUPAL MANUAL DO USUÁRIO Primeiros passos para inserir conteúdo no site. 1. Logar-se no site através de seu usuário e senha. 2. Criar um novo menu. 3. Ativar o menu criado, colocando-o em alguma região

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HTM3.0. Tutorial HTML. versão 4.01

Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HTM3.0. Tutorial HTML. versão 4.01 Fone: (19) 3234-4864 E-mail: editora@komedi.com.br Site: www.komedi.com.br HTM3.0 Tutorial HTML versão 4.01 K O M Σ D I Copyright by Editora Komedi, 2007 Dados para Catalogação Rimoli, Monica Alvarez Chaves,

Leia mais

Plano E-commerce Guia de início rápido. Plano E-commerce. Guia de início rápido

Plano E-commerce Guia de início rápido. Plano E-commerce. Guia de início rápido Plano E-commerce 1 ÍNDICE 1 GUIA DE INÍCIO RÁPIDO... 3 2 WEB SITE DE ADMINISTRAÇÃO... 3 3 ASSISTENTE DE CONFIGURAÇÃO... 4 4 CRIAR CATEGORIAS... 7 5 CRIAR PRODUTOS... 9 6 VERIFICAR OPÇÕES IMPORTANTES DO

Leia mais

Manual Sistema de Autorização Online GW

Manual Sistema de Autorização Online GW Sistema de Autorização Online GW Sumário Introdução...3 Acesso ao sistema...4 Logar no sistema...4 Autorizando uma nova consulta...5 Autorizando exames e/ou procedimentos...9 Cancelamento de guias autorizadas...15

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados

Construtor Iron Web. Manual do Usuário. Iron Web Todos os direitos reservados Construtor Iron Web Manual do Usuário Iron Web Todos os direitos reservados A distribuição ou cópia deste documento, ou trabalho derivado deste é proibida, requerendo, para isso, autorização por escrito

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.

1. ACESSO AO SISTEMA. LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com. Manual de uso 1. ACESSO AO SISTEMA LOGIN E SENHA Para ter acesso ao painel administrativo de seu site, acesse o link: http://atualiza.urldosite.com.br Após acessar o link acima, favor digitar seu LOGIN

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT E s t u d o s o b r e a i n t e g r a ç ã o d e f e r r a m e n t a s d i g i t a i s n o c u r r í c u l o d a d i s c i p l i n a d e E d u c a ç ã o V i s u a l e T e c n o l ó g i c a Yandex M a n

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

Criar Newsletters. Guia rápido sobre...

Criar Newsletters. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Newsletters Neste guia... Saiba como criar atrativas newsletters em texto simples ou HTML para captar a atenção de seus contatos e ir ao encontro de seus interesses e expectativas.

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM WWW. Como pesquisar na Internet e como avaliar páginas Web

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM WWW. Como pesquisar na Internet e como avaliar páginas Web AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM E S C O L A E B 2, 3 / S E N G º D I O N Í S I O A U G U S T O C U N H A B I B L I O T E C A E S C O L A R C E N T R O D E R E C U R S O S E D U C A T I V O

Leia mais

Sumário. Os Créditos que Faltavam Introdução

Sumário. Os Créditos que Faltavam Introdução Sumário Os Créditos que Faltavam Introdução Parte Um: Bem-vindo à Web Capítulo 1: Preparação para a web 9 Apresentação da World Wide Web 9 Navegadores 10 Servidores web 14 Planejamento de um website 15

Leia mais

Criação de Páginas Web

Criação de Páginas Web MÓDULO 3 Criação de Páginas Web Duração de Referência: 33 horas 1 Apresentação Neste módulo, procura dar-se uma primeira ideia instrumental de como criar, a partir de aplicativos próprios, a organização

Leia mais

ClinicalKey 2.0. Guia do usuário

ClinicalKey 2.0. Guia do usuário ClinicalKey 2.0 Guia do usuário 2 Agenda 1. Introdução 2. Selecionando o navegador 3. Como acessar ClinicalKey 4. Como pesquisar no ClinicalKey 5. A informação que você precisa 6. Topic Pages 7. Página

Leia mais

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 -

Construtor de sites SoftPixel GUIA RÁPIDO - 1 - GUIA RÁPIDO - 1 - Sumário Introdução...3 Por que utilizar o Construtor de Sites?...3 Vantagens do Construtor de Sites...3 Conceitos básicos...3 Configuração básica do site...5 Definindo o layout/template

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Actividades de exploração Objectivo Explorar as funcionalidades essenciais do Programa, na perspectiva da construção/actualização

Leia mais

Conteúdo Programático do Web Design

Conteúdo Programático do Web Design Conteúdo Programático do Web Design O Ambiente Macromedia Dreamweaver Instalação do Dreamweaver Arquivos Utilizados na Apostila A Inicialização de Dreamweaver Área de Trabalho Dreamweaver Criação de uma

Leia mais

PLANEAMENTO DO SITE. - Objectivos. - Público-alvo. -Estrutura. - Navegação

PLANEAMENTO DO SITE. - Objectivos. - Público-alvo. -Estrutura. - Navegação PLANEAMENTO DO SITE Desenhar e planear o site tendo em conta: - Objectivos - Público-alvo -Estrutura - Navegação MCM 2007 1 Objectivos Entender a posição do cliente O que se pretende com a criação do site?

