SUBMARINO ANUNCIA RESULTADOS DO 1T2006, CRIAÇÃO DO SUBMARINO FINANCE E CONCLUSÃO DA OFERTA DE AÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUBMARINO ANUNCIA RESULTADOS DO 1T2006, CRIAÇÃO DO SUBMARINO FINANCE E CONCLUSÃO DA OFERTA DE AÇÕES"

Transcrição

1 SUBMARINO ANUNCIA RESULTADOS DO 1T2006, CRIAÇÃO DO SUBMARINO FINANCE E CONCLUSÃO DA OFERTA DE AÇÕES São Paulo, 03 maio de Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico (pure-player) no Brasil, anuncia hoje os resultados do 1T06. O Submarino construiu uma marca forte e uma base de clientes premium oferecendo um sortimento abrangente de produtos e qualidade no atendimento ao cliente. Através de seu site na Internet, oferece mais de itens, em 23 categorias de produtos, obtidos de mais de fornecedores e oferece também viagens online e venda de ingressos de entretenimento. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, baseada na Lei das Sociedades por Ações, nas regras e regulamentações da CVM e padrões e regras de contabilidade emitidas pelo Instituto dos Auditores Independentes do Brasil ( GAAP Brasileiro ). A discussão a seguir é baseada nas informações não-consolidadas, que não contemplam a posição financeira e os resultados das operações da Ingresso.com, Travelweb e Submarino Finance. Resultados 1T06 Teleconferências: 03 de maio de h00 - Português 12h00 Inglês Relações com Investidores Martín E. Escobari CFO, VP Desenvolvimento Corporativo e Diretor de Relações com Investidores Erik Praxedes Pineda Relações com Investidores DESTAQUES DO PERÍODO A receita bruta atingiu R$ 154,7 milhões (US$ 70,4 milhões), registrando um aumento de 56% em relação ao 1T05 em função do crescimento de 46% na base ativa de clientes e de 5% do ticket médio. A Companhia continua a vislumbrar um forte crescimento no número de pessoas que compram online. As receitas incluem R$ 9,2 milhões resultante de um serviço de caráter não-recorrente, onde operamos um Programa de Recompensas para um terceiro. Este programa estará em vigor até o 2T06 e estimula novos clientes a comprar no Submarino. EBITDA 1 foi de R$ 11,1 milhões (US$ 5,1 milhões) no 1T06, apresentando crescimento de 38% em relação ao 1T05 e equivalente a 9,8% das vendas líquidas. Excluindo os efeitos associados ao Programa de Recompensas, o EBITDA do 1T06 seria de R$ 12,2 milhões (US$ 5,5 milhões), com crescimento de 50% em relação ao mesmo período do ano passado e representando 11,4% das receitas líquidas. O lucro líquido foi de R$ 5,1 milhões (US$ 2,3 milhões) no 1T06 comparado com prejuízo líquido de R$ 3,2 milhões (US$ 1,4 milhão) no 1T05. Nós concluímos com sucesso e antes do previsto, a mudança para o novo centro de distribuição sem prejudicar a qualidade dos serviços e as vendas. Submarino Finance (nossa joint venture com a Cetelem) foi incorporado; nós concluímos a transação e recebemos uma contraprestação inicial. O Submarino Viagens, apesar de não ter sido lançada sob a marca Submarino, teve um crescimento significativo atingindo receita bruta de reservas de R$ 7,6 milhões (US$ 3,4 milhões) no 1T06. O Submarino Ingressos expandiu a sua oferta de serviços com shows e ingressos para partidas de futebol. Concluímos oferta de ações onde nossos investidores originais liquidaram totalmente sua posição e a companhia levantou recursos da ordem R$ 275,7 milhões (US$ 125,5 milhões). O preço da oferta foi de R$ 53,75 e foi principalmente alocada com fundos de tecnologia e fundos mútuos internacionais. 1 EBITDA (LAJIDA lucro operacional antes de juros, impostos, depreciação e amortização e excluindo despesas extraordinárias) é apresentado como informação adicional porque acreditamos tratar-se de um indicador importante de nosso desempenho operacional, além de ser útil para a comparação de nosso desempenho com outras companhias do setor de varejo eletrônico. No entanto, nenhum número deverá ser considerado isoladamente como um substituto para o lucro líquido apurado de acordo com o US GAAP ou Legislação Societária (BR GAAP) ou ainda, como uma medida da lucratividade da Companhia. Além disso, nossos cálculos podem não ser comparáveis a outras medidas similares adotadas por outras companhias.

