6 Referências Bibliográficas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "6 Referências Bibliográficas"

Transcrição

1 6 Referências Bibliográficas AMERICAN SOCIETY OF MECHANICAL ENGINEERS. ASME B : Pipeline Transportation Systems for Liquid Hydrocarbons and Other Liquids. Revision of ASME B New York, 2004 AMERICAN SOCIETY OF MECHANICAL ENGINEERS. ASME B31.8a Addenda to ASME B : Gas Transmition and Distribution System. New York, 2003 ASANTE, B.; JAMES, D.; MIDWINTER, S. Workshop - The Case for Simplicity in Hydraulic Analysis. In: PIPELINE SIMULATION INTEREST GROUP PSIG 29th Annual Meeting, 1997, Tuscon, Arizona. ASPENTECH, ProFES Tools. Disponível em: <www.aspentech.com/brochures/ ProFES_Tools.pdf>. Acesso em: 17 jul AZEVEDO, L. F. A.; BRAGA, A. M. B.; NIECKELE, A. O.; SOUZA MENDES, P. R. Simulating Pipeline Pigging Operations. In: THE PIPELINE PIGGING CONFERENCE, june 1999, Stavanger, Noruega. Proceedings of the 1999 Pipeline Pigging Conference, pp BACHMAN, S.; GOODREAU, M. Less is More: Accuracy versus Precision in Modeling. In: PIPELINE SIMULATION INTEREST GROUP PSIG 32nd Annual Meeting, 2000, Savannah,Georgia. Disponível em:<www.psig.org/papers/ 1997/0009.pdf>. Acesso em: 03 jul CAMPOS, M. V. Sintonia de Controladores PID. Comunicação Técnica CT- DIPRIN-034/1999. Rio de Janeiro: CENPES/DIPRIN/SEPROJ, Out FEKETE ASSOCIATES INC., F.A.S.T. Piper. Disponível em:<www.fekete.com /software/piper/pdf/b-piper-sw.pdf>. Acesso em: 17 jul. 2004

2 Referências Bibliográficas 106 IFP, TACITE: Transient Multiphase Flow Simulator. Disponível em: <www.ifp.fr/ifp/search.jsp>. Acesso em: 17 jul ISERMANN, R. Digital Control Systems. Revised and enlarged translation of Digitale Regelsysteme 1977, Germany: Springer-Verlag Berlin Heidelberg NewYork, KIM, D. K.; CHO, S. H.; PARK, S. S.; RHO, Y. W.; YOO, H. R.; NGUYEN, T. T.; KIM, S. B. Verification of the Theoretical Model for Analyzing Dynamic Behavior of the Pig from Actual Pigging. KSME International Journal, v. 17, n. 9, p , Seoul, South Korea: Korean Society of Mechanical Engineers. LIMA, P. C. R.; YEUNG, H. Modeling of Pigging Operations. In: 1999 SPE ANNUAL TECHNICAL CONFERENCE AND EXHIBITION, 3-6 october 1999, Houston, Texas. LIMA, P. C. R.; YEUNG, H. Modeling of Pig Assisted Production Methods. Journal of Energy Resources Technology Transactions of the ASME, v. 124, p. 8-13, Mar MATHEWS, L.; KENNARD, M.; O DONOGHUE, A. Velocity Control of Pigs in Gas Pipelines. In: THE PIPELINE PIGGING CONFERENCE, 2-5 june 1997, Amsterdam. Proceedings of the 1997 Pipeline Pigging Conference. Scientific Surveys Ltd, MODISETTE, J. L.; MODISETTE J. P. Transient and Succession-of-Steady- States Pipeline Flow Models. In: PIPELINE SIMULATION INTEREST GROUP PSIG 33rd Annual Meeting, 2001, Salt Lake City, Utah. Disponível em: < Acesso em: 15 abr MOHITPOUR, M.; GOLSHAN, H.; MURRAY, A. Pipeline Design & Construction: A Practical Approach. New York: The American Society of Mechanical Engineers ASME PRESS, MOKHATAB, S. New Approximation of Friction Factor Developed for General Gas-Flow Equation. Oil & Gas Journal, p , July 2002.

3 Referências Bibliográficas 107 MONTEIRO, C. L. Simulação do Deslocamento de Pigs em Tubulações. Rio de Janeiro, Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) Departamento de Engenharia Mecânica, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. NICHOLAS, R. E. Simulation of Slack Line Flow - A Tutorial. In: PIPELINE SIMULATION INTEREST GROUP PSIG 27th Annual Meeting, 1995, Albuquerque,New Mexico. Disponível em<www.psig.org/papers/1987/9505.pdf> Acesso em: 06 jul NIECKELE, A. O.; AZEVEDO, L. F. A.; BRAGA, A. M. B. Simulation of Fluid Flow and Pig Dynamics in Dewatering Operations in Pipeline. In: ENCONTRO NACIONAL DE CIÊNCIAS TÉRMICAS ENCIT, 1998, Rio de Janeiro, V.2, pp NIECKELE, A. O.; AZEVEDO, L. F. A.; BRAGA, A. M. B. Temperature Influence in Dewatering Operations in a Riser. In: CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA - CONEM 2000, agosto 2000a, Natal, RN. código MC8862, CD-ROM NIECKELE, A. O.; AZEVEDO, L. F. A.; BRAGA, A. M. B. Transient Pig Motion Through Non-Isothermal Gas and Liquid Pipelines. In: ASME INTERNATIONAL PIPELINE CONFERENCE - IPC 2000, 1-6 Outubro 2000b, Alberta, Canada. Proceedings of ASME International Pipeline Conference, vol. 1, pp NGUYEN, T. T.; KIM, S. B.; YOO, H. R.; RHO, Y. W. Modeling and Simulation for Pig Flow Control in Natural Gas Pipeline. KSME International Journal, v. 15, n. 8, p , Seoul, South Korea: Korean Society of Mechanical Engineers. O DONOGHUE, A. Why pigs get stuck and how to avoid it. In: THE PIPELINE PIGGING CONFERENCE, October 2002, Amsterdam. Disponível em: <www.pipeline-research.com/whystuck.pdf>. Acesso em: 04 jul PATANKAR, S. V. Numerical Heat Transfer and Fluid Flow. New York: Hemisphere Publishing Corporation, 1980.

