Este padrão aplica-se às atividades de Qualificação e Certificação de Pessoal realizado pelo SEQUI-ETCM/CEND.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Este padrão aplica-se às atividades de Qualificação e Certificação de Pessoal realizado pelo SEQUI-ETCM/CEND."

Transcrição

1 1. OBJETIVO PP-5EN-0063 Fornecer ao candidato no Processo de Qualificação de Pessoal para Inspetores de END Ultrassom PHASED ARRAY, as instruções necessárias para o exame prático no ensaio não destrutivo por ultrassom computadorizado e mecanizado pela técnica Phased Array conforme requisitos do Sistema Petrobras. 2. APLICAÇÃO E ABRANGÊNCIA Este padrão aplica-se às atividades de Qualificação e Certificação de Pessoal realizado pelo SEQUI-ETCM/CEND. O presente padrão cancela e substitui o E-QP-EUS Ultrassom Phased Array Instruções ao Candidato Exame Prático. 3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA E COMPLEMENTARES PP-5EN Ensaio Não Destrutivo - Qualificação de Pessoal; PP-5EN Procedimento de END - Ultrassom Computadorizado pela Técnica Phased Array - Inspeção de soldas; PP-5EN Lista de Verificação Candidato - US-N2-Phased Array - Exame Prático; PP-5EN Lista de Verificação Candidato - US-N1-Phased Array - Exame Prático; PP-5EN Ultrassom Phased Array - Instruções ao Candidato - Geral. 4. DEFINIÇÕES São adotadas as definições constantes do PP-5EN Glossário de Termos e Definições e PP-5EN Ensaio Não Destrutivo - Qualificação de Pessoal. 5. AUTORIDADE E RESPONSABILIDADE Compete à gerência do SEQUI-ETCM/CEND gerenciar e manter atualizado este padrão 6. DESCRIÇÃO 6.1. Modalidades O exame será aplicado nos seguintes níveis: PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 1/14

2 NÍVEL US-N1 US-N2 ATRIBUIÇÃO a) Montagem e calibração do equipamento de aquisição dos dados Phased Array. b) Produção de arquivos de dados completos de Phased Array, com qualidade especificada para interpretação e laudo pelo nível 2, conforme instrução escrita e/ou procedimento de inspeção qualificado. a) Todas do US-N1 e: b) Interpretação de imagens e avaliação de soldas (laudo) em arquivos de inspeções reais Regras gerais A qualificação de inspetores de ultrassom é inerente a cada modalidade/nível, conforme descrito no item anterior. O inspetor qualificado em uma modalidade/nível não é considerado qualificado em outra modalidade/subnível superior, a menos que seja submetido a exame complementar/adicional O candidato fará o exame prático em seguida aos exames teóricos, sem interrupção Para a realização do exame prático o candidato deve apresentar-se munido de todo o equipamento necessário para o exame. O candidato poderá também fazer opção pelo aluguel do material do CEQ no ato de sua inscrição. (Ver relação de material disponível no site da ABENDI) Durante o exame o candidato somente deve fazer uso da cópia do procedimento de ensaio entregue pelo examinador no momento do exame. Qualquer outro documento de consulta deve ter a expressa autorização do examinador, sob pena de interrupção do exame e reprovação do candidato Os relatórios deverão ser escritos com caneta azul ou preta. É proibido o uso de lápis ou caneta vermelha. Os relatórios não deverão conter rasuras ou emendas, que possam causar dúvidas no resultado do candidato Os resultados dos exames, teórico e prático, serão fornecidos ao candidato somente através da secretaria da ABENDI É proibido o uso de telefones celulares, agendas eletrônicas, HD externos, pen-drives, calculadoras programáveis e similares durante os exames. A não observação destes requisitos, bem como a tentativa de alguma fraude, implica em interrupção do exame e reprovação do candidato. PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 2/14

3 Aparelhos de ultrassom pertencentes ao candidato com recursos de memória (HD, Flash card e similares) deverão ter os arquivos gerados no exame prático de US-N1-Phased Array (Etapa 1 da prova de US-N2-Phased Array) apagados na presença do examinador após transferência de dados para o computador da Petrobras O exame será interrompido durante o horário do almoço Aplicação e Avaliação do Exame Prático Exame Prático (EP). Divisão e sequência de aplicação do exame US-N1-Phased Array O exame prático constará de: a) Etapa 1 - Montagem e calibração do equipamento de aquisição dos dados Phased Array. Esta parte do exame envolve a verificação de elementos mortos e a configuração do equipamento para inspeção de um corpo de prova indicado pelo examinador, seguido de um exercício de aquisição em um bloco de demonstração, para verificar o desempenho do sistema de teste. Os candidatos deverão demonstrar que estão familiarizados com a exibição de dados, métodos de manipulação do computador e armazenamento de dados do sistema Phased Array em uso. b) Etapa 2 - Inspeção de 1 corpo de prova soldado, com produção de arquivo(s) de dados completo(s) de Phased Array conforme instrução escrita e procedimento de inspeção fornecido pelo examinador. c) Etapa 3 - Avaliação da qualidade dos dados de Phased Array produzidos, em relação a uma dada instrução e procedimento, determinando sua validade para a interpretação de resultados e eventual necessidade de realização de varreduras adicionais Tempo Disponível Chapa ½ Chapa 1 Chapa 1½ Chapa 2 Etapa 1 3 h 4 h 5 h 5 h Etapa 2 40 min 1 h 1h 30 min 1h 30 min Etapa 3 40 min 1 h 1h 30 min 1h 30 min PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 3/14

4 US-N2-Phased Array O exame prático constará de: a) Etapa 1 - Atividades listadas em a) b) e c) para US-N1-Phased Array. Nota: Candidato já qualificado como US-N1-Phased Array está dispensado da Etapa 1. b) Etapa 2 Dimensionamento de descontinuidades e avaliação e registro de descontinuidades, incluindo laudo em coleções específicas de arquivos de inspeções já realizadas. (Serão duas coleções distintas, uma especificamente para dimensionamento e outra pra avaliação e laudo). c) Etapa 3 - Elaboração de Instrução Técnica para uma situação fornecida. Esta instrução tem como objetivo definir os parâmetros de inspeção, orientando um profissional nível 1 ou outro nível 2 na execução do ensaio Tempo Disponível Etapa 1 Os tempos para cada atividade a) b) e c) devem ser de acordo com a espessura do corpo de prova indicado ao candidato, conforme tabela abaixo: Atividade Montagem e calibração para aquisição ( a) Inspeção do corpo de prova ( b) Avaliação da qualidade dos dados ( c) Chapa ½ Chapa 1 Chapa 11/2 Chapa 2 3 h 4 h 5 h 5 h 40 min 1 h 1h 30 min 40 min 1 h 1h 30 min 1h 30 min 1h 30 min Etapa 2 Dimensionamento - 01h30min. Etapa 2 Avaliação e Laudo - 02h30min. Etapa 3 2 h. O tempo de exame estipulado não pode ser ultrapassado, portanto, expirado o prazo o arquivo/relatório/prova será recolhido pelo examinador e a prova corrigida até onde foi executada Materiais e Equipamentos a serem utilizados É de responsabilidade do candidato a seleção e utilização de materiais e equipamentos com qualidade assegurada O examinador fornecerá ao candidato os seguintes materiais: PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 4/14

