Entrevista com Marcelo Salles, jornalista, criador e editor do jornal Fazendo Média e coordenador no Rio de Janeiro da revista Caros Amigos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Entrevista com Marcelo Salles, jornalista, criador e editor do jornal Fazendo Média e coordenador no Rio de Janeiro da revista Caros Amigos."

Transcrição

1 Entrevista com Marcelo Salles, jornalista, criador e editor do jornal Fazendo Média e coordenador no Rio de Janeiro da revista Caros Amigos. 1) O que significa falar em democratização da comunicação? Por que os meios de comunicação no Brasil não são democráticos? No Brasil, não são democráticos mesmo. Não é nenhum exagero falar que existe uma ditadura dos meios de comunicação. Se você olhar até por uma perspectiva legal, na Constituição de 1988, que é a lei maior do país, ela exige, no artigo 220, que não existam monopólios nem oligopólios nos meios de comunicação, exige que seja privilegiada a comunicação regional, as informações regionais, que sejam priorizadas as atividades culturais. E nada disso é respeitado pelos meios de comunicação de massa no Brasil. E há um outro elemento, que é a concentração absurda desses meios. Temos seis emissoras privadas de televisão, que transmitem para 190 milhões de brasileiros. Dá uma média de 30 milhões para cada, se for dividia igualmente, mas não é. Aí, temos a TV Globo, que tem metade da audiência e 70% das verbas publicitárias, em um país que, na média, tem mais televisões do que geladeiras nas casas. E por que estou falando da TV? A mesma concentração existe nas emissoras de rádio e na imprensa escrita. Na internet temos uma coisa meio confusa ainda acontecendo, que é um espaço mais democrático, mas ainda com algumas ressalvas. Então, falo da TV porque é a forma mais poderosa de comunicação, que reúne imagem e áudio. Há uma apreensão muito mais impactante da mensagem transmitida. Então temos esse elemento da concentração, da audiência concentrada na TV Globo (uma concentração dentro da concentração), e há ainda uma terceira coisa, o que esse oligopólio está transmitindo. Vamos pegar, por exemplo, o que está no jornal O Globo de hoje. A manchete, aquilo que o jornal O Globo achou mais interessante divulgar para seus leitores hoje, que é o fechamento assim eles julgaram, fechamento da TV Globovisión da Venezuela. Isso foi a manchete do jornal o Globo e tenho certeza que vai ser da TV, vão dar um grande destaque a essa notícia. Estão evidentemente criticando muito a não renovação da licença da Globovisión na Venezuela, como foi feito com a RCTV. Sem nenhum espaço para o contraditório. Eu não acredito em imparcialidade. Quando me formei fiz um juramento cujo primeiro parágrafo diz o seguinte: A Comunicação é uma função social. Juro respeitar o público em sua luta por igualdade, diversidade e dignidade. Então, é por aí que eu vou. Mas eles inventaram o negócio da imparcialidade. Primeiro, eles acham que o mundo é em preto e branco, que toda questão tem só dois lados, então escutam um lado e o outro. Se estivéssemos há um século atrás, por exemplo, eles entrevistariam o escravo e o dono do navio negreiro. No Iraque, por exemplo, o genocídio que é feito lá pelos EUA, é dado todo o espaço dizendo que é uma guerra, não uma invasão ou genocídio, para levar democracia. Então, não deram espaço ao contraditório, que é uma coisa que eles mesmos pregam. Se pegarmos a situação política do Brasil, parece que Sarney foi descoberto agora, como se há 30 anos ele não estivesse aí. Ele foi senador biônico, foi do partido de sustentação da ditadura que matou e torturou muita gente no Brasil, e não teve essa repercussão. Esse monopólio nunca se incomodou com isso. Estão acostumados a achar natural esse coronelismo que sempre existiu no Brasil. Na parte da economia, por exemplo, eles costumam, na cobertura, colocar só um tipo de economia, só existiria a economia de livre mercado, que foi exatamente por ser a mais forte que desembocou na crise do capitalismo. Mas eles não consideram a possibilidade

