Cuiabá. Adenoidectomia com visualização endoscópica

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cuiabá. Adenoidectomia com visualização endoscópica"

Transcrição

1 Adenoidectomia com visualização endoscópica

2 I Elaboração Final: 21/08/09 II Autor: Valfredo da Mota Menezes III Previsão de Revisão: / / IV Tema: Avaliação de abordagens/técnicas cirúrgicas V Especialidade Envolvida: Otorrinolaringologia, pediatria Questão Clínica: Em pacientes com hipertrofia da adenóide com indicação cirúrgica, a cirurgia utilizando a abordagem endoscópica, quando comparada com a cirurgia não endoscópica, apresenta menos efeitos adversos e complicações? Diminui o tempo cirúrgico? Diminui o sangramento? Abrevia a recuperação do paciente? Introdução: A hipertrofia adenoidal pode, além de obstrução nasal, causar ou propiciar o aparecimento de rinossinusites e otites médias. A obstrução nasal severa é considerada uma indicação absoluta da adenoidectomia. Outras indicações não absolutas incluem: a obstrução nasal moderada com sintomas persistentes, a sinusite crônica refratária e a otite média recorrente. As técnicas cirúrgicas mais comumente empregadas são: 1.curetagem. Fragmentação da adenóide por meio de uma cureta. A maioria das vezes é feita de maneira cega apenas com palpação digital da adenóide. A hemostasia é realizada por meio de compressas ou uso de eletrocautério; 2.eletrocautério/sucção eletrocautério. Cauterização e sucção elétrica da adenóide. A visualização pode ser feita indiretamente por meio de espelho na orofaringe; 3. adenoidectomia com micro debridador. Técnica similar àquela do eletrocautério, porém usando uma lâmina endoscópica para remoção da adenóide. Tem a vantagem da flexibilidade com a abordagem, podendo ser feita trans oral ou trans nasal. Cada uma das técnicas apresenta vantagens e desvantagens. A curetagem, tendo a

3 vantagem de ser uma técnica barata, pode, porém, provocar trauma nas estruturas adjacentes e levar a estenose da nasofaringe. Nem sempre a adenóide é totalmente removida; o eletrocautério, por sua vez, diminui o tempo cirúrgico, é fácil de ser realizada e é uma técnica barata, mas tem as desvantagens das complicações do eletrocautério com possível estenose da nasofaringe e trauma de estruturas adjacentes; o micro debridador, transoral ou transnasal, é preciso, diminui o tempo cirúrgico e diminui a perda sanguínea, mas tem a desvantagem de ser uma técnica cara e que requer muita experincia do cirurgião, além disso pode ser muito difícil de ser realizada se a nasofaringe for estreita e, como todas, pode também provocar trauma nas estruturas adjacentes com possível estenose 1 Mais recentemente surgiu nova técnica denominada Coblação, que utiliza baixas temperaturas no processo, melhorando a hemostasia 2 Até a década dos 90 a cirurgia para a retirada da adenóide hipertrofiada era realizada de uma maneira, praticamente cega e, após a cirurgia, era feita uma palpação digital ou uma visualização por intermédio de espelho. A partir da década dos 90 a visualização do campo cirúrgico passou a ser feita também com o uso do endoscópio, trans oral ou trans nasal, facilitando o diagnóstico assim como a abordagem cirúrgica. A abordagem endoscópica facilitaria também a revisão pós-cirúrgica e a hemostasia 3 IX Metodologia: Fonte de dados: The Cochrane Library 2009, Issue 3 (DARE, HTA, NHS EED) PubMed UpToDate Canadian Agency for Drugs and Technologies in Health (CADTH) Palavras-chaves: adenoidectomy OR adenoid ablation Endoscopic OR endoscopy Desenhos dos estudos buscados: 1. Revisão Sistemática, com ou sem metanálise, de ensaios clínicos comparando a abordagem cirúrgica com uso da endoscopia com a abordagem sem a endoscopia.

4 2.Ensaio clinico randomizado comparando a abordagem cirúrgica com uso da endoscopia com a abordagem sem a endoscopia. 3.Não encontrando ensaios clínicos serão avaliadas as Séries de casos Período pesquisado: 1980 a 2009 Resultado da busca: Não encontramos revisões ou ensaios clínicos comparando as abordagens cirúrgicas com e sem auxilio da endoscopia. Foram encontradas apenas séries de casos Estudos incluídos: 1.Goumaz CF. The value of endoscopy in the diagnosis and treatment of adenoid hyperplasia. Rev Med Suisse Romande.1983 Mar;103(3): Yanagisawa E, Yanagisawa K. Endoscopic view of adenoids. Ear Nose Throat J.1994 Feb;73(2): Cannon CR. et al. Endoscopic-assisted adenoidectomy. Otolaryngol Head Neck Surg.1999 Dec;121(6): Shin JJ e Hartnick CJ. Pediatric endoscopic transnasal adenoid ablation. Ann Oto Rhinol Laryngol.2003 Jun;112(6): Chisholm EJ et al. Adenoid size assessment: a comparison of palpation, nasendoscopy and mirror examination. Clin Otolaryngol.2005 Feb;30(1): Qiu J. et al. Comparieson among the three different approachs in the managenet of adenoid hypertrophy. Lin Chuang Er Bi Yan Hou Ke Za Zhi.2005;19(8):355-7(Abstract) 6.Schaffer Sr e Wong Gh. Endoscopic visualization facilitates adenoidectomy. Otolaryngol Head Neck Surg.2007 Mar;136(3):510 7.Constantine F et al. Videoendoscopic adenoidectomy with microdebrider. Acta Otorrinolaringologica Italica,2008;28: Uçar C. Endoscopic adenoidectomy. Kulak Burun Bogaz Ihtis Derg.2008 Mar- Apr;18(2):66-8.(Abstract)

