UNISALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Fisioterapia do Trabalho. Angélica Lopes Gomide

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNISALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Fisioterapia do Trabalho. Angélica Lopes Gomide"

Transcrição

1 1 UNISALESIANO Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Fisioterapia do Trabalho Angélica Lopes Gomide GINÁSTICA LABORAL LINS SP 2008

2 2 ANGÉLICA LOPES GOMIDE GINÁSTICA LABORAL Monografia apresentada à Banca Examinadora do Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium, como requisito parcial para obtenção do título de especialista em Fisioterapia do Trabalho sob a orientação dos Professores M.Sc. Luis Ferreira Monteiro Neto e M.Sc. Heloisa Helena Hovery da Silva. LINS SP 2008

3 3 ANGÉLICA LOPES GOMIDE GINÁSTICA LABORAL Monografia apresentada ao Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium, para obtenção do título de especialista em Fisioterapia do Trabalho. Aprovada em: / / Banca Examinadora: Prof. M.Sc. Luis Ferreira Monteiro Neto Mestre em Engenharia Biomédica pela Universidade do Vale do Paraíba Profª M.Sc. Heloisa Helena Rovery da Silva Mestre em Administração pela CNEC/FACECA - MG LINS SP 2008

4 4 DEDICATÓRIA Dedico este trabalho ao meu esposo José Manuel e aos meus pais Francisco e Darcy, pela presença constante em minha vida.

5 5 AGRADECIMENTOS A todos os professores, e aos orientadores, que me ensinaram no decorrer deste curso.

6 6 RESUMO A Ginástica Laboral, apesar de ter surgido na Polônia, o seu desenvolvimento se deu em 1928 no Japão e perdura até os dias de hoje. No início da década de 70, com a chegada de executivos japoneses ao Brasil houve um estímulo para a adoção dessa prática em algumas empresas. A prática foi difundida em todo o país após a II Guerra Mundial, e em 1960, ocorreu à consolidação e a obrigatoriedade da Ginástica Laboral compensatória. Atualmente, um terço dos trabalhadores exercitam-se diariamente, tendo obtido como resultados, o aumento da produtividade e a melhoria do bem estar geral dos trabalhadores. A Ginástica Laboral tem por objetivo principal a prevenção de doenças ocupacionais, é realizada no local de trabalho, três vezes por semana ou diariamente, por períodos que variam de 8 a 12 minutos, durante a jornada de trabalho. Ginástica Laboral é a inclusão de alguma atividade física no trabalho diário, a fim de promover a oportunidade para uso diversificado do sistema locomotor e para selecionar uma relação apropriada entre o trabalho e o repouso, permitindo uma boa recuperação durante o trabalho. Através da implantação da Ginástica Laboral, a empresa se beneficia em alguns fatores já comprovados, entre eles a diminuição dos problemas de saúde do trabalhador e com isso um aumento na produtividade da empresa. Isso se dá em razão de uma diminuição das faltas por motivos médicos e também a redução dos acidentes de trabalho. Fisiológicos - prevenir lesões por esforços repetitivos; prevenir lesões; diminuir tensões generalizadas e relaxar; amenizar fadiga emocional e muscular; prevenir estresse; melhorar postura; melhorar a condição do estado geral de saúde. Psicológicos - reforçar a auto estima; aumento da capacidade de concentração no ambiente de trabalho; valorização do funcionário (homem/profissional). Sociais - melhorar o relacionamento interpessoal; melhorar a comunicação interna; participação ativa nas palestras, debates e dinâmicas de grupo. Os resultados indicaram que, mesmo aplicado por um curto período de tempo, o Programa de Ginástica Laboral pode contribuir positivamente para a qualidade de vida de trabalhadores sob intenso estresse. Palavras-chave: Ginástica Laboral. Ergonomia. Prevenção.

7 7 ABSTRACT The Gymnastics Labour, despite having arisen in Poland, its development was given in 1928 in Japan and lasts until this day. At the beginning of the decade, 70, with the arrival of Japanese executives to Brazil was a stimulus for the adoption of this practice in some companies. The practice was widespread throughout the country after World War II, and in 1960, was the consolidation of Gymnastics and compulsory labor compensation. Currently, one third of workers to exercise daily and obtained as a result, increasing productivity and improving general welfare of workers. The Labour Gymnastics main goal is the prevention of occupational diseases, is carried out at work, three times a week or daily, for periods ranging from 8 to 12 minutes during the working day. Gymnastics Labour is the inclusion of some physical activity in daily work in order to promote the opportunity for diversified use of the locomotor system and to select an appropriate relationship between work and rest, allowing a good recovery at work. Through the deployment of Gymnastics Labour, the company benefits already proven in some factors, including the reduction of health problems of the worker and with it an increase in productivity of the company. This is due to a decrease in absences for medical reasons and also the reduction of accidents at work. Physiological - preventing repetitive strain injuries, prevent injuries, reduce tensions and widespread relax; alleviate emotional fatigue and muscular; prevent stress, improve posture, to improve the condition of the general state of health. Psychological - enhance self esteem, increased ability to concentrate in the work environment; recovery of the official (male / professional). Social - improve interpersonal relationships, improve internal communication; active participation in lectures, discussions and group dynamics. The results indicated that even applied for a short period of time, the Programme of Gymnastics Labour can contribute positively to the quality of life of workers under intense stress. Keywords: Gymnastics Labor. Ergonomics. Prevention.

8 8 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 9 CAPITULO I - CONTEXTUALIZAÇÃO TEÓRICA HISTÓRICO DA GINÁSTICA LABORAL Definição de ginástica laboral CAPÍTULO II - GINÁSTICA LABORAL BENEFÍCIO DA GINÁSTICA LABORAL Tipos de ginástica laboral CAPÍTULO III - ANÁLISE DOS RESULTADOS DA GINÁSTICA LABORAL 32 3 RESULTADOS OBTIDOS COM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL CONCLUSÃO REFERÊNCIAS... 47

9 9 INTRODUÇÃO A Ginástica Laboral não é uma atividade recente, no início foi chamada de ginástica de pausa e era destinada a operários. O surgimento da Ginástica Laboral na segunda metade da década de 80, utilizando como medida de promoção de saúde do trabalhador, acompanhou o próprio desenrolar histórico do fenômeno LER/DORT, surgindo atualmente como febre nas empresas no combate do estresse e das lesões do trabalho. Várias definições são utilizadas e principalmente diferentes atribuições são empregadas à prática de Ginástica Laboral. Uma grande carência de fundamentação teórica e cientifica sobre esse método dificulta a definição concreta de seu papel dentro da saúde do trabalho. A Ginástica Laboral é uma atividade física praticada no local de trabalho, de forma voluntária e coletiva pelos funcionários no local de trabalho, sendo um programa de prevenção e compensação, cujo objetivo é a promoção da saúde dos trabalhadores através de uma preparação bio-psico-social. Dias (1994) coloca que a Ginástica Laboral é composta por exercícios específicos de curta duração, realizados no próprio local de trabalho, atuando de forma preventiva e terapêutica, visando despertar o corpo e evitar acidentes de trabalho, prevenir doenças por traumas cumulativos, corrigir vícios posturais, aumentar a disposição para o trabalho, promover integração entre os funcionários e evitar fadiga gerada pelo trabalho. Existem três tipos de Ginástica Laboral aceitos atualmente: Preparatória, compensatória e de Relaxamento. Através da implantação da Ginástica Laboral a empresa se beneficia em alguns fatores já comprovados, entre eles a diminuição dos problemas de saúde do trabalhador e assim um aumento da produtividade. O trabalhador também recebe benefícios, pois grande parte dos exercícios é realizada dentro do ambiente de trabalho, que visam reduzir o impacto e o estresse muscular que o indivíduo sofre durante sua jornada de trabalho. Os programas de Ginástica Laboral devem ser focados de acordo com as necessidades de cada trabalhador, levando em consideração suas atividades individuais e suas limitações. Segundo Pinto (2003) Ginástica

10 10 Laboral adaptada para as necessidades impostas pelo tipo de trabalho, realizada sem sair do posto, em breves períodos de tempo, ao longo de todo o dia de trabalho, pode produzir resultados positivos para os funcionários e para a empresa. Durante a pesquisa surgiu o questionamento: a Ginástica Laboral apresenta resultados positivos em todos os campos de aplicação? Em resposta procurou-se demonstrar os benefícios encontrados com os Programas de Ginástica Laboral. O objetivo deste trabalho é descrever os programas de Ginástica Laboral e agrupar informações encontradas em outros estudos, descrevendo etapas de implantação e os resultados obtidos com a Ginástica Laboral, a partir de revisão bibliográfica. O trabalho está assim dividido: Capítulo I: contextualização teórica. Capítulo II: ginástica laboral. Capítulo III: análise dos resultados da ginástica laboral. Por fim, vem a conclusão.

