CURSO SOBRE SISTEMAS DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CURSO SOBRE SISTEMAS DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL"

Transcrição

1 CURSO SOBRE SISTEMAS DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL Elisabete Bertolo Eng.ª Civil, Mestre em Engenharia do Ambiente, especializada em Sistemas de Água da Chuva Vitor Simões Dr, Ecoágua Lda, Sistemas de Aproveitamento de Água da Chuva e Reciclagem de Água Instituto Superior de Engenharia 7,8 e 14, 15 de Abril de 2008

2 Componentes do SAAP Novas Tecnologias e Potenciais Produtos aplicáveis no aproveitamento e tratamento de Água Pluvial

3 RAINWATER HARVESTING chuva Perdas First-Flush Área de Captação Effective Runoff Runoff Perdas Usos não potáveis wc Rede Realimentação Usos UV BOMBAGEM unidade não potáveis: de exterior, necessária desinfecção: Quantidade submersivel através uso do daou UV rede. necessária, para Compacta Várias desinfecção abastecimento formas de implementaçãoe saneamento MLR REGA Additional Inputs Caleiras e tubos de descarga Edifício Overflow Filtro- água limpa Cisterna Bomba Drain-Down Filtro UV Filtro- água suja Usos Effective Runoff: Quantidade de da chuva que entra no sistema Filtro:Dimensionados First-Flush Runoff Área perdas: de Captação- Perdas: Quantidade Local onde água de éágua recolhida chuva não aproveitada a que água se perde chuva e desviada Chuva: Inputs adicionais: QuantidadePara de acordo água outras precipitada com fontes capacidades de em abastecimento mm/m2 hidráulicaspor m2 do evaporação sistema de ou filtragem perdas do depósito por overflow

4 Dispositivos de First Flush

5 Austrália

6

7

8

9 FILTRAGEM Filtros de água da chuva de fácil instalação, desenhados com o objectivo de encher reservatórios ornamentais ou cisternas de superfície

10 Filtro Colector e Depósitos Ornamentais

11

12 RAINUS

13 FILTROS

14 Rega do Jardim

15

16 Twin Filter Filtro de água da chuva para grandes áreas. O filtro de água da chuva pode ser instalado numa caixa de alvenaria ou directamente no solo. As caixas de alvenaria usadas têm por medida standard no mínimo ø1000mm. O filtro pode ser entregue pré-instalado na caixa de alvenaria. Dois sistemas de filtragem incluídos, grande capacidade de filtragem independentemente do caudal. A sujidade é recolhida num cesto que está inserido no filtro. Devido à inclinação do miolo filtrante, a sujidade é continuamente direccionada para o esgoto. A água limpa vai para a cisterna onde é armazenada. Capacidade hidráulica de filtragem para áreas até 700 m2. Podem ser conectadas áreas maiores.

17 Exemplo de Instalação e dados técnicos

18 Filtro FGC1 Filtro de água da chuva para instalação no solo antes do depósito de água da chuva. Dois sistemas de filtragem incluídos, grande capacidade de filtragem independentemente do caudal. Devido ao seu sistema de cascata, o miolo do filtro é auto limpante. Resistente ao congelamento. Capacidade hidráulica de filtragem para áreas até 350m2. A água limpa pode ser usada na máquina de lavar roupa, nas descargas sanitárias na rega do jardim em casas, no comércio, em edifícios públicos ou na indústria. Aconselha-se a sua limpeza 1 ou 2 vezes por ano que consiste em facilmente se retirar o miolo do filtro e a sua passagem por água.

19 Exemplo de Instalação e dados técnicos

20 Filtro FGC1 COMBI Filtro de água da chuva para instalação dentro do depósito. Este filtro tem a entrada de água limpa no fundo do filtro, o que possibilita e facilita a sua instalação no interior. A água suja sai através da saída para esse efeito. Quando instalado antes do depósito, o FGC1 Combi permite um elevado grau de flexibilidade ao ângulo, direccionando a água limpa ao depósito. O FGC1 Combi pode ainda ser instalado na superfície exterior do depósito, utilizando uma selagem que podemos fornecer. Pode funcionar como segunda torre do depósito. Funcionalidade igual ao FGC1 Capacidade hidráulica de filtragem para áreas até 350m2, de acordo com a DIN A água limpa pode ser usada na máquina de lavar roupa, nas descargas sanitárias na rega do jardim em casas, no comércio, em edifícios públicos ou na indústria. Aconselha-se a sua limpeza 1 ou 2 vezes por ano.

21 Exemplos de Instalação

22 Filtro Industrial VF2 Filtro de água da chuva para grandes áreas de cobertura. Pode ser instalado em manilha de betão com diâmetro de 1000mm ou em caixa de alvenaria, a construir in situ. Se for instalado numa caixa ou manilha esta deve ser dotada de uma saída de água suja, uma entrada de pluvial e uma saída da pluvial filtrada para a cisterna. Capacidade hidráulica de acordo com a DIN1986 para áreas de cobertura até 850m2. Pode ser utilizado em sistema de bateria a conjugar a área e os filtros necessários. O filtro deve ser limpo 1 ou 2 vezes por ano.

