Planejamento estratégico de vendas, com foco na formação e desenvolvimento da equipe de vendas. Alexandre C. Steil

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planejamento estratégico de vendas, com foco na formação e desenvolvimento da equipe de vendas. Alexandre C. Steil"

Transcrição

1 Planejamento estratégico de vendas, com foco na formação e desenvolvimento da equipe de vendas Alexandre C. Steil

2 Definições Planejamento Estratégico É o processo gerencial de desenvolver e manter um ajuste viável entre objetivos, habilidades e recursos de uma organização e as oportunidades de um mercado em contínua mudança. Philip Kotler

3 Objetivo do Planejamento Dar forma aos negócios e produtos de uma empresa, de modo que eles possibilitem os lucros e o crescimento almejados

4 Orientação Atual de Vendas Consumidores e empresas, por vontade própria, normalmente não compram os produtos da organização em quantidade suficiente. A organização deve, portanto, empreender um esforço agressivo de vendas e promoção. Philip Kotler

5 Situação Atual A literatura atual sobre vendas é repleta de livros de auto-ajuda destinados a melhorar a performance dos vendedores. Não se trata de um tema desprezível porém, existe uma demanda absolutamente relevante por uma visão mais estruturada aplicada a um nível estratégico.

6 Força de Vendas Pensar a estruturação de equipes de vendas. Pensar a razão de ser de uma equipe de vendas. Pensar o papel do vendedor na Organização. Que tipo de vendedores o mercado está querendo?

7 Vendas e a Evolução Jeff Thull, no livro Gestão de Vendas Complexas faz uma excelente abordagem sobre a evolução das vendas e dos vendedores. Cria uma divisão dos tipos de abordagens usadas a partir de 1955.

8 Vendas e a Evolução Era 1 ( ): A principal ferramenta desta era o script de vendas, as habilidades eram apresentar e fechar e o papel do vendedor era de persuadir. Não havia uma preocupação com o cliente, mas com os produtos a serem vendidos.

9 Vendas e a Evolução Era 2 ( ): As ferramentas eram perguntar e fazer análise das necessidades. As habilidades requeridas eram ouvir e inspirar confiança. O papel do vendedor era de um solucionador de problemas. A principal premissa é que o cliente conhece perfeitamente seu próprio negócio, e pode sempre dar um diagnóstico da situação para que o vendedor apresente a melhor solução.

10 Vendas e a Evolução Era 3 ( ???????) Ferramentas análise dos processos de negócio do cliente. Habilidades conhecer o negócio e gerir um programa. Papel do vendedor ser fonte de vantagem competitiva para o cliente. O profissional não delega ao cliente o diagnóstico, mas analisa a situação do cliente, entende o negócio e descobre junto com ele as reais necessidades e soluções.

11 Uma Pequena Estória Imaginemos que o Sr. W, corporativo tenha caido no sono 30 anos atrás e despertou hoje. Com certeza percebera que sua empresa mudara tanto que está difícel reconhecê-la. A fábrica está com alta tecnologia, limpa e não existem mais pilhas de produtos inacabados, e as pessoas agora trabalham em equipes discutindo problemas e procedimentos. No setor de vendas, onde trabalhava, tudo parece estar como antes, apenas com algumas modernidades e o fato de ser agora pessoas de vendas e não mais homens de vendas pois temos mulheres no departamento.

12 A Estória O Sr. W percebe que seu setor continua o mesmo, seu gerente orienta usando um jargão com o qual está familiarizado. Ele fala de características e benefícios, de lidar com recusas de questões abertas e fechadas, idéias que já existiam 30 anos atrás. Com certeza acredita que poderia continuar dormindo. Vendas, pensa, será sempre a mesma coisa.

13 A pergunta??????? Será que o Sr. W tem razão? Vendas será sempre vendas, no sentido mais comum da expressão? O cliente não está se transformando? A equipe de vendas de minha empresa percebe as mudanças de meus clientes?

