LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA"

Transcrição

1 LEITURA ORIENTADA NA SALA DE AULA NATAL! NATAL! ATIVIDADES PROPOSTAS Promover a leitura e a escrita associadas à festa de Natal. Preparação da festa de Natal com a história O Pai Natal Guloso. Elaboração de texto para dramatização. AUTOR(A): JOANA ANGELINO

2 Elaboração de texto para dramatização Escolha de adereços: Fatos de rena: túnicas de papel plissado castanho Chifres de rena feitos de arame (ou fio elétrico grosso) envolvidos em tiras de pano e ajustados com elásticos. Carro do Pai Natal: manta velha com almofadas, guizos cosidos ao pano e tiras de pano cosidas nas pontas da frente para serem puxadas pelas renas. Sacos de pano com caixas vazias e bolas de papel a simularem presentes. Um dos sacos tem caixa com alguns chocolates e muitas pratas a fingir que tem mais chocolates. Outros presentes para serem embrulhados. Personagens Pai Natal Pai Natal Jovem Rena 2 Rena 3 Avó Pai Mãe Criança 2

3 Ficha de Trabalho para registo do texto adaptado Complemento do texto para dramatização em sala de aula, com propostas dos alunos. Leitura dramatizada. Representação. 3

4 Primeiro Ato Local: Sala da casa do Pai Natal Cenário: (descrição das peças que devem compor o cenário de acordo com as propostas dos alunos): Registo: Cena 1 Pai Natal (sentado com ar cansado) Eu não aguento. Cada vez há mais gente à espera de presentes! Mas tem que se distribuir as prendas! Pai Natal Pois é, mas devíamos dividir. Uns festejavam no Inverno e outros no Verão. Renas (em coro) Ah! Ah! Ah! 4

5 Rena 2 O melhor é o Pai Natal arranjar um ajudante. Com dois trenós, torna-se tudo mais fácil. Rena 2 Rena 3 Eu vou chamar um rapaz que de certeza quer ajudar! A Rena 3 sai. O Pai Natal e as outras Renas olham para a porta e cantarolam É Natal É Natal É a voz dos sinos Cena 2 A Rena 3 e o Ajudante entram. Rena 3 Pronto! Ele disse que sim! Pai Natal 5

6 Pai Natal Ajudante Então ótimo! Prepara-te. Está aqui um fato já pronto. As renas ajudam o novo Pai Natal a vestir-se ao som de músicas de Natal. Pai Natal Arranjem-no e tratem de tudo, que eu vou andando para não me atrasar. (Leva o outro trenó com caixas de chocolates). Esse que está aí fica para ti. O Pai Natal sai. Cena 3 O Pai Natal Ajudante acaba de encher o saco do trenó e instala-se todo contente. Estás pronto? Pai Natal Ajudante 6

7 As renas puxam o trenó e o Pai Natal Ajudante diz adeus ao público com ar muito satisfeito e disfarçadamente retira a caixa de chocolates do saco e começa a comer bombons. 7

8 Segundo Ato Cenário: Telhados das casas Cena 1 Pai Natal Ajudante Parem! Renas, por favor, parem! Rena 2 Pai Natal Ajudante Comecei a comer chocolates e não consegui parar. Dói-me a barriga! Francamente! Não tens vergonha! Pai Natal Ajudante Não me ralhes, que estou tão agoniado! Claro que estás agoniado. Mas agora não tens outro remédio senão ir ao armazém buscar mais prendas. Rena 2 E depressa! Já estamos atrasados! 8

9 Assim vai ser uma trapalhada. Depressa, depressa! Saem a puxar o trenó ao som de guizos. 9

10 Terceiro Ato Local: Sala da casa de família Cenário: (descrição feita com base nas propostas dos alunos) Cena 1 Criança Então o Pai Natal nunca mais vem? Pai Mãe Parece que já ouço um ruído Ouvem-se ruídos. Caem os presentes pela chaminé ou pela janela. Cada embrulho traz um cartão. Avó Olha! Este é para mim. A avó abre o presente e são uns patins. Avó Patins? O Pai Natal deve andar Os outros presentes caem pela chaminé. Cada um pega no seu. 10

11 Pai (abre o presente e são duas bonecas) Mãe (abre o presente e é um ursinho de peluche) Criança (abre dois presentes e são três canetas e um avental de cozinha) Todos se riem e trocam as prendas. 11

12 Local: Sobre os telhados Quarto Ato Cena 1 Pai Natal (em pé e a rabujar) Que trapalhice! Nunca mais contrato ajudantes! Pai Natal Ajudante Desculpe! Eu nunca mais faço isto! Pai Natal (ainda rabugento) Gente nova só pensa em comer! Rena 2 Rena 3 Pai Natal Os rapazes novos são gulosos, muito gulosos! Ora, ora! Esqueça! No Natal toda a gente é gulosa. Vamos mas é para o Pólo Norte festejar o nosso Natal! 12

13 Pai Natal Tens razão. O Natal é tempo de paz e alegria! Vamos cantando pelo caminho. Saem, ao som de músicas de Natal. 13

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam

Dois palhaços de nome Fraterninho e Caridoso, entram em cena procurando algo, um de costas para o outro. Ao se tocarem, ambos se assustam PEÇA ESPÍRITA : Confusão de Natal Grupo de Teatro Espírita Sentimento do 20º CRE DA USEERJ Autores : Sidney Pinto Guedes Margareth Silva Rocha Cavalcante Autor Espiritual : Odilon Silva, psicografado por

Leia mais

Olhe! Que parque agradável! Verdade!! É um ótimo lugar!!! Billy está feliz no balanço! Sally e Fred estão tendo um ótimo momento no carrossel!!!

