c) Substituímos o documento LT Planilha Orçamentária pelo documento revisado, anexo;

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "c) Substituímos o documento LT 30406 - Planilha Orçamentária pelo documento revisado, anexo;"

Transcrição

1 Aditamento nº 03 Concorrência nº 724/2009 Objeto: ADM. CENTRAL - Contratação de empresa especializada para a construção da LT 138 kv Rio do Sul RB - Vidal Ramos. Data: 12/03/2010 Por meio deste aditamento alteramos o que segue: a) Na LT Planilha Orçamentária, o valor do item Grampo de suspensão armado p/ cabo 477 MCM - HAWK, em liga de alumínio, resistência mín. ao escorregamento 25% da carga de ruptura do cabo. Composto de coxin de elastômero, varetas helicoidais, cinta e sapata do documento LT Planilha Orçamentária. Onde se lê R$ ,00 leia-se R$ ,50; b) O valor total do documento LT Planilha Orçamentária, para R$ ,84 (quatorze milhões, quinhentos e oitenta e seis mil, seiscentos e oitenta e nove reais e oitenta e quatro centavos); c) Substituímos o documento LT Planilha Orçamentária pelo documento revisado, anexo; d) O item alínea c) das INSTRUÇÕES ÀS PROPONENTES, que passa a ter a seguinte redação:... c) Comprovação de recolhimento de garantia de proposta, no valor de 01% (um por cento) do valor fixado pela CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. para o empreendimento, correspondente, neste caso, a R$ ,89 (cento e quarenta e cinco mil, oitocentos e sessenta e seis reais e oitenta e nove centavos).... e) O item das INSTRUÇÕES ÀS PROPONENTES, que passa a ter a seguinte redação: O proponente deverá apresentar obrigatoriamente, com sua proposta, sob pena de desclassificação, a composição das Bonificações e Despesas Indiretas BDI - e das leis sociais, consideradas na elaboração de sua proposta. O Preço cotado, não poderá ser superior a R$ ,84 (quatorze milhões, quinhentos e oitenta e seis mil, seiscentos e oitenta e nove reais e oitenta e quatro centavos). f) Em razão das alterações constantes neste aditamento, as novas datas e horários passam a ser os seguintes: f.1) Vencimento da licitação: às 11h30min do dia 20 de abril de f.2) Abertura do envelope A Documentos de habilitação: 14h30min do dia 20 de abril de Ademir Zanella Chefe do Departamento de Suprimentos

2 DIRETORIA TÉCNICA DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC DIVISÃO DE LINHAS DVLN PLANILHA ORÇAMENTÁRIA LT 138kV RIO DO SUL RB - VIDAL RAMOS LT nov/09

3 DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO - DPPC DIVISÃO DE LINHAS - DVLN Planilha Orçamentária LT 138kV RIO DO SUL RB - VIDAL RAMOS ITEM DESCRIÇÃO UN QUANT Instalação do Canteiro vb 1, , , , Limpeza de faixa de servidão, incluindo empilhamento de madeira m² ,00 0, , Locação de estruturas un 115,00 234, , Escavação em terreno natural, sem presença d água, incluindo execução de reaterro compacta- do e remoção dos entulhos Escavação em moledo, sem presença d água, incluindo execução de reaterro compactado e remoção dos entulhos Escavação em terreno com matacão (pedras com dimensões entre 0,15 e 1,00m), sem presença d água, incluindo execução de reaterro compactado e remoção dos entulhos Escavação em rocha fendilhada, cuja remoção exija uso de martelete, incluindo execução de reaterro compactado e remoção dos entulhos Escavação em rocha sã, cuja remoção exija emprego de explosivo, incluindo execução de reaterro compactado e remoção dos entulhos Escavação em terreno, com presença d água, incluindo execução de reaterro compactado e remoção dos entulhos m 3 351,05 52,40 43, ,19 m 3 247,80 85,36 48, ,33 m 3 227,15 94,03 53, ,74 m 3 165,20 283,65 156, ,90 m 3 764,05 253,48 400, ,66 m 3 309,75 156,26 66, , Escavação de valetas com 30cm de largura e 40cm de profundidade para proteção das estruturas. m³ 48,00 43, , Fornecimento, transporte e aplicação de concreto 21MPa, para execução de fundações, incluindo formas e demais materiais necessários, com as características indicadas no projeto. m ,74 412,73 306, , Fornecimento, transporte e aplicação de concreto 9MPa, para execução do selo da fundação e nivelamento do fundo da cava. Fornecimento, transporte e aplicação de aço CA50 e CA60 para execução de fundações em concreto com as características indicadas no projeto. m 3 98,91 274,05 74, ,73 kg ,39 7,89 2, , Fornecimento, transporte e aplicação de material de 1 categoria (argila ou areia), para reaterro das fundações. Fornecimento de estaca de concreto armado com 35ton de compressão e 10ton de tração m 3 194,00 38,49 30, ,56 m 755,00 94, , Cravação de estacas m 755,00 38, , Fornecimento, transporte e aplicação de material de 1 categoria (argila), para execução de acessos Fornecimento, transporte e aplicação de material tipo rachão, para execução de acessos m ,50 22,00 3, ,50 m ,50 40,30 4, , Fornecimento e aplicação de manilha de concreto, circular, diâmetro interno 0,5m e 1,0m de comprimento para drenagem de acessos e pontilhões. pç 36,00 79,19 2, ,24 1/9

4 10903 Fornecimento e aplicação de manilha de concreto, circular, diâmetro interno 1,0m e 1,0m de comprimento para drenagem de acessos e pontilhões. pç 24,00 176,83 2, , Retirada de material destinado aos acessos e recomposição da área m² 1.137,60 2, , Montagem de cadeia auxiliar. un 96,00 83, , Montagem de cadeia de suspensão. un 165,00 83, , Montagem de cadeia de ancoragem. un 366,00 126, , Lançamento, tensionamento e grampeamento dos cabos condutores em circuito simples, trifásico com cabo 477 MCM, código HAWK, através de lançamento tensionado Lançamento, tensionamento e grampeamento de 01 (um) cabo(s) pára-raios 5/16" HS Execução de aterramento com cabo 5/16" HS enterrado a 90cm de profundidade, incluindo escavação, reaterro compactado e pintura conforme especificado. km 44, , ,60 km 44, , ,75 m 8.960,00 6, , Fornecimento e aplicação de haste COOPERWELD de ø 19x2400mm, para execução de aterramento, cfe. desenho anexo, incluincdo fio e conectores bimetálicos para conectar a haste. un 12,00 56,40 16,73 877, Construção de colchetes incluindo fornecimento de materiais e escavações, e os aterramentos indicados. un 53,00 15,45 20, , Construção de porteiras incluindo fornecimento de materiais e escavações, e os aterramentos indicados. un 8,00 220,00 154, , Seccionamento de cercas, incluido fornecimento de materiais necessários com exceção do seccionador preformado. Aterramento de cercas, incluindo fornecimento de materiais necessários. Fornecimento e aplicação de hidrossemeadura para proteção de áreas escavadas Fornecimento e aplicação de grama em leivas para proteção de encostas un 204,00 10,00 31, ,00 un 204,00 19,00 13, ,64 m² 300,00 2,85 1, ,00 m² 300,00 5,82 1, , Numeração das estruturas. un 115,00 12,00 25, , Sinalização das estruturas. un 112,00 12,00 25, , OPGW - Materiais Cabo óptico OPGW 24 FO conforme especificação ESP-LT-015, devendo suportar uma corrente de 12,6kA durante um tempo de 0,5s e estar incluso as descidas e o acréscimo proveniente da catenária, para interligação da SE Rio do Sul RB até a SE Vidal Ramos. m ,00 19, , Conjunto de ancoragem completo para fixação do cabo óptico OPGW, em estruturas metálicas e de concreto composto de 2 peças dos seguintes materiais: Grampo de ancoragem de 14,4 a 14,7mm, manilha, cordoalha de aterramento cabo 4/0 AWG com 1,3metros, terminal barra chata 1 furo, presilha bifilar com parafuso de 5/8"x50mm, rosca ww sem porca, parafuso olhal galvanizado com 19mmx254 a 406mm com 2 porcas quadradas e 2 arruelas. cj , ,08 2/9

