Contatores de potência 3TF4, 3TF5, 3TF6 Relés de sobrecarga 3UA5, 3UA6, 3UA4, 3RB12

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contatores de potência 3TF4, 3TF5, 3TF6 Relés de sobrecarga 3UA5, 3UA6, 3UA4, 3RB12"

Transcrição

1 es de potência TF, TF, TF Relés de sobrecarga UA, UA, UA, RB Linha de es de potência TF (com Marca de conformidade UCIEE - União Certificadora da indústria Eletro Eletrônica) e Relés de sobrecarga UA. Ampliada, atende de forma econômica as potências padronizadas dos motores, tendo como principais caracteristicas: q Atendimento da norma IEC 97- para partida de motores com 8 x In durante até 0s q Indicações dos terminais de ligação e principais dados técnicos de fácil identificação. q Montagem rápida sobre trilho dos contatores TF0 a TF. q Furos guia permitem utilização de aparafusadeiras nos contatores TF0 a TF e relés UA0 a UA. q Rapidez nas ligações por terminais em posição aberta nos contatores TF0 a TF0 e relés UA0 a UA0. q Acoplamento direto dos relés de sobrecarga UA0 a UA nos contatores TF0 a TF. q Racionalidade na conexão de cabos sem uso de terminais nos contatores TF a TF0 e relés UA8 a UA0 acoplados. q Partes sob tensão protegidas contra toques acidentais nos contatores TF0 a TF0 e relés UA0 a UA0 acoplados. q Segurança ao operador através de dispositivo que impede a manobra com a câmara de extinção desmontada nos contatores TF a TF7. q Blocos de contatos auxiliares comuns nos contatores TF a TF9. q es TF8 e TF9 para manobra de correntes de 0A e 80A em cápsula com vácuo permitem elevada durabilidade elétrica, confiabilidade e segurança. q Relé de proteção eletrônico RB atende a sobrecarga equilibrada, corrente assimétrica, falta de fase, rotor bloqueado, classe de tempo de partida até 0 s, disparo por termistores e por corrente de fuga.

2 es de potência TF, TF, TF Relés de sobrecarga UA, UA, UA, RB Esquemas de ligação es de potência A A A A A A A A A A NA NA + NF NA + NF NA + NF NA + NF TF0 a TF Acionamento em CA ou CC TF e TF Acionamento em CA ou CC 7 8 A A A A A A NA + NF NA + NF 7 8 NA + NF TF a TF7 Acionamento em CA TF a TF9 Acionamento em CA TF a TF Acionamento em CC Relés de sobrecarga L L L 9 97 A T T T Teste 9 98 F L L L Teste rearme T/ C C A A UA0, UA e UA ϑ de partida, 0,, 0,, 0s L L L 9 97 Corrente de fuga H H H Teste T T T 9 98 T T T T T/ C Y Y manual UA8, UA0, UA e UA Y Y Y Y automático à distância L L L T T T UA e UA Teste RB Ligações da potência Ligação para corrente de fuga pelo transformador de corrente UL Ligação da tensão de comando Contatos auxiliares para sobrecarga e para termistores Contatos auxiliares para corrente de fuga Ligação para termistores H Sinalização pronto para operar H Sinalização por corrente de fuga H Sinalização por sobrecarga ou pelos termistores

3 es de potência TF, TF, TF Consumo das bobinas* Acionamento em corrente alternada 0 Hz 0 Hz 0-0 Hz Ligação Permanente Ligação Permanente Ligação Permanente (VA) / (cos ϕ) (VA) / (cos ϕ) (VA) / (cos ϕ) (VA) / (cos ϕ) (VA) / (cos ϕ) (VA) / (cos ϕ) TF0 87 / 0,79 / 0, 8 / 0,8 0 / 0, / 0,8-0,7-9 / 0,8-0,7 TF TF 87 / 0,79 / 0, 8 / 0,8 0 / 0, / 0,8-0,7-9 / 0,8-0,7 TF TF / 0,7, / 0, 0 / 0,8, / 0,8-7 / 0,79-0,7,- / 0,7-0,8 TF TF / 0, / 0,9 8 / 0, 7 / 0,9-9 / 0,-0, - / 0,9-0,9 TF7 TF8 0 / 0, 9 / 0, 0 / 0, / 0, 98- / 0,-0, -9 / 0,-0, TF9 TF0 80 / 0, 8 / 0, 0 / 0, 9 / 0, TF TF 090 / 0, 70 / 0,8 90 / 0,8 8 / 0, TF TF 70 / 0, 0 / 0,7 0 / 0, 8 / 0, TF TF 90 / 0,8 / 0, 0 / 0, / 0, * Bobinas no estado frio e com tensão de comando nominal Acionamento em corrente alternada 0-0 Hz Ligação Permanente (VA) / (cos ϕ) (VA) / (cos ϕ) TF7 ) -900 ) / ) - ) / TF8 00 ) -80 ) /, ) -9 ) /0,7 ) -0, ) TF9 00 ) -90 ) /0,98,9 ) -0, ) /0, ) -0, ) ) Na tensão mínima da faixa de tensão de comando. ) Na tensão máxima da faixa de tensão de comando. Acionamento em corrente contínua Ligação / Permanente (W) TF, TF TF,7 TF 00 /, TF7 TF8 0 /,7 TF9 Acionamento em corrente contínua Ligação / Permanente (W) TF0 00 /,7 TF TF 87 / TF TF /, TF TF 0 / Peças de reposição / Acessórios Bobina ) Jogo de contato Câmara de faísca Blocos de Intertravamento contatos mecânico ) auxiliares Acionamento em Acionamento em NA + NF NA + NF corrente alternada corrente contínua (esquerdo) (direito) TF0/TF TY7 0-0Aqq TY 80-0Bqq TF/TF TF TY7-0Aqq TY7-0Bqq TY7 0-0A TY7-0A TY7 -A TY7 -B TF TY7 0-0A TY7-0A TF TY7-0Aqq TY7-0Dqq TY7 0-0A TY7-0A TF7 TY7 70-0A TY7 7-0A TF8 TY7 8-0Aqq TY7 8-0Dqq TY7 80-0A TY7 8-0A TY7 -A TY7 -B TX7 -A TF9 TY7 90-0A TY7 9-0A (º bloco) (º bloco) TF0 TY7 0-0Aqq TY7 0-0Dqq TY7 00-0A TY7 0-0A TF TY7 0-0A TY7-0A TF TY7-0Aqq TY7-0Dqq TY7 0-0A TY7-0A TY7 -K ) ) ) TY7 -L TF TY7 0-0A TY7-0A (º bloco) (º bloco) TF TY7-0Aqq TY7-0Dqq TY7 0-0A TY7-0A TF TY7 0-0A TY7-0A TF TY7-0Aqq TY7-0Dqq TY7 0-0A TY7-0A TX7 -A TF7 TY7 7-0Cqq TY7 70-0A TY7 7-0A TF8 TY7 8-0Cqq TY7 80-0B ) TX7 8-B TF9 TY7 9-0Cqq TY7 90-0B ) TX7 8-A ) Para completar o tipo qq (tensão/freqüência de comando) Acionamento em corrente alternada V/0 Hz G0* 0V/0 Hz F0 0V/0 Hz N 0V/0 Hz M0 0V/0 Hz Q0 V/0 Hz D* V/0 Hz K 0V/0 Hz M0 0V/0 Hz P Para TF0 até TF: V/0 Hz C* V/0 Hz B0* 8V/0 Hz D* 0V/0 Hz G 0V/0 Hz K 7V/0 Hz F0 0V/0-0 Hz N** 0V/0 Hz P 80V/0 Hz Q 80V/0 Hz Q0 Para TF7 até TF9: 0 a V 0 a 0V 80 a 0V 0 e 0 Hz F7 0 e 0 Hz M7 0 e 0 Hz Q7 Acionamento em corrente contínua Para TF até TF: V B*** 8V W*** 0V F V G 0V M *somente para TF0 até TF **somente para TF0 até TF9 ***somente para TF até TF ) A adição destes blocos permite ampliar de NA+NF para NA+NF nos contatores TF até TF7 ) Utilizado somente para acionamento em corrente alternada ) Jogo de três capsulas ) Para dois contatores do mesmo tipo

