MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO"

Transcrição

1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SOLICITAÇÃO DE INTERNAÇÃO Recife/2007

2 SUMÁRIO PAG I Objetivos II Orientações Gerais III Instruções para preenchimento da Guia de Resumo de Internação IV Anexos

3 OBJETIVO DO MANUAL Este Manual tem como objetivo, subsidiar a rede de Prestadores com todas as informações necessárias para viabilizar o atendimento aos Beneficiários da Fachesf, de acordo com a descrição das coberturas, especificadas nas suas carteiras de assistência à saúde. É a meta mantê-lo atualizado, permitindo, assim, torná-lo um permanente instrumento de orientação da Rede, à qual solicita-se o compromisso de seguir todas as instruções nele contidas, atingindo-se, desta forma, a padronização de procedimentos que evitam transtornos de ordem operacional.

4 ORIENTAÇÕES GERAIS AO PRESTADOR As cobranças de serviços prestados serão feitas com base nas tabelas acordadas entre as partes, conforme abaixo: Médicos => Tabela CIEFAS/AMB/CBHPM. Psicólogos => Tabela Própria. Fonoaudiólogos => Tabela Própria. Odontólogos => Tabela Própria. Hospitais => Tabela Própria. As guias de atendimento têm validade de 90 (noventa) dias contados a partir da data de emissão. O beneficiário irá direto à Rede e o Prestador executante - médico ou hospital - solicitará ao Núcleo de Regulação, através do telefone , autorização para os procedimentos, conforme anexo I. O Núcleo informará uma autorização (ou senha) e o prestador emitirá a guia correspondente que deverá ser preenchida de acordo com a orientação da ANS e assinada pelo beneficiário, após o atendimento. - Caso haja a necessidade de inclusão de outro procedimento em uma guia já autorizada, será necessário entrar em contato com o Núcleo de Regulação, para solicitar outra autorização. - Para os procedimentos que não precisam de autorização, só haverá necessidade da emissão da guia com preenchimentos dos campos exigidos e solicitação da assinatura do beneficiário, após o atendimento. OBS: Nunca deve ser alterada uma guia sem a correspondente autorização da Fachesf, pois esse procedimento inviabilizará o pagamento da mesma que, uma vez autorizada, não pode ser alterada ou rasurada. Para o correto atendimento, solicita-se observar as seguintes orientações: Carteiras - Solicitar a Carteira de Assistência à Saúde em todo início de atendimento;

5 - Observar os direitos do Beneficiário, de acordo com as indicações constantes do verso da Carteira. - Atentar para o prazo de validade da carteira e, se a mesma estiver com o prazo vencido, não prosseguir com o atendimento. OBS: No caso de recém-nascidos de até 30 (trinta) dias, solicitar a carteira de assistência à saúde da mãe, a fim de verificar os seus direitos, atendendo, nesse caso, conforme as regras da Fachesf.

6 Finalidade A Guia de Solicitação de Internação tem a finalidade de ser utilizada para a solicitação de internação de paciente atendido em consulta médica (eletiva ou não), bem como em remoções, ou mesmo em atendimento domiciliar, tendo em vista a necessidade de continuidade do tratamento em regime hospitalar. Preenchimento dos Campos da Guia Descreveremos todas as instruções necessárias ao preenchimento dos campos a serem informados pelo Prestador, listados em ordem numérica de acordo com a guia a que se refere. Campo: 1. Registro da ANS: Refere-se ao registro da Operadora na ANS, este campo já vem pré-impresso no formulário. 2. Número da Guia: refere-se ao número da guia (será preenchido ou informado pela Fachesf). 3. Data da Autorização: Preencha com a data da autorização no formato DD/MM/AA. 4. Senha: Informe a autorização de autorização da guia. (campo obrigatório - conforme anexo I) 5. Data de Validade da Senha: Preencha com data de validade da autorização, no formato DD/MM/AA. 6. Data de Emissão da Guia: Preencha com a data de emissão do formulário, no formato DD/MM/AA. (campo 7. Número da Carteira: Preencha com a matrícula do titular do plano e o código do dependente que será atendido, conforme consta na carteira de assistência médica. (campo 8. Plano: Preencha com o nome do plano do beneficiário. (campo 9. Validade da Carteira: Preencha com o prazo de validade no formato DD/MM/AA, conforme consta na carteira de assistência médica do beneficiário. 10. Nome: Preencha com o nome do beneficiário do plano que será atendido, conforme consta na carteira de assistência médica. (campo 11. Número do Cartão Nacional de Saúde: Preencha com o número do Cartão Nacional de Saúde do beneficiário. 12. Código na Operadora /CNPJ/CPF: Informe o CPF do solicitante (se pessoa física) ou CNPJ (se pessoa jurídica). (campo 13. Nome do Contratado: Preencha com o nome do Prestador (se pessoa física) ou razão social (se pessoa jurídica). (campo 14. Código CNES: Preencha com o código do CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimento em Saúde) do Prestador. 15. Nome do Profissional Solicitante: Preencha com o nome do profissional solicitante. 16. Conselho Profissional: Preencha com a sigla referente ao conselho de classe da profissão. (campo 17. Número no Conselho: Preencha com o número da carteira do conselho da classe profissional. (campo 18. UF: Preencha com a sigla da Unidade Federativa do Conselho Profissional do solicitante (Estado). (campo 19. Código CBO-S: Preencha com o código da especialidade do solicitante conforme tabela CBO-S (Classificação Brasileira de Ocupação em Saúde). (Tabela de Domínio 1.25) 20. Código na Operadora /CNPJ: Informe o CNPJ do solicitado. 21. Nome do Prestador: Preencha com a razão social do Prestador.

