Ô DE CASA. o saber popular de comunidades rurais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ô DE CASA. o saber popular de comunidades rurais"

Transcrição

1 Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

2 Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

3 Instituição Executora Rua Desembargador Westphalen, 15-16º andar Curitiba - Paraná - Brasil Fone/Fax: e

4 Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais Adriana Marques Canha Editora técnica Curitiba, agosto de 2004

5 FICHA TÉCNICA Equipe técnica responsável Adriana Marques Canha Kátia Regina Casula Fornazzari Simone Canha Consoni Colaboradora Letícia Ostrovski Ilustrações Karina Marques Canha Ilustrações das Histórias e Lendas Arielson Marcondes de Oliveira Edicléia Marcondes Buture Érike Marcondes Leal Jocilaine Aparecida Leal Anderson, Angela e Jamil (alunos da 1ª série da Escola de Ribeirão dos Pinheiros) Revisão de texto Leandro Borgonha Fotos Adriana Marques Canha Cirino Corrêa Júnior Kátia Regina Casula Fornazzari Luiz Antonio Biasi Projeto gráfico e editoração Saulo Kozel Teixeira Fotolitos e impressão Optagraf copyright Mater Natura Ô DE CASA: o saber popular de comunidades rurais / Adriana Marques Canha editora técnica. Curitiba: Mater Natura Instituto de Estudos Ambientais, p., il. ISBN: Lendas. 2. Histórias. 3. Artesanato. 4. Plantas medicinais. I. Canha, Adriana Marques, ed. II. Título. CDD

6 MUITO OBRIGADO Tão importante quanto este livro é lembrar de todos que com sua generosidade e boa vontade acreditaram e se tornaram parceiros nesta realização. Muito obrigado: Prefeitura Municipal de Castro, Secretarias de Educação, Cultura, da Infância e Adolescência; do Abastecimento e Agricultura; e da Saúde; Mater Natura Instituto de Estudos Ambientais que desde o início colaborou com sua infra-estrutura e apoio financeiro. Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Paraná SEMA e Instituto Ambiental do Paraná - IAP que com recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente viabilizou a coleta de informações nas comunidades rurais e parcialmente o custo da impressão deste livro. técnicos Juarez Cordeiro e Osmar dos Santos Ribas do Museu Botânico Municipal pela identificação taxonômica das plantas medicinais; Emater Paraná, na pessoa do Eng. Agr. M. Sc. Cirino Corrêa Júnior pelas informações e imagens de plantas medicinais; Universidade Federal do Paraná UFPR, na pessoa do professor Dr. Luiz Antonio Biasi pelas imagens de plantas medicinais; Sr. Francisco Leocádio Canha e família pela hospitalidade na fazenda São Lourenço em Castro; professoras Jozana Carneiro, Silmara de Jesus Carneiro, Rosi de Jesus Barbosa e Joseane Alves da Silva; merendeiras Eneli Alves Leal Marcondes e Andrelina de Lourdes Leal de Oliveira e alunos da Escola Rural da Serra do Apon; professoras Elis Regina Kubis e Estela Buturi Carneiro e alunos da Escola Rural de Ribeirão dos Pinheiros. supervisoras rurais Elisângela Canha, Silmara Debétil e Eva Ferraz da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, da Infância e Adolescência; agente de saúde Josilda de Jesus Alves da Silva do Distrito do Socavão; Érico Kauano, Daniella L. do Nascimento, Tiago T. Fabri, Sheilla Carvalho pela colaboração nas fases de campo; Leandro Borgonha pelas sugestões e revisão dos textos; artista plástica Karina Marques pelas ilustrações; jornalista Tereza Urban pelo apoio desta edição; Saulo Kozel Teixeira pelo projeto gráfico; comunidades da Serra do Apon, São João do Faxinal, Lagoa dos Alves, Pinhal dos Alves, Funil, Bairro dos Luís e Ribeirão dos Pinheiros, em especial àqueles que nos acolheram em suas casas e à beira do fogão nos enriqueceram com seus conhecimentos.

7 BAIRRO DOS LUIS Carmélia Arminda Ribas Josabel Carneiro Osmário de Oliveira Carneiro FUNIL Acir José Leal Ambrósia Marcondes Ribas Estela Aparecida Buture Carneiro Genipro Marcondes Ribas João Maria Carneiro Sobrinho Joel Rolim Carneiro Maria Marcondes Leal Marilda Aparecida Marcondes Leal Neuza de Lourdes Silva Sebastião Marcondes Ribas LAGOA DOS ALVES Antonio Vilson Alves da Silva Amir Ferreira de Souza Cândida de Jesus Marcondes Souza Cherubino Rodrigues da Silva Dinair Rodrigues de Paula Doracina Mendes Eli Aparecida da Silva Elizangela Aparecida Alves da Silva João Alves da Silva Leal João Ferreira de Souza, dito João Pereira (in Memoriam) João Maria Alves da Silva Josilda de Jesus Alves da Silva Maria Augusta Rodrigues da Silva Maria Caetana Marcondes Maria Castorina Rodrigues dos Santos Mercedes Mendes da Silva Nanci Rodrigues de Paula Roseli de Jesus da Silva Rubens Alves Santos Sebastião Jacinto da Silva Zumira Marcondes da Silva PINHAL DOS ALVES Filomena Ferreira Alves Lourentina Oliveira de Rodrigues Júlio Rodrigues Neto Maria Eloir Marcondes da Silva Vicente Roque da Silva Rozenilda de Jesus da Silva RIBEIRÃO DOS PINHEIROS Antônio Carlos Marcondes Elis Regina Kubis Carneiro Fabiana Marcondes Ribas Butura João Maria Marcondes dos Santos Josemira Lúcia Oliveira Marcondes Lauro Pereira Pinto Leontina Alves de Oliveira Lineu Domingues Butura Maria da Luz Marcondes Carneiro Maria de Jesus Rodrigues Pereira Maria José Alves de Oliveira Ondila Alves de Oliveira Suzana Buturi Valdilha de Jesus Ribas Buturi SÃO JOÃO DO FAXINAL Cândida Rodrigues Nascimento Ferdinando Rodrigues Nascimento Joacir Pereira José Aristides Rodrigues de Melo José Rosa de Almeida, dito Zé Dario Lourdes Mendes Cordeiro Maria Zelinda Rodrigues Maciel Valdomira Alves Marcondes Vani Rodrigues dos Santos SERRA DO APON Anadir de Jesus Leal Aníbal Machado de Araújo Barbina Marcondes Ribas (in Memoriam) Benedito Roque de Campos Leal Cândida Alves Leal Carmélia Marcondes Ribas (in Memoriam) Maria da Conceição Leal Carneiro Edília Leal Eneli Alves Leal Marcondes Ione Marcondes Ribas Isalina Carneiro João Leal José dos Santos Carneiro José Francisco Alpes Jurema Maria Leal Maria de Lurdes Rodrigues da Silva Luiz Carlos Alpes Maria Campos Leal Maria da Luz Carneiro Riva Alpes e a cada um que à sua maneira contribuiu para esta realização.

8 APRESENTAÇÃO No município paranaense de Castro, em sua porção leste de relevo bastante acidentado, instalaram-se pequenos proprietários rurais, ditos caipiras ou sitiantes. Seja por herança de seus antepassados ou necessidade de migração devido à forte pressão exercida por latifúndios, estes núcleos populacionais impossibilitados de avançar com a mecanização agrícola desenvolveram ao longo de gerações formas próprias de manejo e gestão das áreas naturais. Durante dois anos, o projeto Resgate do Etnoconhecimento da Região Rural de Castro, Pr executado pelo MATER NATU- RA Instituto de Estudos Ambientais em convênio com SEMA/IAP/FEMA, verificou a importância de difundir este saber-fazer popular, seus ritos e práticas de subsistência resultantes da percepção ecológica das comunidades tradicionais em sua forte ligação e dependência a estes recursos. A primeira parte deste livro Remédios das plantas descreve e ilustra as plantas comumente utilizadas pelas comunidades na medicina caseira, com orientações de identificação, utilização, modo de preparo, posologia, alertas à toxicidade e equívocos de uso. Toda informação aqui prescrita está em conformidade com os mais recentes estudos nesta especialidade. Segue um índice por doenças, para uma rápida consulta às plantas mais eficazes e indicadas para cada enfermidade, além de informações sobre os cuidados que garantem a extração dos princípios ativos das plantas na preparação do remédio. E para contribuir e estimular o plantio de plantas medicinais e aromáticas, este guia também possui informações básicas de cultivo, colheita, armazenamento e secagem. Resgatadas pelas crianças das Escolas Rurais da Serra do Apon e Ribeirão dos Pinheiros no concurso Cata Lendas e descritas de forma ilustrativa, as Lendas e Histórias expressam por meio de mitos e símbolos a percepção aguçada de mundo e os valores pregados pelos contadores de causos da região. O artesanato local surge da necessidade de criar manualmente seus objetos de uso. Em Do Artesanal ao Artesanato esta tradição apresenta-se ilustrada descrevendo o prazer na criação de cada peça, sua beleza e originalidade, inseparáveis de sua função. Adriana Marques Canha, Coordenadora

