Valor Financeiro ESPECIAL 51

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Valor Financeiro ESPECIAL 51"

Transcrição

1 Valor Financeiro ESPECIAL 51

2 RETRATO DE UM SETOR PRÓSPERO Em dois anos e meio, o volume de recursos comprometidos das gestoras de private equity e de venture capital cresceu 200% Há um setor em ebulição, como revelam os dados agregados das 89 gestoras de private equity/venture capital pesquisadas para esta edição 86 delas autorizaram a publicação de seus perfis, que estão reproduzidos nas páginas seguintes. Essas gestoras comprometeram US$ 16,72 bilhões em recursos para aplicação nos mais variados empreendimentos. Há dois anos e meio, esse total era de US$ 5,58 bilhões. Outros indicadores dão a dimensão da pujança do private equity/venture capital. O número das organizações voltadas para a atividade aumentou, nesse período, de 71 para 89, o dos escritórios delas no Brasil passou de 101 para 117, o de veículos de investimento, como fundos, foi de 101 para 153, e o de empresas em portfolio saltou de 306 para 404. Um avanço igualmente importante está no número de profissionais da área, que praticamente dobrou, para 984 em 2004 eram apenas 498. Do total, 357 são gestores e 627 desempenham funções de apoio. E do total de gestores, 146 estão voltados para venture capital, 192 para private equity e 19 para Pipe (de private investment in public equity, aplicação em ações de empresas já negociadas em bolsa). Das 89 organizações gestoras no Brasil, uma grande maioria, 72, é de independentes. Outras 13 são ligadas a instituições financeiras, 2 a grupos industriais e 2 ao setor público. Um número relativamente alto, de 33 empresas, iniciou as operações nos últimos dois anos e meio. Mas já há também um conjunto razoável de veteranas na área: 20 acumulam dez anos de experiência, o que significa pelo menos um ciclo completo de investimento. Outra constatação do levantamento é a elevada concentração em poucos gestores. As dez maiores organizações administram US$ 10,26 bilhões, ou 61,4% do total ou mais de US$ 1 bilhão em média cada uma. De acordo ainda com a pesquisa, a grande maioria das gestoras (78,7%) é nacional. OIMPULSOEMNÚMEROS Números gerais dos bancos comerciais e múltiplos - em R$ milhões Organizações gestoras Profissionais Escritórios no Brasil Veículos de investimento* Empresas em portfolio *Limited partnership (LP), holdings, fundos regidos por instruções da CVM ou divisões de empresas não financeiras 52 Valor Financeiro ESPECIAL

3 AAI Global Equity Fundo híbrido de private equity investe na forma de reverse mergers em empresas de porte médio, em países emergentes. O fundo participa nas empresas exclusivamente em posições minoritárias e, nos casos de oportunidades para transação acima do valor máximo estabelecido, atua conjuntamente com seus co-investidores. Endereço: R. Pedroso Alvarenga, cj. 102 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) r. 26 Escritórios secundários no Brasil: Rio de Janeiro Contatos: Jan R E Jarne, Regional Partner Bruno P. da Rocha, Regional Partner Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Fevereiro, 2007 Access America Investments, Limited Partnership Tipo de Investidores: Os cotistas do fundo no exterior são investidores qualificados, tanto pessoas físicas como fundos de investimento Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 200 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 0 Investimento mínimo Sim 5 Investimento máximo Sim 25 e empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 Ace Venture Capital A empresa atua em desenvolvimento, alavancagem e gestão de empreendimentos. Foca em empresas de novas tecnologias digitais e entretenimento (games, vídeos, música e arte digital/vídeos/fotografia), marketing digital e design. Busca grande participação nas empresas. A maturação esperada dos investimentos é de 2 a 3 anos. Endereço: Av. das Américas, bloco 3, sala 121 Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Contatos: Marco Antonio Fichtner, Sócio Executivo Guilherme Lenz Cesar, Sócio Rafael Brunoni, Sócio Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 2005 Ace Capital I, Holding Tipo de Investidores: Investimento dos próprios sócios Profissionais de apoio: 10 Capital comprometido: US$ 10 milhões 2004: n/a 2005: : : 1 empresas do portfolio? Sim 12 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 4 Empresas em portfolio: Smart Beans, Black Beans, Coccai, Indzoom Actis Capital LLP Fundo com foco exclusivo em mercados emergentes, incluindo Índia, China, África, Sudeste Asiático e América Latina. Investe em empresas com faturamento acima de US$ 30 milhões. Não investe em start-ups. Participa ativamente do processo de criação de valor por meio do Conselho de Administração. Endereço: R. São Tomé, 86 - cj. 1701, Vila Olímpia São Paulo, SP T: (11) Contatos: Patrick Ledoux, Head Lorenzo Nogales, Investment Principal Origem: Inglaterra Início das atividades de PE/VC no Brasil: Abril, 2007 Actis Latin America Fund III, Limited Partnership Actis Global Fund, Limited Partnership Tipo de Investidores: Fundações, fundos de pensão, family offices e fundos de fundos Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 500 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 0 Investimento mínimo Sim 15 Valor Financeiro ESPECIAL 53

4 empresas do portfolio? Sim 4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 Advent International Ltda. Fundada em 1984, conta com US$ 12 bilhões levantados para capital de risco e 14 escritórios próprios no mundo. Na América Latina, iniciou suas atividades em 1996 e possui 3 escritórios próprios (São Paulo, Cidade do México e Buenos Aires). Com o fechamento de seu quarto fundo regional em julho/2007, conta hoje com mais de US$ 2 bilhões para a América Latina. Endereço: R. Campos Bicudo, 98 - cj. 52 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Patrice Etlin, Diretor Luiz Antonio Alves, Principal Mario Malta, Associate Frederico Abreu, Senior Associate Newton Maia, Senior Associate Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Agosto, 1997 Latin America Private Equity Fund I (LAPEF I), Limited Partnership Latin America Private Equity Fund II (LAPEF II), Limited Partnership Latin America Private Equity Fund III (LAPEF III), Limited Partnership Latin America Private Equity Fund IV (LAPEF IV), Limited Partnership Tipo de Investidores: Empresas privadas, endowments, fundos de pensão Gestores: 6 Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 1,590 bilhão 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 25 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 5 Empresas em portfolio: Atmosfera, CSU Cardsystem, Paraná Banco / J. Malucelli Seguradora, Dufry South America, Grupo RA AG Angra Investimentos Joint venture entre o Grupo Andrade Gutierrez e a Angra Partners, a AG Angra atua como uma gestora de recursos de terceiros voltada para a gestão de fundos de private equity. Seu primeiro fundo tem como foco a infra-estrutura, principalmente nos setores de saneamento, transportes, infraestrutura industrial, petróleo, biocombustíveis, energias renováveis e gás. Endereço: Av. Brig. Faria Lima, º andar, cj. 82 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Fernando Quintella, Diretor Executivo Eduardo Farhat, Diretor Executivo Início das atividades de PE/VC no Brasil: Outubro, 2006 AG Angra Infra-Estrutura Fundo de Investimento em Participações, CVM 391 Tipo de Investidores: Fundos de pensão, BNDES, Banco do Brasil Banco de Investimentos Gestores: 6 Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 330 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 0 Investimento mínimo Sim 10 Investimento máximo Sim 66 empresas do portfolio? n/d e empresas do portfolio? n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 AIG Private Equity O fundo investe em empresas brasileiras em troca de participações minoritárias ou de controle. A maturação dos investimentos varia de 3 a 5 anos. Seus fundos não possuem foco setorial ou regional. Apesar de direcionado prioritariamente ao Brasil, o fundo pode investir parte de seu capital em países da América Latina. Endereço: R. Hungria, 514 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Fernando Borges, Managing Director Cristiano Lauretti, Diretor Marcelo Aguiar, Diretor Eduardo Sant anna Marrachine, Diretor Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Março, 2000 Categoria: Ligada à instituição financeira AIG Brazil Special Situations Fund I, Limited Partnership AIG Global Emerging Markets Fund I, Limited Partnership AIG Global Emerging Markets Fund II, Limited Partnership AIG Brazil Special Situations Fund II, Limited Partnership Tipo de Investidores: Fundos de fundos, fundos de pensão, organização-mãe Gestores: 4 Profissionais de apoio: 5 54 Valor Financeiro ESPECIAL

5 Capital comprometido: US$ 800 milhões 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 20 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 4 Empresas em portfolio: Providência, Brasil Mídia Exterior S.A., Frigorífico Mercosul, Sendas Distribuidora Albatroz Participações Ltda. A Albatroz Participações é uma holding focada no setor de tecnologia da informação, participando ativamente na gestão de seus empreendimentos, oferecendo assessoria estratégica, comercial e financeira. Endereço: Av. das Américas bl. 8, cob. 301A - Barra da Tijuca Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Contatos: Leonidas Moura, Diretor Financeiro/Relacionamento com Investidores, Alexandre Icaza, Diretor Executivo Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 2002 Albatroz I, Holding Tipo de Investidores: Pessoa jurídica Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 4 milhões 2004: : : : 0 Investimento máximo Sim 2 empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 4 Empresas em portfolio: Megadata Computações, M-Cash Pagamentos Móveis, Netquant Tecnologia de Investimentos, Glamour Group Alothon Group Empresa independente de private equity focada em investimentos em mid-to late-stage buyouts, principalmente no Brasil, mas também no Chile, México e Argentina. Investiu US$ 499 milhões em 29 buyouts na América Latina desde No Brasil foi estabelecida em julho de 2004, quando adquiriu a carteira de private equity do Deutsche Bank (funcionava no país desde 1996). A estratégia é investir em empresas latino-americanas com ativos ou franchise values. Mantém perfil conservador. Endereço: R. Joaquim Floriano, cj. 82 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Ettore V. Biagioni, Managing Director Zineb Guessous, Principal Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 1996 Alothon Fund I, Limited Partnership Tipo de Investidores: Investidores institucionais, family offices, financeiras Gestores: 6 Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: US$ 204,3 milhões 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 20 Investimento máximo Sim 60 empresas do portfolio? Sim 1 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 6 Empresas em portfolio: CPM Braxis S.A., Brasil Mídia Exterior S.A., Telcom, Telecomunicações do Brasil Ltda., Softway Contact Center Serviços de Teleatendimento a Clientes S.A., Conductor Tecnologia S.A., Terphane Ltda. Angra Partners Consult. Empres. e Part. Ltda. Empresa de gestão e assessoria em investimentos especializada na prestação de serviços de finanças corporativas, fusões e aquisições, reestruturações de empresas - incluindo turnarounds e gestão de ativos. A Angra é associada ao Monitor Capital, que administra mais de US$ 1,5 bilhão em fundos de investimentos no mundo. Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Escritórios secundários no Brasil: Rio de Janeiro Contatos: Mariana Meneghetti 56 Valor Financeiro ESPECIAL