7 22. Caráter da Internação: Indique uma das opções que constam neste campo da guia referente ao caráter da internação. (campo 23. Tipo de Internação: Indique uma das opções que constam neste campo da guia referente ao tipo de internação. (campo 24. Regime de Internação: Indique uma das opções que constam neste campo da guia referente ao regime de internação. (campo 25. Quantidade de Diárias Solicitadas: Informe a quantidade de diárias solicitadas. (campo 26. Indicação Clínica: Este campo deve ser preenchido pelo profissional solicitante. (campo 27. Tipo de Doença: Indique uma das opções que constam neste campo da guia referente ao tipo de doença. 28. Tempo de Doença Referida pelo Paciente: Indique uma das opções que constam neste campo da guia referente ao tempo de doença referida pelo paciente. 29. Indicação de Acidente: Indique uma das opções que constam neste campo da guia referente ao indicador de acidente. 30. CID10 Principal: Preencha com o código CID10 o diagnóstico principal. (campo 31. CID10 (2): Preencha com o código CID10 o segundo diagnóstico. (quando houver) 32. CID10 (3): Preencha com o código CID10 o terceiro diagnóstico. (quando houver) 33. CID10 (4): Preencha com o código CID10 o quarto diagnóstico. (quando houver) 34. Tabela: Preencha com o código da tabela acordada (CIEFAS, CBHPM e etc) para descrever o procedimento realizado, utilizando os códigos constantes na Tabela de Domínio Código do Procedimento: Preencha o código do procedimento solicitado, conforme tabela acordada. 36. Descrição: Descreva o procedimento solicitado. (campo 37. Quantidade Solicitada: Preencha com a quantidade de procedimentos solicitados. (campo 38. Quantidade Autorizada: Preencha com a quantidade de procedimentos autorizados pela operadora. (campo 39. Tabela: Preencha com a sigla da tabela acordada (CIEFAS, CBHPM e etc) para descrever o procedimento realizado os códigos constantes na Tabela de Domínio Código do OPM: Preencha com o código da OPM (Órteses, Próteses e Materiais). 41. Descrição OPM: Descreva a OPM (Órteses, Próteses e Materiais) utilizada. 42. Quantidade: Preencha a quantidade de OPM (Órteses, Próteses e Materiais) utilizada. 43. Fabricante: Preencha com o nome do fabricante da OPM (Órteses, Próteses e Materiais). 44. Valor Unitário: Preencha com valor unitário em R$ da OPM (Órteses, Próteses e Materiais) utilizada. 45. Data Provável da Admissão Hospitalar: Preencha com a data da provável admissão hospitalar, no formato DD/MM/AA. (campo 46. Quantidade de Diárias Autorizadas: Preencha com o número de dias autorizados para a internação. (campo 47. Tipo de acomodação autorizada: Preencha com o código do tipo de acomodação autorizada conforme Tabela de Domínio 1.13.

8 48. Código na Operadora /CNPJ: Informe o número do CNPJ do prestador. (campo 49. Nome do Prestador Autorizado: Preencha com o nome do Prestador. (campo 50. Número CNES: Preencha com o código do CNES (Cadastro Nacional de Estabelecimento em Saúde) do Prestador. 51. Observação: Campo para livre preenchimento. 52. Data e Assinatura do Médico Solicitante: Este campo deve ser assinado e datado pelo médico solicitante, bem como apresentar o carimbo com CRM do médico. (campo 53. Data e Assinatura do Beneficiário ou Responsável: Este campo deve ser assinado e datado pelo beneficiário ou responsável. (campo 54. Data e Assinatura do Responsável pela Autorização: Este campo deve ser assinado e datado pelo responsável pela autorização. 55. Data: Preencha com a data da prorrogação. (campo 56. Autorização: Preencha com a autorização da prorrogação. (campo 57. Responsável pela autorização: Preencha com o nome do responsável pela prorrogação. 58. Tipo de Acomodação: Preencha com o tipo de acomodação autorizada conforme (Tabela de Domínio 1.13). (campo 59. Acomodação: Descreva o tipo de acomodação. (Tabela de Domínio 1.13.) (campo 60. Quantidade Autorizada: Preencha com a quantidade autorizada. 61. Tabela: Preencha com o código da tabela acordada (CIEFAS, CBHPM e etc) para descrever o procedimento realizado, utilizando os códigos constantes na Tabela de Domínio 1.5. (campo 62. Código do Procedimento: Preencha com o código do procedimento realizado. (campo 63. Descrição: Descreva o procedimento realizado. 64. Quantidade: Preencha com a quantidade de procedimentos solicitados. 65. Quantidade Autorizada: Preencha com a quantidade de procedimentos autorizados. 66. Tabela: Preencha com o código da tabela de OPM (Órteses, Próteses e Materiais) conforme tabela acordada. 67. Código do OPM: Preencha com o código da OPM (Órteses, Próteses e Materiais) solicitada. 68. Descrição OPM: Descreva a OPM (Órteses, Próteses e Materiais) solicitada. 69. Quantidade: Preencha com a quantidade solicitada de OPM (Órteses, Próteses e Materiais). 70. Fabricante: Preencha com o nome do fabricante da OPM (Órteses, Próteses e Materiais) solicitada. 71. Valor Unitário: Preencha com o valor unitário em R$ da OPM (Órteses, Próteses e Materiais) utilizada. OBS: É imprescindível o preenchimento dos campos marcados como obrigatórios. O não preenchimento resultará na devolução da guia. Leia com atenção as informações contidas no verso da guia.

9 ! " # $ "! % # & ' '% ( ' ' % ' ) * ' + (, '! $ '- (. ' / ( 0 1 ' ) 1! 12 ) " ( 3 ( 4 15 %4 6 ' ' # ( 12 9

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 330

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 330 Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 330 Registro ANS Número da no prestador na 1 2 Registro ANS Nº da no prestador String 6 String 20 Registro da operadora de plano privado

Leia mais

Legenda da guia de solicitação de internação

Legenda da guia de solicitação de internação Legenda da guia de solicitação de Núm. 1 2 3 Registro ANS Registro da operara na ANS Número da guia Número da guia de solicitação Data da autorização Data que a autorização foi concedida String (6) String

Leia mais

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DENTALPREV - PADRÃO TISS. Atenção: Os campos em branco são de preenchimento obrigatório.

