UNIVERSIDADE DO PARLAMENTO CEARENSE Programa de Pós-Graduação MBA EM FORMAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS INOVADORAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE DO PARLAMENTO CEARENSE Programa de Pós-Graduação MBA EM FORMAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS INOVADORAS"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE DO PARLAMENTO CEARENSE Programa de Pós-Graduação MBA EM FORMAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS INOVADORAS Fortaleza, novembro de

2 POR QUE ESTE PROGRAMA As mudanças tecnológicas aceleradas, as transformações econômicas, a rápida circulação de bens, informações, capitais e valores, a reconfiguração das relações Estado-Sociedade, a democratização política e a emergência de novos atores sociais colocam enormes desafios para os segmentos envolvidos com a formação de políticas públicas. Trata-se de equacionar antigos problemas e enfrentar outros nascidos das novas realidades em um contexto de governança complexa. Identificar os contextos econômico, sócio-político, cultural e institucional em que se formam e conhecer o ciclo completo das políticas públicas e especificidades dos processos de definição de agenda, formulação, análise, implementação e avaliação podem oferecer aos policy-makers os fundamentos para compreensão de experiências inovadoras que se realizam no Nordeste, no Brasil e em outros países. OBJETIVOS O MBA em Formação de Políticas Públicas Inovadoras visa a oferecer a profissionais do Poder Legislativo, do serviço público estadual e da sociedade civil capacitação sólida e continuada em política e administração pública, através da apresentação, discussão e utilização dos conceitos e instrumentos necessários para compreender, formular, analisar, gerir, implementar e avaliar Políticas Públicas consistentes e inovadoras, capazes de contribuir para o desenvolvimento sustentável de um Ceará moderno. A QUEM SE DESTINA O programa interessa a todos os servidores públicos de formação universitária, mas atrai também atores sociais e estudiosos interessados na formação de políticas públicas. ESTRUTURA DO MBA O MBA será oferecido em formato misto, contemplando teorias, conceitos e aplicação de conhecimentos, com aulas expositivas e seminários. Será composto de um seminário de abertura com quatro horas de duração, e quatro módulos. O primeiro módulo compreende quatro disciplinas presenciais de caráter formal, de 24 horas-aula cada, tratando do contexto econômico, social, político e cultural das políticas 2

3 públicas, totalizando 96 horas-aula. O segundo, com três disciplinas, apresenta as bases conceituais e os instrumentos que compõem o ciclo das políticas públicas formulação, análise, implementação e avaliação, bem como os modelos de gestão que possam flexibilizar sua execução, totalizando 72 horas-aula. O terceiro módulo, de Aplicação de Conhecimentos, é composto pelos 12 seminários realizados no âmbito dos FIPs (Fóruns de Ideias Inovadoras em Políticas Públicas), com duração de 12 horas, seguidos de encontro de sistematização de conhecimentos e orientação de trabalho por parte da Coordenação local ou de profissional por ela designado com duração de três horas cada encontro, totalizando 180 horas-aula (12 FIPs acrescidos de 12 encontros de sistematização). Os FIPs discutem temas de políticas públicas inovadoras em torno de problemas emergentes, reunindo profissionais com destacada atuação nas áreas de conhecimento escolhidas. Um pequeno módulo complementar compreende uma disciplina de Metodologia e Orientação do Artigo Científico de conclusão do curso, com 24 horas-aula. PROFESSORES O corpo docente que ministrará o Curso será composto de professores Mestres e Doutores, em sua maioria formados pelas mais prestigiosas universidades do país ou do exterior, conforme a Resolução Nº1, de 8 de junho de 2007, da Câmara de Educação Superior-CES / Conselho Nacional de Educação-CNE / Ministério da Educação-MEC, que estabelece normas para o funcionamento de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de especialização. Além do corpo docente, o curso contará com um corpo de palestrante de alto nível, formado por políticos e profissionais engajados em processos de formulação e implementação de políticas públicas inovadoras. PARTICIPANTES Os alunos serão selecionados entre os participantes dos FIPs já oferecidos, com aproveitamento da carga horária dos fóruns. Se houver disponibilidade de vagas, também poderão ser admitidos novos interessados, que deverão passar por processo seletivo e, neste caso, terão que assistir aos vídeos das palestras já proferidas nos respectivos FIPs, ler o material de apoio e realizar as tarefas correspondentes para integralizar a carga horária necessária. 3