4 es de potência TF, TF, TF Relés de sobrecarga UA, UA, UA, RB Dezembro 97

5 Relés de sobrecarga UA, UA, UA, RB Descrição / Curva característica de disparo Relés de sobrecarga UA0, UA, UA UA8, UA0, UA UA, UA, UA Botão teste (vermelho) Ajuste da corrente de disparo Contato auxiliar NF Contato auxiliar NA Botão rearme manual ou automático (azul) Indicador visual de disparo por sobrecarga (verde) Tempo de disparo segundos minutos A Test 9 NC de partida 0s H Reset NC x I e A UA T T T curva carga tripolar curva carga bipolar (falta de uma fase) 97 NO NO 98 Tempo de disparo Relé de sobrecarga RB Ready Gnd Fault Overload Sinalização pronto para operar (LED verde) Sinalização disparo por corrente de fuga (LED vermelho) Sinalização disparo por sobrecarga ou pelos termistores (LED vermelho) Botão rearme e teste (azul) Ligação para tensão de comando Ligação para os termistores minutos segundos s 0s s de partida Curvas - carga tripolar 0,, 780x I e de partida 0s s 0s 7 8 A A T T/C C Y Y Test/ Reset A Class RB NF NA NF NA Ligação para corrente de fuga pelo transformador de corrente UL 8 Ligação para rearme à distância ou automático 9 Contatos auxiliares NA+NF para sobrecarga ou termistores 0 Contatos auxiliares NA+NF para corrente de fuga Ajuste da corrente de disparo Ajuste da classe de tempo de partida Tempo de disparo minutos segundos Curvas - carga bipolar (falta de uma fase) de partida 0s s 0s 0 0 s 0s s de partida 0,, 7 8 0x I e Ie = corrente ajustada no relé As curvas mostram o tempo de disparo em função do múltiplo da corrente ajustada no relé a partir do estado frio. Com temperatura da corrente de serviço (,0 x I e ), os tempos de disparo se reduzem a %. No caso do relé ser utilizado para a proteção de consumidores monofásicos, os tres pólos devem ser ligados em série, valendo a curva de carga tripolar. Acessórios Relé Suporte para montagem individual UA0 UX 8 UA UX 0 UA UX UA8 UX Relé Bloco de conexão para montagem individual ) UA0 UX ) Só é necessário um bloco para conexão de entrada, o relé já possui o bloco para conexão de saída. Sede Central Vendas São Paulo: Av. Mutinga, 800 Pirituba b (0) 8- n () 800 m (0) 8- Central de Atendimento Siemens b São Paulo: b (0) 8-0 m (0) 8-790/ 8-79 Campinas: b (09) 7-00 m (09) 7- Rio de Janeiro: b (0) 8-79 m (0) 8-7 Porto Alegre: b(0) 7- m(0) 7- Belo Horizonte: b(0) m(0) 89- Curitiba: b(0) 0-7 m(0) 0-70 Recife: b (08) -00 m (08) -7 Brasília: b (0) 8-70 m (0) 8-79 Florianópolis: b (08) -00 m (08) -0 Salvador: b (07) -800 m (07) -877 Fortaleza: b (08) -78 m (08) -0 Produtos e Sistemas Industriais, Prediais e Automação Siemens R /97 Siemens Ltda As informações aqui contidas correspondem ao estado atual da técnica, e estão sujeitas a alterações ASI /-FT Nº pedido

6 H es de potência TF, TF, TF Tabela de escolha TF0 TF TF Tipo ) /execução de contatos auxiliares Tensão nominal de comando (para completar o tipo qq) 0 V/0 Hz G 7 V/0 Hz F0 0 V/0 Hz N 80 V/0 Hz Q (Outras tensões, ver em Bobina no verso) (Esquemas de ligação no verso) Acionamento em corrente alternada TF0 0-0Aqq NA TF 0-0Aqq NA TF 0 TF0-0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF TF0-0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF Acionamento em corrente contínua (Tensões ver em Bobina no verso) TF -0Bqq NA + NF Categoria de utilização AC-/AC- (manobra de motores com rotor em curto-circuito / rotor bobinado) Corrente nominal de serviço I e (até 00 V) Potências de motores trifásicos padronizados (NBR / 98) Categoria de utilização AC- (manobra de motores serviço intermitente, inversão) Potências de motores trifásicos padronizados (NBR / 98) Categoria de utilização AC- (manobra de cargas resistivas cos ϕ 0,9) Corrente nominal de serviço I e a 0 C (até 90 V) Proteção contra curto-circuito ) Fusível máximo (DIAZED, NEOZED ou NH) 0 / 0 V 80 / 00 V 0 V 0 / 0 V 80 / 00 V 0 V 9 A A A cv /, kw cv / kw cv /, cv /,7 kw 7, cv /, kw 0 cv / 7, cv /, kw 7, cv /, kw 0 cv / 7, cv / 0,7 kw, cv /, kw cv /,, cv /, kw cv /, kw cv / k cv /, kw cv /, kw cv /,7 A A A A A A Dimensões (mm) Fixação: TF0 até TF - rápida sobre trilho* ou por parafusos TF até TF9 - por parafusos * Trilho ST0 ( x 7, mm - EN 00) P L com relé ) Atende a norma IEC 97- Marca de conformidade UCIEE - União ) Coordenação tipo Certificadora da Indústria Eletro Eletrônica Relés de sobrecarga UA, UA, UA, RB Tabela de escolha H P L L H P com relé () ) 08 ( ) A até 00 V, 9 A em 0 V e 7 A em 00 V ) Aciona UA0 UA0 UA Tipo ) UA0 00 qq Faixa de ajuste / fusível máximo ) (DIAZED, NEOZED ou NH) 0, 0, A 0A 0, A 0, 0, A 0C A 0, 0, A 0E, A Execução: 0, 0, A 0G A Contatos auxiliares NA+NF 0, A 0J A Comutável de rearme manual em automático, A A A Botão de teste,, A C A Indicador visual de disparo por sobrecarga, A E 0 A (Esquemas de ligação e demais características técnicas veja no verso), A G A, 0 A J A ) Atende a norma IEC 97- ) Coordenação tipo UA0 00 qq, A G A, 0 A J A 8, A K A UA 0, 0,,,, 0

