EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA VAGAS ESPECÍFICAS PARA O CURSO DE MEDICINA SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA VAGAS ESPECÍFICAS PARA O CURSO DE MEDICINA SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2013"

Transcrição

1 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA VAGAS ESPECÍFICAS PARA O CURSO DE MEDICINA SEGUNDO SEMESTRE LETIVO DE 2013 A Diretora da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA), IES mantida pela Fundação Bahiana para Desenvolvimento das Ciências (FBDC), no uso de suas atribuições, torna público o Processo Seletivo de Transferência Interna VAGAS ESPECÍFICAS, para o preenchimento de 05 (cinco) vagas no 3 º semestre do Curso Medicina, na conformidade do quanto estabelecido no presente Edital. 1. DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA VAGAS ESPECÍFICAS 1.1. As normas compreendidas neste Edital são exclusivas para este Processo Seletivo de Transferência Interna - VAGAS ESPECÍFICAS referente ao ingresso no 3º semestre do Curso de Medicina (semestre letivo de ) Serão indeferidos automaticamente todos os pedidos de Transferência Interna que não forem regidos conforme as normas do presente Edital Somente os alunos dos Cursos de Biomedicina, Enfermagem, Fisioterapia e Odontologia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública que fizeram o PROSEF poderão, imediatamente após o término do 4º semestre do respectivo curso, submeter-se a este Processo Seletivo de Transferência Interna VAGAS ESPECÍFICAS para 05 vagas específicas no Curso de Medicina O aluno só poderá concorrer a estas 05 vagas específicas uma única vez Para inscrever-se o aluno/candidato deverá estar com todas as disciplinas que compõem os quatro semestres iniciais do Curso de origem plenamente integralizadas O preenchimento das vagas far-se-á pela classificação obtida por parte do aluno/candidato no Processo Seletivo de Transferência Interna VAGAS ESPECÍFICAS de acordo com o desempenho demonstrado nas diversas atividades a que se submeteu e nos critérios estabelecidos neste Edital.

2 2 - DA INSCRIÇÃO 2.1. A inscrição para o Processo Seletivo de Transferência Interna VAGAS ESPECÍFICAS para ingresso no 3 º semestre do Curso de Medicina será feita na modalidade não presencial (via internet), através do site da Bahiana (www.bahiana.edu.br) e da Strix Educação (www.strixeducacao.com.br) no dia 03/07/2013 (quarta-feira), mediante preenchimento de requerimento eletrônico A taxa de inscrição será no valor de R$ 210,00 (duzentos e dez reais) e o seu pagamento só poderá ser feito por meio do boleto bancário impresso do site da inscrição No ato da inscrição o aluno/candidato deve estar com o seu Histórico Escolar plenamente integralizado até o 4º semestre do Curso em que se encontre matriculado na EBMSP e de posse do comprovante de pagamento da taxa de Inscrição O Histórico Escolar será automaticamente identificado e impresso na Secretaria Geral da EBMSP, para que seja avaliado A inscrição implica na aceitação, pelo aluno/candidato, de todas as condições estabelecidas neste Edital. 3 - DA SELEÇÃO 3.1. O Processo Seletivo de Transferência Interna - VAGAS ESPECÍFICAS, para ingresso no 3 º semestre do Curso Medicina terá uma avaliação quantitativa e uma avaliação qualitativa A Avaliação Quantitativa será composta por uma Prova Objetiva, contendo 50 questões de múltipla escolha com 05 alternativas cada, e por uma Prova de Redação A Prova Objetiva visa a identificar os mais aptos pelo sistema do mérito intelectual, considerando o desempenho dos alunos/candidatos dos Cursos de Biomedicina, Enfermagem, Fisioterapia e Odontologia nos componentes curriculares comuns aos quatro cursos: Ética e Bioética, Biomorfofuncional I e II, Primeiros Socorros, Psicologia Aplicada, Metodologia Instrumental e Saúde Coletiva. A Prova Objetiva será avaliada numa escala de zero a cinquenta e cada questão correta valerá um ponto.

3 A Prova de Redação, cuja temática estará obrigatoriamente vinculada a temas contemporâneos de caráter social, terá como objetivo identificar, pela análise do texto do aluno/candidato, crenças e valores inerentes ao perfil requerido para um profissional da área de saúde Na Prova de Redação, além do uso da norma culta da Língua Portuguesa, serão avaliadas as seguintes competências: a) o poder do pensamento e de criação (produção e não reprodução); b) a produção do conhecimento novo (e não do conhecimento de adesão); c) a habilidade de adequar pensamento e forma, ou seja, harmonizar o plano de conteúdo e o plano de expressão; d) o poder de seletividade de informações para instaurar o projeto de texto (dissertativo ou dissertativo argumentativo); e) a busca de originalidade e de individualidade na construção do texto; f) o posicionamento crítico frente à temática apresentada, evidenciando crenças e valores A Redação será avaliada numa escala de zero a dez, por uma equipe interdisciplinar de professores que, de forma holística, analisará o texto, principalmente se o aluno/candidato é capaz de expressar-se com clareza (coesão e coerência), de tal modo que o pensamento não se perca entre o plano de conteúdo e o plano de expressão. É importante que o aluno/candidato busque algo inovador na construção do texto, para que este não caia no lugar comum, perdendo, portanto, em identidade e em originalidade Será atribuída pontuação zero à Prova de Redação que: a) se afastar do tema proposto; b) apresentar texto padronizado quanto a conteúdo, estrutura e vocabulário, comum a vários candidatos ("nariz de cera"); c) for apresentada em forma de verso; d) não for respondida na respectiva Folha de Respostas; e) for assinada fora do local apropriado; f) apresentar qualquer sinal que, de alguma forma, possibilite a identificação do candidato;