11 11 CAPITULO I CONTEXTUALIZAÇÃO TEÓRICA 1 HISTÓRICO DA GINÁSTICA LABORAL Sobre a Ginástica Laboral a primeira notícia que se encontra foi editada na Polônia em 1925, onde foi chamada de ginástica de pausa e destinada a operários. Sendo assim a Ginástica Laboral não é uma atividade física recente. Nesse mesmo período pesquisas foram realizadas na Bulgária, Alemanha Oriental e na Holanda. Na Rússia 150mil empresas, envolvendo 5 milhões de funcionários praticavam a ginástica de pausa,adaptada a cada cargo. (CAÑETE apud POLITO; BERGAMASCHI, 2002) Na mesma época, impulsionada pela cultura e tradição oriental, a Ginástica Laboral teve seu grande enraizamento no Japão. Inicialmente era destinada a algumas atividades ocupacionais, mas após a II Guerra Mundial foi difundido por todo o país. A grande propagação da Ginástica Laboral na cultura empresarial japonesa é atribuída à veiculação de um programa de Rádio Taissô, que envolve uma tradicional ginástica rítmica, com exercícios específicos acompanhados por música própria. Atividade que acontece todas as manhãs, sendo transmitida pela rádio, por pessoas especialmente treinadas e é praticada não somente nas fábricas ou ambientes de trabalho no início do expediente, mas também nas ruas e residências. Apesar de ter surgido na Polônia, o seu desenvolvimento se deu em 1928 no Japão e perdura até os dias de hoje. Segundo Cañete (apud POLITO; BERGAMASCHI, 2002) essa prática foi difundida em todo o país após a II Guerra Mundial, e em 1960, ocorreu à consolidação e a obrigatoriedade da Ginástica Laboral compensatória. Atualmente, um terço dos trabalhadores exercitam-se diariamente, tendo obtido como resultados, o aumento da produtividade e a melhoria do bem estar geral dos trabalhadores.

12 12 Dentro do contexto brasileiro, alguns indícios da influência japonesa mostram um pouco da evolução histórica da cultura da realização da Ginástica Laboral no país. No Brasil mais especificamente nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Mato Grosso do Sul, a Federação de Rádio Taissô, coordena mais de cinco mil praticantes da Ginástica Laboral que chegou ao Brasil através de executivos nipônicos em 1963, nos estaleiros Ishikvajima. Desde 14/03/1996, passou a vigorar a lei estadual número 9345, em SP, promulgada pelo governador Mário Covas, instituindo o dia da Rádio Taissô, comemorado em 18 de junho. (POLITO; BERGAMASCHI, 2002) No início da década de 70, com a chegada de executivos japoneses ao Brasil, houve um estímulo para a adoção dessa prática em algumas empresas. Em 1973, houve uma experiência pioneira no país baseada em uma proposta elaborada pela Federação de Estabelecimento de Ensino Superior em Novo Hamburgo/RS. Essa proposta, oriunda de uma experiência pioneira, foi pautada em exercícios fundamentados em análise biomecânica com objetivo de relaxamento da musculatura agônica pela contração das antagônicas, dada à exigência funcional unilateral. Para esse tipo de programa de exercícios físicos intitulou-se educação física compensatória e recreação. Sua finalidade era esclarecer e nortear a criação de um centro de educação física junto às empresas. Segundo Schmitz (2003), em 1978 a mesma federação juntamente com o SESI, adotaram o mesmo programa diferenciando-o do primeiro de Ginástica Laboral compensatória, visando aprofundar estudos nessa área ainda em caráter experimental, para combater a chamada doença dos digitadores. Pois foi a primeira doença reconhecida legalmente em 1987, portaria de número 4602 no Ministério da Previdência e Assistência Social, como doença profissional. (SATO apud POLITO; BERGAMASCHI, 2002) Com o objetivo do estudo realizado pela Federação mais o SESI, serem apenas de estudos, e a mentalidade na época não favorecia a implantação desse tipo de trabalho, assim como resultados que dessem base para a implementação do programa em outras empresas, levando a Ginástica Laboral a entrar no esquecimento por um longo período. Após algumas experiências

13 13 isoladas no país envolvendo a Ginástica Laboral até o final dos anos 70, houve um período em que sua aplicação caiu no esquecimento. Para Polito; Bergamaschi (2002), isso só, pode ser atribuído à carência de resultados que surgissem de base para a disseminação da Ginástica Laboral. A partir da metade da década de 80 houve uma retomada da utilização desse método. Na mesma época em 1987, acontecia o reconhecimento da tenossinovite como doença profissional através da portaria número 4602 do ministério da previdência e Assistência Social. Esse fato exigiu maiores medidas de enfrentamento social a cerca da ameaça das lesões, principalmente por parte do empresariado. Na mesma época, era iniciado a ênfase à qualidade de vida no trabalho. Dessa forma, o surgimento da Ginástica Laboral na segunda metade da década de 80, utilizando como medida de promoção da saúde do trabalhador, acompanhou o próprio desenrolar histórico do fenômeno LER/DORT, surgindo atualmente como febre nas empresas no combate do estresse e das lesões do trabalho. 1.1 Definição de ginástica laboral É importante fazer distinção entre atividade física no local de trabalho e fora dele e Ginástica Laboral, pois essas duas práticas têm objetivos diversos e diferem significativamente nos meios e instrumentos que utilizam. Os programas de atividade física consistem em incentivos a prática de esportes ou atividades que levem a um maior dispêndio de energia e movimentação da musculatura. Em geral recomenda-se a prática de exercícios físicos pelo menos três vezes por semana, com duração de aproximadamente uma hora por sessão. Para isso existem as academias e centros esportivos, em geral fora do ambiente de trabalho. A Ginástica Laboral tem por objetivo principal a prevenção de doenças ocupacionais, é realizada no local de trabalho, três vezes por semana ou diariamente, por períodos que variam de 8 a 12 minutos, durante a jornada de trabalho. Várias definições são utilizadas e principalmente diferentes atribuições são empregadas à prática da Ginástica Laboral. Uma grande carência de fundamentação teórica e científica sobre esse método dificulta a definição

14 14 concreta de seu papel dentro da saúde do trabalho. Dentro desse contexto, a aplicação prática das diferentes interpretações e propósitos da Ginástica Laboral apresenta-se de forma diversificada. Assim enquadram-se na definição de Ginástica Laboral: a) atividades recreacionais com exercícios físicos em empresas; b) atividades físicas programada no trabalho, de leve a moderada, com exercícios pré definidos e instalados nas pausas programadas da jornada de trabalho; c) exercícios orientados e supervisionados por profissionais ou de auto gestão, comandados pelos próprios funcionários, que nesse caso são comumente chamados de multiplicadores; d) atividades que mesclam esses dois tipos de abordagem; e) existe ainda uma série de outras formas de interpretação e aplicação de exercícios como forma de prevenção de saúde no trabalho. Essas atividades, genericamente e por convenção têm sido chamadas de ginástica laboral, pois muitos casos não se enquadram na carente conceituação teórica existente. Leite (1999) define a Ginástica Laboral como atividade física praticada no local de trabalho de forma voluntária e coletiva pelos funcionários na hora do expediente. Guerra (1997) complementa afirmando que é um programa de prevenção e compensação, cujo objetivo é a promoção da saúde dos trabalhadores através de uma preparação bio-psico-social. Dias (1994) coloca que a Ginástica Laboral é composta por exercícios específicos de curta duração, realizados no próprio local de trabalho, atuando de forma preventiva e terapêutica, visando despertar o corpo e reduzir acidentes de trabalho, prevenir doenças por traumas cumulativos, corrigir vícios posturais, aumentar a disposição para o trabalho, promover integração entre os funcionários e evitar fadiga gerada pelo trabalho. A Ginástica Laboral é também chamada de compensatória, devendo atuar sobre as sinergias musculares antagônicas às que se encontram ativas durante o trabalho. Esse tipo de trabalho visa proporcionar a compensação e o equilíbrio funcional, assim como também atuar como uma recuperação ativa, de forma a aproveitar as pausas regulares durante a jornada de trabalho para