2 de uma economia capitalista com controle de fluxo de capitais, que dirá uma economia socialista. É natural, para essas empresas, que haja desemprego por exemplo. No campo da cultura, há um louvor aos enlatados que vem de fora e, quando a produção é nacional, o que se valoriza é a tentativa de reproduzir aquilo, não uma produção autônoma, com a cara do Brasil, feita pelos brasileiros. E assim por diante, se você pega qualquer aspecto do Brasil, há uma repetição desse quadro. Falando da TV Globo, que é a maior, temos, de meio-dia à meia-noite, 12h de programação em que metade é de novelas ou programas relacionados a novelas. 6h de novela! E se formos entrar nos valores que estão sendo transmitidos por essas novelas? Essa atual, sobre a Índia, por exemplo: tive a oportunidade de conversar com um indiano que trabalha com o teatro do oprimido em Bengala e esteve no Brasil. Segundo ele, o que estão fazendo é um esculacho com a cultura indiana. Então, acho que o mais grave disso tudo é o poder de produção de subjetividades, dentro desse quadro todo de concentração e de disseminação desses valores que são os mais atrasados possíveis. A mídia é uma das instituições que produzem subjetividades, entre outras, como a família, a escola, a universidade, o exército. Mas a mídia é a mais poderosa porque ela é a única que atravessa todas as outras: atravessa o estudante que está na escola, o militar que sai do quartel. Todo mundo vê televisão, ela atinge todo mundo. E o que é esse poder de produzir subjetividades? É o poder de dizer, de determinar, moldar percepções, forjar consensos, dizer, no, fim, formas de agir, de viver, de pensar, das pessoas individualmente, das instituições em que elas estão (juízes julgando, médicos tratando, governadores governando e os demais trabalhadores, que se revoltam ou não, que vão ou não à rua exigir seus direitos). Então, essas são as formas de produzir subjetividades e, no fim a sociedade como um todo vai ser o reflexo disso tudo. Essa é a maneira como eu vejo a comunicação hoje, que não é democrática e para o Brasil conseguir avançar na sua democracia, para chegar a ser plenamente democrático, precisa democratizar seus meios de comunicação. E nesse sentido, encerrar concessões públicas de comunicação não é nenhum golpe autoritário. A França, a Espanha, a Inglaterra e até os EUA já fizeram isso EUA cancelaram 41 concessões em 60 anos. Temos que entender que rádio e TV são concessões públicas, passíveis de serem perdidas se as empresas que operam essas concessões não cumprirem com as normas, com a lei estabelecida. 2) Como você a Conferência Nacional de Comunicação? A conferência de comunicação é uma iniciativa inédita, que tem um potencial muito grande para, se não revolucionar esse quadro, pelo menos começar a mudá-lo. Mas ter o potencial não significa que vai chegar a ele. A conferência, assim como ocorre com outras áreas, são fóruns que tiram deliberações máximas para o setor. Mas ela está tendo problemas. O primeiro deles é a questão financeira. De início, o governo tinha decidido destinar R$ 8,2 milhões, mas já houve um corte. Os empresários estão exercendo uma pressão muito forte, porque não querem, como nunca quiseram, discutir comunicação - não interessa, pois, do jeito que está, está bom para eles. Mas há, por outro lado, grupos bastante organizados, como o Intervozes e os sindicatos, que de maneira geral estão participando. Então, é preciso pressionar muito. Esse é um espaço que tem que ser disputado. Não sou daqueles que acham que qualquer iniciativa do governo não vale. Acho que vale sim, é uma iniciativa inédita. os sindicatos tem que disputar porque a comunicação é uma área importante para todo mundo. O direito de comunicar é inerente a todos os trabalhadores, não só jornalistas. Assim como temos que ter o direito de nos

3 alimentarmos com segurança, temos que ter o direito de receber uma comunicação com segurança, uma informação produzida com responsabilidade. Então, penso que pode acontecer de tudo em dezembro, pois vai ser muito disputado. Acho que os empresários da comunicação estão lá há muito tempo. A Globo tem o Evandro Guimarães, que é chamado de senador Evandro no Senado, pois é o representante da Globo no Congresso. É tanto poder, acesso direto aos ministros e ao próprio presidente, que não sei como exatamente podemos enfrentar isso, mas é um espaço que temos disputar sim e podemos conseguir avanços. 3) O que significa falar em mídia independente? Mídia independente, assim como mídia livre, são iniciativas de meios de comunicação que não estão vinculadas ao poder político e econômico poder político no sentido partidário ou de governo. São iniciativas que foram muito potencializadas com o advento da internet, que é uma coisa muito recente no Brasil e no mundo. Mas ela pode assumir diversas formas: pode ser uma rádio comunitária, um jornalzinho, um site da internet, um blog. Acho que são fundamentais. A mídia independente hoje, a mídia livre, tem um desafio enorme pela frente e que no Brasil já começa a dar resultados interessantes. Por exemplo, houve um concurso na internet de blogs e, dos dez indicados para a final, nove tratavam entre seus principais assuntos a crítica das corporações de mídia. Acho que esse é um grande desafio, pois mesmo que diretamente não se esteja criticando os meios de comunicação, apresenta-se uma outra informação, e o leitor já vai parar e pensar não foi isso que eu li no jornal. A situação da comunicação no Brasil é tão trágica que não é muito difícil você produzir uma informação que esteja fora da pauta dos grandes meios de comunicação, porque ela está tapo direcionada, tão restrita, que você pode trazer outras informações. Por exemplo, nós publicamos no Fazendo Média uma matéria sobre os despejos violentos no Recreio. Eu não fiz nada demais: estive lá no Canal do Forcado, que é uma favela bem pequena, com 50 famílias mais ou menos. Um ou dois meses antes, a TV Globo tinha ido lá e mostrado uma imagens com umas manilhas de esgoto dizendo que aquela favela estava produzindo esgoto e poluindo o rio que tinha do lado. Eu desconfiei e fui lá conferir. Simplesmente descrevi o que vi no local. Não vi nenhuma manilha de esgoto - era mentira para justificar o despejo violento, que eles chamam de remoção, daquelas pessoas de lá. No entanto, a pessoa que pegou o jornal e leu viu que aquilo não era verdade. Fizemos fotos do lugar. A mídia alternativa, livre, tem esse desafio e também, ao mesmo tempo coloca um desafio muito importante para as instituições democráticas do país, como o Ministério Público, o Poder Judiciário e os governos que ainda não foram capturados pela lógica do capitalismo, que é o de ler os pequenos espaços de comunicação também. Por exemplo, assinei uma reportagem para o jornal Nova Democracia denunciando os abusos do Exército no Morro da Providência seis meses antes dos assassinatos daqueles três jovens. Depois que eles morreram, a grande imprensa foi cobrir e a Justiça declarou inconstitucional aquela ocupação. Se tivessem lido os veículos livres antes, talvez eles estivessem vivos hoje. Então, estou transferindo a responsabilidade para essas pessoas porque é uma maneira de enfraquecer essa imprensa golpista, essas corporações de mídia. Existem alternativas. Ainda não temos apoio que deveria ter para ter um jornal de grande circulação, do tamanho deles. Esse seria o ideal, mas, enquanto não é, as pessoas que definem mais de frente a sociedade estão responsáveis sim por ler as denúncias que

