Lista de Magnetismo. b) Baseando-se na configuração do campo magnético terrestre, justifique as associações que você fez.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista de Magnetismo. b) Baseando-se na configuração do campo magnético terrestre, justifique as associações que você fez."

Transcrição

1 1. (G1) "A agulha de uma Bússola nada mais é que um ímã em que seu polo norte sempre aponta para o norte magnético da Terra". Você concorda ou não com essa afirmação? Justifique. b) Baseando-se na configuração do campo magnético terrestre, justifique as associações que você fez. 2. (G1) Explique como um prego comum pode ser atraído por um ímã. 3. (Unesp 96) Num laboratório de biofísica, um pesquisador realiza uma experiência com "bactérias magnéticas", bactérias que tem pequenos ímãs no seu interior. Com auxílio desses imãs, essas bactérias se orientam para atingir o fundo dos lagos, onde há maior quantidade de alimento. Dessa, forma, devido ao campo magnético terrestre e à localização desses lagos, há regiões em que um tipo de bactéria se alimenta melhor e, por isso, pode predominar sobre outro. Suponha que esse pesquisador obtenha três amostras das águas de lagos, de diferentes regiões da Terra, contendo essas bactérias. Na amostra A predominam as bactérias que se orientam para o pólo norte magnético, na amostra B predominam as bactérias que se orientam para o pólo sul magnético e na amostra C há quantidades iguais de ambos os grupos. a) A partir dessas informações, copie e preencha o quadro a seguir, assinalando a origem de cada amostra em relação à localização dos lagos de onde vieram. 4. (Cesgranrio 92) As linhas de força do campo magnético terrestre (desprezando-se a inclinação do eixo magnético) e a indicação da agulha de uma bússola colocada em P, sobre a linha de força, são mais bem representados por: onde NG = Pólo Norte geográfico e SG = Pólo Sul geográfico pag.1

2 5. (Fuvest 96) A figura I adiante representa um imã permanente em forma de barra, onde N e S indicam, respectivamente, pólos norte e sul. Suponha que a barra seja dividida em três pedaços, como mostra a figura II.Colocando lado a lado os dois pedaços extremos, como indicado na figura III, é correto afirmar que eles: a) se atrairão, pois A é pólo norte e B é pólo sul. b) se atrairão, pois A é pólo sul e B é pólo norte. c) não serão atraídos nem repelidos. d) se repelirão, pois A é pólo norte e B é pólo sul. e) se repelirão, pois A é pólo sul e B é pólo norte. 6. (Fuvest 2002) Quatro ímãs iguais em forma de barra, com as polaridades indicadas, estão apoiados sobre uma mesa horizontal, como na figura, vistos de cima. Uma pequena bússola é também colocada na mesa, no ponto central P, eqüidistante dos ímãs, indicando a direção e o sentido do campo magnético dos ímãs em P. Não levando em conta o efeito do campo magnético terrestre, a figura que melhor representa a orientação da agulha da bússola é 7. (G1) Tem-se três barras, AB, CD, EF, aparentemente idênticas. Experimentalmente constata-se que: I - a extremidade A atrai a extremidade D; II - A atrai a extremidade C; III - D repele a extremidade E ;Então: a) AB, CD e EF são ímãs. b) AB é ímã, CD e EF são de ferro. c) AB é de ferro, CD e EF são ímãs. d) AB e CD são de ferro, EF é ímã. e) CD é ímã, AB e EF são de ferro. 8. (G1) Aproximando-se um imã de uma bolinha de aço, observa-se que a bolinha: a) é repelida pelo polo sul e atraída pelo polo norte; b) é atraída pelo polo sul e repelidas pelo porto norte; c) é repelida pela região compreendida entre os pólos; d) é atraída por qualquer dos pólos;e) é repelida por qualquer dos pólos. pag.2

3 9. (Uece 96) Um ímã permanente retilíneo, cujos extremos N e S são os pólos norte e sul, respectivamente, acha-se representado na figura (1). Suponha que a barra ímã seja dividida em três partes, segundo mostra a figura (2). Por fim, os segmentos das extremidades são colocados lado a lado, como na figura (3). Nesta situação, é correto afirmar que:a) eles se atrairão, pois x é pólo norte e y é pólo sulb) eles se atrairão, pois x é pólo sul e y é pólo nortec) eles se repelirão, pois x é pólo norte e y pólo suld) eles se repelirão, pois x é pólo sul e y é pólo norte 10. (Uel 94) A agulha de uma bússola assume a posição indicada na figura a seguir quando colocada numa região onde existe, além do campo magnético terrestre, um campo magnético uniforme e horizontal. Considerando a posição das linhas de campo uniforme, desenhadas na figura, o vetor campo magnético terrestre na região pode ser indicado pelo vetor 11. (Uel 95) Considere o campo magnético nos pontos P, P, Pƒ, P e P nas proximidades de um ímã em barra, conforme representado na figura a seguir. A intensidade do campo magnético é menor no ponto: a) P b) P c) Pƒ d) P e) P pag.3

4 12. (Ufg 2004) Oito imãs idênticos estão dispostos sobre uma mesa à mesma distância de um ponto O, tomado como origem, e orientados como mostra a figura. Desprezando o efeito do campo magnético da Terra, o campo magnético resultante, em O, formará com o eixo x, no sentido anti-horário, um ângulo de: a) 0 b) 315 c) 135 d) 225 e) (Ufmg 2003) Fazendo uma experiência com dois ímãs em forma de barra, Júlia colocou-os sob uma folha de papel e espalhou limalhas de ferro sobre essa folha. Ela colocou os ímãs em duas diferentes orientações e obteve os resultados mostrados nas figuras I e II: Nessas figuras, os ímãs estão representados pelos retângulos.com base nessas informações, é CORRETO afirmar que as extremidades dos ímãs voltadas para a região entre eles correspondem aos pólos: a) norte e norte na figura I e sul e norte na figura II. b) norte e norte na figura I e sul e sul na figura II. c) norte e sul na figura I e sul e norte na figura II. d) norte e sul na figura I e sul e sul na figura II. 14. (Ufrrj 2000) Abaixo, mostramos a figura da Terra onde N' e S' são os pólos norte e sul geográficos e N e S são os pólos norte e sul magnéticos. Sobre as linhas do campo magnético é correto afirmar que: a) elas são paralelas ao equador. b) elas são radiais ao centro da terra. c) elas saem do pólo norte magnético e entram no pólo sul magnético. d), o campo magnético é mais intenso no equador.e) o pólo sul magnético está próximo ao sul geográfico. 15. (Ufscar 2002) Um menino encontrou três pequenas barras homogêneas e, brincando com elas, percebeu que, dependendo da maneira como aproximava uma da outra, elas se atraiam pag.4