7 TF TF TF TF TF TF 0-0Aqq NA TF 0-0Aqq NA TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF ) TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Bqq NA + NF TF -0Bqq NA + NF TF -0Dqq NA + NF A A ) A 8 A A cv /, kw 7, cv /, kw, cv / 9 kw cv / kw 0 cv / kw 0 cv / 7, kw cv / kw 0 cv / kw cv / 8, kw 0 cv / kw 0 cv / 7, kw cv / kw cv / 8, kw 0 cv / kw 0 cv / kw cv /, kw cv /, kw cv /,7 kw cv /, kw 7, cv /, kw cv / kw cv /,7 kw 0 cv / 7, kw, cv / 9 kw cv / kw cv /,7 kw cv /,7 kw 0 cv / 7, kw, cv / 9 kw cv / kw A A A A 90 A A A A A A C com relé com relé c 8, (8) ) 8, (8) ) 90 () 7) () ) 07 (9) ) 07 ) Acionamento em CC ) (...) dimensões para execução NA + NF ) Com adição pelo usuário de blocos 7) (...) dimensões para execução NA UA UA UA UA UA8 UA 00 qq UA 00 qq UA 00 qq UA 00 qq UA8 00 qq 0, 0, A 0G A 0, A 0J A, A A A,, A C A, A E 0 A, A G A, 0 A J A 0 A A A 0 A A A A C A, 0 A J A 0 A A A, 0 A B 0 A 0 A D A 0 A D A 0 A R A 0 A D A 0 A F A

8 TF7 TF8 TF9 TF0 TF TF7-0Aqq NA + NF TF8-0Aqq NA + NF TF9-0Aqq NA + NF TF0-0Aqq NA + NF TF - TF7-0Aqq NA + NF ) TF8-0Aqq NA + NF ) TF9-0Aqq NA + NF ) TF0-0Aqq NA + NF ) TF - TF7-0Dqq NA + NF TF8-0Dqq NA + NF TF9-0Dqq NA + NF TF0-0Dqq NA + NF TF - A 7 A 8 A 0 A 0 A cv / 8, kw 0 cv / kw 0 cv / kw 0 cv / 7 kw 0 cv / 0 cv / 0 kw 0 cv / 7 kw 0 cv / kw 7 cv / kw 00 cv / 7 0 cv / 7 kw 0 cv / kw 0 cv / kw 7 cv / kw 00 cv / 7 0 cv / 7, kw, cv / 9 kw cv / kw 0 cv / kw cv / 8 cv / kw 0 cv / kw cv / 8, kw 0 cv / kw 0 cv / 0 0 cv / kw cv / 8, kw 0 cv / kw 0 cv / 0 kw 0 cv / 7 00 A 0 A 8) 0 A 8) 70 A 8) 70 A 8) A 0 A 0A A A com relé 90 () 7) 7 os de contatos (º bloco), ver no verso A + NF com relé com relé com relé 00 () 7) 00 () 7)` 00 () 7) 00 () 7) 0 () 7) 0 () 7) 0 () ) Especificação otimizada, ver contatores TK8 a TK específicos para manobra de carga resistiva UA8 UA8 UA8 UA0 UA UA8 00 qq UA8 00 qq UA8 00 qq UA0 00 qq UA 0 0 A F A 0 A P A 0 A P A 80 A U 0 A 80 A U 0 A A 8W 0 A 90 A W 0 A 90 0 A H A 90 0

9 TF TF TF TF TF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF ) TF -0Aqq NA + NF ) TF -0Aqq NA + NF ) TF -0Aqq NA + NF ) TF -0Aqq NA + NF ) TF -0Dqq NA + NF TF -Dqq NA + NF TF -Dqq NA + NF TF -Dqq NA + NF TF -Dqq NA + NF 0 A 70 A 0 A 0 A 00 A 0 cv / kw 7 cv / kw 7 cv / kw 00 cv / 7 kw cv / 90 kw 00 cv / 7 kw cv / 90 kw 0 cv / 0 kw 7 cv / kw 00 cv / 0 kw 00 cv / 7 kw cv / 90 kw 0 cv / 0 kw 00 cv / 0 kw 0 cv / 8 kw cv / 8, kw 0 cv / kw 0 cv / kw 0 cv / 0 kw 0 cv / 7 kw 0 cv / 0 kw 0 cv / 7 kw 0 cv / kw 7 cv / kw 7 cv / kw 0 cv / 7 kw 0 cv / kw 7 cv / kw 7 cv / kw 00 cv / 7 kw 70 A 8) 0 A 8) 0 A 8) A 8) A 8) A A A 00 A 00 A com relé com relé com relé com relé com relé 0 () 7) 0 () 7) (8) 7) (8) 7) (8) 7) (8) 7) (8) 7) (8) 7) (8) 7) (8) 7) ) ) ) ) distância mínima UA UA UA UA UA UA 00 qq UA 00 qq UA 00 qqq UA 00 qqq UA 00 qqq 90 0 AH A 0 0 AK A 90 0 AH A 0 0 AK A 0 80 AM ) A 0 0 A 8YG A 0 0 A 8YG 00 A 0 0 A 8YG 00 A 00 0 A 8YH 00 A ) Para montagem em separado ao contator, Para interligar ao contator utilizar Garra de ligação UX

10 TF TF7 TF8 TF9 TF -0Aqq NA + NF TF7-0Cqq NA + NF TF8-0Cqq NA + NF TF9-0Cqq NA + NF TF -0Aqq NA + NF ) TF7-0Cqq NA + NF ) TF -Dqq NA + NF 00 A 7 A 0 A 80 A 0 cv / 0 kw 00 cv / 0 kw 0 cv / 8 kw 0 cv / 0 kw 00 cv / 0 kw 0 cv / 0 kw 0 cv / kw 00 cv / 0 kw 00 cv / 0 kw 00 cv / 00 kw 00 cv / 7 kw 00 cv / 0 kw 0 cv / kw 0 cv / kw cv / 90 kw 0 cv / 0 kw 00 cv / 7 kw 00 cv / 7 kw 00 cv / 0 kw 00 cv / 0 kw cv / 90 kw cv / 90 kw 0 cv / 8 kw 0 cv / 8 kw A 8) 00 A 700 A 90 A 00 A 00 A 000 A 0) ( 00 A ) 0 A 0) ( 0 A ) com relé com relé com relé com relé 0 (8) 7) 0 (8) 7) 0 (8) 7) 0 (8) 7) ) 9) 7 9) 9 9) ) Coordenação tipo, ( ), tipo UA UA UA RB UA 00 qqq UA 00 qqq UA 00 qqq RB qqq A 8YH 00 A 0 00 A 8YJ 00 A 0 00 A 8YK 00 A 0 00 A 8YK 00 A 00 0 A 8YL 0 A A 0LG ) 0 A ) M ) ( 0 A ) ) Tensão de comando 0 V/0-0 Hz ) Tensão de comando 0 V/0-0 Hz ) Coordenação tipo, ( ) tipo

Contatores de potência 3TF3. Relés de sobrecarga 3UA5. Para blocos aditivos de contatos auxiliares. Tabela de escolha.