4 apresentamos e por pautar suas iniciativas a partir daí também. Porque ficar esperando a grande imprensa divulgar, que é o que acontece inclusive com parlamentares de esquerda, que só se movem depois que alguma coisa sai na grande mídia, é um erro que não tem mais razão de ser hoje. 4) Como surgiu o Fazendo Média? Como é o trabalho no jornal? O Fazendo Média surgiu em janeiro de 2003, na UFF, quando um grupo de cinco estudantes de jornalismo se juntou e, diante do descompasso da grande mídia com a realidade, resolvemos fazer um veículo de comunicação que pudesse ao mesmo tempo mostrar outras informações e criticar essa mídia. Começamos com um programa já com esse nome na TV Universitária, que pegava só em Niterói e São Gonçalo, nas quartasfeiras à noite. Muita gente ligava, participava, mesmo sendo uma audiência restrita. Aliás, esse é um objetivo que deve ser perseguido na Conferência: por que temos as TVs públicas, como universitárias e legislativas, em canal fechado. Temos que abrir o sinal para todos e garantir que ele chegue em boa qualidade, inclusive a TV Brasil, da qual a Folha de S. Paulo, que se diz tão democrática, pediu o fechamento. Então, acho que esse é um ponto importante: as TVs públicas têm que ter o mesmo espaço, sinal com a mesma qualidade, mais investimento; o governo tem que pegar seu R$ 1 bilhão por ano, tirar das grandes corporações de mídia, que estão a serviço da morte, e colocar nas televisões públicas, que têm mais chance de produzir uma informação a serviço da vida. Mas, voltando ao Fazendo Média, era um programa semanal, todo feito ao vivo, e era uma coisa meio experimental, não tínhamos ajuda de funcionário nenhum. Fazíamos esse exercício de crítica jornalística. Em junho de 2003, nasce o impresso, que se soma ao programa da televisão, e em janeiro de 2004, nasce a página na internet, onde ampliamos mais as seções, abrindo esportes, internacional, movimentos sociais, educação, política, cultura, e amplia o espaço de cobertura para além da crítica de mídia. A televisão e o impresso ficavam muito restritos. Até eu fazer minha monografia, em 2007, contei que 96 estudantes passaram pelo fazendo Média, e não só da UFF, mas também da Facha, UFRJ, Estácio etc., e também estudantes de publicidade, que usavam o Fazendo Média tanto como espaço de aprendizado e de desenvolvimento da profissão quanto para expressar suas opiniões. Desde então, fomos crescendo, a visitação da página foi aumentando, tivemos alguns reconhecimentos. O último deles foi uma premiação no Ponto de Cultura, do Ministério da Cultura. Então, foi uma iniciativa que partiu do zero, nunca tivemos apoio, só fomos ter esse apoio do MinC mês passado, apenas seis anos depois. Nós nos sustentávamos com caixinha, com R$ 10 por mês que cada um pagava e com uma assinatura ou outra voluntária. Hoje, temos cerca de 100 assinantes no Brasil todo. Mas, no início, tínhamos assinatura gratuita. Quando a assinatura era gratuita, havia mais de mil assinantes. O jornal chegava em vários lugares do país, como em Manaus e no Sul, e recebíamos um retorno, gente agradecendo: Poxa, agora nunca mais vou ver televisão do mesmo jeito. É muito gratificante. 5) Quais são as dificuldades de manter um veículo independente? A falta de recursos financeiros é a principal porque a imprensa é uma atividade que demanda muito investimento de dinheiro. A TV Brasil, por exemplo, que estava em risco de fechamento, funcionava com R$ 350 milhões por ano, o que não é uma quantia muito grande, tanto que ela tem uma infra-estrutura muito aquém das TVs comerciais.