15 15 exercitar os músculos correspondentes e relaxar os grupos musculares que estão em contração durante o trabalho, com intuito de prevenir a fadiga. A Ginástica Laboral Compensatória é a ginástica que tenta impedir que se instalem vícios posturais durante as atividades habituais, principalmente as de trabalho. Utiliza exercícios que atuam sobre musculaturas pouco solicitadas e relaxam aquelas que trabalham em demasia. Afirma ainda, que nesse tipo de Ginástica Laboral obtém-se melhores resultados iniciando-se pelo relaxamento dos segmentos periféricos e aos poucos atingindo os centrais e ainda,alongamentos musculares seguidos de movimentos ativos simples executados durante pausas de sete a dez minutos,em cada período de três a quatro horas de trabalho. A Ginástica Laboral, para Dias (1994), é definida como Ginástica Laboral Preparatória e visa à realização de exercícios específicos dentro do local de trabalho, atuando de forma preventiva e terapêutica. Essa definição baseia-se em um projeto de ginástica em uma empresa realizado em 1989, que foi desenvolvido com exercícios preventivos e terapêuticos realizados dentro do ambiente de trabalho, proposto sobretudo, como mecanismo de prevenção de doenças por traumas cumulativos. A Ginástica Laboral Preparatória consiste de uma série de exercícios que prepara o indivíduo para o trabalho de velocidade, força ou resistência. Visa o aquecimento da musculatura e das articulações que serão utilizadas. Astrand; Rodahl (apud PIMENTEL, 1999), referem-se à Ginástica Laboral como sendo a inclusão de alguma atividade física no trabalho diário, a fim de promover a oportunidade para uso diversificado do sistema locomotor e para selecionar uma relação apropriada entre o trabalho e o repouso, permitindo uma boa recuperação durante o trabalho. De forma geral as bases teóricas existentes sobre Ginástica Laboral a classificam: Ginástica Laboral Preparatória; Ginástica Laboral Compensatória; Ginástica Laboral Corretiva. (TARGA apud CANETE, 1996; MARTINS, 2001; DIAS, 1994; ALVES; VALE, 1999) Há referências também a um quarto tipo chamada de Ginástica de Manutenção ou Conservação, embora pouco utilizada. (LEITE, 1999) Além das conceituações de Ginástica Laboral compensatória e Ginástica Laboral preparatória, a Ginástica Laboral é definida como a ginástica que tem

16 16 por objetivo restabelecer o antagonismo muscular utilizando exercícios físicos específicos que fortalecem os músculos alongados e alongam os músculos encurtados. Destina-se aos indivíduos de deficiências não patológicas, sendo aplicadas a um número reduzido de pessoas que apresentam a mesma característica postural, fora da sessão comum. (LEITE, 1999) A Ginástica de Manutenção envolve a Ginástica que visa manter o equilíbrio morfofisiológico e caracteriza-se por um programa de trabalho aeróbico visando prevenir ou combater doenças crônico-degenerativas como:diabetes,cardiopatias,obesidade,sedentarismo,doenças respiratórias e outras. (LEITE, 1999) Em uma definição genérica a Ginástica Laboral é a atividade física programada realizada no ambiente e durante o expediente de trabalho. (CAÑETE, 1996). Esta definição converge com o fato de que diferentes formas de atividades físicas e recreativas sejam chamadas na prática de Ginástica Laboral. Bawa (1997), apresenta o que chama de Ginástica de pausa, tendo sido criada por Sheila Lee, como sendo uma série de exercícios leves,criados especialmente por usuários de computadores. Em outra definição a Ginástica Laboral consiste em exercícios realizados no local do trabalho, atuando de forma preventiva e terapêutica no caso da LER/DORT, sem levar o trabalhador ao cansaço, por ser de curta duração e enfatizar o alongamento e a compensação das estruturas musculares envolvidas nas tarefas ocupacionais diárias. (LABOR PHYSICAL, 2004; GUERRA, 1997; MGM, 2004) Leite (1999) define Ginástica laboral como atividade física praticada no local de trabalho de forma voluntária e coletiva pelos funcionários na hora do expediente. Esta pode ser preparatória quando realizada no início do expediente ou compensatória quando realizada no meio do expediente. Guerra (1997) complementa afirmando que é um programa de prevenção e compensação, cujo objetivo é a promoção da saúde dos trabalhadores, através de uma preparação bio-psico-social. Dias (1994), coloca que a Ginástica Laboral é composta por exercícios específicos de curta duração, realizados no próprio local de trabalho, atuando de forma preventiva e terapêutica, e reduzir acidentes de trabalho, prevenir

17 17 doenças por traumas cumulativos, corrigir vícios posturais, aumentar a disposição para o trabalho, promover a integração entre os funcionários e evitar a fadiga gerada pelo trabalho. A Ginástica Laboral nada mais é do que a prática de exercício físico orientado e dirigido durante o horário de expediente e no local de trabalho, isto é, existe uma pausa par a que possam ser realizada os exercícios físicos que visam benefícios pessoais e no trabalho. Tem como principal objetivo minimizar os impactos negativos oriundos do sedentarismo na vida e na saúde do trabalhador. (CARVALHO, 1995) Uma definição clássica também conhecida é a do Serviço Social da Indústria (SESI), que caracteriza como a prática voluntária de atividades físicas realizadas pelos trabalhadores, coletivamente, dentro do próprio local de trabalho, durante a jornada diária. (SESI, 2002) Além das terminologias usuais de Ginástica laboral ou de pausa, essas terminologias são também conhecidas como Cinesioterapia Laboral, tendo como objetivos a busca de alguns benefícios físicos e psicológicos e sociais do trabalhador, influenciando em sua qualidade de vida indireta e diretamente e promovendo melhorias no ambiente de trabalho e produtividade. Couto (1995) enfatiza a importância da pausa para o organismo humano. Dentre os mecanismos que previnem as lesões, através de pausas em atividades repetitivas, podemos destacar que o fluxo de sangue normal retira a concentração acumuladas de ácido láctico muscular, evitando possíveis irritações nas terminações nervosas livres, os tendões retornam as suas estruturas normais, voltando a sua formação normal; lubrificação dos tendões pelo líquido sinovial, evitando atrito interestrutural. Este tipo de atividade vem crescendo e ganhando espaço dentro das empresas, uma vez que diminui os efeitos negativos do trabalho. Não só problemas físicos, mas também psicológicos (conflitos interpessoais, estresse, baixa concentração) e sociais (trabalho em equipe, relacionamento social). Isto é, visa à promoção da saúde psicossomática do trabalhador, a melhoria do relacionamento interpessoal no trabalho, além do aumento da produtividade.

18 18 CAPÍTULO II GINÁSTICA LABORAL 2 BENEFÍCIO DA GINÁSTICA LABORAL A influência benéfica da atividade física sobre a dimensão da qualidade de vida segundo Silva (2004), se dá sob múltiplos aspectos, especialmente os efeitos nocivos do estresse e o melhor gerenciamento das tensões próprias do viver. Através da implantação da Ginástica Laboral, a empresa se beneficia em alguns fatores já comprovados, entre eles a diminuição dos problemas de saúde do trabalhador e com isso um aumento na produtividade da empresa. Isso se dá em razão de uma diminuição das faltas por motivos médicos e também a redução dos acidentes de trabalho. O trabalhador recebe benefícios, pois grande parte dos exercícios é executada durante aulas, que visam reduzir o impacto e o estresse muscular que o indivíduo sofre durante sua jornada de trabalho São diversos os resultados obtidos com a introdução de um programa de Ginástica Laboral (OLIVEIRA apud SILVA, 2004): a) melhoria da condição de saúde geral de todos os funcionários; b) melhor adaptação ao posto de trabalho; c) melhoria da produção (quantitativamente e qualitativamente); d) melhora do clima organizacional; e) diminuição das queixas relativas à dor; f) diminuição na procura ambulatorial; g) diminuição dos acidentes de trabalho; h) diminuição dos afastamentos por DORT; i) melhoria do atendimento ao cliente externo. É bastante importante salientar que a Ginástica Laboral faz parte de um projeto de qualidade de vida no trabalho com seus objetivos voltados a saúde do trabalhador e tal projeto tem parâmetros ergonômicos que não se restringem somente a prática de atividade física. Conforme a literatura os principais benefícios que a Ginástica Laboral traz para as empresas são:

19 19 a) aumento da produtividade; b) diminuição de incidência de doenças ocupacionais; c) menores gastos com despesas médicas; d) marketing social; e) redução do índice de absenteísmo e rotatividade de funcionários; f) redução do número de erros e falhas, pois os funcionários ficam mais espertos e motivados. g) Já os benefícios para os funcionários são: h) melhora da auto estima; i) redução de dores; j) redução do estresse e alívio de tensões; k) melhoria do relacionamento interpessoal; l) aumento da resistência à fadiga central e periférica; m) aumento da disposição e motivação para o trabalho; n) melhora da saúde física, mental e espiritual. Para Cañete (1996) a Ginástica Laboral pode fornecer todos esses benefícios dependendo da competência, grau de conscientização e postura ética adotada pelos profissionais que a conduzem. Targa (apud CAÑETE 1996) complementa, afirmando que a atividade física pode ser uma faca de dois gumes, dependendo do profissional que a oriente,pode ser um instrumento de alto valor educativo promovendo a saúde ou se cair em mãos incompetentes, poderá produzir lesões e qualidades físicas e morais negativas. É necessário compreender todo o projeto de intervenção a curto, médio e longo prazo na qualidade de vida dos funcionários participantes. Assim, a Ginástica Laboral compõe uma das ações efetivas nesse programa de qualidade de vida, sendo necessário também uma reeducação alimentar, orientações ergonômicas e estruturais, acompanhamento médico preventivo e estímulos ao desenvolvimento de hábitos saudáveis dentro e fora do ambiente de trabalho. Por falta de estímulos, basicamente educacionais, os indivíduos crescem adquirindo vícios dos mais diversos, só retornando suas preocupações com a saúde na terceira idade,quando se encontram frente com doenças e seqüelas,muitas delas evitáveis através da adoção de uma postura mais saudável durante a juventude e seu período laboral.