5 - Instruções ao Candidato - Procedimento de ensaio - Formulário para registro de resultados - CP para inspeção - Equipamentos e acessórios (quando alugado junto ao CEQ) - Será disponibilizado para o exame os seguintes aparelhos e software mediante aluguel: OMNISCAN MX e Software Tomoview 2.9 Nota: É de responsabilidade do candidato o conhecimento e domínio do aparelho e software escolhido no ato da inscrição para exame. - Para nível 2 será fornecido ainda: - Notebook + chave do visualizador e do EsbeamTool; - Arquivos das coleções das etapas de Dimensionamento e Laudo O candidato poderá solicitar ao examinador outros materiais e informações, desde que seja pertinente a execução do ensaio Execução do Exame US-N1-PA Etapa 1- Como evidência da calibração efetuada, o candidato deve varrer um bloco de calibração (furo ou entalhe) ou um bloco de demonstração, cujo arquivo de varredura deverá ser identificado da seguinte forma: - Sequi- ETCMXXXXX_setup_N1_PA_etapa1 (Sendo XXXXX o número Sequi-ETCM do candidato). Para a evidência do teste de elementos mortos, o arquivo deverá ser identificado da seguinte forma: Sequi-ETCMXXXXX_elem_N1_PA_etapa Etapa 2 - O candidato deverá inspecionar um corpo de prova indicado pelo examinador, demonstrando as atividades de montagem e calibração da aparelhagem de ultrassom e execução da inspeção para aquisição de dados. Estas atividades devem ser realizadas na presença do examinador e a varredura do corpo de prova poderá ser efetuada no máximo três (3) vezes. Os arquivos gerados deverão ser identificados da seguinte forma: - Sequi-ETCMXXXXX_N1_PA_CP-AUT-ZZ_etapa2 (Sendo XXXXX o número Sequi-ETCM do candidato e ZZ o número do Corpo de Prova). O examinador determinará o corpo de prova a ser inspecionado. Todos os corpos de prova estão numerados e o referencial zero está estabelecido segundo o critério a seguir: PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 5/14

6 Quando o candidato portar equipamento próprio, os arquivos gerados (setup e varreduras) após transferência para notebook do SEQUI-ETCM devem ser apagados do drive de dados e da lixeira do Windows na presença do examinador Etapa 3 A avaliação da qualidade dos dados de Phased Array produzidos na etapa 2 devem ser avaliados pelo candidato. Esta avaliação deve ser realizada no próprio aparelho utilizado na aquisição, em relação a uma dada instrução e procedimento, determinando sua validade para a interpretação pelo inspetor nível 2 e eventual necessidade de realização de varreduras adicionais. Deve ser preenchido o Formulário de Relatório de Ensaio (ANEXO I), registrando o parecer quanto a qualidade dos dados US-N2-PA Etapa 1 a) Como evidência da calibração efetuada, o candidato deve varrer um bloco de calibração (furo ou entalhe) ou um bloco de demonstração, cujo arquivo de varredura deverá ser identificado da seguinte forma: - Sequi- ETCMXXXXX_setup_N2_PA_etapa1_cal (Sendo XXXXX o número Sequi- ETCM do candidato). Para a evidência do teste de elementos mortos, o arquivo deverá ser identificado da seguinte forma: Sequi-ETCMXXXXX_elem_N1_PA_etapa1. b) O candidato deverá inspecionar o corpo-de-prova indicado pelo examinador, demonstrando as atividades de montagem e calibração da aparelhagem de ultrassom e execução da inspeção para aquisição de dados. Estas atividades devem ser realizadas na presença do examinador e a varredura de cada corpo PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 6/14

7 de prova poderá ser efetuada no máximo três (3) vezes. Os arquivos gerados deverão ser identificados da seguinte forma: - Sequi- ETCMXXXXX_N2_PA_CP-AUT-ZZ_etapa1_scan (Sendo XXXXX o número Sequi-ETCM do candidato e ZZ o número do Corpo-de-Prova). O examinador determinará o corpo-de-prova a ser inspecionado. Todos os corpos-de-prova estão numerados e o referencial zero está estabelecido segundo o critério a seguir: Quando o candidato portar equipamento próprio, os arquivos gerados (setup e varreduras) após transferência para computador do SEQUI-ETCM devem ser apagados do drive de dados e da lixeira do Windows na presença do examinador. c) A qualidade dos dados de Phased Array produzidos na aquisição do CP acima deve ser avaliada pelo candidato. Esta avaliação deve ser realizada no próprio aparelho utilizado na aquisição, em relação a uma dada instrução e procedimento, determinando sua validade para a interpretação pelo inspetor nível 2 e eventual necessidade de realização de varreduras adicionais. Deve ser preenchido o Formulário de Relatório de Ensaio (ANEXO I), registrando o parecer quanto a qualidade dos dados Etapa 2 (dimensionamento) Será realizada em um notebook/computador do SEQUI-ETCM com os softwares de visualização e análise apropriados. Os arquivos para dimensionamento serão disponibilizados pelo examinador em uma pasta com a identificação do candidato localizada na pasta intitulada Documentos Comuns existente na área de trabalho do notebook de exame de AUT disponibilizado pelo examinador. Para cada descontinuidade identificada, o candidato deverá salvar uma imagem da tela do PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 7/14