5 ou se repeliam. Marcou cada extremo das barras com uma letra e manteve as letras sempre voltadas para cima, conforme indicado na figura. Passou, então, a fazer os seguintes testes:i. aproximou o extremo B da barra 1 com o extremo C da barra 2 e percebeu que ocorreu atração entre elas;ii. aproximou o extremo B da barra 1 com o extremo E da barra 3 e percebeu que ocorreu repulsão entre elas;iii. aproximou o extremo D da barra 2 com o extremo E da barra 3 e percebeu que ocorreu atração entre elas.verificou, ainda, que nos casos em que ocorreu atração, as barras ficaram perfeitamente alinhadas. Considerando que, em cada extremo das barras representado por qualquer uma das letras, possa existir um único pólo magnético, o menino concluiu, corretamente, que: a) as barras 1 e 2 estavam magnetizadas e a barra 3 desmagnetizada. b) as barras 1 e 3 estavam magnetizadas e a barra 2 desmagnetizada. c) as barras 2 e 3 estavam magnetizadas e a barra 1 desmagnetizada. d) as barras 1, 2 e 3 estavam magnetizadas. e) necessitaria de mais um único teste para concluir sobre a magnetização das três barras. 16. (Unesp 2002) A figura mostra um ímã em repouso, suspenso por um fio de massa desprezível e não magnetizável.em seguida, um campo magnético uniforme é aplicado paralelamente ao solo, envolvendo todo o ímã, no sentido da esquerda para a direita da figura (pólo norte do campo à esquerda, e sul à direita). Analisando as forças magnéticas nos pólos do ímã, a força do fio sobre o ímã e o peso do ímã, identifique a alternativa que melhor representa as orientações assumidas pelo fio e pelo ímã no equilíbrio.a) 1.b) 2.c) 3.d) 4.e) (Unirio 2000) Três barras de ferro de massa forma são identificadas pelas letras A, B e C. Suas extremidades são identificadas por A e A, B e B e C e C. Quando estas barras são aproximadas vemos que as extremidades A e B sofrem atração, as extremidades A e C sofrem repulsão, as extremidades A e B sofrem atração e as extremidades A e C sofrem atração. Assim, podemos afirmar, em relação a estas barras, que é (são) ímã(s) permanente(s): a) só A. b) só B. c) só C. d) A e B. e) A e C. pag.5

6 18. (Unirio 2004) Os antigos navegantes usavam a bússola para orientação em alto mar, devido a sua propriedade de se alinhar de acordo com as linhas do campo geomagnético. Analisando a figura onde estão representadas estas linhas, podemos afirmar que: a) o pólo sul do ponteiro da bússola aponta para o pólo Norte geográfico, porque o Norte geográfico corresponde ao Sul magnético. b) o pólo norte do ponteiro da bússola aponta para o pólo Norte geográfico, porque as linhas do campo geomagnético não são fechadas. c) o pólo sul do ponteiro da bússola aponta para o pólo Sul geográfico, porque o Sul geográfico corresponde ao Sul magnético. d) o pólo norte do ponteiro da bússola aponta para o pólo Sul geográfico, porque o Norte geográfico corresponde ao Norte magnético. e) o pólo sul do ponteiro da bússola aponta para o pólo Sul geográfico, porque o Norte geográfico corresponde ao Sul magnético. 2. Os dipolos magnéticos elementares do prego se alinham com as linhas magnéticas do imã. 3. a) Observe o quadro preenchido: b) Bactérias da amostra A são atraídas para o fundo dos lagos localizados próximos ao norte magnético. As bactérias da amostra B irão se orientar para o fundo dos lagos localizados no sul magnético. Como no equador não há polaridade magnética neste local estarão as bactérias da amostra C. 4. [E] 5. [E] 6. [A] 7. [C] 8. [D] 9. [D] 10. [E] 11. [A] 12. [E] 13. [D] 14. [C] 15. [B] GABARITO 16. [E] 17. [C] 18. [E] 1. Não. O norte da bússola aponta para o sul magnético da Terra. pag.6

Aula 12.2 Conteúdo: Magnetismo: Campo magnético e suas características. Os fenômenos magnéticos Experiência de Oersted. INTERATIVIDADE FINAL

Aula 12.2 Conteúdo: Magnetismo: Campo magnético e suas características. Os fenômenos magnéticos Experiência de Oersted. INTERATIVIDADE FINAL Aula 12.2 Conteúdo: Magnetismo: Campo magnético e suas características. Os fenômenos magnéticos Experiência de Oersted. 2 Habilidades: Identificar as características próprias dos campos magnéticos e suas

Leia mais

a) 1 2 4 3 6 5. b) 6 5 4 3 1 2. c) 3 4 6 5 2 1. d) 2 1 6 5 3 4.

a) 1 2 4 3 6 5. b) 6 5 4 3 1 2. c) 3 4 6 5 2 1. d) 2 1 6 5 3 4. 1. Desde tempos remotos, muito se especulou acerca da origem e, principalmente, das características do campo magnético terrestre. Recentes pesquisas, usando sondas espaciais, demonstram que o campo magnético

Leia mais

QUESTÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rodrigo Penna QUESTÕES CORRIGIDAS MAGNETISMO GERAL

QUESTÕES CORRIGIDAS PROFESSOR Rodrigo Penna QUESTÕES CORRIGIDAS MAGNETISMO GERAL QUETÕE CORRIGIDA MAGETIMO GERAL 1 1. A figura abaixo representa nosso planeta, a Terra. a) Faça um esboço mostrando as linhas de indução do campo magnético terrestre. b) Destaque o sentido das linhas de

Leia mais

MECÂNICA - DINÂMICA APLICAÇÃO DAS LEIS DE NEWTON BLOCOS

MECÂNICA - DINÂMICA APLICAÇÃO DAS LEIS DE NEWTON BLOCOS 1 MECÂNICA - DINÂMICA APLICAÇÃO DAS LEIS DE NEWTON BLOCOS 1. (Ufrj) Dois blocos de massa igual a 4kg e 2kg, respectivamente, estão presos entre si por um fio inextensível e de massa desprezível. Deseja-se

