SUMÁRIO. Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO. Capítulo 1 A seguridade social no Brasil... 17"

Transcrição

1 SUMÁRIO Capítulo 1 A seguridade social no Brasil Evolução hist rica e composição Definição e natureza jurídica Competência legislativa Princípios informadores Universalidade da cobertura e do atendimento Uniformidade e equivalência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais Seletividade e distributividade na prestação dos benefícios e serviços Irredutibilidade do valor dos benefícios Equidade na forma de participação no custeio Diversidade da base de financiamento Gestão quadripartite Solidariedade Precedência da Fonte de Custeio ou Contrapartida Assistência social Evolução e definição Objetivos Benefício do amparo assistencial ao idoso ou deficiente carente Saúde Introdução, definição e natureza jurídica O Sistema Único de Saúde Previdência Social Noções gerais... 37

2 10 vol. 15 DIREITO PREVIDENCIÁRIO Frederico Amado Definição e abrangência Classificação dos sistemas previdenciários Planos previdenciários brasileiros Planos básicos Planos complementares cial A relação jurídica de custeio da seguridade social Contribuições para a seguridade social em espécie Contribuições do empregador, da empresa e da entidade a ela equiparada na forma da lei Contribuições do trabalhador e dos demais segurados do RGPS Contribuição do importador de bens ou serviços do exterior, ou de quem a lei a ele equiparar Arrecadação Imunidade Princípio da anterioridade nonagesimal ou noventena Progressividade das contribuições das empresas Anistia e remissão Decadência e prescrição Regime Geral de Previdência Social Cobertura e administração Legislação de regência, sistemática e características Conselho Nacional da Previdência Social... 73

3 SUMÁRIO Instituto Nacional do Seguro Social Conselho de Recursos da Previdência Social Princípios informadores Princípio da Contributividade Princípio da Obrigatoriedade da Filiação Princípio do Equilíbrio Financeiro e Atuarial Princípio da Universalidade de Participação nos Planos Previdenciários Princípio da Uniformidade e Equivalência dos Benefícios e Serviços às Populações Urbanas e Rurais Princípio da Seletividade e Distributividade na Prestação dos Benefícios Princípio dos Salários de Contribuição Corrigidos Monetariamente Princípio da Irredutibilidade do Valor dos Benefícios Princípio da Garantia do Benefício não Inferior ao Salário Mínimo Princípio da Previdência Complementar Facultativa Princípio da Gestão Quadripartite da Previdência Social Princípio do Tempus Regit Actum Princípio da Automaticidade das Prestações Introdução Segurados obrigat rios Segurado empregado Segurado empregado doméstico Segurado trabalhador avulso Segurado especial Segurado contribuinte individual

4 12 vol. 15 DIREITO PREVIDENCIÁRIO Frederico Amado 3. Segurados facultativos Filiação ao regime geral de previdência social Inscrição no regime geral de previdência social Introdução e definição Limite mínimo e máximo Composição Parcelas integrantes e não integrantes de Previdência Social Destinação e espécies Natureza jurídica e fato gerador Contribuições previdenciárias dos trabalhadores e demais segurados Segurado empregado, trabalhador avulso e empregado doméstico Segurado contribuinte individual e facultativo Segurado especial Contribuições previdenciárias das empresas e equiparados a empresa Incidentes sobre as remunerações dos empregados e avulsos Incidentes sobre as remunerações dos contribuintes individuais Incidentes sobre o valor bruto da nota fiscal ou fatura da prestação de serviços das cooperativas de trabalho Contribuição previdenciária do empregador doméstico Contribuições substitutivas da cota patronal Associações desportivas que mantém equipe de futebol profissional

5 SUMÁRIO Produtor rural pessoa física Produtor rural pessoa jurídica A retenção feita pelo contratante de serviços de cessão de mão de obra Hip teses de responsabilização solidária Construção civil Empresas mesmo grupo econômico Gestores dos entes da Administração Pública Indireta Administração Pública Operador portuário e rgão gestor de mão de obra Produtores rurais integrantes de cons rcios simplificados Arrecadação Encargos decorrentes do atraso e regras de parcelamento Restituição e compensação das contribuições previdenciárias Obrigações acess rias das empresas Certidão negativa de débito Capítulo 7 Acidente de trabalho, moléstias ocupacionais e eventos equiparados Introdução Definição de acidente de trabalho Doenças ocupacionais (equiparadas) Acidente de trabalho por equiparação Reconhecimento Segurados com cobertura previdenciária acidentária Principais consectários do reconhecimento do acidente de trabalho Responsabilidade civil da empresa perante a justiça do trabalho Ação regressiva do INSS contra a empresa negligente

6 14 vol. 15 DIREITO PREVIDENCIÁRIO Frederico Amado Regime Geral de Previdência Social Espécies de prestações previdenciárias Dependentes dos segurados Classe I Classe II Classe III Tempo de serviço e de contribuição, contagem recíproca e indenização ao INSS Manutenção da qualidade de segurado no período de graça Carência Fator previdenciário Salário de benefício Renda mensal inicial dos benefícios previdenciários Reajustamento da renda mensal dos benefícios Descontos legalmente autorizados nos benefícios Direito adquirido Renúncia da aposentadoria (desaposentação) Decadência decenal e prescrição quinquenal dência Social Introdução Aposentadoria por invalidez Aposentadoria por idade Aposentadoria por tempo de contribuição Aposentadorias especiais Aposentadoria especial por exposição a agentes nocivos Aposentadoria especial do deficiente Auxílio-doença