14 As Empresas e os Clientes Vendas Tradicionais Alta administração» Gerência de nível médio» Pessoal da linha de frente» Cliente

15 As Empresas e os Clientes Orientação para o Cliente Cliente Pessoal da linha de frente Gerência de nível médio Alta administração

16 O Sr. Cliente Podemos segmentar os clientes em três tipos: Clientes de valor intrínseco: para estes o valor é intrínseco ao produto. Já entendem bem o produto e sabem como querem usá-lo. O custo é fundamental. Não vêem na força de vendas poder de agregar valor a compra. Existem 2 opções de ações por parte dos vendedores/empresa para estes clientes:

17 Clientes de valor intrínseco 1º Criar novo valor; uma oferta distinta, seja pela inovação do produto, pelo desenvolvimento de serviços que tenham valor real e mensurável para os clientes. 2º Adaptar-se; corte de custos de vendas e de outros relacionados. Ex. Cartão de Crédito American Express.

18 Cliente de valor Extrínseco Estes clientes se concentram nos benefícios. O valor está no modo como o produto é usado. Clientes com valor extrínseco se interessam por soluções e aplicações. Para estes clientes os vendedores são claramente capazes de criar valor real. Estes vendedores são consultivos.

19 Clientes de valor estratégico Estes clientes demandam um extraordinário nivel de criação de valor. Buscam fornecedores estratégicos e estão abertos a mudanças. Neste tipo de cliente fica quase impossível dizer quem está vendendo e quem esta comprando. Estes clientes buscam um relacionamento de longo prazo.

20 O exemplo. Citação de Ceo Randa Rosenblum, da FedEx. Se apenas movimentamos pacotes para nosso cliente com base em preço por volume(venda transacional), não estaremos em nível muito alto na cadeia de negócios, seremos subalternos. Mesmo que nos apresentemos para resolver problemas(venda consultiva), ou movimentemos pacotes importantes, ainda não estaremos no mesmo nível. Quando estabelecemos parcerias para ajudar os clientes a oferecer mais valor aos clientes deles(vendas emprededoras) então tudo muda. Estaremos juntos, será nossa missão conjunta, estaremos no mesmo nível

21 Força de Vendas Paradigmas atuais: A área de vendas vê valor no quanto gera de lucro, o quanto beneficia a empresa, e não aos clientes. Adoro trabalho de vendas posso medir meu progresso monetariamente. A área de vendas tem sido curiosamente resistente a uma abordagem de processo orientado para o valor. Eu vendedor.

22 Planejamento da Força de Vendas Os vendedores servem de elo pessoal da empresa com os clientes. O profissional de vendas é a empresa para muitos clientes. É ele que traz as tão necessárias informações sobre o cliente. Por isso a empresa deve considerar alguns pontos na configuração da força de vendas, especialmente o desenvolvimento de objetivos, estratégias, estruturas, tamanho e remuneração.

23 Tarefas da Força de Vendas Prospecção: busca de clientes em potencial e indicações. Definição de alvo: decisão de como alocar o tempo entre clientes em perspectiva e clientes atuais. Comunicação: transmissão de informações sobre o produtos e serviços da empresa. Venda: Aproximação do cliente, apresentação, resposta as necessidades, respostas a objeções e vendas.

24 Tarefa da Força de Vendas Atendimento:oferta de vários serviços para os clientes, consultoria, assistência técnica, agilização de entregas. Coleta de informações: condução de pesquisas e trabalho de inteligência (capacitação de informações). Alocação: decisão de quais clientes não poderão ficar sem produtos nos períodos de baixa oferta.

25 Equipes de Vendas Esperamos de profissionais de vendas o famoso C.H.A. Conhecimento: Todo o profissional deve conhecer profundamente sua empresa. Conhecer seus produtos. Gerar conhecimento do cliente para a empresa. Aqui temos sérios problemas. Muitas empresas contratam profissionais experientes e não se preocupam em trazer conhecimento do cliente para dentro da Organização. Conhecer é saber como o cliente percebe o seu próprio negócio.