Contatores de potência 3TF3. Relés de sobrecarga 3UA5. Para blocos aditivos de contatos auxiliares. Tabela de escolha. H Contatores de potência 3TF3 Para blocos aditivos de contatos auxiliares Tabela de escolha 3TF30 3TF31 3TF32 Tipo/execução de contatos auxiliares Tensão de comando (para completar o tipo qq) 3TF30 10-0Aqq

Leia mais

Bancada de Comandos Elétricos - XE 301 -

Bancada de Comandos Elétricos - XE 301 - T e c n o l o g i a Bancada de Comandos Elétricos - XE 301 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada de Comandos Elétricos - XE301 - INTRODUÇÃO Os

Leia mais

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry.

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry. Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS Answers for Industry. s 3RT10 Acessórios Descrição Execução S00 c b d a a Contatores 3RT10 15 / 3RT10 16 / 3RT10 17 b Bloco de contato auxiliar ( entrada de condutores

Leia mais

Simples e prático: A escolha inteligente para aplicações básicas. Disjuntores 3VT. Answers for industry.

Simples e prático: A escolha inteligente para aplicações básicas. Disjuntores 3VT. Answers for industry. Simples e prático: A escolha inteligente para aplicações básicas Disjuntores 3VT Answers for industry. s 1. Disjuntor 3VT1 2. Cobertura para proteção das conexões 3. Conexão frontal 4. Conexão traseira

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Contatores 3RT1 Contatores 3RT1 e acessórios SIRIUS Esquemas de ligação (para terminais de ligação por parafuso e Cage-Clamp) Identificação dos terminais de ligação conforme DIN EN 50 012 Contatores 3RT10

Leia mais

Proteção para motores

Proteção para motores Catálogo Técnico Proteção para motores Disjuntor motor Caixa para partida direta 602-06/2007-0 Disjuntor motor Linha MS Até 16 A, 16 / 50 ka MS116 Até 25 A, 100 ka MS325 Até 50 A, 50 ka MS450 Até 100 A,

Leia mais

Especificação Disjuntores Baixa Tensão

Especificação Disjuntores Baixa Tensão Especificação Disjuntores Baixa Tensão Descrição: DISJUNTOR MICROPROCESSADO Local de Aplicação: QGBT Modelo: Fabricante: Fabricante Alternativo: Normas NBR-5361 / 8176, IEC-947-2 Aplicáveis Critério de

Leia mais

Disjuntores. Para instalações elétricas industriais. Contém a nova linha de disjuntores SENTRON - VL

Disjuntores. Para instalações elétricas industriais. Contém a nova linha de disjuntores SENTRON - VL es Para instalações elétricas industriais Contém a nova linha de disjuntores SENTRON - VL es Para instalações elétricas industriais Tabela de escolha 1) 3VL17 ( VL 160X ) 3VL27 ( VL 160 ) 3VL trip Corrente

Leia mais

78 mm. 73,5 mm. 90,5 mm Secção do conexão mm 2 16 Montagem Permitida. Medida Dimensional. Largura. Profundidade. Profundidade com manopla

78 mm. 73,5 mm. 90,5 mm Secção do conexão mm 2 16 Montagem Permitida. Medida Dimensional. Largura. Profundidade. Profundidade com manopla Disjuntores FM1 - Linha de Disjuntores em Caixa moldada Os disjuntores FM, são projetado em aplicações para distribuição de energia elétrica em até 1250A, tensão nominal em até 660Vca, series em até quatro

Leia mais

Barramentos e Blocos de Distribuição

Barramentos e Blocos de Distribuição Barramentos e Blocos de Distribuição www.siemens.com.br/barramentoseblocos Barramentos 5ST3 7 O sistema de barramento 5ST3 7 com ligação tipo pino pode ser usado com os disjuntores DIN 5SX, 5SY, 5SL6 e

Leia mais

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Chaves de Partida Destinadas à manobras e proteção de motores elétricos trifásicos

Leia mais

Disjuntores 3VT em caixa moldada até 1600 A. Disjuntores 3VT. Answers for industry.

Disjuntores 3VT em caixa moldada até 1600 A. Disjuntores 3VT. Answers for industry. es 3VT em caixa moldada até 1600 A es 3VT Answers for industry. s es 3VT em caixa moldada até 1600 A Para seccionamento e proteção de instalações elétricas comerciais Design Compacto Simples e Prático

Leia mais

Fusíveis. Proteção de instalações elétricas em baixa tensão

Fusíveis. Proteção de instalações elétricas em baixa tensão Fusíveis Proteção de instalações elétricas em baixa tensão Índice Fusíveis DIAZED 4 Fusíveis ultra-rápidos SILIZED 9 Fusíveis NH 12 Fusíveis NEOZED 17 Seccionadores-fusível MINIZED 21 Fusíveis cilíndricos

Leia mais

Disjuntores Caixa Moldada

Disjuntores Caixa Moldada . Aplicação São usados em circuitos elétricos que exigem controle da corrente térmica e também no disparo magnético. Possuem faixas de ajuste da corrente térmica de 8 a % (,8~ In) facilitando a proteção

Leia mais

SOBRECARGA PARA APLICAÇÃO EM CIRCUITOS DE PROTEÇÃO DE MOTORES ELÉTRICOS. Aula 3 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1

SOBRECARGA PARA APLICAÇÃO EM CIRCUITOS DE PROTEÇÃO DE MOTORES ELÉTRICOS. Aula 3 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 H2 DIMENSIONAR RELÉS S DE SOBRECARGA PARA APLICAÇÃO EM CIRCUITOS DE PROTEÇÃO DE MOTORES ELÉTRICOS Aula 3 Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 3 RELÉS DE SOBRECARGA; 3.1 Relé de sobrecorrente; 3.2 Codificação

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de otência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) otências s AC-2 / AC-3, 60 z em 220 V 380 V 440 V AC-1 (Dimensões em mm) (cv / kw) (cv / kw) (cv / kw)

Leia mais

3TS / 3US. Controle e proteção para motores de aplicações convencionais. Contatores 3TS Relés de sobrecarga Térmicos 3US

3TS / 3US. Controle e proteção para motores de aplicações convencionais. Contatores 3TS Relés de sobrecarga Térmicos 3US Controle e proteção para motores de aplicações convencionais Contatores 3TS Relés de sobrecarga Térmicos 3US / 3VS Resumo Aplicações Informações Técnicas Benefícios Promoção Resumo do Produto Tam. 0 Tam.