7 SUMÁRIO Salário-família Salário-maternidade Auxílio-acidente Pensão por morte Auxílio-reclusão Abono anual Serviço social Habilitação e reabilitação profissional Acumulação de benefícios

SUMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social

SUMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social S UMÁRIO Capítulo 1 Seguridade Social e a Previdência Social... 1 1.1. Seguridade Social... 1 1.1.1. A Saúde... 2 1.1.2. A Assistência Social... 5 1.1.3. A Previdência Social... 10 1.1.3.1. Natureza jurídica

Leia mais

Sumário. nota do autor...11 nota do autor 2ª edição a seguridade social no brasil...15 CAPÍTULO 1

Sumário. nota do autor...11 nota do autor 2ª edição a seguridade social no brasil...15 CAPÍTULO 1 nota do autor...11 nota do autor 2ª edição...13 CAPÍTULO 1 a seguridade social no brasil...15 1. Evolução histórica e composição...15 2. Definição e natureza jurídica...16 3. Competência legislativa...17

Leia mais

A SEGURIDADE SOCIAL...

A SEGURIDADE SOCIAL... Súmario Súmario CAPÍTULO 1 A SEGURIDADE SOCIAL... 15 1. Origem e evolução... 15 2. Origem e evolução legislativa no Brasil... 16 Questões comentadas de concursos públicos.. 27 Questões de concursos...

Leia mais

EDITAL SISTEMATIZADO TECNICO INSS 2015/2016. Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm

EDITAL SISTEMATIZADO TECNICO INSS 2015/2016. Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm EDITAL SISTEMATIZADO TECNICO INSS 2015/2016 De acordo com o edital do concurso e com a obra: Direito Previdenciário - 6ª edição Adriana Menezes Editora Juspodivm ITENS DO EDITAL TECNICO INSS TÓPICO DO

Leia mais

... 17. 4.2. Outras ações... 25. 5. A Previdência Social...27. 6. Evolução Histórica...45

... 17. 4.2. Outras ações... 25. 5. A Previdência Social...27. 6. Evolução Histórica...45 Capítulo 1 A Seguridade Social: Conceito, Origem e Histórico...1 1. A Origem da Proteção Social... 1 2. Conceito de Seguridade Social... 5 3. A Saúde... 8 4. A Assistência Social...12... 17 4.1.1. BPC

Leia mais

CURSO COMPLETO de DIREITO PREVIDENCIÁRIO INSS 2015 Professores ITALO ROMANO e FLAVIANO LIMA

CURSO COMPLETO de DIREITO PREVIDENCIÁRIO INSS 2015 Professores ITALO ROMANO e FLAVIANO LIMA APOSTILA 01 BENEFÍCIOS Prof. Italo Romano Aspectos Constitucionais da Seguridade Social Anotações Iniciais: 1. CONCEITO DE SEGURIDADE SOCIAL 1.1. A Seguridade social é um conjunto de princípios, normas

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 EDITAL SISTEMATIZADO CARREIRAS FISCAIS... 19 1. Receita Federal do Brasil... 19 2. Ministério do Trabalho e Emprego... 21 CAPÍTULO

Leia mais

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23

SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23 SUMÁRIO NOTA DO AUTOR... 5 PREFÁCIO... 19 CONCURSOS X GRAU DE DIFICULDADE... 21 CONCURSOS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 23 TEMAS X GRAU DE DIFICULDADE... 25 TEMAS X GRAU DE IMPORTÂNCIA... 27 I HISTÓRICO DA

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI SENADO N 72, DE 2011

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI SENADO N 72, DE 2011 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI SENADO N 72, DE 2011 Altera o art. 18 da Lei n 8.213, de 24 de julho de 1991, para ampliar os benefícios previdenciários devidos ao aposentado que retornar ao trabalho. Art.

Leia mais

- Preparar os discentes adequadamente para a vida profissional na área judicial e extrajudicial, por meio de aulas, debates e outros trabalhos.

- Preparar os discentes adequadamente para a vida profissional na área judicial e extrajudicial, por meio de aulas, debates e outros trabalhos. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-54 PERÍODO: 8º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL:

Leia mais

Adendo ao livro MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Autor: Hugo Medeiros de Goes

Adendo ao livro MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Autor: Hugo Medeiros de Goes Adendo ao livro MANUAL DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO Autor: Hugo Medeiros de Goes 1. ERRATA Página 180 No primeiro parágrafo do item 2.10.1 (Beneficiários): Onde se lê: Os beneficiários da pensão por morte

Leia mais

CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS. DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de ssuntos da Seguridade Social MAIO/2016

CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS. DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de ssuntos da Seguridade Social MAIO/2016 CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS DÉCIO BRUNO LOPES Vice Presidente de ssuntos da Seguridade Social MAIO/2016 . CONVERGÊNCIA DE REGIMES PREVIDENCIÁRIOS REPORTANDO-SE À ÉPOCA DOS INSTITUTOS DE APOSENTADORIA

Leia mais

Capítulo 01 COMPOSIÇÃO, PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA SEGURIDADE SOCIAL

Capítulo 01 COMPOSIÇÃO, PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA SEGURIDADE SOCIAL Capítulo 01 COMPOSIÇÃO, PRINCÍPIOS E OBJETIVOS DA SEGURIDADE SOCIAL 01. (PERITO 2012) Nos termos da legislação específica sobre o tema NÃO são considerados princípios e objetivos da Previdência Social:

Leia mais

RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS

RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS RESUMO ALÍQUOTAS - CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS - DAS EMPRESAS EM GERAL, sobre: Folha de Pagamento (EMP./AVULSOS) 20% Remunerações pagas aos CI 20% Terceiros (EMP./AVULSOS) 5,8% RAT (EMP./AVULSOS) 1% (leve) 2%

Leia mais

TÍTULO I DA SEGURIDADE SOCIAL

TÍTULO I DA SEGURIDADE SOCIAL SUMÁRIO Agradecimentos... 5 Nota do Autor 8ª edição (2016)... 7 Nota do autor 7ª edição (2015 / 2º semestre)... 9 Siglas... 21 TÍTULO I DA SEGURIDADE SOCIAL 1 DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A SEGURIDADE SOCIAL

Leia mais

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO

RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO RELAÇÃO DE CÓDIGOS DE PAGAMENTO Código Descrição 1007 Contribuinte Individual Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual Recolhimento Trimestral NIT/PIS/PASEP 1120 Contribuinte Individual

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL Ministério da Previdência Social INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE ATENDIMENTO Programa de Educação Previdenciária ria Todos que se inscrevem na Previdência Social podem escolher como vão

Leia mais

S u m á r i o. 1. A Seguridade Social na Constituição de Capítulo 1 Notas Introdutórias Seguridade Social (arts. 194 a 204)...

S u m á r i o. 1. A Seguridade Social na Constituição de Capítulo 1 Notas Introdutórias Seguridade Social (arts. 194 a 204)... S u m á r i o Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1 1. A Seguridade Social na Constituição de 1988...1 1.1. Seguridade Social (arts. 194 a 204)...1 1.1.1. Natureza do Direito à Seguridade Social...1 1.1.2.

Leia mais

Em relação aos segurados do RGPS e seus dependentes, julgue os itens subsecutivos.

Em relação aos segurados do RGPS e seus dependentes, julgue os itens subsecutivos. DPU/Defensor _Público/CESPE/2015 Em relação aos segurados do RGPS e seus dependentes, julgue os itens subsecutivos. 1. Aquele que, como contrapartida pelo desempenho das atividades de síndico do condomínio

Leia mais

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo)

Empregado Doméstico Trimestral - NIT/PIS/PASEP - (que recebe até um salário mínimo) CÓDIGO DE GUIAS GPS Recolhimento Relação de Códigos de Pagamento Código Descrição 1007 Contribuinte Individual - Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 1104 Contribuinte Individual - Recolhimento Trimestral

Leia mais

TÍTULO I DA SEGURIDADE SOCIAL

TÍTULO I DA SEGURIDADE SOCIAL Siglas... 21 TÍTULO I DA SEGURIDADE SOCIAL 1 DISPOSIÇÕES GERAIS SOBRE A SEGURIDADE SOCIAL 1. Introdução... 27 2. Definição e natureza jurídica... 29 3. Competência legislativa... 30 4. Princípios... 31

Leia mais

SEGURIDADE SOCIAL. DIREITO PREVIDENCIÁRIO AFRF - Exercícios SEGURIDADE SOCIAL. SEGURIDADE SOCIAL Princípios Constitucionais

SEGURIDADE SOCIAL. DIREITO PREVIDENCIÁRIO AFRF - Exercícios SEGURIDADE SOCIAL. SEGURIDADE SOCIAL Princípios Constitucionais SEGURIDADE SOCIAL DIREITO PREVIDENCIÁRIO AFRF - Exercícios Prof. Eduardo Tanaka SAÚDE SEGURIDADE SOCIAL PREVIDÊNCIA SOCIAL ASSISTÊNCIA SOCIAL 1 2 SEGURIDADE SOCIAL Conceituação: A seguridade social compreende

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL E(M) CRISE: uma análise jurídica das inter-relações entre a crise econômica e os regimes de previdência social

PREVIDÊNCIA SOCIAL E(M) CRISE: uma análise jurídica das inter-relações entre a crise econômica e os regimes de previdência social PREVIDÊNCIA SOCIAL E(M) CRISE: uma análise jurídica das inter-relações entre a crise econômica e os regimes de previdência social LUCIANO MARTINEZ martinezluciano@uol.com.br Fanpage: facebook.com/professorlucianomartinez

Leia mais

FÁTIMA CONCEIÇÃO GOMES GERENTE EXECUTIVA DO INSS EM SANTO ANDRÉ

FÁTIMA CONCEIÇÃO GOMES GERENTE EXECUTIVA DO INSS EM SANTO ANDRÉ FÁTIMA CONCEIÇÃO GOMES GERENTE EXECUTIVA DO INSS EM SANTO ANDRÉ NOSSAS AGÊNCIAS: MAUÁ RIBEIRÃO PIRES SANTO ANDRÉ SÃO CAETANO DO SUL ATENDIMENTO: População de Rio Grande da Serra Nossa Gerência: 3.000 atendimentos

Leia mais

1 A SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL

1 A SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL Sumário Coleção Sinopses para Concursos... 13 Nota do autor 4ª edição... 15 Nota do autor 3ª edição... 17 Nota do autor 2ª edição... 19 Nota do autor 1ª edição... 21 Guia de leitura da Coleção... 23 Capítulo

Leia mais

Direito Previdenciário p/ INSS-2016 Resumo do Aulão Prof. Ali Mohamad Jaha

Direito Previdenciário p/ INSS-2016 Resumo do Aulão Prof. Ali Mohamad Jaha Resumo Direito Previdenciário p/ INSS-2016 Sumário Sumário... 1 01. A Seguridade Social e a Legislação Previdenciária.... 1 02. A Previdência Social.... 2 03. O Financiamento da Seguridade Social.... 3

Leia mais

Carência para o recebimento do benefício pensão por morte?