4 Referências Bibliográficas 108 PIPELINE RESEARCH LIMITED Piglab Compressible. Disponível em: <www.pipeline-research.com/kompress.html>. Acesso em: 06 fev. 2004a PIPELINE RESEARCH LIMITED Pig Velocity Control / Dryness Confirmation Pig. Disponível em: <www.pipeline-research.com/velctrl.html>. Acesso em: 06 fev. 2004b PIPELINE STUDIO User Guide. v. 2.5, PRICE, G. R.; McBRIEN, R. K.; RIZOPOULOS, S. N.; GOLSHAN, H. Evaluating the Effective Friction Factor and Overall heat Transfer Coefficient During Unsteady Pipeline Operation. Journal of Offshore Mechanics and Artic Enginnering, v. 121, p , May Transactions of the ASME. SANTOS, O. G.; ALHANATI, F. J. S.; Bordalo, S. N. Modeling and Performance of Pig-Lift. In: XIV COBEM, 1997, São Paulo. SCANDPOWER PETROLEUM TECHNOLOGY, OLGA 2000 Transient Multiphase Flow Simulator. Disponível em: <www.olga2000.com/capabilities/ olga2000_intro.pdf>. Acesso em: 17 jul STONER PIPELINE SIMULATOR (SPS) User Guide: Modeling the Physical System. v. 9.4, STREETER, V. L.; WYLIE, E. B.; BEDFORD, K. W. Fluid Mechanics. 9.ed. McGraw-Hill, TNO, TraFlow PACK. Disponível em:<www.inro.tno.nl/five/traflow/>. Acesso em: 17 jul VIANES CAMPO, E. V.; RACHID, F. B. F. Modeling of Pig Motion Under Transient Fluid Flow. In: XIV COBEM, 1997, São Paulo. WEBB, S.; BOGUCZ, E.; LEVY, E.; BARRET, M.; SNYDER, C.; WATERS, C. Evacuation of a Residual Oil Pipeline by Inert Gas Displacement. Society of Petroleum Engineers SPE: Production Engineering, p , Fev

5 Referências Bibliográficas 109 WEINGARTEN, J. S.; CHAPMAN, A. J.; WALKER, W. F. An Analysis of the Motion of Pigs Through Gas Pipelines. Journal of Fluids Engineering, v. 106, p , Dec Transactions of the ASME. WYLIE, E. B.; STREETER, V. L. Fluid Transients in Systems. Prentice Hall, Inc., 1993.

6. Referências Bibliográficas

6. Referências Bibliográficas 6. Referências Bibliográficas [1] AZEVEDO, L. F. A.; TEXEIRA, A. M. A critical review of the modeling of the wax deposition mechanisms. Petroleum Science and Technology, Vol.21, No.3 and 4, p. 393-408,

Leia mais

MÉTODO CONSERVATIVO APLICADO AO ESTUDO DO VAZAMENTO DE FLUIDOS COMPRESSÍVEIS NÃO-ISOTÉRMICOS EM TUBULAÇÕES

MÉTODO CONSERVATIVO APLICADO AO ESTUDO DO VAZAMENTO DE FLUIDOS COMPRESSÍVEIS NÃO-ISOTÉRMICOS EM TUBULAÇÕES MÉTODO CONSERVATIVO APLICADO AO ESTUDO DO VAZAMENTO DE FLUIDOS COMPRESSÍVEIS NÃO-ISOTÉRMICOS EM TUBULAÇÕES Oldrich J. Romero oldrich@mec.puc-rio.br Angela O. Nieckele nieckele@mec.puc-rio.br Departamento

Leia mais

ANÁLISE DO VAZAMENTO DE LÍQUIDOS E GASES ISOTÉRMICOS EM TUBULAÇÕES. Palavras-chave: vazamento, isotérmico, transiente, conservativo, compressível.

ANÁLISE DO VAZAMENTO DE LÍQUIDOS E GASES ISOTÉRMICOS EM TUBULAÇÕES. Palavras-chave: vazamento, isotérmico, transiente, conservativo, compressível. ANÁLISE DO VAZAMENTO DE LÍQUIDOS E GASES ISOTÉRMICOS EM TUBULAÇÕES Oldrich Joel Romero Angela Ourivio Nieckele Pontifícia Universidade Católica PUC/Rio, Departamento de Engenharia Mecânica, 22453-900,

Leia mais

3 MSc, Pesquisador Núcleo de Simulação Termohidráulica de Dutos DEM PUC/Rio

3 MSc, Pesquisador Núcleo de Simulação Termohidráulica de Dutos DEM PUC/Rio IBP1033_07 UM MODELO PARA ANÁLISE DE ESCOAMENTO TRANSIENTE TÉRMICO EM GASODUTOS E SEUS COMPONENTES Angela O. Nieckele 1, Luis Fernando G. Pires, Arturo J. Ortega 3 Copyright 007, Instituto Brasileiro de

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO CARTA DE APRESENTAÇÃO Núcleo de Simulação Termo-hidráulica de Dutos Departamento de Engenharia Mecânica Janeiro de 2012 Carta de Apresentação 1. Histórico e Resumo de Atividades do SIMDUT O SIMDUT - Núcleo

Leia mais

7 Referências bibliográficas

7 Referências bibliográficas 7 Referências bibliográficas 1 MAL KHANOV, V. P.; STEPANETS, A. A.; SHAK, V. N. Expandinggenerating sets developed by the joint-stock company Kriokor for utilization of excess natural gas pressure, Chemical

Leia mais

8 Referências bibliográficas

8 Referências bibliográficas 8 Referências bibliográficas ALVES, M. Carro Flex Fuel: Uma Avaliação por Opções Reais. Dissertação (Mestrado em Administração). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2007.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA. Roberto Simoni, Carlos R Rocha

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA. Roberto Simoni, Carlos R Rocha UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA Roberto Simoni, Carlos R Rocha ELABORAÇĂO DE DOCUMENTOS PARA A BU/UFSC: ESTILO L A TEX PADRĂO Florianópolis 2010 Roberto Simoni,

Leia mais

Aplicação de Restritores de Fluxo de Vapor como Alternativa para Correção de Gradientes Térmicos nos Tubos de Superaquecedores de Caldeiras