23 Como Funciona Entrada de água da chuva DN 200 Saída para a Cisterna DN150 Saída para o esgoto DN200 Diferença entre a entrada e a saída para o cisterna 320mm O filtro deve ser limpo 1 ou 2 vezes por ano. Como funciona: 1. A água ao chegar ao filtro é armazenada na sua represa e quando esta atinge o nível de transbordo distribui equitativamente a quantidade de água na cascata do filtro. 2. O sistema de cascata funciona como pré filtragem, pois filtra a sujidade maior que se encontra nas coberturas ou caleiras. A água suja vai para o esgoto. 3. A água pré filtrada passa depois pela rede que está por debaixo das cascatas( malha 0,4X). 4- A Água limpa vai para a cisterna 5- A Água suja vai para o esgoto

24 Filtros Industriais FGC4 e FGC6

25 Esquema de Instalação

26 Esquema de Instalação

27 Instalação de FGC6

28

29 Acessórios Permite a calma entrada da água da chuva no depósito, evitando que os detritos que se acumularam no fundo sejam remexidos. Permite ainda a oxigenação da parte inferior da água armazenada e assim a sua preservação. Feito de polietileno Representa a segundo passo no processo de limpeza e filtragem da água da chuva descrito na água limpa. Sifão de overflow com barreira anti roedores e cheiro, com o efeito de skimmer na superfície da água do depósito, permitindo a saída de pequena quantidade de água e não permitindo o efeito anaeróbico na água. Todos os sifões 3P promovem a melhor qualidade de água no depósito, sendo o overflow importante para a qualidade da água e para que esta permaneça fresca.

30 Acessórios Dispositivo de sucção flutuante com mangueira aspira a água mais limpa do depósito. O dispositivo de sucção flutuante representa a quarta fase no sistema de filtragem de água da chuva. Para a ligação de tubos de PE de ø32mm Composto por: Bola flutuante, diâmetro de 15cm Rede de filtragem com malha de 1,2mm Check válvula, 1 Ligação para mangueira Dispositivo de sucção flutuante representa a quarta fase no sistema de filtragem de água da chuva. Permite a sucção da água que está mais limpa no depósito. O dispositivo de sucção flutuante encontra-se sempre suspenso abaixo do nível da água, onde esta se encontra mais limpa. Desta posição a água é aspirada pela bombagem. Devido à sua malha não é ingerida qualquer sujidade para o sistema.

31 Depósitos Tipos de depósitos Depósitos em Polietileno

32 Instalação de depósitos de PE

33 Depósitos PE

34 Depósitos em Fibra de Vidro Reforçado com resistência UV

35 Instalação de Depósitos em Fibra de Vidro

36 Tanques de betão

37 BOMBAGEM

38 TRATAMENTO Sistemas compactos de desinfecção por UV

39 Filtros de Cartucho

40 Esquemas de Instalação

41

42

43 Diagramas Técnicos SAAP

44

45

46 Desenho Técnico

47 Corte de Instalação

48

49

50 Outros Produtos Sistemas de retenção e infiltração

51 INTEWA DRAIN-MAX comb Major project Hamburg 500 m³ One-family house

52 Disadvantages DRAIN-MAX comb max. ca. 90 m³ / truck High production and storage costs

53 Advantages DRAIN-MAX tunnel simple linking stacking, 350 m³ / truck economy price

54 Load capacity DRAIN-MAX tunnel 3 D - FE simulation Maximum load capacity test

55 Attenuation example Ireland 350 m³ Excavation 220 tunnels with filter fabrics

56 Backfilling DRAIN-MAX tunnel Ireland 350 m³

57 Compaction DRAIN-MAX tunnel Ireland 350 m³ Compaction 5 kn/m² > 0,5 m cover Compaction 16,7 kn/m² > 0,8 m cover

58 Infiltration example Ludwigsfelde Wellnes Oase 192 m³ Rainwater infiltration

59 Infiltration example Ludwigsfelde Wellnes Oase 192 m³

60 Infiltration example Ludwigsfelde Wellnes Oase 192 m³ Linking tunnels together Backfilling with sandy ground, to be compacted

61 Filtros Hydro System 3P Technik

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Sistemas de recuperação de águas pluviais

Sistemas de recuperação de águas pluviais Ambietel Tecnologias Ambientais, Lda UPTEC P.MAR Av. Liberdade, s/n 4450-718 Leça da Palmeira Telef: +351 225 096 087 Sistemas de recuperação de águas pluviais A água da chuva é um recurso natural que

Leia mais

Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais Uso eficiente da Água

Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais Uso eficiente da Água Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais Uso eficiente da Água Introdução Aproveitar água da chuva Áreas Urbanas Centralidade Sistémica Source Control e Local Management Alterações Climáticas Forma

Leia mais

APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA EM EDIFICAÇÕES

APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA EM EDIFICAÇÕES APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA EM EDIFICAÇÕES Elisabete Peres Bertolo Engenheira Civil Mestre em Engenharia do Ambiente Aproveitamento da água das chuvas numa casa australiana (Apostolidis, 2003). Museu

Leia mais

APROVEITAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS

APROVEITAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS APROVEITAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS Pré-filtro com efeito vortex Bomba submersível Filtro flutuante de aspiração Sistema de adição de água da rede pública Entrada anti-turbulência Indicador de nível de água

Leia mais

DESDE. Catálogo de Produtos

DESDE. Catálogo de Produtos DESDE Catálogo de Produtos 2004 FILTROS PARA APROVEITAMENTO DA ÁGUA DA CHUVA Ciclo 250 Realiza a separação automática de até 99% dos resíduos sólidos; Filtra até 90% da água captada; Fácil manutenção,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Os equipamentos do Kit Chuva atendem as exigências da norma NBR 15527: Água de chuva - Aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis Requisitos. KIT CHUVA Filtro

Leia mais

FICHA TÉCNICA RAIN WATER CONTROL RWC 303

FICHA TÉCNICA RAIN WATER CONTROL RWC 303 FICHA TÉCNICA RAIN WATER CONTROL RWC 303 Quadro eléctrico desenvolvido e produzido pela empresa L.N. Águas, Lda., propriedade da mesma, não sendo permitida a sua utilização e reprodução sem autorização

Leia mais

GB ECO Solutions. especialista em soluções ambientais para um PLANETA SUSTENTÁVEL. Reuso e Aproveitamento de Água da Chuva

GB ECO Solutions. especialista em soluções ambientais para um PLANETA SUSTENTÁVEL. Reuso e Aproveitamento de Água da Chuva GB ECO Solutions especialista em soluções ambientais para um PLANETA SUSTENTÁVEL GB ECO Solutions www.gb-ecosolutions.com.br info@gb-ecosolutions.com.br + 55 11 4702-4619 Cotia/SP Sistemas de Remediação

