DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA AO PLANEJAMENTO DE CAMPANHA. 7º Sem. PP/FAC/2010 Prof. Fernando Bosco

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA AO PLANEJAMENTO DE CAMPANHA. 7º Sem. PP/FAC/2010 Prof. Fernando Bosco"

Transcrição

1 DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA AO PLANEJAMENTO DE CAMPANHA 7º Sem. PP/FAC/2010 Prof. Fernando Bosco

2 INTRODUÇÃO A comunicação integrada precisa ser entendida como uma filosofia capaz de nortear e orientar toda a comunicação gerada na organização, como um fator estratégico para o desenvolvimento organizacional na sociedade globalizada (Kunsch).

3 COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL Conceito amplo do conjunto das diferentes modalidades comunicacionais que ocorrem dentro das organizações, a saber: a comunicação institucional, a comunicação mercadológica ou comunicação de marketing, a comunicação interna e a comunicação administrativa.

4 IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA Permite que se estabeleça uma política global Coerência maior entre os diversos programas comunicacionais Linguagem comum de todos os setores e de um comportamento organizacional homogêneo Evita sobreposições de tarefas. Os diversos setores comunicacionais i i de uma organização trabalham de forma conjunta Têm em vista os objetivos gerais e ao mesmo tempo respeitam os objetivos específicos de cada setor.

5 ENDOMARKETING Ações de marketing voltadas para o público interno da empresa, com o fim de promover entre seus funcionários e departamentos valores destinados a servir o cliente. Sua função é integrar a noção de cliente nos processos de estrutura organizacional, para propiciar melhorias substanciais na qualidade de produtos e serviços (Saul Bekin, 1995)

6 COMUNICAÇÃO ADMINISTRATIVA É a que se relaciona com os fluxos, os níveis e as redes de comunicação, que permitam o funcionamento do sistema organizacional. Função: disciplinar comportamentos; dar treinamento funcional, descrever funções; trabalha os públicos de interesse direto da empresa (empregados); está ligada à mídia interna Normas e Procedimentos, Manuais de Empregado; informações sobre a CLT, benefícios etc; utiliza preferencialmente a mídia impressa na sua divulgação e a mídia oral no seu exercício.

7 COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL Procura construir a credibilidade da organização, tendo como proposta básica a influência político social e a criação e consolidação de sua personalidade. Envolve relações públicas, assessoria de imprensa, propaganda institucional e editoração, cabendo a área de relações públicas o gerenciamento dessa comunicação.

8 COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA Compreende toda manifestação gerada em torno de objetivos de vendas de uma organização. Ela está vinculada ao marketing de negócios, à propaganda comercial, à promoção, às feiras e exposições, ao merchandising, à demonstração pessoal e a outraspráticasque utilizammensagenspersuasivas mensagens

9 COMUNICAÇÃO CULTURAL Comporta os climas internos, que são relacionados à cultura interna, que é a estrutura dos costumes, das idéias e dos valores da comunidade.

10 COMUNICAÇÃO SOCIAL Envolve a área de jornalismo, relações públicas, publicidade, propaganda, vendas diretas, promoção de vendas

11 COMUNICAÇÃO INTERNA É um setor planejado, com objetivos bem definidos, para viabilizar toda a interação possível entre a organização e seus empregados, usando ferramentas da comunicação institucional e até mercadológica. A comunicação interna corre paralelamente com a circulação normal da comunicação que perpassa todos os setores da organização, permitindo seu pleno funcionamento. A comunicação interna é uma ferramenta estratégica para compatibilização dos A comunicação interna é uma ferramenta estratégica para compatibilização dos interesses dos empregados e da empresa, através do estímulo ao diálogo, à troca de informações e de experiências e à participação de todos os níveis (Rhodia, 1985).

12 COMUNICAÇÃO C O INTERNA COMUNICAÇÃO INTERNA Deve contribuir para o exercício da cidadania; Deve contribuir para a valorização do ser humano; Deve permitir que os colaboradores lb sejam bem informados; Deve permitir que a organização antecipe respostas para suas Deve permitir que a organização antecipe respostas para suas necessidades e expectativas.

13 COMUNICAÇÃO C O INTERNA COMUNICAÇÃO INTERNA Deve estimular o diálogo e a troca de informações entre a gestão executiva e a base operacional, na busca da qualidade total dos produtos ou serviços e do cumprimento da missão de qualquer organização. Deve fazer parte da comunicação integrada; Depende de um trabalho de equipe entre as áreas de comunicação e recursos humanos, a diretoria e todos os empregados envolvidos.

14 COMUNICAÇÃO C O INTERNA COMUNICAÇÃO INTERNA Exige um planejamento adequado e consistente. Os programas devem corresponder às exigências das demandas externas.

15 COMUNICAÇÃO C O INTERNA CONDIÇÕES PARA EFETIVAR A COM. INTERNA As políticas e as estratégias éi da organização devem ser definidas e transparentes. A comunicação interna deve ser de qualidade ( com abertura, com autenticidade, com rapidez, com competência, com respeito às diferenças individuais, com gestão participativa). O úd li d d O conteúdo e a linguagem devem se adequar aos novos tempos.

16 COMUNICAÇÃO C O INTERNA CONDIÇÕES PARA EFETIVAR A COM. INTERNA A eficácia i da comunicação passa pela valorização das pessoas como indivíduos e cidadãos. O uso de novas mídias deve ser feito com adequação das inovações tecnológicas. A comunicação interna e externa devem ser coerentes. Os funcionários devem ser os primeiros a serem informados.

17 COMUNICAÇÃO C O INTERNA INSTRUMENTOS PARA A COM. INTERNA

18 COMUNICAÇÃO C O INTERNA EX. DE CAMPANHAS E COMUNICAÇÃO INTERNA Campanhaparaa para a mudançadede padrões culturais; Campanhas de prevenção de acidentes; Campanhas de integração interdepartamental; Campanhas de competitividade; Campanhas de aperfeiçoamento profissional; Campanhas de incentivo à criatividade.

19 COMUNICAÇÃO INTEGRADA DE MARKETING MIXDE COMUNICAÇÃO FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO Publicidade e Propaganda Promoção de Vendas Merchandising Relações Públicas Marketing Direto Venda Pessoal Assessoria de Imprensa E OUTROS (Jornalismo, Internet, etc).

20 PUBLICIDADE E PROPAGANDA Propaganda é todo esforço feito pelos meios de comunicação para levar o comprador ao produto. Faz com que o produto seja conhecido através da mídia, para que o consumidor vá a loja Aspectos Positivos Apresentação pública: oferece legitimidade e credibilidade ao produto. Penetração: a alta frequência de propaganda transmite imagem de poder e sucesso aoanunciante. Aumento de expressividade: utiliza se de meios artísticos com uso da impressão, som e cor. Impessoalidade: o público não se sente obrigado a prestar atenção,nem nem responder.

