Horário de Funcionamento dos Laboratórios de Informática Portadores de Necessidades Educativas Especiais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3.1.1.4 Horário de Funcionamento dos Laboratórios de Informática. 3.1.1.6 Portadores de Necessidades Educativas Especiais"

Transcrição

1 Instalações e Laboratórios Específicos Orçamento anual destinado à aquisição de material de consumo nos laboratórios, oficinas e estúdios especificados nas tabelas anteriores Para os laboratórios de informática serão gastos anualmente para sua atualização e compra de material de consumo R$ ,00 (Vinte e cinco mil reais) Horário de Funcionamento dos Laboratórios de Informática Haverá laboratórios de informática a disposição dos alunos em tempo integral. Os demais locais, funcionarão de acordo com cronograma elaborado por professores ou orientadores para funcionamento ou com horários previamente agendados Laboratórios de Informática Os laboratórios de informática da IES são destinados para os acadêmicos* e colaboradores da IES. A IES possui cinco laboratórios de informática, sendo: - 3 salas: localizadas no quinto andar do prédio; - 1 sala: localizada na biblioteca - 1 sala: localizada em prédio destinado à Educação Infantil Portadores de Necessidades Educativas Especiais A IES disponibiliza a mesma infra-estrutura que aos demais alunos, aos portadores de necessidades educativas especiais, ou seja, computadores localizados na biblioteca. Para o acesso a estes computadores, a IES criou condições favoráveis para o deslocamento dos portadores de necessidades educativas especiais como rampas de acesso e cadeiras confortáveis. A IES está em fase de aquisição do elevador e computadores com programas específicos para atendimento ao deficiente visual e auditivo, e respectiva impressora. Dentre as diversas aplicações dos laboratórios, pode-se destacar: - aulas de capacitação em informática; - criação de animações; - cursos e treinamentos específicos; - desenvolvimento de softwares;

2 - desenvolvimento páginas para a Internet; - digitalização de imagens e vídeos; - elaboração de apresentações; - elaboração de documentos; - elaboração de planilhas, orçamentos e gráficos; - elaboração de trabalhos acadêmicos e / ou monografias - manipulação de banco de dados; - pesquisas na Internet; - uso de recursos multimídia; - uso de softwares acadêmicos, administrativos e educativos; - utilização de simuladores. SALA1 Número de Computadores: 21 Quantidade 13 Especificação PENTIUM III 650 MHZ 64 MB RAM HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 52X MONITOR 15''

3 PLACA DE REDE 10/100 ATHLON 1.0 GHZ 128 MB RAM KIT MILTIMÍDIA 56X HD 20 GB MONITOR 15'' 8 PLACA DE REDE 10/100 5 SWITCH 16 PORTAS Softwares: - Microsoft Windows NT Microsoft Office XP Professional - Adobe Reader - AVG Anti-Vírus - Linux Distribuição Kurimin Open Office SALA 2 Número de Computadores: 21

4 Quantidade Especificação ATHLON 2.4 GHZ 256 MB RAM KIT MILTIMÍDIA 52X MONITOR 15'' HD 30 GB 15 PLACA DE REDE 10/100 ATHLON 1.7 GHZ 256 MB RAM KIT MILTIMÍDIA 52X HD 20 GB MONITOR 15'' 6 PLACA DE REDE 10/100 Softwares: - Microsoft Windows 2000 Professional - Microsoft Office 97 - AVG Anti-Vírus - Microsoft Visual Basic Adobe Reader SALA 3

5 Número de Computadores: 25 Quantidade Especificação PENTIUM III 650 MHZ 64 MB RAM HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 52X MONITOR 15'' 1 PLACA DE REDE 10/100 AMD K6 II 300MHZ 32 MB RAM HD 6 GB /HD 4,3 GB / HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 32X / 24X MONITOR 15'' / PLACA DE REDE 10/100 7 AMD K6 II 450MHZ 32 MB RAM HD 6 GB /HD 4,3 GB / HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 32X / 24X MONITOR 15'' / 14

6 PLACA DE REDE 10/100 Softwares: - Microsoft Windows 98 - Microsoft Office 97 - AVG Anti-Vírus - FilZip Free - Adobe Reader BIBLIOTECA

7 Número de Computadores: 12 Servidor: 1 Impressora: 1 Scanner: 1 Quantidade Especificação PENTIUM MMX 200 MHZ 32 MB RAM HD 6 GB /HD 4,3 GB / HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 32X / 24X MONITOR 14'' 6 PLACA DE REDE 10/100 PENTIUM III 650 MHZ 64 MB RAM HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 52X MONITOR 15'' 1 PLACA DE REDE 10/100 PENTIUM II 266 MHZ 32 MB RAM HD 6 GB KIT MULTIMÍDIA 32X / 24X MONITOR 14'' 1 PLACA DE REDE 10/100 4 K6 II 300 MHZ 32 MB RAM HD 6 GB KIT MULTIMÍDIA 32X / 24X MONITOR 14''

8 PLACA DE REDE 10/100 1 SCANNER GENIUS 1 SWITCH 16 PORTAS 1 MODEM ADSL 3COM ROUTER 812 SERVIDOR LINUX DE INTERNET E ARQUIVIOS - ATHLON 1.7 GHZ 256 MB RAM HD 20 GB KIT MILTIMÍDIA 52X MONITOR 15'' 1 2 PLACAS DE REDE 10/100 Softwares: - Microsoft Windows 98 - Microsoft Office 97 - AVG Anti-Vírus - FilZip Free - Adobe Reader SERVIDOR - Linux - Distribuição Slackware Squid - Samba Número de Computadores: 11 Quantidade Especificação PENTIUM MMX 200 MHZ 16 MB RAM HD 2 GB /HD 4,3 GB / HD 10 GB KIT MULTIMÍDIA 32X / 24X MONITOR 14'' 11 PLACA DE REDE 10/100 1 IMPRESSORA EPSON FX 1170 Softwares:

9 - Microsoft Windows 98 - Adobe Reader - Softwares Educativos Diversos LABORATÓRIO DE HARDWARE Número de Computadores: 2 Impressora: 1 Scanner: 1

10 Quantidade Especificação ATHLON 2.6 GHZ 512 MB RAM HD 80 GB KIT MULTIMÍDIA 50X GRAVADOR DE CD MONITOR 15'' 1 PLACA PARA EDIÇÃO DE VÍDEO / PLACA DE REDE 10/100 1 IMPRESSORA HP 930 C 1 SCANNER GENIUS 1 SWITCH 16 PORTAS ATHLON 1.0 GHZ 128 MB RAM HD 20 GB KIT MULTIMÍDIA 56X MONITOR 14'' 1 PLACA DE REDE 10/100 1 CÂMERA DIGITAL SONY MAVICA FD72 10 PLACAS-MÃE COMPUTADORES DIVERSOS COMPONENTES DIVERSOS PEÇAS DE REPOSIÇÃO Softwares: - Microsoft Windows 2000 Professional - Microsoft Office XP Professional - AVG Anti-Vírus - Microsoft Visual Basic Adobe Reader - Ahead Nero - Am CAP - Divx Laboratórios de Capacitação Profissional Para a formação do profissional psicólogo é oferecido outros espaços definidos objetivando o desenvolvimento de competências e habilidades dos procedimentos psicológicos.

11 3.2.1 Projeto de Analise Experimental do Comportamento AEC Disciplina: Analise Experimental do Comportamento / 2 e 3 Semestres. Permitir ao estudante de Psicologia reconhecer a demonstração dos efeitos das variáveis ambientais e comportamentais. A Analise Experimental do Comportamento é à parte da Analise que identifica os princípios característicos do comportamento. Justificativa do Estagio AEC: Visando utilizar os métodos da Experimentação o estudo permite entender que a base do ajustamento do organismo é um processo psico físico, ou seja, uma reação que ocorre no fisiológico e no psicológico. Para a constatação Experimental, processo deve ser analisado em ambiente próprio (Laboratório), com estimulo especifico um sujeito treinado (rato ramster) aparelhagem Experimental (gaiola com controle). O aluno realiza exercícios e pesquisas do comportamento (ex.: modelagem ) desenvolvendo o conhecimento, indicando soluções e resoluções dos problemas. Elabora e redige relatório descrevendo: - colocação do objetivo do Experimento; - sujeitos e aparelhos que foram utilizados; - procedimento, resultados e conclusões. Ao utilizar experimento com métodos científicos o alunos de psicologia tem por objetivo entender, predizer e controlar os fenômenos de investigação, tendo como conhecimento os processos que afetam o comportamento. Justificativa do Laboratório: Visando desenvolver habilidades como observar comportamentos, registrar as observações, planejar e executar experimentos necessários para analise funcional do comportamento, o Laboratório terá disponibilizado: Materiais: 1- aparelhagem experimental: 2 - dez unidades comportando dois alunos em cada aparelho; 3 - aparelhos modelo ELT-02composto por duas unidades operacionais separadas gaiola e controle;

12 Condicionador ELT-02 (gaiola e unidade de controle) 4 Sala com dez bancadas comportando dois alunos em cada um. 5 Caixa experimental (10 unidades) com bebedouro e barra de resposta. 6 Caixa do discriminador e cronômetro. 7 Relógio de parede. 9 Sala de paramentos com 2 (duas) pias completas - paramentos. 10 Sala Biotério com 1 (um) reservatório para ratos (rataria), com gaiolas temperatura ambiente e luminosidade especifica, exaustor para refrigeração. 11 Sala do Bioterista com mesa, computador, duas cadeiras e um armário,dois tanques, (um) compartimento para alimentos, banheiro: vaso sanitário e chuveiro, assoalho de lajotas. Planta Baixa

13 3.2.2 Sala de Psicomotricidade

14 Justificativa: Visa atender as demandas de aprendizagens psicomotoras através de exercícios de observação. A sala tem como função a prática dos exercícios psicomotores destinados especificamente para os alunos do curso. A sala comporta: 01 espelho afixado na parede, chão forrado com carpete, 10 almofadões, 06 carteiras universitárias. 1. Planta da sala: metragem 74,98m² Serviço de Psicologia Para alunos: Para a articulação das partes integradoras e os estágios responsáveis pelo desenvolvimento das habilidades e competências o serviço de psicologia objetiva a formação do psicólogo. Considerando a finalidade de vincular a teoria e a prática, também as atividades acadêmicas à comunidade, os serviços de Psicologia visa: - Ofertar um ambiente para o exercício profissional preservando a qualidade do aprendizado na formação.

15 - Subsidiar os alunos com os serviços prestados, atendendo a necessidade de pesquisa e construção do conhecimento. - Atender com os serviços de psicologia à comunidade. Serviço de Psicologia para: Atender a comunidade de Ponta Grossa, favorecendo, principalmente, a população de baixo poder aquisitivo. Estabelecer e administrar a realização de estágio local e fora do local de serviço de Psicologia no âmbito da faculdade com instituições diversas mobilizando interesses acadêmicos. Atender a comunidade e levantar os resultados dos serviços no interesse de articular o ensino e a pesquisa. Promover a interdisciplinaridade com cursos afins com a Psicologia. Espaço físico: As instalações que comportam os serviços de Psicologia são: # 01 sala de recepção, com espaço separado, para o atendimento adulto e infantil, 01 armário,01 mesa, 03 cadeiras,01 computador,02 sofás. # 02 consultórios de atendimento adulto com janelas ventiladas e ambiente preservando o sigilo. # 02 consultórios de atendimento infantil com janelas ventiladas,piso com paviflex (emborrachado), pía, caixa de areia, casinha de bonecas e brinquedos em geral, 01 armário, 02 poltronas infantis,01 banqueta,01 mesinha e 02cadeiras, 01poltrona,01 quadro de giz infantil, 01 caixa de materiais de arte. # 02 banheiros.(masc/fem) #01 sala de espelho(equipada com som,01 arquibancada para assistência,cortinas escuras) intermediando 01 sala para atendimento em grupo com 01 mesa, 06 cadeiras e 01 sala de atendimento individual com 01 mesa,02 cadeiras,02 poltronas.(sala disponível para aplicação de testes) #03 salas para supervisão de estágio e orientação equipadas com 01 mesa, 03 cadeiras,01 armário, 01 computador. #01 sala para professores com 01 armário e computador