Olhe! Que parque agradável! Verdade!! É um ótimo lugar!!! Billy está feliz no balanço! Sally e Fred estão tendo um ótimo momento no carrossel!!! Língua Inglesa 2 o ano Unidade 1 No parque com minha família Introdução Onde eles estão brincando? Há uma bicicleta Onde está...? Unidade 2 Uma família Introdução Quantos anos você tem? Ele está feliz

Leia mais

Jackson do Pandeiro Roteiro de curta metragem de Ana Beatriz Santos da Silva

Jackson do Pandeiro Roteiro de curta metragem de Ana Beatriz Santos da Silva Jackson do Pandeiro Roteiro de curta metragem de Ana Beatriz Santos da Silva #1 EXT. DIA Panorâmica de baixo para cima mostrando um quintal cheio de galinhas e entulhos. A câmera pára, focando uma menina

Leia mais

É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo.

É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo. 1. É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo. O arco-íris pode parecer muito estranho se você não

Leia mais

coleção Conversas #13 - outubro 2014 - Respostas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. para algumas

coleção Conversas #13 - outubro 2014 - Respostas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. para algumas coleção Conversas #13 - outubro 2014 - Eu estou apanhando muito Estou com medo. O na que minha casa. eu faço? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS

Leia mais

ANEXO V. Guião da Gala H2Ooooh!

ANEXO V. Guião da Gala H2Ooooh! ANEXO V Guião da Gala H2Ooooh! A Gala H2Ooooh será constituída por um conjunto de cinco reflexões sobre as diferentes áreas temáticas do projeto e quatro atividades. Ordem Ação Intervenientes 1º Apresentação

Leia mais

Nome. Data. Tarefa C1. diferentes, folha de papel A3, fita-cola.

Nome. Data. Tarefa C1. diferentes, folha de papel A3, fita-cola. Tarefa C1 Material por grupo: palhinhas com diferentes padrões diferentes, folha de papel A3, fita-cola. e/ou cores, de três tamanhos Observa bem as palhinhas que estão em cima da mesa e pensa numa maneira

Leia mais

Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia.

Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia. 1 Das rosas vem o amor E da flor a poesia, O homem que já amou Torna-se poeta durante o dia. 2 ... Os olhos do poeta é o coração... 3 Introdução:... O amor é como uma música lenta que tu pões para escutar

Leia mais

O JANTAR. Marido desliga a TV. A filha permanece sentada. Entram os convidados. Todos se cumprimentam.

O JANTAR. Marido desliga a TV. A filha permanece sentada. Entram os convidados. Todos se cumprimentam. 1 O JANTAR de ALEX MOLETTA A cena se passa numa sala de jantar. Uma família aguarda a chegada de alguns amigos. Enquanto a Mulher arruma a mesa, o Marido e a Filha estão sentados à frente de uma TV assistindo

Leia mais

de de património imaterial

de de património imaterial de Kit recolha de património imaterial PATRIMÓNIO IMATERIAL TRADIÇÕES ORAIS FICHA N.º 1. NOME DA TRADIÇÃO ORAL: 2. LOCAL ONDE SE PRATICA: DISTRITO CONCELHO FREGUESIA LOCAL IMAGEM 1 3. NOME(S) DO(S) DETENTOR(ES)

Leia mais

A CAMINHO DA ETERNIDADE

A CAMINHO DA ETERNIDADE 1. A CAMINHO DA ETERNIDADE FADE IN: CENA 01 INT. SALA DIA Uma senhora de setenta anos está sentada numa poltrona e segura um livro. Uma moça bonita de 17 anos ENTRA e joga a mochila sobre o sofá, dá um

Leia mais

Ahmmm... Deus? O mesmo flash de ainda há pouco e, de novo, estava à Sua frente:

Ahmmm... Deus? O mesmo flash de ainda há pouco e, de novo, estava à Sua frente: EAÍ, CARA? O que é que eu estou fazendo aqui? Quem é você? Você sabe muito bem quem Eu sou. É... Vai fundo, fala!... Deus? Viu? Não era tão difícil assim! Claro que Eu sou Deus. É assim que você Me imaginava,

Leia mais

2 MENINOS: VESTIDOS DE (PASTORES) _:

2 MENINOS: VESTIDOS DE (PASTORES) _: CANTAR AUTO DE NATAL Cai, neve, cai neve, cai neve Sobre a Serra bis Branquinha cobre o chão, e então, Fica branquinha a Serra! bis 2 MENINOS: VESTIDOS DE (PASTORES) _: Rodrigo Esteves: e o João_seco Rodrigo

Leia mais

www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto.

www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. $$UWH7HDWUDO$6HUYLoR'R0HVWUH Script Dia dos Pais UM GRANDE PRESENTE PARA O PAPAI Teatro Evangélico A arte teatral a serviço do mestre. www.teatroevangelico.com.br

Leia mais

Dicas Para Ser Um Ótimo Músico. Parte 1/6. Departamento de Música AD Vale das Virtudes

Dicas Para Ser Um Ótimo Músico. Parte 1/6. Departamento de Música AD Vale das Virtudes Dicas Para Ser Um Ótimo Músico Parte 1/6 Departamento de Música AD Vale das Virtudes Paz do Senhor Jesus! É com muita alegria e satisfação que lhe apresentamos nosso 1º Curso Online ministrado pelo do

