Power Mac G4. EspecificaçõesTécnicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Power Mac G4. EspecificaçõesTécnicas"

Transcrição

1 Power Mac G4 EspecificaçõesTécnicas O novo Power Mac G4 combina a engenharia sólida da arquitetura do Xserve com novas tecnologias, resultando em potência melhorada e conectividade. Além disso, é uma central de mídia digital, por um preço acessível e desempenho de dois processadores. Potência duplicada Este Power Mac turbinado processa vídeo digital e projetos 3D mais rápido do que qualquer computador existente hoje no mercado. Projetado para ambientes de criação, científicos ou empresarias, o novo Power Mac G4 vem em configurações de dois processadores 1,42GHz e 1,25GHz, além do modelo de um processador 1GHz. Os Power Mac G4 com duplo processamento não apenas têm reservas generosas de cache L2 e L3 em cada processador, mas também o alicerce robusto do Mac OS X, com multiprocessamento simétrico e multithreading, que valorizam ainda mais o rendimento. O Power Mac G4 pode ser montado de forma personalizada para qualquer profissional. Você pode instalar 2GB de DDR SDRAM de alta velocidade, um SuperDrive 4x, que grava DVDs duas vezes mais rápido, até quatro discos rígidos, em um total de 720GB, utilizar redes sem fio com o Cartão AirPort Extreme e preparar tudo para gráficos supervelozes. Cada novo Power Mac G4 ainda tem porta FireWire 800, duas portas FireWire 400, quatro portas USB (duas no computador, duas no teclado), quatro slots 64 bit de 33MHz e Gigabit Ethernet, para mover arquivos gigantes dentro de sua LAN em velocidades impressionantes. E mais, o FireWire, expansão PCI e Gigabit Ethernet são integradas diretamente na controladora do sistema, reduzindo latência e melhorando o desempenho de entrada e saída.

2 Expanda seu reino digital O Apple Display Connector (ADC) torna fácil a conexão de seu Power Mac G4 a qualquer um de três incríveis monitores. Combine seu G4 com o Apple Studio 17 polegadas, o Apple Cinema 20 polegadas ou o maravilhoso Apple Cinema HD 23 polegadas e você terá o ambiente perfeito para criar. E por que não expandir ainda mais sua área de trabalho? Os monitores tela plana 100% digitais da Apple são tão acessíveis que você pode utilizar o suporte para dois monitores do Power Mac G4. Configuração, ajustes, controles: tudo desnecessário. O sinal digital entre o Power Mac G4 e seu monitor garantem qualidade impecável. FireWire 800 O novo Power Mac G4 possui a melhor conectividade FireWire integrada da indústria duas portas 400 Mbps (megabits por segundo) e uma porta 800 Mbps. Tecnologia padrão de entrada e saída (E/S) serial da indústria para transferência de dados em alta velocidade, o FireWire é um dos mais rápidos padrões de periféricos já criados e agora, a 800 megabits por segundo (Mbps), ainda mais rápido. Na verdade, o FireWire 800 duplica a taxa de transferência da tecnologia original, aumentando drasticamente a distância máxima das conexões FireWire até 100 metros e com suporte a novos tipos de cabo, tornando-o indispensável para transferir arquivos de dados enormes e trabalhos com vídeo de alta-definição (HD) descomprimido e multiple standard-definition (SD). Por sinal, ele é bem mais rápido que USB 2.0. AirPort Extreme, conexão sem fio a até 54 Mbps O Power Mac G4 é compatível com AirPort Extreme, a nova tecnologia de rede sem fio baseada no padrão IEEE g. Basta colocar um Cartão AirPort Extreme no Power Mac G4 e você pode se conectar sem fio a uma Estação Base AirPort Extreme, em velocidade de até 54 Mbps. Quase cinco vezes mais rápido do que as taxas de transferência do padrão sem fio atual, b. Gráficos incomparáveis O Power Mac G4 possui gráficos AGP 4X, e uma das quatro placas gráficas mais rápidas do mundo. O ATI Radeon 9000 (configurações com dois processadores 1,42GHz e 1,25GHz) e a NVIDIA GeForce4 MX (padrão no modelo 1GHz) despejam bilhões de pixels texturizados para turbinar seus projetos. E se você quer chegar ao máximo em jogos 3D ao estilo do Quake, sugerimos as placas gráficas personalizadas NVIDIA GeForce 4 Ti ou a novíssima ATI Radeon Ambas com 128MB SDRAM Cache avançado O processador do Power Mac G4 fica ainda mais rápido com a arquitetura avançada de memória cache, oferecendo memória ultra veloz, dedicada e com altíssima taxa de transferência. O acesso aos dados da memória principal é muito maior do que o acesso aos dados do disco rígido, e a arquitetura de sistema do Power Mac G4 vai além, com um nível ainda mais rápido de memória chamado cache L3. O cache L3 utiliza 2MB de memória DDR SDRAM de alta velocidade, acelerando a função do processador ao oferecer acesso rápido aos dados e código de aplicativos a até 4 gigabytes por segundo (GBps).

3 Arquitetura A arquitetura de sistema de ponta, baseada em Xserve, dá ao Power Mac G4 incrível impulso de desempenho. Os novos sistemas Power Mac G4 elevam a famosa arquitetura do Xserve da Apple ao máximo da potência computacional. Projetado com um objetivo claro em mente taxa de transferência drasticamente aumentada estes novos desktop combinam um ou dois processadores PowerPC G4, memória principal Double Data Rate (DDR), cache L3 dedicado e entrada/saída (E/S) integrada, criando um sistema de alta resposta. Processamento supereficiente do PowerPC G4 O processador PowerPC G4 foi projetado para obter eficiência e desempenho incomparáveis. Ele completa mais tarefas que os mais rápidos processadores da concorrência no mesmo tempo, graças a seu pipeline curto e a força de processamento vetorial do Velocity Engine. Pipeline de dados curto Todos os processadores completam suas tarefas em uma série de passos, ou estágios, chamados de pipeline do processador. Estes passos incluem buscar, decodificar e armazenar dados e executar instruções. E é aqui que o processador PowerPC G4 demonstra sua vantagem sobre os sistemas da concorrência: o PowerPC G4 foi projetado com um pipeline curto de 7 estágios, enquanto o processador concorrente tem um ciclo de instruções de 20 estágios. Graças ao seu pipeline mais curto, o supereficiente PowerPC G4 completa uma tarefa 13 passos antes do mais rápido do mercado. Economia da bolha Além disso, o pipeline curto do processador permite que o PowerPC G4 adapte-se rapidamente às condições. Usando um processo chamado operação especulativa, todos os processadores avançados tentam melhorar o desempenho ao antecipar o que você vai pedir para eles a seguir. Um processador nem sempre acerta, é