6 Início das atividades de PE/VC no Brasil: Maio, 2004 Ascet Investimentos Investidores Institucionais - Fundo de Investimento em Ações, CVM 409 Tipo de Investidores: Empresas privadas, fundos de pensão, org. gestoras de PE/VC, órgãos governamentais Endereço: R. Taques Alvim, 172 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Gestores: 5 Profissionais de apoio: 10 Contatos: Alexandre Saddy Chande, Sócio-Presidente Otavio Aaujo, Associado Rafael Vieira, Analista Capital comprometido: US$ 400 milhões Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, : : : : 0 FAIXA DE INVESTIMENTO Restrição Valor (US$ milhões) Investimento mínimo Investimento máximo Sim Sim 9 63 PROMOVE CONFERÊNCIA Sim/Não: Freqüência (vezes ao ano): Não n/a Não n/a empresas do portfolio? e empresas do portfolio? NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 6 Empresas em portfolio: Brasil Telecom, Metro Rio, Sanepar, Telemig Celular, Teleamazônia Celular, Telemar Ascet Investimentos, CVM 391 Tipo de Investidores: n/d Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: US$ 150 milhões 2004: : : : 1 Valor Financeiro ESPECIAL 57

7 empresas do portfolio? Sim 4 e empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 4 Empresas em portfolio: Dotz, Inpar, Taxi Mania, Beach Park Axial Participações e Projetos Ltda. A AxialPar é uma empresa de venture capital especializada em investimento e gestão de negócios voltados à sustentabilidade. Atualmente conta com 5 negócios nos ramos de piscicultura, horticultura orgânica, soja para alimentação humana, agricultura sustentável e microcrédito. O foco da empresa está em agronegócios sustentáveis, novos materiais, biodiversidade/biotecnologia, nutrição e biopolímeros. Endereço: R. Arizona, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Ralph D. Wehrle, Diretor-Presidente Paulo Bellotti, Diretor Executivo Iranise Pedro, Gerente de Sustentabilidade André Luis Vitti Mariano, Gerente de Projetos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dezembro, 2000 Axial Participações e Projetos, Holding Tipo de Investidores: Sócios Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 27 milhões 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 1,5 Investimento máximo Sim 15 empresas do portfolio? Sim 4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 5 Empresas em portfolio: Instituto Estrela, Mar e Terra, Naturalle Agro Mercantil, Rio de Una S.A., Agricert Axxon Group A empresa investe em posição de controle e controle compartilhado em médias empresas nas quais auxilia na construção de equipe de gestão. O fundo administrado pelo Axxon Group começou a operar com o grupo francês Natexis Banques Populaire (atualmente Natixis), seu principal investidor. Endereço: Ladeira da Glória, 311 Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Escritórios secundários no Brasil: São Paulo Contatos: Nicolas Wollak, José Augusto de Carvalho, Paulo Mordehachvili, Fábio Maranhão, Maria Isabel Lacombe Início das atividades de PE/VC no Brasil: Março, 2001 Natexis Mercosul Fund, Limited Partnership Tipo de Investidores: Endowments, fundos de pensão, family offices, bancos, org. gestoras de PE/VC Gestores: 5 Profissionais de apoio: 1 Capital comprometido: US$ 100 milhões 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 5 e empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 4 Empresas em portfolio: Instalarme, Vetbrands, Lupatech, Mills Banco ABN AMRO Real S.A. A área de private equity do banco tem como foco o desenvolvimento da infra-estrutura do país por meio de investimentos em projetos nas áreas de logística (rodovias, ferrovias, portos e aeroportos), telecomunicações, distribuição e transporte de gás, saneamento e energia (distribuição, transmissão e geração) e outros setores de infra-estrutura. Endereço: Av. Paulista, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Geoffrey Cleaver, Superintendente Executivo Gustavo Peixoto, Gerente de Investimentos Origem: Holanda Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 1999 Categoria: Ligada à instituição financeira InfraBrasil FIP, CVM 391/406, Recursos proprietários Tipo de Investidores: O InfraBrasil tem como cotistas alguns dos maiores investidores institucionais do Brasil, como Funcef, Petros, Previ, Valia, BNDESPar, Banco do Brasil Banco de Investimentos e Banesprev, além do próprio Banco ABN AMRO Real. 58 Valor Financeiro ESPECIAL

8 Gestores: 5 Profissionais de apoio: 1 Capital comprometido: US$ 450 milhões 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 20 Investimento máximo Sim 65 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 3 Empresas em portfolio: Cimcorp S.A., Companhia Energética Rio da Prata, PCHs Piedade e Sta. Luzia Banco Brascan S.A. Focado em investimentos de projetos e/ou empresas nas áreas de petróleo, gás e energia, o fundo tem duração de 10 anos. O fundo tem atualmente investimentos nos segmentos de produção e exploração de óleo e gás, e geração de energia, totalizando aproximadamente R$ 65 milhões de patrimônio. O período de investimentos do fundo já está encerrado. Endereço: Av. Almirante Barroso, 52-30º andar Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Escritórios secundários no Brasil: São Paulo Contatos: Gerson Braune, Consultor do Fundo Ricardo Mattei, Superintendente Bruno Brauer, Estagiário Início das atividades de PE/VC no Brasil: Novembro, 2002 Categoria: Ligada à instituição financeira Fundo Brascan de Petróleo, Gás e Energia - FIP, CVM 391 Tipo de Investidores: Fundos de pensão, org. gestoras de PE/VC, organização-mãe Gestores: 4 Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: US$ 30 milhões 2004: : : : 1 Investimento máximo Sim 20 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 2 Empresas em portfolio: Jaguari Energética S.A., Brasoil do Brasil Exploração Petrolífera S.A. Banif Private Equity O grupo ingressou no Brasil através de sua controlada Banif SGPS, conglomerado financeiro com presença na Europa, América e África. Seus fundos são orientados à estruturação e organização de FIPs, com foco nos setores de meio ambiente, governança corporativa, imobiliário e infraestrutura. O grupo investe em negócios de longo prazo. Endereço: Praia de Botafogo, 228-7º andar Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Contatos: Marcos Rechtman, Diretor de Negócios Mauro Faria, Superintendente Murilo Hyai, Superintendente Joubert Castro Filho, Gerente de Private Equity José Mascarenhas, Gerente de Private Equity Benjamin Liang, Gerente de Private Equity Origem: Portugal Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dezembro, 2006 Categoria: Ligada à instituição financeira Fundo de Investimento em Participações Caixa Ambiental, CVM 391/406 Fundo de Investimento em Participações Banif de Governança Corporativa, CVM 391/406 Fundo de Investimento em Participações Banif Bio Etanol, CVM 391 Fundo de Investimento em Participações Banif Real Estate II, CVM 391 Tipo de Investidores: Fundações, incubadora de Fundos Inovar, instituições financeiras, investidores institucionais brasileiros e estrangeiros, Finep e BNDES. Gestores: 7 Profissionais de apoio: 7 Capital comprometido: US$ 200 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 0 Investimento mínimo Sim 10 Investimento máximo Sim 65 empresas do portfolio? n/d e empresas do portfolio? n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 BDF Management Ltd. O BDF é um fundo de private equity especializado em investimento na indústria de bioenergia. O principal objetivo do fundo é adquirir participações acionárias em companhias brasileiras de capital fechado ligadas ao setor sucroalcooleiro. Endereço: Av. Faria Lima, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Valor Financeiro ESPECIAL 59

9 Contatos: Patrick Funaro, CEO (sede em Grand Cayman) Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 2006 Bioenergy Development Fund, Limited Partnership Tipo de Investidores: Institucionais, qualificados, empresas. Gestores: 1 Profissionais de apoio: 6 Capital comprometido: US$ 60 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 0 Investimento mínimo Sim 40 empresas do portfolio? n/d e empresas do portfolio? n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 BES - Private Equity Investidor em empresas estabelecidas, com histórico de rentabilidade e perspectivas de crescimento, pode investir em participações minoritárias ou controle. Foca nas fases de: crescimento, recapitalização, MBO/MBI e saída de acionistas atuais. Não possui limite preestabelecido para investimentos no Brasil. Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Manuel de Sousa, Diretor Executivo Origem: Portugal Início das atividades de PE/VC no Brasil: Setembro, 2006 Categoria: Ligada à instituição financeira Banco Espírito Santo S.A., Outra Espírito Santo Capital - Sociedade de Capital de Risco S.A., Holding Tipo de Investidores: n/d Gestores: 1 Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 31 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 0 Investimento mínimo Sim 20 empresas do portfolio? n/d e empresas do portfolio? n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 1 Empresas em portfolio: Providência BNDESPar Private Equity O BNDESPar tem portfolio de participação societária (inclui debêntures conversíveis) que envolve empresas de capital aberto e fechado, totalizando cerca de R$ 60 bilhões, a valor de mercado. São considerados investimentos de PE os investimentos realizados em empresas de capital fechado até 2006, incluindo aquelas que abriram capital naquele ano, com faturamento ou patrimônio consolidado superior a R$ 200 milhões. Estão incluídos nessa categoria os investimentos em companhias de capital aberto sem liquidez. Endereço: Av. República do Chile, 100 Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 1982 Categoria: Organização do setor público Recursos Proprietários, Outra Tipo de Investidores: Órgãos governamentais. O Sistema BNDES realiza operações diretas com funding baseado principalmente no FAT (Fundo de Apoio ao Trabalhador), retorno de investimentos e financiamentos e captações no mercado (títulos mobiliários e dívida). Gestores: 1 Profissionais de apoio: 0 Capital comprometido: US$ 1.301,8 milhões 2004: : : : n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 5 Empresas em portfolio: Cia Brasiliana de Energia, Elejor S.A., Netuno Alimentos S.A., Rio Polímeros S.A., Telemar Participações S.A. BNDESPar Venture Capital Endereço: Av. República do Chile, 100 Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, Valor Financeiro ESPECIAL