5 Conclusões: Pelo fato de não ter sido encontrados estudos comparativos, as evidências dos estudos avaliados são fracas. Porém, da análise dos diversos trabalhos conclui-se que o uso da endoscopia, por facilitar a visualização, independente da técnica cirúrgica empregada, permite ao cirurgião a remoção completa da adenóide, permite uma melhor hemostasia e diminui a possibilidade de lesões nas estruturas adjacentes. Recomendação: A cirurgia para retirada da adenóide hipertrofiada, quando indicada, pode, preferencialmente, ser realizada com apoio da endoscopia. Referências bibliográficas: 1.Ravindhra G, Elluru, Liane johnson, Charles M Myer. Electrocautery adenoidectomy compared with curettage and power-assisted methods. Laryngoscope.2002;112: Zoukaa Sargi e Ramzi T Younis. Tonsillectomy and adenoidectomy tecniques: past, presnt and future. ORL.2007;69: Bross-Soriano D, Schimelmitz-Idi J, Arrieta Gomez JR. Endoscopic adenoidectomy; use or abuse of the technology? Cir Cir. 2004;72(1):15-9 Dr. Valfredo da Mota Menezes

Cuiabá PERFURAÇÃO DO SÉPTO NASAL ABORDAGEM CIRÚRGICA

Cuiabá PERFURAÇÃO DO SÉPTO NASAL ABORDAGEM CIRÚRGICA PERFURAÇÃO DO SÉPTO NASAL ABORDAGEM CIRÚRGICA I Elaboração Final: 21/01/2010 II Autor: Valfredo da Mota Menezes III Previsão de Revisão: / / IV Tema: Avaliação de ABORDAGEM cirúrgicas V Especialidade Envolvida:

Leia mais

Cuiabá USO DE ESTIMULAÇÃO NEUROLÓGICA TRANSCUTÂNEOA (TENS) NO TRATAMENTO DA DOR LOMBAR CRÔNICA

Cuiabá USO DE ESTIMULAÇÃO NEUROLÓGICA TRANSCUTÂNEOA (TENS) NO TRATAMENTO DA DOR LOMBAR CRÔNICA USO DE ESTIMULAÇÃO NEUROLÓGICA TRANSCUTÂNEOA (TENS) NO TRATAMENTO DA DOR LOMBAR CRÔNICA I Elaboração Final: 2007 II Autores: Dr Valfredo da Mota Menezes III Previsão de Revisão: / / IV Tema: Tratamento

Leia mais

Sino-cirurgia endoscópica. Cuiabá

Sino-cirurgia endoscópica. Cuiabá Sino-cirurgia endoscópica Cuiabá I Elaboração Final: dezembro de 2009 II Autor: Valfredo da Mota Menezes III Previsão de Revisão: / / IV Tema: Avaliação de abordagem cirúrgica V Especialidade Envolvida:

Leia mais

Martins Pereira, S. Moreira, F.; Breda, M.; Pratas, R.; Dias, L. Serviço de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Hospital de Braga

Martins Pereira, S. Moreira, F.; Breda, M.; Pratas, R.; Dias, L. Serviço de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Hospital de Braga Martins Pereira, S. Moreira, F.; Breda, M.; Pratas, R.; Dias, L. Serviço de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Hospital de Braga Introdução Hipertrofia de adenóides e amígdalas como principal

Leia mais

Determinantes Históricos Associados ao Advento e Desenvolvimento da Otorrinolaringologia Pediátrica

Determinantes Históricos Associados ao Advento e Desenvolvimento da Otorrinolaringologia Pediátrica Determinantes Históricos Associados ao Advento e Desenvolvimento da Otorrinolaringologia Pediátrica Ricardo N. Godinho, Roland D. Eavey e Tania Sih Introdução Mudanças significativas têm sido observadas

Leia mais

Cirurgia nasossinusal na infância - quebrando um tabu

Cirurgia nasossinusal na infância - quebrando um tabu Controvérsias & Interfaces Cirurgia nasossinusal na infância - quebrando um tabu Sinus surgery in children: breaking a "taboo" Shirley S.N. Pignatari Professora adjunta. Chefe da Disciplina de ORL Pediátrica

Leia mais

Protocolo Clínico e de Regulação para Epistaxe

Protocolo Clínico e de Regulação para Epistaxe Protocolo Clínico e de Regulação para Epistaxe Fabiana C. P. Valera 1, Edwin Tamashiro 1, Miguel A. Hyppolito 2, Wilma T. Anselmo-Lima 2 INTRODUÇÃO E JUSTIFICATIVA A epistaxe é definida como o sangramento

Leia mais

OCORRÊNCIA DE HIPERNASALIDADE APÓS ADENOIDECTOMIA

OCORRÊNCIA DE HIPERNASALIDADE APÓS ADENOIDECTOMIA OCORRÊNCIA DE HIPERNASALIDADE APÓS ADENOIDECTOMIA Roberta Côrtes 1 Silvia Helena Alvarez Piazentin-Penna 2 1 Fonoaudióloga, aluna do Curso de Especialização em Motricidade Oral do Hospital de Reabilitação

Leia mais

CARLOS FELIPE TAPIA CARRENO. AVALIAÇÃO DA HIPERTROFIA ADENOIDEAf-NA: FLORIANÓPOLIS DIAGNÓSTICOS. ESTUDO; COMPARATIVO ENTRE METODOS

CARLOS FELIPE TAPIA CARRENO. AVALIAÇÃO DA HIPERTROFIA ADENOIDEAf-NA: FLORIANÓPOLIS DIAGNÓSTICOS. ESTUDO; COMPARATIVO ENTRE METODOS O DIAGNÓSTICOS.. - Í CARLOS FELIPE TAPIA CARRENO AVALIAÇÃO DA HIPERTROFIA ADENOIDEAf-NA: ESTUDO; COMPARATIVO ENTRE METODOS ' A Trabalho apresentado à Universidade Federal de Santa Catarina, para a conclusão

Leia mais

Corpos Estranhos no Nariz e Ouvidos de Crianças: Devem ser Abordados no Setor de Acidentes e Emergência?