Leia mais

ELETROMAGNETISMO FONTES DE CAMPO MAGNÉTICO

ELETROMAGNETISMO FONTES DE CAMPO MAGNÉTICO 1. (Ufpe) Constantes físicas necessárias para a solução dos problemas: Dois fios longos, iguais e paralelos, separados por 12 mm e transportando correntes iguais a 80 ma, se atraem com uma força F. Se

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA Professor: Vilson Mendes Lista de exercícios de Física I Lista 8 Magnetismo e fontes de campo magnético ENSINO MÉDIO NOTA: Aluno (a): Data SÉRIE/TURMA 3ª 1. Assinale as

Leia mais

Faculdades Oswaldo Cruz ESQ (Física I Profº Ito Lista de Torque)

Faculdades Oswaldo Cruz ESQ (Física I Profº Ito Lista de Torque) 1. Um ponto material está parado sobre uma prancha rígida horizontal, de massa desprezível, apoiada nas extremidades. O comprimento da prancha é de 3,0 m. O peso do ponto material é de 60 N e este está

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A

ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A ESCOLA ESTADUAL JOÃO XXIII A Escola que a gente quer é a Escola que a gente faz! NATUREZA DA ATIVIDADE: EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO - ELETROMAGNESTISMO DISCIPLINA: FÍSICA ASSUNTO: CAMPO MAGNÉTICO Educando para

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 29 MAGNETISMO: INTRODUÇÃO

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 29 MAGNETISMO: INTRODUÇÃO FÍICA - 2 o AO MÓDULO 29 MAGETIMO: ITRODUÇÃO B 1 2 3 2 1 2 3 2 s 2 Como pode cair no enem A bússola é, sem dúvida, o instrumento mais conhecido da Era dos Descobrimentos, pois foi provavelmente o mais

Leia mais

Tema de Física Eletrostática Força elétrica e campo elétrico Prof. Alex S. Vieira

Tema de Física Eletrostática Força elétrica e campo elétrico Prof. Alex S. Vieira Tema de Física Eletrostática Força elétrica e campo elétrico 1) Se, após o contato e posterior separação, F 2 é o módulo da força coulombiana entre X e Y, podese afirmar corretamente que o quociente F

Leia mais

3. (Unirio RJ) Assinale a opção que apresenta a afirmativa correta, a respeito de fenômenos eletromagnéticos:

3. (Unirio RJ) Assinale a opção que apresenta a afirmativa correta, a respeito de fenômenos eletromagnéticos: Lista 10 - Eletromagnetismo 1. (PUC MG) A figura mostra o nascer do Sol. Dos pontos A, B, C e D, qual deles indica o Sul geográfico? a) A. b) B. c) C. d) D. 2. (UFMG) A figura mostra uma pequena chapa

Leia mais

EQUILÍBRIO DA PARTÍCULA

EQUILÍBRIO DA PARTÍCULA Questão 1 - As cordas A, B e C mostradas na figura a seguir têm massa desprezível e são inextensíveis. As cordas A e B estão presas no teto horizontal e se unem à corda C no ponto P. A corda C tem preso

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Componentes da Resultante

Lista de Exercícios (Profº Ito) Componentes da Resultante 1. Um balão de ar quente está sujeito às forças representadas na figura a seguir. Qual é a intensidade, a direção e o sentido da resultante dessas forças? c) qual o valor do módulo das tensões nas cordas

Leia mais

Como Funciona a Bússola Magnética

Como Funciona a Bússola Magnética Como Funciona a Bússola Magnética by Beth Jet eletromagnetismo A bussola pode ser descrita, em poucas palavras, como um pequeno ímã em forma de agulha que gira sobre uma rosa-dos-ventos. Afastada de qualquer

Leia mais

Exercícios sobre Força de Coulomb

Exercícios sobre Força de Coulomb Exercícios sobre Força de Coulomb 1-Duas cargas elétricas iguais de 10 6 C se repelem no vácuo com uma força de 0,1 N. Sabendo que a constante elétrica do vácuo é de 9 10 9 N m /C, qual a distância entre

Leia mais

Prof. A.F.Guimarães Questões de Eletricidade 1 Carga Elétrica

Prof. A.F.Guimarães Questões de Eletricidade 1 Carga Elétrica Questão 1 rof..f.guimarães Questões de Eletricidade 1 Carga Elétrica (UFG) Dadas as afirmações: I. O elétron é uma partícula que apresenta a menor carga elétrica conhecida e repele prótons. II. O próton

Leia mais

Campo Magnético. Prof a. Michelle Mendes Santos michelle.mendes@ifmg.edu.br

Campo Magnético. Prof a. Michelle Mendes Santos michelle.mendes@ifmg.edu.br Campo Magnético Prof a. Michelle Mendes Santos michelle.mendes@ifmg.edu.br O Magnetismo O magnetismo é um efeito observado e estudado há mais de 2000 anos. O magnetismo descreve o comportamento de objetos

Leia mais

Engenharia Ambiental 3ª lista (Campo elétrico e Linhas de Campo elétrico)

Engenharia Ambiental 3ª lista (Campo elétrico e Linhas de Campo elétrico) 1. (G1) Defina Campo e cite 2 exemplos. 2. (G1) Defina "Campo elétrico". 3. (G1) Por que os prótons possuem carga positiva e os elétrons possuem carga negativa? 4. (Udesc 97) Na figura a seguir aparece

Leia mais

Lista de Exercícios Magnetismo/Fio

Lista de Exercícios Magnetismo/Fio 1. (Pucsp) Na experiência de Oersted, o fio de um circuito passa sobre a agulha de uma bússola. Com a chave C aberta, a agulha alinha-se como mostra a figura 1. Fechando-se a chave C, a agulha da bússola

Leia mais

PR1 FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Leis de Newton e suas Aplicações

PR1 FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Leis de Newton e suas Aplicações PR1 FÍSICA - Lucas 1 trimestre Ensino Médio 3º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos Leis de Newton e suas Aplicações 1. (G1 - utfpr 01) Associe a Coluna I (Afirmação) com a Coluna II (Lei Física).