Leia mais

A Aventura Cerebral do Sam

A Aventura Cerebral do Sam A Aventura Cerebral do Sam Por Eric H. Chudler e Sam Chudler O Sam estava a estudar para O Sam adormeceu a pensar e começou a sonhar. um teste sobre o cérebro. sobre o sistema nervoso Eram tantas as palavras

Leia mais

O poder profilático e recuperador das linguagens criativas nas histórias para a infância

O poder profilático e recuperador das linguagens criativas nas histórias para a infância O poder profilático e recuperador das linguagens criativas nas histórias para a infância CRISTINA NOBRE INCLUDIT, 5 E 6 julho 2013 [ ] Nos livros busco só o dar-me prazer através de uma decente distracção

Leia mais

Teatro A História da Carochinha

Teatro A História da Carochinha Teatro A História da - O meu nome é, gosto muito de limpar. Arrumo a casa toda, sempre a cantar. Tenho uma vida pacata mas gostava de casar. Vestir um vestido branco e um marido arranjar. Mas preciso de

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR

PLANO DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR Setembro Outubro 11 Início do Ano Letivo 15 a 19 Reunião de Pais 22 a 26 01 16 Chegada do Outono música Alimentação Atividades de escolha livre; Atividades de exploração do espaço exterior. Apresentação

Leia mais

Bibi e o Triciclo Fantasma!

Bibi e o Triciclo Fantasma! Bibi e o Triciclo Fantasma! NINA Vamos contar uma história de fantasma, Nana? NANA Ah, Marina, história de fantasma eu não sei nenhuma... NINA Pense, Nana, pense uma! NANA- Ah, sei lá... Não gosto muito

Leia mais

Como trabalhar cada semana de Dezembro com excelência e obter resultados!!! Mayara Soberano Diretora Sênior de Vendas

Como trabalhar cada semana de Dezembro com excelência e obter resultados!!! Mayara Soberano Diretora Sênior de Vendas Como trabalhar cada semana de Dezembro com excelência e obter resultados!!! Mayara Soberano Diretora Sênior de Vendas NÃO NÃO!!!! O tempo passa de minuto em minuto igualzinho todos os dias. Somos nós

Leia mais

Era uma vez uma menina chamada Ynari que gostava de passear perto da sua aldeia, ouvir os passarinhos, sentar-se na margem do rio.

Era uma vez uma menina chamada Ynari que gostava de passear perto da sua aldeia, ouvir os passarinhos, sentar-se na margem do rio. Era uma vez uma menina chamada Ynari que gostava de passear perto da sua aldeia, ouvir os passarinhos, sentar-se na margem do rio. Certa tarde, do capim saiu um homem muito pequenino. - Olá! - Olá! Chamo-me

Leia mais

É Quase Natal. Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa

É Quase Natal. Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa É Quase Natal No vale encantado Vive uma família especial São Bonecos de Neve E é quase Natal 2x Andam todos a brincar A correr, a saltar na floresta Mas não há tempo a perder Têm de preparar a festa Tanto

Leia mais

Anexo 2.8- Entrevista G2.3

Anexo 2.8- Entrevista G2.3 Entrevista G2.3 Entrevistado: E2.3 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência e 45 anos Masculino Ucrânia 14 anos m Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias: Ensino superior Polónia Língua materna:

Leia mais

Geração Graças Peça: Os dois fundamentos

Geração Graças Peça: Os dois fundamentos Geração Graças Peça: Os dois fundamentos Autora: Marise Lins O cenário é um quarto de duas pré-adolescentes. E está chovendo na cidade. (som de chuva e trovão) Personagens: Bia está com o livro na mão

Leia mais

Crack: Vamos olhar de perto

Crack: Vamos olhar de perto Crack: Vamos olhar de perto M A N A U S - AM M A R Ç O D E 2 0 1 4 T A N I E L E R U I @ Y A H O O. C O M. B R A linha do Paranapanema O Prédio da Vila Industrial A terra do crack Usos da Cracolândia o

Leia mais

COMUNICAÇÃO VISUAl NOMES VISUAIS MEU SINAL. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.

COMUNICAÇÃO VISUAl NOMES VISUAIS MEU SINAL. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com. COMUNICAÇÃO VISUAl NOMES VISUAIS MEU SINAL h e l o i r e u m e u m i n h a 9 MEU SINAL s u e l i 10 e l a *Ilustração: IESDE Brasil S.A. 11 MEU SINAL j e f f e r s o n 12 e l e *Ilustração: IESDE Brasil

Leia mais

01 RABISQUE ALGO "Ahh mas eu não sei desenhar...". Gente, eu não faço nem boneco palito, sério mesmo! Quando eu digo que a gente precisa desenhar, podem ser desenhos simples, rabiscos! Esteja sempre fazendo

Leia mais

- o cachorro de Davi e o gato de Charles têm o nome do dono do gato chamado Charles.

- o cachorro de Davi e o gato de Charles têm o nome do dono do gato chamado Charles. Alberto,, Charles e Davi são amigos, e cada um deles é dono de um gato e de um cachorro. O gato e o cachorro de cada um dos quatro amigos têm nomes distintos e escolhidos dentre os nomes dos três amigos

Leia mais

Prova de Português / Comentada 8º Anos IV Unidade Tipo II Valor: 7,0 pontos

Prova de Português / Comentada 8º Anos IV Unidade Tipo II Valor: 7,0 pontos Prova de Português / Comentada 8º Anos IV Unidade Tipo II Valor: 7,0 pontos Obs: Micro: Leitura Expressiva: Prova: Não será aceita a utilização de corretivo. Não será permitido o empréstimo de material

Leia mais

Vidas de Insectos. Escola Básica 2,3 Pedro Eanes Lobato. Trabalho elaborado por: Professoras responsáveis: Amora

Vidas de Insectos. Escola Básica 2,3 Pedro Eanes Lobato. Trabalho elaborado por: Professoras responsáveis: Amora Escola Básica 2,3 Pedro Eanes Lobato Amora Vidas de Insectos Trabalho elaborado por: - Alunos do Clube do Ambiente O Ambiente à Flor da PEL Professoras responsáveis: - Célia Rosado e Júlia Ribeiro Amora,

Leia mais

Pai, eu adoro-te com todo o meu coração, Tu estás sempre ao meu lado, Para me fazeres rir, A maior parte das vezes fazes-me sorrir.