5 Então, não conseguimos nos profissionalizar no microcosmo que temos e muito menos conseguimos avançar, ter uma redação, ainda que pequena. Existe uma lei no município do Rio que garante que 6% das verbas de comunicação sejam aplicadas em iniciativas de mídia livre, o que não acontece. Quer dizer, as grandes corporações têm que investir em mídia livre como forma de contrabalançar o poder. No Brasil ainda precisamos avançar muito. Se uma parte das corporações fosse distribuída entre a mídia livre, faríamos uma revolução nesse país, digo nós da mídia livre. Para montar uma emissora de caráter nacional, acredito que faríamos em um prazo muito curto uma revolução nesse país. 6) O que é o Centro de Mídia Independente? O CMI é uma associação voluntária que existe em vários países e tem um esquema de publicação em que qualquer um pode publicar um artigo. O CMI funciona com uma rede internacional muito forte, os grupos se articulam internacionalmente e mandam representantes: tem gente dos EUA aqui, do México, da Bolívia, reportando pautas que a grande imprensa nem sonha em publicar. O grande exemplo foi o Brad Will, que foi assassinado enquanto fazia uma cobertura no México. Esse caso a gente só entendeu por causa do Centro de Mídia Independente, que publicou uma série de reportagens a respeito, vídeos, depoimentos... O CMI é uma iniciativa de mídia livre, exclusivamente veiculado pela internet e é fundamental para entendermos uma série de processos no mundo. 7) O que seria, na sua opinião, controle social da mídia, e como ele poderia ser alcançado? Nossa Constituição de 1988 também prevê a complementaridade dos sistemas público, privado e estatal. Aliás, uma curiosidade: o capítulo da comunicação na Constituição foi o último a ser acordado pela Constituinte, já que as divergências eram muitas. E, apesar de ser bem progressista, ele ficou aberto, precisa ser regulamentado, e nunca foi. No Sistema de Controle Social, a complementaridade já seria um grande avanço porque ter essa contrapartida de outras formas de comunicar já seria um grande impulso para o Controle Social. Agora, você pode ter outras formas de controle social, como associações que acompanhem e fiscalizem e tenham poder de determinar o que não pode, porque têm coisas que não podem mesmo ao ar pelo bem da democracia. Isso não quer dizer que sou contra a liberdade de expressão, essa esquizofrenia da Globo e das outras emissoras de dizer que tudo vai contra a liberdade de expressão. Enfim, ter um grupo da sociedade civil com o poder de acompanhar e dizer quais os excessos estão sendo veiculados, o que falta para que a constituição seja cumprida. Teria de ter esse grupo que garantisse isso. O Ministério da Justiça já fez seis classificações indicativas e não fez como gostaria de ter feito. É complicado, é preciso um governo com muita disposição para enfrentar esses interesses. 8) Como você vê o jornalismo na grande mídia atualmente? É um jornalismo a serviço da morte. É esse modelo que é seguido do jornalismo estadunidense, de espremer e sai sangue, quer dizer, precisa sair sangue para virar notícia. E tem uma questão hoje: em quem você acredita? Quem tem o poder de dizer a verdade? Hoje, eles colocam dois pesos e duas medidas: depende da cor da pele da pessoa, do nível social. Houve essa mudança na exigência do diploma de jornalista, mas

6 eu acho que isso é o de menos, eles podiam exigir o diploma e ter uma comunicação mais humana, que o jornalista não somente ouça mais, mas que dê mais importância àquilo que ele houve. Às vezes, ele ouve uma denúncia e não dá importância, o que muitas vezes ocorre pela orientação editorial geral. A grande imprensa está aí pela exploração do povo. Eu nunca vi uma matéria indignada com o valor do salário mínimo. Eles criam os critérios de noticiabilidade deles, muitos não concordam, mas eles seguem isso de acordo com critérios políticos bem definidos: eles estão a serviço da exploração do povo brasileiro, da exploração das riquezas desse país. A crítica que eu faço é quanto à linha editorial dos jornais, que é definida pelos donos e pelos editores, que funcionam como corporações lucrativas, que põem o lucro acima de qualquer coisa e deixando a informação em segundo plano para que seus anunciantes continuem anunciando.

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática

Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Projeto de Lei de Iniciativa Popular para uma mídia Democrática Comunicação é um direito de todos No Brasil, os meios de comunicação estão concentrados nas mãos de poucas empresas familiares que têm a

Leia mais

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA

LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA LEI DA MÍDIA DEMOCRÁTICA (versão simples da Lei da Comunicação Social Eletrônica) CAPÍTULO 1 PARA QUE SERVE A LEI Artigo 1 - Esta lei serve para falar como vai acontecer de fato o que está escrito em alguns

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no hotel Skt. Petri Copenhague-Dinamarca, 01 de outubro de 2009 Bem, primeiro dizer a vocês da alegria de poder estar

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social O tempo e a espera Ministro fala de projetos em andamento e ações do governo para a área educacional Entrevista do ministro publicada na Revista Educação no dia 26 de maio de 2004. Tarso Genro é considerado

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 14 Discurso: em encontro com professores

Leia mais

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha?