Aplicação de Restritores de Fluxo de Vapor como Alternativa para Correção de Gradientes Térmicos nos Tubos de Superaquecedores de Caldeiras 1 Aplicação de Restritores de Fluxo de Vapor como Alternativa para Correção de Gradientes Térmicos nos Tubos de Superaquecedores de Caldeiras A. C. R. Nogueira, UFSC; E. Bazzo, UFSC; L. J. Mendes Neto,

Leia mais

Plano de Trabalho de Bolsista

Plano de Trabalho de Bolsista Programa: PRH-ANP/MCT N 0 34 Formação de Engenheiros nas Áreas de Automação, Controle e Instrumentação para a Indústria do Petróleo e Gás Universidade Federal de Santa Catarina Plano de Trabalho de Bolsista

Leia mais

Relatórios de Pesquisa em Engenharia de Produção V. 10 n. 07

Relatórios de Pesquisa em Engenharia de Produção V. 10 n. 07 DIMENSIONAMENTO DE RECURSOS E OTIMIZAÇÃO DA OPERAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO EM HORÁRIO DE PICO: APLICAÇÃO DA SIMULAÇÃO NO ESTUDO DO TRANPSORTE HIDROVIÁRIO Marcus Vinicius Waltemberg de Lemos João Carlos

Leia mais

8 Referências bibliográficas

8 Referências bibliográficas 8 Referências bibliográficas ACIONISTA.COM.BR. Disponível em: . Acesso em: 28 ago. 2011. ANP (AGÊNCIA NACIONAL DE PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS). Disponível em: .

Leia mais

Análise do impacto de operações de live migration em ambientes de computação em nuvem Workshop MoDCS 2012.2

Análise do impacto de operações de live migration em ambientes de computação em nuvem Workshop MoDCS 2012.2 Análise do impacto de operações de live migration em ambientes de computação em nuvem Workshop MoDCS 2012.2 Matheus D'Eça Torquato de Melo (mdetm@cin.ufpe.br) Paulo Maciel (prmm@cin.ufpe.br) 12 Roteiro

Leia mais

(b) Óleo B. (d) Óleo D. (e) Querosene

(b) Óleo B. (d) Óleo D. (e) Querosene 64 (a) Óleo A (b) Óleo B (c) Óleo C (d) Óleo D (e) Querosene Figura 5.15 Topografias obtidas por MEV (aumento de 100x) das superfícies usinadas por EDM com fluidos dielétricos A, B, C, D e E em regime

Leia mais

Accuracy tests for flow computers used for oil accounting: an industrial standards review for testing on dynamic operation conditions

Accuracy tests for flow computers used for oil accounting: an industrial standards review for testing on dynamic operation conditions Ensaios de exatidão para computadores de vazão utilizados para medição de petróleo: uma revisão de normas industriais para ensaios em condições dinâmicas de operação Accuracy tests for flow computers used

Leia mais

REPARAÇÃO DE DEFEITOS INTERNOS E EXTERNOS EM DUTOS ATRAVÉS DE MANGAS EXTERNAS DE MATERIAIS COMPOSTOS FORNECIDAS PELA STRONGBACK

REPARAÇÃO DE DEFEITOS INTERNOS E EXTERNOS EM DUTOS ATRAVÉS DE MANGAS EXTERNAS DE MATERIAIS COMPOSTOS FORNECIDAS PELA STRONGBACK REPARAÇÃO DE DEFEITOS INTERNOS E EXTERNOS EM DUTOS ATRAVÉS DE MANGAS EXTERNAS DE MATERIAIS COMPOSTOS FORNECIDAS PELA STRONGBACK Autor Luiz Cláudio de Marco Meniconi (PETROBRAS/CENPES/PDEP/TMEC) Participantes

Leia mais

AVALIAÇÃO DO ESCOAMENTO DE FLUIDOS INCOMPRESSÍVEIS EM TUBULAÇÕES USANDO CFD

AVALIAÇÃO DO ESCOAMENTO DE FLUIDOS INCOMPRESSÍVEIS EM TUBULAÇÕES USANDO CFD AVALIAÇÃO DO ESCOAMENTO DE FLUIDOS INCOMPRESSÍVEIS EM TUBULAÇÕES USANDO CFD 1 Délio Barroso de Souza, 2 Ulisses Fernandes Alves, 3 Valéria Viana Murata 1 Discente do curso de Engenharia Química 2 Bolsista

Leia mais

NOVO MODELO CONSTITUTIVO PARA FLUÊNCIA DE ROCHAS EVAPORÍTICAS

NOVO MODELO CONSTITUTIVO PARA FLUÊNCIA DE ROCHAS EVAPORÍTICAS NOVO MODELO CONSTITUTIVO PARA FLUÊNCIA DE ROCHAS EVAPORÍTICAS Gabriel Esteves Motta Micromine do Brasil gmotta@micromine.com Prof. Dr. Cláudio Lúcio Lopes Pinto Universidade Federal de Minas Gerais cpinto@ufmg.br

Leia mais

Sigla Disciplina Créditos C.H

Sigla Disciplina Créditos C.H FTL334 Organização e Administração Industrial 4.4.0 60 - Introdução. Funções administrativas: planejamento, organização, direção e controle. Administração de tecnologia e da inovação. Oferecer ao aluno,

Leia mais

AVALIAÇAO ESTRUTURAL DE PEÇAS DE TUBULAÇÃO TIPO Y, CONFORME O CÓDIGO ASME, SECTION VIII, DIVISION 2

AVALIAÇAO ESTRUTURAL DE PEÇAS DE TUBULAÇÃO TIPO Y, CONFORME O CÓDIGO ASME, SECTION VIII, DIVISION 2 V CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA V NATIONAL CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING 25 a 28 de agosto de 2008 Salvador Bahia - Brasil August 25 28, 2008 - Salvador Bahia Brazil AVALIAÇAO ESTRUTURAL

Leia mais

Curriculum Vitae de Jorge Facão Setembro de 2011

Curriculum Vitae de Jorge Facão Setembro de 2011 1. Identificação 2. Formação Nome: Jorge Manuel Resende Vieira Facão Filiação: Manuel Vieira Facão e Irene Torrão Vieira Resende Vieira Facão Data de Nascimento: 15 de Setembro de 1973 Naturalidade: Ílhavo