Pai, eu adoro-te com todo o meu coração, Tu estás sempre ao meu lado, Para me fazeres rir, A maior parte das vezes fazes-me sorrir. PAI Pai, eu adoro-te com todo o meu coração, Tu estás sempre ao meu lado, Para me fazeres rir, A maior parte das vezes fazes-me sorrir. Pai, há tantas qualidades, É impossível de explicar, Já perdi a conta,

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2011 1º SEMESTRE 4º ANO FASE COMPLEMENTAR UME. Nome

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2011 1º SEMESTRE 4º ANO FASE COMPLEMENTAR UME. Nome AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2011 1º SEMESTRE 4º ANO FASE COMPLEMENTAR UME Nome N. 4º ano Professor (a) 1. Rex é um cachorro que adora comer. Ele ganha 3 ossos por dia. Em 15 dias, quantos ossos ele irá ganhar?

Leia mais

O PREÇO DO ALVORECER

O PREÇO DO ALVORECER O PREÇO DO ALVORECER Um amor inesquecível Sabe essas manhãs, quando você não tem nada para fazer e resolver sair sem rumo? Então, uma manhã dessas resolvi sair e fui até uma praça próximo da minha casa,

Leia mais

E- Queria começar por te perguntar quanto tu soubeste que ias para o teatro como é que foi a tua reação, ficaste entusiasmado, não ficaste E4- Fiquei

E- Queria começar por te perguntar quanto tu soubeste que ias para o teatro como é que foi a tua reação, ficaste entusiasmado, não ficaste E4- Fiquei E- Queria começar por te perguntar quanto tu soubeste que ias para o teatro como é que foi a tua reação, ficaste entusiasmado, não ficaste E4- Fiquei entusiasmado. E- E porque é que gostavas de já tinhas

Leia mais

Recursos de apoio ao professor relacionados com o Natal

Recursos de apoio ao professor relacionados com o Natal Dito e Feito Língua Portuguesa, 5. ano Recursos de apoio ao professor relacionados com o Natal Oo Dito e Feito Língua Portuguesa, 5. ano Oo PRÉ-LEITURA / ORALIDADE O Natal está a chegar! Para muitas pessoas

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa Nome: Ano: 1º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Códigos e Linguagens

Leia mais

Bons-tratosparaavida. apoio: ISBN:978-85-7839-134-8

Bons-tratosparaavida. apoio: ISBN:978-85-7839-134-8 BRASIL Bons-tratosparaavida apoio: ISBN:978-85-7839-134-8 Vamos cantar Vamos cantar, vamos cuidar Este é meu corpo E vou lhe apresentar Onde estão suas mãos? Minhas mãos aqui estão. Vamos todos juntos

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Aguada de Cima

Agrupamento de Escolas de Aguada de Cima Agrupamento de Escolas de Aguada de Cima 2011/2012 Tarefa 1: Como resolver? 1. O João pediu aos pais uma P.S.P. e o seu irmão um telemóvel, como presente de Natal. Sabendo que a P.S.P custa 156 euros e

Leia mais

ONDJAKI. A BICICLETA QUe TINHA BIGODES. estórias sem luz elétrica. Livros do Dia e da Noite

ONDJAKI. A BICICLETA QUe TINHA BIGODES. estórias sem luz elétrica. Livros do Dia e da Noite ONDJAKI A BICICLETA QUe TINHA BIGODES estórias sem luz elétrica Livros do Dia e da Noite Na minha rua vive o tio Rui, que é escritor e inventa estórias e poemas que até chegam a outros países muito internacionais.

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY. Como fazer seu Natal render muito $$$

PERSONAL SHOPPER MARY KAY. Como fazer seu Natal render muito $$$ PERSONAL SHOPPER MARY KAY Como fazer seu Natal render muito $$$ O QUE É? A forma mais fácil de conquistar seu desafio trimestral! Uma maneira de girar sua pronta entrega Lucro certo pois você trabalhará

Leia mais

A dieta do Pai Natal. De Fabrice Lelarge adaptado. 1ª Cena

A dieta do Pai Natal. De Fabrice Lelarge adaptado. 1ª Cena A dieta do Pai Natal De Fabrice Lelarge adaptado Nota: em itálico, sugerem-se pistas para a expressividade na leitura e na dramatização. 1ª Cena Narrador: Um dia, o Pai Natal visitou as renas e colocou-as

Leia mais

MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF 1) Antes de iniciar, leia com atenção as instruções que se seguem.

MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF 1) Antes de iniciar, leia com atenção as instruções que se seguem. A preencher pelo entrevistador: MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF ) Criança 6- anos O preenchimento deste diário é imprescindível para o conhecimento da atividade física

Leia mais

1. Apresentar a obra (22 poemas) e respetiva autora (sua relevância na literatura para a infância em Portugal)

1. Apresentar a obra (22 poemas) e respetiva autora (sua relevância na literatura para a infância em Portugal) Miste rios Proposta de trabalho 1. Apresentar a obra (22 poemas) e respetiva autora (sua relevância na literatura para a infância em Portugal) 2. Folhear livro e antecipar tipo de texto; ativar conhecimentos

Leia mais

Programa Sugestivo de 13º Sábado

Programa Sugestivo de 13º Sábado Programa Sugestivo de 13º Sábado Objetivos 1. Fortalecer o programa de 13º Sábado na Igreja. 2. Valorizar o estudo da Lição da Escola Sabatina. 3. Mostrar as necessidades da Divisão, que está sendo ajudada.

Leia mais

Aprender a comer bem

Aprender a comer bem Aprender a comer bem 3 Todos os dias os Cufitas vão para escola aprender coisas novas. Aprender a ler, a escrever e no recreio brincam com os amigos. Um dia no recreio, encontraram o João a chorar e perguntaram-lhe:

Leia mais

Bando das Cavernas. Ruby: Como a sua melhor qualidade é o bom senso, é ela quem, na maioria dos casos, põe ordem no bando.

Bando das Cavernas. Ruby: Como a sua melhor qualidade é o bom senso, é ela quem, na maioria dos casos, põe ordem no bando. Bando das Cavernas Tocha: Na escola tem fama de saber acender uma fogueira, embora nunca ninguém o tenha visto fazer tal proeza. Ruby: Como a sua melhor qualidade é o bom senso, é ela quem, na maioria

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016

ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO OSORIO PROFESSORA: REGINA CÉLIA DA SILVA ANDRADE ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016 TEXTO TEATRAL Características: Texto escrito para ser representado Escrito

Leia mais

CONTO DE NATAL. NARRADOR 2: Outros comentavam os presentes a oferecer e os presentes a receber.

CONTO DE NATAL. NARRADOR 2: Outros comentavam os presentes a oferecer e os presentes a receber. CONTO DE NATAL PERSONAGENS: Narrador 1, Narrador 2, Pedro, mãe, avó, mulher 1, mulher 2, mulher 3, mulher 4, mulher 5, homem 1, homem 2, criança 1, criança 2, criança 3, criança 4, criança 5, criança 6,

Leia mais

Minha família é um presente de Deus

Minha família é um presente de Deus Minha família é um presente de Deus Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família

Leia mais

Novidades da semana passada

Novidades da semana passada BOAAAA TARDEEEEE Novidades da semana passada Desafio Desafio Inauguração da Casa Rosa Meu site MK Meu site MK LANÇAMENTOS!! O Natal Chegou! Nada acontece até que alguém venda algo. Mary Kay Ash Promoção

Leia mais

Alguns Apontamentos Sobre Cálculo Combinatório

Alguns Apontamentos Sobre Cálculo Combinatório Alguns Apontamentos Sobre Cálculo Combinatório 1 O objectivo do Cálculo Combinatório é resolver problemas do tipo: quantas matriculas de carro é possível fazer em Portugal ; quantos números de telefone

Leia mais

CALCULANDO O PREÇO DO PRODUTO FINAL

CALCULANDO O PREÇO DO PRODUTO FINAL CALCULANDO O PREÇO DO PRODUTO FINAL 1º PASSO RELACIONE O MATERIAL NECESSÁRIO PARA CONFECÇÃO E SEUS RESPECTIVOS PREÇOS Quantidade Material Preço Unit Preço total 35 cm Tecido 13,00 4,55 35 cm Forro 7,00

Leia mais

Raciocínio Lógico Matemático Cap. 8 Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação

Raciocínio Lógico Matemático Cap. 8 Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação Raciocínio Lógico Matemático Cap. 8 Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação Sequências Lógicas e Suas Leis de Formação Estudaremos, neste capítulo, várias sequências lógicas e buscaremos explorar quais

Leia mais

O JOGO COMO METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA (MULTIPLICAÇÃO - TABUADA)

O JOGO COMO METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA (MULTIPLICAÇÃO - TABUADA) O JOGO COMO METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA (MULTIPLICAÇÃO - TABUADA) 3º ANO Adriana da Silva Santi Coordenação Pedagógica de Matemática Piraquara Março/2015 1 JOGOS PARA O ENSINO DA MULTIPLICAÇÃO

Leia mais

SÔNIA FÁBIO JULIANA GUSTAVÃO ANGELINA ANGELINA. Participação especial GARÇOM E ARLETE

SÔNIA FÁBIO JULIANA GUSTAVÃO ANGELINA ANGELINA. Participação especial GARÇOM E ARLETE Novela de CLEITON CARDOSO FÁBIO MAGNONI Escrita por CLEITON CARDOSO FÁBIO MAGNONI Colaboração de Thelma Guedes Direção FRED MAYRINK VASCONCELOS Direção Geral/Núcleo JORGE FERNANDO Personagens deste capítulo

Leia mais

O livro em branco. Elton Rodrigues Janaína Medeiros Maísa Rozendo Ricardo Fontes

O livro em branco. Elton Rodrigues Janaína Medeiros Maísa Rozendo Ricardo Fontes O livro em branco Elton Rodrigues Janaína Medeiros Maísa Rozendo Ricardo Fontes O livro em branco Elton Rodrigues Janaína Medeiros Maísa Rozendo Ricardo Fontes O LIVRO EM BRANCO ILUSTRAÇÃO Elton Rodrigues

Leia mais

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar:

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar: Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: 1- Deus criou os céus e a terra. Gênesis 1:1 A CRIAÇÃO DO MUNDO Versículos para decorar: 2 Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu

Leia mais

Registo de Opinião Sobre o 1.º Ano de Projecto. Crianças

Registo de Opinião Sobre o 1.º Ano de Projecto. Crianças Registo de Opinião Sobre o 1.º Ano de Projecto Crianças Gostei de muito de estar aqui na escola, de brincar com todos, gostei muito, muito do acampamento e das visitas de estudo e para o ano vou ficar

Leia mais

Tens alguma bagagem? Sim, tenho a minha mochila e um saco grande. Bom, eu fico com o saco e tu ficas com a mochila. Está bem?

