De acordo com esse gráfico, é correto concluir que:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "De acordo com esse gráfico, é correto concluir que:"

Transcrição

1 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) ) (Unifor CE) No gráfico a seguir, tem-se a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro nas duas últimas décadas do século XX, tomando como base o valor de 00 unidades no ano de 979. De acordo com esse gráfico, é correto concluir que: a) os valores do PIB foram crescentes no período de 980 a 989. b) os valores do PIB foram decrescentes no período de 987 a 99. c) a diferença entre os valores do PIB dos anos 989 e 987 foi igual à dos anos 99 e 990. d) os valores do PIB foram sempre crescentes. e) o crescimento do valor do PIB foi maior no período de 979 a 980 do que no período de 993 a 994. Resposta: ALTERNATIVA E. ) (UFPA 007) Um professor de Matemática, ao lecionar Teoria dos Conjuntos em uma certa turma, realizou uma pesquisa sobre as preferências clubísticas de seus n alunos, tendo chegado ao seguinte resultado: 3 alunos torcem pelo Paysandu Sport Club; 3 alunos torcem pelo Clube do Remo; alunos torcem pelo Clube de Regatas Vasco da Gama; 6 alunos torcem pelo Paysandu e pelo Vasco; alunos torcem pelo Vasco e pelo Remo. Se designarmos por A o conjunto dos torcedores do Paysandu, por B o conjunto dos torcedores do Remo e por C o conjunto dos torcedores do Vasco, todos da referida turma, teremos, evidentemente, A B = Ø. Concluímos que o número n de alunos desta turma é a) 49. b) 0. c) 47. d) 4. e) 46. Utilizando o diagrama de Venn para a situação descrita no enunciado, teremos que n = n(a) + n(b) + 4, ou seja, n = 0 alunos torcedores.

2 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) 3) (UNAMA 004) Em 000, quase a metade dos municípios brasileiros não dispunha de sistema de coleta de esgoto, fato que favorece a propagação de parasitoses, sendo mais freqüentes as causadas por Ascaris lumbricoides (lombriga) e Enterobius vermiculares (tuxina). Numa comunidade com 60 habitantes, onde o saneamento básico é precário e a população não recebe orientações sobre como se prevenir, constatou-se, após exame em todos os habitantes, que 308 apresentavam ovos de lombriga; 80 apresentavam ovos de tuxina e 0% dos habitantes não apresentavam infestação por estes vermes. O número de habitantes desta comunidade que estavam infestados pelos dois vermes é: a) b) 40 c) 60 d) 68 e) 70 Considerando o diagrama de Venn ao lado: 0% dos habitantes que não apresentavam infestação por 0 estes vermes correspondem a 60 =. 00 n(l T) = n(l) + n(t) x 60 = x 448 = 88 x x = 40 4) (FURG-RS 00) Um certo provedor de Internet cobra R$0,00 ao mês para oferecer serviço de acesso à Internet por tempo ilimitado. Considere que a companhia telefônica local possui um sistema de cobrança pelo uso da linha telefônica conforme apontado no gráfico abaixo, isto é, durante as primeiras 00 horas de uso o preço é de R$0,0 ao minuto; para os minutos seguintes consumidos na faixa subseqüente de 00 a 00 horas, o preço do minuto cai para R$0,04 e assim sucessivamente até que, a partir de 00 horas, o serviço de telefonia passa a ser gratuito, conforme demonstra o gráfico. Se o usuário ficar conectado durante todo o mês de janeiro de 00, a soma das despesas com o provedor e com a companhia telefônica será de a) R$7,00. b) R$90,00. c) R$744,00. d) R$0,00. e) R$0,00. Discriminação dos valores pagos para um mês (30x4h = 70h = MIN) de utilização da internet: MINUTOS TARIFA TOTAL Companhia Telefônica 0,00 0,00 Utilização de 0 a 00 h (6000 min) ,0 300,00 3 Utilização de 00 a 00 h (6000 min) ,04 40,00 4 Utilização de 00 a 300 h (6000 min) ,03 80,00 Utilização de 300 a 400 h (6000 min) ,0 0,00 6 Utilização de 400 a 00 h (6000 min) ,0 60,00 7 Utilização de 00 a 70 h (0 min) ,00 0,00 TOTAL DE MINUTOS UTILIZADOS TOTAL A PAGAR 90,00

3 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) ) (Da Vinci 009) Em 000, as populações das cidades A e B eram de e 0 milhões de habitantes, respectivamente. Em 009, as populações das cidades A e B passaram para 3 e 9 milhões de habitantes, respectivamente. Admitindo-se que o crescimento populacional dessas cidades foi linear no período , o ano em que as duas cidades ficaram com a mesma população foi a) 00 b) 003 c) 004 d) 00 e) 007 Arrumando os dados do eixo das abscissas convenientemente, teremos: Cidade A: f (x) = ax+ f(9) = 3 3 = 9a+ a = f(x) = x+ Cidade B: g (x) = kx+ 0 g(9) = 9 9 = 9k+ 0 k = g(x) = x+ 0 Fazendo f (x) = g(x) encontramos x =, ou seja, as duas cidades ficaram com a mesma população em (000 + ) = 00. Resposta: ALTERNATIVA D. 6) (UFPB 007) Um artista plástico pintou um painel na fachada de um prédio, que está representado, graficamente, pela parte hachurada da figura abaixo. Sabe-se que a região retangular ABCD representa o painel. De acordo com a figura, pode-se concluir que a área do painel, em m, é: a) 6 log 3 b) 0 log 8 c) 80 log 4 d) 0 log e) 80 log 3 Considerando S a área da região retangular ABCD, em m, S = ( 4) (0 log 4 0 log) 4 S= 8 0 log S= 80 log S= 6 log S= 6 log 3 Resposta: ALTERNATIVA A. S= 6 log