Leia mais

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares

INDICE. Pag.2. Pag.3. Pag.4. Pag.5-6. Pag.7. Acessórios complementares INDICE Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro G para aspiração directa ou aspiração à distância Separador de Gorduras em PEAD para montagem apoiada: modelo KESSEL Euro

Leia mais

SISTEMA DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DE CHUVA - 3P TECHNIK

SISTEMA DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DE CHUVA - 3P TECHNIK SISTEMA DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DE CHUVA - 3P TECHNIK INSTALAÇÃO: Figura 1 Para instalação e montagem das conexões, siga os seguintes passos: 1) Os tubos que descem das calhas são conectados nas entradas

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANQIP ETA 0701 ELABORADA POR: SECRETARIADO TÉCNICO CTA 0701 0. CONSTITUIÇÃO DA COMISSÃO TÉCNICA ANQIP CTA 0701

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANQIP ETA 0701 ELABORADA POR: SECRETARIADO TÉCNICO CTA 0701 0. CONSTITUIÇÃO DA COMISSÃO TÉCNICA ANQIP CTA 0701 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ANQIP ETA 0701 SISTEMAS DE APROVEITAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS EM EDIFÍCIOS (SAAP) ELABORADA POR: SECRETARIADO TÉCNICO CTA 0701 VALIDADE: DE 23 / 01 / 2009 A 23 / 01 /2014 OBS: 0. CONSTITUIÇÃO

Leia mais

Tecnologia para o reaproveitamento de água de chuva. Catálogo de Produtos 2011

Tecnologia para o reaproveitamento de água de chuva. Catálogo de Produtos 2011 Tecnologia para o reaproveitamento de água de chuva Catálogo de Produtos 2011 Soluções profissionais Wisy Aquastock A WISY AG, sediada na Alemanha e fundada em 1989, foi a pioneira na busca de soluções

Leia mais

Aproveitamento de água de chuva para fins não potáveis em áreas urbana

Aproveitamento de água de chuva para fins não potáveis em áreas urbana Aproveitamento de água de chuva para fins não potáveis em áreas urbana Fortaleza dos Templários em Tomar- 1160 dc.portugal Conservação da água Ciclo hidrológico ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas

Leia mais

Seminário Uso Eficiente da Água no Sector Residencial

Seminário Uso Eficiente da Água no Sector Residencial Seminário Uso Eficiente da Água no Sector Residencial Aproveitamento de Águas Pluviais Rainwater Harvesting em Portugal Perspectivas, Realidades e Oportunidades Faro, 12 de Outubro de 2009 Castelos, Conventos,

Leia mais

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO -

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - INTRODUÇÃO Conforme a Resolução CONAMA 273 de 2000, postos de revenda e de consumo de combustíveis devem ser dotados de sistema de drenagem

Leia mais

CATÁLOGO 2014. Aquah Cisternas Verticais PLUVIAIS E POTÁVEIS

CATÁLOGO 2014. Aquah Cisternas Verticais PLUVIAIS E POTÁVEIS CATÁLOGO 2014 Aquah Cisternas Verticais PLUVIAIS E POTÁVEIS CISTERNAS VERTICAIS Nossa linha de Cisternas Verticais foi desenvolvida para se adaptar às mais diversas estruturas e, atráves de vasos comunicantes,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Os equipamentos do Kit Chuva atendem as exigências da norma NBR 15527: Água de chuva - Aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis Requisitos. KIT CHUVA VF1

Leia mais

Tecnologia para o reaproveitamento de água de chuva

Tecnologia para o reaproveitamento de água de chuva Tecnologia para o reaproveitamento de água de chuva Aquastock Catálogo de Produtos Soluções integradas Aquastock A Aquastock fornece soluções completas e integradas para o aproveitamento de água de chuva

Leia mais

DRENAGEM E APROVEITAMENTO DAS ÁGUAS PLUVIAIS

DRENAGEM E APROVEITAMENTO DAS ÁGUAS PLUVIAIS GUIA PARA A REABILITAÇÃO DRENAGEM E APROVEITAMENTO DAS ÁGUAS PLUVIAIS PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus Autoria do Relatório Consultoria Oliveira & Irmão S.A. Índice 1. Anomalias no Sistema

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Os equipamentos do Kit Chuva atendem as exigências da norma NBR 15527: Água de chuva - Aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis Requisitos. KIT CHUVA RAINUS

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL CAPTAÇÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS EM ÁREAS URBANAS

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL CAPTAÇÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS EM ÁREAS URBANAS UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO MESTRADO EM ENGENHARIA CIVIL CAPTAÇÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS EM ÁREAS URBANAS Profª. Simone Rosa da Silva 2015 Torres empresariais : Isaac newton e Alfred Nobel Const.: Rio Ave Aspectos

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DO MEIO AMBIENTE

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DO MEIO AMBIENTE C A T Á L O G O D E P R O D U T O S SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DO MEIO AMBIENTE CISTERNA MUITO MAIS INOVAÇÃO E FACILIDADE PARA ARMAZENAR ÁGUA DA CHUVA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções

Leia mais

E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014

E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014 E.S.T. Barreiro Barreiro, 15 de Dezembro 2014 Quem somos Cultura de empresa enraizada e com 90 anos de história 2 300 Colaboradores em todo o mundo Facturação de 450 M de Euros Anuais Quem somos Estamos

Leia mais

Mediar Limpeza e Desinfecção de Sistemas AVAC, Lda. dos edifícios Qualidade do ar interior. Mediar Limpeza e desinfecção de sistemas AVAC, LDA