5 60003 Conjunto de Suspensão completo para fixação do cabo óptico OPGW, em estruturas metálicas e de concreto composto de: Grampo de suspensão armado de 14,4 a 14,7mm, manilha, cordoalha de aterramento cabo 4/0 AWG com 1,3metros, terminal barra chata 1 furo, parafuso de 5/8"x50mm, rosca ww com porca, elo olhal de 90º, conector paralelo para fixação da cordoallha ao cabo OPGW. cj , , Esfera de sinalização diurna, de polietileno ou fibra, formada por duas semiesferas (superior e inferior), superfície lisa, na cor laranja, diâmetro 600mm, com mancal apropriado para o cabo OPGW especificado. pç , , Amortecedor tipo "SVD" com diâmetro compatível com o cabo óptico OPGW. pç , , Conjunto de ferragens para fixação das descidas do cabo OPGW em torre metálica composto de no mínimo: 10 grampo de descida para cabo OPGW de 14,4 a 14,7mm; 10 parafusos prisioneiro de aço com rosca total, com 03 porcas e 04 arruelas d epressão, 04 arruleas lisas; 10 conjuntos de ferragens L e reta galvanizadas; 40 parafusos cabeça sextava M12x70mm com 02 porcas e 02 arruelas. cj , , Conjunto de ferragens para fixação das descidas do cabo OPGW em estrutura de concreto, composto de no mínimo: 10 braçadeiras ajustável BAP 04 ou cintas metálica; 10 suportes prensa fio em chapa de aço de 3mm; 10 conectores de descida para cabo OPGW de 14,4 a 14,7mm; 10 parafusos cabeça abaulada M12x45mm PA 7. cj 1 225,00 225, Conjunto de ferragens para instalação de reserva técnica do cabo OPGW e fixação da caixa de emenda em torre metálica composto de no mínimo: 04 conjuntos duplo de ferragens L galvanizadas; 08 parafusos cabeça sextava M12x70mm com 02 porcas e 02 arruelas; 01 escolta de aço para reserva de cabo OPGW, 01 cama para fixação da caixa de emendas. cj , , Conjunto de ferragens para instalação de reserva técnica do cabo OPGW e fixação da caixa de emendas em estrutura de concreto, composto de no mínimo: 04 braçadeiras ajustável BAP ou cinta metálica; 04 suportes prensa fio em chapa de aço de 3mm; 04 parafusos cabeça abaulada M12x45mm PA 7; 01 escolta de aço para reserva de cabo OPGW, 01 cama para fixação da caixa de emendas. cj 1 444,31 444, Caixa de emendas metálica, a prova de tempo e atos de vandalismo com no minimo 04 flanges de entrada de cabos sendo 02 obrigatóriamente para cabo OPGW e os outros dois cego, com bandejas e espaço suficientes para execução de no minimo 24 fusões. un , ,50 Enlace Óptico Dielétrico SE Vidal Ramos - AG Vidal Ramos - Derivações - Materiais 3/9

6 60150 Materiais de instalação tais como: plaquetas de Identificação da rota conforme modelo solicitado, dutos corrugados de 2", braçadeiras de fixação de dutos, fio de espinar, degrau, massa de calafetar, "spiral tube", conectores de aterramento barra chata 1 furo, Seal Tub de 1.1/2", parafusos, buchas, luva de união para instalação em mudanças de direção do duto, curva PVC 90º de 2", luva PVC de 2", braçadeira plástica. cj , , Cabo óptico dielétrico CFOA-SM-AS80-G-24FO-RC, conforme especificação Celesc e normas aplicáveis da NBR, para instalação a partir da sala de telecomunicações da SE Vidal Ramos até a Agencia Celesc de Vidal Ramos m , , Conjunto de ancoragem para instalação de Cabo Óptico CFOA-SM-AS80-G-24FO em poste, completo, com todas as ferragens/materiais necessários, tais como: BAPS 2 ou 3, parafuso Longo Olhal M12x250mm, manilha sapatilha MS 100, suporte BAP Cj , ,00 reforçado chapa 3,0 mm, suporte prensa-fio e préformados de proteção e ancoragem. As ferragens e acesórios para instalação deverão ser confeccionados em aço ASTM36 e galvanizadas à quente Conjunto de suspensão para instalação de cabo CFOA-SM-AS80-G-24FO em poste, completo, com todas as ferragens/materiais necessários, tais como: BAPs 2 ou 3, parafuso cabeça abaulada, suporte BAP reforçado em chapa de 3,0mm, suporte prensa-fio e suporte dielétrico feito de material de alta resistência, elemento interno com abrasivo, com fechamento do suporte de cabos, feito através de parafusos inox. As ferragens e acessórios deverão ser confeccionadas em aço ASTM36 e galvanizadas à quente. Cj 46 40, , Conjunto para escolta de Cabo Óptico CFOA-SM- AS80-G-24FO, fixado em poste através de duas BAPs 2 ou 3, com todas as demais ferragens/materiais necessários galvanizados à quente e confeccionados com aço ASTM36, tais como: cruzeta para acomodação de no mínimo 50 metros de cabo, suporte BAP reforçado chapa de 3,0 mm, parafuso cabeça abaulada M12x45mm c/porca. Cj 2 90,00 180, Caixa de Emendas/Derivações em plástico reforçado, para 02 cabos principais dielétricos com 24 fibras ópticas, com 4 saídas pré-vedadas, para instalação em postes ou caixas subterrâneas, estanque, sendo que as bandejas para acomodação das emendas deverão possuir um sistema basculante para manuseio fácil e seguro das fibras e possuir, em cada bandeja, uma capacidade máxima para 24 emendas por fusão. A caixa deverá ser fornecida completa, com todos os materiais, sendo que as ferragens e acessórios para instalação deverão ser confeccionados em aço ASTM36 e galvanizadas a quente. Cj 1 600,00 600,00 4/9

7 60159 Bastidor fixado ao piso através de chumbadores, com pintura epoxi na cor bege, com 44UR, acessos laterais, entrada de cabos nas partes superior e inferior, porta em acrílico fumê com chave, padrão de fixação de equipamentos de 19", fornecido com 5 bandejas de 1U com fixação frontal para instalação de equipamentos e com uma régua de tomadas, com 5 tomadas universais monofásicas + terra. O bastidor deverá possibilitar acesso traseiro aos equipamentos instalados. cj , , Sub-bastidor de 19" BEO/DIO (Bastidor de Emenda Óptica/Distribuidor Intermediário Digital), para instalação em bastidor de 19", pintado em epóxi na cor bege, para 24 fibras ópticas, com dois compartimentos internos: um para acomodação das sobras de fibras Sub-bastidor de 19", para instalação em bastidor de 19", pintado em epoxi na cor bege, para acomodação das sobras de cordões, com capacidade de 24 cordões em cada um. OPGW - Terminações - Materiais cj , ,00 cj 2 400,00 800, Cabo óptico dielétrico CFOA-SM-DD-G-24FO-RC, conforme especificação Celesc, normas aplicaveis da NBR, para interligação das caixas de emendas dos pórticos até as salas de telecomunicações das SE's m , , Bastidor fixado ao piso através de chumbadores, com pintura epoxi na cor bege, com 44UR, acessos laterais, entrada de cabos nas partes superior e inferior, porta em acrílico fumê com chave, padrão de fixação de equipamentos de 19", fornecido com 5 bandejas de 1U com fixação frontal para instalação de equipamentos e com uma régua de tomadas, com 5 tomadas universais monofásicas + terra. O bastidor deverá possibilitar acesso traseiro aos equipamentos instalados. Sub-bastidor de 19" BEO/DIO (Bastidor de Emenda Óptica/Distribuidor Intermediário Digital), para instalação em bastidor de 19", pintado em epóxi na cor Sub-bastidor de 19", para instalação em bastidor de 19", pintado em epoxi na cor bege, para acomodação das sobras de cordões, com capacidade de 24 cordões em cada um. Materiais de instalação tais como: plaquetas de Identificação da rota conforme modelo solicitado, dutos corrugados de 2", braçadeiras de fixação de dutos, fio de espinar, degrau, massa de calafetar, "spiral tube", conectores de aterramento barra chata 1 furo, Seal Tub de 1.1/2", parafusos, buchas, luva de união para instalação em mudanças de direção do duto, curva PVC 90º de 2", luva PVC de 2", braçadeira plástica. cj , ,00 cj , ,00 cj 2 400,00 800,00 cj , , OPGW - s Elaboração de projeto Executivo contendo: detalhamento da instalação do cabo OPGW nas estruturas, nos pórticos, detalhes de descidas, da fixação da caixa de emendas, plano de bobinas, diagrama óptico. vb , ,00 5/9