Leia mais

Relatório referente ao período de 24 de abril de 2007 a 29 de maio de 2007.

Relatório referente ao período de 24 de abril de 2007 a 29 de maio de 2007. Relatório do GPES Relatório referente ao período de 24 de abril de 2007 a 29 de maio de 2007. Objetivo O objetivo desse relatório é expor alguns padrões de interface para Web que foram definidos pela Coleção

Leia mais

Design. Design. Citação: Tal como os autores, também os designers para Multimedia e a Web

Design. Design. Citação: Tal como os autores, também os designers para Multimedia e a Web Citação: Uma regra diz Deve-se fazer desta forma". Um princípio diz Isto funciona e tem funcionado desde que há memória! Autores inexperientes e ansiosos obedecem regras conhecidas. Autores rebeldes e

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS ÍNDICE ÍNDICE INTERNET EXPLORER...2 A Janela Principal...2 Barra de endereços...3 Menu Favoritos...4 Adicionar endereços no Menu Favoritos...4 Organizar endereços no Menu Favoritos...5 Navegar nas páginas...5

Leia mais

Arquitectura de Informação

Arquitectura de Informação Arquitectura de Informação Saul Wurman, criou o termo em 1976. Foi usado para design impresso: mapas guias e atlas. Posteriormente para layouts e outros campos do design. Morville e Rosenfeld, autores

Leia mais

Tornando sites mais fáceis para visualização 16

Tornando sites mais fáceis para visualização 16 Primeiros passos com o essential Accessibility 3 O que é essential Accessibility? essential Accessibility : uma visão geral Sobre este manual Como instalar o essential Accessibility Requisitos do sistema

Leia mais

WEB DESIGN LAYOUT DE PÁGINA

WEB DESIGN LAYOUT DE PÁGINA LAYOUT DE PÁGINA Parte 2 José Manuel Russo 2005 8 Introdução Determinados os Objectivos e a Estrutura do Site, segue-se a segunda fase o momento de definir o aspecto gráfico das páginas que constituirão

Leia mais

Blogues - Pequeno guião de construção. Servidor utilizado

Blogues - Pequeno guião de construção. Servidor utilizado http://nonio.fc.ul.pt Blogues - Pequeno guião de construção Servidor utilizado http://www.blogger.com Modos de aceder: No Google in English http://www.google.com/ Aqui escolha even more Aí vai ter acesso

Leia mais

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE

ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO - 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE USABILIDADE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: Quando nos referimos à qualidade da interação

Leia mais

Pacotes de soluções Para websites

Pacotes de soluções Para websites Guia de ajuda Neste exemplo a empresa pretende endereço, email, alojamento e registo nos motores de busca: Anuidade: 57,95 + IVA Criação do site: 200,00 + IVA Pacotes de soluções Para websites 1º Encargo

Leia mais

Introdução. João Sá Marta 1 1/28/10

Introdução. João Sá Marta 1 1/28/10 Introdução CMS (Sistema de gestão de conteúdos) para WEB Possui um sistema de gestão de utilizadores e de permissões avançado Editor de páginas de fácil utilização Permite a adição de módulos de modo a

Leia mais

Banco de Imagens. Grupo Auto Sueco. Banco de Imagens Grupo Auto Sueco 1 (10) Filipe Emanuel Moreira 1.0 2010-05-04. José Albuquerque 1.

Banco de Imagens. Grupo Auto Sueco. Banco de Imagens Grupo Auto Sueco 1 (10) Filipe Emanuel Moreira 1.0 2010-05-04. José Albuquerque 1. Grupo Banco de Imagens Grupo 1 (10) Autor Versão Data Filipe Emanuel Moreira 1.0 2010-05-04 Aprovação Versão Data José Albuquerque 1.0 Banco de Imagens Grupo Banco de Imagens 2 (10) Conteúdos 1. Acerca

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres

Tópicos de Ambiente Web. Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Tópicos de Ambiente Web Modulo 2 Processo de desenvolvimento de um site Professora: Sheila Cáceres Roteiro Motivação Desenvolvimento de um site Etapas no desenvolvimento de software (software:site) Analise

Leia mais

Migrar para o Access 2010

Migrar para o Access 2010 Neste Guia Microsoft O aspecto do Microsoft Access 2010 é muito diferente do Access 2003, pelo que este guia foi criado para ajudar a minimizar a curva de aprendizagem. Continue a ler para conhecer as

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

LAR O SEU NEGÓCIO O SEU NEGÓCIO LAR O SEU NEGÓCIO LAR. POLÍTICA DE PRIVACIDADE PARA SITES DE EAs BEM- ESTAR

LAR O SEU NEGÓCIO O SEU NEGÓCIO LAR O SEU NEGÓCIO LAR. POLÍTICA DE PRIVACIDADE PARA SITES DE EAs BEM- ESTAR BEM- ESTAR BEM- ESTAR POLÍTICA DE PRIVACIDADE BEM- ESTAR PARA SITES DE EAs POLÍTICA DE PRIVACIDADE PARA SITES DE EAs Com o objectivo de criar visibilidade para os produtos Amway, para a Oportunidade de