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DENTALPREV - PADRÃO TISS. Atenção: Os campos em branco são de preenchimento obrigatório. MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE GUIA DE TRATAMENTO ODONTOLÓGICO DENTALPREV - PADRÃO TISS Atenção: Os campos em branco são de preenchimento obrigatório. Instruções: Número do campo Nome do campo Descrição

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES. GUIA DE SP/SADT (Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES. GUIA DE SP/SADT (Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia) MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE SP/SADT (Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia) Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III

Leia mais

GUIA TRATAMENTO ODONTOLÓGICO

GUIA TRATAMENTO ODONTOLÓGICO Logo da Empresa GUIA TRATAMENTO ODONTOLÓGICO 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Número da Guia Principal 4 - Data da Autorização 5 - Senha 6 - Data de Validade da Senha 7

Leia mais

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 357

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 357 Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 357 Registro ANS Número da no prestador na 1 2 Registro ANS Nº da no prestador String 6 0 Registro da operadora de plano privado de assistência

Leia mais

POP Procedimento Operacional Padrão

POP Procedimento Operacional Padrão Setor: Prestador Procedimento: Solicitação de autorizações Executante: Tecnologia da informação Responsável: Rafael Silva Quando: Esporádico Onde Registrar: Extranet Resultado Esperado: Segurança, Agilidade

Leia mais

Cartilha Guia Consulta médica Padrão TISS

Cartilha Guia Consulta médica Padrão TISS PADRONIZAÇÃO TISS Valendo-nos da importância do cumprimento legal da Resolução Normativa Nº 305, de 9 de outubro de 2012 da Agência nacional de Saúde, que tem como prazo 01 de dezembro de 2013 para aderência

Leia mais

Manual WAC TISS 3.02.00. Solicitação e prorrogação de internações. Unimed Pelotas:: Manual WAC TISS SADT

Manual WAC TISS 3.02.00. Solicitação e prorrogação de internações. Unimed Pelotas:: Manual WAC TISS SADT Manual WAC TISS 3.02.00 Solicitação e prorrogação de internações Unimed Pelotas:: Manual WAC TISS SADT 1 Apresentação A partir do dia 31 de agosto de 2014, passa a vigorar a versão 3.02.00 do Padrão para

Leia mais

LAUDO PARA SOLICITAÇÃO, AVALIAÇÃO E AUTORIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS DO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO

LAUDO PARA SOLICITAÇÃO, AVALIAÇÃO E AUTORIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS DO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO LAUDO PARA SOLICITAÇÃO, AVALIAÇÃO E AUTORIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS DO COMPONENTE ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO SOLICITAÇÃO DO MEDICAMENTO Campo 1 - Nome do Paciente:

Leia mais

Check-List de envio Físico e Eletrônico do Faturamento - TIVIT Última Atualização em 4/09/2007

Check-List de envio Físico e Eletrônico do Faturamento - TIVIT Última Atualização em 4/09/2007 Check-List de envio Físico e Eletrônico do Faturamento - TIVIT Última Atualização em 4/09/2007 TI - Unidade de Processos Operacionais 1 A - OBJETIVO Este documento reúne informações que servem de roteiro

Leia mais

MANUAL DE PROCESSOS EME01 - INTERNAR PACIENTE DO PRONTO SOCORRO

MANUAL DE PROCESSOS EME01 - INTERNAR PACIENTE DO PRONTO SOCORRO MANUAL DE PROCESSOS EME01 - INTERNAR PACIENTE DO PRONTO SOCORRO SUMÁRIO GLOSSÁRIO (SIGLAS, SIGNIFICADOS)... 3 I. OBJETIVO DO PROCESSO... 5 II. ÁREAS ENVOLVIDAS... 5 III. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 IV.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL. Portaria nº 237 de 31 de janeiro de 2008. O SECRETÁRIO DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA no uso de suas atribuições:

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL. Portaria nº 237 de 31 de janeiro de 2008. O SECRETÁRIO DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA no uso de suas atribuições: SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Portaria nº 237 de 31 de janeiro de 2008 O SECRETÁRIO DA SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA no uso de suas atribuições: Considerando o inciso XI, do artigo 17, da Lei nº 8.080 de 19/09/1990,

Leia mais

MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS

MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS MANUAL WEB PRESTADOR EXAMES OCUPACIONAIS APRESENTAÇÃO O Manual Web apresenta o passo a passo para inclusão das informações das guias/procedimentos e avaliações clínicas, dos exames ocupacionais. Existem

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III Instruções para preenchimento da Guia de Consulta... 06 IV Anexos......

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO

MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO Tribunal Regional do Trabalho 5ª Região MANUAL DO SISTEMA TRT-5 PRESTADOR MÉDICO Manual do Sistema TRT5-Saúde para Prestador Médico Baseado no modelo fornecido pelo TST-SAÙDE Versão 1.0 7/outubro/2014

Leia mais

DADOS DO BENEFICIÁRIO

DADOS DO BENEFICIÁRIO GUIA DE SP/SADT Número do campo Nome do campo Observação 1 Registro ANS Nas guias em papel impressas pela Petrobras ou Petrobras Distribuidora e nas guias disponibilizadas no site da Petrobras, é dado

Leia mais

Manual Básico Web Guia SADT

Manual Básico Web Guia SADT Entrar no site http://sansaúde.santacasavotuporanga.com.br, procurar a sessão Autorizador Online. 1 Sansaúde Assistência Médica - Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga Acessando o link é apresentada

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. 1) ACESSO AO SISTEMA Digite o endereço www.unimedbh.com.br/consultorio em qualquer computador com acesso à internet. Preencha os campos com o seu usuário e a senha. Para o login, digite as letras ADM,

