Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas"

Transcrição

1 Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas Fisiologia humana *Estrutura e organização do sistema nervoso *Sistema nervoso autónomo José Martins Magro FFL 2012/2013

2 Estrutura funcional do sistema nervoso comunicação biológica e homeostasia Breve introdução A manutenção da homeostasia e o funcionamento adequado do corpo exigem que o cerca de um trilião de células que o compõem trabalhem de forma integrada e coordenada. Da ausência de integração e coordenação entre as células resultaria o caos fisiológico e a morte. A manutenção da homeostasia corporal e do estado funcional integrado e coordenado do corpo é assegurada por dois sistemas de comunicação biológica: Sistema nervoso: especializado na transmissão rápida de sinais bioeléctricos de célula a célula; Sistema endócrino: especializado no envio de mensageiros químicos e hormonais através dos fluidos orgânicos, nomeadamente do sangue. A principal característica funcioal comum aos dois sistemas é que ambos detectam alterações num órgão, modificam a sua fisiologia e, como consequência, modificam também a fisiologia de outros órgãos, pelo que o sistema nervoso e o sistema endócrino, muitas vezes de forma integrada, coordenam funcionalmente os órgãos do corpo e jogam um papel central na manutenção da homeostasia.

3 Estrutura funcional do sistema nervoso funções gerais Coordenar as funções vitais Receber e armazenar os dados úteis para as mais diversas funções Permitir o contacto com o meio envolvente Sede de toda a actividade intelectual e emocional

4 Estrutura funcional do sistema nervoso principais funções específicas Informação sensorial Os receptores sensoriais monitorizam os estímulos externos e internos como temperatura, tacto, paladar, olfacto, som, pressão arterial, ph do meio interno e posição das diferentes partes do corpo; Integração O encéfalo e a espinal medula processam a informação sensorial e iniciam as respostas. A informação podeter resposta imediata, ser armazenada ou ignorada; Homeostase As actividades reguladores e coordenadoras do sistema nervoso são decisivas na manutenção da homeostase; Actividade mental O encéfalo é a sede de todas as actividades mentais, incluindo a consciência, o pensamento, a memória e as emoções; Controlo dos músculos e glândulas O SN controla os principais movimentos do corpo aatravés da contracção do músculo esquelético. Intervém em conjunto com o sistema endócrino no controlo do músculo liso e cardíaco; Controla as secreções de muitas glândulas, como as sudoríparas, salivares, do tubo digestivo etc..

5 Estrutura funcional do sistema nervoso terminologia e conceitos relevantes 1. Sistema Nervoso Central (SNC) 2. Sistema Nervoso Periférico (SNP) 3. Neurónio de Associação (Interneurónio) 4. Neurónio Sensitivo (Neurónio Aferente) 5. Neurónio Motor (Neurónio Eferente) 6. Nervo 7. Nervo Motor Somático 8. Nervo Motor Autónomo 9. Gânglio 10. Núcleo 11. Tracto (via nervosa) 12. Plexo nervoso 1. Encéfalo e Espinal Medula 2. Nervos, Gânglios e Plexos Nervosos (fora do SNC) 3. Neurónio multipolar localizado só no SNC 4. Neurónio que transmite impulsos de um receptor sensitivo para o SNC 5. Neurónio que transmite impulsos do SNC para um órgão efector (por ex. músculo) 6. Feixe de axónios de neurónios do SNP, podendo conter fibras sensitivas e motoras 7. Nervo que estimula a contracção de músculos esqueléticos 8. Nervo que estimula ou inibe a contracção do músculo liso e cardíaco e que estimula a secreção glandular 9. Agrupamento de corpos celulares de neurónios localizados fora do SNC 10. Agrupamento de corpos celulares de neurónios dentro do SNC 11. Agrupamento de fibras nervosas que interconectam regiões do SNC 12. Rede de nervos entrecruzados semelhante a uma caixa de distribuição eléctrica numa casa

6 Estrutura funcional do sistema nervoso tecido nervoso: classificação estrutural e funcional dos neurónios Neurónio motor ou eferente Neurónio sensitivo ou aferente

7 Estrutura funcional do sistema nervoso tecido nervoso: (a) classificação estrutural dos neurónios e (b) arco reflexo Pseudounipolar (a) Bipolar Aferente ou sensitivo Retina e cóclea Multipolar Eferente ou motor - maioria (b) Arco reflexo Órgão efector

8 Estrutura funcional do sistema nervoso - tecido nervoso: especialização funcional do neurónio (Recepção) O segmento inicial do axónio, representado na imagem pelo triângulo verde, é a zona do neurónio com maior densidade de canais iónicos dependentes da voltagem, pelo que apresenta o limiar de excitação mais baixo da célula e, consequentemente, é o local preferencial onde se geram e a partir do qual se propagam os potenciais de acção. Transmission

9 Estrutura funcional do SN neuroglia do SNC Há cerca de 1 trilião de neurónios no sistema nervoso e cerca de nove triliões de células gliais (LCR)

10 Estrutura funcional do SN células da neuroglia (ou da glia) e suas funções principais Tipo de célula Localização Funções Células de schwann Células satélite ou capsulares Oligodendrócitos SNP SNP SNC Envolvem os axónios e dendritos de todas as fibras nervosas periféricas, formando uma camada simples; fazem enrolamento multicamada sobre algumas fibras periféricas, formando bainhas de mielina Suportam as funções dos neurónios dos gânglios sensitivos e autónomos, formando cápsulas à volta dos corpos celulares dos neurónios dos gânglios periféricos Similares à células schwann; formam bainhas de mielina em volta dos neurónios do SNC (substância branca); fornecem nutrientes aos neurónios Micróglia SNC Célula glial pequena tipo macrófago envolvida na fagocitose de agentes patogénicos e na remoção de produtos de desintegração dos neurónios Astrocitos Células ependimais SNC SNC Envolvem os capilares do SNC e induzem a barreira hemato-encefálica; interagem metabolicamente com os neurónios modificando o seu ambiente extracelular Formam o epitélio das cavidades encefálicas (ventrículos cerebrais) e do canal central da espinal medula; envolvem os plexos coróides estruturas vasculares que produzem o fluido cerebroespinal (LCR).

11 Estrutura funcionaldo SN neuroglia do SNC e suas funções Os astrocitos têm prolongamentos que terminam sobre os capilares e sobre os neurónios, retirando glucose dos vasos e usando-a para produzir substratos energéticos para estes. Estas células também retiram o neurotransmissor glutamato da fenda sináptica e transformam-no em glutamina que é então reciclada para os neurónios.

