Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008"

Transcrição

1 GVT (Holding) S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2008 Curitiba, 14 de julho de 2008

2 Curitiba, 14 de julho de 2008: A GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ), Companhia que se destaca no desenvolvimento de soluções e serviços de telecomunicações e internet do Brasil, divulga hoje seus resultados referentes ao segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações a seguir são prestadas conforme a Legislação Societária Brasileira, de forma consolidada e em Reais (R$). As comparações, exceto quando indicado o contrário, são feitas em relação ao segundo trimestre de 2007 (2T07). GVT ANUNCIA RECORDE NO SEGUNDO TRIMESTRE - CRESCIMENTO EM RECEITA, NO EBITDA E NA BASE DE CLIENTES. A Receita aumentou 36%, o EBITDA cresceu 44% e atingiu Margem EBITDA de 38%, Lucro Líquido de R$ 58 milhões e um Recorde de crescimento de 156% nas Adições Líquidas de Linhas 1 DESTAQUES DO PERÍODO A Receita Líquida cresceu 35,5% em comparação ao 2T07, alcançando R$ 317,0 milhões. Receitas Relacionadas ao Negócio Principal (serviços baseados nas linhas em serviço da GVT e voltados para seus próprios clientes) cresceram 41,3% totalizando R$ 286,7 milhões; Receita Líquida de Serviços de Próxima Geração (NGS) cresceram 95,5%, chegando a R$ 86,9 milhões, o que representa 27,4% da Receita Líquida Total do 2T08. Receitas provenientes dos serviços de banda larga cresceram 81,4%, o que representa 16,3% do total da receita líquida do 2T08; O EBITDA cresceu 44,0%, totalizando R$ 118,8 milhões para o 2T08 comparado com R$ 82,5 milhões no 2T07; A Margem EBITDA foi de 37,5% no 2T08 em comparação com 35,3% registrada no 2T07, um crescimento de 2.2 p.p., em virtude do aumento de 1.1 p.p. na margem bruta e uma redução de 1,1 p.p. no VG&A. O Lucro Líquido totalizou R$ 15,1 milhões, apresentando um crescimento de 35,0% no 2T08, comparado R$ 58,2 milhões no 2T07; A Adição Líquida de Linhas totalizou linhas no 2T08, um crescimento de 155,8% comparado com 2T07 e de 28,8% comparado com 1T08. O detalhamento das adições líquidas ocorreu conforme segue: i) em linhas de voz (crescimento de 203,3%); ii) em linhas de banda larga (crescimento de 149,2%) e iii) em linhas de outros negócios (crescimento de 94,8%) (adições líquidas estão excluindo a rede Geodex); Os Investimentos (CapEx) totalizaram R$ 164,7 milhões no 2T08, um aumento de 69,6% em comparação com 2T07 e 11,9% em comparação ao 1T08. Para alcançar os objetivos de crescimento da Companhia, no 2T08 foi construído um total de novos acessos em comparação aos acessos no 2T07 e acessos no 1T08. Em maio deste ano a GVT expandiu suas operações para a cidade de Contagem, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, no Estado de Minas Gerais, com população de aproximadamente 700 mil habitantes. Resultados do 2T08 - Página 2 de 20

3 2 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADO 2.1 GVT Holding Consolidado (R$ '000) 2T08 2T07 2T08 vs 1S08 vs. 1S08 1S07 1S07 (%) Receita Bruta ,7% ,2% Deduções da Receita Bruta ,3% ,7% Receita Líquida ,5% ,1% Custo dos Serviços Prestados ,4% ,7% % da Receita Líquida 34,2% 35,3% -1,1% 34,9% 36,1% 1,2% Custos de Interconexão ,7% ,1% Fixo - Móvel ,9% ,3% Outras Interconexões ,5% ,2% Aluguel de Circuitos de Transmissão ,0% ,4% IP ,0% ,2% Backbone (GVT) ,3% ,6% Backbone e Última Milha (Geodex*) n.a n.a Última Milha (GVT) ,7% ,5% Infra-Estrutura e Manutenção de Rede ,5% ,5% Outros¹ ,1% ,0% Lucro Bruto ,8% ,6% % Margem Lucro Bruto 65,8% 64,7% 1,1% 65,1% 63,9% 1,2% Despesas (VG&A) ,3% ,8% Despesas com Vendas ,0% ,5% Salários e Comissões ,6% ,4% Marketing ,3% ,8% Outros² ,4% ,8% Administrativas e Gerais³ ,7% ,4% EBITDA ,0% ,2% % Margem EBITDA 37,5% 35,3% 2,2% 37,2% 34,9% 2,3% Depreciação e Amortização ,1% ,4% Receitas (despesas) Financeiras ,8% ,9% Receitas (despesas) Financeiras com Variação Cambial ,9% ,2% Receitas Fiananceiras ,1% ,4% Despesas Financeiras (20.123) (21.461) -6,2% (37.948) (80.316) -52,8% Lucro (prejuízo) Op. antes de Itens Extraordinários ,0% ,0% Itens Extraordinários - - n.a ,0% Lucro (prejuízo) Operacional após Itens Extraordinários ,0% n.a Resultado Não Operacional ,5% ,8% Lucro (prejuízo) antes do IR e Contribuição Social ,7% n.a Imposto de Renda e CS Diferidos ,9% ,8% Lucro Líquido (prejuízo) do período ,0% (17.126) n.a Nota: Geodex foi consolidada na GVT em 13 de dezembro de 2007 e este negócio está totalmente integrado desde 1T08, não existem relatórios e informações financeiras de receitas e despesas separadas. ¹ Inclui viagens e despesas com salários ² Inclui custos como: Viagens, treinamentos, eventos de vendas e dvedores duvidosos. ³ Inclui participação de empregados no lucro Resultados do 2T08 - Página 3 de 20