Tens alguma bagagem? Sim, tenho a minha mochila e um saco grande. Bom, eu fico com o saco e tu ficas com a mochila. Está bem? Nível 1 CHEGADA Olá! És a Sandra? Sou, sim, e tu, és o João? Sim, finalmente! Como estás? Estou bem, e tu? Muito bem, obrigada. E a viagem, foi boa? Não foi má... Estou um pouco cansada e tenho sede. Está

Leia mais

Uma brincadeira de bola chamada Ordem

Uma brincadeira de bola chamada Ordem Lição 2 Uma brincadeira de bola chamada Ordem Ruth Rocha Dá pra fazer de turma ou até sozinho. Bata a bola na parede e jogue de volta, quem deixar a bola cair sai fora. Ordem! Seu lugar! Enquanto bate

Leia mais

Nome: Data: / / Autora: Lara Francisco. Este é o livro que vamos ler. Espero que gostes! Observa-o com muita atenção e. completa: Título: Autor:

Nome: Data: / / Autora: Lara Francisco. Este é o livro que vamos ler. Espero que gostes! Observa-o com muita atenção e. completa: Título: Autor: Nome: _ Data: / / Autora: Lara Francisco Este é o livro que vamos ler. Espero que gostes! Observa-o com muita atenção e completa: Título: Autor: Ilustrações: Editora: Edição: Colecção: Ninguém dá prendas

Leia mais

1. Ouça o depoimento de Diana, sem acompanhar a transcrição, e complete as lacunas. Diana: E o meu trabalho, eu numa empresa chamada B2W, que

1. Ouça o depoimento de Diana, sem acompanhar a transcrição, e complete as lacunas. Diana: E o meu trabalho, eu numa empresa chamada B2W, que Todos os dias Gramática: atividades De olho no mercado 1. Ouça o depoimento de Diana, sem acompanhar a transcrição, e complete as lacunas. Diana: E o meu trabalho, eu numa empresa chamada B2W, que trabalha

Leia mais

De Capa a Capa (Cover 2 Cover) Por Sharon Kay Chatwell, Março 2010

De Capa a Capa (Cover 2 Cover) Por Sharon Kay Chatwell, Março 2010 De Capa a Capa (Cover 2 Cover) Por Sharon Kay Chatwell, Março 2010 RESUMO: SKIT escrita para adolescentes e estudantes de idade universitária. 6 Atores ao mínimo 3 Personagens Principais com várias falas.

Leia mais

A solução do Futuro. Laryssa Pedroso. Editora Melhorando

A solução do Futuro. Laryssa Pedroso. Editora Melhorando A solução do Futuro Laryssa Pedroso Editora Melhorando Este livro é destinado a faixa etária de 7 e 8 anos. Você topa entrar nessa aventura respondendo e podendo solucionar tudo que está acontecendo com

Leia mais

CHICO COCHICHO MAS NA CHÁCARA DO CHICO COCHICHO ESTE É O CHICO COCHICHO, VOCÊ NUNCA VAI ACHAR COM CARA DE LUA CHEIA, COM COVINHA NA BOCHECHA

CHICO COCHICHO MAS NA CHÁCARA DO CHICO COCHICHO ESTE É O CHICO COCHICHO, VOCÊ NUNCA VAI ACHAR COM CARA DE LUA CHEIA, COM COVINHA NA BOCHECHA CHICO COCHICHO ESTE É O CHICO COCHICHO, COM CARA DE LUA CHEIA, COM COVINHA NA BOCHECHA E UM SORRISO QUE NÃO FECHA... MAS NA CHÁCARA DO CHICO COCHICHO VOCÊ NUNCA VAI ACHAR (NÃO ADIANTA PROCURAR...) ESTAS

Leia mais

30/11/2010. Discurso do Presidente da República

30/11/2010. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de inauguração das eclusas de Tucuruí, contratação de 41 engenheiros formados na usina hidrelétrica Tucuruí pela usina hidrelétrica Belo Monte e assinatura

Leia mais

O Nascimento de Jesus nosso Salvador

O Nascimento de Jesus nosso Salvador Este livrinho faz parte do material disponibilizado pelo projecto Presépio na Cidade. O Presépio na Cidade é um projecto de leigos católicos voluntários, cujo lema de 2005 é Presépio, berço do Cristo Vivo

Leia mais

Começando a falar sobre frações

Começando a falar sobre frações cap1_aluno 2016/8/29 22:29 page 1 #1 Lição 1 Começando a falar sobre frações EXPLORANDO O ASSUNTO Atividade 1 Três irmãos vão repartir uma barra de chocolate. Um deles sugere a seguinte divisão: - FIGURA

Leia mais

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar?