8 Lançamento, tensionamento e grampeamento do cabo óptico OPGW 24 FO incluindo as descidas nas estruturas com caixa de emendas e pórticos das SE's, através de lançamento tensionado. OBS.: 1 - Durante o lançamento a CONTRATADA, deverá obedecer as normas da CELESC e NBR aplicáveis. Instalação de caixa de emendas, escolta e ferragens de descidas nos pórticos das SE's Rio do Sul RB e Vidal Ramos, ao longo do trecho da LT nas estruturas nº 16, 29, 62, 87 e demais estruturas a serem definidas pela Celesc Execução de fusões em caixas de emendas ao longo do trecho com o fornecimento de todos os acessórios necessários para acabamento do cabo dentro da caixa de emendas. É obrigatório a marcação do código do cabo nas caixas do pórtico. Elaboração de projeto "Como-Construido" de todo o enlace, inclusive terminações, contendo: projetos executivos revisados, Relatório de Atenuação Óptica com fornecimento de planilha de atenuação, cópia do gráfico do OTDR e diagrama óptico das fusões atualizado, croquis de acesso as estruturas com caixa de emendas com maior numero de referencia possivel. OPGW - Terminações - s Elaboração de projeto Executivo e Como Construído contendo: detalhamento da instalação do cabo dielétrico nos pórticos das duas SEs, dentro das canaletas, diagrama óptico, croquis de localização do bastidor, bay-face do bastidor, planta do itinerário do cabo no pátio das SEs m ,00 4, ,50 un , ,00 un , ,00 un , ,00 un , , Instalação de eletrodutos ou kanaflex de 2" em PVC do pórtico até a sala de Telecomunicações das SE's. O Eletroduto deverá ser instalado na lateral da canaleta, fixado com abraçadeira apropriada, ser identificado com spiral tub e plaqueta de identificação contendo o código do cabo. Nas mudanças de percurso o duto deverá ser provido de solução que permita acesso ao cabo para lançamento(seal Tub + luva de união). Lançamento de cabo óptico dielétrico CFOA-SM-DD-G- R-24FO-RC, do pórtico até as salas de telecomunicações das SE's Instalaçao de bastidor 19" de 44U, com bandejas para equipamentos e régua de tomadas, fixado ao piso, com esteira vertical de interligação quando necessário. Fornecimento e instalação de régua de energia composta de placa de 2 U de 19", disjuntor bifásico de entrada de 20A, 8 borneiras de terminação para cabo de até 10mm2. m , ,00 m 600 2, ,00 un 2 540, ,00 un 2 980, , Instalaçao de subbastidor de 19" BEO/DIO. un 2 450,00 900, Instalação de subbastidor para sobra de cordões. un 2 320,00 640, Execução de fusões em BEO/DIO, para terminação do cabo dielétrico de interligação com OPGW. É obrigatório a marcação do código do cabo nos BEOs. un 48 65, ,00 Enlace Óptico Dielétrico SE Vidal Ramos - AG Vidal Ramos - Derivações - s 6/9

9 60300 Elaboração de projeto Executivo e Como Construído georeferenciado contendo: detalhamento de todo o percurso, detalhes de fixação do cabo dieletrico nos postes, detalhes de acessórios, detalhes das travessias, diagrama óptico, layout de localização do bastidor, bay-face do bastidor, planta do itinerário do cabo da AG Vidal Ramos até a sala de telecomunicações das SE Vidal Ramos. m , , Instalação de eletrodutos ou kanaflex de 1.1/4" em PVC do poste em frente a estação até a sala de Telecomunicações da SE Vidal Ramos. No poste deverá ser instalado duto galvanizado de 2" com 6 metros de comprimento. No pé do poste deverá ser instalado caixa de passagem de alvenaria com tampa de ferro com 80cmx80cmx50cm. un , , Equipagem dos postes e execução de lançamento de cabo óptico dielétrico CFOA-SM-AS80-G-R-24FO-RC, a partir da sala de telecomunicações da SE Vidal Ramos até a Agencia Celesc de Vidal Ramos m , , Instalaçao de bastidor 19" de 44U, com bandejas para equipamentos e régua de tomadas, subbastidor para terminação óptica, sub-bastidor para sobra de cordões. Fornecimento e instalação de régua de energia composta de placa de 2 U de 19", disjuntor bifásico de entrada de 20A, 8 borneiras de terminação para cabo de até 10mm2. un 1 980,00 980,00 un 1 980,00 980, Instalaçao de subbastidor de 19" BEO/DIO. un 2 450,00 900, Instalação de subbastidor para sobra de cordões. un 2 320,00 640, Execução de fusões em caixa de emendas ao longo do trecho. É obrigatório a marcação do código do cabo nas caixas de emendas. Execução de fusões em BEO/DIO, para terminação do cabo dieletríco. É obrigatório a marcação do código do cabo nos BEOs. un 24 75, ,00 un 48 65, , MONTAGEM DE ESTRUTURAS DE CONCRETO Montagem de estrutura de concreto, com dois postes, com altura inferior ou igual a 29m, incluindo fornecimento de areia para enchimento do fuste e transporte ao piquete. Montagem de estrutura de concreto, com um poste, com altura inferior ou igual a 29m, incluindo fornecimento de areia para enchimento do fuste e transporte ao piquete. un 2, , ,80 un 1, , , MONTAGEM DE TORRES Montagem de estruturas metálicas. Os pesos das estruturas metálicas estão definidos no documento LT Pesos das Estruturas Metálicas. kg ,97 1, ,91 FORNECIMENTO DE FERRAGENS E ACESSÓRIOS 0691 Esfera de sinalização diurna, de polietileno ou fibra, formada por duas semi-esferas (superior e inferior), superfície lisa, na cor laranja, diâmetro 600mm, com mancal apropriado para o cabo HS 5/16" pç 26,00 478, ,10 7/9

10 0692 Prolongador garfo olhal, galvanizado a quente, com carga mínima de ruptura de kgf, 20cm. pç 366,00 60, , Prolongador garfo olhal, galvanizado a quente, com carga mínima de ruptura de kgf, 25cm. pç 366,00 83, , Grampo de suspensão bi-articulado p/ cabo 477 MCM - HAWK, em liga de alumínio, tensão de ruptura 60% da carga de ruptura do cabo e resistência mínima ao escorregamento 25% da carga de ruptura do cabo. pç 96,00 114, , Grampo de suspensão armado p/ cabo 477 MCM - HAWK, em liga de alumínio, resistência mín. ao escorregamento 25% da carga de ruptura do cabo. Composto de coxin de elastômero, varetas helicoidais, cinta e sapata. Grampo de ancoragem passante p/ o cabo 477,0 MCM - CAA - HAWK, em liga de alumínio, tensão de ruptura 100% da carga de ruptura do cabo e resistência mínima ao escorregamento 90% da carga de ruptura do cabo. Grampo suspensão preformado p/ cabo HS 5/16", tensão mín. de ruptura 60% da carga de ruptura do cabo, e resistência mín. ao escorregamento 25% da carga de ruptura do cabo. pç 165,00 291, ,50 pç 366,00 126, ,00 pç 55,00 102, , Conjunto de ancoragem preformado p/ cabo bitola 5/16" tipo HS, formado de manilha sapatilha de aço nodular, zinc. a quente, alça pref. de aço galv., c/ carga de rupt.mín kgf e tensão de rupt. 100% da carga de rupt. do cabo. Prensa fios de aço forjado, galvanizado a quente, com dois parafusos (ø 12mm), para cabos de aço de 8mm de diâmetro. Pasta inibidora de composto anti-óxido para utilização em conexões de cabos de alumínio, fornecido em embalagens de 0,250kg. Concha olhal de aço, galvanizado a quente, com carga de ruptura mínima de kgf, engate de acordo com a Norma IEC 120, classe 16A. Manilha de aço, ø 19mm, galvanizado a quente, com carga de ruptura mínima de kgf. Elo bola de aço, galvanizado a quente, com carga de ruptura mínima de kgf, engate de acordo com IEC 120, classe 16A. pç 60,00 27, ,00 pç 115,00 24, ,55 un 15,00 8,27 124,05 pç 627,00 36, ,16 pç 627,00 31, ,79 pç 627,00 21, , Luva de emenda à compressão p/ cabo 477 MCM - CAA - HAWK, constituído de luva externa em tubo de alumínio extrudado de alta condutibilidade elétrica. Emenda compressão p/ cabo 477 MCM -CAA - HAWK, constituído de luva externa em tubo de alumínio extrudado de alta condutibilidade elétrica, e luva interna de aço zincado. Balancim duplicador de aço galvanizado a quente, de forma triangular, carga de ruptura mínima de kgf. pç 57,00 63, ,40 pç 6,00 96,72 580,32 pç 6,00 46,26 277,56 FORNECIMENTO DE ISOLADORES Isolador de disco de vidro temperado, 254mm x 146mm, carga de ruptura 8.000kgf, engate tipo concha bola, com proteção anti-corrosiva da haste pç 6.402,00 FORNECIMENTO CELESC FORNECIMENTO DE FIOS E CABOS 8/9