4 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) 7) (UDESC-SC 00) Uma fábrica de determinado componente eletrônico tem a receita financeira dada pela função R(x) = x + 0x 30 e o custo de produção dada pela função C(x) = 3x x+ 30, em que a variável x representa o número de componentes fabricados e vendidos. Se o lucro é dado pela receita financeira menos o custo de produção, o número de componentes que deve ser fabricado e vendido para que o lucro seja máximo é: a) 3 b) 96 c) 30 d) 6 e) 30 Considerando L(x) = R(x) C(x), L(x) = x L(x) = x + 0x 30 (3x + 3x 60 (3) X v = X v = 6 ( ) x+ 30) x + x + 30 Outra maneira: X v = X v = = 6 Resposta: ALTERNATIVA D. ENEM 008 Em Vitória-ES, uma agência da CEF (Caixa Econômica Federal) efetuou a avaliação do número de confirmações de inscrições para o ENEM 008 (pagamento da taxa de R$ 3,00) ocorridas no último dia do prazo estipulado pelo MEC. O gráfico ao lado mostra, em função do tempo, a evolução do número aproximado de confirmações de inscrições, no dia em questão. A turma de EXATAS do Centro Educacional Leonardo da Vinci modelou, para função em t questão, a lei de definição f(t) = a b + 0, onde f (t) é a quantidade total de confirmações de inscrições efetuadas após t horas do início do expediente bancário. Os dados da avaliação foram computados exclusivamente no período das 0 às 6 horas (horário de funcionamento da agência). UTILIZE AS INFORMAÇÕES ACIMA PARA AS QUESTÕES (8), (9) e (0). 8) (Da Vinci 009) Decorridos 90 minutos do início das observações, quantas inscrições foram confirmadas? a) 40 b) 4 c) 0 d) e) 60 t f(0) = () Em (): a b + 0 = a+ 0 = f(t) = a b + 0 f() = 30 () Em (): b + 0 = 30 b = 0 Como 90 minutos correspondem a t =, h, teremos: 3 3 / f = f = f = (8) + 0 f = 0 0 a = b = 4

5 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) 9) (Da Vinci 009) Quantas inscrições foram confirmadas durante a ª hora após o início das observações? a) 40 b) 4 c) 0 d) e) 60 Considerando N o número de confirmações até o início da ª hora (final da ª), N até o final da ª hora e N o número de confirmações durante a ª hora, teremos: N= N N ; N = N = = f() N 30 e = f() N = N 90 Assim, N= N= 60 Resposta: ALTERNATIVA E. 0) (Da Vinci 009) Considerando que a última confirmação de inscrição ocorreu exatamente às 6 horas, qual o total recebido pela agência CEF, em reais (R$), no período de avaliação? a) 77.0 b) 77.0 c) d) e) 77.0 Como o expediente transcorreu das 0 às 6 horas, teremos que t = 6 h, assim, considerando T o número total de confirmações de inscrições no dia em questão e TR o total recebido, em reais (R$): 6 T = f(6) f(6) = T = TR = (3,00) TR = R$ 77.0, 00 Resposta: ALTERNATIVA A. ) (UFF-RJ 007) Hoje em dia, é possível realizar diversas operações bancárias a partir de um computador pessoal ligado à Internet. Para esse acesso, o cliente de determinado banco, após digitar o número de sua agência e conta corrente, deverá introduzir uma senha de quatro dígitos a partir de um teclado virtual como o da figura. Para inserir um dígito da senha da sua conta corrente, o cliente deste banco deve clicar em um dos quatro botões indicados pela inscrição clique aqui ; isto é, para inserir o dígito 4, por exemplo, pode-se clicar no botão clique aqui situado abaixo dos dígitos 0, 4 ou 7 ou naquele situado abaixo dos dígitos, 4 ou 8. Pode-se afirmar que o número total de senhas compostas por quatro dígitos distintos que estão associadas à seqüência de cliques, primeiro, no botão correspondente aos dígitos, ou 8; depois, no botão correspondente aos dígitos 0, 4 ou 7; novamente no botão correspondente aos dígitos, ou 8 e, por último, no botão correspondente aos dígitos 0, 4 ou 7, é igual a: a) b) 4 c) 36 d) 4 e) 8 º botão: 3 opções (vamos supor que tenha sido a escolha para o dígito ); º botão: 3 opções (vamos supor que tenha sido a escolha para o dígito 0); 3º botão: opções (vamos supor que tenha sido a escolha para o dígito, o dígito não poderá repetir); 4º botão: opções (vamos supor que tenha sido a escolha para o dígito 4, o dígito 0 não poderá repetir); Assim, pelo Princípio Fundamental da Contagem, o número total T de senhas compostas por quatro dígitos distintos que estão associadas à seqüência de cliques será: T = (3) (3) () () T = 36