4 claro, e quando ele erra, é necessário limpar o pipeline e começar novamente. Este período de tempo, quando não há dados disponíveis para processamento, é chamado bolha. E como o pipeline do PowerPC G4 é bem curto cerca de um terço do tamanho do pipeline do Pentium4 o chip se recupera das bolhas e continua o processamento de dados muito rapidamente. Alta velocidade O PowerPC G4 aumenta sua eficiência operacional com uma unidade de processamento vetorial de 128 bit chamada Velocity Engine. O Velocity Engine utiliza tecnologia SIMD (Single Instruction Multiple Data), que permite a aplicação de uma única instrução a múltiplos lotes de dados ao mesmo tempo, acelerando o processamento de dados. Aplicativos que utilizam processamento vetorial e há centenas deles para Mac OS X geralmente transformam grandes grupos de dados enquanto editam uma imagem ou renderizam um efeito de vídeo. Por exemplo, quando um filtro de Photoshop é usado para aplicar um borrão de movimento a uma imagem digital, cada pixel da imagem deve ser mudado de acordo com o mesmo conjunto de instruções uma tarefa de processamento altamente repetitiva. O Velocity Engine acelera esta tarefa, modificando a imagem em lotes de até 128 bit por vez. E como ele é uma unidade de processamento separado dentro do PowerPC G4, o Velocity Engine pode trabalhar em uma tarefa intensiva enquanto as outras unidades funcionais dentro do processador estão ocupadas devorando outros dados. Olho no contador Graças às vantagens do pipeline curto e o Velocity Engine, o PowerPC G4 pode concorrer diretamente com um porcessador de outra marca de clock mais elevado, e geralmente realizar o mesmo serviço. Na verdade, em algumas tarefas específicas para profissionais de mídia digital, o PowerPC G4 é significativamente mais rápido. Design de sistema de baixa latência avançado Desempenho alto exige operação eficiente em todas as áreas da arquitetura de sistema. O Power Mac G4 é projetado para rápida resposta (baixa latência), mesmo com o alto volume de tráfego de sistema exigido para tarefas complexas de processamento, como modelagem 3D, edição de vídeo digital e aplicação de filtros de Photoshop em arquivos de imagem. As principais características deste design incluem um cache L3, barramento rápido de sistema, memória principal DDR, duas controladoras de disco rígido ATA, um barramento PCI direto e controladores de entrada/saída integrados de alta velocidade. O avanço do cache L3 Um processador eficiente apenas não pode garantir resultados com aplicativos reais. Para alcançar a velocidade ideal, a arquitetura do sistema precisa oferecer acesso rápido aos dados e código de aplicativos que o processador usa e é exatamente assim que a arquitetura singular de memória cache do Power Mac G4 dispõe ao processador PowerPC G4 uma vantagem significativa. E este, por sinal, é o ponto fraco do mundo dos PCs: na fabricação dos computadores beges ou seja, componentes intercambiáveis, de diferentes fabricantes, unidos no momento de montagem, em que as inovações de arquitetura são poucas e não-coordenadas o processador ainda acessa dados do disco rígido e memória principal. Demora um bocado de tempo para buscar dados no disco rígido, já que os dados precisam navegar por um barramento compartilhado e, geralmente, congestionado. Acessar os dados da memória principal, por outro lado, é mais rápido. Por isso, usuários profissionais que trabalham com grande quantidade de dados preferem carregar seus sistemas com o máximo de RAM.

5 A arquitetura do Power Mac G4 leva este princípio além, com um nível ainda mais rápido de memória chamado cache L3. Característica padrão em muitos servidores de ponta, o cache L3 é raramente encontrado em PCs comuns. Obviamente, é um elemento-chave da arquitetura de sistema do Power Mac G4. O cache L3 mantém o PowerPC G4 correndo Cache L3 é memória de alta velocidade Double Data Rate. Ele fornece acesso rápido a dados e código de aplicativos por meio de um barramento dedicado ao processador. Este barramento dedicado oferece taxa de transferência de até 4 gigabytes por segundo (GBps), e não é afetado por outras transferências de dados. A alta velocidade possibilitada pelo cache L3, com seu barramento dedicado, permite ao processador PowerPC G4 receber dados acima de cinco vezes mais rápido do que receberia da memória principal (em que o barramento compartilhado reduz a velocidade). Por causa desta baixa latência, o processador G4 é alimentado de dados constantemente. Ele nunca fica parado, esperando o próximo conjunto de dados chegar. E seja o novo Power Mac G4 com um ou dois processadores, você pode estar certo de uma coisa: cada processador vem com seu próprio cache L3 dedicado. Na configuração de dois processadores, isto permite que ambos os processadores compartilhem dados entre si, sem parar para atualizações com a memória principal. O resultado? Processamento acelerado. Com até 2MB de memória dedicada, o cache L3 pode armazenar grandes quantidades de código de aplicativo e dados. Quando você executa um aplicativo, a maior parte do código do programa e dados do usuário permanecem no cache L3. Isto mantém a informação mais importante acessível ao processador a qualquer momento (é como as páginas web em cache no seu disco rígido: quando você clica no botão Voltar do seu navegador, seu computador utiliza os dados digitais baixados momentos antes, em vez de baixar os mesmos dados de novo). Em contraste ao que ocorre com a arquitetura do PC, no qual os dados trafegam da memória principal até o processador por meio da controladora de sistema, abrindo caminho entre fluxos de dados e instruções de outros subsistemas. A congestão causada pela fusão de vários fluxos de dados resulta em lentidão na taxa geral de transferência, afetando o desempenho geral do aplicativo.

6 Processadores G4 O PowerPC G4 com Velocity Engine adiciona o poder da supercomputação rápida à sua área de trabalho. Nada como um supercomputador para acelerar seus projetos. Corte uns poucos segundos de uma tarefa de processamento, tire minutos de outra e logo sua economia de tempo vai começar a render. E nem sempre foi assim tão fácil, é claro. Pouco tempo atrás, apenas instituições de pesquisa tinham patrocínio suficiente para usar um supercomputador. Então, surgiu o processador PowerPC G4, tornando possível colocar o supercomputador em cima da sua mesa ou embaixo dela. O que torna um supercomputador super é sua capacidade de executar pelo menos 1 bilhão de operações de ponto flutuante por segundo, uma medida impressionante de velocidade conhecida como gigaflop. O PowerPC G4, arquitetado pela Apple, Motorola e IBM, foi o primeiro microprocessador a produzir desempenho sustentado de mais de um gigaflop, levando o mérito de primeiro supercomputador em um chip. Agora é hora, contudo, de coroar o novo campeão. O novo sistema Power Mac G4 com dois processadores PowerPC G4 de 1,42GHz alcança velocidade de 21 gigaflops. Faça as contas A vantagem em desempenho do PowerPC G4 começa em seu pipeline de dados. O termo "pipeline de processador" se refere ao número de passos de processamento, ou estágios, necessários para completar uma tarefa. Quanto menos passos, mais curto e mais eficiente o pipeline. Graças ao seu eficiente design de 7 estágios (contra os 20 estágios do processador concorrente), o processador G4 pode completar uma tarefa em 13 passos menos que o PC. A economia em tempo é enorme, faça as contas. O Velocity Engine Por trás do fenomenal desempenho do PowerPC G4 está o Velocity Engine. O Velocity Engine processa dados em enormes lotes de 128 bit, em vez dos pequenos lotes de 32 bit ou 64 bit utilizados por processadores tradicionais (é a tecnologia de processamento vetorial de 128 bit usada em supercomputadores científicos só que nós adicionamos 162 novas instruções para agilizar a computação). Além disso, o PowerPC G4 pode