9 PREFÁCIO Esta publicação possui especial relevância tanto para a equipe técnica responsável por sua elaboração quanto para o MATER NATURA Instituto de Estudos Ambientais, propositor do projeto que viabilizou a coleta de informações constantes nesta obra. Sua disponibilização às comunidades rurais do município de Castro representa o cumprimento da filosofia de ação e de objetivo estatutário do MATER NATURA, que determina a sistematização e difusão de informações à sociedade. Representa também o compromisso ético de retornar estes conhecimentos coligidos aos seus verdadeiros depositários, as citadas comunidades rurais. Esta responsabilidade é igualmente assumida em projeto similar realizado no litoral paranaense quando, em reuniões comunitárias, foram apresentados cursos de esclarecimento sobre o uso de fitoterápicos e entregue apostilas aos habitantes do entorno do Parque Nacional de Superagüi (Guaraqueçaba-PR). O lançamento deste livro faz parte das comemorações do 21º aniversário de fundação (7 de agosto de 1983) desta ONG. Demonstra a dedicação da equipe técnica do projeto em contribuir com a conservação da diversidade biológica e cultural do Paraná, reafirmando a missão do MATER NATURA. Desde 1992 é a sexta publicação devidamente catalogada junto a Fundação Biblioteca Nacional em que o MATER NATURA é o autor ou co-autor. O financiamento do projeto Resgate do etnoconhecimento da região rural de Castro cujo presente livro era um dos produtos previstos originou-se do convênio entre nossa ONG e o governo do Estado do Paraná, por intermédio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente SEMA e do Instituto Ambiental do Paraná IAP, com recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente FEMA. Integrante de um conjunto de mais de 40 projetos conveniados com Prefeituras e ONGs paranaenses (Edital FEMA nº 01), em 5 de junho de 2002, a brusca e, ainda hoje, inexplicável paralisação unilateral dos recursos por parte do Estado, prejudicou a execução e a conclusão de todos os projetos componentes do Edital. O MATER NATURA recebeu apoio de três das quatro parcelas trimestrais previstas no convênio, permitindo o levantamento das informações em campo.

10 Contudo, todo o trabalho de compilação, ordenamento e sistematização dos dados coligidos foram realizados de forma voluntária pelas técnicas do projeto, bem como o projeto gráfico, executado sem nenhum ônus, por Saulo Kozel Teixeira. Outras despesas, como fotolitos, foram assumidas integralmente pelo MATER NATURA. A ausência desta última parcela prejudicou uma devolução mais efetiva destes conhecimentos à população local, inviabilizando a realização de reuniões com funcionários das Secretarias de Educação (professores) e de Saúde (agentes de saúde) da Prefeitura Municipal de Castro, e membros das comunidades para um repasse mais direto das informações coligidas. Um fato isolado como este não abala a perspectiva em continuar, nas próximas décadas, nosso trabalho em parceria com outras ONGs, setores privados, universidades, centros de pesquisas e órgãos governamentais, a exemplo de dois projetos significativos Revisão do Plano de Manejo do Parque Estadual Vila Rica do Espírito Santo e Livro Vermelho da Fauna Ameaçada de Extinção no Estado do Paraná realizados em parceria com a SEMA e o IAP e concluídos no primeiro semestre de Paulo Aparecido Pizzi, Presidente do Mater Natura

11 SUMÁRIO REMÉDIOS DAS PLANTAS 15 Alecrim 16 Alfavaca 17 Araçá 18 Artemísia 19 Aroeira 20 Arruda 21 Boldo 22 Carqueja 23 Chapéu-de-couro 24 Cipó-milome 25 Erva-cidreira 26 Erva-de-bicho 27 Erva-de-santa-maria 28 Espinheira-santa 29 Gengibre 30 Guiné 31 Hortelã-pimenta 32 Levante 33 Losna 34 Maçanilha 35 Manjerona 36 Melissa 37 Mentruz 38 Novalgina 39 Palma-fedida 40 Pinheiro 41 Quebra-pedra 42 Rubim 43 Sete-sangrias 44 Terramicina 45 Referências consultadas 46 Fotos das plantas medicinais 47 Índice por doenças 53 Preparação do remédio 56 Dicas de cultivo 57 LENDAS E HISTÓRIAS 61 DO ARTESANAL AO ARTESANATO 69

12 REMÉDIOS das plantas

13 Foto 1 ALECRIM - Rosmarinus officinalis Encontrado em solos pedregosos e arenosos, acredita-se que estimula a memória: os gregos usavam nos cabelos ao estudarem para provas. Queima-se como incenso para purificar o ambiente, como fazem D. Maria Caetana e D. Zumira, da Lagoa dos Alves. Segundo D. Marilda, do Funil, a defumação é feita com alho e arruda para afastar o mau olhado na criação. Todas comunidades usam como calmante para os nervos. Na Lagoa dos Alves, Seu Querubino usa o chá para dor de barriga, dor de cabeça e para desânimo (anemia ou depressão); D. Mercedes para bronquite e tosse; Seu João Pereira para cortar a febre. Já D. Filomena, do Pinhal dos Alves, indica o chá para problemas cardíacos e D. Valdilha, do Ribeirão dos Pinheiros, para cólica menstrual. Segundo Seu Osmário, do Bairro dos Luís, é bom para gripe. Para sabermos mais... Indicado para os sistemas respiratório, renal, hepático e intestinal. Também para má digestão, úlceras, gases, hemorróidas, cistite (inflamação da bexiga), gota (inflamação das articulações), colesterol alto, insônia, memória fraca, perda do apetite, frigidez e pressão alta. Utilização local para dores reumáticas, queda de cabelo e caspa, e como cicatrizante e anti-séptico de feridas. Como preparar Uso externo: para reumatismo, queda de cabelo e feridas locais, infusão com 50g de folhas em 1 litro de água para banhos e lavagens locais. Uso interno: Em 1 xícara média, colocar 2g ou 1colher (chá) das folhas e adicionar água fervente. Abafar 10 minutos. Beber 3 vezes ao dia. Alerta O uso do alecrim durante a noite, pode alterar o sono. Em grandes quantidades provoca intoxicação com aparecimento de sono profundo, espasmos (contração involuntária dos músculos), inflamação de estômago e intestino (gastroenterite), sangue na urina, irritação nervosa e em doses maiores pode provocar até mesmo a morte. Contra indicado para quem tem problemas de pele, gestantes, e pessoas com problemas de próstata. Referências consultadas: 1,3,7,10,11,12 16 l Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

14 Foto 2 ALFAVACA - Ocimum selloi Conhecida também por alfavaca do mato, alfavaca do reino, alfavaca-decasca e paulista. Possui aroma semelhante ao anis e é muito utilizada pela comunidade do Funil. Segundo recomendações de D. Ambrósia e sua filha Maria, moradoras locais, combate gripe, dor de garganta, febre e retira friagem (resfriado). No Bairro dos Luís buscam sua ação diurética para problemas de bexiga e rins. Como a espinheira-santa também é usada no combate às úlceras gástricas. Para sabermos mais... Problemas das vias respiratórias como bronquite e tosse. Ajuda a eliminar os gases intestinais e evita vômitos. Como preparar Uso interno: Infusão com 1 colher (sobremesa) de folhas e inflorescências picadas. Despeje água fervente em 1 xícara (chá). Abafe e tome este coado 2 a 3 vezes ao dia antes das refeições. Para problemas respiratórios recomenda-se o xarope, feito com o mesmo coado, mais concentrado com adição de 2 xícaras de açúcar cristal. Levar ao fogo até dissolver. Tomar 1 colher (sopa) 2 a 3 vezes ao dia; e para as crianças, metade desta dose. Já Sebastião (Neno) - filho de D. Ambrósia e Seu Genipro do Funil - indica seu xarope para gripe e pressão alta. Deixe ferver por 10 minutos 1 folha grande de jaguarandi (foto 31), 100g de avenca (foto 32), 100g de folha de eucalipto, 3 folhas de novalgina (foto 24), 1 folha de sálvia (foto 33), 100g de levante (foto 18), 3 folhas de capim-cidró (foto 34) e 200g de alfavaca em 1 litro de água, 15 colheres de açúcar e 1 copo de mel. Coar e ferver novamente até engrossar. Beber 1 colher (sopa) 3 vezes ao dia para adultos e metade desta dose para crianças. Uso externo: Seu forte aroma proporciona banhos relaxantes com o chá mais concentrado diluído na água quente. Muitos conciliam o banho com a ingestão do chá no combate a gripe e febre. Seu Joacir, do Faxinal, indica também para aliviar dores no corpo e nas pernas. Referências consultadas: 1, 7 l 17