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Vamos aos requisitos!! Se formar diretora até 1 de agosto

Leia mais

Projecto ATL 2010 / 2011

Projecto ATL 2010 / 2011 Projecto ATL 2010 / 2011 Coordenação: Monitores: Auxiliar: Isabel Torres Margarida Rocha, Marina Almeida, João Freitas, Rute Fernandes Isabel Almeida Nos primeiros anos de vida, o ser humano forma a sua

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Renata Ohlson Heinzelmann Bosse

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Renata Ohlson Heinzelmann Bosse EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Porto Alegre RS Brasil Mestra em

Leia mais

MÁSCARAS: A SELVA O Mago Mico

MÁSCARAS: A SELVA O Mago Mico PT MÁSCARAS: A SELVA O Mago Mico Ref. 66011 PT Ref. 66011 MÁSCARAS: A SELVA CONTEÚDO E DESCRIÇÃO Conjunto composto por 4 máscaras (tamanho para 3-7 anos) + CD ÁUDIO (sem imagens) com a gravação sonora

Leia mais

TAREFAS NA SALA DE AULA SONO. Índice

TAREFAS NA SALA DE AULA SONO. Índice TAREFAS NA SALA DE AULA SONO Índice TAREFAS NA SALA DE AULA SONO... 1 Tarefa 1... 2 Tarefa 2... 3 Tarefa 3... 4 Tarefa 4... 5 Tarefa 5... 6 Tarefa 6... 7 Tarefa 7... 8 Tarefa 8... 9 Tarefa 1 Como qualquer

Leia mais

Unidade 4 - O alfabeto e a correspondência entre o som e a escrita

Unidade 4 - O alfabeto e a correspondência entre o som e a escrita Unidade 4 - O alfabeto e a correspondência entre o som e a escrita Seção 1 Introdução ao estudo das letras do alfabeto: aspecto gráfico Atividade 1 Alfabeto individual 1 Unidade 4 - O alfabeto e a correspondência

Leia mais

Parabéns por estar aqui, você é uma

Parabéns por estar aqui, você é uma Parabéns por estar aqui, você é uma DIRETORA em Qualificação! QUALIFICAÇÃO É UM ESTÁGIO PARA O DIRETORADO ONDE A DIQ APRENDE COMO A DIRETORA FAZ!!! Trabalho duro e constante vão te levar ao topo! EXEMPLO,

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL ESCOLA DOMINICAL FEITA PRA MIM E PRA VOCÊ. Celebração do Dia dos Pais 1

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL ESCOLA DOMINICAL FEITA PRA MIM E PRA VOCÊ. Celebração do Dia dos Pais 1 DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL ESCOLA DOMINICAL FEITA PRA MIM E PRA VOCÊ Celebração do Dia dos Pais 1 PAIS: a alegria dos filhos/as Coroa dos velhos são os filhos dos filhos; e a gloria dos

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 MATEMÁTICA 3º ANO. Escola: Professora: Aluno:

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 MATEMÁTICA 3º ANO. Escola: Professora: Aluno: AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA 2013 MATEMÁTICA 3º ANO Escola: Professora: Aluno: Faça as questões abaixo com atenção e com calma. É uma avaliação que vai mostrar o que você já sabe e o que precisa aprender. Questão

Leia mais

FUTUROS DESEJÁVEIS (Wellington Nogueira)

FUTUROS DESEJÁVEIS (Wellington Nogueira) FUTUROS DESEJÁVEIS (Wellington Nogueira) FUTUROS DESEJÁVEIS (Wellington Nogueira) 1) Onde começa e onde termina o Hospital? As pessoas estão cultivando a doença em uma série de situações. Apesar da doença

Leia mais

Canguru de Matemática Brasil 2016 Nível PE Respostas

Canguru de Matemática Brasil 2016 Nível PE Respostas Canguru de Matemática Brasil 2016 Nível PE Respostas Problemas de 3 pontos 1. Qual letra do quadro ao lado não está na palavra LAGOA? (A) B (B) L (C) G (D) N (E) O 1. Alternativa D A letra N não aparece

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

Manual de como eu fiz (Passo a passo)

Manual de como eu fiz (Passo a passo) Manual de como eu fiz (Passo a passo) 2014 - Ano I - Manual- VI Deixo um exemplo de como fazer. Assim como eu fiz, Façam vocês também Editorial Presados companheiros de hobby, Com estes manuais com pequenas

Leia mais

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe

Tânia Abrão. Coração de Mãe. Coração De Mãe Coração de Mãe Coração De Mãe Página 1 Coração De Mãe 1º Edição Agosto de 2013 Página 2 Coração De Mãe 1º Edição È proibida à reprodução total ou parcial desta obra, por Qualquer meio e para qualquer fim

Leia mais

Uma saudação carinhosa

Uma saudação carinhosa Meus caros amiguitos e amiguitas! Uma saudação carinhosa Olá! Chamo-me António Marto. Sou o novo Bispo desta diocese de Leiria-Fátima. Sabem o que é ser Bispo? Eu explico-vos através de uma comparação

Leia mais

AGENDAMENTO PARA O SUCESSO

AGENDAMENTO PARA O SUCESSO AGENDAMENTO PARA O SUCESSO FICHA DE PLANEJAMENTO SEMANAL SEG TER QUA QUI SEX SAB DOM 7:00-8:00 8:00-9:00 9:00-10:00 10:00-11:00 11:00-12:00 12:00-13:00 13:00-14:00 14:00-15:00 15:00-16:00 16:00-17:00 17:00-18:00

Leia mais

Lição 5 - VIVENDO A ALEGRIA DE PREGAR O EVANGELHO Texto Bíblico: Filipenses 1.20,21

Lição 5 - VIVENDO A ALEGRIA DE PREGAR O EVANGELHO Texto Bíblico: Filipenses 1.20,21 Lição 5 - VIVENDO A ALEGRIA DE PREGAR O EVANGELHO Texto Bíblico: Filipenses 1.20,21 O apóstolo Paulo está dizendo que o evangelho precisa ser proclamado, não importa com algema ou sem algema, o evangelho