4 SELEÇÃO Serão disponibilizadas 50 (cinquenta) vagas para o MBA. Delas, 50% deverão ser preenchidas por funcionários da Assembleia Legislativa do Ceará e os outros 50% pelos demais interessados que tenham participado dos FIPs. Os participantes dos FIPs já oferecidos serão convidados para uma reunião explanatória sobre o MBA, ocasião em que expressarão o compromisso de ingressar no curso. Caso o número de interessados ultrapasse as vagas disponibilizadas, será realizado processo seletivo constando da análise curricular nos moldes de concurso público. As vagas remanescentes serão disponibilizadas para não participantes interessados obedecendo aos mesmos critérios adotados no processo seletivo indicado anteriormente. METODOLOGIA Utilização de metodologias de ensino que privilegiem a criação de situações participativas de aprendizado, estimulando o processo de integração e o desenvolvimento da capacidade de reflexão e crítica, por meio de aulas expositivas, leituras, trabalhos individuais e de grupo, exercícios, jogos, estudo de casos, simulações. Objetiva-se promover a integração entre os conteúdos com a sua aplicabilidade no contexto da administração pública. Assim, além das aulas expositivas dos dois primeiros módulos, os alunos terão encontros presenciais para sistematização de conhecimentos e orientação do trabalho necessário à avaliação. Esses encontros, correspondentes a cada um dos FIPs realizados ou a realizar, terão duração de três horas. MATERIAL DIDÁTICO O material didático utilizado durante o Curso será entregue pelos respectivos professores, por meio virtual, o qual deverá ser disponibilizado no site da UNIPACE e acessado e organizado pelos discentes em um pen drive que será ofertado gratuitamente pela UNIPACE. Já o material de estudo referente aos Fips será disponibilizado em DVDs com as palestras proferidas, além dos volumes dos Cadernos do INESP que trazem artigos dos palestrantes participantes. 4

5 AVALIAÇÃO A sistemática será orientada pela concepção de avaliação diagnóstica e de acordo com a regulamentação dos Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da UNIPACE. ESTRUTURA CURRICULAR O Curso será organizado com base na seguinte Matriz Curricular, além da elaboração de um Trabalho de Conclusão de Curso - TCC a ser apresentado ao final das atividades discentes. Os detalhamentos da estrutura do Curso estão explicitados no quadro a seguir, bem como o cronograma das disciplinas a serem cursadas. A carga horária total do curso é de 376 horas-aulas. MÓDULOS DISCIPLINAS h/a Seminário de Palestra de abertura e integração do grupo 04 Abertura Mudança Tecnológica, Cultura e Globalização 24 I Desenvolvimento Sustentável e Liberdade Fundamentação h/aula Estado e Cidadania no Brasil 24 II Formação de Políticas Públicas 72 h/aula III Aplicação de Conhecimentos: Políticas Públicas Inovadoras 180 h/aula Estado, Governo e Administração Pública 24 Formulação e Análise de Políticas Públicas Implementação e Avaliação de Políticas Públicas Estratégias de Flexibilização da Gestão Pública Vida, Mobilidade e Felicidade Urbana 15 Idéias para o Crescimento Econômico com Equidade Social 15 Economia Verde. Uma agenda positiva nas esferas públicas e privadas 15 O Cinema brasileiro no contexto audiovisual contemporâneo 15 Experiências internacionais e nacionais de abastecimento de água e esgotamento sanitário 15 O Estatuto da Cidade dez anos depois 15 A Juventude no Contexto da Vida Contemporânea 15 Cidadania Sexual, homofobia e políticas públicas 15 Gestão e Financiamento da Política de Saúde 15 Educação para o Século XXI 15 Cultura e Economia Criativa Limites e possibilidades 15 Bases para um novo Estado Reforma e Política de Gestão Pública 15 Orientação Metodológica para elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso 24 Monografia 24 h-aula TOTAL

6 EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1. Mudança Tecnológica, Cultura e Globalização 24h/aula Mudança Tecnológica e Reestruturação Produtiva. Progresso técnico, comunicação e mercado. Tendências globais. Crise do modo de regulação e crise de legitimação. Mundialização e globalização. Circulação de bens, informações e capitais. Cultura global e localismos. 2. Desenvolvimento Sustentável e Liberdade 24h/aula Mudança Social. Teorias da Modernização. Teorias do Desenvolvimento. Desenvolvimento e Subdesenvolvimento. A abordagem cepalina. Neoliberalismo e desenvolvimento. Do econômico ao social. A dimensão ambiental. Aspectos Institucionais. A cultura importa. Desenvolvimento como expansão de capacidades. 3. Estado e cidadania no Brasil 24h/aula Pobreza e desigualdade. Construção da ordem democrática e participativa. Descentralização, participação e cidadania. Tarefas políticas da nova década. Estado, Mercado e Sociedade Civil. Redefinição das relações público-privado, Estado e Sociedade. Cidadania. Definição. Direitos e deveres. Participação social. Democracia. Sujeitos políticos; governabilidade e governança. Relações Estado-Sociedade. Reforma do Estado e dinâmica política e reforma do Estado. 4. Estado, Governo e Administração Pública 24h/aula Conceitos básicos. Funções e papéis do Estado. Organização governamental brasileira. Intervenção do Estado no domínio econômico. Federalismo, competências dos entes federativos e relações intergovernamentais. Administração local. Divisão de poderes e funções de cada poder. Planejamento e Orçamento. Governança versus governabilidade. Reforma do Estado e Reforma do Aparelho do Estado. 6