21 PUBLICIDADE E PROPAGANDA FUNÇÕES E OBJETIVOS Desenvolver imagem duradoura para o produto Estimular vendas rápidas Criar mercado para novos produtos Promover e divulgar marcas e produtos Expandir o mercado Corrigir a imagem que o mercado faz de uma marca Criar hábitos e atitudes no consumidor Consolidar e manter o mercado conquistado

22 PUBLICIDADE E PROPAGANDA CANAIS UTILIZADOS Jornal Rádio Revista TV Internet Outdoor Busdoor, ETC...

23 PUBLICIDADE E PROPAGANDA FUNÇÕES DA PROPAGANDA Informar Conscientizar sobre novas marcas, educar sobre características e benefícios da marca, facilitar a imagem positiva ii da marca, criar novos usos. Persuadir testar novos produtos Lembrar manter a marca na memória do consumidor, aumentar o interesse pelas marcas maduras, influenciar a mudança de marca. Agregar valor Mudar a percepção do consumidor Auxiliar outros esforços da empresa apoiar ou divulgar promoção, reforçar alegações dos vendedores, com. interna.

24 DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA AO PLANEJAMENTO DE CAMPANHA PUBLICIDADE E PROPAGANDA U C O G Inovação Agregar valor Melhoria de Qualidade Mudança de percepção

25 PROMOÇÃO DE VENDAS Promoção de Vendas são atividades de marketing distintas da Venda pessoal, propaganda e publicidade d que estimulam as compras pelos clientes e ajudam na rotação dos estoques dos distribuidores AMA American Marketing Association Principais aspectos positivos: Possibilita retorno imediato Modifica o comportamento do consumidor Altera a relação preço/valor do produto Possibilita a aferição de resultados

26 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS PUSH OR PULL Pull Estimular Empurrar Puxar Equipe Vendas Trade Consumidor Push Push Empurrar esforço pra frente, o fabricante dirige esforços aos distribuidores e varejistas Puxar movimento para trás, atraindo o consumidor ao varejista

27 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS PROMOÇÃO DE VENDAS, O QUE É? É uma estratégia de comunicação que age a curto prazo, visando promover um produto e estimular a ação de compra/venda por parte dos públicos, podendo atuar como apoio às outras estratégias ou isoladamente. Edson Talarico Vendas tem a incumbência de fechar negócios. Promoção, a de abrir a oportunidade para ela fechar os negócios. João De Simoni

28 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS PRINCIPAIS OBJETIVOS Estimular a equipe de vendas Revigorar as vendas de uma marca madura Facilitar a entrada de novos produtos no varejo Aumentar o facing Neutralizar ações da concorrência Levar os consumidores a testar produtos Manter atuais consumidores, estimulando compras repetidas Aumentar a utilização de produtos, incentivando estoque Anular vendas da concorrência Reforçar a propaganda e o posicionamento Estimular novas formas de uso e de consumo Auxiliar na desova de um produto em declínio Gerar caixa para o lançamento de novos produtos

29 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS O QUE A P.V. NÃO PODEM FAZER? Compensar equipe de vendas mal treinada Compensar a falta de propaganda Incentivar a continuidade da compra a longo prazo Deter permanentemente o declínio de um produto Vender um produto indesejado

30 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS 9 GENERALIZAÇÕES SOBRE A P.V. 1. As reduções temporárias de preço no varejo aumentam substancialmente as vendas 2. Quanto maior for a frequência de promoções, mais baixo será o pico de vendas 3. A frequência das promoções muda o referencial de preço do consumidor 4. Os varejistas repassam menos de 100% das promoções comerciais

31 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS 9 GENERALIZAÇÕES SOBRE A PV P.V. 5. As marcas com mais participação de mercado, têm menos elasticidade d para promoções 6. As promoções anunciadas podem resultar em aumento no tráfego da loja. 7. A propaganda e os displays operam sinergicamente para influenciar as vendas das marcas com desconto. 8. As promoções em uma categoria de produto afetam as vendas das marcas com desconto. 9. Os efeitos fi de promover marcas de alta e baixa bi qualidade d são assimétricos.

32 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS PRINCIPAIS TÉCNICAS UTILIZADAS Ofertas, descontos e redução de preço: exploram o desejo de levar vantagem. Ex.: Promoção de Natal, leve 3 e pague 2, queimade estoque, oferta relâmpago, etc. Premium ou brindes: objeto que pode ser acoplado ao produto (gift pack), todo consumidor recebe. Ex.: Bichinhos Parmalat. P i ã t ê i é btid t é d ti ã Premiação: neste caso o prêmio é obtido através de competição e disputa. Ex.: concursos, sorteios

33 PROMOÇÃO OÇ ODE VENDAS PRINCIPAIS TÉCNICAS UTILIZADAS Cuponagem: certificados de descontos que podem estar inseridos na embalagem, em jornais, revistas ou mala direta. Demonstrações, degustações e amostras: o melhor estímulo de consumo é próprio consumo do produto. Pode acontecer através de anúncio, no PDV, porta a porta (sampling), vinculada a outros produtos ou pelo correio. Eventos promocionais: podem ser criados pela própria empresa ou capitalizados em datas comemorativas. Ex.: Liquidações, Shows, Desfiles, Natal,Páscoa

34 MERCHANDISING Merchandising é uma atividade mercadológica destinada a conduzir os bens pelos canais de distribuição e que, por suas ações, destaca e valoriza a presença do produto nos estabelecimentos de varejo É o conjunto de atividades de marketing e comunicação destinadas a identificar, controlar, ambientar e promover marcas, produtos e serviços nos pontos de venda.

35 MERCHANDISING ASPECTOS POSITIVOS Para o consumidor facilita a compra economiza tempo lembra necessidades Para o varejista Para o fornecedor aumenta a cria fidelidade à loja rotatividade dos atrai novos clientes produtos aumenta a cria fidelidade ao lucratividade produto e à marca valoriza a loja bloqueia as atividades da concorrência

36 MERCHANDISING PRINCIPAIS TÉCNICAS Comunicação (tablóides, malas direta) Lay out da loja Exibitécnica Vitrinismo

37 MERCHANDISING PRINCIPAIS MATERIAIS UTILIZADOS Displays, Adesivos, Balcãodemonstração demonstração, Bandeirolas, Bandeja de degustação, Banner, Cartaz, Cupom, Infláveis, In store mídia, Luminosos, Móbile, Papel forração, Sinalizador de ilha, Stopper e Wobbler, Take etvs in store.

38 RELAÇÕES PÚBLICAS Relações Públicas é uma função administrativa que avalia as atitudes públicas, identifica as diretrizes e a conduta individual ou da organização na busca do interesse público, e planeja e executa um programa de ação para conquistar a compreensão e a aceitação públicas. JAMES E. GRUING

39 RELAÇÕES PÚBLICAS RELAÇÕES PÚBLICAS Envolve transmissão de mensagens corporativas de marca; Função administrativa; Avalia as atitudes públicas; Identifica as diretrizes e os procedimentos de um indivíduo ou de uma organização com interesse público; Executa programas para obter a aceitação e a compreensão públicas.