Corpos Estranhos no Nariz e Ouvidos de Crianças: Devem ser Abordados no Setor de Acidentes e Emergência? Corpos Estranhos no Nariz e Ouvidos de Crianças: Devem ser Abordados no Setor de Acidentes e Emergência? Tara Mackle e Bernard Conlon Introdução As crianças com corpos estranhos nasais e otológicos são

Leia mais

Representa o efeito funcional de uma doença e do seu tratamento sobre o paciente, como é percebido pelo próprio paciente (Schipper, 1990)

Representa o efeito funcional de uma doença e do seu tratamento sobre o paciente, como é percebido pelo próprio paciente (Schipper, 1990) Representa o efeito funcional de uma doença e do seu tratamento sobre o paciente, como é percebido pelo próprio paciente (Schipper, 1990) < 10% 10 to < 20% 20% Inflamação mucosa nasal Sintomas Consequências

Leia mais

Dacriocistorrinostomia Endoscópica em Crianças

Dacriocistorrinostomia Endoscópica em Crianças Dacriocistorrinostomia Endoscópica em Crianças Federico Murillo Gonzalez A obstrução congênita do ducto nasolacrimal é comum, e ocorre em 1,2-30% dos recém-nascidos. Esse problema costuma ter resolução

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso do PET Scan no diagnóstico de nódulo pulmonar solitário Canoas, junho

Leia mais

Recomendações da Câmara Técnica Nacional de Medicina Baseada em Evidências do Sistema Unimed. Triagem auditiva neonatal universal

Recomendações da Câmara Técnica Nacional de Medicina Baseada em Evidências do Sistema Unimed. Triagem auditiva neonatal universal Triagem auditiva neonatal universal 1 I Data: 2008 II - Especialidade(s) envolvida(s): Pediatria, Otorrinolaringologia, auditoria médica III - Responsáveis Técnicos: Dr. Álvaro Koenig, Dr. Carlos Augusto

Leia mais

Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso de angioplastia percutânea com ou sem stent no tratamento da estenose da artéria vertebral

Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso de angioplastia percutânea com ou sem stent no tratamento da estenose da artéria vertebral Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso de angioplastia percutânea com ou sem stent no tratamento da estenose da artéria vertebral 1 I - Data: 30/08/2009 II - Especialidade(s) envolvida(s):

Leia mais

Diagnóstico e Tratamento da Rinossinusite

Diagnóstico e Tratamento da Rinossinusite Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia Elaboração Final: 21 de Junho de 2001 Autoria: Sakano E, Weckx LLM, Sennes LU O Projeto Diretrizes, iniciativa conjunta da Associação Médica Brasileira e Conselho

Leia mais

Sinusite em Pediatria

Sinusite em Pediatria Sinusite em Pediatria Scott C. Manning e Luíz Bellízia Neto Introdução Luiz Bellízia Neto Tem sido sugerido que a sinusite é uma complicação decorrente de 0.5 to 5% das infecções de vias aéreas superiores.

Leia mais

Mitos e Verdades sobre Alergia Alimentar e Otites e Sinusites

Mitos e Verdades sobre Alergia Alimentar e Otites e Sinusites Mitos e Verdades sobre Alergia Alimentar e Otites e Sinusites Dr. Manoel de Nóbrega Alergia alimentar Leite de vaca Alergia ao leite de vaca afeta 2 a 3% das crianças até 34 meses de idade. Ampla variedade

Leia mais

Revisões Sistemáticas na Biblioteca Virtual em Saúde. Verônica Abdala BIREME/OPAS/OMS abdalave@paho.org

Revisões Sistemáticas na Biblioteca Virtual em Saúde. Verônica Abdala BIREME/OPAS/OMS abdalave@paho.org Revisões Sistemáticas na Biblioteca Virtual em Saúde Verônica Abdala BIREME/OPAS/OMS abdalave@paho.org Que evidência utilizar? Depende do tipo de pergunta (necessidade) que se quer responder e o tempo

Leia mais

HEMORRAGIA DIGESTIVA POR VARIZES ESÔFAGO GÁSTRICA: CONDUTA A TOMAR. Julio Cesar Pisani Prof. Adjunto de Gastroenterologia

HEMORRAGIA DIGESTIVA POR VARIZES ESÔFAGO GÁSTRICA: CONDUTA A TOMAR. Julio Cesar Pisani Prof. Adjunto de Gastroenterologia VARIZES ESÔFAO ÁSTRICA: Julio Cesar Pisani Prof. Adjunto de astroenterologia Varizes de esôfago 25 a 40% dos cirróticos apresentam pelo menos um sangramento 30 a 50% evoluem para óbito no primeiro episódio

Leia mais

Tratamento Cirúrgico da Atresia Aural

Tratamento Cirúrgico da Atresia Aural Hospital do Servidor Público Estadual HSPE Francisco Morato de Oliveira Tratamento Cirúrgico da Atresia Aural Aluno: Rafael Ken Hanada Pereira Orientadores: Dr. Fábio Akira Suzuki Dr. Daniel Mochida Okada

Leia mais

Avaliação da radiografia cefalométrica lateral como meio de diagnóstico da hipertrofia de adenoide

Avaliação da radiografia cefalométrica lateral como meio de diagnóstico da hipertrofia de adenoide A r t i g o I n é d i t o Avaliação da radiografia cefalométrica lateral como meio de diagnóstico da hipertrofia de adenoide Marcelo de Castellucci e Barbosa*, Luégya Amorim Henriques Knop**, Marcus Miranda

Leia mais

TEMA: Uso de Insulina Humalog ou Novorapid (aspart) ou Apidra (glulisina) no tratamento do diabetes mellitus

TEMA: Uso de Insulina Humalog ou Novorapid (aspart) ou Apidra (glulisina) no tratamento do diabetes mellitus NT 140/2014 Solicitante: Dr. Rodrigo Braga Ramos Juiz de Direito de Itamarandiba NUMERAÇÃO: 0325.14.000677-7 Data: 17/07/2014 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: Uso de Insulina Humalog

Leia mais

Cefaléias Sinusais Pediátricas: Dilema Diagnóstico e Terapêutico

Cefaléias Sinusais Pediátricas: Dilema Diagnóstico e Terapêutico Cefaléias Sinusais Pediátricas: Dilema Diagnóstico e Terapêutico Pablo Stolovitzky A cefaléia sinusal apresenta desafios diagnósticos e terapêuticos importantes. Neste capítulo revisaremos as considerações