Leia mais

Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY

Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY Alguns padrões de qualidade são indiscutíveis es SX, SP e SY Proteção para instalações elétricas de baixa tensão Fabricado no Brasil es SX, SP, SY Os es Siemens são equipamentos de alta tecnologia que

Leia mais

DISPOSITIVOS DE MANOBRA E PROTEÇÃO

DISPOSITIVOS DE MANOBRA E PROTEÇÃO DISPOSITIVOS DE MANOBRA SÃO EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS DESTINADOS A LIGAR OU DESLIGAR UM CIRCUITO EM CONDIÇÕES NORMAIS DE OPERAÇÃO. EXEMPLOS: CHAVES SECCIONADORAS, BOTÕES DE COMANDO. CARACTERÍSTICAS: NÃO EXISTE

Leia mais

Disjuntores Caixa Moldada Disparadores Térmico e Magnético Fixo SD

Disjuntores Caixa Moldada Disparadores Térmico e Magnético Fixo SD . Aplicação São usados principalmente em circuitos Hz, tensão de trabalho nominal até V, tripolares, disparadores térmico e magnético fixos e corrente de trabalho nominal de A até 0 A.. Características

Leia mais

Bancada de Eletrotécnica - XE 101 -

Bancada de Eletrotécnica - XE 101 - T e c n o l o g i a Bancada de Eletrotécnica - XE 101 - Os melhores e mais modernos DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada de Eletrotécnica - XE101 - INTRODUÇÃO Os conhecimentos fundamentais

Leia mais

Disciplina: Máquinas e Acionamentos Elétricos Prof.: Hélio Henrique. IFRN - Campus Mossoró

Disciplina: Máquinas e Acionamentos Elétricos Prof.: Hélio Henrique. IFRN - Campus Mossoró Disciplina: Máquinas e Acionamentos Elétricos Prof.: Hélio Henrique IFRN - Campus Mossoró 1 COMPONENTES Botoeiras; Sinaleiro; Relé temporizador; Contator; Relé térmico de sobrecarga; Fusível; Disjuntores.

Leia mais

CHAVES DE PARTIDA. Prof. Marcos Fergütz mar/2014

CHAVES DE PARTIDA. Prof. Marcos Fergütz mar/2014 CHAVES DE PARTIDA Prof. Marcos Fergütz mar/2014 TIPOS DE CIRCUITOS CIRCUITO DE POTÊNCIA CIRCUITO DE COMANDO CIRCUITO QUE OPERA À CORRENTE NOMINAL DA CARGA A SER ACIONADA. CIRCUITO QUE OPERA A LÓGICA DE

Leia mais

Instalações Elétricas de BT I. Odailson Cavalcante de Oliveira

Instalações Elétricas de BT I. Odailson Cavalcante de Oliveira Instalações Elétricas de BT I Odailson Cavalcante de Oliveira Componentes das instalações Componente: podem ser materiais, acessórios, dispositivos, instrumentos, equipamentos, máquinas, conjuntos, partes

Leia mais

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Professor: Robson Vilela E-mail: nosbor001@hotmail.com

ELETRICIDADE INDUSTRIAL. Professor: Robson Vilela E-mail: nosbor001@hotmail.com ELETRICIDADE INDUSTRIAL Professor: Robson Vilela E-mail: nosbor001@hotmail.com O motor elétrico é uma máquina destinada a transformar energia elétrica em mecânica. É o mais usado de todos os tipos de motores,

Leia mais

Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1

Prof. Dr. Emerson S. Serafim 1 H4- Conhecer as características da velocidade síncrona e do escorregamento em um motor trifásico; H5- Conhecer as características do fator de potência de um motor de indução; H6- Conhecer as características

Leia mais

Bancada de Medidas Elétricas - XE 201 -

Bancada de Medidas Elétricas - XE 201 - T e c n o l o g i a Bancada de Medidas Elétricas - XE 201 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada de Medidas Elétricas - XE201 - INTRODUÇÃO Os conhecimentos

Leia mais

Série 86 - Módulo temporizador. Características 86.00 86.30

Série 86 - Módulo temporizador. Características 86.00 86.30 Série 86 - Módulo temporizador Características 86.00 86.30 Módulo temporizador utilizável com relé e base 86.00 - Módulo temporizador, multifunções e multitensão 86.30 - Módulo temporizador, bifunções

Leia mais

MasterIN System. Novas bases com tecnologia Push-in

MasterIN System. Novas bases com tecnologia Push-in Novas bases com tecnologia Push-in A evolução da conexão a mola para conexão ainda mais rápida com maior resistência a movimentação e vibração. Série 39 - Relé modular de interface com tecnologia Push-in

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo 15/06/2005 11:16 Page 54 Contatores auxiliares e para interface Contatores auxiliares e para interface 3RH Panorama de linha A nova geração é um sistema modular completo, pensado em todos os

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo /06/0 :8 Page 86 es e combinações de contatores es para manobra de motores es 3RT Schütze und Schützkombinationen s a S2 Circuito auxiliar Dados nominais dos contatos auxiliares conforme IEC

Leia mais

RETIFICADOR CHAVEADO EM ALTA FREQUÊNCIA 48 V / 500 W R48-500

RETIFICADOR CHAVEADO EM ALTA FREQUÊNCIA 48 V / 500 W R48-500 DESCRIÇÃO RETIFICADOR CHAVEADO EM ALTA FREQUÊNCIA 48 V / 500 W R48-500 O conteúdo deste documento está sujeito a revisões sem aviso prévio, devido ao progresso contínuo na metodologia, projeto e manufatura.

Leia mais

Dispositivos de proteção contra surtos (DPS) Proteção contra descargas atmosféricas

Dispositivos de proteção contra surtos (DPS) Proteção contra descargas atmosféricas s Dispositivos de proteção (DPS) Proteção contra descargas atmosféricas Dispositivos de proteção (DPS) Proteção contra descargas atmosféricas Conceito de aplicação Por que proteção de surtos? Equipamentos

Leia mais

CHAVE DE PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO

CHAVE DE PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO CHAVE DE PARTIDA ESTRELA-TRIÂNGULO 1. INTRODUÇÃO A compreensão de um sistema de acionamento e proteção merece muita atenção, pois dela dependem a durabilidade do sistema e o funcionamento correto dos equipamentos

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL

MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL MANUAL DE INSTALAÇÃO DA CORTINA DE AR INTERNATIONAL APRESENTAÇÃO Agradecemos pela preferência na escolha de produtos International Refrigeração. Este documento foi elaborado cuidadosamente para orientar

Leia mais

Manual do Usuário. Smoke Machine DMX 512 POR FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE USAR O PRODUTO

Manual do Usuário. Smoke Machine DMX 512 POR FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE USAR O PRODUTO Manual do Usuário Smoke Machine DMX 512 POR FAVOR, LEIA COM ATENÇÃO ANTES DE USAR O PRODUTO Introdução A Smoke Machine STAR é uma maquina de fumaça de alto desempenho controlada por microprocessador com

Leia mais

Experiência 01: ACIONAMENTO DE MOTORES COM O INVERSOR DE FREQUÊNCIA. Objetivo Geral: - Acionar um motor elétrico através de um inversor de frequência.