8 software em arquivo do programa Word, com os cursores posicionados de forma a envolver a descontinuidade, representando o dimensionamento (comprimento e altura) realizado. O arquivo gerado deve ser nomeado da seguinte forma: - Sequi-ETCMXXXXX_N2_PA_etapa2D (sendo XXXXX o número Sequi-ETCM do candidato) e salvo na pasta do candidato mencionada acima. O Formulário indicado no ANEXO II deve ser preenchido e assinado pelo candidato Etapa 2 (avaliação e laudo) - Será realizada em um notebook/computador do SEQUI-ETCM com os softwares de visualização e análise apropriados. Os arquivos para Avaliação e Registro de descontinuidades, incluindo laudo, serão disponibilizados pelo examinador em uma pasta com a identificação do candidato localizada na pasta intitulada Documentos Comuns existente na área de trabalho do notebook de exame de AUT disponibilizado pelo examinador. Somente as descontinuidades reprovadas devem ser relatadas e para cada uma delas o candidato deverá salvar imagem da tela do software em arquivo do programa Word, uma com os cursores posicionados na posição de máxima amplitude considerada e outra nos extremos de forma a envolver a descontinuidade, representando o dimensionamento (comprimento e altura) realizado. O arquivo gerado deve ser nomeado da seguinte forma: - Sequi-ETCMXXXXX_N2_PA_etapa2L. (sendo XXXXX o número Sequi-ETCM do candidato) e salvo na pasta do candidato mencionada acima. O Formulário indicado no ANEXO III deve ser preenchido e assinado pelo candidato Etapa 3 A Instrução Técnica deverá ser elaborada em formulário específico fornecido pelo examinador, baseando-se, podendo não se limitar, ao conteúdo mínimo sugerido no formulário. Para esta etapa estará disponível para uso do candidato, o software EsbeamTool 4. No caso do candidato fazer uso do software EsbeamTool, deverá ser salvo o arquivo gerado e copiado para pasta com a identificação do candidato localizada na pasta intitulada Documentos Comuns existente na área de trabalho do notebook de exame de AUT disponibilizado pelo examinador Avaliação do Exame Prático Para obter aprovação na prova prática, o candidato deverá ter um aproveitamento mínimo de 80%. A avaliação será feita de acordo com a Lista de Verificação - Exame Prático Candidato a nível 2 que obtiver desempenho não satisfatório nas etapas 2 e/ou 3, mas tiver obtido desempenho satisfatório na etapa 1, será considerado qualificado como US-N1-Phased Array. PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 8/14

9 6.4. Prazo de Retorno Prazo de Retorno Mínimo Ao candidato reprovado na primeira ou segunda tentativa será dado um prazo de retorno de 30 dias. O candidato reprovado em uma terceira tentativa só poderá apresentar-se para um novo exame, decorrido o prazo, mínimo, de 90 dias e deverá fazer o exame em sua totalidade Retorno do candidato reprovado US-N1-Phased Array No retorno de candidato reprovado, o exame será aplicado integralmente US-N2-Phased Array No retorno de candidato reprovado, o exame será aplicado naquela(s) etapa(s) em que o desempenho foi considerado não satisfatório Interrupção do Exame O exame poderá ser interrompido quando o candidato apresentar: - Indisposição física, orgânica ou emocional. - Tentativa de fraude ou participação do exame de outro candidato. Neste caso ambos os exames serão interrompidos e os candidatos, considerados reprovados. 7. ANEXOS 7.1. ANEXO I - RELATÓRIO DE ENSAIO US-N1-ETAPA 1, 2 e 3 / US-N2 ETAPA ANEXO II - RELATÓRIO DE ENSAIO DIMENSIONAMENTO DE DESCONTINUIDADES US-N2-PHASED ARRAY 7.3. ANEXO III - RELATÓRIO DE ENSAIO INTERPRETAÇÃO / AVALIAÇÃO DE IMAGENS E LAUDO PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 9/14

10 PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 10/14

11 PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 11/14

12 PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 12/14

13 PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 13/14

14 PROPRIEDADE DA PETROBRAS Página 14/14

E-QP-EUS-011 1 OBJETIVO 2 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3 TERMINOLOGIA 4 MODALIDADES 5 REGRAS GERAIS. Apresentação

E-QP-EUS-011 1 OBJETIVO 2 DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3 TERMINOLOGIA 4 MODALIDADES 5 REGRAS GERAIS. Apresentação ULTRASSOM - TOFD INSTRUÇÕES AO CANDIDATO EXAME PRÁTICO Procedimento Operacional ENGENHARIA Os comentários e sugestões referentes a este documento devem ser encaminhados ao SEQUI, indicando o item a ser

Leia mais

ENSAIO NÃO DESTRUTIVO QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL

ENSAIO NÃO DESTRUTIVO QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL ENSAIO NÃO DESTRUTIVO QUALIFICAÇÃO DE PESSOAL Procedimento Geral ETM-CORP ENGENHARIA, TECNOLOGIA E MATERIAIS CORPORATIVO ST SERVIÇOS TÉCNICOS Os comentários e sugestões referentes a este documento devem

Leia mais

RECERTIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 2 INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS

RECERTIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 2 INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS 1 de 5 1 OBJETIVO Este documento tem o objetivo de orientar o candidato para a execução dos exames de recertificação de Inspetor de Pintura Industrial Nível 2 do Sistema Nacional de Qualificação e Certificação

Leia mais

EDITAL EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA DA UPIS, ANO DE 2016.

EDITAL EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA DA UPIS, ANO DE 2016. EDITAL EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA DA UPIS, ANO DE 2016. A COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA DE APRIMORAMENTO EM MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comissão de Segurança da Informação Núcleo de Governança Corporativa de TIC Setor de Segurança da Informação Revisão: 1.1 Vigência: 12/02/2016 Classificação:

Leia mais

SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC

SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC SERVIÇO DE CORREIO ELETRÔNICO PADRÃO DO HUWC Sumário Apresentação 3 Serviços oferecidos 3 1. Entrar 4 2. Enviar mensagem 5 3. Leitura das mensagens 6 4. Mensagens com arquivos anexados 6 5. Gerenciamento

Leia mais

Anexo ao Comunicado nº 42 de 22/03/12 do GT PETROBRAS/ENGENHARIA - ABEMI - ABCE

Anexo ao Comunicado nº 42 de 22/03/12 do GT PETROBRAS/ENGENHARIA - ABEMI - ABCE Anexo ao Comunicado nº 42 de 22/03/12 do GT PETROBRAS/ENGENHARIA - ABEMI - ABCE Sistemática para simplificação no processo de aprovação dos procedimentos de Ensaios Não Destrutivos - (E.N.D.) utilizados