4 3 DESEMPENHO FINANCEIRO RECEITA LÍQUIDA A receita líquida aumentou em 35,5%, totalizando R$ 317,0 milhões no 2T08. A Geodex foi totalmente integrada à Unidade de Negócios Corporativa e a companhia não opera mais como um negócio isolado. Desta forma, não estaremos disponibilizando as informações financeiras da Geodex separadamente. Os principais fatores de crescimento da receita se devem aos serviços baseados em LIS e dos Serviços de Próxima Geração (NGS), conforme detalhado abaixo: Receita Líquida por segmento e produtos: Maior crescimento em mercados com alto potencial e maiores margens Receita Líquida por Segmento (R$ Milhões) Receita Líquida por Produto (R$ Milhões) 607 Crescimento 35,1% 607 CRESCIMENTO 35,1% 35,5% 317 CRESCIMENTO ,7% 35,5% 317 Crescimento ,8% ,3% ,4% 366 % Serviços relacionados à LIS ,4% ,6% 2T07 2T08 1S07 1S08 86,7% 90,4% ,6% 90,2% Serviços Relacionados a LIS Serviços Não Relacionados a LIS 44 2T T08 95,5% FY06 1S07 FY07 1S08 VOICE Voz Next Serviços Generation de Próxima Services Geração(NGS) Carrier Data (Geodex) 97,8% A Receita do negócio principal (Serviços Baseados em LIS relacionados à base de clientes da Companhia) cresceu 41,3% na comparação com 2T07 em função, principalmente do: (i) aumento das adições líquidas de serviços baseados em LIS; (ii) de um melhor mix de receitas (maior participação de Serviços da Próxima Geração e dos pacotes de serviços); (iii) de um maior ARPU (Receita Média por Usuário), que alcançou R$ 134 e cresceu 4,7% em comparação ao 2T07; e (iv) das receitas da Geodex, adquirida no 4T07. A Receita dos outros segmentos (Serviços não relacionados a LIS) reduziu 2,4% em comparação ao 2T07 devido à menor receita de internet dial-up relacionadas com o provedor da GVT (POP) e menores receitas dos serviços de longa distância para clientes de outras operadoras. Receita de NGS (Serviços de Próxima Geração) continua com forte crescimento, atingindo um aumento de 95,5% no 2T08, o que representa 27,4% da receita total do 2T08 em comparação a 19,0% no 2T07. Isso se deve principalmente em razão do: i) alto crescimento da base de banda larga, que aumentou 89,3%, atingindo linhas ADSL, que levou a receita líquida de serviços de banda larga a apresentar um crescimento de 81,4% no 2T08 e ii) crescimento da receita de transmissão e transporte de dados o qual cresceu 178,5% no 2T08, devido a demanda por serviços de dados e receitas da Geodex. Resultados do 2T08 - Página 4 de 20

5 Distribuição da Receita Líquida (R$ 000) 2T08 2T07 1S08 vs. 1S08 1S07 1S07 (%) Serviços Relacionados a LIS ,3% ,7% Telefonia Local ,3% ,3% Serviços de Longa Distância ,0% ,8% Transmissão e transporte de dados para empresas ,5% ,7% Banda Larga ,4% ,8% VoIP ,1% ,6% Serviços Não Relacionados a LIS ,4% ,6% Serviços de Rede ,1% ,5% Internet (Dial-up) ,9% ,8% Longa Distância para Clientes de Outras Operadoras ,2% ,1% Receita Líquida Total ,5% ,1% Serviços Relacionados a LIS A receita dos serviços relacionados a LIS totalizou R$ 286,7 milhões no 2T08, comparado com R$ 202,9 milhões registrados no 2T07, um aumento de 41,3%, conforme detalhado a seguir: Telefonia Local: a receita de telefonia local foi de R$ 156,0 milhões no 2T08, comparado com R$ 124,5 milhões no 2T07, um aumento de 25,3%, principalmente em razão do aumento no número de LIS e ARPU (Receita Média por Usuário). Serviços de Longa-Distância: a receita de serviços de longa distância totalizou R$ 43,7 milhões no 2T08, um aumento de 29,0% em relação aos R$ 33,9 milhões registrados no 2T07. Essa variação é decorrente do aumento da base de clientes (LIS) e do crescimento da participação de mercado no tráfego de longa distância na base de clientes da Companhia (84,8% dos clientes da Unidade de Negócios Varejo usaram os serviços de longa distância da GVT no 2T08, contra 78,4% no mesmo período de 2007). Serviços de Transmissão e Transporte de Dados para Empresas: a receita desses serviços alcançou o total de R$ 28,0 milhões no 2T08, um crescimento de 178,5% na comparação com os R$ 10,1 milhões registrados no 2T07, em razão, principalmente, de: I) crescimento da base de clientes da Companhia e ii) um maior shareof-wallet entre os clientes já existentes; iii) e receitas do negócio Geodex. Serviços de Banda Larga: a receita com banda larga totalizou R$ 51,7 milhões no 2T08, comparado com R$ 28,5 milhões registrados no 2T07, um aumento de 81,4% em razão principalmente de um crescimento de 89,3% no número de linhas ADSL, que alcançou um total de linhas no 2T08, e da migração da base de clientes ADSL para velocidades maiores (1Mbps e acima, que representavam 12% no 2T07 e passaram para 72% no 2T08), gerando maior receita por linhas ADSL. Serviços de VoIP: a receita de VoIP alcançou o total de R$ 7,2 milhões no 2T08, comparado com R$ 5,9 milhões no 2T07, um aumento de 22,1% em razão do crescimento das linhas em serviço do VONO e de maiores receitas de aplicações corporativas baseadas em VoIP. Serviços Não-Relacionados a LIS A receita dos serviços não-relacionados a LIS somou R$ 30,3 milhões no 2T08, uma redução de 2,4% na comparação com a receita de R$ 31,1 milhões registrada no 2T07. Tais receitas incluem: Serviços de Uso de Rede: representaram um total de R$ 14,4 milhões no 2T08 na comparação com R$ 13,8 milhões no 2T07, um aumento de 4,1%. A variação é decorrente do maior tráfego de longa distância e do diferente mix de tráfego de outras operadoras que usam a rede da GVT para transmitir e terminar as suas chamadas. Resultados do 2T08 - Página 5 de 20