2 EVENTOS RECENTES Novo Centro de Distribuição Nós concluímos com sucesso e ante do previsto, a mudança para o novo centro de distribuição, sem prejudicar a qualidade dos serviços e as vendas. Nós assinamos o contrato de aluguel em 26 de dezembro de 2005 e saímos dos centros de distribuição provisórios alugados no segundo semestre de 2005 antes do final de janeiro. A maioria dos produtos do antigo centro de distribuição foi removida durante o final de semana do carnaval e a mudança foi concluída em 21 de abril. A mudança foi operacionalmente complexa e causou uma perda de produtividade temporária, conforme o esperado, mas nós estamos felizes de informar que não interrompemos o atendimento aos nossos clientes em momento algum e que pudemos manter o mesmo prazo de entrega e padrões de pontualidade. A implementação do novo sistema de automação está dentro do cronograma e será realizada pela Mostoles (Espanha) e Distrisort (Holanda). Nós esperamos que o sistema esteja em operação em outubro, em tempo para a temporada de natal. Nós ainda estamos ocupando o nosso antigo depósito até que o escritório novo esteja pronto no novo centro de distribuição. Nós esperamos fazer a mudança do nosso escritório administrativo até julho. Novos Negócios A Submarino Finance (nossa joint venture com a Cetelem) foi incorporada. As disponibilidades no 1T06 refletem um aumento de R$ 77,2 milhões resultante desta transação. Nós estamos trabalhando para lançar o Cartão Submarino no 3T06. O Submarino Viagens, apesar de não ter sido lançada sob a marca Submarino, teve um crescimento significativo atingindo receita bruta de reservas de R$ 7,6 milhões (US$ 3,4 milhões) no 1T06. Nós continuamos a expandir a nossa oferta de serviços e esperamos lançar o nosso serviço com a marca Submarino no 2T06. O Submarino Ingressos expandiu seus serviços oferecendo ingressos para o show de Jack Johnson (música pop) em um modelo de agência e assinamos com o Balé de Cuba e a Trupe Acrobática Shenyang da China usando um modelo mercantil. Recentemente também começamos a operar o sistema de bilhetagem para o time de futebol Internacional em Porto Alegre. Estratégias Inovadoras para a Aquisição de Clientes Nós assinamos um contrato com uma companhia de cartões de crédito, que deu aos seus clientes cupons do Submarino em troca de pontos de recompensa acumulados (Programa de Recompensas). Estes clientes poderiam usar esses cupons para comprar no Submarino. Para a maioria desses clientes, esta foi a sua primeira experiência de compra no Submarino. As vendas através do Programa de Recompensas foram de R$ 9,2 milhões. O lucro bruto dessas vendas foi menor do que o resto dos nossos negócios (25,3% vs. 28,4%) e se considerarmos os custos desses serviços (frete e linhas telefônicas 1-800), teremos um impacto negativo de R$ 1,0 milhão no EBITDA. Durante o 1T06, este programa resultou em 87 mil compradores, 64% dos quais fizeram compras exclusivamente pela internet e 70% dos quais nuca tinham comprado conosco antes. Este programa funcionará durante o 2T06 e é um exemplo de algumas das nossas estratégias para estimular a primeira compra online.