4 g) for escrita a lápis, em parte ou na sua totalidade; ou h) apresentar texto incompreensível ou letra ilegível A Avaliação Qualitativa será composta pela análise do Histórico Escolar do aluno no curso de origem A Análise do Histórico Escolar avaliará a qualidade do desempenho dos alunos/candidatos nos componentes curriculares cursados nos semestres concluídos dos respectivos Cursos, considerando a regularidade e a produtividade evidenciadas. 4- DA REALIZAÇÃO DAS PROVAS 4.1. Para responder a Prova Objetiva e a Prova de Redação, que serão aplicadas de uma só vez, em um único dia, o aluno/candidato disporá de 4h30min O tempo mínimo de permanência do candidato em sala é de 2 horas A Prova Objetiva e a Prova de Redação serão aplicadas no dia 05/07/2013 (sextafeira), das 9h00 às 13h30min, na Unidade Acadêmica Brotas da EBMSP O acesso do aluno/candidato para realização das Provas será feito das 8h40min às 9h00, quando o portão será fechado Para acesso à sala de Provas, o aluno/candidato deverá apresentar o original do documento de identidade com o qual se inscreveu. Se assim não o fizer, não realizará as Provas, sendo eliminado do Processo Recomenda-se ao aluno/candidato só portar, no acesso à sala de Provas, a carteira de identidade e os objetos necessários à realização das mesmas. Se assim não o fizer, todos os pertences ficarão sob sua cadeira, ficando a Strix Educação e a EBMSP isentas de qualquer responsabilidade quanto à perda ou extravio de documentos ou objetos do aluno/candidato, assim como por danos neles causados Durante a realização de todas as atividades deste Processo Seletivo, é vedado ao candidato o uso de chapéu, boné, viseira, protetores auriculares, bem como de relógio de qualquer tipo, objetos eletroeletrônicos (telefones celulares, rádios, máquinas calculadoras ou similares, mp3, ipod, bip, chaveiro eletrônico utilizado para realizar

5 transações bancárias, agenda eletrônica, tablets, receptor, gravador, palms, pagers e afins) e consulta a qualquer tipo de documento ou livro Os aparelhos eletrônicos deverão permanecer desligados enquanto o aluno/candidato estiver no estabelecimento de realização das Provas, e até sua saída do prédio. O candidato que for flagrado utilizando ou mesmo portando qualquer eletrônico, inclusive aparelho celular, enquanto estiver nas dependências em que se realizar o Processo Seletivo será automaticamente eliminado A critério da Coordenação do Processo Seletivo poderá ser utilizado detector de metais durante a aplicação das Provas, quando houver qualquer deslocamento do candidato da sala de prova, inclusive no acesso ao sanitário Na realização das Provas, o aluno/candidato é o único responsável pelo manuseio do Caderno de Provas e pela marcação das Folhas de Respostas e sua devolução, bem como pela compreensão das instruções ali constantes. O fiscal poderá orientar somente sobre os procedimentos de aplicação definidos pela organização do Processo Seletivo. 5 - DOS CRITÉRIOS DE SELEÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO 5.1. Na avaliação dos instrumentos de avaliação - Prova Objetiva, Prova de Redação e Análise do Histórico Escolar -, será utilizado o escore padronizado, com média igual a 50 (cinquenta) e desvio padrão igual a 10 (dez) A padronização das notas tem por finalidade avaliar o desempenho do aluno/candidato em relação aos demais concorrentes, permitindo que a posição relativa de cada um reflita sua classificação. Essa padronização reduz todas as notas para uma mesma escala em que, após o tratamento estatístico, todos os instrumentos de avaliação utilizados terão uma mesma média aritmética e um mesmo desvio-padrão, ou seja, passarão a ter o mesmo grau de dificuldade e a mesma distribuição de notas em torno da média Na avaliação das Provas a) conta-se o total de pontos obtidos por cada aluno/candidato (nota bruta) em cada avaliação;

6 b) calcula-se a média e o desvio padrão das pontuações obtidas por cada aluno/candidato; c) transforma-se o total de pontos de cada avaliação em nota padronizada (NP); d) multiplica-se as notas padronizadas pelos pesos respectivos e soma-se, obtendo o Escore Global de cada candidato; e) em seguida, classifica-se os candidatos pela ordem decrescente dos Escores Globais. Os instrumentos de Avaliação terão os seguintes pesos: d.1 - Prova Objetiva peso 5,0 (cinco), d.2 - Prova de Redação peso 3,0 (três) d.3 - Análise do Histórico Escolar peso 2,0 (dois) 5.2. Os alunos/ candidatos serão classificados em ordem decrescente de Escore Global obtido Os componentes curriculares que nortearão a elaboração das questões da Prova Objetiva encontram-se no Anexo II, e os critérios de avaliação do Histórico Escolar encontram-se no Anexo I. 6 - DOS CRITÉRIOS DE ELIMINAÇÃO E DE DESEMPATE 6.1. Será eliminado do Processo Seletivo o aluno/candidato que: a) não se apresentar no local de realização das provas, no dia e horário determinados para comparecimento; b) obtiver escore 0 (zero) na Prova Objetiva ou na Prova de Redação; ou c) obtiver escore global de classificação inferior a 1s (um desvio-padrão abaixo da média aritmética) dos escores globais de todos os alunos/candidatos Ocorrendo empate no escore global, terá preferência, sucessivamente, o aluno/candidato: a) com maior escore bruto na Prova de Objetiva; b) com maior escore bruto na Prova de Redação; c) com maior pontuação na análise do Histórico Escolar; d) com maior escore global no Processo Seletivo Formativo que ensejou o ingresso do aluno/candidato na EBMSP.

7 7 - DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 7.1. O resultado do Processo Seletivo de Transferência Interna VAGAS ESPECÍFICAS para ingresso no 3 º semestre do Curso Medicina será divulgado no dia 15/07/2013 (segunda-feira), nos sites e A classificação dos candidatos será feita por ordem decrescente de Escore Global Serão convocados para matrícula os cinco melhores candidatos classificados, segundo o disposto no item 5 deste Edital, respeitada a ordem de classificação Havendo desistência de matrícula, a convocação do candidato seguinte obedecerá à ordem de classificação divulgada Todas as convocações de candidatos para matrícula serão feitas pelos sites e É responsabilidade do aluno/candidato acompanhar as convocações publicadas e respectivas datas de matrícula. 8 - DA MATRÍCULA 8.1. O aluno/candidato convocado deverá realizar sua matrícula no curso de Medicina no dia 17/07/2013 (quarta-feira) na Secretaria Geral da EBMSP, à Av. D. João VI, 275, Pavilhão II, 2º andar, Brotas, das 9h00 às 12h00 e das 14h00 às 16h Para formalizar a matrícula o candidato convocado deve comprovar o pagamento da mensalidade referente ao semestre do curso de Medicina A não efetivação da matrícula do candidato convocado na data determinada pela EBMSP resultará na perda da vaga para o novo curso e consequente retorno ao cadastro dos alunos do curso de origem, excluindo-se qualquer possibilidade de convocação posterior. 9 - DISPOSIÇÕES FINAIS 9.1. Para o Processo Seletivo de Transferência Interna VAGAS ESPECÍFICAS a que se refere este Edital não haverá revisão de provas O candidato será eliminado do Processo Seletivo se: a) lançar mão de meios ilícitos para realização das Provas;