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha? Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao jornal Gazeta do Povo, do Paraná Publicada em 08 de fevereiro de 2009 Jornalista: O Brasil ainda tem

Leia mais

22/05/2006. Discurso do Presidente da República

22/05/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de assinatura de protocolos de intenções no âmbito do Programa Saneamento para Todos Palácio do Planalto, 22 de maio de 2006 Primeiro, os números que estão no

Leia mais

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria?

Custom Publishing Por que minha organização deve ter uma publicação própria? Custom Publishing O mercado das publicações próprias e suas (excelentes) oportunidades de negócios para as empresas antenadas de qualquer setor, com qualquer público Um guia de consulta rápida sobre a

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

2. CAIXA DE FERRAMENTAS - CHEGANDO A REDAÇÃO

2. CAIXA DE FERRAMENTAS - CHEGANDO A REDAÇÃO SUMÁRIO INTRODUÇÃO 15 Para que serve este Livro 17 Como usar este livro 1. PARA ENTENDER A PROFISSÃO 23 O que é preciso para ter sucesso na profissão 23 TALENTO - Como saber se você tem 24 CONHECIMENTO-Como

Leia mais

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social Semana da Liberdade de Escolha da Escola / School Choice Week & I Conferência da Liberdade de Escolha da Escola / 1st School Choice Conference Guião de apoio para divulgação junto da Comunicação Social

Leia mais

O que falta é uma nova lei para garantir a liberdade de expressão do nosso povo. A lei que regulamenta o serviço de radiodifusão completou 50 anos!

O que falta é uma nova lei para garantir a liberdade de expressão do nosso povo. A lei que regulamenta o serviço de radiodifusão completou 50 anos! Para construir um país mais democrático e desenvolvido, precisamos avançar na garantia ao direito à comunicação para todos e todas. O que isso significa? Significa ampliar a liberdade de expressão para

Leia mais

Precisamos fortalecer cada vez mais nossa profissão. Através dos conselhos e de uma nova regulamentação!

Precisamos fortalecer cada vez mais nossa profissão. Através dos conselhos e de uma nova regulamentação! Resultado da pesquisa feita no dia 10/03/2014, através do Site do Conselho Regional de Relações Públicas 4ª Região, a respeito da Lei 6601/13. Foi disponibilizado uma enquete, com a seguinte pergunta:

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015

DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 DISCURSO PROFERIDO PELO NOBRE DEPUTADO HELIO DE SOUSA, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NO DIA 08 DE OUTUBRO DE 2015 Senhores Deputados, meu pronunciamento é em caráter excepcional. Eu tenho uma história de vida

Leia mais

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores

PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO. Encerramento das inscrições. Cerimônia de premiação dos vencedores PRÊMIO DE JORNALISMO FAEPA/SENAR-PB 2015 REGULAMENTO Calendário ATIVIDADES DATA Lançamento no site Encerramento das inscrições Anúncio oficial dos finalistas Cerimônia de premiação dos vencedores 03 de

Leia mais

TOBY MENDEL (Consultor Internacional da Unesco): [pronunciamento em outro idioma] INTÉRPRETE: Deixa eu começar agradecendo para os apresentadores.

TOBY MENDEL (Consultor Internacional da Unesco): [pronunciamento em outro idioma] INTÉRPRETE: Deixa eu começar agradecendo para os apresentadores. TOBY MENDEL (Consultor Internacional da Unesco): [pronunciamento em outro idioma] INTÉRPRETE: Deixa eu começar agradecendo para os apresentadores. Aqui, a gente tem uma apresentação muito importante, e

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

A Maior Triagem Odontológica do Mundo. Tá, entendi. Agora, como eu vou fazer isso?

A Maior Triagem Odontológica do Mundo. Tá, entendi. Agora, como eu vou fazer isso? A Maior Triagem Odontológica do Mundo. Em 18 de Março de 2013, o mundo inteiro vai sorrir mais bonito. Neste dia, realizaremos juntos em todo o Brasil, 10 países da América Latina e Portugal a MAIOR TRIAGEM

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA:

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Fundo Perpétuo de Educação PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Os depoimentos, ensinamentos e metas dos participantes mais bem sucedidos. A escolha da escola fez a diferença na sua colocação

Leia mais

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso

12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Novo Negócio 12 Dicas Para Montar Um Negócio De Sucesso Vinícius Gonçalves Equipe Novo Negócio Espero sinceramente que você leia este PDF até o final, pois aqui tem informações muito importantes e que

Leia mais

Fantástico mostra o que aconteceu com as empresas e com as pessoas mostradas na reportagem há um ano.