3 Resultados Iniciais da Personalização Nós começamos a ver os efeitos materiais dos nossos esforços de personalização através do Meu Submarino (lançada em janeiro) e das melhorias para a Lista de Desejos (lançada em fevereiro). Em duas atualizações desde o lançamento, desenvolvemos a possibilidade dos clientes pedirem para que uma determinada compra não seja incluída na ferramenta de sugestões além da possibilidade de os clientes entenderem o mecanismo de sugestão de um produto em particular e nos dar feedback. Nós estamos solicitando ativamente informações de nossos clientes e usaremos essas informações para melhorar a nossa ferramenta de sugestões. Oferta de Ações Concluímos a oferta de ações, quando os nossos investidores originais (fundos private equity) liquidaram completamente sua posição e a Companhia vendeu ações em oferta primária adicionadas de ações da oferta complementar (green shoe). O montante total captado para a Companhia foi de R$ 291,5 milhões. A estimativa é que as taxas e comissões de subscrição alcance R$ 15,7 milhões, indicando que o ingresso líquido de capital na Companhia totalizou R$ 275,7 milhões. Os recursos e as despesas estarão refletidos no 2T06. O preço das ações nesta oferta foi de R$ 53,75 e os papéis foram principalmente alocados em fundos de tecnologia, fundos mútuos internacionais e fundos de hedge. RECEITAS E LUCRO BRUTO A receita bruta da Companhia totalizou R$ 154,7 milhões no trimestre, representando um aumento de 56% frente ao 1T05. Este resultado foi beneficiado pela receita bruta de R$ 9,2 milhões proveniente de serviços não-recorrentes, onde atuamos como parceiro de uma companhia na distribuição de seu Programa de Recompensas. As vendas relativas a este programa ocorrerão no primeiro e no segundo trimestre com margens menores do que os demais negócios da companhia. Desconsiderando as receitas deste programa, o crescimento da receita teria alcançado 47% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. O forte incremento das receitas decorre do aumento da quantidade de pessoas que compram pela Internet e do conseqüente crescimento de nossa base de clientes que totalizou 1,5 milhão em 1T06, representando aumento de 46% sobre o 1T05. Ao excluir os efeitos da receita não-recorrente do Programa de Recompensas, o tíquete médio teria alcançado R$ 225, valor 14% superior ao registrado no 1T05. O lucro bruto representou 28,4% da receita líquida no 1T06 comparado a 29,1% no 1T05. O lucro bruto por pedido foi de R$ 42,9 no 1T06 comparado a R$ 41,8 no 1T05. DESPESAS OPERACIONAIS Despesas com Vendas As despesas com vendas foram de 16,5% da receita líquida no 1T06, comparadas a 16,0% no 1T05. As despesas com vendas no 1T06 foram afetadas negativamente pelos custos de logística e frete associados a um serviço não-recorrente, onde atuamos como parceiro na distribuição do programa de fidelidade de uma companhia. Desconsiderando este fator, estimamos despesas com vendas na ordem de 15,0% da receita líquida. No 1T06, o investimento em marketing (bruto da verba cooperada de fornecedores) representou 1,9% das receitas líquidas comparado a 2,0% no 1T05.

4 As despesas líquidas com frete (conforme tabela a seguir) alcançaram 1,7% da receita líquida. Ao excluir o efeito do Programa de Recompensa, as despesas de frete líquidas teriam representado 0,6% da receita líquida. R$ MM 1T06 4T05 1T05 Receita de frete 5,9 6,5 4,9 Deduções da receita com frete (1,3) (1,5) (1,2) Custo com frete (6,4) (6,5) (4,0) Custos líquidos com frete (1,9) (1,6) (0,3) % Receita líquida -1,7% -1,2% -0,4% Despesas Gerais e Administrativas As despesas gerais e administrativas foram equivalentes a 1,8% da receita líquida no 1T06 comparada a 1,9% no 1T05. As despesas gerais e administrativas (G&A) sofreram impacto dos gastos associados ao fato da companhia agora ser listada em bolsa. Apesar deste impacto estas despesas ainda apresentaram retração como porcentagem da receita líquida. RESULTADOS FINANCEIROS As despesas financeiras foram de R$ 0,3 milhões no 1T06 comparado a R$ 4,3 milhões no 1T05, primordialmente como resultado do pagamento de grande parte de nossas dívidas a partir da oferta pública de ações ocorrida no 2T05. EBITDA, LUCRO LÍQUIDO E RESULTADO LÍQUIDO POR AÇÃO O EBITDA no 1T06 foi de R$ 11,1 milhões (US$ 5,1 milhões) apresentando crescimento de 38% sobre o 1T05 e representando 9,8% da receita líquida. Excluindo os efeitos do Programa de Recompensas, o EBITDA totalizou R$ 12,2 milhões (US$ 5,5 milhões), com crescimento de 50% sobre o mesmo período do ano anterior, equivalente a 11,4% da receita líquida. A tabela a seguir descreve o impacto integral do Programa de Recompensas no cálculo do EBITDA. DRE pro-forma Em milhares de reais Submarino % RL Programa de Fidelidade % RL Submarino Pro- Forma % RL Receita bruta de vendas ,5% ,7% ,3% Receita líquida ,0% ,0% ,0% Lucro bruto ,4% ,3% ,6% Despesas com vendas (18.706) -16,5% (2.686) -40,9% (16.020) -15,0% Despesas gerais e administrativas (2.270) -2,0% - - (2.270) -2,1% EBITDA (1) ,8% (1.026) -15,6% ,4% (1) EBITDA exclui despesas com novo galpão e despesas estraordinárias relacionadas com a oferta pública de ações.