7 realizar quatro (em alguns casos, oito) cálculos de ponto flutuante de 32 bit em um único ciclo duas a quatro vezes mais rápido que os processadores encontrados em PCs. O PowerPC G4 com Velocity Engine trabalha com a arquitetura de sistema do Power Mac G4 para acelerar o processamento intensivo de dados que os aplicativos de vídeo, áudio e gráficos de última geração exigem. Entre as principais características do G4 está a função de permuta vetorial, capaz de rearranjar dados nos registros um benefício inestimável quando se converte dados de um formato para outro (geralmente necessário em programas de áudio, vídeo, gráficos, que costumam gravar dados em diversos formatos diferentes). Estas vantagens de processamento vetorial fornecem uma vantagem ao PowerPC G4 para visualização. Isso torna o PowerPC G4 perfeito para vídeo digital, gráficos e jogos 3D, astronomia, biociência e modelagem. O fator Mac OS X O Mac OS X possui multitarefa preemptiva, que aloca ciclos do processador sob demanda. A memória protegida mantém o computador funcionando mesmo se um software beta errante decidir travar. E a capacidade de fazer multiprocessamento simétrico promete desempenho incomparável em computadores Power Mac G4 de dois processadores. Com o Mac OS X otimizado para arrancar o máximo de desempenho do processador PowerPC G4, você vai notar avanços em todos os níveis. Mac OS X e processamento duplo Todos os aplicativos e tecnologias do Mac OS X como Quartz Extreme, QuickTime e OpenGL são otimizados para aproveitar as habilidades dos dois processadores do PowerPC G4. Por isso, tarefas complexas como transformações de imagens, compressão de vídeo e operações de codificação de MP3 são completas em metade do tempo, utilizando Mac OS X em Power Mac G4 com dois processadores.

8 SuperDrive O Power Mac G4 com SuperDrive foi o primeiro sistema acessível e completo de autoração e gravação de DVD. E ainda é, mas agora o lendário SuperDrive (DVD-R/CD-RW) grava discos DVD-R a 4x. E como o software fácil de usar da Apple, idvd, já vem instalado, você pode gravar seus próprios DVDs sem nem ler o manual ou transformar seu Power Mac G4 em um estúdio de produção de DVD com o software opcional DVD Studio Pro. O SuperDrive é um drive padrão da indústria que lê dezenas de formatos padrão de CD e DVD. O SuperDrive agora grava discos DVD-R a 4x, lê DVDs a 8x, grava discos CD-R a 16x, grava discos CD-RW a 8x e lê CDs a 32x. É o jeito mais fácil de autorar CDs e DVDs para utilização em quase qualquer aparelho profissional ou doméstico. Arquivando dados em CD e DVD O SuperDrive também é ideal para realizar backups regulares. Os CDs podem armazenar 700MB de dados, 480 vezes mais do que um disquete. Os DVDs comportam 4,7GB de dados, o equivalente a 7 CDs, 18 discos Zip 250 ou 3200 disquetes. Com uma capacidade destas, você pode fazer cópias de segurança de toda sua coleção de fotos digitais ou 1000 arquivos MP3 e mantê-los seguros por anos.

9 Duas baias para unidade ótica Quer assistir um filme enquanto o SuperDrive grava seus DVDs? Todos os novos Power Mac G4 vêm com uma baia para uma segunda unidade ótica, então você pode inserir um drive Combo (DVD/CD-RW) que permite assistir a filmes em DVD e gravar CDs enquanto seu SuperDrive está ocupado gravando DVDs. Valor de produção profissional Além dos valores de produção, que manterão sua platéia presa às cadeiras, o formato DVD permite que você adicione muito material bônus como imagens, entrevistas, efeitos sonoros, trilhas sonoras e informação aprofundada a seus filmes e apresentações. SuperDrive dispara em teste de codificação em DVD Testamos a eficiência do Power Mac G4 com o SuperDrive na codificação de vídeo, a etapa mais demorada na gravação de DVDs. O teste envolvia codificar um clipe de vídeo de mídia DV (vídeo digital, o formato usado por câmeras padrão DV e também o DVD Studio Pro e idvd para criar e editar DVDs) em MPEG-2 (o formato utilizado para monitores de televisão de alta qualidade em tocadores de DVD domésticos). Gráficos O novo Power Mac G4 vem com sua escolha de dois excelentes processadores gráficos AGP 4X da ATI e NVIDIA, e suporte para dois monitores em toda a linha.

10 As configurações padrão têm o NVIDIA GeForce 4 MX ou ATI Radeon 9000 Pro, ambos com 64MB de DDR SDRAM. ATI Radeon 9000 Pro A ATI Radeon 9000 Pro com 64MB de DDR SDRAM é incluída nos modelos Power Mac G4 de dois processadores 1,25GHz ou 1,42GHz. O Radeon 9000 Pro possui arquitetura de quatro pipelines paralelos para renderização de pixels o dobro da banda anterior e é construído com o Charisma Engine II, uma maravilha de engenharia em transformação e iluminação, que gera 43 milhões de triângulos por segundo, e até 1,1 bilhão de pixels por segundo. NVIDIA GeForce4 MX O Power Mac G4 1GHz possui o NVIDIA GeForce4 MX com 64MB de DDR SDRAM. O NVIDIA GeForce4 MX produz 1,1 bilhão de pixels texturizados por segundo, detonando jogos e gráficos 3D com transformação e iluminação (T&L) 3D, sombreamento por pixel e efeitos fantásticos em altas resoluções. Este processador gráfico assume funções de cálculo de transformação e iluminação da unidade central de processamento (CPU) do Power Mac G4, permitindo detecção de colisão mais robusta, melhores algoritmos de trilhas e física mais realista. Gerenciamento de cores simplificado permitem uma imagem mais consistente de seu trabalho e gama de cores, graças ao limite superior de brilho. Os monitores com o branco de 6500º K padrão da indústria, dispensando gerenciamento preciso de cores é parte integral do seu trabalho, perfil ColorSync para seu monitor Apple com o GretagMacbeth depois calibrar o monitor de acordo com seu ambiente. Monitores LCD também uma maior Apple são fabricados configuração. E se o você pode gerar um Eye-One Monitor, e Monitores maravilhosos Escolha entre o Apple Cinema HD Display de 23 pol, o Display de 20 pol ou o Apple Studio Display de 17 pol. alta saturação de cores e telas brilhantes, estes permitem que você trabalhe em seus projetos com o quiser pixel por pixel, se necessário. E o preço é tão pode cogitar adquirir dois monitores. novo Apple Cinema Com imagens nítidas, monitores Apple nível de detalhe que acessível, que você