26 Equipes de Vendas. Habilidades: Não podemos conviver mais com os jargões de que vendedor o é por natureza. Num processo de evolução precisamos pessoas de vendas extremamente técnicas. Conhecer as técnicas de vendas e saber usá-las é fundamental. Não precisamos mais de vendedores falantes, mas sim de ouvintes e questionadores. Aqui enfrentamos o maior desafio das equipes de vendas; Formular boas perguntas. Perguntas que sejam reveladoras das necessidades dos clientes.

27 Perguntas Não interrogue, explore Use perguntas abertas Evite criar armadilhas Evite perguntas óbvias Escute com atenção total Faça perguntas de acompanhamento baseadas nas respostas Tente entender as motivações dos clientes.

28 Regras para ouvir Ouça com a intenção de compreender Ouça com a intenção de oferecer uma resposta inteligente

29 Equipe de Vendas Atitude: Profissionais de vendas com sucesso, são os que buscam mais do que apenas vender sua tão previsível COTA. Atitude não está ligada apenas a idéia de tentarmos sermos o máximo todo dia. Atitude é desenvolver-se profissionalmente, pensar o cliente como parceiro de sua empresa, como alguem que necessita se desenvolver.

30 Equipes de Vendas Os profissionais de vendas hoje devem atuar como consultores de vendas que obtêm contatos produtivos entre pessoas de diferentes organizações que compram e vendem.

31 Mudanças Para tansformar uma equipe de vendas em consultores de vendas saiba que: Construir novas capacitações de criação de valores na função de vendas é muito mais difícel. Os velhos hábitos são fortes. Capacitação não se cria por meio de contratações. Não se pode melhorar a qualidade dos representantes de vendas sem melhorar a qualidade dos gerentes de vendas. Coaching.

32 Mudanças Quatro alavancas de mudanças: 1º Visão clara da empresa de onde e como criar valor no mercado. 2º Novas estruturas para focar em estratégias de criação de valor. 3º Construção de capacitações para permitir a criação de valores. 4º Indicadores e remuneração alinhados às estratégias de criação de valor.

33 Coaching Em vendas consultivas podemos dividir os coaching em dois tipos distintos: Coaching de habilidades: o propósito é melhorar as habilidades do contato face a face e o comportamento dos vendedores. Para ser eficaz necessita ser pelo menos uma vez a cada duas ou três semanas. Coaching de estratégia: o propósito é melhorar a capacidade do vendedor de planejar visitas e criar estratégias de contas. Não necessita tanto tempo para ser eficaz.

34 Empresas que mudaram. Todos que apostam em equipes de vendas consultivas conseguem resultados significativos. Exs: A Linea: investe em equipes diferentes para tipos diferentes de mercados e gera aumento de 15% no faturamento anual. Obs. O produto adoçante custa 55% mais que os concorrentes. Peq. Emp.Maio 07 Organon do Brasil: Reduz equipe de vendas em 30%, investe pesado em treinamento para força de vendas consultiva e aumenta o faturamento em 20%. Grupmed 07.

35 Empresas que mudaram Microsoft, vendia software no atacado para contas corporativas, típica venda business-to-business. Hoje passa o tempo organizando e mobilizando um network de provedores independentes de soluções, como especialistas de sistemas, treinadores, designers de softwares ou instaladdores. Poli Tintas, ramo varejo. Os profissionais chegam a acompanhar o cliente até sua casa para mostrar in loco a eficiência da tinta escolhida, assim como sua correta aplicação. A rede ampliou e fidelizou clientes.

36 Empresas que mudaram Enron, empresa de energia que começou vendendo e transportando gás natural, agora possui uma força de vendas que pode oferecer sofisticados instrumentos financeiros, parecendo mais especialistas financeiros de alto nível.

37 Equipes de Vendas Dicas. Vender em tempos de competição acirrada, não é fácil. Exige equipes disciplinadas e motivadas, ações de marketing, criatividade e interatividade. Exige paixão pelo que se faz e a busca incansável pela excelência. Algumas orientações para termos equipes vencedoras:

38 Equipes de Vendas. 1- O melhor profissional não é aquele que tira maior número de pedidos, mas o que tem vontade de vencer, capacidade de assimilar respostas negativas e aptidão para entender outras pessoas, para oferecer produtos que atendam às suas necessidades. 2- Procure pessoas que gostem de vender, que sejam e não estejam vendedores. 3- Não é você quem deve se identificar com o vendedor e sim o cliente. 4- Durante o processo de seleção, procure entrevistar o candidato pelo menos duas vezes. 5- Propicie treinamento diferenciado para cada tipo de vendedores, conforme carências e necessidades.