40 RELAÇÕES PÚBLICAS TIPOS DE ATIVIDADES DE R.P. Consultoria recomendações em questões de política e decisões relacionadas à comunicação; Pesquisa modelosde mãodupla; Relações com a mídia programação de visitas da imprensa, entrevista coletiva, coberturas da imprensa; Relações entre funcionários/membros programas de comunicação com os funcionários;

41 RELAÇÕES PÚBLICAS TIPOS DE ATIVIDADES DE R.P. Relações com a comunidade envolvimento dos funcionários na comunidade, patrocínio de eventos e atividades comunitárias; Assuntos públicos adaptaçãoda empresa àsdiretrizes públicas; Assuntos governamentais lobby;

42 RELAÇÕES PÚBLICAS TIPOS DE ATIVIDADES DE R.P. Gestão de questões identificação de questões que possam afetar a empresa; Relações com o mercado financeiro relacionamento com a comunidadede de investidores (analistas, corretores do setor e jornalistas especializados); Relações com o setor empresas do mesmo ramo;

43 RELAÇÕES PÚBLICAS TIPOS DE ATIVIDADES DE R.P. Desenvolvimento/captação de recursos projetos sociais; Relações multiculturais/diversidade no local de trabalho questões multiculturais; Eventos especiais. As Relações Públicas constituem uma atividade organizacional voltada para a promoção de boa vontade entre uma empresa e seus vários públicos.

44 DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA AO PLANEJAMENTO DE CAMPANHA RELAÇÕES ÇÕ S PÚBLICAS Ú C S Grupos de ação de cidadania Funcionários Acionistas G Governo Públicos RP Sindicatos Fornecedores Público Consumidores

45 RELAÇÕES PÚBLICAS R.P. APLICADAS AO MARKETING Proativas Atender aosobjetivosde objetivos marketing Postura ofensiva Busca de oportunidades Usada para comunicar o mérito da marca Trabalha em conjunto com a Propaganda, Promoção de Vendas e Venda pessoal.

46 RELAÇÕES PÚBLICAS R.P. APLICADAS AO MARKETING Reativas Responde àsinfluências externas Postura defensiva Trabalha a resolução de problemas Usada para mudar imagem negativa

47 VENDA PESSOAL Venda Pessoal é uma forma de comunicação pessoa a pessoa na qual um vendedor trabalha com potenciais compradores e tenta influenciar suas necessidades de compras em direção aos produtos ou serviços de sua empresa. Venda pessoal é o processo pelo qual o vendedor identifica, ativa e satisfaz as necessidades e desejos do comprador, em benefício recíproco, idênticoe contínuo de vendedor e comprador

48 VENDA PESSOAL ASPECTOS POSITIVOS Confronto pessoal: envolve um relacionamento interativo Manutençãoderelacionamento relacionamento: vendedores eficazes são capazes de desenvolver e manter um relacionamento com os clientes. Resposta: a explicação por parte do vendedor exige do comprador uma resposta

49 VENDA PESSOAL OBJETIVOS QUALITATIVOS Criar conhecimento do produto Despertar o interesse do comprador Estabelecer preferência pelo produto Negociar preços e outras condições Proporcionar um reforço no pós venda Conseguir a colaboração lb dos clientes na promoção dos produtos da empresa Treinar o pessoal de vendas dos intermediários Levantar informações do mercado

50 VENDA PESSOAL OBJETIVOS QUANTITATIVOS Atingir um volume específico de vendas Contribuir para atingir os objetivos de lucro da empresa Conquistar e manter uma fatia de mercado PAPEL ÚNICO DA VENDA PESSOAL Educar Clientes Gerar utilização do produto e assistência de marketing Fornecer serviços pós venda/ suporte compradores

51 VENDA PESSOAL VENDA PESSOAL Nível alto de atenção consumidor Cria mensagem customizada Feedback imediato Permite passar mais informações Desenvolver relacionamento a longo prazo

52 VENDA PESSOAL Venda Antiquada Orientada para o vendedor Alta pressão Pouco esforço para entender a necessidade d do cliente Pouco Pós Venda Venda Moderna Orientada para o parceiro Base de confiança Pouca pressão Proximidade com o cliente Pós Venda Profissionalismo e integridade id d

53 MARKETING DIRETO Marketing direto é um sistema de marketing mensurável que utiliza um ou mais meios de comunicação para gerar uma resposta. É um processo interativono no qual asrespostas dos consumidores ou sobre eles, são gravadas em um banco de dados para construir o perfil dos consumidores potenciaise e prover informações valiosas que permitam um melhor direcionamento das mensagens. DMA DirectMarketing Association.

54 MARKETING DIRETO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS Privado: a mensagem é normalmente dirigida a uma pessoa específica Personalizado: a mensagem é trabalhada de acordo com a característica da pessoa. Atualizado: a mensagem pode ser preparada rapidamente Interativo: a mensagem pode ser alterada, dependendo da resposta da pessoa.

55 MARKETING DIRETO Marketing Direto é um sistema interativo de marketing que usa uma ou mais mídias de propaganda para gerar uma resposta mensurável e/ou uma transação em qualquer local. CANAIS UTILIZADOS mala direta telemarketing internet TV Rádio

56 MARKETING DIRETO Marketing Direto x Propaganda Exposição da mensagem é única Distribuição é importante benefício Usa o veículo ou canal como mercado Objetivo da comunicação é gerar conhecimento e compra imediata Público alvo é individual Múltiplas exposições da mensagem Benefícios não são dirigidos aos canais Usa a distribuição para definir o mercado Objetivo da comunicação é gerar formação de atitude positiva em relação à marca P.A. Massa

57 ASSESSORIA SSO DE IMPRENSA É uma das ferramentas essenciais nas mediações das organizações com o grande público, a opinião pública e a sociedade, via mídia impressa, eletrônica e internet. Seu processo e sua aplicação se dão por meio de estratégias, técnicas e instrumentos pensados e planejados com vistas na eficácia,. (Kunsch, 2003) A Assessoria de Imprensa é a área nobre do sistema de comunicação externa das organizações. Está consolidada ld d como conceito, como atividade e até como suporte estratégico. (Torquato, 2002).

58 ASSESSORIA SSO DE IMPRENSA IMPRENSA A imprensa é a arte de dizer que Lord Jones morreu a quem nunca soube que Lord Jones existiu. Com o passar do tempo, a imprensa passou a ser também a arte de dizer que Lord Jones disse o que realmente disse; e ainda a arte de dizer que Lord Jones disse o que não disse. E também a arte de não dizer que Lord Jones disse o que Lord Jones disse e, finalmente, a arte de fazer de conta que Lord Jones nunca existiu para um público cada vez mais informado. (Gilbert Keith Chesterton ( ) in Torquato, 2002).

59 ASSESSORIA SSO DE IMPRENSA ALGUNS ASPECTOS Há carência de profissionais que tenham visão sistêmica e estratégica; A comunicação está cada vez mais concentrada como um processo de integração entre a organização e a sociedade; Comunicação interna e comunicação externa devem integrar se; É ái j i d i É necessário ajustar os interesses da empresa e os interesses sociais.