Leia mais

Guia Tratamento Odontológico Instrução de Preenchimento Manual

Guia Tratamento Odontológico Instrução de Preenchimento Manual A Guia Tratamento Odontológico deverá ser preenchida pelo profissional / entidade de saúde, na área de odontologia, que mantém compromisso de credenciamento especial firmado com a Eletrobras Furnas e destina-se

Leia mais

Apresentação. Missão A missão da União Saúde é oferecer qualidade de vida através da gestão da sua saúde. Valores

Apresentação. Missão A missão da União Saúde é oferecer qualidade de vida através da gestão da sua saúde. Valores MANUAL DO PRESTADOR Índice Apresentação 3 Regras de pedido de autorização 4 Regras para faturamento e pagamento de Contas Médicas 7 Padrão de envio de contas por XML 8 Atendimento União Saúde 11 Central

Leia mais

TISS. Troca de Informações em Saúde Suplementar MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA REDE CREDENCIADA PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS

TISS. Troca de Informações em Saúde Suplementar MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA REDE CREDENCIADA PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS TISS Troca de Informações em Saúde Suplementar MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA REDE CREDENCIADA PREENCHIMENTO DOS FORMULÁRIOS 2007 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 03 2. INFORMAÇÕES CONTATOS... 03 3. APRESENTAÇÃO... 04

Leia mais

Dicas da CNU para facilitar as nossas autorizações e atendimentos

Dicas da CNU para facilitar as nossas autorizações e atendimentos Dicas da CNU para facilitar as nossas autorizações e atendimentos Juntos vamos tornar o nosso relacionamento mais fácil e ágil Central Nacional RELACIONAMENTO COM AS UNIMEDS Juntos pela vida. FIQUE ATENTO!

Leia mais

Constituição 1- N do protocolo da SES 2- Tipo do CNPJ 3- Natureza da pessoa. Solicitação

Constituição 1- N do protocolo da SES 2- Tipo do CNPJ 3- Natureza da pessoa. Solicitação 1 Formulário de Solicitação da Vigilância Sanitária Leia as instruções Constituição 1- N do protocolo da SES 2- Tipo do CNPJ 3- Natureza da pessoa 4- Tipo do Estabelecimento 5- Razão Social ( ) Matriz

Leia mais

RioCard Saúde Presente

RioCard Saúde Presente Sumário 1) Acesso ao Sistema... 2 1.1) Esqueci minha senha... 2 1.2) Alteração de Senha... 3 1.3) Seleção de Perfil de Acesso e Local de Atendimento... 3 2) Home... 5 3) Menu Cadastro... 5 3.1) Cadastrar

Leia mais

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 374

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 374 Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro 2013 374 Registro ANS Número do anexo no prestador na 1 2 Registro ANS Nº da no prestador String 6 Registro da operadora de plano privado de

Leia mais

Manual do Usuário. Índice

Manual do Usuário. Índice Índice 1. Objetivo...1 2. Abrangência do Sistema...1 3. Descrição do Sistema...2 4. Como Acessar o Sistema...2 5. Funcionalidades do Sistema...2 5.1. Informações Gerais...2 5.2. Arquivo de inclusão de

Leia mais

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007.

Check-List. Cadastro de Instituições. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 5 de novembro de 2007. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Check-List Cadastro de Instituições Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília,

Leia mais

MANUAL PEDIDO ONLINE

MANUAL PEDIDO ONLINE MANUAL PEDIDO ONLINE A solicitação de exames online é uma funcionalidade a ser utilizado tanto pela rede credenciada quanto por médicos não credenciados. Um pedido online, diferentemente de uma guia, pode

Leia mais

ATENDIMENTO NAS FILIAIS

ATENDIMENTO NAS FILIAIS ATENDIMENTO NAS FILIAIS Brasília, Salvador, São Luís e São Paulo ANS - Nº33967-9 www.centralnacionalunimed.com.br ÍNDICE ATENDIMENTO NAS FILIAIS CONHEÇA AS NOSSAS FACILIDADES AUTORIZAÇÕES ON-LINE SOLICITAÇÃO

Leia mais

NOTA TÉCNICA. Assunto: Esclarecimentos sobre Leito 87- Leito de Saúde Mental

NOTA TÉCNICA. Assunto: Esclarecimentos sobre Leito 87- Leito de Saúde Mental MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE REGULAÇÃO, AVALIAÇÃO E CONTROLE DE SISTEMAS DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA E TEMÁTICA COORDENAÇÃO-GERAL DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica

Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica Manual do Usuário Sistema de Cadastro de Pessoa Jurídica SISTCADPJ Cadastro de Pessoa Jurídica Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 3. Cadastro da Pessoa Jurídica...

Leia mais

Dúvidas Frequentes - TISS. Dúvidas Frequentes:

Dúvidas Frequentes - TISS. Dúvidas Frequentes: Dúvidas Frequentes: 1 O que é TISS? 2 Qual o objetivo do padrão TISS 3.02? 3 O que é TUSS (Terminologia Unificada de Saúde Suplementar)? 4 O padrão TISS 3.02.00 é obrigatório? 5 A SulAmérica está adequada

Leia mais

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro

Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Novembro Logo da Empresa GUIA DE CONSULTA 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS Dados do Beneficiário 3 - Número da Guia Atribuído pela Operadora 4 - Número da Carteira 5 - Validade da Carteira

Leia mais

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE

Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE Manual de Instruções ODONTOLOGIA CAMED SAÚDE SETEMBRO/2016 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Orientações Gerais... 4 2.1 Entrega de guias... 4 2.2 PACOTES - Autorização e cobrança... 4 3. Formulários... 4

Leia mais

Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN)

Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN) Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN) 1 O que é a versão web SISCAN? É a versão em plataforma web que integra os Sistemas de Informação do