6 Serviços de Internet Discada: as receitas atingiram R$ 14,3 milhões no 2T08, uma redução de 4,9% em relação a R$ 15,0 milhões registrados NO 2T07. A variação registrada se deve a redução do tráfego de internet discada de não-clientes da GVT para o provedor de internet da Companhia (POP). Serviços de Longa Distância para Clientes de Outras Operadoras: essa receita alcançou um total de R$ 1,7 milhões no 2T08, contra R$ 2,3 milhões NO 2T07, uma redução de 25,2%. Como esse é um serviço de menor margem e, portanto, não alinhado com o foco estratégico da GVT em crescer nos segmentos mais rentáveis, a Companhia não faz investimentos de marketing nessa linha de negócio Receita Líquida por Unidade de Negócio O crescimento das receitas das Unidades de Negócio Varejo/PME e Corporativo foi gerado principalmente em razão do crescimento dos serviços relacionados a LIS e NGS. No início de 2008, a Unidade de Negócio Internet foi integrada à Unidade de Negócio Varejo para se beneficiar das sinergias de clientes e custos. A Geodex foi totalmente integrada à Unidade de Negócios Corporativa e a companhia não opera mais como um negócio isolado. Desta forma, não estaremos disponibilizando as informações financeiras da Geodex separadamente. Por Unidade de Negócios (R$ 000) 2T08 2T07 1S08 vs. 1S08 1S07 1S07 (%) Varejo/PME¹ ,5% ,5% Corporativo ,6% ,2% Receita Líquida Total ,5% ,1% ¹ Inclui Unidades de Negócios Varejo / PME e Internet Unidade Varejo e Pequenas e Médias Empresas (PME) A unidade de Negócio Varejo continua apresentando um crescimento acelerado em adições líquidas de linhas e forte crescimento no segmento NGS, principalmente em banda larga. Rápido crescimento de pacotes leva a uma maior penetração de banda larga e maior ARPU Varejo/PME Adições Líquidas Negócio Principal 2T08 2T07 1S08 vs. 1S08 1S07 1S07 (%) Linhas de voz ,5% ,8% Banda Larga ,2% ,7% Sub-Total Adições Líquidas ,5% ,3% Adições Líquidas de outros negócios ,0% ,4% Total Adições Líquidas ,1% ,8% A receita na Unidade de Negócios Varejo atingiu R$ 239,7 milhões no 2T08, apresentando um crescimento de 32,5% em relação ao 2T07. O principal crescimento foi no segmento de NGS, onde a receita aumentou 77,9% devido, principalmente, ao contínuo crescimento da banda larga. No segmento de Linhas de Voz, o crescimento foi de 26,3% em comparação ao 2T07. Resultados do 2T08 - Página 6 de 20

7 Varejo/PME¹ - Receitas Líquida por serviços 1S08 vs. 2T08 2T07 1S08 1S07 (R$ 000) 1S07 (%) Voz ,3% ,4% Internet (Dial-up) ,9% ,8% NGS² ,9% ,5% - Banda Larga ,4% ,8% - VoIP (VONO) ,3% ,4% Total ,5% ,5% Varejo ARPU (Receita Média por Usuário) R$ 134 R$ 128 4,7% R$ 134 R$ 127 ¹ Inclui Unidades de Negócios de Varejo, PME e Internet 5,7% ² Serviços de Próxima Geração A penetração de banda larga da Unidade de Negócios Varejo/PME na base de clientes de voz alcançou 62,1% e linhas, em comparação com uma penetração de 44,0% e linhas no 2T07. Vendas de banda larga com velocidades de 1Mbps ou mais aumentaram de 16,7% do total das vendas no 2T07 para 96,6% no 2T08, atingindo 72,3% do total da base ADSL no 2T08, comparado a 12,2% no 2T07. A migração da nossa base de clientes para velocidades maiores está aumentando o gap de banda larga entre a GVT e seus principais competidores, devido ao diferencial competitivo da rede de IP da companhia. Vendas de pacotes atingiram 75,2% das vendas totais do 2T08 e o número de clientes com pacotes de serviço GVT atingiu 60,0% em relação à base de clientes. % da base de clientes com pacotes de produtos 13% 15% 29% 58% 2T07 45% 40% 2T08 Pacotes para Pequenas Empresas Pacotes Residenciais Residencial 60% dos clientes Varejo/PME com pacotes de serviços O crescimento em novas adições de linhas de voz e banda larga totalizou 29,9% no 2T08 em comparação com 1T08 e 181,5% comparado com 2T07. Unidade de Negócios Corporativos A Unidade de Negócios Corporativos continua com crescimento acelerado em transmissão e transporte de dados para empresas, que cresceu 178,5% no 2T08 comparado com 2T07. Crescimento maior nas receitas NGS: 136,0% no 2T08 Corporativo Adições Líquidas 2T08 2T07 1S08 vs. 1S08 1S07 1S07 (%) Linhas de voz ,4% ,9% Transmissão e transporte de dados para empresas ,4% ,7% VoIP Empresas ,2% ,4% Total de Adições Líquidas ,3% ,7% Corporativo Receitas Operacionais Líquidas 1S08 vs. 2T08 2T07 1S08 1S07 por serviços (R$ 000) 1S07 (%) Voz ,9% ,3% NGS¹ ,0% ,8% Transmissão e transporte de dados para empresas ,5% ,7% VoIP Empresas ,2% ,8% Total ,6% ,2% ¹ Serviços de Próxima Geração Resultados do 2T08 - Página 7 de 20