Experiência 01: ACIONAMENTO DE MOTORES COM O INVERSOR DE FREQUÊNCIA. Objetivo Geral: - Acionar um motor elétrico através de um inversor de frequência. ( ) Prova ( ) Prova Semestral ( ) Exercícios ( ) Prova Modular ( ) Segunda Chamada ( ) Exame Final ( ) Prática de Laboratório ( ) Aproveitamento Extraordinário de Estudos Nota: Disciplina: Turma: Aluno

Leia mais

Emax 2 O Disjuntor Aberto Inteligente de Baixa Tensão Acessório: Bobina de abertura e fechamento YO / YC / YO2 / YC2

Emax 2 O Disjuntor Aberto Inteligente de Baixa Tensão Acessório: Bobina de abertura e fechamento YO / YC / YO2 / YC2 170001062012 Guia do Disjuntor Aberto de Baixa Tensão - Emax 2 Emax 2 O Disjuntor Aberto Inteligente de Baixa Tensão Acessório: Bobina de abertura e fechamento YO / YC / YO2 / YC2 O disjuntor Emax 2 é

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Chaves seccionadoras Linhas XLP e XLBM Modernidade que faz a diferença

Produtos de Baixa Tensão. Chaves seccionadoras Linhas XLP e XLBM Modernidade que faz a diferença Produtos de Baixa Tensão Chaves seccionadoras Linhas XLP e XLBM Modernidade que faz a diferença pparatus Chaves seccionadoras overviewsob carga com base fusível Linha XLP XLP000 (-pole) pparatus overview

Leia mais

*catalogo Conectores 8WA 1 9/14/04 9:35 Page 1 CONECTORES 8WA

*catalogo Conectores 8WA 1 9/14/04 9:35 Page 1 CONECTORES 8WA CONECTORES 8WA Conectores 8WA Conectores de passagem 8WA1 para trilho DIN EN 50 022-35 Os conectores de passagem 8WA1 são construídos em poliamida bege e os conectores terra em poliamida verde e amarelo.

Leia mais

QUESTÃO 44 DA UFPE - 2008

QUESTÃO 44 DA UFPE - 2008 QUESTÃO 44 DA UFPE - 2008 Os pára-raios são dispositivos de proteção contra sobretensões provocadas por surtos atmosféricos e por manobras na rede elétrica. Com relação a esses equipamentos, assinale a

Leia mais

COMANDOS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS TEORIA

COMANDOS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS TEORIA COMANDOS ELÉTRICOS INDUSTRIAIS TEORIA Prof. Mauricio Martins Taques março - 2016 1. INTRODUÇÃO Acionamento Convencional São acionamentos que utilizam partidas convencionais de motores, e para isso utilizam

Leia mais

Tensão nominal: 250 VCC. Base. Indicador de atuação

Tensão nominal: 250 VCC. Base. Indicador de atuação NH dicador de atuaçãono topo dicador de atuação frontal Categoria deutilização: gg (para aplicação geral ecom capacidade de interrupção emtoda zona tempocorrente) : 0 VCAe90 VCA VCC Capacidade de interrupção

Leia mais

CONTATORES. Contator 1) Tipo Corrente nominal máxima AC-1 (A) Corrente nominal máxima (A) 2) ,5 72 (111) 6)

CONTATORES. Contator 1) Tipo Corrente nominal máxima AC-1 (A) Corrente nominal máxima (A) 2) ,5 72 (111) 6) Contatores de potência RT0, TF6 Motores trifásicos Potências máximas AC / AC, 60 Hz em 0 V 80 V V máxima Contator ) máxima AC DIAZED, NH (coordenação na IEC 6097) ( ) 0,6 / 0, 0,6 / 0, 0, RT0 A ) 8 7,

Leia mais

MEDIDOR E MONITOR DE VAZÃO CALORIMÉTRICO

MEDIDOR E MONITOR DE VAZÃO CALORIMÉTRICO R MEDIDOR E MONITOR DE VAZÃO CALORIMÉTRICO Para Líquidos Compensação inteligente de temperatura Com ajuste do range de medição Montagem simples e fácil Nenhuma parte móvel Sem desgaste mecânico Perda de

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Contatores e Relés de Sobrecarga Contatores Modulares CWM - Tripolares/Tetrapolares Bobinas convencionais em Corrente Alternada (CA):

Leia mais

DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES

DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES OBJETIVO LIGAR/DESLIGAR EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS À DISTÂNCIA, DE UM OU MAIS LOCAIS; CONHECER A SITUAÇÃO OPERATIVA DO EQUIPAMENTO (LIG/DESLIG/ SOBRECARGA), À DISTÂNCIA;

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ST8000C

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ST8000C MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ST8000C Índice Apresentação...3 Introdução...3 Princípio de funcionamento...3 Operação...4 Modo de Operação...4 Esquema elétrico das ligações...4 Sinalizações do equipamento...7

Leia mais

Chaves Comutadoras Rotativas

Chaves Comutadoras Rotativas Chaves Comutadoras Rotativas Chave Tipo Comutador Tipo Chave Tipo Fixação RT/ B0 Este item fine a capacida e o tamanho da chave Este item fine o programa fechamento dos contatos Este item fine como o comutador

Leia mais

Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais

Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais www.siemens.com.br/produtosconvencionais Linhas de produtos para aplicações simples e convencionais Para clientes que buscam produtos de manutenção simples e levam em consideração o custo sem abrir mão

Leia mais

Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof.: Hélio Henrique DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA

Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof.: Hélio Henrique DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica Prof.: Hélio Henrique 1 INTRODUÇÃO 2 3 Introdução O gerador de CA é o meio mais importante

Leia mais

SISTEMA DE TREINAMENTO EM GERADORES E MOTORES MODELO: ED-5100

SISTEMA DE TREINAMENTO EM GERADORES E MOTORES MODELO: ED-5100 SISTEMA DE TREINAMENTO EM GERADORES E MOTORES MODELO: CARACTERÍSTICAS Sistema de treinamento completo de geradores e motores. Diversas características de cargas (resistência, reatância L/C e torque). Sistema

Leia mais

Tabela de Preços 2016. Energy Management Low Voltage & Products. www.siemens.pt

Tabela de Preços 2016. Energy Management Low Voltage & Products. www.siemens.pt Tabela de Preços 2016 Energy Management Low Voltage & Products Área Telefone direto Direção 214 178 648 Direção Financeira 214 204 126 Direção da Qualidade 214 178 220 Processos, Logística e e-business

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Térmico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Relés de Sobrecarga Térmico Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Relés de Sobrecarga Térmico Relés de Sobrecarga Térmico RW17...407 - Panorama Geral 9 1 3 8 4 1 11 6 10 5 13 7 1 - RW17-1D (montagem

Leia mais

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1

FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA. (compensado e diferencial) Página 1 FICHA TÉCNICA JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO TÉRMICA (compensado e diferencial) Página 1 JR-28 RELÉS DE PROTEÇÃO CONTRA AS SOBRECARGAS Generalidades O relé térmico tripolar (eletromecânico) com bimetálico modelo

Leia mais

2. Critério do limite da queda de tensão (qualquer carga):

2. Critério do limite da queda de tensão (qualquer carga): 4 Dimensionamento de Circuitos de Motores 2. Critério do limite da queda de tensão (qualquer carga): 23 4 Dimensionamento de Circuitos de Motores 24 Exemplo de aplicação 4.4(3.7): 4(3 Calcular a seção

Leia mais

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 1,62 mm Factor de redução r Cu 0,2

Dados técnicos. Polaridade de saída Intervalo seguro de comutação s a 0... 1,62 mm Factor de redução r Cu 0,2 0102 Designação para encomenda Características 2 mm nivelado Pode ser aplicado até SIL 2 conforme IEC 61508 Dados técnicos Dados gerais Função do elemento de comutação Contacto de ruptura NAMUR Intervalo

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo 15/06/2005 11:29 Page 150 3RT1 e acessórios 3RT1 e acessórios Esquemas de igação (para terminais de igação por parafuso e Cage Camp) Acessórios para contatores e contatores auxiiares do tamanho

Leia mais

Instruções complementares. Conector de encaixe M12 x 1. para sensores de medição contínua. Document ID: 30377

Instruções complementares. Conector de encaixe M12 x 1. para sensores de medição contínua. Document ID: 30377 Instruções complementares Conector de encaixe M2 x para sensores de medição contínua Document ID: 30377 Índice Índice Para sua segurança. Utilização conforme a finalidade... 3.2 Utilização não permitida...