16 #01 sala de visitas com 01 conjunto estofado, 01 mesinha. # 01 sala de reunião com 01 mesa e 08 cadeiras, 01 computador #01 sala para estagiários com 01 armário guarda-volumes, 03 computadores,01 mesa, 06 cadeiras, 02 poltronas. Recursos Humanos: - 01 secretária - 01 servente de limpeza Planta Baixa

17 Planta Baixa Laboratório de Anatomia, Fisiologia e Neurofisiologia. Justificativa: Para uma melhor assimilação da teoria e prática, a IES possui montado um laboratório com peças anatômicas disponíveis para o manuseio prático, com o objetivo da melhor compreensão do corpo humano e sua complexidade. Materiais existentes nesse laboratório: Material Quantidade Esqueleto desarticulado 2 peças Vértebras lombares com disco 3 Coluna vertebral flexível 1 Articulação do ombro 2 Articulação do pé 2 Articulação do cotovelo 2 Articulação do quadril 2 Torso assexuado masculino 1 Torso assexuado feminino 1

18 Modelo muscular 28 partes 2 Ouvido com 3 partes 2 Crânio com coluna cervical e cérebro com 10 partes 4 Musculatura humana 1 Cérebro com 8 partes 1 Cabeça em corte mediano 6 Cabeça com 4 partes 1 Manequim feminino 1 Medula espinhal 1 Fases da gravidez Coração 1 Olho 1 Esqueleto com ligamentos 1 Televisão com microscópio conectado 1 Observação: A Instituição se propõe a aumentar o número de peças anatômicas assim que tiver a Autorização de Funcionamento do Curso. Na disciplina de Genética, o professor prefere trabalhar com o projetor multimídia e com o microscópio acoplado à TV. SALA DE ANATOMIA NEUROFISIOLOGIA GENÉTICA

5 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DA IESSA

5 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DA IESSA 5 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA DA IESSA A estrutura física existente, utilizada pelo Colégio Sant Ana e IESSA (período noturno), está situada no centro da cidade de Ponta Grossa sito a Rua Pinheiro Machado nº

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais

NORMAS DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MANTENA FAMA /2010

NORMAS DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MANTENA FAMA /2010 NORMAS DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MANTENA FAMA /2010 1. MATERIAIS Os materiais que ficam no laboratório são de uso exclusivo dos professores e alguns de uso exclusivo da coordenação

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

DESCRIÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DESCRIÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Laboratório 1 FACI II 56,98 0,60 1,04 Pro, Microsoft Office 2013, Foxit PDF, Antivírus, Compactador de arquivos, NetBeans, versão 8.0, My SQL 5.0, SQL Server 2013

Leia mais

Plano de incorporação dos avanços tecnológicos ao ensino de Graduação:

Plano de incorporação dos avanços tecnológicos ao ensino de Graduação: Plano de incorporação dos avanços tecnológicos ao ensino de Graduação: A Instituição de Ensino Superior possui o seguinte Plano de Incorporação Tecnológica ao ensino de Graduação de seus Cursos, com o

Leia mais

Atualização das informações dos Laboratórios 2014

Atualização das informações dos Laboratórios 2014 Departamento: Administração Localização: sala 426 Área Física (M 2 ): 77m 2 Curso que utiliza o laboratório: Administração: Graduação e Pós-Graduação. 01 Impressora jato de tinta 24 Microcomputadores AMD

Leia mais

Plano de incorporação dos avanços tecnológicos ao ensino de Graduação:

Plano de incorporação dos avanços tecnológicos ao ensino de Graduação: 95 Plano de incorporação dos avanços tecnológicos ao ensino de Graduação: A Instituição de Ensino Superior possui o seguinte Plano de Incorporação Tecnológica ao ensino de Graduação de seus Cursos, com

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE POLO Endereço Rua Joaquim José Terra, 13 Cidade /UF/CEP Alterosa/MG 37.145-000

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MANUTENÇÃO ATIVIDADES REALIZADAS NO CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO DE 17/08/11 a 19/08/2011.

DEPARTAMENTO DE MANUTENÇÃO ATIVIDADES REALIZADAS NO CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO DE 17/08/11 a 19/08/2011. ATIVIDADES REALIZADAS NO CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO DE 17/08/11 a 19/08/2011. 01 Afixação de piquetes de isolamento na fossa. Antes Depois 02 - Reparos na sala de aula - 01 (04 lâmpadas queimadas, substituição

Leia mais

No que diz respeito às aulas práticas, dispomos de laboratórios específicos, cujos equipamentos estão especificados logo abaixo:

No que diz respeito às aulas práticas, dispomos de laboratórios específicos, cujos equipamentos estão especificados logo abaixo: INFRAESTRUTURA ESPAÇO FÍSICO O curso de Bacharelado em Saúde Coletiva realiza-se nos espaços comuns existentes para o conjunto dos cursos oferecidos pela ASCES, especificamente: salas de aula, sala para

Leia mais

NEAD/CÂMPUS: : POLO:

NEAD/CÂMPUS: : POLO: ANEXO DA RESOLUÇÃO AD REFERENDUM Nº 015 CONSUPER/2013 ANEXO I INSTRUMENTO DE ANÁLISE E AVALIAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE POLO EAD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense PRÓ- REITORIA

Leia mais

As instalações físicas encontram-se detalhadas no quadro seguinte. QUADRO DE INSTALAÇÕES FÍSICAS