Fantástico mostra o que aconteceu com as empresas e com as pessoas mostradas na reportagem há um ano. Fantástico mostra o que aconteceu com as empresas e com as pessoas mostradas na reportagem há um ano. Reportagem que chocou o país completou um ano esta semana. O Fantástico mostra o que aconteceu com

Leia mais

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br

MEDIA TRANNING. Giovana Cunha. Coordenadora de Rádio e TV - TST giovana.cunha@tst.jus.br MEDIA TRANNING Giovana Cunha COMO AGIR DIANTE DA IMPRENSA É muito comum o entrevistado se queixar que o jornalista não reproduziu corretamente as informações fornecidas na entrevista. O jornalista normalmente

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

02/12/2004. Discurso do Presidente da República

02/12/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de entrega do Prêmio Finep e sanção da Lei de Inovação de Incentivo à Pesquisa Tecnológica Palácio do Planalto, 02 de dezembro de 2004 Meus companheiros ministros,

Leia mais

ENTREVISTA: "NÃO SE FAZ NOTÍCIA SÓ COM TECNOLOGIA", diz a pesquisadora Thais de Mendonça Jorge

ENTREVISTA: NÃO SE FAZ NOTÍCIA SÓ COM TECNOLOGIA, diz a pesquisadora Thais de Mendonça Jorge ENTREVISTA: "NÃO SE FAZ NOTÍCIA SÓ COM TECNOLOGIA", diz a pesquisadora Thais de INTERVIEW: DON'T MAKE NEWS ONLY WITH TECHNOLOGY, says researcher Thais de Thaisa Cristina Bueno 1 Lucas Santiago Arraes Reino

Leia mais

As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica?

As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica? As prostitutas de BH perguntam: e a gente, como fica? Categories : Copa Pública Date : 18 de setembro de 2012 Maria Aparecida Menezes Vieira, a Cida, de 46 anos, há mais de 20 anos faz ponto na rua Afonso

Leia mais

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político Jairnilson Paim - define o SUS como um sistema que tem como característica básica o fato de ter sido criado a partir de um movimento

Leia mais

30/07/2009. Entrevista do Presidente da República

30/07/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com a presidente do Chile, Michelle Bachelet, após encerramento do seminário empresarial Brasil-Chile

Leia mais

análise da sequência de

análise da sequência de Laila Vanetti - Setembro de 2014 Laila Vanetti - Setembro de 2014 último encontro análise da sequência de vendas de Conrado adolpho 1º E-mail Conrado adolpho Assunto: O que fizemos aqui na Webliv... Oi,

Leia mais

MEU TIO MATOU UM CARA

MEU TIO MATOU UM CARA MEU TIO MATOU UM CARA M eu tio matou um cara. Pelo menos foi isso que ele disse. Eu estava assistindo televisão, um programa idiota em que umas garotas muito gostosas ficavam dançando. O interfone tocou.

Leia mais

Quando era menor de idade ficava pedindo aos meus pais para trabalhar, porém menor na época não tinha nada e precisei esperar mais alguns anos.

Quando era menor de idade ficava pedindo aos meus pais para trabalhar, porém menor na época não tinha nada e precisei esperar mais alguns anos. Como eu ganho dinheiro com o meu blog Como eu ganho dinheiro com o meu blog? Conheça agora as dicas e as formas que uso para ganhar dinheiro online. Como eu ganho dinheiro com o meu blog? Antes de começar

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor

Prefácio. Julio Rezende Pai, empreendedor Prefácio Nesse treinamento vou compartilhar o que os empresários do ramo de SEGURANÇA ELETRÔNICA não compartilham com ninguém, aliás, nenhum empresário quer contar o segredo de suas Empresas, Correto?

Leia mais

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital Conteúdo PRIMEIROS PASSOS COM BLOG:... 3 Primeiro:... 3 Segundo:... 4 Terceiro:... 5 Quarto:...

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO

5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO 5 dicas incríveis de Facebook Ads para iniciantes. 1 INTRODUÇÃO Este e book foi criado após ter percebido uma série de dúvidas de iniciantes em Facebook Ads. O seu conteúdo é baseado na utilização da plataforma

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

O ATENDIMENTO À IMPRENSA. Assessoria de Imprensa voltada à divulgação de ciência Unicamp, 28/04/2014

O ATENDIMENTO À IMPRENSA. Assessoria de Imprensa voltada à divulgação de ciência Unicamp, 28/04/2014 O ATENDIMENTO À IMPRENSA Assessoria de Imprensa voltada à divulgação de ciência Unicamp, 28/04/2014 Apresentação Relação cientistas x jornalistas Por que é importante atender à imprensa? Conhecer os canais

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

INT. BIBLIOTECA (1960) - DIANTE DO BALCãO DA BIBLIOTECáRIA

INT. BIBLIOTECA (1960) - DIANTE DO BALCãO DA BIBLIOTECáRIA INT. BIBLIOTECA (1960) - DIANTE DO BALCãO DA BIBLIOTECáRIA Carolina e, acompanhados de, estão na biblioteca, no mesmo lugar em que o segundo episódio se encerrou.os jovens estão atrás do balcão da biblioteca,

Leia mais

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL

PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL PRÊMIO OAB-GO DE JORNALISMO EDITAL 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO O Prêmio OAB-GO de Jornalismo é um concurso jornalístico instituído pela Seção de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil para premiar matérias