12 Estrutura funcional do sistema nervoso sinapse eléctrica Nas sinapses eléctricas as membranas plasmáticas das células pré e pós- sinápticas estão unidas por junções comunicantes ou do hiato (gap junctions), as quais consistem num arranjo hexagonal de 6 conexinas (proteínas de canal), de cada uma das células, que formam um canal aquoso, pelo qual passam os iões que permitem a transmissão do impulso eléctrico (PA) directamente de uma célula para a outra Este tipo de sinapse assegura comunicação bioeléctrica muito rápida e está maoritariamente presente no músculo liso unitário (intestino, etc.), músculo cardíaco e centro respiratório do bulbo raquidiano (respostas rítmicas), onde permite a excitação rítmica de grandes massas musculares, mas são relativamente raras no sistema nervoso dos mamíferos (massivamente presentes nas enguias eléctricas)

13 Estrutura funcional do sistema nervoso sinapse química e seu funcionamento Um potencial de acção propaga-se pelo axónio até ao terminal pré-sináptico, onde provoca a abertura de canais de cálcio voltagem dependentes que permitem a passagem deste ião para o interior do neurónio; Os iões cálcio promovem a fusão das vesículas com a membrana pré-sináptica com auxílio das proteínas SNARE/Sinaptotagmina e a libertação dos neurotransmissores (neste caso Ach) para a fenda sináptica; Os neurotransmissores difundem-se na fenda sináptica e ligam-se aos seus receptores (muscarínicos ou nicotínicos) na membrana da célula pós-sináptica, aumentando a permeabilidade dos canais iónicos aí presentes. O aumento da permeabilidade aos iões origina a despolarização (ou hiperpolarização) da membrana da célula pós-sináptica, daí resultando um potencial de acção pós-sináptico se for ultrapassado o limiar de excitação.

14 Estrutura funcional do sistema nervoso Sistema Nervoso Central versus Sistema Nervoso Periférico

15 Estrutura funcional do sistema nervoso constituição SISTEMA NERVOSO CENTRAL (SNC) Encéfalo Anterior ou prosencéfalo Cérebro (hemisférios cerebrais ) Diencéfalo Tálamo Hipotálamo Hipófise Hipífise Posterior Cerebelo Tronco cerebral ou tronco encefálico Mesencéfalo (ou cérebro médio) Protuberância anular (ou ponte de varólio) Bulbo raquidiano (ou medula alongada) Medula Espinal

16 Estrutura funcional do sistema nervoso constituição (cont.) SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO Divisão aferente ou sensitiva: transporta sinais dos receptores sensitivos para o SNC Sensitivos somáticos (transportam sinais dos receptores da pele, músculos, ossos e articulações) Sensitivos viscerais (transportam sinais principalmente dos receptores das cavidades das vísceras torácicas e abdominais, tais como do coração, pulmões, estômago e bexiga) Sensitivos especiais (transportam sinais dos receptores dos órgãos dos sentidos, como da visão, audição, etc.) Divisão eferente ou motora: transporta sinais do SNC para efectores que produzem as respostas do organismo (glândulas e células musculares) Sistema Nervoso Somático: fibras do SNC para os músculos esqueléticos, provocando contrações voluntárias e também contrações involuntárias designadas por reflexos somáticos Sistema Nervoso Autónomo (SNA): fibras para músculo cardíaco, liso e glândulas (reflexos viscerais) Simpático (activa o organismo para a acção, mas inibe as funções digestiva e urinária) Parassimpático (deprime a acção, mas estimula a digestão e a micção) Entérico (rede neural que inclui fibras sensitivas e motoras do SNA.

17 Estrutura func. do sistema nervoso Encéfalo: evolução do cérebro do lagarto ao Homo sapiens Ao longo da sua evolução, o cérebro humano adquiriu três componentes: 1 - O arquipálio ou cérebro primitivo - répteis (autopreservação, agressão, comportamento repetitivo) Constituido pelas estruturas do tronco cerebral (bulbo, ponte, mesencéfalo), cerebelo, pelo mais antigo núcleo basal - o globo pálido - e pelos bulbos olfatórios; corresponde ao cérebro dos répteis, também dsignado complexo-r pelo neurocientista Paul MacLean, estando relacionado com o controlo de certas funções víscerais (cardíaca, pulmonar, intestinal, etc), indispensáveis à preservação da vida. 2 - O paleopálio ou cérebro intermediário velhos mamíferos (emoções, comportamento emocional) Formado pelas estruturas do sistema límbico. Corresponde ao cérebro dos mamíferos inferiores. 3 - O neopálio, também chamado cérebro superior ou racional - novos mamíferos, (tarefas intelectuais). Comprende a maior parte dos hemisférios cerebrais (formado por um tipo de córtex mais recente, denominado neocórtex) e alguns grupos neuronais subcorticais. É o cérebro dos mamíferos superiores, aí incluídos os primatas e, consequentemente, o homem. Estas três camadas cerebrais vão aparecendo, uma após a outra, durante o desenvolvimento do embrião e do feto (ontogenia), recapitulando, cronologicamente, a evolução das espécies (filogenia), do lagarto até o Homo sapiens. No dizer de MacLean, elas são como três computadores biológicos que, embora interconectados, conservam, cada um, as suas próprias formas peculiares de inteligência, subjetividade, sentido de tempo e espaço, memória, motricidade e outras funções menos específicas.

18 Estrutura funcional do sistema nervoso SNC: Principais divisões do encéfalo (prosencéfalo) O cortex está dividido em quatro lobos: Frontal, Parietal,Ocipital etemporal

19 Estrutura funcional do s. nervoso SNC: hemisférios cerebrais Sulco sagital Corte coronal (posteroanterior) do encéfalo evidenciando os dois hemisférios H. direito H. esquerdo Basal nucleos (Subcorticais) Lateralização cerebral HD: predominantemente rerpresentacional; processa informação mais integrada e holística; imaginação, introspecção, habilidade artística e musical; reconhecimento de padrões espaciais... HE: predominante categorizacional; processa informação sobre a linguagem falada e escrita, raciocínio analítico, científico e matemático...

20 Estrutura funcional do SN SNC: Funções dos lóbulos cerebrais O cortex está dividido em quatro lobos: Frontal, Parietal, Ocipital etemporal Área de broca (articulação do discurso) Área de wernica (Interpretação do discurso) Insula Lobo frontal: controlo voluntário dos músculos esqueléticos (áreas motoras girus pré-central) e funções intelectuais (concentração, planeamento, expressão verbal área de broca) Lobo parietal: área somatosensorial (girus pós-central), compreensão e formulação das palavras (área de wernica) Lobo temporal: sensações auditivas (armazenamento de experiências visuais e auditivas) Lobo occipital: cortex visual, correlação das sensações visuais com outros estímulos sensoriais Área de Wernica (parietal/temporal): área de interpretação geral da linguagem Área de Broca (temporal): área motora do discurso Insula: Situa-se interiormente ao sulco lateral; funções ainda mal esclarecidas; parece ter alguns papeis relacionados com a linguagem falada, sentido do sabor e na integração de informação sensorial fos receptores viscerais.