20 20 Ultimamente é possível perceber uma mudança nesses valores, devido a maior conscientização da população sobre a importância em melhorar sua qualidade de vida. Para tanto, o indivíduo passa a procurar uma alimentação mais equilibrada, realizar atividades que lhe tragam prazer, iniciando ou retornando a prática de atividades físicas regulares. Dessa forma é possível prevenir enfermidades psicossomáticas. Segundo Catarino Filho (apud SILVA, 2004) há diversos benefícios com a implantação da Ginástica Laboral: a) fisiológicos: diminuição da inflamação e traumas; melhora da postura; diminuição da tensão muscular desnecessária; diminuição do esforço na execução das tarefas diárias; facilita a adaptação ao posto de trabalho; melhora a condição do estado de saúde geral; provoca aumento da circulação sanguínea ao nível da estrutura muscular, melhorando a oxigenação dos músculos e tendões e diminui o acúmulo de ácido láctico; b) psicológicos: favorece a mudança da rotina; promove um clima motivacional favorável no trabalho; reforça a auto estima; mostra a preocupação da empresa com seus funcionários; melhora a capacidade de concentração no trabalho e convívio social; c) sociais: desperta o surgimento de novas lideranças; favorece o contato pessoal; promove a integração social; favorece o sentido de grupo; melhora o relacionamento. Na Europa, países como França, Bélgica e Suécia adotam a Ginástica Laboral e realizam pesquisa sobre o assunto. Os resultados mostram influencias positivas sobre o tempo de reação, a coordenação, a sensibilidade e a atenção, proporcionando estímulos de ordem psicológica, facilidade de realizar o trabalho e diminuição da fadiga. Outros aspectos que as pesquisas têm enfocado são atenção e concentração, utilizando testes de atenção, constatou que o número de erros era menor entre os mecanógrafos que se submetiam ao programa de Ginástica Laboral do que tinham apenas repouso passivo na jornada de trabalho. (CAÑETE, 1996) Segundo Achour (1999), o aquecimento contribui também para a redução da viscosidade intermuscular, o que diminui o tempo de tramitação das

21 21 mensagens nervosas e aumenta a velocidade de contração muscular. Conseqüentemente isso resulta em melhor capacidade de esforço físico. A Ginástica Laboral não sobrecarrega e não leva o funcionário ao cansaço porque é leve e de curta duração. Com isso, espera-se prevenir fadiga muscular, diminui a dor e os índices de acidentes de trabalho, corrige vícios posturais, aumenta a disposição do funcionário no início e nas pausas de trabalho e transforma-se num meio de valorizar e incentivar a prática de atividades físicas como instrumento de promoção de saúde e do desempenho profissional. Assim, a partir da diminuição do sedentarismo, do controle do estresse e da melhoria da qualidade de vida, aumenta a performance profissional, pessoal e social ocorrerá naturalmente. A busca por soluções eficazes de controle e combate de doenças ocupacionais, redução da dor e do desconforto do trabalhador tem sido um grande desafio para os empresários e profissionais da saúde que interagem com essa população. A Ginástica Laboral hoje no Brasil é uma realidade e sua especificidade tem sido abordada e aprimorada pelos pesquisadores, que convergem seus esforços protocolando cientificamente o benefício para a qualidade de vida do trabalhador. Observa-se que no mundo atual que a tecnologia apesar de ter facilitado em muito a vida das pessoas, também as tornou mais sedentárias. (DISHMAN; BUCKWORTH, 1996) Sabe-se que os custos econômicos com o sedentarismo são consideráveis e apesar do grande esforço realizado pela mídia e pelos órgãos competentes somente uma minoria de adultos se engajam na prática em um grau suficiente para manter ou melhorar a saúde. (CASPERSEN; MERRITT, 1985) O ambiente de trabalho oferece grandes oportunidades para encorajar ou incentivar os adultos em aumentar o seu nível de prática de exercício físico. Muitas empresas têm implementado nesses ambientes intervenções através da prática de exercício físico que apontam aumento da produtividade e redução dos custos com saúde. (DISHMAN; BUCKWORTH, 1996)

A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR.

A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR. A GINÁSTICA LABORAL E OS SEUS EFEITOS NA RELAÇÃO DE EMPREGO: VANTAGENS E BENEFÍCIOS PARA EMPREGADO E EMPREGADOR. Márcia Maria Maia Advogada, pós-graduada em Direito Público e pós-graduanda em Direito e

Leia mais

AS VARIAÇÕES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS APLICADOS NAS SESSÕES DE GINÁSTICA LABORAL

AS VARIAÇÕES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS APLICADOS NAS SESSÕES DE GINÁSTICA LABORAL AS VARIAÇÕES DE EXERCÍCIOS FÍSICOS APLICADOS NAS SESSÕES DE GINÁSTICA LABORAL Junior, A. C. de J. Sebastião, J. S. Pimentel, E. S. Moreira, R. S. T.. RESUMO A área da ginástica laboral vem crescendo bastante

Leia mais

Programa de Ginástica Laboral

Programa de Ginástica Laboral Programa de Ginástica Laboral 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Programa de Ginástica Laboral (PGL) Promoção e Organização: Centro de Educação Física, Esportes e Recreação Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto.

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL: OS CONTRASTES NOS RESULTADOS QUANDO ORIENTADA PELO EDUCADOR FÍSICO

A GINÁSTICA LABORAL: OS CONTRASTES NOS RESULTADOS QUANDO ORIENTADA PELO EDUCADOR FÍSICO A GINÁSTICA LABORAL: OS CONTRASTES NOS RESULTADOS QUANDO ORIENTADA PELO EDUCADOR FÍSICO Wagner Hauer Argenton 1 Rafael Godoy Cancelli Evandete Mitue Centro Universitário Positivo, Curitiba, PR Resumo:

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL: PRÁTICA DE RESULTADO OU MODISMO? David Marcos Emérito de Araújo 1 Leyla Regis de Meneses Sousa 1

GINÁSTICA LABORAL: PRÁTICA DE RESULTADO OU MODISMO? David Marcos Emérito de Araújo 1 Leyla Regis de Meneses Sousa 1 GINÁSTICA LABORAL: PRÁTICA DE RESULTADO OU MODISMO? David Marcos Emérito de Araújo 1 Leyla Regis de Meneses Sousa 1 1 Professor(a) Departamento de Educação Física, UFPI d.emerito@uol.com.br RESUMO A Ginástica

Leia mais

Atividade Física no Ambiente de Trabalho

Atividade Física no Ambiente de Trabalho Atividade Física no Ambiente de Trabalho Centro de Medicina da Atividade Física e do Esporte CEMAFE Escola Paulista de Medicina - EPM Universidade Federal de São Paulo UNIFESP 2007 Ginástica Laboral Histórico

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL OUTRAS DENOMINAÇÕES

GINÁSTICA LABORAL OUTRAS DENOMINAÇÕES GINÁSTICA LABORAL GYMNASTIKÉ = Arte de exercitar o corpo LABOR = Trabalho OUTRAS DENOMINAÇÕES - Ginástica Ocupacional - Cinesioterapia Laboral - Ginástica do trabalho Sua prática é responsável pela redução

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR

GINÁSTICA LABORAL: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR GINÁSTICA LABORAL: UMA ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR Carina Fátima Brum 1, Tahiana Cadore Lorenzet Zorzi 2 RESUMO: O projeto de ginástica laboral na Unochapecó iniciou suas atividades em fevereiro de 2003

Leia mais

OS EFEITOS DA GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA DE GANHO FUNCIONAL PARA FUNCIONÁRIOS EM AMBIENTE CORPORATIVO INSTITUTO FEDERAL DO PIAUÍ

OS EFEITOS DA GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA DE GANHO FUNCIONAL PARA FUNCIONÁRIOS EM AMBIENTE CORPORATIVO INSTITUTO FEDERAL DO PIAUÍ OS EFEITOS DA GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA DE GANHO FUNCIONAL PARA FUNCIONÁRIOS EM AMBIENTE CORPORATIVO ORIENTADOR: PROF.MSC.EDVALDO CÉSAR DA SILVA OLIVEIRA ALUNO: DEBORAH TALLYTA MELO DA SILVA INSTITUTO

Leia mais

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 3.1 Conteúdo: Atividade física preventiva.