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2009

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2009 PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2009 Acrescenta o art. 220-A à Constituição Federal, para dispor sobre a exigência do diploma de curso superior de comunicação social, habilitação jornalismo, para

Leia mais

Elaboração de pauta para telejornal

Elaboração de pauta para telejornal Elaboração de pauta para telejornal Pauta é a orientação transmitida aos repórteres pelo pauteiro, profissional responsável por pensar de que forma a matéria será abordada no telejornal. No telejornalismo,

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

7 Negócios Lucrativos

7 Negócios Lucrativos 7 Negócios Lucrativos CAPÍTULO 1 Mentalidade Geralmente empreendedores ficam caçando uma maneira nova de ganhar dinheiro constantemente, e de fato é isso que faz com que uns cheguem ao topo e outros não,

Leia mais

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS

VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS VI SEMINÁRIO DE DIREITO PARA JORNALISTAS - DIA 28.11.06 PERGUNTAS E RESPOSTAS Perguntas e resposta feitas ao jornalisa Romário Schettino Perguntas dos participantes do 6 Seminário de Direito para Jornalistas

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)?

Jornalista: Eu queria que o senhor comentasse (incompreensível)? Entrevista concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de apresentação dos resultados das ações governamentais para o setor sucroenergético no período 2003-2010 Ribeirão

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 5

Transcrição de Entrevista nº 5 Transcrição de Entrevista nº 5 E Entrevistador E5 Entrevistado 5 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Electrotécnica e Telecomunicações E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

NADJA VLADI - Editora da revista Muito.

NADJA VLADI - Editora da revista Muito. NADJA VLADI - Editora da revista Muito. Jornalista, doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Faculdade de Comunicação da UFBA. Atualmente atua como editora-coordenadora da revista Muito do

Leia mais

UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR

UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR UNIVERSIDADE JÁ GASTA MAIS DO QUE O MEC QUER DAR Nas contas do ex-reitor da USP, anteprojeto da reforma não atende ao acordo com os reitores REFORMA UNIVERSITÁRIA Gabriel Manzano Filho O aumento de recursos

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE:

PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CIDADE: PO 813734A AVALIAÇÃO DA PRESIDENTE DILMA PO 813734B INTENÇÃO DE VOTO PRESIDENTE PO 813734C 50 ANOS DA DITADURA MILITAR Nº CPD: Nº CIDADE: CHECAGEM: 1 CHECADO 2 SEM TELEFONE 3 TELEFONE ERRADO 4 NÃO ENCONTRADO

Leia mais

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP

Depressão e Qualidade de Vida. Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP Depressão e Qualidade de Vida Dra. Luciene Alves Moreira Marques Doutorado em Psicobiologia pela UNIFESP 1 Percepções de 68 pacientes entrevistadas. 1. Sentimentos em relação à doença Sinto solidão, abandono,

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião.

Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião. Uma ferramenta de comunicação é um meio, uma forma de transmitir uma informação, pensamento, ideia, opinião. Uma forma oral? Uma forma sonora? ou Uma forma visual/escrita?? Off-line: Revistas; Panfletos;

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra?

Grasiela - Bom à gente pode começar a nossa conversa, você contando para a gente como funciona o sistema de saúde na Inglaterra? Rádio Web Saúde dos estudantes de Saúde Coletiva da UnB em parceria com Rádio Web Saúde da UFRGS em entrevista com: Sarah Donetto pesquisadora Inglesa falando sobre o NHS - National Health Service, Sistema

Leia mais

DIMITRI YPSILANTI (Chefe da Divisão de Informação, Comunicação e Política do Consumidor da OCDE): [pronunciamento em outro idioma]

DIMITRI YPSILANTI (Chefe da Divisão de Informação, Comunicação e Política do Consumidor da OCDE): [pronunciamento em outro idioma] MESTRE DE CERIMÔNIA: A seguir, o senhor Roberto Franco, da ABERT, fará as perguntas, formuladas pelos participantes, ao palestrante, o senhor Dimitri Ypsilanti, chefe da divisão de formação, comunicação

Leia mais

P Como foi essa experiência com o barco da Justiça no

P Como foi essa experiência com o barco da Justiça no VISITA AO AMAPÁ FÁTIMA NANCY ANDRIGHI Ministra do Superior Tribunal de Justiça A Justiça brasileira deve se humanizar. A afirmação foi feita pela ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça,

Leia mais

A Comunicação Organizacional e a Mídia o papel dos meios de comunicação na construção da imagem empresarial para o público externo 1

A Comunicação Organizacional e a Mídia o papel dos meios de comunicação na construção da imagem empresarial para o público externo 1 A Comunicação Organizacional e a Mídia o papel dos meios de comunicação na construção da imagem empresarial para o público externo 1 Bárbara Fernandes Valente da Cunha 2 * Palavras-chaves: Comunicação

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

Proposta de publicidade

Proposta de publicidade Proposta de publicidade Olá, prezado (a) Vimos por meio deste apresentar nosso Jornal e a nossa proposta de publicidade para seu negocio ou serviço, que segue-se adiante. Informação é fundamental nos dias