Leia mais

AULA 3: BrOffice Writer Numeração de páginas e outros comandos. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de:

AULA 3: BrOffice Writer Numeração de páginas e outros comandos. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: AULA 3: BrOffice Writer Numeração de páginas e outros comandos Objetivo Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: Conhecer o controle de exibição do documento; Fazer a correção ortográfica do documento

Leia mais

Procedimentos de Segurança

Procedimentos de Segurança Guia de utilização Janeiro 2008 Índice 1. Verificar a Validade do Certificado de...2 2. Adicionar econstroi aos sites fidedignos...5 3. Autorizar janelas de pop-up...8 Proibida a reprodução. Pág. 1 de

Leia mais

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK

WIN + D WIN + M SHIFT + WIN + M WIN + R WIN + E WIN + PAUSE BREAK Windows em geral WIN = Abre o menu Iniciar. Use as setas para navegar nas opções, e dê ENTER para abrir um item. WIN + D = Mostrar área de trabalho. WIN + M = Minimizar tudo. SHIFT + WIN + M = Desminimizar

Leia mais

BRIP. Índice. I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05

BRIP. Índice. I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05 BRIP Índice I Que recursos digitais tenho à minha disposição e de que forma os posso utilizar? 05 1 Aulas interativas 05 2 E-manuais 09 Temas 09 Pesquisa global de Recursos Educativos Digitais 11.1 Pesquisa

Leia mais

Como fazer uma apresentação

Como fazer uma apresentação Como fazer uma apresentação Etapas para fazer uma apresentação Definição dos 1 objectivos da apresentação de acordo com as necessidades e o perfil da audiência Preparação de uma linha de trabalho de um

Leia mais

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical

Spelling Tabelas Apagar linhas numa tabela Merge e Split numa tabela Alinhamento vertical da tabela Introduzir texto na vertical Word II Título: Iniciação ao WORD 2003. Nível: 1 Duração: 2 Tempos Objectivo: Iniciar o estudo da aplicação Microsoft Office Word. Dar a conhecer algumas ferramentas do Microsoft Office Word. Microsoft

Leia mais

MANUAL UTILIZADOR SERVIÇO FTP

MANUAL UTILIZADOR SERVIÇO FTP Edição: 1.0 Data: 07/08/15 Pág.: 1/10 O sistema de FTP é um serviço de transmissão de ficheiros bilateral, disponibilizado pela Monoquadros para os seus parceiros de negócio, com vista á fácil e rápida

Leia mais

Portal do Projeto Tempo de Ser

Portal do Projeto Tempo de Ser Sumário Portal do Projeto Tempo de Ser O que é um Wiki?...2 Documentos...2 Localizando documentos...3 Links...3 Criando um Documento...4 Criando um link...4 Editando um Documento...5 Sintaxe Básica...5

Leia mais

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES

ÍNDICE MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV. 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES MANUAL SITE ADMINISTRÁVEL TV ÍNDICE 1. Introdução 2. Acessando o site administrável/webtv SITE ADMINISTRÁVEL 3. CONFIGURAÇÕES 3.1 - Dados Cadastrais 3.2 - Noticias 3.3 Redes Sociais 3.4 - Player 4. DESIGN

Leia mais

9/24/2012. Interfaces Pessoa. Análise de Utilizadores e Tarefas I. Máquina. Cap. 5 Análise de Utilizadores e Tarefas. Melhor e Pior?

9/24/2012. Interfaces Pessoa. Análise de Utilizadores e Tarefas I. Máquina. Cap. 5 Análise de Utilizadores e Tarefas. Melhor e Pior? Interfaces Pessoa Máquina 9/24/2012 Análise de Utilizadores e Tarefas I Cap. 5 Análise de Utilizadores e Tarefas 03 Melhor e Pior? 1 Melhor e Pior? Melhor e Pior? 2 Resumo Aula Anterior Usabilidade Design

Leia mais

O que torna a Web interessante?? Web Design: Visão Geral e Diretrizes. O que torna a Web interessante?? Qual o desafio?? Usuários detestam...

O que torna a Web interessante?? Web Design: Visão Geral e Diretrizes. O que torna a Web interessante?? Qual o desafio?? Usuários detestam... O que torna a Web interessante?? Web Design: Visão Geral e Diretrizes??? Interação Usuário-Computador (SCE-224) Prof. Rudinei Goularte O que torna a Web interessante?? Informação não-linear Textos + Gráficos

Leia mais

Optimização de um Mundo Virtual

Optimização de um Mundo Virtual secção 3.2 Optimização de um Mundo Virtual Dadas as limitações impostas pela actual tecnologia, um mundo virtual que não seja cuidadosamente optimizado torna-se necessariamente demasiado lento para captar

Leia mais