11 Expansão O novo Power Mac G4 é expansível de tantas formas, que nunca foi tão fácil montar uma central de mídia digital personalizada de forma ideal para as necessidades do profissional. Com cinco slots, quatro baias de drive, duas baias ópticas e mais espaço para até 2GB de DDR SDRAM o Power Mac G4 é projetado para ser expansível ao máximo. Estes slots permitem incrementar o desempenho do seu Power Mac G4 para trabalhos profissionais, como edição de vídeo digital e processamento de sinal musical digital, e também aplicativos de engenharia e científicos. E as entradas e saídas analógicas são mais uma razão para os profissionais de áudio adquirirem um novo Power Mac G4. O primeiro slot o slot gráfico AGP 4X é otimizado para gráficos 2D ou 3D. Ele vem pré-instalado com uma das quatro mais potentes placas gráficas do mercado. Os quatro slots DIMM do Power Mac G4 vêm carregadas de DDR SDRAM (facilmente expansível para 2GB de DDR SDRAM). Os outros quatro slots são PCI 64 nit 33MHz com desempenho melhorado até 266 megabytes por segundo de taxa de transferência. Você pode usar estes slots para carregar seu sistema com placas especiais para processamento de áudio, vídeo ou efeitos especiais, mais placas SCSI ou placas gráficas adicionais.

12 Dois unidades óticas de alta velocidade baias para unidade ótica na frente do Power Mac G4? Um Combo Drive (DVD-ROM/CD-RW) ou SuperDrive (DVDainda pode pedir um Combo drive para a segunda baia. Está vendo estas duas deles vem com o R/CD-RW), e você Capacidade em disco impressionante Além de incorporar funções que geralmente exigem slots adicionais como Ethernet 10/100/1000BASE-T, por exemplo o Power Mac G4 tem suporte a armazenamento em disco rígido de até 720GB (drives internos de 180GB x 4, disponíveis sob encomenda), garantindo o melhor para guardar seus arquivos de vídeo digital ou grandes bancos de dados para processamento científico. As quatro baias de 3,5 pol abrem um leque de opções de armazenamento. O Power Mac G4 vem com um drive 7200 rpm ATA pré-instalado, com cabo de dados, e um conector para o segundo drive. Também há uma segunda conexão ATA, permitindo quatro drives ATA internos dois Ultra ATA/100 e dois Ultra ATA/66. Ou você pode optar por instalar drives SCSI em qualquer uma das baias de drive, conectando-os a uma placa SCSI PCI (exige solução de terceiros não comercializada pela Apple) com cabo de dados. Em outras palavras, você pode ter até quatro drives ATA ou quatro discos rígidos Ultra SCSI ou misturar os SCSI e ATA. Você decide. Maximize seu armazenamento software RAID (Redundant Array of Independent capacidade de armazenamento, desempenho e múltiplos discos de armazenamento. Você pode configurações RAID. Um deles é dividindo dados entre medida que ele grava e lê, acelerando o trabalho com como vídeo digital. O espelhamento duplica dados aumentando a redundância e compartilhando arquivos precisam acessá-los rápida ou freqüentemente, como fazem servidores web. O Mac OS X inclui Disks), que otimiza a confiabilidade em escolher uma das duas diversos discos à arquivos grandes, entre diversos discos, entre aplicativos que Duplique sua área de trabalho Quer uma tela digital maior? Basta acrescentar um segundo monitor digital. Você pode ter dois Apple Cinema Display HD 23 polegadas (1920 x 1200 pixels), ou combinar um Apple Cinema HD 23 pol com um Apple Cinema Display 20 polegadas ou até mesmo um Apple Studio Display 17 polegadas. Todas as placas gráficas do Power Mac G4 têm suporte para dois monitores onboard, tanto com o Apple Display Connector (ADC) e um conector DVI. Usando um adaptador DVI para ADC, você pode conectar dois monitores tela plana Apple e conseguir uma área de trabalho digital ultralarga.

13 Hardware e software integrados Como usuário do Power Mac G4, você tem outra vantagem significativa sobre seus companheiros de PC, do ponto de vista da arquitetura de sistema. É porque os engenheiros da Apple projetam o hardware e software para trabalhar em conjunto, integrando a arquitetura avançada do Xserve com as tecnologias de entrada e saída (I/O) de alta velocidade, como FireWire, PCI e Gigabit Ethernet, diretamente na controladora do sistema. Assim, a latência é reduzida, aumentando o barramento e ganhando muito em desempenho de I/O. Além disso, a integração entre hardware e software oferece uma gama de possibilidades de expansão e armazenamento, e o design aberto permite um nível impossível para os PCs. Especialmente com o Power Mac G4, com Mac OS X como sistema operacional padrão. Naturalmente, o mesmo vale para leitores de mídia USB, alto-falantes e microfones USB, câmeras fotográficas digitais USB com suporte a armazenamento em massa como PTP e Digita e mais as câmeras populares Canon, Kodak, Nikon e Olympus. Suporte para plug-and-play Todo novo Power Mac G4 vem com porta FireWire 800 integrada, duas portas FireWire 400 e quatro portas USB (duas no computador, duas no teclado). Expansão FireWire e PCI são integradas diretamente na controladora principal do sistema, reduzindo latência e oferecendo desempenho superior de E/S. O Mac OS X eleva o plug-and-play a um novo nível de facilidade de uso no Mac. Ele inclui suporte para os discos rígidos padrão mais populares e periféricos adicionais. E também com suporte para discos rígidos IDE e SCSI, o Mac OS X é perfeito para aparelhos FireWire e USB com hot-plugging. O Mac OS X tem suporte para a maioria dos mais recentes periféricos. Você tem configuração automática para as impressoras jato de tinta USB da Canon, HP e Epson. Basta conectar sua impressora e o Mac OS X irá torná-la disponível imediatamente em um painel de impressão do aplicativo, sem necessidade de software adicional e configuração. O mesmo vale para impressoras de rede PostScript. RAID ao extremo Você pode instalar até quatro discos rígidos ATA de alto desempenho no seu Power Mac G4, criando volumes rápidos RAID e expandir ainda mais. O ACARD ATA-133 RAID, por exemplo, permite adicionar mais drives IDE ou usar hardware RAID apenas ajustando a configuração do RAID DIP, e o ACARD AEC-6280M permite adicionar mais drives e usar software RAID. Matemática SCSI O Adaptec Ultra160 PowerDomain PCI Card for Power Macintosh acelera seu vídeo digital, aplicativos de pré-impressão e desktop publishing com E/S incrivelmente rápida. Este adaptador 64 bit PCI para Power Macintosh oferece taxa de transferência de 320MB por segundo, ao longo de dois canais independentes Ultra160 SCSI, e permite conectar até 30 aparelhos SCSI.