60 ASSESSORIA SSO DE IMPRENSA PRINCIPAIS AÇÕES EXERCIDAS Reuniões periódicas para briefing Envio de material textos, releases e fotos Follow up Permanente contato com os veículos para que a empresa seja Permanente contato com os veículos para que a empresa seja fonte de informação e referencial

61 ASSESSORIA SSO DE IMPRENSA PRINCIPAIS AÇÕES EXERCIDAS Intermediação de entrevistas exclusivas Acompanhamento do mercado através de clipping Elaboração de lista de jornalistas convidados para eventos Elaboração de press kit para coletivas e eventos A h i ã d i l i Acompanhamento e organização de entrevistas coletivas e eventos

62 MARKETING DE PATROCÍNIO Aumenta a consciência i de marca Melhora a imagem de marca Auxilia o aumento de vendas

63 MARKETING DE PATROCÍNIO O PATROCÍNIO DE EVENTOS Culturais Esportivos Técnicos Peças, Shows, Recitais e Exposições Campeonatos, competições Congressos, seminários Mercadológicos Sociais Lançamento de produtos, inaugurações Coquetéis, jantares

64 MARKETING DE PATROCÍNIO O PATROCÍNIO DE EVENTOS Evento próprio: a ação leva o nome da empresa ou do produto, capitalizando totalmente o retorno de divulgação, a empresa também associa a sua marca a todos os riscos do avento. Ex: Free Jazz, Pão Music. Patrocínio Total: neste caso o evento pode ou não levar o nome da empresa, mas ela não é a única responsável pela realização e não precisa bancar a ação sozinha. Co patrocínio: aqui o patrocínio é dividido em cotas, são p q p, aconselháveis no máximo 4 empresas. O custo é menor, mas o retorno também é dividido.

65 MARKETING DE PATROCÍNIO O PATROCÍNIO DE EVENTOS Apoio: acontece normalmente na forma de permuta de produtos ou serviços importantes para a realização da ação. Simples participação: a empresa paga uma taxa para colocar material promocional e realizar pequenas ações. O retorno obtido é bem menor, mas as despesas também são pequenas.

66 MARKETING DE PATROCÍNIO O PATROCÍNIO DE EVENTOS Patrocínio da transmissão via veículo: quando o evento desperta o interesse de veiculação na mídia, a empresa pode patrocinar a ação. O patrocinador oficial deve também comprar uma cota da transmissão para evitar que a concorrência o faça. NamingsRights: g ocorre quando a empresa usa seu nome em um local de eventos. Ex: Credicard Hall, DirecTV Music Hall Eventos corporativos em museus: exposições e lançamentos de produtos em museus.

67 MARKETING RELACIONADO A CAUSAS Melhorar imagem Impedir publicidade negativa Gerar aumento de vendas Expandir base de clientes Alcançar novos segmentos de mercado Incrementar comercialização da marca no varejo Aumentar consciência de marca

68 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO DE MARKETING

69 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO C O DE MARKETING ESTRUTURANDO A ORGANIZAÇÃO PARA AS DECISÕES DE COMUNICAÇÃO DE MARKETING A estrutura de marketing deve ser capaz de:

70 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO C O DE MARKETING OBJETIVOS 1. Atender melhor a seus atuais clientes imediatos 2. Melhorar atendimento para os clientes finais 3. Superar o desempenho dos concorrentes

71 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO C O DE MARKETING MONITORANDO E GERENCIANDO O AMBIENTE DE MARKETING Os gerentes de comunicação de marketing devem monitorar continuamente os desenvolvimentos ambientais para permitir que a empresa gerencie as forças ambientais, e não apenas reaja a elas.

72 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO C O DE MARKETING ANÁLISE SWOT: Strenghts Força Weaknesses Fraqueza Opportunities Oportunidade Threats Ameaça

73 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO C O DE MARKETING PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA Traçar, projetar, fazer o planejamento de ações estratégicas que utilizem a integração das ferramentas da comunicação disponíveis i no mix, com um objetivo em comum.

74

75 O PROCESSO DE COMUNICAÇÃO C O DE MARKETING PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE COMUNICAÇÃO INTEGRADA Não existe ferramenta de comunicação mais ou menos importante. O que determinará as prioridades dd das ações será o grau de importância dos diversos públicos na Cadeia de Vendas de cada cliente.

76 O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO

77 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ITENS QUE COMPÕE O PLANEJAMENTO Análise situacional Objetivos de marketing Objetivos decomunicação Público alvo Posicionamento Estratégia de Comunicação Táticas de Comunicação Plano de promoção Plano de mídia Objetivo de Criação Estratégia de Criação Defesa das peças Orçamentos Avaliação e controle de resultados

78 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ANÁLISE SITUACIONAL Econômico Político legislativo legislativo Sócio cultural Tecnológico Natural

79 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ANÁLISE DO MICRO AMBIENTE A) Produto Características gerais Formatos/ apresentações Características diferenciadoras Formas de uso Preço Benefício

80 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ANÁLISE DO MICRO AMBIENTE B) Mercado Tamanho do mercado ( volume por unidade e R$) Principais mercados (áreas, regiões, estados, etc.) Participação do produto neste mercado (volume e R$) Evolução do mercado Evolução do produto no mercado Sazonalidade

81 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ANÁLISE DO MICRO AMBIENTE C) Consumidor Características demográficas e psicográficas Quem compra Quem consome Quem influencia Quem decide Por que compra

82 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O CONCORRÊNCIA CARACTERÍSTICAS SHARE DE MERCADO IMAGEM PREÇO TEMAS DE CAMPANHAS POSICIONAMENTO DIFERENCIAIS TEMPO DE EXISTÊNCIA PONTOS DE VENDA ANÁLISE DA CONCORRÊNCIA PRODUTO A PRODUTO B PRODUTO C

83 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ANÁLISE SWOT ANÁLISE SWOT: Strenghts Força Weaknesses Fraqueza Opportunities Oportunidade Threats Ameaça

84 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O OBJETIVO DE MARKETING definido pela empresa OBJETIVO DE COMUNICAÇÃO empresa e agência

85 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O PÚBLICO ALVO Definir quais são os públicos da campanha, característica demográficas e psicográficas. Pode incluir público interno e externo. Atenção O público alvo da campanha pode ser diferente do público consumidor

86 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO É aquilo que as pessoas retêm em suas mentes, a respeito de determinada empresa, produto ou pessoa. Para definir o posicionamento deve se analisara Para definir o posicionamento deve se analisar a situação e responder as seguintes perguntas:

87 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO 1 Qual posição sua empresa ou produto tem no mercado? 2 Qual a posição que você quer ter? Como quer ser conhecido? 3 Quem você deve e enfrentar? Cuidado com os líderes! 4 Você tem verba suficiente? 5 Você agüenta a parada? Posicionamento deve ser a longo prazo.

88 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO Seo atual posicionamento for condizente com os objetivos, reafirme o, caso contrário, construa outro. Para construir o posicionamento ache o buraco. Atenção Posicionamento não é slogan. O slogané resultado do posicionamento

89 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO Al Ries Algumas leis vencedoras de marketing, para definir o posicionamento: Lei da Liderança: É melhor ser o primeiro do que ser o melhor Coca Cola Cola Lei da Categoria: Quando não se é o primeiro, cria se outra categoria. Qual é a melhor cerveja em lata? Skol.