8 b) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido ou descortês para com qualquer dos aplicadores, seus auxiliares ou autoridades; c) chegar após o fechamento do portão ou não comparecer a qualquer das provas; d) afastar-se do local das provas sem o acompanhamento do fiscal, antes de ter concluído as mesmas; deixar de assinar a Lista de Presença e a respectiva Folha de Respostas; e) ausentar-se da sala portando as Folhas de Respostas ou não devolver as Folhas de Respostas, mesmo tendo assinado a Lista de Presença; f) ausentar-se da sala portando o Caderno de Prova antes do horário permitido para tanto; g) descumprir as instruções contidas no Caderno de Provas e/ou nas Folhas de Respostas; ou h) for surpreendido por membro da equipe de aplicação das Provas, através da observação ou pelo uso de detectores de metais, portando ou se utilizando de qualquer aparelho eletrônico, constante no item deste Edital Os casos omissos neste Edital serão resolvidos pela Direção da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Salvador, 03 de junho de Prof.ª Maria Luisa Carvalho Soliani Diretora da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

9 ANEXO I ANÁLISE DO HISTÓRICO ESCOLAR BAREMA (VAGAS ESPECÍFICAS) CRITÉRIOS a) Conclusão de cada semestre letivo sem reprovação/trancamento/abandono de componente curricular 1,0 ponto para cada semestre b) Conclusão de cada semestre letivo com 01 reprovação ou trancamento ou abandono de componente curricular 0,5 ponto para cada semestre c) Conclusão de cada semestre letivo com mais de 02 reprovações ou trancamentos ou abandonos de componente curricular 0,25 ponto para cada semestre PONTUAÇÃO MÁXIMA 4,0 2,0 1,0 d) Média Geral das notas de todos os componentes curriculares dos 1 0,, 2 0, 3 0 e 4 0 semestres letivos

10 A- PRIMEIROS SOCORROS ANEXO II COMPONENTES CURRICULARES 1 - Avaliação Inicial das Condições da Vítima Avaliação da cena: Avaliar o local onde a vítima se encontra, considerando os riscos para a vítima e para o socorrista. Observar a cena com o objetivo de identificar possíveis causas para o evento. Abordagem da vítima: Estabelecer contato com a vítima buscando identificá-la e colher dados sobre o evento, bem como identificando a si próprio como socorrista. Avaliar o ABCD da vida: Verificar permeabilidade das vias aéreas Verificar expansibilidade torácica Verificar pulso carotídeo Verificar níveis de consciência - avaliar se a vítima encontra-se alerta; avaliar respostas a estímulos verbais, dolorosos ou inconsciente. 2 - Síncope e convulsão Identificar as causas das síncopes, Identificar os tipos de síncopes, Realizar o atendimento básico na vítima com sincope realizando a manobras de elevação de pernas, Identificar os tipos de convulsões (tônica, clônica e grande mal), Realizar o atendimento na vitima em convulsão aplicando o protocolo específico. 3 - Desobstrução de Vias Aéreas Reconhecimento da obstrução das vias aéreas por corpo estranho (OVACE) obstrução parcial e total (sinais apresentados pela vítima), Identificação dos socorristas, Realizar desobstrução com a manobra de Heimlich (para vítimas conscientes) e com as compressões torácicas (para as vitimas inconscientes, grávidas e obesos). 4- RCP Identificação dos sinais determinantes da PCR, Identificar as prováveis causas de PCR em ambiente prehospitalar, Estabelecer contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) fornecendo informações sobre a situação, Iniciar as manobras de Ressuscitação Cardiorrespiratória de acordo com o Protocolo da AHA (2010), Manusear o DEA/DAE no ambiente prehospitalar. B- SAÚDE COLETIVA 1- Antecedentes históricos do SUS - Conjuntura política, econômica, social e de saúde no Brasil: evolução histórica até o processo de construção do SUS

11 2- Princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde SUS 3- Organização e funcionamento do SUS - Níveis de atenção à saúde no SUS: Atenção Básica, média e alta complexidade. 4- Atenção básica em saúde: características e atribuições; estrutura e funcionamento da UBS, dos programas PACS e PSF; Sistema de referência e contra-referência. 5- Modelos explicativos do processo saúde-doença 6- Medidas de Saúde Coletiva: mortalidade, morbidade, prevalência, incidência e indicadores de saúde. C- METODOLOGIA INSTRUMENTAL 1- Conhecimento Científico e Senso Comum 2- Acesso a literatura científica 3- Estrutura e formato de trabalhos acadêmicos segundo a ABNT 4- Tipos de trabalhos acadêmicos: monografia, dissertação, tese, artigo original, resenha descritiva e relatório 5- Resenha crítica D- ÉTICA E BIOÉTICA 1- Conceito de ética, moral e bioética 2- Princípios da Bioética: autonomia. Justiça, beneficência, não maledicência E- BIOMORFOFUNCIONAL I Componentes Curriculares e Objetivos SISTEMA TEGUMENTAR 1- Reconhecer as camadas da pele e suas principais características histológicas; 2- Identificar os tipos celulares presentes nas camadas; 3- Associar a origem embriológica com a formação das diferentes camadas da pele; 4- Reconhecer o papel dos receptores neurais distribuídos pelo sistema tegumentar. SISTEMA ESQUELÉTICO 1- Descrever as funções do sistema ósseo (Sustentação, Sistema de Alavancas, Armazenamento de íons, Hematopoiese, Proteção de órgãos internos); 2- Identificar a constituição do tecido ósseo destacando os principais tipos celulares e suas respectivas funções; 3- Identificar os ossos do esqueleto humano (esqueleto axial e apendicular); 4- Descrever a origem embriológica do tecido ósseo (folheto embrionário); 5- Entender o processo da histogênese óssea: Ossificação intramembranosa e endocondral; 6- Entender o metabolismo ósseo. SISTEMA MUSCULAR 1- Descrever a origem embriológica do tecido muscular (folhetos embrionários); 2- Diferenciar, histologicamente, os três tipos de tecido muscular; 3- Compreender a organização tecidual da musculatura esquelética; 4- Identificar os músculos superficiais de todo o corpo humano; 5- Entender o mecanismo geral da contração muscular, mecanismo molecular da contração muscular, características moleculares dos filamentos contráteis e as características da contração de todo o músculo; 6- Descrever os componentes musculares (fáscia muscular superficial e profunda, ventre