FORTALECENDO SABERES EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 3.1 Conteúdo: Atividade física preventiva. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 3.1 Conteúdo: Atividade física preventiva. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Entender os benefícios

Leia mais

Ginástica Laboral: um Meio de Promover Qualidade de Vida no Trabalho

Ginástica Laboral: um Meio de Promover Qualidade de Vida no Trabalho 26 Ginástica Laboral: um Meio de Promover Qualidade de Vida no Trabalho Rossane Alves de Mancilha Especialista em Gestão da Qualidade de Vida na Empresa - UNICAMP Trabalhar em conjunto é uma copiosa fonte

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL

QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO UTILIZANDO A GINÁSTICA LABORAL Alessandra Prado de Souza, Ana Eliza Gonçalves Santos, Jaciara Nazareth Campos Palma, Karine Aparecida Silvério, Leonardo Ferreira, Matheus

Leia mais

PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NA EMPRESA

PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NA EMPRESA PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NA EMPRESA Profª Ms. Laurecy Dias dos Santos 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 HISTÓRICO Polônia (1925) Ginástica de Pausa Experiências em outros países:

Leia mais

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos Fisioterapeuta: Adriana Lopes de Oliveira CREFITO 3281-LTT-F GO Ergonomia ERGONOMIA - palavra de origem grega, onde: ERGO = trabalho e NOMOS

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SOBRE A GINÁSTICA LABORAL

A PERCEPÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SOBRE A GINÁSTICA LABORAL 10. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004

Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004 Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004 UDESC na Empresa - Programa de Atividade Física Área Temática de saúde Resumo O presente artigo visa

Leia mais

Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse

Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse 12 Programas de Promoção de Saúde Para o Trabalhador Escolar: Ginástica Laboral e Controle do Estresse Ricardo Martineli Massola Mestre em Qualidade de Vida, Saúde Coletiva e Atividade Física na UNICAMP

Leia mais

O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE

O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE UM ESTUDO QUANTO À APLICABILLIDADE DO PROGRAMA PARA COLETORES DE LIXO DO MUNICÍPIO DE NITERÓI ALESSANDRA ABREU LOUBACK, RAFAEL GRIFFO

Leia mais

Título: AVALIAÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR POR MEIO DA ANÁLISE ERGONÔMICA EM FUNCIONÁRIOS DA INDÚSTRIA CAMERA.

Título: AVALIAÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR POR MEIO DA ANÁLISE ERGONÔMICA EM FUNCIONÁRIOS DA INDÚSTRIA CAMERA. Título: AVALIAÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR POR MEIO DA ANÁLISE ERGONÔMICA EM FUNCIONÁRIOS DA INDÚSTRIA CAMERA. AQUINO, Ariane; HAAS, Daniela; PIRES, Ana Helena Braga; VIDAL, Paula Cristina V. Universidade

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL Prof. Juliana Moreli Barreto

GINÁSTICA LABORAL Prof. Juliana Moreli Barreto GINÁSTICA LABORAL Prof. Juliana Moreli Barreto OFICINA PRÁTICA Aprenda a ministrar aulas de ginástica laboral GINÁSTICA LABORAL - Objetivos e benefícios do programa - Formas de aplicação atualmente - Periodização

Leia mais

OS BENEFÍCIOS DA GINÁSTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DOS DISTÚRBIOS OSTEOMUSCULARES RELACIONADOS AO TRABALHO 1

OS BENEFÍCIOS DA GINÁSTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DOS DISTÚRBIOS OSTEOMUSCULARES RELACIONADOS AO TRABALHO 1 OS BENEFÍCIOS DA GINÁSTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DOS DISTÚRBIOS OSTEOMUSCULARES RELACIONADOS AO TRABALHO 1 Thiago Augusto Galliza 2 Alex Sandro Goetten 3 RESUMO: Este estudo traz como a Ginástica Laboral

Leia mais

A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES

A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES A GINÁSTICA LABORAL COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA NO SETOR DE COZINHA EM RESTAURANTES Alexandre Crespo Coelho da Silva Pinto Fisioterapeuta Mestrando em Engenharia de Produção UFSC

Leia mais

Sintomas da LER- DORT

Sintomas da LER- DORT LER-DORT A LER e DORT são as siglas para Lesões por Esforços Repetitivos e Distúrbios Osteo-musculares Relacionados ao Trabalho. Os termos LER/DORT são usados para determinar as afecções que podem lesar

Leia mais

GINÁSTICA LABORAL. Como tudo começou

GINÁSTICA LABORAL. Como tudo começou GINÁSTICA LABORAL A necessidade da prática de exercícios físicos no local de trabalho remonta a Revolução Industrial (Inglaterra, século XVIII). A partir desta época, o número de funcionários com Lesões

Leia mais

NR 17 - ERGONOMIA. Portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07

NR 17 - ERGONOMIA. Portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07 NR 17 - ERGONOMIA Portaria 3.214, de 08 de junho de 1978 06/07 Esta Norma Regulamentadora visa a estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas

Leia mais

Qualidade de vida no trabalho o papel da ginástica laboral

Qualidade de vida no trabalho o papel da ginástica laboral Qualidade de vida no trabalho o papel da ginástica laboral Márcia de Ávila e Lara Estudante do curso de Educação Física - (UFV) - avilaelara@yahoo.com.br Felipe Alves Soares Estudante do curso de Educação

Leia mais

LER/DORT. Dr. Rodrigo Rodarte

LER/DORT. Dr. Rodrigo Rodarte LER/DORT Dr. Rodrigo Rodarte Há dois lados em todas as questões (Pitágoras, 410 445 a.c.) Definição: As L.E.R. são Lesões por Esforços Repetitivos (definição mais antiga) A D.O.R.T. (conhecidas como doenças

Leia mais

1. Documento: 20026-2015-3

1. Documento: 20026-2015-3 1. Documento: 20026-2015-3 1.1. Dados do Protocolo Número: 20026/2015 Situação: Ativo Tipo Documento: Comunicação Interna - CI Assunto: Planejamento estratégico - Metas Unidade Protocoladora: SES - Secretaria

Leia mais

Influência da ginástica laboral em funcionários que trabalham com telemarketing

Influência da ginástica laboral em funcionários que trabalham com telemarketing 1 Influência da ginástica laboral em funcionários que trabalham com telemarketing Introdução A ginástica laboral tem como objetivo minimizar os impactos negativos oriundos do sedentarismo do trabalhador

Leia mais

IMPLANTAÇÃO E AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL: UM ESTUDO PILOTO REALIZADO JUNTO A COLABORADORES DE UM HOSPITAL PRIVADO

IMPLANTAÇÃO E AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL: UM ESTUDO PILOTO REALIZADO JUNTO A COLABORADORES DE UM HOSPITAL PRIVADO IMPLANTAÇÃO E AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL: UM ESTUDO PILOTO REALIZADO JUNTO A COLABORADORES DE UM HOSPITAL PRIVADO Maria Cecilia Rezek Juliano 1 Silvia Renata Rezek Juliano 1 Maria Clara

Leia mais

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres

Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres 2 Proposta para Implantação do Programa Atividade Física & Mulheres Ana Paula Bueno de Moraes Oliveira Graduada em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUC Campinas Especialista

Leia mais

A PRESCRIÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL A PARTIR DA AVALIAÇÃO ERGONÔMICA THE PRESCRIPTION OF STRETCH EXERCISE STARTING FROM THE ERGONOMIC EVALUATION AT WORK

A PRESCRIÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL A PARTIR DA AVALIAÇÃO ERGONÔMICA THE PRESCRIPTION OF STRETCH EXERCISE STARTING FROM THE ERGONOMIC EVALUATION AT WORK A PRESCRIÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL A PARTIR DA AVALIAÇÃO ERGONÔMICA THE PRESCRIPTION OF STRETCH EXERCISE STARTING FROM THE ERGONOMIC EVALUATION AT WORK VÍVIAN DELGADO MONTEIRO NÚCLEO DE ERGONOMIA E SEGURANÇA

Leia mais

CARACTERIZAÇAO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL COMO PREVENÇÃO E REDUÇÃO DA LER/DORT

CARACTERIZAÇAO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL COMO PREVENÇÃO E REDUÇÃO DA LER/DORT CARACTERIZAÇAO DE UM PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL COMO PREVENÇÃO E REDUÇÃO DA LER/DORT PINHEIRO, L. C.; DUTRA, J.; BRASILINO, F.F; MORALES, P. J. C.; HUCH, T.P. Universidade da Região de Joinville Depto.

Leia mais

A relação trabalho, fábricas, máquinas, homens e(m) movimento há alguns

A relação trabalho, fábricas, máquinas, homens e(m) movimento há alguns TÍTULO:PROMOVENDO E RECUPERANDO A SAÚDE DO TRABALHADOR NA EMPRESA: GINÁSTICA LABORAL E CORREÇÃO FUNCIONAL NA ELECTROLUX DO BRASIL. AUTORES: DUARTE, A. C. G. O.; OLIVEIRA, S. B.; ARRUDA, E. A. B.; VENÂNCIO,

Leia mais

Palavras Chave: Fisioterapia preventiva do trabalho; LER/DORT; acidente de trabalho, turnover.