Leia mais

Recadastramento de ECF Perguntas e Respostas

Recadastramento de ECF Perguntas e Respostas Recadastramento de ECF Perguntas e Respostas Setembro/2007 1) Qual o instituto normativo que dispõe sobre o recadastramento de ECF? A Instrução Normativa nº 11/07, de 24 de agosto de 2007, publicada no

Leia mais

SulAmérica Saúde - PME (de 03 a 29 vidas) Proposta de Seguro

SulAmérica Saúde - PME (de 03 a 29 vidas) Proposta de Seguro SulAmérica Saúde - PME (de 03 a 29 vidas) Proposta de Seguro Regra Flex: Sim Não - Nº da proposta de Odonto: 01-Razão Social Proposta nº: Contrato nº: 02-Nome Fantasia 03-Dados Bancários da Empresa (preenchimento

Leia mais

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar)

Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) Manual de Preenchimento da TISS (Troca de Informações em Saúde Suplementar) 0 Última Atualização: 08/05/07 9:30h SUMÁRIO I Introdução Página 2 II - Formulários/ Legendas Página 5 II.1 Guias Página 5 2.1.1

Leia mais

MANUAL 2015 Planilha VBA_LoginBeneficiario_Excel

MANUAL 2015 Planilha VBA_LoginBeneficiario_Excel COMPANHIA DOCAS DO ESPIRITO SANTO PORTO DE VITORIA - CODESA MANUAL 2015 Planilha VBA_LoginBeneficiario_Excel COORDENAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SETOR DE ASSISTÊNCIA MÉDICA-ODONTOLÓGICA 1 ÍNDICE ACESSO AO

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO CONSELHO DELIBERATIVO DO PROGRAMA TST-SAÚDE

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO CONSELHO DELIBERATIVO DO PROGRAMA TST-SAÚDE TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO CONSELHO DELIBERATIVO DO PROGRAMA TST-SAÚDE ATO DELIBERATIVO Nº 56, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014 Dispõe sobre a assistência odontológica indireta aos beneficiários do Programa

Leia mais

Manual. Cadastro de Instituições. www.anvisa.gov.br Brasília, 14 de maio de 2008.

Manual. Cadastro de Instituições. www.anvisa.gov.br Brasília, 14 de maio de 2008. Manual Cadastro de Instituições Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 14 de maio de 2008. SUMÁRIO 1. CADASTRO DE INSTITUIÇÕES...

Leia mais

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo)

Se você for substituir o seu bem por um USADO, providenciar a vistoria do bem (se for um bem NOVO, passar para o 2º passo) Orientações para Substituição de Garantia Bens Móveis Nesse documento você encontra todas as orientações para concluir a substituição do bem adquirido no Consórcio, de maneira ágil e fácil. Esse processo

Leia mais

Manual de navegação ao Portal AMS TISS. Endereço: https://portalamstiss.petrobras.com.br

Manual de navegação ao Portal AMS TISS. Endereço: https://portalamstiss.petrobras.com.br Manual de navegação ao Portal AMS TISS Endereço: https://portalamstiss.petrobras.com.br Sumário Página Inicial... 3 Item de menu: Beneficiário Validação... 10 Item de Menu: Autorização... 12 Item de menu:

Leia mais

Instruções para o preenchimento do Formulário 17

Instruções para o preenchimento do Formulário 17 Instruções para o preenchimento do Formulário 17 O Formulário 17 tem como finalidade o requerimento de dupla ou tripla responsabilidade pelo farmacêutico. Na parte superior do formulário há instruções

Leia mais

Haptech Soluções Inteligentes

Haptech Soluções Inteligentes Haptech Soluções Inteligentes SUPERINTENDÊNCIA DE T.I. DIRETORIA DE TI. PROJETOS E SISTEMAS Manual De Sistema HAPTECH 2015 Restrito Versão do template XXX 1 Copyrights Copyright 2013 HAPTEC Allrightsreserved.

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS SERVIÇOS DO PORTAL ECONOMUS (ACESSO EXCLUSIVO)

MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS SERVIÇOS DO PORTAL ECONOMUS (ACESSO EXCLUSIVO) MANUAL DE ORIENTAÇÃO AOS SERVIÇOS DO PORTAL ECONOMUS (ACESSO EXCLUSIVO) Divisão de Pagamentos e Análise de Contas Médicas - DIPAC Divisão de Credenciamento - DICRE Vigência: JANEIRO/2016. Versão 1 ÍNDICE

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO

ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO ROTEIRO OPERACIONAL CONSIGNADO INSS REFINANCIAMENTO 1. PÚBLICO ALVO Aposentados e pensionistas com contratos ativos na BV Financeira. ATENÇÃO: Esta vedada a contratação de empréstimos com Procuração, Termo

Leia mais

Guias TISS As condições de preenchimento dos campos são: 1.Obrigatório: a situação na qual o termo deve ser preenchido, incondicionalmente;

Guias TISS As condições de preenchimento dos campos são: 1.Obrigatório: a situação na qual o termo deve ser preenchido, incondicionalmente; Guia Guias TISS 3.02.01 No TISS 3.02.00 a ANS definiu novo layout para troca de informações entre operadoras e prestadores de serviços, na autorização, cobrança, demonstrativos de pagamento e recurso de

Leia mais

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO Número do Nome do campo Observação campo 1 Registro ANS Nas guias em papel impressas pela Petrobras ou Petrobras Distribuidora e nas guias disponibilizadas no site da Petrobras,

Leia mais

DECLARAÇÃO PARA CADASTRO DE IMÓVEIS RURAIS DADOS PESSOAIS E DE RELACIONAMENTOS

DECLARAÇÃO PARA CADASTRO DE IMÓVEIS RURAIS DADOS PESSOAIS E DE RELACIONAMENTOS DECLARAÇÃO PARA CADASTRO DE IMÓVEIS RURAIS DADOS PESSOAIS E DE RELACIONAMENTOS Este formulário destina-se ao cadastro das pessoas físicas e jurídicas, (incluindo-se os Órgãos Públicos Federais, Estaduais