5 A principal razão para continuarmos a promover tal programa é encorajar os clientes de nosso parceiro comercial a tornarem-se consumidores do Submarino. Durante o 1T06, o programa registrou 87 mil consumidores, dos quais 64% compraram exclusivamente via internet e 70% que nunca haviam comprado conosco anteriormente. A linha de depreciação e amortização passou de R$ 1,1 milhão no 1T05 para R$ 1,6 milhão no 1T06, devido à depreciação acelerada das melhorias realizadas em nossas antigas instalações. O lucro líquido no 1T06 totalizou R$ 5,1 milhões (4,5% da receita líquida) comparado ao prejuízo líquido de R$ 3,2 milhões no 1T05. O lucro líquido por ação no 1T06 foi de R$ 0,11 frente ao prejuízo líquido no 1T05 de R$ 0,08 por ação. BALANÇO PATRIMONIAL O capital de giro da Companhia reflete a sazonalidade dos nossos negócios e o total do contas a receber (excluindo o desconto de recebíveis, que realizávamos até o IPO em março de 2005) aumentou de 103 dias no 1T05 para 114 dias no 1T06, principalmente devido às alterações no mix de produtos, com os eletrônicos passando a ter maior relevância em nossas vendas. O estoque apresentou pequena melhoria em termos de dias em comparação 1T05. 1T06 1T05 Dias de contas a receber bruto Dias de inventário Dias de contas a pagar (1) Saldo do contas a receber, estoques ou fornecedores, ao final de cada período, dividido pela receita bruta de vendas ou custo da mercadoria vendida para cada período. (2) Dias de contas a receber não considera o desconto de recebíveis. O balanço da Companhia continua apresentando melhorias significativas. O saldo de disponibilidades e contas a receber (que são altamente líquidos, por se tratarem basicamente de contas a receber com administradoras de cartões de crédito), menos o endividamento, aumentou de R$ 51,4 milhões no 1T05 para R$ 222,9 milhões no 1T06. Adicionalmente, dispomos de R$ 77,2 milhões resultantes de nossa JV com a Cetelem e estimamos o ingresso líquido de R$ 275,7 milhões provenientes da oferta de ações. FLUXO DE CAIXA Caixa gerado nas atividades operacionais O fluxo de caixa reflete os termos de capital de giro e o aumento das receitas da Companhia. O caixa gerado nas atividades operacionais excluindo o efeito das variações nas contas de desconto de recebíveis, por se tratar, na verdade, de uma atividade de financiamento, foi negativo em R$ 8,8 milhões no 1T06 e negativo em R$ 7,9 milhões no 1T05. Incluindo as atividades de investimentos, a geração livre de caixa, excluindo o efeito das variações nas contas de desconto de recebíveis, foi negativa em R$ 17,2 milhões no 1T06 e negativa em R$ 9,3 milhões no 1T05.

6 Caixa líquido utilizado nas atividades de investimento O caixa líquido utilizado nas atividades de investimento foi de R$ 8,4 milhões no 1T06 e R$ 1,4 milhão no 1T05. Do montante registrado no 1T06, R$ 3,5 milhões está relacionado ao gastos com o novo centro de distribuição (imobilizado), R$ 2,5 milhões relacionado à criação do Submarino Finance e R$ 1,2 milhão em gastos com tecnologia (software e hardware). Caixa líquido utilizado nas atividades de financiamento Não houve transações relevantes que afetassem as atividades de financiamento durante o 1T06. INDICADORES NAS SUBSIDIÁRIAS A partir deste trimestre começamos a divulgar indicadores operacionais de nossas subsidiárias: Submarino Ingresso, Submarino Viagens e Submarino Finance. Indicadores Operacionais 1T06 Ingresso.com Ingressos vendidos Receita bruta (R$ 000's) EBITDA (R$ 000's) 279 Clientes ativos (000's) 187 Submarino Viagens Receita bruta de reservas (R$ 000's) EBITDA (R$ 000's) (556) Clientes ativos (000's) 13 Submarino Finance Faturamento bruto - EBITDA - Cartões ativos - Dólar médio utilizado: R$ 2,1974 para o 1T06 e R$ 2,6692 para o 1T05. Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração e informações a que a Companhia atualmente tem acesso. Declarações sobre eventos futuros incluem informações sobre nossas intenções, crenças ou expectativas atuais, assim como aquelas dos membros do Conselho de Administração e Diretores da Companhia. As ressalvas com relação a declarações e informações acerca do futuro também incluem informações sobre resultados operacionais possíveis ou presumidos, bem como declarações que são precedidas, seguidas ou que incluem as palavras "acredita", "poderá", "irá", "continua", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima" ou expressões semelhantes. As declarações e informações sobre o futuro não são garantias de desempenho. Elas envolvem riscos, incertezas e suposições porque se referem a eventos futuros, dependendo, portanto, de circunstâncias que poderão ocorrer ou não. Os resultados futuros e a criação de valor para os acionistas poderão diferir de maneira significativa daqueles expressos ou sugeridos pelas declarações com relação ao futuro. Muitos dos fatores que irão determinar estes resultados e valores estão além da capacidade de controle ou previsão da Submarino.