As instalações físicas encontram-se detalhadas no quadro seguinte. QUADRO DE INSTALAÇÕES FÍSICAS As instalações físicas encontramse detalhadas no quadro seguinte. QUADRO DE INSTALAÇÕES FÍSICAS ESPAÇO FÍSICO QUANTIDADES GERAL FACULDADE ÁREA M 2 Salas de aula, medindo cada uma, 69, com um quadro branco,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 058/2015, DE 01 DE SETEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 058/2015, DE 01 DE SETEMBRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Conselho Superior Avenida Vicente Simões, 1111 Bairro Nova Pouso Alegre 37550-000 - Pouso Alegre/MG Fone:

Leia mais

Especificação do bem patrimonial - E-MEC

Especificação do bem patrimonial - E-MEC CENTRO: CESA - CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS LOCAL: LIG - LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DA GRADUAÇÃO 1 (SL430) ÁREA FÍSICA: 56m 2 Executivo e Serviço Social, Graduação e Pós-Graduação. 02 Aparelhos

Leia mais

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2)

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2) BIBLIOTECA Administração Balcão de atendimento Balcão de referência Mesa de trabalho para 6 servidores, sendo recomendado 5 a 6m 2 /2 pessoas, com espaço para armários comuns e armários-arquivo para documentos

Leia mais

UNIVERSIDADE IGUAÇU CAMPUS ITAPERUNA CURSO DE DIREITO LABORATÓRIOS

UNIVERSIDADE IGUAÇU CAMPUS ITAPERUNA CURSO DE DIREITO LABORATÓRIOS LABORATÓRIOS ITAPERUNA, Julho/2015 ESTRUTURA DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA ASSOCIADOS AO 1 INTRODUÇÃO Os laboratórios que servem ao curso de Direito têm como objetivo oferecer treinamento prático, auxílio

Leia mais

CURSO DE IDIOMAS. mil. capital de giro de 40% do total do investimento inicial DESCRIÇÃO ESTRUTURA PESSOAL EQUIPAMENTOS

CURSO DE IDIOMAS. mil. capital de giro de 40% do total do investimento inicial DESCRIÇÃO ESTRUTURA PESSOAL EQUIPAMENTOS CURSO DE IDIOMAS 50 capital de giro de 40% do total O contínuo processo de globalização que a sociedade tem vivenciado nos últimos tempos torna cada vez mais importante a necessidade de domínio de outros

Leia mais

BWL - QUADRO DESCRITIVO DO AMBIENTE FÍSICO

BWL - QUADRO DESCRITIVO DO AMBIENTE FÍSICO BWL - QUADRO DESCRITIVO DO AMBIENTE FÍSICO Ambiente: Corredor principal (entrada) Cadeiras Estofadas (fixas e c/rodinha) 13 Bancada Em madeira, fórmica verde peq. e grande 02 Computadores 13 Murais Em

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS PARECER Nº 07/04 APROVADO EM: 15/12/2004 I- ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da 8ª série da Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo

Leia mais

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura ESPAÇO DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGRAS PARA UTILIZAÇÃO E GESTÃO DO ESPAÇO

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura ESPAÇO DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGRAS PARA UTILIZAÇÃO E GESTÃO DO ESPAÇO Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura ESPAÇO DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO REGRAS PARA UTILIZAÇÃO E GESTÃO DO ESPAÇO 1. ÂMBITO O Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECivil) dispõe

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios de Informática. Descritivo de T.I.

Regulamento dos Laboratórios de Informática. Descritivo de T.I. Regulamento dos Laboratórios de Informática Descritivo de T.I. Regulamento dos Laboratórios de Informática UNIDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO Art. 1º - A missão do Laboratório de Informática da Unidade Cenecista

Leia mais

Faculdades Integradas Paulista

Faculdades Integradas Paulista http://www.fipsp.edu.br Associação Paulista de Ensino LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA 2011 Sumário Conteúdo 1. Introdução:... 3 2. Conexão à Internet:... 4 3. Relação de Laboratórios:... 5 4. Localização dos

Leia mais

LOCAL Coordenação - sala 2001 ÁREA 16m 2

LOCAL Coordenação - sala 2001 ÁREA 16m 2 LABORATÓRIO Anatomia Humana - Saguão ÁREA 40,5m 2 4 luminárias espelhadas, com 2 lâmpadas fluorescentes em cada. Entrada envidraçada com esquadrias (3x2,95m), a qual permite entrada de luz solar e ar exterior.

Leia mais

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Com a finalidade de oferecer uma completa infraestrutura em tecnologia aos seus alunos, a Faculdade Ideal dispõe de nove Laboratórios de Informática que arregimentam com o que

Leia mais

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI

INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO 1.1. Gabinetes de Trabalho para Professores Tempo Integral - TI INFRAESTRUTURA 1. ESPAÇO FÍSICO Atualmente a FIBRA encontra-se em novas instalações contando com 33 salas de aula climatizadas, com instalações de equipamentos de multimídia, auditório climatizado com

Leia mais

REGULAMENTO DO USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DO IESUR INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RONDÔNIA

REGULAMENTO DO USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DO IESUR INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RONDÔNIA REGULAMENTO DO USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DO IESUR INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE RONDÔNIA Tem o presente regulamento a função de nortear as ações e procedimentos necessários ao bom funcionamento

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos

Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos O Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos - UNIG- Nova Iguaçu - possui infraestrutura suficiente e adequada ao número de vagas

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL CAPIVARI DE BAIXO - SECAB FACULDADE CAPIVARI - FUCAP ESTRUTURA

SOCIEDADE EDUCACIONAL CAPIVARI DE BAIXO - SECAB FACULDADE CAPIVARI - FUCAP ESTRUTURA SOCIEDADE EDUCACIONAL CAPIVARI DE BAIXO - SECAB FACULDADE CAPIVARI - FUCAP ESTRUTURA Sala de Aula A instituição disponibiliza equipadas com todos os recursos multimídias necessários, que são estes: Projetor

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Agrarias

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Agrarias ATIBUIÇÕES DO SETOR DE INFORMÁTICA Segue abaixo as atribuições atualizadas da Comissão de Informática do SETOR AGRÁRIAS: 1. Manter e verificar os equipamentos de informática ligados ao campus, bem como,