Leia mais

Equilíbrio de Corpos Extensos

Equilíbrio de Corpos Extensos Equilíbrio de Corpos Extensos 1. (G1 - ifsp 2013) Em um parque de diversão, Carlos e Isabela brincam em uma gangorra que dispõe de dois lugares possíveis de se sentar nas suas extremidades. As distâncias

Leia mais

Lista de Exercícios Campo Elétrico

Lista de Exercícios Campo Elétrico Considere k o = 9,0. 10 9 N. m 2 /C 2 Lista de Exercícios Campo Elétrico 1. Uma partícula de carga q = 2,5. 10-8 C e massa m = 5,0. 10-4 kg, colocada num determinado ponto P de uma região onde existe um

Leia mais

+++++++ - - - - - - -

+++++++ - - - - - - - www.pascal.com.br Prof. Edson Osni Ramos 3. (UEPG - 99) ε = 2 - - - - - - - d = 0,2 cm = 0,002 m Entre as placas do capacitor não há corrente elétrico (existe um dielétrico). Nesse caso, o capacitor está

Leia mais

2-ELETROMAGNETISMO (Página 24 a 115 da apostila Fundamentos do Eletromagnetismo, do professor Fernando Luiz Rosa ( Mussoi

2-ELETROMAGNETISMO (Página 24 a 115 da apostila Fundamentos do Eletromagnetismo, do professor Fernando Luiz Rosa ( Mussoi 2-ELETROMAGNETISMO (Página 24 a 115 da apostila Fundamentos do Eletromagnetismo, do professor Fernando Luiz Rosa ( Mussoi Disciplina de Eletromagnetismo 1 COMPETÊNCIAS Conhecer as leis fundamentais do

Leia mais

MÓD. 2 FORÇA ELÉTRICA/LEI DE COULOMB

MÓD. 2 FORÇA ELÉTRICA/LEI DE COULOMB MÓD. FORÇA ELÉTRICA/LEI DE COULOMB 1. (Fgv 010) Posicionadas rigidamente sobre os vértices de um cubo de aresta 1 m, encontram-se oito cargas elétricas positivas de mesmo módulo. Sendo k o valor da constante

Leia mais

Aula de Exercícios Recuperação Paralela (Leis de Newton)

Aula de Exercícios Recuperação Paralela (Leis de Newton) Aula de Exercícios Recuperação Paralela (Leis de Newton) Exercício 1. (TAUBATÉ) Um automóvel viaja com velocidade constante de 72km/h em trecho retilíneo de estrada. Pode-se afirmar que a resultante das

Leia mais

21- EXERCÍCIOS FUNÇÕES DO SEGUNDO GRAU

21- EXERCÍCIOS FUNÇÕES DO SEGUNDO GRAU 1 21- EXERCÍCIOS FUNÇÕES DO SEGUNDO GRAU 1. O gráfico do trinômio y = ax 2 + bx + c. Qual a afirmativa errada? a) se a > 0 a parábola possui concavidade para cima b) se b 2 4ac > 0 o trinômio possui duas

Leia mais

Física Professor Fernando 2ª série / 1º trimestre

Física Professor Fernando 2ª série / 1º trimestre Física Professor Fernando 2ª série / 1º trimestre Questão 01) Em um parque de diversão, Carlos e Isabela brincam em uma gangorra que dispõe de dois lugares possíveis de se sentar nas suas extremidades.

Leia mais

Aula 15 Campo Elétrico

Aula 15 Campo Elétrico 1. (Fatec 2010) Leia o texto a seguir. Técnica permite reciclagem de placas de circuito impresso e recuperação de metais Circuitos eletrônicos de computadores, telefones celulares e outros equipamentos

Leia mais

Suponha que a velocidade de propagação v de uma onda sonora dependa somente da pressão P e da massa específica do meio µ, de acordo com a expressão:

Suponha que a velocidade de propagação v de uma onda sonora dependa somente da pressão P e da massa específica do meio µ, de acordo com a expressão: PROVA DE FÍSICA DO VESTIBULAR 96/97 DO INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA (03/12/96) 1 a Questão: Valor : 1,0 Suponha que a velocidade de propagação v de uma onda sonora dependa somente da pressão P e da

Leia mais

Exercícios de Eletrostática Lista 1

Exercícios de Eletrostática Lista 1 Exercícios de Eletrostática Lista 1 1. Se tivermos um balão de borracha com uma carga positiva distribuída sobre sua superfície, podemos afirmar que (A) na região externa ao balão o campo elétrico é nulo.

Leia mais

Exercícios Propostos

Exercícios Propostos Lista 4: Terceira Lei de Newton Q.1) A figura mostra duas massa em repouso. A corda é desprovida de massa, e a polia livre de atrito. A escala do dinamômetro está calibrada em kg. Quanto marca o dinamômetro?

Leia mais

Centro de gravidade de um corpo é o ponto onde podemos supor que seu peso esteja aplicado.

Centro de gravidade de um corpo é o ponto onde podemos supor que seu peso esteja aplicado. Apostila de Revisão n 4 DISCIPLINA: Física NOME: N O : TURMA: 2M311 PROFESSOR: Glênon Dutra DATA: Mecânica - 4. Corpo Rígido 4.1. Torque análise semiquantitativa, na Primeira Etapa, e quantitativa, na

Leia mais

01. (UECE-1996) Um menino, parado em relação ao solo, vê sua imagem em um espelho plano E colocado à parede traseira de um ônibus.

01. (UECE-1996) Um menino, parado em relação ao solo, vê sua imagem em um espelho plano E colocado à parede traseira de um ônibus. Óptica Geométrica 3 o Ano - Lista exercícios sobre espelhos planos 01. (UECE-1996) Um menino, parado em relação ao solo, vê sua imagem em um espelho plano E colocado à parede traseira de um ônibus. Se

Leia mais

Ensino: Médio Professor: Renato Data:, de 2010. Trabalho de Recuperação de Física (1 e 2º Bimestres) Instruções:

Ensino: Médio Professor: Renato Data:, de 2010. Trabalho de Recuperação de Física (1 e 2º Bimestres) Instruções: Uma Escola ensando em Você luno(a): nº Série: 3 ano Disciplina: Física Ensino: Médio rofessor: Renato Data:, de 010 Trabalho de Recuperação de Física (1 e º imestres) Instruções: 1. O trabalho deverá ser

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º Trimestre. 9º ano. DISCIPLINA: Física

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º Trimestre. 9º ano. DISCIPLINA: Física ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO PARALELA 3º Trimestre Observações: 9º ano DISCIPLINA: Física 1- Antes de responder às atividades, releia o material entregue sobre Sugestão de Como Estudar. 2 - Os exercícios

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 10 EQUILÍBRIO DE CORPOS EXTENSOS

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 10 EQUILÍBRIO DE CORPOS EXTENSOS FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 10 EQUILÍBRIO DE CORPOS EXTENSOS F d M 0 F = Fd O + - A C α B Q F at T N α P B P Q F at T T sen α N A T cos α α B P B PQ Como pode cair no enem? Desde muito cedo, bem antes do início