8 O principal crescimento na Unidade de Negócios Corporativos no 2T08 foi no segmento de NGS, no qual a receita aumentou 136,0% devido ao crescimento dos serviços de Transmissão e Transporte de Dados para Empresas e VoIP. No segmento de Linhas de Voz, o crescimento foi de 14,9% em comparação com 2T07. As adições de linhas líquidas e LIS da Unidade de Negócios Corporativo têm baixa correlação com a receita, ao contrário das linhas adicionais, que são relevantes para a Unidade de Negócios Varejo/ PME. A Geodex foi totalmente integrada à Unidade de Negócios Corporativos da GVT, o backbone Geodex está integrado ao portfólio de produtos da equipe de vendas desta Unidade de Negócios. 3.2 CUSTO DOS SERVIÇOS Custo dos Serviços (R$ 000) 2T08 2T07 1S08 1S07 1S08 vs. 1S07 (%) 2T08 s/ Geodex 2T08 (sem Geodex) vs. Custos dos Serviços ,4% ,7% ,3% Custos de Interconexão ,7% ,1% ,7% Fixo Móvel ,9% ,3% ,9% Outras Interconexões ,5% ,2% ,5% Aluguel de Circuitos de Transmissão ,0% ,4% ,4% IP ,0% ,2% ,0% Backbone (GVT) ,3% ,6% ,3% Backbone e Última Milha (Geodex) n.a n.a. - n.a. Última Milha (GVT) ,7% ,5% ,7% Infra-estrutura e manutenção de rede ,5% ,5% ,7% Outros¹ ,1% ,0% ,7% Custo dos Serviços % sobre a Receita 2T08 s/ 2T08 2T07 1S08 1S07 Líquida Geodex Custo dos Serviços 34,2% 35,3% 34,9% 36,1% 33,7% Custos de Interconexão 18,5% 21,7% 18,5% 21,5% 19,3% Fixo Móvel 11,5% 12,6% 11,2% 12,5% 11,9% Outras Interconexões 7,1% 9,1% 7,3% 9,0% 7,3% Aluguel de Circuitos de Transmissão 7,4% 5,8% 8,0% 6,2% 6,0% IP 1,2% 1,0% 1,3% 1,2% 1,2% Backbone (GVT) 3,1% 3,3% 3,2% 3,5% 3,2% Backbone e Última Milha (Geodex) 1,7% - 2,0% - - Última Milha (GVT) 1,5% 1,5% 1,5% 1,4% 1,5% Infraestrutura de rede e manutenção 5,6% 6,2% 5,6% 6,0% 5,7% Outros¹ 2,7% 1,7% 2,8% 2,3% 2,7% ¹ Inclui despesas com viagens e folha de pagamento Nota: Geodex foi consolidada na GVT em 13 de dezembro de Os custos dos serviços totalizaram R$ 108,4 milhões no 2T08 em comparação a R$ 82,5 milhões no 2T07, o que representa um aumento de 31,4%. O custo dos serviços sem considerar os custos diretos da Geodex (estes custos específicos podem ser identificados) foi de R$102,6 milhões no 2T08, um aumento de 24,3% comparado com o 2T07 e 6,7% comparado com 1T08. Detalhes, conforme abaixo: Interconexões O custo de interconexão atingiu R$ 58,7 milhões no 2T08 comparado com R$ 50,7 milhões no 2T07, o que representa um aumento de 15,7%, devido principalmente ao incremento de tráfego sainte de chamadas de clientes GVT nas ligações de longa distância e de fixo para móvel, além de uso de rede. As interconexões de fixo para móvel possuem tarifas substancialmente mais elevadas (VU-M) comparadas às interconexões de ligações de fixo para fixo. Resultados do 2T08 - Página 8 de 20