Leia mais

PP-5EN ULTRASSOM - TOFD INSTRUÇÕES AO CANDIDATO - GERAL - Rev.0 Anexo A

PP-5EN ULTRASSOM - TOFD INSTRUÇÕES AO CANDIDATO - GERAL - Rev.0 Anexo A 1. OBJETIVO PP-5EN-00014 Este documento tem por objetivo, fornecer ao candidato as instruções necessárias para o exame teórico específico e prático no ensaio não destrutivo por ultrassom computadorizado

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013

FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013 FACULDADE DE TECNOLOGIA DO IPÊ - FAIPE EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Nº 002/2013 Dispõe as normas do Processo de Seleção FAIPE 2013/2 para ingresso de alunos ao Curso Superior de Tecnologia em Marketing

Leia mais

EDITAL CEPS 003/2016 PROCESSO SELETIVO UNIFICADO CESUC 2016/2

EDITAL CEPS 003/2016 PROCESSO SELETIVO UNIFICADO CESUC 2016/2 PROCESSO SELETIVO UNIFICADO CESUC 2016/2 O Presidente da Comissão Especial do Processo Seletivo Unificado - CEPS, torna público por meio do presente Edital, que serão recebidas as inscrições referentes

Leia mais

PROCEDIMENTO ELABORAÇÃO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO ELABORAÇÃO E CONTROLE DE DOCUMENTOS DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Página: 1 de 5 1. OBJETIVO Descrever como os documentos do Sistema de Gestão da Qualidade são elaborados, gerenciados e utilizados, de modo a assegurar que as informações pertinentes estejam adequadas

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

Construindo recursos procedimentais

Construindo recursos procedimentais Construindo recursos procedimentais Número da Publicação spse01535 Construindo recursos procedimentais Número da Publicação spse01535 Notificação de Direitos Limitados e de Propriedade Este software e

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE AGENTES DE CRÉDITO

EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE AGENTES DE CRÉDITO Através desse edital, a Associação Nacional das Empresas Prestadores de Serviço (ANEPS) e o Instituto Totum (empresa parceira da ANEPS responsável pela execução das provas) tornam públicas as condições

Leia mais

Leitora Perto Smart. Guia de Instalação. Leitora Perto Smart Guia de Instalação. Janeiro/2010. Instalação da leitora Perto Smart.

Leitora Perto Smart. Guia de Instalação. Leitora Perto Smart Guia de Instalação. Janeiro/2010. Instalação da leitora Perto Smart. Leitora Perto Smart Guia de Instalação Página 1 de 14 Pré Requisitos para a instalação Dispositivos de Certificação Digital (Leitora Perto) Para que o processo de instalação tenha sucesso, é necessário

Leia mais

Número do Documento:877497 EDITAL Nº. 07/2010 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DO I CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DO TRABALHADOR

Número do Documento:877497 EDITAL Nº. 07/2010 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DO I CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DO TRABALHADOR Número do Documento:877497 EDITAL Nº. 07/2010 INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DO I CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DO TRABALHADOR 1. APRESENTAÇÃO A Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE), autarquia vinculada

Leia mais

ANEXO VIII MANUAL DE OPERAÇÃO DO ANEXO EM CD / PENDRIVE

ANEXO VIII MANUAL DE OPERAÇÃO DO ANEXO EM CD / PENDRIVE ANEXO VIII MANUAL DE OPERAÇÃO DO ANEXO EM CD / PENDRIVE 1 DOWNLOAD DOS ARQUIVOS RELATIVOS AO ANEXO I DO EDITAL 1.1 O programa para a formulação da proposta ESPROPOSTA.EXE, e o arquivo da proposta do edital

Leia mais

CONTROLE DIMENSIONAL CALDEIRARIA INSTRUÇÕES AO CANDIDATO

CONTROLE DIMENSIONAL CALDEIRARIA INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Página: 1 de 9 1. OBJETIVO Este procedimento tem por objetivo orientar os candidatos na execução de provas práticas, na qualificação de Inspetor de Controle Dimensional, modalidade Caldeiraria. 2. REGRAS

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA

EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA EDITAL DO CONCURSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA A Fundação Dr. João Penido Burnier torna público a abertura de inscrições ao CONCURSO DE SELEÇÃO para o preenchimento de vagas da especialidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS N.º 01/2015 (Atualizado com Errata nº 01)

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS N.º 01/2015 (Atualizado com Errata nº 01) EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE ESTAGIÁRIOS N.º 01/2015 (Atualizado com Errata nº 01) A Câmara Municipal de Palmital, Estado de São Paulo, nos termos do disposto na Lei Complementar 11.788 de 25 de setembro

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2º SEMESTRE 2016 A Profa. Ms. Lizika Goldchleger, Gerente Executiva da Faculdade Cultura Inglesa, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER que o Processo Seletivo para o

Leia mais

Portal do Projeto Tempo de Ser

Portal do Projeto Tempo de Ser Sumário Portal do Projeto Tempo de Ser O que é um Wiki?...2 Documentos...2 Localizando documentos...3 Links...3 Criando um Documento...4 Criando um link...4 Editando um Documento...5 Sintaxe Básica...5

Leia mais

CAPÍTULO I DAS VAGAS E ÁREAS PARA ESTÁGIO

CAPÍTULO I DAS VAGAS E ÁREAS PARA ESTÁGIO PREFEITURA MUNICIPAL DE LENÇÓIS PAULISTA Praça das Palmeiras, 55 Fone (14) 3269-7000 Fax (14) 3269-7078 CEP 18682-900 Lençóis Paulista SP CNPJ: 46.200.846/0001-76 www.lencoispaulista.sp.gov.br PREFEITURA

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO 2 Sumário 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 1.1 Atividade acadêmica... 3 1.2 Estruturação... 3 1.3 Localização

Leia mais

UNI-FACEF CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE FRANCA

UNI-FACEF CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE FRANCA EDITAL 001/2016 PROCESSO SELETIVO COM APROVEITAMENTO DO ENEM OU DO HISTÓRICO ESCOLAR DO ENSINO MÉDIO (VAGAS REMANESCENTES) CURSOS DE GRADUAÇÃO UNI-FACEF 2016 O UNI-FACEF CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

A Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia, amparada no artigo 244 das Normas

A Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia, amparada no artigo 244 das Normas EDITAL UFU/_031/ 2012 PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) A Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia, amparada no artigo 244 das Normas de Graduação, abre inscrições para o processo