Leia mais

LISTA ELETROSTÁTICA 3ª SÉRIE

LISTA ELETROSTÁTICA 3ª SÉRIE 1. (Pucrj 013) Duas cargas pontuais q1 3,0 μc e q 6,0 μc são colocadas a uma distância de 1,0 m entre si. Calcule a distância, em metros, entre a carga q 1 e a posição, situada entre as cargas, onde o

Leia mais

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 27 TRABALHO, POTÊNCIA E ENERGIA REVISÃO

FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 27 TRABALHO, POTÊNCIA E ENERGIA REVISÃO FÍSICA - 1 o ANO MÓDULO 27 TRABALHO, POTÊNCIA E ENERGIA REVISÃO Fixação 1) O bloco da figura, de peso P = 50N, é arrastado ao longo do plano horizontal pela força F de intensidade F = 100N. A força de

Leia mais

2ª Série do Ensino Médio

2ª Série do Ensino Médio 2ª Série do Ensino Médio 16. O módulo da força resultante necessária para manter um objeto em movimento retilíneo e uniforme é: (A) zero. (B) proporcional à sua massa. (C) inversamente proporcional à sua

Leia mais

austral leste ocidente

austral leste ocidente 1. Complete as lacunas, utilizando os seguintes termos: Eixo da Terra norte austral leste ocidente Rosa dos ventos boreal bússola oeste setentrional Equador longitude oriente latitude Equador sul poente

Leia mais

Lista de Magnetismo - 3 ano Profº: Luciano Dias

Lista de Magnetismo - 3 ano Profº: Luciano Dias Conteúdos - MAGNETISMO, - CAMPO MAGNÉTICO INDUZIDO - FORÇA MAGNÉTICA COLÉGIO APHONSIANO Educando com Seriedade Lista de Magnetismo - 3 ano Profº: Luciano Dias Observação: O quadro abaixo informa quais

Leia mais

Lista de Exercícios (Profº Ito) Blocos

Lista de Exercícios (Profº Ito) Blocos TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO Constantes físicas necessárias para a solução dos problemas: Aceleração da gravidade: 10 m/s 1. Dois blocos, de massas M e M, estão ligados através de um fio inextensível de

Leia mais

Eletromagnetismo. Fenômenos associados a imãs tanto naturais como artificiais.

Eletromagnetismo. Fenômenos associados a imãs tanto naturais como artificiais. Conceitos Básicos Eletromagnetismo Na região conhecida como Magnésia descobriu-se que alguns tipos de rocha atraíam umas ás outras e podiam também atrair objetos de ferro. Essas pedras, denominadas magnetitas,

Leia mais

Óptica Geométrica. Exercícios complementares Óptica parte 1

Óptica Geométrica. Exercícios complementares Óptica parte 1 Óptica Geométrica Exercícios complementares Óptica parte 1 1. (UFRJ) No dia 3 de novembro de 1994 ocorreu o último eclipse total do Sol deste milênio. No Brasil, o fenômeno foi mais bem observado na Região

Leia mais

ORIENTAÇÃO NO ESPAÇO GEOGRÁFICO

ORIENTAÇÃO NO ESPAÇO GEOGRÁFICO ORIENTAÇÃO NO ESPAÇO GEOGRÁFICO Onde estamos na Terra: os pontos de orientação Ao nos deslocarmos no espaço, sentimos a necessidade de uma referência que oriente o nosso movimento. No cotidiano, utilizamos

Leia mais

Física Elétrica Cargas Elétrica e Eletrização Prof. Marco Simões. Exercícios 1

Física Elétrica Cargas Elétrica e Eletrização Prof. Marco Simões. Exercícios 1 Física Elétrica Cargas Elétrica e Eletrização Prof. Marco Simões Exercícios 1 1. Um corpo inicialmente neutro recebe 10 milhões de elétrons. Este corpo adquire uma carga de: (considere! = 1,6 10!!"!).

Leia mais

Levantamento Topográfico: é o conjunto de métodos e processos que, através de medições de ângulos horizontais e verticais, de distâncias horizontais,

Levantamento Topográfico: é o conjunto de métodos e processos que, através de medições de ângulos horizontais e verticais, de distâncias horizontais, DIVISÃO DA TOPOGRAFIA Levantamento Topográfico: é o conjunto de métodos e processos que, através de medições de ângulos horizontais e verticais, de distâncias horizontais, verticais e inclinadas, com instrumental

Leia mais

Analogia com a polarização elétrica

Analogia com a polarização elétrica Analogia com a polarização elétrica Polarização orientação de dipolos elétricos, devido à ação de um campo elétrico. Magnetização - orientação de dipolos magnéticos, devido à ação de um campo magnético.

Leia mais

ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL

ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL ESTÁTICA DO PONTO MATERIAL 0) CFTMG- As figuras e a seguir representam, respectivamente, todas as forças, constantes e coplanares, que atuam sobre uma partícula e o diagrama da soma vetorial destas forças.

Leia mais

Eletrização e Força Elétrica

Eletrização e Força Elétrica Parte I Eletrização e Força Elétrica 1. (Unicamp 014) A atração e a repulsão entre partículas carregadas têm inúmeras aplicações industriais, tal como a pintura eletrostática. As figuras abaixo mostram

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos: Força Magnética em Cargas

Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos: Força Magnética em Cargas Sala de Estudos FÍSICA Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos: Força Magnética em Cargas 1. (G1 - ifsp 2012) Os ímãs têm larga aplicação em nosso cotidiano tanto

Leia mais

PLANO DE ESTUDO TRIMESTRE:1º

PLANO DE ESTUDO TRIMESTRE:1º C O L É G I O K E N N E D Y / R E D E P I T Á G O R A S PLANO DE ESTUDO TRIMESTRE:1º PLANO DE ESTUDO PROFESSOR:MARCÃO DATA DA AVALIAÇÃO: 30/09/16 CONTEÚDO(S) A SER(EM) COBRADO(S) NA AVALIAÇÃO: DISCIPLINA:

Leia mais

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (CINEMÁTICA)

XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (CINEMÁTICA) XXVII CPRA LISTA DE EXERCÍCIOS FÍSICA (CINEMÁTICA) 1) Na Figura 1, uma esfera lisa pode ser lançada por três escorregadores polidos. Ordene os escorregadores de acordo com o trabalho que a força gravitacional

Leia mais

Atração fatal. Ernesto atritou um canudo de refresco com. A força elétrica como um vetor