15 Foto 3 ARAÇÁ - Psidium cattleianum Tanto o araçá-vermelho quanto o araçá-amarelo, naturais da Mata Atlântica, têm seus frutos muito apreciados. Nas comunidades são indicados para dor de barriga, problemas intestinais, disenteria, estufamento e ronco na barriga. Para sabermos mais... Possui eficaz atividade antimicrobiana e anti-hemorrágica. Como preparar Uso interno: A D. Leontina, do Ribeirão dos Pinheiros, faz chá das folhas. Seu Lauro e D. Valdilha, também do Ribeirão, Seu Joacir, do Faxinal, e D. Carmélia, da Serra, fazem infusão das folhas ou do broto. D. Maria, do Funil, adiciona maisena ao chá, para disenteria. Na Lagoa dos Alves, Seu João Pereira masca as folhas ou um pedaço da casca da árvore para cortar a disenteria. A ingestão do fruto se faz in natura. Verifique as medidas no item Preparação do remédio. Referências consultadas: 2,6,12,13 18 l Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

16 Foto 4 ARTEMÍSIA - Artemisia vulgaris Multiplica-se por rizomas. Conhecida por otimija e artemija na comunidade do Funil. Na Lagoa dos Alves, Seu Querubino usa o chá da raiz para constipação e dor de barriga. Segundo D. Dinair e D. Zumira é ótima para fazer descer a menstruação e aliviar as cólicas, afirma também D. Estela, do Funil. Na Serra do Apon, Seu Anibal usa para recaída (desânimo) e Seu Benedito para machucadura, porém, ele alerta que ingerida em grandes doses pode ser abortiva. Para sabermos mais... Para gastrite, reumatismo, febre, flatulência (acúmulo de gases), anemia, icterícia, nervosismo, ansiedade, problemas no fígado e útero, convulsões (epilepsia, também conhecida por doença do ar), e para derrubar lombrigas (vermífugo). Tem propriedades inseticidas, agindo localmente contra piolhos e lêndeas. Os raminhos secos colocados nos armários repelem as traças. Como preparar Uso interno: Infusão para problemas digestivos, colocar 1 colher (sopa) das folhas em 1 litro de água quente. Abafar por 10 minutos. Beber 1 xícara após as refeições. Para cólicas menstruais, colocar 1 colher (chá) em 1 xícara (chá) de água quente e abafar por 5 minutos. Beber 2 a 3 xícaras (café) ao dia. Para o sistema nervoso, use 15g da planta para 1 litro de água quente. Beber 2 a 4 xícaras ao dia. Uso externo: Para reumatismo fazer compressas do suco das folhas e/ou raízes no local afetado. Do mesmo modo para piolhos e lêndeas. Alerta Não é indicada para mulher grávidas ou que estejam amamentando; Não deve ser ingerida em doses acima das indicadas, podendo ser tóxica, causando convulsões, problemas hepáticos, mentais e psíquicos. Referências consultadas: 1, 3, 12 l 19

17 Foto 5 AROEIRA - Schinus terebinthifolia Nativa do Brasil e conhecida em todo meio rural, é cultivada por semente e estaquia. D. Maria e Seu João, do Ribeirão dos Pinheiros, recomendam a madeira para construção de palanques e cercas. O chá da casca é utilizado pelos moradores da região para tratamentos bucais, como analgésico nas dores de dente ou antiinflamatório, e segundo D. Maria, do Funil, nos casos de estrubute (raiz do dente inflamado). D. Vani e Seu Joacir do Faxinal usam como cicatrizante e anti-séptico de feridas da pele. Para D. Mercedes, da Lagoa dos Alves, por sua ação contra fungos e bactérias, o chá das folhas pode ser utilizado para lavagens de assento. Para sabermos mais... Recomendam-se banhos de assento no tratamento de feridas no colo do útero, hemorróidas e sífilis. O chá é indicado para febre, doenças do sistema urinário e respiratório, reumatismo, hemorragia uterina, inflamações de garganta e gengiva, e também para azia e gastrite. Como preparar Uso interno: Decocção cozinhando 100g da entrecasca limpa seca e em pedaços, em 1 litro de água. Para os frutos (100g), cozinhá-los duas vezes, em 1/2 litro de água cada vez. Beber 30ml, 2 vezes ao dia. Uso externo: Este cozimento é recomendado nos banhos de assento para feridas e hemorróidas, e nas compressas para feridas da pele. Para inflamações de gengiva e garganta, gargarejos e bochechos adicionando 1 ou 2 partes de água para a mesma quantia do cozimento. Alerta Seguir a dosagem. O uso indevido causa irritações na pele e mucosa; Os frutos não devem ser ingeridos: provocam intoxicação com vômitos e diarréias, inflamação nas mucosas e irritação no estômago. Referências consultadas: 1, 4, 7, l Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

18 Foto 6 ARRUDA - Ruta graveolens Muitas famílias da região acreditam em sua proteção contra o mau-olhado, misturando-a com plantas aromáticas nas defumações. D. Ambrósia, do Funil, usa a arruda com folhas de rosário (foto 35), capim-cidró (foto 34), alecrim (foto 1), palha do alho e queima em casa e próximo à criação. Josabel, do Bairro dos Luís, além de rosário, acrescenta guiné (foto 16) e um papelzinho com os nomes das pessoas de mau agouro e dá misturado no milho para criação comer. Nas comunidades é indicada para ardência nos olhos, ciscos, batidas e vista cansada. D. Mercedes, da Lagoa, indica para cólicas menstruais e D. Estela, do Funil, para dor de dente. D. Mercedes, da Lagoa, e a família do Seu Vicente, do Pinhal, fazem uso local em machucaduras e feridas. D. Josabel, do Bairro dos Luís no, combate ao piolho. Para sabermos mais... Vermífugo, é recomendada para febre, cãimbras, doenças do fígado e de ouvido, inflamações na pele (abscessos e furúnculos), sarna, incontinência urinária e calmante dos nervos. Como preparar Uso interno: Infusão fraca para atraso menstrual, preparado com 1 colher (café) de folhas picadas em 1 xícara (chá). Beber 2 vezes ao dia. Uso externo: Contra dor de ouvido, coloca-se 2 ou 3 gotas de sumo no ouvido doente. Para os olhos, segundo D. Dinair, da Lagoa dos Alves, e D. Estela, do Funil, deixar a folha moída em água fria de um dia para outro; ou fazer infusão da erva, filtrar, deixar esfriar e lavar os olhos. Ou ainda compressas no local, ensopando dois chumaços de algodão. Para feridas, D. Mercedes mistura no álcool erva-doce (foto 36), palma-fedida (foto 25) e mentruz (foto 23); ou segundo Seu Vicente com alho, fumo (foto 37) e mel na forma de emplastro. Para sarna e piolhos, infusão mais forte de 20g de folhas para 1 litro de água e passar na área afetada. Para inflamações de pele, emplastro de folhas frescas sobre o local. Cobrir com gaze. Alerta Bastante cuidado com seu uso interno. O excesso provoca graves hemorragias sobre o útero, sendo contra indicado em mulheres grávidas. O uso externo provoca queimaduras na pele quando exposta ao sol. Referências consultadas: 1, 4, 10, 11, 12 l 21

19 Foto 7 BOLDO - Plectranthus barbatus Várias espécies são denominadas popularmente por boldo. Em Castro identificam-se duas espécies diferentes utilizadas para os mesmos fins, o Plectranthus barbatus, conhecido por boldo e figatil, e o Plectrantus neochilus, conhecido por boldo, boldo-do-chile e boldo-do-reino (foto 38). Segundo as comunidades, atua no sistema digestivo: estômago embrulhado, dor no fígado e dor no peito causada pelo acúmulo de gases. D. Estela, do Funil, usa o chá para lavagem de cabeça contra piolhos. Para sabermos mais... Utilizada no controle da gastrite e úlceras, má digestão, azia, mal-estar gástrico, ressaca e como estimulante da digestão e do apetite. Como preparar Uso interno: Infusão de folhas (frescas): 3 a 4 folhas para 1 xícara média. Beber 1 a 3 xícaras por dia, adoçando ou não. Alerta O falso-boldo (Plectrantus barbatus), muitas vezes é confundido com o malvariço (Plectrantus amboinicus) (foto 39). As duas plantas possuem propriedades bem diferentes. O falso-boldo possui folhas macias e dobráveis e característico sabor amargo ausente nos ramos. Devido às substâncias amargas, doses elevadas de P. barbatus podem causar irritação gástrica. Não deve ser utilizado por pessoas com doenças graves no fígado. Referências consultadas: 1, 4, 6, 7 22 l Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