39 Equipes de Vendas 6-Treinamento é algo contínuo, e não tábua de salvação em tempos de crise. 7- A melhor forma de treinar é dar exemplos reais de sucesso. 8- Ouça primeiro depois fale. 9- As pessoas não compram apenas um produto, mas sim o que ele pode fazer por elas. 10- Mostre ao vendedor o valor dos produtos e serviços. Ele deve acreditar no que vende. 11- Acompanhe e cobre sempre os resultados. 12- Adote metas factíveis, pois é frustante buscar algo impossível.

40 Equipes de Vendas 13- Estabeleça planos de carreira. 14- Mantenha os funcionários satisfeitos porque são eles que se relacionam com os clientes. 15- Procure tornar suas equipes de vendas diferentes dos concorrentes. 16- Nunca prometa o que não pode cumprir. 17- Não basta afirmar que o cliente é o Rei, todos na organização devem acreditar nisso.

41 Considerações Podemos confirmar que a atividade de vendas como conhecida tradicionalmente está desaparecendo rapidamente. Hoje possuimos vários canais de vendas. Equipes de vendas são formadas e recebem várias denominações, mas não conseguem vender com profundidade necessária para ganhar o negócio. Não podemos mais perder tempo. As empresas necessitam estruturar e gerenciar elementos transacionais, consultivos e empreendedores de seu esforço de vendas, de modo que cada um deles crie novo valor para os clientes.

42 Considerações Estamos em uma época de oportunidades inéditas para os que tiverem capacidade de reflexão. No passado, a atividade de vendas oferecia altas recompensas para os que tinham energia para exercêla fazendo pressão sobre o cliente e usando táticas de fechar negócios. Hoje, nessa nova era que está começando, as vendas trarão recompensas ainda maiores para aqueles que forem capazes de exercer essa função com inteligência e que puderem entender e implementar estratégias de criação de valor para o cliente.

43 Vendas e Sorte A sorte, não tenho nada contra ela, sempre que ela me encontra estou trabalhando Pablo Picasso

44 MUITO OBRIGADO

45 Alexandre C. Steil Instrutor AGQ

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Curso Empreendedorismo Corporativo

Curso Empreendedorismo Corporativo Curso Empreendedorismo Corporativo Todos os fatores relevantes atuais mostram que a estamos em um ambiente cada vez mais competitivo, assim as pessoas e principalmente as organizações devem descobrir maneiras

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING

CONSULTOR CARLOS MARTINS AÇAO EM MARKETING CONSULTOR CARLOS MARTINS CRIA - AÇAO EM MARKETING SUA EMPRESA Copyright Consultor Carlos Martins - Todos os direitos reservados wwwcarlosmartinscombr - consultor@carlosmartinscombr Como conquistar Clientes

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

PÚBLICO ALVO: Todos os profissionais da área de agenciamento de viagens.

PÚBLICO ALVO: Todos os profissionais da área de agenciamento de viagens. 6. Gestão Empresarial 6.1 Inovando para crescer: turismo nos novos tempos INSTRUTOR(A): Carlos Silvério Todos os profissionais da área de agenciamento de viagens. Proporcionar uma reflexão sobre o panorama

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Práticas Para Alavancar Suas Vendas de Serviços e Softwares

Práticas Para Alavancar Suas Vendas de Serviços e Softwares Práticas Para Alavancar Suas Vendas de Serviços e Softwares Best Performance Group Marcantonio Montesano Edmilson Neves 1 O Processo de Vendas Mercado (Quem?) Uso da Oferta (o Que?) Habilidades de vendas

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Reinventando a gestão de vendas

Reinventando a gestão de vendas Reinventando a gestão de vendas Um bom vendedor é mais importante para a empresa do que o produto. Vender não é mais persuasão, mas compreensão. Esta é a proposta de Neil Rackham, expressa durante o Fórum

Leia mais

PARA QUE SERVE O CRM?