Atração fatal. Ernesto atritou um canudo de refresco com. A força elétrica como um vetor A U A UL LA Atração fatal Ernesto atritou um canudo de refresco com um pedaço de papel higiênico. Depois colocou o canudo contra uma parede, enquanto Roberto observava. - Olha como ele fica grudado! -

Leia mais

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA LISTA DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ESPELHOS PLANOS PROF.: DUDUNEGÃO

COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA LISTA DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ESPELHOS PLANOS PROF.: DUDUNEGÃO COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA LISTA DE EXERCÍCIOS DE REVISÃO ESPELHOS PLANOS PROF.: DUDUNEGÃO 01. Duas cargas puntiformes encontram-se no vácuo a uma distância de 10cm uma da outra. As cargas valem

Leia mais

http://aprendendofisica.net/rede - @apfisica - http://www.cp2centro.net/

http://aprendendofisica.net/rede - @apfisica - http://www.cp2centro.net/ COLÉGIO PEDRO II - CAMPUS CENTRO Lista de Exercícios de Dinâmica 2 a. Série 2015 d.c Coordenador: Prof. Marcos Gonçalves Professor: Sérgio F. Lima 1) Determine as trações nas cordas 1 e 2 da figura abaixo.

Leia mais

Lista de exercícios de Física / 2 Bimestre Unidades 1, 2 e 3

Lista de exercícios de Física / 2 Bimestre Unidades 1, 2 e 3 Nota Lista de exercícios de Física / 2 Bimestre Unidades 1, 2 e 3 Data: 18 de maio de 2012 Curso: Ensino Médio 3 ano A Professora: Luciana M.A. Teixeira Nome: Nº Instruções gerais Para a resolução desta

Leia mais

TC DE FÍSICA 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO

TC DE FÍSICA 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO TC DE FÍSICA 2 a SÉRIE ENSINO MÉDIO Professor(es): Odair Mateus 14/6/2010 1.Na(s) questão(ões) a seguir, escreva no espaço apropriado a soma dos itens corretos. Sobre os conceitos e aplicações da Eletricidade

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 05 ROLDANAS E ELEVADORES T T Como pode cair no enem? (CEFET) Nos sistemas seguintes, em equilíbrio, as roldanas, os fios e as hastes têm massas desprezíveis. Os dinamômetros

Leia mais

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA

CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA CARTOGRAFIA SISTEMÁTICA PROJEÇÃO Universal Transversa de Mercator (UTM) COORDENADAS UTM Elaborado por: Andréia Medinilha Pancher e Maria Isabel Castreghini de Freitas SISTEMA DE PROJEÇÃO UNIVERSAL TRANSVERSA

Leia mais

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 08 ELETRIZAÇÃO E FORÇA ELÉTRICA REVISÃO

FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 08 ELETRIZAÇÃO E FORÇA ELÉTRICA REVISÃO FÍSICA - 2 o ANO MÓDULO 08 ELETRIZAÇÃO E FORÇA ELÉTRICA REVISÃO Fixação 1) (CESGRANRIO) No modelo mais elementar do átomo de hidrogênio (modelo de Bohr), o elétron gira em órbita circular em torno do próton

Leia mais

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO TREINO PARA A PROVA DE FÍSICA F.3 PROF. Peixinho 3 o Ano E.M. 2 o Bimestre-2010

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO TREINO PARA A PROVA DE FÍSICA F.3 PROF. Peixinho 3 o Ano E.M. 2 o Bimestre-2010 EXERCÍCIOS PARA ESTUDO 1. (Fuvest) O circuito a seguir mostra uma bateria de 6V e resistência interna desprezível, alimentando quatro resistências, em paralelo duas a duas. Cada uma das resistências vale

Leia mais

LEIS DE NEWTON. a) Qual é a tensão no fio? b) Qual é a velocidade angular da massa? Se for necessário, use: sen 60 = 0,87, cos 60 = 0,5.

LEIS DE NEWTON. a) Qual é a tensão no fio? b) Qual é a velocidade angular da massa? Se for necessário, use: sen 60 = 0,87, cos 60 = 0,5. LEIS DE NEWTON 1. Um pêndulo cônico é formado por um fio de massa desprezível e comprimento L = 1,25 m, que suporta uma massa m = 0,5 kg na sua extremidade inferior. A extremidade superior do fio é presa

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 1º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

PLANO INCLINADO. a. a aceleração com que o bloco desce o plano; b. a intensidade da reação normal sobre o bloco;

PLANO INCLINADO. a. a aceleração com que o bloco desce o plano; b. a intensidade da reação normal sobre o bloco; PLANO INCLINADO 1. Um corpo de massa m = 10kg está apoiado num plano inclinado de 30 em relação à horizontal, sem atrito, e é abandonado no ponto A, distante 20m do solo. Supondo a aceleração da gravidade

Leia mais

A lei de Coulomb descreve a força elétrica (em Newtons) entre dois corpos carregados com carga Q 1 e Q 2 (em Coulombs) da seguinte maneira: =

A lei de Coulomb descreve a força elétrica (em Newtons) entre dois corpos carregados com carga Q 1 e Q 2 (em Coulombs) da seguinte maneira: = A lei de Coulomb descreve a força elétrica (em Newtons) entre dois corpos carregados com carga Q 1 e Q 2 (em Coulombs) da seguinte maneira: = sendo d a distância (em metros) entre os centros dos corpos

Leia mais

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO TREINO PARA PROVA DE FÍSICA PROF. Peixinho 1 o Ano E.M. 2 o Bimestre-2010

CURSO E COLÉGIO OBJETIVO TREINO PARA PROVA DE FÍSICA PROF. Peixinho 1 o Ano E.M. 2 o Bimestre-2010 VETORES 1 1. (G1) Observe a figura a seguir e determine quais as flechas que: a) tem a mesma direção. b) tem o mesmo sentido. c) tem o mesmo comprimento. d) são iguais. 2. (G1) Quantos sentidos possui

Leia mais

MATRIZ - FORMAÇÃO E IGUALDADE

MATRIZ - FORMAÇÃO E IGUALDADE MATRIZ - FORMAÇÃO E IGUALDADE 1. Seja X = (x ij ) uma matriz quadrada de ordem 2, onde i + j para i = j ;1 - j para i > j e 1 se i < j. A soma dos seus elementos é igual a: 2. Se M = ( a ij ) 3x2 é uma

Leia mais

Plano de Estudos Independentes de Recuperação ( No período de férias escolares)