Leia mais

Apresentação: Então, ao jogarmos fora estamos jogando algo que pode valer ouro nas mãos de quem tem criatividade. Sugestões Práticas:

Apresentação: Então, ao jogarmos fora estamos jogando algo que pode valer ouro nas mãos de quem tem criatividade. Sugestões Práticas: Apresentação: As Lâmpadas econômicas do tipo apresentadas nesse tutorial tem a tendência natural de em algum momento não ligar mais após certo tempo de uso, pelo mesmo motivo muitas vezes pegamos as mesmas

Leia mais

Questionário AHEMD (2-12 meses)

Questionário AHEMD (2-12 meses) Questionário AHEMD (2-12 meses) Características da Criança Código Data Nome da Criança: Masc. / Fem. Data Nascimento: / / Peso ao nascer: gramas Nunca Menos de 3 meses 3-6 meses 6-12 meses Há quanto tempo

Leia mais

Chamei? Eu não te chamei. Eu estou orando. "Pai nosso que estais nos céus."

Chamei? Eu não te chamei. Eu estou orando. Pai nosso que estais nos céus. "Pai nosso, que estás nos céus". --- Sim? Não me interrompa. Estou orando. --- Mas você me chamou. Chamei? Eu não te chamei. Eu estou orando. "Pai nosso que estais nos céus." --- Aí. Você fez de novo.

Leia mais

VENDAS CRISTIANE ÉCHELI DIRETORA FUTURA EXECUTIVA DE VENDAS MARY KAY

VENDAS CRISTIANE ÉCHELI DIRETORA FUTURA EXECUTIVA DE VENDAS MARY KAY VENDAS CRISTIANE ÉCHELI DIRETORA FUTURA EXECUTIVA DE VENDAS MARY KAY Minha História de Vendas Comecei aos 7 anos de idade- limão, geladinho, roupas de boneca, papel de carta, figurinha de álbum Aos 13

Leia mais

Agrupamento de Escolas Ribeiro de Carvalho. EB1 nº 1 do Cacém. Observa atentamente a capa do livro e responde às seguintes questões:

Agrupamento de Escolas Ribeiro de Carvalho. EB1 nº 1 do Cacém. Observa atentamente a capa do livro e responde às seguintes questões: ANEXOS ANEXO I ii Agrupamento de Escolas Ribeiro de Carvalho EB1 nº 1 do Cacém Nome: Data: / / ANEXO II Observa atentamente a capa do livro e responde às seguintes questões: 1. O que te sugere o título

Leia mais

Não te esqueças de mim, Pai Natal! Autor: Norbert Landa Ilustrador: Marlis Scharff-Kniemeyer

Não te esqueças de mim, Pai Natal! Autor: Norbert Landa Ilustrador: Marlis Scharff-Kniemeyer Não te esqueças de mim, Pai Natal! Autor: Norbert Landa Ilustrador: Marlis Scharff-Kniemeyer No Inverno, não há no vale dos ursos nem cogumelos, nem amoras, nem o mel das abelhas. Em vez disso, só há neve,

Leia mais

A gestão em nosso dia... Para refletirmos...

A gestão em nosso dia... Para refletirmos... A gestão em nosso dia... A dia... Para refletirmos... Seis aulas de Gestão Estratégica AULA.1. Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta

Leia mais

www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto.

www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. www.teatroevangelico.com.br Evangelismo de Impacto. $$UWH7HDWUDO$6HUYLoR'R0HVWUH Script O TREM O TREM PEÇA IDEAL PARA: CULTO JOVEM CULTO DOMINICAL RETIRO CONGRESSOS OUTROS TEATRO EVANGÉLICO (A arte Teatral

Leia mais

2. De acordo com a história, completa o seguinte texto com as palavras contidas no rectângulo.

2. De acordo com a história, completa o seguinte texto com as palavras contidas no rectângulo. Nome: Data: / / 1. Completa o quadro com os seguintes dados sobre a obra: Título: Autora: Ilustradora: Editora: Edição: Data da 1.ª edição: Data da edição actual: 2. De acordo com a história, completa

Leia mais

Jogo do Lencinho. Material necessário Um lenço.

Jogo do Lencinho. Material necessário Um lenço. Jogos tradicionais O jogo popular é uma da mais espontânea e belas formas de expressão da alma popular. Nele se exprime a necessidade de lazer, a alegria do trabalho, transfigurado em festa e a imaginação

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Teste 1. (a) 0.33 (b) 0.50 (c) 0.30 (d) 0.20

Teste 1. (a) 0.33 (b) 0.50 (c) 0.30 (d) 0.20 Teste 1 1. Das 4 afirmações seguintes qual a que é falsa? a) O primeiro quartil é o valor da observação tal que existem 25% de observações menores o iguais a ela; b) A mediana é sempre igual ao percentil

Leia mais

26/02/2008. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

26/02/2008. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Unidade de Pronto Atendimento 24h de Campo Grande (RJ) Bairro Campo Grande RJ, 26 de fevereiro de 2008 Companheiros e companheiras, Primeiro,

Leia mais

LIÇÃO 6 Bondade & Benignidade: Retribuindo a bondade de Deus

LIÇÃO 6 Bondade & Benignidade: Retribuindo a bondade de Deus Lição 3: Alegria LIÇÃO 6 Bondade & Benignidade: Retribuindo a bondade de Deus RESUMO BÍBLICO Provérbios 11:17; Gálatas 5:22; Gálatas 6:10; Salmos 116:12 O ser humano reflete a benignidade e a bondade de

Leia mais