7 ANEXO I DEMOSNTRAÇÃO DO RESULTADO Submarino S/A Demonstração do resultado Em milhares de reais Submarino Subsidiárias Consolidado 1T05 1T06 1T06 1T06 Receita bruta de vendas Impostos, devoluções e abatimentos (26.556) (41.402) (265) (41.667) Receita líquida Custo das mercadorias vendidas (51.330) (81.092) (17) (81.109) Lucro bruto Receita (despesas) operacionais Despesas com vendas (11.594) (18.706) (679) (19.385) Despesas gerais e administrativas (7.152) (3.503) (1.371) (4.874) Despesas extraordinárias (5.750) (1.477) - (1.477) Outras despesas gerais e administrativas (1.402) (2.026) (1.371) (3.397) Despesas financeiras (5.558) (1.198) (313) (1.511) Receitas financeiras Resultado de equivalência patrimonial - (729) - - Depreciação e amortização (1.061) (1.547) (413) (1.960) (24.077) (24.751) (2.370) (26.392) Lucro (prejuízo) operacional (3.006) (605) Receitas (despesas) não operacionais (12) Imposto de renda e contribuição social sobre o lucro (152) (1.978) (124) (2.102) Participações - (355) - (355) Lucro (prejuízo) do período (3.170) (729) EBITDA (285) Quantidade de Pedidos Valor médio por pedido (em Reais) Base de clientes ativos

8 ANEXO II BALANÇO PATRIMONIAL Submarino S/A Balanço Patrimonial Submarino Subsidiárias Consolidado Em milhares de reais 31/12/ /03/ /12/ /03/ /12/ /03/2006 Ativo Circulante Disponibilidades Contas a receber Desconto do contas a receber (629) (25) - - (629) (25) Outros Créditos Estoques Despesas pagas antecipadamente Realizável a longo prazo Partes relacionadas Créditos diversos Outros créditos Benefício fiscal no ágio da incorporação Direito de publicidade Permanente Investimentos (2.702) (79.116) (69.909) Imobilizado Diferido (75.120) (49.626) Total do ativo Passivo e Patrimônio Líquido Circulante Fornecedores Empréstimo e financiamentos Contas a pagar Parcelamento de impostos e encargos sociais Salários e encargos sociais a pagar Impostos a recolher Juros sobre capital próprio a pagar / dividendos propostos Adiantamento recebido de cliente Exigível a longo prazo Empréstimo e financiamentos Parcelamento de impostos e encargos sociais Provisão para contingências Outros Parimônio líquido (passivo a descoberto) Capital social Reserva legal Reserva especial de expansão Lucro (prejuízos) acumulados Total do passivo e patrimônio líquido

9 ANEXO III FLUXO DE CAIXA

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

Resultados 4T05 e 2005

Resultados 4T05 e 2005 Resultados 4T05 e 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 192% EM 2005, A COMPANHIA APRESENTOU FLUXO DE CAIXA POSITIVO NO 4T05 E REVISOU O GUIDANCE PARA 2006 São Paulo, 13 de Fevereiro de 2006 - O Submarino S.A.

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 São Paulo, Brasil, 15 de maio de 2008 - A Le Lis Blanc Deux Comércio

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados

APRESENTAÇÃO APIMEC. Março de 2015. Copyright Cielo Todos os direitos reservados APRESENTAÇÃO APIMEC Março de 2015 Copyright Cielo Todos os direitos reservados A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Lojas Americanas e Submarino propõem a criação da B2W Companhia Global de Varejo fusão da Americanas.com e Submarino

Lojas Americanas e Submarino propõem a criação da B2W Companhia Global de Varejo fusão da Americanas.com e Submarino Lojas Americanas e Submarino propõem a criação da B2W Companhia Global de Varejo fusão da Americanas.com e Submarino Transação dá origem a uma companhia de varejo com diversos canais de distribuição: Internet,