Carência para o recebimento do benefício pensão por morte? 1 Carência para o recebimento do benefício pensão por morte? A MP 664 de dezembro de 2014 previu uma carência de 24 meses para a obtenção do benefício pensão por morte. Depois de muita discussão no Congresso

Leia mais

PONTO 1: Benefícios Previdenciários PONTO 2. Benefícios Assistenciais 1. BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS

PONTO 1: Benefícios Previdenciários PONTO 2. Benefícios Assistenciais 1. BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Benefícios Previdenciários PONTO 2. Benefícios Assistenciais 1.1 AUXÍLIO DOENÇA 1. BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Art. 59 e seguintes da Lei 8.213/91. Carência: 12 C.M. (regra).

Leia mais

Para começar, vamos fazer uma análise geral dos princípios da seguridade social e suas características principais.

Para começar, vamos fazer uma análise geral dos princípios da seguridade social e suas características principais. Seguridade Social Para começar, vamos fazer uma análise geral dos princípios da seguridade social e suas características principais. Antes disso, as formas de proteção quanto ao atendimento das necessidades

Leia mais

INSS CURSO DE EXERCÍCIOS Previdenciário Bateria de Exercícios 04 Sérgio Armanelli

INSS CURSO DE EXERCÍCIOS Previdenciário Bateria de Exercícios 04 Sérgio Armanelli 207 (2014/FCC/TRF - 4ª Região/Técnico Judiciário) A empresa com 100 (cem) ou mais empregados está obrigada a preencher de 2% (dois por cento) a 5% (cinco por cento) dos seus cargos com beneficiários reabilitados

Leia mais

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde

Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Saúde Ocupacional e Regulamentação dos Planos de Saúde Regulamentação dos planos Resolução CONSU 10 Art. 2º, 2º Nos contratos de planos coletivos, não é obrigatória a cobertura para os procedimentos relacionados

Leia mais

PORTARIA Nº 142, DE 11 DE ABRIL DE 2007 (DOU DE 12.04.2007)

PORTARIA Nº 142, DE 11 DE ABRIL DE 2007 (DOU DE 12.04.2007) PORTARIA Nº 142, DE 11 DE ABRIL DE 2007 (DOU DE 12.04.2007) O MINISTRO DE ESTADO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87, parágrafo único, inciso II, da Constituição Federal,

Leia mais

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 253, de 2005

Quadro comparativo do Projeto de Lei do Senado nº 253, de 2005 1 Regulamenta os 12 e 13 do art. 201 e o 9º do art. Regulamenta os 12 e 13 do art. 201 da 195 da Constituição Federal, para dispor sobre o Constituição Federal, para dispor sobre o sistema sistema especial

Leia mais

Curso de Questões Comentadas

Curso de Questões Comentadas Hugo Goes Direito Previdenciário FCC Curso de Questões Comentadas Indicado para o concurso do INSS Técnico do Seguro Social e Perito Médico Dezembro de 2011 O autor Hugo Goes nasceu na zona rural do pequeno

Leia mais

PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA. Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições:

PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA. Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições: 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Aposentadoria 1. APOSENTADORIA Art. 201, 7º da CF (EC nº. 20). Condições: I 35 anos de contribuição para o homem e 30 anos de contribuição para a mulher; II 65 anos de

Leia mais

ReabilitAÇÃO Profissional. e o Retorno do Trabalhador à Atividade Laborativa

ReabilitAÇÃO Profissional. e o Retorno do Trabalhador à Atividade Laborativa e o Retorno do Trabalhador à Atividade Laborativa Considerações Iniciais A Previdência Social é um seguro social, mediante contribuição previdenciária, com a finalidade de prover subsistência ao trabalhador,

Leia mais

Legislação Previdenciária

Legislação Previdenciária Legislação Previdenciária Reis, Camila Oliveira. R375l Legislação previdenciária / Camila Oliveira Reis. Varginha, 2015. 52 slides. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web

Leia mais

9. PROVA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO (arts. 47 e 48 da Lei e 257 a 265 do Decreto 3.048)

9. PROVA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO (arts. 47 e 48 da Lei e 257 a 265 do Decreto 3.048) SUMÁRIO INTRODUÇÃO 1. SEGURIDADE SOCIAL 1.1 Noção geral 1.1.1 Saúde 1.1.2 Assistência social 1.1.3 Previdência Social 1.2 Breve histórico 1.2.1 Evolução legislativa no Brasil 1.3 Conceituação 1.4 Objetivo,

Leia mais

Analista do Seguro Social/INSS/CESPE/2016

Analista do Seguro Social/INSS/CESPE/2016 Analista do Seguro Social/INSS/CESPE/2016 15. Considerando-se a CF, é correto afirmar que, no cálculo do benefício previdenciário de um servidor do INSS que esteja licenciado do cargo para exercer mandato

Leia mais

GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIAS X ALTERAÇÕES

GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIAS X ALTERAÇÕES GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM JUNDIAÍ APOSENTADORIAS X ALTERAÇÕES 1 MODALIDADES APOSENTADORIA POR IDADE (urbana, rural e mista) APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO (comum, especial e mista) LC142 (por

Leia mais

1. SEGURADOS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. 1) Segurado (art. 11 a 15 Lei n. 8.212) e dependente (art. 16, Lei n 8.212)

1. SEGURADOS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. 1) Segurado (art. 11 a 15 Lei n. 8.212) e dependente (art. 16, Lei n 8.212) 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Segurados do Regime Geral de Previdência Social PONTO 2: Do Segurado PONTO 3: Da Contribuição do produtor rural, do pescador segurado especial PONTO

Leia mais

Sumário. Questões CAPÍTULOS I E II... 43 1. Questões comentadas... 43 2. Questões de concurso... 47

Sumário. Questões CAPÍTULOS I E II... 43 1. Questões comentadas... 43 2. Questões de concurso... 47 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 11 Capítulo I DIREITO TRIBUTÁRIO, TRIBUTO E SUAS ESPÉCIES... 13 1. Breve introdução ao Direito Tributário... 13 2. Tributo... 14 3. Espécies tributárias... 16 3.1. Impostos...