Plano de Estudos Independentes de Recuperação ( No período de férias escolares) Plano de Estudos Independentes de Recuperação ( No período de férias escolares) 3ºANO Física (Prof. Ronaldo) Carga Elétrica Processos de Eletrização. Lei de Coulomb. Campo e Potencial Elétrico. Trabalho

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 3 trimestre Ensino Médio 1º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos: Lentes: Estudo Analítico de Gauss Mecânica: Queda Livre e Lançamento Vertical 1. (Unicamp 2013)

Leia mais

IF/UFRJ Introdução às Ciências Físicas 1 1 o Semestre de 2011 AP3 de ICF1 e ICF1Q

IF/UFRJ Introdução às Ciências Físicas 1 1 o Semestre de 2011 AP3 de ICF1 e ICF1Q Instituto de Física UFRJ Gabarito da Terceira Avaliação Presencial de ICF1 e Segunda Avaliação Presencial de ICF1Q AP3 Primeiro Semestre de 2011 PROVA AP31 DE ICF1 Questão 1 (3,5 pontos) A Figura 1 mostra

Leia mais

Campo Elétrico. em q = 10 5 C, colocada a 1 m de Q.

Campo Elétrico. em q = 10 5 C, colocada a 1 m de Q. Campo Elétrico Conceito Campo Elétrico 1) Num ponto de um campo elétrico, o vetor campo elétrico tem direção horizontal, sentido da direita para a esquerda e intensidade 10 N/C. Coloca-se, nesse ponto,

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Física Superfícies Equipotenciais e Linhas de Força

Exercícios com Gabarito de Física Superfícies Equipotenciais e Linhas de Força Exercícios com Gabarito de Física Superfícies Equipotenciais e Linhas de Força 1) (Faap-1996) A figura mostra, em corte longitudinal, um objeto metálico oco, eletricamente carregado. Em qual das regiões

Leia mais

Gráficos de MUV Movimento Uniformemente Variado

Gráficos de MUV Movimento Uniformemente Variado Gráficos de MUV Movimento Uniformemente Variado 1. (Uel 1994) Dois móveis partem simultaneamente de um mesmo ponto e suas velocidades estão representadas no mesmo gráfico a seguir. A diferença entre as

Leia mais

06-11-2015. Sumário. Da Terra à Lua. Movimentos no espaço 02/11/2015

06-11-2015. Sumário. Da Terra à Lua. Movimentos no espaço 02/11/2015 Sumário UNIDADE TEMÁTICA 1 Movimentos na Terra e no Espaço. Correção do 1º Teste de Avaliação. Movimentos no espaço. Os satélites geoestacionários. - O Movimentos de satélites. - Características e aplicações

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA

LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA LISTA DE EXERCÍCIOS DE FÍSICA / /2012 ALUNO: N.º TURMA 01. Em um jogo de basebol, o rebatedor aplica uma força de contato do taco com a bola. Com a tecnologia atual, é possível medir a força média aplicada

Leia mais

1ª Prova do 3º Período (Provão) Física 05/09/2016 Prof. Reinaldo

1ª Prova do 3º Período (Provão) Física 05/09/2016 Prof. Reinaldo 1ª Prova do 3º Período (Provão) Física 05/09/2016 Prof. Reinaldo 0 = 4..10 7 T.m/A B = 0.i / 2..r B = 0.i / 2.r B = 0.n.i FE = q.e FM = q.v.b.sen R = m.v / q.b 75. (Unesp 2016) Um ímã em forma de barra,

Leia mais

EFEITO FISIOLÓGICO DA CORRENTE ELÉTRICA PROTEÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

EFEITO FISIOLÓGICO DA CORRENTE ELÉTRICA PROTEÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EFEITO FISIOLÓGICO DA CORRENTE ELÉTRICA PROTEÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Os cabos elétricos da rede pública de energia que "transportam" a corrente elétrica até nossas casas são constituídos por três

Leia mais

Prof. Renato. SESI Carrão. Física 3ª. Série 2011. Aula 25. Eletromagnetismo

Prof. Renato. SESI Carrão. Física 3ª. Série 2011. Aula 25. Eletromagnetismo Aula 25 1. James C. Maxwell Teoria do (~ 1870); Compilação das teorias sobre eletricidade, magnetismo e eletromagnetismo construídas até então (1600 a 1870); Desenvolvimento da Lei de Ampère; Previsão

Leia mais

Prática 1: RELAÇÃO ENTRE FORÇA E ACELERAÇÃO

Prática 1: RELAÇÃO ENTRE FORÇA E ACELERAÇÃO Prática 1: RELAÇÃO ENTRE FORÇA E ACELERAÇÃO 1.1 Objetivo: Estudar a relação entre a força, massa e aceleração. 1.2 Material Necessário: 01 Plano Inclinado com ajuste angular regulável 01 Carrinho de movimento

Leia mais

MICROFONE E ALTIFALANTE

MICROFONE E ALTIFALANTE MICROFONE E ALTIFALANTE Um microfone é um transdutor que transforma energia mecânica (onda sonora) em energia elétrica (sinal elétrico de corrente alternada). O altifalante é um transdutor que transforma

Leia mais

CINEMÁTICA DO PONTO MATERIAL

CINEMÁTICA DO PONTO MATERIAL 1.0 Conceitos CINEMÁTICA DO PONTO MATERIAL Cinemática é a parte da Mecânica que descreve os movimentos. Ponto material é um corpo móvel cujas dimensões não interferem no estudo em questão. Trajetória é

Leia mais

a) N B > N A > N C. b) N B > N C > N A. c) N C > N B > N A. d) N A > N B > N C. e) N A = N C = N B.

a) N B > N A > N C. b) N B > N C > N A. c) N C > N B > N A. d) N A > N B > N C. e) N A = N C = N B. Prof. Renato SESI Carrão Física 1º. ano 2011 Lista de exercícios 1 (Aulas 13 a 24) *** Formulário *** v = Δx/Δt Δx = x f x i Δt = t f t i a = Δv/Δt Δv = v f v i F R = m.a g = 10 m/s 2 P = m.g F at = μ.n

Leia mais

Lista de Exercícios - Aula 02 Aplicações das Leis de Newton

Lista de Exercícios - Aula 02 Aplicações das Leis de Newton Lista de Exercícios - Aula 02 Aplicações das Leis de Newton 1 - Equilíbrio Estático 1 - Um garoto, apoiando-se em uma bengala, encontra-se em cima de uma balança que marca 40 Kg. Se o garoto empurrar fortemente