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade IAS 7 (IASB) PRONUNCIAMENTO Conteúdo Item OBJETIVO

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26 Prefácio 1 Exercício Social, 1 Exercícios, 2 2 Disposições Gerais, 3 2.1 Demonstrações financeiras exigidas, 3 2.2 Demonstrações financeiras comparativas, 4 2.3 Contas semelhantes e contas de pequenos,

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05

Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Apresentação da Companhia e Discussão do Resultados do 1T05 Safe Harbor Statement Certas declarações na apresentação a seguir estão relacionadas com resultados futuros, que são considerados como projeções,

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2014

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2014 Rio de Janeiro, 15 de maio de 2014. LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2014 Desempenho Operacional O total de venda, líquida da compra de energia, no primeiro trimestre de 2014 foi equivalente a 1.264,1

Leia mais

Comparações entre Práticas Contábeis

Comparações entre Práticas Contábeis IAS 12, SIC-21, SIC-25 SFAS 109, I27, muitas questões EITF NPC 25 do Ibracon, Deliberação CVM 273/98 e Instrução CVM 371/02 Pontos-chave para comparar diferenças D i f e r e n ç a s S i g n i f i c a t

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Apresentação dos Resultados 1T06

Apresentação dos Resultados 1T06 Apresentação dos Resultados 1T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 49% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 35% MARGEM DE EBITDA ATINGIU 29% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 3T06. As demonstrações financeiras

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 (R1) DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 (R1) DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 (R1) DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade IAS 7 (IASB) PRONUNCIAMENTO Conteúdo OBJETIVO

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T14

EARNINGS RELEASE 2T14 Receita Bruta de R$ 241,8 milhões no e R$ 533,9 milhões no 1S14 Ebitda de R$ 21,2 milhões no e R$ 51,4 milhões no 1S14 São Paulo, 13 de agosto de 2014 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Balanço patrimonial consolidado e condensado (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) Ativo 30.06.2014 31.03.2014 Passivo 30.06.2014 31.03.2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do exercício encerrado

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1T12

EARNINGS RELEASE 1T12 São Paulo, 16 de maio de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do 1º trimestre

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE DE 2015 (2T15 ) LOJAS RENNER S.A. Resultados 2T15 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação

Leia mais

DELIBERAÇÃO CVM Nº 547, DE 13 DE AGOSTO DE 2008

DELIBERAÇÃO CVM Nº 547, DE 13 DE AGOSTO DE 2008 TEXTO INTEGRAL DA, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA DELIBERAÇÃO CVM Nº 624, DE 28 DE JANEIRO DE 2010 (DOCUMENTO DE REVISÃO CPC Nº 01) Aprova o Pronunciamento Técnico CPC 03 do Comitê de Pronunciamentos

Leia mais

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Mensagem da Administração Senhores (as) Acionistas: Conforme mencionado no final do exercício de 2014, concluímos com pleno sucesso o processo que converteu em capital

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - TECNISA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2012 - TECNISA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Relatório de Resultados 2T 2015

Relatório de Resultados 2T 2015 MMX - Resultados Referentes ao 2º trimestre de 2015 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 A MMX Mineração e Metálicos S.A. ( Companhia ou MMX ) (Bovespa: MMXM3) anuncia seus resultados referentes ao 2º

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência e Webcast de Resultados Sexta-feira, 5 de novembro de 2010 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) 10:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 Código:

Leia mais

B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15

B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15 B2W DIGITAL ANUNCIA CRESCIMENTO DE 26% E R$ 2,7 BILHÕES EM GMV NO 3T15 Marketplace continua em rápido desenvolvimento, crescendo 750% e atingindo participação de 10,1% do GMV total Rio de Janeiro, 12 de

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Tributos sobre o Lucro Seção 29

Tributos sobre o Lucro Seção 29 Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Análise das Demonstrações Financeiras

Análise das Demonstrações Financeiras UNIPAC UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS, LETRAS E SAÚDE DE UBERLÂNDIA. Rua: Barão de Camargo, nº. 695 Centro Uberlândia/MG. Telefax: (34) 3223-2100 Análise das Demonstrações

Leia mais

Earnings Release 4T14

Earnings Release 4T14 Santo André, 05 de fevereiro de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo da América Latina, informa aos seus acionistas e demais participantes

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Data: 13 de março de 2008 Data: 13 de março de 2008

Teleconferência de Resultados. Data: 13 de março de 2008 Data: 13 de março de 2008 MRV ANUNCIA RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE E DO ANO DE 2007 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA ATINGE R$128,9 MILHÕES NO 4T07 E R$384,1 MILHÕES NO ANO, UM CRESCIMENTO DE 173,8 % SOBRE O ANO ANTERIOR MARGEM BRUTA

Leia mais

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009.