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 407, DE 14 DE JULHO DE 2011 - DOU DE 15/07/2011 - REVOGADA

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 407, DE 14 DE JULHO DE 2011 - DOU DE 15/07/2011 - REVOGADA PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 407, DE 14 DE JULHO DE 2011 - DOU DE 15/07/2011 - REVOGADA Revogada pela PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06/01/2012 Republicada no DOU 19/07/2011 Dispõe sobre

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL PREVIDENCIÁRIO PROGRAMA

PROCESSO JUDICIAL PREVIDENCIÁRIO PROGRAMA PROGRAMA I. SEGURIDADE SOCIAL E PREVIDÊNCIA SOCIAL 2. Princípios e Características da Seguridade Social 2.1. Solidariedade 2.2 Universalidade da Cobertura e do Atendimento 2.3. Uniformidade e Equivalência

Leia mais

PROFESSOR CARLOS MACHADO

PROFESSOR CARLOS MACHADO DIREITO PREVIDENCIÁRIO PARA O CONCURSO DO INSS PROFESSOR CARLOS MACHADO Brasil Todo território nacional 0800 887 0499 atendimento@legiaodosconcurseiros.com.br www.legiaodosconcurseiros.com.br DICA 1 Irredutibilidade

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO em questão. ALEX PAIXÃO profalexpaixao@yahoo.com.br 16 9 9961 95 76 SIMULADO 25/03/2016

DIREITO PREVIDENCIÁRIO em questão. ALEX PAIXÃO profalexpaixao@yahoo.com.br 16 9 9961 95 76 SIMULADO 25/03/2016 DIREITO PREVIDENCIÁRIO em questão ALEX PAIXÃO profalexpaixao@yahoo.com.br 16 9 9961 95 76 SIMULADO 25/03/2016 Direito Previdenciário - em Questões Email: profalexpaixao@yahoo.com.br Facebook: Alex Paixão

Leia mais

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO

3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO 3. GPS FORMAS DE PREENCHIMENTO - Retenção previdenciária GUIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL GPS 1. NOME OU RAZÃO SOCIAL/FONE/ENDEREÇO: preencher com o nome da empresa prestadora de serviços em seguida acrescentando

Leia mais

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO, SALÁRIO DE BENEFÍCIO E RENDA MENSAL INICIAL CONCEITOS Professor: Anderson Castelucio CONCEITOS DE SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO Art. 214. Entende-se por salário-de-contribuição: I -

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO...

DIREITO PREVIDENCIÁRIO... Sumário DIREITO PREVIDENCIÁRIO... 19 Ivan Kertzman e Frederico Amado QUESTÕES... 19 1. Temas Constitucionais... 19 2. Histórico da Seguridade Social... 30 3. Segurados da Previdência Social e seus Tomadores

Leia mais

Prova 03. A respeito dos benefícios e serviços do RGPS, julgue os próximos itens.

Prova 03. A respeito dos benefícios e serviços do RGPS, julgue os próximos itens. Prova 03 A respeito dos benefícios e serviços do RGPS, julgue os próximos itens. 01 - O fator previdenciário só incidirá na aposentadoria por idade quando a sua aplicação for mais vantajosa ao segurado.

Leia mais

Prova de Seguridade Social e Legislação Previdenciária AFT/CESPE/2013. Questões

Prova de Seguridade Social e Legislação Previdenciária AFT/CESPE/2013. Questões Prova de Seguridade Social e Legislação Previdenciária AFT/CESPE/2013 N.º de Questões: 18 questões. Questões passiveis de recursos: Apenas a 175. Nível da Prova: Médio. Questões Com relação aos benefícios

Leia mais

ENTIDADE EMPREGADORA. Sem proteção na doença 27% Com proteção na doença 30% Praticantes desportivos profissionais com contrato de trabalho desportivo.

ENTIDADE EMPREGADORA. Sem proteção na doença 27% Com proteção na doença 30% Praticantes desportivos profissionais com contrato de trabalho desportivo. TRABALHADORES POR CONTA DE OUTRÉM ENTIDADE EMPREGADORA TRABALHADOR GLOBAL LEGISLAÇÃO ANTERIOR Regime Regra Trabalhadores em Geral 23,75% 11% 34,75% 34,75% Membros dos órgãos estatutários das pessoas coletivas

Leia mais

Capítulo 1 Origem e evolução histórica e legislativa no Brasil e no mundo... 1 Capítulo 2 Direito Previdenciário... 11

Capítulo 1 Origem e evolução histórica e legislativa no Brasil e no mundo... 1 Capítulo 2 Direito Previdenciário... 11 Sumário Capítulo 1 Origem e evolução histórica e legislativa no Brasil e no mundo... 1 1.1. Introdução...1 1.2. Assistência social...1 1.3. Mutualismo...2 1.4. Seguro privado...2 1.5. Seguro social...3