PARA QUE SERVE O CRM? Neste mês, nós aqui da Wiki fomos convidados para dar uma entrevista para uma publicação de grande referência no setor de varejo, então resolvemos transcrever parte da entrevista e apresentar as 09 coisas

Leia mais

Pare de apresentar soluções!

Pare de apresentar soluções! Com a Palavra Pare de apresentar soluções! Paulo Gerhardt sempre foi um O gaúcho apaixonado por vendas e por desenvolvimento de pessoas. Apesar disso, quando jovem, escolheu graduar-se em engenharia elétrica.

Leia mais

Portfolio de cursos TSP2

Portfolio de cursos TSP2 2013 Portfolio de cursos TSP2 J. Purcino TSP2 Treinamentos e Sistemas de Performance 01/07/2013 Como encantar e fidelizar clientes Visa mostrar aos participantes a importância do conhecimento do cliente,

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa Educação Corporativa Liderança Estratégia Gestão O que é Educação corporativa? Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores

Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores Curso Balanced Scorecard como ferramenta de Gestão por Indicadores O Planejamento Estratégico deve ser visto como um meio empreendedor de gestão, onde são moldadas e inseridas decisões antecipadas no processo

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional

Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional O que os Gestores e as Empresas tem se perguntado e talvez não encontrem boas respostas? Gestão centralizadora, delargadora ou melhor funcionário

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE ATENDIMENTO AO CLIENTE Tópicos a serem apresentados: O que é? Para que serve? Objetivos do Curso. Conteúdo Programático. Empresa As Pessoas O Produto O serviço Atendimento Competitividade Tipos de Clientes

Leia mais

www.poderdocoachingemgrupos.com.br

www.poderdocoachingemgrupos.com.br Pesquisa de Mercado A condução de pesquisas de mercado é uma das atividades mais eficazes e importantes que você pode fazer quando você estiver projetando seu coaching em grupo. Você vai se surpreender

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Erros e Dicas para Vender seus Serviços MElina Kunifas 2010 WWW. M E L I N A K U N I F A S. C O M Caro leitor, este livreto tem o propósito de educar e

Leia mais

RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL

RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL RECURSOS HUMANOS COMO FATOR DE EFICÁCIA ORGANIZACIONAL Por quê o lado humano dos negócios está emergindo como uma indispensável vantagem competitiva? Era Industrial Taylor e Fayol Era do Conhecimento Tecnologia

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

Minha lista de sonhos

Minha lista de sonhos Licença No: # 122314/LS Fone: +55-11 5539-4719 E mail: vagner@programavirandoojogo.com.br Web: www.programavirandoojogo.com.br 2015 Minha lista de sonhos Com visão 2025 PREPARADO POR VAGNER MOLINA Rua

Leia mais

Programas e Cursos Mais Pedidos

Programas e Cursos Mais Pedidos Piracicaba, 8 de julho de 2014 Ao Departamento de Recursos Humanos Referente: Programas de Treinamentos Corporativos Curso Mais Pedidos Q11 Treinamentos Palestrante/Consultor Roberto de Mello Sachs Bacharel

Leia mais

O talento como diferencial de carreira... Uma fórmula de sucesso

O talento como diferencial de carreira... Uma fórmula de sucesso O talento como diferencial de carreira... Uma fórmula de sucesso Maiane Bertoldo Lewandowski Consultora de RH Hospital Mãe de Deus TRANSFORMAÇÕES NO MERCADO DE TRABALHO Mudança de modelo mental; Escassez

Leia mais

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização:

AGENDA. 5ª Edição. Hotel Staybridge. Realização: AGENDA 5ª Edição D? 06 de Maio de 2015 Hotel Staybridge Realização: w w w.c o r p b us i n e s s.c o m.b r Patrocínio Gold Patrocínio Bronze Apoio Realização: APRESENTAÇÃO C GESTÃO DE PESSOAS: DESAFIOS

Leia mais

Quem precisa de metas afinal? Por que ter metas?