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. 1 DRE PRO-FORMA Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 12.1. Introdução O artigo 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que, ao fim de cada exercício social, a diretoria da empresa deve elaborar, com base na escrituração mercantil, as

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11

Apresentação de Resultados 2T11 Apresentação de Resultados 2T11 Aviso Legal Aviso Legal Encontra-se em curso a distribuição pública inicial primária e secundária de certificados de depósitos de ações ( Units ) de emissão da Abril Educação

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 LUPATECH S.A. CNPJ/MF nº 89.463.822/0001-12 NIRE 43300028534 Companhia Aberta de Capital Autorizado Novo Mercado Relatório da Administração Mensagem da Administração Senhores

Leia mais

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005

IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 IDEIASNET ANUNCIA RECEITA BRUTA RECORDE EM 2005 Rio de Janeiro, 04 de abril de 2006 A Ideiasnet S.A. (Bovespa: IDNT3), veículo para investimento de longo prazo em Tecnologia de Informação (TI) no Brasil,

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA CAPÍTULO 33 Este Capítulo é parte integrante do Livro Contabilidade Básica - Finalmente Você Vai Entender a Contabilidade. 33.1 CONCEITOS A demonstração dos fluxos de caixa evidencia as modificações ocorridas

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2012 - COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS-AMBEV Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 4 Balanço Patrimonial Passivo 6 Demonstração do Resultado 9 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC Contabilidade Avançada Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Prof. Dr. Adriano Rodrigues Normas Contábeis: No IASB: IAS 7 Cash Flow Statements No CPC: CPC 03 (R2) Demonstração dos Fluxos de Caixa Fundamentação

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

Apresentação d t ã de Resultados 3T07

Apresentação d t ã de Resultados 3T07 A t ã d Apresentação de Resultados 3T07 Agenda Eventos Recentes Destaques Estratégicos Destaques Financeiros Resultados Financeiros Guidance 2007 Guidance 2008 2 RESULTADOS 3T07 Os resultados referentes

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013 . São Paulo, 13 de maio de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/03/1999 01462-1 GLOBO CABO S.A. 00.108.786/0001-65

EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Data-Base - 31/03/1999 01462-1 GLOBO CABO S.A. 00.108.786/0001-65 08.01 - COMENTÁRIO DO DESEMPENHO CONSOLIDADO NO TRIMESTRE A Globo Cabo é a maior operadora de TV a Cabo no Brasil, com participação acionária em 18 sistemas de TV a Cabo e 1 de MMDS, incluindo as três

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

Resumo de Contabilidade Geral

Resumo de Contabilidade Geral Ricardo J. Ferreira Resumo de Contabilidade Geral 4ª edição Conforme a Lei das S/A, normas internacionais e CPC Rio de Janeiro 2010 Copyright Editora Ferreira Ltda., 2008-2009 1. ed. 2008; 2. ed. 2008;

Leia mais

2. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS E INFORMAÇÕES

2. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS E INFORMAÇÕES 1. INTRODUÇÃO Referente à elaboração e divulgação de informações pelas instituições administradoras dos Fundos de Investimento Imobiliário, para o mercado de valores mobiliários e encaminhamento à Comissão

Leia mais

3. Pronunciamento Técnico CPC 03 Demonstração dos Fluxos de Caixa

3. Pronunciamento Técnico CPC 03 Demonstração dos Fluxos de Caixa TÍTULO : PLANO CONTÁBIL DAS INSTITUIÇÕES DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - COSIF 1 3. Pronunciamento Técnico CPC 03 Demonstração dos Fluxos de Caixa Aplicação 1 - As instituições financeiras e demais instituições

Leia mais

Contabilidade Geral - Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior Aula 10 Demonstração do Fluxo de Caixa. Conteúdo

Contabilidade Geral - Teoria e Exercícios Curso Regular Prof. Moraes Junior Aula 10 Demonstração do Fluxo de Caixa. Conteúdo Aula 10 Demonstração do Fluxo de Caixa. Conteúdo 12. Demonstração do Fluxo de Caixa 2 12.1. Introdução 2 12.2. Conceitos Importantes 2 12.3. Atividades Operacionais 5 12.4. Atividades de Investimento 7

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 MBK Securitizadora S.A. Demonstrações Financeiras

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

Pessoal, ACE-TCU-2007 Auditoria Governamental - CESPE Resolução da Prova de Contabilidade Geral, Análise e Custos

Pessoal, ACE-TCU-2007 Auditoria Governamental - CESPE Resolução da Prova de Contabilidade Geral, Análise e Custos Pessoal, Hoje, disponibilizo a resolução da prova de Contabilidade Geral, de Análise das Demonstrações Contábeis e de Contabilidade de Custos do Concurso para o TCU realizado no último final de semana.