Leia mais

Elaboração e acompanhamento de Processos de Certificação

Elaboração e acompanhamento de Processos de Certificação Data: 06/06/2003 Sumário 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Documentos complementares 4 Definições 5 Procedimento Anexo A Formulários 1 Objetivo Este Procedimento tem como objetivo descrever a rotina aplicável à

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE AUXILIAR TÉCNICO ADMINISTRATIVO OUTUBRO 2008 INSTRUÇÕES ESPECIAIS

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE AUXILIAR TÉCNICO ADMINISTRATIVO OUTUBRO 2008 INSTRUÇÕES ESPECIAIS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE AUXILIAR TÉCNICO ADMINISTRATIVO OUTUBRO 2008 INSTRUÇÕES ESPECIAIS Em atendimento à solicitação da Coordenação da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde SMS, a Associação

Leia mais

DRH-SN-SE 000010-2014-A SP 13/01/2014

DRH-SN-SE 000010-2014-A SP 13/01/2014 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000010-2014-A FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO P. AÇÕES DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA. ÁREA DE ATUAÇÃO: ATENDIMENTO CORPORATIVO

Leia mais

PP-5EN-00062 PROCEDIMENTO DE END ULTRASSOM COMPUTADORIZADO PELA TÉCNICA TOFD INSPEÇÃO DE SOLDAS Rev.0. Anexo A ÍNDICE

PP-5EN-00062 PROCEDIMENTO DE END ULTRASSOM COMPUTADORIZADO PELA TÉCNICA TOFD INSPEÇÃO DE SOLDAS Rev.0. Anexo A ÍNDICE PP-5EN-00062 Rev.0 Anexo A ÍNDICE 1. OBJETIVO 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3. TERMINOLOGIA 4. MATERIAL/DIMENSÕES 5. SAÚDE E SEGURANÇA 6. MATERIAL, DIMENSIONAL, TIPO E DETALHE DE JUNTAS 7. APARELHAGEM 8.

Leia mais

Requisitos para o cargo

Requisitos para o cargo COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000426-2014-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL II ÁREA DE ATUAÇÃO: LOGISTICA GESTÃO DE PROCESSOS DE LOGÍSTICA FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA SENAI-SP DRH SN 000426-2014-A

Leia mais

E-QP-EIN-022 REV. B 25/Jul/2011 1. OBJETIVO 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3. APLICAÇÃO 4. TERMINOLOGIA 5. REGRAS GERAIS 6. EXECUÇÃO DA PROVA PRÁTICA

E-QP-EIN-022 REV. B 25/Jul/2011 1. OBJETIVO 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3. APLICAÇÃO 4. TERMINOLOGIA 5. REGRAS GERAIS 6. EXECUÇÃO DA PROVA PRÁTICA ENGENHARIA QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE CONSTRUÇÃO, MONTAGEM E COMISSIONAMENTO DE INSTRUMENTAÇÃO NÍVEL 1 Instruções ao Candidato Os comentários e sugestões referentes a este documento devem ser encaminhados

Leia mais

Introdução à Informática. Maria José

Introdução à Informática. Maria José Introdução à Informática Maria José 1 Sistemas Operacionais - SO È o principal software para o funcionamento do computador, pois é através dele que o usuário efetua as tarefas; Um SO faz com que o computador

Leia mais

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso

Carrera Pessoal 2015. Guia de uso Carrera Pessoal 2015 Guia de uso Bem vindo ao Carrera Pessoal 2015, o gerenciador financeiro ideal. Utilizando o Carrera Pessoal você poderá administrar com facilidade as suas finanças e/ou da sua família.

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation. As informações

Leia mais

FUNDAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DA SOLDAGEM

FUNDAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DA SOLDAGEM FUNDAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA DA SOLDAGEM NORMA FBTS N-008 Novembro/15 Revisão 0 CRITÉRIOS PARA A QUALIFICAÇÃO E A CERTIFICAÇÃO DE SUPERVISORES E ENCARREGADOS DE SOLDAGEM FUNDAÇÃO BRASILEIRA DE TECNOLOGIA

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000353-2013-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL III ÁREA DE ATUAÇÃO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO / HARDWARE SENAI-SP

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000353-2013-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL III ÁREA DE ATUAÇÃO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO / HARDWARE SENAI-SP COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000353-2013-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL III ÁREA DE ATUAÇÃO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO / HARDWARE SENAI-SP A Diretoria de Recursos Humanos do SENAI-SP abre inscrições

Leia mais

COREME Comissão de Residência Médica

COREME Comissão de Residência Médica EDITAL Nº 001/2016 - COREME A Comissão de Residência Médica (COREME) do CESUMAR Centro Universitário de Maringá e Hospital Municipal de Maringá através de convênio com a Prefeitura Municipal de Maringá

Leia mais

2. APLICAÇÃO E ABRANGÊNCIA Este padrão aplica-se às atividades de Qualificação e Certificação de Pessoal realizado pelo SEQUI-ETCM/CEND.

2. APLICAÇÃO E ABRANGÊNCIA Este padrão aplica-se às atividades de Qualificação e Certificação de Pessoal realizado pelo SEQUI-ETCM/CEND. 1. OBJETIVO 1.1 Este procedimento fixa as condições para a execução do ensaio por ultrassom computadorizado pela técnica de Phased Array, para detecção e avaliação de descontinuidades em juntas soldadas.

Leia mais

Vestibular Tradicional e Processo Seletivo Agendado (PSA)

Vestibular Tradicional e Processo Seletivo Agendado (PSA) Vestibular Tradicional e Processo Seletivo Agendado (PSA) No site desta Instituição também estão disponíveis informações sobre outras formas de acesso aos cursos da GRADUAÇÃO TRADICIONAL, a saber: MATRÍCULA

Leia mais

QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PESSOAL EM CORROSÃO E PROTEÇÃO

QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PESSOAL EM CORROSÃO E PROTEÇÃO ABRACO 00 de 0 OBJETIVO Esta norma estabelece a sistemática adotada pela Associação Brasileira de Corrosão ABRACO para o funcionamento do Sistema Nacional de Qualificação e Certificação em Corrosão e Proteção.