7 5. Formulação e Análise de Políticas Públicas 24h/aula Política pública como função do Estado e da Sociedade. Atores Institucionais e Sociedade Civil. Formação de agenda. Apoio à Tomada de Decisão. Formulação ou formação de políticas. Dificuldades inerentes ao Desenho de Políticas. Teorias de Análise de Políticas. Compreensão dos processos políticos interno e externo. Mecanismos de Policy Feedback e os ciclos da análise. Técnicas de Análise: Matrizes, Árvores e Estruturas Comparativas. Implementação. Seleção definitiva de um curso de ação. Planejamento provisório das etapas de implementação e execução. Elaboração de planos de contingência. Órgãos públicos e grupos sociais envolvidos matriz de responsabilidades. Preparação da proposta. Tramitação legislativa. Promoção e divulgação. 6. Implementação e Avaliação de Políticas Públicas 24h/aula Planejamento da Implementação. Dificuldades de implementação. Deslocamento de objetivos e (re)desenho da política. Conceito de Avaliação. O que avaliar, quando avaliar, como avaliar. Tipos de avaliação. Instrumentos de Avaliação de Políticas. Revisão do quadro lógico. Critérios e padrões. Definição de Indicadores. Tipos de indicadores. Resultados das Políticas Públicas e suas Repercussões para a Administração. Eficiência e impacto das políticas. 7. Estratégica de Flexibilização da Gestão Pública 24h/aula Gestão por resultados. Intersetorialidade, Redes e Gestão Integrada. Formas de flexibilização: desburocratização, descentralização, desestatização, autonomia, cooperação, delegação e coordenação. Concessões de serviços públicos, terceirização, joint-ventures, PPPs e outras formas de parceria com o setor privado. Contratos de gestão. Contratos de administração. Novos entes públicos: agências executivas, organizações sociais, OMPs, fundações de direito privado, serviços sociais autônomos, OSCIPs. 8. Vida, Mobilidade e Felicidade Urbana 15h/aula A experiência do centro de operações da cidade do Rio de Janeiro. Era pós-automóvel: os caminhos para este sonho. Micro-acessibilidade e suas relações com a mobilidade urbana. Forma urbana e mobilidade. 7

8 9. Idéias para o Crescimento Econômico com Equidade Social 15h/aula Desenvolvimento sustentável e políticas públicas. O mercado de crédito de carbono. Um novo paradigma para o desenvolvimento. Pagamento por serviços ambientais. Sustentabilidade: um novo jeito de fazer negócios. A Conferência Rio+20 e a economia verde. 10. Economia Verde. Uma agenda positiva nas esferas públicas e privadas 15h/aula Meio Ambiente e Economia: Trabalhando em direção a um modelo econômico do século XXI. Como construir uma agenda de sustentabilidade e partir de uma nova racionalidade sócioambiental? Quais os custos e impactos na economia? A reforma fiscal da construção desta nova economia. Os meios mais promissores para financiamentos de sociedades ecológicas e socialmente justas. Economia Verde: uma agenda positiva nas esferas públicas e privadas. 11. O Cinema brasileiro no contexto audiovisual contemporâneo 15h/aula Os novos atores das tramas digitais: animação, games e cibercultura. O lugar da formação audiovisual no cenário cultural contemporâneo. A produção brasileira e os novos nichos de mercado. O Brasil e o Nordeste cenários diversos para o desenvolvimento da economia do audiovisual. 12. Experiências Nacionais e Internacionais de Abastecimento d Água e Esgotamento sanitário 15h/aula A experiência Latino-americana. Atendimentos às metas do milênio. A experiência Chilena de universalização dos serviços. Gestão e políticas públicas para os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário. Plano nacional de saneamento básico. Alternativas de gestão e financiamento de universalização dos serviços. 8

9 13. O Estatuto da Cidade dez anos depois 15h/aula Analisar avanços e limitações identificadas no Estatuto das Cidades no que tange à sua contribuição para a alteração da ordem jurídica, à função social da propriedade; à democratização do planejamento e da gestão urbana, a elaboração de planos diretores participativos e à utilização dos instrumentos urbanísticos criados e consolidados para a promoção da moradia e transformação do uso e ocupação do solo urbano em consonância com a função social da cidade. Debater a cidade e suas transformações (mudanças e tradições); Estatuto da Cidade, Plano Diretor e Habitação; Cultura, Patrimônio e as Experiências de Renovação Urbana. 14. A Juventude no Contexto da Vida Contemporânea 15h/aula Debater, compreender e desvelar as novas formas de políticas e de arte da contemporânea da juventude tendo estas experiências como um dos maiores desafios da sociedade atual. Enfocar a comunicação e a cultura como esferas do exercício da nova política para a juventude. Abordar as invenções coletivas na arte, na educação e tecnologias na atualidade. Os jovens artistas e o novo mercado da arte no Brasil e o novo audiovisual do Ceará. 15. Cidadania Sexual, Homofobia e Políticas Públicas 15h/aula Sexo, gênero e identidade sexual. Direito à diferença. Políticas de afirmação de direitos no Brasil. Criminalização da homofobia e repressão à discriminação. GLBT. 16. Gestão e Financiamento da Política de Saúde 15h/aula O SUS vinte anos depois conquistas e retrocessos. Os desafios do financiamento fontes, vinculação de receitas, repartição de gastos. Os desafios da gestão cooperação interinstitucional, flexibilidade e autonomia. Formas de entrega de serviços. Novos entes organizações sociais, fundações, serviços sociais autônomos. 9