9 Como percentual da receita líquida, o custo de interconexão representou 18,5% no 2T08 e 21,7% no 2T07 devido à maior receita de dados decorrente de NGS no total da receita da Companhia Aluguel de Circuitos de Transmissão (IP, Backbone e última milha) Os custos de aluguéis de circuitos de transmissão totalizaram R$ 23,5 milhões no 2T08, em comparação com R$ 13,5 milhões no 2T07, representando um aumento de 74,0%. Os custos com Aluguéis de Circuitos de Transmissão no 2T08 foram menores em 6,9%, comparado ao 1T08. Excluindo a Geodex, o custo do aluguel dos circuitos de transmissão totalizou R$ 18,1 milhões, um aumento de 34,4%. Detalhes, conforme abaixo: O custo do IP alcançou um total de R$ 3,6 milhões no 2T08, representando um incremento de 57,0% em relação aos R$ 2,3 milhões no 2T07. Esse custo está diretamente relacionado à receita com serviços NGS, que cresceu 95,5%. O custo de IP foi menor no 2T08 em 9,7%, se comparado ao 1T08. As transações de IRU ( Indefeasible Right of Use ) para backbone internacional de IP contratadas no 2T07, 3T07 e 1T08 geraram uma economia de R$ 4,5 milhões neste trimestre. Adicionalmente, durante 2008, a GVT completou alguns contratos com outras operadoras, o que ajudou a reduzir custos. O custo do backbone alcançou um total de R$ 9,8 milhões no 2T08. Em comparação com os R$ 7,8 milhões do 2T07, representando um crescimento de 26,3%. Esse custo está principalmente relacionado ao crescimento de linhas e receitas de banda larga. A aquisição da Geodex pela GVT no final de dezembro de 2007 representou no 2T08 uma economia de R$ 1,9 milhões. O fim da sobreposição de rede entre os circuitos de transmissão da GVT alugados de terceiros e o backbone da Geodex ocorreu no mês de junho de 2008 e a expectativa é de se atingir uma economia total no ano de aproximadamente R$ 12 milhões, o qual já gerou uma economia de R$ 2,5 milhões no 1S08. Os custos do backbone e última milha da Geodex alcançaram um total de R$ 5,3 milhões (inclui R$1,0 milhão de última milha) no 2T08. Os custos da Geodex relativos à backbone são devidos ao fato de que a Geodex utiliza capacidade de outras operadoras para conectar seus clientes para aumentar sua área de cobertura, principalmente através de contratos swap. Adicionalmente, a rede da Geodex utiliza a última milha de outras operadoras para conectar o backbone de clientes. Os custos de backbone e última milha da Geodex diminuíram 18,3% no 2T08 comparado com 1T08, devido principalmente à migração da rede de última milha da GVT. O custo de última milha da GVT foi de R$ 4,7 milhões no 2T08, representando um aumento de 37,7% em relação aos R$ 3,4 milhões do mesmo período do ano anterior. Isso está relacionado ao custo de aluguel de acessos locais para clientes corporativos em São Paulo e no Rio de Janeiro, onde a GVT não detém cobertura local suficiente de rede metropolitana. A receita da Unidade de Negócio Corporativo fora da Região II, principalmente em São Paulo e no Rio de Janeiro, aumentou 33,7% no 2T08, comparado ao 2T07. O custo de última milha foi menor no 2T08 em 0,5% comparado ao 1T Infra-estrutura de rede e manutenção O custo com infra-estrutura de rede e manutenção passou de R$ 14,5 milhões no 2T07 para R$ 17,7 milhões no 2T08, um acréscimo de 22,5%. Esse aumento está relacionado aos serviços de infra-estrutura e manutenção para dar suporte à expansão de rede em andamento. Resultados do 2T08 - Página 9 de 20

10 3.2.4 Outros Custos Outros custos atingiram R$ 8,6 milhões no 2T08, um aumento de 122,1% em comparação aos R$ 3,9 milhões registrados no 2T07. Esses custos consistem em: manutenção (principalmente energia elétrica); viagens e folha de pagamento. 3.3 LUCRO BRUTO E MARGEM BRUTA (EXCLUINDO DEPRECIAÇÃO/AMORTIZAÇÃO) Como resultado dos fatores discutidos acima, o lucro bruto totalizou R$ 208,6 milhões no 2T08, representando um crescimento de 37,8% em relação aos R$ 151,4 milhões registrados no 2T07. A margem bruta totalizou 65,8% no 2T08, comparado com 64,7% no 2T07, representando um aumento de 1.1 p.p.. Essa melhoria da margem deve-se ao aumento da receita proveniente de produtos de maior margem, tais como: pacotes e serviços NGS, combinado com a economia de custos no backbone e IP. 3.4 DESPESAS COM VENDAS, GERAIS E ADMINISTRATIVAS Despesas (VG&A) (R$' 000) 2T08 2T07 1S08 1S07 1S08 vs. 1S07 (%) Despesas (VG&A) ,3% ,8% Despesas com Vendas ,0% ,5% Salários e Comissões ,6% ,4% Marketing ,3% ,8% Outros ,4% ,8% Gerais e Administrativas ,7% ,4% Despesas (VG&A) como % da Receita Líquida 2T08 2T07 1S08 1S07 Despesas (VG&A) % sobre Receita Líquida 28,3% 29,4% 27,9% 29,0% Despesas com Vendas 19,7% 16,7% 19,2% 16,4% Salários e Comissões 8,5% 7,3% 8,5% 7,0% Marketing 3,1% 3,0% 2,9% 2,6% Outros 1 8,2% 6,4% 7,8% 6,8% Gerais e Administrativas 2 8,6% 12,7% 8,7% 12,7% ¹ Inclui devedores duvidosos, viagens e treinamentos ² Incluem participações dos funcionários e outras despesas operacionais As despesas com vendas, gerais e administrativas, incluindo a participação nos lucros dos empregados atingiram R$ 89,8 milhões no 2T08, um acréscimo de 30,3% quando comparado aos R$ 68,9 milhões registrados no 2T07. Isso se deve ao fato de que o crescimento acelerado das receitas requisitou investimentos adicionais na expansão direta e indireta da força de vendas e marketing, o que gerou despesas antecipadas em relação à geração de resultados, assim como mais despesas de vendas e marketing, bem como em novas cidades. Alguns itens como comissões são mais correlacionados com LIS e adições líquidas do que com as receitas. As adições líquidas na Unidade de Negócios Varejo cresceram 130,1% no 2T08, comparado com 2T07. O aumento detalhado nas despesas VG&A deve-se aos seguintes fatores: Resultados do 2T08 - Página 10 de 20