12 muscular, tendão e aponeurose). SISTEMA NERVOSO 1- Descrever a origem embriológica do tecido nervoso (folhetos embrionários); 2- Identificar os principais componentes do sistema nervoso; 3- Caracterizar os principais componentes de um neurônio e suas respectivas funções; 4- Diferenciar substâncias cinzenta e branca; 5- Compreender a organização e o funcionamento geral do sistema nervoso; 6- Compreender o processo de propagação do impulso nervoso e sua transmissão através da sinapse; 7- Compreender o funcionamento dos canais iônicos neurais e os potenciais pós-sinápticos excitatório (PPSE) e inibitório (PPSI); 8- Descrever a função do nervo (vias aferentes e eferentes); 9- Compreender o Ato reflexo; 10- Discutir o Processamento da Informação Função "Integrativa" do Sistema Nervoso; 11- Identificar as características da medula espinhal e do encéfalo; 12- Descrever as funções básicas do SNC e SNP. SISTEMA CARDIOVASCULAR 1- Descrever a origem embriológica do sistema circulatório (folhetos embrionários); 2- Diferenciar, histologicamente,artéria, veia e capilar; 3- Principais ramos da Aorta a. Arco da Aorta: Tronco Braquiocefálico, Artéria Carótida Comum Esquerda, Artéria Subclávia b. Aorta Descendente Torácica: Artérias Esofágicas, Traqueais, Intercostais c. Aorta Descendente Abdominal: Tronco Celíaco, Artéria Mesentérica Superior, Artérias Renais, Artéria Mesentérica Inferior, Artérias Gonadais, Artérias Ilíacas Comuns direita e esquerda; 4- Principais veias: paralelas às principais artérias; 5- Identificar as células sanguíneas e suas respectivas funções 6- Descrever os componentes funcionais do coração; 7- Caracterizar os três tipos de fibras musculares cardíacas: marcapasso, fibras de condução e fibras contrateis que geram a força da sístole e entender o coração como tecido excitável; 8- Compreender a Lei de Frank-Starling; 9- Localizar: a. Camadas de revestimento (pericardio fibroso e seroso, miocardio e endocardio) b. Septos (atrioventricular, interatrial, interventricular) c. Valvas (mitral, tricúspide, aórtica, pulmonar) d. Músculos Papilares 10- Entender o coração como bomba, identificando os eventos do ciclo de bombeamento (as fases do ciclo cardíaco: diástole inicial, contração atrial, contração ventricular isovolumétrica, ejeção e relaxamento); 11- Diferenciar, histologicamente, as três túnicas cardíacas; 12- Identificar vasos da base 13- Descrever o percurso da pequena e grande circulação. SISTEMA RESPIRATÓRIO 1- Identificar as características morfofuncionais de: a. nariz externo, Vibrissas, Septo nasal, Conchas nasais b. Faringe c. Laringe: cartilagens, cordas vocais d. Traquéia: anéis

13 e. Brônquios principais, lobares, segmentares, bronquíolos, bronquíolos terminais, sacos alveolares, alvéolos f. Pulmões: lobos g. Pleura pulmonar 2- Correlacionar a histologia dos diferentes órgãos da porção condutora e da porção respiratória, com as funções executadas pelos mesmos; 3- Descrever a origem embriológica do sistema respiratório (folhetos embrionários); 4- Apontar a função do surfactante alveolar. F- BIOMORFOFUNCIONAL II SISTEMA DIGESTÓRIO 1- Caracterizar, histologicamente, a estrutura geral do trato digestório; 2- Descrever a origem embriológica dos diversos órgãos que constituem o tecido digestório (folhetos embrionários); 3- Identificar os principais componentes da boca, faringe, esôfago e estômago (divisão, esfíncteres) e suas respectivas funções; 4- Descrever os aspectos fisiológicos da boca, faringe, esôfago e estômago e as funções das enzimas digestivas, ph do meio, etc; 5- Identificar os principais componentes dos intestinos delgado e grosso, e suas respectivas funções; 6- Identificar e localizar: glândulas salivares, fígado, vesícula biliar e pâncreas (e seus respectivos ductos); 7- Associar as funções secretória e digestória. 8- Compreender a regulação do SNA sobre o sistema digestório. SISTEMA ENDÓCRINO I HIPÓFISE-HIPOTÁLAMO 1- Localizar e identificar órgãos de relação (órgãos vizinhos); 2- Diferenciar a origem embriológica da neuro-hipófise da adeno-hipófise; 3- Descrever a organização histológica destes órgãos; 4- Caracterizar o eixo hipotálamo-hipofisario; 5- Entender como são regulados os hormônios; 6- Estabelecer a relação com homeostase, reprodução, crescimento, desenvolvimento sexualidade e metabolismo. SISTEMA ENDÓCRINO II TIREÓIDE / ADRENAIS/ PARATIREÓIDES 1- Localizar e identificar órgãos de relação (órgãos vizinhos) 2- Diferenciar, histologicamente, o córtex e a medula da adrenal; 3- Identificar as camadas do córtex da adrenal; 4- Descrever, histologicamente, a tireóide e a paratireóide; 5- Discutir a fisiologia do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal/tireóide; 6- Entender o papel fisiológico dos hormônios produzidos pela glândula adrenal, tireóide e paratireóides SISTEMA ENDÓCRINO III PÂNCREAS 1- Localizar e identificar órgãos de relação (órgãos vizinhos) 2- Identificar os tipos celulares presentes nas ilhotas pancreáticas e suas funções; 3- Entender a ação dos hormônios pancreáticos.

14 SISTEMA REPRODUTOR FEMININO 1- Localizar e Identificar as características morfofuncionais dos órgãos genitais internos e externos; 2 -Descrever a ação dos hormônios do ciclo menstrual. SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO 1-Localizar e Identificar as características morfofuncionais dos órgãos genitais. SISTEMA URINÁRIO 1. Localizar e Identificar as características morfofuncionais de: Rins: a. Anatomia externa b. Anatomia Interna Ureteres Bexiga Uretra 2. Caracterizar o néfron do ponto de vista histofisiológico G- PSICOLOGIA APLICADA 1. Relações Interpessoais, inter e intragrupais; 2. As dimensões da comunicação interpessoal; 3. O processo de Humanização nos serviços de saúde/acolhimento em Saúde. 4. Política Nacional de Humanização.

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA VAGAS ESPECÍFICAS PARA O CURSO DE MEDICINA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA VAGAS ESPECÍFICAS PARA O CURSO DE MEDICINA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA PARA VAGAS ESPECÍFICAS PARA O CURSO DE MEDICINA PRMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2015 A Diretora da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA),

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA VAGAS RESIDUAIS PARA O CURSO DE MEDICINA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA VAGAS RESIDUAIS PARA O CURSO DE MEDICINA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA INTERNA VAGAS RESIDUAIS PARA O CURSO DE MEDICINA PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 A Diretora da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (BAHIANA), IES mantida

Leia mais

Você saberia responder aos questionamentos de forma cientificamente correta?