6 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) ) (UFPA 006) Por ocasião dos festejos da Semana da Pátria, uma escola decidiu exibir seus melhores atletas e as respectivas medalhas. Desses atletas, em número de oito e designados por a, a, a 3,..., a 8, serão escolhidos cinco para, no momento do desfile, fazerem honra à Bandeira Nacional. Do total de grupos que podem ser formados, em quantos o atleta a estará presente? a) 8 b) c) 3 d) 4 e) Considerando: N o número de grupos com atletas que podemos formar com todos os 8 melhores; N o número de grupos com atletas que podemos formar com todos melhores, exceto o atleta a. 8 8! 7 7! = = N 6 e N = = N =! 3!!! N = Sendo T o total de grupos que podem ser formados tendo a presença do atleta a : T = N N T = 6 T = 3 3) (UFMG 006)O número de respostas a uma pesquisa está disposto no diagrama abaixo. O objetivo era saber, dos entrevistados o quanto eles confiam em pesquisas de mercado com respeito ao presidente. Considerando que cada pessoa deu uma única resposta, qual a probabilidade de ser selecionada aleatoriamente uma pessoa que não é muito confiante nas pesquisas? a) 00 b) 300 c) d) 0 e) 4 Considerando P a probabilidade de ser selecionada aleatoriamente uma pessoa que não é muito confiante nas pesquisas, 00 P = P =

7 º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) 4) (UEL-PR modificada) Considere a seqüência (,, 4,, 7, 8,0,,... ), cujos termos são os números inteiros positivos que não são múltiplos de 3. O 00º termo desta seqüência vale: a) 49 b) 47 c) 46 d) 4 e) 43 Visualizando a seqüência com os termos de ordem par retirados da seqüência original,,, 8,,... : ou seja, o 00º termo será o 0º da seqüência ( ) b = + 49.(3) b0 0 = 49 b 0 Resposta: ALTERNATIVA A. ) (Da Vinci 009) Em uma experiência de laboratório, um frasco recebe, no primeiro dia do mês, 3 gotas de um determinado líquido; no segundo dia recebe 9 gotas; no terceiro dia recebe 7 gotas; e assim por diante. No dia em que recebeu 87 gotas ficou completamente cheio. Em que dia do mês isso aconteceu? a) 0º b) 7º c) 8º d) 6º e) º Considerando a PG( 3.9,7,, 87 ) a n = 87 n 3 3 = 87 3 = 87 n 3 n = 3 7 n= 7... (7º dia) DISCRIMINAÇÃO DAS QUESTÕES QUESTÃO DETALHAMENTO GABARITO 0 LEITURA E INTERPRETAÇÃO GRÁFICA E 0 CONJUNTOS B 03 CONJUNTOS B 04 FUNÇÃO GERAL B 0 FUNÇÃO DO º GRAU D 06 LOGARITMOS A 07 FUNÇÃO DO º GRAU D 08 FUNÇÃO EXPONENCIAL C 09 FUNÇÃO EXPONENCIAL E 0 FUNÇÃO EXPONENCIAL A ANÁLISE COMBINATÓRIA - PFC C ANÁLISE COMBINATÓRIA - COMBINAÇÃO C 3 PROBABILIDADE C 4 PROGRESSÃO ARITMÉTICA A PROGRESSÃO GEOMÉTRICA B

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro

PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária PASSO A PASSO Cadastramento de Empresa Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Equipe de Cadastro www.anvisa.gov.br Para acessar o cadastro

Leia mais

Interbits SuperPro Web

Interbits SuperPro Web . (Pucrj 015) Sejam as funções f(x) = x 6x e g(x) = x 1. O produto dos valores inteiros de x que satisfazem a desigualdade f(x) < g(x) é: a) 8 b) 1 c) 60 d) 7 e) 10 4. (Acafe 014) O vazamento ocorrido

Leia mais

Vestibular Multi Flexível

Vestibular Multi Flexível Vestibular Multi Flexível Manual Operacional Ingressantes Londrina 2015 Sumário Inscrição... 3 Processo Seletivo - Modalidade Agendamento... 4 Processo Seletivo Modalidade Online... 5 Efetuar exame logo

Leia mais

. Determine os valores de P(1) e P(22).

. Determine os valores de P(1) e P(22). Resolução das atividades complementares Matemática M Polinômios p. 68 Considere o polinômio P(x) x x. Determine os valores de P() e P(). x x P() 0; P() P(x) (x x)? x (x ) x x x P()? 0 P() ()? () () 8 Seja

Leia mais

RESOLUÇÃO Matemática APLICADA FGV Administração - 14.12.14

RESOLUÇÃO Matemática APLICADA FGV Administração - 14.12.14 FGV Administração - 1.1.1 VESTIBULAR FGV 015 1/1/01 RESOLUÇÃO DAS 10 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA TARDE MÓDULO DISCURSIVO QUESTÃO 1 Um mapa de um pequeno parque é uma região em forma de quadrilátero,

Leia mais

DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 2º Ano do Ensino Médio - PROF.: EDSON

DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 2º Ano do Ensino Médio - PROF.: EDSON REVISÃO MATEMÁTICA 2º ANO 1 DISCIPLINA: MATEMÁTICA ANO: 2º Ano do Ensino Médio - PROF.: EDSON 1. (Ufjf 2012) Uma empresa escolherá um chefe para cada uma de suas repartições A e B. Cada chefe deve ser