14 Software O Power Mac G4 vem com tantos aplicativos fáceis de usar, que você pode fazer centenas de coisas com eles desde converter arquivos gráficos até autorar seus próprios DVDs sem complicação. O sistema operacional mais avançado do mundo sistema operacional de última geração da Apple, é incrível de usar. Mas por interface de Macintosh está um sistema operacional sólido, baseado em UNIX, partir das tecnologias utilizadas no trabalho pesado da internet. E extrair o máximo de desempenho de seu software. Mac OS X v.10.2, o baixo desta bela industrial, criado a programado para O ical permite ver suas atividades por dia, semana ou mês, e também acompanhar seus compromissos e eventos com múltiplos calendários. Você pode criar calendários separados, identificados por cores, para sua casa e escritório, e ver todos os diferentes calendários ao mesmo tempo, em uma única janela. O isync permite manter suas informações de contatos e calendário sincronizadas entre seu Power Mac G4 e ipod ou Palm OS.

15 O ichat oferece controle total de suas mensagens. Este aplicativo de mensagens instantâneas torna encontrar e conversar com seus amigos online muito mais fácil. Graças à sua compatibilidade com o AOL Instant Messenger (AIM), o ichat e seu novo Power Mac G4 permitem acesso imediato a mais de 150 milhões de membros das comunidades AIM e.mac. O Mac OS X Mail aceita imagens, sons e filmes em , e utiliza comandos de cores, fontes e formatação para aperfeiçoar o visual da sua mensagem. O Mac OS X Mail também possui um sofisticado filtro de indesejado para identificar o lixo em meio às suas mensagens, com controles simples para treiná-lo a reconhecer o que você considera indesejado. Apresentamos o ilife. Agora, tudo está conectado. Os aplicativos ilife permitem fazer coisas divertidas e criativas com suas fotos, música e filmes que os usuários de PC apenas sonham em fazer e depois compartilhá-las de inúmeras formas, desde até internet, impressos ou DVD. E você pode fazer tudo isso e muito mais sem nem depender do manual. Música digital para seu Power Mac G4 Procurando a música perfeita para seu filme, apresentação itunes 3, o tocador de música digital mais adorado da acesso instantâneo a sua coleção de música e listas de outros aplicativos ilife, assim como no itunes. E você música facilmente o botão play está incluído, para você itunes apenas para achar aquela música ideal. de slides ou DVD? O atualidade, oferece reprodução a partir de também pode ouvir não precisar executar o Uma estrela renasce Última versão do revolucionário software de vídeo digital que ajudou os usuários de Mac a criar milhões de filmes, o imovie 3 incorpora diversas novas e fantásticas funções para sua tela, incluindo Skywalker Sound Effects e efeitos visuais como Lens Flare, Fairy Dust, Earthquake e o Ken Burns Pan and Zoom Effect. E mais suporte a QuickTime, envio de material instantaneamente para o idvd e muito mais. Coloque em foco sua vida digital O ilife permite organizar, editar e compartilhar suas mesmo adicionar música a elas com o iphoto 2. Além nas fotos digitais com um simples clique do mouse, o ferramenta Retouch wand, que faz defeitos mágica. E, é claro, você pode acessar seus álbuns de do imovie e idvd, e trazer a música das suas do itunes. fotos digitais e até de permitir melhorias iphoto 2 traz a desaparecerem como fotografia diretamente apresentações de slide Crie DVDs no seu Mac Agora qualquer um pode criar DVDs com marcadores de capítulos no idvd 3. Você só precisa criar os marcadores no imovie 3 quando estiver editando seu filme. Você também pode vasculhar sua coleção no itunes e encontrar músicas para seus projetos, e criar apresentações de slide instantâneas em DVD apenas selecionando seu álbum de fotos, com dúzias de temas dignos de Hollywood para escolher.

Breve Introdução aos Computadores. Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto

Breve Introdução aos Computadores. Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto Breve Introdução aos Computadores Disciplina de Informática PEUS, 2006 - U.Porto Introduzir Dados Processar Dados Apresentar Dados U. S. Army Photo Computador Sistema programável que permite armazenar,

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica O Power Mac G5 é o mais rápido computador pessoal do mundo, e o primeiro com processador 64 bits ou seja, ele quebra a barreira de 4 gigabytes, e pode usar até 8 gigabytes de memória. O novo processador

Leia mais

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais:

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais: Entrada e Saída Além do processador e da memória, um terceiro elemento fundamental de um sistema de computação é o conjunto de módulos de E/S. Cada módulo se conecta com o barramento do sistema ou com

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

Fundamentos de Hardware. 1. Placa Mãe

Fundamentos de Hardware. 1. Placa Mãe Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Fundamentos de Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Fundamentos de Hardware Os seguintes links representam

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DOS COMPUTADORES

CLASSIFICAÇÃO DOS COMPUTADORES 1 CLASSIFICAÇÃO DOS COMPUTADORES Desktop: São os computadores pessoais, os PC s. São chamados de desktop por serem considerados micros de mesa, veja a figura ao lado. Muito cobrado em concurso é ter uma

Leia mais

1 de 69 27/12/2010 10:57

1 de 69 27/12/2010 10:57 1 de 69 27/12/2010 10:57 Este pregão possui 1 Ata Complementar Ver Ata Posterior 943001.3752010.35139.4674.2041308193.769 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00375/2010

Leia mais

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional Arquitetura: Conjunto de elementos que perfazem um todo; estrutura, natureza, organização. Houaiss (internet) Bit- Binary Digit - Número que pode representar apenas dois valores: 0 e 1 (desligado e ligado).