Leia mais

Escalas ESCALAS COTAGEM

Escalas ESCALAS COTAGEM Escalas Antes de representar objectos, modelos, peças, etc. Deve-se estudar o seu tamanho real. Tamanho real é a grandeza que as coisas têm na realidade. Existem coisas que podem ser representadas no papel

Leia mais

ESTRUTURA ELETRÔNICA DOS ÁTOMOS

ESTRUTURA ELETRÔNICA DOS ÁTOMOS ESTRUTURA ELETRÔNICA DOS ÁTOMOS MECÂNICA QUÂNTICA E OS ORBITAIS ATÔMICOS 1926 Físico austríaco Erwin Schrödinger Equação de onda de Schrödinger Incorpora tanto o comportamento ondulatório como o de partícula

Leia mais

Equilíbrio de um corpo rígido

Equilíbrio de um corpo rígido Equilíbrio de um corpo rígido Objetivos da aula: Desenvolver as equações de equilíbrio para um corpo rígido. Introduzir o conceito do diagrama de corpo livre para um corpo rígido. Mostrar como resolver

Leia mais

Série de exercícios para estudo

Série de exercícios para estudo 1. (Cesgranrio 90) No circuito, cada resistência é igual a 1,0 k ², e o gerador é uma pilha de 1,5 V. A corrente total estabelecida pelo gerador é: a) 1,0 ma; b) 2,0 ma; c) 3,0 ma; d) 4,0 ma; e) 5,0 ma.

Leia mais

Ondas Eletromagnéticas. Cap. 33

Ondas Eletromagnéticas. Cap. 33 Ondas Eletromagnéticas. Cap. 33 33.1 Introdução As ondas eletromagnéticas estão presentes no nosso dia a dia. Por meio destas ondas, informações do mundo são recebidas (tv, Internet, telefonia, rádio,

Leia mais

10 T, circunferências concêntricas. 10 T, 10 T, radiais com origem no eixo do solenoide. 10 T, retas paralelas ao eixo do solenoide. 9 π.

10 T, circunferências concêntricas. 10 T, 10 T, radiais com origem no eixo do solenoide. 10 T, retas paralelas ao eixo do solenoide. 9 π. 1. Considere um longo solenoide ideal composto por 10.000 espiras por metro, percorrido por uma corrente contínua de 0,2A. O módulo e as linhas de campo magnético no interior do solenoide ideal são, respectivamente:

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE

EXERCÍCIOS PARA PROVA ESPECÍFICA E TESTÃO 1 ANO 4 BIMESTRE 1. (Unesp 89) Um cubo de aço e outro de cobre, ambos de massas iguais a 20 g estão sobre um disco de aço horizontal, que pode girar em torno de seu centro. Os coeficientes de atrito estático para aço-aço

Leia mais

5910170 Física II Ondas, Fluidos e Termodinâmica USP Prof. Antônio Roque Aula 14

5910170 Física II Ondas, Fluidos e Termodinâmica USP Prof. Antônio Roque Aula 14 Ondas 5910170 Física II Ondas, Fluidos e Termodinâmica USP Prof. Antônio Roque Introdução: elementos básicos sobre ondas De maneira geral, uma onda é qualquer sinal que se transmite de um ponto a outro

Leia mais

CARGA ELÉTRICA. Unidade de medida no S.I.: Coulomb (C) 1 Coulomb é a carga elétrica de 6,25. 10 18 prótons (ou elétrons).

CARGA ELÉTRICA. Unidade de medida no S.I.: Coulomb (C) 1 Coulomb é a carga elétrica de 6,25. 10 18 prótons (ou elétrons). Introdução à Eletrostática DISCIPLINA: Física NOME: N O : TURMA: PROFESSOR: Glênon Dutra DATA: NOTA: ASS: INTRODUÇÃO Na Grécia antiga (séc. IV ac) algumas pessoas observaram que um pedaço de âmbar, atritado

Leia mais

EXERCÍCIOS PARA ESTUDOS DILATAÇÃO TÉRMICA

EXERCÍCIOS PARA ESTUDOS DILATAÇÃO TÉRMICA 1. (Unesp 89) O coeficiente de dilatação linear médio de um certo material é = 5,0.10 ( C) e a sua massa específica a 0 C é ³. Calcule de quantos por cento varia (cresce ou decresce) a massa específica

Leia mais

FÍSICA III Lista de Problemas 10 Momento de dipolo magnético e torque; lei de Faraday

FÍSICA III Lista de Problemas 10 Momento de dipolo magnético e torque; lei de Faraday FÍSICA III Lista de Problemas 10 Momento de dipolo magnético e torque; lei de Faraday A C Tort 5 de Junho de 2008 Problema 1 O campo de um dipolo elétrico é dado por, veja suas notas de aula: E = 1 4πǫ

Leia mais

a) P 1 = 1,5 Kg P 2 = 1,5 Kg; b) P 1 = 1,5 Kg P 2 = kg c) P 1 = 3,0 Kg P 2 = kg d) P 1 = 2,0 Kg P 2 = 4,0 Kg; e) P 1 = Kg P 2 = kg Resposta: B

a) P 1 = 1,5 Kg P 2 = 1,5 Kg; b) P 1 = 1,5 Kg P 2 = kg c) P 1 = 3,0 Kg P 2 = kg d) P 1 = 2,0 Kg P 2 = 4,0 Kg; e) P 1 = Kg P 2 = kg Resposta: B 1. (ITA - 1968) Na situação abaixo, o bloco 3 de massa igual a 6,0 kg está na eminência de deslizar. Supondo as cordas inextensíveis e sem massa e as roldanas também sem massa e sem atrito, quais são as

Leia mais

A magnetostática. A lei de Biot e Savart O potencial escalar magnético. A lei da indução de Faraday.

A magnetostática. A lei de Biot e Savart O potencial escalar magnético. A lei da indução de Faraday. A magnetostática Nesta aula discutiremos algumas leis e conceitos físicos que são muito úteis para o entendimento do eletromagnetismo e se apresentam em várias inovações a aplicações tecnológicas. São

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA

CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA Professor: Vilson Mendes Lista de exercícios de Física I ENSINO MÉDIO NOTA: Aluno (: Data SÉRIE/TURMA 3ª Lista 2 Campo Elétrico 1. Em certa região existe um vetor campo

Leia mais

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº

Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos FÍSICA - Lucas 3 trimestre Ensino Médio 2º ano classe: Prof.LUCAS Nome: nº Sala de Estudos: Imãs e Força Magnética em Cargas 1. (Uemg 2015) Em Você Verá, Luiz Vilela valoriza os animais.

Leia mais