11 12200 Cabo de aço bitola 5/16" tipo HS, de alta resistência mecânica, galvanizado, formação 7 fios, diâmetro 7,938mm e carga de ruptura mínima 3.629kgf. kg ,00 FORNECIMENTO CELESC Cabo de alumínio, tipo CAA, MCM, formação 26/7 fios, diâmetro 21.80mm, código HAWK. kg ,00 FORNECIMENTO CELESC Fio de aço galvanizado á quente, 4BWG, seção transversal 28,75mm², 226kg/km, diâmetro de 6,05mm, carga de ruptura de 1.080kgf(mínimo), com revestimento mínimo em massa de zinco de 500g/m² kg 50,00 9,02 451,00 FORNECIMENTO DE ESTRUTURAS DE CONCRETO TIPO AD2CE CADASTRAR Estrutura de concreto de ancoragem, com dois postes, dois pára-raios, circuito duplo, circular, com 29 metros de altura e carga de topo de 2x3100daN, tipo AD2CE un 1,00 FORNECIMENTO CELESC Estrutura de concreto de ancoragem, com dois postes, dois pára-raios, circuito duplo, circular, com 29 metros de altura e carga de topo de 2x3500daN, tipo AD2CE un 1,00 FORNECIMENTO CELESC TIPO ADCE Estrutura de concreto de ancoragem, com um poste, dois pára-raios, circuito duplo, circular, com 29 metros de altura e carga de topo de 3500daN, tipo ADCE un 1,00 FORNECIMENTO CELESC FORNECIMENTO DE TORRES Fornecimento de estruturas metálicas conforme documento ESP - LT Os pesos das estruturas metálicas estão definidos no documento LT Pesos das Estruturas Metálicas kg ,97 8, ,86 TOTAL LT R$ ,84 9/9

12 DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO - DPPC DIVISÃO DE LINHAS - DVLN INSTALAÇÃO DO CANTEIRO, MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO LT 138kV RIO DO SUL RB - VIDAL RAMOS ITEM DESCRIÇÃO UN QUANT PREÇO UNITÁRIO MATERIAL SERVIÇO PREÇO TOTAL DESPESAS LEGAIS Despesas legais com a obra (ART e licenças de utilização) un 1, , , MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO Deslocamento de equipes da sede da construtora para o canteiro Deslocamento de máquinas e equipamentos da sede da construtora para o canteiro Deslocamento de equipes do canteiro para sede da construtora Deslocamento de máquinas e equipamentos do canteiro para sede da construtora un 1, , ,75 un 1,00 631,33 631,33 un 1, , ,75 un 1,00 631,33 631, INSTALAÇÕES Locação de galpão para instalação de alojamento / almoxarifado/ escritorio / refeitório (aluguel para período de 10 meses) Construção e montagem de alojamento / almoxarifado / escritório / refeitório Locação de banheiros químicos portáteis para a frente de trabalho (10 meses) mês 8, , ,00 m² 379,50 129,73 54, ,61 un 3, , , Instalação provisória de energia elétrica un 1,00 694,68 552, , Instalação provisória de água un 1, ,76 426, , MANUTENÇÃO DO CANTEIRO e serviço de limpeza e conservação do canteiro de escritório, cópias heliográficas e reproduções mês 8,00 120,00 960,00 mês 8,00 300, , Contas de Água e Esgoto do canteiro mês 8, , , Contas de Energia Elétrica do canteiro mês 8, , ,00 ADMINISTRAÇÃO DA OBRA Administrativo mês 8, , , Almoxarife mês 8, , , Engenheiro mês 8, , , Supervisor de Campo A mês 8, , , Pick-up 4x4 (locação de 1 unidades) mês 8, , , Veículo de passeio (locação de 2 unidades) mês 8, , , OUTROS Fornecimento e instalação de placa de obra com dimensões 1,5m x 4,5m, conforme modelo padrão Celesc Deslocamento diário equipes do canteiro para frente de trabalho un 1, ,88 409, ,56 mês 8, , ,00 TOTAL ,85 ANEXO

1) Fica alterado o ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, conforme planilha constante na página 3 deste aditamento;

1) Fica alterado o ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA, conforme planilha constante na página 3 deste aditamento; Aditamento nº 01 Concorrência nº 001/2012 Objeto: Contratação de empresa especializada para fornecimento de todos os bens, execução das obras civis, montagem eletromecânica e apoio ao comissionamento da

Leia mais

DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC 4.5 SISTEMA DE TELECOMUNICAÇÕES

DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC 4.5 SISTEMA DE TELECOMUNICAÇÕES DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC 4.5 SISTEMA DE TELECOMUNICAÇÕES ABRIL DE 2008 DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA

Leia mais

DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC 4.3 - LT 138KV FLORIANÓPOLIS AGRONÔMICA TRINDADE

DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC 4.3 - LT 138KV FLORIANÓPOLIS AGRONÔMICA TRINDADE DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DPPC 4.3 - LT 138KV FLORIANÓPOLIS AGRONÔMICA TRINDADE ABRIL DE 2008 DIRETORIA TÉCNICA - DTE DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO

Leia mais

REDE AÉREA (cabos condutores, tubos e isoladores) 1.00. Ampliação da SE Ariquemes Bay 15 kv Lista de Rede aérea PREÇO (R$) UNITÁRIO TOTAL

REDE AÉREA (cabos condutores, tubos e isoladores) 1.00. Ampliação da SE Ariquemes Bay 15 kv Lista de Rede aérea PREÇO (R$) UNITÁRIO TOTAL Ampliação da SE Ariquemes Bay 15 kv Lista de Rede aérea ITEM DESCRIÇÃO QUANT. 1.00 REDE AÉREA (cabos condutores, tubos e isoladores) 1.1 Cabo de alumínio com alma de aço (CAA), seção 4/0, diâmetro externo

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estruturas Trifásicas com Transformadores 6.1. Estrutura M1 com Transformador 6.2.

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ASPECTOS GERAIS... 1 3. EXCEÇÕES... 1 4. TENSÕES DE FORNECIMENTO...

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-010 PADRÕES E ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS DA DISTRIBUIÇÃO

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-010 PADRÕES E ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS DA DISTRIBUIÇÃO NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-010 PADRÕES E ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS DA DISTRIBUIÇÃO NDU-010 VERSÃO 3.1 JUNHO/2013 SUMÁRIO Item Descrição Classe Desenho 1. Haste de Aço-Cobre para Aterramento...

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. ASPECTOS GERAIS... 2 3. EXCEÇÕES... 2 4. TENSÕES DE FORNECIMENTO...