Leia mais

10 Referências bibliográficas

10 Referências bibliográficas 10 Referências bibliográficas [1] VEGA, J.L.L. Avaliação e reforço das condições de estabilidade de tensão em barras de tensão controlada por geradores e compensadores síncronos. 259f. Tese (Doutorado)-

Leia mais

TÍTULO DA TESE. Nome do Autor Sobrenome

TÍTULO DA TESE. Nome do Autor Sobrenome TÍTULO DA TESE Nome do Autor Sobrenome Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil, COPPE, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, como parte dos requisitos

Leia mais

Abstract. R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2, S. M. M. de L. e Silva 3

Abstract. R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2, S. M. M. de L. e Silva 3 Estimativa Do Fluxo De Calor Em Uma Ferramenta De Corte Durante Um Processo De Usinagem Com O Uso Do Software COMSOL Multiphysics E De Técnicas De Problemas Inversos R. F. Brito 1, S. R. de Carvalho 2,

Leia mais

ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE

ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE MODELOS E REUTILIZAÇÃO EM ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE Alunos: Felyppe Rodrigues da Silva (Mestrado) Gabriella Castro Barbosa Costa (Doutorado) Professor: Toacy Cavalcante de Oliveira

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

MONITORAMENTO EM TEMPO REAL DA POTÊNCIA DE UM REATOR NUCLEAR DE PESQUISA PELO BALANÇO TÉRMICO

MONITORAMENTO EM TEMPO REAL DA POTÊNCIA DE UM REATOR NUCLEAR DE PESQUISA PELO BALANÇO TÉRMICO VI CONGRESSO NACIONAL DE ENGENHARIA MECÂNICA VI NATIONAL CONGRESS OF MECHANICAL ENGINEERING 18 a 21 de agosto de 2010 Campina Grande Paraíba - Brasil August 18 21, 2010 Campina Grande Paraíba Brazil MONITORAMENTO

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada MANUEL DIAS FERREIRA LIMA, RUI 50, Rua José Maria Rodrigues, 4710-080 BRAGA, Gualtar, PORTUGAL Telefone +351 939741239

Leia mais

Modelagem e simulação dinâmica de empresa de suporte técnico em software Simulador FlexSim

Modelagem e simulação dinâmica de empresa de suporte técnico em software Simulador FlexSim Modelagem e simulação dinâmica de empresa de suporte técnico em software Simulador FlexSim Manoel Francisco Carreira (Universidade Estadual de Maringá - UEM) mfcarreira@uem.br Ivan Henrique Martini (Universidade

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

PROPOSTA DE MODELAGEM SIMPLIFICADA PARA VAPOR CHAMBER

PROPOSTA DE MODELAGEM SIMPLIFICADA PARA VAPOR CHAMBER PROPOSTA DE MODELAGEM SIMPLIFICADA PARA VAPOR CHAMBER NATALLIE ZILIO DE SOUZA 1, JOÃO BATISTA CAMPOS SILVA 1, AMARILDO TABONE PASCHOALINI 1, MÁRCIO AN- TONIO BAZANI 1. 1. Laboratório de Simulação Numérica,

Leia mais

ESTUDO DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA VARIÁVEL EM CILINDROS VAZADOS COM CONDIÇÕES DE CONTORNO DUPLAMENTE CONVECTIVAS

ESTUDO DA CONDUTIVIDADE TÉRMICA VARIÁVEL EM CILINDROS VAZADOS COM CONDIÇÕES DE CONTORNO DUPLAMENTE CONVECTIVAS Proceedings of the 11 th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering -- ENCIT 006 Braz. Soc. of Mechanical Sciences and Engineering -- ABCM, Curitiba, Brazil, Dec. 5-8, 006 Paper CIT06-0346

Leia mais

Uso de Redes Neurais Artificiais na Representação Matemática do Comportamento Mecânico de Rochas Salinas em Fluência

Uso de Redes Neurais Artificiais na Representação Matemática do Comportamento Mecânico de Rochas Salinas em Fluência Uso de Redes Neurais Artificiais na Representação Matemática do Comportamento Mecânico de Rochas Salinas em Fluência Eduardo César Sansone Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil,

Leia mais

Sara Simões Pereira Rodrigues

Sara Simões Pereira Rodrigues Sara Simões Pereira Rodrigues Assistente (com equiparação a bolseira em 2004/2005) Habilitações Académicas Formação Pré-Graduada Licenciatura em Ciências da Nutrição Faculdade de Ciências da Nutrição e

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 O Journal Citation Reports (JCR) publica anualmente o índice conhecido por fator de impacto de um periódico para medir a freqüência com que

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. FÍSICA APLICADA Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011 Horas

Leia mais

5º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS

5º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS 5º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS TÍTULO DO TRABALHO: COMPORTAMENTO REOLÓGICO DE DISPERÇÕES AQUOSAS EM ÓLEO LEVE E PESADO AUTORES: Clenilson da Silva Sousa Junior

Leia mais

Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade

Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade Avaliando modelos arquiteturais através de um checklist baseado em atributos de qualidade Aluno: Rafael Ferreira Barcelos barcelos@cos.ufrj.br Orientador: Guilherme Horta Travassos ght@cos.ufrj.br Nível:

Leia mais

Ferramentas para Simulação e Avaliação de Processadores. de Alto Desempenho

Ferramentas para Simulação e Avaliação de Processadores. de Alto Desempenho Ferramentas para Simulação e Avaliação de Processadores de Alto Desempenho 5 de agosto de 2010 Resumo 1 Apresentação e Justificativa A tarefa de avaliar e comparar experimentalmente projetos em torno de

Leia mais

NORMAS PARA REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS EM TRANSPORTES

NORMAS PARA REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS EM TRANSPORTES NORMAS PARA REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS EM TRANSPORTES 1 - INTRODUÇÃO Estas normas visam orientar os professores e alunos interessados em escrever trabalhos científicos quanto aos procedimentos normalmente

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

TESTES DE VIDA EM FRESAMENTO COM REDUÇÃO DO NÚMERO DE FERRAMENTAS

TESTES DE VIDA EM FRESAMENTO COM REDUÇÃO DO NÚMERO DE FERRAMENTAS TESTES DE VIDA EM FRESAMENTO COM REDUÇÃO DO NÚMERO DE FERRAMENTAS André Richetti Jovani Panato Márcio Bacci da Silva Álisson Rocha Machado Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Engenharia Mecânica,