Leia mais

AULA 01: FUNÇÕES DE 1º e 2º GRAUS

AULA 01: FUNÇÕES DE 1º e 2º GRAUS AULA 01: FUNÇÕES DE 1º e 2º GRAUS 1) (UERJ) Em uma partida, Vasco e Flamengo levaram ao Maracanã 90.000 torcedores. Três portões foram abertos às 12 horas e até as 15 horas entrou um número constante de

Leia mais

Função Quadrática Função do 2º Grau

Função Quadrática Função do 2º Grau Colégio Adventista Portão EIEFM MATEMÁTICA Função Quadrática 1º Ano APROFUNDAMENTO/REFORÇO Professor: Hermes Jardim Disciplina: Matemática Lista 5 º Bimestre/13 Aluno(a): Número: Turma: Função Quadrática

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0 SicoobNet Empresarial Manual do Versão 1.0 Manual do Data: 04/0/2008 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/2008 1.0 Criação do Manual Ileana Karla GECOQ Gerência de Controle e Qualidade Página: 2/122

Leia mais

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha...

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha... Sumário Objetivo... 3 Primeiro acesso (Cadastro de senha)... 4 Recuperação de senha... 5 Acessando a Área Restrita... 7 Sessão... 8 Painel do Participante... 8 Menu... 8 Atualizações... 9 Navegação e usabilidade...

Leia mais

UFRN 2013 Matemática Álgebra 3º ano Prof. Afonso

UFRN 2013 Matemática Álgebra 3º ano Prof. Afonso UFRN 203 Matemática Álgebra 3º ano Prof. Afonso 3 2. (Ufrn 203) Considere a função polinomial f ( x) = x 3x x + 3. a) Calcule os valores de f ( ), f ( ) e f ( 3 ). b) Fatore a função dada. c) Determine

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO (exceto Administradores de Conta)

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO (exceto Administradores de Conta) OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO (exceto Administradores de Conta) 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa.

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Orientações sobre a Utilização do Home Saúde

Orientações sobre a Utilização do Home Saúde Orientações sobre a Utilização do Home Saúde Objetivo do Módulo Home Saúde Acesso ao Módulo Home Saúde Botões de Comando Consultando informações cadastrais do seu grupo familiar Consultando os dados da

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

TEXTO 2 INCLUSÃO E EXCLUSÃO DE USUÁRIOS (PARTICIPANTES) NO CURSO E CRIAÇÃO DE GRUPOS MANUAIS E AUTOMATICAMENTE

TEXTO 2 INCLUSÃO E EXCLUSÃO DE USUÁRIOS (PARTICIPANTES) NO CURSO E CRIAÇÃO DE GRUPOS MANUAIS E AUTOMATICAMENTE 1 TEXTO 2 INCLUSÃO E EXCLUSÃO DE USUÁRIOS (PARTICIPANTES) NO CURSO E CRIAÇÃO DE GRUPOS MANUAIS E AUTOMATICAMENTE Acompanhamento de conclusão: aqui você pode ativar o rastreamento de conclusão das atividades.

Leia mais

De acordo com os dados da figura, o número de buscas na internet, feitas mensalmente, é, em bilhões, aproximadamente igual a

De acordo com os dados da figura, o número de buscas na internet, feitas mensalmente, é, em bilhões, aproximadamente igual a º SIMULADO ENEM LEONARDO DA VINCI 009) 1) (UFSM-RS 009) A internet tem-se tornado mundialmente um instrumento eficaz de informação do homem moderno. Utilizando a internet, pode-se conhecer a cultura de

Leia mais

CAPÍTULO 2 FUNÇÕES 1. INTRODUÇÃO. y = 0,80.x. 2. DEFINIÇÃO DE FUNÇÃO DE A EM B ( f: A B) 4. GRÁFICO DE UMA FUNÇÃO

CAPÍTULO 2 FUNÇÕES 1. INTRODUÇÃO. y = 0,80.x. 2. DEFINIÇÃO DE FUNÇÃO DE A EM B ( f: A B) 4. GRÁFICO DE UMA FUNÇÃO CAPÍTULO 2 FUNÇÕES 1. INTRODUÇÃO Muitas grandezas com as quais lidamos no nosso cotidiano dependem uma da outra, isto é, a variação de uma delas tem como conseqüência a variação da outra. Exemplo 1: Tio

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0

SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PEDIDO DE USO DE ECF MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Belém Agosto - 2013 1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Identificação Acesso ao Sistema... 4 3. Painel

Leia mais

Objetivo. Acesso ao Sistema

Objetivo. Acesso ao Sistema Revisão 2.2 de 18/09/2006 Objetivo Apresentar o manual do sistema integrado ao terminal Mult Serviços, para operação de correspondente bancário nas funções de recebimento de contas e outros serviços disponibilizados

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br

Tribunal de Justiça do Estado do Amapá Secretaria de Gestão Processual Eletrônica. Tucujuris Web Contato: tucujuris@tjap.jus.br 1. Para protocolar recursos ou demais petições nos processos em trâmite, deve-se acessar o menu Peticionamento e depois escolher a opção Peticionamento Incidental. Atenção: o peticionamento eletrônico

Leia mais

5910179 Biofísica I Turma de Biologia FFCLRP USP Prof. Antônio C. Roque Segunda lista de exercícios

5910179 Biofísica I Turma de Biologia FFCLRP USP Prof. Antônio C. Roque Segunda lista de exercícios Lista sobre funções no Excel A ideia desta lista surgiu em sala de aula, para ajudar os alunos a conhecer de modo prático as principais funções matemáticas que aparecem em biologia. Inicialmente, para

Leia mais

MATEMÁTICA ENEM 2009

MATEMÁTICA ENEM 2009 MATEMÁTICA ENEM 2009 19 de setembro PROF. MARCELO CÓSER Essa apresentação pode ser baixada em http://www.marcelocoser.com.br. 01) (UFRJ) Uma operadora de celular oferece dois planos no sistema pós-pago.