21 Estrutura funcional do SN SNC: meninges e líquido cefalorraquidiano O encéfalo e a medula espinal estão protegidos pelos ossos do crânio e da coluna vertebral, pelas meninges (dura-máter, aracnóide e pia-máter) e pelo líquido cefalorraquidiano (LCR). Vilus aracnoides O LCR (soro sem proteínas) é formado de forma constante (500 ml/dia) nos plexos coroides (redes capilares dos ventrículos cerebrais cobertas por células ependimais) e passa para o espaço subaracnoideu do encéfalo e medula espinal, onde circula, sendo também reabsorvido reabsorvido para o sangue à mesma velocidade (permanece apenas cerca de ml. A reabsoção faz-se através dos vilos aracnoides localizados nos seios venosos da dura-máter. A obstrução do fluxo do LCR origina hidrocefalia, lesões e retardamento mental nas crianças, assim como lesões encefálicas nos adultos por aumento da pressão intracraniana. Para além de outras funções, O LCR serve para suspender o encéfalo, como almofada para amortecer os choques mecânicos do tecido nervoso contra os ossos do crâneo e da coluna vertebral e para fazer a regulação homeostática do tecido neural do encéfalo e medula espinal (glicina, ph, pressão,etc )

22 Estrutura funcional do sistema nervoso ventrículos cerebrais: formação e circulação do LCR Ventrículos cerebrais: vista anterior (a) e lateral (b)

23 Estrutura funcional do SN sistema límbico Nucleo singulado Estruturas principais: - Amígdala - Hipocampus - Bulbos olfatórios Fornix Trata-se de uma estrutura circular à volta do tálamo e do corpo caloso; é um sistema funcional, constituído pela interconexão de várias estruturas do encéfalo, incluindo porções do lobo frontal, temporal, tálamo e hipotálamo, assim como respectivas vias de interconexão. Inclui a amígdala, hipocampus fornix e núcleo singulado. As estruturas do sistema límbico estão associadas com a aprendizagem, memória, experiências e comportamentos emocionais, olfato e a uma grande variedade de funções viscerais e endócrinas. O hipotálamo coordena muito do output do sistema límbico referente ao comportamento e respostas endócrinas. Funções principais: - Emoções - Aprendizagem e memória - Comportamento emocional

24 Estrutura funcional do sistema nervoso - principais funções das diferentes partes do encéfalo ENCÉFALO ANTERIOR Hemisférios cerebrais Contém o córtex cerebral, que participa na percepção, na geração de movimentos finos e delicados, razão, aprendizagem e memória; Contém os núcleos subcorticais, incluindo os que participam na coordenação da actividade do músculo esquelético; Contém as vias nervosas de interconexão (comissuras: corpo caloso); Tálamo Funciona como estação de re-transmissão sináptica para as vias sensitivas no seu percurso para o cortex cerebral; Participa no controle e coordenação do músculo esquelético; Joga um papel importante na atenção e vigilância. Hipotálamo Regula a hipófise anterior; Regula o equilíbrio hídrico e o o comportamento alimentar; Participa na regulação do Sistema Nervoso Autónomo; Regula o sistema reprodutor; Desencadeia e regula os ritmos circadianos; Regula a temperatura corporal; Participa no desencadeamento de emoções e de comportamentos emocionais.

25 Estrutura funcional do sistema nervoso - principais funções das diferentes partes do encéfalo (cont.) ENCÉFALO POSTERIOR Cerebelo Coordena os movimentos, incluindo os da postura e equilíbrio; Participa em algumas formas de aprendizagem, incluindo a de tarefas motoras. Tronco cerebral Contém todas as fibras nervosas que ligam a medula espinal ao encéfalo anterior e ao cerebelo; Contém a formação reticular e os seus vários centros integradores, incluindo o cardiovascular, respiratório, vómito e deglutição Contém núcleos para os nervos cranianos do III ao XII É considerado o promotor essencial da consciência. SISTEMA LÍMBICO Participa no desencadeamento de emoções e de comportamentos emocionais Joga um papel essencial em vários tipos de aprendizagem.

26 Estrutura funcional do SN medula espinal A medula espinal (ME) constitui o elo de ligação entre o encéfalo e o sistema nervoso periférico, integrando a informação que recebe deste e produzindo respostas motoras através de mecanismos reflexos. Substância cinzenta (central) Está organizada em forma de borboleta nos cornos dorsais, ventrais e laterais (SNA), sendo constituída por corpos celulares neuronais, dendrites e axónios não mielinizados. Substância branca (periférica) Constituída por axónios mielinizados e organizada nos cordões ventral, laterais e posterior, os quais estão subdivididos em feixes nervosos ou vias ascendentes e descendentes que transportam o mesmo tipo de informação para e do encéfalo.

27 Estrutura funcional do SN arco reflexo (AR) O AR é a unidade funcional básica do SN capaz de receber um estímulo e produzir uma resposta, contendo: Um receptor sensorial, Um neurónio aferente ou sensitivo, Um neurónio de associação ou interneurónio, Um neurónio eferente ou motor Um órgão efector. A resposta produzida chama-se reflexo: resposta automática/involuntária a um estímulo sem pensamento consciente. Muitos dos reflexos são integrados na ME e outros no encéfalo. Os reflexos que envolvem neurónios excitatórios resultam numa resposta (ex. contracção de um músculo); os que envolvem neurónicos inibitórios resultam na inibição de uma resposta (relaxamento de um músculo). Os centros encefálicos superiores influenciam os reflexos suprimindo-os ou exagerando-os. Os principais reflexos medulares são o reflexo de extensão, o reflexo de retirada e o reflexo extensor contralateral.

28 Estrutura funcional do sistema nervoso vias neuronais ascendentes As vias neuronais ascendentes transportam informação sensitiva de diferentes níveis da medula espinal para o encéfalo, sendo constituídas por neurónios de 1.ª, 2.ª e 3.ª ordem ligados por sinápses. A sua designação conjuga habitualmente o local de partida e de chegada (ex.: via lateral spino-talâmica) Assinale-se que a maior parte das vias apresentam cruzamento ou decussão contralateral, pelo que a informação sensitiva dos estímulos à direita é processada no hemisfério esquerdo e vice-versa.