90 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO Lei da percepção: A percepção é a realidade... No Brasil, Honda é moto; no Japão, automóvel Lei do foco: FEDEX: entrega de pequenos pacotes em 24 horas Porsche: modelo de carro de alto desempenho

91 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO Lei da dualidade: Em cada categoria há espaço para duas marcas. Coca Cola x Pepsi Cola Nike x Rebook Lei dos opostos: Se há espaço para duas marcas, como se tornar a segunda mais forte? A estratégia será ditada pela marca líder.

92 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O POSICIONAMENTO Lei da sinceridade: A honestidade é a melhor política... A AVIS, locadora de automóveis, assumiu a segunda posição: Somos a segunda, por isso nos esforçamos mais para satisfazê lo

93 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO A estratégia deve orientar o caminho a ser seguido para alcançar o objetivo. ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO = Linha de Comunicação + Mix de comunicação

94 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O LINHAS DE COMUNICAÇÃO Informativa: indicada d quando é preciso informar o que o produto faz, suas vantagens e benefícios lançamento, reformulação do produto. Ex.: Lançamentos de carro. Testemunhal: utilizada paradarcredibilidade ao produto, o testemunho pode ser de uma personalidade consagrada ou do próprio consumidor. Ex.: Havaianas, OMO.

95 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O LINHAS DE COMUNICAÇÃO C O Comparativa: aplicada em casos de mercados de alta competitividade. id d Pouco usada no Brasil, esta estratégia té não ataca o concorrente, apenas compara, beneficiando ambos. Ex.: Kuat Humorística: deve ser usada com cuidado, analisando o, Público Alvo e os problemas a serem resolvidos, pois pode encobrir o conteúdo informativo e persuasivo da comunicação. Pode ser em formato de piada, trocadilho ou sátira. Ex.: Bombril

96 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O LINHAS DE COMUNICAÇÃO Ofensiva: utilizada para ganhar participação ii de mercado. Ataca o concorrente atingindo suas vulnerabilidades, oferecendo ao consumidor aquilo que o concorrente não está em condições de realizar. Defensiva: utilizada para repelir um ataque, é normalmente utilizada pelos líderes que aproveitam suas forças empresariais para consolidar sua posição. iã Ex.: OMO, em campanhas que mostram sua capacidade tecnológica.

97 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O LINHAS DE COMUNICAÇÃO Indiferenciada: df d indicada d em mercados onde não há grandes diferenças entre os produtos e seus públicos. Não prioriza i as vendas, mas a imagem da empresa ou produto. Ex.: Água Mineral Cristal, Açúcar União. Posicionamento/ reposicionamento: usada quando a empresa/ produto precisa (re)conquistar um espaço na mente do consumidor.

98 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O LINHAS DE COMUNICAÇÃO Varejista: aplicada nos casos em que é necessário ái agilizar o giro dos produtos, apresenta ofertas em preço, forma de pagamento, etc. Ex.: Carrefour, Extra. Institucional: usada para divulgar a empresa como um todo, conceituando a empresa, informando seu segmento de atuação. Normalmente utilizada por grandes corporações ou serviços públicos. Ex.: IBM, Embratel, Intel, Brasil iltl Telecom, campanhas de amamentação, prevenção à Aids, etc.

99 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O MIX DE COMUNICAÇÃO FERRAMENTAS Propaganda Promoção Merchandising Assessoriade Imprensa Relações Públicas Marketing Direto Internet, entre outras

100 PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO C O ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO Pode se usar uma ou mais ferramentas do mix de comunicação

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes

Unidade IV. Marketing. Profª. Daniela Menezes Unidade IV Marketing Profª. Daniela Menezes Comunicação (Promoção) Mais do que ter uma ideia e desenvolver um produto com qualidade superior é preciso comunicar a seus clientes que o produto e/ ou serviço

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE MARKETING

COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO DE MARKETING COMUNICAÇÃO INTEGRADA DE MARKETING Meio através do qual a empresa informa, persuadi e lembra os consumidores sobre o seu produto, serviço e marcas que comercializa. Funções: Informação

Leia mais

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Integrada de Marketing. UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11

Integrada de Marketing. UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11 O Planejamento de Comunicação Integrada de Marketing UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 31.03.11 Agenda: Planejamento de Comunicação Integrada de

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Capítulo 18 Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Questões abordadas no capítulo Quais são as etapas envolvidas

Leia mais

Comunicação Integrada de marketing.

Comunicação Integrada de marketing. Comunicação Integrada de marketing. - COMPOSTO DE COMUNICAÇÃO - 4 A s - 4 C s Comunicação: é a transmissão de uma mensagem de um emissor para um receptor, de modo que ambos a entendam da mesma maneira.

Leia mais

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização

4/2/2008. 2) Tomar grandes decisões = 1)Analisar a situação externa e interna. Leitura do mercado e das condições internas da organização PLANO DE MARKETING Ferramenta importante do plano estratégico de uma empresa. Deve estar em perfeita sintonia com os objetivos estabelecidos pela empresa. É um passo para a elaboração do PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education

Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas. Copyright 2006 by Pearson Education Gerenciamento da comunicação de massa: propaganda, promoção de vendas, eventos e relações públicas Copyright 2006 by Pearson Education Propaganda Qualquer forma paga de apresentação não pessoal e promocional

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença?

MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS. Qual a diferença? MARKETING PROMOCIONAL X PROMOÇÃO DE VENDAS Qual a diferença? Marketing promocional É uma ferramenta que se utiliza de várias outras para promover a promoção de vendas. Por exemplo: Marketing promocional

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação de Marketing

Planejamento Estratégico de Comunicação de Marketing Prof. Edmundo W. Lobassi O único objetivo da propaganda é vender, não há nenhuma outra justificativa que mereça ser mencionada. (Young & Rublican) Satisfazer a necessidade do consumidor. (David Ogilvy)...

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes

Unidade IV. Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas. Prof a. Daniela Menezes Unidade IV Gerenciamento de Produtos, Serviços e Marcas Prof a. Daniela Menezes Tipos de Mercado Os mercados podem ser divididos em mercado de consumo e mercado organizacional. Mercado de consumo: o consumidor

Leia mais

COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA CONTEXTO. Professora Rosicler Bettarelli rbettarelli@cidadesp.edu.br

COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA CONTEXTO. Professora Rosicler Bettarelli rbettarelli@cidadesp.edu.br COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA CONTEXTO Professora Rosicler Bettarelli rbettarelli@cidadesp.edu.br A COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA...... deve ser elaborada a partir do quadro sociocultural do consumidor alvo COMUNICAÇÃO

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO

RECURSOS HUMANOS PRODUÇÃO RECURSOS HUMANOS FINANCEIRO VENDAS PRODUÇÃO DEPARTAMENTO MERCADOLÓGICO Introduzir no mercado os produtos ou serviços finais de uma organização, para que sejam adquiridos por outras organizações ou por

Leia mais

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público

Capítulo 7. As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Capítulo 7 As Informações e o Processo de Tomada de Decisão do Gestor Público Pós Graduação Gestão Pública Administração de Marketing Conteúdo - Capítulo 7 Imagem e conhecimento do mercado: A imagem da

Leia mais

Considerando que a pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões das empresas, assinale a opção correta.