Leia mais

Módulo 2 Unidade 7. Função do 2 grau. Para início de conversa... Imagine você sentado. em um ônibus, indo. para a escola, jogando uma

Módulo 2 Unidade 7. Função do 2 grau. Para início de conversa... Imagine você sentado. em um ônibus, indo. para a escola, jogando uma Módulo 2 Unidade 7 Função do 2 grau Para início de conversa... Imagine você sentado em um ônibus, indo para a escola, jogando uma caneta para cima e pegando de volta na mão. Embora para você a caneta só

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA DOS ÓRGÃOS. Curso de Matemática

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA DOS ÓRGÃOS. Curso de Matemática Introdução ao GeoGebra software livre 0 CENTRO UNIVERSITÁRIO DA SERRA DOS ÓRGÃOS Curso de Matemática Primeiros Passos Com o Software Livre GeoGebra Março de 2010 Prof. Ilydio Pereira de Sá Introdução ao

Leia mais

Problemas do 1º grau 2016

Problemas do 1º grau 2016 Problemas do º grau 06. (Unicamp 06) O gráfico abaixo exibe o lucro líquido (em milhares de reais) de tręs pequenas empresas A, B e C, nos anos de 03 e 04. Com relaçăo ao lucro líquido, podemos afirmar

Leia mais

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010.

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Manual do Usuário Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução deste documento,

Leia mais

Gerenciador do Token PROTOKEN PRO. Guia de Instalação

Gerenciador do Token PROTOKEN PRO. Guia de Instalação Gerenciador do Token PROTOKEN PRO Guia de Instalação Certificação Digital Guia CD-05 Público 1. Pré-requisitos para a instalação do dispositivo de certificação digital: Token Protoken Pro Para que o processo

Leia mais

1. Um corpo arremessado tem sua trajetória representada pelo gráfico de uma parábola, conforme a figura a seguir.

1. Um corpo arremessado tem sua trajetória representada pelo gráfico de uma parábola, conforme a figura a seguir. 1. Um corpo arremessado tem sua trajetória representada pelo gráfico de uma parábola, conforme a figura a seguir. Nessa trajetória, a altura máxima, em metros, atingida pelo corpo foi de a) 0,52m. b) 0,64m.

Leia mais

1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS

1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS 1 1ª PARTE DIÁRIOS ELETRÔNICOS 1.ACESSANDO O SITE DA FEOL 1.1 Endereço do Site O endereço para acessar o site da Fundação Educacional de Oliveira é: www.feol.com.br Obs: experimente digitar apenas feol.com.br

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO Índice Conteúdo Página Legendas 3 1.0 Primeiro acesso 5 2.0 Cadastro de login e senha 6 3.0 Configuração do Blocker 7 3.1 Senha de acesso 8 3.2 Grade de Horário 9 3.2.1 Configurando

Leia mais

ATENÇÃO! É importante a leitura detalhada do Manual do Candidato para conhecer as normas do Processo de Ingresso.

ATENÇÃO! É importante a leitura detalhada do Manual do Candidato para conhecer as normas do Processo de Ingresso. ATENÇÃO! É importante a leitura detalhada do Manual do Candidato para conhecer as normas do Processo de Ingresso. Primeiro Passo Tenha em mãos seu CPF, Documento de Identidade (RG) e conta de e-mail válida!

Leia mais

TUTORIAL PORTAL EMPRESA

TUTORIAL PORTAL EMPRESA TUTORIAL PORTAL EMPRESA Prezado cliente, O NatalCard trabalha pensando em soluções para facilitar o seu dia a dia. Por isso, o sistema para solicitação do cartão Vale-Transporte Eletrônico, o Portal Empresa,

Leia mais

SIMULADO TERCEIRÃO e PRÉ-ENEM OUTUBRO - MATEMÁTICA PROFJUNIOR BARRETO

SIMULADO TERCEIRÃO e PRÉ-ENEM OUTUBRO - MATEMÁTICA PROFJUNIOR BARRETO SIMULADO TERCEIRÃO e PRÉ-ENEM OUTUBRO - MATEMÁTICA PROFJUNIOR BARRETO 01) (Enem 2014 Adaptada) Um cliente de uma videolocadora tem o hábito de alugar dois filmes por vez. Quando os devolve, sempre pega

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas... 10 O que é Token? É um dispositivo

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA SBB ON-LINE

MANUAL DO PROGRAMA SBB ON-LINE T.I. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DO PROGRAMA SBB ON-LINE ABCPCC - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CRIADORES E PROPRIETÁRIOS DO CAVALO DE CORRIDA SÃO PAULO 2011 Sumário INTRODUÇÃO... 3 INSTALAÇÃO... 4 COMUNICANDO