11 3.4.1 Despesas com Vendas As despesas com vendas totalizaram R$ 62,6 milhões no 2T08, comparado com R$ 39,1 milhões no 2T07, o que representa um aumento de 60,0%, conforme detalhado abaixo: Salários, Encargos e Comissões As despesas com salários, encargos e comissões tiveram aumento de 57,6%, passando de R$ 17,1 milhões no 2T07 para R$ 26,9 milhões no 2T08. O crescimento acelerado da Companhia necessitou investimentos adicionais na expansão direta e indireta da força de vendas. Os custos com comissões são relativos apenas à Unidade de Negócios Varejo e correlacionados com o crescimento das adições líquidas (voz e banda larga), os quais aumentaram 181,5% em comparação com 2T07 e 29,9% em comparação com 1T08. Adicionalmente, o crescimento em salário é devido à expansão do CRM da Companhia (Customer Relationship Management) para dar suporte ao aumento no total de LIS. O CRM da GVT, que é operado por funcionários da companhia, aumentou em 58,5% o quadro de funcionários no 2T08, em relação ao mesmo período do ano anterior. Marketing As despesas de marketing totalizaram R$ 9,7 milhões no 2T08, comparado a R$ 7,1 milhões no 2T07, representando um aumento de 37,3%, devido principalmente ao maior número de campanhas de marketing para suportar o crescimento da Unidade de Negócios Varejo. Outras Despesas Outras despesas atingiram R$ 25,9 milhões no 2T08, comparado com R$ 14,9 milhões no 2T07, o que significa um aumento de 73,4% e quando comparado a 1T08, este crescimento foi de 20,9%. Essas despesas são: devedores duvidosos, treinamento e viagens e eventos da equipe de vendas, os quais cresceram para dar suporte ao aumento das adições líquidas (voz e banda larga) em 176,7% durante este período Despesas Gerais e Administrativas (G&A) Despesas G&A, incluindo a participação nos lucros dos empregados atingiram R$ 27,2 milhões no 2T08, em comparação com R$ 29,8 milhões registrados no 2T07, representando uma redução de 8,7%. Essa redução deve-se a reclassificação de parte da folha de pagamento e participação nos lucros dos funcionários de despesas gerais e administrativas para custos dos serviços, e despesas com marketing EBITDA O EBITDA atingiu R$ 118,8 milhões no 2T08, ante R$ 82,5 milhões no 2T07, apresentando crescimento de 44,0%, resultando em uma margem EBITDA que passou de 35,3% no 2T07 para 37,5% no 2T08, um crescimento de 2.2 p.p.. Esse aumento do EBITDA e da margem EBITDA se deve ao fato da GVT estar focada no crescimento da qualidade em segmentos de maiores margens, combinado com constante otimização de custos. Resultados do 2T08 - Página 11 de 20

12 3.6 DEPRECIAÇÃO E AMORTIZAÇÃO As despesas de amortização e depreciação totalizaram R$ 68,7 milhões no 2T08, em comparação com R$ 48,3 milhões no 2T07, o que representou um aumento de 42,1%, principalmente devido ao aumento dos investimentos na expansão da rede, gerando um aumento nas despesas de depreciação e amortização. 3.7 RESULTADO FINANCEIRO LÍQUIDO O resultado financeiro líquido totalizou R$ 11,1 milhões no 2T08, comparado a R$ 32,3 milhões no 2T07, uma redução de 65,8%. Essa variação ocorreu pelos seguintes fatores: Variação Cambial (despesa) receita Os ganhos com variação cambial atingiram R$ 29,8 milhões no 2T08, representando um aumento de 15,9% em relação a R$ 25,7 milhões no 2T07, devido principalmente a uma maior desvalorizarão do dólar em relação ao real no 2T08 do que no 2T Receita Financeira A receita financeira atingiu R$ 1,4 milhões no 2T08, um decréscimo de 95,1% em relação aos R$ 28,1 milhões registrados no 2T07, em decorrência de: i) menores valores de depósitos em bancos, totalizando R$ 809,6 milhões ao final do 2T07, em comparação com R$ 417,6 milhões ao final do 2T08, resultando em um menor rendimento no valor de R$ 14,4 milhões no 2T08 e; ii) a uma redução pontual decorrente da revisão na provisão de juros e multas financeiras no valor de R$ 11,7 milhões Despesas Financeiras As despesas financeiras atingiram R$ 20,1 milhões no 2T08 em comparação a R$ 21,5 milhões no 2T07, o que representou uma redução de 6,2%. Essa queda de despesas é resultante do efeito do menor grau de endividamento no 2T08 comparado ao 2T IMPOSTO DE RENDA E CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DIFERIDOS O imposto de renda e contribuição social diferidos totalizou R$ 0,5 milhões no 2T08, comparado a R$ 22,6 milhões no 2T07. No 2T08, um ajuste pontual de aproximadamente R$ 18 milhões foi provisionado no Imposto de Renda para refletir os efeitos positivo do planejamento tributário ocorrido no mesmo período, otimizando o total de pagamentos de impostos entre as empresas do grupo GVT. 3.9 LUCRO LÍQUIDO O lucro líquido no 2T08 foi de R$ 58,2 milhões, comparado a R$ 43,1 milhões no 2T07, um aumento de 35%. Resultados do 2T08 - Página 12 de 20

Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009

Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009 GVT (Holding) S.A. Divulgação de Resultados 1º Trimestre de 2009 Curitiba, 22 de Abril de 2009 Curitiba, 22 de abril de 2009: A GVT (Holding) S.A. (Bovespa: GVTT3, Reuters: GVTT3.SA e Bloomberg GVTT3:BZ),

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008

Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007. Curitiba, 14 de janeiro de 2008 Divulgação de Resultados do 4 Trimestre de 2007 Curitiba, 14 de janeiro de 2008 No 4T07, a receita da GVT aumentou 29%, a receita relativa ao core business cresceu 37%, o EBITDA aumentou 41% alcançando

Leia mais

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A.