10 Categoria: Organização do setor público Recursos Proprietários, Outra Tipo de Investidores: Órgãos governamentais Gestores: 8 Profissionais de apoio: 0 Capital comprometido: US$ 123 milhões 2004: : : : n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 33 Empresas em portfolio: Águia S.A., Alfatest, Ci&T, Clamper, CRP Caderi, Fóton Informática S.A., Grano, KlickNet, Koblitz, Lupatech, Ouro Fértil, Nortec, Nutrella, Nuvital, Orbisat, Pomar, Senior Solutions, Teikon, Totvs, Leon Himer, MC Asa, Pilão S.A., Embrasa Ltda., Light Infocom, Relastomer, Glasberg, Zentrum, Contém 1g, Santa Marina, Setal, PICC, VG Art, Icotel BPE Investimentos Administradora de fundos de investimento especializados na aquisição de participações acionárias em empresas emergentes brasileiras. Outro fundo da empresa, com investidores externos, já concluiu sua participação em empresas como Injepet, Dedic, TendTudo e Datasul. Endereço: Av. Ibirapuera, cj. 303 São Paulo, SP T: (11) Contatos: Cláudio Peçanha, Diretor Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 1995 FIRE FMIEE, CVM 209 Tipo de Investidores: BNDES Gestores: 4 Profissionais de apoio: 4 Capital comprometido: US$ 10,5 milhões Está em busca de oportunidades de investimento? Não 2004: : : : 0 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 3 Empresas em portfolio: Armco Staco S.A., Latina Eletrodomésticos, Metalkraft Buffalo Investimentos Private Equity com foco em distressed companies (empresas em recuperação judicial com diferencial de marca ou market share) e LBOs (aquisições alavancadas de empresas altamente rentáveis). Endereço: R. Joaquim Floriano, º andar, cj.1302 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: André Barbierato, CEO Início das atividades de PE/VC no Brasil: Outubro, 2003 SPC Off Shore, Limited Partnership SPE Brasil, Limited Partnership Tipo de Investidores: Pessoas físicas, family offices Gestores: 6 Profissionais de apoio: 35 Capital comprometido: US$ 50 milhões 2004: : : : 2 empresas do portfolio? Sim 11 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 8 Empresas em portfolio: Elice Indústria Comércio Ltda., Maxiis Brasil Indústria e Comércio Ltda., Babylandia, Vetorpel Embalagens Ltda., Totalpack Indústria e Comércio Ltda., GAPbr - General Auto Parts do Brasil S.A., Braincast Marketing Integrado, GAPcn - General Auto Parts China Corp. Busato S.A. Participações Endereço: Av. Silva Jardim, º andar Curitiba, PR T: (31) ; F: (41) Contatos: Marcelo Luiz Busato, Diretor Financeiro 62 Valor Financeiro ESPECIAL

11 Início das atividades de PE/VC no Brasil: Agosto, 1999 Busato S.A. Participações, Holding Tipo de Investidores: Organização-mãe, pessoas físicas Profissionais de apoio: 4 Capital comprometido: US$ 6,87 milhões Está em busca de oportunidades de investimento? Não 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 0,4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 3 Empresas em portfolio: Aliança Fomento Mercantil Ltda, Teca do Brasil Florestal Ltda., União de Ensino Vila Velha S.C. Ltda. Centerless Competence Network - CCN A organização tem como especialização duas áreas: investimentos na área de mobilidade e empresa de gestão de turnaround com investimentos próprios e/ou em parcerias com outros fundos de VC. Endereço: R. Madre Maria Vilac, 1490 Florianópolis, SC T: (48) ; F: (48) Escritórios secundários no Brasil: Porto Alegre Contatos: Carlos Sá, CEO Carlos Felipe Paiva de Sá, Diretor Início das atividades de PE/VC no Brasil: Maio, 2002 Fundo Centerless, Outra Tipo de Investidores: Sócios e pessoas físicas Profissionais de apoio: 0 Capital comprometido: US$ 5 milhões 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 0,4 Investimento máximo Sim 1,2 empresas do portfolio? Sim 1 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 6 Empresas em portfolio: CISA, Mobile S.A., Handycase, Floripa Realty, Pippo s, Moda Café Confrapar S.A. Fundada por investidores, empresários e executivos dos setores de tecnologia de informação e telecomunicações, é especializada no segmento de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC). Busca encontrar e alavancar projetos inovadores na área, com alto potencial de crescimento e em empresas que estejam em sua primeira busca por capital empreendedor. Endereço: Av. Contorno, º andar - Savassi Belo Horizonte, MG T: (31) Contatos: Carlos Eduardo Guillaume, Diretor Executivo Bernardo Portugal, Diretor Jurídico Rodrigo Esteves, Diretor Financeiro Sérgio Rodrigues, Gerente de Relacionamento Início das atividades de PE/VC no Brasil: Junho, 2005 VentureEasy, Outra Tipo de Investidores: Investidores independentes, empresas privadas Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 3 milhões 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 0,2 Investimento máximo Sim 1 e empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 1 Empresas em portfolio: Via6 CRP Companhia de Participações A CRP tem sua orientação voltada a investimento para empresas emergentes. Atua nas regiões Sul e Sudeste e aposta no conhecimento dos pólos locais como diferencial na busca de investimentos. Com conhecimento dos negócios, das empresas e das culturas locais, busca criar novas oportunidades por meio de seu network. Endereço: R. General Câmara, 243-8º andar Valor Financeiro ESPECIAL 63

12 Porto Alegre, RS T: (51) ; F: (51) Contatos: Clovis Meurer, Diretor-Geral Dalton Schmitt Junior, Diretor de Investimentos André Lenz, Analista de Investimentos João Marcelo Eboli, Analista de Investimentos José Augusto Albino, Analista de Investimentos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dezembro, 1981 CRP Caderi Capital de Risco S.A., Holding RSTec Fundo Mútuo de Investimentos em Empresas Emergentes de Base Tecnológica, CVM 209 CRP Companhia de Participações, Holding CRP VI Venture Fundo Mútuo de Investimentos e Empresas Emergentes, CVM 209 SCTec Fundo Mútuo de Investimentos em Empresas Emergentes de Base Tecnológica de Santa Catarina, CVM 209 Tipo de Investidores: Empresas privadas, fundos de pensão, instituições multilaterais, org. gestoras de PE/VC, pessoas físicas, sócios, órgãos governamentais Profissionais de apoio: 7 Capital comprometido: US$ 48,5 milhões 2004: : : : 1 Investimento máximo Sim 4 empresas do portfolio? Sim 2 e empresas do portfolio? Sim 4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 18 Empresas em portfolio: Ag2, Conectt, Chronos-CheckForte, Digilab, Fk Biotecnologia, Fulano, Gens, Gesplan, Grano, Grupos, Impacto, Nano Endoluminal, Plugar, Ponfac, Teikon, Uni5, Wallerius, Daiken Darby Overseas Investments Ltd. Companhia de investimentos em mercados emergentes, patrocina e gerencia cerca de US$ 2 bilhões em fundos de private equity, mezzanino e de renda fixa. Em outubro de 2003 foi adquirida pela Franklin Templeton Investments. A empresa tem atividades na América Latina, Ásia e Europa Central e do Leste. Tem escritórios em São Paulo, Cidade do México, Viena, Budapeste, Hong Kong e Seul. Endereço: R. Jerônimo da Veiga, 45-4º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Fernando Gentil, Diretor Executivo Cristina Penteado, Vice-Presidente Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 1995 Categoria: Ligada à instituição financeira Darby Emerging Markets Fund (DEMF), Limited Partnership Darby-BBVA Latin America Private Equity Fund (DBVA), Limited Partnership Darby Technology Ventures (DTV), Limited Partnership Darby Latin American Mezzanine Fund (DLAMF), Limited Partnership Tipo de Investidores: Bancos, empresas privadas, instituições multilaterais, ONGs, empresa controladora, pessoas físicas, seguradoras, órgãos governamentais. Gestores: 10 Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 108 milhões 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 10 Investimento máximo Sim 30 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 9 Empresas em portfolio: Atlantica Hotels International, Siciliano, ALESAT Combustíveis, BRA Transportes Aéreos, CertiSign, Inova, Ativi, Cecrisa, Spring Wireless DGF Investimentos Atua exclusivamente na administração de fundos de participação. Possui mais de R$ 120 milhões em ativos administrados e busca opções para investir em empresas com faturamento abaixo de R$ 100 milhões. Endereço: Av. Paulista, cj. 21 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Sidney Chameh, Diretor-Presidente Frederico Greve, Diretor Eduardo Pamplona, Diretor Celso Nunes, Officer Humberto Casagrande, Diretor Início das atividades de PE/VC no Brasil: Junho, 2001 REIF, CVM 209 Fipac, CVM 209 Tipo de Investidores: Fundos de pensão, organismos multilaterais, bancos de desenvolvimento, bancos privados Gestores: 5 Profissionais de apoio: 10 Capital comprometido: US$ 63 milhões 2004: : : : 0 64 Valor Financeiro ESPECIAL

13 Investimento mínimo Sim 4 Investimento máximo Sim 10 empresas do portfolio? Sim 1 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 11 Empresas em portfolio: BRy, Direct Talk, Image, Incontrol, Neovia, Telecomunicações S.A., Pele Nova, Wappa, DH&C, Rede Camp, Daitan Labs, Cognitec DLJ South American Partners Aliança entre a Credit Suisse Alternative Investments e uma equipe de executivos, que a controla com 51% do capital. A Credit Suisse Alternative Investments administra ativos de mais de US$ 131 bilhões, entre eles cerca de US$ 52 bilhões em private equity. A DLJ SAP tem como objetivo fazer investimentos de private equity na América do Sul, principalmente na Argentina, Brasil e Chile. Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, cj.1602 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Marcelo Medeiros, Sócio-Diretor Mario Spinola, Sócio Rafael Mendes, Associate Origem: Canadá Início das atividades de PE/VC no Brasil: Março, 2007 DLJ South American Partners, Limited Partnership Tipo de Investidores: Investidores institucionais internacionais, fundos internacionais, gestores de grandes fortunas, fundos de pensão internacionais, entidades multilaterais. Profissionais de apoio: 4 Capital comprometido: US$ 300 milhões 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 10 empresas do portfolio? Sim 1 Valor Financeiro ESPECIAL 65