Leia mais

Alguns padrões de qualidade são indiscutíveis

Alguns padrões de qualidade são indiscutíveis Alguns padrões de qualidade são indiscutíveis Fabricado no Brasil Disjuntores SX, SP e SY Proteção para instalações elétricas de baixa tensão Disjuntores SX, SP, SY Os Disjuntores Siemens são equipamentos

Leia mais

Contatores e combinações de contatores

Contatores e combinações de contatores Dispositivo 5/06/005 :7 Page 7 RH Tamanho Posição de montagem Os contatores são projetados para fixação em superfície vertical. cionamento em C e CC Montagem em superfície horizontal (somente para RH cionamento

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Série: SSW-0 Software: versão 1.XX 0899.4469 P/1 Rev.10/01 Nota: Nesta versão de software V1.xx não está disponível comunicação serial. 1. Instruções de Segurança: Sempre

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual Resetável - Acionamento Direto, Controle de Acesso, Combate e Alarme de Incêndio Código: AFAM3AM Os Acionadores Manuais ou Botoeiras de Acionamento Direto Para Combate de Incêndio,

Leia mais

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão

Com a Siemens, você chega primeiro. Disjuntores 5SX, 5SP e 5SY. Proteção de instalações elétricas de baixa tensão Com a Siemens, você chega primeiro es SX, SP e SY Proteção de instalações elétricas de baixa tensão es SX, SP, SY - Sistema N Os es Siemens são equipamentos de alta tecnologia que protegem fios e cabos

Leia mais

Segurança total em todos os momentos

Segurança total em todos os momentos Segurança total em todos os momentos Fusíveis de Baixa Tensão www.siemens.com.br/fusiveis Tecnologia Por mais de um século o fusível tem sido usado como meio de proteção contra altas correntes indesejáveis.

Leia mais

Regulador Analógico de Posição Tipo VT-MACAS

Regulador Analógico de Posição Tipo VT-MACAS RP 30 050/03.04 Substitui: 11.02 Regulador Analógico de Tipo VT-MACAS Série 1X Tipo VT-MACAS Índice Características Conteúdo Características Dados para pedido Placa frontal Diagrama de blocos Dados técnicos

Leia mais

Termoacumuladores e caldeiras elétricas

Termoacumuladores e caldeiras elétricas Termoacumuladores e caldeiras elétricas TERMOACUMULADORES ELÉTRICOS Série 2 (instalação vertical) Série 5 (instalação horizontal) 54 54 CALDEIRAS ELÉTRICAS PACKS DE ALTA EFICIÊNCIA Série 5 (instalação

Leia mais

Minicontator CWC ü Manobra em regime AC-3 até 6A ü Acoplamento direto ao relé de sobrecarga RW7D ü Linhas com bobina CA e CC com mesmo dimensional ü Bobina CC de baixo consumo ü Operação em regime AC-4

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas

Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas Automação Minidisjuntores MDW Disjuntores em Caixa Moldada Predial DWP Interruptores Diferenciais Residuais RDW Dispositivo de Proteção Contra Surto SPW Índice Minidisjuntores

Leia mais

AERADOR SUBMERSO Inject-Air - Série ASI

AERADOR SUBMERSO Inject-Air - Série ASI Indústria e Comércio de Bombas D Água Beto Ltda Manual de Instruções AERADOR SUBMERSO Inject-Air - Série ASI Parabéns! Nossos produtos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia Bombas Beto. Este manual

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Motores trifásicos Contator 1) Potências máximas Corrente Corrente AC-2 / AC-3, 60 z em nominal nominal 220 V 380 V 440 V máxima máxima

Leia mais

As condições anormais de operação devem ser limitadas no tempo de duração e na amplitude.

As condições anormais de operação devem ser limitadas no tempo de duração e na amplitude. Disjuntores As condições anormais de operação devem ser limitadas no tempo de duração e na amplitude. Os dispositivos de proteção nas instalações elétricas devem desligar o circuito nas condições adversas.

Leia mais

Rele de Fuga a Terra RFT-3C

Rele de Fuga a Terra RFT-3C [] Introdução Os Reles de fuga à terra são instrumentos utilizados para auxiliar na proteção de pessoas, painéis e equipamentos em geral. Acoplados a sensores de corrente toroidais apropriados, são capazes

Leia mais

Indicador Elétrico de Posição com micro-interruptores mecânicos

Indicador Elétrico de Posição com micro-interruptores mecânicos Indicador Elétrico de Posição com micro-interruptores mecânicos Apresentação GMÜ 0 possui um ou dois micro-interruptores mecânicos. A construção resistente à corrosão é concebida para um curso máximo de

Leia mais

Manual de Instruções 3 a edição março/2006

Manual de Instruções 3 a edição março/2006 Manual de Instruções 3 a edição março/2006 TIG POP 300 S FONTE BÁSICA PARA SOLDAGEM DE ALUMÍNIO E SUAS LIGAS, AÇO COMUM E AÇO INOXIDÁVEL Sumário Capítulo 1 - Descrição do equipamento... 2 1.1 - Introdução...

Leia mais

Disjuntores 5SY4 e 5SY5. Proteção para instalações elétricas de baixa tensão.

Disjuntores 5SY4 e 5SY5. Proteção para instalações elétricas de baixa tensão. Disjuntores SY e SY Proteção para instalações elétricas de baixa tensão www.siemens.com.br/protecao Mini Disjuntores SY e SY Utilizados tipicamente em instalações industriais, comerciais e de infraestrutura,

Leia mais

Vmax Disjuntores de média tensão a vácuo. IEC:... 17,5 kv;... 1250 A;... 31,5 ka ANSI:... 15 kv;... 1200 A;... 31,5 ka

Vmax Disjuntores de média tensão a vácuo. IEC:... 17,5 kv;... 1250 A;... 31,5 ka ANSI:... 15 kv;... 1200 A;... 31,5 ka Medium voltage products Vmax Disjuntores de média tensão a vácuo IEC:... 17,5 kv;... 1250 A;... 31,5 ka ANSI:... 15 kv;... 1200 A;... 31,5 ka Os novos disjuntores Vmax representam a síntese da já afirmada

Leia mais

Indicadores de sujeira para filtros de processo

Indicadores de sujeira para filtros de processo Os indicadores de sujeira para filtros de processo da HYDAC avisam visualmente e/ou eletricamente em que momento os elementos filtrantes empregados precisam ser limpos e trocados. A utilização de indicadores

Leia mais

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Chaves de Partida Destinadas à manobras e proteção de motores elétricos trifásicos

Leia mais

Dispositivos de Proteção e Manobra

Dispositivos de Proteção e Manobra TEORIA 2 Dispositivos de Proteção e Manobra 2) Introdução: Os dispositivos de proteção e manobra são componentes que, inseridos nos circuitos elétricos, servem para proteção do circuito elétrico e para