Resultados do 1 Trimestre de 2007. GVT (Holding) S.A. Resultados do 1 Trimestre de 2007 GVT (Holding) S.A. RECEITA LÍQUIDA DA GVT CRESCE 25,2% E EBITDA AJUSTADO ATINGE CRESCIMENTO DE 38,6% NO 1T07 Durante o 1T07 a GVT completou seu IPO que atingiu um acréscimo

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0%

(Os números financeiros estão em Reais e baseados nas demonstrações financeiras consolidadas da Embrapar) EBITDA 464,6 354,2 527,7 13,6% 49,0% Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 26 de abril de 2006 Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (NYSE:EMT;BOVESPA:EBTP4, EBTP3) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Resultados do 4T05 e do ano de 2005

Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Resultados do 4T05 e do ano de 2005 Teleconferência 24/03/2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2008 e 4T08 Cemig D

EARNINGS RELEASE 2008 e 4T08 Cemig D EARNINGS RELEASE 2008 e 4T08 Cemig D (Em milhões de reais, exceto se indicado de outra forma) --------- Lucro do Período A Cemig Distribuição apresentou, no exercício de 2008, um lucro líquido de R$709

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 49% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 35% MARGEM DE EBITDA ATINGIU 29% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 3T06. As demonstrações financeiras

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom

1T10 RESULTADOS. Fitch ratings eleva de A para A+(bra) o Rating Nacional de Longo Prazo da Algar Telecom RESULTADOS 1T10 Uberlândia MG, Maio de 2010 A Algar Telecom, Empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados do 1º Trimestre de 2010 (1T10). As Informações

Leia mais

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009

Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 Algar Telecom registra lucro de R$ 71 milhões em 2009 EBITDA atingiu a soma de R$ 391 milhões no ano passado São Paulo, 24 de março de 2010 A Algar Telecom, empresa de telecomunicações do Grupo Algar,

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1º SEMESTRE 2007

EARNINGS RELEASE 1º SEMESTRE 2007 Geração e Transmissão S.A. Cemig Geração e Transmissão S.A CNPJ 06.981.176/0001-58 EARNINGS RELEASE 1º SEMESTRE 2007 1 ---------- Lucro Líquido A Cemig Geração e Transmissão apresentou, no primeiro semestre

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 4T 2013 e de 2013 MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 2013 Receita Líquida de Vendas de R$ 2.393,8 milhões em 2013,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Resultados do 2T08. Destaques. Relações com Investidores

Resultados do 2T08. Destaques. Relações com Investidores Resultados do 2T08 Uberlândia MG, Agosto de 2008 A CTBC Companhia de Telecomunicações do Brasil Central S.A, empresa integrada de telecomunicações com um portfólio completo de serviços, divulga seus resultados

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T11

Divulgação de Resultados 3T11 Divulgação de Resultados 3T11 15 de Novembro de 2011 Palestrantes Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo Brun Fausto Diretor Operacional 2 Disclaimer Esta apresentação não constitui

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO

COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO Uberlândia MG, Maio de 2013 A Algar Telecom, Companhia completa e integrada de telecomunicações e TI, detentora da marca CTBC, divulga seus resultados do 1º Trimestre

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado RESULTADOS DO 1T11 CAPTAÇÃO RECORDE com mais de 73 mil novos alunos (24% acima do 1T10) Aumento de 21% no EBITDA, que totalizou R$48 milhões, e ganho de 1,9 p.p. na Margem, que atingiu 17,4% no 1T11 Rio

Leia mais

Conciliação do BR GAAP com o IFRS Resultado e Patrimônio Líquido em 31 de dezembro de 2008

Conciliação do BR GAAP com o IFRS Resultado e Patrimônio Líquido em 31 de dezembro de 2008 Bovespa: TPIS3 www.tpisa.com.br Departamento de RI Diretoria Ana Cristina Carvalho ana.carvalho@tpisa.com.br Gerência Mariana Quintana mariana.quintana@tpisa.com.br Rua Olimpíadas, 205-14º andar Fone +55

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2016 começou com o cenário macroeconômico muito parecido de 2015, uma vez que o mercado continua com tendências negativas em relação a PIB, inflação e taxa de juros. Novamente a Ouro

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999

EMBRATEL PARTICIPAÇÕES TEM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,5 BILHÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2000, 26 PORCENTO ACIMA DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 1999 INFORMATIVO Silvia M.R. Pereira Relações com Investidores tel: BR 55 21 519-9662 fax: 55 21 519-6388 Wallace Borges Grecco Relações com a Imprensa tel: BR 21 519-7282 fax: 021-519-8010 EMBRATEL PARTICIPAÇÕES

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO 1. DESTAQUES O ano de 2015 está demonstrando ser muito desafiador, apresentando um cenário macroeconômico incerto, onde as expectativas do mercado preveem redução do PIB, aumento da inflação e da taxa

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP 5º CCN 2012.1 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO O artigo 187 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das Sociedades por Ações), instituiu a Demonstração do Resultado do Exercício. A Demonstração do Resultado

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02011-7 GVT (HOLDING) S.A. 03.420.904/0001-64 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02011-7 GVT (HOLDING) S.A. 03.420.904/0001-64 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF DFP - DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS PADRONIZADAS EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/12/27 Legislação Societária O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 São Paulo, Brasil, 15 de maio de 2008 - A Le Lis Blanc Deux Comércio

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho de 2011 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Aliança com a Portugal Telecom e Aumento de Capital

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CIA CAT. DE ÁGUAS E SANEAMENTO - CASAN Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2011 - CIA CAT. DE ÁGUAS E SANEAMENTO - CASAN Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Fluxo de Caixa 6 Demonstração das Mutações