Leia mais

Recursos de Informática

Recursos de Informática Recursos de Informática Laboratórios de Informática Os laboratórios de informática atendem as necessidades básicas dos cursos, disponibilizando equipamentos e programas para atividades práticas demandadas

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS MANUAL: LABORATÓRIO DE DESIGN GRÁFICO

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS MANUAL: LABORATÓRIO DE DESIGN GRÁFICO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS MANUAL: LABORATÓRIO DE DESIGN GRÁFICO BAURU APRESENTAÇÃO Neste manual encontram-se as informações gerais do Laboratório de Design Gráfico, as normas de uso,

Leia mais

Suporte Informática com 1 visita 12 meses

Suporte Informática com 1 visita 12 meses Suporte Informática com 1 visita 12 meses Suporte informática para configuração inicial, tirar dúvidas ou problemas de informática por telefone, acesso remoto e tirar máximo proveito do computador. Quando

Leia mais

Recursos de Informática

Recursos de Informática Recursos de Informática Laboratórios de Informática Os laboratórios de informática atendem as necessidades básicas dos cursos, disponibilizando equipamentos e programas para atividades práticas demandadas

Leia mais

Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda

Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda Os laboratórios do Curso de Comunicação Social Publicidade e Propaganda da UNIFOR estão concentrados em um núcleo composto de seis células.

Leia mais

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do SISLOC

Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do SISLOC Pré-requisitos para Instalação Física e Lógica do SISLOC Sumário Pré-Requisitos de Instalação Física e Lógica do SISLOC...3 Servidores de Dados...3 Servidores de Aplicação (Terminal Service)...3 Estações

Leia mais

PROJETO IMPLANTAÇÃO DE LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCACIONAL

PROJETO IMPLANTAÇÃO DE LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCACIONAL PROJETO IMPLANTAÇÃO DE LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA EDUCACIONAL 1- IDENTIFICAÇÃO: Projeto: Montagem de Laboratórios de Informática para uma escola de ensino fundamental Elaboração do projeto: Cristina Martins,

Leia mais

Relatório de softwares laboratórios Torricelli

Relatório de softwares laboratórios Torricelli Laboratório: 01 Campus: 01 Quantidade de máquinas: 50 Crimson Editor 3.70 Programação Free DAO (Data Access Objects) 3.5 Banco de Dados Free InnoTek VirtualBox 2.1.0 Virtualização Free Interbase Client

Leia mais

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO PROPOSTA COM ORÇAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE COMPUTADORES TIPO PC PARA APLICAÇÕES EM RH E SETOR FINANCEIRO POR

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO PROPOSTA COM ORÇAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE COMPUTADORES TIPO PC PARA APLICAÇÕES EM RH E SETOR FINANCEIRO POR UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO PROPOSTA COM ORÇAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE COMPUTADORES TIPO PC PARA APLICAÇÕES EM RH E SETOR FINANCEIRO POR ELIAS JOSÉ DE ARAÚJO LEONARDO EVANS LETÍCIA MARIA VIEIRA

Leia mais

ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO MÓDULO INFORMÁTICA Manual do Associado

ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO MÓDULO INFORMÁTICA Manual do Associado ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO MÓDULO INFORMÁTICA Manual do Associado OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA SÃO PRESTADOS PELA BRASIL ASSISTÊNCIA S.A., CNPJ: 68.181.221/0001-47 ASSISTÊNCIA BB PROTEÇÃO Ao necessitar de algum

Leia mais

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE DE ANATOMIA, MICROBIOLOGIA E BIOTÉRIO

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE DE ANATOMIA, MICROBIOLOGIA E BIOTÉRIO UNIFAE REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE DE ANATOMIA, MICROBIOLOGIA E BIOTÉRIO 2006 I. Introdução Os laboratórios de Anatomia, Microbiologia e Biotério do Unifae, são locais vinculados aos cursos de Fisioterapia,

Leia mais

ANEXO II Memorial Descritivo do XXVII CBP. CEPP Centro de Estudos Paulista de Psiquiatria. CEIP Centro de Estudos do Instituto de Psiquiatria

ANEXO II Memorial Descritivo do XXVII CBP. CEPP Centro de Estudos Paulista de Psiquiatria. CEIP Centro de Estudos do Instituto de Psiquiatria I. DADOS GERAIS: NOME DA EMPRESA TELEFONE FAX E-MAIL ENDEREÇO NOME DO TITULAR DA EMPRESA / CIDADE / UF TEL. CELULAR GERENTE/ COORDENADOR RESPONSÁVEL PELO EVENTO TELEFONE CELULAR II - XXVII CONGRESSO BRASILEIRO

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES -RS PARECER Nº 14/2004 A APROVADO EM : 15 de dezembro de 2004 I ASSUNTO:Solicitação da autorização de funcionamento da Escola de Educação Infantil Ursinho

Leia mais

FACULDADE GUAIRACÁ GUARAPUAVA PR. Regulamento do Laboratório de Anatomia Humana. Título I Das Disposições Gerais. Capítulo I Da Apresentação

FACULDADE GUAIRACÁ GUARAPUAVA PR. Regulamento do Laboratório de Anatomia Humana. Título I Das Disposições Gerais. Capítulo I Da Apresentação FACULDADE GUAIRACÁ GUARAPUAVA PR Regulamento do Laboratório de Anatomia Humana Título I Das Disposições Gerais Capítulo I Da Apresentação Art. 1. O Laboratório de Anatomia Humana da Faculdade Guairacá

Leia mais

Informo ainda que a CPA é composta por representantes de professores, funcionários e alunos da FATO.