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma Aula 04 B Interfaces Prof. Ricardo Palma Interface SCSI SCSI é a sigla de Small Computer System Interface. A tecnologia SCSI (pronuncia-se "scuzzy") permite que você conecte uma larga gama de periféricos,

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

Power Mac G5 Guia do usuário Inclui informações sobre configuração, expansão e solução de problemas para o computador Power Mac G5

Power Mac G5 Guia do usuário Inclui informações sobre configuração, expansão e solução de problemas para o computador Power Mac G5 Power Mac G5 Guia do usuário Inclui informações sobre configuração, expansão e solução de problemas para o computador Power Mac G5 apple Apple Computer, Inc. 2004 Apple Computer, Inc. Todos os direitos

Leia mais

Capítulo 1. Introdução ao hardware de PCs

Capítulo 1. Introdução ao hardware de PCs Capítulo 1 Introdução ao hardware de PCs Hardware para principiantes Entender hardware a fundo é uma tarefa árdua. São tantos detalhes que o aprendizado pode se tornar bastante difícil. Vamos então facilitar

Leia mais

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma Aula 04 A Barramentos Prof. Ricardo Palma Definição Em ciência da computação barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, como o CPU, a memória e outros

Leia mais

Contato: www.plugnetshop.com.br Fone/Fax: (81) 3426 7006 E-mail: breno@plugnetshop.com.br

Contato: www.plugnetshop.com.br Fone/Fax: (81) 3426 7006 E-mail: breno@plugnetshop.com.br Registro de Preços para Equipamentos de Informática Contato: www.plugnetshop.com.br Fone/Fax: (81) 3426 7006 E-mail: breno@plugnetshop.com.br MICROCOMPUTADOR APPLE IMAC 21.5 PROCESSADOR: Intel Core i5

Leia mais

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização

Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização Configuração de Microcomputadores 2 Documento de Padronização COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 07/2011 Sumário 3 1 Configuração padrão Marca e modelo do equipamento deverão constar da HCL - Lista

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR:

TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: TERMO DE REFERÊNCIA Lote 1 item 3. MICROCOMPUTADOR: 1.0 PROCESSADOR 1.1 Um processador Intel com arquitetura 64 Bits compatível com o equipamento ofertado e tecnologia de 65nm e núcleo duplo E4500; 1.2

Leia mais

Power Mac G5 Guia do Usuário Inclui informações de configuração, expansão e solução de problemas para seu computador Power Mac G5

Power Mac G5 Guia do Usuário Inclui informações de configuração, expansão e solução de problemas para seu computador Power Mac G5 Power Mac G5 Guia do Usuário Inclui informações de configuração, expansão e solução de problemas para seu computador Power Mac G5 apple Apple Computer, Inc. 2005 Apple Computer, Inc. Todos os direitos

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Placa Mãe Dispositivos (Onboard) São aqueles encontrados na própria Placa Mãe. Ex: Rede, Som, Vídeo e etc... Prof. Luiz

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

Hardware. Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial

Hardware. Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial Hardware Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial Conteúdo Definição do hardware; Tipo e tamanho dos computadores; Família dos computadores; Elementos do hardware; Portas de comunicação.

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01

Montagem e Manutenção (Hardware) Aula 01 Aula 01 1 Explique porque é importante saber Montagem e Manutenção de Computadores hoje? 2 Defina Hardware. 3 Explique Transistor. 4 Faça uma breve explicação da Evolução dos Hardwares usados nos computadores.

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR Por: Pedro ( Lan House Viagem Virtual ) Sacie sua fome de conhecimento, veja em ordem alfabética os principais termos sobre hardware. Como muitos devem saber, os computadores

Leia mais

nforce Serie 600i Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI

nforce Serie 600i Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI Recursos e Benefícios - MCP NVIDIA nforce 680i SLI Projetados para entusiastas Os processadores para mídia e comunicações (MCPs) NVIDIA nforce 680i SLI proporcionam as ferramentas e o desempenho que os

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-ROM. Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-ROM. Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-Rom Até pouco tempo atrás, as opções mais viáveis para escutar música eram os discos de vinil e as fitas cassete. Porém, a Philips, em associação com outras empresas, desenvolveu

Leia mais

Desempenho. Tela TFT widescreen brilhante de 21,5 polegadas (visíveis), retroiluminada. milhões de cores Resolução: 1920 por 1080 pixels

Desempenho. Tela TFT widescreen brilhante de 21,5 polegadas (visíveis), retroiluminada. milhões de cores Resolução: 1920 por 1080 pixels Design Características Desempenho Softwares Meio ambiente Especificações A partir de R$ 3.999 A partir de R$ 6.399 Tela Tela widescreen brilhante, retroiluminada por LED, de alta resolução, com suporte

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Microcomputadores. Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA

Microcomputadores. Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA Configurac a o de Microcomputadores Documento de Padronizac a o GRUPO TE CNICO DE INFORMA TICA Atualizado em 08/2010 Sumário 1 Configuração padrão p. 3 1.1 Processador............................. p. 3

Leia mais

DVD Studio Pro 1.5. Faça a autoração de seus discos DVD-Video com:

DVD Studio Pro 1.5. Faça a autoração de seus discos DVD-Video com: DVD Studio Pro 1.5 O mundo do vídeo entra na era digital. camcorders DV de alta qualidade. Você está editando digitalmente profissionais de software, como o Final Cut Pro. Então, por que finalizados em

Leia mais

LOTE 1 composto pelo item 01

LOTE 1 composto pelo item 01 1 1. OBJETO CONSTITUI O OBJETIVO DESTA LICITAÇÃO A AQUISIÇÃO DE MICROCOMPUTADOR COMPATÍVEL IBM PC PARA O NÚCLEO DE INFORMÁTICA DA FACULDADE DE MEDICINA, CONFORME ABAIXO ESPECIFICADO: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

INSTITUTO MARTIN LUTHER KING CURSO PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: HARDWARE

INSTITUTO MARTIN LUTHER KING CURSO PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: HARDWARE Memória ROM Vamos iniciar com a memória ROM que significa Read Only Memory, ou seja, uma memória somente para leitura. Isso quer dizer que as instruções que esta memória contém só podem ser lidas e executadas,

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima. Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto

Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima. Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto Arquitetura de Computadores - Kelly Alves Martins de Lima Engenharia de Software e Programação Orientada a Objeto Novo XPS 8700 Desktop Dentre as arquiteturas de trabalho mais poderosas no mercado este

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Catálogo. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.348,98 1 31207-0 2 31208-8. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.400,75

Catálogo. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.348,98 1 31207-0 2 31208-8. DELL Computadores do Brasil Ltda 90 R$ 7.400,75 ITEM 1 31207-0 2 31208-8 LOTE 01 DESCRIÇÃO EMPRESA Qtd. VALOR UNITÁRIO SERVIDOR - SEM SISTEMA OPERACIONAL TIPO 1,, POWER EDGE R710, PROCESSADOR NÚCLEO QUÁDRUPLO DE 2.13 GHZ SUPORTA APLICAÇÕES DE 32 E 64

Leia mais

Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários

Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários Curso básico em técnicas de Manutenção para activistas comunitários Perguntas relacionadas com a Aula 2 do Módulo I Aula 2 1. Qual das alíneas encontram-se mencionados todos os tipos de computador por

Leia mais

Site : Sniperpspg1.besaba.com. Email : profdjair@sniperpspg1.besaba.com

Site : Sniperpspg1.besaba.com. Email : profdjair@sniperpspg1.besaba.com Site : Sniperpspg1.besaba.com Email : profdjair@sniperpspg1.besaba.com Introdução ao PC ( Personal Computer ) Entre as décadas de 1950 e 1970, nós primórdios da disseminação da informática, vários fabricantes

Leia mais

Noções básicas sobre hardware de PCs

Noções básicas sobre hardware de PCs Capítulo 1 Noções básicas sobre hardware de PCs Primeiro contato com hardware de PCs Entender hardware a fundo é uma tarefa árdua. São tantos detalhes que o aprendizado pode se tornar bastante difícil.