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO

DIREITO PREVIDENCIÁRIO DIREITO PREVIDENCIÁRIO Prof. Eduardo Tanaka CONCEITUAÇÃO Conceituação: A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar

Leia mais

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES CONCURSO TRF

RESOLUÇÕES DE QUESTÕES CONCURSO TRF RESOLUÇÕES DE QUESTÕES CONCURSO TRF QUESTÕES - CUSTEIO 1. QUESTÃO (PROCURADOR/2004) A contribuição a cargo da empresa é de 15% sobre o valor bruto da nota fiscal ou fatura de prestação de serviços que

Leia mais

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO CÁLCULOS SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO CONCEITO: é o valor que serve de base de cálculo para incidência das alíquotas das contribuições previdenciárias (fonte de custeio) e para o cálculo do salário benefício.

Leia mais

TRABALHADORES E A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL

TRABALHADORES E A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL TRABALHADORES E A PREVIDÊNCIA SOCIAL NO BRASIL ORIGENS Luta dos trabalhadores ferroviários e constituição de caixas de socorro mútuo Conquistas gradativas Lei Eloy Chaves obriga cada ferrovia a criar Caixas

Leia mais

Conceito de Seguridade Social Divisão da Seguridade Social Evolução da Seguridade Social

Conceito de Seguridade Social Divisão da Seguridade Social Evolução da Seguridade Social Conceito de Seguridade Social Divisão da Seguridade Social Evolução da Seguridade Social Princípios Igualdade Legalidade Solidarismo Universalidade Seletividade e serviços. distributividade na prestação

Leia mais

SUMÁRIO. Agradecimentos... 15. Apresentação... 17

SUMÁRIO. Agradecimentos... 15. Apresentação... 17 SUMÁRIO Agradecimentos... 15 Apresentação... 17 PREPARAÇÃO PARA CONCURSO PÚBLICO Breve relato da minha experiência durante a preparação para o concurso... 19 1. A decisão... 20 2. A preparação... 21 3.

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 )

esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) O que é o? esocial Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (Decreto nº 8.373, 11/12/2014 ) É um projeto do governo federal que vai unificar o envio de informações

Leia mais

AVERBAÇÃO POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

AVERBAÇÃO POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO AVERBAÇÃO POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO É o registro do tempo de serviço/contribuição

Leia mais

Prova 02. No que se refere ao regime geral de previdência social, julgue os itens a seguir.

Prova 02. No que se refere ao regime geral de previdência social, julgue os itens a seguir. Prova 02 No que se refere ao regime geral de previdência social, julgue os itens a seguir. 01) É presumida, por força de lei, a dependência econômica dos pais do segurado para fins de atribuição da qualidade

Leia mais

1. GPS- CÓDIGOS DE PAGAMENTO

1. GPS- CÓDIGOS DE PAGAMENTO PARTE 1 OBRIGAÇÕES PREVINCIÁRIAS TABELAS PRÁTICAS 1. GPS- CÓDIGOS PAGAMENTO ITEM CÓDIGO RECEITA (GPS) ESPECIFICAÇÃO DA RECEITA 1 1007 Contribuinte Individual - Recolhimento Mensal NIT/PIS/PASEP 2 1104

Leia mais

Direito Prev idcm: lario INDICE. Capitulo I

Direito Prev idcm: lario INDICE. Capitulo I Direito Prev idcm: lario Capitulo I INDICE SEGURIDADE SOCIAL: ASSISTENCIA, PREVIDENCrA & SAÚDE.,....25 1 Introdução.......... _.......... 25 2 Principios e Regras da Seguridade Social e da Previdência

Leia mais

54 TEMPOS DE SERVIÇO PARA APOSENTADORIA RECONHECIMENTO DE PERÍODOS CONTROVERSOS

54 TEMPOS DE SERVIÇO PARA APOSENTADORIA RECONHECIMENTO DE PERÍODOS CONTROVERSOS 54 TEMPOS DE SERVIÇO PARA APOSENTADORIA RECONHECIMENTO DE PERÍODOS CONTROVERSOS 1. Tempo anterior à Lei Eloy Chaves Período de trabalho precedente a 24.1.23 (Decreto Legislativo n. 4.682/23). 2. Tempo

Leia mais

por meio de recursos provenientes dos orçamentos da União, do Distrito Federal, dos estados e dos municípios, que destinam parte

por meio de recursos provenientes dos orçamentos da União, do Distrito Federal, dos estados e dos municípios, que destinam parte 1. HISTÓRICO DA SEGURIDADE SOCIAL (CESPE Procurador BACEN/2013) Considerando a evolução histórico-legislativa e os princípios da seguridade social no Brasil, assinale a opção correta. a) Com o advento

Leia mais

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II

Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012. Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II Encontro dos Representantes Regionais da Prevdata 2012 Plano de Contribuição Variável CV - Prevdata II Previdência Complementar e Prevdata Sistema Previdenciário Brasileiro e a nossa realidade ENTIDADES

Leia mais

AUXÍLIO- RECLU L SÃO

AUXÍLIO- RECLU L SÃO LEGISLAÇÃO Artigo 201, IV, CF; Artigo 80, Lei 8213/91; Artigos 116 a 119 do Decreto 3048/99; e Artigo 381 a 395, da IN 77. CONCEITO É o benefício previdenciário pago aos dependentes do segurado que for

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 161, DE

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 161, DE SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 161, DE 2009 Altera a Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, que dispõe sobre a Organização da Seguridade Social, institui o Plano de Custeio e dá outras providências,