Mediar Limpeza e Desinfecção de Sistemas AVAC, Lda. dos edifícios Qualidade do ar interior. Mediar Limpeza e desinfecção de sistemas AVAC, LDA Mediar Limpeza e Desinfecção de Sistemas AVAC, Lda. Plano de Manutenção AVAC, segundo o regulamento dos sistemas it energéticos de climatização dos edifícios Qualidade do ar interior Mdid Medidas a serem

Leia mais

inovação Rotoplas. Guatemala, Honduras, Nicarágua, Belize, Costa Rica Panamá e Rep. Dominicana

inovação Rotoplas. Guatemala, Honduras, Nicarágua, Belize, Costa Rica Panamá e Rep. Dominicana Acqualimp, inovação Rotoplas. Presente no mercado brasileiro desde 2001, a Acqualimp pertence ao Grupo Rotoplas, com sede no México, onde detém 70% de participação no mercado. O Grupo possui 19 unidades

Leia mais

Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015

Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015 Reabilitar Portugal, 12 de Fevereiro 2015 Quem somos Cultura de empresa enraizada e com 90 anos de história 2 300 Colaboradores em todo o mundo Facturação de 450 M de Euros Anuais Quem somos Estamos presentes

Leia mais

ÍNDICE. Sistemas de aproveitamento da água da chuva P.04 P.05. Dimensionamento do reservatório. Gama de Sistemas de aproveitamento de águas P.06 P.

ÍNDICE. Sistemas de aproveitamento da água da chuva P.04 P.05. Dimensionamento do reservatório. Gama de Sistemas de aproveitamento de águas P.06 P. SISTEMAS DE APROVEITAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS 2012 ÍNDICE Sistemas de aproveitamento da água da chuva Dimensionamento do reservatório Gama de Sistemas de aproveitamento de águas Acessórios para depósito

Leia mais

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5000 10000 15000 5000 UV 16W

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5000 10000 15000 5000 UV 16W MANUAL DO USUÁRIO CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5000 10000 15000 5000 UV 16W M.U. REVISÃO 002 www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO... 3 2) PEÇAS... 3 3) INSTRUÇÕES DE USO... 3 3.1) MONTAGEM... 3 3.1.1) POSICIONAMENTO

Leia mais

1 de 10 04/02/2013 10:51

1 de 10 04/02/2013 10:51 1 de 10 04/02/2013 10:51 inicial produtos Água e Esgoto ETE Trat. Biológico de Esgoto Aproveitamento de água de chuva Reuso de esgoto tratado Eco Lava-Rápido Filtro Central Cisternas Sistemas de Ozônio

Leia mais

ABASTECIMENTO DE ÁGUA SOLUÇÕES ALTERNATIVAS

ABASTECIMENTO DE ÁGUA SOLUÇÕES ALTERNATIVAS UFPR Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências da Saúde Departamento de Saude Comunitária ABASTECIMENTO DE ÁGUA Profª. Eliane Carneiro Gomes Departamento de Saúde Comunitária

Leia mais

Poupe água... e dinheiro Armazene e utilize a água da chuva Reservatórios para utilização em jardim Reservatórios para enterrar Compostagem de jardim Porque se deve armazenar e utilizar a água da chuva?

Leia mais

Centrais Elevatórias de Efluentes

Centrais Elevatórias de Efluentes Centrais Elevatórias de Efluentes Série Ambibox A P L I C A Ç Õ E S Elevação para a rede pública de colectores Indústria Povoações Loteamentos habitacionais Parques de Campismo Garagens Caves, etc... C

Leia mais

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000

CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 MANUAL DO USUÁRIO CUBOS FILTRO PRESSURIZADO 5.000 10.000 15.000 M.U. REVISÃO 001 www.cubos.com.br 2 1) INTRODUÇÃO... 3 2) PEÇAS... 3 3) INSTRUÇÕES DE USO... 3 3.1) MONTAGEM... 3 3.1.1) POSICIONAMENTO DO

Leia mais

guia de instalação cisterna vertical

guia de instalação cisterna vertical guia de instalação cisterna vertical FORTLEV CARACTERÍSTICAS FUNÇÃO Armazenar água pluvial ou água potável à temperatura ambiente. APLICAÇÃO Residências, instalações comerciais, fazendas, escolas ou qualquer

Leia mais

ÁGUA. Reciclagem das águas residuais

ÁGUA. Reciclagem das águas residuais Reciclagem das águas residuais ÁGUA A da água in situ (no local) oferece muitas oportunidades para racionalizar o consumo de água em nossas casas. Infelizmente, toda a água que utilizamos em casa e jardins

Leia mais

central de relacionamento /acqualimpbr /acqualimpbr

central de relacionamento /acqualimpbr /acqualimpbr central de relacionamento /acqualimpbr /acqualimpbr Acqualimp, inovação Rotoplas. Presente no mercado brasileiro desde 2001, a Acqualimp pertence ao Grupo Rotoplas, com sede no México, onde detém 70% de

Leia mais

CENTRAL DE RELACIONAMENTO /acqualimpbr. /acqualimpbr

CENTRAL DE RELACIONAMENTO /acqualimpbr. /acqualimpbr CENTRAL DE RELACIONAMENTO /acqualimpbr /acqualimpbr ACQUALIMP, INOVAÇÃO ROTOPLAS. Presente no mercado brasileiro desde 2001, a Acqualimp pertence ao Grupo Rotoplas, com sede no México, onde detém 70% de

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Agora sua casa tem Plena. A Tigre apresenta Plena, nova marca de acessórios para banheiros, lavanderias, áreas externas e complementos hidráulicos. Linha completa com mais de 200 itens.