Leia mais

8 Bibliografia. ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534.

8 Bibliografia. ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534. Bibliografia 88 8 Bibliografia ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534. AMBRIOLA, V.; TORTORA, G. Advances in Software

Leia mais

Especificação de Requisitos de Software com o Método SCR

Especificação de Requisitos de Software com o Método SCR Especificação de Requisitos de Software com o Método SCR Flávio Ricardo Carpena Tereza Gonçalves Kirner Departamento de Computação - Universidade Federal de São Carlos Rodovia Washington Luiz, Km 235 -

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

1. OBJECTIVOS 2. METODOLOGIA DA DISCIPLINA 3. PROGRAMA PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PREVISTO

1. OBJECTIVOS 2. METODOLOGIA DA DISCIPLINA 3. PROGRAMA PROGRAMA DE UNIDADE CURRICULAR PREVISTO Curso Mestrado em Gestão - Logísitca Ano lectivo 2009/2010 Unidade Curricular Gestão Logística da Produção ECTS 6 Ano 1º Tipo Semestral Horas de trabalho globais Docente(s) Amândio Pereira Baía Total 168

Leia mais

Sistema de Aquecimento Elétrico Segmentado de Tubulações para Produção de Petróleo e Gás Natural em Águas Profundas

Sistema de Aquecimento Elétrico Segmentado de Tubulações para Produção de Petróleo e Gás Natural em Águas Profundas Proceedings of the 11 th Brazilian Congress of Thermal Sciences and Engineering ENCIT 2006 Braz. Soc. of Mechanical Sciences and Engineering ABCM, Curitiba, Brazil, Dec. 5-8, 2006 Paper CIT06-0440 Sistema

Leia mais

EXTRACÇÃO DE SOMBRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO

EXTRACÇÃO DE SOMBRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO EXTRACÇÃO DE SOMBRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO Classificação Não Supervisionada, Reclassificação de Imagem e Classificação Orientada a Segmento Morna Nandaia Ricardo Silva SUMÁRIO

Leia mais

Odyssey-WI: Uma Ferramenta para Mineração de Rastros de Modificação em Modelos UML Versionados

Odyssey-WI: Uma Ferramenta para Mineração de Rastros de Modificação em Modelos UML Versionados Odyssey-WI: Uma Ferramenta para Mineração de Rastros de Modificação em Modelos UML Versionados Cristine Dantas, Leonardo Murta, Cláudia Werner COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação

Leia mais

BUFFA, E. S.; SARIN, R. K. Modern Production / Operations Management. John Wiley and Sons, 1987.

BUFFA, E. S.; SARIN, R. K. Modern Production / Operations Management. John Wiley and Sons, 1987. 83 Referências Bibliográficas AKTURK, M. S.; ERHUM, F. Overview of design and operational issues of kanban systems. International Journal of Production Research, Vol. 37, n.17, p. 3859-3881, 1999. ANTUNES,

Leia mais

Mediadores de Interação na Web: Acessibilidade Baseada em Gente

Mediadores de Interação na Web: Acessibilidade Baseada em Gente 1 Mediadores de Interação na Web: Acessibilidade Baseada em Gente Clarisse Sieckenius de Souza SERG - Semiotic Engineering Research Group Departamento de Informática, PUC-Rio clarisse@inf.puc-rio.br http://www.serg.inf.puc-rio.br

Leia mais

10. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

10. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 121 10. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVARENGA, A. C. et NOVAES, A. G. N. Logística Aplicada: suprimento e distribuição física. 3. ed. São Paulo: Edgard Blucher Ltda, 2000. ALBUQUERQUE, M. C. Indicadores

Leia mais

MESTRADO EM ENGENHARIA DO PETRÓLEO DA UNIVERSIDADE DE HERIOT-WATT

MESTRADO EM ENGENHARIA DO PETRÓLEO DA UNIVERSIDADE DE HERIOT-WATT MESTRADO EM ENGENHARIA DO PETRÓLEO DA UNIVERSIDADE DE HERIOT-WATT 1. Sobre o programa O Mestrado em Engenharia do Petróleo é um programa de formação superior desenvolvido em conjunto pelo Instituto do

Leia mais

MESTRADO EM ENGENHARIA DO PETRÓLEO DA UNIVERSIDADE DE HERIOT-WATT

MESTRADO EM ENGENHARIA DO PETRÓLEO DA UNIVERSIDADE DE HERIOT-WATT MESTRADO EM ENGENHARIA DO PETRÓLEO DA UNIVERSIDADE DE HERIOT-WATT 1. Sobre o programa O Mestrado em Engenharia do Petróleo é um programa de formação superior desenvolvido em conjunto pelo Instituto do

Leia mais

Gestão de Projectos de Software - 1

Gestão de Projectos de Software - 1 Gestão de Projectos de Software Licenciaturas de EI / IG 2012/2013-4º semestre msantos@ispgaya.pt http://paginas.ispgaya.pt/~msantos Gestão de Projectos de Software - 1 Objectivos da Disciplina de Gestão

Leia mais

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Adler Diniz de Souza 1,2, Ana Regina Rocha 1, Gleison Santos 1, Tiago Vinícius Paiva do Carmo 2, Douglas Batista Alexandre

Leia mais

Introdução. Uma Arquitetura de Testes para Validação de Sistemas de Bordo. Sistemas Embarcados

Introdução. Uma Arquitetura de Testes para Validação de Sistemas de Bordo. Sistemas Embarcados Uma Arquitetura de Testes para Validação de Sistemas de Bordo Cláudia Santos da Silva Orientadores: Eliane Martins (Unicamp) Nandamudi L. Vijaykumar Sistemas Embarcados Introdução Característica Confiabilidade

Leia mais

Como obter respostas relevantes e precisas através do conteúdo de ebooks.