Leia mais

Anexo - IV. Manual de Contratação de Serviços de Construção de Infra-estrutura de Redes de Fibras Ópticas

Anexo - IV. Manual de Contratação de Serviços de Construção de Infra-estrutura de Redes de Fibras Ópticas Anexo - IV Manual de Contratação de Serviços de Construção de Infra-estrutura de Redes de Fibras Ópticas Elaborado por: Data : 30/06/2005 Revisado por: Data: / / Fanton & Fanton Unidade Administrativa:

Leia mais

ÍNDICE NTD-15 MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL TRIFÁSICA E MONOFÁSICA 13,8 E 34,5 KV

ÍNDICE NTD-15 MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL TRIFÁSICA E MONOFÁSICA 13,8 E 34,5 KV ÍNDICE APRESENTAÇÃO....2 1-OBJETIVO...3 2-AMPLITUDE... 3 3-RESPONSABILIDADE QUANTO AO CUMPRIMENTO...3 4-INSTRUÇÕES GERAIS...3 5-CONDUTORES...4 6-PROCEDIMENTOS...5 6.1- Afastamentos padronizados...5 6.2-Engastamento

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

INTRODUÇÃO POSTES ATERRAMENTO ESTAIAMENTO CONDUTORES

INTRODUÇÃO POSTES ATERRAMENTO ESTAIAMENTO CONDUTORES 3$'5 2'((6758785$6 '(/,1+$6(5('(6 PARTE 1 ASPECTOS GERAIS INTRODUÇÃO POSTES ATERRAMENTO ESTAIAMENTO CONDUTORES Gerência de Planejamento e Engenharia Processo de Engenharia e Obras ASPECTOS GERAIS PARTE

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO IX Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 002/2015 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 10 1. DO OBJETO 1.1. O presente pregão tem como objeto a AQUISIÇÃO DE ELETROFERRAGENS, de acordo com as

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FERRAGENS E ACESSÓRIOS. LT 138kV ENTRONCAMENTO (INDAIAL RIO DO SUL II) RIO DO SUL RB LT 25522

ESPECIFICAÇÃO DE FERRAGENS E ACESSÓRIOS. LT 138kV ENTRONCAMENTO (INDAIAL RIO DO SUL II) RIO DO SUL RB LT 25522 DIRETORIA TECNICA DEPARTAMENTO DE PROJETO E CONSTRUÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DIVISÃO DE LINHAS ESPECIFICAÇÃO DE FERRAGENS E ACESSÓRIOS LT 138kV ENTRONCAMENTO (INDAIAL RIO DO SUL II) RIO DO SUL RB LT 25522

Leia mais

TORRE ESTAIADA ESPECIFICAÇÃO DOS MATERIAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ACESSÓRIOS

TORRE ESTAIADA ESPECIFICAÇÃO DOS MATERIAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ACESSÓRIOS TORRE ESTAIADA A torre estaiada é a solução mais econômica por atingir grandes alturas e com elevada capacidade de carga, porém exige-se disponibilidade de terreno para sua instalação. Possui seção transversal

Leia mais

NTE - 011 PADRÕES PRÉ-FABRICADOS

NTE - 011 PADRÕES PRÉ-FABRICADOS NORMA TÉCNICA NTE - 011 PADRÕES PRÉ-FABRICADOS 1. OBJETIVO Esta norma tem por objetivo padronizar, especificar e fixar os critérios e as exigências técnicas mínimas relativas à fabricação e o recebimento

Leia mais

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade,

isto é Magnet! 50 anos priorizando a qualidade, Catálogo 2012 50 anos priorizando a qualidade, isto é Magnet! Em 2012, a Magnet completa 50 anos de atividades, história que começou com a sua fundação, em 1962, na cidade de São Paulo, com uma produção,

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE MPN-DP-01/MN-3 TÍTULO: INSTALAÇÕES BÁSICAS DE BT ISOLADA Página 1 MPN-DP-01/MN-3 TÍTULO: INSTALAÇÕES BÁSICAS DE BT ISOLADA ÍNDICE CAPÍTULO Página 1. OBJETIVO 4 2. APLICAÇÃO 4 3. AFASTAMENTOS MÍNIMOS 5

Leia mais

MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL-13,8kV e 34,5kV

MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL-13,8kV e 34,5kV MONTAGEM DE S DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA NTD-14 NTD 14 MONTAGEM DE S DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA CONTROLE DE VERSÕES NTD-14 - MONTAGEM DE S DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA Nº.: DATA VERSÃO 1 13/07/4 0 2 03/9 1 NTD 14 MONTAGEM

Leia mais

Conferência do Projeto

Conferência do Projeto 214-DPDORC4 22/4/214 1 de 5 12/2/214 1:3.7 CARACTERIZAÇÃO Data Projeto Nº Pedido Finalidade 16/7/213 Título Implantação de SE Descrição da Obra: Tipo da Obra: IMPLANTAÇÃO EXPANSÃO DA REDE ELÉTRICA (ALTA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES MEMORIAL DESCRITIVO DE IMPLANTAÇÃO Unidade de Educação Infantil Próinfância Tipo C 1. OBJETIVO: A presente especificação tem por objetivo estabelecer os critérios para a implantação da Unidade de Educação

Leia mais

ORÇAMENTO BÁSICO CONCORRÊNCIA N.O. 0-001-13 COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS - POTIGÁS

ORÇAMENTO BÁSICO CONCORRÊNCIA N.O. 0-001-13 COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS - POTIGÁS ORÇAMENTO BÁSICO CONCORRÊNCIA N.O. 0-001-13 COMPANHIA POTIGUAR DE GÁS - POTIGÁS Item Descrição dos Serviços Unid. Quant. Valor Unitário Máximo aceitável pela Potigás 1.0 Mobilização vb 1 Conforme proposta

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título ESTRUTURAS PARA MONTAGEM DE REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SECUNDÁRIA COM CABOS MULTIPLEXADOS APRESENTAÇÃO

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título ESTRUTURAS PARA MONTAGEM DE REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SECUNDÁRIA COM CABOS MULTIPLEXADOS APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO 1-1 SUMÁRIO SEÇÃO 1 Apresentação SEÇÃO 2 Engastamento de postes SEÇÃO 3 Afastamentos mínimos SEÇÃO 4 Instalações básicas SEÇÃO 5 Cruzamentos SEÇÃO 6 Rabichos SEÇÃO 7 Aterramento 1 OBJETIVO

Leia mais

Objeto: Serviço de reforma e ampliação da SE Araranguá

Objeto: Serviço de reforma e ampliação da SE Araranguá Aditamento nº 05 Tomada de Preços nº 00861/2006 Objeto: Serviço de reforma e ampliação da SE Araranguá Data: 28/11/2006. Através deste aditamento, informamos que: a) Estamos substituindo a planilha de

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 1 1.1 ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID QUANT P.UNIT.S/ BDI P.UNIT.C/ BDI ITEM S/ BDI ITEM C/BDI 1.1.1 Limpeza do terreno m2 24,99 1,84 2,37 45,98 59,23 1.1.2 Locação da obra m2 24,99 4,56 5,87 113,95 146,69 1.2

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.03.04 REDE COMPACTA - TRANSFORMADOR. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.03.04 REDE COMPACTA - TRANSFORMADOR. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estrutura CE2H TR (2º Nível) Poste de Concreto de Seção Circular 7. Estrutura CE2H

Leia mais

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com

Responsavel Técnico: Kadner Pequeno Feitosa CREA 1600584594 Email-ativaprojetoseletricos@gmail.com Projeto Elétrico Padrão de Medição, fornecimento de energia em tensão primária 13.8kV, a partir da rede aérea de distribuição para atender Defensoria Pública do Estado da Paraíba. Responsavel Técnico:

Leia mais

RELAÇÃO DE MATERIAIS PADRONIZADOS - REDE DE DISTRIBUIÇÃO CLASSE 15 KV REDE SUL / SUDESTE

RELAÇÃO DE MATERIAIS PADRONIZADOS - REDE DE DISTRIBUIÇÃO CLASSE 15 KV REDE SUL / SUDESTE RELAÇÃO DE MATERIAIS PADRONIZADOS - DE DISTRIBUIÇÃO CLASSE 15 KV SUL / SUDESTE AFASTADOR, ARMACAO SECUNDARIA, ACO CARBONO 1010-1020, ZINCADO A QUENTE, DIMENSOES: 1000 X700 10002599 MM, 4 FUROS, NORMAS

Leia mais

Ademir Zanella Chefe da Divisão de Licitações. Por meio deste aditamento, alteramos o que segue:

Ademir Zanella Chefe da Divisão de Licitações. Por meio deste aditamento, alteramos o que segue: Aditamento nº 04 Tomada de Preços nº 00020/2008 Objeto: Contratação de empresa especializada para a execução da obra de ampliação do Sistema Ininterrupto de Fornecimento de Energia (SIFE) do edifício sede

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI PREFEITURA DE CAMPUS - SETOR DE OBRAS COMPOSIÇÃO DO BDI PARA OBRA DE CONSTRUÇÃO DO PRÉDIO DO CAMAT - 1ª etapa (BÔNUS E DESPESAS INDIRETAS) Itens de valor percentual

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO PADRÃO ECONÔMICO PARA ENTRADA DE CLIENTE 18/10/2011

PADRÃO TÉCNICO PADRÃO ECONÔMICO PARA ENTRADA DE CLIENTE 18/10/2011 Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01-18/10/2011 18/10/2011 ELABORAÇÃO Marcelo Poltronieri SUMÁRIO 1. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES... 3 3. OBJETIVO...