20 Foto 8 CARQUEJA - Baccharis trimera Nativa do sul e sudeste do Brasil, não é exigente quanto ao solo, que deve possuir boa drenagem. Na Lagoa dos Alves, a carqueja é utilizada contra o reumatismo. Seu João Pereira indica para quem quer emagrecer. Para pressão alta, D. Doracina sugere a planta moída com a erva mate no chimarrão. E em dias de calor recomenda o refresco do chá misturado com hortelã, que além de refrescar o corpo, corta a febre. Na Serra do Apon, D. Barbina e sua filha Ione usam o chá na puxada para derrubar as bichas. No Faxinal e Bairro dos Luís os moradores indicam para dores do estômago, causadas por má digestão ou úlceras, e também para problemas de fígado e bexiga. D. Josabel recomenda para anemia. Para sabermos mais... Remove cálculos da vesícula e do fígado e atua contra vermes intestinais. Estimula a fertilidade feminina e controla a impotência masculina. Indicada para colesterol alto e diabetes, reduz o nível de açúcar no sangue. Recomendada para diarréias, enjôos, garganta inflamada, lepra, inflamações nas vias urinárias e icterícia. Como preparar Uso interno: Infusão com 1 colher (sopa) de hastes e folhas picadas em 1 xícara (chá). Adicionar água fervente e abafar. Beber 3 vezes ao dia, 30 minutos antes das refeições. Uso externo: Na Serra do Apon, D. Barbina e Ione usam o chá com 9 brotos de samambaia na puxada para derrubar as bichas. A puxada é o banho das pernas. Joga-se o chá nas coxas, massageando de cima para baixo até o tornozelo. Para garganta inflamada, gargarejo com o chá. Alerta O tratamento deve ser feito de 3 em 3 meses. Referências consultadas: 1, 3, 4, 7, 11, 12 l 23

21 Foto 9 CHAPÉU-DE-COURO - Echinodorus grandiflorus Nativa de todo continente, é encontrada em brejos e rios. Todas as comunidades conhecem seu poder medicinal contra problemas de inflamação da bexiga e cálculos renais. É um depurativo do organismo devido a sua ação diurética. Seu José Dario, do São João do Faxinal, recomenda no tratamento do reumatismo e dor na coluna. Para sabermos mais... Tratamento da sífilis, doenças de pele e fígado. Interrompe a arteriosclerose. Antiinflamatório para garganta, estômago, gengiva e próstata. Indicado no tratamento local de inflamações nas articulações, na eliminação do ácido úrico, para hérnias e dores nos nervos. Como preparar Uso interno: Para problemas das vias renais, infusão com 1 colher (sobremesa) do pó das folhas secas e moídas. Adicionar água fervente em 1 xícara (café). Beber 2 vezes ao dia. Uso externo: No tratamento de reumatismo, hérnias e dores nos nervos, os rizomas são aplicados como cataplasma. Feito com farinha e o cozido da planta, aplica-se ainda quente entre 2 panos finos na região afetada. Recomenda-se para inflamação da próstata, a infusão em banhos de assento 2 ou 3 vezes ao dia. E como gargarejo e bochechos para a garganta, estomatite e gengivite. Referências consultadas: 1, 7, 11, l Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

22 Foto 10 CIPÓ-MILOME - Aristolochia triangularis Nativa do Brasil é bastante comum no Vale do Ribeira. O cipó geralmente extraído da floresta é utilizado como chá ou no chimarrão. Nas comunidades da Serra do Apon, São João do Faxinal, Lagoa dos Alves, Bairro dos Luís e Ribeirão dos Pinheiros usa-se contra a gripe. Indicado para dor de barriga, acúmulo de gases, intoxicação estomacal, resfriado, cólica menstrual e para mulher de dieta (pós-parto). Seu Benedito, da Serra do Apon, e o Seu Ferdinando, do Faxinal, recomendam como vermífugo (bichas). No Funil usam para febre. Na Lagoa dos Alves, Seu João Pereira recomenda para eczemas e moris (doença de pele, impurezas do sangue). Para sabermos mais... Provoca a menstruação e favorece a secreção urinária. É tranqüilizante, desinfetante e estimula a transpiração. Atua contra asma, gota, convulsões, palpitações, coceira, doenças venéreas, malária, cistite (inflamação da bexiga), e ciática. Estimulante do apetite, do fígado e dos rins. Recomenda-se uso local contra frieiras, micoses, caspa, orquite (testículos inflamados) e o vírus da herpes. Como preparar Uso Interno: Para problemas gástricos, hepáticos, renais e tensão pré-menstual, infusão com 1 colher (sobremesa) de ramos secos para 1 xícara. Ingerir 2 vezes ao dia antes das refeições. Uso externo: Infusão na forma de banho para caspa e orquite. Para picada de cobra, usar no local o extrato alcóolico feito com segmentos do caule e macerados em álcool. Alerta Existem espécies de cipó-milome que podem produzir efeitos tóxicos no fígado e nos rins, podendo causar câncer. Espécie abortiva, não é indicada para mulheres grávidas. Referências consultadas: 1, 2, 3, 5, 6, 12 l 25

23 Foto 11 ERVA-CIDREIRA - Melissa officinalis Como a Lippia alba (foto 22), também é conhecida por melissa nas comunidades. Além de sedativo para depressão e ansiedade, Seu Vicente, do Pinhal, diz que acalma e estimula o sono, indicando-a para insônia. D. Zumira, da Lagoa dos Alves, indica para dores de cabeça. D. Mercedes, da Lagoa, e D. Maria, da Serra do Apon, indicam para má circulação e palpitação do coração. Uso local indicado para caxumba. Para sabermos mais... Para dores de dente, má digestão, gases, enjôos, problemas hepáticos e biliares, gripe, resfriado, tosse, bronquite crônica, dores de origem reumática, picada de inseto e feridas. Possui forte ação virustática sobre a herpes. Em gestantes evita o entupimento mamário. Como preparar Uso interno: Infusão com 1 colher (sobremesa) de folhas e inflorescências frescas. Picar e adicionar água fervente em 1 xícara (chá). Beber 1 xícara pela manhã e outra à noite. Uso externo: Folhas em compressa sobre os seios, herpes, caxumba e picadas de inseto. No caso de gestantes, limpar bem o local antes de amamentar. Para dores de dente, bochechos com o chá. Alerta Não exceder a dosagem indicada acima, podendo provocar entorpecimento, falta de ar e diminuição do ritmo cardíaco e arterial. Evitar o uso para pessoas com hipersensibilidade. Referências consultadas: 1, 3, 7, 11, l Ô DE CASA o saber popular de comunidades rurais

COMO IDENTIFICAMOS UMA PLANTA

COMO IDENTIFICAMOS UMA PLANTA COMO IDENTIFICAMOS UMA PLANTA Quando falamos de uma planta, geralmente usamos o nome popular, mas uma mesma planta pode ser conhecida por diferentes nomes dependendo do lugar onde ela se encontra, por

Leia mais

Pack Óleo Essencial + Aromatizador

Pack Óleo Essencial + Aromatizador Pack Óleo Essencial + Aromatizador Óleos Essenciais Ideais para massagem, inalação, vapores. Promovem o bem-estar e diversos benefícios para a saúde. Aromatizador O cheiro estimula partes do nosso cérebro

Leia mais

- CURSO DE PLANTAS MEDICINAIS -

- CURSO DE PLANTAS MEDICINAIS - - CURSO DE PLANTAS MEDICINAIS - Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos autorais. (Lei nº 9.610). PLANTAS

Leia mais

Neste catálogo você confere toda nossa linha de chás e caps., que são Complementos para sua saúde!

Neste catálogo você confere toda nossa linha de chás e caps., que são Complementos para sua saúde! Neste catálogo você confere toda nossa linha de chás e caps., que são Complementos para sua saúde! Marque nas caixas de seleção os que são de seu interesse e fale com nossos (as) farmacêuticos (as). Legenda

Leia mais

Plantas Medicinais. Josefina Dorotéa Nunes Bióloga e Técnica de Enfermagem

Plantas Medicinais. Josefina Dorotéa Nunes Bióloga e Técnica de Enfermagem Plantas Medicinais Josefina Dorotéa Nunes Bióloga e Técnica de Enfermagem É provável que a utilização das plantas como medicamento seja tão antiga quanto o próprio homem. CONSELHOS ÚTEIS Toda planta medicinal

Leia mais

EMAGREÇA COM CHÁ DE GENGIBRE

EMAGREÇA COM CHÁ DE GENGIBRE 1 EMAGREÇA COM CHÁ DE GENGIBRE O gengibre é um rizoma com caules retorcidos, não sendo uma raiz. Este poderoso alimento é rico em propriedades medicinais, e usado há mais de 3 mil anos como remédio para

Leia mais

Qualidade de Vida. Repasse da palestra ministrada pelo Sr. Diaulas do Hospital OASIS do Paraná Tratamentos Naturais

Qualidade de Vida. Repasse da palestra ministrada pelo Sr. Diaulas do Hospital OASIS do Paraná Tratamentos Naturais Repasse da palestra ministrada pelo Sr. Diaulas do Hospital OASIS do Paraná Tratamentos Naturais ENXAQUECA 1. Enxaqueca Matinal: ferver a casca da laranja (+- 5cm) por 5 minutos e tomar o chá; 2. Enxaqueca

Leia mais

Características: Planta rasteira, com folhas de coloração verde e rocha, geralmente verde por cima e roxa por baixo, mas podendo variar.