Leia mais

Tratamento cirúrgico da rinite alérgica Surgical treatment for allergic rhinitis

Tratamento cirúrgico da rinite alérgica Surgical treatment for allergic rhinitis TRATAMENTO CIRÚRGICO... Elisabeth Araujo S impósio sobre Rinites Tratamento cirúrgico da rinite alérgica Surgical treatment for allergic rhinitis ELISABETH ARAUJO Otorrinolaringologista Mestre e Doutora

Leia mais

RINOSORO SIC 3% (cloreto de sódio) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Solução Spray. 30 mg/ml (3%)

RINOSORO SIC 3% (cloreto de sódio) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Solução Spray. 30 mg/ml (3%) RINOSORO SIC 3% (cloreto de sódio) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Solução Spray 30 mg/ml (3%) I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO RINOSORO SIC 3,0% cloreto de sódio APRESENTAÇÕES Solução

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário de evidências e recomendações sobre a denervação facetária percutânea por radiofrequência para o tratamento da

Leia mais

Técnicas cirúrgicas Amigdalectomia

Técnicas cirúrgicas Amigdalectomia Técnicas cirúrgicas Amigdalectomia TÉCNICAS CIRÚRGICAS PALATINAS PARA TONSILAS DISPONÍVEIS EM 2008 TONSILECTOMIA ENUCLEAÇÃO COM O DEDO... HINDUS HÁ 3.000 ANOS PRIMEIRA TONSILECTOMIA... CELSUS HÁ 2.000

Leia mais

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES.

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES. MAPA AUDITÓRIO ÓPERA DE ARAME (200 LUGARES) DOMINGO 02 DE AGOSTO DE 2015. 8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. 8:00 8:15 TEMA LIVRE SELECIONADO. 8:15 8:30 TEMA LIVRE SELECIONADO.

Leia mais

CORPO ESTRANHO NA VIA DIGETIVA EM CRIANÇAS JULIANA ALVES DE SOUSA CAIXETA

CORPO ESTRANHO NA VIA DIGETIVA EM CRIANÇAS JULIANA ALVES DE SOUSA CAIXETA CORPO ESTRANHO NA VIA DIGETIVA EM CRIANÇAS JULIANA ALVES DE SOUSA CAIXETA 80% < 3 anos Meninos > meninas Internação Mortalidade 10% Centers for Disease Control and Prevention (CDC)2006;55:1296 300. Moeda

Leia mais

Hipertrofia Muscular Idiopática Tratada Com Transposição Gástrica Completa. Relato de Caso e Revisão da Literatura

Hipertrofia Muscular Idiopática Tratada Com Transposição Gástrica Completa. Relato de Caso e Revisão da Literatura UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Hipertrofia Muscular Idiopática Tratada Com Transposição Gástrica Completa. Relato de Caso e Revisão da Literatura Serviço de Cirurgia Pediátrica IPPMG/UFRJ Douglas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Médicas Fibronasofaringolaringoscopia flexível no diagnóstico de hiperplasia adenoideana

Leia mais

Infecções de Vias Aéreas Superiores

Infecções de Vias Aéreas Superiores Infecções de Vias Aéreas Superiores As infecções das vias aéreas superiores (IVAS) são um dos problemas mais comuns encontrados em serviços de atendimento médico pediátricos, resultando em uma morbidade

Leia mais

Eficácia da Cirurgia Endoscópica Nasal no Tratamento da Rinossinusite Crônica

Eficácia da Cirurgia Endoscópica Nasal no Tratamento da Rinossinusite Crônica Artigo Original Eficácia da Cirurgia Endoscópica Nasal no Tratamento da Rinossinusite Crônica Efficacy of Endoscopic Sinus Surgery in the Treatment of Chronic Rhinosinusitis Flávia Machado Alves Basílio*,

Leia mais

02 DE AGOSTO DE 2015 (DOMINGO)

02 DE AGOSTO DE 2015 (DOMINGO) 02 DE AGOSTO DE 2015 (DOMINGO) Horário Programação 8:00: 08:30 Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação. Procedimentos Robóticos em Cirurgia abdominal 8:45-9:00 Cirurgia Robótica das afecções do

Leia mais

Sorafenibe para o câncer de fígado: evidências sobre sua eficácia e segurança.

Sorafenibe para o câncer de fígado: evidências sobre sua eficácia e segurança. Sorafenibe para o câncer de fígado: evidências sobre sua eficácia e segurança. Mariana Michel Barbosa 1, Marina Amaral de Ávila Machado 2, Francisco de Assis Acurcio 3, Augusto Guerra Júnior 3. 1 Centro

Leia mais

Perfil de Pacientes Submetidos à Adenoidectomia, Amigdalectomia e Adenoamigdalectomia pela Disciplina de Otorrinolaringologia da UNISA

Perfil de Pacientes Submetidos à Adenoidectomia, Amigdalectomia e Adenoamigdalectomia pela Disciplina de Otorrinolaringologia da UNISA Artigo Original Perfil de Pacientes Submetidos à Adenoidectomia, Amigdalectomia e Adenoamigdalectomia pela Disciplina de Otorrinolaringologia da UNISA Profile of Patients Submitted to Adenoidectomy, Tonsillectomy

Leia mais

Sinusite: Dificuldades Diagnósticas e Diagnóstico Diferencial Mesa Redonda: Debate Multidisciplinar

Sinusite: Dificuldades Diagnósticas e Diagnóstico Diferencial Mesa Redonda: Debate Multidisciplinar Sinusite: Dificuldades Diagnósticas e Diagnóstico Diferencial Mesa Redonda: Debate Multidisciplinar,,, Rainer Haetinger, Renato Roithman e Washington de Almeida Iremos aqui, tentar apresentar alguns pontos

Leia mais

A Criança que Baba. Anna H. Messner

A Criança que Baba. Anna H. Messner A Criança que Baba Anna H. Messner O objetivo principal do capitulo é entender melhor o problema das crianças que apresentam sialorréia excessiva, também conhecida como hipersalivação ou mais comumente

Leia mais

Obstrução Nasal na Infância

Obstrução Nasal na Infância Obstrução Nasal na Infância Marcos Mocellin, Luciana Gabardo Stahlke e Marcelo Mocellin A obstrução nasal é uma das queixas mais freqüentes nos consultórios dos pediatrias e dos otorrinolaringologistas.