14 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 1 Empresas em portfolio: McDonald s Latin America DLM Confrapar Gestão de Recursos S.A. Soma das experiências da DLM Invista na área financeira e da Confrapar Participações e Pesquisa em investimento e desenvolvimento de empresas de tecnologia. Foca em empresas de tecnologia da informação na região de Belo Horizonte. Endereço: Av. do Contorno, º andar - Funcionários Belo Horizonte, MG T: (31) ; F: (31) Contatos: Carlos Eduardo Guillaume Silva, Diretor Executivo Marcelo Castro Domingos da Silva, Diretor Financeiro Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 2007 HorizonTI FMIEE, CVM 209 Tipo de Investidores: Institucionais e privados Gestores: 5 Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 6 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 0 Investimento mínimo Sim 0,3 Investimento máximo Sim 1,5 empresas do portfolio? Sim 4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 Dynamo Venture Capital Endereço: Av. Ataulfo de Paiva, 1351 Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Início das atividades de PE/VC no Brasil: Dezembro, 1999 FIEE Brasil 21, CVM 209 Tipo de Investidores: Órgãos governamentais Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 17,09 milhões Está em busca de oportunidades de investimento? Não Pretende continuar ou voltar a investir? Não 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 0,7 Investimento máximo Sim 3,0 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 5 Empresas em portfolio: Bematech, Fanape S.A., Digitel S.A., Intelbras S.A., IT Mídia S.A. Eccelera do Brasil Gestora de recursos cujo objetivo é fazer investimentos diferenciados de longo prazo, com foco nas indústrias de bens de consumo, varejo e logística, tecnologia e mídia e entretenimento. Administra recursos de organizações como o BNDES, grupo Cisneros, Finep e Sebrae. Endereço: R. do Rocio, 84-9º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Pedro Cordeiro, CEO Marcelo Safadi, Diretor Financeiro Início das atividades de PE/VC no Brasil: Abril, 2000 Eccelera Latin America, Limited Partnership Tipo de Investidores: Privados, institucionais Gestores: 6 Profissionais de apoio: 0 Capital comprometido: US$ 30 milhões 2004: : : : 0 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 5 Empresas em portfolio: n/d Econergy Brasil Ltda. Administra investimentos voltados principalmente à energia renovável na América Latina. 66 Valor Financeiro ESPECIAL

15 Endereço: Av. Angélica, cj. 111 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Felicia Bellows, Senior Vice-President Marcelo Souza, Vice-President Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 2001 CleanTech Fund, Limited Partnership Tipo de Investidores: Investidores institucionais Profissionais de apoio: 0 Capital comprometido: US$ 9 milhões 2004: : : : 3 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 4 Empresas em portfolio: Areia Branca (PCH em MG 1), Pipoca (PCH em MG 2), Projeto Eolico, Neo Gas El Area Empreendimentos e Participações Ltda. Empresa de venture capital e consultoria com foco em tecnologia, mídia, entretenimento, telecomunicações e setores relacionados. Prioriza a atuação como investidor inicial nos empreendimentos da carteira, participando ativamente em suas principais decisões estratégicas, operacionais e financeiras. Também trabalha para reduzir custos, no estabelecimento de contratos guarda-chuva com prestadores de serviços, como os de contabilidade, assessoria de imprensa, head hunters e advocacia. Em sua equipe estão profissionais que participaram em todas as fases de desenvolvimento do Buscapé e da Direct Talk. Endereço: R. Helena cj. 93 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Franco Pontillo, Sócio-Fundador Guilherme Garcia Belloque, Associate Marcos Bernardini Caetano Vendrami Início das atividades de PE/VC no Brasil: Maio, 2006 ASUA Holdings S.A., Holding EL Area Empreendimentos e Participações Ltda., Holding Tipo de Investidores: Investidores institucionais e high net worth individuals. Profissionais de apoio: 6 Capital comprometido: n/d 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 2 Investimento máximo Sim 0,5 empresas do portfolio? Sim 12 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 3 Empresas em portfolio: Pet Encontros, 4 e-commerce, HostingMania Emerging Capital Adm. Rec. Ltda. Gestora de recursos de terceiros que combina esforços com empresários por meio de associações minoritárias, provendo não apenas capital, mas auxiliando em aspectos estratégicos, gerenciais e técnicos. Endereço: R. Tabapuã, cj. 97 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Rodrigo Lowndes, Diretor Início das atividades de PE/VC no Brasil: Maio, 2007 ECQ Participações Ltda., Holding Tipo de Investidores: Pessoas físicas brasileiras Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 10 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 1 empresas do portfolio? Sim 1 e empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 1 Empresas em portfolio: Qualta Resorts Empr. Imob S.A. Valor Financeiro ESPECIAL 67

16 Endurance Capital Partners Firma especializada em investimentos de private equity Endereço: R. Tavares Cabral, 102-6º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Fernando Jorge Kalleder, Diretor de Investimentos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Abril, 2007 FIP Private Equity Brazil Multi-Strategy I, CVM 391/406 Tipo de Investidores: Family offices, high networth individuals, private banking Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: US$ 100 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 0 Investimento mínimo Sim 20 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 e-platform Venture Partners S.A. Empresa brasileira de venture capital voltada apenas para infra-estrutura de internet e tecnologias emergentes. Tem como objetivo participar da criação de companhias de tecnologia assistindo empreendedores talentosos ou antecipando oportunidades na América Latina. Endereço: R. Helena, cj. 93 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Anibal Messa, Sócio Franco Pontillo, Sócio Antonio Henrique Prado, Sócio Início das atividades de PE/VC no Brasil: Novembro, 1999 e-platform Venture Partners S.A., Holding Tipo de Investidores: Bancos, holdings, pessoas físicas, sócios Gestores: 4 Profissionais de apoio: 0 Capital comprometido: n/d Está em busca de oportunidades de investimento? Não Pretende continuar ou voltar a investir? Não 2004: : : : 0 Investimento máximo Sim 0,7 e empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 1 Empresas em portfolio: Direct Talk Estufa Investimentos Administradora de venture capital focada em capital semente. Presta serviços de capitalização de empresas, identificando a fonte de recursos mais adequada. Endereço: R. Pirapetinga, 322 / Bairro Serra Belo Horizonte, MG T: (31) ; F: (31) Contatos: Mário Murta Lana, Diretor de Investimentos Felipe Moleda de Godoi, Diretor Comercial Paulo César Borges Hanriot, Diretor Administrativo-Financeiro Início das atividades de PE/VC no Brasil: Junho, 2006 Rotatec - Fundo de Investimento em Empresas Inovadoras de Santa Rita do Sapucaí, Itajubá e Região, CVM 391 Tipo de Investidores: Investidores institucionais, fundos de pensão, pessoas físicas, pessoas jurídicas Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 5,5 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 0 Investimento máximo Sim 1 empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 68 Valor Financeiro ESPECIAL

17 Fama Investimentos Ltda. (Pipe) Gestora independente, busca empresas capazes de crescer de forma sustentável, comprando negócios com a postura de acionista investidor, participando das assembléias e dos conselhos fiscais. Endereço: R. Samuel Morse, 74 - cj. 173 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Christian Klotz, Analista / Gestor Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 1993 FAMA Futurewatch I FIA, CVM 409 FAMA Futurevalue FIA, CVM 409 Tipo de Investidores: Pessoas físicas qualificadas e investidores institucionais Gestores: 7 Profissionais de apoio: 13 Capital comprometido: US$ 200 milhões 2004: : : : 3 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 23 Empresas em portfolio: Grazziotin, Eleva, Magnesita, Contax, Fibam, Portobello, Metisa, Romi, Rodobens, Globex, Company Fator Administração de Recursos Ltda. Endereço: R. Renato Paes de Barros, º andar São Paulo, SP T: (11) Escritórios secundários no Brasil: Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília Início das atividades de PE/VC no Brasil: Março, 1996 Categoria: Ligada à instituição financeira MG FMIEE, CVM 209 SC FMIEE, CVM 209 Tipo de Investidores: Bancos, empresas privadas, fundos de pensão, ONGs, empresa de economia mista, órgãos governamentais Gestores: 1 Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 14,09 milhões 2004: : : : 0 Investimento máximo Sim 1,4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 3 Empresas em portfolio: Reason, Suntech, Hahntel (Pollux) FIR Capital Partners Ltda. Especializada em gestão de fundos de venture capital, investe em projetos e empresas inovadoras, oferecendo aconselhamento estratégico, assistência na contratação de executivos-chave, apoio na gestão e em parcerias estratégicas. Em 2007, a FIR Capital associou-se ao Draper Fisher Jurvetson, gestores de venture capital com carteira de investimentos de US$ 5 bilhões, entre os quais, Hotmail, Skype, Baidu, DivX, Mobile365 e Overture. Endereço: Praça Carlos Chagas, 49-7º andar Belo Horizonte, MG T: (31) ; F: (31) Contatos: Guilherme Emrich, Sócio Marcus Regueira, Sócio Christiano Moysés, Sócio Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 1999 FundoTec I, CVM 209 FundoTec II, CVM 209 Holding com recursos próprios, Holding Tipo de Investidores: Empresas privadas, fundos de pensão, instituições multilaterais, incubadoras, pessoas físicas, órgãos governamentais e a FIR Capital Gestores: 8 Profissionais de apoio: 24 Capital comprometido: US$ 87 milhões 2004: : : : 0 Investimento máximo Sim 8 empresas do portfolio? Sim 4 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: Valor Financeiro ESPECIAL