Leia mais

Esquemas de ligação à Terra em baixa tensão

Esquemas de ligação à Terra em baixa tensão Esquemas de ligação à Terra em baixa tensão A escolha correcta dos elementos de protecção de uma instalação eléctrica, minimiza ou elimina por completo o risco de incêndio, explosão ou choques eléctricos

Leia mais

CAIXA DE PILOTAGEM com 2 a 12 válvulas 2/2 normalmente fechadas, de comando directo 1/8

CAIXA DE PILOTAGEM com 2 a 12 válvulas 2/2 normalmente fechadas, de comando directo 1/8 CAIXA DE PILOTAGEM com 2 a 12 válvulas 2/2 normalmente fechadas, de comando directo 1/8 NF OUT IN 2/2 Série 110 APRESENTAÇÃO Caixa de pilotagem compacta, com electroválvulaspiloto de comando directo Especialmente

Leia mais

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA LINHA CH

FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA LINHA CH FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA LINHA CH Rev.: 2.00-08 Manual do usuário Fonte de Alimentação Chaveada MAN-DE-LINHA-CH Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso Erro! Fonte de referência

Leia mais

4.1 Esquema de ligação para Baixa Tensão

4.1 Esquema de ligação para Baixa Tensão 15 4 Esquemas elétricos 4.1 Esquema de ligação para Baixa Tensão Os projetos elétricos em baixa tensão devem ser utilizados, conforme esquemas de ligação, onde as ligações são desenvolvidas através de

Leia mais

Boletim Informativo 066/2011 de 21/02/2013 REV 03

Boletim Informativo 066/2011 de 21/02/2013 REV 03 Boletim Informativo 066/2011 de 21/02/2013 REV 03 PRODUTO: Grampo Pneumático Ø 63mm, com ângulo de abertura regulável A série do Grampo Pneumático é prática, econômica e de fácil aplicação. O Grampo é

Leia mais

Ficha técnica dos controladores de temperatura DARWIN

Ficha técnica dos controladores de temperatura DARWIN D40H026 Ed.04 P Ficha técnica dos controladores de temperatura DARWIN - Guia rápido de selecção Saídas de relé Entrada Opções Painel Base Compressor Degelo Ventilador Auxiliar Temperatura de controlo Temperatura

Leia mais

Série 7E - Medidor de Energia. Características PTB 1

Série 7E - Medidor de Energia. Características PTB 1 Características Medidor de Energia - Monofásico Tipo 7E.13 5(32) - largura de 1 módulo Tipo 7E.16 10(65) - largura de 2 módulos Conforme as normas E 053-21 e pr E50470 Conforme as normas EU MID-directive

Leia mais

capítulo 3 Válvulas Solenóide 3-1

capítulo 3 Válvulas Solenóide 3-1 3 capítulo 3 Válvulas Solenóide 3-1 Eletroválvulas 5/2 5/3 vias. Séries SY3000 5000 7000 9000 Vida Útil: 50 milhões de ciclos. Consumo padrão de 0,35W. Opção de baixo consumo p/ 12VDC e 24VDC: 0,1W - exceto

Leia mais

Fusíveis Bussmann tipo NH gl/gg ~ 500V IEC 60 269-1 e IEC 60 269-2-1

Fusíveis Bussmann tipo NH gl/gg ~ 500V IEC 60 269-1 e IEC 60 269-2-1 Soluções em Proteção de Circuitos em todo Mundo Fusíveis Bussmann tipo NH gl/gg ~ 500V IEC 60 269-1 e IEC 60 269-2-1 Faixa e Categoria de utilização: gl/gg (para aplicação geral e com capacidade de interrupção

Leia mais

Produtos Segmento Energia

Produtos Segmento Energia Produtos Segmento Energia Relés Série RR Relé Rápido Modular 8A Série RB Relé Biestável de Comando e Sinalização Modular 8A Série RR Plug-in Relé Rápido Plug-in 8A Série RB plug-in Relé Biestável de Comando

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Catálogo Geral Contatores e Relés de Sobrecarga

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Automação Catálogo Geral Contatores e Relés de Sobrecarga Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Catálogo Geral Contatores e Relés de Sobrecarga Índice Geral Minicontatores - Linha CW/CWC0 Contatores - Linha CWB Contatores - Linha

Leia mais

SSW05 Plus Micro Soft-starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

SSW05 Plus Micro Soft-starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW05 Plus Micro Soft-starter Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net SSW05 Plus - Micro Soft-Starters Soft-Starters são chaves de partida estática, projetadas para a aceleração,

Leia mais

Estudo de Coordenação e Seletividade

Estudo de Coordenação e Seletividade Estudo de Coordenação e Seletividade Memorial de Cálculo Obra: Subestação Abrigada 750kVA para Pavilhão Industrial de Reciclagem Proprietário: Prefeitura Municipal de Ponte Preta - RS Localização: Parte

Leia mais

ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS

ÍNDICE DE REVISÕES DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS CLIENTE: ÁREA: UNIFACS UNIVERSIDADE SALVADOR DISCIPLINA DE EXPRESSÃO GRÁFICA E PROJETOS CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA - ELETROTÉCNICA FOLHA: SEP: RLAM: ÍNDICE DE REVISÕES 1 de 18 Emissão original. DESCRIÇÃO

Leia mais

Guia de instalação. Página 1 de 14

Guia de instalação. Página 1 de 14 Guia de instalação Página 1 de 14 Página 2 de 14 Conteúdo 1.0. Conhecendo o terminal... 3 1.1.1. Descrição dos botões... 3 1.1.2. Ligando o terminal... 4 1.1.3. Alarmes técnicos... 4 1.1.4. Componentes

Leia mais

QUADROS DE OBRA ( QO )

QUADROS DE OBRA ( QO ) INDÚSTRIA DE QUADROS ELÉCTRICOS QUADROS DE OBRA ( QO ) 1 CAMPO DE APLICAÇÃO Para instalações destinadas à construção de novos edifícios, trabalhos de reparação, modificação, ampliações ou demolições de

Leia mais

FUSÍVEIS. Tensão nominal: 250 VCC. Base. Indicador de atuação. Indicador de atuação

FUSÍVEIS. Tensão nominal: 250 VCC. Base. Indicador de atuação. Indicador de atuação NH dicador de atuação no topo dicador de atuação frontal Categoria de utilização: gg ( para aplicação geral e com capacidade de interrupção em toda zona tempocorrente ) : 0 VC e 90 VC VCC Capacidade de

Leia mais

Segurança com um toque de sofisticação e conveniência

Segurança com um toque de sofisticação e conveniência Todas as imagens deste catálogo são ilustrativas, não restritivas. As informações contidas neste catálogo estão sujeitas à alteração sem aviso prévio. Versão I SLF 961.212-4 A MARCA YALE, com seu alcance

Leia mais

FDCIO181-1 Módulo de entrada/saída Manual do Produto

FDCIO181-1 Módulo de entrada/saída Manual do Produto FDCIO181-1 Módulo de entrada/saída Manual do Produto Característica Avaliação de sinal controlada por microprocessador Endereçamento automático, sem necessidade de decodificação ou DIP-Switch 1 entrada

Leia mais