Considerando que a pesquisa mercadológica é uma ferramenta de orientação para as decisões das empresas, assinale a opção correta. ESPE/Un SERE plicação: 2014 Nas questões a seguir, marque, para cada uma, a única opção correta, de acordo com o respectivo comando. Para as devidas marcações, use a Folha de Respostas, único documento

Leia mais

Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo

Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo BRIEFING DE PRODUTO Modelo de Briefing de Produto - Roteiro de Coleta de Informações - Completo Modelo Extraído dos livros: Tudo o que você queria saber sobre propaganda e ninguém teve paciência para explicar

Leia mais

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING

Conceitos e tarefas da administração de marketing DESENVOLVIMENTO DE ESTRATEGIAS E PLANOS DE MARKETING Sumário Parte um Conceitos e tarefas da administração de marketing CAPITULO I MARKETING PARA 0 SÉCULO XXI A importância do marketing O escopo do marketing 0 que é marketing? Troca e transações A que se

Leia mais

Relatório - Plano de Ensino

Relatório - Plano de Ensino Página: 1/6 Disciplina: CCA0321 - PROJETO EXPERIMENTAL - PROMO. DE VENDAS E MERCHA. DESCRIÇÃO DO PLANO DE ENSINO PROJETO EXPERIMENTAL - PROMOÇÃO DE VENDAS E MERCHANDISING PERFIL DO DOCENTE Graduado em

Leia mais

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO -

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - A estrutura a seguir foi desenvolvida com base no escopo da disciplina de Planejamento Estratégico de Comunicação,

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3

Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3 Gestão de Mercados e Estratégia de Marketing Administrando o Composto de Marketing: Os 4P s Aula 3 Prof. Me. Dennys Eduardo Rossetto. Objetivos da Aula 1. O composto de marketing. 2. Administração do P

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

Questões abordadas no capítulo

Questões abordadas no capítulo AULA 12 Marketing Questões abordadas no capítulo Qual é a função da comunicação de marketing? Como funciona a comunicação de marketing? Quais são as principais etapas do desenvolvimento de uma comunicação

Leia mais

Termo de Referência para Plano de Comunicação

Termo de Referência para Plano de Comunicação Termo de Referência para Plano de Comunicação Sumário 1. Introdução... 2 1.1. Conceitos... 2 2. Objetivo do Termo de Referência... 2 3. Definições gerais de comunicação... 2 4. Planejamento de comunicação...

Leia mais

MARKETING ESTRATÉGICO

MARKETING ESTRATÉGICO MARKETING ESTRATÉGICO Os 4 Ps CONCEITO DE PRODUTO E SERVIÇO Um produto é algo que pode ser oferecido a um mercado para satisfazer uma necessidade ou desejo. Serviço é qualquer ato ou desempenho, essencialmente

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA II Atividades Gerenciais de MKT Produto Testar Novos Produtos; Modificar Atuais; Eliminar; Política de Marcas; Criar Satisfação e Valor; Embalagem. 2 1 Atividades Gerenciais

Leia mais

EMPREENDEDORISMO Marketing

EMPREENDEDORISMO Marketing Gerenciando o Marketing EMPREENDEDORISMO Marketing De nada adianta fabricar um bom produto ou prestar um bom serviço. É preciso saber colocálo no mercado e conseguir convencer as pessoas a comprá-lo. O

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Ferramentas de Comunicação

Ferramentas de Comunicação Professora: Luciana Moura 1 Ferramentas de Comunicação Assessoria de Imprensa Boletim Informativo Bonificação Brinde Broadside Calhau Call Center Catálogo Clipping Concurso Convenção Divulga as atividades

Leia mais

1. Identificando o Público-Alvo

1. Identificando o Público-Alvo O que será abordado nesta Apresentação Tema 8 Comunicação Integrada de Marketing Marketing II Prof. Marcos Angeli Ghisi Etapas do plano de comunicação Definindo os objetivos da comunicação Definindo públicos

Leia mais

Desmistificando o Marketing Sérgio Luis Ignácio de Oliveira

Desmistificando o Marketing Sérgio Luis Ignácio de Oliveira Desmistificando o Marketing Sérgio Luis Ignácio de Oliveira Novatec Sumário Agradecimentos... 13 Sobre o autor... 15 Prefácio... 17 Capítulo 1 Desmistificando o Marketing... 20 Mas o que é Marketing?...20

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

ROTEIRO PLANO DE MKT DIGITAL

ROTEIRO PLANO DE MKT DIGITAL ROTEIRO PLANO DE MKT DIGITAL Este é um roteiro completo, com pontos gerais e específicos. Na elaboração do plano, procure adaptar os tópicos que o compõe, à realidade da empresa-cliente. Priorize a qualidade

Leia mais

Objetivo: identificar as variáveis de marketing e os 4 A s; saber da sua utilizaçao

Objetivo: identificar as variáveis de marketing e os 4 A s; saber da sua utilizaçao Objetivo: identificar as variáveis de marketing e os 4 A s; saber da sua utilizaçao 1 Composto de marketing é um conjunto de instrumentos geradores de ações para direcionar a demanda de produtos e realização

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DA PARTE ESCRITA MODALIDADE: CAMPANHA ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS: Capa Folha de rosto Dedicatória

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL Questão n o 1 a) O candidato deverá apresentar seis dentre as seguintes vantagens: Domínio de tecnologia capaz de produzir bens preferidos por certas classes de compradores Aumento dos índices de qualidade

Leia mais

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação

Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação Manual Como elaborar uma estratégia de comunicação Índice Introdução Passo 1 - Faça um diagnóstico da comunicação. Passo 2 - Defina os alvos da comunicação Passo 3 - Estabeleça os objetivos da comunicação

Leia mais

OBJETIVOS DE MARKETING

OBJETIVOS DE MARKETING CASE Banco do Brasil Todo Seu O Banco do Brasil é a mais antiga instituição bancária brasileira. Reconhecido como fundamental para o desenvolvimento econômico e social do país, é também o maior banco da

Leia mais

5/11/2008. Questões abordadas no capítulo. Comunicação de marketing

5/11/2008. Questões abordadas no capítulo. Comunicação de marketing Capítulo 17 Gerenciamento da comunicação integrada de marketing Questões abordadas no capítulo Qual é a função da comunicação de marketing? Como funciona a comunicação de marketing? Quais são as principais

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

PROMOÇÃO DE VENDAS. O problema da Dona Cida resume-se em aumentar as vendas de sua loja e ao mesmo tempo, acabar com alguns estoques indesejáveis.