Você saberia responder aos questionamentos de forma cientificamente correta? Você saberia responder aos questionamentos de forma cientificamente correta? Como as fezes são formadas? Como a urina é formada no nosso corpo? Sistema Cardiovascular Funções Gerais: Transporte de nutrientes,

Leia mais

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução à Anatomia e Fisiologia EN2319-Bases Biológicas para Engenharia I Reginaldo K Fukuchi Universidade Federal do ABC Por que

Leia mais

Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014

Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR VERÃO 2015 1 Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR

Leia mais

PROVA DIA 20/07/2014

PROVA DIA 20/07/2014 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2014.2 PROVA DIA 20/07/2014 A Faculdade Baiana de Direito e Gestão faz saber que realizará processo seletivo para ingresso no

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral Funções: Transportar Nutrientes e oxigênio as células; Retirar resíduos do metabolismo; Defender o organismo contra substâncias estranhas e microorganismos. Características Sistema fechado; Constituído

Leia mais

Como funciona o coração?

Como funciona o coração? Como funciona o coração? O coração é constituído por: um músculo: miocárdio um septo duas aurículas dois ventrículos duas artérias: aorta pulmonar veias cavas: inferior superior veias pulmonares válvulas

Leia mais

Série disponível: 1ª série Número de vagas: 01 (uma vaga)

Série disponível: 1ª série Número de vagas: 01 (uma vaga) EDITAL N.º09/2012 PREENCHIMENTO VAGA REMANESCENTE CURSO DE MEDICINA POR PROCESSO SELETIVO PARA TRANSFERÊNCIA EXTERNA E/OU REINGRESSO PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR NA ÁREA DA SAÚDE 2º SEMESTRE

Leia mais

Corpo Humano. A Menor Unidade Viva do Corpo Humano: Célula

Corpo Humano. A Menor Unidade Viva do Corpo Humano: Célula : Estuda a Estrutura Estática do Corpo Humano É Utilizada para Classificar e Descrever as Lesões de acordo com Sua Localização Prever Lesões de Órgãos Internos, baseando-se na Localização Externa da Lesão

Leia mais

ANEXO I QUADRO DE VAGAS

ANEXO I QUADRO DE VAGAS III -ANATOMIA HUMANA II -HABILIDADES E ATITUDES I -HISTOLOGIA GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL ANEXO I QUADRO DE VAGAS - Processo Seletivo para a Atividade de Monitoria no Curso de Graduação em Medicina da

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES 1 UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE FAC CG CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PERÍODO LETIVO 2013.1 A Coordenação do Curso de Graduação

Leia mais

Especialidade Nº de vagas Pré-requisito Duração do Estágio. * Programa de estágio reconhecido pela AMIB Associação de Medicina Intensiva Brasileira.

Especialidade Nº de vagas Pré-requisito Duração do Estágio. * Programa de estágio reconhecido pela AMIB Associação de Medicina Intensiva Brasileira. A Divisão de Ensino do Hospital Ana Costa S. A. realizará Processo Público de Seleção de candidatos para Estágio Médico, para o ano de 2013, nas seguintes áreas: Especialidade Nº de vagas Pré-requisito

Leia mais

1º EDITAL 2015.2 PROCESSO SELETIVO PARA VAGAS OCIOSAS EM CURSO DE MEDICINA

1º EDITAL 2015.2 PROCESSO SELETIVO PARA VAGAS OCIOSAS EM CURSO DE MEDICINA 1º EDITAL 2015.2 PROCESSO SELETIVO PARA VAGAS OCIOSAS EM CURSO DE MEDICINA PORTADORES DE DIPLOMA DE ENSINO SUPERIOR E TRANSFERÊNCIA EXTERNA DE MEDICINA O Centro de Ensino Superior de Valença, considerando

Leia mais

EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1

EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1 EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1 A FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, credenciada pelo MEC, portaria n 1.246 de 14/10/2008, torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo dos

Leia mais

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO 08/10/2008 ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO PLASMA: CELULAR:

FISIOLOGIA DO SANGUE HEMATÓCRITO 08/10/2008 ERITRÓCITOS OU HEMÁCIAS HEMATÓCRITO PLASMA: CELULAR: FISIOLOGIA DO SANGUE Sistema Circulatório PLASMA: semelhante ao líquido intersticial PROTEÍNAS PLASMÁTICAS Albumina pressão coloidosmótica Globulinas transporte e substrato imunidade, anticorpos Fibrinogênio

Leia mais

EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 A FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, credenciada pelo MEC, portaria n 1.246 de 14/10/2008, torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo dos cursos

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Farmácia Professora: Liamara Basso Dala Costa Email: liamara@uniarp.edu.br Período/ Fase: 1ª Fase Semestre:

Leia mais

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração

FACULDADE FIA DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS Mantida pela Fundação Instituto de Administração EDITAL DO VESTIBULAR 1/2011 O Diretor Geral da Faculdade FIA de Administração e Negócios, no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio do presente Edital, torna público o aditamento

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr Francisco Nogueira de Lima Código: 059 Município: Casa Branca Eixo Tecnológico: Ambiente, saúde e segurança. Habilitação Profissional: sem habilitação

Leia mais

SELEÇÃO DE BOLSISTA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MEC-SESu EDITAL PET AGRONOMIA 02/2012

SELEÇÃO DE BOLSISTA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MEC-SESu EDITAL PET AGRONOMIA 02/2012 SELEÇÃO DE BOLSISTA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL MEC-SESu EDITAL PET AGRONOMIA 02/2012 O Programa de Educação Tutorial torna pública a realização do processo seletivo para provimento de vagas do corpo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Biomedicina (17) Ano: 2013 Semestre: 2 Período: 2 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS PROGRAMA DE ENSINO Curso: Nutrição (04) Ano: 2013 Semestre: 1 Período: 1 Disciplina: Anatomia Humana (Human Anatomy) Carga Horária Total: 90 Teórica: 60 Atividade Prática: 30 Prática Pedagógica: 0 Aulas Compl. Tutorial:

Leia mais

Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária

Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Universidade Federal do Acre Curso de Medicina Veterinária Sistema Circulatório I Coração e Circulação Prof. Adj. Dr. Yuri Karaccas de Carvalho Anatomia Descritiva Animal I Objetivos da Aula Definição

Leia mais

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro Sistema Circulatório

ANATOMIA HUMANA II. Roteiro Sistema Circulatório ANATOMIA HUMANA II Sistema Circulatório Prof. Me. Fabio Milioni Roteiro Sistema Circulatório Conceito Função Divisão Sistemacardiovascular Sistemalinfático 1 CONCEITO O sistema cardiovascular é responsável

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS DE PALOTINA HOSPITAL VETERINÁRIO RELATÓRIO DE EXAME NECROSCÓPICO Identificação do animal Nome/número RG do HV Espécie: Raça: Idade: Sexo: Peso: Cor: Data e hora do

Leia mais

Faculdade da Alta Paulista PLANO DE ENSINO - ENFERMAGEM

Faculdade da Alta Paulista PLANO DE ENSINO - ENFERMAGEM PLANO DE ENSINO - ENFERMAGEM DISCIPLINA SÉMESTRE PERÍODO LETIVO CARGA HORÁRIA ANATOMIA HUMANA 1ª 2014 160 hs I EMENTA Anatomia Sistêmica e Descritiva. Estudo morfofuncional dos principais sistemas orgânicos.