Leia mais

CONHEÇA O SISTEMA HIDRÁULICO DE UMA PISCINA

CONHEÇA O SISTEMA HIDRÁULICO DE UMA PISCINA TRATAMENTO FÍSICO Consiste na remoção de todas impurezas físicas visíveis na água ou depositadas nas superfícies internas das piscinas, como por exemplo, as folhas, os insetos, poeiras, argila, minerais

Leia mais

DE FERTILIZANTES E Outras características específicas da bomba:

DE FERTILIZANTES E Outras características específicas da bomba: BOMBAS INJECTORAS DE FERTILIZANTES E SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS As bombas injectoras de fertilizantes da Amiad não precisam de fonte externa de alimentação, dado que nelas está incorporado um motor hidráulico

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2013. Aproveitamento de ÁGUA DE CHUVA

CATÁLOGO DE PRODUTOS 2013. Aproveitamento de ÁGUA DE CHUVA CATÁLOGO DE PRODUTOS 2013 Aproveitamento de ÁGUA DE CHUVA Água de Chuva Limpa - Tratamento de 4 estágios WISY O sistema de aproveitamento de água de chuva tem um funcionamento simples e seguro e é concebido

Leia mais

Saneamento I Adutoras

Saneamento I Adutoras Saneamento I Adutoras Prof Eduardo Cohim ecohim@uefs.br 1 INTRODUÇÃO Adutoras são canalizações que conduzem água para as unidades que precedem a rede de distribuição Ramificações: subadutoras CLASSIFICAÇÃO

Leia mais

Curso Aproveitamento de água de chuva em cisternas para o semi-árido 5 a 8 de maio de 2009

Curso Aproveitamento de água de chuva em cisternas para o semi-árido 5 a 8 de maio de 2009 Curso Aproveitamento de água de chuva em cisternas para o semi-árido 5 a 8 de maio de 2009 Tema 2 Projeto de sistemas de aproveitamento de água de chuva Rodolfo Luiz Bezerra Nóbrega Universidade Federal

Leia mais

bombas águas limpas acessórios de instalação de bombas bomba auto-ferrante sondas de nível ligação PPAR latão válvula de retenção

bombas águas limpas acessórios de instalação de bombas bomba auto-ferrante sondas de nível ligação PPAR latão válvula de retenção bombas águas limpas acessórios de instalação de bombas sondas de nível ligação PPAR latão válvula de retenção acessórios aperto tubagens tubagens válvula de esfera autoclave quadro protecção e controle

Leia mais

Filtro fino Vortex da WISY (WFF 300) Para coletar a água de chuva em edifícios industriais e comerciais

Filtro fino Vortex da WISY (WFF 300) Para coletar a água de chuva em edifícios industriais e comerciais Filtro fino Vortex da WISY (WFF 300) Para coletar a água de chuva em edifícios industriais e comerciais Instruções para a instalação e o uso O filtro fino do Vortex da WISY (WFF), é projetado para a instalação

Leia mais

ECODEPUR DEPURWASH. Sistema de Tratamento e. Reciclagem de Águas de Lavagem. v1.2-200213

ECODEPUR DEPURWASH. Sistema de Tratamento e. Reciclagem de Águas de Lavagem. v1.2-200213 ECODEPUR DEPURWASH Sistema de Tratamento e v1.2-200213 Reciclagem de Águas de Lavagem ENQUADRAMENTO A água potável é um bem cada vez mais escasso, e deverão ser efectuados todos os esforços para preservar

Leia mais

Separadores de gorduras e de féculas para montagem apoiada Aço inoxidável Polietileno Grupo ACO. Uma forte família em que pode confiar. O líder mundial de drenagem de superfície no interior e exterior

Leia mais

TECNOLOGIA HIDRÁULICA

TECNOLOGIA HIDRÁULICA TECNOLOGIA HIDRÁULICA Contaminação dos fluidos hidráulicos: Filtro Símbolo 08/04/2008 Marcio Gomes 2 Contaminação dos fluidos hidráulicos: Filtro Fibra de vidro grossa Elementos filtrantes Fibra de vidro

Leia mais

Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais

Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais Sistemas de Aproveitamento de Águas Pluviais Dimensionamento e Aspectos Construtivos JOSÉ CARLOS MOREIRA RESENDE RODRIGUES Dissertação submetida para satisfação parcial dos requisitos do grau de MESTRE

Leia mais

Capítulo 8. Custos dos reservatórios

Capítulo 8. Custos dos reservatórios Capítulo 8 Custos dos reservatórios Setenta por cento da massa de um ser humano é composto por água cuja temperatura é mantida constante em parte devida a vaporização da água quando nós suamos quando fazemos

Leia mais

ROTM800GF ROTM1000GF ROTM1500G2F

ROTM800GF ROTM1000GF ROTM1500G2F Apresentação Os es de Gorduras e Féculas, tipo EcoAlcance são recipientes estanques, destinados à recepção de águas residuais gordurosas procedentes do uso doméstico ou industrial, originadas pelo manuseamento

Leia mais

BOMBAS AUTOFERRANTES ASTRAL

BOMBAS AUTOFERRANTES ASTRAL BOMBAS AUTOFERRANTES ASTRAL BOMBAS SPRINT Baixo nível sonoro devido aos suportes de borracha em que se apoia. Motor protecção IP-55. Cesto pré-filtro de grande capacidade. Caudais em 11h a 8 m.c.a. p/

Leia mais

Manual de Construção: Fossa ECOLÓGICA E Sumidouro

Manual de Construção: Fossa ECOLÓGICA E Sumidouro Manual de Construção: Fossa ECOLÓGICA E Sumidouro Introdução Este manual destina a fornecer informações sobre a construção e dimensionamento do sistema individual de tratamento de esgotos, especialmente

Leia mais

GUIA PRÁTICO PARA SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS

GUIA PRÁTICO PARA SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS GUIA PRÁTICO PARA SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS A empresa Sodramar separou algumas dicas e informações importantes, com o objetivo de garantir a segurança e um perfeito dimensionamento nas instalações

Leia mais

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS

SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS SOLUÇÕES INTELIGENTES PARA EDIFÍCIOS ECOLÓGICAMENTE RESPONSÁVEIS Gás Climatização

Leia mais

AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS

AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS AMBIENTAL MS PROJETOS EQUIPAMENTOS E SISTEMAS MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO SISTEMA DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL MS TAC 4000 REV.02 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO AO SISTEMA DE TRATAMENTO PARA REUSO....