PROMOÇÃO DE VENDAS. O problema da Dona Cida resume-se em aumentar as vendas de sua loja e ao mesmo tempo, acabar com alguns estoques indesejáveis. 1 PROMOÇÃO DE VENDAS Constituída há pouco mais de dois anos, a loja de confecções da Dona Cida já possuía uma boa clientela, porém ela acreditava que ainda poderia crescer bastante. Assim, tinha na prateleira

Leia mais

Estratégias de marketing para serviços de alimentação Prof. Dr. Raul Amaral

Estratégias de marketing para serviços de alimentação Prof. Dr. Raul Amaral Estratégias de marketing para serviços de alimentação Prof. Dr. Raul Amaral 1) Estratégias de produtos e serviços. 2) Estratégias de preços. 3) Estratégias de promoção e vendas. 1) Estratégias de produtos

Leia mais

O SEBRAE e o que ele pode fazer pelo seu negócio

O SEBRAE e o que ele pode fazer pelo seu negócio Aumente suas vendas O SEBRAE e o que ele pode fazer pelo seu negócio Consultorias Palestras SEBRAE Mais Programas setoriais Palestras Trilha de aprendizagem empresarial EAD Na Medida Cursos SEI E muito

Leia mais

Planejamento Estratégico da Comunicação Empresarial

Planejamento Estratégico da Comunicação Empresarial Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu e MBA Planejamento Estratégico da Comunicação Empresarial Prof. Dr. Luiz Alberto de Farias Março e Abril de 2014 Prof. Dr. Luiz Alberto de Farias Planejamento Estratégico

Leia mais

REVISANDO O CONCEITO E A EVOLUÇÃO DO MARKETING

REVISANDO O CONCEITO E A EVOLUÇÃO DO MARKETING PROGRAMA PRIMEIRA EMPRESA INOVADORA PRIME GESTÃO MERCADOLÓGICA 2009 REVISANDO O CONCEITO E A EVOLUÇÃO DO MARKETING Todo comprador poderá adquirir o seu automóvel da cor que desejar, desde que seja preto.

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

Conceito de Marketing

Conceito de Marketing Conceito de Marketing Marketing é uma função organizacional e uma série de processos para a criação, comunicação e entrega de valor para clientes, e para a gerência de relacionamentos com eles de forma

Leia mais

de Propaganda PARTE 2 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 14 e 28.04.11

de Propaganda PARTE 2 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 14 e 28.04.11 Etapas Planejamento de Campanha de Propaganda PARTE 2 UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 14 e 28.04.11 Agenda: Tipos de Campanhas Objetivo: Apresentar

Leia mais

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING

Gestão de Negócios. Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING Gestão de Negócios Unidade III FUNDAMENTOS DE MARKETING 3.1- CONCEITOS DE MARKETING Para a American Marketing Association: Marketing é uma função organizacional e um Marketing é uma função organizacional

Leia mais

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de

Promoção de vendas é a pressão de marketing de mídia ou não mídia exercida durante um período predeterminado e limitado de tempo ao nível de Metas das Comunicações de Marketing: Criação de consciência informar os mercados sobre produtos, marcas, lojas ou organizações. Formação de imagens positivas desenvolver avaliações positivas nas mentes

Leia mais

PREÇO PSICOLÓGICO COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING

PREÇO PSICOLÓGICO COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING PREÇO PSICOLÓGICO COMO ESTRATÉGIA DE MARKETING César Augusto de Albuquerque ARAÚJO (1) (1) Instituto Federal do Maranhão (IFMA/Campus-Buriticupu), Rua Dep.Gastão Vieira, 1000-Vila Mansueto; Buriticupu-MA;

Leia mais

Logística no Ponto de Venda (PDV)

Logística no Ponto de Venda (PDV) Logística no Ponto de Venda (PDV) Pesquisa: Percepção do Varejo em Relação às Ações Promocionais Maio de 2005 Objetivo: Avaliar o impacto dos vários tipos de promoções praticadas em supermercados junto

Leia mais

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás Comunicação empresarial Envolve todas as ferramentas de comunicação. Atividade multidisciplinar. Envolve conflitos, emoções, potencialidades e

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Mídia - 2015.1 Nilmar Figueiredo 1 2 3 4 Calendário Acadêmico Comentários Apresentação da Disciplina Sistema de Avaliação 1 - Apresentação da Disciplina O que é Mídia? Departamento de Mídia - Organização

Leia mais

introdução a publicidade & propaganda Aula 3- Funções e Conceitos de publicidade e propaganda

introdução a publicidade & propaganda Aula 3- Funções e Conceitos de publicidade e propaganda introdução a publicidade & propaganda Aula 3- Funções e Conceitos de publicidade e propaganda professor Rafael Ho mann Setores envolvidos Anunciante também conhecido como cliente, é a empresa, pessoa ou

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO. Fatima Gouvêa

PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO. Fatima Gouvêa PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO Fatima Gouvêa Comunicação = papel estratégico MISSÃO Gerar e tornar disponível conhecimento relevante e formar profissionais qualificados, devolvendo à sociedade o investimento

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria

Marketing e Merchandising. Facilitador: Bruno Carnevali- Consultor, BOSS Consultoria Marketing e Merchandising no PDV 1 Quais são as definições de Marketing Marketing 1-Todas as atividades direcionadas a fazer uma troca para satisfazer necessidades ou desejos do homem 2-Processo pelo qual

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

AULA 4 Marketing de Serviços

AULA 4 Marketing de Serviços AULA 4 Marketing de Serviços Mercado Conjunto de todos os compradores reais e potenciais de um produto ou serviço. Trata-se de um sistema amplo e complexo, que envolve: FORNECEDORES CONCORRENTES CLIENTES

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

EVENTOS EMPRESARIAIS: O CASO FENAFIC (FEIRA NACIONAL DE COUROS, MÁQUINAS E COMPONENTES PARA CALÇADOS).

EVENTOS EMPRESARIAIS: O CASO FENAFIC (FEIRA NACIONAL DE COUROS, MÁQUINAS E COMPONENTES PARA CALÇADOS). EVENTOS EMPRESARIAIS: O CASO FENAFIC (FEIRA NACIONAL DE COUROS, MÁQUINAS E COMPONENTES PARA CALÇADOS). GRANERO, Arlete Eni; ALVES, Sâmia Cristina Alves; PEREIRA, Tânia Cristina. Resumo O artigo tem como

Leia mais

São distintos os conteúdos expostos pela comunicação interna e externa:

São distintos os conteúdos expostos pela comunicação interna e externa: 31 6 COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL Um dos principais objetivos da comunicação institucional é o estabelecimento de relações duradouras com os seus públicos. Isso é possível através de ações personalizadas

Leia mais

A empresa não é uma ilha

A empresa não é uma ilha A empresa não é uma ilha Relacionamento implica em comunicação. A empresa com as rédeas da sua comunicação. Comunicação social tem ferramentas que ajudam na construção de empresas de alta performance.