Leia mais

Tosse e resfriado comum em crianças e adolescentes

Tosse e resfriado comum em crianças e adolescentes Tosse e resfriado comum em crianças e adolescentes 1. DEFINIÇÂO A tosse é um dos mais frequentes motivos de consultas em unidades de pronto atendimento e impacta em bilhões de dólares gastos anualmente

Leia mais

RECOMENDACÕES PARA MANEJO DA TOSSE E RESFRIADO COMUM EM PEDIATRIA Pronto-atendimento do Hospital Israelita Albert Einstein

RECOMENDACÕES PARA MANEJO DA TOSSE E RESFRIADO COMUM EM PEDIATRIA Pronto-atendimento do Hospital Israelita Albert Einstein RECOMENDACÕES PARA MANEJO DA TOSSE E RESFRIADO COMUM EM PEDIATRIA Pronto-atendimento do Hospital Israelita Albert Einstein 1. DEFINIÇÂO A tosse é um dos mais frequentes motivos de consultas em unidades

Leia mais

SURDEZ SÚBITA. Regina Helena Garcia Martins 3. 1. Médico assistente da Disciplina de Otorrinolaringologia.

SURDEZ SÚBITA. Regina Helena Garcia Martins 3. 1. Médico assistente da Disciplina de Otorrinolaringologia. SURDEZ SÚBITA Norimar Hernandes Dias 1, Diego Sherlon Pizzamiglio 2, Renata Mizusaki Iyomasa 2, Regina Helena Garcia Martins 3. 1. Médico assistente da Disciplina de Otorrinolaringologia. 2. Residentes

Leia mais

VIDEO OCULOGRAFIA DIGITAL

VIDEO OCULOGRAFIA DIGITAL VIDEO OCULOGRAFIA DIGITAL CÓDIGO CBHPM 4.01.03.76-5 Vídeo oculografia digital (videonistagmografia) Video digital oculography Uma mini câmera de vídeo colocada num dos olhos com a ajuda de uma armação

Leia mais

Artigo Original. Técnica endoscópica para colocação secundária de prótese vocal em pacientes laringectomizados

Artigo Original. Técnica endoscópica para colocação secundária de prótese vocal em pacientes laringectomizados Artigo Original Técnica endoscópica para colocação secundária de prótese vocal em pacientes laringectomizados Endoscopic technique for secondary prosthesis placement in laryngectomized patients Claudiney

Leia mais

ORIGINAL ARTICLE. Long-Term Evaluation in Aesthetic Rhinoplasty in an Academic Referral Center

ORIGINAL ARTICLE. Long-Term Evaluation in Aesthetic Rhinoplasty in an Academic Referral Center Braz J Otorhinolaryngol. 2010;76(4):437-41. Para citar este artigo, use o título em inglês ORIGINAL ARTICLE Long-Term Evaluation in Aesthetic Rhinoplasty in an Academic Referral Center Avaliação tardia

Leia mais

Avaliação da Criança Disfônica

Avaliação da Criança Disfônica Avaliação da Criança Disfônica Guillermo Campos Introdução A disfonia no paciente pediátrico é um desafio constante para o especialista, e seu diagnóstico e tratamento dependem de uma avaliação apropriada

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde. Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde. Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso do PET Scan no diagnóstico, e r do câncer de pulmão pequenas células

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações para o Uso da Ressonância Magnética em Patologias do Joelho Porto Alegre, abril

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário de Evidências e Recomendações para o uso de Radiofreqüência na Dor Lombar Crônica - Denervação Percutânea por

Leia mais

Nasofibroscopia para o diagnóstico dos agravos da rinite alérgica em crianças e adolescentes

Nasofibroscopia para o diagnóstico dos agravos da rinite alérgica em crianças e adolescentes Nasofibroscopia para o diagnóstico dos agravos da rinite alérgica em crianças e adolescentes Nasopharyngoscopy in the diagnosis of allergic rhinitis comorbids in children and adolescents Angela B. F. Fomin

Leia mais

Versão Preliminar Quatro artigos fundamentais Aldemar Araujo Castro

Versão Preliminar Quatro artigos fundamentais Aldemar Araujo Castro Recomendações Vancouver, resumos estruturados, recomendações CONSORT e QUOROM: quatro itens fundamentais para melhorar a qualidade de publicações na área da saúde A literatura científica estará sujeita

Leia mais

Partes: CÉLIO FERREIRA DA CUNHA MUNICÍPIO DE COROMANDEL-MG

Partes: CÉLIO FERREIRA DA CUNHA MUNICÍPIO DE COROMANDEL-MG RESPOSTA RÁPIDA 208/2014 Assunto: Azacitidina para tratamento de mielodisplasia SOLICITANTE Juiz de Direito da comarca de Coromandeu NÚMERO DO PROCESSO 0193.14.001135-7 DATA 16/04/2014 Coromandel, 14/04/2014

Leia mais

SUMÁRIO 1. RESUMO EXECUTIVO... 3 1.1. CONTEXTUALIZAÇÃO... 3 1.2. CONCLUSÕES... 3 1.3. PERGUNTA ESTRUTURADA... 4 1.4. CONTEXTUALIZAÇÃO(1)...