10 17. Educação para o Século XXI 15h/aula Competências para o futuro os pilares da educação. A construção da sociedade do conhecimento. Educação e contexto brasileiro. O desafio da avaliação. 18. Cultura e Economia Criativa Limites e possibilidades 15h/aula Criação humana e geração de valor econômico. Autoria e propriedade intelectual. Economia da Cultura e Economia Criativa. A medição do PIB criativo. Cultura, 19. Bases para um novo Estado Reforma e Política de Gestão Pública 15h/aula Novas crises, novos desafios e novas reformas. O retorno do Estado. Reformas para o desenvolvimento e a promoção da cidadania. Novas políticas de Gestão Pública. 20. Orientação do Trabalho de Conclusão de Curso 24 horas/aula Orientação de pesquisa para a realização de trabalhos durante o curso e, especialmente, para definição e desenvolvimento do tema da Monografia, inclusive a formatação do trabalho. Conhecimento teórico e conhecimento aplicado. Construção do conhecimento. Natureza do trabalho científico. Tipos de pesquisa. Métodos qualitativos e quantitativos. O projeto. Definição do problema. Objetivos. Referencial teórico. Metodologia. Estrutura e apresentação de trabalhos científicos. Fontes e referências. 1 0

11 CRONOGRAMA MATRIZ CURRICULAR E CRONOGRAMA Nr Disciplinas Carga Horária Períodos 1 Palestra de abertura e integração do grupo 4 31/10/ Sistematização do FIP: Cidadania Sexual, Homofobia e Políticas Públicas 3 08/11/ Mudança Tecnológica, Cultura e Globalização 24 17, 18 e 19/11/ Sistematização do FIP: Gestão e Financiamento de Políticas de Saúde 3 06/12/ Desenvolvimento Sustentável e Liberdade 24 15, 16 e 17/12/ Estado e Cidadania no Brasil 24 27, 28 e 29/01/ Sistematização do FIP: Vida, Mobilidade e Felicidade Urbana 3 07/02/ Estado, Governo e Administração Pública 24 10, 11 e 12/02/ Sistematização do FIP: Educação para o Século XXI 3 06/03/ Formulação e Análise de Políticas Públicas 24 15, 16 e 17/03/ Sistematização do FIP: Cultura e Economia Criativa. Limites e Possibilidades 3 03/04/ Implementação e Avaliação de Políticas Públicas 24 26, 27 e 28/04/ Sistematização do FIP: Bases para um Novo Estado Reforma e Política de Gestão Pública 3 08/05/ Estratégias de Flexibilização da Gestão Pública 24 17, 18 e 19/05/ Sistematização do FIP: A Juventude no Contexto da Vida Contemporânea 3 05/06/ Metodologia do Trabalho Científico 24 21, 22 e 23/06/ Sistematização do FIP: Economia Verde. Uma Agenda Positiva nas esferas Públicas e Privadas 3 03/07/ Sistematização do FIP: O Cinema Brasileiro no Contexto Audiovisual Contemporâneo 3 07/08/ Sistematização do FIP: Experiências Internacionais e Nacionais de Abastecimento de Água e Esgotamento 3 21/08/2012 Sanitário 20 Sistematização do FIP: O Estatuto das Cidades 10 Anos depois 3 04/09/ Sistematização do FIP: Idéias para o Crescimento Econômico com Equidade Social 3 18/09/ Prazo Final para Entrega dos artigos dos 5 últimos FIPs e TCC - 08/10/2012 As aulas das disciplinas expositivas ocorrerão uma vez por mês às quintas-feiras à noite (5 horas), às sextas-feiras à tarde (4 horas) e à noite (5 horas) e aos sábados durante a manhã (5 horas) e a tarde (5 horas), enquanto os seminários de sistematização dos FIPs serão intercalados entre as aulas expositivas, sempre às terças-feiras à noite (3 horas). 1 1

12 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E FREQUÊNCIA A avaliação do desempenho dos alunos será feita por provas escritas individuais, trabalhos escritos (individuais ou em grupo) ou outras formas de avaliação, a critério do professor de cada disciplina. A nota mínima para aprovação é 7,0 (sete). Após o final de cada encontro de sistematização de FIP os alunos terão até 15 (quinze) dias para apresentar um resumo de duas a três laudas sobre o conteúdo daquele FIP. Ao final do curso deverá ser apresentada uma Monografia, cujo tema será escolhido entre os conteúdos desenvolvidos nas disciplinas ministradas e versar sobre assunto ligado ao curso. O prazo para apresentação da monografia é de 90 dias após o encerramento da disciplina de Metodologia do Trabalho Científico. A frequência mínima para aprovação no Curso é de 75% da carga horária das disciplinas. COORDENAÇÃO O Curso terá uma coordenação acadêmica a cargo de um professor-doutor da área de Política e Administração Pública e uma coordenação executiva. A Coordenação Acadêmica do MBA ficará sob a responsabilidade do Professor Dr. Frederico Lustosa da Costa. E a coordenação executiva será da UNIPACE. TITULAÇÃO O programa em MBA será certificado pela Universidade do Parlamento Cearense em parceria com a Universidade Estadual. REALIZAÇÃO Assembleia Legislativa do Estado do Ceará Universidade do Parlamento Cearense (UNIPACE) Instituto de Estudos e Pesquisas Para o Desenvolvimento do Ceará (INESP) 1 2

MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública ZMBAPOG*09/01

MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública ZMBAPOG*09/01 MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública ZMBAPOG*09/01 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública Coordenação Acadêmica: Prof. Luiz Antonio

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA

O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA O CURSO DE GESTÃO PÚBLICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS: UMA CONCEPÇÃO AMPLIADA DE GESTÃO PÚBLICA Vera Alice Cardoso SILVA 1 A origem: motivações e fatores indutores O Curso de Gestão Pública

Leia mais

SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs.

SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs. SÚMULA DA 53ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 09.11.2006 INÍCIO: 08:30 hs. - ENCERRAMENTO: 12:00 hs. CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO: 01 - Processo nº 25/2006 Unidade Universitária:

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2 DA FINALIDADE E DO OBJETIVO Art. 1º. As Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade Unida de Suzano serão regidas por este Regulamento.

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES

EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA CADASTRO DE DOCENTES A Associação Brasileira de Orçamento Público - Unidade Regional do Rio Grande do Sul (ABOP-RS), fundada em 04 de dezembro de 1974, como uma associação civil

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO:

CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO: SÚMULA DA 34ª REUNIÃO DA CÂMARA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, REALIZADA EM 19.10.2005 E APROVADA NA 392ª REUNIÃO DO CONSUN, REALIZADA EM 19.10.2005 INÍCIO: 08:00 hs. - ENCERRAMENTO: 9:00 hs. CÂMARA DE PESQUISA

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Serviços

Pós-Graduação em Marketing de Serviços Pós-Graduação em Marketing de Serviços Público - alvo O Programa de Pós-Graduação em Marketing de Serviços é indicado para profissionais com formação universitária em qualquer área e que demandem desenvolver

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

PROCESSO SELETIVO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO SANITÁRIO ANO 2010 PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE INCRIÇÕES

PROCESSO SELETIVO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO SANITÁRIO ANO 2010 PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE INCRIÇÕES PROCESSO SELETIVO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO SANITÁRIO ANO 2010 PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE INCRIÇÕES A Secretaria de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul, por meio da Escola de Saúde Pública, em parceira

Leia mais

PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2

PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2 PROJETO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INFANTIL 2014.2 APRESENTAÇÃO A Educação Infantil é a primeira etapa da Educação Básica e tem como finalidade o desenvolvimento integral

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA (UNILAB) RESOLUÇÃO N 06 /2011CONSELHO SUPERIOR PRÓ TEMPORE. Regulamenta o funcionamento dos cursos de pósgraduação

Leia mais

Catálogo do Curso de Especialização em Educação Ambiental com Ênfase em Espaços Educadores Sustentáveis

Catálogo do Curso de Especialização em Educação Ambiental com Ênfase em Espaços Educadores Sustentáveis Catálogo do Curso de Especialização em Educação Ambiental com Ênfase em Espaços Educadores Sustentáveis 1. Dados Gerais 1. Área Temática: Educação Ambiental 2. Nome do curso: Educação Ambiental com Ênfase

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE SERVIÇO SOCIAL INTRODUÇÃO AO SERVIÇO SOCIAL EMENTA: A ação profissional do Serviço Social na atualidade, o espaço sócioocupacional e o reconhecimento dos elementos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Projetos Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Projetos tem por fornecer conhecimento teórico instrumental que

Leia mais

MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública

MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública Coordenação Acadêmica: Prof. Luiz Antonio Rodrigues Dias DEIXE O MBA QUE É REFERÊNCIA FALAR POR VOCÊ. OBJETIVO: O MBA em

Leia mais

Pós-Graduação em Políticas e Patrocínios Culturais e Esportivos

Pós-Graduação em Políticas e Patrocínios Culturais e Esportivos Pós-Graduação em Políticas e Patrocínios Culturais e Esportivos Objetivo do Curso Atender a executivos, assessores, consultores e gestores provenientes de organizações públicas e privadas, que desejam

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO

PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM MBA E PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL MBA e Pós-Graduação Cursos inovadores e alinhados às tendências globais Nossos cursos seguem modelos globais e inovadores de educação. Os professores

Leia mais

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da FERLAGOS orientam-se pelas normas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 62 DE 26 DE SETEMBRO DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 62 DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 62 DE 26 DE SETEMBRO DE 2013 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sua 45ª Reunião Ordinária, realizada no dia 26 de setembro de 2013, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público-alvo Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 38 de 30/12/2011 - CAS

RESOLUÇÃO N o 38 de 30/12/2011 - CAS RESOLUÇÃO N o 38 de 30/12/2011 - CAS O Conselho Acadêmico Superior (CAS), no uso de suas atribuições conferidas pelo Estatuto da Universidade Positivo (UP), dispõe sobre as normas acadêmicas dos cursos

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu FACULDADE SATC 2014 ÍNDICE CAPÍTULO I... 3 Da Constituição, Natureza, Finalidade e Objetivos dos Cursos... 3 CAPÍTULO II... 3 Da Implantação dos Cursos...