29 Estrutura funcional do SN principais vias neuronais ascendentes da medula espinal

Divisões do Sistema Nervoso

Divisões do Sistema Nervoso SISTEMA NERVOSO Divisões do Sistema Nervoso A divisão motora do sistema nervoso divide-se em sistema nervoso somático e sistema nervoso autónomo (SNA). Sistema Nervoso Somático: Transmite os potenciais

Leia mais

Organização e Estrutura do Sistema Nervoso. Dr. Flávio Aimbire

Organização e Estrutura do Sistema Nervoso. Dr. Flávio Aimbire Organização e Estrutura do Sistema Nervoso Dr. Flávio Aimbire Introdução O sistema nervoso é o mais complexo Tem função de receber informações sobre variações internas e externas e produzir respostas a

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Profa. Daniela Carrogi Vianna

TECIDO NERVOSO. Profa. Daniela Carrogi Vianna TECIDO NERVOSO Profa. Daniela Carrogi Vianna TECIDO NERVOSO Neurônio: unidade fundamental do tecido nervoso. Função: Dendrito = receber informações/impulso nervoso Corpo Celular/Núcleo = processar informações

Leia mais

Sistema nervoso: estrutura e função

Sistema nervoso: estrutura e função Sistema nervoso: estrutura e função Prof. Gabriel Dias Rodrigues Doutorando em Fisiologia UFF Laboratório de Fisiologia do Exercício Experimental e Aplicada Objetivos da aula 1. Discutir a organização

Leia mais

4. Sistema Nervoso Autonômico

4. Sistema Nervoso Autonômico 4. Sistema Nervoso Autonômico Organização anatômica do Sistema Nervoso Autonômico Responsável pelo controle e regulação das funções dos órgãos internos Regulação da musculatura lisa de diversos órgãos,

Leia mais

Aula 7: Sistema nervoso

Aula 7: Sistema nervoso Aula 7: Sistema nervoso Sistema nervoso As funções orgânicas, bem como a integração do animal no meio ambiente dependem de um sistema especial denominado sistema nervoso. Sistema nervoso O sistema nervoso

Leia mais

Tecido Nervoso. Sistema nervoso central (SNC): Vesículas Primordiais 04/11/2014

Tecido Nervoso. Sistema nervoso central (SNC): Vesículas Primordiais 04/11/2014 Tecido Nervoso Sistema nervoso central (SNC): Vesículas Primordiais Prosencéfalo (telencéfalo e diencéfalo); Mesenséfalo; Rombencéfalo (metencéfalo e mielencéfalo). 1 Sistema nervoso central Telencéfalo/Diencéfalo:

Leia mais

Tecido Nervoso Considerações Gerais:

Tecido Nervoso Considerações Gerais: Sistema Nervoso Tecido Nervoso Considerações Gerais: - Tipos celulares: Neurônio Células da Glia ou Neuroglia - Classificação macroscópica: Substância Branca Substância Cinzenta Neurônios 1. Dendritos

Leia mais

Regulação nervosa. Todos os seres vivos são sistemas abertos que estabelecem constantes interações com o seu ambiente.

Regulação nervosa. Todos os seres vivos são sistemas abertos que estabelecem constantes interações com o seu ambiente. Regulação nervosa Plantas e animais respondem a variações externas, permitindo manter favoráveis as condições essenciais ao equilíbrio do seu meio interno. Todos os seres vivos são sistemas abertos que

Leia mais

Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso

Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Objetivos

Leia mais

Potencial de Membrana e Potencial de Ação. Células Neurais e Morfologia do Neurônio. Sinapse Excitatória e Inibitória

Potencial de Membrana e Potencial de Ação. Células Neurais e Morfologia do Neurônio. Sinapse Excitatória e Inibitória Potencial de Ação, Sinapse, Transmissão Neuromuscular Potencial de Membrana e Potencial de Ação Células Neurais e Morfologia do Neurônio Impulso Nervoso Sinapse Química e Elétrica Sinapse Excitatória e

Leia mais

SISTEMA NERVOSO INTRODUCÃO. dela recebem as diversas sensações que, com percurso inverso, são conduzidas ao sistema nervoso central.

SISTEMA NERVOSO INTRODUCÃO. dela recebem as diversas sensações que, com percurso inverso, são conduzidas ao sistema nervoso central. INTRODUCÃO O Sistema Nervoso tem a capacidade de receber, transmitir, elaborar e armazenar informações. Recebe informações sobre mudanças que ocorrem no meio externo, isto é, relaciona o indivíduo com

Leia mais

A Aventura Cerebral do Sam

A Aventura Cerebral do Sam A Aventura Cerebral do Sam Por Eric H. Chudler e Sam Chudler O Sam estava a estudar para O Sam adormeceu a pensar e começou a sonhar. um teste sobre o cérebro. sobre o sistema nervoso Eram tantas as palavras

Leia mais

Histologia do Tecido Nervoso

Histologia do Tecido Nervoso Histologia do Tecido Nervoso Vera Regina Andrade, 2014 Tecido Nervoso Divisão Anatômica Epitelial Conjuntivo Muscular Células Epiteliais Matriz estracelular Fibra Muscular Central (SNC) Periférico (SNP)

Leia mais

Coordenação do organismo

Coordenação do organismo Coordenação do organismo Sistema Nervoso Sistema hormonal Sistema responsável pela transmissão de estímulos de uma zona do corpo para outra. Sistema responsável responsável pela síntese de substâncias

Leia mais

Sistema Nervoso. Sergio Ibañez Nunes

Sistema Nervoso. Sergio Ibañez Nunes Sistema Nervoso Sergio Ibañez Nunes Conceito Conjunto de estruturas que permite que o corpo reaja à modificações contínuas do ambiente interno e externo Unidade do Sistema Nervoso Neurônio Corpo Axônio

Leia mais

3. Fisiologia do Sistema Nervoso: sinapse e transmissão sináptica

3. Fisiologia do Sistema Nervoso: sinapse e transmissão sináptica 3. Fisiologia do Sistema Nervoso: sinapse e transmissão sináptica Organização anatômica do Sistema Nervoso Sistema Nervoso Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Encéfalo Medula

Leia mais

SENSIBILIDADE SOMÁTICA

SENSIBILIDADE SOMÁTICA SENSIBILIDADE SOMÁTICA Sensibilidade é a capacidade de detectar e processar a informação sensorial que é gerada por um estímulo proveniente do ambiente interno ou externo ao corpo. Profa. Cláudia Herrera

Leia mais

Sistema Nervoso. Profª Ana Grabner. Ana Grabner

Sistema Nervoso. Profª Ana Grabner. Ana Grabner Universidade Paulista UNIP Anatomia dos Sistemas dos Animais Domésticos São José dos Campos, outubro de 2013 Sistema Nervoso Profª Sistema Nervoso Conceitos introdutórios Sistema Nervoso Central Encéfalo

Leia mais

SISTEMA HORMONAL. Funções: coordenação do organismo e manutenção do seu equilíbrio

SISTEMA HORMONAL. Funções: coordenação do organismo e manutenção do seu equilíbrio SISTEMA NEURO-HORMONAL SISTEMA NERVOSO SISTEMA HORMONAL Funções: coordenação do organismo e manutenção do seu equilíbrio REAÇÃO DO ORGANISMO A ESTÍMULOS Estímulo Receptor sensorial Órgãos efectores REAÇÃO

Leia mais

FISIOLOGIA NERVOSA. 03. Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta após realizar as associações entre as colunas:

FISIOLOGIA NERVOSA. 03. Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta após realizar as associações entre as colunas: EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM FISIOLOGIA NERVOSA 01. Qual das seguintes atividades envolve maior número de órgãos do sistema nervoso? a) Salivar ao sentir o aroma da comida gostosa b) Levantar a perna quando