Leia mais

Logística Prof. Kleber dos Santos Ribeiro. Contabilidade. História. Contabilidade e Balanço Patrimonial

Logística Prof. Kleber dos Santos Ribeiro. Contabilidade. História. Contabilidade e Balanço Patrimonial Logística Prof. Kleber dos Santos Ribeiro Contabilidade e Balanço Patrimonial Contabilidade É a ciência teórica e prática que estuda os métodos de cálculo e registro da movimentação financeira e patrimônio

Leia mais

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013

LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013 Rio de Janeiro, 10 de maio de 2013. LIGHT ENERGIA S.A. 1º TRIMESTRE DE 2013 Desempenho Operacional LIGHT ENERGIA (GWh) 1T13 1T12 % Venda no Ambiente de Contratação Regulada 263,7 1.052,0-74,9% Venda no

Leia mais

Earnings Release. Relação com Investidores. Destaques do 2T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T11

Earnings Release. Relação com Investidores. Destaques do 2T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T11 Relação com Investidores Luis Eduardo Fischman Diretor de Relações com Investidores (55 21) 3433-5060 ri@brinsurance.com.br Teleconferência de Resultados 2T11 Terça-Feira, 16 de agosto de 2011 Português

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

1.1 Demonstração dos Fluxos de Caixa

1.1 Demonstração dos Fluxos de Caixa 1 Exercícios de Fixação (Questões de concurso) 1.1 Demonstração dos Fluxos de Caixa 1.1.1 Concurso para AFRF 2000 prova de contabilidade avançada - Questão 15 ENUNCIADO 15- Aplicações em Investimentos

Leia mais

e) 50.000.000,00. a) 66.000.000,00. c) 0,00 (zero).

e) 50.000.000,00. a) 66.000.000,00. c) 0,00 (zero). 1. (SEFAZ-PI-2015) Uma empresa, sociedade de capital aberto, apurou lucro líquido de R$ 80.000.000,00 referente ao ano de 2013 e a seguinte distribuição foi realizada no final daquele ano: valor correspondente

Leia mais

INVESTCO S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

INVESTCO S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO INVESTCO S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Aos Srs. Acionistas Investco S.A. Anexo I - Comentários dos Diretores da Companhia Contas dos Administradores referentes ao exercício social encerrado em 31.12.2012.

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.418/12 -MODELO CONTÁBIL SIMPLIFICADO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ITG 1000

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.418/12 -MODELO CONTÁBIL SIMPLIFICADO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ITG 1000 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.418/12 -MODELO CONTÁBIL SIMPLIFICADO PARA MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ALCANCE 1.... estabelece critérios e procedimentos específicos a serem observados pelas entidades

Leia mais

LOJAS AMERICANAS Comentário de Desempenho 2º Trimestre de 2005

LOJAS AMERICANAS Comentário de Desempenho 2º Trimestre de 2005 LOJAS AMERICANAS Comentário de Desempenho 2º Trimestre de 25 Rio de Janeiro, 15 de agosto de 25 Lojas Americanas S.A. (BOVESPA: LAME3-ON;LAME4-PN), apresenta os resultados consolidados do 2 º trimestre

Leia mais

1T15 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA

1T15 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA São Paulo, 07 de maio de 2015. A Linx S.A. (BOVESPA: LINX3; Bloomberg: LINX3:BZ e Reuters: LINX3.SA), líder em tecnologia de gestão empresarial para o

Leia mais

No concurso de São Paulo, o assunto aparece no item 27 do programa de Contabilidade:

No concurso de São Paulo, o assunto aparece no item 27 do programa de Contabilidade: Olá, pessoal! Como já devem ter visto, dois bons concursos estão na praça: Fiscal do ISS de São Paulo e Auditor Fiscal do Ceará. As bancas são, respectivamente, a Fundação Carlos Chagas (FCC) e a Escola

Leia mais