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ. Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora. Planejamento de Despesas 2011 Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro - JBRJ Centro Nacional de Conservação da Flora - CNCFlora Planejamento de Despesas 2011 Equipamentos Item 1: Desktop de trabalho - Quantidade 03

Leia mais

Organização e arquitetura de computadores Protocolos de barramento

Organização e arquitetura de computadores Protocolos de barramento Organização e arquitetura de computadores Protocolos de barramento Alunos: José Malan, Gustavo Marques, Johnathan Alves, Leonardo Cavalcante. Universal serial bus (USB) O USB é um padrão da indústria que

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

O que é RAID? Tipos de RAID:

O que é RAID? Tipos de RAID: O que é RAID? RAID é a sigla para Redundant Array of Independent Disks. É um conjunto de HD's que funcionam como se fosse um só, isso quer dizer que permite uma tolerância alta contra falhas, pois se um

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Inspiron 15. Série 3000. Visão. Especificações

Inspiron 15. Série 3000. Visão. Especificações Inspiron 15 Série 3000 Visão Copyright 2014 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de direitos autorais e propriedade intelectual dos EUA e internacionalmente. Dell e

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Chama-se sistema informatizado a integração que

Chama-se sistema informatizado a integração que Sistema Informatizado Hardware Sistema Informatizado Chama-se sistema informatizado a integração que acontece de três componentes básicos: a) Os computadores = hardware b) Os programas = software c) Os

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Barramento Também conhecido como BUS É um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos,

Leia mais

Introdução à redes de computadores

Introdução à redes de computadores 1/8 Introdução à redes de computadores Faz todo o sentido ligar os computadores em rede. Você não precisa ter uma impressora, um HD de grande capacidade, um gravador de DVDs e conexão via ADSL para cada

Leia mais

ARMAZENAMENTO SECUNDÁRIO

ARMAZENAMENTO SECUNDÁRIO ARMAZENAMENTO SECUNDÁRIO ARMAZENAMENTO SECUNDÁRIO Benefícios do Armazenamento Secundário: Espaço: grande quantidade de espaço disponível; Confiabilidade: altamente confiável; Conveniência: usuários autorizados

Leia mais

Ata Parcial. Item 0001

Ata Parcial. Item 0001 Ata Parcial Às 09:00 horas do dia 19 de junho de 2012, reuniu-se o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas e respectivos membros da Equipe de apoio, designados pela portaria 027/2012-GAB/SEFIN

Leia mais

Inspiron 14. Exibições. Especificações

Inspiron 14. Exibições. Especificações Inspiron 14 Exibições 2014 Dell Inc. Todos os direitos reservados. Este produto é protegido por leis de direitos autorais e de propriedade intelectual dos EUA e internacionalmente Dell e o logo da Dell

Leia mais

Ata Final. Item 0001

Ata Final. Item 0001 Ata Final Às 09:00 horas do dia 19 de junho de 2012, reuniu-se o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas e respectivos membros da Equipe de apoio, designados pela portaria 027/2012-GAB/SEFIN

Leia mais

Como è feito computador

Como è feito computador Como è feito computador O computador contém uma parte elétrica e uma parte eletrónica. Parte elétrica é usada para transformar e dinstribuir a eletricidade que vem para os vários componentes. Parte eletrónica

Leia mais

KIP 720 SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO CIS COM A AVANÇADA TECNOLOGIA KIP REAL TIME THRESHOLDING

KIP 720 SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO CIS COM A AVANÇADA TECNOLOGIA KIP REAL TIME THRESHOLDING KIP 720 SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO CIS COM A AVANÇADA TECNOLOGIA KIP REAL TIME THRESHOLDING SISTEMA DE DIGITALIZAÇÃO KIP 720 Scanner de imagens KIP 720 O scanner monocromático e colorido KIP 720 apresenta

Leia mais

GABARITO COMENTADO DE HARDWARE 1) Falsa O texto mostrado, descreve que o Pen Drive possui 8.192MB ou seja, 8 Gigas de Memória. Já a questão menciona que o texto exibido contém uma memória com capacidade

Leia mais

VPCSB15GB. Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics

VPCSB15GB. Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics VPCSB15GB Intel Core i5-2410m (2.30GHz com Turbo Boost até 2.90GHz) AMD Radeon HD 6470M (512MB) + Intel HD Graphics Windows 7 Professional 500GB HDD 4GB DDR3 SDRAM (expansível até 8GB) Tela VAIO Plus de

Leia mais

MICROCOMPUTADOR TIPO I

MICROCOMPUTADOR TIPO I MICROCOMPUTADOR TIPO I Processador...: Processador com memória cache mínima de 1 MB; Tipo...: 1)Intel Pentium IV Prescott com freqüência de 3.0 Ghz ou Superior Memória...: Memória RAM instalada de 512

Leia mais

Estrutura básica do computador; busca e execução de instruções; interrupções; barramentos

Estrutura básica do computador; busca e execução de instruções; interrupções; barramentos Estrutura básica do computador; busca e execução de instruções; interrupções; barramentos Abordaremos nesta aula assuntos referentes aos diversos tipos de barramentos existentes em um computador e ao modo

Leia mais

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas

Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas ESCOLA PROFISSIONAL VASCONCELLOS LEBRE Curso de Instalação e Gestão de Redes Informáticas EQUIPAMENTOS ACTIVOS DE REDES José Vitor Nogueira Santos Ficha nº6-0833 21/09 1.Diga o que entende por Redundant

Leia mais

Sistemas de Computação. Dentro da Unidade do Sistema

Sistemas de Computação. Dentro da Unidade do Sistema Sistemas de Computação Dentro da Unidade do Sistema Conexão de rede subwoofer impressora microfone Unidade de disco flexível Monitor de vídeo Unidade de DVD modem Alto-falante Unidade de sistema ou gabinete

Leia mais

DRAM. DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em:

DRAM. DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em: DRAM DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em: FPM RAM (Fast Page Mode) EDO RAM (Extended Data Output RAM) BEDO RAM (Burst Extended Data Output

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Hardware de Computadores

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Hardware de Computadores Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Tecnologia de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Hardware de Computadores 1 O disco rígido, é um sistema de armazenamento de alta

Leia mais

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO)

SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) SISTEMA DE GRAVAÇÃO DIGITAL COM UM MICROCOMPUTADOR (DVD OU PLACAS DE CAPTURA DE VÍDEO) Há vários tipos de sistemas de gravações digitais. Os mais baratos consistem de uma placa para captura de vídeo, que

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

A EVOLUÇÃO PERFEITA PARA A SUA VIDA. EVO LED, AGORA COM WINDOWS 8. Simplificando a sua vida.