Leia mais

GUIA ACADÊMICO MATRÍCULA E REMATRÍCULA DISPENSA DE DISCIPLINA REQUERIMENTOS

GUIA ACADÊMICO MATRÍCULA E REMATRÍCULA DISPENSA DE DISCIPLINA REQUERIMENTOS GUIA ACADÊMICO MATRÍCULA E REMATRÍCULA A matrícula é o ato formal do aluno com a UNIUV. Importa em direitos e deveres, tanto para o aluno como para a instituição. Sua efetivação ocorre após classificação

Leia mais

GUIA DO CANDIDATO. Pintor de Obras Imobiliárias

GUIA DO CANDIDATO. Pintor de Obras Imobiliárias GUIA DO CANDIDATO Pintor de Obras Imobiliárias Norma Ocupação Processo de Certificação R$ Tempo de duração Reexame R$ Tempo de duração Recertificação R$ Tempo de duração Validade Exame escrito Exame prático

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA COMISSÃO ORGANIZADORA Eliane Assis Neves Júlio César Alvim Marquione Gomes Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 CURSOS OFERECIDOS

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião

Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Manual do Teclado de Satisfação Online WebOpinião Versão 1.2.3 27 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE PROVAS No uso das atribuições legais, e mediantes as condições estipuladas nos Editais e Comunicados oficiais publicados no site www.selecao.uneb.br/dpe2012, CONVOCA os Candidatos

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO DA ESCOLA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA "PROFª NEUSA MARIA NUNES BRANCO"

EDITAL PROCESSO SELETIVO DA ESCOLA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA PROFª NEUSA MARIA NUNES BRANCO EDITAL PROCESSO SELETIVO DA ESCOLA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA "PROFª NEUSA MARIA NUNES BRANCO" A Secretaria Municipal de Educação torna pública a abertura das INSCRIÇÕES do segundo semestre de 2016 para

Leia mais

EDITAL 001/ 2016/ ESEBA/ UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A)

EDITAL 001/ 2016/ ESEBA/ UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL 001/ 2016/ ESEBA/ UFU PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) A Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia, amparado (a) no artigo 244 das Normas de Graduação, abre inscrições

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016 DRF/JPA CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS

EDITAL Nº 001/2016 DRF/JPA CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS EDITAL Nº 001/2016 DRF/JPA CONCURSO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS O DELEGADO DA DELEGACIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL EM JOÃO PESSOA/PB, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo inciso

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS PALMAS TO, 2015 1. Informações Gerais O presente Manual da Católica do Tocantins, mantida pela União Brasiliense de Educação e Cultura (UBEC)

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL DE ASSISTENTE ADMINISTRATIVO A Direção do Centro de Capacitação e Treinamento Unidade Simões Filho, no uso de suas atribuições legais, faz

Leia mais

9 (build 9.6) Guia do Usuário. Nota importante sobre o conteúdo deste guia

9 (build 9.6) Guia do Usuário. Nota importante sobre o conteúdo deste guia 9 (build 9.6) Guia do Usuário Nota importante sobre o conteúdo deste guia O guia do usuário completo do IRISPowerscan está disponível em inglês, francês e alemão. As versões deste guia do usuário em outros

Leia mais

1. Informações Gerais

1. Informações Gerais 1. Informações Gerais Guia de Utilização Samsung PST TDMA 1.1 Pré-Requisitos para utilização do software 1º - Noções básicas de informática! (Manipulação de arquivos, instalação e utilização de programas)

Leia mais

Requisitos para inscrição

Requisitos para inscrição COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000271-2013-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL II ÁREA DE ATUAÇÃO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA CFP 1.44 SÃO BERNARDO DO CAMPO CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO

Leia mais

Edital do Processo Seletivo

Edital do Processo Seletivo Edital do Processo Seletivo EDITAL GERAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO DO PRÉ UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL 2016 A prefeitura municipal de São Mateus do Maranhão, por meio da secretaria

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 Primeiro Semestre

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 Primeiro Semestre EDITAL PROCESSO SELETIVO Primeiro Semestre O Diretor Geral da Faculdade Capital Federal, credenciada pela Portaria MEC no. 596 de 18 de junho de e publicada no Diário Oficial da União em 19 de junho de,

Leia mais

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA

CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA EDITAL Nº. 23 PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 A Diretoria da Faculdade Cambury, mantida pelo Centro Tecnológico Cambury Ltda., com base em dispositivo constante em seu Regimento Geral, e de acordo com a Lei

Leia mais

CORRESPONDENTES NO PAÍS EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE PROMOTORES DE CORRESPONDENTE

CORRESPONDENTES NO PAÍS EDITAL REFERENTE À PROVA PARA CERTIFICAÇÃO ANEPS DE PROMOTORES DE CORRESPONDENTE Através desse edital, a Associação Nacional Das Empresas Promotoras De Crédito e Correspondentes no País (ANEPS) e o Instituto Totum (empresa parceira da ANEPS responsável pela execução das provas) tornam

Leia mais

EDITAL CEPS 004/2015 2º PROCESSO SELETIVO UNIFICADO CESUC 2015/1

EDITAL CEPS 004/2015 2º PROCESSO SELETIVO UNIFICADO CESUC 2015/1 2º PROCESSO SELETIVO UNIFICADO CESUC 2015/1 O Presidente da Comissão Especial do Processo Seletivo Unificado - CEPS, torna público por meio do presente Edital, que serão recebidas as inscrições referentes

Leia mais

UNIDADE DE NEFROLOGIA DO HOSPITAL SÃO JOÃO DE DEUS PROCESSO SELETIVO ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA 2016

UNIDADE DE NEFROLOGIA DO HOSPITAL SÃO JOÃO DE DEUS PROCESSO SELETIVO ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA 2016 UNIDADE DE NEFROLOGIA DO HOSPITAL SÃO JOÃO DE DEUS PROCESSO SELETIVO ESPECIALIZAÇÃO MÉDICA 2016 A Unidade de Nefrologia do Hospital São João de Deus Divinópolis/MG comunica que estão abertas as inscrições

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013)

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE MANAUS Decreto de 26/03/2001 - DOU de 27/03/2001. Edital do Processo Seletivo 2014 Ato Edital n 029 (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) O Diretor Geral

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000427-2014-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL II

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000427-2014-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL II COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000427-2014-A INSTRUTOR DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL II DRH SN 000427-2014-A ÁREA DE ATUAÇÃO: METALMECÂNICA USINAGEM EM MÁQUINAS CONVENCIONAIS FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA

Leia mais

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA

Manual de Instruções ISS WEB SISTEMA ISS WEB. Sil Tecnologia LTDA SISTEMA ISS WEB Sil Tecnologia LTDA Sumário INTRODUÇÃO 3 1. ACESSO AO SISTEMA 4 2. AUTORIZAR USUÁRIO 5 3. TELA PRINCIPAL 6 4. ALTERAR SENHA 7 5. TOMADORES DE SERVIÇO 7 5.1 Lista de Declarações de Serviços