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Renata Loretti Ribeiro - Enfermeira SISTEMA CIRCULATÓRIO 2 A função básica do sistema cardiovascular é a de levar material nutritivo e oxigênio às células. O sistema circulatório é um sistema fechado, sem comunicação com o exterior, constituído

Leia mais

Faculdade de Motricidade Humana

Faculdade de Motricidade Humana Biologia Faculdade de Motricidade Humana Temas ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL E FUNCIONAL DO ORGANISMO HUMANO 1. Compartimentos orgânicos Distinguir o meio interno do meio externo. 2. Homeostasia 1 Conceito de

Leia mais

Tema 5. Regulação Nervosa e Hormonal nos animais. Hormonas Vegetais. José Carlos Morais

Tema 5. Regulação Nervosa e Hormonal nos animais. Hormonas Vegetais. José Carlos Morais Regulação Nervosa e Hormonal nos animais Hormonas Vegetais José Carlos Morais Sistema Nervoso Sistema Hormonal Homeostasia Capacidade de manter o meio interno em equilíbrio Coordenação Nervosa Nervos Motores

Leia mais

7ª série Ciências Naturais

7ª série Ciências Naturais 7ª série Ciências Naturais Lista de exercícios O homem vive em sociedade e dependem do ambiente para supri todas as suas necessidades. As grandes funções vitais são desempenhadas por sistemas orgânicos,

Leia mais

CÉLULAS NERVOSAS NEURÔNIO. O tecido nervoso é constituído de dois tipos de células: neurônio e neuróglia (células da glia)

CÉLULAS NERVOSAS NEURÔNIO. O tecido nervoso é constituído de dois tipos de células: neurônio e neuróglia (células da glia) CÉLULAS NERVOSAS O tecido nervoso é constituído de dois tipos de células: neurônio e neuróglia (células da glia) NEURÔNIO Corpo celular local onde estão presentes o núcleo, o citoplasma e estão fixados

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Nervoso

Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Nervoso O que é o sistema nervoso? Como é constituído? Quais são suas funções? Qual é a sua importância para o organismo? : Anatomia e Fisiologia Animal É uma rede de comunicações Capacitam animal a se ajustar

Leia mais

Curso de Neuroanatomia Descritiva e Funcional - Aula VIII. Transcrição da Aula VIII Grandes Vias Eferentes (Sistema Motor)

Curso de Neuroanatomia Descritiva e Funcional - Aula VIII. Transcrição da Aula VIII Grandes Vias Eferentes (Sistema Motor) Transcrição da Aula VIII Grandes Vias Eferentes (Sistema Motor) Olá! Nós hoje vamos falar sobre as grandes vias eferentes do tronco encefálico e da medula espinhal. Então nós estamos considerando o sistema

Leia mais

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO Classificação SNC corpos celulares dos neurônios (substância cinzenta) prolongamentos (substância branca) SNP Nervos sensitivos (aferentes) Entrada Saída Nervos cranianos e nervos

Leia mais

SISTEMA NERVOSO MOTOR

SISTEMA NERVOSO MOTOR SISTEMA NERVOSO MOTOR REFLEXOS MEDULARES A medula possui autonomia para controlar respostas simples a estímulos específicos. 1 REFLEXOS MEDULARES ARCO REFLEXO Arco monossináptico Arco polissináptico REFLEXOS

Leia mais

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO

HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA TECIDO NERVOSO https://www.youtube.com/watch?v=nvd1xbnamou Classificação SNC corpos celulares dos neurônios (substância cinzenta) prolongamentos (substância branca) SNP Nervos sensitivos (aferentes)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA HORMÔNIOS E REGULAÇÃO METABÓLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA HORMÔNIOS E REGULAÇÃO METABÓLICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE BIOQUÍMICA HORMÔNIOS E REGULAÇÃO METABÓLICA Prof a. Dr a. Nereide Magalhães Recife, fevereiro de 2005 HORMÔNIOS Sinais hormonais

Leia mais

Encéfalo. Cerebelo Tronco encefálico Istmo. Medula Espinhal TECIDO E SISTEMA NERVOSO. Telencéfalo

Encéfalo. Cerebelo Tronco encefálico Istmo. Medula Espinhal TECIDO E SISTEMA NERVOSO. Telencéfalo TECIDO E SISTEMA NERVOSO 1 Divisão Anatômica e Funcional do Sistema Nervoso O sistema nervoso do ser humano é muito complexo a fim de realizar todas as funções de integração corporal e resposta ao ambiente.

Leia mais

Lição 01 O CORPO HUMANO

Lição 01 O CORPO HUMANO Lição 01 O CORPO HUMANO OBJETIVOS: Ao final desta lição, os participantes serão capazes de: 1. Explicar o conceito de posição anatômica. 2. Citar a localização de uma lesão utilizando referências anatômicas.

Leia mais

DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL SISTEMA URINÁRIO. Prof. Dra. Camila da Silva Frade

DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL SISTEMA URINÁRIO. Prof. Dra. Camila da Silva Frade DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL SISTEMA URINÁRIO Prof. Dra. Camila da Silva Frade Qual é a função do sistema urinário? Excreção de produtos e dejetos metabólicos Regulação do volume e composição

Leia mais

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES

SISTEMA NERVOSO FUNÇÕES SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Sempre vivo com eletricidade, o SN é a principal rede de comunicação e coordenação do corpo. É tão vasta e complexa que numa estimativa reservada, todos os nervos de um

Leia mais

Subdivide-se em: Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo e medula espinal. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos e gânglios

Subdivide-se em: Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo e medula espinal. Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos e gânglios O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo

Leia mais

SISTEMA NERVOSO HUMANO

SISTEMA NERVOSO HUMANO SISTEMA NERVOSO Consiste de células que processam e transmitem a informação Células sensoriais: transduzem a informação proveniente do meio ambiente e do corpo e enviam comandos para os efetores,como os

Leia mais

Sistema Nervoso Central (SNC)

Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Central Sistema Nervoso Periférico Sistema Endócrino O Sistema Nervoso é composto por: Sistema Nervoso Central (SNC) CENTROS NERVOSOS Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos cranianos Constituição

Leia mais

Regulação nervosa e hormonal em animais

Regulação nervosa e hormonal em animais Regulação nervosa e hormonal em animais Todos os seres vivos são sistemas abertos e, por isso, estabelecem, constantemente, interacções com o meio ambiente. No entanto, há condições no seu meio interno

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO

FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO HUMANO Controle do funcionamento do ser humano através de impulsos elétricos Prof. César Lima 1 Sistema Nervoso Função: ajustar o organismo animal ao ambiente. Perceber e