SUMÁRIO 1. RESUMO EXECUTIVO... 3 1.1. CONTEXTUALIZAÇÃO... 3 1.2. CONCLUSÕES... 3 1.3. PERGUNTA ESTRUTURADA... 4 1.4. CONTEXTUALIZAÇÃO(1)... NT93/2013 Solicitante: Ilmo Dr Anacleto Falci 2ª Juiz de Direito Auxiliar Especial 7ª Vara Cível - Comarca de Governador Valadares/MG Data: 14/06/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura Numeração:

Leia mais

Dilemas Diagnósticos entre Tonsilite Viral e Bacteriana

Dilemas Diagnósticos entre Tonsilite Viral e Bacteriana Dilemas Diagnósticos entre Tonsilite Viral e Bacteriana Mesa Redonda Moderador: Jayme Murahovshi Participantes: Edigar R. de Almeida, Luiza H. Endo e Sílvio Luiz Zuquim Prof. Dr. Jayme Murahovschi (Pediatra)

Leia mais

TEMA: CINACALCETE SEVELAMER NO TRATAMENTO DO DISTÚRBIO DO METABOLISMO ÓSSEO E MINERAL DA DOENÇA RENAL CRÔNICA

TEMA: CINACALCETE SEVELAMER NO TRATAMENTO DO DISTÚRBIO DO METABOLISMO ÓSSEO E MINERAL DA DOENÇA RENAL CRÔNICA NT53/2013 Solicitante: Ilmo DR FLÁVIO BARROS MOREIRA - juiz de Direito da 1ª Vara Cível de Passos Numeração: 0115064-25.2012 Data: 23/04/2013 Medicamento X Material Procedimento Cobertura TEMA: CINACALCETE

Leia mais

Data: 13/11/2012. Medicamento Material Procedimento X Cobertura. Nota técnica 16/2012 Solicitante Juiz de Direito Dr.

Data: 13/11/2012. Medicamento Material Procedimento X Cobertura. Nota técnica 16/2012 Solicitante Juiz de Direito Dr. Data: 13/11/2012 Nota técnica 16/2012 Solicitante Juiz de Direito Dr. Renato Dresch Medicamento Material Procedimento X Cobertura Tema: Informações técnicas sobre monitorização medular para acompanhamento

Leia mais

Controle loco-regional na doença metastática

Controle loco-regional na doença metastática Câncer de pâncreas Controle loco-regional na doença metastática Fabio Kater Centro Paulista de Oncologia Hospital Nove de Julho Não tenho conflitos de interesse FIGURE 1 Ten Leading Cancer Types for the

Leia mais

Os efeitos do controle farmacológico no comportamento futuro de pacientes menores de três anos no consultório odontológico

Os efeitos do controle farmacológico no comportamento futuro de pacientes menores de três anos no consultório odontológico Os efeitos do controle farmacológico no comportamento futuro de pacientes menores de três anos no consultório odontológico Denise Espíndola ANTUNES; Luciane Ribeiro de Rezende Sucasas da COSTA; Cristiana

Leia mais

Revised American Thyroid Association Management Guidelines for Patients with Thyroid Nodules and Differentiated Thyroid Cancer.

Revised American Thyroid Association Management Guidelines for Patients with Thyroid Nodules and Differentiated Thyroid Cancer. Conduta no NT Resultado citológico diagnóstico ou suspeito de CTP cirurgia é recomendada. (A) Nódulos parcialmente císticos com aspirados repetidamente não diagnósticos observação rigorosa ou cirurgia

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações para Emprego de Disco Cervical Artificial no Tratamento de Doença Degenerativa

Leia mais

Functional endoscopic sinus surgery is the preferred

Functional endoscopic sinus surgery is the preferred Rev Bras Otorrinolaringol 2006;72(2):242-6 Eficácia da cirurgia endoscópica nasal nos sintomas da rinossinusite crônica associada ou não à polipose ARTIGO ORIGINAL ORIGINAL ARTICLE Efficacy of functional

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações para uso de Oxigenoterapia Hiperbárica no Tratamento de Úlceras Crônicas de Pele

Leia mais

RESPOSTA RÁPIDA /2014

RESPOSTA RÁPIDA /2014 RESPOSTA RÁPIDA /2014 SOLICITANTE Curvelo - Juizado Especial NÚMERO DO PROCESSO DATA 3/3/2014 SOLICITAÇÃO 0209 14001499-1 Solicito de Vossa Senhoria que, no prazo de 48 horas, informe a este juízo,acerca

Leia mais

Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG.

Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG. NOTA TÉCNICA 91/2013 Data: 12/06/2013 Medicamento x Material Procedimento Cobertura Solicitante: Marly Gonçalves Pinto - PJPI 3998-2 - Oficial de Apoio Judicial B - Escrivã Judicial da Comarca de Cláudio/MG.

Leia mais

Biópsia de Nasofaringe em Serviço de Otorrinolaringologia - Corelação Clínico Histopatológica

Biópsia de Nasofaringe em Serviço de Otorrinolaringologia - Corelação Clínico Histopatológica Artigo Original Biópsia de Nasofaringe em Serviço de Otorrinolaringologia - Corelação Clínico Histopatológica Nasopharyngeal Biopsy in an Otorhinolaryngology Service - Clinical-histopathological Correlation

Leia mais

Interação Pais - Médico - Paciente na Abordagem da Otite Média

Interação Pais - Médico - Paciente na Abordagem da Otite Média Interação Pais - Médico - Paciente na Abordagem da Otite Média Richard M. Rosenfeld Não se trata exatamente de um capítulo de Medicina com base em evidências, e sim Como fazer o seu consultório ficar cheio

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações para o Uso da Ressonância Magnética em Patologias do Ombro Porto Alegre, junho

Leia mais

Acta Otorrinolaringológica Gallega

Acta Otorrinolaringológica Gallega ISSN: 2340-3438 Edita: Sociedad Gallega de Otorrinolaringología. Periocidad: continuada. Web: www.sgorl.org/revista Correo electrónico: actaorlgallega@gmail.com Resumen Introdução: A cirurgia endoscópica

Leia mais

ORIGINAL ARTICLE. Assessment of symptom improvement following nasal septoplasty with or without turbinectomy

ORIGINAL ARTICLE. Assessment of symptom improvement following nasal septoplasty with or without turbinectomy Braz J Otorhinolaryngol. 2011;77(5):577-83. Para citar este artigo, use o título em inglês ORIGINAL ARTICLE Assessment of symptom improvement following nasal septoplasty with or without turbinectomy Avaliação