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015

EDITAL PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 EDITAL PROCESSO SELETIVO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015 O Diretor Geral da Universidade Presidente Antônio Carlos Campus Barbacena, mantida pela Fundação Presidente Antônio Carlos FUPAC, informa aos interessados

Leia mais

EDITAL DE VESTIBULAR FACSETE Nº 001/2015

EDITAL DE VESTIBULAR FACSETE Nº 001/2015 EDITAL DE VESTIBULAR FACSETE Nº 001/2015 A Diretora Geral da FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE, Professora Drª Dóris Camargo Martins de Andrade declara abertas as inscrições ao Processo Seletivo para matrículas

Leia mais

29/03/2012. Introdução

29/03/2012. Introdução Biologia Tema: - Sistema Respiratório Humano: órgãos que o compõem e movimentos respiratórios; - Fisiologia da respiração ; - Doenças respiratórias Introdução Conjunto de órgãos destinados à obtenção de

Leia mais

FAMERV. Faculdade de Medicina de Rio Verde

FAMERV. Faculdade de Medicina de Rio Verde EDITAL 001/2015 MONITORIA O Laboratório de Anatomia Humana da UniRV, no uso de suas atribuições, torna público as inscrições para o processo seletivo para Monitoria do Laboratório Morfofuncional, destinado

Leia mais

FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Diretora da FABEL FACULDADE DE BELÉM, instituição de ensino superior autorizada a funcionar pela Portaria Ministerial nº. 675 de 17 de março

Leia mais

EDITAL Nº 01/2016. a) INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS: Número máximo de alunos por turma. Total de Vagas. Curso/Habilitação/ Modalidade.

EDITAL Nº 01/2016. a) INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS: Número máximo de alunos por turma. Total de Vagas. Curso/Habilitação/ Modalidade. De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009

INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 INFORMATIVO DO CANDIDATO 2009 Seleção Pré Vestibular Gratuito da ONG Oficina de Cidadania 2009 A Origem A ONG Oficina de Cidadania funciona desde 1998 e agrega outros projetos, todos com ações visando

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS:

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS: De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

1.1 A presente seleção tem por objetivo o provimento de bolsas de estudo para 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, no ano de 2016.

1.1 A presente seleção tem por objetivo o provimento de bolsas de estudo para 1ª, 2ª e 3ª séries do Ensino Médio, no ano de 2016. EDITAL Nº 01 Instituto LACOAN - 2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTAS A Senhora Ângela Cristina de Carvalho Viana, Diretora do Instituto LACOAN, no uso das suas atribuições legais torna público o processo

Leia mais

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração Fisiologia Humana Sistema circulatório Componentes: - Sangue (elementos figurados e plasma) - Vasos sanguíneos - Coração Vasos sanguíneos Artérias Vasos com paredes espessas e elásticas por onde circula

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO - UNICID EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 A Universidade Cidade de São Paulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMPERVE - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR EDITAL Nº 10/2006

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMPERVE - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR EDITAL Nº 10/2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMPERVE - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR EDITAL Nº 10/2006 Regulamenta a seleção especial para ingresso nos cursos superiores de Tecnólogo

Leia mais

EDITAL N 06/2015 CCV

EDITAL N 06/2015 CCV EDITAL N 06/2015 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 Em conformidade com as Portarias do MEC nº 1.120 de 16/07/1999 e nº 391 de 07/02/2002 e da Portaria nº 1449 de 23/12/1999

Leia mais

Faculdade de Enfermagem Nova Esperança FACENE

Faculdade de Enfermagem Nova Esperança FACENE FACENE Faculdade de Enfermagem Nova Esperança FACENE PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE TRANSFERIDOS E GRADUADOS 2010.2 O processo para selecionar candidatos transferidos e graduados, regulamentado através

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Programa de Educação Tutorial (PET)-Agronomia/Cruzeiro do Sul/AC

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Programa de Educação Tutorial (PET)-Agronomia/Cruzeiro do Sul/AC EDITAL Nº 10/2014 - PROGRAD A Universidade Federal do Acre, por meio da Pró-Reitoria de Graduação torna pública a realização do processo seletivo para provimento de vagas do corpo discente do Grupo PET

Leia mais

Vale ressaltar ainda que os cursos do PEP são gratuitos, o que facilita e amplia o acesso dos candidatos selecionados.

Vale ressaltar ainda que os cursos do PEP são gratuitos, o que facilita e amplia o acesso dos candidatos selecionados. APRESENTAÇÃO O Programa de Educação Profissional de Minas Gerais (PEP) é a ousada resposta do Governo Mineiro ao desafio de atender à crescente demanda dos nossos jovens por mais e melhores oportunidades

Leia mais

Anatomia- Prof: Renato de Oliveira. Capitulo 3. (Sistema Nervoso E, Sistema Cardiovascular)

Anatomia- Prof: Renato de Oliveira. Capitulo 3. (Sistema Nervoso E, Sistema Cardiovascular) Anatomia- Prof: Renato de Oliveira Capitulo 3 (Sistema Nervoso E, Sistema Cardiovascular) Sistema Nervoso: OBS: Neurônio: principal componente do sistema nervoso O sistema nervoso humano, além de ser o

Leia mais

1.4. O Manual do Candidato estará disponível para os inscritos exclusivamente no sítio www.suprema.edu.br.

1.4. O Manual do Candidato estará disponível para os inscritos exclusivamente no sítio www.suprema.edu.br. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS 2º SEMESTRE 2015 EDITAL nº 04/2015 A Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora - FCMS/JF SUPREMA torna público que se encontram abertas

Leia mais

O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico.