Leia mais

BIOLOGIA IV - Cap. 25 Profa. Marcela Matteuzzo. Sistema Nervoso

BIOLOGIA IV - Cap. 25 Profa. Marcela Matteuzzo. Sistema Nervoso Sistema Nervoso Dispões de mensagens elétricas que caminham por nervos; Coordena diversas funções do organismo; Reação rápida aos estímulos; Equilíbrio e movimento. Sistema Nervoso Central - SNC Medula

Leia mais

SISTEMA NEURO-HORMONAL. Ciências Naturais 9º ano Prof. Ana Mafalda Torres

SISTEMA NEURO-HORMONAL. Ciências Naturais 9º ano Prof. Ana Mafalda Torres SISTEMA NEURO-HORMONAL 1 Ciências Naturais 9º ano Prof. Ana Mafalda Torres CONSTITUIÇÃO DO SISTEMA NEURO-HORMONAL O sistema neuro-hormonal é formado pelo sistema nervoso e pelo sistema hormonal. 2 SISTEMA

Leia mais

SISTEMA NERVOSO neurônio dendrito, corpo celular, axônio e terminações do axônio sinapses

SISTEMA NERVOSO neurônio dendrito, corpo celular, axônio e terminações do axônio sinapses SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Responsável pela maioria das funções de controle de um organismo, integrando todos os sistemas, coordenando e regulando as atividades corporais. Unidade funcional:neurônio.

Leia mais

SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO IMPULSO NERVOSO SINAPSE

SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO IMPULSO NERVOSO SINAPSE SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO IMPULSO NERVOSO SINAPSE DIVISÕES DO SISTEMA NERVOSO: Processamento e integração de informações O ENCEFALO ESTÁ LIGADO À MEDULA ESPINAL. Condução de informações entre órgãos

Leia mais

Sensibilidade. Profa. Daniela Carrogi Vianna

Sensibilidade. Profa. Daniela Carrogi Vianna Sensibilidade Profa. Daniela Carrogi Vianna SENSIBILIDADE Terminações Nervosas: modificações das extremidades das fibras nervosas dos nervos. Sensitivas / Aferentes (RECEPTORES) Motoras / Eferentes RECEPTORES:

Leia mais

REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO

REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO SISTEMA NERVOSO REGULAÇÃO E COORDENAÇÃO Sistema nervoso x Sistema hormonal Interpretar estímulos e gerar respostas Percepção das variações do meio (interno e externo) Homeostase = equilíbrio Tecido nervoso

Leia mais

DIVISÕES DA FISIOLOGIA

DIVISÕES DA FISIOLOGIA INTRODUÇÃO À FISIOLOGIA HUMANA CMF-1 Professores: Clarissa, Lillian, Lucinda e Ricardo O QUE É FISIOLOGIA HUMANA? Estudo do funcionamento dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano. ANATOMIA

Leia mais

Sistema Nervoso. Faculdade de Medicina de Lisboa Ins7tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica

Sistema Nervoso. Faculdade de Medicina de Lisboa Ins7tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica Faculdade de Medicina de Lisboa Ins7tuto de Anatomia Humana Normal Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica Sistema Nervoso Lisboa, 19 de Outubro de 2016 Introdução ao Sistema Nervoso O sistema nervoso

Leia mais

SISTEMA NERVOSO. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

SISTEMA NERVOSO. Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS SISTEMA NERVOSO Prof. Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS SISTEMA NERVOSO encéfalo Sistema nervoso central (SNC) medula espinal nervos Sistema nervoso periférico (SNP) gânglios SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO

Leia mais

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016

Sistema Nervoso Cap. 13. Prof. Tatiana Setembro / 2016 Sistema Nervoso Cap. 13 Prof. Tatiana Setembro / 2016 Função Responsável pela comunicação entre diferentes partes do corpo e pela coordenação de atividades voluntárias ou involuntárias. Neurônios A célula

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Detectar, transmitir e processar as informações geradas por estímulos sensoriais do ambiente interno e externo

TECIDO NERVOSO. Detectar, transmitir e processar as informações geradas por estímulos sensoriais do ambiente interno e externo TECIDO NERVOSO TECIDO NERVOSO Detectar, transmitir e processar as informações geradas por estímulos sensoriais do ambiente interno e externo Coordenação das funções dos órgãos especializados SN somático

Leia mais

Ciências E Programa de Saúde

Ciências E Programa de Saúde Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Estado da Educação Ciências E Programa de Saúde 10 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP 0 A Educação sozinha não faz grandes mudanças, mas nenhuma grande

Leia mais

Tecido nervoso. Disponível em: <http://iahealth.net/wp-content/uploads/2008/12/neurons.jpg>. Acesso em: 17 jun

Tecido nervoso. Disponível em: <http://iahealth.net/wp-content/uploads/2008/12/neurons.jpg>. Acesso em: 17 jun Sistema nervoso Tecido nervoso Disponível em: . Acesso em: 17 jun. 2012. Neurônio Disponível em: .

Leia mais

Curso de Neuroanatomia Descritiva e Funcional Prof. Norberto Coimbra. (Transcrição da aula vídeo) Hoje nós vamos falar do Sistema Nervoso Somático.

Curso de Neuroanatomia Descritiva e Funcional Prof. Norberto Coimbra. (Transcrição da aula vídeo) Hoje nós vamos falar do Sistema Nervoso Somático. Aula IV Sistema eferente somático (Transcrição da aula vídeo) Hoje nós vamos falar do Sistema Nervoso Somático. É uma continuação da última aula, que seria "classificação do Sistema Nervoso segundo critérios

Leia mais

Constituintes celulares do Sistema Nervoso

Constituintes celulares do Sistema Nervoso Constituintes celulares do Sistema Nervoso Neurónios Células nervosas excitáveis especializadas na sinalização eléctrica através de longas distâncias. Neuroglia (ou células da glia) Células mais pequenas

Leia mais

Tecido Nervoso. Neurônios

Tecido Nervoso. Neurônios Tecido Nervoso O tecido nervoso forma os órgãos dos sistemas nervosos central, periférico e autônomo. Organizar e coordenar o funcionamento do organismo Neurônios É constituído por: Células células nervosas

Leia mais

Apostila de Biologia 10 Sistema Nervoso

Apostila de Biologia 10 Sistema Nervoso Apostila de Biologia 10 Sistema Nervoso Matheus Borges 1.0 Tecido Nervoso Principal tecido do sistema nervoso. Tipos celulares: Neurônios condução de impulsos nervosos. Células da Glia ou neuróglia manutenção

Leia mais

Sensorial. I - Mecanorreceptores

Sensorial. I - Mecanorreceptores Sensorial 35 Tipos de receptores: 1. mecanorreceptores compressão, estiramento 2. termorreceptores frio ou calor 3. nociceptores dor (lesão tecidual, física ou química) 4. eletromagnéticos luz 5. quimiorreceptores

Leia mais

Introdução ao estudo da. Neuroanatomia. Prof. Musse Jereissati

Introdução ao estudo da. Neuroanatomia. Prof. Musse Jereissati Introdução ao estudo da Neuroanatomia Prof. Musse Jereissati mussejereissati@hotmail.com website: www.mussejereissati.com Feito com Apple Keynote você deverá ser capaz de: Ao final Identificar as principais

Leia mais

PSICOLOGIA. Sistema Nervoso

PSICOLOGIA. Sistema Nervoso CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS PSICOLOGIA Neuroanatomia Sistema Nervoso Foz do Iguaçu, outubro de 2017 É um conjunto de órgãos responsáveis pela coordenação e integração dos demais sistemas

Leia mais

TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS?

TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? TECIDO NERVOSO TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Alto grau de comunicação: células nervosas são capazes de transmitir informações entre células distantes no corpo; Forma o sistema nervoso,

Leia mais

1) Introdução. 2) Organização do sistema nervoso humano. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro Cerebelo.

1) Introdução. 2) Organização do sistema nervoso humano. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro Cerebelo. 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do

Leia mais

Sistema Nervoso. Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Biologia. Tema: Sistema Nervoso Biologia Tema: Sistema Nervoso Estrutura de um neurônio Células de Schawann 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar

Leia mais

O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais.

O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais. INTRODUÇÃO O surgimento do sistema nervoso está associado ao aumento da complexidade e do tamanho dos animais. Atua na coordenação das múltiplas atividades do organismo, na integração das diversas partes

Leia mais

Sistema Nervoso. Prof. TOSCANO. Biologia. Tema: SISTEMA NERVOSO

Sistema Nervoso. Prof. TOSCANO. Biologia. Tema: SISTEMA NERVOSO Prof. TOSCANO Biologia Tema: SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO PRINCIPAL TECIDO do sistema nervoso Tipos celulares: - NEURÔNIOS condução de impulsos nervosos - CÉLULAS DA GLIA manutenção dos neurônios NEURÔNIOS

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Prof a Cristiane Oliveira

TECIDO NERVOSO. Prof a Cristiane Oliveira TECIDO NERVOSO Prof a Cristiane Oliveira TECIDO NERVOSO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Alto grau de comunicação: células nervosas são capazes de transmitir informações entre células distantes no

Leia mais

TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA NUTRIÇÃO UNIPAMPA

TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA NUTRIÇÃO UNIPAMPA TECIDO NERVOSO HISTOLOGIA NUTRIÇÃO UNIPAMPA TECIDO NERVOSO: DISTRIBUIÇÃO SNP Gânglios e Nervos SNC SNP Gânglios e Nervos DIVISÕES ESQUEMÁTICAS DO SISTEMA NERVOSO TECIDO NERVOSO Nervos: constituídos por

Leia mais

Do grego, hydton, tecido + logos, estudos. Cada grupo de células reunidas para executar uma função específica é chamado de tecido.

Do grego, hydton, tecido + logos, estudos. Cada grupo de células reunidas para executar uma função específica é chamado de tecido. Do grego, hydton, tecido + logos, estudos. Cada grupo de células reunidas para executar uma função específica é chamado de tecido. Além das células, os tecidos contêm material extracelular ou intercelular

Leia mais

ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO

ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO Ciências Morfofuncionais II ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL DO SISTEMA NERVOSO Professora: Ms. Grazielle V. P. Coutinho Qual a importância de tantos estudos sobre o Sistema Nervoso? DIVISÕES PARA O ESTUDO DO SN

Leia mais

Estrutura dos músculos e tecidos anexos. Prof. Sandra R. S. T. de Carvalho Departamento de Zootecnia - UFSC

Estrutura dos músculos e tecidos anexos. Prof. Sandra R. S. T. de Carvalho Departamento de Zootecnia - UFSC Estrutura dos músculos e tecidos anexos Prof. Sandra R. S. T. de Carvalho Departamento de Zootecnia - UFSC CARNE tecido muscular tecido conjuntivo tecido epitelial tecido nervoso Tecido muscular células

Leia mais

Fisiologia do sistema nervoso

Fisiologia do sistema nervoso Fisiologia do sistema nervoso Curso de Nutrição CC: Fisiologia Humana I Prof. Leandro Cattelan leandrocattelan@hotmail.com Novembro de 2017 Tópicos a serem abordados Parte I (Aula 1) I. Divisão do sistema

Leia mais

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso

Sistema Nervoso. Aula Programada Biologia. Tema: Sistema Nervoso Aula Programada Biologia Tema: Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Prof. Me. Alexandre Correia Rocha

Prof. Me. Alexandre Correia Rocha Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Ementa Apresentar um corpo de conhecimento para melhor entender as respostas fisiológicas mediante a

Leia mais

Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso

Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso FACULDADE DE MEDICINA/UFC-SOBRAL MÓDULO SISTEMA NERVOSO NEUROANATOMIA FUNCIONAL Generalidades e Classificação do Sistema Nervoso Prof. Gerardo Cristino Aula disponível em: www.gerardocristino.com.br Sistema

Leia mais

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Rua Prof Guilherme Butler, 792 - Barreirinha - CEP 82.700-000 - Curitiba/PR Fone: (41) 3053-8636 - e-mail: ease.acp@adventistas.org.br

Leia mais

Embriologia e Divisões do Sistema Nervoso

Embriologia e Divisões do Sistema Nervoso Embriologia e Divisões do Sistema Nervoso M.Sc. Profª Viviane Marques Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia Hospitalar UVA Docente do mestrado de HIV/AIDS e Hepatites Virais UNIRIO Tutora da

Leia mais

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia

Fisiologia Humana Sistema Nervoso. 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia Fisiologia Humana Sistema Nervoso 3 ano - Biologia I 1 período / 2016 Equipe Biologia ! Função: processamento e integração das informações.! Faz a integração do animal ao meio ambiente! Juntamente com

Leia mais

Desenvolvimento Embrionário

Desenvolvimento Embrionário Desenvolvimento Embrionário SISTEMA NERVOSO Desenvolvimento Embrionário Telencéfalo Cérebro Meninges + Ossos Todo o sistema nervoso central é envolvido por três camadas de tecido conjuntivo, denominadas

Leia mais

8ª série / 9º ano U. E. 15. O sistema nervoso e os órgãos dos sentidos

8ª série / 9º ano U. E. 15. O sistema nervoso e os órgãos dos sentidos 8ª série / 9º ano U. E. 15 O sistema nervoso e os órgãos dos sentidos Os sentidos mais desenvolvidos na espécie humana são a visão e a audição, os que mais utilizamos como fontes de informações. O paladar

Leia mais

Constituintes celulares do Sistema Nervoso

Constituintes celulares do Sistema Nervoso Constituintes celulares do Sistema Nervoso Constituintes celulares do Sistema Nervoso Neurónios Células nervosas excitáveis especializadas na sinalização eléctrica através de longas distâncias. Neuroglia

Leia mais

PSICOFISIOLOGIA DAS PRINCIPAIS REGULAÇÕES COMPORTAMENTAIS. Cérebro reptiliano e principais regulações primárias do comportamento