18 Empresas em portfolio: Prodimol Biotecnologia S.A., Alvos Biotecnologia S.A., Biocancer S.A., Biomm S.A., Concert Technologies S.A., Net Life S.A., Escola 24 horas S.A., Excegen Genética S.A., Innova S.A., International Syst S.A., ISM Automação S.A., Leme Informática S.A., Meantime Games S.A., Most S.A. (100% controlada pela International Syst), Smart Price S.A. Franchising Ventures Fundo de investimento em participações em empresas franqueadoras e gestoras de marca, tem como objetivo ser o maior consolidador de franquias do Brasil. Endereço: R. Pedroso Alvarenga, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Sergio Milano Benclowicz, Diretor Flavio Milano Benclowicz, Diretor Início das atividades de PE/VC no Brasil: Junho, 2007 FIP Franchising Ventures, CVM 391 Tipo de Investidores: Pessoas fisicas, institucionais, family offices e outros fundos Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: US$ 40 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 0 empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 6 Empresas em portfolio: Livraria Nobel, Benedixt Design, Centro Britânico idiomas, Zastras Brinquedos, Camargo Mais Imobiliária, Café Donuts, Cafeterias Franklin Templeton Invest. (Brasil) Ltda. (Pipe) Sucessora da Bradesco Templeton Asset Management, atua na gestão de fundos de investimentos especializados em governança corporativa e fundos de liquidez. Em 2007, expandiu suas atividades para oferecer fundos de ações e multimercado. Endereço: R. Jerônimo da Veiga, 45-4º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Origem: Estados Unidos Início das atividades de PE/VC no Brasil: Outubro, 1997 Fundo Franklin Templeton de Valor e Liquidez, CVM 409 Carteiras administradas, Outra Tipo de Investidores: Bancos, empresas privadas, fundos de fundos, fundos de pensão, pessoas físicas, seguradoras, órgãos governamentais Gestores: 5 Profissionais de apoio: 4 Capital comprometido: US$ 152 milhões 2004: : : : 0 Investimento mínimo Sim 4 Investimento máximo Sim 80 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 8 Empresas em portfolio: Marisol, Marcopolo, Banco Alfa, Aes Tietê, Lojas Renner, Alfa Financeira, Melpaper, Monark Fundamental Investimentos Ltda. (Pipe) O Fundo RB Fundamental FIA é resultado de parceria entre a Rio Bravo Investimentos e a Bahema Participações. O fundo procura atuar no conceito de um Pipe (Private Investment in Public Equity), no sentido de buscar empresas com possibilidade de influir em suas definições estratégicas. Endereço: Av. Chedid Jafet, Bl.B, 3º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Escritórios secundários no Brasil: Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife Contatos: Mario Fleck, Gestor e Diretor Executivo da Rio Bravo Rafael Rodrigues, Co-Gestor e Analista de Investimentos Fabio O Hara, Diretor de Distribuição Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 2000 RB Fundamental - Fundo de Investimento em Ações, CVM 409 Tipo de Investidores: Empresas privadas, fundos de fundos, pessoas físicas, sócios Profissionais de apoio: 3 Capital comprometido: US$ 143,7 milhões 2004: : : : 7 Valor Financeiro ESPECIAL 71

19 empresas do portfolio? Sim 12 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 11 Empresas em portfolio: Bradespar, Eternit, Usiminas, Coteminas, Fosfértil, Ferbasa, Copasa, Eleva, Comgás, Petrobras, Springs Global S.A. Gávea Investimentos Fundada em 2003, a Gávea Investimentos presta serviços de gestão de recursos. Empresa independente, não-ligada a conglomerado financeiro. Está organizada em torno de três áreas de negócios: hedge funds, estratégias ilíquidas (incluindo private equity) e gestão de patrimônio. Seu núcleo de gestão conta com equipes nas áreas de mesa de operações (trading), pesquisa macroeconômica, análise de empresas, private equity, fundos de terceiros e gerenciamento de riscos. A missão de longo prazo é gerar retornos ajustados aos riscos superiores aos obtidos no mercado financeiro. O Total gerido pelo fundo é de cerca de US$ 2,3 bilhões. Endereço: R. Dias Ferreira, 190-7º andar Rio de Janeiro, RJ T: (21) ; F: (21) Escritórios secundários no Brasil: São Paulo Contatos: Piero Minardi, Sócio Christopher Meyn, Sócio Eduardo Soares, CFO Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 2006 GIF I (Gávea Investment Fund I), Outra GIF II (Gávea Investment Fund II), Limited Partnership Tipo de Investidores: Institucionais, endowments Gestores: 10 Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: US$ 1,070 bilhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: : 5 Investimento mínimo Sim 10 Investimento máximo Sim 50 empresas do portfolio? Sim n/d NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 9 Empresas em portfolio: Fazenda Ipanema, BRA Transportes Aéreos, Shopping Leblon, Multiterminais Terminais Alfandegários, Ideal Invest, Aliansce Shopping Centers, McDonald s Latin America, CIE, Policard GC Capital Tem o objetivo de investir em companhias no estágio inicial de crescimento, voltadas ao setor de serviços e localizadas em São Paulo condição para ter participação próxima e ativa na gestão. Endereço: Av. Santo Amaro, 48-4º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Carlos Lino, Principal Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 2007 GC Capital, Holding Tipo de Investidores: n/d Profissionais de apoio: 2 Capital comprometido: US$ 10 milhões Está em busca de oportunidades de investimento? Não 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 1 Investimento máximo Sim 2 empresas do portfolio? Sim 6 e empresas do portfolio? Sim 52 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 1 Empresas em portfolio: Salles BPO Governança e Gestão Investimentos Ltda. Administra fundos de private equity, buscando oportunidades de investimento em empresas de destaque em seus setores, trabalhando junto a empreendedores. Administra recursos dos principais fundos de pensão do país, BNDESPar e investidores não-institucionais. Endereço: R. Alexandre Dumas, 1630 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Antonio Kandir, Sócio-Diretor Mari Araujo, Assistente-Diretoria Início das atividades de PE/VC no Brasil: Janeiro, 2005 FIP Governança & Gestão, CVM 391 FIP GGPAR, CVM 391 Tipo de Investidores: Institucionais e não institucionais brasileiros 72 Valor Financeiro ESPECIAL

20 Gestores: 7 Profissionais de apoio: 5 Capital comprometido: n/d 2004: n/a 2005: : : 1 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 3 Empresas em portfolio: n/d GP Investments As atividades da GP Investmens compreendem seu negócio principal de private equity e a prestação de serviços de asset management. Desde sua criação, em 1993, captou mais de US$ 2,5 bilhão de investidores brasileiros e internacionais e adquiriu mais de 42 companhias em 11 setores diferentes. Abriu capital em maio de 2006, captando US$ 308 milhões. É listada na Bolsa de Luxemburgo e possui BDRs na Bovespa. Lançou recentemente o fundo GPCPIV com US$ 1 Bilhão em capital comprometido. Desde 2006, liderou transações que totalizaram US$4,9 bilhões. Endereço: Representante legal no Brasil: Av. Brigadeiro Faria Lima, 3900 São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Antonio Bonchristiano, Co-CEO e Chairman Fersen Lambranho, Co-CEO e Chairman Allan Hadid, CFO e Investor Relations Officer Origem: Bermudas Início das atividades de PE/VC no Brasil: Abril, 1993 New GP Capital Partners A, Limited Partnership New GP Capital Partners B, Limited Partnership GP Capital Partners II, Limited Partnership GP Tecnologia Multimercado, CVM 302 GP Capital Partners III, Limited Partnership GP Capital Partners IV, Limited Partnership Tipo de Investidores: Bancos, endowments, fundos de fundos, fundos de pensão, instituições multilaterais, ONGs, org. gestoras de PE/VC, organização-mãe, planos de capitalização, pessoas físicas, seguradoras, trusts, órgãos governamentais, private banking Gestores: 14 Profissionais de apoio: 42 Capital comprometido: US$ 1,853 bilhão 2004: : : : 1 Investimento mínimo Sim 30 empresas do portfolio? Sim 2 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 11 Empresas em portfolio: Equatorial Energia, BR Properties, BR Malls, Tempo Participações, Fogo de Chão, Telemar, América Latina Logística S.A. (ALL) Geodex, Hopi Hari, Kuala, GP Asset Management Green Capital Investimentos Ltda. Tem por objetivo obter retornos a longo prazo em setores emergentes com grande potencial de crescimento. O primeiro fundo da organização tem o foco principal de atuação nos setores relacionados ao agronegócio à infra-estrutura, mas oportnidades em outros segmentos poderão ser analisadas. Endereço: R. Pedroso Alvarenga, º andar São Paulo, SP T: (11) ; F: (11) Contatos: Eduardo Bento Vidal, Managing Partner Sergio Timoner, Managing Partner Adriano Sebusiani, Associate Mark Minowa, Investment Analyst Início das atividades de PE/VC no Brasil: Julho, 2007 Fundo de Investimento em Participações Green Capital I, CVM 391 Tipo de Investidores: Investidores institucionais, family offices e investidores individuais qualificados Profissionais de apoio: 4 Capital comprometido: US$ 160 milhões 2004: n/a 2005: n/a 2006: n/a 2007: 0 NÚMERO DE EMPRESAS NO PORTFOLIO: 0 Grupo Stratus Instituição independente de investimentos e assessoria, especializada em venture capital e private equity, atuando em projetos de investimento em empresas com alto potencial de valorização. A Stratus atua com investidores Valor Financeiro ESPECIAL 73

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS NOS TRILHOS ENCONTREM 2006. Investimentos em Participações de Longo Prazo para Investidores Institucionais

SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS NOS TRILHOS ENCONTREM 2006. Investimentos em Participações de Longo Prazo para Investidores Institucionais SEMINÁRIO DE NEGÓCIOS NOS TRILHOS ENCONTREM 2006 Investimentos em Participações de Longo Prazo para Investidores Institucionais Carlos Alberto Rosa Coordenador de Participações 07/11/2006 FUNCEF Visão

Leia mais

ões A A Visão dos Fundos de Investimento (PE/VC) Belo Horizonte, 12 maio 2010.