Características: Planta rasteira, com folhas de coloração verde e rocha, geralmente verde por cima e roxa por baixo, mas podendo variar. ABRE CAMINHO ou PERIQUITINHO DE OGUM: Sua aplicação é também de cunho litúrgico. Nas formas de banho de defesa, sacudimento e defumação, com o principal objetivo de abrir os caminhos seja no trabalho ou

Leia mais

19 Eficientes Analgésicos Naturais

19 Eficientes Analgésicos Naturais 19 Eficientes Analgésicos Naturais Todo mundo toma muito remédio nos dias de hoje. Às vezes, tudo bem fazer isso, mas abusar dos analgésicos pode causar sérios danos ao seu corpo. Portanto, se a sua dor

Leia mais

A noz-moscada é uma das especiarias mais apreciadas e valorizadas desde a antiguidade por suas propriedades aromáticas, afrodisíacas e curativas.

A noz-moscada é uma das especiarias mais apreciadas e valorizadas desde a antiguidade por suas propriedades aromáticas, afrodisíacas e curativas. A noz-moscada é uma das especiarias mais apreciadas e valorizadas desde a antiguidade por suas propriedades aromáticas, afrodisíacas e curativas. Sua história remonta ao século I, como evidenciado nos

Leia mais

O guia alimentar recomenda um mínimo de 3 porções diárias desse grupo de alimentos. A ingestão deve ser equilibrada e variada ao longo da semana.

O guia alimentar recomenda um mínimo de 3 porções diárias desse grupo de alimentos. A ingestão deve ser equilibrada e variada ao longo da semana. E SEUS BENEFÍCIOS As frutas, verduras e legumes devem estar presentes todos os dias nas refeições. A combinação de fibras, minerais e vitaminas desses alimentos auxilia na manutenção do peso adequado além

Leia mais

Manipulação caseira de fitoterápicos. Módulo 5 Farm. Ms. Ana Cimbleris Alkmim

Manipulação caseira de fitoterápicos. Módulo 5 Farm. Ms. Ana Cimbleris Alkmim Manipulação caseira de fitoterápicos Módulo 5 Farm. Ms. Ana Cimbleris Alkmim Recomendações gerais Uso de plantas provenientes de modismos deve ser evitado. Duvide sempre das plantas tidas como milagrosas.

Leia mais

www.cpsol.com.br TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO

www.cpsol.com.br TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO TEMA 003 CONHEÇA E PREVINA AS DOENÇAS DO INVERNO 1/8 O inverno chegou e junto com ele maiores problemas com as doenças respiratórias entre outras Isso não ocorre por acaso já que pé nesta estação onde

Leia mais

89 U S O S P A R A O Ó L E O D E C O C O

89 U S O S P A R A O Ó L E O D E C O C O 89 U S O S P A R A O Ó L E O D E C O C O O óleo de coco pode ser usado para tudo. Você pode ter um balde de cinco litros em sua mesa e você terá o que fazer com ele. Veja a seguir 89 maneiras de utilizar

Leia mais

Aroma Natural. 120ml 15.50 Componentes e benefícios:

Aroma Natural. 120ml 15.50 Componentes e benefícios: Aromaterapia Aroma Natural Sono tranquilo e repousante, garantido pelas propriedades deste aromatizador, utilizando-o na sua almofada. Respirar os aromas naturais enquanto dorme ajuda a acalmar, a relaxar

Leia mais

RETIFICAÇÕES DIVERSAS

RETIFICAÇÕES DIVERSAS Circular 340/2014 São Paulo, 10 de Junho de 2014. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) RETIFICAÇÕES DIVERSAS Diário Oficial da União Nº 109, Seção 1, terça-feira, 10 de junho de 2014 Prezados Senhores, Segue para

Leia mais

PLANTAS TÓXICAS COM APLICAÇÃO MEDICINAL

PLANTAS TÓXICAS COM APLICAÇÃO MEDICINAL PLANTAS TÓXICAS COM APLICAÇÃO MEDICINAL PROF. MSC. CHRISTIAN LAMEIRA Farmacêutico-Bioquímico AULA IX Arnica montana L. (Arnica) Uso Popular: Analgésico em traumato-ortopedia: contusões, entorses, luxações,

Leia mais

Colégio Estadual Herbert de Souza. Investigando o uso de plantas medicinais

Colégio Estadual Herbert de Souza. Investigando o uso de plantas medicinais Colégio Estadual Herbert de Souza Investigando o uso de plantas medicinais Investigando o uso de plantas medicinais Orientadoras: Fátima Gomes e Sandra Fructuoso Bolsistas: Ana Carolina P. Real Fernanda

Leia mais

Óleos essenciais/puros e Óleos de Massagem /Banho

Óleos essenciais/puros e Óleos de Massagem /Banho Óleos essenciais/puros e Óleos de Massagem /Banho INFORMAÇÕES AOS PREÇOS APRESENTADOS,ACRESCENTAR IVA DE 23% ESTE CATÁLOGO PODE SER ATUALIZADO SEM PRÉVIO AVISO Óleos essenciais/puros 20ml ALECRIM 5,92

Leia mais

Abcd. BUSCOFEM Ibuprofeno. APRESENTAÇÕES Cápsulas de 400 mg: embalagens com 10 e 50 cápsulas. USO ORAL USO ADULTO ACIMA DE 12 ANOS

Abcd. BUSCOFEM Ibuprofeno. APRESENTAÇÕES Cápsulas de 400 mg: embalagens com 10 e 50 cápsulas. USO ORAL USO ADULTO ACIMA DE 12 ANOS BUSCOFEM Ibuprofeno APRESENTAÇÕES Cápsulas de 400 mg: embalagens com 10 e 50 cápsulas. USO ORAL USO ADULTO ACIMA DE 12 ANOS COMPOSIÇÃO Cada cápsula contém 400 mg de ibuprofeno. Excipientes: macrogol, hidróxido

Leia mais

PLANTAS MEDICINAIS. Cacheteira

PLANTAS MEDICINAIS. Cacheteira PLANTAS MEDICINAIS Cacheteira 1. Dados Gerais Sapucaia do Sul é um município da região metropolitana de Porto Alegre. Possui uma zona rural de vinte e três quilômetros quadrados e possui uma rica mata

Leia mais

FORMAS DE PREPARAÇÕES E USO DAS PLANTAS MEDICINAIS

FORMAS DE PREPARAÇÕES E USO DAS PLANTAS MEDICINAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA E PATOLOGIA NÚCLEO DE ESTUDOS E PESQUISAS HOMEOPÁTICAS E FITOTERÁPICAS FORMAS DE PREPARAÇÕES E USO DAS PLANTAS MEDICINAIS

Leia mais

Daiichi Sankyo Brasil Farmacêutica Ltda.

Daiichi Sankyo Brasil Farmacêutica Ltda. IDENTIFICAÇÃO DO Loxonin loxoprofeno sódico MEDICAMENTO APRESENTAÇÕES LOXONIN é comercializado em caixas com 8, 15 ou 30 comprimidos de 60 mg. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido de LOXONIN

Leia mais

Agrimônia (Agrimonia eupatoria) É antiinflamatória, reforça o corpo, atenua a diarréia e problemas de fígado.

Agrimônia (Agrimonia eupatoria) É antiinflamatória, reforça o corpo, atenua a diarréia e problemas de fígado. LISTA DE PLANTAS E ERVAS COMESTÍVEIS Às vezes, nós temos porquinhos da índia com problemas de saúde. Em adição ao tratamento veterinário, e não como substituto, algumas plantas podem ser bastante efetivas

Leia mais

A sua Loja de Produtos Naturais de Setúbal tem. .para si!

A sua Loja de Produtos Naturais de Setúbal tem. .para si! A sua Loja de Produtos Naturais de Setúbal tem NOVIDADES.para si! Novos produtos, novas especialidades de serviços de saúde e novas promoções, tudo a preços bastante acessíveis e pensados para garantir

Leia mais

Stephen Kirschenmann - Fotolia.com

Stephen Kirschenmann - Fotolia.com Stephen Kirschenmann - Fotolia.com Índice Introdução... 01 Explicações dos símbolos... 03 01 Alecrim... 04 02 Alho... 07 03 Anador (chambá)... 10 04 Arruda... 12 05 Babosa (aloe)... 14 06 Bardana... 16

Leia mais

DSTS - Doenças Sexualmente Transmissíveis. Alunas : Manuella Barros / Anna Morel /Elaine Viduani.