Leia mais

Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015

Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015 Clipping de Imprensa Pesquisa UPP: O que pensam os policiais Outubro de 2015 A relevância e credibilidade dos resultados da pesquisa UPP: O que pensam os policiais foram, sem dúvida, pontos de partida

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros. (textos e fotos Maurício Pestana)

Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros. (textos e fotos Maurício Pestana) Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros (textos e fotos Maurício Pestana) Responsável pelo parecer do Conselho Nacional de Educação que instituiu, há alguns anos, a obrigatoridade do ensino

Leia mais

PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1. Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4

PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1. Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4 PRODUTORA DE NOTÍCIAS VESTIBULAR 1 Letycia CARDOSO 2 João Gabriel MARQUES 3 Márcio de Oliveira GUERRA 4 Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, MG RESUMO Como forma de estimular a criatividade

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA

PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA PRONUNCIAMENTO SOBRE VIGÊNCIA DA PORTARIA 1.220/2007, DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, QUE ATRASA A PROGRAMAÇÃO DA TELEVISÃO ABERTA NOS ESTADOS DO AMAZONAS, MATO GROSSO DO SUL, PARÁ, RONDÔNIA, RORAIMA E ACRE

Leia mais

Sempre estou tranquilo nesta Casa, mas aqui temos posição política. Eu fico admirado de ver

Sempre estou tranquilo nesta Casa, mas aqui temos posição política. Eu fico admirado de ver SESSÃO: 255-S0 DATA: 27/08/15 FL: 1 DE 5 O SR. TONINHO VESPOLI (PSOL) - Boa tarde novamente a todos e a todas. Sempre estou tranquilo nesta Casa, mas aqui temos posição política. Eu fico admirado de ver

Leia mais

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ

PROJETO PROFISSÕES. Entrevista com DJ Entrevista com DJ Meu nome é Raul Aguilera, minha profissão é disc-jóquei, ou DJ, como é mais conhecida. Quando comecei a tocar, em festinhas da escola e em casa, essas festas eram chamadas de "brincadeiras

Leia mais

A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI

A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI Muitas pessoas me perguntam se a maquina de vendas online é fraude do Tiago bastos funciona de verdade ou se não é apenas mais uma fraude dessas que encontramos

Leia mais

Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista.

Fui, não: fui e sou. Não mudei a esse respeito. Sou anarquista. Tínhamos acabado de jantar. Defronte de mim o meu amigo, o banqueiro, grande comerciante e açambarcador notável, fumava como quem não pensa. A conversa, que fora amortecendo, jazia morta entre nós. Procurei

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

CARLOS DEMETRIO. Blogs Lucrativos. Como criar um blog do zero, conquistar popularidade e ganhar dinheiro TECNOFAGIA BOOKS

CARLOS DEMETRIO. Blogs Lucrativos. Como criar um blog do zero, conquistar popularidade e ganhar dinheiro TECNOFAGIA BOOKS CARLOS DEMETRIO Blogs Lucrativos Como criar um blog do zero, conquistar popularidade e ganhar dinheiro TECNOFAGIA BOOKS 2 Índice Introdução...4 Parte 1: Criar um blog do zero...7 Capítulo Zero Mas o que

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Enquete para Pais ou Responsáveis

Enquete para Pais ou Responsáveis MEXT Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão Avaliação Nacional do Desempenho Escolar e Condições do Aprendizado em 2013 Pesquisa detalhada Enquete para Pais ou Responsáveis

Leia mais

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA

cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 1 CAPA cartilha direitos humanos layout:layout 1 2008-09-05 13:42 Página 2 TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI* *Artigo 5º da Constituição Brasileira

Leia mais

Como utilizar este caderno

Como utilizar este caderno INTRODUÇÃO O objetivo deste livreto é de ajudar os grupos da Pastoral de Jovens do Meio Popular da cidade e do campo a definir a sua identidade. A consciência de classe, ou seja, a consciência de "quem

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência)

Manual prático de criação publicitária. (O dia-a-dia da criação em uma agência) Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em uma agência) MANUAL final2.indd 1 14/3/2006 23:19:58 Flávio Waiteman Manual prático de criação publicitária (O dia-a-dia da criação em

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Discurso na cerimónia de regulamentação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

8º Congresso da Fenafar discute sobre Assistência Farmacêutica e Saúde

8º Congresso da Fenafar discute sobre Assistência Farmacêutica e Saúde 8º Congresso da Fenafar discute sobre Assistência Farmacêutica e Saúde O que poderia sair, como linha de reflexão sobre saúde e assistência farmacêutica, de uma mesa composta por farmacêutico, economista,

Leia mais

ENTREVISTA - Precarização no trabalho virtual do call center e da TI

ENTREVISTA - Precarização no trabalho virtual do call center e da TI ENTREVISTA - Precarização no trabalho virtual do call center e da TI O que os trabalhadores do call center e de programação e produção de software têm em comum? Esta é uma das questões que o sociólogo

Leia mais