Leia mais

Otite Externa. Peggy E. Kelley e Alessandro Danesi

Otite Externa. Peggy E. Kelley e Alessandro Danesi Otite Externa Peggy E. Kelley e Alessandro Danesi Introdução Alessandro Danesi A otite externa constitui uma afecção das mais freqüentes nos consultórios pediátricos e otorrinolaringológicos, assim como

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário de Evidências sobre o uso de sling masculino sintético para incontinência urinária de estresse pósprostatectomia

Leia mais

Atelectasias Timpânicas e Bolsas de Retração

Atelectasias Timpânicas e Bolsas de Retração Atelectasias Timpânicas e Bolsas de Retração Héctor Rondón Cardoso Introdução As atelectasias timpânicas e as bolsas de retração constituem um problema freqüente das afecções otológicas, podendo muitas

Leia mais

CIRURGIA DE OTOPLASTIA (PLÁSTICA DE ORELHAS) Termo de ciência e consentimento livre e esclarecido

CIRURGIA DE OTOPLASTIA (PLÁSTICA DE ORELHAS) Termo de ciência e consentimento livre e esclarecido CIRURGIA DE OTOPLASTIA (PLÁSTICA DE ORELHAS) Termo de ciência e consentimento livre e esclarecido Eu, RG n solicito e autorizo o Dr. Fausto A. de Paula Jr, CRM-SP 103073, medico otorrinolaringologista,

Leia mais

Oficina de Trabalho OIPSS/EVIPNet Decisão informada por evidências nas políticas de saúde: promovendo o uso do conhecimento para a tomada de decisão

Oficina de Trabalho OIPSS/EVIPNet Decisão informada por evidências nas políticas de saúde: promovendo o uso do conhecimento para a tomada de decisão brasil.evipnet.org Oficina de Trabalho OIPSS/EVIPNet Decisão informada por evidências nas políticas de saúde: promovendo o uso do conhecimento para a tomada de decisão Sessão 10 Localizando revisões sistemáticas

Leia mais

CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS

CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde Toledo PR PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS CRESEMS, CISCOPAR e 20ª. Regional de Saúde PROTOCOLOS CLÍNICOS ESPECIALIZADOS OTORRINOLARINGOLOGIA Pré-requisitos: História clínica detalhada; Exame físico completo; Exames complementares essenciais conforme

Leia mais

TUMORES DA FARINGE SERVIÇO DE CABEÇA E PESCOÇO HUWC

TUMORES DA FARINGE SERVIÇO DE CABEÇA E PESCOÇO HUWC TUMORES DA FARINGE SERVIÇO DE CABEÇA E PESCOÇO HUWC Mário Sérgio Rocha Macêdo TUMORES DA FARINGE Embriologia e Anatomia Embrião 4 semanas Faringe Embrionária TUMORES DA FARINGE Embriologia e Anatomia TUMORES

Leia mais

Rinite alérgica e não-alérgica Resumo de diretriz NHG M48 (primeira revisão, abril 2006)

Rinite alérgica e não-alérgica Resumo de diretriz NHG M48 (primeira revisão, abril 2006) Rinite alérgica e não-alérgica Resumo de diretriz NHG M48 (primeira revisão, abril 2006) Sachs APE, Berger MY, Lucassen PLBJ, Van der Wal J, Van Balen JAM, Verduijn MM. traduzido do original em holandês

Leia mais

SUBSTITUTO DE DURA-MÁTER PATCH BOVINO 11/2008

SUBSTITUTO DE DURA-MÁTER PATCH BOVINO 11/2008 UNIMED-BH - COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO LTDA GRUPO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE - GATS SUBSTITUTO DE DURA-MÁTER PATCH BOVINO 11/2008 Belo Horizonte Março 2008 Autoras: Dra. Christiane Guilherme

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das evidências e recomendações sobre o uso da Termografia no diagnóstico de câncer de mama Canoas, fevereiro de

Leia mais

CONCENTRAÇÃO 160 mg/ml de fosfato de sódio monobásico e 60 mg/ml de fosfato de sódio dibásico.

CONCENTRAÇÃO 160 mg/ml de fosfato de sódio monobásico e 60 mg/ml de fosfato de sódio dibásico. L-ENEMA Fosfato de Sódio Monobásico, Fosfato de Sódio Dibásico. FORMA FARMACÊUTICA Solução retal APRESENTAÇÕES Linha Hospitalar: Caixa contendo 50 frascos graduados de polietileno de baixa densidade incolor,

Leia mais

I Fórum Nacional de Produtos para Saúde no Brasil. Cenário Atual e Perspectivas Futuras para ATS de Equipamentos Médicos e Diagnósticos.

I Fórum Nacional de Produtos para Saúde no Brasil. Cenário Atual e Perspectivas Futuras para ATS de Equipamentos Médicos e Diagnósticos. I Fórum Nacional de Produtos para Saúde no Brasil Cenário Atual e Perspectivas Futuras para ATS de Equipamentos Médicos e Diagnósticos Murilo Contó CONITEC Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias

Leia mais

Faringoamigdalites na Criança. Thaís Fontes de Magalhães Monitoria de Pediatria 17/03/2014

Faringoamigdalites na Criança. Thaís Fontes de Magalhães Monitoria de Pediatria 17/03/2014 Faringoamigdalites na Criança Thaís Fontes de Magalhães Monitoria de Pediatria 17/03/2014 Faringoamigdalites Quadro Clínico Inflamação de estruturas faríngeas com: Eritema Edema Exsudato faríngeo Úlcera

Leia mais

http://cochrane.bvsalud.org

http://cochrane.bvsalud.org Acesso à informação de boa evidência em saúde Portal Cochrane BVS http://cochrane.bvsalud.org Verônica Abdala Serviços Cooperativos de Informação, Gerente veronica.abdala@bireme.org Capacitar para acesso