Palavras Chave: Fisioterapia preventiva do trabalho; LER/DORT; acidente de trabalho, turnover. A eficácia da fisioterapia preventiva do trabalho na redução do número de colaboradores em acompanhamento no ambulatório de fisioterapia de uma indústria de fios têxteis Rodrigo Mendes Wiczick (UTFPR)rodrigo_2006@pg.cefetpr.br

Leia mais

Eixo temático: Estratégia e internacionalização de empresas

Eixo temático: Estratégia e internacionalização de empresas Eixo temático: Estratégia e internacionalização de empresas ERGONOMIA E GINÁSTICA LABORAL: SUA IMPORTÂNCIA PARA A QUALIDADE NA VIDA LABORAL BASEADO EM ESTUDO REALIZADO EM UMA EMPRESA SUPERMERCADISTA DE

Leia mais

ERGONOMIA: CONSIDERAÇÕES RELEVANTES PARA O TRABALHO DE ENFERMAGEM

ERGONOMIA: CONSIDERAÇÕES RELEVANTES PARA O TRABALHO DE ENFERMAGEM ERGONOMIA: CONSIDERAÇÕES RELEVANTES PARA O TRABALHO DE ENFERMAGEM ROSÂNGELA MARION DA SILVA 1 LUCIMARA ROCHA 2 JULIANA PETRI TAVARES 3 O presente estudo, uma pesquisa descritiva bibliográfica, tem por

Leia mais

LEANDRO RICARDO DOS SANTOS VIEIRA GINÁSTICA LABORAL: ABORDAGEM FUNCIONAL DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

LEANDRO RICARDO DOS SANTOS VIEIRA GINÁSTICA LABORAL: ABORDAGEM FUNCIONAL DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA LEANDRO RICARDO DOS SANTOS VIEIRA GINÁSTICA LABORAL: ABORDAGEM FUNCIONAL DO PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA Belo Horizonte Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional Universidade Federal

Leia mais

Qualidade de vida no Trabalho

Qualidade de vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho Introdução É quase consenso que as empresas estejam cada vez mais apostando em modelos de gestão voltados para as pessoas, tentando tornar-se as empresas mais humanizadas,

Leia mais

Treino de Alongamento

Treino de Alongamento Treino de Alongamento Ft. Priscila Zanon Candido Avaliação Antes de iniciar qualquer tipo de exercício, considera-se importante que o indivíduo seja submetido a uma avaliação física e médica (Matsudo &

Leia mais

ESTUDO SOBRE OS SINTOMAS DAS LER/DORT EM OPERADORES DE COMPUTADORES NA CIDADE DE SANTA MARIA (RS).

ESTUDO SOBRE OS SINTOMAS DAS LER/DORT EM OPERADORES DE COMPUTADORES NA CIDADE DE SANTA MARIA (RS). ESTUDO SOBRE OS SINTOMAS DAS LER/DORT EM OPERADORES DE COMPUTADORES NA CIDADE DE SANTA MARIA (RS). Daniel Donida Schlottfeldt Graduando de Engenharia de Produção e Tecnologia de Segurança no Trabalho UNISA

Leia mais

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano.

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano. Biomecânica Parte do conhecimento da Ergonomia aplicada ao trabalho origina-se no estudo da máquina humana. Os ossos, os músculos, ligamentos e tendões são os elementos dessa máquina que possibilitam realizar

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAIBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E ARTES CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAIBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E ARTES CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE DO VALE DO PARAIBA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E ARTES CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA A IMPORTANCIA DA GINASTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DE LESOES NO TRABALHO. Noel Farias de Oliveira São José dos Campos/SP

Leia mais

VALÊNCIAS FÍSICAS. 2. VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO: Tempo que é requerido para ir de um ponto a outro o mais rapidamente possível.

VALÊNCIAS FÍSICAS. 2. VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO: Tempo que é requerido para ir de um ponto a outro o mais rapidamente possível. VALÊNCIAS FÍSICAS RESISTÊNCIA AERÓBICA: Qualidade física que permite ao organismo executar uma atividade de baixa para média intensidade por um longo período de tempo. Depende basicamente do estado geral

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO DE GINÁSTICA LABORAL PARA MELHORAR QUALIDADE DE VIDA DOS FUNCIONÁRIOS DA ULBRA/GUAÍBA

PROJETO DE EXTENSÃO DE GINÁSTICA LABORAL PARA MELHORAR QUALIDADE DE VIDA DOS FUNCIONÁRIOS DA ULBRA/GUAÍBA PROJETO DE EXTENSÃO DE GINÁSTICA LABORAL PARA MELHORAR QUALIDADE DE VIDA DOS FUNCIONÁRIOS DA ULBRA/GUAÍBA RESUMO *Luciano Leal Loureiro ** Jésica Finguer O presente texto busca explicar o que é o projeto

Leia mais

LER/DORT. www.cpsol.com.br

LER/DORT. www.cpsol.com.br LER/DORT Prevenção através s da ergonomia DEFINIÇÃO LER: Lesões por Esforços Repetitivos; DORT: Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho; São doenças provocadas pelo uso inadequado e excessivo

Leia mais

Curso de Ginástica Laboral. Ft. Milena Carrijo Dutra

Curso de Ginástica Laboral. Ft. Milena Carrijo Dutra Curso de Ginástica Laboral Ft. Milena Carrijo Dutra I. Introdução Objetivos Curso de capacitação Aprofundar Conhecimentos Networking Conhecer Profissionais capacitados para futura efetivação Definições

Leia mais

ERGONOMIA: ATIVIDADES QUE COMPROMETEM A SAÚDE DO TRABALHADOR

ERGONOMIA: ATIVIDADES QUE COMPROMETEM A SAÚDE DO TRABALHADOR 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 ERGONOMIA: ATIVIDADES QUE COMPROMETEM A SAÚDE DO TRABALHADOR Danielle Satie Kassada 1 ; Fernando Luis Panin Lopes 2 ; Daiane Ayumi Kassada 3 RESUMO: O

Leia mais

SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO. Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse

SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO. Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse SECRETARIA DE RESSOCIALIZAÇÃO Programa de Alívio e Relaxamento do Estresse SUMÁRIO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS EXECUÇÃO CONDIÇÕES GERAIS JUSTIFICATIVA As facilidades e a agitação da vida moderna trouxeram

Leia mais

Carina Cristiane Teodoro Pierini¹; Terezinha Gomes Faria²

Carina Cristiane Teodoro Pierini¹; Terezinha Gomes Faria² V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 7 CONTRIBUIÇÕES DA GINÁSTICA LABORAL PARA A MELHORIA DA CONDIÇÃO FÍSICA DOS ORIENTADORES DE ESTACIONAMENTO REGULAMENTADO

Leia mais

A EFICIÊNCIA DO ALONGAMENTO ESTÁTICO E ALONGAMENTO DINÂMICO NA FLEXIBILIDADE DE TRABALHADORES DE UMA EMPRESA EM BRUSQUE SC

A EFICIÊNCIA DO ALONGAMENTO ESTÁTICO E ALONGAMENTO DINÂMICO NA FLEXIBILIDADE DE TRABALHADORES DE UMA EMPRESA EM BRUSQUE SC A EFICIÊNCIA DO ALONGAMENTO ESTÁTICO E ALONGAMENTO DINÂMICO NA FLEXIBILIDADE DE TRABALHADORES DE UMA EMPRESA EM BRUSQUE SC Corrêa 1, Renan Braz 2, André Luiz de Oliveira RESUMO A flexibilidade é uma das

Leia mais

Ergonomia é o estudo do. relacionamento entre o homem e o seu trabalho, equipamento e ambiente, e. particularmente a aplicação dos

Ergonomia é o estudo do. relacionamento entre o homem e o seu trabalho, equipamento e ambiente, e. particularmente a aplicação dos ERGONOMIA ERGONOMIA relacionamento entre o homem e o seu trabalho, equipamento e ambiente, e conhecimentos de anatomia, fisiologia e psicologia na solução dos problemas surgidos deste relacionamento. Em

Leia mais

Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho

Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho 6 Ginástica Laboral como Meio de Promoção da Qualidade de Vida no Trabalho José Cicero Mangabeira Da Silva Gestor Em Recursos Humanos - Anhanguera Educacional - Campinas-SP Especialista Em Gestão Da Qualidade

Leia mais

Unidade II SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO / BENEFÍCIOS E ASSISTÊNCIA SOCIAL. Prof. Joaquim Ribeiro

Unidade II SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO / BENEFÍCIOS E ASSISTÊNCIA SOCIAL. Prof. Joaquim Ribeiro Unidade II SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO / BENEFÍCIOS E ASSISTÊNCIA SOCIAL Prof. Joaquim Ribeiro 6. Conceito e importância da Ergonomia Origem nas palavras gregas: ergon (trabalho) e nomos (regras). 6.

Leia mais

As Atividades físicas suas definições e benefícios.

As Atividades físicas suas definições e benefícios. As Atividades físicas suas definições e benefícios. MUSCULAÇÃO A musculação, também conhecida como Treinamento com Pesos, ou Treinamento com Carga, tornou-se uma das formas mais conhecidas de exercício,

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA GINASTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS: UMA REVISÃO

A IMPORTÂNCIA DA GINASTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS: UMA REVISÃO UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA ESPECIALIZAÇÃO EM ERGONOMIA SAÚDE E TRABALHO ROBSON TADEU GONÇALVES DE OLIVEIRA A IMPORTÂNCIA DA GINASTICA LABORAL NA PREVENÇÃO

Leia mais

ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação Ponto 06

ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação Ponto 06 ERGONOMIA Notas de Aula-Graduação Ponto 06 Ergonomia dos Sistemas de Produção FADIGA Mario S. Ferreira Abril, 2012 Caráter Multidisciplinar da Abordagem: produtividade, condições de saúde, segurança e

Leia mais

Prof. Gustavo Suriani de Campos Meireles, M.Sc.