Leia mais

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Público - alvo Pós Graduação em Organizacional Integrada Indicado para profissionais de comunicação organizacional, relações públicas, assessores de comunicação, gestores de comunicação, bem como para

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

AVISO Nº 003/2014 RESOLUÇÃO Nº002/2013 CTP-ESMP/PE

AVISO Nº 003/2014 RESOLUÇÃO Nº002/2013 CTP-ESMP/PE AVISO Nº 003/2014 A Diretora da ESMP/PE, Dra. Deluse do Amaral Rolim Florentino, nos termos do Art.8º, VII, da Resolução RES-CSMP-001/00, de 31.03.2000, torna público o Regulamento da terceira turma do

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO I FÓRUM DE GRADUAÇÃO DA UEG CENÁRIOS DA GRADUAÇÃO: DESAFIOS PARA A UEG CARTA DA GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO I FÓRUM DE GRADUAÇÃO DA UEG CENÁRIOS DA GRADUAÇÃO: DESAFIOS PARA A UEG CARTA DA GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO I FÓRUM DE GRADUAÇÃO DA UEG CENÁRIOS DA GRADUAÇÃO: DESAFIOS PARA A UEG CARTA DA GRADUAÇÃO Diretores de Unidades Universitárias, coordenadores pedagógicos

Leia mais

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO REGIMENTO INTERNO PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA ESCOLA DO PARLAMENTO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Sumário TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO I Da Caracterização do Curso... 3 CAPÍTULO

Leia mais

2013 CENTRO DE PÓS GRADUAÇÃO JK INFORMATIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

2013 CENTRO DE PÓS GRADUAÇÃO JK INFORMATIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2013 CENTRO DE PÓS GRADUAÇÃO JK INFORMATIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PÓS GRADUAÇÃO COM ESPECIALIZAÇÃO EM GEOPOLÍTICA, ESTRATÉGIA E DIPLOMACIA No mundo atual, marcado pela globalização e por uma

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 62-CEPE/UNICENTRO, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2014. Aprova o Curso de Especialização em Gestão Escolar, modalidade regular, da UNICENTRO. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO:

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. R E S O L V E: I DA CONCEITUAÇÃO

RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. R E S O L V E: I DA CONCEITUAÇÃO RESOLUÇÃO N.º 36, DE 04 DE ABRIL DE 2005. Dispõe sobre alterações à Resolução CONSEPE n. 57, de 14 de maio de 2001. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO, no

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão da Produção e Logística tem por objetivo fornecer

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1

MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Abril de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA MBA EM CONSULTORIA E GESTÃO DE NEGÓCIOS 2014.1 O MBA EM CONSULTORIA & GESTÃO DE NEGÓCIOS,

Leia mais

MBA 2010 - Economia e Gestão de Saúde

MBA 2010 - Economia e Gestão de Saúde MBA 2010 - Economia e Gestão de Saúde Objetivos Capacitar profissionais para exercer a gestão estratégica de serviços de organizações de assistência médico-hospitalar, apresentando-lhes técnicas modernas

Leia mais

CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

CAPÍTULO I DAS FINALIDADES CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º -O Programa de Pós-Graduação do Centro Universitário de Brasília UniCEUB tem por objetivo a formação profissional em nível de especialização e destina-se a formar especialistas

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Marketing

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Marketing Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Marketing Apresentação Em uma economia globalizada e extremamente competitiva, torna-se cada vez mais imprescindível a visão estratégica

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

CAPÍTULO I Das definições preliminares, das e dos objetivos.

CAPÍTULO I Das definições preliminares, das e dos objetivos. Resolução n.º 03/2010 Regulamenta os Cursos de Pós-Graduação da Faculdade Campo Real. O CONSU Conselho Superior, por meio do Diretor Geral da Faculdade Campo Real, mantida pela UB Campo Real Educacional

Leia mais

X Encontro Nacional de Escolas de Governo

X Encontro Nacional de Escolas de Governo X Encontro Nacional de Escolas de Governo Painel Cursos de pós-graduação nas escolas de governo A experiência da Enap na oferta de cursos de pós-graduação lato sensu Carmen Izabel Gatto e Maria Stela Reis

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PLANEJAMENTO PARA ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem

Leia mais

Apresentação da FAMA

Apresentação da FAMA Pós-Graduação Lato Sensu CURSO DE ESPECIIALIIZAÇÃO 432 horras/aulla Coordenação Geral: Eng. Jacob Gribbler 1 Apresentação da FAMA A FAMA nasceu como conseqüência do espírito inovador e criador que há mais

Leia mais

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU E PESQUISA

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU E PESQUISA EDITAL 59-1/2012 ABRE PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA VAGAS REMANESCENTES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - MESTRADO PROFISSIONAL ADOLESCENTE EM CONFLITO COM A LEI DA UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO

Leia mais

MBA em Design Estratégico

MBA em Design Estratégico MBA em Design Estratégico Público - alvo Indicado para profissionais com formação em Design, Arquitetura, Moda ou gestores e empreendedores que estejam buscando novas formas de gestão orientadas para a

Leia mais

Conteúdo Específico do curso de Gestão Ambiental

Conteúdo Específico do curso de Gestão Ambiental Conteúdo Específico do curso de Gestão Ambiental 1.CURSOS COM ÊNFASE EM : Gestão Ambiental de Empresas 2. CONCEPÇÃO DOS CURSOS: O Brasil possui a maior reserva ecológica do planeta sendo o número um em

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E RELAÇÕES DE TRABALHO 2º SEMESTRE DE 2015 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

Pós-Graduação em Marketing de Moda

Pós-Graduação em Marketing de Moda Pós-Graduação em Marketing de Moda Público alvo Indicado para profissionais com formação em Moda, Design, Marketing, Comunicação, Arquitetura, dentre outros, e que atuem ou desejem atuar na área de Moda,