A EVOLUÇÃO PERFEITA PARA A SUA VIDA. EVO LED, AGORA COM WINDOWS 8. Simplificando a sua vida. A EVOLUÇÃO PERFEITA PARA A SUA VIDA. EVO LED, AGORA COM WINDOWS 8. 2W0IDE 18W,I5 DE A tecnologia VISION da AMD tem suporte para DirectX 11 proporcionando qualidade nas imagens em alta definição. DIA A

Leia mais

Eleve as suas filmagens HD a série de câmaras de vídeo HF da Canon

Eleve as suas filmagens HD a série de câmaras de vídeo HF da Canon Eleve as suas filmagens HD a série de câmaras de vídeo HF da Canon HF10 HF100 Para obter imagens em alta resolução destas e de outras imagens por favor visite http://www.canon-europe.com/press_centre Lisboa,

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes sobre como instalar o Mac OS X. Requisitos do sistema Para

Leia mais

Retificação PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS N 004 2008 CEL 02 SETUL AQUISICAO COMPUTADORES SOFTWARE

Retificação PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS N 004 2008 CEL 02 SETUL AQUISICAO COMPUTADORES SOFTWARE Retificação PREGAO POR REGISTRO DE PRECOS N 004 2008 CEL 02 SETUL AQUISICAO COMPUTADORES SOFTWARE A COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO CEL 02 comunica aos interessados que o Pregão Por Registro de Preços acima

Leia mais

Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5

Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5 Sumário Bem-vindo ao Corel VideoStudio Pro X5........................... 2 Novos recursos e aprimoramentos............................... 4 Conhecer a área de trabalho....................................

Leia mais

BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS

BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS BITS E BYTES COMO O COMPUTADOR ENTENDE AS COISAS Toda informação inserida no computador passa pelo Microprocessador e é jogada na memória RAM para ser utilizada enquanto seu micro trabalha. Essa informação

Leia mais

Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004

Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004 Relatório Final Disciplina F 809 1º Sem / 2004 Aluno: Rafael Lima Brandão Orientador : Prof. Jose Joaquim Lunazzi Resumo Os experimentos apresentados todo o semestre na disciplina F809 são filmados e gravados

Leia mais

Leia o Informe Oboé do mês

Leia o Informe Oboé do mês Oboé Informática: Soluções de informática para o cidadão 1. equipamentos: as melhores opções; 2. softwares & suprimentos: o objetivo não é só vender equipamentos, mas satisfazer todas as necessidades do

Leia mais

20001.1572011.6775.4917.57293040.67

20001.1572011.6775.4917.57293040.67 20001.1572011.6775.4917.57293040.67 PODER LEGISLATIVO Senado Federal Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00157/2011 Às 09:34 horas do dia 16 de novembro de 2011, reuniram-se o Pregoeiro Oficial deste

Leia mais

Prof. Esp. Lucas Cruz

Prof. Esp. Lucas Cruz Prof. Esp. Lucas Cruz O hardware é qualquer tipo de equipamento eletrônico utilizado para processar dados e informações e tem como função principal receber dados de entrada, processar dados de um usuário

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO FOLHAS DE DADOS Todas as folhas de dados para os equipamentos mencionados deverão ser devidamente preenchidas conforme determinado a seguir. Deverá ser preenchida uma folha de dados para cada tipo de equipamento

Leia mais

Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários

Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários Curso básico em técnicas de manutenção para activistas comunitários Modulo I INTRODUÇÃO AO EQUIPAMENTO INFORMÁTICO Respostas as perguntas do modulo I Aula 1 1. Qual dos seguintes itens faz parte do kit

Leia mais

Como fazer Backup. Previna-se contra acidentes no disco rígido

Como fazer Backup. Previna-se contra acidentes no disco rígido Como fazer Backup Previna-se contra acidentes no disco rígido Vocês já imaginaram se, de uma hora para outra, todo o conteúdo do disco rígido desaparecer? Parece pesadelo? Pois isso não é uma coisa tão

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA

ESTADO DO RIO GRANDE DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE NOVA PRATA EDITAL N.º 096/2015 - LICITAÇÃO N.º063/2015 - PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2015 LICITAÇÃO NA MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA; EXCLUSIVO PARA ME S E EPP

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores Arquitetura e Organização de Computadores Entrada/Saída Material adaptado, atualizado e traduzido de: STALLINGS, William. Arquitetura e Organização de Computadores. 5ª edição Problemas Entrada/Saída Grande

Leia mais

Resumo dos dispositivos externos WD

Resumo dos dispositivos externos WD Resumo dos dispositivos externos WD Armazenamento para computadores de mesa My Book VelociRaptor Duo Sistema de armazenamento de drive duplo O sistema de armazenamento de duas unidades My Book VelociRaptor

Leia mais

APOSTILA CORREIOS VERSÕES AGP TAXA DE TRANSFERÊNCIA

APOSTILA CORREIOS VERSÕES AGP TAXA DE TRANSFERÊNCIA Outro fato ruim é que nem sempre os equipamentos que vêm junto com a placa-mãe têm boa qualidade. Por razões de custo, as fábricas escolhem equipamentos fracos, o que compromete o desempenho final da máquina.

Leia mais

ANEXO 1 CONCORRÊNCIA PÚBLICA DE Nº 007/2007 Aquisição de Equipamentos Servidores de Rede para a Gerência e Manutenção da Rede RAAP/UFAM

ANEXO 1 CONCORRÊNCIA PÚBLICA DE Nº 007/2007 Aquisição de Equipamentos Servidores de Rede para a Gerência e Manutenção da Rede RAAP/UFAM 1 Estação de Monitoramento da Rede incluindo: Processador Tecnologia: core duo Front Side Bus de 800MHz Clock: GHz Cache L: de 1 MB Socket: LGA775 GB DDR 667MHz 40 pinos, com as seguintes especificações:

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Sistemas Computacionais

Sistemas Computacionais 2 Introdução Barramentos são, basicamente, um conjunto de sinais digitais com os quais o processador comunica-se com o seu exterior, ou seja, com a memória, chips da placa-mãe, periféricos, etc. Há vários

Leia mais

ANEXO 3 FOLHA DE DADOS

ANEXO 3 FOLHA DE DADOS PROJETO BÁSICO DOF 001 / 2010 ANEXO 3 FOLHA DE DADOS EQUIPAMENTO: Medidores de Faturamento SE ABUNÃ - FOLHA DE DADOS Quantidade: 8 (oito) Fabricante Modelo FUNCIONAIS Compatibilidade com IEC 687 Classe

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Programa Instrutor Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática 18 de Maio de 2010 Programa Instrutor (Universidade Federal do Montagem Paraná,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br ESQUEMA DE UM COMPUTADOR Uma Unidade Central de

Leia mais