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 00-13/07/2009 13/07/2009 APROVADO POR José Rubens Macedo Junior SUMÁRIO 1. RESUMO...3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...3 3.

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA - 1 - PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA MUNICÍPIO DE BOMBINHAS - SC PROJETO: AMFRI Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí Carlos Alberto Bley

Leia mais

2.0 - MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO

2.0 - MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO Pg 2/59 2.0 - MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO 2.1 - IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO 2.1.1 INSTALAÇÃO DE REDE DE ILUMINAÇÃO PÚBILCA DO ACESSO A CIDADE DE CAICÓ, PELA BR 427 E MELHORIA DA QUALIDADE DA REDE DE ILUMINAÇÃO

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTE - 028

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTE - 028 NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTE - 028 MONTAGEM DE S PRIMÁRIAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA AÉREA, RURAL, COM CONDUTORES NUS - 13,8 E 34,5 kv DIRETORIA DE ENGENHARIA CORPORATIVA INDICE 1- OBJETIVO...

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 POSTE DE CONCRETO DE SEÇÃO DUPLO T

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 POSTE DE CONCRETO DE SEÇÃO DUPLO T SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA DSEE 11/12/2014 DATA SUMÁRIO

Leia mais

Anexo V. Manual de Contratação de Serviços de Construção de Redes de Fibras Ópticas

Anexo V. Manual de Contratação de Serviços de Construção de Redes de Fibras Ópticas Anexo V Manual de Contratação de Serviços de Construção de Redes de Fibras Ópticas Elaborado por: Data : 17/11/2005 Revisado por: Data: / / Fanton & Fanton Unidade Administrativa: Aprovado por: Data :

Leia mais

ANEXO II ATIVIDADES DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES

ANEXO II ATIVIDADES DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES ANEXO II ATIVIDADES DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES A descrição das atividades tem como propósito facilitar o relacionamento entre a CONTRATANTE e a CONTRATADA, na medida em que visa

Leia mais

PADRÃO DE ENTRADA DE INSTALAÇÕES CONSUMIDORAS MANUAL SIMPLIFICADO

PADRÃO DE ENTRADA DE INSTALAÇÕES CONSUMIDORAS MANUAL SIMPLIFICADO PADRÃO DE ENTRADA DE E N E R G I A E L É T R I C A E M INSTALAÇÕES CONSUMIDORAS MANUAL SIMPLIFICADO www.celesc.com.br PADRÃO DE ENTRADA DE E N E R G I A E L É T R I C A E M INSTALAÇÕES CONSUMIDORAS MANUAL

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA QUADRA POLIESPORTIVA COBERTA COM

Leia mais

Padrão de Entrada COELBA. Padrão de Entrada Monofásico

Padrão de Entrada COELBA. Padrão de Entrada Monofásico Padrão de Entrada COELBA Informações do site www.coelba.com.br Padrão de Entrada é o conjunto de instalações composto de caixa de medição, sistema de aterramento, condutores e outros acessórios indispensáveis

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO NORTE CREA /RN COMPOSIÇÕES DE CUSTO UNITÁRIO DATA: JUL/15

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO NORTE CREA /RN COMPOSIÇÕES DE CUSTO UNITÁRIO DATA: JUL/15 ITEM CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO RIO GRANDE DO NORTE CREA /RN COMPOSIÇÕES DE CUSTO UNITÁRIO DATA: JUL/15 Encargos Sociais de 123,93% (HORA) Encargos Sociais de 81,69% (MENSALISTA) Aplicado

Leia mais

CONTRATAÇÃO DO MÊS DE MARÇO 2013

CONTRATAÇÃO DO MÊS DE MARÇO 2013 GÃO ELETRONICO 000/0 999/0 0/0/0 MESES ATÉ 0/0/ JOÃO DE BARRO COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA - ME FORNECIMENTO DE RECARGAS DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO GLP, EM RECIPIENTES (BOTIJAS) DE CAPACIDADE KG E 0KG.9,00.9,00

Leia mais

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST

Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE Coordenação Geral de Infraestrutural Educacional CGEST MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO PADRÃO PARA COBERTURA DE QUADRA POLIESPORTIVA

Leia mais

Planilha Orçamento - GLOBAL

Planilha Orçamento - GLOBAL 2. SERVIÇOS PRELIMINARES 2. 1. ADMINISTRAÇÃO DA OBRA Planilha Orçamento - GLOBAL 2. 1. 1. DESPESAS COM PESSOAL CONTRAMESTRE 3,00 MS 2.940,96 8.822,88 0,00 0,00 8.822,88 - - 11.028,60 11.028,60 2. 2. MEDICINA

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA EM TENSÃO SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA PROPRIEDADE SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.14.009 SECUNDÁRIA EDIFICAÇÕES COLETIVAS COM SUBESTAÇÃO INSTALADA NO INTERIOR DA 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA

Leia mais

OBRAS DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO QUADROS DE PREÇOS PLANILHA DE PROPOSTA - FORNECIMENTO DE BENS REFORMA E AMPLIAÇÃO DA SUBESTAÇÃO ARARANGUÁ

OBRAS DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO QUADROS DE PREÇOS PLANILHA DE PROPOSTA - FORNECIMENTO DE BENS REFORMA E AMPLIAÇÃO DA SUBESTAÇÃO ARARANGUÁ DIRETORIA TÉCNICA DPPC/DVSE OBRAS DO SISTEMA DE TRANSMISSÃO QUADROS DE PREÇOS PLANILHA DE PROPOSTA - FORNECIMENTO DE BENS REFORMA E AMPLIAÇÃO DA SUBESTAÇÃO ARARANGUÁ Página 1 de 1 CENTRAIS ELÉTRICAS DE

Leia mais

AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS

AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS 11 metros = 150 12 metros = 150 450 1000 máximo 11 metros = 850 12 metros = 1450 800 450 450 11 metros = 1700 12 metros = 1800 11 ou 12 metros 100 11 metros = 1300 12

Leia mais

PD-4.009. Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Engenharia

PD-4.009. Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Engenharia PD-4.009 Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV Padrão Técnico da Distribuição Diretoria de Planejamento e Engenharia Gerência de Engenharia PD-4.009 Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV ELABORADO

Leia mais

Instalação de Sistema Encapsulado de Medição a Transformador a Seco - SEMTS

Instalação de Sistema Encapsulado de Medição a Transformador a Seco - SEMTS 1- Ramal de Ligação Aéreo em Rede Convencional Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 1 de 13 2- Ramal de Ligação Aéreo em Rede Compacta Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 2 de

Leia mais

Composições de Serviços da Obra

Composições de Serviços da Obra Composições de Serviços da Obra Obra 1354 - Galpão de Concreto Pre-moldado 20x100m PD=5m - Parque de Exposição BDI não aplicado Encargos sociais 1,659 Etapa 002 - SERVIÇOS TÉCNICOS Subetapa 002.005 - PROJETOS

Leia mais

POSTE DE CONCRETO PARA APLICAÇÃO EM ENTRADAS DE SERVIÇO

POSTE DE CONCRETO PARA APLICAÇÃO EM ENTRADAS DE SERVIÇO Exigências Mínimas 1 Objetivo Estabelecer as condições mínimas para construção de postes de concreto armado ou concreto protendido, destinados à utilização em entradas de serviço de unidades consumidoras,

Leia mais

PROJETO BÁSICO PARA MANUTENÇÃO DO VIVEIRO DO CRAD

PROJETO BÁSICO PARA MANUTENÇÃO DO VIVEIRO DO CRAD PROJETO BÁSICO PARA MANUTENÇÃO DO VIVEIRO DO CRAD O objeto deste projeto básico refere-se aos serviços de manutenção e reforma do viveiro de referência do CRAD-UNIVASF. Faz parte deste projeto o memorial

Leia mais

CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO.

CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO. CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO. Ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Senac - Administração

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLANDIA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA PLANILHA COMPOSIÇÕES ANALÍTICAS OBRA : REDE DE TELEFONIA 1YSM ORÇAMENTO : REDE DE TELEFONIA 1YSM LOCAL : CAMPUS SANTA

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de e Permanente (Equipamentos e Suprimentos de Informática), para 001 081266-9 CABO UTP CAT5E FLEXíVEL, CAIXA COM 300MT Lote 1- Destino: Uinfor CX 30 002 113294-5

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES PROJETO ARQUITETÔNICO ADEQUAÇÕES NA USINA DE TRIAGEM DE LIXO LINHA ESTRELA MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO: USINA DE TRIAGEM DE LIXO A presente especificação tem por objetivo estabelecer

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DIP/SMOV ANEXO X - MODELO DE ORÇAMENTO PARQUE FARROUPILHA - SUBESTAÇÃO SE 2 ADMINISTRAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DIP/SMOV ANEXO X - MODELO DE ORÇAMENTO PARQUE FARROUPILHA - SUBESTAÇÃO SE 2 ADMINISTRAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DIP/SMOV ANEXO X - MODELO DE ORÇAMENTO PARQUE FARROUPILHA - SUBESTAÇÃO SE 2 ADMINISTRAÇÃO MATERIAL CÂMARA TRANSFORMADORA Unid. Quant. V. unit.r$ V. TotalR$ Placa de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS, LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 03 5. INSTRUÇÕES GERAIS 03 5.1. Local da Realização dos Serviços 03 5.2. Condição

Leia mais

ANEXO II. MATERIAIS RDS ( Inclusive mão de obra, tributos e encargos necessários para execução)

ANEXO II. MATERIAIS RDS ( Inclusive mão de obra, tributos e encargos necessários para execução) ANEXO II PLANILHA ORÇAMENTÁRIA DE CUSTOS PROPONENTE: OBRA: PARQUE DE EVENTOS - ILUMINAÇÃO ( OBRAS DE EXTENSÃO DE REDE, ILUMINAÇÃO PÚBLICA E/OU ADEQUAÇÃO DE REDE ELÉTRICA) LOCAL: RUA ANTÔNIO AUGUSTO MENDES

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA UNIVERSI FEDERAL DE CAMPINA GRANDE 01.00 SERVIÇOS PRELIMINARES 3.324,86 01.01 Registro da obra no CREA (ART); 1,00 u n 321,39 321,39 01.02 Barracão fechado, de pequeno porte para depósito de materiais

Leia mais

NORMA TÉCNICA CELG D. Estruturas para Redes de Distribuição Aéreas Rurais Classes 15 e 36,2 kv. NTC-06 Revisão 1

NORMA TÉCNICA CELG D. Estruturas para Redes de Distribuição Aéreas Rurais Classes 15 e 36,2 kv. NTC-06 Revisão 1 NORMA TÉCNICA CELG D Estruturas para Redes de Distribuição Aéreas Rurais Classes 15 e 36,2 kv NTC-06 Revisão 1 ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. INTRODUÇÃO 1 2. OBJETIVO 2 3. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES

Leia mais

2º Caderno de Perguntas e Respostas. Edital 133/2007-00 -- CONCORRÊNCIA

2º Caderno de Perguntas e Respostas. Edital 133/2007-00 -- CONCORRÊNCIA 2º Caderno de Perguntas e Respostas Edital 133/2007-00 -- CONCORRÊNCIA PERGUNTA nº. 1: Conforme esclarecimento da Pergunta nº 7 do 1º Caderno de Perguntas e Respostas de 05/06/08, os itens 2.7.5.44, 7.2.1.37

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

ANEXO I. Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM

ANEXO I. Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM ANEXO I Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM CIDADE: VOTORANTIM/SP 1. Serviços Preliminares 1.1. Acesso Existe estrada de acesso ao local

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO. Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$)

PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTAÇÃO. Planilha Orçamentária ITEM DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS UNID. QUANT. PR. UNIT.(R$) VALOR (R$) 1.0 1.1 Placa de obra em chapa de aço galvanizado m² 1,00 245,51 245,51 1.2 Locação da obra através de gabarito de tábuas corridas pontaletadas m² 52,00 5,80 301,60 1.3 Ligação provisória de energia elétrica

Leia mais

DOC. NT NT MONTAGEM DE REDES E LINHAS ÁREAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. INDICE 1. OBJETIVO... 02 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO...

DOC. NT NT MONTAGEM DE REDES E LINHAS ÁREAS DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. INDICE 1. OBJETIVO... 02 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO... REV. Página 1 de 149 INDICE Página 1. OBJETIVO... 02 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO... 02 3. NORMAS E/OU DOCUMEOS COMPLEMEARES... 03 4. CONDICÕES GERAIS... 05 5. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS... 06 SEÇÃO 5.1 POSTES E

Leia mais

A N E X O V I I I M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E L I N H A S E R E D E S D E D I S T R I B U I Ç Ã O S U B M E R S A S

A N E X O V I I I M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E L I N H A S E R E D E S D E D I S T R I B U I Ç Ã O S U B M E R S A S A N E X O V I I I M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E L I N H A S E R E D E S D E D I S T R I B U I Ç Ã O S U B M E R S A S C A T Á L O G O R E F E R E N C I A L DE M Ó D U L O S P A D R Õ E S D

Leia mais

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO Andaime Tubo Equipado...03 Acessórios...04 Modos e Pontos de Ancoragem...05 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09 Fotos Obras...10 Atualização

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 01-17/09/2012 22/10/2012 ENGENHARIA E SISTEMAS TÉCNICOS (DTES-ES) APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI (DTES-ES) SUMÁRIO

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DOS SERVIÇOS. CONSTRUÇÃO DE PRAÇA (Campo Belo) CONTRATO DE REPASSE Nº PRUDENTE DE MORAIS/MG

MEMORIAL DESCRITIVO DOS SERVIÇOS. CONSTRUÇÃO DE PRAÇA (Campo Belo) CONTRATO DE REPASSE Nº PRUDENTE DE MORAIS/MG MEMORIAL DESCRITIVO DOS SERVIÇOS CONSTRUÇÃO DE PRAÇA (Campo Belo) CONTRATO DE REPASSE Nº PRUDENTE DE MORAIS/MG Especificação Técnica dos Serviços INTRODUÇÃO Preliminares: Esta especificação, juntamente

Leia mais

ADENDO 02. Adequação das Normas Técnicas NT-01-AT, NT-03 e Adendo a NT-03 a revisão da Norma NBR 14.039 da ABNT.

ADENDO 02. Adequação das Normas Técnicas NT-01-AT, NT-03 e Adendo a NT-03 a revisão da Norma NBR 14.039 da ABNT. DIRETORIA TÉCNICA DEPARTAMENTO COMERCIAL DIVISÃO DE MEDIÇÃO ADENDO 02 Adequação das Normas Técnicas NT-01-AT, NT-03 e Adendo a NT-03 a revisão da Norma NBR 14.039 da ABNT. Florianópolis, agosto de 2005.