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DO MEIO AMBIENTE

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DO MEIO AMBIENTE C T Á L O G O D E P R O D U T O S SOLUÇÕES FORTLEV PR CUIDR DO MEIO MBIENTE TNQUE SLIM MUITO MIS INOVÇÃO E FCILIDDE PR RMZENR ÁGU D CHUV FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento

Leia mais

Sector do Meio Ambiente. Armazenamento, transporte, tratamento e reutilização de águas

Sector do Meio Ambiente. Armazenamento, transporte, tratamento e reutilização de águas Sector do Meio Ambiente Armazenamento, transporte, tratamento e reutilização de águas Pág. 2 Introdução Rotomoldagem é um grupo de empresas que se dedica à transformação de polímeros. Estamos inseridos

Leia mais

CASA DE MÁQUINAS MANUAL DE INSTALAÇÃO

CASA DE MÁQUINAS MANUAL DE INSTALAÇÃO CASA DE MÁQUINAS MANUAL DE INSTALAÇÃO CASA DE MÁQUINAS Item essencial para qualquer tipo de piscina. É nela que ficam acondicionados o Sistema Filtrante (Filtro e Bomba) registros, válvulas, fios e acionadores.

Leia mais

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE PRESSÃO ÁGUA FRIA E QUENTE

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE PRESSÃO ÁGUA FRIA E QUENTE CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE PRESSÃO ÁGUA FRIA E QUENTE K2195 / 2175 TS KRANZLE Máquinas profissionais monofásicas de água fria. Com bomba profissional de baixa rotação, lanças de jato regulável e rotativa

Leia mais

A NOSSA GAMA DE MOTO-BOMBAS TIPOS DE MOTO-BOMBAS ALTURA DE ELEVAÇÃO

A NOSSA GAMA DE MOTO-BOMBAS TIPOS DE MOTO-BOMBAS ALTURA DE ELEVAÇÃO Moto-Bombas 12 A NOSSA GAMA DE Das moto-bombas portáteis mais pequenas às grandes moto-bombas para resíduos, a Honda tem uma gama concebida para os mais diversos usos. Perfeitas para quem pretende um funcionamento

Leia mais

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa

Manual do Usuário. Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. Imagem Ilustrativa Manual do Usuário Imagem Ilustrativa Importante Antes de usar o seu Aquecedor Solar Solquent, leia este manual. * Este Manual inclui Certificado de Garantia. ÍNDICE Apresentação... 03 Instruções de Segurança...

Leia mais

TUBO DE CRISTAL PARA USO ALIMENTAR (série 1500)

TUBO DE CRISTAL PARA USO ALIMENTAR (série 1500) TUBO DE CRISTAL PARA USO ALIMENTAR (série 1500) MEDIDA mm METROS ROLO 2x4 100 3x5 100 4x6 100 5x8 100 5x9 50 6x8 50 6x8 25 6x9 50 6x10 50 7x10 50 7x12 50 8x10 50 8x11 50 8x12 50 9x12 50 9x15 50 10x12 50

Leia mais

Tanques Sépticos e Disposição de Efluentes de Tanques Sépticos

Tanques Sépticos e Disposição de Efluentes de Tanques Sépticos UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO DECIV DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL Tanques Sépticos e Disposição de Efluentes de Tanques Sépticos DISCIPLINA: SANEAMENTO PROF. CARLOS EDUARDO F MELLO e-mail: cefmello@gmail.com

Leia mais

5.2 Material da tubagem: AA_PVC de 10kg/cm2; ARD_PVC de 6kg/cm2; AP_Manilhas de betão pré-fabricadas

5.2 Material da tubagem: AA_PVC de 10kg/cm2; ARD_PVC de 6kg/cm2; AP_Manilhas de betão pré-fabricadas A) Abastecimento de Água + Drenagem de Águas Residuais Domésticas + Drenagem de Águas Pluviais 1. Requerimento (*) 2. Termo de responsabilidade (*): 2.1 Independente por especialidade apresentada 2.2 Legislação

Leia mais

Gestão de Fossas Sépticas

Gestão de Fossas Sépticas Raquel Rodrigues Junho de 2013 1 Oliveira e Pires Saneamento e Limpezas, Lda. Fundada em 5 de Março de 1996 Principais áreas de atividade: - Desobstrução de coletores; - Despejo e Limpezas de Fossas; -

Leia mais

Orientações para Instalação Domiliciar do Sistema de Fossa e Sumidouro.

Orientações para Instalação Domiliciar do Sistema de Fossa e Sumidouro. Orientações para Instalação Domiliciar do Sistema de Fossa e Sumidouro. INTRODUÇÃO Este manual destina a fornecer informações sobre a construção e dimensionamento do sistema individual de tratamento de

Leia mais

BOCAL DE SOLOS D36 400MM 302003666 1 BOCAL FENDAS 300M D36 6084 1 TUBO CURVO D36MM 302000528 1 MANGUEIRA UNIVERSAL 36MM 46948 1

BOCAL DE SOLOS D36 400MM 302003666 1 BOCAL FENDAS 300M D36 6084 1 TUBO CURVO D36MM 302000528 1 MANGUEIRA UNIVERSAL 36MM 46948 1 O ATTIX 40 representa uma nova possibilidade de alcançar um poder de aspiração superior, numa solução compacta e flexível. O seu alto rendimento, em conjunto com a vasta gama de modelos disponíveis fazem

Leia mais

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos

CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos CATÁLOGO DAS MÁQUINAS DE Alcatifas e estofos EXTRACT P25 FIMAP Máquina multifuncional de injeção/extracção para lavagem de estofos e tapetes/alcatifas, muito versátil. Pode também ser usada como aspirador