Leia mais

EDITAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SOROCABA SP PROCESSO PARA SELEÇÃO DE MÉDICOS RESIDENTES 2015

EDITAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SOROCABA SP PROCESSO PARA SELEÇÃO DE MÉDICOS RESIDENTES 2015 EDITAL PREFEITURA MUNICIPAL DE SOROCABA SP PROCESSO PARA SELEÇÃO DE MÉDICOS RESIDENTES 2015 Secretaria da Saúde A Prefeitura de Sorocaba-SP, por meio da Secretaria da Saúde, no uso de suas atribuições,

Leia mais

MOODLE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA

MOODLE NA PRÁTICA PEDAGÓGICA Carmen Mathias Agosto - 2009 I. CADASTRO 1. Acessar o site de treinamento (teste): http://moodle_course.unifra.br/ 2. Faça o login, clicando em acesso no lado direito superior da tela: 3. Coloque seu nome

Leia mais

Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha E-mail: veniciopaulo@gmail.com Site: www.veniciopaulo.com

Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha E-mail: veniciopaulo@gmail.com Site: www.veniciopaulo.com Professor: Venicio Paulo Mourão Saldanha E-mail: veniciopaulo@gmail.com Site: www.veniciopaulo.com Formação: Graduando em Analises e Desenvolvimento de Sistemas (8º Período) Pregoeiro / Bolsa de Valores

Leia mais

ULTRA-SOM - SOLDA PROCEDIMENTO DE END PR 011

ULTRA-SOM - SOLDA PROCEDIMENTO DE END PR 011 Página: 1 de 29 1. OBJETIVO Este procedimento fixa as condições para a execução do ensaio por ultra-som para detecção e avaliação de descontinuidades em juntas soldadas de acordo com o Sistema Nacional

Leia mais

ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0 Parte II Registro para Utilização do Software Tela Laje IBTS v 5.0

ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0 Parte II Registro para Utilização do Software Tela Laje IBTS v 5.0 ÍNDICE Parte I Instalação do Software Tela Laje IBTS v. 5.0... 4 1 Configurações mínimas para o funcionamento do software... 4 2 Instalar o software... 5 3 Desinstalar o software... 5 Parte II Registro

Leia mais

REQUISITOS PARA O CARGO

REQUISITOS PARA O CARGO COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000146-2015-A INSTRUTOR TÉCNICO PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM MULTIMÍDIA DESIGNER GRÁFICO CAMPINAS I FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA A Diretoria de Recursos Humanos do SESI-SP

Leia mais

EDITAL Nº 48/2015 CONVOCAÇÃO PARA O 3º CURSO DE FORMAÇÃO

EDITAL Nº 48/2015 CONVOCAÇÃO PARA O 3º CURSO DE FORMAÇÃO EDITAL Nº 48/2015 CONVOCAÇÃO PARA O 3º CURSO DE FORMAÇÃO O Diretor-Presidente da, no uso de suas atribuições, torna pública a CONVOCAÇÃO para o 3º Curso de Formação referente ao concurso público para provimento

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES 2014/2

EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES 2014/2 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PROGRAD - PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR EM EMPREENDEDORISMO & INOVAÇÃO EDITAL DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES

Leia mais

E-QP-EUS-034 REV. 0 24/01/2013

E-QP-EUS-034 REV. 0 24/01/2013 PROCEDIMENTO DE END ULTRASSOM COMPUTADORIZADO PELA TÉCNICA PHASED ARRAY INSPEÇÃO DE SOLDAS Procedimento Operacional ETM-CORP ENGENHARIA, TECNOLOGIA E MATERIAIS CORPORATIVO Os comentários e sugestões referentes

Leia mais

QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PESSOAS EM ESTANQUEIDADE NA-019 1. OBJETIVO 2 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2 3. SIGLAS E DEFINIÇÕES 2

QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE PESSOAS EM ESTANQUEIDADE NA-019 1. OBJETIVO 2 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2 3. SIGLAS E DEFINIÇÕES 2 Página: 1 de 10 1. OBJETIVO 2 2. REFERÊNCIAS NORMATIVAS 2 3. SIGLAS E DEFINIÇÕES 2 4. MODALIDADES DE COMPETÊNCIA 4 5. SISTEMÁTICA PARA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO 4 5.1 Geral 4 5.2 Centros de Exames de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA. COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAp-COLUNI EDITAL DO EXAME DE SELEÇÃO 2016 Estarão abertas, das 9h00min do dia 18 de setembro de 2015 às 18h00min do dia 20 de

Leia mais

Requisitos para inscrição

Requisitos para inscrição COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000071-2013-A ANALISTA DE LABORATÓRIO ÁREA DE ATUAÇÃO: ENSAIOS E ANÁLISE LABORATORIAIS LABORATÓRIO DE PILHAS E BATERIAS CFP 7.01 BAURU 01 VAGA A Diretoria de Recursos

Leia mais

Regulamento para curso de Pós-Graduação Lato Sensu a Distância em ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Turmas 2015

Regulamento para curso de Pós-Graduação Lato Sensu a Distância em ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Turmas 2015 Regulamento para curso de Pós-Graduação Lato Sensu a Distância em ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Turmas 2015 Prezado Aluno, Nos dias de hoje a educação formal vem utilizando cada vez mais novos recursos, métodos

Leia mais

Sobre o Livro... XV. FCA Editora de Informática

Sobre o Livro... XV. FCA Editora de Informática Índice Sobre o Livro... XV Capítulo 1 Configurar o Excel... 1 1.1 Iniciar o Excel... 1 1.2 Ambiente de trabalho... 3 1.3 Personalização do ambiente de trabalho... 6 1.3.1 Opções da interface do utilizador...