Leia mais

VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR. Versão do Manual - 1.00

VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR. Versão do Manual - 1.00 VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR Versão do Manual - 1.00 1 2 Histórico de versões Versão Data 1.00 14/12/07 Atualização Criação do Documento Autor Cayo Prado Créditos Coordenador de Desenvolvimento Marcos

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE PREENCHIMENTO DO PLANO DE TRABALHO PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 2005

ORIENTAÇÃO DE PREENCHIMENTO DO PLANO DE TRABALHO PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 2005 ORIENTAÇÃO DE PREENCHIMENTO DO PLANO DE TRABALHO PARA O PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO 2005 ANEXO 1 - DECLARAÇÃO DE CUMPRIMENTO DOS CONDICIONANTES LEGAIS Campo 1 - CNPJ com o número que consta no Cadastro

Leia mais

Manual Certidão Web - Certidão Específica

Manual Certidão Web - Certidão Específica Manual Certidão Web - Certidão Específica 1 Sumário 1. NORMATIVA... 3 2. PROCEDIMENTO PARA SOLICITAÇÃO... 4 3. PROCEDIMENTO PARA ACOMPANHAR O ANDAMENTO DA SOLICITAÇÃO13 2 1. NORMATIVA De acordo com a INSTRUÇÃO

Leia mais

Sistema de Informações de Beneficiários - SIB/XML Críticas dos campos de dados cadastrais de beneficiários do SIB - versão 2.

Sistema de Informações de Beneficiários - SIB/XML Críticas dos campos de dados cadastrais de beneficiários do SIB - versão 2. Sistema de Informações de Beneficiários - SIB/XML Críticas dos campos de dados cadastrais de beneficiários do SIB - versão 2.6 27/07/2015 Introdução 1. O preenchimento dos campos de dados cadastrais para

Leia mais

1º PASSO: Acessar o site CHN SOCIAL www.cnhsocial.es.gov.br

1º PASSO: Acessar o site CHN SOCIAL www.cnhsocial.es.gov.br ATENÇÃO Siga cuidadosamente todas as orientações deste Manual durante o processo de inscrição online 1º PASSO: Acessar o site CHN SOCIAL www.cnhsocial.es.gov.br Essa é a página inicial do Sistema. Para

Leia mais

Código Descrição Código Descrição

Código Descrição Código Descrição VI - TABELA DE DOMÍNIO TABELAS Código Descrição Código Descrição 01 02 03 04 Lista de Procedimentos Médicos AMB 90 Lista de Procedimentos Médicos AMB 92 Lista de Procedimentos Médicos AMB 96 Lista de Procedimentos

Leia mais

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO

MANUAL DE PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO MANUAL DE PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO 2003 PROCESSO DE PREENCHIMENTO DO PPP - PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO De acordo com a Instrução Normativa INSS/DC nº

Leia mais

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10

Sumário. Credenciamento... 3. Ato de Concentração... 6. Requerimento de TCC... 10 Sumário Credenciamento... 3 Ato de Concentração... 6 Requerimento de TCC... 10 Credenciamento 1. O interessado deve acessar o sítio eletrônico do Cade (www.cade.gov.br) e realizar cadastro como Usuário

Leia mais

Manual do Portal do Beneficiário

Manual do Portal do Beneficiário 1 Manual do Portal do Beneficiário ÍNDICE Informações preliminares 3 1 Como chegar ao Portal da CASSE? 4 2 Acesso por cada Plano contratado 5 3 Cadastrar a senha 6 4 Esqueci a senha 8 5 Login / Acesso

Leia mais

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação.

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação. Legenda da Guia de solicitação de internação Núm. do Campo Nome do campo Descrição 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. 2 Número da guia Número da guia de solicitação. Já consta

Leia mais

Prezado (a) prestador (a), O novo padrão TISS versão 3.02.00 já está em vigor e tem prazo final para implantação até 31 de agosto de 2014.

Prezado (a) prestador (a), O novo padrão TISS versão 3.02.00 já está em vigor e tem prazo final para implantação até 31 de agosto de 2014. Prezado (a) prestador (a), O novo padrão TISS versão 3.02.00 já está em vigor e tem prazo final para até 31 de agosto de 2014. A atualização da guia apresenta um layout um pouco diferente, com novos campos

Leia mais

Manual de Instruções CAMED SAÚDE

Manual de Instruções CAMED SAÚDE Manual de Instruções CAMED SAÚDE Janeiro/2015 1 Sumário 1. Introdução... 5 2. Orientações Gerais... 6 2.1 Entrega de guias... 6 2.2 Numeração de guias... 6 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança... 6 3.

Leia mais

Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças

Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças Manual de Usuário Perfil Operador e Responsável Técnico e-crv Módulo Desmonte Cadastro de Veículo e Classificação de Peças 1 Manual de usuário 1. Acesso ao sistema: Para acessar a página inicial do e-crv,

Leia mais

3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento. 3.1) Promotoria da Instituição de Acolhimento

3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento. 3.1) Promotoria da Instituição de Acolhimento 3) Preencher Ficha de Cadastro da Instituição de Acolhimento Para o preenchimento correto das informações referentes à Instituição de Acolhimento que está sendo cadastrada, siga os passos descritos nos

Leia mais

Gestão de Tecnologias em Saúde na Saúde Suplementar. GRUPO TÉCNICO REVISÃO DO ROL Karla Santa Cruz Coelho Fevereiro/2009

Gestão de Tecnologias em Saúde na Saúde Suplementar. GRUPO TÉCNICO REVISÃO DO ROL Karla Santa Cruz Coelho Fevereiro/2009 Gestão de Tecnologias em Saúde na Saúde Suplementar GRUPO TÉCNICO REVISÃO DO ROL Karla Santa Cruz Coelho Fevereiro/2009 Tecnologias em saúde: considerações iniciais O que é tecnologia em saúde? Medicamentos,