Prof. Gustavo Suriani de Campos Meireles, M.Sc. Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso de Graduação em Engenharia de Produção ENG 1090 Introdução à Engenharia de Produção Prof. Gustavo Suriani de Campos Meireles,

Leia mais

ANÁLISE METODOLÓGICA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ERGONOMIA E DA GINÁSTICA LABORAL E AS INFLUÊNCIAS NA QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR RURAL

ANÁLISE METODOLÓGICA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ERGONOMIA E DA GINÁSTICA LABORAL E AS INFLUÊNCIAS NA QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR RURAL 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 ANÁLISE METODOLÓGICA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ERGONOMIA E DA GINÁSTICA LABORAL E AS INFLUÊNCIAS NA QUALIDADE DE VIDA DO TRABALHADOR RURAL Pedro Alberto Vilamaior

Leia mais

Manutenção do programa de ginástica laboral: estudo de caso em um abatedouro e frigorífico de carnes

Manutenção do programa de ginástica laboral: estudo de caso em um abatedouro e frigorífico de carnes Manutenção do programa de laboral: estudo de caso em um abatedouro e frigorífico de carnes Junior ClacindoDefani (PPGEP-UTFPR)jcdefani@ibest.com.br Antonio Augusto Xavier (PPGEP-UTFPR)augustox@cefetpr.com

Leia mais

Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida

Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida 27 Relatório e Proposta de Programa para Grupos Corporativos: Atividade Física na Promoção da Saúde e Qualidade de Vida Simone Simões de Almeida Sganzerla Graduada em Educação Física Especialista em Gestão

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO FÓRUM CLÓVIS BEVILÁQUA APRESENTAÇÃO E-mail para contato: ctifor@tjce.jus.br Nome do trabalho: Projeto Qualidade de Vida: celebrando o equilíbrio mente/corpo no ambiente

Leia mais

OS BENEFÍCIOS DA GINÁSTICA LABORAL E OS POSSÍVEIS MOTIVOS DA NÃO IMPLANTAÇÃO

OS BENEFÍCIOS DA GINÁSTICA LABORAL E OS POSSÍVEIS MOTIVOS DA NÃO IMPLANTAÇÃO 56 OS BENEFÍCIOS DA GINÁSTICA LABORAL E OS POSSÍVEIS MOTIVOS DA NÃO IMPLANTAÇÃO (THE BENEFITS OF WORKPLACE EXERCISE AND POSSIBLE REASONS FOR IT ISN T IMPLANTED) Karina da Silva Ferreira 1 ; André Pereira

Leia mais

Avaliação da saúde no trabalho - O papel da ginástica laboral na qualidade de vida dos garçons e garçonetes da TRIGOLEVE

Avaliação da saúde no trabalho - O papel da ginástica laboral na qualidade de vida dos garçons e garçonetes da TRIGOLEVE Avaliação da saúde no trabalho - O papel da ginástica laboral na qualidade de vida dos garçons e garçonetes da TRIGOLEVE Regiane Maria Soares Ramos Graduanda do curso de Educação Física (UFV) - regiane.ramos@ufv.br

Leia mais

Marcio Roberto Marcelino

Marcio Roberto Marcelino CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Ginástica Laboral: uma proposta para promoção de saúde dos trabalhadores da U.B.S. Santa Tereza Marcio Roberto Marcelino

Leia mais

APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DE SEGURANÇA A SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DE SEGURANÇA A SERVIÇOS DE INFORMÁTICA APLICAÇÃO DOS CONCEITOS DE SEGURANÇA A SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Ana Carla da Silveira Lomba Osvaldo Luis Gonçalves Quelhas Gilson Brito Alves Lima ABSTRACT: The present work wants to stress, trough an application

Leia mais

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO O método pilates é um trabalho que se baseia em exercícios de força e mobilidade utilizando para tal técnicas e exercícios específicos. Este método permite

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA.

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. 1 EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. Tales de Carvalho, MD, PhD. tales@cardiol.br Médico Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte; Doutor em

Leia mais

PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs

PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs 1 PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs 1. RESUMO Sara Cristina Freitas de Oliveira O PREVDORT - Projeto de Prevenção de DORTs é um projeto vinculado à Diretoria de Programas Comunitários da Pró- Reitoria

Leia mais

FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA TELEMONT, NA PREVENÇÃO DA LER/DORT.

FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA TELEMONT, NA PREVENÇÃO DA LER/DORT. Pró-Reitoria Nome de do Graduação autor Curso de Educação Física Trabalho de Conclusão de Curso TCC II A IMPORTÂNCIA TÍTULO DA GINÁSTICA DO PROJETO LABORAL EM FUNCIONÁRIOS DA EMPRESA TELEMONT, NA PREVENÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Luiz Antonio Kowalski

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Luiz Antonio Kowalski UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Luiz Antonio Kowalski PERCEPÇÃO DA IMPORTÂNCIA DA GINÁSTICA LABORAL PARA POLICIAIS MILITARES QUE OCUPAM FUNÇÃO ADMINISTRATIVA CURITIBA 2011 Luiz Antonio Kowalski PERCEPÇÃO

Leia mais

Newsletter do Grupo 4Work Nº 60 Setembro de 2014

Newsletter do Grupo 4Work Nº 60 Setembro de 2014 A 4 Work - Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, Lda., vai realizar a partir do início do mês de Outubro, uma campanha de vacinação antigripal, desenvolvida e dirigida às empresas, independentemente

Leia mais

Seguro saúde - Primeira Etapa do Projeto

Seguro saúde - Primeira Etapa do Projeto Seguro saúde - Primeira Etapa do Projeto 01 Pesquisa de mercado em busca das melhores opções de acordo com o perfil e realidade de sua empresa, apresentando as melhores companhias de Seguros e Empresas

Leia mais

A Empresa Recursos Humanos, Administração de Empresas e Seguros

A Empresa Recursos Humanos, Administração de Empresas e Seguros A Empresa A POLLO Consultoria de Benefícios e Corretora de Seguros é uma empresa, com 14 anos de mercado, especializada em planejar, elaborar, implantar e administrar projetos voltados para as áreas da

Leia mais

A CONTRIBUIÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL PARA MELHORA DO CLIMA ORGANIZACIONAL DAS EMPRESAS. Por: Josiane de Freitas Souza

A CONTRIBUIÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL PARA MELHORA DO CLIMA ORGANIZACIONAL DAS EMPRESAS. Por: Josiane de Freitas Souza UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES INSTITUTO A VEZ DO MESTRE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU A CONTRIBUIÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL PARA MELHORA DO CLIMA ORGANIZACIONAL DAS EMPRESAS Por: Josiane de Freitas Souza Orientador

Leia mais

A Atividade Física como Proposta de Prevenção de Doenças no Trabalhador

A Atividade Física como Proposta de Prevenção de Doenças no Trabalhador 23 A Atividade Física como Proposta de Prevenção de Doenças no Trabalhador Maria Lúcia Cimadon Silvestre Graduada em Psicologia na Universidade São Francisco Especialista em Gestão da Qualidade de Vida

Leia mais

DOENÇA PROFISSIONAL E DO TRABALHO RESUMO

DOENÇA PROFISSIONAL E DO TRABALHO RESUMO 1 DOENÇA PROFISSIONAL E DO TRABALHO Beatriz Adrieli Braz (Discente do 4º ano de administração AEMS) Bruna P. Freitas Godoi (Discente do 4º ano de administração AEMS) Ângela de Souza Brasil (Docente Esp.