Quem precisa de metas afinal? Por que ter metas? Metas e Objetivos Muito se confunde a respeito destes dois conceitos quando se faz um planejamento estratégico do negócio. A diferença entre Meta e Objetivo, no entanto, é bastante clara como será apresentada

Leia mais

Você é comprometido?

Você é comprometido? Você é comprometido? Não, isso não é uma cantada. O que o seu chefe quer saber é se você veste a camisa da organização. Você adora seu trabalho e desempenha suas funções com eficiência, mas não aposta

Leia mais

Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor

Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor Título: Pensando estrategicamente em inovação tecnológica de impacto social Categoria: Projeto Externo Temática: Segundo Setor Resumo: A finalidade desse documento é apresentar o projeto de planejamento

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06

Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Rodrigo Rennó Questões CESPE para o MPU 06 Questões sobre o tópico Avaliação de Desempenho: objetivos, métodos, vantagens e desvantagens. Olá Pessoal, Espero que estejam gostando dos artigos. Hoje veremos

Leia mais

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor OBJETIVO: A Gestão de Pessoas vem passando por inúmeras transformações nestes últimos anos.

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

Metodologia e dinâmica do workshop O fim das vendas e do marketing da insistência

Metodologia e dinâmica do workshop O fim das vendas e do marketing da insistência Metodologia e dinâmica do workshop O fim das vendas e do marketing da insistência Como andam seus esforços em Prospecção, Follow-up e Networking? A forma como você faz hoje é a mais adequada? Será que

Leia mais

ENCONTRO RMPI e FIEMG DE INOVAÇÃO Belo Horizonte, 4 de novembro de 2013

ENCONTRO RMPI e FIEMG DE INOVAÇÃO Belo Horizonte, 4 de novembro de 2013 ENCONTRO RMPI e FIEMG DE INOVAÇÃO Belo Horizonte, 4 de novembro de 2013 Agilidade Relacionamento O panorama da inovação no Brasil e no mundo Relações entre das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs)

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O

ACTION LEARNING. O que é Action Learning? FUN D A MEN T OS D O C L E O W O L F F O que é Action Learning? Um processo que envolve um pequeno grupo/equipe refletindo e trabalhando em problemas reais, agindo e aprendendo enquanto atuam. FUN D A MEN T OS D O ACTION LEARNING

Leia mais

VISÃO. Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo.

VISÃO. Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo. QUEM É A OMELTECH? VISÃO Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo. missão A Omeltech Desenvolvimento atua

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

Práticas Para Alavancar Suas Vendas de Serviços e Softwares em 2009

Práticas Para Alavancar Suas Vendas de Serviços e Softwares em 2009 Práticas Para Alavancar Suas Vendas de Serviços e Softwares em 2009 Best Performance Group Marcantonio Montesano Edmilson Neves 1 Mercado Potencial* *Warren Culpepper, The Culpepper Report Qual seria o

Leia mais

BENEFÍCIOS COM A SMALL

BENEFÍCIOS COM A SMALL BENEFÍCIOS COM A SMALL 2012. Small Consultoria Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 530 Casa Verde, São Paulo S.P. Tel. 11 2869.9699 / 11 2638.5372 Todos os direitos reservados. A IDEIA Dentre os exemplos

Leia mais

www.avstraining.com.br

www.avstraining.com.br Apresentação A AVS Training é uma empresa cujo foco é a excelência em treinamentos corporativos. No mercado atual, a grande concorrência, o mercado globalizado e as recentes inovações tecnológicas que

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

ATIVISTA CONFIÁVEL. do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres

ATIVISTA CONFIÁVEL. do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres ATIVISTA CONFIÁVEL Uma competência essencial il do novo RH. Como desenvolvê la? Pl Palestrante: Alba Maria Torres www.entrelacos.com.br entrelacos@entrelacos.com.br 41 3079.4686 e 9973.9304 Observando

Leia mais

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky

O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean. Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky O papel da gerência em um ambiente de manufatura lean Gary Convis, Presidente, Toyota Motor Manufacturing de Kentucky Tradução: Diogo Kosaka Gostaria de compartilhar minha experiência pessoal como engenheiro

Leia mais

Como entendemos a Gestão por Processos?