Informo ainda que a CPA é composta por representantes de professores, funcionários e alunos da FATO. Querido alunos, em nome da Comissão Própria de Avaliação (CPA) da FATO, gostaria de passar ao corpo discente o resultado do trabalho da CPA em relação as pesquisas realizadas no ano de 2013, segundo semestre,

Leia mais

Disciplina: Informática Introdução à Microinformática (1/3) Carga-Horária: 23 h (30 h/a)

Disciplina: Informática Introdução à Microinformática (1/3) Carga-Horária: 23 h (30 h/a) Disciplina: Informática Introdução à Microinformática (1/3) Carga-Horária: 23 h (30 h/a) Mostrar a evolução do computador ao longo da história; Propiciar ao aluno conhecimentos básicos sobre os computadores

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA DÉBORA DE MEIRA PADILHA PROPOSTA DE IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE PERGAMUM NA ESCOLA BÁSICA DR. PAULO FONTES Florianópolis

Leia mais

OBJETIVOS 1 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1 DISPOSIÇÃO ORGANIZACIONAL 2 PLANTA A 5 PLANTA B 6 DISTRIBUIÇÃO E CONFIGURAÇÃO DOS RACKS 7

OBJETIVOS 1 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1 DISPOSIÇÃO ORGANIZACIONAL 2 PLANTA A 5 PLANTA B 6 DISTRIBUIÇÃO E CONFIGURAÇÃO DOS RACKS 7 ÍNDICES OBJETIVOS 1 JUSTIFICATIVAS 1 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1 SEGURANÇA - INTERNET 1 SISTEMA OPERACIONAL 2 PROTOCOLO TCP/IP 2 INTRANET 2 DISPOSIÇÃO ORGANIZACIONAL 2 ESTAÇÕES 2 MICROS 3 IMPRESSORAS 3 PLANTA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE RS/UFSM

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE RS/UFSM UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR NORTE RS/UFSM PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - JORNALISMO RECURSOS HUMANOS E MATERIAIS Faz-se necessário que o dimensionamento

Leia mais

HELP DESK 2. SERVIÇOS. 2.1. Help Desk Microcomputadores (Desk top e lap top)

HELP DESK 2. SERVIÇOS. 2.1. Help Desk Microcomputadores (Desk top e lap top) 1. OBJETIVO DO SERVIÇO Com a Assistência Informática - Help Desk, você tem o auxílio completo para a instalação e manutenção de seus computadores, games, celulares, tablets, etc, que trazem mais facilidade

Leia mais

(1) Salas de Aula. (2) Sala de Professores e Salas de Reuniões:

(1) Salas de Aula. (2) Sala de Professores e Salas de Reuniões: INFRAESTRUTURA Antes de serem determinadas as diretrizes para a infraestrutura física, tecnológica e da biblioteca, o setor responsável busca nos documentos oficiais da instituição a política adotada,

Leia mais

Unidade III Shopping

Unidade III Shopping Recepção Unidade III: Recepção Loja 01 Espaço 8 Por turno x Total 22,25 m² A recepção da unidade III, Shopping, conta com três guichês para atendimento ao público em geral. Unidade III: Mezanino Sala do

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 3.1. Estação... 4 3.2. Servidor... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5

Leia mais

CAPÍTULO IV. A INFRAESTRUTURA

CAPÍTULO IV. A INFRAESTRUTURA CAPÍTULO IV. A INFRAESTRUTURA Aspectos envolvidos no processo de ensino-aprendizagem Gabinetes de Trabalho Professores Tempo Integral, do Núcleo Docente Estruturante e da Comissão Própria de Avaliação.

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux.

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux. A NOSSA HISTÓRIA A Infolux Informática possui seu foco de atuação voltado para o mercado corporativo, auxiliando micro, pequenas e médias empresas na tarefa de extrair o máximo de benefícios com investimentos

Leia mais

LEI Nº 1.895, DE 02 DE SETEMBRO DE 2010.

LEI Nº 1.895, DE 02 DE SETEMBRO DE 2010. LEI Nº 1.895, DE 02 DE SETEMBRO DE 2010. Autoriza a baixa e doação de bens inservíveis do patrimônio municipal, e dá outras providências. O PREFEITO DE, Estado de Santa Catarina, no uso das atribuições

Leia mais

HELP TECH 1. OBJETIVO DO SERVIÇO

HELP TECH 1. OBJETIVO DO SERVIÇO 1. OBJETIVO DO SERVIÇO Com o serviço de assistência Help Tech você tem o auxílio completo para a instalação e manutenção de seus computadores, games, celulares, tablets, etc, que trazem mais facilidade

Leia mais

ASSISTÊNCIA HELP DESK REMOTO Manual do Associado OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA SÃO PRESTADOS PELA USS SOLUÇÕES GERENCIADAS S.A. CNPJ: 01.979.

ASSISTÊNCIA HELP DESK REMOTO Manual do Associado OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA SÃO PRESTADOS PELA USS SOLUÇÕES GERENCIADAS S.A. CNPJ: 01.979. ASSISTÊNCIA HELP DESK REMOTO Manual do Associado OS SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA SÃO PRESTADOS PELA USS SOLUÇÕES GERENCIADAS S.A. CNPJ: 01.979.936/0001-79 ASSISTÊNCIA HELP DESK REMOTO Ao necessitar de algum

Leia mais

CAMPUS II Três Marias. Bloco A. Campus II: Bloco A. Salas de Aula. 540 Por turno x Total 514,98 m². Campus II: Bloco A. Laboratório Informática

CAMPUS II Três Marias. Bloco A. Campus II: Bloco A. Salas de Aula. 540 Por turno x Total 514,98 m². Campus II: Bloco A. Laboratório Informática Bloco A 09 Salas 540 Por turno x Total 514,98 m² Todas as salas possuem em torno de 60,00m² com capacidade de 60 alunos cada, todas são climatizadas, possuem quadro branco e carteiras almofadadas, oito

Leia mais

TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO : HARDWARE

TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO : HARDWARE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS CATU TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO : HARDWARE Profª. Eneida Alves Rios A consideração

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO. Redação Tele jornalística 01 80,00. Gráfica 01 20,00

DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO. Redação Tele jornalística 01 80,00. Gráfica 01 20,00 DISCRIMINAÇÃO DO PRÉDIO I QUANTIDADE ÁREA (m 2 ) SUBSOLO Redação Tele jornalística 01 80,00 Gráfica 01 20,00 Estúdio Pedagógico de Áudio Visual 01 140,00 Laboratório de Rádio: Estúdio de Radio 01 24,00

Leia mais

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR

*HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR 1 of 23 *HUPRQGR±0DQXDOGR8VXiULR O manual do usuário tem como objetivo, detalhar o funcionamento do Sistema de Gerenciamento e Monitoramento On-Line de Obras, de forma clara para seus usuários. Clique

Leia mais

Área de Conhecimento. Laboratórios de informática Descrição e equipamentos. Informática, Pesquisas

Área de Conhecimento. Laboratórios de informática Descrição e equipamentos. Informática, Pesquisas Descrição da infraestrutura física destinada aos cursos, incluindo laboratórios, equipamentos instalados, infraestrutura de informática e redes de informação. Relação de laboratórios, oficinas e espaços

Leia mais

Descrição da Infra Estrutura de Informática e das formas de acesso às Redes de Comunicação e Informação na Faculdade de

Descrição da Infra Estrutura de Informática e das formas de acesso às Redes de Comunicação e Informação na Faculdade de Descrição da Infra Estrutura de Informática e das formas de acesso às Redes de Comunicação e Informação na Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora SUPREMA Visão global da rede REDE ADMINISTRATIVA

Leia mais

INFRAESTRUTURA DE INFORMÁTICA, FORMAS DE ACESSO AS REDES

INFRAESTRUTURA DE INFORMÁTICA, FORMAS DE ACESSO AS REDES INFRAESTRUTURA DE INFORMÁTICA, FORMAS DE ACESSO AS REDES Rede Wireless e Rede de Computadores O UNESC tem buscado constantemente investir em novidades e aperfeiçoamento de sua estrutura tecnológica e desde

Leia mais

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles:

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles: RESUMO Um sistema de informação é composto de três componentes, Hardware, Software e Peopleware. Para quantificar a memória do equipamento é utilizado um sistema de medida, ou seja, o byte, que significa

Leia mais

Tais laboratórios são estruturados e equipados conforme discriminado a seguir:

Tais laboratórios são estruturados e equipados conforme discriminado a seguir: INSTITUTO FEDERAL DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS BARBACENA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DE ATUALIZAÇÃO DE HARDWARE E SOFTWARE DOS LABORATÓRIOS DE ENSINO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA DO IF DO

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

MODELO TERMO DE COOPERAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DO CENTRO JUDICIÁRIO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS E CIDADANIA NA COMARCA DE...

MODELO TERMO DE COOPERAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DO CENTRO JUDICIÁRIO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS E CIDADANIA NA COMARCA DE... MODELO TERMO DE COOPERAÇÃO PARA A INSTALAÇÃO DO CENTRO JUDICIÁRIO DE SOLUÇÃO DE CONFLITOS E CIDADANIA NA COMARCA DE... O Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, por intermédio da Exma. Sra. Desembargadora

Leia mais

LABORATÓRIOS DIREITO NOVA IGUAÇU ESTRUTURA DO ESAJUR/NPJ

LABORATÓRIOS DIREITO NOVA IGUAÇU ESTRUTURA DO ESAJUR/NPJ UNIVERSIDADE IGUAÇU CURSO DE DIREITO CAMPUS NOVA IGUAÇU LABORATÓRIOS DIREITO NOVA IGUAÇU Para o desempenho de suas atividades, os alunos do nono e décimo períodos, dispõem de toda a infraestrutura necessária

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ PRESIDÊNCIA PROGRAMA INSTITUCIONAL BIODIVERSIDADE E SAÚDE

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ PRESIDÊNCIA PROGRAMA INSTITUCIONAL BIODIVERSIDADE E SAÚDE MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ PRESIDÊNCIA PROGRAMA INSTITUCIONAL BIODIVERSIDADE E SAÚDE Especificação técnica para contratação de empresa especializada em serviços de multimídia e sonorização

Leia mais

Usuário: é a pessoa física titular ou usuária do plano de assistência a informática, contratado junto à contratante.

Usuário: é a pessoa física titular ou usuária do plano de assistência a informática, contratado junto à contratante. Assistência do Produto Vida Homem Assistência Help Tech 1. Empresa Contratada A Santander Seguros S.A. oferece às suas seguradas os serviços abaixo descritos, através da empresa USS Soluções Gerenciadas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Introdução à Informática Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel Roberto Zorzal AULA Informática: Aplicações e Benefícios Advocacia

Leia mais

Na piso térreo: Primeiro Piso: Salas do Cursos Livres de Línguas Estrangeiras (salas de projetos de conhecimentos livres, ciranda e apoio.

Na piso térreo: Primeiro Piso: Salas do Cursos Livres de Línguas Estrangeiras (salas de projetos de conhecimentos livres, ciranda e apoio. PROJETOS COMPARTILHADOS ENTRE MÍDIAS ALTERNATIVAS - BELÉM 2009 Os quatro projetos compartilhados listados abaixo devem ficar próximos para permitir distribuição de espaços específicos sem prejudicar o

Leia mais

Salas de Aula Hardware Software

Salas de Aula Hardware Software Salas de Aula 18 salas de aula com capacidade variando entre 45 e 100 alunos equipadas com: 3GB de memória RAM DDR2 Tela de 17 Resolução máxima 1280x1024 Projetor multimídia Brilho de 2500 lumens Resolução

Leia mais

Planilha Controle De Bens Câmara Municipal Icaraíma

Planilha Controle De Bens Câmara Municipal Icaraíma Planilha Controle De Bens Câmara Municipal Icaraíma Empenho Descrição Bem Valor Placa Localização Data Aquisição Nº NF OBS Cadeira Almofada em Napa de Cor Preta R$ 45,00 4 Plenário Cadeira Almofada em