ões A A Visão dos Fundos de Investimento (PE/VC) Belo Horizonte, 12 maio 2010. Seminário IBRADEMP MG sobre Fusões e Aquisições ões A A Visão dos Fundos de Investimento (PE/VC) Belo Horizonte, 12 maio 2010. Histórico 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000

Leia mais

consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia

consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia consultoria empresarial (Re)Estruturação Processos Finanças Estratégia Quem Somos Constituída em 2006, no Rio Grande do Sul, a RM2 Consultoria atua em projetos nacionais e internacionais. Analisamos processos,

Leia mais

GazetaInveste. Guia GVcepe-Endeavor 2008. Gestores de fundos de PRIVATE EQUITY e VENTURE CAPITAL

GazetaInveste. Guia GVcepe-Endeavor 2008. Gestores de fundos de PRIVATE EQUITY e VENTURE CAPITAL Guia GVcepe-Endeavor 2008 GazetaInveste 127 Gestores de fundos de PRIVATE EQUITY e VENTURE CAPITAL Conheça os perfis de administradores de fundos de PE/VC que responderam ao questionário, elaborado pela

Leia mais

Oportunidades do Private Equity no Brasil

Oportunidades do Private Equity no Brasil Oportunidades do Private Equity no Brasil Leonardo L. Ribeiro Swisscam 4 de agosto de 2010 Confidencial Agenda Tópicos 1. O que é Private Equity? 2. Mercado brasileiro 3. Transações recentes 4. Caso 5.

Leia mais

BNDES Fomento ao Empreendedorismo e à Inovação em Renda Variável. 21 de fevereiro de 2014

BNDES Fomento ao Empreendedorismo e à Inovação em Renda Variável. 21 de fevereiro de 2014 BNDES Fomento ao Empreendedorismo e à Inovação em Renda Variável 21 de fevereiro de 2014 Em seus 60 anos, o BNDES expandiu sua atuação e tem voltado sua atenção para novos desafios 6ª maior indústria automotiva

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício nº 303/2009/SDE/GAB, de 21 de janeiro de 2009.

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico. Referência: Ofício nº 303/2009/SDE/GAB, de 21 de janeiro de 2009. MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer n o 06416/2009/RJ COGCE/SEAE/MF Referência: Ofício nº 303/2009/SDE/GAB, de 21 de janeiro de 2009. Em 23 de julho de 2009. Assunto: ATO

Leia mais

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas

Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas 1. Institucional Consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas Somos uma consultoria de estratégia empresarial e finanças corporativas, com soluções para decisões operacionais, societárias

Leia mais

Fundo Criatec II. Press Release. 1 O Projeto CRIATEC do BNDES. 2 O Fundo CRIATEC I. 3 O Fundo Criatec II. Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013

Fundo Criatec II. Press Release. 1 O Projeto CRIATEC do BNDES. 2 O Fundo CRIATEC I. 3 O Fundo Criatec II. Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013 1 O Projeto CRIATEC do BNDES Fundo Criatec II Press Release Rio de Janeiro, 14 de novembro de 2013 Em Dezembro de 2006, a Diretoria do BNDES aprovou a criação do Programa CRIATEC, focado no apoio às empresas

Leia mais

F r e i t a s L e i t e S o l u ç õ e s t ã o e x c l u s i v a s q u a n t o s e u s d e s a f i o s w w w. f r e i t a s l e i t e. c o m.

F r e i t a s L e i t e S o l u ç õ e s t ã o e x c l u s i v a s q u a n t o s e u s d e s a f i o s w w w. f r e i t a s l e i t e. c o m. F r e i t a s L e i t e S o l u ç õ e s t ã o e x c l u s i v a s q u a n t o s e u s d e s a f i o s w w w. f r e i t a s l e i t e. c o m. b r Fundado em 1997, FreitasLeite possui grande experiência

Leia mais

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação.

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. BTG Pactual Administração de Fundos Agosto 2012 Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. Histórico do BTG Pactual 2012 Aquisição da Celfin Capital no Chile 1983-86

Leia mais

A Internacionalização de Empresas de Tecnologia da Informação

A Internacionalização de Empresas de Tecnologia da Informação A Internacionalização de Empresas de Tecnologia da Informação ENAServ 2014 Encontro Nacional do Comércio Exterior de Serviços Sergio Paulo Gallindo São Paulo, 29 de maio de 2014 Porque Internacionalizar?

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas 7. Referências Bibliográficas BERGAMINI JR, Sebastião. A Crise de Credibilidade Corporativa. Revista do BNDES, Vol. 9, n o 18. Rio de Janeiro, 2002. BORDEAUX-REGO, Ricardo E NESS JR., Walter L. A Preferência

Leia mais

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo histórico de sucesso no mercado de capitais brasileiro

Leia mais

Pesquisa de Private Equity na América Latina

Pesquisa de Private Equity na América Latina Pesquisa de Private Equity na América Latina 1 UMA PERSPECTIVA ÚNICA SOBRE OS DESAFIOS E OPORTUNIDADES QUE ENCONTRAM OS INVESTIDORES EM PRIVATE EQUITY NA AMÉRICA LATINA Coller Capital/LAVCA Pesquisa de

Leia mais

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Nossos Serviços 07. 3 Atuação 10. 4 Credenciais 14. 5 Equipe 22

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Nossos Serviços 07. 3 Atuação 10. 4 Credenciais 14. 5 Equipe 22 Conteúdo 1 Institucional 03 2 Nossos Serviços 07 3 Atuação 10 4 Credenciais 14 5 Equipe 22 2 1. Institucional Institucional Somos uma consultoria com foco em finanças corporativas. Temos soluções às decisões

Leia mais

REDETEC. Marcio Spata rea de Mercado de Capitais. Analista Área. Rio de Janeiro - Novembro/2007

REDETEC. Marcio Spata rea de Mercado de Capitais. Analista Área. Rio de Janeiro - Novembro/2007 REDETEC Analista Área Marcio Spata rea de Mercado de Capitais Rio de Janeiro - Novembro/2007 BNDES em NúmerosN Evolução dos Desembolsos (R$ bilhões) 47 52,3 37 35 40 31,2 18 19 18 23 25 7 10 1995 1997

Leia mais

Disclaimer. Advertências

Disclaimer. Advertências Disclaimer Advertências O investimento em ativos financeiros envolve riscos sobre os quais o investidor deve buscar informar-se lendo a documentação obrigatória referente a cada ativo. Fundos de investimento

Leia mais

Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP. São Paulo, 11 de dezembro de 2012. Hotel Caesar Park. Patrocínio

Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP. São Paulo, 11 de dezembro de 2012. Hotel Caesar Park. Patrocínio Conferência de Investimento Alternativo: FIDC, FII E FIP São Paulo, 11 de dezembro de 2012 Hotel Caesar Park Patrocínio Estratégia FUNCEF Investimentos Estruturados Diversificação de carteira de Fundos

Leia mais

Fusões e Aquisições. Fusões e aquisições movimentam R$ 43 bi no primeiro semestre. Destaque. Fusões e Aquisições

Fusões e Aquisições. Fusões e aquisições movimentam R$ 43 bi no primeiro semestre. Destaque. Fusões e Aquisições Fusões e Boletim Ano VIII Nº 9 Primeiro Semestre de 03 Fusões e aquisições movimentam R$ 3 bi no primeiro semestre Fusões e Anúncios Fusões,, OPAs e Reest. Societárias R$ bilhões N o º Semestre/ 3 3,0

Leia mais

Entendendo o Venture Capital

Entendendo o Venture Capital Semana Global de Empreendedorismo - ANPROTEC 21 de novembro de 2008 São Paulo, SP Entendendo o Venture Capital André Saito Vice-coordenador acadêmico, GVcepe GVcepe Primeiro centro de estudos em PE/VC

Leia mais

Fusões e Aquisições. Coletiva de Imprensa 2011 15/02/2012. Classificação da Informação: Pública

Fusões e Aquisições. Coletiva de Imprensa 2011 15/02/2012. Classificação da Informação: Pública Fusões e Aquisições Coletiva de Imprensa 2011 15/02/2012 Principais Características da Metodologia de Fusões e Aquisições 2 Fusões e Aquisições Metodologia A partir de 2010, os critérios da metodologia

Leia mais

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Serviços financeiros 05. 3 Atuação 08. 4 Credenciais 10. 5 Equipe 13

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Serviços financeiros 05. 3 Atuação 08. 4 Credenciais 10. 5 Equipe 13 Conteúdo 1 Institucional 03 2 Serviços financeiros 05 3 Atuação 08 4 Credenciais 10 5 Equipe 13 2 1Institucional Institucional A GlobalTrevo Consulting é uma empresa brasileira com expertise em consultoria

Leia mais

Vinci Partners Apresentação

Vinci Partners Apresentação Vinci Partners Apresentação Gestora totalmente independente Fundada em 2009 por ex-profissionais seniores do UBS Pactual que ocuparam cargos relevantes nesta instituição; Equipe experiente e coesa Administrada

Leia mais

O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco

O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco O apoio do BNDES à Inovação por meio do Capital de Risco CNI-MEI São Paulo, 19 de outubro de 2015 Agenda Atuação da BNDESPAR em Capital de Risco Participações diretas Participações por meio de Fundos de

Leia mais

Capital de Risco para projetos de Energia

Capital de Risco para projetos de Energia Workshop Internacional sobre Geração de Eletricidade com Gás de Lixo em São Paulo Capital de Risco para projetos de Energia São Paulo, 25 de junho de 2001 1 Fontes de recursos para Projetos e Empresas

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

1 do Art.º º 289.º º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL. Presidente: Prof. Doutor LUÍS MANUEL MOREIRA DE CAMPOS E CUNHA

1 do Art.º º 289.º º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS MESA DA ASSEMBLEIA GERAL. Presidente: Prof. Doutor LUÍS MANUEL MOREIRA DE CAMPOS E CUNHA BANIF - SGPS S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 570.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

Private Equity e Venture Capital no Brasil*

Private Equity e Venture Capital no Brasil* Corporate Finance Private Equity e Venture Capital no Brasil* Abril de 2008 *connectedthinking Introdução O cenário brasileiro para os investimentos de Private Equity continua positivo. Em meio ao turbulento

Leia mais

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL

EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL EM PAUTA PRIVATE EQUITY & VENTURE CAPITAL OPORTUNIDADES EM MEIO À CRISE NO BRASIL 14 REVISTA RI Abril 2015 É sabido que 2015 vai ser um ano difícil diante de uma economia com perspectiva de recessão. No

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Lisboa 31 de maio de 2012 Apoio do BNDES à Infraestrutura Lisboa 31 de maio de 2012 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para implementação

Leia mais

Prorrogadas as inscrições para o Congresso ABVCAP 2014, maior evento de private equity, venture e seed capital da América Latina

Prorrogadas as inscrições para o Congresso ABVCAP 2014, maior evento de private equity, venture e seed capital da América Latina Prorrogadas as inscrições para o Congresso ABVCAP 2014, maior evento de private equity, venture e seed capital da América Latina Encontro deve reunir mais de 500 players do cenário nacional e internacional

Leia mais

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 Rio de Janeiro, 04 de abril de 2006 A Ideiasnet S.A. (Bovespa: IDNT3), veículo para investimento de longo prazo em Tecnologia de Informação (TI) no Brasil,

Leia mais

BANIF - SGPS S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS

BANIF - SGPS S.A. ASSEMBLEIA GERAL DE 14 DE OUTUBRO DE 2011 Alínea b) do n.º 1 do Art.º 289.º do CÓDIGO DAS SOCIEDADES COMERCIAIS BANIF - SGPS S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 570.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

MESA DA ASSEMBLEIA GERAL BANIF - SGPS, S.A. Sociedade Aberta Matriculada na Conservatória do Registo Comercial do Funchal Sede Social: Rua de João Tavira, 30 9004 509 Funchal Capital Social: 350.000.000 Euros * Número único de

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL?