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

NBC TSP 10 - Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária

NBC TSP 10 - Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária NBC TSP 10 - Contabilidade e Evidenciação em Economia Altamente Inflacionária Alcance 1. Uma entidade que prepara e apresenta Demonstrações Contábeis sob o regime de competência deve aplicar esta Norma

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox Vice Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores

Leia mais

Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006

Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006 Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006 Ebitda consolidado pro-forma com Ripasa atinge US$125 milhões São Paulo, 19 de julho de 2006. Suzano Papel e Celulose

Leia mais

ELETROBRÁS PARTICIPAÇÕES S/A - ELETROPAR BALANÇO EM 31 DE MARÇO 2009 E 2008 (Em milhares de Reais)

ELETROBRÁS PARTICIPAÇÕES S/A - ELETROPAR BALANÇO EM 31 DE MARÇO 2009 E 2008 (Em milhares de Reais) ATIVO ELETROBRÁS PARTICIPAÇÕES S/A - ELETROPAR CIRCULANTE Disponibilidades Aplicação Financeira 27.880 14.201 Caixa e Bancos 18 65 27.898 14.266 Contas a Receber Eletronet 59.145 59.145 Empresas Cedentes

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11

Apresentação de Resultados 2T11 Apresentação de Resultados 2T11 Aviso Legal Aviso Legal Encontra-se em curso a distribuição pública inicial primária e secundária de certificados de depósitos de ações ( Units ) de emissão da Abril Educação

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T15

Divulgação de Resultados 3T15 São Paulo - SP, 4 de Novembro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11)

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11) QUALICORP REGISTRA CRESCIMENTO DO TRIMESTRE NO NÚMERO DE BENEFICIÁRIOS DE 18,5%, RECEITA LÍQUIDA DE 43,9%, EBITDA AJUSTADO DE 36,6% EM RELAÇÃO AO 2T10 1 São Paulo, 12 de agosto de 2011. A QUALICORP S.A.

Leia mais

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006

7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa. 21 e 22 de agosto de 2006 7 a Conferência Brasil Anual Santander Banespa 21 e 22 de agosto de 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados

Leia mais

ENTENDENDO OS DIVERSOS CONCEITOS DE LUCRO

ENTENDENDO OS DIVERSOS CONCEITOS DE LUCRO ENTENDENDO OS DIVERSOS CONCEITOS DE LUCRO LAJIDA OU EBITDA LAJIR OU EBIT SEPARAÇÃO DO RESULTADO OPERACIONAL DO FINANCEIRO Francisco Cavalcante (francisco@fcavalcante.com.br) Sócio-Diretor da Cavalcante

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T09

Teleconferência de Resultados 4T09 Teleconferência de Resultados 4T09 Índice Comentários de Mercado Pág. 3 Qualidade da Carteira de Crédito Pág. 10 Liquidez Pág. 4 Índice de Eficiência Pág. 14 Funding e Carteira de Crédito Pág. 5 Rentabilidade

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney

Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Net Serviços de Comunicação S.A Apresentação Expomoney Considerações Futuras Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

APIMEC SP Maio 2006 1

APIMEC SP Maio 2006 1 APIMEC SP Maio 2006 1 Considerações Futuras Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009

BRASIL BROKERS. Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 BRASIL BROKERS Reunião Anual com Investidores APIMEC-Rio 2009 2009 Brasil 2009 Brokers Brasil Todos Brokers os Direitos Todos os Reservados Direitos Reservados Esta apresentação não constitui uma oferta,

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005 Divulgação Imediata Cot. da Ação PNB CLSC6) em 31/03/05: R$ 0,90/ação Valoriz. No 1T05: -16% Valor de Mercado R$ : 694 milhões US$

Leia mais

Operadora: Indicadores econômico-financeiros

Operadora: Indicadores econômico-financeiros Número 02 São Paulo, 13 de agosto de 2013 Operadora: Indicadores econômico-financeiros RESUMO A GVT tem apresentado variações positivas significativas na quantidade de acessos nos últimos três anos, e

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 4 Balanço Patrimonial Passivo 6 Demonstração do Resultado 9 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

FAPAN Faculdade de Agronegócio de Paraíso do Norte

FAPAN Faculdade de Agronegócio de Paraíso do Norte DLPA DEMONSTRAÇÃO DE LUCROS OU PREJUÍZOS ACUMULADOS A DLPA expõe as variações ocorridas, durante o exercício, na conta Lucros ou Prejuízos Acumulados. Ela pode ser incluída na DMPL Demonstração das Mutações

Leia mais

Contato RI. Teleconferência de Resultados do 2T06

Contato RI. Teleconferência de Resultados do 2T06 29 de Agosto de 2006 - GP Investments, Ltd ( GP Investments ou Companhia ) [BOVESPA: GPIV11], um dos líderes no mercado de private equity no Brasil anuncia um lucro líquido de US$4,9 milhões e receitas

Leia mais

RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013

RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013 RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013 DASA divulga receita bruta de R$ 640,4 milhões e geração de caixa operacional de R$ 43,3 milhões no 1T13 Romeu Cortes Domingues Presidente do Conselho de Administração

Leia mais

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico

Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico Oi e Portugal Telecom formalizam parceria e investimento estratégico A parceria prevê capitalização da empresa brasileira em até R$ 12 bi, reduzindo alavancagem e ampliando capacidade de investimento,

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3 Resultados 3T10 FLRY3 A marca mais valiosa no setor de saúde Brasileiro A 6ª marca mais valiosa entre as empresas de serviços A 25ª marca mais valiosa no Brasil Millward Brand / BrandAnalytics A Empresa

Leia mais