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DA FAIXA DE DOMÍNIO REV. 00 Rodovia PR-317 Km 106+200m Maringá PR Tel.: (44) 3033-6000 Fax: (44) 3033-6060 CEP 87065-005 http://www.viapar.com.br Sumário 1. FLUXOGRAMA

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL PREFEITURA DE JUIZ DE FORA SECRETARIA DA FAZENDA SUBSECRETARIA DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO DEPARTAMENTO DE NORMAS TÉCNICAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AUTO ATENDIMENTO SETOR PÚBLICO DO BANCO DO BRASIL DATA:

Leia mais

RESOLUÇÃO 18 DE 29 DE SETEMBRO DE 1995

RESOLUÇÃO 18 DE 29 DE SETEMBRO DE 1995 RESOLUÇÃO 18 DE 29 DE SETEMBRO DE 1995 Disciplina a assistência psicológica aos beneficiários do Programa de Assistência aos Servidores do Tribunal Regional Federal da Primeira Região Pro-Social. O JUIZ-PRESIDENTE

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL DEPARTAMENTO DE AÇÕES EM SAÚDE

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL DEPARTAMENTO DE AÇÕES EM SAÚDE NOTA TÉCNICA Assunto: Leitos de Saúde Mental Integral DA HABILITAÇÃO 1. No Estado do Rio Grande do Sul, os leitos de saúde mental integral terão duas formas de habilitação: federal, quando se tratarem

Leia mais

MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA DE COMBUSTÍVEIS

MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA DE COMBUSTÍVEIS MOVIMENTAÇÃO DIÁRIA DE COMBUSTÍVEIS INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO NO RECEITA/PR O preenchimento do formulário online disponível no Receita/PR é uma das opções para transmissão das informações

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE VISITA TÉCNICA

INSTRUÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE VISITA TÉCNICA INSTRUÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE VISITA TÉCNICA Orientações aos servidores da UTFPR Câmpus Francisco Beltrão com relação aos procedimentos para solicitação de visitas técnicas. O presente documento visa

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Capítulo I Capítulo I Funcionamento Identificação do Atendimento Abramge A partir da implantação do Atendimento Abramge, toda empresa deverá fazer constar na cédula ou cartão de identificação

Leia mais

mb 25789016455200651 Despacho n.º /2008/CEP-RN 44/DIFIS/ANS/MS Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2008.

mb 25789016455200651 Despacho n.º /2008/CEP-RN 44/DIFIS/ANS/MS Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2008. Gerência/Diretoria: DIFIS Protocolo nº 33902. /2008-87 Data: Hora: : h. Assinatura: Despacho n.º /2008/CEP-RN 44/DIFIS/ANS/MS Rio de Janeiro, 25 de novembro de 2008. Ref. ao Proc. Administrativo nº 25789.016455/2006-51

Leia mais

Cadastrando uma nova denúncia

Cadastrando uma nova denúncia Cadastrando uma nova denúncia Versão 1.0 Índice 1. Introdução... 2 2. Consultando uma denúncia... 2 3. Incluindo uma denúncia... 4 Cadastrando uma nova denúncia Pág. 2 1. Introdução O Conselho Tutelar

Leia mais

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Parte V - Formulários do Plano de Contingência

PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA. Parte V - Formulários do Plano de Contingência PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Parte V - Formulários do Plano de Contingência Padrão TISS - Componente de Conteúdo e Estrutura - Maio 2014 323 Registro ANS Nº da no prestador 2 Número da

Leia mais

REQUERIMENTOS E DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A ÁREA DE ALIMENTOS

REQUERIMENTOS E DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA A ÁREA DE ALIMENTOS ABERTURA / ALTERAÇÃO ENDEREÇO / ATIVIDADE / ENCERRAMENTO DE ALVARÁ 1 PASSO SOLICITAÇÃO REALIZADA VIA ONLINE PARA: ABERTURA ALTERAÇÃO ENDEREÇO ATIVIDADE ENCERRAMENTO DE ALVARÁ Endereço eletrônico ( site

Leia mais

Legenda da Guia de Resumo de Internação

Legenda da Guia de Resumo de Internação PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Formulário do Plano de Contingência Legenda da Guia de Resumo de Internação Registro ANS 1 Registro ANS String 6 Registro da operadora de plano privado de

Leia mais

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04

ART Eletrônica. Guia de Utilização - CRBIO-04 ART Eletrônica Guia de Utilização - CRBIO-04 Acesso ao CRBio04 Online Caso seja seu primeiro acesso siga as instruções para criar um login Entre com seu login e senha para emitir uma ART Incluir ART Eletrônica

Leia mais

COOPMED UROJF 2º Treinamento 17 de agosto de 2013

COOPMED UROJF 2º Treinamento 17 de agosto de 2013 COOPMED UROJF 2º Treinamento 17 de agosto de 2013 2º Treinamento para atendimento dos Urologistas a usuários da Bradesco, Amil/ Medial, Vita/Sinai Saúde e Golden Cross Razão Social: Cooperativa de Trabalho

Leia mais

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR

PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR PORTAL DE GERENCIAMENTO DE INSPEÇÃO VEICULAR ORIENTAÇÕES GERAIS - EMPRESAS DE TRANSPORTE A partir de 1º de outubro de 2013 entrou em vigor a Resolução da METROPLAN nº 083, de 24 de maio de 2013, estabelecendo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DO TRAIRI Normas internas para empréstimo de equipamentos e materiais da Clínica Escola de Fisioterapia da FACISA I. Condições gerais Art.1. A Clínica Escola de Fisioterapia poderá ceder, por empréstimo, equipamentos

Leia mais

Cartilha de mudanças Rede Credenciada

Cartilha de mudanças Rede Credenciada Assistência Multidisciplinar de Saúde Foto: Istock/ Banco de Imagens Petrobras Cartilha de mudanças Rede Credenciada Odonto e Auditores Odonto ORIENTAÇÕES PARA REDE MÉDICA Sumário 1. Orientações para