Leia mais

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP OUTUBRO, 2002 ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP - APU INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

Regulamento da Pós-Graduação Lato Sensu

Regulamento da Pós-Graduação Lato Sensu Regulamento da Pós-Graduação Lato Sensu CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação lato sensu da FACULDADE UNIDA são regidos pela Resolução n. º 01, de 8 de junho de 2007,

Leia mais

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE CIDADES E AGRONEGÓCIOS

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE CIDADES E AGRONEGÓCIOS Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE CIDADES E AGRONEGÓCIOS ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo em Gestão

Leia mais

Plano Estratégico de Cooperação em Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa PECS / CPLP REDE DE ESCOLAS TÉCNICAS DA SAÚDE DA CPLP

Plano Estratégico de Cooperação em Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa PECS / CPLP REDE DE ESCOLAS TÉCNICAS DA SAÚDE DA CPLP Plano Estratégico de Cooperação em Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa PECS / CPLP REDE DE ESCOLAS TÉCNICAS DA SAÚDE DA CPLP Regulamento do Curso de Especialização lato sensu em Educação

Leia mais

RELATIVO AO PROCESSO SELETIVO INTERNO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR FORMADOR PARA O PARFOR/IFPI

RELATIVO AO PROCESSO SELETIVO INTERNO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR FORMADOR PARA O PARFOR/IFPI INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OS CURSOS PRESENCIAIS DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA - PARFOR

Leia mais

Seja Bem-vindo(a)! AULA 1

Seja Bem-vindo(a)! AULA 1 Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Administração Pública que apareceram com mais frequência nas últimas provas. AULA 1 Estado, origens e funções Teoria Burocrática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL PPI

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL PPI UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PROJETO PEDAGÓGICO INSTITUCIONAL PPI ABRIL, 2005 Introdução A Universidade Federal da Bahia ao elaborar o seu Plano de Desenvolvimento Institucional PDI (2004-2008), incluiu

Leia mais

MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade

MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade Coordenação Acadêmica - Escola de Direito FGV DIREITO RIO MBA em Direito Ambiental e Sustentabilidade - FGV

Leia mais

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES

PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE COLABORADORES PQC ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES MÓDULO 1: GESTÃO ACADÊMICA DE IES Educação Superior no Brasil: cenários e tendências Conceitos e concepções de universidade; aspectos históricos da educação superior no Brasil; a reforma da educação superior

Leia mais

Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional

Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional Modalidade a Distância Santo André-SP, junho de 2011 A quem se destina Qualificação de funcionários públicos federais, estaduais e municipais. Objetivos

Leia mais

TÍTULO I DAS ENTIDADES

TÍTULO I DAS ENTIDADES RESOLUÇÃO Nº 444 DE 27 DE ABRIL DE 2006. 1205 Ementa: Dispõe sobre a regulação de cursos de pós-graduação lato sensu de caráter profissional. O Conselho Federal de Farmácia, no uso das atribuições que

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH)

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE (UNIBH) Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PGPE) Coordenação Geral do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu (CGPPGL) Edital do processo seletivo referente

Leia mais

Universidade Federal de Lavras Pró-Reitoria de Pós-Graduação

Universidade Federal de Lavras Pró-Reitoria de Pós-Graduação Universidade Federal de Lavras Pró-Reitoria de Pós-Graduação EDITAL PRPG/UFLA N 011/2014 PRÓ-REITORIA ADJUNTA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO DE OFERTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SETRE ANEXO III-B

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SETRE ANEXO III-B GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DO TRABALHO, EMPREGO, RENDA E ESPORTE SETRE ANEXO III-B TERMO DE REFERÊNCIA DO PROCESSO CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES EXECUTORAS DE AÇÕES DE QUALIFICAÇÃO SOCIAL E

Leia mais

MBA EM GESTÃO DE SERVIÇOS E HOSPITALIDADE EM EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS E EVENTOS

MBA EM GESTÃO DE SERVIÇOS E HOSPITALIDADE EM EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS E EVENTOS MBA EM GESTÃO DE SERVIÇOS E HOSPITALIDADE EM EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS E EVENTOS O programa foi desenvolvido para capacitar o aluno a atuar no segmento Business de Turismo e Eventos, dando-lhe competências

Leia mais

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada

Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Integrada Pós-Graduação em Comunicação Organizacional Início em 28 de Abril de 2016 Aulas as terças e quintas, das 7h às 9h30 Valor do curso: R$ 18.130,00 À vista com desconto: R$ 16.679,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

Documento referencial: uma contribuição para o debate

Documento referencial: uma contribuição para o debate Documento referencial: uma contribuição para o debate desenvolvimento integração sustentável participação fronteiriça cidadã 1. Propósito do documento O presente documento busca estabelecer as bases para

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Controladoria Estratégica e Contabilidade Empresarial

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Controladoria Estratégica e Contabilidade Empresarial DESCRITIVO DE CURSO MBA em Controladoria Estratégica e Contabilidade Empresarial 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica,

Leia mais

UNIPAC ITABIRITO (VAGAS REMASCENTES) PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ORÇAMENTO E GESTÃO PÚBLICA (LEIA PAG. 2) CONTROLADORA E FINANÇAS (LEIA PAG.