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? 8 REVISTA RI Setembro 2013 É o mercado de capitais brasileiro que precisa das pequenas e médias

Leia mais

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3

4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 Investimentos em queda 4278866 - O ESTADO DE S. PAULO - NOTAS E INFORMAÇÕES - SÃO PAULO - SP - 16/04/2014 - Pág A3 As mudanças de atitude do governo em relação ao novo Código de Mineração tornaram mais

Leia mais

Informações preparatórias para a Assembleia Geral, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais

Informações preparatórias para a Assembleia Geral, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais Informações preparatórias para a Assembleia Geral, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais Mesa da Assembleia Geral Dr. Eduardo da Silva Vieira (Presidente)

Leia mais

SeminárioADI-2012. Inclusão financeira inovação para as MPE s

SeminárioADI-2012. Inclusão financeira inovação para as MPE s SeminárioADI-2012 Inclusão financeira inovação para as MPE s Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Barcelona Outubro 2012 1. Diagnóstico Não

Leia mais

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06.

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06. Data Base: jun/07 Cenário O Brasil está começando a firmar-se como economia estável e previsível. A queda dos juros vem diminuindo o atrativo dos investimentos em títulos do Governo. Quanto mais credibilidade

Leia mais

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Rio de Janeiro Maio de 2012

Apoio do BNDES à Infraestrutura. Rio de Janeiro Maio de 2012 Apoio do BNDES à Infraestrutura Rio de Janeiro Maio de 2012 Aspectos Institucionais Quem somos Fundado em 20 de Junho de 1952; Empresa pública de propriedade integral da União; Instrumento chave para implementação

Leia mais

Excelência em gente. Espírito de donos

Excelência em gente. Espírito de donos Excelência em gente Espírito de donos A seleção e formação de pessoas é um dos aspectos estratégicos para que a atuação da GP Investments no mercado de private equity proporcione o alcance de resultados

Leia mais

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio

Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio Our partner to Grant Thornton Soluções integradas para o seu negócio 120+ where our Audit, Tax and and Advisory professional work together $4.2bn revenues 2012 2015 Grant Thornton Brazil Ltd. All rights

Leia mais

ENCONTRO ANUAL DO PAEX

ENCONTRO ANUAL DO PAEX ENCONTRO ANUAL DO PAEX Sustentabilidade Financeira para a Competitividade Prof. Haroldo Mota 2007 O CONFORTO DE CURTO PRAZO Empresa Acomodada Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 EBITDA 940 890 820 800 ( ) Var. NCG

Leia mais

EMPRESA INOVADORA GLOBAL. Apresentação Global

EMPRESA INOVADORA GLOBAL. Apresentação Global EMPRESA INOVADORA GLOBAL Apresentação Global Fevereiro 2013 INDRA QUEM SOMOS Multinacional de TIC número 1 na Espanha e uma das principais da Europa e América Latina R$ 6,2 BI faturamento 36.000 profissionais

Leia mais

Proposta de Assessoria Financeira Resumo da Proposta, Escopo e Equipe de Trabalho. Confidencial

Proposta de Assessoria Financeira Resumo da Proposta, Escopo e Equipe de Trabalho. Confidencial Proposta de Assessoria Financeira Resumo da Proposta, Escopo e Equipe de Trabalho Confidencial 22 de março de 2012 Índice I. Sumário da Proposta II. Equipe Dedicada aos Trabalhos III. Credenciais do Bradesco

Leia mais

A TRINITY INVESTIMENTOS assessora investidores individuais, institucionais e corporativos na prospecção, identificação, qualificação e condução de

A TRINITY INVESTIMENTOS assessora investidores individuais, institucionais e corporativos na prospecção, identificação, qualificação e condução de FATO RELEVANTE Do ponto de vista da Teoria de Finanças, as oportunidades de investimento em PE/VC permitem que o mercado se torne mais completo, melhorando a relação risco/retorno, alterando a fronteira

Leia mais

Start-up Transactions

Start-up Transactions PE/VC - ESTRATÉGIAS DE SAÍDA - IPO E OUTRAS ALTERNATIVAS Start-up Transactions Estrutura e Financiamento de Potenciais Negócios Palestrante: Sidney Chameh schameh@dgf.com.br 12 de dezembro 2006 1 Agenda

Leia mais

Reunião APIMEC 2013. São Paulo, 19 de dezembro de 2013

Reunião APIMEC 2013. São Paulo, 19 de dezembro de 2013 Reunião São Paulo, 19 de dezembro de Importante O presente material tem caráter somente informacional. Não constitui uma oferta ou solicitação de investimento em qualquer fundo aqui mencionado ou quaisquer

Leia mais

Mercado de Capitais. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados.

Mercado de Capitais. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Mercado de Capitais Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Nossos serviços Somos reconhecidos pelo mercado, por nossos clientes e por nossos pares como

Leia mais

MACRO OBJETIVOS DO PROGRAMA

MACRO OBJETIVOS DO PROGRAMA Programa Estratégico de SOFTWARE E SERVIÇOS de TI 1. PANORAMA DO MERCADO 2. COMPARATIVOS INTERNACIONAIS 3. VISÃO DA POLÍTICA 4. PRINCIPAIS MEDIDAS E PROGRAMAS MACRO OBJETIVOS DO PROGRAMA 1- FORTALECER

Leia mais

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8.

Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. Conforme instrução CVM nº 480/09 e Ofício Circular CVM nº 001/2010, a atualização do Formulário de Referência itens 12.6 e 12.8. 12.6. Administradores e membros do conselho fiscal 12.7. Membros dos comitês

Leia mais

Proposta de Assessoria Financeira Resumo da Proposta, Escopo e Equipe de Trabalho. Confidencial

Proposta de Assessoria Financeira Resumo da Proposta, Escopo e Equipe de Trabalho. Confidencial Proposta de Assessoria Financeira Resumo da Proposta, Escopo e Equipe de Trabalho Confidencial 19 de março de 2012 Índice I. Sumário da Proposta II. Equipe Dedicada aos Trabalhos III. Credenciais do Bradesco

Leia mais

Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 www.animaeducacao.com.br/ri Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630. www.genuscapital.com.

Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 www.animaeducacao.com.br/ri Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630. www.genuscapital.com. Av. Ataulfo de Paiva, 245-3º andar Leblon CEP: 22440-032 Rio de Janeiro Tel.: +55 (21) 3550-1630 www.genuscapital.com.br A EMPRESA A Genus Capital Group é uma gestora independente centrada em produtos

Leia mais

Estruturação de Fundos FIDCs e FIPs para empresas

Estruturação de Fundos FIDCs e FIPs para empresas Grupo Keyassociados Estruturação de Fundos FIDCs e FIPs para empresas Brasília 06/06/2013 Marco Antônio Fujihara Agenda 1. Overview da Indústria de Private Equity e Venture Capital 2. Mapa Global do Empreendedorismo

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS

TURMA 10 H. CURSO PROFISSIONAL DE: Técnico de Multimédia RELAÇÃO DE ALUNOS Técnico de Multimédia 10 H 7536 Alberto Filipe Cardoso Pinto 7566 Ana Isabel Lomar Antunes 7567 Andreia Carine Ferreira Quintela 7537 Bruno Manuel Martins Castro 7538 Bruno Miguel Ferreira Bogas 5859 Bruno

Leia mais

Informações preparatórias para a Assembleia Geral, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais

Informações preparatórias para a Assembleia Geral, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais Informações preparatórias para a Assembleia Geral, nos termos da alínea b) do n.º 1 do artigo 289.º do Código das Sociedades Comerciais Mesa da Assembleia Geral Dr. José Eduardo Vera Cruz Jardim (Presidente)

Leia mais

GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ/MF Nº 33.041260/0652-90 NIRE Nº 33.3.00141073 Companhia Aberta de Capital Autorizado

GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ/MF Nº 33.041260/0652-90 NIRE Nº 33.3.00141073 Companhia Aberta de Capital Autorizado GLOBEX UTILIDADES S.A. CNPJ/MF Nº 33.041260/0652-90 NIRE Nº 33.3.00141073 Companhia Aberta de Capital Autorizado ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA REALIZADA EM 30 DE ABRIL DE 2009 1. Data, Hora e Local:

Leia mais

Governança corporativa: vida real Governança corporativa em empresa de capital aberto (Bovespa Mais) Julho de 2015

Governança corporativa: vida real Governança corporativa em empresa de capital aberto (Bovespa Mais) Julho de 2015 Governança corporativa: vida real Governança corporativa em empresa de capital aberto (Bovespa Mais) Julho de 2015 Introdução A Senior Solution é a principal fornecedora de softwares aplicativos para o

Leia mais

Apresentação institucional

Apresentação institucional Apresentação institucional 2010 Institucional Quem somos Nossos valores Áreas de atuação Equipe Parcerias Contato Quem somos Sociedade de advogados com foco de atendimento em direito empresarial, compreendendo

Leia mais

EXTRATO DA ATA DA 263ª REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS DA FUNDAÇÃO FORLUMINAS DE SEGURIDADE SOCIAL FORLUZ