Leia mais

EDITAL N 03/2015 CCV

EDITAL N 03/2015 CCV EDITAL N 03/2015 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

Manual Programa SOSView 4.0

Manual Programa SOSView 4.0 2012 Manual Programa SOSView 4.0 Laboratório SOS Sotreq Versão Manual 1.0 01/03/2012 Página 1 de 52 Manual Programa SOSView 4 Instalação do Programa Utilização em Rede Importação de Amostras Consulta de

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

COMO GERAR UM ARQUIVO NÃO IDENTIFICADO NO TABWIN

COMO GERAR UM ARQUIVO NÃO IDENTIFICADO NO TABWIN O programa TabWin pode ser utilizado para calcular indicadores epidemiológicos e operacionais da tuberculose bem como para análise da qualidade da base de dados do Sinan. O usuário deve ter a versão atualizada

Leia mais

Cadastro Simplificado de Clientes - CaixaPro

Cadastro Simplificado de Clientes - CaixaPro Cadastro Simplificado de Clientes - CaixaPro Sumário 1. Introdução... 3 2. Habilitando Permissão aos Usuários... 3 3. Realizar Cadastros... 5 1. Introdução Com a obrigatoriedade da NFC-e (Nota Fiscal de

Leia mais

Primeiro Passo. Na sequência, surgirá a tela de Login, onde você poderá realizar uma das seguintes tarefas:

Primeiro Passo. Na sequência, surgirá a tela de Login, onde você poderá realizar uma das seguintes tarefas: Primeiro Passo Tenha em mãos seu CPF, Documento de Identidade (RG) e conta de e-mail válida! Sem essa documentação não é possível realizar sua inscrição no Processo de Ingresso. De posse desses dados,

Leia mais

EDITAL N 05/2014 CCV

EDITAL N 05/2014 CCV EDITAL N 05/2014 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa. Nele, nossos clientes poderão acessar

Leia mais

Manual de acesso à área de cliente MEU SITE EXPRESSO

Manual de acesso à área de cliente MEU SITE EXPRESSO 1 Manual de acesso à área de cliente MEU SITE EXPRESSO Para a comodidade dos nossos clientes, criamos uma área exclusiva onde cada cliente com seu usuário e senha, pode efetuar o pagamento de sua mensalidade,

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. <Versão: 1.0> Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010 Obter Acesso aos Sistemas Educação Manual de Utilização Página 1/9 Conteúdo 1. Introdução... 3 1.1 Objetivo... 3 1.2 Escopo... 3 1.3 Acesso... 3 1.4 Requisitos básicos... 3 2. Interface de

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Perfil Convenente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Prova corrigida de matemática CEF 2014

Prova corrigida de matemática CEF 2014 Prova corrigida de matemática CEF 2014 PROF RICARDO ALVES WWW.CURSOCENPRE.COM.BR Em uma agência bancária, os clientes são atendidos da seguinte maneira: todos os clientes a serem atendidos em determinado

Leia mais

EDITAL N 01/2015 CCV

EDITAL N 01/2015 CCV EDITAL N 01/2015 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

GUIA RECIBO BANCÁRIO COBRANÇA NÃO REGISTRADA - SLIM

GUIA RECIBO BANCÁRIO COBRANÇA NÃO REGISTRADA - SLIM GUIA RECIBO BANCÁRIO COBRANÇA NÃO REGISTRADA - SLIM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Configuração do Local de Pagamento... 3 3. Teste de Pagamento do Boleto... 10 4. Configurações do Banco... 17

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 LANÇAMENTO DE CONTAS

Leia mais

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO - Windows MANUAL DO USUÁRIO DPSISTEMAS www.dpsistemas.com.br 1. Registrando o programa... 3 2. Entrando no programa Login... 5 3. Tela Principal do Sistema... 6 4. Utilizando os botões de navegação...

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DAS FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO IVAÍ

MANUAL PARA USO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DAS FACULDADES INTEGRADAS DO VALE DO IVAÍ Faculdades Integradas do Vale do Ivaí Mantida pela Instituição Cultural e Educacional de Ivaiporã ICEI Credenciada pela Portaria MEC nº. 3.511 de 26/11/03 D.O.U. 27/11/03 MANUAL PARA USO DO SISTEMA DE

Leia mais

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação Matemática. SuperAção

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação Matemática. SuperAção UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação Matemática SuperAção Superando as dificuldades trazidas pelo descontrole motor com aplicação de sequências

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

Passos para teste de boletos pré-produção

Passos para teste de boletos pré-produção Passos para teste de boletos pré-produção Os passos citados abaixo apenas poderão ser efetuados após a homologação dos boletos junto ao banco. Este processo é realizado pela MTI e liberado à empresa que

Leia mais

I - COMO CONSULTAR O ACERVO DA BIBLIOTECA DO IBCCRIM POR MEIO DO LINK PESQUISA ON-LINE:

I - COMO CONSULTAR O ACERVO DA BIBLIOTECA DO IBCCRIM POR MEIO DO LINK PESQUISA ON-LINE: Página1 I - COMO CONSULTAR O ACERVO DA BIBLIOTECA DO IBCCRIM POR MEIO DO LINK PESQUISA ON-LINE: 1º. Em nossa home page, o(a) associado(a) deverá clicar no link BIBLIOTECA, localizado na barra de menu suspensa