O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico. 1 O corpo humano está organizado desde o mais simples até o mais complexo, ou seja, do átomo microscópico ao complexo organismo humano macroscópico. Note essa organização na figura abaixo. - Átomos formam

Leia mais

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã)

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã) CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES EDITAL DE 31 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR PARA O ANO DE 2016 (Processo Seletivo Vestibular 2016, Processo Seletivo Vestibular Complementar 2016/A e Processo

Leia mais

EDITAL N. 02/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1

EDITAL N. 02/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 EDITAL N. 02/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 A Presidente da Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal FACIMED, instituição de ensino autorizada/credenciada pela Portaria n. 2.810, de 13 de Dezembro de

Leia mais

EDITAL N 05/2014 CCV

EDITAL N 05/2014 CCV EDITAL N 05/2014 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

Estadual 2015. Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular

Estadual 2015. Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular Edital de Convocação para o Exame de Qualificação do Vestibular Estadual 2015 A Universidade do Estado do Rio de Janeiro torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos relativos ao

Leia mais

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 1, DE 14 DE SETEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 1, DE 14 DE SETEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 1, DE 14 DE SETEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 Em conformidade com as Portarias do MEC nº 1.120 de 16/07/1999 e nº 391 de 07/02/2002 e da Portaria nº 1449 de 23/12/1999

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS DA ESCOLA PALOMAR DE LAGOA SANTA PARA O ANO LETIVO DE 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS DA ESCOLA PALOMAR DE LAGOA SANTA PARA O ANO LETIVO DE 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS DA ESCOLA PALOMAR DE LAGOA SANTA PARA O ANO LETIVO DE 2016 1. APRESENTAÇÃO O Diretor da ESCOLA PALOMAR DE LAGOA SANTA, Sr. Walério Ferraz

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE VAGAS REMANESCENETES 2º SEMESTRE DE 2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE VAGAS REMANESCENETES 2º SEMESTRE DE 2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO DE VAGAS REMANESCENETES 2º SEMESTRE DE 2015 O Diretor da, mantida pela Saint Paul Educacional Ltda., no uso de suas atribuições regimentais e da legislação vigente, por meio

Leia mais

Hemodinâmica. Cardiovascular. Fisiologia. Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg

Hemodinâmica. Cardiovascular. Fisiologia. Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg Fisiologia Cardiovascular Hemodinâmica Introdução O sistema circulatório apresenta várias funções integrativas e de coordenação: Função

Leia mais

EDITAL nº 04, de 10 de novembro de 2015

EDITAL nº 04, de 10 de novembro de 2015 EDITAL nº 04, de 10 de novembro de 2015 A Escola Técnica Estadual PARQUE DA JUVENTUDE, município de São Paulo, atendendo o disposto no 3º do Artigo 62 do Regimento Comum das Escolas Técnicas Estaduais

Leia mais

EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2

EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2 EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2 A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo das Faculdades Integradas de Vitória FDV, para conhecimento de todos os interessados, torna público

Leia mais

1.3. O resultado do Processo de Seleção ao ano letivo de 2016 é intransferível para a outra unidade do Sistema de Ensino Equipe.

1.3. O resultado do Processo de Seleção ao ano letivo de 2016 é intransferível para a outra unidade do Sistema de Ensino Equipe. EDITAL Nº 10/2015 Regulamento do Processo de Seleção de alunos para o Ano Letivo de 2016 Colégio Equipe, localizado na Av. Gentil Bittencourt, nº 706 O Sistema de Ensino Equipe torna públicas as normas

Leia mais

EDITAL REITORIA UNIRP n o 06/2015 PROCESSOS SELETIVOS 2015 MODALIDADE PRESENCIAL

EDITAL REITORIA UNIRP n o 06/2015 PROCESSOS SELETIVOS 2015 MODALIDADE PRESENCIAL EDITAL REITORIA UNIRP n o 06/2015 PROCESSOS SELETIVOS 2015 MODALIDADE PRESENCIAL O Reitor do Centro Universitário de Rio Preto - UNIRP, no uso de suas atribuições, faz saber que os Processos Seletivos

Leia mais

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10:

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10: BIOLOGIA IACI BELO www.iaci.com.br ASSUNTO: FISIOLOGIA Série: 2EM 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 1: 2: 3: 4 5: 6 7: 8 9: 10: 02. Explique por que o ventrículo esquerdo é

Leia mais

FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.2

FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.2 FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.2 O Presidente do Conselho Superior da FABEL Faculdade de Belém, instituição de ensino superior autorizada a funcionar pela Portaria Ministerial

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO. EDITAL DE SELEÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA Ano letivo de 2015

FACULDADE DE DIREITO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO. EDITAL DE SELEÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA Ano letivo de 2015 EDITAL DE SELEÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA Ano letivo de 2015 O Diretor da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo torna público, para conhecimento dos interessados, que estarão abertas, no período de

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE PETROPOLIS EDITAL PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA 2015 CURSO DE MEDICINA CALENDÁRIO

FACULDADE DE MEDICINA DE PETROPOLIS EDITAL PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA 2015 CURSO DE MEDICINA CALENDÁRIO FACULDADE DE MEDICINA DE PETROPOLIS 1 EDITAL PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA 2015 CURSO DE MEDICINA CALENDÁRIO EVENTOS DATAS Inscrições 05/12/2014 a 20/12/2014 Prazo Final para entrega de Histórico

Leia mais

P R O G R A M A PRIMEIRA FASE

P R O G R A M A PRIMEIRA FASE UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE - CEFID DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - DEF CURSO: LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA CURRÍCULO: 2008/2 P R O G

Leia mais

FABEL- FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2010.1

FABEL- FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2010.1 FABEL- FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR 2010.1 O Diretor da FABEL FACULDADE DE BELÉM, Instituição autorizada a funcionar pela Portaria Ministerial nº. 675 de 17 de março de 2004,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA DO HOSPITAL SANTA LUZIA- 2016. Fundação Colombo Spínola

PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA DO HOSPITAL SANTA LUZIA- 2016. Fundação Colombo Spínola PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA DO HOSPITAL SANTA LUZIA- 2016 Fundação Colombo Spínola O Hospital Santa Luzia/ Fundação Colombo Spínola faz saber que realizará processo

Leia mais

EDITAL N 05/2015 CCV. 1. VALIDADE O presente processo seletivo terá validade somente para o segundo semestre letivo de 2015.