EXTRATO DA ATA DA 263ª REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS DA FUNDAÇÃO FORLUMINAS DE SEGURIDADE SOCIAL FORLUZ EXTRATO DA ATA DA 263ª REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS Data: 17 de agosto de 2010 Horário: 15:10 as 16:20 horas Sumário dos Fatos Ocorridos 1. Apresentação Rio Bravo: A equipe da Rio Bravo apresentou

Leia mais

Associações de Venture Capital e Private Equity de diversos países discutem melhores práticas para a indústria

Associações de Venture Capital e Private Equity de diversos países discutem melhores práticas para a indústria Edição 016/2010 - Dia 13 de SOutubro de 2010 Jornalista responsável: Monique Azeredo imprensa@abvcap.com.br Associações de Venture Capital e Private Equity de diversos países discutem melhores práticas

Leia mais

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 10ª CHAMADA DE FUNDOS

FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 10ª CHAMADA DE FUNDOS FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS - FINEP INCUBADORA DE FUNDOS INOVAR 10ª CHAMADA DE FUNDOS 1. OBJETO A Financiadora de Estudos e Projetos, na qualidade de Secretaria Executiva da Incubadora de Fundos

Leia mais

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES Área de Mercado de Capitais BNDES Desenvolvendo a Governança Corporativa Eduardo Rath Fingerl Diretor 02/06/2006 www.bndes.gov.br 1 de 23 Atuação

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

FINEP Financiadora de Estudos e Projetos

FINEP Financiadora de Estudos e Projetos FINEP Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Ciência, Tecnologia e Inovação no Brasil Alexandre Barragat Andrade AFI/DRIN A FINEP Criada em 24 de julho de 1967, A FINEP - Financiadora

Leia mais

BDMG. Linhas de financiamento para INOVAÇÃO

BDMG. Linhas de financiamento para INOVAÇÃO BDMG Linhas de financiamento para INOVAÇÃO Setembro/2015 Portfólio BDMG em Inovação Participação em fundos de investimento BDMG TEC Estruturação de parques tecnológicos Financiamentos a projetos inovadores

Leia mais

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3

2005 Corretora em Nova York. Diversificação do portfólio. 2007 Expansão em Investment Bank, Consignado e Cartões. Estrutura acionária 3 VISÃO GERAL - 2T5 Histórico 99 Início das operações como banco múltiplo 2002 Agência em Nassau 2005 Corretora em Nova York 2009 Início da parceria estratégica com o Banco do Brasil 205 BV Promotora (Consignado

Leia mais

BTG Pactual. Administração de Fundos Junho 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação.

BTG Pactual. Administração de Fundos Junho 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. BTG Pactual Administração de Fundos Junho 2012 Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. Visão Geral do BTG Pactual Investment Banking Corporate Lending Sales &

Leia mais

General Atlantic na América Latina

General Atlantic na América Latina General Atlantic na América Latina Greenwich Nova York Palo Alto São Paulo Londres Düsseldorf Mubain Hong Kong Beijing A Diferença da General Atlantic Como é uma investidora global, a General Atlantic

Leia mais

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon Governança Corporativa Investidores Institucionais e Governança Corporativa Aula 11 Participação Acionária de Investidores Institucionais No Reino Unido: Tipo de Investidor 1963 % 2006 % Indivíduos 54

Leia mais

Apoio à Inovação. Junho de 2013

Apoio à Inovação. Junho de 2013 Apoio à Inovação Junho de 2013 Inovação: Conceito (...) implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente aprimorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método

Leia mais

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil 2011 2012 201 kpmg.com/br www.abvcap.com.br Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Leia mais

20º SEMINÁRIO DE INVESTIMENTOS - CAPEF

20º SEMINÁRIO DE INVESTIMENTOS - CAPEF SEMINÁRIO 20º SEMINÁRIO DE INVESTIMENTOS - CAPEF Alocação de Investimentos Estruturados em Fundos de Pensão Luiz da Penha NOV/2013 SUMÁRIO 1. Informações sobre a Fachesf 2. Histórico da alocação das EFPCs;

Leia mais

PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo

PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo participação i na TGLT Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Vice-Presidente Financeiro e de RI João Mallet Gerente Financeiro

Leia mais

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil 2011/2012 kpmg.com/br www.abvcap.com.br 2 Consolidação de Dados da Indústria de Private Equity e Venture Capital no Brasil

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria de Acompanhamento Econômico Parecer Técnico n.º 06294/2008/RJ COGCE/SEAE/MF 21 de maio de 2008 Referência: Ofício n 2925/2008/SDE/GAB, de 14 de maio de 2008. Assunto: ATO

Leia mais

Perspectivas para Atividade de M&A no Brasil Agosto de 2010

Perspectivas para Atividade de M&A no Brasil Agosto de 2010 Perspectivas para Atividade de M&A no Brasil Agosto de 2010 Seminário Tendências Mega Fusões e aquisições e defesa da concorrência Rogério Gollo rogerio.gollo@br.pwc.com 11 3674 2333 Apresentação elaborado

Leia mais

Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões

Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões Comunicado à Imprensa Valor do portfólio da Temasek atinge recorde de R$ 250 bilhões - O portfólio apresentou um retorno total de 9% aos acionistas no período de 10 anos - Os investimentos realizados após

Leia mais

11. Empresas de base tecnológica

11. Empresas de base tecnológica 1 11. Empresas de base tecnológica 11.1 Fontes de captação de recursos das empresas Conforme já foi visto anteriormente, uma empresa S.A. aberta pode financiar seus projetos de investimentos com empréstimos

Leia mais

Potencializar futuros, subtraindo riscos

Potencializar futuros, subtraindo riscos Potencializar futuros, subtraindo riscos QUEM SOMOS O Risk Office é uma consultoria cujo objetivo é a prestação de serviços em gestão de riscos financeiros e operacionais. Criado em 1999, na cidade de

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Maio, 2014

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Maio, 2014 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Maio, 2014 AVISO O material que segue contém informações gerais sobre as atividades da TOTVS a partir da data da apresentação, em Maio de 2014. A informação é dada de forma resumida

Leia mais

Sobre o setor. Quem pode investir

Sobre o setor. Quem pode investir Sobre o setor Instrumento fundamental no desenvolvimento de mercados de capitais e economias emergentes, o Venture Capital e Private Equity tem se destacado de forma expressiva no Brasil. Trata-se de um

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Av. Paulista -SP Eco s Natureza Clube- SP UP Residence Macaé (RJ) Porto Pinheiros- SP Terraço Empresarial Jd Sul - SP Set Cabral -Curitiba Connect Campos de Goytacazes(RJ) In

Leia mais

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico A parceria prevê capitalização da empresa brasileira em até R$ 12 bi, reduzindo alavancagem e ampliando capacidade de investimento,

Leia mais

Infraestrutura no Brasil

Infraestrutura no Brasil www.pwc.com.br Infraestrutura no Brasil Como agregar valor e gerenciar a complexidade de ativos de capital, programas ou portfólios de médio a grande porte (greenfield ou brownfield). O contexto de infraestrutura

Leia mais

Mellon FAMA Private Equity I Fundo de Investimento em Quotas de Fundos de Investimento Multimercado

Mellon FAMA Private Equity I Fundo de Investimento em Quotas de Fundos de Investimento Multimercado Mellon FAMA Private Equity I Fundo de Investimento em Quotas de Fundos de Investimento Multimercado Março 2008 Private Equity A Oportunidade Diversificação Acessível ao Varejo O Mellon FAMA Private Equity

Leia mais

PANORAMA DA INDÚSTRIA DE PE&VC E ASPECTOS OPERACIONAIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO

PANORAMA DA INDÚSTRIA DE PE&VC E ASPECTOS OPERACIONAIS DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO I Curso de Férias do Grupo de Estudos de Direito Empresarial - Direito UFMG PANORAMA DA INDÚSTRIA DE PE&VC E ASPECTOS OPERACIONAIS DOS Leandro Andrade Senior Associate da FIR Capital Partners Bacharel

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995

CURRICULUM VITAE. Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79. MBA em Finanças pela Universidade Católica em 1995 CURRICULUM VITAE Franquelim Fernando Garcia Alves Nascido em 16/11/1954, 2 filhas Licenciado em Economia pelo ISE Instituto Superior de Economia em 1978/79 Revisor Oficial de Contas em 1987 MBA em Finanças

Leia mais

Instituição privada dedicada a promover negócios em ciências da vida no Brasil

Instituição privada dedicada a promover negócios em ciências da vida no Brasil Instituição privada dedicada a promover negócios em ciências da vida no Brasil Biominas Brasil tem 21 anos de experiência na criação e desenvolvimento de empresas de ciências da vida. A Biominas Brasil

Leia mais

Propriedade Intelectual e Tecnologia. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados.

Propriedade Intelectual e Tecnologia. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Propriedade Intelectual e Tecnologia Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Nossos serviços Eleito o melhor escritório da América Latina pelo Chambers

Leia mais

Recursos Próprios. Amigos e Familiares

Recursos Próprios. Amigos e Familiares Recursos Próprios Chamado de booststrapping, geralmente é a primeira fonte de capital utilizada pelos empreendedores. São recursos sem custos financeiros. O empreendedor tem total autonomia na tomada de

Leia mais

Luiz Fernando Rolla. Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações

Luiz Fernando Rolla. Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações Luiz Fernando Rolla Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações Nossa base de acionistas assegura liquidez América do Norte Canadá Estados Unidos México Europa Luxemburgo

Leia mais

À procura de um conselho de Administração

À procura de um conselho de Administração Brasil Econômico À procura de um conselho de Administração mar 02 2010 Grande número de empresas em busca de capital amplia interesse por profissionais para aprimorar gestão Luciano Feltrin lfeltrin@brasileconomico.com.br

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional 3 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.947 funcionários 6,7 milhões de clientes 54 filiais 35 C.A.S.A.s Maior grupo segurador independente

Leia mais

Fusões e Aquisições no Brasil* Novembro de 2008

Fusões e Aquisições no Brasil* Novembro de 2008 Corporate Finance Fusões e Aquisições no Brasil* Novembro de 2008 * Relatório elaborado pela área de Corporate Finance da PwC O número acumulado de transações até novembro de 2008 diminuiu 7% em relaçãoa2007,masaindaé19%maiordoque2006.

Leia mais