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria operados por OBTV MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Convênio, Contrato de Repasse

Leia mais

Manual de inscrições para Ouvintes VI ENIEDUC

Manual de inscrições para Ouvintes VI ENIEDUC Manual de inscrições para Ouvintes VI ENIEDUC Como se inscrever para o VI ENIEDUC Como se inscrever para um minicurso Como emitir o boleto para pagamento Para se inscrever no VI ENIEDUC siga rigorosamente

Leia mais

Simulado ENEM: Matemática

Simulado ENEM: Matemática Simulado ENEM: Matemática Questão 1 Cinco diretores de uma grande companhia, doutores Arnaldo, Bernardo, Cristiano, Denis e Eduardo, estão sentados em uma mesa redonda, em sentido horário, para uma reunião

Leia mais

Manual do Administrador

Manual do Administrador Manual do Administrador Acessando o sistema Após acessar o sistema através da tela de login, você deverá escolher qual prova você quer gerenciar. Se esta é a sua primeira vez utilizando o sistema, provavelmente

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

INFORMAÇÕES AOS CANDIDATOS À DESIGNAÇÃO EM 2014 LEIA ATENTAMENTE

INFORMAÇÕES AOS CANDIDATOS À DESIGNAÇÃO EM 2014 LEIA ATENTAMENTE INFORMAÇÕES AOS CANDIDATOS À DESIGNAÇÃO EM 2014 Nesta página você irá encontrar informações importantes para efetuar sua inscrição com segurança. LEIA ATENTAMENTE Antes de iniciar sua inscrição leia atentamente

Leia mais

Segue então uma breve descrição de como realizar as inscrições no ONU Jr.

Segue então uma breve descrição de como realizar as inscrições no ONU Jr. MANUAL DE INSCRIÇÃO Senhores Delegados, Este documento foi criado para explicar e facilitar as inscrições do ONU Jr. Qualquer dúvida que os senhores tiverem entrem em contato pelo email onujr@onujr.com

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

Função do 2º Grau. V(x) 3x 12x. C(x) 5x 40x 40.

Função do 2º Grau. V(x) 3x 12x. C(x) 5x 40x 40. Função do º Grau. (Espcex (Aman) 04) Uma indústria produz mensalmente x lotes de um produto. O valor mensal resultante da venda deste produto é dado por C(x) 5x 40x 40. V(x) 3x x e o custo mensal da produção

Leia mais

1. CONSULTA DE DADOS PARA ACESSO AO PORTAL... 2 2. INSCRIÇÃO DO CANDIDATO (ALUNOS DO LICEU FRANCO)... 3 3. INSCRIÇÃO NOVO CANDIDATO...

1. CONSULTA DE DADOS PARA ACESSO AO PORTAL... 2 2. INSCRIÇÃO DO CANDIDATO (ALUNOS DO LICEU FRANCO)... 3 3. INSCRIÇÃO NOVO CANDIDATO... Pág. 1 Este manual tem o objetivo de orientar o responsável no processo de Inscrições do aluno nos cursos ofertados no Centro Cultural Liceu Franco Brasileiro. 1. CONSULTA DE DADOS PARA ACESSO AO PORTAL...

Leia mais

Pesquisa e organização de informação

Pesquisa e organização de informação Pesquisa e organização de informação Capítulo 3 A capacidade e a variedade de dispositivos de armazenamento que qualquer computador atual possui, tornam a pesquisa de informação um desafio cada vez maior

Leia mais

EDITAL N 06/2015 CCV

EDITAL N 06/2015 CCV EDITAL N 06/2015 CCV A FAMETRO torna público aos interessados que estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos cursos de graduação, nas condições indicadas neste Edital. 1. VALIDADE O presente

Leia mais

P á g i n a 2. 1 Cadastro de Contas 1.1 - Como abrir o cadastro de contas 1.2 Como cadastrar uma nova conta

P á g i n a 2. 1 Cadastro de Contas 1.1 - Como abrir o cadastro de contas 1.2 Como cadastrar uma nova conta P á g i n a 2 1 Cadastro de Contas 1.1 - Como abrir o cadastro de contas 1.2 Como cadastrar uma nova conta 2 Centro de custos 2.1 Como abrir a tela de centro de custos. 2.2 Como cadastrar um centro de

Leia mais

COMO EFETUAR UMA VENDA.

COMO EFETUAR UMA VENDA. COMO EFETUAR UMA VENDA. Há duas formas de iniciar o processo para efetuar uma venda: 1. Menu ESTOQUE > SAÍDA MERC/SERVIÇOS ou 2. Clicar no ícone: A seguinte tela será apresentada: Obs.: Por via de regra

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1

EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1 EDITAL N 06/2013 PROCESSO SELETIVO 2014.1 A FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, credenciada pelo MEC, portaria n 1.246 de 14/10/2008, torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo dos

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DO M3

MANUAL DO USUÁRIO DO M3 MANUAL DO USUÁRIO DO M3 1 CADASTROS 1.1 Clientes Abre uma tela de busca na qual o usuário poderá localizar o cadastro dos clientes da empresa. Preencha o campo de busca com o nome, ou parte do nome, e