Como entendemos a Gestão por Processos? RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Como entendemos a Gestão por Processos? Mobilizando pessoas para promover melhorias e inovações a partir de processos André Macieira & Leandro Jesus Alguns

Leia mais

Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA

Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA Setembro de 2005 Edgy Paiva Diretor de Projetos edgy.paiva@ivia.com.br Tel: (85) 3264 47 47 Apresentação

Leia mais

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos

De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos De Boas Ideias para Uma Gestão Baseada em Processos O que você vai mudar em sua forma de atuação a partir do que viu hoje? Como Transformar o Conteúdo Aprendido Neste Seminário em Ação! O que debatemos

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

J QUALITY CONSULTORIA CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM MAPEAMENTO E MELHORIAS DE PROCESSOS

J QUALITY CONSULTORIA CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM MAPEAMENTO E MELHORIAS DE PROCESSOS J QUALITY CONSULTORIA CONSULTORIA ESPECIALIZADA EM MAPEAMENTO E MELHORIAS DE PROCESSOS APRESENTAÇÃO J Quality Consultoria é uma empresa brasileira especializada em gestão da qualidade e mapeamento melhoria

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos.

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos. Apresentação AVS Training Telefone: 11 3637 3139 Web site: Emails: http:// avst@khalanet.com khala@khalanet.com CNPJ: 12.808.691/0001-33 AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Acreditamos em formas criativas e inovadoras de crescimento e desenvolvimento. Elas agregam valor ao cliente

Acreditamos em formas criativas e inovadoras de crescimento e desenvolvimento. Elas agregam valor ao cliente Portfólio QUEM SOMOS Somos uma empresa de consultoria organizacional que vem desenvolvendo e implementando em diversas clientes projetos nas áreas de Gestão Recursos Humanos e Comercial/Vendas. Silmar

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Lean Seis Sigma e Benchmarking

Lean Seis Sigma e Benchmarking Lean Seis Sigma e Benchmarking Por David Vicentin e José Goldfreind O Benchmarking elimina o trabalho de adivinhação observando os processos por trás dos indicadores que conduzem às melhores práticas.

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional

Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional Aspectos Comportamentais no desenvolvimento organizacional O que os Gestores e as Empresas tem se perguntado e talvez não encontrem boas respostas? Gestão centralizadora, delargadora ou melhor funcionário

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno

Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Título do Case: Departamento Comercial com foco nas expectativas do cliente Categoria: Projeto Interno Resumo O presente case mostra como ocorreu o processo de implantação do Departamento Comercial em

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

Coleção Sucesso Profissional

Coleção Sucesso Profissional Este E-BOOK é indicado para: Coleção Sucesso Profissional Profissionais de todas as áreas Empresários Empreendedores Benefícios deste E-BOOK: Conteúdo exclusivo Assuntos atuais Textos objetivos Dicas para

Leia mais

7 DICAS PARA ARRASAR NAS VENDAS

7 DICAS PARA ARRASAR NAS VENDAS NO NEGÓCIO 7 DICAS PARA ARRASAR NAS Em tempos difíceis, reestruturar e dar atenção especial à equipe de vendas é mais do que recomendado, é essencial. Veja as dicas dos especialistas para que sua empresa

Leia mais

Construindo o Conteúdo da Liderança. José Renato S. Santiago Jr.