Como obter respostas relevantes e precisas através do conteúdo de ebooks. Como obter respostas relevantes e precisas através do conteúdo de ebooks. Agenda ebook e a Bioenergia mundo da engenharia A importância dos livros no Elsevier Biofuel - ebooks e a bioenergia Crescimento

Leia mais

1M5. DE JANEIRO, 15-18 de dezembro de 1981 ESTUDO ANALÍTICO EXPERIMENTAL COM TUBOS DE CALOR

1M5. DE JANEIRO, 15-18 de dezembro de 1981 ESTUDO ANALÍTICO EXPERIMENTAL COM TUBOS DE CALOR ANAIS (A30B) Vs^>/ RIO TRABALHO PAPE» 1M5 COBEM 81 VI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA MECÂNICA DE JANEIRO, 15-18 de dezembro de 1981 N. A-14 P.P. 145-151 PROCEEDINGS I Ifcl " ü* PUC/RJ ESTUDO ANALÍTICO

Leia mais

- Doutoramento, Abril de 1999, na área de Sistemas de Informação, pela Universidade Técnica de Lisboa.

- Doutoramento, Abril de 1999, na área de Sistemas de Informação, pela Universidade Técnica de Lisboa. Carlos Pampulim Caldeira Professor Auxiliar Universidade de Évora Departamento de Informática Rua Romão Ramalho, 59 7000-671 EVORA PORTUGAL E-mail: ccaldeira@di.uevora.pt Tel: +351 266 744616 FAX: +351

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE UM MODELO DE VARIÁVEIS LATENTES NA AVALIAÇÃO DOS FATORES QUE AFETAM O COMPORTAMENTO DE COMPRA: UM CASO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA

UTILIZAÇÃO DE UM MODELO DE VARIÁVEIS LATENTES NA AVALIAÇÃO DOS FATORES QUE AFETAM O COMPORTAMENTO DE COMPRA: UM CASO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA UTILIZAÇÃO DE UM MODELO DE VARIÁVEIS LATENTES NA AVALIAÇÃO DOS FATORES QUE AFETAM O COMPORTAMENTO DE COMPRA: UM CASO NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA Pedro Ivo Guedes (ITA) pedroivo.guedes@gmail.com Rodrigo

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Pólo de Viseu Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social DISCIPLINA Controlo Informático da Gestão LICENCIATURA Informática

Leia mais

TRANSPORTE DE PARTÍCULAS DE AÇO GERADAS PELA ABERTURA DE JANELAS EM POÇOS MULTILATERAIS

TRANSPORTE DE PARTÍCULAS DE AÇO GERADAS PELA ABERTURA DE JANELAS EM POÇOS MULTILATERAIS TRANSPORTE DE PARTÍCULAS DE AÇO GERADAS PELA ABERTURA DE JANELAS EM POÇOS MULTILATERAIS André Leibsohn Martins aleibsohn@cenpes.petrobras.com.br Carla Leonor Teixeira Rezende rezenc@hotmail.com Rafael

Leia mais

Modelo Matemático no Espaço de Estados de uma Caldeira de Vapor Aquatubular

Modelo Matemático no Espaço de Estados de uma Caldeira de Vapor Aquatubular Trabalho apresentado no XXXV CNMAC, Natal-RN, 2014. Modelo Matemático no Espaço de Estados de uma Caldeira de Vapor Aquatubular Aline F. Bianco, Vinícius dos R. A. Ferreira, Leandro R. Mattioli Departamento

Leia mais

Gestão de riscos operacionais utilizando diagramas bow-tie automatizados

Gestão de riscos operacionais utilizando diagramas bow-tie automatizados Copyright 2014-15 OSIsoft, LLC. 1 Gestão de riscos operacionais utilizando diagramas bow-tie automatizados Presented by Sergio Saad Copyright 2014-15 OSIsoft, LLC. Gestão de riscos operacionais utilizando

Leia mais

10. Referências Bibliográficas

10. Referências Bibliográficas 10. Referências Bibliográficas ANDRADE, N. F. A., Dimensionamento Plástico para Vigas e Lajes de concreto Armado, Dissertação de Mestrado, PUC, Rio de Janeiro, Brasil, 1992. AMERICAN CONCRETE INSTITUTE,

Leia mais

Energia kj/mol kcal/mol

Energia kj/mol kcal/mol Cap. 1 A estrutura dos materiais 27 1.4 Estrutura dos Polímeros Já foi visto anteriormente, conforme ilustrado pela figura 1.15, que não existe uma ligação pura encontrada nos sólidos reais, inclusive

Leia mais

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000)

Usabilidade e Ergonomia. Usabilidade de Software. Ergonomia. Usabilidade. Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Usabilidade e Ergonomia Usabilidade de Software INF01043 Interação Homem-Computador 2006/2 Ergonomia (International Ergonomics Association em 2000) Ergonomics (or human factors) is the scientific discipline

Leia mais

GERAÇÃO DE APROXIMAÇÕES PARA CORRELAÇÕES EM CÓDIGOS DE ANÁLISE TERMO-HIDRÁULICA. Luiz Carlos Martins Pereira* e Eduardo Gomes Dutra do Carmo**

GERAÇÃO DE APROXIMAÇÕES PARA CORRELAÇÕES EM CÓDIGOS DE ANÁLISE TERMO-HIDRÁULICA. Luiz Carlos Martins Pereira* e Eduardo Gomes Dutra do Carmo** GERAÇÃO DE APROXIMAÇÕES PARA CORRELAÇÕES EM CÓDIGOS DE ANÁLISE TERMO-HIDRÁULICA Luiz Carlos Martins Pereira* e Eduardo Gomes Dutra do Carmo** *Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) Rua General Severiano

Leia mais

4. ACTIVIDADES DE NATUREZA TÉCNICO-CIENTÍFICA

4. ACTIVIDADES DE NATUREZA TÉCNICO-CIENTÍFICA CURRICULUM VITAE 1. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: José Jacinto Descalço Bilau 2. HABILITAÇÕES ACADÉMICAS 2.1. Doutoramento em Gestão pela Universidade Técnica de Lisboa (ISEG), 2008 Tese realizada na

Leia mais

Norma Para Elaboração de Relatórios de Iniciação Científica

Norma Para Elaboração de Relatórios de Iniciação Científica Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca CEFET/RJ Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação DIPPG Coordenadoria de Pesquisa e Estudos Tecnológicos - COPET Norma Para Elaboração de Relatórios