Leia mais

1- Emissão dos Cartões aos Beneficiários Fornecedores

1- Emissão dos Cartões aos Beneficiários Fornecedores Este tutorial disponibilizará informações sobre a geração de cartões no SISPAA, pré-requisito para iniciar a aquisição de produtos. 1- Emissão dos Cartões aos Beneficiários Fornecedores Conforme explicado

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE

MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE MANUAL DE INSTALAÇÂO E OPERAÇÃO DO SOFTWARE SPEED Instalação e configuração Belo Horizonte Agosto - 2007 INTRODUÇÃO Bem vindo ao sistema de consultas SPEED! O software SPEED é um sistema indispensável

Leia mais

Planilha Eletrônica. = Usado para iniciar fórmulas e funções. @ Somente no MS Excel permite iniciar funções. ^ Usado para expoente e raiz

Planilha Eletrônica. = Usado para iniciar fórmulas e funções. @ Somente no MS Excel permite iniciar funções. ^ Usado para expoente e raiz Planilha Eletrônica Planilha eletrônica é uma folha organizada em tabela na qual é realizado cálculos matemáticos, podendo ser simples ou complexos. A planilha eletrônica do Microsoft Office 2003 é um

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria Operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Passo a Passo - Convenente

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria Operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Passo a Passo - Convenente Convênio, Contrato de Repasse e Termo de Parceria Operados por OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias) Passo a Passo - Convenente Sumário 01 O que é OBTV (Ordem Bancária de Transferências Voluntárias)...2

Leia mais

EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 EDITAL N /2015 PROCESSO SELETIVO 2015.1 A FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, credenciada pelo MEC, portaria n 1.246 de 14/10/2008, torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo dos cursos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI COORDENAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AVALIAÇÃO SOCIOECONÔMICA Versão

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA 18 PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA AS QUESTÕES DE 41 A 60 CONSIDERAM O ESQUEMA PADRÃO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT WINDOWS ME E DAS FERRAMENTAS MICROSOFT WINDOWS EXPLORER, MICRO-

Leia mais

Manual do Sistema Lisura Unimed Norte Nordeste

Manual do Sistema Lisura Unimed Norte Nordeste Manual do Sistema Lisura Unimed Norte Nordeste 1 - Informações Gerais 1.1 - Compatibilidade O Sistema Lisura é um sistema web, o que significa que ele poderá funcionar em qualquer computador que esteja

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

TUTORIAL DO OFFICE 100% CORRETOR

TUTORIAL DO OFFICE 100% CORRETOR TUTORIAL DO OFFICE 100% CORRETOR Tópicos Instalação do Aplicativo Office 100% Corretor...3 Gerando a chave de Ativação do Office 100% Corretor...8 Desinstalação do Aplicativo Office 100% Corretor...9 Verificação

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico - Tópicos ACESSANDO O AMBIENTE VIRTUAL (AVA) MATERIAL DE APOIO FÓRUM

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERMO DE REFERÊNCIA. NOVO ENEM E SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERMO DE REFERÊNCIA. NOVO ENEM E SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERMO DE REFERÊNCIA. NOVO ENEM E SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA I. NOVO ENEM. POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO PARA SELEÇÃO DE INGRESSANTES NA EDUCAÇÃO

Leia mais

TUTORIAL PORTAL AO ALUNO. Acesse o Site da Escola QI.EDUBR. Parando o Mouse em cima do link Portal do Aluno:

TUTORIAL PORTAL AO ALUNO. Acesse o Site da Escola QI.EDUBR. Parando o Mouse em cima do link Portal do Aluno: Pg.1 Acesse o Site da Escola QI.EDUBR Parando o Mouse em cima do link Portal do Aluno: Você terá acesso para: Faculdade Matrícula Online; Acessar o Portal; Download Do Manual de Acesso; Ambiente Virtual

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas

Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas 1 Novas funcionalidades do sistema SCPI Módulo Contas 1- Controles de saldos financeiros por Fonte e Aplicação Abaixo estão listadas as telas do sistema que sofreram adequações na nova versão do Módulo

Leia mais

Importação de Itens através de Planilha de Dados

Importação de Itens através de Planilha de Dados Importação de Itens através de Planilha de Dados Introdução Ao possuir uma planilha com dados de itens que podem ser cadastrados ou atualizados no sistema, é possível efetuar a importação da mesma após

Leia mais

CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2011 3º ANO DO ENSINO MÉDIO

CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2011 3º ANO DO ENSINO MÉDIO CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2011 3º ANO DO ENSINO MÉDIO DATA ATIVIDADE AGOSTO 01 Início das aulas-2º Semestre 1/8 à 15/9 Inscrições no ITA 8/8 à 12/8 Início da Apostila 01 13/8 à 15/10 A Hora do Vestibular-Biblioteca

Leia mais

Pedido de Vale-Transporte COMPRA COM IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO CONVERTA SUA PLANILHA

Pedido de Vale-Transporte COMPRA COM IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO CONVERTA SUA PLANILHA Pedido de Vale-Transporte COMPRA COM IMPORTAÇÃO DE ARQUIVO CONVERTA SUA PLANILHA Prezado cliente, para apresentar as novas alterações do sistema de pedido on-line do Vale-Transporte Eletrônico, elaboramos

Leia mais