Leia mais

Auxílio Doença 01/09/2015

Auxílio Doença 01/09/2015 Auxílio Doença Lei 8213/91 Art. 60. O auxílio-doença será devido ao segurado empregado a contar do décimo sexto dia do afastamento da atividade, e, no caso dos demais segurados, a contar da data do início

Leia mais

ATA Assistente Técnico Administrativo Direito Previdenciário Custeio da Seguridade Social Gilson Fernando

ATA Assistente Técnico Administrativo Direito Previdenciário Custeio da Seguridade Social Gilson Fernando 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA Assistente Técnico Administrativo Direito Previdenciário Custeio da Gilson Fernando Custeio da Lei nº 8.212/1991 e alterações

Leia mais

INSS. Exercícios. Rua João Nutti, 2195 Pq. Bandeirantes Ribeirão Preto - SP (016) 3235-2900

INSS. Exercícios. Rua João Nutti, 2195 Pq. Bandeirantes Ribeirão Preto - SP (016) 3235-2900 INSS Central de Cursos Professor Pimentel Exercícios Rua João Nutti, 2195 Pq. Bandeirantes Ribeirão Preto - SP (016) 3235-2900 Material produzido para uso e divulgação exclusivos da Central de Cursos Prof.

Leia mais

Questões fundamentadas do RGPS Decreto 3.048/99 Concurso do INSS

Questões fundamentadas do RGPS Decreto 3.048/99 Concurso do INSS 1 2 APOSTILA AMOSTRA Para adquirir a apostila de 350 Questões Fundamentadas do RGPS Decreto 3.049/99 para o concurso do INSS Acesse o site: www.odiferencialconcursos.com.br SUMÁRIO Apresentação...3 Questões...4

Leia mais

Trabalhista/Previdenciária Mês: 08/2016

Trabalhista/Previdenciária Mês: 08/2016 Trabalhista/Previdenciária Mês: 08/2016 Dia: 05 GFIP - Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social Envio da Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia

Leia mais

E) a receita de contribuições seja destinada, com exclusividade, ao financiamento dos benefícios da previdência social.

E) a receita de contribuições seja destinada, com exclusividade, ao financiamento dos benefícios da previdência social. Direito Previdenciário 01 01 São iguais os direitos previdenciários de trabalhadores A) avulsos e autônomos. B) com vínculo empregatício, exceto os domésticos e avulsos. C) com vínculo empregatício, inclusive

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL: SEUS BENEFÍCIOS E O DIÁLOGO COM A SOCIEDADE

PREVIDÊNCIA SOCIAL: SEUS BENEFÍCIOS E O DIÁLOGO COM A SOCIEDADE PREVIDÊNCIA SOCIAL: SEUS BENEFÍCIOS E O DIÁLOGO COM A SOCIEDADE GRANDES NÚMEROS DO INSS 1.501 Agências da Previdência Social 39.392 servidores (4.730 peritos médicos) 198.000 pessoas atendidas diariamente.

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 473, DE 2009

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 473, DE 2009 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 473, DE 2009 Altera a Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências, para conceder

Leia mais

MARINGÁ PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MARINGÁ

MARINGÁ PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MARINGÁ MARINGÁ PREVIDÊNCIA PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE MARINGÁ LEGISLAÇÃO Lei Complementar nº 749, de 2008. Lei Complementar nº 771, de 2009. Lei Complementar nº 856, de 2010. Lei Complementar

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06 DE JANEIRO DE 2012 - DOU DE 09/01/2012

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06 DE JANEIRO DE 2012 - DOU DE 09/01/2012 PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 02, DE 06 DE JANEIRO DE 2012 - DOU DE 09/01/2012 Dispõe sobre o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e dos demais valores constantes

Leia mais

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita

Desoneração da Folha de Pagamento - Tributação sobre Receita Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400, 3824-5433 (teleatendimento), fax (11) 3824-5487 Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva,

Leia mais

Capítulo 1 Seguridade Social Conceito e Organização Constitucional... 1

Capítulo 1 Seguridade Social Conceito e Organização Constitucional... 1 Sumário Capítulo 1 Seguridade Social Conceito e Organização Constitucional... 1 1.1. Conceito de Seguridade Social... 1 1.2. Disposições Constitucionais Acerca da Saúde... 2 1.3. Disposições Constitucionais

Leia mais

Tropa de Elite Delegado Federal Direito Previdenciário

Tropa de Elite Delegado Federal Direito Previdenciário Tropa de Elite Delegado Federal Direito Previdenciário Seguridade Social André Studart 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Conceito de Seguridade Social Art. 194.

Leia mais

Aula 00. Direito Previdenciário Princípios Constitucionais da Seguridade Social Professor: Adriana Menezes

Aula 00. Direito Previdenciário Princípios Constitucionais da Seguridade Social Professor: Adriana Menezes Aula 00 Direito Previdenciário Princípios Constitucionais da Seguridade Social Professor: Adriana Menezes Aula 00 Aula Demonstrativa PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA SEGURIDADE SOCIAL QUESTÕES 1 (ESAF Auditor-Fiscal

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE ATENDIMENTO. Programa de Educação Previdenciária

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE ATENDIMENTO. Programa de Educação Previdenciária Ministério da Previdência Social INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE ATENDIMENTO Todos que se inscrevem na Previdência Social podem escolher como vão contribuir. Isso permite que o segurado