Construindo o Conteúdo da Liderança. José Renato S. Santiago Jr. Construindo o Conteúdo da Liderança José Renato S. Santiago Jr. Gestão Estratégica de RH Módulo 1: Alinhando Gestão de Pessoas com a Estratégia da Empresa Módulo 2: Compreendendo e Dinamizando a Cultura

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO. MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão de Pessoas com Ênfase em Estratégias Coordenação Acadêmica: Maria Elizabeth Pupe Johann 1 OBJETIVOS: Objetivo Geral: - Promover o desenvolvimento

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

Varejo Baixa Renda Adequação do Mix de Marketing

Varejo Baixa Renda Adequação do Mix de Marketing Seminário GVcev Varejo Baixa Renda Adequação do Mix de Marketing ATENDER E ENTENDER PRESTE ATENÇÃO... Não estamos lidando com objetos e sim com seres humanos que ainda se impressionam com a nossa capacidade

Leia mais

Empreendedorismo, transformando idéias em negócios. (pessoas e processos)

Empreendedorismo, transformando idéias em negócios. (pessoas e processos) Empreendedorismo, transformando idéias em negócios (pessoas e processos) Prof. José Carlos Alves Roberto, Msc. Mitos sobre o empreendedor Mito 1: Empreendedores são natos, nascem para o sucesso Realidade:

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Transforme. Transforme a TI. a empresa. Três imperativos da TI para a transformação da empresa realizada pelo CIO em um mundo dinâmico.

Transforme. Transforme a TI. a empresa. Três imperativos da TI para a transformação da empresa realizada pelo CIO em um mundo dinâmico. TECH DOSSIER Transforme a TI Transforme a empresa Três imperativos da TI para a transformação da empresa realizada pelo CIO em um mundo dinâmico. Consolidar para conduzir a visibilidade da empresa e a

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro.

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. www.accenture.com.br/carreiras www.facebook.com/accenturecarreiras www.twitter.com/accenture_vagas Quem somos A Accenture é uma

Leia mais

A Ser Humano Consultoria

A Ser Humano Consultoria A Ser Humano Consultoria é uma empresa especializada na gestão estratégica de pessoas. Utilizando programas de assessoramento individual, baseados na avaliação e desenvolvimento de suas competências, buscamos

Leia mais

Aumente suas vendas atacando os problemas certos! Wilson Caldeira

Aumente suas vendas atacando os problemas certos! Wilson Caldeira Aumente suas vendas atacando os problemas certos! Wilson Caldeira Como aumentar vendas em empresas de base tecnológica 2 Você consegue definir objetivamente quem é seu cliente e o que faz ele comprar?

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 Analista da Divisão de Contratos da PRODESP Diretor de Esporte do Prodesp

Leia mais

O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI

O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI 1 O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI 2 INTRODUÇÃO O FATOR HUMANO E OS FATORES QUE IMPACTAM PROCESSOS EM PROJETOS DE TI Mudança de paradigma: humano é o ponto central fator humano Processos Normas Normas

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

FERRAMENTAS DE GESTÃO DE PESSOAS PARA DIVIDIR CONHECIMENTO E MULTIPLICAR RIQUEZAS

FERRAMENTAS DE GESTÃO DE PESSOAS PARA DIVIDIR CONHECIMENTO E MULTIPLICAR RIQUEZAS FERRAMENTAS DE GESTÃO DE PESSOAS PARA DIVIDIR CONHECIMENTO E MULTIPLICAR RIQUEZAS ROGERIO LEME rogerio@lemeconsultoria.com.br /rogeriolemeoficial PUBLICAÇÕES ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES SETOR PÚBLICO SERVIÇOS

Leia mais

Como tudo começou...

Como tudo começou... Gestão Estratégica 7 Implementação da Estratégica - BSC Prof. Dr. Marco Antonio Pereira pereira@marco.eng.br Como tudo começou... 1982 In Search of Excellence (Vencendo a Crise) vendeu 1.000.000 de livros

Leia mais

Como facilitar sua Gestão Empresarial

Como facilitar sua Gestão Empresarial Divulgação Portal METROCAMP Como facilitar sua Gestão Empresarial Aplique o CANVAS - montando o seu(!) Modelo de Gestão Empresarial de Werner Kugelmeier WWW.wkprisma.com.br Por que empresas precisam de

Leia mais

Como lutar em uma guerra de preços

Como lutar em uma guerra de preços Como lutar em uma guerra de preços Juliana Kircher Macroplan Prospectiva, Estratégia e Gestão Julho de 2006 Guerras de preços já são fatos concretos que ocorrem frequentemente em todos os mercados, seja

Leia mais