DSTS - Doenças Sexualmente Transmissíveis. Alunas : Manuella Barros / Anna Morel /Elaine Viduani. DSTS - Doenças Sexualmente Transmissíveis Alunas : Manuella Barros / Anna Morel /Elaine Viduani. O que são DSTS? São as doenças sexualmente transmissíveis (DST), são transmitidas, principalmente, por contato

Leia mais

Gripe: o que você pode fazer. Cuidados em casa

Gripe: o que você pode fazer. Cuidados em casa Gripe: o que você pode fazer Cuidados em casa Para mais informações, confira: www.mass.gov/dph/flu Gripe: o que você pode fazer Cuidados em casa ÍNDICE: O que é a gripe? 2 Prevenção da gripe 6 Cuidados

Leia mais

Receitas de chás. Chá de laranja e anis. Chá de maçã com gengibre. Chá com cardamomo. Chá com suco de morango

Receitas de chás. Chá de laranja e anis. Chá de maçã com gengibre. Chá com cardamomo. Chá com suco de morango Receitas de chás Chá de laranja e anis Casca de 2 laranjas 4 flores de anis-estrelado Ferver a água com a casca de laranja e as flores de anis por 3 minutos. Retirar o chá do fogo e adoçar a gosto. Tampar

Leia mais

SECRETARIA DA COMISSÃO INTERMINISTERIAL PARA OS RECURSOS DO MAR. Atestado de Aptidão de Saúde para realizar Viagens à Ilha Trindade

SECRETARIA DA COMISSÃO INTERMINISTERIAL PARA OS RECURSOS DO MAR. Atestado de Aptidão de Saúde para realizar Viagens à Ilha Trindade SECRETARIA DA COMISSÃO INTERMINISTERIAL PARA OS RECURSOS DO MAR Atestado de Aptidão de Saúde para realizar Viagens à Ilha Trindade Certifico que o(a) Sr.(a) foi examinado (a) de acordo com as instruções

Leia mais

Cartilha. Doenças e Complicações. de Verão. Queimaduras solares. Desconforto. Micoses. Coceira. Desidratação. Fungos. Infecções. Ardência. Manchas.

Cartilha. Doenças e Complicações. de Verão. Queimaduras solares. Desconforto. Micoses. Coceira. Desidratação. Fungos. Infecções. Ardência. Manchas. Cartilha Doenças e Complicações de Verão Queimaduras solares. Desconforto. Micoses. Coceira. Desidratação. Fungos. Infecções. Ardência. Manchas. Devido às condições climáticas, diversas são as doenças

Leia mais

CÁPSULAS 400mg Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda.

CÁPSULAS 400mg Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. BUSCOFEM (ibuprofeno) CÁPSULAS 400mg Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Buscofem ibuprofeno APRESENTAÇÕES Cápsulas de 400 mg: embalagens com 10 e 50 cápsulas. USO ORAL USO ADULTO

Leia mais

LIGUE O SOM E CLIC PARA PROSSEGIR

LIGUE O SOM E CLIC PARA PROSSEGIR LIGUE O SOM E CLIC PARA PROSSEGIR Qual é o único alimento que não estraga? O mel de abelhas. A mistura de mel e canela cura a maioria das doenças. O mel é produzido em quase todos os países do mundo. Apesar

Leia mais

NAXOGIN COMPRIMIDOS. 500 mg

NAXOGIN COMPRIMIDOS. 500 mg NAXOGIN COMPRIMIDOS 500 mg Naxogin nimorazol I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Naxogin Nome genérico: nimorazol APRESENTAÇÕES Naxogin comprimidos de 500 mg em embalagens contendo 8 comprimidos.

Leia mais

Menos calorias com alimentação termogenica

Menos calorias com alimentação termogenica Menos calorias com alimentação termogenica Eliane Petean Arena Nutricionista CRN Rua : Conselheiro Antonio Prado N: 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 ALIMENTOS TERMOGENICOS Todo alimento

Leia mais

Workshop: Destilação de óleos essenciais

Workshop: Destilação de óleos essenciais OLD JOBS AND NEW JOBS Workshop: Destilação de óleos essenciais 27 de fevereiro de 2015 Destilação de óleos essenciais PAULA MENDES LOURDES GERALDES Óleo essencial (OE) Definição óleos voláteis odoríferos

Leia mais

07 Sucos Para Sua Dieta

07 Sucos Para Sua Dieta EmagrecaRapido.net 07 Sucos Para Sua Dieta 1 Este e-book foi elaborado com letras grandes para facilitar sua leitura! São 7 receitas de sucos para você emagrecer, são opções para o dia todo. Introdução

Leia mais

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes

Receitas Deliciosas de Aproveitamentos APRESENTAÇÃO EVITANDO O DESPERDÍCIO. Receitas deliciosas com talos, folhas e sementes APRESENTAÇÃO A alimentação e tão necessária ao nosso corpo quanto o ar que precisamos para a nossa sobrevivência, devem ter qualidade para garantir a nossa saúde. Quando falamos em alimentação com qualidade

Leia mais

BENEFÍCIOS DE ALGUNS CHÁS

BENEFÍCIOS DE ALGUNS CHÁS A TÍTULO DE CURIOSIDADE BENEFÍCIOS DE ALGUNS CHÁS DIZEM QUE 1 ABACATE Combate dores reumáticas, gota e funciona como diurético. Para dores de cabeça, tomar 3 chávenas, por dia, de chá das folhas do abacateiro

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

Uso de plantas medicinais da família Lamiaceae por moradores da Vila Cantizani, Piraju, SP, Brasil

Uso de plantas medicinais da família Lamiaceae por moradores da Vila Cantizani, Piraju, SP, Brasil PN Uso de plantas medicinais da família Lamiaceae por moradores da Vila Cantizani, Piraju, SP, Brasil Cristina Batista de Lima 1 *, Marcela Aparecida Vaz Vieira 2, Tamiris Tonderys Villela 2, 1 Universidade

Leia mais

VP3 = Sandomigran_Bula_Paciente 1

VP3 = Sandomigran_Bula_Paciente 1 SANDOMIGRAN pizotifeno APRESENTAÇÕES Drágeas de 0,5 mg Embalagens com 20 drágeas. VIA ORAL USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS COMPOSIÇÃO Cada drágea contém 0,5 mg pizotifeno, base que corresponde

Leia mais

BENEFICIOS DO KOMBUCHA

BENEFICIOS DO KOMBUCHA BENEFICIOS DO KOMBUCHA Os dados aqui contidos são de cunho meramente informativo e não devem ser tomados como regra nem como referência para tratamentos sem a adequada observação de um profissional: Listagem

Leia mais

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg

OMENAX. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg OMENAX Geolab Indústria Farmacêutica S/A Cápsula 20mg e 40mg tratar dispepsia, condição que causa acidez, azia, arrotos ou indigestão. Pode ser usado também para evitar sangramento do trato gastrintestinal

Leia mais

CARTILHA DA GRÁVIDA 1

CARTILHA DA GRÁVIDA 1 CARTILHA DA GRÁVIDA 1 2 SUMÁRIO SOBRE A FEBRASGO 4 PRIMEIROS SINTOMAS 5 ETAPAS DA GESTAÇÃO 6 IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL 8 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO À MÃE 9 OBJETIVOS DO PRÉ-NATAL JUNTO AO BEBÊ 10 OBJETIVOS

Leia mais

Alternativas Biológicas para o Combate de Pragas Agrícolas

Alternativas Biológicas para o Combate de Pragas Agrícolas Geramos valor para a Natureza Alternativas Biológicas para o Combate de Pragas Agrícolas Simone Aguiar & Henrique Joaquim Agosto, 2014 MUSAMI Operações Municipais do Ambiente, EIM, SA Índice Agricultura

Leia mais

cloridrato de ambroxol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999

cloridrato de ambroxol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 cloridrato de ambroxol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. Xarope Pediátrico 3 mg/ml Xarope Adulto 6 mg/ml Modelo de Bula para Paciente IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Amig@, Esta Cartilha foi criada com o intuito de resgatar a cultura popular das comunidades que utilizam plantas medicinais para a produção de

Amig@, Esta Cartilha foi criada com o intuito de resgatar a cultura popular das comunidades que utilizam plantas medicinais para a produção de Amig@, Esta Cartilha foi criada com o intuito de resgatar a cultura popular das comunidades que utilizam plantas medicinais para a produção de remédios, bem como para a alimentação. A idéia de se fazer

Leia mais

RYODORAKU. Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN

RYODORAKU. Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN RYODORAKU Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN SIGNIFICADO DO RYODORAKU Ryo significa boa, Do conduzir e Raku linha ou canal. Caminhos Permeáveis (Linha de boa eletrocondutividade). É um

Leia mais

Plantas espontâneas Urtigas

Plantas espontâneas Urtigas Algumas sugestões de plantas a utilizar nas escolas Plantas espontâneas Urtigas Muito úteis na compostagem e em xurume ou seja adubo líquido e repelente de pragas e fungos Estagnam o sangue das feridas

Leia mais

Combinar termogênicos e desintoxicantes em um único chá ajuda a emagrecer até 6 kg em um mês.