Leia mais

A previdência do servidor público e o impacto nas finanças estaduais

A previdência do servidor público e o impacto nas finanças estaduais A previdência do servidor público e o impacto nas finanças estaduais Carlos Henrique Flory Abril de 2014 A PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO ATÉ AS EMENDAS CONTITUCIONAIS DE 1998 E 2003: Mudança de ativo

Leia mais

SUMÁRIO. 1. Noções gerais... 27 2. Grupo nominal... 28. 1. Noções gerais... 35 2. Verbo... 36 3. Advérbio... 39

SUMÁRIO. 1. Noções gerais... 27 2. Grupo nominal... 28. 1. Noções gerais... 35 2. Verbo... 36 3. Advérbio... 39 SUMÁRIO LÍNGUA PORTUGUESA Paula Barbosa MORFOLOGIA: SUBSTANTIVO E SEUS MODIFICADORES... 27 1. Noções gerais... 27 2. Grupo nominal... 28 I MORFOLOGIA: VERBO E SEUS MODIFICADORES... 35 1. Noções gerais...

Leia mais

LEI Nº 6.111, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2005..

LEI Nº 6.111, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2005.. LEI Nº 6.111, DE 9 DE DEZEMBRO DE 2005.. Autoria: Prefeito Municipal. ALTERA O ANEXO DE METAS FISCAIS DA LEI Nº 6.081, DE 4 DE JULHO DE 2005, QUE DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS PARA O EXERCÍCIO

Leia mais

ASPECTOS DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

ASPECTOS DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA SOCIAL SEMINÁRIO DA PREVIDÊNCIA SINDIBEL 04/10/2016 ASPECTOS DO DÉFICIT DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DECIO BRUNO LOPES VICE PRESIDENTE DE ASSUNTOS DA SEGURIDADE SOCIAL CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE SEGURIDADE SOCIAL

Leia mais

RECURSOS PROVA INSS 2016 DIREITO ADMINISTRATIVO E DIREITO PREVIDENCIÁRIO. Lembrando que, os recursos não podem ser iguais, segundo consta no edital.

RECURSOS PROVA INSS 2016 DIREITO ADMINISTRATIVO E DIREITO PREVIDENCIÁRIO. Lembrando que, os recursos não podem ser iguais, segundo consta no edital. RECURSOS PROVA INSS 2016 DIREITO ADMINISTRATIVO E DIREITO PREVIDENCIÁRIO Lembrando que, os recursos não podem ser iguais, segundo consta no edital. Cabeçalho: Tício da Silva, candidato inscrito sob o número

Leia mais

Gabarito INSS (extra oficial) da prova Técnico, segundo o Prof. Hugo Goes Prova de Direito Previdenciário Caderno Alga

Gabarito INSS (extra oficial) da prova Técnico, segundo o Prof. Hugo Goes Prova de Direito Previdenciário Caderno Alga Gabarito INSS (extra oficial) da prova Técnico, segundo o Prof. Hugo Goes Prova de Direito Previdenciário Caderno Alga 51. A seguridade social é organizada mediante gestão quadripartite, com participação

Leia mais

CURSO AVANÇADO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO (60H/A) INÍCIO: 10/03/2012

CURSO AVANÇADO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO (60H/A) INÍCIO: 10/03/2012 CURSO AVANÇADO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO (60H/A) INÍCIO: 10/03/2012 MARCELO DA FONSECA GUERREIRO - Juiz Federal e Mestre em Direito. Professor de Direito Empresarial da UCAM e Professor da Pós-Graduação

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13.

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA SOBRE A RECEITA BRUTA - Lei 12.546/2011 DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL LEI 13.161/2015 Conceito A desoneração da folha de pagamento consiste

Leia mais

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física...

ÍNDICE. 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015... 2. 2. Exemplos Práticos... 3. 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... ÍNDICE 1. Tabela Progressiva - a partir de Abril/2015.... 2 2. Exemplos Práticos... 3 2.1. Declarante 1 Empregador pessoa física... 3 2.2. Declarante 2 Rendimento pago ao exterior Fonte pagadora pessoa

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Direito Tributário... 1

Sumário. Capítulo 1 Direito Tributário... 1 Sumário Capítulo 1 Direito Tributário... 1 1.1. Introdução... 1 1.2. Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar... 1 1.3. Princípios Constitucionais Tributários... 2 1.3.1. Princípio da legalidade

Leia mais

Sumário. 1.3.2. Exceções ao princípio da legalidade tributária. 1.3.3.1. Exceções ao princípio da anterioridade anual

Sumário. 1.3.2. Exceções ao princípio da legalidade tributária. 1.3.3.1. Exceções ao princípio da anterioridade anual Sumário CAPÍTULO 1 DIREITO TRIBUTÁRIO 1.1. Introdução 1.2. Limitações Constitucionais ao Poder de Tributar 1.3. Princípios Constitucionais Tributários 1.3.1. Princípio da legalidade tributária 1.3.2. Exceções

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RPPS NOS MUNICÍPIOS

A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RPPS NOS MUNICÍPIOS www.assimpasc.org.br A IMPORTÂNCIA DA INSTITUIÇÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RPPS NOS MUNICÍPIOS Santa Catarina 2011 Prezado Leitor, A previdência social constitui atualmente tema de relevada

Leia mais

1) Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: DPU Prova: Analista Técnico Administrativo

1) Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: DPU Prova: Analista Técnico Administrativo QUESTÕES DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO PARA INSS 2016 Prof. Henrique Sartori 1) Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: DPU Prova: Analista Técnico Administrativo Maria foi contratada como empregada da empresa Souza

Leia mais