Leia mais

Abaixo seguem algumas telas do software, com as descrições das etapas para inclusão das informações e visualização dos resultados:

Abaixo seguem algumas telas do software, com as descrições das etapas para inclusão das informações e visualização dos resultados: Cálculo de CUSTOS Geração de Orçamento rápido no CALDsoft7 O software de planificação em caldeiraria CALDsoft7 possibilita à sua empresa o cadastro de materiais padrão, dimensões de chapa, espessuras bem

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROJETO JOVEM APRENDIZ 2014/2016

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROJETO JOVEM APRENDIZ 2014/2016 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROJETO JOVEM APRENDIZ 2014/2016 A REDES de Desenvolvimento da Maré, inscrita no CNPJ 08934089/0001-75, com sede na Rua Sargento Silva Nunes, 1012 Nova Holanda Maré Rio de Janeiro

Leia mais

DIGPROP Digitação de Proposta

DIGPROP Digitação de Proposta DIGPROP Digitação de Proposta Criado por: Marcio Tomazelli Alterado por: Emilson Paranhos Ruys SMARapd Informatica Ltda. DIGPROP Manual de Utilização Página 1 de 9 Índice Como utilizar o sistema...3 Digitação

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI-DR/TO Nº 19/2013

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI-DR/TO Nº 19/2013 COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO SESI-DR/TO Nº 19/2013 O SESI Serviço Social da Indústria Departamento Regional do Estado do Tocantins para suprir vagas em seu quadro de colaboradores, realizará processo

Leia mais

FAMERV. Faculdade de Medicina de Rio Verde

FAMERV. Faculdade de Medicina de Rio Verde EDITAL 001/2015 MONITORIA O Laboratório de Anatomia Humana da UniRV, no uso de suas atribuições, torna público as inscrições para o processo seletivo para Monitoria do Laboratório Morfofuncional, destinado

Leia mais

Baixando a atualização:

Baixando a atualização: Conteúdo Baixando a atualização:... 2 Descompactando o arquivo:... 3 Formatando o pendrive... 4 Copiando para o Pendrive... 5 Atualizando o televisor... 6 Através de USB:... 7 Através da Internet:... 7

Leia mais

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000135-2015-A TECNICO DE ESPORTE I PREPARAÇÃO TECNICA VÔLEI SENTADO FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA SESI-SP

COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000135-2015-A TECNICO DE ESPORTE I PREPARAÇÃO TECNICA VÔLEI SENTADO FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA SESI-SP COMUNICADO DE PROCESSO SELETIVO Nº 000135-2015-A TECNICO DE ESPORTE I PREPARAÇÃO TECNICA VÔLEI SENTADO FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA SESI-SP DRH SS-SE 000135-2015-A A Diretoria de Recursos Humanos do SESI-SP

Leia mais

EDITAL UFU/ PREFE/ DIRSU/ LRQ/ 064/ 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A)

EDITAL UFU/ PREFE/ DIRSU/ LRQ/ 064/ 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) EDITAL UFU/ PREFE/ DIRSU/ LRQ/ 064/ 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO (A) A Diretoria de Sustentabilidade Ambiental (DIRSU), unidade administrativa da Prefeitura Universitária (PREFE) da Universidade

Leia mais

Atualizando versão do Aplicativo

Atualizando versão do Aplicativo Atualizando versão do Aplicativo SUMÁRIO 1. SISPERITO... 3 1.1 SOBRE O APLICATIVO... 3 1.2 SOBRE O MANUAL... 3 2. PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO... 4 2.1 DOWNLOAD DOS PACOTES DE ATUALIZAÇÃO... 4 2.2 ATUALIZANDO

Leia mais

EDITAL N.º049/2015 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2016

EDITAL N.º049/2015 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2016 EDITAL N.º049/2015 PROCESSO SELETIVO 1º SEMESTRE DE 2016 Prof. Me. João Batista Gomes de Lima, Magnífico Reitor do Centro Universitário São Camilo, no uso de suas atribuições, torna público que, no período

Leia mais

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS O Diretor do Colégio Santo Agostinho - Leblon, no uso de suas atribuições regimentais e em consonância com a legislação em vigor, traz a público este Edital e estabelece as normas regentes para o Processo

Leia mais

PORTARIA ANAC Nº 1188/SIA, DE 09 DE MAIO DE 2013.

PORTARIA ANAC Nº 1188/SIA, DE 09 DE MAIO DE 2013. PORTARIA ANAC Nº 1188/SIA, DE 09 DE MAIO DE 2013. Dispõe sobre a realização dos Exames de Certificação em Segurança da Aviação Civil contra atos de Interferência Ilícita - AVSEC. O SUPERINTENDENTE DE INTRAESTRUTURA

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

SICAP - MÓDULO CARDUG. CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras

SICAP - MÓDULO CARDUG. CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras SICAP - MÓDULO CARDUG CAPÍTULO CARDUG Cadastro de Responsáveis das Unidades Gestoras Apresentação Caro Aluno, Confeccionamos este capítulo para servir de apoio a você, aos gestores e responsáveis das unidades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CENTRO DE APOIO À EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE ENSINO DE CIÊNCIAS POR INVESTIGAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CENTRO DE APOIO À EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE ENSINO DE CIÊNCIAS POR INVESTIGAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CENTRO DE APOIO À EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE ENSINO DE CIÊNCIAS POR INVESTIGAÇÃO EDITAL 015/2015 - PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTOR PRESENCIAL O Centro

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 003-2010 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 003-2010 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Edital nº. 003-2010 CARGO: TÉCNICO ADMINISTRATIVO DE NÍVEL MÉDIO Nome: RG: CPF: Nº. de inscrição: Função: Este caderno contém a prova de Informática

Leia mais

Atualização de computadores para Windows 10 ATUALIZAÇÃO SIMPLES. Windows10. Disponível para os seguintes modelos: CCE AIO A41, A45 e D4030TV.

Atualização de computadores para Windows 10 ATUALIZAÇÃO SIMPLES. Windows10. Disponível para os seguintes modelos: CCE AIO A41, A45 e D4030TV. Atualização de computadores para Windows 10 ATUALIZAÇÃO SIMPLES Windows10 Disponível para os seguintes modelos: CCE AIO A41, A45 e D4030TV. CCE Desktop E365, C23, C43 CM23 e M23. CCE Notebook U25, U25B,

Leia mais

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites.

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. SUMÁRIO 1 Exemplo de site criado no software QUICKFISH...02 2 Salvando Seu Site...03 3 Publicando Seu Site...03 4 Visão inicial do Software

Leia mais

EDITAL N. 01 DO PROCESSO SELETIVO DE MEDICINA

EDITAL N. 01 DO PROCESSO SELETIVO DE MEDICINA EDITAL N. 01 DO PROCESSO SELETIVO DE MEDICINA Edital n. 01, de 18 de novembro de 2014, que regulamenta o Processo Seletivo para ingresso no curso de Graduação em Medicina da Faculdade Allfredo Nasser A

Leia mais

Atualização, backup e recuperação de software

Atualização, backup e recuperação de software Atualização, backup e recuperação de software Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos EUA. As informações

Leia mais