Combinar termogênicos e desintoxicantes em um único chá ajuda a emagrecer até 6 kg em um mês. Combinar termogênicos e desintoxicantes em um único chá ajuda a emagrecer até 6 kg em um mês. Chá verde e seus benefícios infinitos, inclusive no emagrecimento, pele, saúde física e mental. O Chá verde

Leia mais

ARTREN diclofenaco sódico Merck S/A Cápsulas 100 mg

ARTREN diclofenaco sódico Merck S/A Cápsulas 100 mg ARTREN diclofenaco sódico Merck S/A Cápsulas 100 mg Artren diclofenaco sódico APRESENTAÇÕES Embalagens contendo 10 cápsulas. USO ORAL - USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada cápsula contém: diclofenaco sódico...100

Leia mais

QUESTIONÁRIO MÉDICO. Telefone (casa): Telefone (emprego): Telefone (outro):

QUESTIONÁRIO MÉDICO. Telefone (casa): Telefone (emprego): Telefone (outro): QUESTIONÁRIO MÉDICO Nome (completo): Morada: Telefone (casa): Telefone (emprego): Telefone (outro): Estado civil: Profissão: Centro de Saúde a que pertence e respectivo n.º do processo: Qual é o seu estado

Leia mais

Prof. João Carlos. aula 3. botânica e parasitoses

Prof. João Carlos. aula 3. botânica e parasitoses Prof. João Carlos aula 3 botânica e parasitoses Briófitas : musgos Os musgos (verdes) produzem gametas, seus filhos produzem esporos Esporos gametas Pteridófitas: samambaias Ciclo das samambaias O gameta

Leia mais

Será que estou grávida?

Será que estou grávida? A UU L AL A Será que estou grávida? - Alzira tá diferente... Tá com a cara redonda, inchada. Está com cara de grávida! - Não sei o que eu tenho. Toda manhã acordo enjoada e vomitando. - A Neide engordou

Leia mais

EXTRATO DE BAUHÍNIA (Líquido)

EXTRATO DE BAUHÍNIA (Líquido) EXTRATO DE BAUHÍNIA (Líquido) Indicações e Modo de Usar PARA TODOS OS CASOS ABAIXO, TOMAR A SOLUÇÃO DE BAUHÍNIA DILUÍDA EM ÁGUA CONFORME TABELA DE DOSAGEM POR IDADE (Tabelas 01 e 02). Tumores na cabeça

Leia mais

Conheça o verdadeiro chá que tira o apetite

Conheça o verdadeiro chá que tira o apetite Conheça o verdadeiro chá que tira o apetite Receita do chá que reduz o apetite: Que tal trocar o café com leite por uma bela xícara de chá de gengibre no café da manhã? Essa raiz tem o poder de controlar

Leia mais

Influenza. João Pedro Marins Brum Brito da Costa (Instituto ABEL) Orientador: André Assis (UFRJ Medicina)

Influenza. João Pedro Marins Brum Brito da Costa (Instituto ABEL) Orientador: André Assis (UFRJ Medicina) Influenza João Pedro Marins Brum Brito da Costa (Instituto ABEL) Orientador: André Assis (UFRJ Medicina) O que éinfluenza Também conhecida como gripe, a influenza éuma infecção do sistema respiratório

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

As causas das doenças

As causas das doenças CAPÍTULO 2 As causas das doenças As pessoas têm maneiras diferentes de explicar a causa duma doença. Um bebé está com diarreia. Mas porquê? Em certas comunidades, talve digam que isso aconteceu porque

Leia mais

Plantas Medicinais. Valeriana Anis Carqueja Coentro. Citronela

Plantas Medicinais. Valeriana Anis Carqueja Coentro. Citronela Biologia Valeriana Anis Carqueja Coentro Chapéu-de-Couro Citronela Valeriana Valeriana officinalis L. Nomes Populares: erva-de de-amassar, erva-dos dos-gatos, erva-de de-são- jorge,, erva-de de-gato Propriedades

Leia mais

Doenças e Recomendações de Tratamento De acordo com o livro Mein Vitalkonzept de Dr. Jean-Bernard Delbé e com as recomendações do catálogo

Doenças e Recomendações de Tratamento De acordo com o livro Mein Vitalkonzept de Dr. Jean-Bernard Delbé e com as recomendações do catálogo Cérebro Alzheimer, Parkinson, Demência, Esclerose Múltipla, Epilepsia Aloe Vera Mel, Pêssego, Sivera ou Freedom Purificar Vita Aktiv 1 colher de chá, 2 vezes ao dia Proteção celular LRoxan 1 comprimidos,

Leia mais

www.odiferencialconcursos.com.br Alô concurseiro! A felicidade consiste em três pontos: trabalho, paz e saúde. Cuide-se!

www.odiferencialconcursos.com.br Alô concurseiro! A felicidade consiste em três pontos: trabalho, paz e saúde. Cuide-se! 1 Alô concurseiro! A felicidade consiste em três pontos: trabalho, paz e saúde. Cuide-se! FARMÁCIA VIVA Quem nunca ouviu falar- ou não receitou chazinhos e comprimidinhos naturais infalíveis para acalmar,

Leia mais

Treinamento Conservas de frutas 382

Treinamento Conservas de frutas 382 Para que haja boa conservação dos alimentos é importante que os produtos conservados mantenham suas qualidades nutritivas, seu aroma, sabor e que se eliminem as causas das alterações. As várias maneiras

Leia mais

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus

Tudo sobre Detox em apenas 5 minutos mais 3 receitas Bônus 2 Opa, aqui é Augusto Marmo idealizador do #Dietadafibra e neste e-book vou te mostrar um ponto chave para você atingir o seu peso ideal de forma fácil e saborosa. Eu utilizei os sucos detox para a desintoxicação

Leia mais

REALIZAÇÃO. WB/Anthonny Dias

REALIZAÇÃO. WB/Anthonny Dias REALIZAÇÃO Copyright 2002, bookbrasil.com.br Todos os direitos reservados ao Autor (a). Proibida a reprodução do Conteúdo na sua integra ou em partes deste livro em qualquer meio de comunicação, eletrônico

Leia mais

Para que Serve? Tratamento

Para que Serve? Tratamento Quimioterapia O que é? É um tratamento que utiliza medicamentos quimioterápicos para eliminar células doentes. Cada agente quimioterápico tem diferentes tipos de ação sobre as células e, consequentemente,

Leia mais

ORAÇÃO DA MEDIUNIDADE A

ORAÇÃO DA MEDIUNIDADE A ORAÇÃO DA MEDIUNIDADE A Mediunidade é uma oportunidade. Aproveite-a. A Mediunidade é uma beleza. Admire-a. A Mediunidade é um sonho. Faça que se torne realidade. A Mediunidade é um desafio. Enfrente-o.

Leia mais

Direitos Reservados - Super Dieta Detox - http://www.superdietadetox.com.br/aviso-legal

Direitos Reservados - Super Dieta Detox - http://www.superdietadetox.com.br/aviso-legal Avaliações de Saúde e Bem-Estar NIVEL 1 Parabéns por ter chegado até aqui... Você sabe o quanto intoxicado você está? Se você é como a maioria das pessoas, provavelmente não sabe ou não percebe o número

Leia mais

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja

Receitas de Sucos. Sucos com Frutas. Suco de abacaxi e gengibre. Suco de laranja, amora e grapefruit. Batida de papaya e laranja Receitas de Sucos Sucos com Frutas Suco de abacaxi e gengibre 1 abacaxi médio bem maduro 1 colher de sopa de gengibre fresco picado 4 copos de água Lavar bem o abacaxi usando uma escova. Descascar com

Leia mais

Será que égastrite? Luciana Dias Moretzsohn Faculdade de Medicina da UFMG

Será que égastrite? Luciana Dias Moretzsohn Faculdade de Medicina da UFMG Será que égastrite? Luciana Dias Moretzsohn Faculdade de Medicina da UFMG Sintomas Dor na região do estômago Estômago estufado Empanzinamento Azia Arrotos frequentes Cólica na barriga Vômitos e náusea

Leia mais

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Prevenir é o melhor remédio para uma boa saúde, evitando-se as doenças e suas complicações. Problemas respiratórios, por exemplo, podem se tornar

Leia mais

BENEFICIOS ÁGUA MAGNETIZADA ARTIGO

BENEFICIOS ÁGUA MAGNETIZADA ARTIGO BENEFICIOS ÁGUA MAGNETIZADA ARTIGO Referências médicas atestam que a água magnetizada tem sido utilizada na dieta alimentar como eficiente coadjuvante no tratamento de várias enfermidades. SEM CONTRA INDICAÇÃO

Leia mais

AVICULTURA ALTERNATIVA

AVICULTURA ALTERNATIVA AVICULTURA ALTERNATIVA Principais doenças e métodos de prevenção São várias as doenças que atacam as aves, a maioria são doenças respiratórias. Aspergilose é uma infecção que ataca as aves, sendo provocada

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Doença do Refluxo Gastroesofágico. O Que é Doença do Refluxo? Nas pessoas normais, o conteúdo do estômago (comida ou acido clorídrico)

Leia mais

Parte usada Cascas, folíolos, sementes, frutos, óleo resinos

Parte usada Cascas, folíolos, sementes, frutos, óleo resinos Nome popular AROEIRA Nome científico Schinus molle L. Família Anacardiáceas Sinonímia popular Aroeira vermelha, aroeira mansa, corneíba Parte usada Cascas, folíolos, sementes, frutos, óleo resinos Propriedades

Leia mais

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1

TERMOS E CONDIÇO ES. Sempre que houver dúvidas procure um profissional de saúde e leve o material para avaliar. Página 1 TERMOS E CONDIÇO ES Todas as Receitas incluídas nesse e-book foram retiradas de fontes seguras que são referências no assunto, não nos responsabilizamos pelo uso dessas receitas caso o seu estado de Diabetes

Leia mais

DETOX. 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano

DETOX. 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano DETOX 5 RECEITAS DETOX PODEROSAS E FÁCEIS DE FAZER por Rosi Feliciano Índice Introdução... Como Fazer... Suco Detox de Melancia com Linhaça... Suco Detox de Chá Verde e Uva... Sopa Detox Energizante...