Leia mais

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar

A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e o desporto: um meio para melhorar a saúde e o bem-estar A actividade física e os desportos saudáveis são essenciais para a nossa saúde e bem-estar. Actividade física adequada e desporto

Leia mais

Centro de Reeducação Respiratória e Postural S/C Ltda Josleide Baldim Hlatchuk Fisioterapeuta CREFITTO 12.408F

Centro de Reeducação Respiratória e Postural S/C Ltda Josleide Baldim Hlatchuk Fisioterapeuta CREFITTO 12.408F RPG 1. DEFINIÇÃO A Reeducação Postural Global é um método fisioterápico de correção e tratamento da dor, que trabalha sobre as cadeias de tensão muscular utilizando posturas de alongamento excêntrico ativo

Leia mais

PLANO DE TRABALHO IDOSO

PLANO DE TRABALHO IDOSO PLANO DE TRABALHO IDOSO Telefone: (44) 3220-5750 E-mail: centrosesportivos@maringa.pr.gov.br EQUIPE ORGANIZADORA SECRETARIO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER Francisco Favoto DIRETOR DE ESPORTES E LAZER Afonso

Leia mais

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA (bacharelado)

CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA (bacharelado) CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA (bacharelado) Missão Sua missão é tornar-se referência na formação de profissionais para atuar nos diferentes segmentos humanos e sociais, considerando a atividade física e promoção

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU INSTITUTO A VEZ DO MESTRE Ginástica Laboral: Cuidando da Qualidade Física dos Trabalhadores. Por: Ana Paula Fonseca Cavalcante da Costa Orientadora

Leia mais

A importância da Atividade Física

A importância da Atividade Física A importância da Atividade Física Introdução Mas o que é atividade física? De acordo com Marcello Montti, atividade física é definida como um conjunto de ações que um indivíduo ou grupo de pessoas pratica

Leia mais

X JORNADA DE FISIOTERAPIA DE DOURADOS I ENCONTRO DE EGRESSOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIGRAN

X JORNADA DE FISIOTERAPIA DE DOURADOS I ENCONTRO DE EGRESSOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIGRAN 65 Centro Universitário da Grande Dourados X JORNADA DE FISIOTERAPIA DE DOURADOS I ENCONTRO DE EGRESSOS DO CURSO DE FISIOTERAPIA DA UNIGRAN 66 ANÁLISE POSTURAL EM ADOLESCENTES DO SEXO FEMININO NA FASE

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA

A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA A IMPORTÂNCIA DAS TÉCNICAS MINISTRADAS NA DISCIPLINA DE RTM II PARA A ATUAÇÃO PROFISSIONAL DO DISCENTE DE FISIOTERAPIA RESUMO SILVA 1, Thays Gonçalves ALMEIDA 2, Rogério Moreira de Centro de Ciências da

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA GINÁSTICA LABORAL NA GESTÃO DE PESSOAS: UM ESTUDO DE CASO NO IFRN CAMPOS MOSSORÓ-RN.

A IMPORTÂNCIA DA GINÁSTICA LABORAL NA GESTÃO DE PESSOAS: UM ESTUDO DE CASO NO IFRN CAMPOS MOSSORÓ-RN. A IMPORTÂNCIA DA GINÁSTICA LABORAL NA GESTÃO DE PESSOAS: UM ESTUDO DE CASO NO IFRN CAMPOS MOSSORÓ-RN. Valdileno Vieira (1); Elizabeth Duarte de Macedo(2); Nathanny Thuanny de Oliveira Alves (3) (1) IFRN,

Leia mais

Necessidades e Restrições do Idoso Como o corpo envelhece?

Necessidades e Restrições do Idoso Como o corpo envelhece? Necessidades e Restrições do Idoso Como o corpo envelhece? Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Não está exatamente claro como nosso corpo

Leia mais

TECNOLOGIA E BIOMECÂNICA PARA O TRATAMENTO DA DOR MUSCULOESQUELÉTICA TECNOLOGIA E BIOMECÂNICA PARA O TRATAMENTO DA DOR MUSCULOESQUELÉTICA

TECNOLOGIA E BIOMECÂNICA PARA O TRATAMENTO DA DOR MUSCULOESQUELÉTICA TECNOLOGIA E BIOMECÂNICA PARA O TRATAMENTO DA DOR MUSCULOESQUELÉTICA TECNOLOGIA E BIOMECÂNICA PARA O TRATAMENTO DA DOR MUSCULOESQUELÉTICA TECNOLOGIA E BIOMECÂNICA PARA O TRATAMENTO DA DOR MUSCULOESQUELÉTICA As dores musculoesqueléticas atingem 40% da população e representam

Leia mais

E BEM-ESTAR TAMBÉM. exercícios para fazer com SEM ESTRESSE MELHOR IDADE DE VERDADE GESTANTE FELIZ

E BEM-ESTAR TAMBÉM. exercícios para fazer com SEM ESTRESSE MELHOR IDADE DE VERDADE GESTANTE FELIZ O GRANDE guia de PILATES E BEM-ESTAR 40 exercícios para fazer com bola, no solo e nos aparelhos MELHOR IDADE DE VERDADE Conheça o segredo para ganhar mais vitalidade e ainda evitar quedas GESTANTE FELIZ

Leia mais

PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL Conteúdo extraído de: MARTINS, C. O. Ginástica laboral: no escritório. 2ª ed. Várzea Paulista (SP): Fontoura, 2011.

PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL Conteúdo extraído de: MARTINS, C. O. Ginástica laboral: no escritório. 2ª ed. Várzea Paulista (SP): Fontoura, 2011. 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA - CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Disciplina: Ergonomia Professora: Caroline de Oliveira Martins PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL Conteúdo extraído

Leia mais

GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO COM FOCO NO ESTRESSE OCUPACIONAL: UM BREVE ESTUDO DE CASO NA CHESF

GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO COM FOCO NO ESTRESSE OCUPACIONAL: UM BREVE ESTUDO DE CASO NA CHESF GESTÃO DA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO COM FOCO NO ESTRESSE OCUPACIONAL: UM BREVE ESTUDO DE CASO NA CHESF Autor(a): Karla Theonila Vidal Maciel Freitas 1 Introdução As empresas estão dando, cada vez mais,

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA E GINÁSTICA LABORAL: RELATO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM UM ÓRGÃO PÚBLICO DA CIDADE DE ARACAJU

QUALIDADE DE VIDA E GINÁSTICA LABORAL: RELATO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM UM ÓRGÃO PÚBLICO DA CIDADE DE ARACAJU QUALIDADE DE VIDA E GINÁSTICA LABORAL: RELATO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM UM ÓRGÃO PÚBLICO DA CIDADE DE ARACAJU Dyna Rosy Alves de Oliveira 1 Carla Fabiane dos Santos Lemos 2 Marilene Batista da Cruz

Leia mais

Evanir Soares da Fonseca

Evanir Soares da Fonseca CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde AÇÕES DE COMBATE AO ESTRESSE: PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS TRABALHADORES DA SAÚDE DE PARACATU - MG Evanir Soares

Leia mais

Mairá Moreno Lima. Rangel de Andrade Silva FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S.A. Usina Hidroelétrica de Porto Colômbia, Planura, Minas Gerais

Mairá Moreno Lima. Rangel de Andrade Silva FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S.A. Usina Hidroelétrica de Porto Colômbia, Planura, Minas Gerais ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO COMO FERRAMENTA PARA A MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DE TRABALHADORES DO SETOR ADMINISTRATIVO DA EMPRESA FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS S.A., UNIDADE DE PORTO COLÔMBIA, PLANURA,

Leia mais

Higiene do Trabalho. Higiene, Ergonomia e Segurança do Trabalho ERGONOMIA. Programa de Higiene do Trabalho GESTÃO DE PESSOAS. 3o bimestre / 2013

Higiene do Trabalho. Higiene, Ergonomia e Segurança do Trabalho ERGONOMIA. Programa de Higiene do Trabalho GESTÃO DE PESSOAS. 3o bimestre / 2013 GESTÃO DE PESSOAS CEFET-MG / DIVINÓPOLIS 3o bimestre / 2013 Prof. MSc. Antônio Guimarães Campos Higiene, Ergonomia e Segurança do Trabalho Higiene do Trabalho Conjunto de normas e procedimentos que visa

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DO ABC EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA DO ABC FMABC

FACULDADE DE MEDICINA DO ABC MANTIDA PELA FUNDAÇÃO DO ABC EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA DO ABC FMABC RELATÓRIO DOS EXAMES REALIZADOS NOS ÁRBITROS DA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL PELA FACULDADE DE MEDICINA DO ABC FMABC O Núcleo de Saúde no Esporte da Faculdade de Medicina do ABC FMABC, utilizando as suas

Leia mais

Projeto de Qualidade de Vida para Motoristas de Ônibus Urbano

Projeto de Qualidade de Vida para Motoristas de Ônibus Urbano 17 Projeto de Qualidade de Vida para Motoristas de Ônibus Urbano Lilian de Fatima Zanoni Terapeuta Ocupacional pela Universidade de Sorocaba Especialista em Gestão de Qualidade de Vida na Empresa pela

Leia mais

A importância da ginástica laboral na prevenção da ler e dort.

A importância da ginástica laboral na prevenção da ler e dort. 1 A importância da ginástica laboral na prevenção da ler e dort. Ozeneide da Silva dos Santos 1 neidesantos.cl@gmail.com Dayana Priscila Maia Mejia 2 Pós-Graduação em Ortopedia e Traumatologia - Faculdade

Leia mais

Título: Modelo Bioergonomia na Unidade de Correção Postural (Total Care - AMIL)

Título: Modelo Bioergonomia na Unidade de Correção Postural (Total Care - AMIL) Projeto: Unidade de Correção Postural AMIL Título: Modelo Bioergonomia na Unidade de Correção Postural (Total Care - AMIL) Autores: LACOMBE,Patricia, FURLAN, Valter, SONSIN, Katia. Instituição: Instituto

Leia mais

7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010

7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010 7ª Semana de Licenciatura Educação Científica e Tecnológica: Formação, Pesquisa e Carreira De 08 a 11 de junho de 2010 A IMPORTÂNCIA DA GINÁSTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIOANAIS Naiane Carvalho

Leia mais