Leia mais

O B B J E E T T I V V O O S

O B B J E E T T I V V O O S OBJ E T I VOS Conhecer as características e possibilidades do SO Linux, como workstation simples ou elemento componente de uma rede; Analisar a viabilidade de implantação do sistema numa corporação. SU

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Pró-Reitoria de Planejamento, Desenvolvimento e Finanças Orçamento Participativo 2014

Universidade Federal do Rio de Janeiro Pró-Reitoria de Planejamento, Desenvolvimento e Finanças Orçamento Participativo 2014 Formulário 01 - Previsão de Demandas DESPESAS DE CUSTEIO 1.465.000 Cód. Despesa Auxílio Financeiro a Estudante 3.3.90.18 Ajuda de custo para participação em apresentações, congressos e seminários 3.3.90.18

Leia mais

1 Projeto Biblioteca Vitrine Perfil de Biblioteca Parceira Nome da Escola Nome da Biblioteca e CRB Endereço com CEP Cidade, UF (DDD) Telefone e E-mail Telefone E-mail Responsável pela biblioteca Horários

Leia mais

Lista de Exercícios Introdução à Informática

Lista de Exercícios Introdução à Informática Lista de Exercícios Introdução à Informática Histórico e Evolução da Computação 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores de 1ª geração. 2. O que diferencia os computadores

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULAS 1 E 2 CONCEITOS BÁSICOS/HARDWARE AULA 3 SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS AULA 4 EXCEL AULA 5 WORD AULA 6 CALC E WRITER AULAS

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Centro POP Infraestrutura

Centro POP Infraestrutura CENTRO POP Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua Centro POP Infraestrutura Onde deve ser localizado o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua

Leia mais

MICROSCÓPIOS. Microscópio Monocular 640x - 110v ou 220v. 20338 Microscópio Trinocular 1600x Iluminação de Led CÂMERAS LÂMINAS

MICROSCÓPIOS. Microscópio Monocular 640x - 110v ou 220v. 20338 Microscópio Trinocular 1600x Iluminação de Led CÂMERAS LÂMINAS MICROSCÓPIOS Linha HOMELAB 19470 Microscópio Monocular 640x - 19469 Microscópio Binocular 1600x Iluminação Led Consulte outros molos microscópios objetivas semiplanas e iluminação led 20338 Microscópio

Leia mais

Instrutor(a): Nilcéa Lima

Instrutor(a): Nilcéa Lima Instrutor(a): Nilcéa Lima João Pessoa, abril de 2008 HORÁRIO TURMA TARDE: 14h00 18h00 1ª SEMANA: SEGUNDA TERÇA QUINTA 2ª SEMANA: SEGUNDA - QUINTA HORÁRIO TURMA NOITE: 18h00 22h00 1ª SEMANA: SEGUNDA TERÇA

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Introdução a Micro-Informática. Academia de Ensino Superior São Roque Turma 1-SINA-7

Introdução a Micro-Informática. Academia de Ensino Superior São Roque Turma 1-SINA-7 Introdução a Micro-Informática Academia de Ensino Superior São Roque Turma 1-SINA-7 Como Surgiu a Informática? Podemos dizer que a Informática evoluiu junto com a Matemática. Ela Surgiu a muito tempo antes

Leia mais

Manual de Instalação Flex

Manual de Instalação Flex Manual de Instalação Flex Sumário 1. Sobre este documento... 3 2. Suporte técnico... 3 3. Requisitos de hardware... 4 4. Instalação... 5 4.1. Instalação no servidor... 5 4.1.1. Instalação do sistema...

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 02/2015 AO EDITAL 002/CÂMPUS ANÁPOLIS, DE 22 DE MAIO DE 2015 - PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIO

RETIFICAÇÃO Nº 02/2015 AO EDITAL 002/CÂMPUS ANÁPOLIS, DE 22 DE MAIO DE 2015 - PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO RETIFICAÇÃO Nº 02/25 AO EDITAL 002/CÂMPUS

Leia mais

40 Processador Core I7; 8 Gb de RAM; 500 Gb de disco rígido; monitor de LED de 20 polegadas. m 2 por estação 03 129,75 6,48 6,48

40 Processador Core I7; 8 Gb de RAM; 500 Gb de disco rígido; monitor de LED de 20 polegadas. m 2 por estação 03 129,75 6,48 6,48 LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Como apoio às suas atividades didáticas, o curso de Tecnologia em Jogos Digitais conta com uma excelente infraestrutura de laboratórios. 01 20 Processador pentium core 2 duo

Leia mais

Conferência Ministerial do Processo de Cooperação do Mediterrâneo Ocidental (Diálogo 5+5) Sala de Imprensa

Conferência Ministerial do Processo de Cooperação do Mediterrâneo Ocidental (Diálogo 5+5) Sala de Imprensa Conferência Ministerial do Processo de Cooperação do Mediterrâneo Ocidental (Diálogo 5+5) CENTRO CULTURAL DE BELÉM 26 de Janeiro de 2001 Departamento Técnico OUTSOURCING Rua da Eira, nº18 Letra I e J Algés

Leia mais

GEEK BRASIL http://www.geekbrasil.com.br

GEEK BRASIL http://www.geekbrasil.com.br INTRODUÇÃO Esta apostila tem como objetivo servir de base para os estudos aqui ministrados sobre a matéria específica de FUNCIONAMENTO INTERNO DE COMPUTADORES, e apresenta os principais assuntos a serem

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO VENÂNCIO AIRES-RS PARECER Nº 10/2004 APROVADO EM: 15/12/04 I- ASSUNTO: Solicitação de autorização de funcionamento da Creche Casa da Amizade, situada na rua Tiradentes nº

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

Infraestrutura e Acessibilidade. Relatório de Atividades 2011

Infraestrutura e Acessibilidade. Relatório de Atividades 2011 Infraestrutura e Acessibilidade Relatório de Atividades 2011 3.1 Infraestrutura 3.1.1 - Área de s de Ensino - 2011 Código do Curso no SIE Nome do Capacidade Sigla m² Local- Prédio No. de estações Possui

Leia mais