Leia mais

FRUTOSSE Laboratório Farmacêutico Caresse Ltda Xarope adulto 6 mg/ml Xarope pediátrico 3 mg/ml

FRUTOSSE Laboratório Farmacêutico Caresse Ltda Xarope adulto 6 mg/ml Xarope pediátrico 3 mg/ml FRUTOSSE Laboratório Farmacêutico Caresse Ltda Xarope adulto 6 mg/ml Xarope pediátrico 3 mg/ml FRUTOSSE XAROPE BULA PACIENTE FRUTOSSE cloridrato de ambroxol APRESENTAÇÕES Xarope adulto de 6 mg/ml: frasco

Leia mais

1. Manejo da Horta e Prevenção de Pragas

1. Manejo da Horta e Prevenção de Pragas 1. Manejo da Horta e Prevenção de Pragas Em agricultura orgânica sempre se busca o equilíbrio ecológico e a prevenção de problemas que afetam a saúde das plantas. Através do uso de algumas técnicas simples

Leia mais

A família acolhe a mãe e o bebê em casa

A família acolhe a mãe e o bebê em casa Mãe e bebê em casa A família acolhe a mãe e o bebê em casa Hoje vou ter uma nova idéia A família deve receber mãe e bebê num ambiente de amor e respeito. Cuidado e protegido, o bebê se sente seguro e com

Leia mais

(fosfato dissódico de dexametasona, cloridrato de tiamina, cloridrato de piridoxina, cianocobalamina) Merck S/A

(fosfato dissódico de dexametasona, cloridrato de tiamina, cloridrato de piridoxina, cianocobalamina) Merck S/A Dexa-Citoneurin NFF (fosfato dissódico de dexametasona, cloridrato de tiamina, cloridrato de piridoxina, cianocobalamina) Merck S/A Solução injetável 4 mg/100 mg/100 mg/5.000 mcg Dexa-Citoneurin NFF fosfato

Leia mais

Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa Tecnológica, Inovação na Gestão Pública - INTS

Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa Tecnológica, Inovação na Gestão Pública - INTS Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa Tecnológica, Inovação na Gestão Pública - INTS Metodologia Pesquisa de opinião com a finalidade de avaliar demandas, anseios e a qualidade dos serviços prestados

Leia mais

Naxogin nimorazol. Naxogin 500 mg em embalagem contendo 8 comprimidos. Cada comprimido de Naxogin contém 500 mg de nimorazol.

Naxogin nimorazol. Naxogin 500 mg em embalagem contendo 8 comprimidos. Cada comprimido de Naxogin contém 500 mg de nimorazol. Naxogin nimorazol PARTE I IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO Nome: Naxogin Nome genérico: nimorazol Forma farmacêutica e apresentações: Naxogin 500 mg em embalagem contendo 8 comprimidos. USO ADULTO USO ORAL Composição:

Leia mais

Catálogo Geral. Produtos artesanais. caseiros. Tlm: 936894650 Tlm: 917741020

Catálogo Geral. Produtos artesanais. caseiros. Tlm: 936894650 Tlm: 917741020 Catálogo Geral Produtos artesanais caseiros Tlm: 936894650 Tlm: 917741020 Índice Licores Mel Azeite da Serra da Estrela Compotas Granola Queijo Bolachas Sabonetes Artesanais Artesanato Licor de Poejo 210Ml

Leia mais

AAS Infantil ácido acetilsalicílico. APRESENTAÇÕES Comprimidos de 100 mg: embalagem contendo 30, 120 ou 200 comprimidos. USO ORAL USO PEDIÁTRICO

AAS Infantil ácido acetilsalicílico. APRESENTAÇÕES Comprimidos de 100 mg: embalagem contendo 30, 120 ou 200 comprimidos. USO ORAL USO PEDIÁTRICO Esta bula sofreu aumento de tamanho para adequação a legislação vigente da ANVISA. Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS Infantil ácido

Leia mais

Parasitoses - Ve V rminoses Prof. Tiago

Parasitoses - Ve V rminoses Prof. Tiago Parasitoses - Verminoses Prof. Tiago INTRODUÇÃO PLATELMINTOS E NEMATÓDEOS: RESPONSÁVEIS POR ALGUMAS PARASITOSES CONHECIDAS COMO VERMINOSES. TENÍASE E ESQUISTOSSOMOSE SÃO CAUSADAS POR PLATELMINTOS; ASCARIDÍASE

Leia mais

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE SAÚDE BUCAL Para ter um sorriso bonito, saudável e com hálito bom, é preciso: Escovar os dentes, utilizando uma escova de dente de tamanho adequado

Leia mais

Suco de batata inglesa para curar úlcera - MITO O suco de batata contém um fator antinutricional e não é recomendado por Vanderlí Marchiori,

Suco de batata inglesa para curar úlcera - MITO O suco de batata contém um fator antinutricional e não é recomendado por Vanderlí Marchiori, Mito ou verdade... A sabedoria popular indica diversos alimentos para o tratamento de doenças, mas nem sempre o que é passado de boca a boca está correto. "Esses mitos, de que certos alimentos curam alguma

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria de Gestão de Pessoas

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Diretoria de Gestão de Pessoas ATESTADO DE SAÚDE OCUPACIONAL ADMISSIONAL ( ) PERIÓDICO ( ) DEMISSIONAL ( ) NOME: ( ) FEM ( ) MASC IDADE: ESTADO CIVIL: SETOR: SOFREU OU SOFRE DE ALGUMA DOENÇA RELACIONADA ABAIXO Doença do coração Pressão

Leia mais

FURP-CIMETIDINA. Fundação para o Remédio Popular FURP. Comprimido. 200 mg

FURP-CIMETIDINA. Fundação para o Remédio Popular FURP. Comprimido. 200 mg FURP-CIMETIDINA Fundação para o Remédio Popular FURP Comprimido 200 mg BULA PARA O PACIENTE FURP-CIMETIDINA 200 mg Comprimido cimetidina APRESENTAÇÃO Embalagem com 10 comprimidos de 200 mg. USO ORAL USO

Leia mais

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44 Mitos e Verdades da Odontologia Mitos: Quanto maior e colorida for nossa escova dental, melhor! Mentira. A escova dental deve ser pequena ou média para permitir alcançar qualquer região da nossa boca.

Leia mais

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS ácido acetilsalicílico

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS ácido acetilsalicílico Modelo de Bula Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. AAS ácido acetilsalicílico FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES AAS Infantil comprimidos

Leia mais

Gripe Proteja-se! Faça Chuva ou faça Sol, vacine-se a partir de Outubro e até ao final do Inverno. Consulte o seu médico

Gripe Proteja-se! Faça Chuva ou faça Sol, vacine-se a partir de Outubro e até ao final do Inverno. Consulte o seu médico Gripe Proteja-se! Faça Chuva ou faça Sol, vacine-se a partir de Outubro e até ao final do Inverno. Consulte o seu médico Gripe Perguntas Frequentes Perguntas frequentes sobre a gripe sazonal O que é a

Leia mais

Cozinha Experimental

Cozinha Experimental Cozinha Experimental 1) Objetivo Geral Escrever um livro de Receitas Culinárias tendo como propósito o conhecimento e aproveitamento nutricional de partes dos alimentos que geralmente são desperdiçados

Leia mais

Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Ciclosporina,Leflunomida, Agentes anti-citocinas

Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Ciclosporina,Leflunomida, Agentes anti-citocinas Termo de Esclarecimento e Responsabilidade Cloroquina, Hidroxicloroquina, Sulfassalazina, Metotrexato, Ciclosporina,Leflunomida, Agentes anti-citocinas Eu, (nome do (a) paciente), abaixo identificado (a)

Leia mais

livro de RECEITAS festa do milho

livro de RECEITAS festa do milho livro de RECEITAS festa do milho JACI - SÃO PAULO Índice Pg. 03 Pg. 04 Pg. 05 Pg. 06 Pg. 07 Pg. 08 Pg. 09 Pg. 10 Pg. 11 Pg. 12 Pg. 13 Pg. 14 Pg. 15 Pg. 16 Pg. 17 Pg. 18 Pg. 19 Pg. 20 Pg. 21 Curau Tradicional

Leia mais

APROVADO EM 06-08-2010 INFARMED. FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o Utilizador. STREPFEN 8,75 mg Pastilhas. Flurbiprofeno

APROVADO EM 06-08-2010 INFARMED. FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o Utilizador. STREPFEN 8,75 mg Pastilhas. Flurbiprofeno FOLHETO INFORMATIVO: Informação para o Utilizador STREPFEN 8,75 mg Pastilhas Flurbiprofeno Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente. - Este medicamento pode ser adquirido

Leia mais