Leia mais

ANESTESIA E MEDIDAS PARA OTIMIZAÇÃO DO CAMPO CIRÚRGICO

ANESTESIA E MEDIDAS PARA OTIMIZAÇÃO DO CAMPO CIRÚRGICO ANESTESIA E MEDIDAS PARA OTIMIZAÇÃO DO CAMPO CIRÚRGICO GLAUBER GOUVÊA LEONARDO CONRADO BARBOSA DE SÁ A presença de sangramento significativo no campo operatório, principalmente aquele maior ou igual ao

Leia mais

IMPLANTE DE ELETRODOS CEREBRAIS PROFUNDOS PARA TRATAMENTO DO MAL DE PARKINSON

IMPLANTE DE ELETRODOS CEREBRAIS PROFUNDOS PARA TRATAMENTO DO MAL DE PARKINSON NOTA TÉCNICA 50/2014 Solicitante: Juíz de Direito Juarez Raniero Número do processo: 0479.14.004476-5 Requerido: Estado de Minas Gerais Data: 10/03/2014 Medicamento Material Procedimento x Cobertura IMPLANTE

Leia mais

FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO. Versão eletrônica atualizada em Março 2009

FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO. Versão eletrônica atualizada em Março 2009 FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO Versão eletrônica atualizada em Março 2009 Centro Cirúrgico FLUXO DE AGENDAMENTO CIRÚRGICO INÍCIO Equipe Médica Ligar para ramal 50227 diponibilizando informações para o

Leia mais

Ocorrência de dor no período pós-operatório imediato de crianças submetidas à amigdalectomia *

Ocorrência de dor no período pós-operatório imediato de crianças submetidas à amigdalectomia * ARTIGO ORIGINAL Ocorrência de dor no período pós-operatório imediato de crianças submetidas à amigdalectomia * Pain in the immediate postoperative period of children submitted to tonsylectomy Fernanda

Leia mais

Vídeo Caseiro para Avaliação da Criança que Ronca

Vídeo Caseiro para Avaliação da Criança que Ronca Vídeo Caseiro para Avaliação da Criança que Ronca Federico Murillo González Giselle, cinco anos de idade, ronca e acorda constantemente à noite, tem respiração bucal durante o dia, precisa interromper

Leia mais

CIRURGIA DO NARIZ (RINOPLASTIA)

CIRURGIA DO NARIZ (RINOPLASTIA) CIRURGIA DO NARIZ (RINOPLASTIA) Anualmente milhares de pessoas se submetem a rinoplastia. Algumas destas pessoas estão insatisfeitas com a aparência de seus narizes há muito tempo; outras não estão contentes

Leia mais

Afecções das Glândulas Salivares na Infância

Afecções das Glândulas Salivares na Infância Afecções das Glândulas Salivares na Infância Otávio Piltcher Caso Clínico Natália, três anos, com todas vacinas em dia, tem aumento periódico da região parotídea à esquerda, simulando crises de caxumba

Leia mais

COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua

COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Dr. José Luiz B. Bevilacqua DECLARAÇÃO DE CONFLITOS DE INTERESSE Nenhum conflito de interesse COMO SEGUIR AS PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA? Como fazer o acompanhamento

Leia mais

Informação e evidência científica Plataformas de apoio à tomada de decisão em políticas de saúde

Informação e evidência científica Plataformas de apoio à tomada de decisão em políticas de saúde Informação e evidência científica Plataformas de apoio à tomada de decisão em políticas de saúde VerônicaAbdala BIREME/OPAS/OMS Apoiando a tomada de decisões informadas por Evidência Metodologia/Ferramentas

Leia mais

Palavras Chave: Transtornos de deglutição/reabilitação; Fonoterapia; Unidades de terapia intensiva.

Palavras Chave: Transtornos de deglutição/reabilitação; Fonoterapia; Unidades de terapia intensiva. Avaliação e terapia fonoaudiológica da deglutição de pacientes adultos traqueostomizados dependentes de ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva Palavras Chave: Transtornos de deglutição/reabilitação;

Leia mais

Obstrução Nasal e Rinopatia na Infância

Obstrução Nasal e Rinopatia na Infância Obstrução Nasal e Rinopatia na Infância Harvey Coates Introdução Neste capítulo vamos comentar uma história clínica e a conduta frente ao caso do Flávio, um menino de seis meses de idade, que apresenta

Leia mais

Evidências em Otorrinolaringologia. Índice Temático 2014

Evidências em Otorrinolaringologia. Índice Temático 2014 Evidências em Otorrinolaringologia Temático 2014 Temático OTOLOGIA 3 RINOLOGIA 4 BUCO-FARINGO-LARINGOLOGIA 5 MEDICINA DO SONO 6 CIRURGIA DE CABEÇA E PESCOÇO 7 MEDICINA GERAL 8 http://www.evidenciasemorl.com.br

Leia mais

TIMPANOPLASTIA TIPO I PEDIÁTRICA: DEFINIÇÃO DE SUCESSO E FATORES QUE AFETAM O PROGNÓSTICO

TIMPANOPLASTIA TIPO I PEDIÁTRICA: DEFINIÇÃO DE SUCESSO E FATORES QUE AFETAM O PROGNÓSTICO Cadernos Otorrinolaringologia. CLÍNICA, INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO 1 17 Janeiro de 2014 AUDIOLOGIA TIMPANOPLASTIA TIPO I PEDIÁTRICA: DEFINIÇÃO DE SUCESSO E FATORES QUE AFETAM O PROGNÓSTICO TYPE I PEDIATRIC

Leia mais

Sinusite: Dificuldades Diagnósticas e Diagnóstico Diferencial

Sinusite: Dificuldades Diagnósticas e Diagnóstico Diferencial Sinusite: Dificuldades Diagnósticas e Diagnóstico Diferencial Mesa Redonda Moderador: Washington Almeida Participantes: Bernardo Kiertsman, Elisabeth Araújo, Júlio Heinichen e Rainer Haetinger (Otorrino)

Leia mais

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde

Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências. Avaliação de Tecnologias em Saúde Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidências Avaliação de Tecnologias em Saúde Sumário das Evidências e Recomendações sobre o uso de telas de baixo peso na cirurgia de hérnia inguinal Canoas, maio

Leia mais