Leia mais

Legenda da Guia de Serviços Profissionais/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT)

Legenda da Guia de Serviços Profissionais/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia (SP/SADT) na Registro ANS 1 Registro ANS String 6 Registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Número da no prestador 2 Nº da no prestador 0 Número

Leia mais

1. Período de matrículas

1. Período de matrículas Belo Horizonte, 21 de outubro de 2015. Srs. pais ou responsáveis, inicialmente, gostaríamos de parabenizar os alunos aprovados no Processo Seletivo do Colégio Bernoulli para o ano letivo 2016, bem como

Leia mais

INSTITUTO DE ASSISTENCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DO PARÁ ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA BÁSICA

INSTITUTO DE ASSISTENCIA DOS SERVIDORES DO ESTADO DO PARÁ ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA BÁSICA 01 de JUNHO / 2011 DIRETRIZES BÁSICAS: I. O Módulo Odontológico do sistema e-saúde que gerencia a assistência odontológica básica contem funcionalidades e regras em consonância com a Lei 6.439/2002, Lei

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO PARA MÉDICOS

REGULAMENTO INTERNO PARA MÉDICOS REGULAMENTO INTERNO PARA MÉDICOS 1. CADASTRO Para atuar no Hospital São Luiz, todo médico tem de estar regularmente cadastrado. No momento da efetivação, o médico deve ser apresentado por um membro do

Leia mais

GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DE DIAGNÓSTICO E TERAPIA - SP/SADT

GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DE DIAGNÓSTICO E TERAPIA - SP/SADT Logo da Empresa GUIA DE SERVIÇO PROFISSIONAL / SERVIÇO AUXILIAR DE DIAGNÓSTICO E TERAPIA - SP/SADT 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 Número da Guia Principal 4 - Data da Autorização

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MANUAL DO SERVIDOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MANUAL DO SERVIDOR Página de 5 PLANO DE SAÚDE - GEAP DEFINIÇÃO Ingresso: benefício que compreende a assistência médica, hospitalar, odontológica, psicológica e farmacêutica prestada pela operadora GEAP, visto que esta possui

Leia mais

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor

1 Natuur Online Cadastre-se Cadastre-se Tipo de Usuário Consultor 1 Essa é a tela de acesso do Natuur Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em Cadastre-se. 2 Caso ainda não possua nenhum tipo de

Leia mais

GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO

GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO Logo da Empresa GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO 2- Nº Guia no Prestador 12345678901234567890 1 - Registro ANS 3 - Número da Guia de Solicitação de Internação 4 - Data da Autorização / / Dados do Beneficiário

Leia mais

Legenda da Guia de Honorários

Legenda da Guia de Honorários PADRÃO TISS COMPONENTE DE CONTEÚDO E ESTRUTURA Formulário do Plano de Contingência Legenda da Guia de Honorários Registro ANS Nº da no prestador na 1 2 Registro ANS Número da no prestador String 6 0 Registro

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTA DE ATIVIDADE DE EXTENSÃO NO SISTEMA UNIFICADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (SUAP)

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROPOSTA DE ATIVIDADE DE EXTENSÃO NO SISTEMA UNIFICADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (SUAP) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB Pró-reitoria de Extensão - PROEXT Coordenação de Registro e Gerenciamento de Projetos Msc. Polyana de Brito Januário ORIENTAÇÕES PARA

Leia mais

Controle de Documento

Controle de Documento 1 Controle de Documento Revisor Versão Data Publicação Suelen Longoni 1.0 19/09/2009 11/09/2009 Suelen Longoni 2.0 21/09/2010 22/09/2010 2 Sumário Controle de Documento... 2 Índice de Figuras... 6 1. Informações

Leia mais

Legenda da Guia de Resumo de Internação

Legenda da Guia de Resumo de Internação na Registro ANS 1 Registro ANS String 6 Registro da operadora de plano privado de assistência à saúde na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) Número da no prestador Número da de solicitação de internação

Leia mais

GUIA DE SP/SADT. Descrição do Campo Alteração Condição de Preenchimento/Observações. incluído item Unimed

GUIA DE SP/SADT. Descrição do Campo Alteração Condição de Preenchimento/Observações. incluído item Unimed Nº do Campo GUIA DE SP/SADT Descrição do Campo Alteração Condição de Preenchimento/Observações 1 Registro ANS Mantido item 2 Nº da liberação Mantido item 3 Número da Guia principal Mantido item 4 Data

Leia mais

lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM

lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM lnclusão de Processos no E-Process para Baixa de GTM Para a Solicitação de Baixa de GTM, devidamente acompanhada dos documentos indicados no Decreto Nº.56/003. Na página principal www.sefaz.mt.gov.br no

Leia mais

Manual de Preenchimento dos formulários da TISS. Versão

Manual de Preenchimento dos formulários da TISS. Versão Manual de Preenchimento dos formulários da TISS Versão 3.02.00 Agosto/2014 u Página 2 de 58 Sumário Instruções Gerais... 4 Guia de Consulta... 5 Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRO ESTADO DO PARANÁ CNPJ N.º 76.002.641/0001-47

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO NEGRO ESTADO DO PARANÁ CNPJ N.º 76.002.641/0001-47 EDITAL DE CREDENCIAMENTO - N.º 006/2011 Secretaria Municipal de Saúde A Secretaria Municipal da Saúde de Rio Negro torna público que estará recebendo em sua sede, situada na Travessa Sete de Setembro,

Leia mais

Instruções de Preenchimento da CAT

Instruções de Preenchimento da CAT Quadro I - EMITENTE I.1 - Informações relativas ao EMITENTE Campo 1. Emitente - informar no campo demarcado o dígito que especifica o responsável pela emissão da CAT, sendo: 1. empregador; 2. sindicato;

Leia mais