PSICOFISIOLOGIA DAS PRINCIPAIS REGULAÇÕES COMPORTAMENTAIS. Cérebro reptiliano e principais regulações primárias do comportamento PSICOFISIOLOGIA DAS PRINCIPAIS REGULAÇÕES COMPORTAMENTAIS Cérebro reptiliano e principais regulações primárias do comportamento 1 NÍVEL MEDULAR MEDULA ESPINAL Embriologia, Localização e Morfologia Deriva

Leia mais

Aula 20 Sistema nervoso

Aula 20 Sistema nervoso Aula 20 Sistema nervoso O sistema nervoso coordena o funcionamento dos diversos sistemas dos animais; permite reações dos animais quando são estimulados pelo meio ambiente. Ele integra todas as partes

Leia mais

Mecanismos Fisiológicos de Controle da Pressão Arterial. Fernanda Burle de Aguiar - Profª de Fisiologia Humana DFP - CCS - UFPB

Mecanismos Fisiológicos de Controle da Pressão Arterial. Fernanda Burle de Aguiar - Profª de Fisiologia Humana DFP - CCS - UFPB Mecanismos Fisiológicos de Controle da Pressão Arterial Fernanda Burle de Aguiar - Profª de Fisiologia Humana DFP - CCS - UFPB , O QUE É PRESSÃO ARTERIAL? Débito Cardíaco Pressão Arterial Média Resistência

Leia mais

Sistema Nervoso Organização Geral

Sistema Nervoso Organização Geral Sistema Nervoso Organização Geral O encéfalo é o centro da razão e da inteligência: cognição, percepção, atenção, memória e emoção, Também é responsável pelo controle da postura e movimentos, Permite o

Leia mais

Neurônio. corpo celular. dendritos (espinhos) axônio

Neurônio. corpo celular. dendritos (espinhos) axônio Neurônio corpo celular dendritos (espinhos) axônio Corpo Celular do Neurônio Corpúsculo de Nills (acúmulo de reticulo endoplasmático rugoso) núcleo nucléolo corpo celular do neurônio Principais Tipos de

Leia mais

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima

Sistema Nervoso. BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima BIOLOGIA YES, WE CAN! Prof. Thiago Moraes Lima 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas,

Leia mais

Fonte: Anatomia Humana 5 edição: Johannes W. Rohen

Fonte: Anatomia Humana 5 edição: Johannes W. Rohen Prof. Bruno Pires MORFOLOGIA Divisões: Sistema Nervoso Central: formado por encéfalo e medula espinhal Encéfalo: Massa de tecido nervoso presente na região do crânio. Composta por tronco encefálico, cérebro

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO

SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO Sistema Circulatório O que é o Sistema Circulatório? É um conjunto de órgãos que tem como função realizar a circulação do sangue por todo o corpo. É constituído pelo coração e vasos

Leia mais

ESCOLA CIDADE DE CASTELO BRANCO

ESCOLA CIDADE DE CASTELO BRANCO ESCOLA CIDADE DE CASTELO BRANCO TRANSMISSÃO DA VIDA APARELHO REPRODUTOR MASCULINO CIÊNCIAS NATURAIS Prof. Teresa Condeixa 08/09 1 9º ANO Morfologia Bexiga Vesícula seminal Glândula de Cowper Testículo

Leia mais

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula

Sistema Nervoso. Sistema Nervoso Central (SNC) Sistema Nervoso Periférico (SNP) Cérebro. Cerebelo. Encéfalo. Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula Introdução O corpo humano é coordenado por dois sistemas: o nervoso e o endócrino. O sistema nervoso é o que coordena, por meio da ação dos neurônios, as respostas fisiológicas, como a ação dos músculos

Leia mais

Texto de apoio ao professor

Texto de apoio ao professor Texto de apoio ao professor T1 Introdução: O sistema cárdio-respiratório, é composto pelos sistemas circulatório e respiratório. Este permite que todas as células do corpo recebam os elementos necessários

Leia mais

HISTOLOGIA DO SISTEMA URINÁRIO

HISTOLOGIA DO SISTEMA URINÁRIO HISTOLOGIA DO SISTEMA URINÁRIO Fernando Abreu 6 Dez 2006 SISTEMA URINÁRIO RINS URETEROS BEXIGA URETRA RIM FUNÇÕES DO RIM DEPURATIVA EXCREÇÃO DE PRODUTOS DO METABOLISMO REGULAÇÃO DO BALANÇO ÁCIDO-BASE E

Leia mais

Sistema Circulatório. rio

Sistema Circulatório. rio Sistema Circulatório rio Sistema cardiovascular - Transporte de sangue: coração tecidos (bidirecional) Sistema vascular linfático - Transporte de linfa: tecidos coração (unidirecional) Sistema Cardiovascular

Leia mais

Sistema neuro-hormonal

Sistema neuro-hormonal Unidade 4 Sistema neuro-hormonal O que é o sistema neuro-hormonal? + Sistema nervoso Sistema hormonal O que é o sistema neuro-hormonal? Qualquer alteração no exterior ou no interior do corpo! corresponde

Leia mais

TECIDO NERVOSO - Neurônios

TECIDO NERVOSO - Neurônios TECIDO NERVOSO - Neurônios São células que se comunicam entre si ou com células musculares e secretoras através de linguagem elétrica (impulsos nervosos). A maioria dos neurônios possui três regiões: corpo

Leia mais

Unidade I Neurociência básica. Divisão do sistema nervoso: Citologia e histologia.

Unidade I Neurociência básica. Divisão do sistema nervoso: Citologia e histologia. Unidade I Neurociência básica. Divisão do sistema nervoso: Citologia e histologia. Prof a : Norma M. S. Franco Organizador: André Mendonça I - Divisão anatômica do Sistema Nervoso. Cérebro Telencéfalo

Leia mais

O movimento, sistemas motores, músculo e nervos

O movimento, sistemas motores, músculo e nervos O movimento, sistemas motores, músculo e nervos O movimento, sistemas motores, músculo e nervos Os sistemas motores, nomeadamente, do funcionamento muscular e reflexos nervosos relacionados com o movimento

Leia mais

SISTEMA CARDIO- RESPIRATÓRIO. Manuela Nunes

SISTEMA CARDIO- RESPIRATÓRIO. Manuela Nunes SISTEMA CARDIO- RESPIRATÓRIO Manuela Nunes COMPETÊNCIAS Conhecer a composição do sangue Relacionar as células sanguíneas com a função por elas desempenhada Conhecer a estrutura dos vasos sanguíneos Conhecer

Leia mais

Sistema Respiratório Humano

Sistema Respiratório Humano Sistema Respiratório Humano Sistema Respiratório Os alimentos contêm a energia necessária para nossas atividades. Essa energia é liberada por meio de uma transformação química conhecida como respiração

Leia mais