Leia mais

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin Dutos de Piso... 27 Modelos... 27 Caixas de passagem... 31 Caixas de tomada... 35 Derivações... 39 Tomadas de piso - Latão/Cromado/Nylon... 42 Espelho para pisos... 43 Caixa de alumínio... 44 Distribuição

Leia mais

ANEXO I-B AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 6/2010-ER01AF/ER01 2. DESMONTAGEM DA ESTAÇÃO DE ENGENHEIRO GOULART/SP

ANEXO I-B AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 6/2010-ER01AF/ER01 2. DESMONTAGEM DA ESTAÇÃO DE ENGENHEIRO GOULART/SP 1 ANEXO I-B AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 6/2010-ER01AF/ER01 1. INTRODUÇÃO 1.1 Este documento tem a finalidade de detalhar a metodologia e critérios para desmontagem, transporte e remontagem da Estação

Leia mais

TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIÇOS

TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIÇOS TABELA DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIÇOS ANEXO II 1. REDE DE DISTRIBUIÇÃO URBANA (RDU) Os serviços de Melhoria e Ampliação de Rede de Distribuição Urbana executados conforme projeto executivo elaborado serão

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CABOS COBERTOS FIXADOS EM ESPAÇADORES APRESENTAÇÃO

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CABOS COBERTOS FIXADOS EM ESPAÇADORES APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO 1-1 SUMÁRIO SEÇÃO 1 Apresentação SEÇÃO 2 Engastamento de postes SEÇÃO 3 Afastamentos mínimos SEÇÃO 4 Instalações básicas SEÇÃO 5 Amarrações SEÇÃO 6 Cruzamentos SEÇÃO 7 Conexões e Emendas SEÇÃO

Leia mais

Linha para Piso Elevado

Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Linha para Piso Elevado Calha para piso elevado... 53 Derivações... Caixa para piso elevado... 54 Metálico... 54 Nylon... 56 Latão... 58 54 Sistemas para

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

Fabricante de ferragens e acessórios para redes externas de telecomunicações e Internet. Treinamento 1: Redes Externas - Conceitos Básicos

Fabricante de ferragens e acessórios para redes externas de telecomunicações e Internet. Treinamento 1: Redes Externas - Conceitos Básicos 51 3337 9318-3076 3800 Comercial@inforteltelecom.com.br Fabricante de ferragens e acessórios para redes externas de telecomunicações e Internet. Treinamento 1: Redes Externas - Conceitos Básicos Operadoras

Leia mais

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008

LISTA DE PRODUTOS ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 LISTA DE PRODUTOS DE PRODUTOS LISTA ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: SETEMBRO DE 2008 Ativos / Wireless ADSL Modem; Conversores de Mídia; Firewall; Hub s; KVM (2 / 4 / 8 e 16 Portas); Modem Externo; Placas de Rede

Leia mais

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA 156/3 (150 X 60 mm) - 3 seções 0% BRASILEIRA Características das canaletas de alumínio Blindagem eletromagnética devido à liga 6060 - T5, eliminando

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m²

EMOP - Outubro/2013. m x m = m² 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75 m² 01 01 1.1 01.018.0001-0 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TRÊS RIOS Centro - /RJ Marcação de obra sem instrumento topográfico, considerada a projeção horizontal da área envolvente 3.281,25 0,60 1.968,75 1.968,75

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

ECONOMIA NAS FUNDAÇÕES DE TORRES ESTAIADAS EM LINHAS DE TRANSMISSÃO DE 460 kv. Rubens Ashcar CTEEP

ECONOMIA NAS FUNDAÇÕES DE TORRES ESTAIADAS EM LINHAS DE TRANSMISSÃO DE 460 kv. Rubens Ashcar CTEEP IX/FI-22.7 COMITÊ 22 LINHAS AÉREAS DE ALTA TENSÃO ECONOMIA NAS FUNDAÇÕES DE TORRES ESTAIADAS EM LINHAS DE TRANSMISSÃO DE 460 kv Rubens Ashcar CTEEP RESUMO Este trabalho apresenta a economia obtida nas

Leia mais

PLANILHA DE PREÇO PARA PERFURAÇÃO DE POÇO TUBULAR

PLANILHA DE PREÇO PARA PERFURAÇÃO DE POÇO TUBULAR QUADRO II- ESPECIFICAÇÕES DA OBRA Ministério da Integração Nacional Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba PLANILHA DE PREÇO PARA PERFURAÇÃO DE POÇO TUBULAR ITEM MÃO DE OBRA/

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014

TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014 Anexo I TERMO DE REFERÊNCIA - TR Pregão Eletrônico nº 001/2014 1 DO OBJETO 1.1 Prestação de serviços de instalação de piso elevado acessível, com fornecimento de componentes, acessórios e materiais, visando

Leia mais

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br SOLUÇÕES PARA FACHADA metax.com.br Passarela para pedestres Estes equipamentos são utilizados em locais onde a instalação do andaime fachadeiro obstrui a passagem de via, ou seja, a fachada do prédio não

Leia mais

Planilha de Preços Unitários MÁXIMOS

Planilha de Preços Unitários MÁXIMOS Planilha de Preços Unitários MÁXIMOS E0000-ET-E04-514-003 Original Item LOCAL DOS SERVIÇOS VALORES 1 IMPLANTAÇÃO DO SPDA DE MACAÍBA R$ 203.175,56 2 IMPLANTAÇÃO DO SPDA DE VELHINHO R$ 180.463,77 3 IMPLANTAÇÃO

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ATI-INFRA-OPT-003 (2012) MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE REDE DE FIBRA ÓTICA VERSÃO 1.0

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ATI-INFRA-OPT-003 (2012) MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE REDE DE FIBRA ÓTICA VERSÃO 1.0 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ATI-INFRA-OPT-003 (2012) MANUAL DE CONSTRUÇÃO DE REDE DE FIBRA ÓTICA VERSÃO 1.0 ESTA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA FOI BASEADA NAS ESPECIFICAÇÕES DA REDE NACIONAL DE PESQUISA (RNP), SISTEMA

Leia mais

TREVO CARRION JUNIOR (VIADUTOS DO AEROPORTO) E ENTORNO REFORMULAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE IP I L U M I N A Ç Ã O P Ú B L I C A

TREVO CARRION JUNIOR (VIADUTOS DO AEROPORTO) E ENTORNO REFORMULAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE IP I L U M I N A Ç Ã O P Ú B L I C A ANEXO XIV - MEMORIAL DESCRITIVO 1 - APRESENTAÇÃO: O presente memorial visa descrever as diretrizes básicas que devem ser observadas na reformulação da iluminação pública do Trevo Carrion Junior (Viadutos

Leia mais

CARLOS HENRIQUE DA SILVA Chefe da Divisão de Licitações

CARLOS HENRIQUE DA SILVA Chefe da Divisão de Licitações Administração Central Avenida Itamarati, 160 - Itacorubi Florianópolis/SC - CEP 88034-900 TOMADA DE PREÇOS Nº 13/09802 OBJETO: ADM. CENTRAL - Contratação de empresa especializada no fornecimento de materiais

Leia mais

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO

PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO PRODUTOS E SISTEMAS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DE COMUNICAÇÃO Caixas de passagem e derivação pág. 374 CPS e CPE caixas de passagem metálicas pág. 382 Caixas de embutir para Dry Wall Eletrodutos e instalações

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM MÉDIA TENSÃO 13.8KV CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA RUA OSVALDO PRIMO CAXILÉ, S/N ITAPIPOCA - CE 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PCU Prefeitura do Câmpus-Sede DOP Diretoria de Obras e Projetos

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PCU Prefeitura do Câmpus-Sede DOP Diretoria de Obras e Projetos Obra: Data Validade Bloco G80 - Centro de Ciências Biológicas (CCB) 10-abr-08 abr-08 Área: 3.812,56 m² Rubrica 3ª Etapa JMA Valores Item Discriminação Un. Quant. Unitário Total 01 SERVIÇOS PRELIMINARES

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS SITE: www.amm.org.br- E-mail: engenharia@amm.org.br AV. RUBENS DE MENDONÇA, N 3.920 CEP 78000-070 CUIABÁ MT FONE: (65) 2123-1200 FAX: (65) 2123-1251 MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES

Leia mais

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS

ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS ANEXO III PLANILHA DE COMPOSIÇÃO DE PREÇOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO - FÓRUM DA COMARCA DE SANTOS 1 SERVIÇOS PRELIMINARES 1.1 CANTEIRO DE OBRAS 1.1.1 Construção provisória em madeira -

Leia mais

ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores

ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores em Pedestal Norma Técnica Distribuição de Energia Elétrica ND-2.009 Ligação de Edifícios com Transformadores em Pedestal Autores: Plácido Antonio Brunheroto

Leia mais