Leia mais

ESTIMATIVA DA LOCALIZAÇÃO DA GERAÇÃO DE CALOR BIDIMENSIONAL VIA SOLUÇÃO NUMÉRICA DA EQUAÇÃO DE PENNES

ESTIMATIVA DA LOCALIZAÇÃO DA GERAÇÃO DE CALOR BIDIMENSIONAL VIA SOLUÇÃO NUMÉRICA DA EQUAÇÃO DE PENNES POSMEC 015 Simpósio do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica Faculdade de Engenharia Mecânica Universidade Federal de Uberlândia 18 e 19 de Novembro de 015, Uberlândia - MG ESTIMATIVA DA LOCALIZAÇÃO

Leia mais

ESTUDO DO ESCOAMENTO DO SISTEMA ÓLEO / ÁGUA EM TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS

ESTUDO DO ESCOAMENTO DO SISTEMA ÓLEO / ÁGUA EM TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS ESTUDO DO ESCOAMENTO DO SISTEMA ÓLEO / ÁGUA EM TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS J. H. B.PESSOA 1, O.CHIAVONE FILHO 2,A. C. P. PEREIRA 2, G. L. C. NASCIMENTO 2, R. M. P. de ANDRADE 2, V. A. da SILVA Jr 2 1 Petrobras

Leia mais

A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia. novidades e futuro

A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia. novidades e futuro A Norma ISO 50.001 de Gestão da Energia novidades e futuro Alberto J. Fossa ICA/Procobre São Paulo Julho - 2011 Motivação, Histórico, Justificativas O Sistema de Gestão da Energia Cenário e Perspectivas

Leia mais

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS

MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS MESTRADO EM CONTABILIDADE E FINANÇAS PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: NOVAS TENDÊNCIAS EM CONTABLIDADE DE GESTÃO Semestre 1º ECT s 6 Área Científica: Docente: CONTABILIDADE HUMBERTO RIBEIRO

Leia mais

IN0997 - Redes Neurais

IN0997 - Redes Neurais IN0997 - Redes Neurais Aluizio Fausto Ribeiro Araújo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática - CIn Departamento de Sistemas da Computação aluizioa@cin.ufpe.br Conteúdo Objetivos Ementa

Leia mais

XLVII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL

XLVII SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PESQUISA OPERACIONAL MODELOS DE SIMULAÇÃO DE CENÁRIOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA EÓLICA A PARTR DO MÉTODO DE HOLT-WINTERS E SUAS VARIAÇÕES Matheus Ferreira de Barros Programa de Pós-Graduação em Metrologia para Qualidade e Inovação

Leia mais

Aplicação de Métodos baseado em Processos de Negócio para Desenvolvimento de Serviços

Aplicação de Métodos baseado em Processos de Negócio para Desenvolvimento de Serviços Aplicação de Métodos baseado em Processos de Negócio para Desenvolvimento de Serviços Luan Lima 1, Ricardo Diniz Sul 1,2, Leonardo Guerreiro Azevedo 1,2,3 1 Departamento de Informática Aplicada (DIA) Universidade

Leia mais

Using Numerical Simulations in the Evaluation of Food Thermal Process

Using Numerical Simulations in the Evaluation of Food Thermal Process Using Numerical Simulations in the Evaluation of Food Thermal Process Pedro E. D. Augusto COTUCA, FEA UNICAMP Marcelo Cristianini FEA UNICAMP Thermal Process The most effective and used method for guarantee

Leia mais

Os Métodos Computacionais em Hemodinâmica

Os Métodos Computacionais em Hemodinâmica Os Métodos Computacionais em Hemodinâmica Rui Lima 1, 2, Ken-ichi Tsubota 2, Shigeo Wada 2, Takami Yamaguchi 2 1 - Instituto Politécnico de Bragança (IPB), Escola Superior de Tecnologia e de Gestão (ESTiG),

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina/Centro de Ciências Tecnológicas UDESC/CCT

Universidade do Estado de Santa Catarina/Centro de Ciências Tecnológicas UDESC/CCT Universidade do Estado de Santa Catarina/Centro de Ciências Tecnológicas UDESC/CCT DCC - Departamento de Ciência da Computação Curso: BCC Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: OSRC001 Segurança

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP ECONOMIZANDO RECURSOS PRODUTIVOS ATRAVÉS DE ESTUDOS COM MODELOS DE SIMULAÇÃO

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP ECONOMIZANDO RECURSOS PRODUTIVOS ATRAVÉS DE ESTUDOS COM MODELOS DE SIMULAÇÃO UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP É ECONOMIZANDO RECURSOS PRODUTIVOS ATRAVÉS DE ESTUDOS COM MODELOS DE SIMULAÇÃO Justificativa e Problema O aumento da competitividade: id d redução de custos, redução do capital

Leia mais

Palavras-chave: desaerador, água de alimentação, oxigênio dissolvido, medidor portátil de oxigênio.

Palavras-chave: desaerador, água de alimentação, oxigênio dissolvido, medidor portátil de oxigênio. O SEU DESAERADOR TEM A PERFORMANCE ESPERADA? Antonio Sergio B. Neves 1, Francisco A. Passos 2 Abstract The dissolved oxygen is the most important corrosion control parameter in the boiler feedwater. The

Leia mais

DETERMINAÇÃO VIA CFD DE CAMPOS DE TEMPERATURA EM CÂMARAS DE ARMAZENAMENTO

DETERMINAÇÃO VIA CFD DE CAMPOS DE TEMPERATURA EM CÂMARAS DE ARMAZENAMENTO DETERMINAÇÃO VIA CFD DE CAMPOS DE TEMPERATURA EM CÂMARAS DE ARMAZENAMENTO G. P. DAMASCENO, J. L. G. CORRÊA e F. R. NASCIMENTO 1 Universidade Federal de Lavras, Departamento de Ciência dos Alimentos E-mail

Leia mais

CURRICULUM - VITAE FERNANDO WAGNER SERPA VIEIRA DA SILVA

CURRICULUM - VITAE FERNANDO WAGNER SERPA VIEIRA DA SILVA CURRICULUM - VITAE FERNANDO WAGNER SERPA VIEIRA DA SILVA DADOS PESSOAIS Fernando Wagner Serpa Vieira da Silva Nascimento: 1 de novembro de 1972 Filiação: Luiz Fernando Coda Vieira da Silva e Leila Maria

Leia mais

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO DE TUBOS

PROCESSOS DE FABRICAÇÃO DE TUBOS PUC Rio Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Departamento de Engenharia Mecânica Laboratório de Integridade Estrutural PROCESSOS DE FABRICAÇÃO DE TUBOS Prof. Ronaldo D. Vieira rdvieira@puc-rio.br

Leia mais

Palavras-chave: Simulação, Climatização, Ar condicionado, Edificações, Energia.