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br

INTRODUÇÃO AO TRADE MARKETING Fazendo a diferença no Ponto de Venda. www.pdvativo.com.br Fazendo a diferença no Ponto de Venda EBOOK Sumário Revisão O que é Trade Marketing? Entenda o Comportamento de Compra do Consumidor O que é Merchandising? Revisão Para entender sobre Trade Marketing devemos

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing

Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing Estratégias de Comunicação Ferramentas Utilizadas para Comunicação de Marketing Profa. Waléria Macaciel Comunicação de marketing É o meio pelo qual as empresas buscam informar, persuadir e lembrar os consumidores,

Leia mais

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing

Marcele Bastos. o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas. Fundamentos de marketing. o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Especialista em Gestão - ênfase em Marketing o Graduada em Comunicação Social - Relações Públicas o Docente universitária na disciplina Fundamentos de marketing o 12 anos de experiência em comunicação

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

Curso de Mídia. Rodolfo Nakamura. 05 de outubro de 2015

Curso de Mídia. Rodolfo Nakamura. 05 de outubro de 2015 Curso de Mídia Rodolfo Nakamura 05 de outubro de 2015 Propaganda : profissão Lei Federal Dispõe sobre profissão de Agenciador de Propaganda Comissão sobre Veiculação; Comissão sobre produção; Propaganda

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

COMO A PROPAGANDA FUNCIONA?

COMO A PROPAGANDA FUNCIONA? COMO A PROPAGANDA FUNCIONA? Definição: a manipulação planejada da comunicação visando, pela persuasão, promover comportamentos em benefício do anunciante que a utiliza. Funções: cabe a propaganda informar

Leia mais

Plano de Marketing: um diferencial competitivo

Plano de Marketing: um diferencial competitivo Plano de Marketing: um diferencial competitivo O Marketing é responsabilidade de TODA a Instituição. Processo criterioso para elaboração de um Plano de Marketing Missão, Objetivos e Metas Identidade e

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

Comunicação Interna e Externa

Comunicação Interna e Externa Comunicação Interna e Externa Comunicação A origem da palavra comunicar está no latim communicare, que significa pôr em comum. Ela implica em compreensão, pressupondo entendimento entre as partes e, não

Leia mais

PRINCÍPIOS DE MARKETING, MARKETING DIRETO E O MERCADO GAÚCHO

PRINCÍPIOS DE MARKETING, MARKETING DIRETO E O MERCADO GAÚCHO PRINCÍPIOS DE MARKETING, MARKETING DIRETO E O MERCADO GAÚCHO 1 2 Evandro Marcon PRINCÍPIOS DE MARKETING, MARKETING DIRETO E O MERCADO GAÚCHO Porto Alegre, RS Maio 2011 ASSERS 3 Copyright do autor Produção:

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

PROMOÇÃO DE VENDAS PLANEJAMENTO DE PROMOÇÃO. O Mundo é uma promoção

PROMOÇÃO DE VENDAS PLANEJAMENTO DE PROMOÇÃO. O Mundo é uma promoção PROMOÇÃO DE VENDAS É uma das estratégias de marketing e comunicação; um conjunto de técnicas de incentivo, impactante, que age a curto prazo, objetivando estimular os diversos públicos à compra e venda

Leia mais

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS

TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO MARKETING DE VENDAS PARA MELHORAR O DESEMPENHO DA EQUIPE DE VENDAS CATEGORIA:

Leia mais

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques

Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Plano de Marketing e Vendas e a Análise Estratégica do Negócio Fabiano Marques Nada é mais perigoso do que uma idéia, quando ela é a única que temos. (Alain Emile Chartier) Neste módulo, faremos, a partir

Leia mais

Programas de Suporte a Força de Vendas

Programas de Suporte a Força de Vendas Prof. Edmundo W. Lobassi Hoje, abordaremos o tema Programas de suporte à força de vendas. Na aula passada, vimos os programas de incentivo como forma de aumentar a venda qualitativa (mix de produtos) e

Leia mais

O que é promoção de vendas e para que serve?

O que é promoção de vendas e para que serve? 4 Para aumentar as vendas, ela precisa basicamente fazer com que os clientes atuais comprem mais ou trazer novos clientes para a loja. Nos dois casos, fica evidente que ela terá que oferecer mais benefícios

Leia mais

Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados

Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados Operações de Merchandising estratégias competitivas para o aumento da vendas em supermercados do pequeno varejo de secos e molhados Fabiano Akiyoshi Nagamatsu Everton Lansoni Astolfi Eduardo Eufrasio De

Leia mais

Como Atrair Clientes

Como Atrair Clientes COMO ATRAIR CLIENTES QUESTÕES BÁSICAS Quem são os meus clientes? Quantos sãos? Onde estão? Como fazer para falar com eles? DEFINIÇÃO SEGMENTO DE MERCADO Significa um grupo de consumidores com necessidades

Leia mais

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR KOTLER, 2006 AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR. OS CANAIS AFETAM TODAS AS OUTRAS DECISÕES DE MARKETING Desenhando a estratégia

Leia mais

MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO.

MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO. PRIME MODELO DE TRABALHO SOLUTIONMAISCOM PRIME. PACOTES DE SERVIÇOS EXCLUSIVOS PARA TODAS AS ÁREAS DA COMUNICAÇÃO. A Fusão O resultado da fusão entre as agências Solution e Maiscom é a SolutionMaiscom

Leia mais

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO

ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO ESTRATÉGIA DE FIDELIZAÇÃO PLANEJAMENTO, SEGMENTAÇÃO E AÇÕES DE PROMOÇÃO CASO ABIHPEC EIXOS ESTRATÉGICOS DO PROJETO DE (Resultado do Workshop out 2008) Objetivos Relacionados: 11 - AUMENTAR A DECLARAÇÃO

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA NAS EMPRESAS 1 THE IMPORTANCE OF INTEGRATED COMUNICATION IN COMPANIES

A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA NAS EMPRESAS 1 THE IMPORTANCE OF INTEGRATED COMUNICATION IN COMPANIES Disc. Scientia. Série: Artes, Letras e Comunicação, S. Maria, v. 7, n. 1, p. 97-106, 2006. 97 ISSN 1676-5001 A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO INTEGRADA NAS EMPRESAS 1 THE IMPORTANCE OF INTEGRATED COMUNICATION

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA Produção: Marketing Sankhya sankhya@sankhya.com.br 34 3239 0732 MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA Questões importantes para o processo de desenvolvimento

Leia mais

Conceito de Marketing Considerações Preliminares Atendimento

Conceito de Marketing Considerações Preliminares Atendimento Conceito de Marketing Considerações Preliminares Atendimento Metodologia de Ensino 1) Noções de Marketing 2) Marketing de Serviço 3) Marketing de Relacionamento 1 2 1) Noções de Marketing 3 4 5 6 www.lacconcursos.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE CURITIBA ABRIL - 2000 ODILIO SEPULCRI TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA

Leia mais

Uma das maiores lições de vendas

Uma das maiores lições de vendas Uma das maiores lições de vendas 1 Era dos clientes insatisfeitos Mais sofisticados e sensíveis a preço Tem menos tempo e querem mais conveniência Menos sensíveis a marcas de a mais abertos a marcas genéricas

Leia mais

Política de. [ comunicação] Forluz

Política de. [ comunicação] Forluz Política de [ comunicação] Forluz Índice Apresentação...4 Missão da Forluz...5 Condições para aplicação deste documento...6 Objetivos da Política de Comunicação...7 Diretrizes da Política de Comunicação...8

Leia mais