EDITAL N 05/2015 CCV. 1. VALIDADE O presente processo seletivo terá validade somente para o segundo semestre letivo de 2015. EDITAL N 05/2015 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

Sistema circulatório. Coração e generalidades

Sistema circulatório. Coração e generalidades Sistema circulatório Coração e generalidades Sistema Circulatório Coração propulsão do sangue Vasos centrípetos veias e linfáticos: condução Vasos centífugos artérias: condução Capilares: trocas Função:

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS:

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS: De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo Tradicional

Leia mais

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes

UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO. TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO PAULO TERMO ADITIVO PROCESSO SELETIVO 2º/2015- Vagas Remanescentes 1 PROVA TRADICIONAL 1.1 Dos Períodos de Inscrição, Horários e Locais: O Processo Seletivo da Universidade Cidade

Leia mais

11.1 interessado que já tenha concluído um dos programas de aprimoramento;

11.1 interessado que já tenha concluído um dos programas de aprimoramento; EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA O PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA PARA O ANO DE 2009 DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO -

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VALENÇA - CESVA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE 2015

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VALENÇA - CESVA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE 2015 CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE VALENÇA - CESVA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE 2015 O Centro de Ensino Superior de Valença, mantido pela Fundação Educacional D. André Arcoverde, Valença, Rio de Janeiro,

Leia mais

Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015

Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015 Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015 O Diretor Geral do Instituto de Ensino Superior de Goiás, mantido pela Sociedade de Ensino Superior Fênix Ltda,

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ULTRASSONOGRAFIA 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ULTRASSONOGRAFIA 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM ULTRASSONOGRAFIA 2015 O Instituto de Pesquisa e Ensino em Radiologia, Medicina Diagnóstica e Terapêutica - IPrad, torna público que realizará

Leia mais

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2

EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 EDITAL 05/2015 DE 16 DE MARÇO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2015.2 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2015.2, para os cursos de Bacharelado em Administração,

Leia mais

Edital Processo Seletivo 2015/2

Edital Processo Seletivo 2015/2 Edital Processo Seletivo 2015/2 O Diretor Acadêmico da Faculdade de Direito de Contagem - FDCON, Prof. Dr. Luiz Moreira Gomes Júnior, faz saber aos interessados que, de acordo com o artigo 44, inciso II,

Leia mais

EDITAL Nº. 21/2015 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR DE INVERNO-2015

EDITAL Nº. 21/2015 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR DE INVERNO-2015 O Diretor Geral das Faculdades Integradas do Vale do Iguaçu, mantidas pela Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu, no uso de suas atribuições regimentais e demais disposições legais, torna público o

Leia mais

Vagas oferecidas/ ano de PRM

Vagas oferecidas/ ano de PRM EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE VOTUPORANGA Abertura de inscrições para Seleção do Programa de Residência Médica da Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga,

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE (Port. MEC nº 797/14, de 11/09/2014, publicada no DOU em 12/09/2014) EDITAL 2016/1 - PROCESSO SELETIVO GRADUAÇÃO PRESENCIAL O Diretor Geral da Faculdade de Educação

Leia mais

INAPÓS - Processo Seletivo 2015

INAPÓS - Processo Seletivo 2015 INAPÓS - Processo Seletivo 2015 1- INFORMAÇÃO PRELIMINAR A Faculdade de Odontologia do INAPÓS, autorizada pela Portaria Ministerial no. 1.769 de 17/12/2009, publicada no Diário Oficial da União de 18/12/2009,

Leia mais

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015

EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 EDITAL DO 1º PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES NA MODALIDADE PRESENCIAL - VESTIBULAR 1º SEMESTRE - 2015 A Faculdade Meta - FAMETA, Instituição de Ensino Superior comprometida a observar o padrão

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL - UDF EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL - UDF EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 CENTRO UNIVERSITÁRIO DO DISTRITO FEDERAL - UDF EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 O Centro Universitário do Distrito Federal - UDF, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais

2.6. Da inscrição A inscrição poderá ser realizada:

2.6. Da inscrição A inscrição poderá ser realizada: EDITAL Nº 016/2015 Regulamento do processo seletivo inicial para os Cursos de Tecnologia da Faculdade SATC em 2015.2 A Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, mantenedora

Leia mais

EDITAL Nº 08/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO 2015

EDITAL Nº 08/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO 2015 EDITAL Nº 08/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO 2015 1º A Faculdade São Luiz, por ordem de seu Diretor Geral, comunica aos interessados que estarão abertas, de 15 de setembro de 2014 a 30 de novembro de 2014, as

Leia mais

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br

Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde CNPJ : 08.543.681/0001-46 www.faculdadefapec.com.br EDITAL 021/2015 DE 15 DE OUTUBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdades Unidas de Pesquisa, Ciências e Saúde FAPEC torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para

Leia mais

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES

EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 I DA DENOMINAÇÃO E RESPECTIVAS HABILITAÇÕES EDITAL 012/2015 DE 18 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR 2016.1 A Faculdade Maria Milza FAMAM torna público o Edital do Processo Seletivo Vestibular 2016.1, para os cursos de Bacharelado em

Leia mais

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL M A N U A L D O C A N D I D A T O

FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL M A N U A L D O C A N D I D A T O 1 FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL M A N U A L D O C A N D I D A T O PROCESSO SELETIVO - INVERNO / 2014 Rua Profº Duílio Calderari, nº 600 Jardim Paulista CEP 83.430-000 Campina Grande do Sul PR. Fone:

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

Valor Total do 1º Período Serviço Social. Dia da Semana. Noturno Segunda-feira (Bacharelado 8 semestres) R$1.444,00 Administração

Valor Total do 1º Período Serviço Social. Dia da Semana. Noturno Segunda-feira (Bacharelado 8 semestres) R$1.444,00 Administração 1. ABERTURA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS-UNITINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA - FAEL EDITAL Nº. 01/2008 NORMAS DE REGULAMENTAÇÃO DO PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR - 2008

Leia mais

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA ANATOMIA HUMANA GERAL 1º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Não há Pré-Requisitos 2. EMENTA: Conceito de Anatomia com as diversas formas de seu estudo. Conceito de normal,

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 15.2 DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA (EAD) De acordo com a Lei nº 9.394 de /12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições,

Leia mais

DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS

DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS DEFESA CIVIL NA ESCOLA SOCORROS DE URGENCIA MANUAL DE PROCEDIMENTOS 1 SOCORROS DE URGÊNCIA... 4 1.ANATOMIA E FISIOLOGIA.... 4 1.1DEFINIÇÕES... 4 1.2 POSIÇÕES DE ESTUDO.... 4 1.2.3 CONSTITUIÇÃO GERAL DO

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Dr. José Gomes Pereira

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Dr. José Gomes Pereira SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof. Dr. José Gomes Pereira SISTEMA CIRCULATÓRIO 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS Sistema cardiovascular transporte sangue - Circuitos pulmonar pulmões sistêmico tecidos do corpo constituídos

Leia mais

Unisa Universidade de Santo Amaro

Unisa Universidade de Santo Amaro 1 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS SUPERIORES, MODALIDADE DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EAD DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO, TURMAS DE AGOSTO 2012. A Magnífica Reitora da Universidade de Santo

Leia mais

EDITAL Processo Seletivo 02/2015

EDITAL Processo Seletivo 02/2015 EDITAL Processo Seletivo 02/2015 O Diretor Geral da AJES, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o presente edital contendo orientações quanto ao Processo Seletivo

Leia mais