Palavras-chave: Simulação, Climatização, Ar condicionado, Edificações, Energia. ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO TIPO VOLUME DE AR CONSTANTE (CAV) E VOLUME DE AR VARIÁVEL (VAV) MULTIZONAS OPERANDO EM CLIMA QUENTE E ÚMIDO César Augusto Gomes dos Santos Jorge Emanuel

Leia mais

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS III. Área Básica ENGENHARIA MECÂNICA 3.05.00.00-1. Instituição

Produção Técnica. Ano Base. Área de Avaliação ENGENHARIAS III. Área Básica ENGENHARIA MECÂNICA 3.05.00.00-1. Instituição Ano Base 2010 Área de Avaliação ENGENHARIAS III Área Básica ENGENHARIA MECÂNICA 3.05.00.00-1 Instituição UNICAMP - UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (SP) Programa CIÊNCIAS E ENGENHARIA DE PETRÓLEO 33003017076P-2

Leia mais

Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software

Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software Transformação de um Modelo de Empresa em Requisitos de Software Fábio Levy Siqueira 1 and Paulo Sérgio Muniz Silva 2 1 Programa de Educação Continuada da Poli-USP, São Paulo, Brazil 2 Escola Politécnica

Leia mais

UMA ANÁLISE DOS MODELOS DE PARA-RAIOS UTILIZADOS PARA SIMULAÇÃO NO ATP

UMA ANÁLISE DOS MODELOS DE PARA-RAIOS UTILIZADOS PARA SIMULAÇÃO NO ATP UMA ANÁLISE DOS MODELOS DE PARA-RAIOS UTILIZADOS PARA SIMULAÇÃO NO ATP L. S. Marroques 1, L. M.Peres 1, M. L. R. Chaves 1, G. C. Guimarães 1, 1 Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Engenharia

Leia mais

Prof.(a): Aline Carvalho Aluno:Valdecir Ribas Vecchiato

Prof.(a): Aline Carvalho Aluno:Valdecir Ribas Vecchiato Energia Eólica Prof.(a): Aline Carvalho Aluno:Valdecir Ribas Vecchiato Energia Eólica A energia eólica provém da radiação solar uma vez que os ventos são gerados pelo aquecimento não uniforme da superfície

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Personal information Surname(s) / First name(s) Address(es) Custódio, Jorge Filipe Telephone(s) +351 919687707 Email(s) Personal website(s) Nationality(-ies) Rua Francisco Pereira

Leia mais

Universidade Católica Dom Bosco

Universidade Católica Dom Bosco Universidade Católica Dom Bosco Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Curso de Engenharia de Computação Técnicas de Visão Computacional para Rastreamento de Múltiplos Objetos João Bosco Oliveira Monteiro

Leia mais

Uma Linguagem Específica de Domínio com Geração de Código Paralelo para Visualização de Grandes Volumes de Dados

Uma Linguagem Específica de Domínio com Geração de Código Paralelo para Visualização de Grandes Volumes de Dados Uma Linguagem Específica de Domínio com Geração de Código Paralelo para Visualização de Grandes Volumes de Dados Cleverson Ledur, Dalvan Griebler, Luiz Gustavo Fernandes, Isabel Manssour Pontifícia Universidade

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SIMULADOR EMSO NO ENSINO DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE PROCESSOS

UTILIZAÇÃO DO SIMULADOR EMSO NO ENSINO DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE PROCESSOS UTILIZAÇÃO DO SIMULADOR EMSO NO ENSINO DE MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE PROCESSOS Bianca Capucho 1, Domenico Andreatta 1, Mariana Kuster Moro 1, Rayane Bimbato 1, George Simonelli 2 1. Discentes do curso de

Leia mais

[1] ALCAIM, A.. Processamento de Voz e Imagem. PUC Rio, 1999.

[1] ALCAIM, A.. Processamento de Voz e Imagem. PUC Rio, 1999. Referências Bibliográficas [1] ALCAIM, A.. Processamento de Voz e Imagem. PUC Rio, 1999. [2] ATAL, B.. Automatic Recognition of speakers from Their Voices. Proceeding of the IEEE, Vol. 64, No. 4, pp. 460-475,

Leia mais

José Francisco Ferreira

José Francisco Ferreira José Francisco Ferreira Full name: José Francisco Ferreira Birth Date: 04-11-1949 Gender: M Nationality: PORTUGAL Email: jf@fam.ulusiada.pt URL: Academic Degrees Year: 2001 Degree: DOUTORAMENTO Institution

Leia mais

Motor/ventilador para unidade piloto de transporte pneumático em fase diluída: deslocamento de grãos de soja

Motor/ventilador para unidade piloto de transporte pneumático em fase diluída: deslocamento de grãos de soja Unisanta Science and Technology, 2014, 6, July Published Online 2014 Vol.3 N o 1 http://periodicos.unisanta.br/index.php/sat) UNISANTA Science and Technology ISSN 2317-1316 Motor/ventilador para unidade

Leia mais

AJUSTE DE SEIS DISTRIBUIÇÕES DENSIDADE DE PROBABILIDADE A SÉRIES HISTÓRICAS DE TEMPERATURA MÉDIA MENSAL, EM MOSSORÓ/RN.

AJUSTE DE SEIS DISTRIBUIÇÕES DENSIDADE DE PROBABILIDADE A SÉRIES HISTÓRICAS DE TEMPERATURA MÉDIA MENSAL, EM MOSSORÓ/RN. AJUSTE DE SEIS DISTRIBUIÇÕES DENSIDADE DE PROBABILIDADE A SÉRIES HISTÓRICAS DE TEMPERATURA MÉDIA MENSAL, EM MOSSORÓ/RN. Janilson Pinheiro de Assis¹, Ben Dêivide de Oliveira Batista², José Espínola Sobrinho³

Leia mais