Leia mais

K 2.200 K 2.200, 1.671-804.0, 2015-06-02

K 2.200 K 2.200, 1.671-804.0, 2015-06-02 Compacta, leve, prática: a K 2.200 é perfeita para limpezas de varandas, garagens e áreas pequenas. O poderoso esfregão PS 20 possui proteção contra respingos integrada e foi especialmente adaptado para

Leia mais

O sistema ESPA para o aproveitamento de água de chuva se caracteriza por 4 neira na Alemanha, adianta hoje um equipamento básico para

O sistema ESPA para o aproveitamento de água de chuva se caracteriza por 4 neira na Alemanha, adianta hoje um equipamento básico para Água de chuva, uma prioridade do meio ambiente Somente 0,4% da água do planeta é útil ao homem. A água é um recurso escasso, limitado, de crescente demanda e a seca é uma ameaça iminente em muitos lugares

Leia mais

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA)

1.1.2. Gama Platinum PLUS. Componentes opcionais GAMA PLATINUM. Caldeiras murais, de condensação, com painel digital BIOS PLUS (GRANDE POTÊNCIA) 1.1. Caldeiras murais a gás de condensação 1.1.2. Gama Platinum PLUS Componentes opcionais GAMA PLATINUM 140040385 Regulador climático programável THINK com cabos 145,00 140040437 Regulador climático programável

Leia mais

Classic. Empresa certificada. C62 4 C61 6 C53 8 C52 10 C50 12 C40 14 C71 16 Bognar Matic 16 Bognar Sensor 16

Classic. Empresa certificada. C62 4 C61 6 C53 8 C52 10 C50 12 C40 14 C71 16 Bognar Matic 16 Bognar Sensor 16 C62 4 C61 6 C53 8 C52 10 C50 12 C40 14 C71 16 Bognar Matic 16 Bognar Sensor 16 Classic Empresa certificada C53 18 C52 19 C50 20 C45 21 C40 22 C33 23 C27 24 C23 25 C38 26 Uso Geral 26 Duchas Higiênicas

Leia mais

O RWC incorpora 3 funções principais: Informação com Monitorização + Alarmes, Funcionamento e Programação.

O RWC incorpora 3 funções principais: Informação com Monitorização + Alarmes, Funcionamento e Programação. Aproveitamento de agua de chuva em areas urbanas para fins não potáveis Capitulo 20-Automatização Engenherio Plinio Tomaz pliniotomaz@uol.com.br 10 de janeiro de 2010 Capítulo 20- Automatização 20.1 Introdução

Leia mais

Válvulas de anti-retorno, sumidouros de varanda e terraço, soluções especiais. Técnica de drenagem

Válvulas de anti-retorno, sumidouros de varanda e terraço, soluções especiais. Técnica de drenagem Válvulas de anti-retorno, sumidouros de varanda e terraço, soluções especiais Técnica de drenagem Válvulas anti-retorno da Viega Para águas residuais com e sem matéria fecal, testado conforme DIN EN 364,

Leia mais

SOLUÇÕES FORTLEV PARA CUIDAR DA ÁGUA TANQUES MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA CUIDAR DA ÁGUA A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento de água do Brasil. Campeã em

Leia mais

Guiade Projectoe Obra ANEXO II PORMENORES CONSTRUTIVOS

Guiade Projectoe Obra ANEXO II PORMENORES CONSTRUTIVOS Guiade Projectoe Obra ANEXO II ES CONSTRUTIVOS GUIADEPROJECTOEOBRA GPO- ANEXO II ES CONSTRUTIVOS Ediçãon.º1 Versãon.º0 Data: Nov/10 ÍNDICE PA1 AbastecimentodeÁgua Caixadecontador PA2 AbastecimentodeÁgua

Leia mais

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona

Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies. Gianfranco Verona Depuração das aguas residuais provenientes da plantas de tratamento das superficies Gianfranco Verona DESCARTE ZERO NUMA CABINE DE PINTURA SKIMMERFLOT Para o tratamento e a reutilização de águas provenientes

Leia mais

A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise

A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise A inovação não é um luxo, mas sim uma necessidade que poderá ajudar a enfrentar as dificuldades da crise A Empresa - No mercado nacional desde 1993 - Localização: Com fábrica em Vale de Cambra (50 km a

Leia mais

SP8 (redes de águas e esgotos) a o Praça D. Manuel I, 48 - Novelhos, S. Paio 4970-595 Arcos de Valdevez Tel. 258 521 811 Fax 258 521 818

SP8 (redes de águas e esgotos) a o Praça D. Manuel I, 48 - Novelhos, S. Paio 4970-595 Arcos de Valdevez Tel. 258 521 811 Fax 258 521 818 SP8 (redes de águas e esgotos) 1- REDE DE ESGOTOS DE ÁGUAS RESIDUAIS ( domésticas ) Este artigo destina-se a estabelecer as condições a que devem satisfazer os trabalhos de fornecimento e montagem das

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES E INSTALAÇÃO AC-250 - FILTRO COLETOR DE ÁGUA DA CHUVA

MANUAL DE INSTRUÇÕES E INSTALAÇÃO AC-250 - FILTRO COLETOR DE ÁGUA DA CHUVA MANUAL DE INSTRUÇÕES E INSTALAÇÃO AC-250 - FILTRO COLETOR DE ÁGUA DA CHUVA 01 - Casco do Filtro Este casco foi elaborado para ser enterrado no solo, mas poderá ser instalado suspenso na parede, basta colocar

Leia mais

3.3 CATAGUASES. Quanto ao sistema de esgotamento sanitário, a responsabilidade pela sua operação e manutenção cabe a Prefeitura local.