UNIPAC ITABIRITO (VAGAS REMASCENTES) PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ORÇAMENTO E GESTÃO PÚBLICA (LEIA PAG. 2) CONTROLADORA E FINANÇAS (LEIA PAG. UNIPAC ITABIRITO (VAGAS REMASCENTES) PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) ORÇAMENTO E GESTÃO PÚBLICA (LEIA PAG. 2) CONTROLADORA E FINANÇAS (LEIA PAG. 4) TURMA 2008/1 UNIPAC ITABIRITO Pensando no seu futuro Profissional

Leia mais

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DOS CURSOS DE DESENVOLVIMENTO DE SERVIDORES PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS 1. DA MODALIDADE DO PROGRAMA E DOS SEUS OBJETIVOS

Leia mais

EDITAL 04/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS

EDITAL 04/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS EDITAL 04/2014 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FINANCEIRA DE INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS A Faculdade Católica Dom Orione, Araguaína TO, torna pública a abertura das inscrições para

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão Estratégica Empresarial

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão Estratégica Empresarial DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão Estratégica Empresarial 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais

PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais PROJETO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Gestão e Relações Internacionais IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Curso de Especialização em Gestão e Relações Internacionais Área de Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO CAPITULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - Os cursos de pós-graduação da UNIABEU são regidos pela Lei Federal 9394/96 Lei de Diretrizes

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

MANUAL DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA LEGISLATIVA 2010GPL01

MANUAL DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA LEGISLATIVA 2010GPL01 MANUAL DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA LEGISLATIVA 2010GPL01 Sumário 1 Apresentação...3 2 O Cefor e a Pós-Graduação...3 3 Objetivos do Curso... 4 3.1 Objetivo Geral... 4 3.2 Objetivos Específicos...

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL. Disciplina: Metodologia Científica. Número de créditos: 04. Carga horária: 80

SERVIÇO SOCIAL. Disciplina: Metodologia Científica. Número de créditos: 04. Carga horária: 80 Disciplina: Metodologia Científica SERVIÇO SOCIAL Ementa: Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia Número âmbito das ciências. Metodologia de estudos. O conhecimento e suas formas.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*)

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 13, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2006 (*) Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Turismo

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INTRODUÇÃO À GESTÃO PÚBLICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS SANTA CRUZ COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal MBA Recursos Humanos Inscrições Abertas Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal Carga horária: 600 Horas Duração: 24 meses *As informações podem sofrer

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá GABINETE DA REITORIA

Universidade Estadual de Maringá GABINETE DA REITORIA R E S O L U Ç Ã O N o 119/2005-CEP CERTIDÃO Certifico que a presente Resolução foi afixada em local de costume, nesta Reitoria, no dia 1º/9/2005. Esmeralda Alves Moro, Secretária. Aprova normas para organização

Leia mais

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe

GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe REGULAMENTO GERAL DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO PROPe Sumário Título I Dos Cursos de Pós Graduação e suas finalidades...1 Título II Dos Cursos de Pós Graduação em Sentido Lato...1 Título III Dos Cursos de

Leia mais

Edital MBA nº 001/2012

Edital MBA nº 001/2012 Edital MBA nº 001/2012 Edital de oferta de curso de pós-graduação latu sensu (MBA em gestão de Cooperativas) a ser realizada através de convênio entre SESCOOP/PA Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo

Leia mais

Universidade de Brasília Sistema de Planejamento Institucional Secretaria de Planejamento Decanato de Administração

Universidade de Brasília Sistema de Planejamento Institucional Secretaria de Planejamento Decanato de Administração Anexo T Projetos Estratégicos Institucionais 1 Projetos Estratégicos da UnB 1 O processo de modernização da gestão universitária contempla projetos estratégicos relacionados à reestruturação organizacional

Leia mais

Curso de Especialização EM MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS E MARKETING

Curso de Especialização EM MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS E MARKETING Curso de Especialização EM MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS E MARKETING ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo de Negócios

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO nº 026 / 94 Aprova o Regulamento Específico do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis em Nível de Mestrado, com área de Concentração em Contabilidade Financeira, Contabilidade Gerencial

Leia mais

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA

APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA NÚMERO DE VAGAS: 45 (Quarenta e cinco) vagas. CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA VISCONDE DE CAIRU CEPPEV PREVISÃO DE INÍCIO DAS AULAS Fevereiro de 2014 APRESENTAÇÃO / JUSTIFICATIVA O MBA EM CONSULT ORIA

Leia mais

DESIGN DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO

DESIGN DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO DISCIPLINAS QUE PODEM SER OFERECIDAS PARA OUTROS CURSOS CURSO DE ORIGEM DA DISCIPLINA DESIGN NOME DA DISCIPLINA EMENTA C.H. OBSERVAÇÕES PREVISÃO Raciocínio Lógico Matemática Financeira A disciplina trata

Leia mais

Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES. A Consolidação das Políticas Sociais na Estratégia de Desenvolvimento Brasileiro

Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES. A Consolidação das Políticas Sociais na Estratégia de Desenvolvimento Brasileiro Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social CDES A Consolidação das Políticas Sociais na Estratégia de Desenvolvimento Brasileiro A CONTRIBUIÇÃO DO CDES PARA O DEBATE DA CONSOLIDAÇÃO DAS POLÍTICAS SOCIAIS

Leia mais