3.3 CATAGUASES. Quanto ao sistema de esgotamento sanitário, a responsabilidade pela sua operação e manutenção cabe a Prefeitura local. Da caixa de areia a água chega às quatro câmaras onde estão interligadas as tubulações de sucção das bombas, essas unidades de bombeamento são em número de quatro, cada uma com capacidade de recalque de

Leia mais

CATALOGO DE PRODUTOS 2012

CATALOGO DE PRODUTOS 2012 CATALOGO DE PRODUTOS 2012 Sumário C62 4 C61 5 C53 7 C41 8 C40 9 Classic C53 C52 C50 C45 C40 C33 C27 C23 10 11 12 13 14 15 16 16 Empresa certificada Uso Geral Duchas Higiênicas Duchas e Acessórios Registros

Leia mais

Sistema para balanceamento hídrico de empreendimento. Dentre estas medidas está a constante busca pela redução de consumo de água potável,

Sistema para balanceamento hídrico de empreendimento. Dentre estas medidas está a constante busca pela redução de consumo de água potável, Início do projeto: Em uma busca incessante por reduzir gastos com água potável, o empreendimento comercial de operação hoteleira feita com a bandeira internacional Blue Tree Premium, vem nos últimos anos

Leia mais

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica:

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica: EQUIPAMENTOS Transferência mecânica: Objetivos do equipamento: a) Garantir o acesso seguro à piscina para qualquer pessoa, b) Previnir possíveis riscos de acidente nas transferências ou manipulações, c)

Leia mais

COMPONENTES PRINCIPAIS DO DESSALINIZADOR

COMPONENTES PRINCIPAIS DO DESSALINIZADOR COMPONENTES PRINCIPAIS DO DESSALINIZADOR 03 TUBOS DE ALTA PRESSÃO Nestes tubos estão instaladas as membranas, onde os espelhos de travamento, tubulações e mangueiras devem estar bem encaixados e sem vazamento.

Leia mais

RECOMENDAÇÕES CONSTRUTIVAS

RECOMENDAÇÕES CONSTRUTIVAS RECOMENDAÇÕES CONSTRUTIVAS O presente documento visa fornecer algumas indicações construtivas para uma correta conceção de uma rede predial. Desde já se pressupõe que a obra deve decorrer de acordo com

Leia mais

AULA 23 ÓRGÃOS ESPECIAIS EM SISTEMAS DE DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS. SANEAMENTO Aula 23 - Sumário

AULA 23 ÓRGÃOS ESPECIAIS EM SISTEMAS DE DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS. SANEAMENTO Aula 23 - Sumário SANEAMENTO Aula 23 - Sumário AULA 23 ÓRGÃOS ESPECIAIS EM SISTEMAS DE DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS Sifões invertidos, descarregadores e instalações elevatórias. Saneamento [A23.1] SIFÕES INVERTIDOS (Artº

Leia mais

Aproveitamento de água de chuva

Aproveitamento de água de chuva Aproveitamento de água de chuva Tem que ser feito um projeto por engenheiro, arquiteto ou tecnólogo. Assinar a ART (anotação de responsabilidade) do CREA/CAU Esclarecimento 1 Nome correto: aproveitamento

Leia mais

Lava-Jato de Alta Pressão

Lava-Jato de Alta Pressão Lava-Jato de Alta Pressão Manual de operação LT 18/20M LT 8.7/19M LT 8.7/18M LT 8.7/16M Aviso: Este manual deve ser lido antes de manusear o equipamento. Este manual é considerado uma parte importante

Leia mais

TABELA PREÇOS 2014 rev02 TABELA DE PREÇOS

TABELA PREÇOS 2014 rev02 TABELA DE PREÇOS TABELA DE PREÇOS DEPÓSITOS HORIZONTAIS HORIZONTAL DE PEQUENA CAPACIDADE Imagem Ref. Vol Diâm Comp Alt Tampa Preço Sup. Preço Ref. Lt mm mm mm mm DHS500 500 750 1250 830 300 192 239 DHS1000 1000 900 1550

Leia mais

Soluções FORTLEV para a Sua Obra

Soluções FORTLEV para a Sua Obra Soluções FORTLEV para a Sua Obra 1 2 3 6 9 8 7 5 Soluções para Cuidar da Água 1. Caixa de Polietileno FORTLEV 2. Tanque Fortplus FORTLEV 3. Filtro de Entrada FORTLEV Soluções para Cuidar do Meio Ambiente

Leia mais

Introdução...2. Especificação do produto...2. Dimensionamento...5. Posicionamento do skimmer compact...7. Instalação hidráulica...

Introdução...2. Especificação do produto...2. Dimensionamento...5. Posicionamento do skimmer compact...7. Instalação hidráulica... Introdução...2 Especificação do produto...2 Identificação dos modelos...3 Identificação do produto...4 Dimensionamento...5 Posicionamento do skimmer BL / BP...6 Posicionamento do skimmer compact...7 Instalação

Leia mais

Aspiradores de sólidos T 15/1 (220V)

Aspiradores de sólidos T 15/1 (220V) Aspiradores de sólidos T 15/1 (220V) Os aspiradores de pó da Kärcher foram especialmente desenvolvidos para necessidades profissionais. Com 59 db(a) é o equipamento mais silencioso da categoria. Ideal

Leia mais

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental Eco Houses / Casas ecológicas Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental IDHEA - INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HABITAÇÃO ECOLÓGICA Conceito:

Leia mais

11º Seminário Tecnologia de Sistemas Prediais SindusConSP. Agua: pague menos

11º Seminário Tecnologia de Sistemas Prediais SindusConSP. Agua: pague menos 11º Seminário Tecnologia de Sistemas Prediais SindusConSP Agua: pague menos Atitudes para o usuário diminuir o consumo de água da rede pública: 1. Peças que economizam água 2. Medição individualizada e

Leia mais

3.1. JUIZ DE FORA. 3.1.1 Sistema Existente de Abastecimento de Água

3.1. JUIZ DE FORA. 3.1.1 Sistema Existente de Abastecimento de Água A adução é feita por gravidade, partindo da barragem que garante a submergência de duas tubulações que encaminham a água captada a duas estruturas de controle (Foto 2), ambas construídas em concreto armado,

Leia mais